Estado.com.br
Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Veja como receber o DPVAT

Categoria: Assunto do dia

Texto de Maíra Teixeira

Você sabia que se sofrer algum dano físico decorrente de um acidente de trânsito pode receber uma indenização ou ter o tratamento médico custeado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran)? Basta requerer a indenização do Seguro Obrigatório (DPVAT). Ele é pago sempre na primeira parcela do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Ou seja, quem tem qualquer veículo automotor terrestre (ônibus, caminhão, carro, moto etc.) tem de pagar o DPVAT.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

1.134 Comentários Comente também
  • 16/05/2007 - 10:45
    Enviado por: Polastrini

    Parabéns ao Blog “Advogado de Defesa” por mais este préstimo ao cidadão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2007 - 14:06
    Enviado por: Alexandre

    É sempre bom lembrar os direitos do cidadão.
    Continuem prestando esse excelente serviços de informação.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/01/2011 - 13:37
      Enviado por: Eduardo

      O meu comentário é crítico pois estou muito insastifeito com a burocracia e a demora no pagto do dpvat é obrigaçaõ pagar.
      sem data prevista p/ pagto é impossivel ter paciencia EH!!!!!brasil pq

      responder este comentário denunciar abuso
    • 19/01/2011 - 13:40
      Enviado por: Eduardo

      O meu comentário é crítico pois estou muito insastifeito com a burocracia e a demora no pagto do dpvat é obrigaçaõ pagar.
      sem data prevista p/ pagto daindenização
      é impossivel ter paciencia EH!!!!!brasil pq

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/05/2007 - 09:37
    Enviado por: Jeremias

    Tá bom, mas qual é o procedimento para receber o valor?

    ADVOGADO DE DEFESA:
    Você vai até a seguradora, que deve ser conveniada ao seguro DPVAT conforme informado na matéria e entra com o pedido. A própria seguradora paga. Para tanto, é preciso que a documentação esteja correta. Quando estiver tudo certo a seguradora um prazo de até 30 dias para fazer o pagamento conforme combinado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/04/2011 - 13:51
      Enviado por: Paula

      Boa Tarde.

      A empregada da minha vizinha sofreu um acidente em junho/julho de 2006 ela recebeu uma indenização de 11 milreais pagou os honorários dos 2 advogados de 1 mil reais cada.
      Ela disse que a advogada relatou a ela que ela tem direito a mais 2mil 500 reais para receber mas ela tem que pagar a 2 via do Laudo médico e do Boletim de ocorrência? Ela foi até a Delegacia onde foi registrado o BO e falaram que ela tem que pagar uma taxa de 37 reais pois a Seguradora DPVAT paga a 1ª via. Isso é verdade?
      Aguardo sua resposta para passar para essa senhora

      Atenciosamente,
      Paula Souza

      responder este comentário denunciar abuso
    • 21/10/2011 - 08:06
      Enviado por: sergio petroni

      posso te ajudar meu msn é
      sergio.petrony@hotmail.com

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2007 - 10:43
    Enviado por: antonio

    Não é tão simples assim. Precisamos encaminhar o processos de seguro DPVAT, mais as despesas medicas e nem sempre somos ressarcidos no valor que gastamos. A seguradora solicita o relatório médico e de despesas, recibo ou nota fiscal. É enviado à seguradora todos os documentos necessários, mais o ressarcimento é menor. Assim, a vítima leva o prejuízo. O que devemos fazer?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Antonio, como explicado na reportagem, as despesas médicas e indenização têm um ‘teto’ para o ressarcimento, portanto, não há o que fazer nesse caso.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/07/2010 - 13:42
      Enviado por: walter

      Caro amigo! isso aconteceu com eu tambem, gastei 2850,00 de despesas medicas, e eles me ressarssiram apenas 900,00 ,eu fiquei furioso, aí liguei lá pra eles e me orientaram em fazer uma carta dizendo que nao concordava com o valor pago, ora: se eu gastei 2850,00,fiz a carta, enviei la pra eles do dpvat (carta registrada(, dai uns 15 dias me ressarssiram o orestante do valor maximo ou seja: mais 1800,00, agora se voce num reclamar eles nao ficaram sabendo, portanto ligue lá e fala que nao esdta de acordo entendeu!!!!!!! boa sorte

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/06/2007 - 13:32
    Enviado por: lourival gonçalves

    Que documentos precisamos para receber a idenizaçao?

    ADVOGADO DE DEFESA:
    Os documentos são: CPF, RG, ou carteira de trabalho ou certidão de nascimento, boletim de ocorrência ou portaria da Polícia Civil, certidão de óbito da vítima ou laudo necroscópico do IML.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2007 - 10:43
    Enviado por: Rodrigo

    Bom Dia…estive lendo sobre a prescriçao…no entanto me informaram que a prescriçao para dar entrada no seguro DPVAT por morte nao é de 3 anos como estive lendo….gostaria de saber realmente qual é o prazo prescricional para dar entrada no seguro DPVAT por morte….Obrigado..

    ADVOGADO DE DEFESA:
    Desde 1992, com a mudança da lei esse prazo é de três anos a partir da data do acidente. Mas para os acidentes que ocorreram antes dessa mudança é preciso falar diretamente com o Detran pelos telefones que estão na matéria.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/09/2007 - 11:57
    Enviado por: cristiano

    Sofri um acidente de carro com algumas lesões. Mas o carro não era meu e nao tenho carteira de motorista. Como fazer para receber. Eu tenho direito?

    Advogado de Defesa

    Tem, sim direito. Para solicitar a indenização, basta apresentar os documentos em uma seguradora. Para isso, o interessado deve ir a uma que seja conveniada. É possível consultar a rede de seguradoras que paga o DPVAT pelo site
    http://www.dpvatseguro.com.br ou pelo telefone 0800-22-1204.
    Para fazer a comprovação de que os danos são decorrentes de acidente de trânsito são exigidos RG, Boletim de Ocorrência com o relato do acidente,recibos médico-hospitalares, laudo médico comprovando invalidez, atestado de óbito (em caso de morte). O beneficiário tem de esperar 30 dias, a partir da
    entrega dos documentos, para receber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2007 - 12:40
    Enviado por: Cristina Rivera

    A companheira do falecido, em mãos da declaração de união estável, pode receber o DPVAT? E não terá que dividir com uma filha do falecido de outra união? Como impedi-la que receba e não dê satisfação a essa filha do falecido?

    Advogado de Defesa

    Vítimas de acidentes de trânsito têm direito à indenização do seguro obrigatório, o DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestes. No caso de morte, para ser indenizado, o beneficiário deve apresentar o Boletim de Ocorrência (BO), certidão de óbito e documento que comprove parentesco com a vítima. No caso de morte, o valor é de R$ 13.500.

    Conforme informações da Fenaseg, se o acidente ocorreu antes de 29/12/06, os beneficiários seguem a seguinte ordem quanto ao direito de receber a indenização: em primeiro lugar, o cônjuge ou companheiro (a); na falta deste, os filhos; na falta destes, os pais ou avós e, na falta destes, por fim, os irmãos, tios ou sobrinhos da vítima.

    Porém, com a entrada em vigor da Lei 11482/2007, os acidentes ocorridos depois de 29/12/06, os beneficiários são, simultaneamente, o cônjuge e/ou companheiro (a), e os herdeiros da vítima. Havendo mais de um herdeiro, a cota é dividida entre eles, em partes iguais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/09/2007 - 10:46
    Enviado por: eliane cristina s. carvalho

    Meu irmão foi atropelado e não sabemos onde dar entrada no seguro na cidade de Cambui, Minas Gerais.

    Advogado de Defesa
    Para conhecer a rede de seguradoras que paga o DPVAT acesse o site http://www.dpvatseguro.com.br ou pelo telefone 0800-22-1204.
    Para fazer a comprovação de que os danos são decorrentes de acidente de trânsito são exigidos RG, Boletim de Ocorrência com o relato do acidente,recibos médico-hospitalares, laudo médico comprovando invalidez, atestado de óbito (em caso de morte). O beneficiário tem de esperar 30 dias, a partir da entrega dos documentos, para receber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/09/2007 - 09:44
    Enviado por: Roberson

    Pretendo entrar com uma ação contestando o valor pago, pelo DPVAT, em caso de invalidez permanente. No entanto, tenho dúvidas de quem seria a parte passiva nesta ação.

    Advogado de Defesa?Você deve consultar um advogado. Ele é o especialista para te orientar nessa situação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2007 - 12:14
    Enviado por: Marcilene Rodrigues Ramos

    Boa Tarde, gostaria de saber qual o procedimento que a vítima de moto deve fazer para receber o seguro DPVAT, o acidente foi no estado de Goiania e a pessoa se encontra no Estado de São Paulo.Precisamos de ajuda pois não é tão simples quanto parece pelo site DPVAT.

    Advogado de Defesa:

    Para solicitar a indenização, basta apresentar os documentos em uma seguradora. Para isso, o interessado deve ir a uma que seja conveniada. É possível consultar a rede de seguradoras que paga o DPVAT pelo site
    http://www.dpvatseguro.com.br ou pelo telefone 0800-22-1204.
    Para fazer a comprovação de que os danos são decorrentes de acidente de trânsito são exigidos RG, Boletim de Ocorrência com o relato do acidente,recibos médico-hospitalares, laudo médico comprovando invalidez, atestado de óbito (em caso de morte). O beneficiário tem de esperar 30 dias, a partir da entrega dos documentos, para receber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 12:49
    Enviado por: Eser

    Sofri um acidente de carro. Fui atendido em hospital particular e o meu plano de saúde cobriu as despesas… Tenho direito ao DPVAT? Mesmo que indiretamente eu paguei pelo atendimento… pago o plano mensalmente. Quem deve me fornecer os comprovantes de despesas o plano de saúde ou o hospital?

    Advogado de Defesa;

    No presente caso, as despesas realizadas foram cobertas pelo Plano ou Seguro de Saúde contratado pelo beneficiário, ou seja, não houve desembolso por parte do beneficiário, motivo pelo qual torna-se impossível o reembolso previsto pelo seguro DPVAT.

    Além disso, ao acionar o Plano ou Seguro de Saúde, o beneficiário optou por utilizar um serviço para o qual contribui regularmente através do pagamento de prestações mensais, em cujas garantias estavam incluídos todas os serviços médicos prestados.

    Sendo assim, o reembolso de despesas médicas e suplementares, no presente caso, não é devido:

    a) às vítimas: uma vez que não efetuaram qualquer desembolso, não
    havendo valores a ressarcir;

    b) ao Plano de Saúde: tendo em vista que já recebe regularmente, através
    do prêmio pago pelo segurado, os valores, calculados atuarialmente, para fazer face aos eventos (sinistros) por ele cobertos.

    Com isso, a realização de reembolso das despesas de assistência médica e suplementares (DAMS) pelo Seguro DPVAT seja para as vítimas, seja para o Plano de Saúde, significaria enriquecimento ilícito e sem causa, uma vez
    que: no primeiro caso, as mesmas receberiam reembolso sem ter efetuado desembolso; e no segundo, o Plano de Saúde receberia duas vezes (bis in
    idem) pelo mesmo serviço prestado, ou seja, do segurado e do Seguro DPVAT, ferindo, assim, o princípio da boa-fé objetiva, essencial à existência de qualquer contrato.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/01/2011 - 21:45
      Enviado por: silvia

      Oi tudo bem, gostria de saber uma informação,em 1999,meu pai teve um acidente de moto junto ao meu irmão, ele era o carona,ele não sabia desse direito nunca foi atrás… a pergunta é se depois de tanto tempo ele ainda pode recorrer ao seguro?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/09/2007 - 14:40
    Enviado por: katia simon

    Minha filha foi atropelada em 27/08/07. Já tenho o B.O. em mãos assim como os recibos de todos os gastos que estamos tendo, uma vez que o motorista que a atropelou não está prestando nenhuma assistência.
    Tenho direito a receber somente o que gastei ou existe um valor fixo de “indenização”?
    Cabe processar o motorista por falta total de assistência?
    Gastos com transporte também são cabíveis de ressarcimento?
    Aguardo breve retorno.

    Katia

    Advogado de Defesa:

    O valor vai ser determinaado pela seguradora. No site da Fenaseg  fenaseg.org.br) você terá as informações

    Vítimas de acidentes de trânsito têm direito à indenização do seguro obrigatório, o DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestes. No caso de morte, para ser indenizado, o beneficiário deve apresentar o Boletim de Ocorrência (BO), certidão de óbito e documento que comprove parentesco com a vítima. No caso de morte, o valor é de R$ 13.500.

    A vítima em questão tem direito de receber o reembolso de despesas médicas (DAMS). Existe um valor fixo para a indenização de até R$2.700 (dois mil e setecentos reais).

    A garantia de DAMS cobre despesas de assistência médica e suplementarees.Gastos com transporte somente são cobertos nos casos em que haja necessidade de a vitima ser removida para outro hospital e a família teve que arcar com os custos da ambulância.

    Segue abaixo a relação de documentos solicitados para dar entrada:

    1. Registro da Ocorrência, expedido pela autoridade policial
    competente, em original ou fotocópia autenticada, frente e verso

    2. Carteira de Identidade / RG da vítima, em fotocópia, frente e
    verso, ou documento substitutivo (ex: Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento ou Carteira de Trabalho ou Carteira Nacional de Habilitação)

    3. CPF da vítima, em fotocópia, frente e verso

    4. Comprovante de residência ou declaração assinada pelo beneficiário,
    fornecendo dados de endereçamento (Cep inclusive), para envio de carta informando sobre o pagamento da indenização

    Se foi a vítima quem arcou com os gastos e os recibos estiverem em seu nome, apresentar além dos documentos 1 a 4 acima:

    5. Relatório do médico assistente, em original ou fotocópia, frente e
    verso, informando quais as lesões sofridas pela vítima e o tratamento realizado.

    6. Relatório do dentista (se for o caso), em original ou fotocópia,
    frente e verso, informando quais as lesões sofridas pela vítima e o tratamento realizado.

    7. Comprovantes das despesas (recibos ou notas fiscais), em originais,
    contendo discriminação dos honorários médicos e despesas médicas, acompanhados das respectivas requisições ou receituários médicos.

    8. Recibo com relatório médico descritivo, em original (caso a
    entidade hospitalar seja isenta de emissão de Nota Fiscal)

    Se foi um terceiro (pessoa física ou jurídica) quem arcou com os gastos, apresentar além dos documentos 1 a 8 acima

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 16:19
    Enviado por: elza gonçalves de souza

    Queria saber se tenho direito ao DPVAT, pois meu filho faleceu solteiro, mas deixou uma filha.

    Advogado de Defesa:

    Com a entrada em vigor da Lei 11482/07, a definição dos beneficiários de morte depende da data em que o acidente ocorreu. Veja como isso se aplica.

    Acidentes ocorridos até 28.12.2006
    Os beneficiários seguem a seguinte ordem quanto ao direito de receber a indenização: em primeiro lugar, o cônjuge ou companheiro (a); na falta deste, os filhos; na falta destes, os pais ou avós e, na falta destes, por fim, os irmãos, tios ou sobrinhos da vítima.

    Acidentes ocorridos a partir de 29.12.2006
    Os beneficiários são, simultaneamente, o cônjuge e/ou o (a) companheiro (a), e os herdeiros da vítima. Havendo mais de um herdeiro, a cota será dividida entre eles, em partes iguais.

    Você pode ter todas as informações do que precisa fazer consultando o site http://www.dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2007 - 17:58
    Enviado por: marcela amaral

    Meu marido sofreu um acidente de carro, um fusca. Ele aquaplanou e capotou 6 vezes sozinho numa pista que sempre que chove causa acidentes,segundo informações da Polícia Rodoviária. Ele lesionou seriamente o ombro e passará por uma cirurgia e provavelmente ficará sem trabalhar por alguns meses. Ele é representante comercial e sua renda é reforçada pelas vendas e comissões. O que posso fazer já que me sinto lesada. Quais benefícios posso vir a ter? E que caminhos tomar?

    Advogado de Defesa:

    Se ele for segurado da Previdência Social, poderá ser acionada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2007 - 13:10
    Enviado por: leonardo

    Meu primo faleceu num acidente de moto, gostaria de saber quem vai ter direito de receber o DPVAT: a mulher que tem uma filha dele ou se é a mãe dele, pois as duas não se falam e ele não morava com a mãe da filha dele?

    Advogado de Defesa:

    Com a entrada em vigor da Lei 11482/07, a definição dos beneficiários de morte depende da data em que o acidente ocorreu. Veja como isso se aplica.

    Acidentes ocorridos até 28.12.2006
    Os beneficiários seguem a seguinte ordem quanto ao direito de receber a indenização: em primeiro lugar, o cônjuge ou companheiro (a); na falta deste, os filhos; na falta destes, os pais ou avós e, na falta destes, por fim, os irmãos, tios ou sobrinhos da vítima.

    Acidentes ocorridos a partir de 29.12.2006
    Os beneficiários são, simultaneamente, o cônjuge e/ou o (a) companheiro (a), e os herdeiros da vítima. Havendo mais de um herdeiro, a cota será dividida entre eles, em partes iguais.

    Você pode ter todas as informações do que precisa fazer consultando o site http://www.dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 02:53
    Enviado por: jeferson dantas

    Moro em Belo Horizonte, Minas Gerais, e não consigo achar seguradora conveniada ao seguro DPVTA em minha cidade. Já consultei o site http://www.dpvatseguro.com.br, consta as seguradoras, mas não consta endereço nem telelefone para que eu possa consultá-los. Você poderiam me ajudar nesta procura.

    Advogado de Defesa:
    A partir desta quarta-feria, dia 10/10/2007, a relação de seguradoras com seus respectivos endereços já vai estar disponível no site http://www.dpvatseguro.com.br.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 10:35
    Enviado por: Marcia Passos

    Uma pessoa sofreu acidente em 1992, recebeu o seguro, agora pleiteia a complementação, já que o valor foi aquém do permitido, com a entrada em vigor da Lei 11482/07 limitando o valor a 13500,00 invalidez permanente. Para requerer a complementação, deve ser baseado neste valor ou nos 40 salarios minimos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 12:03
    Enviado por: ana claudia

    Bom dia,
    Soube que em 2007 saiu uma nova lei na qual o valor do sinistro por por morte corrigido, aumentando para mais ou menos R$ 13.500, 00. Gostaria de saber como fica a situação daqueles dependentes que já se beneficiaram do seguro por morte, porém receberam valor menor?
    Neste caso, a lei nova retroage?

    Abraços,

    Ana.

    Advogado de Defesa:

    Não, o novo valor só vale para os sinistros após a promulgação da nova lei

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 14:59
    Enviado por: Marcia Passos

    Ante a resposta à Ana acima, posso entender q o pedido de complementação tem que ser com a lei anterior à 11482???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2007 - 17:53
    Enviado por: graciela

    meu irmao morreu no ano de 2002 em um acidente de carro meus pais receberam o seguro mas agora fiquei sabendo que tem uma nova lei que aumenta o valor do seguro para 40 salarios mínimos e que iria restituir este valor para os casos de morte acontecidas neste ano.gostaria de saber se é verdade e como faço para receber a restituição.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2007 - 01:42
    Enviado por: silvio figueira de almeida

    Sofri acidente trânsito no ano de 2000, mas só fui atestado com o laudo conclusivo de invalidez permanente no ano de 2005 pelo IML. A van em que estava era por bilhete e a seguradora faliu. Posso entrar com o pedido do seguro DPVAT em outra seguradora para receber a indenização do acidente de trânsito.

    Advogado de Defesa

    Para solicitar a indenização, basta apresentar os documentos em uma seguradora. Para isso, o interessado deve ir a uma que seja conveniada. É possível consultar a rede de seguradoras que paga o DPVAT pelo site
    http://www.dpvatseguro.com.br ou pelo telefone 0800-22-1204.
    Para fazer a comprovação de que os danos são decorrentes de acidente de trânsito são exigidos RG, Boletim de Ocorrência com o relato do acidente,recibos médico-hospitalares, laudo médico comprovando invalidez, atestado de óbito (em caso de morte). O beneficiário tem de esperar 30 dias, a partir da entrega dos documentos, para receber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2007 - 09:19
    Enviado por: Elizabete Alves

    Bom dia! como fazer para que os filhos menores recebam o seguro DPVAT em caso de morte do pai, já que a a mãe nao vivia com ele. Ela já é tutora legal ou é preciso pedir um alvará judicial para declarar isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2007 - 14:43
    Enviado por: quezia

    meu esposo sofreu um acidente de carro, foi para o pronto socorro e teve o atendimento normal, o medico receitou um anti inflamatorio e deu alta pra ele, só que depois disso ele continuou sentindo muita dor, e foi na farmacia, o farmaceutico receitou alguns remedios, mas não temos as receitas nem o comprovante dos gastos, sera que ele tem direito no seguro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2007 - 16:04
    Enviado por: RONALDO GONZÁLEZ

    Olá,

    Tive um acidente no qual fui o causador e a vítima em um primeiro momento combinou que suas despesas médicas iriam ser ressarcidas pelo DPVAT e que a mesma iria dar entrada. Porém, não aconteceu conforme o combinado e a vitima quer receber o seguro DPVAT e quer que eu pague as mesmas despesas médicas. Disse para ela que reembolsaria as despesas médicas e ela passava as notas e o termo de cessão de direito para poder ter o ressarcimento pelo DPVAT. A vítima não aceitou e entrou na justiça. A pergunta é: tenho razão em ter as notas para poder ressarcir-me pelo DPVAT? É legal a vítima querer receber as despesas médicas pelo DPVAT e por mim? O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2007 - 17:58
    Enviado por: José Milton Amaral

    sofri um acidente em outubro de 1994, fiz duas cirurgias(94 e 95) e fiquei com invalidez permanente, consegui o laudo do IML agora em 2007. O acidente foi em 1994 mais o laudo do IML é de 2007, tenho direito ao seguro por invalidez permanente. Que devo fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2007 - 00:15
    Enviado por: jaqueline

    meu pai morreu de de acidente de transito,so que minha avo mae do meu pai,recebeu o seguro dpvt. ela alegou que ele nao tinha filhos e somos seis .O que devemos fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2007 - 10:56
    Enviado por: jose carlos pereira

    fui atingido por uma roda de onibus no dia 12- 09 07 nao estou gastando com remedios pois pego no posto de saude.
    pois estou com o a mao esguerda fraturada, e os gastos estao sendo somente com trasporte.
    gostaria de saber se tenho, direito ao seguro obrigatorio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2007 - 10:08
    Enviado por: Marcio

    Diante de todas essas duvidas, veja que não é nada fácil concluir a entrada do processo, a burocracia é grande. Por isso tenho feito encaminhamento dos seguros, tornei-me Despachante de DPVAT, não é nada ilegal, caso alguem precise, contrate nossos serviços. Grato, Marcio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2007 - 10:37
    Enviado por: Marcio

    Parabéns pelo excelente Blog.
    Este é meu email: 471624@gmail.com

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2007 - 23:31
    Enviado por: antonio miragaia

    Supondo que o falecido tenha deixado dois filhos menores de mães diferentes, que conste em seus documentos como solteiro, que tenha pai e mãe vivos, como fica a distribuição do pagamento do DPVAT? Todos vão receber ou só os filhos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 15:44
    Enviado por: suyliene

    O pai do meu filho morreu no ano de 2004, no mês de abril, em um acidente de carro. Eu queria saber ser meu filho tem direito de receber o seguro DPVAT e quais são os proscedimentos?

    Advogado de Defesa:

    Com a entrada em vigor da Lei 11482/07, a definição dos beneficiários de morte depende da data em que o acidente ocorreu. Veja como isso se aplica.

    Acidentes ocorridos até 28.12.2006
    Os beneficiários seguem a seguinte ordem quanto ao direito de receber a indenização: em primeiro lugar, o cônjuge ou companheiro (a); na falta deste, os filhos; na falta destes, os pais ou avós e, na falta destes, por fim, os irmãos, tios ou sobrinhos da vítima.

    Acidentes ocorridos a partir de 29.12.2006
    Os beneficiários são, simultaneamente, o cônjuge e/ou o (a) companheiro (a), e os herdeiros da vítima. Havendo mais de um herdeiro, a cota será dividida entre eles, em partes iguais.

    Você pode ter todas as informações do que precisa fazer consultando o site http://www.dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 17:32
    Enviado por: Maria de Fatima

    Já tenho os documentos. Estou inválida devido a um acidente, mas não consigo o endereço de uma seguradora em Minas Gerais.Pode me ajudar nestas informaçoes?

    Advogado de Defesa:

    Advogado de Defesa

    É possível consultar a rede de seguradoras que paga o DPVAT pelo site http://www.dpvatseguro.com.br ou pelo telefone 0800-22-1204.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 17:13
    Enviado por: francisco

    meu pai morreu em 14/04/1992 (vítima de acidente de trânsito) era casado, mas não com minha mãe, em 1995 minha irmã veio a falecer (morte natural), em 2004 a esposa de meu pai também morreu (morte natural), não tiveram filhos. até hoje não foi dada a entada no seguro dpvat, sabendo que ainda tenho 4 irmãos vivos. quem será parte legítima para receber o benefício?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 10:27
    Enviado por: nalide miranda

    Gostaria de saber se quem já está pleiteando o pagamento de DPVAT, tem direito a pleitear também Seguro de Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos (RCF-V) e o Seguro de Acidentes Pessoais de Passageiros ?
    Houve um acidente envolvendo um carro e uma moto, na moto estavam 2 pessoas uma veio a falecer e a outra encontra-se invalida permanente, o motorista do carro nada sofreu.O falecido já recebeu o DPVAT, estamos agora correndo atrás para o invalido.Daí gostariamos de saber se fazem jus a esses outros seguros?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 10:31
    Enviado por: nalide miranda

    em caso de vitima que ficou invalida ou seja incapaz de gerir sua vida, tetraplegica, em estado vegetativo.Tendo seu tio como curador, que tem a competencia para receber o DPVAT, vale ressaltar que o invalido tem mãe.Mas legalmente que é o curador é o tio.Por favor me esclareça essa questão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 13:38
    Enviado por: leonardo

    sofri um acidente de moto, o emplacamento da minha moto está atrasado, sofri um traumatismo craniano, tive despesas médicas, tenho os recibos, eu tenho direito a indenização? saiba que nao fui eu o causador do acidente, na ocorrencia consta que foi o outro condutor que entrou em contra-mão e provocou a colisão… no aguardo de sua resposta…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 16:19
    Enviado por: Alexandre

    Olá !
    Boa tarde !

    Gostaria de saber mediante a tantas duvidas a serem esclarecidas se poderia ajudar está pessoas que entram no site tentando resolver os seus problemas, já que só menciona o site da fenaseg ou dpvaseguro.com, já trabalho com o dpvat a algum tempo e tenho resolvidos varios e varios casos ? SAIBA DOS SEUS DIREITOS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 18:09
    Enviado por: Rene

    Boa tarde,

    recebi o dpvat agora no ano de 2007 no valor R$ 13.500,00 e me informaram que teria que ser ressarcido no valor de 40 salarios minimosque seria o valor de R$ 15.200,00, gostaria de saber se essa informação procede ou não ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2007 - 16:24
    Enviado por: josenilda ferreira

    O acidente foi com o pai de meus filhos. Foi em 2000. Recebi o seguro DPVAT em 2003 no valor de 6.754,01 e me informaram que teria que ser ressarcido no valor de 40 saláios mínimos. Gostaria de saber se é verdade e como faço para recorrer.

    Advogado de Defesa:
    O valor do DPVAT foi desvinculado do salário mínimo pela Lei n° 6.205/75. Portanto, o valor recebido não deverá passar por revisão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2007 - 16:31
    Enviado por: nilda ferreira

    O meu irmão era passageiro do ônibus quando ocorreu um assalto e ele foi atingido por arma de fogo e morreu. Gostaria de saber se minha mãe tem direito a receber uma indenização pelo DPVAT. Dei entrada e foi negado. Qual o órgão que eu deveria procurar. Foi em agosto de 2002

    Advogado de Defesa:

    O DPVAT indeniza apenas vítimas de acidentes causados por veículos que têm motor próprio. O seguro não combre morte por arma de fogo, ainda que dentro de um veículo automotor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2007 - 19:05
    Enviado por: Paulo Oliveira

    Traumatismo craniano gera direito a percepção do seguro DPVAT, ou seja, pode ser considerado como invalidez, já que quebrar um braço gera este direito, mesmo que em valor menor do que 40 salários mínimos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2007 - 00:09
    Enviado por: cintia regina

    Meu pai morreu em AGOSTO de 1991 E FOI ATROPELADO NO MESMO MÊS,MORREU ALGUNS DIAS DEPOIS NO HOSPITAL POR CAUSA DO ACIDENTE.Minha Mae diz que não recebeu este seguro!Já fazem 16 anos , entrei no site do DPVAT e vi que ainda não prescreveu, prescreverá em 2011, Meu pai foi atropelado por uma moto. Como faço para saber se alguem recebeu ou não esta indenização,aonde faço o pedido ADMINISTRATIVO! Minha mãe diz que não recebeu nada! Se ninguem recebeu , quem que recebe agora, é ela??? ,Porque o acidente ocorreu antes de 12/2006 é isto? aguardo suas respostas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2007 - 12:47
    Enviado por: Rosimeire Silca

    Meu pai faleceu em 14/06/1991, estamos querendo entrar com pedido de indenização junto ao DPVAT, somos a minha mae, e mais quatro irmaos, o valor da indenização sera dividido em 5 partes iguais ou sera o valor para cada dependente?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2007 - 17:57
    Enviado por: carla

    um parente meu faleceu de acidente de transito em 2004, sua genitora tem o direito de receber, visto que ele morreu no estado de solteiro, dizem que houve pescrição..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 18:30
    Enviado por: Elias Tavares da Costa

    O CNSP – Conselho Nacional de Seguros Privados determina que no caso de Despesas Medicas Hospitalares o benecifiário é a vítima. Desta forma modifica toda estrutura do seguro que é sempre de reembolso. Quem paga despesas médicas à vítima usando dinheiro próprio vira vítima dessa aberraçao jurídica, fica sujeito a ter que mendigar um termo de cessão de direito à própria pessoa que causou as lesões, que na maioria das vezes quer processar o causador das lesões, etc. e não tem qualquer interesse de ceder direito a terceiros. Que absurdo por se tratar de um seguro social.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 14:57
    Enviado por: Aurenice G batista

    Meu irmão morreu dia 05 de agosto de 2007, e deixou um seguro de vida, gostaria de saber quem tem direito. Não deixou esposa nem filhos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/11/2007 - 11:14
    Enviado por: RAMON M. REZENDE

    BOM DIA!!!!
    ACIDENTE OCORRIDO EM 2000, JÁ TERIA PERDIDO O DIREITO A RECEBER INDENIZAÇÃO DO DPVAT,CERTO?
    NA EPOCA O FILHO ERA MENOR, E HOJE ELE ESTÁ REINVINDICANDO ESTE DIREITO POR SER MAIOR.ELE TEM ESTE DIREITO?
    SUA MÃE AINDA É VIVA E ABRE MÃO DA PARTE QUE CABE A ELA.
    É POSSÍVEL PEDIR A REFERIDA INDENIZAÇÃO,DE ACORDO COM O ATUAL CODIGO CIVIL?
    OBRIGADO,
    RAMON

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2007 - 12:25
    Enviado por: Joelma

    Meu irmão foi atropelado em 31/10/07, morreu na hora, não foi identificado o veículo e só soubemos do ocorrido dois dias depois. Fomos até o IML e lá apareceu uma funerária interessada em fazer o translado de um município para outro. Disse que arcaria com tudo pq a família tinha direito a um seguro e depois pagaria. No momento não sabíamos de nada desse seguro e também não tínhamos dinheiro para pagar a funerária, então deixamos tudo na mão deles. Agora sei que qualquer pessoa pode dar entrada nesse seguro sem intermédio de um advogado, o problema é que eles ainda não deram o atestado de óbito e minha mãe acertou com o advogado dessa funerária. Ficamos de ir segunda na delegacia para dar entrada no BO. O que devo fazer para que minha mãe receba esse dinheiro sem intermédio de um advogado. O que devo alegar?
    E quanto a funerária, se ela não quiser dar os documentos já que estamos devendo pra ela?
    Um abraço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 12:24
    Enviado por: Berenice

    Meu irmão sofreu acidente de transito, foi atendido pelo SUS e esta com a perna quebrada. Ele não tem registro em carteira e por, exerce trabalho informal. Pergunto: O DPVAT, cobre o tempo que ele não poderá trabalhar???
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 15:21
    Enviado por: Eliana Espíndola

    Sofri um acidente em 05/04/1996 e recebi o seguro mas tem advgados dizendo que tnho direito a receber uma diferença que fica em torno de 40 slários minímos. Isso é verdade. Ha neste acidente aleceu meu marido e meu sogro, na época lembro que recebemos R$5,000.00 mais ou menos.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/03/2010 - 12:40
      Enviado por: eliana pinto

      encomtro-me na mesma situação que voçê, e não sei a resposta, porém se alguém lhe responder gostaria de saber se também terei direito. obrigada

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/11/2007 - 15:47
    Enviado por: Nilson barretto

    meu cunhado capotou o carro e faleceu a 10 anos atras como minha irma estava em estado de choque ela fez uma procuraçao para eu cuidar da papelada do seguro dei entrada e logo o dinheiro saiu sem nenhum problema, agora recebi uma correspondencia dizendo que minha irma tem uma diferença a receber gostaria de saber se tal informaçao procede gostaria de uma orientaçao obrigado… nilson

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2007 - 15:11
    Enviado por: Gilclésio D.Vieira

    Sofri um acidente de transito e em decorrência passei por uma cirurgia na coluna, hoje tenho pinos de fixação em 2 vértebras.

