1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Tanta coisa para resolver e eu só penso em viajar

Amanda Noventa

31 agosto 2014 | 20:43

Pode não resolver todos os problemas, mas voltando de uma viagem com inspiração, energia e olhando tudo sob uma nova perspectiva, você já consegue resolver metade deles.

Nas últimas semanas tenho sido tomada por uma grande falta de motivação e inspiração. E surgiu no momento errado pois essas têm sido as semanas mais conturbadas do ano, onde há mais problemas do que o normal a serem resolvidos: meu chefe pediu demissão, tenho dois eventos para organizar esse mês, textos atrasados para escrever, e-mails acumulados para responder e ainda torci o pé, tendo que ficar uma semana em repouso. Mas no meio dessa confusão toda, a única coisa que consigo pensar é: Socorro! Preciso viajar!

Pode parecer uma fuga da realidade pensar que a solução para os problemas seja viajar. Mas viajar pra mim funciona quase como um gênio da lâmpada para o qual eu apresento três problemas e ele me devolve três soluções. Claro que algumas coisas precisam de resoluções imediatas e não dá para esperar a próxima viagem. Mas viajar me ajudar a resolver grandes questões, principalmente relacionados à inspiração e motivação. E eu vou mostrar a você o porquê:

Viajando tenho uma melhor perspectiva para tomar decisões. Um ano atrás, passei uma semana inteira no Caribe, sem me preocupar com nada (além de qual seria o próximo drink). Eu acordava, pegava um livro e saía para ler em frente ao mar paradisíaco. Essa foi a viagem que mais me ajudou a tomar decisões sobre a vida. Fui cheia de questionamentos a respeito da minha carreira e futuro, e uma semana distante de tudo isso me fez pensar melhor, voltar e tomar decisões importantes que mudaram o rumo de tudo. Um um estudo feito pelo professor Adam Galinsky, da Kellog School of Management confirma a minha experiência, mostrando que viajar é uma ótima maneira de enxergarmos a nossa vida e problemas sob uma perspectiva diferente. É como pedir um conselho para um amigo, parece que ele sempre tem uma sugestão melhor do que fazer. E isso acontece porque o amigo está enxergando o seu problema de fora, sob uma outra perspectiva. E viajar ajuda você a tomar essa distância necessária e enxergar a sua vida de fora também.

Me ajuda a recarregar as energias. Quanto mais problemas aparecem, mais estressados ficamos, perdemos o foco, a energia e consequentemente a produtividade. E para recarregar as energias nada melhor do que um tempo fora de casa e do trabalho. Voltamos mais dispostos e engajados para resolver problemas e encarar coisas novas. E esse clichê de que viajar recarrega as baterias não deve ser mentira. Uma pesquisa da Intuit com pequenos empresários mostra que 82% dos que tiram férias aumentam sua produtividade na volta ao trabalho. A energia renovada é contagiosa e ajuda a equipe inteira a ser mais produtiva.

Me traz mais inspiração e criatividade. Quando estou viajando tenho as melhores ideias. Minha criatividade funciona tão bem que sou capaz de olhar para um amendoim e escrever um texto sobre ele. As ideias simplesmente vão pulando pra fora da minha cabeça. Existe uma palestra no TED do Stefan Sagmeister, um famoso designer gráfico, contando que a cada sete anos ele tira um ano sabático. Se muda pra qualquer lugar no mundo e fica lá por um ano. Tem uma história dele que eu gosto muito de quando se mudou pra Ásia e notou a quantidade de cachorros que havia no local. Ele passou a fotografar esses cachorros, depois desenhá-los e montou uma coleção de camisetas (muito legal!) com o desenho dos cachorros. Eu quero ser igual o Stefan quando crescer.

Algumas pessoas tomam ritalina para manter o foco, outras tomam energético para conseguir encarar o trabalho e ainda pagam um terapeuta para ajudar a resolver os problemas. Eu prefiro um tratamento mais natureba, optando por viajar. Pode não resolver todos os problemas, mas vamos combinar que voltando de uma viagem com inspiração, energia e olhando tudo sob uma nova perspectiva você já consegue resolver metade deles.

Acompanhe o blog e as aventuras de Amanda através do Facebook e pelo Instagram @amandanoventa.