    1-Gostaria de saber em qual indenização devo dar entrada. Ou o que tenho direito? Pois fiquei 8meses afastado de minhas atividades.
    2-Tenho quase todos os documentos necessários só não tenho as despesas com medicamentos e as consultas pagas aos médicos que me atenderam. Pois não me atentei para isso e perdi as notas, a cirurgia foi por conta do meu plano de saúde que é da empresa onde trabalho? Pergunto a indenização por despesas medicas são pagas correspondente ao valor gasto e declarado ou posso comprovar com o desconto no meu demonstrativo de pagamento ?
    Grato.
    Gilclésio Vieira.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2007 - 11:11
    Enviado por: Renata

    URGENTE
    que fundamentação posso utilizar no caso em que os beneficiarios receberam o pagamento parcial do seguro obrigatorio, em decorrencia do falecimento de seu filho, em 1993.
    Em sentença foi julgado procedente o pagamento da diferença entre o que foi pago e o que era devido. Ocorre que no recurso a ré alegou ilegitdade ativa do beneficiario (autor da açao) alegando nao ser cabivel a sucessão do seguro DPVAT, ou seja,que ele nao poderia pleitear a quota-parte da esposa que faleceu a alguns meses atras.
    como posso resolver essa questao? sendo que necessito ignorar a ilegitimidade ativa do mesmo, e pleitear o recebimento da quota-parte da esposa juntamente com a dele.
    (artigos / jurisprudencia)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 23:46
    Enviado por: Rosangela Soares

    Minha cunhada foi atropelada e faleceu, os dois filhos dela estão morando comigo, têm 06 e 04 anos de idade mas, segundo a seguradora, foram redigidos dois documentos referente ao atropelamento, em um consta o nº da placa da moto e em outro não consta a identificação da placa e por isso ainda o seguro não foi pago. Já vai fazer 03 anos que ela faleceu. Gostaria de saber se a seguradora está agindo corretgamente ou o que devo fazer para que possa vir a receber esse seguro.

    Grata,
    Rosangela

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2007 - 12:13
    Enviado por: Juliana de Cassia

    Minha irmã sofreu um acidente juntamente com meu sobrinho e seu esposo onde os três chegaram a falecer.No momento de receber o seguro de meu sobrinho, a minha mãe só teve direito a 4.500,00 pois não há registro de pai na identidade de minha irmã, e o meu cunhado possui pai e mãe.Gostria de saber se esse valor está correto. E se no caso não houvessem pais pra nenhuma das partes e só tivesse eu de irmã em uma parte e na outra 10 irmãos.Como seria a divisão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2007 - 16:31
    Enviado por: marilda lima ribeiro

    fiquei viuva em 1999 e recebi apenas 6700,00 e nao sei como proceder para ter direito a diferença e recebi o ipva foi em 2002
    preciso de sua ajuda
    obrigada marilda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2007 - 17:05
    Enviado por: Elaine Poletini

    Meu pai bateu em uma moto com 2 pessoas, o carona ficou no hospital por 5 dias, eles ja requeram o DPVAT da moto que nao foi o suficiente para pagar todas as despesas. Gostaria de saber se tambem posso acionar o do carro para pagar as demais para a mesma pessoa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2007 - 20:47
    Enviado por: Cristina Stolfo

    Oi meu namorado sofreu um acidente de moto, e o condutor do outro veículo que estava errado, arcou com todas as despesas hospitalares e possui seguro total do veículo dele. e agora quer receber o DPVAT referente a moto do meu namorada…. Ele tem direito????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2007 - 18:56
    Enviado por: lilian

    Eu e minha filha fomos atropeladas por uma moto. Como devo proceder pra receber o seguro obrigatório?

    Advogado de Defesa:

    Para solicitar a indenização, basta apresentar os documentos em uma seguradora. Para isso, o interessado deve ir a uma que seja conveniada. É possível consultar a rede de seguradoras que paga o DPVAT pelo site
    http://www.dpvatseguro.com.br ou pelo telefone 0800-22-1204.
    Para fazer a comprovação de que os danos são decorrentes de acidente de trânsito são exigidos RG, Boletim de Ocorrência com o relato do acidente,recibos médico-hospitalares, laudo médico comprovando invalidez, atestado de óbito (em caso de morte). O beneficiário tem de esperar 30 dias, a partir da
    entrega dos documentos, para receber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 09:27
    Enviado por: MAIKON CRISTIANO

    Sofri um acidente quando eu estava pilotando minha moto,atropelei um cachorro. Por causa do acidente fui parar no hospital,não cheguei a quebrar nada, somente muitas escoriações pelo corpo, e minha moto ficou bastante danificada,será que recebo algo?

    Advogado de Defesa:

    o Seguro Dpvat cobre danos pessoais, o que significa que não há cobertura para danos materiais, como roubo, colisão ou incêndio do veículo.
    Você deve consultar a Fenaseg para saber se tem direito a receber indenização. Entre no site http://www.dpvatseguro.com.br/faleconosco/fale.asp e tire suas dúvidas com eles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 17:54
    Enviado por: cleberson

    Sofri um acidente, como faço para dar entrada no e quais papéis levar e onde levar???

    Advogado de Defesa:

    O Seguro Dpvat cobre danos pessoais, o que significa que não há cobertura para danos materiais, como roubo, colisão ou incêndio do veículo.
    Você deve consultar a Fenaseg para saber se tem direito a receber indenização. Entre no site http://www.dpvatseguro.com.br/faleconosco/fale.asp e tire suas dúvidas com eles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 19:39
    Enviado por: jane

    Boa noite,

    Aqui em vitoria no es existe uma portaria limitando o tempo para a confecção do BO. O queve ser feito para conseguir um BO DE UM ACIDENTE QUE ACONTECEU A MAIS DE 10 ANOS.

    GRATA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2007 - 12:33
    Enviado por: kelly

    Contratei um advogado, eu ligo ele nao atende,quando atende procuro com ele o número do sinistro, ele não passa. Ele disse que já deu entrada e ele tem em mãos o boletim e alguns xerox de meus documentos, mas não todos os documentos necessários.
    Queriar cancela o seu serviço ele cobra 500.00 reais o que fazer nesse caso?
    Por acaso tem como eu dar entrada em outra seguradora, sem que dê ploblemas?

    Advogado de Defesa:

    Não há necessida de contratar advogado para receber o DPVAT. Pelo site da Fenaseg tem a explicação de todos os passos. Se ele já deu entrada, então é com ele que você deve verificar. Se está havendo problemas, converse com ele para te devolver a documentação. Caso nada consiga, você pode acionar a OAB.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/06/2011 - 17:35
      Enviado por: Claudia

      Kelly boa tarde, se você entrar em contato com o detran e passar os dados da vítima eles passam para você o número do sinistro, eu você poderá acompanhar o andamento do seu seguro Claudia

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/11/2007 - 12:40
    Enviado por: iracema

    Sofri o acidente, em Peabiru, mas fui atendido em Campo Mourão, e o boletim pequei em Maringá. Posso passar pelo IML de Maringá para dar entrada no dpvat? ou tem que ser em Campo Mourão?

    Advogado de Defesa:

    Consulte o site da Fenaseg para obter essas informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2007 - 14:29
    Enviado por: jemerson andrade de sousa

    Meu pai faleceu devido um acidente de trânsito, foi atropelado quando saia de serviço no dia 15/04/2007. Contratei um advogado e já faz 3 meses e nunca recebi a idenização. É possível o advogado ter recebido pois assinei uma procuração. Esperando resposta!

    Advogado de Defesa:

    Faça a consulta na Fenaseg para saber se já foi paga a indenização. Caso a resposta seja positiva, procure o advogado e cobre dele.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2007 - 12:59
    Enviado por: kleber

    qual a diferença de dar entra no dpvat, pelo judicial e pelo administrativo???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2007 - 15:23
    Enviado por: Fabiana Maciel paulo

    Meu marido se acidentou em 2000 enquanto trabalhava em um caminhão ,e quero saber se ele tem direito ao seguro dpvat.E ele ficou com lesões mas que não o impedem de trabalhar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2007 - 11:07
    Enviado por: João Paulo

    Boa tarde, recebi 13.500,00 pela morte de meu marido em 2006, me disseram que tem direito a uma revisão deste valor, é verdade? desde ja agradeço pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/12/2007 - 16:07
    Enviado por: jurema andreazzi

    preciso saber pois meu marido morreu em um acidente.no ano de 2004.so que a seguradora faliu ate hoje estou na justiça e ate agora nada recebi oque posso fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2007 - 18:10
    Enviado por: HUGO RONALDO FERREIRA DOS SANTOS

    FRATURAS
    MULTIPLAS FRATURAS DOS OSSOS DA FACE, INCLUINDO PAREDESDAS ORBITAS, COM TRAÇOS NÃO CONSOLIDADOS DOAS PAREDES LATERAIS EM AMBOS OS LADOS, COM SINAIS DE DESALINHAMENTO Á ESQUERDA.FRATURAS DOAS LÂMINAS PAPIRÁCEAS COM AFUNDAMENTO A ESQUERDA .NOTA-SE TAMBÉM FRATURAS DOS SOALHOS ORBITÁRIOS EM AMBOS OS LADOS.HERNIAÇÃO DA GORDURA EXTRACONAL POSTERIOR Á DIREITA E DESTRUIÇÃODO SOALHO ORBITÁRIO E TODAS AS PAREDES DO SEIO MAXILIAR Á ESQUERDA, COM FRAGMENTOS ÓSSEOS E FRATURAS COMINUTIVAS ASSOCIADOS A ENOFTALMO, DENSIFICAÇÃO DAS GORDURAS INFRA E EXTRACONAIS, PRÉ E PÓS-SEPTAL, COM AUMENTO DAS PARTES MOLES PERIPALPEBRAL BILATERAL.
    GLOBOS OCULARES COM MORFOLOGIA PRESERVADA.INFRADESNIVELAMENTO DO GRUPAMENTO MUSCULAR INFERIOR ESQUERDO, NÃO SE PODENDO AFASTAR APRISIONAMENTO.
    FRATURAS DOS OSSOS NASAIS,PIRÂMIDE NASAL E DO SEPTO NASAL(QUE APRESENTA DESVIO SIGMOIDEO).
    FRATURAS COMINUTIVAS DAS LÂMINAS PTERIGOIDES.
    FRATURAS DO PROCESSO ALVEOLAR DA MAXILA À ESQUERDA, ALINHADA.
    FRATURA ÂNTERO-LATERAL INFERIOR DO SEIO MAXILAR DIREITO, COM AFUNDAMENTO.MULTIPLOS FRAGMENTOS O ÓSSEOS MALARES Á ESQUERDA, DECORRENTES DE DESTRUIÇÃO DO SEIO MAXILAR DESSE LADO, COM COMPROMETIMENTO DO DUCTO LACRIMAL.
    FRATURA COM AFUNDAMENTO DO ARCO ZIGOMATICO ESQUERDO. FRAGMENTO ÓSSEO NA TOPOGRAFIA DO MASSETER DESTE LADO.
    FRATURAS DO CORPO DA MANDIBULA EM AMBOS OS LADOS, COMINUTIVAS À DIREITA , ONDE OBSERVA-SE ESPESSAMENTO PERIOSTEAL COM CONSOLIDAÇÃO PARCIAL .FRATURA DO RAMO ASCENDENTE DA MANDIBULA À DIREITA, COM ACOMETIMENTO DO FORAME MANDIBULAR.
    FRATURAS DA PAREDE POSTERIOR DAS CAVIDADES GLENÓIDES, ALINHADAS.

    CONCLUSÃO:
    CONTROLE EVOLUTIVO DE MÚLTIPLAS FRATURAS FACIAIS COMPLEXAS.

    ENTÃO DOUTORA SEI QUE MEU CASO É MUITO COMPLEXO, NECESSITO DE UM TRATAMENTO , PARA VER SE NO MINIMO TENTA CHEGAR NO QUE ERA.NÃO POSSO JUGAR O PROXIMO, MÁS POR CAUSA DE OUTRO CIDADÃO ALCOOLIZADO E DROGADO. QUASE COLOCA EU EM ORBITO.ENTÃO DOUTORA ESTOU IMPLORANDO PARA DEUS E O MUNDO., UMA AJUDA SE TIVER AO SEU ALCANCER VOU SER MUITO GRATO.
    O ACIDÊNTE FOI 26/05/2007 ATÉ HOJE ELES SÓ FIZERÃO UMA DILATAÇÃO NA TRAQUEIA, NESTA PARTE EU ESTOU MAIS TRANQUILO QUE A EQUIPE DO DR. HÉLIO MINAMOTO SÃO MUITO COMPETENTES. FIQUEI QUASE 2 MESES INTERNADO PRA DEPOIS EU SAIR CORRENDO ATRÁS DE UM MÉDICO. ESTOU COM DR. DOV CHARLES DAS CLINICAS ELE AFIRMA QUE MEU CASO NÃO É TÃO SERIO QUE EXISTE CASOS PIORES DO QUE O MEU, FALAR A VERDADE TEM SIM JÁ VI E VOU VER. MAS SE CONSEGUISE ADIANTAR A RECONSTRUÇÃO DA FASE, EM BREVE IRIA TIRAR ESTÁ CÂNULA E VOLTAR A MINHA VIDA , TRABALHAVA , ESTUDAVA, TREINAVA CURTIA VIDAT IVE QUE PARAR POR ALGUNS MESES E SE CONTINUAR DESTE JEITO VOU FICAR ANOS EM RECUPERAÇÃO.
    gostaria de saber como que eu poderia adquirir um tratamento médico para reconstruir a minha face e saber também como que eu poderia receber o seguro dpvat?
    na reconstrução da face o governo paga tudo? se eu for em uma clinica médica fazer tudo depois eu recebo ou não tem uma quantia especifica para receber……..

    obrigado pela atenção Hugo Ronaldo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2007 - 14:50
    Enviado por: Edvania

    Bom dia na sexta feira eu ia entrar em uma travessa que permitida quando eu na esquerda venho um motoqueiro e fez um ultrapassagem na esquerda na contra mão e bateu no meu carro . Na hora não chamamos a policia e não fizemos o boletim de ocorrecia dei meu endereço e telefone . Mas agora vejo que a culpa foi dele pois ele fez uma ultrapagem na contra mão . Quero saber quantos dias eu tenho para fazer o boletim de ocorencia . Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2007 - 21:37
    Enviado por: Eriko Goes

    Boa noite, uma informação por favor!!!! Minha tia foi atropelada estava só foi levada para o hospital fez duas cirurgias na perna provenientes do atropelo, o plano de saúde dela cobriu as desespesas cirurgicas e a fisioterapia, o motoqueiro foi junto com o agente para delegacia mas estive na delegacia e não consta B.O então mandaram que fossemos ao hosp. onde ela foi socorrida, lá informaram que não poderiam fornecer o relatorio do dia do acidente ao paciente e agora o que fazer para provar que realmente ele foi atropelada o hospital pode negar tal informação?????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2007 - 18:27
    Enviado por: Aguinaldo coelho barbosa

    Boa tarde; gostaria de saber se meu advogado ja recebeua indenizaçao do meu filho que foi atropelado a quatro meses atras acho que o advogado esta me enrolando

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2007 - 18:11
    Enviado por: antonia paula

    se acontecer um acidente e os documentos todos estiverem atrazados.depois do acidente se eu pagar a documentação tenho direito como motorista?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2007 - 18:24
    Enviado por: geisiane

    Se a vitima for solteira,quem tem direito de receber o seguro??a Mãe ou o filho da vitima??Se a mãe ja pegou o seguro,tenho direito a recorre??Uma vez que la ja pegou o seguro e não deu-o nenhum dinheiro para o neto vivo da vitima!!E pelo casa dela ter usado uma certidão de obíto falsificada??

    Advogado de Defesa:

    Você pode procurar a Fenaseg para tirar essas dúvidas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2007 - 18:47
    Enviado por: HELOISE M. VELOSO

    V GOSTARIA DE SABER SE POSSO ENTRAR COM PÉDIDO DE INDENIZAÇÃO CONTRA UMA SEGURADORA, POIS MEU EX- MARIDO FALECEU EM ACIDENTE DE MOTO, E POREM SUA COMPANHEIRA RECEBEU SOZINHA O SINISTRO ( DPVAT), POREM ISSO ACABOU FAVORECENDO. SUA FILHA QUE TINHA COM ELE, E DESFAVORECEU MINHAS DUAS FILHAS LEGITIMAS DE PRIMEIRO CASAMENTO EM SEPARAÇÃO OBRIGATORIA DE BENS. COMO POSSO ESTAR AGINDO QUERO BRIGAR PELOS DIREITOS DE MINHAS FILHAS ATRAVES DO CODIGO CIVIL( ONDE DIZ QUE HERDEIROS LEGITIMOS TEM TOTAL DIREITOS).??????????? ME AJUDEM … AGUARDO ALGUM ESCLARECIMENTO, POREM SO ESTOU ESCUTANDO OQ OS OUTROS DIZEM..OBRIGADO PELA ATENÇÃO DISPENSADA..
    ASS: HELOISE M. VELOSO

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar a Fenaseg para tirar essas dúvidas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/12/2007 - 22:42
    Enviado por: antonia paula

    espero resposta para esta indagação advogado. sofri um acidente com meu veículo mas a documentação estava atrazada se eu pagar a documentação agora depois do acidente recebo o seguro dpvat ?sou dona do carro>

    Advogado de Defesa:

    Você se feriu no acidente? É melhor procurar essas informações com a Fenaseg

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 11:26
    Enviado por: marisa de souza

    bom dia…fui atropelada por uma moto cerca de 30 dias atras estou afastada do servico pois não tive condiçoes de retornar , meu pé está muito enchado levei 10 pontos na perna que estão dificil de cicatrizar , minha duvida é a seguinte gostaria de saber se tenho direito ao dpvat desde que não abri ocorrencia e não guardei os receituarios medicos
    oque devo fazer ….obrigado

    Advogado de Defesa:

    Entra no site da Fenaseg que você encontrará todas as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 11:37
    Enviado por: anderson arruda

    sofri um acidente de moto passei por uma cirugia decorrente do acidente quebrei a perna e tive q colocar uma platina permanente tenho direito de recerber o seguro por invalidez

    Advogado de Defesa;

    Entra si site da Fenaseg que você encontrará as informações

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/11/2010 - 20:59
      Enviado por: NATALINO

      Olha Anderson, eu posso ajudar mas precisa você entrar em contato comigo atravêz do telefone (33) 88075158 ou pelo e-mail:federacaolince@yahoo.com.br, então eu explico tudo para você – OK

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/01/2008 - 08:35
    Enviado por: Klaydson Cesario

    Sofri um acidente em 13/08/2000. Perdi um dedo do pé. Dei entrada agora em 2007. Recebi uma carta dizendo que o tempo já passou e não tenho mais direito. O que devo fazer? Dou entrada novamente?

    ADVOGADO DE DEFESA

    O prazo para pedir a indenização já prescreveu. Você não tem mais direito a esse benefício.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2008 - 14:10
    Enviado por: Geraldo

    Boa tarde!
    Devido a um acidente de trânsito, com morte, recebemos o valor de 6.750,00 em 2006. Quero receber a diferença. Há prescrição neste caso. Obrigado

    ADVOGADO DE DEFESA

    Se a indenização já foi paga integralmente, não há diferença a ser recebida. Se você quiser contestar o valor, deve recorrer a um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 14:26
    Enviado por: fernando santos

    sofri um acidente de moto , tenho q colocar umas aste de 40 cm no femur e 2 parafusos , no um parafuso no pulso , fiz tudo pelo convenio medico q possuo quero saber qual, o direito e quanto tenho a receber ????????????????

    ADVOGADO DE DEFESA

    O valor da indenização é calculado pela seguradora. Você pode buscar mais informações no site http://www.dpvatseguro.com.br/.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 16:09
    Enviado por: Mauricio Ibelli

    Sei que a vigencia é de 01/01 a 31/12. Porem se ocorreu um acidente e eu não havia pago o DPVAT do ano correspondente. Mesmo assim eu, passageiros e terceiros temos direito a indenização?
    Obr.
    Mauricio

    ADVOGADO DE DEFESA

    Considerando que o acidente ocorreu há menos de três anos (prazo limite para o pedido de indenização), os passageiros e terceiros envolvidos têm direito à indenização. Apenas o proprietário do veículo, se envolvido, não poderá receber.
    Se o DPVAT for pago em atraso depois do acidente, mas no mesmo do ocorrido, o proprietário volta a ter a cobertura normal.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 18:33
    Enviado por: Alexandre Basilio

    Perdi um irmão em um acidente com um onibus em 1994. Como tinha apenas 13 anos na epoca, não sabia nada sobre DPVAT. Em 2002 entrei com o pedido e recebi um numero de sinistro e a informação de que eu só receberia o seguro se eu tivesse o bilhete comprovando o pagamento do Dpvat do Onibus causador da morte. Desde então comecei uma busca incansável deste documento, mas infelizmente não consegui. Acredito que no momento que recebi essa informação o prazo prescricional parou de contar. Quero saber se ainda tenho chances de receber essa valor. Será que podem me ajudar?
    Caso eu preciso ir pra justiça, contra quem seria?
    Qualquer ajuda será bem vinda.
    Obrigado

    ADVOGADO DE DEFESA

    O cálculo do valor a ser pago só pode ser feito pelas seguradoras. Entre em contato com uma delas. Você encontra a relação das seguradoras no site http://www.dpvatseguro.com.br.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/01/2008 - 13:25
    Enviado por: MARTA

    QUERO SABER COMO POSSO RECEBER O SEGURO DO DPVAT,SOFRI UM ACIDENTE A TRES ANOS,O CARRO TEVE PERDA TOTAL,MACHUQUEI O BRAÇO,FIZ OCORRENCIA POLICIAL.EU TENHO DIREITO,COMO POSSO REQUERER ESTE DINHEIRO.
    MARTA

    ADVOGADO DE DEFESA

    O prazo para pedir a indenização é de três anos. Confira a data exata do acidente para saber se você ainda tem direito ao benefício. Esse cálculo é feito automaticamente no site http://www.dpvatseguro.com.br/indenizacao/index.asp

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2008 - 21:41
    Enviado por: carlos

    se causo não houver acidente no periudo de 2 anos,será devolvido o dinheiro pago no dpvat? ao condutor do veiculo?

    Advogado de Defesa:

    Não. o DPVAT funciona igual a qualquer seguro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 11:25
    Enviado por: Cristiane

    Sr. Advogado, quero pedir dpvat invalidez para meu pai, porém, não mais tenho o comprovante de pagamento do dpvat. Como devo proceder? Tenho todos os outros documentos, exceto o comprovante.
    Agradeço a ajuda

    Advogado de Defesa:

    Entra no site da Fenaseg que você encontrará todas as informações sobre o seguro DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 16:48
    Enviado por: Marcos

    Olá gostaria de saber como encontrar um advogado que defende em Brasilia para que eu possa dar entrada e receber o seguro no dpvat ?

    Advogado de Defesa:

    Você não precisa contratar advogado. Entre no site da Fenaseg e encontrará todas as informações de como deve proceder

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 18:03
    Enviado por: camila

    Sofri 1 acidente de moto em outubro de 2007 e meu seguro obrigatorio vencia em dezembro.
    Não tenho mais direito ao seguro??
    Lembrando q perdi um dedo do pê…
    Aguardo resposta

    Advogado de Defesa:

    Consulte o site da Fenaseg. Lá você terá todas as explicações sobre o seguro DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2008 - 00:18
    Enviado por: paulo argemiro

    Boa noite
    Gostaria de informaçõ sobre o DPVAT. Sofri um acidente em setembro de 2007 e fui operado. Ainda não tenho o laudo final pois estou em fisioterapia mas segundo informações não tenho direito ao seguro por estar atrasado 2 anos com a documentação do carro. O causador do acidente fugiu do local.
    Será que eu não tenho direito mesmo?

    Advogado de Defesa:

    Se você não pagou do DPVAT não tem direito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 02:35
    Enviado por: Anderson

    Bom dia, me chamo Anderson e me envolvi em um acidente de transito em uma rodovia, atropelei um pessoa no acostamento. O fato ocorreu a 7 meses, socorri a vitima, conduzi a mesma até o hospital e não acionei o seguro DPVAT, gostaria de saber se depois de 7 meses consigo dar entrada neste beneficio?

    Advogado de Defesa:

    Quem tem que dar entrada no seguro é a vítima

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 14:54
    Enviado por: maria ines bonfanti arantes

    Quando ocorre um acidente com morte, com um caminhão bitrem, que paga 03 dpvats (do cavalinho e das duas carretas), serão pagas 03 indenizaçõaes, uma de cada dpvat, e qual sera o valor da indenização?

    Advogado de Defesa:

    Consulte o site da Fenaseg. Lá tem todas as informações sobre o DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 11:30
    Enviado por: francisco

    Sofri um acidente de moto em 22/02/2002, perdi um dedo do pé. Na época não dei entrada, mais tem um adv que falou pra mim dar entrada agora em 2008 que é 90% de eu receber. Será que vou receber mesmo ? E qual é o valor ? e quais são os documentos necessarios?

    Advogado de Defesa:

    Acesse o site da Fenaseg que você encontrará todas as informações.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 18:16
    Enviado por: Marcelo Batalha

    Primeiramente parabens pela iniciativa de orientar as pessoas.
    Bom, sofri um acidente de moto e como seguela perdi totalmente a audição do ouvido direito, e a clavicula fraturada, já fiz todos os exames e foi comprovado a perda da audição.
    Gostaria de saber se decorrente a essa perda me encaixo por invalidez permanente.
    Qual o método utilizado para calcular o valor a ser pago???
    Grato!!!!!!

    Advogado de Defesa:

    Você terá todas as informações no site da Fenaseg

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 13:56
    Enviado por: William Pereira Martins

    Sofri um acidente em 01/2006 na Via Dutra, teve lesóes eu, minha filha e minha esposa, o carro que eu conduzia não era meu e sim de um amigo, juntei todos os documentos necessários para o reembolso médico mas só que ai fui saber que a documentação e DPVAT de 2005 e 2006 não estavam pagos. Agora a seguradora exige que eu comprove que o licenciamento e o DPVAT de 2005 e 2006 não estavam pagos.
    Eu tenho que provar isto? eles não tem como saber se está ou não pagos? pelo que eu sei o pagamento do seguro independe desta documentação a seguradora não quer dar entrada até que eu prove.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 18:29
    Enviado por: Liliane Gonçalves do Nascimento

    Eu me acidentei dentro de um suplementar, com minha filha de 2anos no colo, p/ ela não se machucar eu acertei o braço no ferro do ônibus e isso fez inflamar o nervo do meu braço esquerdo, e é com ele que escrevo, eu não fiz ocorrência policial pois fiquei c/ medo do motorista pq ele passa uma imagem de um homem nervoso e agressivo, e eu preciso de usar esta linha suplementar 66. Eu perdi os movimentos do braço todo, estou tomando injeções anti-inflamatórias e depois terei que fazer fisioterapia, mas não tenho condições de pagar a passagem. As consultas médicas e os remédios meu plano de saúde pagou, mas e o restante. Por favor me ajude, pois não tenho dinheiro p/ resolver isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2008 - 16:22
    Enviado por: Jorge Bernardo

    A minha pergunta é a seguinte: Qual o tempo em média que leva para o laudo médico ficar pronto ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/01/2008 - 10:18
    Enviado por: José Carlos

    O procedimento é o mesmo no caso de envolvimento de carro de categoria oficial?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/01/2008 - 14:10
    Enviado por: TEOBALDO SERGIO DE PAIVA

    Sou cunhado de ADEILDA BISPO DA SILVA, beneficária no SINISTRO nº 2007.282183-01, pelo falecimento no dia 12/06/2007 de seu esposo ANDRÉ DO NASCIMEMTO MENDES, a viúva recebeu uma correspondencia dizendo que o valor de R$ 13.500,00 estaria disponível em sua conta corrente no Banco do Brasil, só que até o momento não movimentação alguma nesta conta corrente, ou seja, não foi efetuado o depósito do referido valor da idenização por morte.
    Gostariade saber com URGENCIA, quais as providencias que devemos tomar apartir de agroa.
    Muito Obrigado,

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado,com.br, do Jornal da Tarde, com os dados pessoais do requerente e da pessoa que faleceu para que possamos verificar na Fenaseg o que ocorreu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/01/2008 - 19:39
    Enviado por: Élbia S.O. Silva

    Meu pai faleceu em setembro de 1999 em um acidente de caminhão, ainda não recebemos o seguro dpvat, e pior que não encontramos o boletim por já ter alguns anos. o que fazer se agora minha mãe realmente está precisando desse dinheiro? Por favor já tentei de todas as formas me de uma luz, um caminho a seguir.

    Advogado de Defesa:

    Entre em contato com o telefone 0800-221204

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2008 - 17:30
    Enviado por: Leandro Rogerio da Conceição

    Olá, sou representante comercial e viajo muito pela região de Maringá – Pr., dia 05 de Dezembro de 2007, meu carro um Scenic 2002 apresentou problema na garagem do Hotel em que eu estava na cidade de Toledo, acionei o seguro e o socorro disse que era uma correia externa do motor que estava desfiando e fazendo o barulho, seria um socorro de natureza simples, mas teria de remover até a base de atendimento da seguradora.
    Ao substituir pela correia nova o mecanica não tinha ferramenta adquada ou não usou o esticador de correia, então ele exigiu que eu o ajudasse a empurrar o carro engatado em quinta marcha para que a correia completasse o encaixe nas polias, mesmo sabendo que era um procedimento a normal, e ainda por tratar-se de um veiculo 16valvulas jamais deveria ser empurrado, isso ocasionou o travamento do motor danificando o cabeçote , todas as valvulas e um pistão.
    Removi o carro então até a minha cidade e inclusive na oficina onde mantenho periodicamente as revisões e constataram que foi devido o tal processo de substituição da correia que ocasionou tal dano.
    Acionei o seguro , eles mandaram um perito e o laudo e as fotos foram encaminhados para o laboratorio tecnico de São Paulo, mas negaram alegando que o dano foi causado pela correia que quebrou, e a mesma ainda estava em garantia. Mas a oficina que reviso diz que foi causado pelo socorro ter empurrado o carro.
    Estou já, a 50 dias sem carro e, em um prejuizo de mais 10.000,00, gostaria de saber a qual área especifica devo recorrer ou seja tipo de advogado ou se ainda talvez poderia acionar pelo Procon, porque preciso uma indenização urgente para poder pagar todo o prejuizo, e tirar o mais breve o carro da oficina para retornar minhas atividades.

    obrigado

    Leandro Maringá-Pr.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2008 - 11:26
    Enviado por: Daniel

    Uma pessoa sofreu um acidente com seu veículo particular, teve uma despesa médica no valor de R$650,00, porém só recebeu R$250,00 referente ao DPVAT. Se o teto é de até R$2.700,00, não teria essa pessoa o direito de ser ressarcida no valor total de R$650,00? Ou seja, no valor total das despesas médicas?
    Muito Obrigado!

    Advogado de Defesa;

    os valores são definidos pelo DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2008 - 13:03
    Enviado por: Diane

    parece que é complicado. minha mãe sofreu um acidente ha 3 anos atras e ficou com sequelas na perna. e ja foi em duas seguradoras e as mesmas disseram que ela não tem direito a receber a idenização.

    eles criam poréns, para que a pessoa acabe desistindo.

    Advogado de Defesa:

    Entre no site http://www.dpvatseguro.com.br e você encontrará uma relação de seguradoras que atuam com seguro obrigatório

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 11:57
    Enviado por: WARLEY NASCIMENTTO

    GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO A INDENIZACAO DO SEGURO DPVAT POR INVALIDEZ PERMANENTE DE UM ACIDENTE OCORRIDO EM 16/02/1993, POIS SEGUNDO PESQUISA AO SITE OFICIAL DO DPVAT CONSTA QUE ESTÁ PRESCRITO?
    PROCEDE A INFORMAÇÃO OU HÁ ALGUM RECURSO?

    AGUARDANDO RESPOSTA, DESDE JÁ AGRADEÇO.

    WARLEY NASCIMENTTO

    Advogado de Defesa:

    Para acidentes ocorridos antes de dezembro de 2006, o prazo de prescrição é de 20 anos. Ligue 0800-221204 para outras informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 17:19
    Enviado por: luciano ferreira

    Eu sofri um acidente em 2003, na ocasiao eu estava em servico, veio um carro e atingiu o meu pela trazeira.
    eu estava na frente, me arremessando ao chao, tive um traumatismo craniano, fiquei em coma, venho tendo fortes dores de cabeca, devido a coagulos que eu tive na ocasiao, estou em tratamento com neurologista desde entao, estou afastado do servico desde a epoca do acidente o medico me deu um relatorio dizendo que eu tenho incapacidade permante. como posso dar entrada para receber o DPVAT.
    ate mais obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Você encontrará todas as informações no site dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 22:52
    Enviado por: CARLOS MARINHO

    Queria se possivel esclarece se os sucessores de uma pessoa que foi atropelada e morte por uma moto no dia 26 de janeiro de 1990, tem direito ainda a requerer o premio de seguro por morte DPVAT ou se esse direito já prescreveu.

    Advogado de Defesa:

    Como o acidente ocorreu antes de dezembro de 2006, você tem o prazo de 20 anos para requerer o DPVAT. Vá a página http://www.dpvatseguro.com.br e veja como proceder ou, então, ligue 0800-221204

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2008 - 18:38
    Enviado por: Sandra Fernandes da Costa Mantovani

    meu irmão sofreu acidente fui ate a seguradora para acionar o seguro (DPVAT)mas o responsavel disse que vai ver o quanto pode conseguir liberar e que 15% do valor obtido é pra ele.O valor do seguro não tabelado,tenho que dar 15% pra ele?
    E outra disse que não é pra mim pegar notas fiscais com o médico ele acerta com médico isso não é estranho?

    Advogado de Defesa:

    no site http://www.dpvatseguro.com.br você encontra a relação de seguradoras autorizadas pela Fenaseg.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2008 - 21:16
    Enviado por: Luciene

    Boa tarde,
    Sou procuradora de uma menor com 16 anos de idade, cujo pai faleceu num acidente no dia 15/10/2007. Ele dirigia um ônibus se descontrolou e caiu numa ribanceira, vindo a falecer. A menor é filha da vítima do primeiro relacionamento (concubinato, 10 anos)da vítima com a mãe da mesma. A vítima tinha uma esposa e mais dois filhos advindos do casamento. A menor não possui os documentos do pai para habilitação junto ao DPVAT. Entramos com os documentos da menor na seguradora, mas a mesma exige cópia autenticada dos documentos da vítima. A esposa ainda não entrou com o pedido do seguro e não disponibiliza os documentos da vítima. Qual é o procedimento neste caso?
    Obrigada!

    Advogado de Defesa:

    Ligue para 0800-221204 e a Central de Atendimento poderá te orientar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2008 - 19:55
    Enviado por: Nayara

    Boa noite!Fui na Delphos,que é um posto de atendimento aqui em Belém e dei entrada para receber a indenização,porém disseram,que tinhamos que dar entrada na própria seguradora(que fica em SP).Procurei a corretora que consta no bilhete e me disseram que nada poderiam fazer,uma vez que a Seguradora faliu em 2002.E agora?Como devo proceder?Gostaria de saber se posso dar entrada no seguro DPVAT em outra seguradora;já que a seguradora do bilhete em questão faliu.Por favor,me ajude!Estou com a documentação completa,mas com esse impasse…Desde já agradeço na certeza de uma resposta.

    Advoagdo de Defesa:

    entre no site http://www.dpvatseguro.com.br e tire suas dúvidas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/02/2008 - 14:29
    Enviado por: Amanda

    Sofri um acidente desloquei e fraturei a mandíbula ,e trinquei a bacia passei por cirurgia e coloquei platina na mandíbula até peguei infecção hospitalar mas o tratamento todo foi pelo SUS tenho direito a receber o DPVAT pois perdi meu emprego por causa do acidente e fiquei quase quatro meses em tratamento.Algumas pessoas dizem que tenho direito a invalidez parcial ?

    Advogado de Defesa:

    Com relação ao seguro DPVAT, você vai encontrar todas as informações no site http://www.dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/02/2008 - 16:27
    Enviado por: mary costa

    Meu marido faleceu 05/10/2003, recebi 6.700 gostaria de saber se existe realmente a diferença de DPVAT que corresponde a 40 salario minimos vigentes e se ainda tenho direito, ja que li que ate jan/2007 tem direito a recorrer.

    Advogado de Defesa:

    Até dezembro de 2006, o valor era de até 40 salários mínimos. Para ver se você saber se há alguma diferença, entre no site dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2008 - 19:23
    Enviado por: marcio

    Sofri um acidente de moto no ano de 2006 .Gostaria de saber o valor q tenho a receber do dpvat ,sendo q meu acidente deu uma infecçao no osso e estou em tratamento até hoje segundo o médico diz q é uma infecçao sem cura .como faço pra receber e qual o valor q tenho direito , tenho todos doc na mão , até as notas fiscais de quanto gastei . E se recebo os gastos do hospital.com as notas em mãos. obrigado .

    Advogado de Defesa:

    Quem poderá te responder todas essas perguntas é o próprio DPVAT. Entre na página dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2008 - 20:54
    Enviado por: VANESSA APARECIDA DE MORAIS

    MEU MARIDO SOFREU ACIDENTE DE MOTO NO DIA 06/01/2008, FICOU 25 DIAS INTERNADO NO HOSPITAL ,NESTE PERÍODO FICOU 05 DIAS NA UTI, E 21 DIAS COM FRAÇÃO, ELE TEVE FRATURA EM 03 LUGAR DA BACIA , QUEBROU O PÉ E TEVE VÁRIAS LESÕES, VAI FICAR AFASTADO DO SERVIÇO POR NO MÍNIMO 06 MESES, O PLANO SE SAUDE COBRIU AS DESPESAS HOSPITALARES E AMBULÂNCIA , GOSTARIA DE SABER SE ELE TEM DIREITO DE RECEBER O SEGURO?

    Advogado de Defesa:

    Na página http://www.dpvatseguro.com.br você encontrará todas as informações sobre esse seguro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2008 - 15:37
    Enviado por: lucimara

    boa tarde
    sofri um acidente de carro no ano de 2005.
    neste acidente perdi a bacia eu tenho direito de receber alguma indenizaçao? se sim como devo fazer? agradeco e aguardo resposta.

    Advogado de Defesa:

    O prazo para solicitar a indenização é de 3 anos da data do acidente. Para saber como proceder, entre no site http://www.dpvatseguro.com.br ou ligue no telefone 0800-221204.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2008 - 22:28
    Enviado por: selma

    Tenho um amigo que é motorista de ônibus e sofreu um acidente grave, que ocasionou problemas permanentes nos joelhos, além de síndrome do pânico. Existe possibilidade de receber o seguro DPVAT ?
    Grata

    Advogado de Defesa:

    Entre no site dpvatseguro.com.br que você encontrará todas as informações sobre DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2008 - 22:31
    Enviado por: selma

    Após receber o alvará judicial para pagamento do seguro dpvat, como devo proceder?
    Posso enviar os documentos a um dos bancos, tais como bradesco, ou itaú, que também são conveniados?
    Obrigada

    Advogado de Defesa:

    Entre no site dpvatseguro.com.br que você encontrará todas as informações sobre DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 11:54
    Enviado por: Alex

    Olá td bem ??!! Eu sou sofri um acidente de carro na presidente dutra em 21 de Abril de 2006 e tive invalides permanete no meu lado esquerdo da perna e do braço, pois tive traumatismo crâniano, e recebi o seguro DPVAT em 2007 e gostaria de saber se eu tenho direito de receber algum outro tipo de endenização devido ao acidente.

    Gostaria de receber uma orientação.
    Obrigado!!!!!!!

    Advogado de Defesa:

    Se você já recebeu o DPVAT, só teria direito se tiver algum seguro pessoal ou contra acidente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 15:09
    Enviado por: Liliane Cristina Heck

    Vi uma notícia num jornal sobre uma diferença de DPVAT, sofri uma acidente em 98 e recebi 5 mil reais, tenho direito à indenização de R$ 15.200,00 que vi no jornal? Qual o procedimento a ser adotado?
    Aguardo resposta.

    Liliane

    Advogado de Defesa:

    Consulte o site dpvtaseguro.com.br para obter essa informação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2008 - 14:48
    Enviado por: evandro batisra augusto

    Tive um acidente de moto no final de marco de 2007 , bati na traseira de um carro e na lateral de outro. O primeiro carro paguei e o segundo nao tive como pagar ainda. Fiquei afastado 90 dias com o pé e mao quebrada e fiz 60 fisioterapia, pois tive complicaçao da minha hernia de disco. tratamento foi feito pelo sus e as fisioterapias tive que contratar um plano de saude, alem dos gastos com concertos com a moto. Que procedimento devo tomar para recorrer ao seguro do dpvat? que direitos eu tenho?

    Advogado de Defesa:

    Entre na página http://www.dpvatseguro.com.br que você encontrará as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2008 - 12:18
    Enviado por: Antonio Alves Reis

    Boa tarde .
    Sfri um acidente de moto e quebrei o osso do calcanhar.Sou autonomo e fiquei parado por 2(dois)meses ,gostaria de saber se tenho direito a indenização pelos dias que fiquei parado (sem trabalhar)
    Desde já agradeço e parabenizo o excelente trabalho feito por voces

    Advogado de Defesa:

    Entre no site http://www.dpvatseguro.com.br e encontrará as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2008 - 10:37
    Enviado por: Patrick Auerbach

    olá , fui vitima de acidente auto moto , recebi uma carta de uma seguradora maso o beneficiario é o hospital que me atendeu, como devo proceder para recuperar esse valor?
    e outra coisa é que eu nao assinei papel algum referente a o seguro então quem deu entrada? a seguradora disse que era procedimento normal, e a carta servia para avisar dos meus direitos ???

    Advogado de Defesa:

    Precisamos checar seu caso. Mande todo o relato para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o nome do hospital para que possamos fazer essa checagem

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2008 - 18:11
    Enviado por: Mônica Serafim

    Minha faleceu e tinha um DPVAt para receber, mas na e´poca quem tava por conta era um corretor q n deu continuidade ao assunto. Como proceder?

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar esse corretor e ver como está o processo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2008 - 09:41
    Enviado por: Alexandre

    Olá !
    Boa tarde !

    Gostaria de saber mediante a tantas duvidas a serem esclarecidas se poderia ajudar está pessoas que entram no site tentando resolver os seus problemas, já que só menciona o site da fenaseg ou dpvaseguro.com, já trabalho com o dpvat a algum tempo e tenho resolvidos varios e varios casos ? SAIBA DOS SEUS DIREITOS

    Advogado de Defesa:

    Como não dá para ver cada caso, indicamos o site que lá terão todas as informações. E, claro, se você quiser passar essas informações, o blog é aberto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 09:47
    Enviado por: Sabrina

    Bom dia,

    Tenho a seguinte dúvida:

    O acidente ocorreu em novembro de 2006, o falecido tinha uma companheira com quem conviveu por um ano e não deixou filhos. Quem irá receber a indenização do DPVAT: a companheira ou os pais do falecido?

    Agradeço desde já.

    Advogado de Defesa:

    Fale com o DPVAT ou pegue as informações no site dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 13:18
    Enviado por: Armando Rodrigues da Silva

    Sou um consultor especialista nos direitos de seguros pessoais.

    Crreio que houve um equivoco na resposta abaixo
    22.10.07 @ 16:24
    O acidente foi com o pai de meus filhos. Foi em 2000. Recebi o seguro DPVAT em 2003 no valor de 6.754,01 e me informaram que teria que ser ressarcido no valor de 40 saláios mínimos. Gostaria de saber se é verdade e como faço para recorrer.

    Advogado de Defesa:
    O valor do DPVAT foi desvinculado do salário mínimo pela Lei n° 6.205/75. Portanto, o valor recebido não deverá passar por revisão.

    Consultor: O beneficiario tem direito sim aos 40 salarios minimos. A regra mundou a partir de 2007 quando foi fixado por lei R$ 13.500,00, isto posto as ocorrencia anteriores cabe revisão com base em 40 SM.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 14:08
    Enviado por: fabio

    boa tarde. gostaria de saber porque aqui em minas gerais só paga o seguro obrigatorio de motos só 2 anos, exemplo 2007/2008 só que eu paguei os anos de 2005/2006 eu deixei atrasar, só que paguei 2005/2006 em 2007, teria como eu receber o dinheiro pago dos seguros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 22:10
    Enviado por: alessandra

    meu marido faleceu de acidente de carro em 1995, recebi do seguro obrigatorio o valor de 5.600,00, agora fiquei sabendo através de um amigo que existe uma correçao que esta sendo paga para as familias das vitimas deste periodo, gostaria de saber se isso realmente é verdade e como é feito esse processo. obrigada pela atençao.

    Advogado de Defesa:

    A Fenaseg responde: com relação a dúvida da leitora, a informação não procede. O valor da indenização por morte na época era de R$5.081,79, logo não existe nenhuma diferença sendo pagas para beneficiários desse período.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2008 - 11:00
    Enviado por: andreia

    Sofri um aicdente de transito de 2002 e fiquei com a coluna fraturada recebi, alta do tratamento em 04/03/2004, porém todo atendimento a mim dispensado foi pelo SUS. Pergunto tenho direito ao Dpvat?

    Advogado de Defesa:

    Consulte a página dpvtaseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/02/2008 - 12:13
    Enviado por: Everson Vian

    Bom dia

    Me envolvi em um acidente de transito a um mês, onde eu estava errado, não percebi a presença de uma motocicleta e invadi a prefencial onde a vitima teve fratura em uma das pernas, paguei o conserto da moto a primeira consulta, e o primeiro remédio.

    Agora ela esta me processando por danos morais, e o valo é absurdo. R$16000,00

    Como devo proceder?
    No acidente o que eu teria que pagar sendo que paguei a primeira consulta o primeiro remedio, e os danos materiais.?
    O julgamento já esta marcado.

    Grato

    Everson Vian

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2008 - 10:44
    Enviado por: eudesmar nunes rodrigues

    minha filha,sofreu um acidente de moto,e teve tce,teve fratura no osso frontal e afundamento de crânio,e faz quatro mês que dei entrata, e ainda não fiz pericia com minha filha,muito menos recibi a idenizçao,se o tempo estimado para receber é de trinta dias,pq está demorando tanto ,para eu receber a idenização?

    Advogado de Defesa:

    Você deve consultar a Fenaseg para verificar o que está ocorrendo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/02/2008 - 10:10
    Enviado por: Dionival Ferreira lima

    sofri um acidente no dia 10/11/06, afinal foi grave porque acabei perdendo uma pé e fraturei o fêmolo em cinco lugares.gostaria de saber o valor que tenho a receber, pois por ser uma deficiencia permanente entao o valor deveria ser de 40 saloarios mínimos, e recebi 8.000,00. no mais obrigado essa é meu comentario.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/02/2008 - 20:27
    Enviado por: Vera

    Meu pai sofreu um acidente com uma colheitadeira de soja, no dia 17/04/2002, neste acidente ele perdeu os dedos anelar, médio e indicador, sendo que obraço foi quebrado em dois lugares, eu gostaria de saber se ele tem direito a receber o seguro.(observção) ele era funcionário da fazenda. ele foi aponsentado por invalides. Muito obrigado.

    Advogado de Defesa:

    A indenização do seguro DPVAT é pago para veículos que, todos os anos, recolhem o seguro obrigatório. Precisa saber se esse tipo de veículo faz esse recolhimento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/02/2008 - 20:27
    Enviado por: eudesmar nunes rodrigues

    como faço,para entrar em contato com a fenaseg por telefone,pois faz quatro mês que dei entrada para receber a idenização,e não tive retorno de nada,já que minha filha teve tce,fratura no osso frontal,e afundamento de crânio,quando consulto a página oficial do dpvat seguros,só diz que o sinistro referido,está em analise documental,mas ja faz quatro mês,e renovo minhas palavras obg advogado por ajudar a esclarecer!

    Advogado de Defesa;

    http://www.dpvatseguro.com.br ou pelo telefone 0800-22-1204.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 11:46
    Enviado por: Everson Vian

    Bom dia
    Me envolvi em um acidente de transito a um mês, onde eu estava errado, não percebi a presença de uma motocicleta e invadi a prefencial onde a vitima teve fratura em uma das pernas, paguei o conserto da moto a primeira consulta, e o primeiro remédio.

    Agora ela esta me processando por danos morais, e o valo é absurdo. R$16000,00

    Como devo proceder?
    No acidente o que eu teria que pagar sendo que paguei a primeira consulta o primeiro remedio, e os danos materiais.?

    Grato

    Advogado de Defesa:

    Você vai ter de se defender no processo. Arrumar testemunhas e até um advogado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 22:17
    Enviado por: Eustáquio Pereira de Andrade

    Meu irmão sofreu acidente em 1991. Dei entrada nos papeis para recebimento do DPVAT, mas este foi negado, porque o pai dele desapareceu e não temos conhecimento do seu paradeiro desde 1977. A nossa mãe já é falecida. Meu irmão não deixou filhos. Os únicos herdeiros somos eu e minha irmã. Como devo proceder para receber a indenização?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2008 - 13:57
    Enviado por: katia

    Que direito se tem a mulher de um despachante policial que faleceu ,
    .Tem a firma com dois funcionarios que sao preposto.
    .Mulher do despachante nao sao casados e nem tem filhos,havendo portanto uma união estavel de 14 anos podendo comprovar.
    .Esposa teria direito de um alvará provisorio pois depende muito desta firma em andamento para manter sua vida financeira.
    .Infelizmente deixou nenhum testamento,mais tinha como orientação a companheira continuar a batalhar pela firma,já que a 14 anos de união estavel ,à sete anos da firma na qual os dois em comum batalharam a terem.
    .PEÇO CARECIDAMENTE …URGENCIA..POIS A FIRMA PODE SER FECHA DE FATO…E NÃO ERA O INTERESSE DO FALECIDO NEM É DA ESPOSA…AJUDE-ME..A QUEM TIVER INTERESSE SE INFORMAR DE QUE MANEIRA DEVE-SE PROCEDER NESTE CASO?
    ……SITUAÇÃO MUITO DELICADA ESTA NESTE MOMENTO POR ESSE MOTIVO QUEM TIVER CONDIÇÕES DE ME UMA ORIENTAÇÃO….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2008 - 21:58
    Enviado por: Maria da Conceição

    O filho da minha amiga caiu da noto, perdeu uma falange do dedo mínimoe se feriu muito. Amoto está com a documentação atrazada ele trabalha por conta propria e esta sem trabalhar ha 20 diaso acidente não foi na BR qual sua situação?

    Advogado de Defesa:

    Se ele não pagou o seguro obrigatório, não terá direito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2008 - 11:46
    Enviado por: luis ildefonso

    boa tarde,dei entrada com todos os docs,pedidos pela seguradora, somente para lesao de invalidez permante tenho direito aos valores de medicamentos gastos

    LUIS SAUDE
    BARRA BONITA SP

    Advogado de Defesa:

    Veja com a Fenaseg. http://www.dpvatseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2008 - 12:01
    Enviado por: Carlos

    Boa tarde, Meu sogro estava em seu veículo quando foi atingido por um tiro no rosto, o veículo ficou sem controle e colidiu em um muro, foi chamado o Samu de imediato mas ao chegarem no lucal meu sogro já havia entrado em óbito. Os familiares tem direito à indenização? Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Entre no site dpvatseguro.com.br e veja se há direito. Somente a Fenaseg poderá te dar essa informação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 11:26
    Enviado por: José Reginaldo Ameno Bomfim

    Bom dia, gostaria de saber aquem procurar para receber, se estiver direito de receber esta diferenca . Pois o acidente ocorreu dia 18/09/05, na epoca recebir menos de (40 salário minimo) o que faço? Desde já agradeço, fico muito grato.

    Advogado de Defesa:

    Advogado de Defesa:

    A Fenaseg responde: com relação a dúvida do leitor, a informação não procede. O valor da indenização por morte na época era de R$5.081,79, logo não existe nenhuma diferença sendo pagas para beneficiários desse período.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2008 - 16:26
    Enviado por: juvanei de almeida oliveira

    tenho uma tia que perdeu o seu esposo em um atropelamento em 2000 e ela entao recebeu o sinistro,que na epoca nao passou de 7.000 gostaria de saber que com a lei e as propagandas que teem passado na tv é possive que à mesma venha receber o recesso que informa na televisao e o que posso fazer para ela ter direito e qual o procedimento devo iniciar !ATT JUVANEI DE A. OLIVEIRA

    Advogado de Defesa:

    Ela não tem direito a mais nada, se já recebeu o DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 21:44
    Enviado por: ronaldo borges

    boa noite, a 1ª pergunta é a seguinte: se meu tio faleceu devido acidente de transito em 11/09/2001, sera direito de minha tia, pedir o seguro depvat, , na consulta que fiz no 0800221204, central do depvat, responderam que não, que esta prescrito, isto é certo ? , qual a data da mudança do codigo civil ? , quando entrou em vigor ? , como devemos recorrer, pois credito é credito, ainda mais , quando se trata de um chefe de familia,que perdeu a vida.. 2ª pergunta :O depvat, exige o laudo do 1º atendimento com a data do acidente, o hospital não fornece o laudo com esta data, alegando que só pode dara o laudo com a data do dia da expedição e não com a data como quer o depvat.do dia do aciidente, então temos de saber se o acidentado vai morrer ?, como devemos recorrer diante desta sistuação, este é o caso de um vizenho. muito obrigado pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    Segundo a Fenaseg, A partir de 11.1.2003, data em que o Novo Código Civil entrou em vigor, o prazo para dar entrada no pedido de indenização do Seguro Obrigatório Dpvat passou a ser de 3 anos, a contar da data em que ocorreu o acidente.

    Há casos, porém, em que o prazo pode ser maior que 3 anos, o que dependerá do tempo decorrido entre a data do acidente e a data do Novo Código Civil.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:12
    Enviado por: LUIS ILDEFONSO

    dei entreda referente seg dpvat,somente referente ao acidente indenizacao permante pois o meu tratamento foi acompanhado pel UINESP DE BOTUCATU OU SEJA estado, a algum impecilho que cause o nao recebimento do mesmo, pois atraves de docs comprobatorios eu sofri lesao no femur o que gerou quadro de incapacidade permanente.

    obrigado luis saude de barra bonita sp

    Advogado de Defsa:
    Consulte o DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:31
    Enviado por: liane

    gostaria de saber se tenho direito a dpvat pois sofri acidente de moto em 2004 com 18 anos de idade
    pegando carona, fiquei com invalides ,permanente devido traumatismo , craniano,4 costelas quebradas , 2 pulmoes perfurados ,debilidade permanente da fala , amnesia ocular,perda de memoria debilidade do braço esquerdo permanente , seria possivel ela receber o seguro uma ves q teria prescrito em 10/10/2007 o fato ocorreu em 10/10/2004 ela nao conseguiu da entrada por estar incapas pelo motivo de sua mae nao saber ler nem escrever .

    Advogado de Defesa:

    O prazo para dar entrada é de 3 anos da data do acidente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 12:04
    Enviado por: thiago petters paim

    ola eu sofri um acidente de moto se arrebentei quando fui dar entrada no seguro o hospital publico ja tinha encaminhado o pedido eu fiquei menos que um dia no hospital publico foi dado alta a mim tive que me tratar em casa o hospital esteve atras de minha pessoa para eu assinar uma procuracao a ele s para receber o seguro devo assinar algo ou nao

    Advogado de Defesa:

    É melhor você procurar o dpvatseguro.com.br e ver o que pode ser feito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 14:51
    Enviado por: alexandre

    Ola,sofri um acidente com minha moto e minha perna esquerda ficou 14mm menor,gostaria de saber se recebo indenização do dpvat

    Advogado de Defesa:

    Entre no site dpvatseguro.com.br e veja a documentação que precisará apresentar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2008 - 01:12
    Enviado por: DEBORA FERNANDA PEREIRA

    MEU PAI BATEU COM CARRO,MINHA MÃE MORREU,MEU IRMÃO MORREU ,MINHA VÔ ESTA TODA QUEBRADA DO ACIDENTE,MINHA IRMÃ É CEGA 50% DE UM OLHO,MEU PAI TEM PLATINA NA PERNA DIREITA,EU SÓ TOMEI UM SUSTO.MAS QUANDO ACONTECEU ESSE ACIDENTE FOI EM 1981.SÓ AGORA FIQUEI SABENDO DO SEGURO SERÁ QUE NOIS TERIAMOS, DIREITO DE RECEBER ALGUMA COISA.

    Advogado de Defesa:

    Não, já prescreveu. Não tem mais direito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2008 - 22:27
    Enviado por: Zilmar Fernandes de Negreiros

    Olá boa noite! Eu tive um acidente de moto no dia 28 de Janeiro de 2008, Fraturei o braço direito em dois lugares, a clavícula e tentei fazer de tudo pra não ser preciso fazer a cirurgia, mais infelismente vai ter que fazere e está marcada para o dia 03/02/2008 vai ter que colocar pino. As despesas já ultrapassa 3.000,00. Ainda não dei entrada no seguro DPVAT esperando realizar a sirurgia e o láudo médico.
    Nesse caso qual seria o valor certo que eu poderia receber? Por favor me de uma explicação correta para que eu possa fazer a coisa certa.
    Obrigado!

    Advogado de Defesa:

    Quem vai determinar o valor e o próprio DPVAT depois que você entregar a documentação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2008 - 17:13
    Enviado por: Rodrigo

    Olá, tive um acidente de moto, e meu joelho está agora com 9 parafusos e uma aste, e uma limitação, ele dobra apenas 90º, eu consigo entrar com a indenização permanente ou parcial onde o teto máximo é de R$ 13.500,00. E se eu entrar e for negado, posso tentar novamente depois??

    Advogado de Defesa:

    Entre com a ação de indenização e espere para ver o valor. Se achar que não está correto, recorra

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2008 - 21:23
    Enviado por: celia cristina sacramento

    Olá, boa noite! Eu sofri um acidente de transito em 08/11/2006. Tive laudo concluido como invalidez permanente pelo IML. Dei entrada no seguro dia 24/01/2008. Recebi uma carta comunicando-me que o processo foi cncluido, e também pela seguradora como invalidez .Só que o valor que eles estao me pagando é referente à 4.92 salários minímos. Como fazer para recorrer, e posso sacar o valor depositado.
    Desde já agradeço.
    04/03/2008
    Advogado de Defesa:

    Para recorrer, você deve procurar a Fenaseg

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2008 - 11:56
    Enviado por: Idnei Golçaves

    quero pedir o DPVAT pela morte do meu filho a 19 anos eu posso, foi acidente de carro, ob. não tenho o BO e nem o documento do carro, o primeiro a delegacia pegou fogo e queimou tudo, o segundo eu vendi o que sobrou do carro e dei os documentos junto. o que faço

    Idnei Gonçãlbes
    ncvitale@hotmail.com

    Advogado de Defesa:

    Você precisa apresentar provas. Procure a Fenaseg e veja como eles podem te orientar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 19:45
    Enviado por: eduardo

    gostaria de saber se tenho direito a uma parte da indenização do meu pai que faleceu devido a um atropelamento, no dia 16/06/06, ele vivia com outra pessoa e era divorciado da minha mãe, sou a primogênitta e única registrada no nome dele, o advogado que procurei me pediu p levar o comprovante que ele recebeu a indenização, so que nao tenho isso em mãos, gostaria de saber onde procuro e como faço p saber qual a seguradora que ele recebeu a indenização, tenho em mãos a data do falecimento e o nome dele, por favor me ajude!natal /rn

    Advogado de Defesa:

    Quem pode te dar informações é a Fenaseg. Entre no site deles e peça esclarecimentos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 10:52
    Enviado por: EMÍLIA MÁRCIA DE OLIVEIRA

    Queria saber a respeito da indenização que sofrir acidente de carro em 1993 o rapaz que tombou o carro na epoca não me ajudou em nada desapareceu como faço para receber este seguro já que se passou muito tempo fiquei 5 anos desempregada sofri traumatismo crâniano esmaguei meu tornozelo perdi ossos da minha boca tive que pagar para fazer enxerto osseo parei poque é muito caro deixei o restante do meu tratamento queria uma resposta suas obrigado.

    Advogado de Defesa:

    O direito ao seguro já prescreveu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 11:16
    Enviado por: Rodolpho

    Queria saber se realmente a Lei 11.482/07 esta valendo para a cobrança do DPVT, diz que o valor é de R$ 13.500,00 e só?

    Obg pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    Sim, a lei está valendo e o valor máximo de indenização e este mesmo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 18:09
    Enviado por: Vandir Paulino

    Sofri um acidente a pouco dias e tive que fazer uma cirurgia de R$ 2.500,00, meu seguro esta atrazado, mesmo assim posso receber a indenização? Outro detalhe, nao foi feito B. O., isto pode ser feito dias depois do acidente?

    Advogado de Defesa:

    Se o seguro não está em dia, a indenização não será paga

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 20:24
    Enviado por: FLORISVALDO BORGES

    Meu pai sofreu um acidente no dia 18/03/08 de moto, estando ele de bicilcleta foi atropelado por um motoqueiro, foi conduzido ao hospital, inconciente e com sangramento pelo ouvido, sendo internado na uti e hoje enconcontra-se em coma respirando por aparelho.
    Gostaria de saber qal procedimento afim de receber o DPVAT.
    Desde já aguardo respostas, se possível em breve.
    Obrigado.
    Borges (filho)

    Advogado de Defesa:

    No site DPVATseguro.com.br há todas as informações sobre como proceder

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/03/2011 - 22:04
      Enviado por: walter soares cutrim filho

      a10 anos sofri um adidente de tranzito hoje precisei da certidão de entrada no hospital para dá entrada no seguro o hospital não me concedeo disendo que após 5anos vai para o arquivo, o que eu faço eu quebrei a mandibola e fiquei com sequelas permanente

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2008 - 13:08
    Enviado por: Marcia Azevedo

    Boa Tarde!
    Gostaria de tirar uma duvida, meu marido estava treinando em um caminhão cegonha com um amigo, ja tinham feito umas 4 viagens ou mais, no ultimo dia 1 de março 2008…estavam passando por Campos dos Goytacazes com a cegonheira carregada…a ponte que os caminhões passam estava interditada e não tinha sinalização nenhuma, então seguiram por uma placa que indicava vitória., pois a carga seguiria para Vitoria do Espirito Santo…nessa avenida que o caminhão entrou tinha uma ponte ferrea ou uma passarela não sei ao certo, com altura de 3, 5 mais ou menos e o caminha atingia uns 4 metros,. porém encostaram o caminhão um pouco antes da ponte tentaram esvaziar os pneus dos carros que estavam sendo transportados…meu marido subiu em cima do caminhão mais ou menos 3,5 metros de altura…ele veio a se desequilibrar e caiu la de cima da carreta batendo com a cabeça no chão, ficou internado e veio a falecer dia 5/03/08…ele apenas treinava para poder entrar na empresa quando tivesse a vaga para porém não era registrado…gostaria de saber se tenho direito ao seguro dpvat…pois temos uma filha deficiente mental e moro de aluguel e estou desempregada…por favor me ajude o mais rapido possivel pois preciso mexer com as papeladas…obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o DPVAT no site DPVATseguro.com.br e verificar se há cobertura neste caso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2008 - 14:21
    Enviado por: Rodrigo Santos Araujo

    teve um acidente comigo;eu com uma leção na testa minha namorada quebrou o femó, mais naum tenlho cnh tenho direito? como eu faço para mim dá entrada ?

    Advogado de Defesa:

    Você que estava dirigindo? Se sim, não há direito não

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2008 - 21:55
    Enviado por: Juliana Oliveira da Silva Alves

    Primeiramente gostaria de parabeniza-los por esta pagina ,depois gostaria que me tirem uma duvida .Nodia 05 de julho de 2007 minha mãe foi atropelada em cima da calçada por um onibus e veio a óbito entrei com pedido para receber o seguro obrigatorio DEPVAT ,recebi o valordo seguro dai a advogada me disse que tinha um residuo a ser recebido ainda ,então entrou com um 2ºpedido no juizado especial civel tive a audiencia concluitoria e hoje entrei em contato com a mesma q me disse termos perdido a causa pois a lei havia mudado isso é fato ? desde já agradeço a atenção

    Advogado de Defesa:

    Sim, não há mais resíduo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 16:27
    Enviado por: carlos eduardo

    qual a prescrição para acidente de carro?
    sofri um acidente de carro em maio do ano passado só agora fui acionado para pagar.qual o prazo para prescrição?

    Advogado de Defesa:

    Se você foi acionado judicialemnte, terá de ver o prazo para a defesa na ação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 18:07
    Enviado por: Danilo

    Minha tia sofreu acidente em 15/04/2004, porém ainda não pegou o laudo do IML, caso ela pegue agora, o prazo prescricional começará a contar a partir de agora ou ela não mais tem direito por estar prescrito ?? Grato!

    Advogado de Defesa:

    Ela não terá mais direito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2008 - 09:35
    Enviado por: VANESSA CRISTHINE

    Gostaria der saber quanto tempo demora para receber? pois dei entarda já faz um mes, e não recebi nenhuma correspondencia.
    sofri acidente de moto em setembro de 2007.

    Advogado de Defesa:

    Você pode acompanhar o andamento do processo pelo site DPVATseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2008 - 11:17
    Enviado por: robert andre falandes

    eu gostaria de saber se eu tenho direito ao seguro dpvt,eu tinha acabado de comprar a moto e sofri um acidente onde quebrei a perna esquerda braço,esquerdo dois dedos a cravicula direita e ainda estou em tratamento isso vai fazer 2 anos mas a documentacao so estava paga o seguro obrigatorio da moto no ano que eu sofri o acidente 2006 eu tenho direito,

    Advogado de Defesa:

    se no ano que você sofreu o acidente o seguro obrigatório estava pago, tem direito sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2008 - 16:14
    Enviado por: rogerio

    OLA GOSTARIA DE SABER SE A SEGURADORA PODE CONTESTAR UM LAUDO DO IML QUE FICA CLARO QUE A MINHA INVALIDEZ É PERMANENTE DEI ENTRADA NO DPVAT E ELES NEGARAM PEDINDO OUTRA PERICIA O MESMO NO IML DISSE QUE O LAUDO ERA DEFINITIVO O ACIDENTE FOI 2 2 03 E ATE HOJE NAO VI NEM A COR DO DINHEIRO ESSA SEMANA ENTREI NA JUSTIÇA SERA QUE É O CAMINHO CERTO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2008 - 00:31
    Enviado por: Frederico A. Crotti Pereira

    Dia 17/3/2008, estava trafegando quando badi em uma moto, as despesas médicas hospitalares ficaram em torno de mil reais, que eu paguei, Necessito os documentos das vitimas? Sendo que no B.O já consta, E sai na nota fiscal do B.O? Requeri junto as vitimas seus documetos, alegaram elas que só arrumariam se eu pagasse a multa pra retirada da moto delas, pois elas não tem carteira de abilitação e sua moto foi preza. qual providencia a tomar, alega ela que tenho que tentar almentar o valor das notas para que o seguro almente o valor para que eu posse reimbosa-las ? Estou desesperado Por favor ajude-me

    Advogado de Defesa:

    Entre no site DPVATseguro.com.br e encontrará as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2008 - 16:02
    Enviado por: Vanessa Rosa

    RESPOSTA AO SR ROGÉRIO: Bom dia, Sr Rogério. Sou advogada especilista em Direito do Consumidor e venho esclarecer sua dúvida:
    A Seguradora não pode contestar o laudo do IML. O Sr tem direito a receber 40 Salários Mínimos de indenização pelo DPVAT. Basta ingressar com uma ação judicial, no Juizado Especial Cível, “antiga Pequenas Causas”. Com certeza o Sr receberá os valores e não precisará realizar nenhuma outra perícia. Esse assunto já é “batido”, mas as seguradoras fazem de tudo para “ganhar” tempo.
    Boa sorte.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2008 - 11:44
    Enviado por: cristiane

    Quem tem direito a receber indenização no seguinte caso? Pessoal faleceu em acidente de automovel, é separado judicialmente, morava com a mãe, mas tem um filho menor na idade de 3anos. A mãe tem direito a receber algum valor do DPVAT? Somente o herdeiro? e esse dinheiro pode ficar retido até a criança completar a maioridade?

    Advogado de Defesa:

    Entre no site DPVATseguro.com.br e encontrará as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2008 - 17:47
    Enviado por: ANDRÉ LUIS SILVA DA COSTA

    UMA PESSOA COM MAIS DE 10 ANOS DE ACIDENTE PODE RECEBER

    Advogado de Defesa;

    Não. O prazo é de 2 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2008 - 21:21
    Enviado por: LEO

    olha só. eu tenho uma duvida. meu irmão faleceu em 2004 devido a um acidete na BR116 ,mas eu ja recebi a indenização no valo de 6,700,00. queria saber se tenho direito a complementação?como e onde posser da entrada para pedir essa complementação. aguardo resposta.obrigado..

    Advogado de Defesa:

    Não tem direito a complementação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2008 - 23:18
    Enviado por: Luciani Cristina Gangolfi Roncada

    Olá,no dia 13/01/1993 sofri um acidente de moto em maringá, hoje moro em Tangará da Serra-MT. , e meu pai recebeu uma ligação em Paiçandu de uma advogada de Maringá dizendo que tenho algum dinheiro pra receber referente à esse acidente. Porém meu pai não anotou o nome nem telefone dela. Como posso fazer pra saber se realmente isso é verídico, qual órgão devo procurar.

    Advogado de Defesa:

    Entre no site DPVATseguro.com.br e encontrará as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2008 - 12:11
    Enviado por: José dos Santos Coimbra

    Comprei uma moto zero km em novembro/2006 e em fevereiro/2007 2 ladrões a levaram num assalto a mão armada. Fui até ao DP e foi u Boletim de Ocorrência. Em Janeiro/2007 eu havia pago a 1ª parcela do IPVA ficando devedor das 2 últimas parcelas. Até então entrei no site da secretaria da Fazenda e constatei que sou devedor não só do restante do IPVA como também do DPVAT. Gostaria que vocês me fornecessem informações de como solicitar cancelamento dos memos de acordo com o sistema da nova lei.
    Grato,
    COIMBRA

    Advogado de Defesa:

    Você deve comprovar que a moto foi roubada diretametne nos órgãos responsáveis

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2008 - 16:04
    Enviado por: joao

    ola angela
    td bem?
    queria uma ajuda.
    sofri um acidente de automovel tenhos todos os laudos medicos etc
    como devo proceder para receber o dpvat
    me contate por email?
    parebens pela noticia

    Advogado de Defesa:

    Entre no site DPVATseguro.com.br e terá as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2008 - 17:45
    Enviado por: LUIZ

    caso não haja na cidade seguradora conveniada, posso enviar os documentos pelo correio ?
    e como ficam os casos em que o veículo estiver com o seguro atrasado?
    obrigado

    Advogado de Defesa:

    Se o seguro não foi pago, não há direito à indenização. Quanto à seguradora, a Fenaseg  www.fenaseg.com.br) mantém uma lista

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2008 - 11:35
    Enviado por: Max de França

    Bom dia!!
    Uma garota de 21 anos que mora aqui perto de minha residência sofreu um acidente de moto (atropelamento) há 3 meses e foi levada ao hospital e passou 1 mês e 15 dias desacordada. No momento do acidente o motoqueiro se evadiu do local e não conseguiu pegar a placa do veículo ela foi socorrida pelo resgate e sofreu várias lesões passando por diversas cirurgias no abdômen, pois teve hemorragias. A perna esquerda dela esta com implante de platina, pois esfarelou todo o osso (tíbea) e é uma pessoa carente e não possui conhecimento nem ninguém, para orientá-la e ajudá-la. Antes do acidente ela trabalhava como faxineira (diarista) e hj está incapacitada de trabalhar e tem 2 filhos para sustentar.
    Quais são os documentos necessários para dar entrada, onde, se tem direito, se é preciso prestar queixa na delegacia do local do acidente após esse período, se pode dar entrada em algum tipo de aposentadoria, pois o médico foi bem claro ao relatar que ficará com seqüelas.
    Max de França
    Obs: Gostaria de saber se o laudo deve ser feito apenas por um médico do IML?

    Advogado de Defesa:

    Entre no site DPVATseguro.com.br que encontrará as informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2008 - 11:46
    Enviado por: dirceu

    gostaria de saber se, em caso de morte o DPVAT sera dividido com os pais do falecido.( conjuge/e os sogros).neste caso eles são casado e ocoreu um acidente, e o esposo dela faleceu e os pais dele recebeu o DPVAT.

    Advogado de Defesa:

    O valor, a forma de pagamento e a quem é paga a indenização são definidas pelo próprio DPVAT. É melhor consultar eles no site http://www.dpvtaseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 10:56
    Enviado por: leonice da silva

    gostaria de saber como eu faço para receber dpvat mu filho sofreu acidente em 2004 quebrou o femur o pessoal de uma seguradora encaminhou agora mais ate o momento não temos nenhum resultado,ja foi feito as pericias e encaminhado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 11:04
    Enviado por: Guilherme Belarmino

    Olá, poderia me dar uma informação.

    Minha tia sobreu um acidente automobilistico em 12/07/1997, devido ao referido acidente, ele tem incapacidade permanente.

    Porém, ela somente possui o Boletim de Ocorrencia.

    Ela tem direito de receber o DPVAT??? Está prescrito tal direito???

    Mto obrigado.

    Guilherme

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 15:47
    Enviado por: Celso Ribiero

    Boa tarde, uma amigo perdeu um dedo na serra faz um ano e meio, gostaria de saber de seus direitos perante a empresa e ao inss.
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2008 - 10:15
    Enviado por: igor costa

    gostaria de saber se uma companheira de mais de dois anos tem direito a divisao do seguro com a mae do acidentado que é a unica herdeira?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2008 - 18:28
    Enviado por: Brunno Barbosa

    Fui vitima de acidente de trânsito. Com algum tempo depois chegou uma correspondência do Convênio do Seguro de DPVAT, informando que eu tinha uma quantia para ser retirada no banco.

    Fui ao Banco e retirei essa quantia.

    A quantia é de R$ 1.534,90.

    Olhei na lei e fala que é de até 8 vezes o maior salário minimo.

    Ainda tenho direito a receber mais alguma coisa??????

    O acidente foi em 01/07/2005.

    Advogado de Defesa:

    Converse com o próprio DPVAT, no site DPVATseguro.com.br

    Tenho ou não direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2008 - 18:01
    Enviado por: Márcia

    Tenho um parente que faleceu em 1983; quando de seu falecimento a sua esposa encontrava-se grávida. Ela não solicitou o seguro DPVAT. pergunto: Pode a filha que ainda não tinha nascido requerer o pagamento do seguro, haja vista o tempo da morte de seu pai, (25 anos), ou o seu direito já prescreveu??
    Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    o direito já prescreveu

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 19:38
    Enviado por: Ana Gonçalves

    Olá,
    Sofri um acidente em Dezembro de 2006, a única coisa que consegui foi recibos das despesas com médicos e medicamentos. Serve????
    Outra coisa: Quebrei o talus do pé esquerdo até hoje ainda ando mau correndo o risco de futuramente fazer outra cirurgia, pois ainda estou de tratamento e não estou completamento curada. Sofri também 5 fraturas na face e noto que um lado do meu rosto é mais baixo do que o outro, quase niguem nota, apenas meu médico, eu e outros pouquissimos. O que fazer nesse caso? já entro com pedido do dpvat????? quanto irei receber??? se eu entrar com pedido agora e receber, caso precise fazer outra cirurgia posso fazer um novo pedido???

    Grata,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 21:30
    Enviado por: Ronaldo Freire

    Sou estudante de direito e gostaria de obter algumas informações. Apareceu no centro social uma senhora que em 1990 perdeu sua mae vitima de acidente de transito. Na epoca a mesma recebeu um valor, porem a mesma gostyaria de saber se esse valor e correto. Porem a mesma nao sabe esse valor, temos somente o RO da Delegacia.
    Poderia me ajudar? Se tem algum local com alguma listagem de seguros pagos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2008 - 15:53
    Enviado por: Carolina Hospodar

    Boa Tarde.
    Gostaria de saber no caso do seguro DPVAT, com vítima fatal, quem tem direito a receber o valor a idenização: mulher viúva, mãe de dois filhos adultos, sendo que o filho já é falecido há 22 anos, e deixo uma filha.
    Pelo na Lei de 2006, a filha e a neta(por parte do filho falecido) são beneficiários legítimos?
    Agradeço e aguardo a resposta

    Carolina (RJ)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2008 - 21:51
    Enviado por: Renata

    ** IMPORTANTE **

    O PRAZO PRESCRICIONAL PARA DAR ENTRADA NO PEDIDO DO SEGURO DPVAT COMEÇA A CONTAR DA DATA DO ACIDENTE OU DO LAUDO CONCLUSIVO DO IML.

    Portanto, existem algumas informaçõe equivocadas que estão sendo passadas aos visitantes.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2008 - 15:15
    Enviado por: Camila

    Veja bem, meu pai faleceu dia 12/02/2005 o valor q recebemos do dpvat foi na faixa de R$ 10.600 estou ouvindo falar que temos direito de receber uma certa difereça desse dinheiro,gostaria de saber se isso é realmente verdade e se for o que devemos fazer?

    Advogado de Defesa:

    Não há direito para receber diferença não

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2008 - 05:54
    Enviado por: Antonio Leite

    Tenho residencia em MG e tambem no RJ, sofri o acidente em MG, posso dar entrada no pedido no RJ? a quem procurar? (endereços).

    Advogado de Defesa:

    No site DPVATseguro.com.br você encontrará a lista de locais onde pode pedir a indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2008 - 18:43
    Enviado por: celia maria pereira slva

    boa noite,gostaria de saber se e normal demorar 5 anos para receber uma indenizacao?

    Advogado de Defesa:

    Precisa ver que tipo de indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 20:21
    Enviado por: alex perin

    perdi um primo em acidente de carro. ele era solteiro e vivia com a mãe, pois o pai está em lugar incerto e não sabido. pode somente a mãe pedir o reembolso.
    alex perin

    Advogado de Defesa:

    É melhor consultar o DPVAT, que eles têm todas as informações. O site é DPVATseguro.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2008 - 19:34
    Enviado por: FABIO SANTOS

    Vai fazer 5 anos em dez 2008 que perdi meu pai atropelado, logo após o acidente tentamos varias vezes dar entrada no seguro mais sempre tinha um problema na documentação. Agora passado os 3 anos do prazo para dar entrada não vou mais receber? Nós não tardamos em dar entrada, eles é quem não q pagaram!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 10:43
    Enviado por: laudivan c.silva

    bom dia,meu filho sofreu um acidente de moto e gostaria de saber qual a documentação p/ receber o dpvat e local p/que eu possa estar entrando em contato ,nunca passei por isso e estou perdido ,isso é a mesmacoisa do seguro obrigatorio ? me de algumas dicas po favor ! Ele vai ficar afastado do serviço no minimo 15 dias

    Advogado de Defesa:

    Você deve pegar todas as orientações pelo site http://www.dpvatseguro.com.br. Lá saberá qual documentação precisa preparar, onde dar entrada, etc. É a mesma coisa do seguro obrigatório

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 10:48
    Enviado por: Luiz Eduardo

    Olá. Fui vítima de um acidente em 1995, na época eu tinha dez anos e sofri traumatismo crâniano. O veículo era do meu falecido pai. Tenho algum direito?
    Grato

    Advogado de Defesa:

    O prazo para a entrada do processo é de 3 anos da data do acidente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 19:20
    Enviado por: marilene silva de souza

    meu parante faleceu no mês de fevereiro,causa da morte homicidio, portante não tem comprovante de residência, pois morava em casa da prefeitura, a qual as contas de água e luz era no nome da mãe da esposa, como posso conseguir esses documentos para dar seguimento ao processo.

    Advogado de Defesa:

    Peça à mãe dele

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 11:22
    Enviado por: Daniel Figueiredo

    A esposa e a filha de uma vitima fatal de acidente de transito que causou o acidente e guiava o veiculo de um terceiro tera direito a receber a indenização por morte? Mesmo o veiculo, moto, não estando em dia com o seguro é possível o recebimento da indenização?

    Advogado de Defesa:

    Se o seguro não está em dia, não terá direito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2008 - 16:46
    Enviado por: gilvan barbosa dos santos

    Boa, tarde meu primo faleceu após ter colidido com uma moto em um carro só que ele não era hablitado a familia tem direito a receber o dpvt..

    obrigado..

    Gilvan barbosa dos santos

    Advogado de Defesa:

    Se estava pago o seguro obrigatório, verifique o a Fenaseg se existe essa possibilidade

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2008 - 22:24
    Enviado por: Claudinei assumpção

    meu irmão e sobrinha faleceram em um acidente de carro e meu primo o dono carro que dirigia, sei que ela tem tdos os direito.
    Mas a duvida é o corretor so podera pegar com a carta que de poderes a ele de receber o seguro e depois repassar a ela, seiq ue serão informadas sobre a entrada e de quando irão receber por uma carta enviada pelo correio mas quero saber depois deste envio o corretor não tem como ficar enrolando para passar o seguro a elas????

    Advogado de Defesa:

    Acompanhe o processo pelo site segurodpvat@fenaseg.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2008 - 08:56
    Enviado por: eduardo

    bom dia , eu sofri um acidente no qual quebrei o femo e tibia peronio e fiquei com minha perna curta, queria saber quando devo receber qual seria o valor justo por esse timo de seguela,?

    Advogado de Defesa:

    Você precisa dar entrada para saber quando vai receber. O valor é determinado pelo DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2008 - 18:53
    Enviado por: catia zock

    Meu marido sofreu um acidente de carro, teve politraumatismo, traumatismo crâniano e fez um AVC devido ao traumatismo, ficou com várias seqüelas e já está aposentado pelo INSS por invalidez permanente. Demos entrada no DPVAT, com todos os documentos necessários, fez perícia no IML e o perito constatou invalidez permanente e agora o DPVAT fez uma pausa no processo do meu marido alegando que ele deverá passar por uma perícia no próprio DPVAT, para eles determinarem o valor da indenização. Eles podem fazer isso se já pediram o laudo do IML e que constatou a incapacidade e um advogado falou na tv que quem teve traumatismo crâniano têm direito a indenização total. Por favor me Ajudem.

    Advogado de Defesa:

    Podem sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 10:05
    Enviado por: Maria aparecida

    Preciso urgentemente de receber via email, um modelo de uma declaração de herdeiros únicos,pois o documento é muito caro e não posso ta pagando uma coisa que não sei explicar o modelo e nem a natureza desse documento se possivel me mande hoje sem falta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 15:49
    Enviado por: Leonardo Vieira

    Gostaria de esclarecer sobre alguns pontos do Seguro DPVAT:
    – As seguradoras estavam efetuando pagamentos incompletos?
    – Qual o prazo precricional para requerer essa diferença?
    – Qual a base legal?
    – Onde consigo modelos de petição?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 00:36
    Enviado por: MARTA MARIA DE SOUZA JESUS

    QUERO RECEBER RESPOSTA POR CARTA FALANDO QUE O INSS LIBEROU O E MPRESTÌMO, E A CARTA DO BANCO RUA; CUSTODIO LOPES DE MATOS N 10 BAIRRO VILA ESPERANÇA 2 JUIZ DE FORA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 23:47
    Enviado por: JOÃO FERNANDES

    Ao tentar entrar no onibus a porta se fechou e fui arrastado por varios metros pelo mesmo, causando lesões permanentes no pé, devidamente atestado por laudo IML. Tenho direito de receber seguro DPVAT por invalidez

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/05/2008 - 15:19
    Enviado por: Rodrigo

    caros amigos estou com uma cliente que o seu companheiro veio a falescer, deixando-a com um filho menor, o falescimento deuse em acidente de transito, ainda nao foi encaminhado via adm o pedido de seguro dpvat, nao tem declaração de união estavel nem alvara judicial, gostaria de saber se tem como encaminhar administrativamente com declaração de unico herdeiro e de patrio poder? obrigado estou no aguardo de ajuda para solucionar o caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 12:20
    Enviado por: lidiane

    oi bom dia eu queria saber sobre os direitos de um cidaõ que sofreu uma colisaõ ,, o meu irmaõ sofreu um acidente fatal na bandeirantes dia 17/04 as 4:00 da madragugada pelo que td indica algum caminhaõ pegou por tras , ele morreu no local e nos nem ficamos sabendo ele estava de moto a placa da moto é de montes claros minas gerais esta com os doc da moto no bolso ele morreu dia 17/04 e foi enterrado dia 29/04 sem que a familia soubeçe de nada nos fomos nas delagaçias e procuramos diseram que naõ tinha B.O nenhum entaõ começamos a ligar para amigos e como ninguem nunca imagina o pior naõ fomos a iml alguns a migos diseram que achava que ele tinha viajado como o meu irmaõ morava sozinho deixamos passar o tempo quendo vimos que ele naõ apareceu fomos no iml dia 30/04 ai estava lá a tragica noticia ele tinha falecido e já tinha sido enterrado aquilo foi a pior coisa que poderia ter a contecido além de morto enterrado nu como se naõ fosse nada , a minha maê é de mg esta internada pela injustiça que foi perder um filho e ele nem ter direito a um velorio eu quero saber se nós da familia temos direito a uma indenizaçoã pela dor que sentimos de interrarem meu irmaõ como um indigente e naõ ter se quer nos avisado , lá no iml eles disseram que naõ foi como indigente e sim com o nome dele mais nos naõ tivemos nem a chance de despedir dele como familia e nem de colocar uma roupa nele isso eu sei que dinheiro nenhum vai trazar ele de volta mais nos queremos tds os nossos direitos , eu acho que é por isso que ~eles fazem pouco caso das pessoas de ser jogadas fora como se naõ fosse nada por favor me ajude o meu tel:11 39827244 e o meu cel:1174879162 muito obrigado

    Advogado de Defesa:

    Vocês vão ter de acionar quem bateu na moto dele, se tiverem os contatos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 16:48
    Enviado por: carlos eduardo

    eu sofri um acidente de moto em novembro passado . fiquei uma semana no hospital pelo sus .mais fiz as cirurgias pelo meu prano de saude , eu gostaria de saber se tenho direito al seguro “mais eu não tenho carteira de habilitação

    Advogado de Defesa:

    Se o seguro obrigatório está pago, você pode verificar com a Fenaseg se fazem o pagamento a quem não tem carteira de habilitação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2008 - 21:07
    Enviado por: Gustavo Lucena

    Gostaria de saber o seguinte, uma vizinha minha morreu em março de 2007 e em maio de 2007 mudaram a lei, ela deu entrada no dpvat em maio,ela recebeu 13.500,00, ela recebeu o certo ou deveria receber 40 salarios minimos,a partir de quando que ela podia ou tem direito a receber a diferença?

    Advogado de Defesa:

    Não há diferença a ser recebida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2008 - 09:18
    Enviado por: LAFONTE MOURA MARTINS

    doutor, tive um acindente com o meu veiculo aos
    13 anos atraz, não dei entrada no seguro DEPVAT,
    posso da entra agora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2008 - 23:29
    Enviado por: Fabioxas

    Olá…Tive meu acidente em Salvador…Porém, o carro, e o motorista, eram de lá…Mas sou do Rio de Janeiro…Tenho todos os documentos, entrada no hospital e B.O…Estou querendo dar entrada no DPVAT, mas pra mim ir até a cidade de Salvador sem ter a certeza se receberia o valor ficaria dificil….Tendo despesas com viagem, hospedagem etc…Tenho minhas dúvidas…Pois pra mim seria melhor, se eu trouxesse esse exame pra minha cidade, Rio de Janeiro…Pois moro aqui…E tenho residência fixa no Rio de Janeiro…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 09:21
    Enviado por: rodrigo

    Sou funcionario publico federal. Sofri um acidente automobolistico na BR-040 (estava a trabalho) e fraturei o braço. Tive que arcar com as despesas, mas fui ressarcido pelo órgão que trabalho. Tenho direito ao DPVAT? caso nao tenha, qual o dispositivo jurídico que diz isso? obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/05/2008 - 17:07
    Enviado por: RAIMUNDA MOURA

    olà boa tarde meu marido morreu atropelado tb mas ja recebi meu seguro obrigatorio em a inda tenho direito receber. algum valor que Foi Reajustado em 2007…..Agradesço ir a guardo a respostas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2008 - 13:57
    Enviado por: jennyffer rodrigues

    sofri um acidente em 11/04/08 quando estava no trajeto para o trabalho, um carro avançou o sinal vermelho e bateu na moto em que eu conduzia, e quebrei o braço. tenho direito ao seguro DPVAT ? e qual prazo pra eu recorrer ao seguro?

    agradeço desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 09:49
    Enviado por: Evaldo gomes

    BOM DIA!
    AMIGO MEU PAI MORREU EM UM ACIDENTE A 18 ANOS . APARECEU UM ADVOGADO A NOSSA PROCURA FALANDO QUE TINHA ESSE SEGURO PARA SER LIBERADO, ENTÃO MINHA MÃE DEU ENTRADA NAS PAPELADA ELE LEVOU PARA CIDADE QUE ELE MORA DEPOIS DE 6 MES ELE VEM FALA QUE NÓS NÃO TEM DIREITO.
    ELE DEIXOU 03 FILHO REGISTRADO DE MENOR E UMA ESPOSA QUE VIVEU COM ELE A 20 ANOS POR FAVOR ME AJUDE O QUE EU POSSO FAZER?
    AGARDEÇO DESTE DE JÁ ….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 13:58
    Enviado por: jean carlos de souza silva

    Boa tarde! O meu cunhado foi atropelado por uma moto e teve uma lesão no cerebro, mas passa bem, apesar de não lembrar mais de algumas pessoas está se recuperando. O causador do acidente fugiu sem prestar socorro.O fato ocorreu tem 15 dias. Gostaria de saber se todo o procedimento para solicitar o DPVAT pode ser feito ainda, visto que não fizemos a queixa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 10:16
    Enviado por: Patricia leal

    sofri um acidente de moto ,onde eu estava na guarupa e me machuquei bastante,tive fratura esposta no tornozelo e tive que fazer cirurgia urgente na medicina de Uberlandia.o que devo fazer para receber o seguro ?como devo agir?E quanto tenho direito de receber e o que mais posso incluir de gastos?
    Obriada!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 00:19
    Enviado por: Ricardo Pires

    Prezado ,

    Estou muito preoculpado, contratei no final de no inicio de 2006 uma seguradora para me ajudar no recebimento do seguro DPVAT da morte de meu pai em 1989 de acidente automobilistico, pois na estava conseguindo localizar o B.O.A seguradora localizou o B.O e deu entrada no processo na vara civil no rio de janeiro, o que me deixou supreso, sendo que o beneficiario (eu), a vitima, e o acidente ocorreram aqui.O processo ja esta com quase 2 anos e ainda esta na primeira vara civil, sendo que é uma causa ganha.Poderiam por gentileza esclarecer, se tem alguma chancer de eu estar sendo vitima de algum golpe?Ou realmente demora esse tempo mesmo.

    Aguardo contato urgente.Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 00:23
    Enviado por: Ricardo Pires

    correçao:
    “contratei no inicio de 2006″

    desculpe

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 14:05
    Enviado por: paula

    Olá!
    Estive vendo seu blog e me interessei pelo assunto.
    Meu pai faleceu em um acidente de bicicleta, e eu poderia ter entrado com uma ação para indenização……(conforme li em seu blog)…..
    Mas que pena! :(
    pelo q vi ….o prazo prescreveu em março desse ano….pois ele faleceu em março de 2005….
    De forma alguma tem como rever essa situação???????
    Pois se eu soubesse dessa lei antes, teria entrado com a petição antes….
    Obrigada,
    Paula

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 14:09
    Enviado por: bervania mayla gomes da silva

    sofri um acidente de moto, em ocorreu por motivo de um carro, gostaria de saber se por ventura tenho direito ao seguro dpvat, pois fiquei na duvida, sofri lesão na tibia (osso), esto afastada do serviço ja faz 2 meses.

    cordialmente
    bervania mayla gomes da silva

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 16:31
    Enviado por: LUCIA

    tinha uma irmã que sofreu um acidente de trasisto
    em 16/07/89,gostaria de saber como faço para fazer uma consulta de informação para saber se
    existe seguro a receber ou alguma diferença a receber desse seguro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 16:38
    Enviado por: LUCIA

    tinha uma irmã que sofreu um acidente de trasisto
    em 16/07/89,gostaria de saber como faço para fazer uma consulta de informação para saber se
    existe seguro a receber ou alguma diferença a receber desse seguro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 16:57
    Enviado por: Alexandre

    GOSTARIA DE SABER MEDIANTE A TANTAS DUVIDAS E ESCLARECIMENTOS SE ESSAS PESSOAS PODÉM ESTÁR ENTRANDO ENCONTATO COMIGO ATRAVÉS DE EMAIL ???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 00:03
    Enviado por: claudia maria

    uma vizinha faleceu no RIO DE JANEIRO em 25/07 2002 e deixou 3 filhos MENORES de idade e ainda não deu entrada SERA QUE JÁ PERDEU O DIREITO, O BRIGADA CLAUDIA GOSTARIA DE UMA RESPOSTA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 19:33
    Enviado por: PAULO DINIS

    Boa noite , emprestei meu carro para meu irmão
    que sofreu um acidente um passageiro do veiculo
    perdeu uma das vistas , este tipo é considerado invalidez permanente sim ou não envie resposta por favar abraços..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/05/2008 - 20:50
    Enviado por: Roberto Janz

    tive um acidente em 16.12.2006 com vítima fatal
    a família recebeu o valor de 13,500 , eu não teria um percentual de 40 % do seguro DPVAT pois tive perca total do veículo devido a vítima ter invadido a pista contrária de uma BR e colidiu com meu veículo a vítima estava embriagada e em alta velocidade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2008 - 12:52
    Enviado por: poliana ferreira da silva costa

    oláaaaa boa tarde!!!
    meu nome é poliana , eu fui atropelada…. a 14 anos atras, fui socorrida pela pessoa que me atropelou e não foi feita o boletim de ocorrencia
    eu gostaria de saber se eu tenho direito de receber o seguro depvat..
    muito obrigada e aguardo sua resposta…………….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2008 - 12:53
    Enviado por: poliana ferreira da silva costa

    oláaaaa boa tarde!!!
    meu nome é poliana , eu fui atropelada…. a 14 anos atras, fui socorrida pela pessoa que me atropelou e não foi feita o boletim de ocorrencia
    eu gostaria de saber se eu tenho direito de receber o seguro depvat..
    muito obrigada e aguardo sua resposta…………….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2008 - 15:19
    Enviado por: RAIMUNDA MOURA

    olá gente bóa tarde não precisa vcs Pagar advogado pára tirar Seu seguro depvat. Eu recebir em um bairro de salvador chamado chamado Comercio u nome da seguradora chama fenaseg um forte a braço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 08:46
    Enviado por: Dione Alan da silva fonseca

    Meu pai foi atropelado e faleceu na hora, deixando esposa conjugal e tres filhos, dois de maior idade e um com 17 anos, gostaria de saber como fazer e que documentação nescessaria para ele receber a sua parte na idenização do seguro DPVAT.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 11:45
    Enviado por: Anna Maria

    Tenho que requerer judicialmente o pagamento do Seguro DPVAT de um acidente que, segundo informações, encontra-se prescrito. Contra quem devo entrar com essa ação? FENASEG? SUSEP? DENATRAN? Agradeço desde já, lembrando que na cidade onde moro, interior de MG, nao existem especialistas nesse caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/05/2008 - 20:12
    Enviado por: everton beninca

    oi meu nome é everton eu sofri um acidente de moto no dia 16 03 2008 e eu quebrei o braço tendo que colocar platina com 6 parafusos e eu gostaria de saber se eu tenho direito a indenizaçao….

    obrigado……………..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 23:02
    Enviado por: claudia

    Eu sofri um acidente no dia 10/02/08, fui socorrida pelo hospital, eles tiraram raio-x da minha cabeça e viram que ñ quebrou nada ,simplesmente me liberaram,quando foi no dia seguinte voltei ao hospital,prq o meu joelho ficou muito inchado, o médico tirou raio-x e viu q não quebrou nada e me liberou.
    Eu não sabia que eu tinha direito ao seguro do DPVT.O hospital foi negligente comigo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2008 - 06:06
    Enviado por: francisco benicio da fonseca junior

    Bom dia, meu avô sofreu um acidente automobilistico e veio a falecer 16 dias após o acidente, foi dado entrada atraves de um advogado no requerimento do seguro dpvat, porém já se passaram 3 meses e não recebemos este seguro , como devo proceder para saber se ja foi pago, e se estamos sendo lesados pelo advogado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2008 - 11:58
    Enviado por: criatiane /ro

    Uma moto bateu no meu carro, o acidente foi num bairro de chacareiro, a moto estava na contra mão, o seguro obrigatorio cobre despesas para arrumar o veiculo ( carro), já que o seguro do veiculo ( carro) venceu em março.
    Não hove morte
    ..Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 17:19
    Enviado por: Juliano

    Sofri um acidente de transito a uns 4 anos atrás e nunca dei entrada no seguro DPVAT, na época procurei o Detran e me passaram um papel com algumas instruções das quais cosntavam q poeria dar entrada em até 20 anos o que eu devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2008 - 12:53
    Enviado por: clayton rodrigues alves

    minha mae morreu vitima de acidente agora entrei com uma ação contra a empresa de onibus para receber o dpvat já ganhei a causa e no site saiu que o juiz negou seguimento de recurso para a ré, os meus advogados dizem q tem que ir novamente para a segunda estancia , porque se o juiz negou q a empresa recorresse e quando sei que vou receber? e o que significa VISTA AO ADVOGADO ? POIS E ISSO Q ESTÁ ESCRITO NO ANDAMENTO DO PROCESSO .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 00:37
    Enviado por: inajá ferreira serra

    olá…………..
    eu sofri um acidente de moto à um ano.
    Quebrei a tibia e a fibula (fratura exposta)….
    A duvida é a segunte: a moto é minha mais esta no nome do meu tio, eu tenhu direito no dpvat?
    se tenhu, do é preciso para receber a indenizasao?
    OBRIGADO!!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 14:47
    Enviado por: Adriana

    Meu pai morreu em 2000, ele era motorista e sofreu um acidente e morreu. Minha mãe recebeu um seguro na época no valor de 5.000.00 gostaria de saber se ela tem direiro alguma diferença para receber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 21:22
    Enviado por: Ronaldo Costa

    meu irmao morreu no ano 2002 dezembro minha mae não recebeu nada tem como dar entrada no papel ainda? e receber esse outro beneficio que a Graciele acima pergunta?
    Grato por sua resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 14:45
    Enviado por: Enelise Nicoladelli

    Gostaria de saber se o DPVAT cobre nesse caso “tendo ocorrido no pátio de residência, o atropelamento de filho pelo pai, ao tentar esse último sair da garagem com seu veículo, terá a vítima direito ao DPVAT?”.

    Aguardo resposta. Desde já agradeço.
    Obrigada.
    Enelise

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/06/2008 - 13:24
    Enviado por: Marcelo de Souza Oliveira

    Sofri um acidente de transito c/ moto (fui fechado por um carro e acabei caindo) so que no B.O. foi registrado como queda acidental , e por esse motivo nao consegui realizar o exame no I.M.L queria saber quais procedimentos devo realizar, tenho algum direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2008 - 11:00
    Enviado por: JOICE BASTOS

    ESTOU A ESPERA DA MINHA IDENIZAÇAO
    NADA ATE AGORA!
    ESPERO TER RESPOSTA RAPIDA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2008 - 17:13
    Enviado por: DAISE C. DA SILVA SOARES

    EU QUERO SABER SE OS FILHOS DE MILITAR TEM DIREITO DO SEGURO DA POLICIA MILITAR JA FALECIDO PORQUE PEDIRAM NOSSO DOCUMENTOS E AUTENTICAÇAO NO CARTORIO E CONTA DO BANCO E DEPOIS FALARAM QUE OS FILHOS NAO TEM DIREITODaise

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2008 - 17:46
    Enviado por: QUEDMa

    então,

    um assunto que não tem muito a ver com o DPVAT, mas preciso de ajuda. Uma ambulância do SAMU com sirene desligada e sem paciente, avançou o sinal num cruzamento e bateu no meu carro, eu estava a 40 km. Meu irmão dirigia e chegou a ouvir a acompanhante gritar: “Olha, tem um menino no carro, vc avançou”. Enfim, reunimos 3 testemunhas, e o motorista ofereçou um acordo, que não foi aceito pela óbvia insegurança disso. A quem eu devo processar, ao Estado e ao motorista-já sei-mais a quem? se alguém tiver conheceimento, responde por favor!
    Cordialmente…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2008 - 10:00
    Enviado por: thiago chaves

    o meu cliente não tem o numero do seguro DPVAT (sinistro) ao qual ele recebeu parte do seguro, como eu faço para entrar com restituição do valor, sem ter o numero do seguro e a seguradora

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2008 - 15:13
    Enviado por: Rogério Paes de Lima

    sofri um acidente em um ônibus em março de 2006, dei entrada no escritório da GS-seguro na cidade de Recife e até o momento estou aguardando.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2008 - 11:04
    Enviado por: Fábia Alexsandra da Silva Buarque

    Meu esposo foi vítima de um sequestro. Durante o percurso foi espancado mas na primeira oportunidade pulou do carro. Logo a frente os bandidos(eram cinco) colidiram em outro carro.Dois indivíduos morreram na hora e um terceiro no hospital. O carro teve perda total.
    Agora vem a parte que não entendo.
    O carro era nosso, no entanto pagávamos o seguro DPVAT e o IPVA, e a família dos bandidos ficam com o direito de receber a idenização?!. E nós ficamos apenas no prejuízo ainda pagando o financiamento do veículo( faltam 3 anos e meio).
    Será que não teria uma forma desse dinheiro ser revertido para o pagamento dessa despesa, já que eles causaram os danos? Será que temos alguma saída?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2008 - 13:32
    Enviado por: MARILUCIA MATTOS

    SOFRI UM ACIDENTE DE KOMBI NO DIA 30/04/2008
    E QUEBREI O PILÃO COLOCANDO DOIS PINOS E VOU OPERAR DE NOVO EU TENHO DIREITO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 17:30
    Enviado por: Cleonice Araujo

    Ola, gostaria de saber se alem do seguro obrigatório que a pessoa recebe em causa de morte,tem outro dinheiro a receber? Como por exemplo a despesa da funeraria?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 20:02
    Enviado por: francisco das chagas monteiro

    caro amigos fiquei supreso com a devolucao do meu processo, pois aseguradora alega ter prescrito , sofri um acidente em 1995. perdi um menbro e fiquei comgraves sequelascomo uma perna menor.atrufiou os tendões ,fiz perica e laudo medico pelo iml.a propia seguradora comfirmou que foi imvalides, so que eu so acabei meu tratamento no dia 02 06 2008, quando meu medico mandou um relatorio para o dpvt alegando que nao tinha nada mais a fazer e que eu se encomtrava de alta a parti da quela data. pois esta retornando meu processo alegando que estar presquito.vou dar um explo se eu tivesse em coma ate esta data tinha prescrito?. um abraço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2008 - 09:05
    Enviado por: ronaldo freire

    Bom dia!! Uma pessoa que faleceu em junho de 2000. Qual o prazo prescricional para essa pesso requerer o seguro? Desde já agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2008 - 13:12
    Enviado por: Maria aparecida campos

    Tenho 71 anos e um carro segurado pela porto seguro. Em dezembro de 2007,meu filho e colegas de classe foram a um barzinho da minha cidade comemorar o fim do ano letivo da faculdade onde estudam. Um dos colegas de classe, sem ordem de meu filho, pegou o carro que está no meu nome, e saiu pela noite dirigindo meu carro. Meu filho só ficou sabendo depois que o colega bebado se envolveu em acidente sem vitimas.A seguradora não quer pagar o preço dos gastos para consertar o carro alegando que o condutor estava bebado. Meu carro ficou 5 meses no patio de uma revendedora, ao relente, debaixo de chuva e sol, e a seguradora assim como a corretora não me deram nehum apoio.PAguei tudo até o guincho para levar meu carro, as multas por eu ser proprietaria.Hoje a seguradora , como um castigo, ressarciu unilateralmente o contrato de seguro como se eu tivesse infringido de má fé o contrato. Quero os meus direitos: 1º porque paguei as prestações do seguro ( embora o carro estive jogado no patio)em dia e até o fim combinado. Cumpri minha partye e eles não cumpriram em nada a parte de assistencia em nenhum momento do sinistro. Quero saber quais os meus direitos.
    Obrigada,Maria Aparecida Camposa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2008 - 21:14
    Enviado por: ivania rosa

    sofri um acidente em 2007, no laudo médico deu invalidez permanente, a principio fui atendida pela rede publica depois passei para o plano de saude, eu posso requerer o seguro pela invalidez permanente? e qual seria esse valor?
    obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/06/2008 - 13:14
    Enviado por: André Luiz M Teixeira

    Boa tarde.
    Gostaria de saber se há algum prazo ou instância para se habilitar o autor em um processo de seguro DPVATe quais são os documentos e etapas necessários, pois já existe um processo em curso e já houve um recurso interposto e negado a parte Ré.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 11:15
    Enviado por: MARIA LIDIA BARBOSA DE ALMEIDA

    MEU FILHO SOFREU UM ACIDENTE DE TRANSITO E TEVE UMA FRATURA EXPOSTA NA PERNA DE 1 POUCO MAIS DE 2CM DE REDUÇÃO, NÃO TEVE TEMPO DE FAZER OCORRENCIA E TAMBÉM NÃO PASSOU PELO IML, PERGUNTO-LHES ELE TEM DIREITO A RECEBER O SEGURO DPVAT, COMO ELE PODE DAR ENTRADA NO SEGURO?
    AGUARDO UM RETONO ISTO ACONTECEU EM 2006.
    GRATA
    MLIDIA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 18:02
    Enviado por: Ivanilda Silva

    oi, perdir o meu RIO CARD já fez 30 dias, falei na empresa eles falam que não pode fazer nada, desde então não tenho dinheiro nem para as refeições poque tenho que ficar pagando passagem que é 8,40 por dia até hoje já gastei R$230,00 .

    COMO EU DEVO PROCEDER JUDICIALMENTE EM RELAÇÃO A ISSO?

    NO AGUARDE,

    IVANILDA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 20:07
    Enviado por: Helberth Moura

    Boa noite amigo, desde já agradeço esse espaço que concedes a nós cidadãos.
    O problema é o seguinte: Tenho um amigo que foi enganado por um “estelionatário” atraves do seguro do DPVAT, ele confiou nele para dar andamento no processo de acidente que o fez perder um dos braços e o que aconteceu, como tudo correu bem, o DPVAT liberou o dinheiro e quando meu amigo foi receber com ele (corretor) o dinheiro, ele o enganou e disse que não recebeu, mas tão dizendo que viram ele recebendo esse dinheiro. Esse amigo me procurou hoje, é humilde sem muitos recursos finaceiros e mora no interior do estado do Pará eu queria ajuda-lo, em si primeiro dando uma olhada no processo dele pra saber se foi ou nao liberado esse dinheiro, entrei no site do DPVAT e em consulta de processo pediram o numero de um sinistro + o cpf dele e perguntei pra ele se ele tinha esse numeros ele me respondeu que não. então te Pergunto:
    1. Como faço pra recuperar esse numero de sinistro pra poder tentar ajuda-lo?
    2. Procuro a policia federal pra denuncia-lo, uma vez comprovado que foi recebido esse dinheiro?
     3.Como devemos proceder?
    Agradeço desde já a oportunidade, e ficarei a espera dessa imensa ajuda, pois meu amigo está desolado com essa situação, e se poder com sua ajuda, irei ajuda-lo no que poder.
    Um imenso abraço e aguardo retorno!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/06/2008 - 09:11
    Enviado por: wanderley dos santos

    Minha prima foi atropela no transito e faleceu em setembro de 2006, demos entrada com a documentação que nos foi exigida e minha tia era a responsável pela vitima, com curntela e tudo mais, ocorre que, esse quantia não foi paga no tempo de 30 dias como a lei diz. Entramos com um advogado mas mesmo assim ainda não recebeu nada. Segundo o advogado informou a minha tia que a seguradora negou o pedido, mas que ele-o advogado iria tentar pelo menos receber quatro mil reais para que pagassemos as despesas com o funeral e hospital que emprestamos na eminência de quando recebesse o tal seguro quitariamos a divida.O que se deve fazer para saber se ela (tia)não foi lezada?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/07/2008 - 23:36
    Enviado por: Foco jurídico

    Evite dores de cabeça. Nós providenciamos o recebimento do seu seguro, sem riscos de assalto, e sem os atrasos da burocracia. Se você é beneficiário de vítima de acidente de trânsito, entre em contato conosco. Nós resolveremos seu problema.
    Cobramos 15% do valor pago (apenas após o recebimento do seu seguro)
    Foco Jurídico
    focojuridico@yahoo.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2008 - 14:17
    Enviado por: ALEX

    Boa tarde, tenho uma grande dúvida, estou com o Laudo de exame complementares de Lesoões corporais, expedido pelo Departamento de Policia Técnica do Estado da Bahia, ao qual traz um Histórico médico assinado pelo médico particular que o paciente “possui disturbios mentais que podem ser como sequelas definitivas”, e nos quesitos que os peritos do DMPT-do estado da Bahia, afirmam que o o quesito numero 3 do qual pergunta sobre a incapacidade permanente, traz como resposta sim.
    Tenho uma duvida, eu tenho direito ou não, pois, uma o relatorio do medico particular me é desfavoravel, mas, o do Departamento Médico do estado é a meu favor.
    POr favor me ajudem, espero e fico desde já pela resposta.
    Alex

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2008 - 19:03
    Enviado por: Eli Campelo

    Boa noite, gostaria de saber, como posso obter o valor que já foi pago pela seguradora, ou como devo fazer para obter tal valor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2010 - 12:29
    Enviado por: MAURO

    Bom dia! quero saber sobre aposentadoria por acidente de transito fui atropelado em 2008 fiquei com sequelas na perna nao sinto mais o pé e parte da perna estou em final de tratamento ainda estou de gaiolas no pé e perna tive coagulo cerebral que afetou minha atençao e rasicinio ,uitas vezes machuco o pé mas nao sinto nada só vou ver bem depois sei que nao vou andar como antes e nao vou mais exercer minha antiga funçao estou recebendo auxilio mas nao sei até quando por favor me ajude OBRIGADO!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 08:13
    Enviado por: josivaldo araujo de oliveira

    por favor
    me informe se sou obrigado a pagar dpvat de anos anteriores
    uma vez que se eu não pagai eu não estava segurado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 10:10
    Enviado por: odair jose

    olha sofri um acidente de moto quebrando uma perna um dedo da mao e o bulco parte facial fui atendido no hospital regional queria saber se tenho direito de receber o dpvat pois teve um advogado da minha cidade que disse que eu nao recebia so se eu estivesse feito tudo particular se estiver como me ajude pois nem encosta pelo o inss nao estou coseguindo e ja tem mas de dois meses que estou tentando aguardo respostas obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/03/2010 - 23:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito a receber sim. Procure informações com um advogado ou no Detran.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 27/07/2010 - 23:28
      Enviado por: LEYDIANA AMARAL

      REALMENTE, TERIA DIREITO SE FOSSE TRATADO EM HOSPITAL PARTICULAR, MAS, SE VC TIVER AS NOTAS DOS REMÉDIOS UTILIZADOS PARA O TRATAMENTO, RECEBERÁ, POR QUE A INDENIZAÇÃO SÓ É PERTINENTE QUANDO FICA COM SEQUELAS PERMANENTES, MORTE, OU TEMPORARIA ONDE FICARIA ALGUM TEMPO SEM TRABALHAR. PROCURE O DETRAN OU PROFISSIONAL PARA MELHOR LHE EXPLICAR. MAS, VALE LEMBRAR QUE PARA QUALQUER SITUAÇÃO EXISTE UM TETO.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/03/2010 - 15:44
    Enviado por: Regis

    Boa tarde, gostaria de saber: Um amigo foi atropelado por um motqueiro, ele teve várias fraturas pelo corpo, o motoqueiro somente fraturou um dedo… Gostaria de saber se o DPVAT vai atender somente o meu amigo, ou o imprudente causador do acidente também vai ter direito neste seguro…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2010 - 09:43
    Enviado por: conceição

    É mais uma pergunta de que um comentario ,é que meu companheiro sofreu um acidente de moto alguns anos atraz,só que a moto não é dele,mais de um amigo, gostaria de saber se ele tem direitos de receber a idenizaçao e o que ele vai pricisa pra da entrada nos papeis,desde de já obrigado pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2010 - 10:24
    Enviado por: Sandro

    Ola gostaria de esclerecer uma questao se possivel, minha irma foi vitima de um acidente de transito creio eu que ja enviamos todos os documentos possiveis gostaria de saber qual pode ser o prazo para que venhamos a receber o seguro, a questao e seguinte ja estamos tentando a quatro meses, e sempre q ligamos pra saber da seguradora eles dizem que esta faltando algo outra coisa poderia dizer quais sao os documentos necessarios ja tentei encontrar em outros sites aqui mais sem sucesso ficaria muito grato bom dia fique com Deus!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/03/2010 - 23:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende da análise da documentação por parte do governo. Há casos que demoram mais de uma no e são indeferidos, por exemplo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/03/2010 - 09:28
    Enviado por: Renato de oliveira

    bom dia,sofri um acidente de moto e quebrei a perna direita em dois lugares diferentes,trabalhando autônomo sem contribuição sindical e ainda pagando o consórcio da moto que está parada em casa, não tenho renda alguma como faço para o DPVAT. como farei então o pagamento do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2010 - 09:37
    Enviado por: janadir onofre da cruz

    boa tarde, meu sobrinho foi atropelado por um caminhão e no acidente ele quebrou a bacia em três lugares, machucou a bexiga e rompeu a uretra, ele já fez duas cirugias, mais vai ter que fazer uma terceira, ele está sendo atendido pelo sus, pois a familha não tem recursos financeiros, e essa terceira cirugia é particular e custa 10000reais, quais são os direitos dele em relação ao dpvat, esse direito pode cobrir essa cirugia, gostaria de uma orientação, e quais documentos seria necessario

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 20:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O DPVAT não vai cobrir essas despesas. Vocês precisam de um advogado para processar o motorista do caminhão e/ou a empresa onde ele trabalha.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/03/2010 - 06:23
    Enviado por: CAMILA

    oi boa tarde,sofri um acidente de trânsito a um ano e cinco meses fiquei com um coagulo interno na perna ,não fiz o laudo do iml ainda posso realiza-lo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2010 - 21:12
    Enviado por: paulo

    Gostaria de saber se tenho direito em receber a minha indenizaçao, uma vez que sofri um acidente em 03/03/2008, tive uma lesao permanente e com perda dos movimentos, dei entrada com toda a documentaçao no seguro DPVAT, fui informado que nao teria direito por que meu seguro encontra vencido.
    Atenciosamente meu muito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 11:10
    Enviado por: Atiane

    Bom dia!!Gostaria de tirar umas duvidas, espero que possa me ajudar…
    1º acidentado de trator tem direito a DPVAT?
    2ºcaso tenha esse direito como devo proceder?
    3º caso nao tenha o direito ao DPVAT existe outro tipo de indenizaçao que possa requerer?
    Desde ja agradeço…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/03/2010 - 23:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito de receber o dono de todo veículo que paga imposto ou vítima de acidente provocado por veículo que paga imposto. O procedimento para receber está descrito na reportagem onde você colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/03/2010 - 14:22
    Enviado por: edson gonçalves albino

    gostaria sde saber se ha alguma diferença de valors pr receber alem do que veio em 2008 dos $13500 por morte em acidente de transit

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 17:41
    Enviado por: Adriana

    Olá, minha tia sofreu um atropelamento por um bebado na rua onde mora, soube que o veiculo é bem velho, e não deve ter seguro, como faço para solicitar a indenização DPVAT, ela está hospitalizada e o caso é grave. Ela precisa de ajuda. quais os documentos necessarios e onde devemos encaminhar?
    Desde já agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 22:59
    Enviado por: tatiana s de freitas

    minha mae foi atropelada por uma moto na porta de sua casa teve um corte na cabeça e esta em repouso por 10 dias
    ela pode pedir o dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2010 - 15:39
    Enviado por: fabio de jesus martineli

    e se eu ter que operar o joelho dinovo o dpvat paga mesmo ja tendo sido pago os 2700 de hospital fazem dois anos e dois meses do acidente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2010 - 17:02
    Enviado por: SIMONE DIAS DA SILVA

    Estou precisando saber qual o valor pago pelo seguro dpvat no ano de 1991.

    Atenciosamente,

    Simone Dias da Silva

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2010 - 10:38
    Enviado por: Gustavo

    Oi, estou com um processo em julgamento, recebi 2.700,00 do seguro, ai um advogado recorreu, eu já fui a uma audiencia e ainda não saiu nenhum resultado, quando eu ligo pro advogado ele diz que ainda nada, tem como eu ver este andamento do processo? se sim, como posso ver? ele disse que tenho que ir a outra audiencia.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/03/2010 - 21:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Com poucas e aleatórias informações é impossível responder. Além do mais, por questões éticas, solicitamos que pergunte ao seu advogado e conie nele, caso contrário, troqued de profissional.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/03/2010 - 09:43
    Enviado por: ADILSON FURTADO DE ALMEIDA

    Bom dia !!

    Me esclareçam uma dúvida, se possível for :

    No site oficial do DPVAT eu encontrei a informação, na relação de documentos necessários à entrada do pedido de pagamento de indenização, de que quando do acidente resultou morte, não é necessário anexar o Laudo do IML.
    Pois bem..isto procede , visto que no meu caso houve o resultado morte e o IML ainda não me forneceu o laudo mesmo já tendo sido solicitado e já ter passado mais de 40 dias da data do acidente.

    Grato,

    Adilson Furtado de Almeida

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/03/2010 - 19:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é a informação que temos, apesar de constatarmos que é isso mesmo que está escrito no site. Por nossa experiência, o laudo do IML é fundamental para comprar lesões e/ou morte por conta do acidente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/03/2010 - 09:47
    Enviado por: ADILSON FURTADO DE ALMEIDA

    Bom dia !!

    Me esclareçam uma dúvida, se possível for :

    No site oficial do DPVAT eu encontrei a informação, na relação de documentos necessários à entrada do pedido de pagamento de indenização, de que quando do acidente resultou morte, não é necessário anexar o Laudo do IML.
    Pois bem..isto procede , visto que no meu caso houve o resultado morte e o IML ainda não me forneceu o laudo mesmo já tendo sido solicitado e já ter passado mais de 40 dias da data do acidente ???

    Grato,

    Adilson Furtado de Almeida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2010 - 21:02
    Enviado por: MAURO

    Boa noite..Gostaria de saber o D.P.V.A.T REQUER UM ADVOGADO,SE EU FOR ATE O I.M.L ELE(A)IRA ME ACOMPANHAR,SE O SEGURO FOR PAGO BAIXO VALOR POIS O MEU CASO FOI ATROPELAMENTO O ADVOGADO VAI RECORRER E DEVO RESEBER O POUCO QUE ME PAGAREM POR FAVOR ME RESPONDA..OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 12:25
    Enviado por: sobre depvat

    eu gostaria de saber se vcs atuam aqui na area de maringá parana pois eu preciso de uma consulta urgente p saber mais sobre o assunto obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 21:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não atuamos em lugar algum. Esse blog apenas noticia informações de interesse do consumidor e eventualmente responde a algumas dúvidas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2010 - 17:56
    Enviado por: Junior Alessandro Alves

    Boa Noite!!
    Preciso de uma informação cujo o assunto é o meu tio :
    Falecimento aconteceu no dia 09/04/2007 , ñ estamos conseguindo dar entrada no seguro DPVAT,por ele ñ ter CPF o que poderá ser feito nesse caso, pois foi passado para advogada particular e ñ obtivemos êxito, solicitei as papeladas para tentarmos esta ação por aqui na cidade onde moramos,ele ñ deixou herdeiros diretos,somente sobrinhos, o que fazer para conseguir uma declaração etc..
    agradeço desde já a todos…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 18:19
    Enviado por: Deleon pereira barbosa

    oi td bem sofri um acidente teve fratura exposta usei um fixador externo
    e fiz enxerto tenho a perne toda remendada mas naum tenho comprovante nenhum de gastos medicos tenho direito de receber algo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2010 - 15:58
    Enviado por: Deleon pereira barbosa

    mesmo tendo todos laudos medicos documento da moto b.o td

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 09:45
    Enviado por: RODRIGO

    Olá pessoal!

    Meu sobrinho faleceu em acidente de moto onde ele era o condutor, não habilitado e a moto não era dele, ele tem direito ao seguro DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 11:49
    Enviado por: Reinaldo Cruz

    Sofri um acidente em janeiro de 2006 onde houve necessidade de colocar pino no braço e patela do joelho. Gostaria de saber se alem do uso do seguro que fica para o hospital tambem tenho direito a receber o seguro pois meses atras ligou em casa uma pessoa dizendo ser advogado e que eu teria direito ao seguro mas como nao estava em casa ficou de ligar novamente e ate hoje nao ligou. Grato, Reinaldo Cruz

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2010 - 08:36
    Enviado por: MILENA

    Bom dia o meu nome e Milena tenho uma duvida o meu irmão falecei a um mês em um acidente de morto, a minha mãe deu entrada no DPVAT e falarão para ela que ela teria direito a 50% do valor e os outros 50% seria do meu pai. o problema e que meu mais nunca foi um pai presente e nem deu pensão, mais sempre tivemos contato com ele. eles estão separado a mais de 15 anos.
    1ª- a minha mãe tem que dividir o dinheiro mesmo?
    2ª- Podemos da entrada só na nossa parte (50% da minha mãe)?
    3º- se ele alega que não que o dinheiro pode ser depositado só na conta da minha mãe?
    Muito obrigado
    fstd@bol.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 19:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É isso mesmo, o dinheiro terá de ser dividido, e depositado na conta dos dois. E a entrada tem de ser feita para os dois pais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/03/2010 - 21:37
    Enviado por: Fabio

    Boa noite!
    Gostaria de um esclarecimento sobre o DPVAT. Um amigo sofreu um acidente e ficou com invalidez permanente (estava dirigindo) em 15/02/2009. O pagamento do DPVAT deveria ter sido feito em 15/01/2009, porém ele o pagou com atraso no dia 17/03/2009. Ele reuniu toda a documentação e deu a entrada no DPVAT, contudo o pagamento foi negado porque o DPVAT foi pago com atraso. Visto isso, é possível propor ação judicial para que esta indenização seja paga, mesmo com o DPVAT tendo sido pago com atraso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 22:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sempre é possível entrar na Justiça por qualquer coisa, a qualquer tempo. Entretanto, consideramos difícil que consiga ganhar. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/03/2010 - 12:19
    Enviado por: GIAN PARISI

    GOSTARIA DE SABER… MINHA ESPOSA FALECEU DEVIDO UM ACIDENTE DE TRANSITO EM 2008, NA OCASIÃO RECEBI O SEGURO DPVAT NO VALOR DE 13.500,00 OUVI DIZER QUE EXISTE UMA DIFERENÇA AINDA A SER PAGA É VERDADE????????
    GIAN . BAURU SP

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/03/2010 - 18:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não fazemos a menor ideia. Procure essa informação no Detran.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/04/2010 - 10:18
      Enviado por: Joyce

      Não, Gian, não existe diferença alguma a ser paga. O que as pessoas confundem é que a regra antiga era que seria pago o valor de 40 salários mínimos por morte, mas após 2007 para esse tipo de sinistro o valor é fixo, morte e invalidez permanente é de 13500, que vc já recebeu, e DAMS, 2700. Não há o que reclamar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/03/2010 - 16:19
    Enviado por: CLÁUDIO RIBEIRO

    DPVAT PAGO DUAS VEZES O QUE FAÇO,PARA REAVER O IMPOSTO PAGO DUPLICADAMENTE.PEÇO FAVOR ME ENVIAR RESPOSTA PELO E-MAIL : calribeiro9@hotmail.com

    MINAS GERAIS

    OBRIGADO!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2010 - 19:48
    Enviado por: alessandra

    o acidente ocorreu em 12/2002 ainda so a égide do cod. 1996 e a ção dada entrada em 2009, a seguradora alega prescrição é verdade? pq era de 20 anos e apapós 2003 passou para 3 anos. por favor aguardo resposta

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/03/2010 - 22:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      De acordo com inúmeras decisões judiciais, a seguradora tem razão. O assunto terá de ser questionado na Justiça. É possível ganhar, mas as chances não são muito grandes.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 15:42
    Enviado por: aldo

    sofri um acidente fraturei a cravicula como faso para receber o seguro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2010 - 18:22
    Enviado por: LUCIANA

    Gostaria de saber se poso receber o seguro DPVAT, sofri acidente em junho de 2008, não fiquei com sequelas e não tenho recibos médicos, sofri escoriações e luxações devido ao atropelamento. Tenho o BO e o Bo do bombeiro. Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2010 - 12:34
    Enviado por: Robinson

    Estou com um documento que recebi sabado, trata-se de um documento na qual a companhia de seguros Alianaça da Bahia, diz que vai efetuar o pagamento pelo Banco do Brasil, porém o acidente foi em JUN 2001 e o documento vem datado por maquina de datilografia no di 26 e FEV 2008. O acidentado foi meu cunhado e ele é muito pot fora, ele dirigia ambulanci e a mesma no acidente pegou fogo, ele nunca recebeu o seguro, o que temos que fazer, existe alguma possibilidade de dar algo certo, pq só entregaram esse documento agora? segundo ele foi pq ele pediu e segundo o pessoal da delegacia esse document estava a dias la guardado. Moramos no inetrior da bahia.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 06:15
    Enviado por: Valdemir Teixeira de Lima

    Sofri um acidente em 27/10/1990, fui atropelado na rua por um veículo; a assim fraturei a (TÍBIA). Foi feito cirurgia e colocado pinos e depois feita outra para retirada de alguns.
    Fiquei com problemas a mesma não tem a articulação de 100%, o médico me informou que ocorre isso devido ter sido próximo a junta.
    Sou profissionalmente da área de logística e também da segurança privada, conforme fui fazer um curso tive muitas dificuldades devido essa articulação da perna sendo justamente a direita. Conforme o caso tenho direito, a indenização desse seguro DPVAT.
    Quais documentos necessários ?
    O que comprova isso encontra-se na pag. 62 de minha carteira profissional, AUXILO- DOENÇA do antigo INPS.
    B.O. foi registrado da delegacia, porém não sei se consigo devido o tempo.
    O hospital não tenho conhecimento se é Municipal ou Estadual.
    Gostaria de saber então se tenho direito de ser indenizado devido a esta situação.
    Atualmente trabalho, porém enfrentando as dificuldades e as administrando conforme posso.

    aguardo retorno,

    obrigado.

    Valdemir Teixeira de Lima

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/04/2010 - 20:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito a receber o seguro dim. Quais os documentos necessários? A informação está no texto onde você colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/04/2010 - 12:09
    Enviado por: leandro

    boa tarde! Sofri um acidente de carro e gostaria de saber se tenho direito ao seguro dpvat.Mais especificamente bati na traseira de uma empresa de ônibus. Meu carro estava todo em dia e eu também.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/04/2010 - 20:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Leia com atenção a reportagem onde você colocou a mensagem. Só tem direito ao seguro quem foi vítima de acidente de trânsito, ou seja, sofreu ferimentos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/04/2010 - 13:43
    Enviado por: otavio

    fui atropelado por uma moto em 1999 fiquei no seguro por 3 anos fui aposentado por invalides em 2002 e resebi da seguradoura apenas o valor de 600 reais isto esta coreto? a quem poso recorrer? ainda tenho direito? por favor me ajudem.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/04/2010 - 20:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos a menor condição de responder sem qualquer informação sobre o processo. Consulte um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/04/2010 - 19:31
    Enviado por: Jaqueline

    Estava voltando da faculdade de moto e um carro veio a bater em mim, quebrando a minha perna,passei por uma cirurgia tendo que colocar dois parafusos, as despesas médicas foram cobertas pelo plano de saúde,o fato deu ter tido que colocar os parafusos na perna, eu ganho alguma indenização com isso.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 20:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Indenização de quem? Se quiser processar o motorista que causou o acidente, é um direito seu, mas contrate um advogado. Para ter direito ao DPVAT, leia o texto onde você colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/04/2010 - 16:00
    Enviado por: Magaly

    Queria entender quem tem ao seguro, pois um conhecido sofreu um acidente d moto quebrou a gravicula em 3 lugares, será que ele tem direito de receber alguma coisa………

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 22:06
    Enviado por: Eguinaldo

    Boa noite, sofri um acidente em Dezembro/2009, tive despesas de mais de R$ 5000,00 com minha mao esquerda (tudo com Nota Fiscal), entrei com o processo para recebimento do D.A.M.S., no entanto, so foram liberados R$ 403,50, o que fazer em um caso desses…

    Desde ja agradeço…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 15:09
    Enviado por: Tatiana Puttkammer

    Boa tarde!!!
    No dia 01/04/2010 eu sofri um acidente de moto e fraturei a clavicula, a minha duvida é se eu tenho direito a receber o DPVAT ou ele so serve para despesas hospitalares? E tbm se existe algum segurio em q eu possa pegar o dinheiro!!!!
    Obrigada e fico no aguardo de uma resposta!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2010 - 21:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende do tipo de acidente, já que o Denatran tem avaliar todos os pedidos. Em tese toda e qualquer vítima de acidente de trânsito tem direito, mas isso depende da documentação do veículo, que tem de estar em ordem. Leia mais na reportagem onde você colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/04/2010 - 16:32
    Enviado por: CARLOS

    eu tive um acidente em 09/1.982…fiquei entre a VIDA E A MORTE NA U.T.I E ESTOUU AQUI…NO HOSPITAL CRUZ AZUL.UMA PERUA ME PEGOU QUANDO EU ESTAVA INDO PARA O SERVIÇO,FIQUEI NO HOSPITAL E TIVE UM ACIDENTE NO CRANIO…EU NEM SABIA SOBRE ESSE D.P.V.A.T…QUE EU TENHO DIREITO DE RECEBER…COMO QUE EU DEVO AGIR ??? quais são os meus direitos,e indenizações de receber do INAMPS…TODOS ESSES ANOS….QUANTO QUE EU DEVO REBER E COMO….E PARA ME APOSENTAR…POIS EU TENHO ACRILICO NA CABEÇA…FOI RETIRADO O OSSO..FAZ POIUCO TEMPO ESSE ACIDENTE ..,QUASE 28 ANOS…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2010 - 21:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há o que reivindicar depois de 28 anos. SE ainda assim quiser tentar, então leia a reportagem onde você colocou a mensagem. As informações estão lá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/04/2010 - 15:11
    Enviado por: pedro jose da silva

    estava pilotando a minha moto eu estava com minha esposa veio um carro e bateu na gente o carro fuchiu fui socorrido pela samu estamostodo machucados quais sao meus direitos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 17:11
    Enviado por: Gustavo

    Boa Tarde, estou com o pedido de indenização parado, pois estão exigindo tal documento que nao possuo pelo fato do acidente ter ocorrido em janeiro de 1991 mas tenho até janeiro de 2011 para requerer o pedido, estão axigindo o aditamento do B.O da época uma vez que a seguradora Mapfre alega que não deixa claro em que veículo estava, mandei relatorio do IML que comprova perda total da visão olho direito,boletim de ocorrencia e relatorios de depoimentos que comprovam que estava no acidente, na época com apenas 11 anos, já fui na delegacia que fez a ocorrencia na época mas se negam a fazer tal aditamento, uma vez que a delegacia só mudou de endereço e por ser de 1991 o que fazer me ajudem gostaria de ter meus direitos, uma vez que sofro até hoje por dificultar para certos empregos e estou desempregado também,Obrigado!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 23:54
    Enviado por: Tiago Santos

    Boa Noite,

    O caso do meu pai é o seguinte: em 1999 um motociclista o atropelou, causando uma fratura exposta da patela do joelho a qual foi arrancada quase que por inteira pelo acidente, e por isso ele ficou 3 anos na condição de segurado do INSS, sendo aposentado mais tarde por INVALIDEZ (INCAPACIDADE DE EXERCER A FUNÇÃO DE MOTORISTA). Em 2002, logo que saiu a decisão da aposentadoria por invalidez, ele entrou com o pedido de indenização no DPVAT recebendo apenas 600 reais. Na época, ficou assustado porém pasmo. Agora, anos mais tarde, ficou sabendo que a indenização por invalidez é muito maior do que meros 600 reais, logo fica as minhas perguntas ao amigo: Ele ainda tem DIREITO sobre o valor total? se sim, qual seria o procedimento a seguir? a quem recorrer?

    Desde já fico grato pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/04/2010 - 00:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos como saber se a indenização é maior, apenas podemos supor, o que nçao ajuda muito. O melhor a fazer é contar com a ajuda de um advogado e entrar na Justiça pedindo a revisão do benefício e da indenização.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2010 - 13:23
    Enviado por: Ronaldo Lopes

    Uma pessoa que sofreu acidente de moto, que foi atendido pelo SUS e que estava com a documentação em ordem tem direito a indenização do seguro DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 15:50
    Enviado por: rosimeire

    Minha filha sofreu acidente de moto com o namorado ela quebrou o pé.Agora que fiquei sabendo que ela pode receber o seguro da moto mas não sei como proceder.Poderia me ajudar?Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 11:16
    Enviado por: sandra

    meu pai sofreu um acidente de moto e o dpvat custiou sim os danos mas quem recebeu esse dinheiro foi o hospital na epoca,mas acontece que devido o acidente meu pai ficou com sequelas posso requerer tambem alguma indenizaçao pelas sequelas mesmo ja tido pago pelo dpvat o hospital me resp:por favor valeu sandra

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 13:40
    Enviado por: wemerson

    meu avò sofrel um acidente de carro em2005 e veio a falecer. e agora lemos no jornal que quem faleceu de 20 anos pra cá tem um reajuste para receber eu quero saber se minha avô tem alguma coisa para receber.. agardo resposta..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 15:13
    Enviado por: José Ribamar

    Boa Tarde!
    Vou contar minha história.
    Sofri um acidente em 15/06/2009, estava eu em um ônibus da empresa de turismo (Visual Turismo), este mesmo ônibus veio quebrar a barra de direção na br 381 perto de João Monlevade, voltando de Guarapari, as 3:45hs da madrugada. fomos arremessados a uma ribanceira bem ingrime, a uma altura de +- 30 metros de altura, Esse acidente teve dois óbitos, e muita gente se machucou, inclusive eu.
    Sofri uma fratura multipla do úmero, em +- sete partes e lesão no nervo axial, levando a perda do movimento do pulso e dos dedos. os médicos colocaram uma placa e dez parafusos no beu braço. Depois da Cirúrgia, comecei a fazer fisioterapia para recuperar os movimentos. Graças a Deus eu já os recupei. Entretanto fiquei com uma cicatriz enorme e disforme no braço, também tendo um visual de afinamento e perda da força total.
    Gostaria imensamente de saber se tenho o direiro ào Seguro DPVAT, já que muitas pessoas leigas no assunto insistem e me perguntar e eu não sei a resposta, pois dizem que só tenho o direito de ressarcimento de gastos médicos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 20:49
    Enviado por: ANDERSON

    olá tenho a seguinte duvida: posso eu, vitima de acidente, ficar com o restante da cobertura de reembolso hospitalar que é de até 2.700 reais,
    sendo que nõa foi gasto todo o valor que o dpvat cobre?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 21:17
    Enviado por: ANDERSON

    duvida: documentos atrassados de veiculo, pode prejudicar no recebimento do dpvat, ai então os gastos ficam por conta do culpado pelo acidente ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/04/2010 - 02:18
    Enviado por: Morganna Rafaella

    BOM DIA. EM JANEIRO DE 2008 SOFRI UM ACIDENTE DE MOTO POR OLÉO DE CAMINHÃO NA PISTA E EM CONSEQUÊNCIA DA QUEDA DA MOTO EU FRATUREI O TORNOZELO COM LESÃO LIGAMENTAR, TENHO EXAMES, RAIO-X, FIZ CIRURGIA E ESTOU COM UMA PLACA DE METAL E SEIS PARAFUSOS NA PERNA, DEI ENTRADA NO DPVAT E ELES ME NEGARAM. ENTREI EM DEPRESSÃO, EMGRACI 10 KG, FIZ 30 SESSÕES DE FISIOTERAPIA, E AS VEZES AINDA SINTO DORES NO PÉ QUANDO ME ESFORÇO MUITO,O QUE EU FAÇO?

    AGUARDO RESPOSTA

    ATENCIOSAMENTE.,

    MORGANNA RAFAELLA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/04/2010 - 15:49
    Enviado por: Tania Mara Pio

    Gostaria de saber se uma pessoa que sofreu um acidente e já recebeu uma indenização por sequela ela tem direito a uma outra indenização por uma outra sequela que ficou em outra parte do corpo pelo mesmo acidente, como poderei obter essa resposta, fico muito grata.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/04/2010 - 00:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só procurando um advogado especializado. Em tese, a sequela deveria ter sido comprovada quando do primeiro exame, mas é melhor consultar um especialista.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/06/2010 - 15:45
      Enviado por: Fausto Caetano

      Olá, Tania…tem direito sim…mais informações…fausto_caetano@hotmail.com

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/04/2010 - 15:13
    Enviado por: GIANI

    SOFRI UM ACIDENTE DE ONIBUS EM MARÇO DE 2008 E O LEVEI OS DOCUMENTO PARA ABERTURA DO PROCESSO AGORA EM ABRIL DE 2010.

    MEU ADVOGADO FALOU QUE VAI DEMORAR UNS 2 ANOS PARA EU ESTAR TENDO A PRIMEIRA AUDIENCIA E QUE O NUMERO DO PROCESSO SÓ TEREI EM AGOSTO DE 2010.
    GOSTARIA DE SABER SE É DEMORADO MESMO.

    COMO POSSO RECEBER O DPVAT.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/04/2010 - 23:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Que teal ler a reportagem onde você colocou a mensagem?

      responder este comentário denunciar abuso
    • 27/07/2010 - 23:44
      Enviado por: LEYDIANA AMARAL

      BOM, TODOS OS TRAMITES PROCESSUAIS TEM PRAZOS RAZOAVEIS, PORÉM SERÃO ANALISADO, MAS, NÃO ACREDITO Q IRÁ DEMORAR TANTO ASSIM!MAS, TIRE VOCÊ MESMO SUAS DUVIDAS PROCURE O DETRAN, VEJA SEU PROCESSO, MTAS VEZES É POR FALTA DE ANDAMENTO ATÉ MESMO DE SEU ADVOGADO! E LEMBRE-SE QUE PERDE O DIREITO AQUELE QUE DORME NO PONTO, OU SEJA, CORRA ATRÁS DO QUE LHE PERTENCE!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/04/2010 - 15:01
    Enviado por: Bruna

    Boa tarde,
    Meu pai faleceu há 1 ano, vitima de um acidente de carro na cidade em que ele residia. Como ele nao era casado com minha mãe, consegui localizar apenas a Certidao de Obito e o Boletim de Ocorrencia da policia rodoviaria. O unico documento que possuo, além desses dois, é a minha certidao de nascimento, que comprova a filiaçao. Até agora nao consegui receber o DPVAT, pois, segundo informaçao da Seguradora, é necessario apresentar copia do RG e CPF do meu pai. Gostaria de saber o que posso fazer para receber o DPVAT? grata, Bruna

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2010 - 11:24
    Enviado por: Rafael Castro

    gostaria de saber se minha mãe tem direito a receber a diferença do dpvat, já que meu pai faleceu dia 10/02/2002, pois na época ela recebeu 7.000 reais e agora estamos com essa dúvida se temos direito a receber essa diferença

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2010 - 14:20
    Enviado por: claudia aparecida do amaral

    meu namorado sofreu um acidente de moto em outubro de 2006.ficou internado em um hospital publico.fez cirurgia na perna esquerda.ficou um bom tempo encostado pelo inps.na epoca não entramos com nenhum recurso para receber o seguro dpvat.agora encaminhamos todos os documentos necessarios pra uma advogada da cidade que está vendo os casos.mas ela disse que foi negado o pedido do seguro já que fazem mais de 3 anos.gostaria de saber se isso é possivel,se tem prazo de validade para fazer o pedido.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/04/2010 - 21:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, é possível. Convenhamos, buscar o benefício quatro anos após o acidente é muito complicado. A jurisprudência sobre o assunto informa que o prazo é de um ano.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/04/2010 - 14:57
    Enviado por: josue junior

    fui atropelado pelo um caminhão pipa daguá em 1991 dia 14/12/91 sofri a perda da perna direita gostaria de saber se tenho direito a o seguro depevat, mais nao foi feito ocorencia pela policia civil mais sim pelo pm do pronto socorro, porem fui ate o aquivo medico do pronto socorro mais eles me deram uma declaraçao que em 2001 pegou fogo no arquivo medico e os doc. de 1991, foram todos queimados oque devo fazer se se eu tenho direito…….

    aguardo retorno………………….

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/04/2010 - 21:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dez anos depois vai ser difícil requisitar o direito, quanto mais conseguir, ainda mais sem os documentos necessários. Procure um advogado especializado e avalie e viabilidade de entrar na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/05/2010 - 20:15
    Enviado por: joao aparecido

    gostaria de uma informação meu pai sofreu um acidente de transito ele estava de bicicleta e foi atropelado por um onibus e a perna esquerda dele nao vai ficar 100% tudo indica que vai ficar mais curta que a outra e nao vai poder dobrar a perna normalmente porque foram colocados oitos parafusos e uma platina na altura do joelho gostaria de saber se ele tem direito a alguma indenização se tem como faço para receber desde ja agradeço a orientação obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/05/2010 - 22:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito a indenização pelo DPVAT. Siga as orientações contidas na reportagem.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 01/09/2010 - 20:09
      Enviado por: joao aparecido

      me de uma informação meu pai foi atropelado por um onibus ficou internado e teve que fazer uma cirurgia no joelho e teve que colocar oito parafusos a cirurgia ficou seis mil e quinheitos reias ele ta com sequela definitiva na perna esquerda me diga o dinheiro do seguro dpvat o que tem para receber como indenização este é para pagar o hospital ou a seguradora do onibus que paga o hospital e meu pai recebe essa indenização livre de gasto obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/05/2010 - 12:18
    Enviado por: alberto

    Oi , sofri um acidente de moto em um cruzamento , quebrei a perna ,dei entrada no inss , mas eles ficarao com meu laudo medico , e ja estou afastado a 4 meses do trabalho , entao eu tenho direito de receber ?/

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2010 - 13:45
    Enviado por: Cleusa dos Prazeres de Melo

    Sofri acidente dia 21 de janeiro de 2007, e fraturei femur e joelho, não sabia que eu tinha esse direito de receber algo agora eu entrei no site do DPVAT e vi que é somente valido para três anos, só que estou em tratamento medico, e o medico mandou eu entrar com o pedido para receber pois não conseguirei fazer o que fazia, trabalhava de doméstica. Por favor meajude o que fazer obrigada.Cleusa

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/05/2010 - 21:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Siga exatamente as orientações do texto omde você colocou a mensagem, caso tenha sofrido acidente de trânsito. Reúna os documentos e dê entrada com o pedido, como orientado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/06/2010 - 10:54
    Enviado por: Gislaine

    Por gentileza preciso de uma orientação, meu irmão faleceu num acidente de carro em uma estrada BR e gostaria de saber quais documentos são necessários para dar entrada no DPVAT e aonde devo ir para isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2010 - 10:55
    Enviado por: patricia

    Bom dia,

    Gostaria de uma informação.

    Eu recebi o seguro DPVAT, a vitima faleceu no acidente, ouvi alguns boatos que neste caso além de receber o seguro DPVAT , a pessoa tem direito a outro tipo de indenização.

    Gostaria de saber se esta informação procede.

    Desde já agradeço.

    Obrigado…….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2010 - 11:37
    Enviado por: suzana

    Fui vitima de atropelamento em Fev/2009 em julho/2009 depois de realizado os tratamentos,enviei toda doc pra seguradora faz uns 2 meses a seguradora me exigiu comprovante de internaçao hospitalar com todo tratamneto realizado, ja comuniquei a seguradora que nao fui internada apenas fiquei la em observaççao por um periodo de 4 horas , Peguei a declaração do hospital informando este fato, antes ja havai encaminhado relatorios, tratamentos ortopedidos e de fisoterapia, mas eles insistem que eu mande uma coisa que nao tenho, por isto o processo ta parado lá.
    Como eu devo proceder neste caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2010 - 01:53
    Enviado por: LUIS

    GOSTARIA DE SBAER SE MEU CUNHADO TEM DIREITO AO DPVAT, ELE SE ENVOLVEU EM UM ACIDENTE DE TRÂNSITO EM MAIO /2010, TENTOU DESVIAR DE UM VEICULO ESTACIONADO EM UYM CURVA E PERDEU O CONTRLE DO VECTAR VINDO A SE CHOCAR COM UMA CARRETA QUE ESTAVA ESTACIONADA EM CONTRA-MÃO, O PROBLEMA É QUE MEU CUNHADO NÃO PAGOU O DPVAT DE SEU CARRO, O PRIMEIRO VEICULO CAUSADOR DO ACIDENTE E A CARRETA SEGUNDO PESQUISA TAMBÉM NÃO TEM DPVAT PAGO, NESSE PROBLEMA TODO O MEU CUNHADO QUEBROU A BACIA EM AMBOS OS LADOS, NÃO TRABALAHVA REGISTRADO E AGORA ESTÁ EM UMA CAMA SEM QUALQUER MOVIMENTO E SEM QUALQUER TIPO DE AJUDA NO SENTIDO FINANCEIRAMENTE PARA CUSTAER TRATAMENTO, GOSTRAIA DE SABER SE ELE TEM DIREITO AO DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/06/2010 - 19:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese não tem direito, já que não houve o pagamento do DPVAT, mas isso pode ser questionado na Justiça. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/06/2010 - 10:21
    Enviado por: Andreza Gischewski

    Gostaria de saber se tenho direito ao DPVT.

    Sofri um acidente de carro no ano de 2002 e fiquei invalida por isso.

    Consigo receber?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/06/2010 - 18:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito sim, mas se conseguirá ou não receber é outra história. Siga as orientações contigas na reportagem onde você colocou a mensagem. Se for o caso, procure a ajuda de um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/06/2010 - 17:45
    Enviado por: Cristina

    Meu filho sofreu um acidente de moto. Do acidente foi direto para hospital, operou e está ainda em recuperação.
    Pelo site do dpvat, eles querem um laudo do IML. Onde consigo esse requerimento, onde fazer? A delegacia nao forneceu nada e quero saber se consigo fazer esse exame agora 2 meses apos acidente

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2010 - 19:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O laudo tem de ser feito pelo IML. Ou seja, você precisa ir a este órgão e se informar como fazer e quais os procedimentos, com os documentos que comprovem o acidente, como boletim de ocorrência, e comprvantes hospitalares. Se encontrar maisores dificuldades, procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/06/2010 - 15:04
    Enviado por: Daiana Cristina Restelli

    Olá.
    Estou com uma dúvida.
    Me envolvi em acidente de trânsito onde a vítima estava em alta velocidade. Mas mesmo assim acionei meu seguro. No entanto, fui surpreendida por uma ação judicial cobrando todas as despesas mais incapacidade temporária da vítima q fraturou a perna. Mas detalhe, fui acionada no JEC. E agora?
    Como chamar a Seguradora??

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/06/2010 - 20:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você vai precisar de um advogado para discutir a questão do acidente e se a ação que está sendo movida contra você é pertinente. Só depois o seguro será acionado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/06/2010 - 23:37
    Enviado por: Thiago Luis Dias

    me envolvi num acidente de transito e quebrei o braço …ae fiquei sabendo que so tenho auxilio remédio pelo dpvat .isso é verdade ?? e o fato que eu pago esse imposto justamente por isso praque agora que naum estou em condiçoes de trabalhar poder contar com esse beneficio…oque eu posso fazer ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2010 - 22:28
    Enviado por: CLAUDIO ROBERTO MATHEUS

    Sofri um acidente em 29/04/2007 (fratura exposta na perna) fui operado e tratado em hospital publico, fiz algumas sessões de fisiotarapia e fiquei com placa e parafusos de fixação, perdi o movimento perfeiro da perna e do pé, no entanto fui aconselhado por “advogado” a não dar entrada no DPVAT pois não teria direito; a sequela seria insignificante, trabalho como aux. de escritorio (sentado o dia todo) Não obstante ao assunto houve necessidade de que eu levasse um metro de areia para dentro de meu quintal, a mesma perna se transfigurou, fui ao medico pertinente que constatou uma perda deficiencia na mesma perna, já estou bem novamente, MAS NÃO POSSO PEGAR NENHUM PESO. O que faço, tem como ainda requerer o DPVAT, infelizmente o prazo (3 anos) encerrou em 29/04/2010, hoje é 26/06/2010

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/06/2010 - 20:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em nosso entendimemento não há mais op que fazer, o prazo expirou, mas não custa procurar um advogado especializado e pedinr uma outra opinião.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/06/2010 - 22:55
    Enviado por: Roberto Gonçalves Conceição

    minha prima vivia com uma pessoas a 4 anos e teve uma filha com ele, só que ele foi atropelado na BR e vei a óbito.gostaria de saber quais são os dereitos dela e da menina.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/06/2010 - 23:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Desculpe, esse é um blog de defesa do consumidor, não de direito de família. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/07/2010 - 16:13
    Enviado por: Guilherme Sasaki

    Boa Tarde, meu primo sofreu acidente em 15/09/1990, o que ocasionou suam morte, assim entrei com pedido de DPVAT requerendo o pagamento do valor de R$ 13.500,00, no mês passado, hoje receb a informação que já haviam depositado R$ 6.750,00 na conta da minha tia (única herdeira), contudo falta ainda a metade restante, ela tem direito ao recebimento? existe a possibilidade do DPVAT ser pago em duas parcelas, assim ela recebeu a primeira e depois irá receber a segunda?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/07/2010 - 18:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ele é pago de uma vez só. Se o valor foi depositado, então esse é o valor da indenização. Se quiser contestar, terá de procurar um advogado e entrar com novo processo pedindo o restante. Procure o Detran e veja porque o valor foi diminuído.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/07/2010 - 04:15
    Enviado por: SEBASTIÃO

    MORA EM UMA REGIÃO NA BACIA AMAZONICA,NO ESTADO DO PARÁ,E TEM MUITAS PESSOAS QUE SOFREM ACIDENTE E NADA É FEITO ,FICAM A MERCÊ DA SORTE,QUERIA SABER SE POSSO FAZER ESTE TRABALHO,ENCAMINHAR PARA QUE ELES RECEBEM SEUS DIREITOS,ETENDO O SUFICIENTE,MAS PRECISO DE UMA PROCURAÇÃO?OU MAIS ALGUMA COISA,E COMO GARANTIR O MEU TRABALHO?,SE A SEGURADORA IRA DEPOSITAR O VALOR,NA CONTA DELES?,E QUANTO CONSTUMA A COBRAR?SE POSSIVEL ME RESPONDA JA TENHO 6 PESSOAS PARA TENTAR RESOLVER O SEUS POBLEMAS,GRATO OSCAR

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/07/2010 - 21:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O que você se propõe a fazer é irregular. Quem quiser buscar a indenização precisa fazer isso por meio de advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/07/2010 - 15:29
    Enviado por: marcos de oliveira

    O filho de minha prima que tinha 16 anos, veio a falecer de acidente de carro em maio deste ano. Minha prima é solteira e vive com companheiro a 15 anos. O pai do filho dela , sumiu após a criança nascer.Queria saber se ela tem direito a 100% da indenização do DPVAT por morte e como ela deve proceder ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/07/2010 - 15:31
    Enviado por: LEANDRO DA SILVA

    Meu pai esta dirigindo o veiculo e teve um infarto. O resgate chegou e o levou pro hospital, mais foi diagnosticado que ele faleceu no local. Nós temos direito ao DPVAT por morte ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/07/2010 - 16:25
    Enviado por: marcos da silva

    O filho de minha prima faleceu em Junho, em virtude de acidente de carro. Ele tinha 16 anos de idade. Ela é solteira e vive com companheiro a 14 anos. O pai do filho dela, depois q a criança nasceu nunca mais foi visto. Queria saber o que ela tem q fazer pra receber o valor 100% da indenização morte do DPVAT ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2010 - 14:08
    Enviado por: Priscila

    o acidente ocorreu em 1999, só que os filhos entraram com a ação agora. A juiz entendeu que os filhos não seriam parte legitima para propor a ação, tendo em vista, que na época era vigente a lei de 74. Teria direito ao seguro os filhos do falecido?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/07/2010 - 22:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em nosso entendimento não, achamos que o juiz está certo. Entretanto, é bom procurar outra opinião para ver se existe alguma possibilidade de ação judicial.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/07/2010 - 17:30
    Enviado por: Ivan

    Eu vi algumas perguntas parecidas, mas não consegui tirar uma conclusão então vo pergunta novamente..
    Eu sofri um acidente de moto, tive uma fratura exposta, fiquei 6 dias no hospital pelo SUS, algumas pessoas me disseram que eu tinha direito ao DPVAT, pois eles deveriam me transferir para um leito ou hospital particular. É verdade??
    Agradeço se alguem puder responder…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/07/2010 - 22:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Uma coisa nada tem a ver com a outra. O DEVAT é um seguro que é pago em dinheiro a vítimas de acidente de trânsito. A transferência para um hospital e qualidade do quarto dependem do convênio de vítima, se ela tiver um. Se não tiver, ficará em hospirais públicos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/07/2010 - 18:57
    Enviado por: Vanessa

    Boa Noite!
    Gostaria de saber se eu posso recorrer ao seguro obrigatorio,pois sofri acidente de moto e acho que o valor que recebi não é o correto,pois fiquei com sequelas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2010 - 21:35
    Enviado por: Camila

    Tenho um amigo que sofreu acidente de moto, ele era o piloto mas ele estar em um hospital publico ele tem o direito ao seguro DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/07/2010 - 13:32
    Enviado por: rita de cassia

    meu sobrinho sofreu um acidente de moto em junho de 2010 e todo seu atendimento ,inclusive 15 dias no cti foi pelo SUS,mas está incapacitado de trabalhar por pelo menos 6 meses devido a cirurgia da fratura exposta do femur. será que ele tem direito à indenização,uma vez que antes do sinistro ele estava trabalhando como autonomo e sem contribuir com o inss,e agora faz fisioterapia particular mais uso de medicamentos?o dpvat da moto está em dia .aguardo resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/07/2010 - 14:04
    Enviado por: edmar cavalcante

    gostaria de saber se sou obrigado a pagar o seguro dpvat do ano passado, já que não licenciei minha moto o ano passado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/07/2010 - 20:43
    Enviado por: Gilcirley

    Sofri um acidente de trânsito, vou ficar 15 dias afastado do serviço (sou autônomo) por causa de um fratura no pulso esquerdo, tenho plano de saúde particular onde fui atendido, só tive despesa com remédios, tenho direito a receber indenização do DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/07/2010 - 10:17
    Enviado por: renata

    oi, eu e meu noivo sofremos acidente de moto ele e musico(autonomo) vai ficar 1 mes sem trabalhar porque trincou a clavicula ja no meu caso quando cai da moto um carro passou sobre a minha perna,nao pegamos a placa do carro,mas me deram 15 dias de atestado.a causa do acidente foi oleo na pista e caiu uma barra de ferro do caminhao que estava na nossa frente que tambem nao parou para prestar socorro e nao pegamos a placa. temos algum direito de receber indenizacao do DPVAT.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/07/2010 - 22:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim. Siga as instruções contidas no texto onde você colocou a mensagem e requeira a indenização junto ao Detran.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/07/2010 - 13:03
    Enviado por: jorge damacio

    quero saber se quem se acidentou no ano de 2006 tem o direito de recorrer e quais as formas .obrigado por ajudar tenha uma boa tarde.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/07/2010 - 14:04
    Enviado por: Lucineide

    gostaria de saber se meu advogado recebeu,algum dinheiro do meu processo? pois etou desconfiada. obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/07/2010 - 13:42
    Enviado por: eduardo

    Caí de moto devido a um buraco na via, tive escoriações no braço, fiz curativo no hospital e fui liberado. tem como receber o dpvat. A moto é minha mas não está no meu nome.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/07/2010 - 19:31
    Enviado por: eduardo

    Preciso ter a pericia do iml, ou só o boletim do hospital e a ocorrência policial serve.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/07/2010 - 12:25
    Enviado por: parabens pelo blog!

    Amigo fui atropelado, e vou fazer uma cirurgia no joelho(ligamento) ja estou 37 dias sem trabalhar e a cirurgia ainda não foi marcada gostaria de saber se eu tenho direito ao dpvat, pois tenho plano de saude e não tive despesa medicas por enquanto, mas vou ficar com uma cicatriz no joelho e provavelmente uns tres meses sem trabalhar!!!Caso tenha direito o que devo fazer?
    Obrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/07/2010 - 00:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito sim. Você pode procurar um despachante para dar ventrada nos documentos ou você mesmo pode providenciar direto no Detran. Siga as instruções contidas no texto onde você colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/07/2010 - 17:25
    Enviado por: Lucas Soares da Silva

    Gostaria de saber o seguinte, meu pai faleceu em um acidente de transito em 1990, demorou 18 anos para sair o seguro, mais saiu, agora eu escutei no radio que, quem tiver algum parente que sofreu algum acidente ou morte entre os anos de 1990 e 1991 tinha uma diferença pra receber, gostaria de saber se é verdade isso ou apenas é mais uma dessas seguradoras de tirarem dinheiro nosso????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/07/2010 - 19:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Desconhecemos tal informação. Tentamos verificar com advogados e autoridades de trânsito e também não encontramos a informação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/07/2010 - 19:18
    Enviado por: Diego

    Sofri um acidente de moto em fevereiro de 2010 botei três platinas numa perna e mais duas na outra perna!!

    Quantoque eu recebo + ou -???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/07/2010 - 11:37
    Enviado por: rone

    dei entrada para receber a imvalides parcial e naum recibi nada como posso revendicar essa decisao do dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/07/2010 - 20:51
    Enviado por: Rafael

    Ouvi dizer que o prazo pra requer ao reguro DPVAT aumento de 3 anos para 25 anos. Essa informação procede?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/08/2010 - 00:34
    Enviado por: Elton

    Sofri um acidente de moto(moto vs carro)
    e fraturei o maxilar, sou autonomo e com maxilar quebrado ficou dificil trabalhar, tive alguns prejuizos.
    Eu tenho laudo medico, porem não fui atras de BO e nem comprei os remedios que o medico receitou, tenho direito a indenização pelos danos sofridos mesmo não tendo custo com remedio?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/08/2010 - 18:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em nosso entendimento sim, mas você vai precisar de mais documentos que comprovem gastos e prejuízos. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/08/2010 - 11:16
    Enviado por: Eliane Fatima O. Fonseca

    Recebi o seguro pela morte de meu marido e filho em fevereiro de 1996, gostaria de saber se existe alguma diferença a receber, tenho toda a documentação mas não possuo o comprovante de pagamento da seguradora. Como faço para saber se tenho direito de receber diferença.

    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2010 - 15:00
    Enviado por: ana claudia

    M eu esposo sofreu um acidente. oro ficou todo destruido mas meu marido não teve nada aparentemente, apenas levou um tombo na cabeça. só que ele tem sentido muita dor no pescoço e no braço. temos que levalo ao medico para fazer um tratamento. ele tem direito a receber o seguro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2010 - 20:10
    Enviado por: luciana

    eu ja recebi, só que tive de dar a metade para o advogado . recebi no ano de 1995, foi quando sofri o acidente, quem tiver cora atás de seus direitos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/08/2010 - 12:02
    Enviado por: gisele

    meu pai foi enternado em um hospital poeque ele era alcolatra, mais la no hospital ele tentou fugir,e ele caiu de mais ou menos que um metro de altura,e dai os guardas do hospitas levaram ele pra dentro do hospital andando,e dentro do quarto ele ficou agrecivo,dai eles empurraram meu pai,e ele morreu,eu posso pedir endenizacao por morte,neste caso, meu pai foi brutalmente assasinado,e ninguem fez nada,eles abafaram o caso,me ajudem preciso de um resposta urgente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2010 - 08:07
    Enviado por: simone

    meu filho tinha 16 anos quando faleceu dia 28-06-2010, so que deixou uma filha, quem direito a receber o seguro dpvat. obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2010 - 23:30
    Enviado por: viviani santana neves

    sofri acidente no dia 05/05/2007, sendo totalmente leiga no assunto no que se diz depevat contratei uma advogada p/ resolver a situação,no inicio mostrou-se bem interessada, providenciamos os documentos ,cheguei a fazer exames no I.M.L tudo conforme orientação da mesma,mas passou o tempo e a mesma
    não continuou com mesmo interesse,se distãnciando,ficamos sem contatos por um periodo e hoje consegui contato com a mesma p/ pedir orientação e que pediu p/ que eu fosse ao iml p/ buscar o laudo do exame e fazer o complementar, o que eu gostaria de saber,e que o ocorrido fez 3 anos em 05/05/10, Nessa situação ainda tenho direito ou o prazo já se expirou?
    Gostaria muito de ser ajudada nesse momento por alguém mais informada do que e? Grata…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2010 - 21:02
    Enviado por: Elizabeth

    Meu marido faleceu no ano de 2003, foi atropelado por um onibus eu estava gravida na epoca fiquei sabendo que a familia dele recebeu o dinheiro do seguro.
    o que devo fazer?
    me ajudem por favor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/08/2010 - 18:46
    Enviado por: aline dos santos siqueira

    eu sofri um acidente no comesso do ano e nao sei como receber o seguro

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/08/2010 - 18:50
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Que tal ler o texto onde você colocou a mensagem? Isso passou por sua cabeça?

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/11/2010 - 23:19
      Enviado por: NATALINO

      Olha eu posso ajudar mas precisa você entrar em contato comigo atravêz do telefone (33) 88075158 ou pelo e-mail:federacaolince@yahoo.com.br, então eu explico tudo para você – OK

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/08/2010 - 12:33
    Enviado por: cheila natanaely

    fui casada nove anos com pai da minha filha ele morreu e estava morando uns 4 meses com outra mulher ela tem direito ou minha filha do dpvt ,sendo que o irmão declarou que ele era soltero

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/08/2010 - 20:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não temos como responder, essa é uma questão de direito de família. Consulte um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/09/2010 - 15:52
    Enviado por: josiane

    Ola,meu marido quebrou o tornozelo.
    Em quais das 3 indenizações que ele se encaixa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/09/2010 - 16:42
    Enviado por: Jonathan

    Boa Tarde ,

    Por gentileza tire uma duvida, meu pai sofreu um acidente no ano de 1998 de Moto , quebrou perna e outros lugares , colocou pino e fez varias operações.
    Na epoca ele tinha um valor para receber que nao lembro quanto seria. Nesta data de hoje ele consegue receber alguma coisa !?
    Lembrando que ele esta vivo.

    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/09/2010 - 19:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ele recebeu ou não na época? Seja como for, se não recebeu, não terá direito a mais nada, pois já se pasaram mais de três anos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/09/2010 - 14:34
    Enviado por: Anderson

    Boa tarde,sofri acidente de moto em horario de trabalho e quebrei o osso do pulso,vou ficar 60 dias em casa,caso o problema não seja resolvido terei que fazer a cirurgia,até então não tive gasto com nada,gostaria de saber s tenho direito ha algum seguro e quais seriam os procedimentos..desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/09/2010 - 17:20
    Enviado por: Melina

    Em 2009, eu me envolvi em um acidente de carro. Sofri uma fratura na clavícula e diversas escoriações. Tive que me submeter a uma cirurgia (colocar placa e parafusos) e fisioterapia por 3 meses. Fiz o boletim de ocorrência na delegacia e exames no IML. Para receber o seguro DPVAT,tirando os outros documentos, que eu já estou de posse, é necessário comprovar as daspesas médico-hospitalares também ou só o laudo médico já basta?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/09/2010 - 18:16
    Enviado por: Melina

    E como seria se fosse plano de saúde? Eu utilizei o meu plano, mas tive que pagar um adicional.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2010 - 16:14
    Enviado por: sonia

    Boa tarde, dei entrada no seguro dpvat so que era dois herdeiros mais saiu so uma parte e ate agora não saiu a outra entregamos todas a documentação, e ainda nada da outra parte.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2010 - 10:02
    Enviado por: Marcos

    Minha dúvida se refere a prescrição para recebimento da diferença para 40sm
    Morte ocorrida em nov de 1989, familita recebeu em dez de 1989. Já se passou mais de 20 anos, não é mais possível pleitear o recebimento da diferença né?
    grato,
    marcos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2010 - 11:04
    Enviado por: Carlos Eduardo

    Bom dia!

    Sofri um acidente de moto há 2 anos(5/09/2008), no qual se envolveram 2 motos, minha moto estava com a documentação em dia, porém o dpvat eu pagava juntamente com o licenciamento que ocorreria 1 mês apos meu acidente. Encaminhei os documentos a seguradora a qual me solicitou copia do documento com comprovação do pagamento do dpvat em dia do ano em exercicio, eu perco o direito a indenização? não tem validade o dpvat pago pelo outro veículo envolvido, ja q ele foi o q causou o acidente? .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2010 - 21:17
    Enviado por: sergio pereira campos

    eu entrei cm uma açao contra o depvat mas ja faz um ano e ninguem me fala nada entrei pela cartone revisoes sera k se eu arrumar um advogado partiular eu receberia mais rapido essa indenizaçao ja k tive varias frturas devido a um acidente de moto ???????????????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2010 - 14:49
    Enviado por: Alessandra Gonçalves

    Olá meu ex- companheiro sofreu um acidente em 08/2008 onde causou sua morte eu estava grávida de 6 meses mais nós nao eramos casados nem morávamos juntos mais iríamos morar, tenho tudo para provar que agente estava juntos quando ele sofreu o acidente porem como eu estava grávida ainda quem deu entrada no seguro foi a mae dele minha ex- sogra sem me avisar gostaria de saber quais são as chances de eu reverter e pegar o seguro no nome do meu filho já que ela ainda nao recebeu por falta de documentos e o meu filho é o unico herdeiro porem ele nao é registrado ainda no nome dele falta so sair o exame de DNA
    OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2010 - 18:08
    Enviado por: Tatiane

    Perdi uma prma em um acidente de moto em out de 2006. Na época a mãe dela recebeu o seguro. Gostaria de saber se á algum resíduo e até quando posso requerer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2010 - 11:17
    Enviado por: Jesse

    tipo assim eu sofri um acidente de moto fraturei a escapula(osso nas costas) tres dedos do pé sendo um fratura exposta! encaminhei o seguro dia 21 de agosto com todos os laudos medicos etc. mas ate agora nadinha!! este prazo de 30 dias é seguido a risca? ouvi dizer q quando tem fratura a possibilidades de receber 13,500 verdade? obrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/10/2010 - 22:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há um prazo estipulado porque cada caso é um caso, depende do tipo de acidente. O valor que lhe informaram não é correto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/10/2010 - 15:35
    Enviado por: Jesse

    se eu recorrer a um atravessador pra encaminhar o seguro, existe alguma forma de ele me furtar ou só eu o beneficiado recebo o dinheiro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2010 - 08:45
    Enviado por: Cristina

    Bom dia,
    Sofri um acidente de carro em fevereiro de 1993,me encontro com ostiomelite no fêmur devido o acontecido.Fiz a terceira cirurgia o mês passado.
    Gostaria de saber se ainda tenho o direito de receber o seguro???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2010 - 21:40
    Enviado por: Marcelino Florindo Teixeira

    oi,sofri um acidente de transito,e nao dei entrada no dpvat
    fiquei sabendo esses dia ja se faz 3 anos como faço para receber muito obrigado se poder me ajudar {grato}

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2010 - 19:46
    Enviado por: claudia maria silva lima

    olá boa noite quero tirar uma dúvida, meu esposo foi vitima de atropelamento automobilistico foi feito um bo, pericia de lezão coporal e de danos também e o medico da pericia informou a ele que terá direito a uma indenização dpvate pois foi subemetido a cirugia vascular, oque quero saber como é que eu vou da entrada nesse seguro pois ele tem audiencia na justiça esse prossedimento é pela justiça ou eu posso pegar a copia do laudo do iml e da entrada tire-me essa duvida obrigada

    att claudia

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2010 - 16:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O melhro a fazer é buscara ajuda de um despachante ou advogado para verificar os documentos necessários e dar entrada.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/11/2010 - 23:32
      Enviado por: NATALINO

      CLAUDIA MARIA, eu posso ajudar mas precisa você entrar em contato comigo atravêz do telefone (33) 88075158 ou pelo e-mail:federacaolince@yahoo.com.br, então eu explico tudo para você – OK

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/10/2010 - 23:20
    Enviado por: Natacha Buzeto

    Meu irmão sofreu acidente trânsito em Março desse ano, no qual ele quebrou a tíbia e a fíbrola, (ou seja a canela),ele ainda não voltou a trabalhar. Ele não teve gasto com médicos, o SUS cobriu, só teve gasto com remédios e aparelhos ortopédicos. Porém ainda manca mesmo depois de sete meses de cirurgia. Ele teria direito a indenização?? Ao menos ao reembolso com remédios e aos aparelhos que tivemos que comprar pois foi preciso para sua recuperação.
    Agradeço e aguardo resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2010 - 16:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito sim. Procure um advogado ou informações sobre o assunto no Detran. Aproveite e leia com atenção o texto onde você colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/10/2010 - 12:44
    Enviado por: Edgar

    meu pai foi atropeldo a uns 15 anos atraz mais ate hoje ele esta com problemas para caminha ,correr e pegar peso sera que ele consegur um atestado de invalidez aguerdo uma resposta obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2010 - 20:19
    Enviado por: Adriana

    Meu filho foi atropelado há dois meses atrás, e no acidente fraturou a perna. Nesse caso ele tem direito ao seguro ou não?
    Foi feito BO no dia, tudo como deve ser feito. Eu liguei no DPVAT e eles me falaram que só recebe quem apresentar notas fiscais do tratamento, mas ele fez tudo pelo SUS.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2010 - 21:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Então você precisa dos atestados de atendimento do SUS para poder receber. Procure a ajuda de um advogado ou despachante.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/10/2010 - 21:48
    Enviado por: Edinilson da silva

    Minha irmã ja recebeu o seguro dpvat,só que chegou um advogado lá em casa falando de um atrasado que ficou restando dizendo que irá prescrever agora dia 22/10/10.Isso é verídico,me dê uma sujestão.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2010 - 22:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Desconhecemos essa informação. Procure saber sobre isso no Dtran, mas achamos difícil que jaha qualquer resíduo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/10/2010 - 14:06
    Enviado por: Alix Rocha

    Ola bom dia,eu sofri um acidente de moto e fraturei minha clavicula e gostaria de saber se eu tenho direito em receber
    alguma coisa mesmo a moto estando em nome da minha mae!! gostaria de sabe se eu receberia os medicamentos e suportes como tipoia e um suporte para o ombro,nao tenho a nota fiscal de alguns,e quais os documentos
    que eu preciso pra entra nesse processo??
    obrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/10/2010 - 16:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende do quem foi o culpado no acidente e do que está descrito no boletim de ocorrência. Por que você não lê o texto onde você escreveu a mensagem? As orientações estão lá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/10/2010 - 21:23
    Enviado por: vanessa

    Quero saber se tenho direito ao seguro dpvat pois entrei em depressão por causa do acidentee?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 12:48
    Enviado por: roberto lima

    olá , estou com com medo de ter feito alguma besteira , contatei um advogado pra dar entrada no seguro dpvat , de 2 semanas pra não consigo falar com ele , o celular do cara só da fora de área e estou com medo dele ter sumido e pegar o que tenho direito no seguro , isso pode acontecer ? ele pegar o seguro no meu lugar ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/10/2010 - 17:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não temos como responder ilações. Se tem alguma desconfiança ou queixa contra o advogado, procure a OAB.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/10/2010 - 15:06
    Enviado por: gino

    eu sofri um acidente de moto, colidí com um carro isso foi em fevereiro, e ate hoje eu tenho cecuela pelo acidente, poie me deu problema no tendão calcânico,eu tenho direito em uma indnização sendo que até o presente eu estou fazento tratamento(fisioterapia) por cauda do acidente?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/10/2010 - 17:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem. Procure um advogado especializado e vá ao Detran. E aprtoveite e leia o texto onde você deixou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/10/2010 - 17:51
    Enviado por: maira mota

    Ola,
    Sofri um acindente no começo do ano!Fui atendida pelo meu convênio! Até hoje meu pulso, que quebrei, não voltou 100% eu tenho algum direito de reber o seguro! Os gastos que tive foramo, com remédio só! E muito pouco com dentista!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2010 - 18:52
    Enviado por: Michelle Costa

    Olá, li quase todos os comentários e continuo com uma dúvida, pois tiveram respostas diferentes para perguntas parecidas, enão vou contar meu caso: meu marido capotou com o carro e teve q operar o braço, mas nos temos plano de saúde q cobriu as dispesas hospitalares, porém ele vai ter q ficar + ou – 5 meses sem trabalhar, gostaria de saber se podemos requerer o seguro e no caso de resposta afirmativa q tipo de documento tenho q pegar no hospital?.
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/10/2010 - 22:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível requerer o seguro neste caso. Leia o texto onde você colocou a mensagem e siga os procedimentos ali descritos, bem como os documentos exigidos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/10/2010 - 01:08
    Enviado por: MAURICIO

    BOM DIA. AVÓ QUE TEM A GUARDA PROVISÓRIA DO FILHO DE UMA VÍTIMA DE TRANSITO PODE REQUERER O SEGURO DPVAT? NESTE CASO A PARTE DA MÃE PODE SER REVERTIDA AO FILHO SE FOR CONDENADA POR TER DADO CAUSA AO ACIDENTE QUE VITIMOU O PAI DO MENOR?
    QUAIS OS DOCUMENTOS DEVO JUNTAR? GRATO

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/10/2010 - 22:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, é possível. Para isso procure um advogado especializado para ter informações mais qualificadas sobre o assunto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/10/2010 - 10:29
    Enviado por: giordana

    gostaria de informação, o office boy da empresa foi ao correio de bicicleta, ao retornar, uma senhora estacionou ocarro e abriu a porta, colidindo a mesma ba bicicleta, o colega, teve fratura no tornozelo, e ficou varios meses em tratamanto e sem poder trabalhar, esta com problemas graves no pé pois não ficou totalamente curado, foi encamainhado o dpvat, porem a seguradora negou o pagamanto, pois alega não ser acidente de transito. poderiam, me orientar melhor. obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2010 - 10:32
    Enviado por: roberto

    oi;bom dia,sofri um acidente de moto,um carro bateu em mim,foi feito boletim de ocorrencia e tenho os outros documentos que preciso,só um detale não tenho abilitação e o documento vençe no mes que vem;tenho direito a receber.sim ou não?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2010 - 17:23
    Enviado por: aldiron

    eu sofri um acidente de moto e tive que retirar um orgao da barriga o baço devido a uma hemorragia interna queria saber quais sao meus direitos no dpvat.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2010 - 20:19
    Enviado por: pedro ilari de jesus

    ola gostaria de saber quanto tempo demora para receber o dpvat pois faz 10meses que o meu advogado deu entrada na seguradora e ainda nao veio nada.por favor me informem obrigado..!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/11/2010 - 22:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende de cada caso e dos documentos que forem requeridos, da forma como foram efetivado gastos com hospital, remédios, etc…

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/11/2010 - 22:08
    Enviado por: joedson

    sofri um acidente kebrei o tornozelo

    meu ipva esta atrasado posso nao receber o DPVAT por que esta atrasado o IPVA ?????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2010 - 16:30
    Enviado por: gilberto santos

    sofri um acidente com a moto da empresa fiz a ocorrecia fiz um laudo de fratura no iml mas fui socorrido no hospital em que tenho convenio pela empresa vou ficar afastado 70 dias sera que tenho direito a receber o seguro sendo que nao gastei com dispesas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2010 - 13:34
    Enviado por: gelcilene

    Boa tarde , meu marido morreu em 2005, eu recebi o seguro dpvat , mas me falaram que eu tenho direito a um reajuste , que muitas pessoas estão recebendo , isso é verdade? e se tenho direito o que devo fazer? obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2010 - 14:51
    Enviado por: RICARDO

    SOFRI UM ACIDENDENTE DE MOTO EM 03/011/2006, FRATUREI O FEMUR,COLOQUE UM ASTEA BLOQUEADA DENDTRO DO FEMUR,ENTREI COM PEDIDO DE INDENIZAÇAO AO DPVAT, RECEBI + – 15,500 REAIS,QUERO SABER SE TENHO DIREITO A RECEBER A DIFERENÇA DO VALOR DE 40 SALARIOS MINIMOS DA LEI DE 1974,PESSO-LHE UMA ORIENTAÇÃO COMO DEVO PROCEDER EM CASO POSITIVO, OBRIGADO: RICARDO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2010 - 14:16
    Enviado por: FRANCISCO MEDEIROS

    BOM DIA;
    BOM ESTOU AQUI PARA RECLAMAR SOBRE MEU SEGURO DPVAT ENTREGUEI TODA DOCUMENTAÇÃO EM DIA NA SICOR DO DF HOJE COMPLETA 44 DIAS E NAO TIVE NENHUMA RESOISTA E ATE NAO RECEBI MINHA IDENIZAÇÃO QUE É DE INVALIDEZ PERMANENTE, JA ESTOU ATE DESCONFIADO COM ESSA SEGURADOR LIDER DO RJ PQUE EUQ NAO ME PAGOU ATE HOJE QUE O CORRETO SERA PAGO AOS INDENIZADORES ATE 30 DIAS PARA EFETUAREM O PGTO HO TEM 45 DIAS E NADA ALGUEM PODE ME DAR UMA LUZ PRA DIZER O QUE ESTA HAVENDO. FRANCISCO MEDEIROS 61 91436967

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/11/2010 - 18:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Existe alguma iregularidade mesmo, mas receio que seja o caso de procurar um advogado e verificar o que está acontecendo em relação à seguradora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/11/2010 - 21:46
    Enviado por: diego andrade

    sofri um acidente de moto em 06/05/2010 e fraturei a perna e fui operado pelo meu convênio por duas vezes, estou afastado até hoje pelo inss tenho que retornar para remarcar a continuação do meu beneficio e já escutei falar muito que tenho direito a uma indenização do DPVAT mais eu não amputei nenhum membro e as despesas médicas foram do convênio, gostaria de saber se tenho ou não direito e que caminho devo seguir?

    Diego

    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2010 - 02:21
    Enviado por: Guilherme

    Bom dia sofre um acidente de moto e fui atendido em hospital particular, terei que fazer fisioterapia, mas como sou funcionario público ja vem descontado o plano de saude nesse caso terei direito ao DPVAT, sobre todas as despesas ou somente nos medicamentos.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/11/2010 - 16:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você tem direito ao DPVAT, mas não temos como informar nesse nível de detalhamento. Procure um despachante ou um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/11/2010 - 13:34
    Enviado por: André

    Boa tarde, gostaria de saber se é possível receber um resíduo do dpvat que foi pago em 2007 após a nova lei, sendo que o acidente foi na vigência da lei antiga e como fazer para receber esta diferença.
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2010 - 10:34
    Enviado por: CLOVIS ELIAS

    GOSTARIA DE RECEBER UM EMAIL DO MEU PROCESSO POIS JA FIZ A PERICIA EM RIO DO SUL S/C

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2010 - 17:10
    Enviado por: Valeska

    Boa tarde,gostaria de uma informação. Sofri um acidente em Pitanga PR dia 10 ou dia 12 de junho de 2008, não recordo-me o dia certo. Fiquei hospitalizada no hospital de pitanga, onde foi dado a entrada do seguro. Eu era caroneira num veiculo Volvo 240.
    Não recebi o seguro até hoje. Gostaria de mais informações, pois recebi uma carta que não sei o seu conteudo, pois foi estraviada.
    Não recordo-me a placa do veiculo, so sei o nome do proprietario.

    Aguardo

    Atenciosamente

    Valeska

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/11/2010 - 18:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não dá para saber o que você quer de nós. Sugerimos que procure informações com um despachante ou mesmo com um advogado espec ializado nesta questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/11/2010 - 21:34
    Enviado por: alessandra

    ola’,meu marido faleu em julho de 94 vitima de um atropelamento, tenho direito a diferenca do DPVaT…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2010 - 02:05
    Enviado por: anderson

    ola,sofri um acidente,gastei com seçoes de fisioterapia,aproximadamente 400 reais,e depois dei a entrada para receber o seguro.Dentro de 30 dias me mandaram uma carta informando que minha documentação estava correta porem não poderiam me resarcir,pois para o processo citado abaixo não justifica a cobertura pleiteada,face ser a vitima o proprietario o veiculo e ter pago o premio do seguro do exercicio no qual se deu o acidente,apos o vencimento e ocorrencia do sinistro.Bom oque eu quero saber é se eles realmente podem fazer isso,pois sofri um acidente e gastei do meu bolso,e paguei sim o seguro junto com o vencimento do documento do veiculo,apos o acidente,aguardo sua resposta,obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/11/2010 - 18:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se a coisa ocorreu da forma como foi-lhe relatado, então podem fazer isso sim. Por via das dúvidas, procure um advogado especializado na questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/11/2010 - 02:08
    Enviado por: anderson

    Bom ola novamente,e complementando oque eu escrevi em cima,pergunto oque devo fazer e se preciso neste caso de um advogado,ou somente ligar e reclamar,obrigado novamente e aguardo noticias.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2010 - 19:57
    Enviado por: Antonio Carlos

    Boa noite sofri um acidente de carro e por causa dele vou ter que colocar quatro pinos na minha coluna gostaria de saber se tenho direito a indenização do dpvat por invalidez parcial e mais ou menos gostaria de saber quanto receberia? Boa noite aguardo a resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2010 - 22:47
    Enviado por: anderson

    olá,aqui é o anderson novamente,tenho outra duvida,o seguro se paga no começo do ano,eu paguei junto com o documento da moto no meio do ano,uns 2 meses apos o acidente,ai esta minha duvida,mesmo assim tenho o direito de receber as seçoes de fisioterpia?e tenho chances de receber?lhe agradeço desde já,pois preciso do reembolso,muito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2010 - 23:02
    Enviado por: anderson

    OLÁ AQUI É O ANDERSON,BOM ENTENDI QUE ELES PODEM SE RECUSAR A ME PAGAR O SEGURO PORQUE SOMENTE FOI PAGO NO MEIO DO ANO,MAIS PRA MIM RECEBER A INDENIZAÇÃO ISSO TAMBEM CONTA,OU TENHO DIREITO DE RECEBE-LA,OBRIGADO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2010 - 15:27
    Enviado por: Andressa

    Olá, sofri um CAT (acidente de trabalho)em 2006. Estava me dirigindo ao trabalho quando um motoqueiro que estava fazendo uma manobra arriscada me atropelou. Fui para um hospital público, lá lembro que eles preencheram algo referente ao seguro DPVAT, e do CAT mas não lembro de ter feito BO. Entretanto não tive custo algum, apesar do transtorno. Esses dias me falaram que eu tenho direito à indenização. Gostaria de saber se tenho mesmo direito, mesmo não tendo custo algum, e esmo isso tendo acontecido há 4 anos atrás, pois como não me informaram isso antes não fui atrás pra saber. obrigada desde já!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/11/2010 - 22:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure o Detran ou um advogado especializado para obter essas informações. O que você nos contou é insuficiente para respondermos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/11/2010 - 11:32
    Enviado por: mariana ferraz

    io me chamo mariana ferraz, no dia 6 de abril de 2010 fui atropelada na saida do meu trabalho , eu estava na faixa de pedestre, e quando estava chegando na calçada e sinal abril, opotundade essa em fui atropela , a condutora do veiculo fugil do local, mais minhas colegas de trabalho pegaram a placa , eu sei q é a pessoa e essa mesma ta querendo fazer um acordo , so q ele alega q a culpa fui minha , q eu corri na frente do carro e q eu num tive nenhuma dispesa medica , pois eu estou em tratamento pelo sus, eu perdi o ultimo ano letivo , estava em experiencia no meu primeiro emprego, ela fla q como estudo em uma escola publica , ela diz q eu gastos com escola nao tive , mais e ano q perdi da minha vida e no meu emprego estou encostada e estou recebendo meu salario, e nao q tive prejuizos no meu emprego mais eu tenho certeza q quando retornar eles vao me mandar embora sendo que eu quebrei o joelho e agora vou ter q operar, devo tentar um acordo e o que devo pedir para ela ou devo entrar com uma ação de indenizaçao ?? me ajudem estou totalmente perdida

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/11/2010 - 17:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Mensagem muito confusa. Seja como for, se existe a possibilidade de um acordo, procure um advogado e veja qual é a proposta da atropeladora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/11/2010 - 16:03
    Enviado por: deuzeli victoria

    fui vitima de atropelamento no final de 2005, o advogado do meu pai demorou quase tres anos para que eu recebesse esse seguro e ainda em 08/10/2005 veio com uma tal de negociaçao feita pela pellon associados com um valor bem mais baixo do que eu previa dizendo que eu so tinha aquele valor a receber que era melhor eu assinar para nao perder.Mais agora estou em duvidas se é so este valor mesmo ou se eu teria que receber algo a mais pois ate hoje estou em tratamento e todas as despesas foi por custa da minha familia.Peço que me ajude a esclarecer minhas duvidas e desde ja obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2010 - 16:37
    Enviado por: deuzeli victoria

    CORREÇAO DO QUE ESCREVI ACIMA…
    fui vitima de atropelamento no final de 2005, o advogado do meu pai demorou quase tres anos para que eu recebesse esse seguro e ainda em 08/10/2008 veio com uma tal de negociaçao feita pela pellon associados(valor inicial)com um valor bem mais baixo do que eu previa dizendo que eu so tinha aquele valor a receber que era melhor eu assinar para nao perder.Mais agora estou em duvidas se é so este valor mesmo ou se eu teria que receber algo a mais pois ate hoje estou em tratamento e todas as despesas foi por custa da minha familia e por ser valor inicial no dizer deles eu pensei que ia receber mais alguma coisa.Peço que me ajude a esclarecer minhas duvidas e desde ja obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2010 - 17:00
    Enviado por: Ecilda

    Meu irmão veio a falecer por acidente de moto.Então o seguro dpvat foi destinado da seguinte forma: metade para minha mãe, metade para meu pai. Saiu primeiro a parte da minha mãe, antes de meu pai receber a sua parte veio a falecer e a partir daí iniciou-se enorme dificuldade para minha família receber essa parte que caberia ao meu pai.Enviamos todos os documentos solicitados mas por último a advogada disse que o juiz pediu um inventário o que tem valor de custo muito alto em relação ao que temos que receber.Isso vem se arrastando a anos a até agora nada.Por favor se puder me responda.O QUE FAZER NESSE CASO?.Somos de família pobre e esse dinheiro já nos ajudaria um pouco.ESPERO CONTAR COM UMA RESPOSTA SEGURA DE UM PROFISSIONAL ESPECIALISTA NO ASSUNTO.OBRIGADA!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/12/2010 - 17:21
    Enviado por: pedro henrique

    Oi, sofri um acidente no final de 2009, teve vitimas com danos leves.Não tenho mais nada de nota de despesa medica. o que tenho apenas é o boletim de ocorrencia. e sim as notas de pespesas do conserto do carro. uma outra questão é que no boletim de ocorrencia cita que teve vitima.é possivel receber o seguro ?

    Att.,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2010 - 21:35
    Enviado por: everton

    ola? sofri um acidente de moto em 2008 .
    dei entrada no hospital pelo sus tbm fiz cirurgia pelo sus dae eles ( hospital )diz que o seguro dpvt foi para cobrir as despesasisto esta certo?
    atenciosamente everton.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2010 - 17:14
    Enviado por: Erick

    Fui atropelado por um carro mas eu estava em uma bicicleta tenho direito a receber o seguro dpvap

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2010 - 17:15
    Enviado por: Erick

    No acidente perdi o baço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2010 - 21:21
    Enviado por: everton

    ola? meu nome e Everton . Sofri um acidente de moto em 2008,um carro me fechou e batemos ,dae foi chamado os bombeiros que me levaram para o hospital,no atendimento dei entrada no hospital pelo SUS . La fiz cirurgia no joelho direito” que ñ dobro” ate hj …la permaneci 7 dias .
    Ao sair do hospital fui imformado que as despesas foram cobertas pelo DPVT .Essa e minha duvida c fique no hospital pelo SUS teria que ser tudo de graça ñ é?
    Então ficaria muito grato c me ajudasse vc pode me informar c tenho direito ao seguro ? onde devo procurar?
    Atenciosamente Everton.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2010 - 21:46
    Enviado por: everton

    ola? meu nome e Everton . Sofri um acidente de moto em 2008,um carro me fechou e batemos ,dae foi chamado os bombeiros que me levaram para o hospital,no atendimento dei entrada no hospital pelo SUS . La fiz cirurgia no joelho direito” que ñ dobro” ate hj …la permaneci 7 dias .
    Ao sair do hospital fui imformado que as despesas foram cobertas pelo DPVT .Essa e minha duvida c fique no hospital pelo SUS teria que ser tudo de graça ñ é?
    Então ficaria muito grato c me ajudasse vc pode me informar c tenho direito ao seguro ? onde devo procurar?
    Atenciosamente Everton.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/12/2010 - 22:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você deve procurar o Detran e verificar os documentos necessários para iniciar o processo. Leia com atenção o texto onde você colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/12/2010 - 14:09
    Enviado por: Robson

    Olá, tenho uma duvida, alguem saberia me dizer se quando uma pessoa vem a falecer em decorrencia de um acidente se a família recebe indenização do DPVAT de ambas as partes, exp: uma motocilceta se envolveu em um acidente de transito, o motoqueiro falaceu, a família recebe o DPVAT só da motocicleta ou do onibus tambem?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2010 - 18:28
    Enviado por: Luciana

    Sofri um acidente de automovel, mas não sou a proprietária do veículo, eu estava conduzindo o mesmo, tenho direito ao DPVAT? Outro detalhe o proprietário estava com o seguro obrigatório em atraso, depois do acidente ele pagou.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2010 - 12:19
    Enviado por: Joao Victor

    A pericia foi realizada, mas não foi entregue nenhum documento a respeito o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2010 - 16:37
    Enviado por: carla fernandes

    olha meu irmao sofreu um acidente de moto em janeiro de 2010 quero ajudar minha mae a reçeber o seguro dpvat ele deu traumatismo craniano e ficou com sequela mas como ele sofreu acidente em janeiro o seguro 2010ainda n tinha sido pago queria saber se ele tem direito de reçeber assim mesmo. mas o de 2009 foi pago

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/12/2010 - 16:42
    Enviado por: Aliny Fernandes

    Boa tarde!!meu marido faleceu em novembro deste ano,porem não somos casados civilmente, e estou gravida de seis meses..fua dar entrada no seguro e me pediram um alvará judicial comprovando nossa união..não entendi bem…pois no atestado de obito consta que ele vivia comigo e estava grávida..e até hoje o processo nao andou..contratei um advogado mas ate agora nada..o que devo fazer nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/12/2010 - 21:30
    Enviado por: Carla

    Meu marido faleceu, e não deixou filhos, somos casados no papel, sou única beneficiária? Ou alguém da família tb tem direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/12/2010 - 14:06
    Enviado por: Alexander

    Vou tentar ser direto,já li bastente sobre o mesmo, mas ainda tenho uma dúvida direta.

    Sofri um grave acidente de moto semana passada por um milagre estou vivo, passei por uma cirurgia e vou ficar com a cicatriz ( 30 pontos ) no pescoço, isso já um fato concreto p/ receber a indenização ????
    Grato

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/12/2010 - 16:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não, você precisa de documentos que comprovem a necessidade de cirurgia e que comprovem que p DPVAT está pago. Leia a reportagem com atenção.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/12/2010 - 20:16
    Enviado por: Alexander

    Obrigado Marcelo
    Sim tenho DPVAT em dia , e também protocolo de atendimento do hospital relatando o fato .

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/12/2010 - 20:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Então é possível requerer o benefício. Muita gente pede a ajuda de um despachante para agilizar a liberação. Faça uma consulta e veja se é viável recorrer a esse profissional para entrar com o pedido no Detran.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/12/2010 - 22:50
    Enviado por: Milton

    Um amigo sofreu um acidente em 2000 e foi aposentado por invalidez em 2005 devido as complicações do acidente. Ele consegue receber DPVAT? E contra a empresa que ele trabalhava, que descontava seguro em folha, mas não acionou o seguro para indenizá-lo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2010 - 16:21
    Enviado por: Dara Regina

    olá! tenho um amigo que sfreu dois acidentes, um em 2007 e outro em 2009. No primeiro acidente não requereu o seguro, porém no segundo acidente requereu porque o mesmo ficou com sequelas. A seguradora indeferiu o pedido do seguro referente ao segundo acidente qual seja em 2009, alegando divergência de datas no prontuário médico, que coincidentemente foi atendido pela mesma médica e mesmo hospital os dois acidentes, neste caso o que deve fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/12/2010 - 14:13
    Enviado por: Elita

    BOA TARDE, UM FUNCIONÁRIO SOFREU UM ACIDENTE EM UMA MOTO DA EMPRESA.TEVE Q FAZER CIRURGIA, ELE TEM DIREITO A RECEBER SEGURO DPVAT?QUEM TEM A OBRIGAÇÃO DE DAR ENTRADA, EMPRESA OU O FUNCIONARIO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2011 - 21:36
    Enviado por: gilvania aparecida de lima silva

    BOA NOITE !EM 28/6/2010 MINHA FILHA DE 4 ANOS FOI ATROPLADA na rua em que moro por um motoqueiro em auta velocidade ela foi socorrida por meu marido que a levou ao nosso convenio la ela foi operada pois teve fratura nos 2 femes e no radio esquerdo teve que colocar 4 astes e 15 pinos ainda tera que fazer nova cirurgia e fisioterapia.Ela tem direito ao dpvat mesmo tendo sida atendida pelo convenio?OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2011 - 21:48
    Enviado por: marcelo claro de almeida

    minha esposa sofreu um acidente ( atropelamento ) no dia 14 de dezembro de 2010 e não fiz boletim de ocorrencia mas tenho a placa do veiculo ela tem o direito de indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2011 - 03:24
    Enviado por: Marcelo

    Sofri um acidente em agosto de 2010,em que tive fratura do femor e estou fazendo uso de platina.
    Também fraturei o tornozelo em que eu tinha hosteomelite antes do acidente pois por isso tive que fazer uma amputação abaixo do joelho.
    Minha duvida é na escolha da seguradora,se pode fazer diferença de uma para outra,tipo exigências de menos documentos,ou até mesmo na decisão do valor?
    E se eles podem vir a me pagar o valor menor que o teto alegando problema pré existente mesmo eu tendo dois tipos de lesões?
    Estou em Porto alegre se tiverem alguma dica de qual melhor seguradora.
    obrigado!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2011 - 13:04
    Enviado por: roseane

    meu marido sofreu um acidente em 2006 de caminhao um contanier caiu em cima dele na libra terminais eu queria saber se ele ainda tem direito de receber o dpvt pq formos em um advogado e ele falou que nao tinha direito mais so que o dono do caminhao ja recebeu e a gente nao e isso ja tem 4 anos e eu queria saber se ainda tem direito de receber

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2011 - 11:36
    Enviado por: Edmilson Marques

    eu gostaria de saber o que fazer para após obter toda a documentação de uma vítima de acidente de trãnsito, em que órgão eu procurarei para dar entrada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2011 - 11:56
    Enviado por: Sergio Gomes

    Dei entrada na solicitação de recebimento do DPVAt em 17 de novembro de 2010, a autorização para pagamento foi feita em 28 de dezembro de 2010 porem nao foi possivel creditar o $ em minha conta por erro de digitação. Dia 3 de janeiro anexei copia dos dados bancarios e até hoje, 10 de janeiro de 2011, fico sem saber quando vou receber o $. Segundo contato com a Caixa Seguradora solicitei a Delphos que enviassem por e-mail o documento em questão para agilizar o pagamento e eles simplesmente informaram que apos analise os documento sera enviado a Caixa, porem nao informaram quando vai ser feita a analise, quando vai ser feito o envio dos documentos, e se vai ser feito por e-mail conforme minha solicitação ou por correio. Lamentavel a logistica, fria e e impassivel …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2011 - 20:51
    Enviado por: Alexander

    Marcelo, sofri um aciente de moto com linha de pipa no pescoço, tive q fazer uma cirurgia e fiquei 2 internado, procurei um adv e mesmo disse que ñ tenho direito pq o fato ñ envolveu um segundo veículo, sabe me dizer algo sobre isso ? existe algum site c/ nº e endereços de seguradoras?? eu mesmo com bolotim de ocorrência em maos posso ir ao IML ?? grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/01/2011 - 18:50
    Enviado por: kleycy lisboa

    sofri um acidente a 14 anos só recebi trÊs mil quato centos e cincoenta reais aida tenho direito em alguma coisa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2011 - 10:08
    Enviado por: leticia

    Bom Dia !!!
    Eu paguei todos os debítos , pensando que foi do meu veículo e pague no renavam de outro carro gostaria de saber se tem como ser devouvido o Dpvat , pois fui na secretaria da fazendo e consegui que o IPVA fosse retituido como posso fazer com o Dpvat me ajuda por favor !!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2011 - 21:06
    Enviado por: William

    Bom dia
    Sofri um acidente de moto em 2005 e perdi 2 dedos da mão esquerda. Por falta de informação e trauma do acidente deixei de ir atrás dos meus direitos. Tenho toda documentação em mãos (boletim de ocorrência, laudo conclusivo com carimbo de retirada em 14.11.2011) Gostaria de saber se ainda posso dar entrada no seguro dpvat? Agradeço desde já …

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/01/2011 - 23:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não, o prazo para recorer é de três anos após o acidente, embora existam advogados que garantam que ainda assim é possível obter o benefício. Nós achamos que não é mais possível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/01/2011 - 02:06
    Enviado por: elizangela barros

    sofri um acidente de moto,fraturei o femur isso foi em setembro de 2007 ate hoje estou em tratamento,perdi 3cm da perna e os movimentos do joelho ainda tenho direito ao dpvat

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2011 - 12:49
    Enviado por: Marcelo

    Uma pessoa passou mal (suspeita de avc) enquanto dirigia um automóvel e sofreu um acidente não tão grave.
    A pessoa foi internada e acabou falecendo em virtude da suspeita do AVC. Esta pessoa tem direito ao recebimneto do DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2011 - 16:42
    Enviado por: Quezia

    Bom é o seguinte. Sofri um acidente entre motos em 10/2010 e todo meu atendimento medico e medicamentoso foi feito em um hospital pubico, nao precisei ficar internada, porem tive que ficar em casa de atestado por 3 dias e tomando medicamentos e sem contar os danos materiais com a moto. Neste caso posso entrar com o requerimento de indenizaçao?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2011 - 00:59
    Enviado por: eli

    quero saber como eu devo me proceder para receber o dpvat; tive um assidente de moto e nao fiz ocorrencia, e o individuo passou no convenio dele em hospital particular. Oque eu depo fazer? Sera que consigo receber mesmo assim?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2011 - 13:59
    Enviado por: lidiane teles

    E verdade que uma pessoa que faleceu por morte em acidente de carro depois de um certo tempo tem direito a receber novamente outro seguro depvat pela segunda vez?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2011 - 15:02
    Enviado por: Breba

    Ola, um falecimento ocorrido em fevereiro de 1991 (prazo 20 anos para prescrever – ainda está em tempo de solicitar a indenização!), a família tentou de todos os meios possíveis receber, contudo não obtiveram êxito. Qual valor deverá ser utilizado na cobrança do DPVAT – o valor vigente à época do acidente que era em cruzeiro, devidamente atualizado e acrescido de juros(fev/1991 a jan/2011), ou o valor de R$ 15.000,00 que a Lei diz que é o valor a ser paga no caso de morte? Eu tenho que ajuizar a ação contra a empresa da época que eu dei entrada nos pedidos, ou na empresa que está atuando atualmente? E quanto ao que dizem que na verdade o valor devido é 40 salários mínimos vigentes??? Agradeço a atenção e aguardo retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/01/2011 - 17:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      São questões muito específicas que devem ser obtidas por um advogado especializado ou um despachante com bom trânsito no Detran. Entendemos que, se o pedido não é feito dentro de três anos após o acidente, perde-se o direito ao seguro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/01/2011 - 00:34
    Enviado por: fabiano

    ola dia 21/01/2011, sofri um acidente de moto , atropelei um cachorro acidentalmente, sofri escoriçoes e uma forte pancada na perna , mas nao quebrei nada. fui atendido em um ospital publico, mas vou ter q ficar afastado do emprego por 14 dias , pelas feridas abrasivas. Porem , no meu trabalho recebo por quantidade de entregas + fixo , e so o fixo nao e la grandes coisas . posso pedir o seguro assim mesmo? ps ainda tenho q arrumar varias coisas na moto. se puder pedir , pode me orientar como ? estou em cabo frio. a moto esta toda em dia e eu tenho cnh. fiz bo e tenho atestado medico.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2011 - 13:15
    Enviado por: Alexandre

    Ola por favor, sofri um acidente em novembro de 2000, tive sequelas como consequencia do acidente uma lesão medular, recorri ao DPVAT em 2003 salvo algum engano, recebi pouco mais de 3 mil reais, mas como apoós ler tudo isto, se minha aposentadoria é por invalidez e minha invalidez é permanente porque recebi o valor abaixo do teto estipulado? posso recorrer deste valor pago? para receber o valor de acordo com a minha sequela? aguardo respostas obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/01/2011 - 23:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você j´pa recebeu o valor do seguro-DPVAT. Questionar o valor da indenização dez anos após o acidente não é mais possível. Se a questão é sobre aposentadoria, então não podemos responder. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/01/2011 - 22:14
    Enviado por: José Eduardo

    Prezado advogado
    Qual é o prazo de prescrição da indenização após ao acidente para indenização da viúva pós morte do motorista seu esposo?
    grato JEZ

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2011 - 20:24
    Enviado por: lucia dos reis da silva

    meu filho sofreu um acidente de transito fez ficou na uti por 4 dias fez uma cirurgia na mandibula, e deu trauma quero saber se tenho direito no depvat???? foi feito boletim de ocorrencia e tenho todas as dispezas do hospital.. pago convenio..e foi tudo pago pelo hospital mas devido pagar o convenio que é da empresa quero saber se tenho direito….obgdo…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2011 - 13:54
    Enviado por: andre reis

    Gostaria de saber como recebo o DPVAT,
    Sofri acidente de moto em 2009 tive de fazer uma cirurgia,mas não sabia que tinha direito!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2011 - 17:33
    Enviado por: Renato

    por favor , gostaria que vocês me ajuda cem.
    pois estou com problema , dei entrada no seguro dpvt ,com a documentação tudo ok ! eles mandarão um oficial que estava com a documentação que mandei , conversamos ele disse que estava tudo bem e que eu receberia pois a documentação estava ok!.
    só que depois de 2 semana chegou uma carta dizendo que eu não poderia receber o seguro pois o direito de receber era de meu pai ,mais tem um problema quem cuido de mim foi minha vô e vó e não o meu pai,mais os meus avós morreram. ,e eles querem que eu leve todos os documento de novo , inclusive o do meu pai ,como certidão de casamento mais não a nem um pois meu pai não viveu com a minha mãe, e não a nem um comprovante que ele viveu com a minha mãe o que faço agora ? obs eu tinha 3 anos quando minha mãe morreu hoje tenho 23 anos por favor me ajudem não é justo o que eles estão fazendo . agradeço deis de já obrigado! .

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/02/2011 - 23:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos ajudar. Não há irregularidade nas exigências. Se quiser insistir, procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/02/2011 - 23:54
    Enviado por: Luciano Toledo

    O sinistro do DPVAT pode ser recebido diretamente pelo beneficiario. Caso o mesmo opte em contratar um procurador, especificamente um advogado, o sinistro é pago através de depósito de sua titularidade (benefíciario) como garantir seguramente o pagamento dos honorários?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/02/2011 - 13:53
    Enviado por: rita de cassia rorigues araujo

    sofri um acidente de moto a menos de um mes,dei entrada em um hospital publico com tce….nao sei ainda das lesoes pois ainda sinto tonturas e dor de cabeça forte…bom quero dar entrada no seguro,mas nao foi encontrado nenhum registro policial,neste caso o que de vo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2011 - 21:50
    Enviado por: CESAR

    SÃO PAULO,06/FEV/2011

    BOA NOITE,

    TENHO UMA DÚVIDA:

    - PAGO PELO SEGURO DE UM CARRO QUE NÃO ESTÁ NO MEU NOME…

    - TENHO DIREITO A USAR O PLANO DE SAÚDE ?

    ATENCIOSAMENTE.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2011 - 13:32
    Enviado por: Lígia Navarro

    Boa tarde,

    sofri um acidente junto com meu namorado no dia 10/12/2010, uma colisão entre um carro e uma moto que seria a nossa.
    Machuquei meu joelho com um corte muito profundo.
    Foi feito o registro B.O.
    Fizemos depois de um mês a perícia, mas ainda não conseguimos dar a entrada nesse seguro para o recebimento do valor a ser agreagado. Fomos a delegácia onde registramos o B.o mas lá não foi informado nada de onde deveriamos ir para dar andamento nos papéis.
    O que devemos fazer?

    Agradeço a colaboaração.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2011 - 17:11
    Enviado por: CÁTIA RANGEL

    SEI QUE QUANDO FICAMOS COM LESÃO PERMANENTE TEMOS DIREITO A INDENIZAÇAO DO DPAVAT, NAO CONSEGUINDO RECEBER O SEGURO, O ADVOGADO ENTROU NA JUSTIÇA, GANHEI EM PRIMEIRA INSTÂNCIA E PERDI EM SEGUNDA, AI SEGUNDO OUTRO ADVOGADO O MEU TERIA QUE TER RECORRIDO MAS PERDEU O PRAZO. NESTE CASO EU FICO NO PREJUIZO MESMO NÉ? ATÉ O PERITO DA DELEGACIA COMPROVOU A INVALIDEZ PERMANENTE DEVIDO AO ACIDENTE DE MOTO QUE SOFRI.PAGAMOS UM ABSURDO DE DPVAT E NA HORA QUE PRECISAMOS NAO CONSEGUIMOS RECEBER. NESTE CASO SE FOI O ADVOGADO QUE PERDEU O PRAZO PRA RECORRERMOS O PREJUIZO FICA NA MESMA SENDO MEU?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/02/2011 - 19:43
    Enviado por: marcio

    boa noite , sofri um acidente em 2003 e agora em 2011 eu fui saber que eu tinha direito de resgata o dpvat, é verdade, e aonde eu procuro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/02/2011 - 20:26
    Enviado por: Drusila Carvalho

    meuirmao faleceu no fim desse ano em uma acidente de carro na rodovia, ele era solteiro sem filhos estava morando com uma mulher apenas um ano, ela entrou com pedido do dpvat e vez um papel em cartorio dizendo que ja estava com ele a 2anos e 8 meses. Nesse caso quem tem direitoos pais ou ela? meus pais ja entrarao com pedido tambem judicialmente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2011 - 17:15
    Enviado por: vanessa arcanjo

    boa tarde

    meu irmão foi atropelado no dia 23/10/2010,e devido ao ocorrido ele vei a faleser e o corpo foi encaminhado
    oa iml porem ele deu entrada no hospital como desconhesido
    e isso ja tem exatamente 4 meses ,e ate hoje nos não tivemos nem uma resposta,e quando ligo para la eles simplismente diz que o laudo não esta pronto,ai eu gostaria de saber se esse resultado realmente pode demorar isso tudo e quai medidas devemos tomar
    e dez de ja te agradeso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2011 - 00:06
    Enviado por: nicolau

    minha ex mulher faleceu e deixou dois filho um é filho meu, que ñ está no momento comigo, estou lutando pela guarda dele na justiça, no momento está com a vó materna, que ainda ñ tem a guarda provisoria dele, gostaria de saber se a avó materna tem direito de receber o seguro dpvat mesmo sem ter a guarda provisoria do meu filho, por que sei que na ausencia de conjuje os filhos é quem tem direito, mas se são de menor, tem que ter um papel comprovando que a vó é responsavel ou pelo menor? ou uma guarda provisoria? por favor tire minhas duvida por que axo que ela a vo só quer ficar com o meu filho por causa do dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/03/2011 - 18:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos responder, essa não é uma questão de defesa do consumidor. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/02/2011 - 12:59
    Enviado por: sebastiao

    eu sofri um acidente em 89 no dedo indicador,cortei parte do dedo da junta para cima na empresa e tenho todos os registros na carteira, e recebi 3 messes inps,queria saber se tenho algum direito dobre isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2011 - 13:45
    Enviado por: Denis Eduardo

    tivi um acidente de moto fraturei o braço direito.por eu estar pilotando, e ser menor de idade. mesmo asim consigo o seguro dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2011 - 16:48
    Enviado por: Ka

    Ola, Ola bom dia!!!

    Preciso se possivel que V. Ex. tire uma duvida, Pergunta: em 2007 sofri um acidente pois entao juntamente com um advogado fomos a procura da indenizaçao. pois em Janeiro de 2011 foi realizado uma conciliaçao a qual o meu caso ficou positivo tudo acerto, e segundo o advogado prazo de 30 dias eu receberia a indenizaçao e ja esta completando 35 dias e nem noticias, é normal esse atrasso das seguradoras ao repassar a indenizaçao, quantos tempo V. Ex acha que demora, sendo que o combinado era com 30 dias? ainda recebo a indenizaçao?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2011 - 19:46
    Enviado por: Flancilene Maria Ribeiro

    Boa noite,

    meu tio foi atropelado com seu netinho na bicicleta por um carro.O netinho passa bem,e meu tio sofreu traumatismo e já recebeu alta,mas não está andando nem falando e nem escutando direito.Foi registrado o B.O,queria saber como dá entrada no seguro e se precisa esperar o laudo definitivo do médico,embora ele tem uma revisão daqui a vinte dias.
    Agradeço atenciosamente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2011 - 21:47
    Enviado por: leandro

    eu gostaria de saber, eu quebrei o dedo em acidente de moto teve que fazer cirurgia colocar pinos, mas foi em hospital publico eu tenho direito a receber o dpvat? grato!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2011 - 23:44
    Enviado por: Andre Luiz

    Boa Noirte, meu irmao bateu de frente em um poste o carro de pt, ele sofre 3 cirurgias na perna, com cobertura de convenio médico, tenho direito a receber o dpvat ? O Acidente foi no dia 13/03, tenho quanto tempo para dar entrada ?
    Atencisamente
    André Luiz
    Obrigado !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2011 - 11:49
    Enviado por: jalisson

    Olá , sofrir um acidente de moto e tive farias escuriações ,fui fazer o B O na delegacia e so poderia ser feito esse B O se estive com a documentação do hospital que fui atentido , porém o hospital só iria mim entregar esses documetos com 30 dias , entretanto gostaria de saber se há algum tempo estipulado para fazer esse B O .
    AGUARDO RETORNO … jalissonsilva@hotmail.com

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2011 - 23:57
    Enviado por: Tauana

    Me envolvi em acidente de transito eu de carro e uma moça de moto.
    Meu DPVAT ainda nao foi pago. Para que a moça seja ressarcida será usado o DPVAT dela ou o do meu carro.?????
    E caso use o meu… caso eu pague no dia posterior ao acidente o seguro obrigatorio cobrem essa dispesas????
    Estou muito aflita. Por favor aguardo resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2011 - 19:59
    Enviado por: DIEGO CARDOSO

    OLA, MINHA MOTO FOI ROUBADA, QUERIA SABER COMO POSSO
    RECEBER O DPVAT…..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/03/2011 - 21:01
    Enviado por: valrisnete nascimento porto

    oi, meu marido sofreu uma acidente,o depvat compre 2.700, mas sua despesas medicas ficarm em 900 reais, para quem vai o resto do dinheiro, ele tem direito em receber o restante do dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 11:09
    Enviado por: jeferson

    Olá…
    Sofri um acidente em meu carro há alguns dias, foi levado ao hospital público, mas fiz uma cirugia pelo plano de saúde da empresa em que trabalho, do qual pago 40 % do valor das despesas médicas. A cirurgia custou em torno de R$ 4.500, mais os gastos com as medicações. Gostaria de saber se tenho o direito de reber a indenização por DAMS do DPVAT? Verifiquei junto ao telefone 0800… do DPVAT,e nada foi esclarecido. Desde já, agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2011 - 16:10
    Enviado por: Tânia Santos

    Se der 20 anos e a pessoa não sabia do seguro DPVAT…..ela tem alguma chance de receber?
    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2011 - 00:34
    Enviado por: josias

    HÁ 14 ANOS MEU AVÔ FALECEU E HÁ 3 ANOS EU USUFRUO DE SEU AUTOMOVEL FUSCA 72, (SEM TER PASSADO PARA O MEU NOME).PAGO O DPVAT POIS ME É COBRAD; SOFRI UM ACIDENTE RECENTEMENTE E QUERO SABER COMO PROCEDER PARA RECEBER O SEGURO POR INDENIZAÇÃO PERMANENTE

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2011 - 00:46
    Enviado por: josias

    NÃO ENTENDI A RESPOSTA POR FAVOR ME ESCLAREÇA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2011 - 17:23
    Enviado por: jose barbosa

    eu sofri um ascidente de moto em 2004 dei entrada 3 anos depois e não tenho resposta até hoje o que fazer

    josé barboza dos santos mãe Otacília barbosa dosa santos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2011 - 17:26
    Enviado por: jose barbosa

    oi fui vitima de tentativa de roubo da minha moto em 2004 dei entrada no dpvat e ate hoje não tenho resposta alguma gostaria de saber como posso receber esse seguro ja tem muito tempo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/03/2011 - 18:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Neste caso só o Detran pode informar como está o processo, embora processos por roubos não sejam cobertos pelo seguro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/03/2011 - 18:54
    Enviado por: adriano

    Olá recentemente aconteceu um acidente de moto com a minha pessoa onde quebrei a minha cravicula o veiculo esta em dia mas não esta em meu nome .Bom eu e a pessoa que se envolveu no acidente comigo conversamos entramos em um acordo para nao haver caçacão de cnh multas etc…vieram os “bombeiros pm “pegaram as placas dos veiculos enfim posso considerar que os bombeiros tenham o certificado de ocorrencia nesse caso?Eu tenho direito do seguro ?quanto tempo eu tenho para encaminhar o dpvat?Obg.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2011 - 09:56
    Enviado por: Ana Claudia

    Bom dia!

    meu namorado sofreu um acidente de transito e teve que fazer um cirurgia e colocar platina, ele está a dois meses com essa platina e ontem ao ir no médico descobriu que vai ter que passar por outra cirurgia por conta da última não conseguir estabilizar a caso. Foi um acidente de moto o irmão dele estava pilotando e o mesmo entrou na contra mão e assim a moto colidiu com o carro, por fim ele acabou sobrendo o acindete. Nessa caso ele consegue receber essa idenização e onde ligar para começar a verificar o processo.

    Aguardo e agradeço :) !!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/04/2011 - 17:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado especializado para dar entrada no processo, já que o condutor do veículo, a moto, estava errado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/04/2011 - 17:08
    Enviado por: Rafael Pedro de Faria

    Tive um acidente de moto quebrei o braço esquerdo tendo que fazer uma cirurgia com placa e parafusos, porem fui atendido pelo SUS. Tenhu algum direito de recebver alguma indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2011 - 17:27
    Enviado por: Rafael Pedro de Faria

    Bom tive um acidente de moto onde estava trafegando em uma rua, em que um individuo abriu a porta do carro me acertando, e com isso me colidi com o chão quebrando o braço esquerdo. Porem passei por uma cirurgia pelo SUS, colocando placa e parafusos. fiquei 2 meses sem trabalhar. Queria saber se consigo receber alguma indenização, mesmo o tratamento sendo feito pelo SUS?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2011 - 20:51
    Enviado por: rosa mm souza

    meu pai capotou o carro em 2000 e depoi de 7 anos deu entrata no pedido do dpvt so q ate agora naõ teve nada ele passou pela periçia e disseraõ q estava tudo certo mais eté agora nada uma adivogada disse foi arquivado sera q devemos recorrer ja q meu pai esta encapacitado desde o açidente obrigado…….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2011 - 11:27
    Enviado por: tiago pires

    olá boa tarde.. bati meu carro em uma moto, eu estava errado.. arquei com a despesas da moto e remedio da vitima só que ela nao tem só que a vitima NAO TEM DPVAT pago, e ela quer que eu paguei a dispesas de hospital e tratamento… por favor me diga tenho que pagar o tratamento dela se ela nao pagou o DPVAT??

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/04/2011 - 17:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Uma coisa nada tem a ver com a outra. O DPVAT a vítima vai resolver com o Detran se vai receber ou não. Se você você terá ou não de pagar o tratamento é a Justiça quem decidirá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/04/2011 - 20:06
    Enviado por: Elem

    Olá!gostaria de sua ajuda caso seja possível.Tenho plano de saude pago parcialmente pela empresa e me acidentei de moto,creio que foi considerado acidente de trabalho.fiz cirurgias e fiquei varios dias internada,,tenho direito a DPVAT?desde já obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2011 - 19:30
    Enviado por: Miriane

    olá, meu marido emprestou sua moto para um colega,os bandidos deram cinco tiros e ele acelerou a moto e caiu, só que o medico falou que ele faleceu por causa dos tiros que foi fatal nao por causa da queda, e ele nao tava tirando habilitaçao de moto, ele deixou um filho em seu primeiro casamento, e a esposa no segundo casamento, eles tem direito de receber o DPVAT.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2011 - 13:20
    Enviado por: Keli

    Ola ba tarde !!!
    Em 2000 minha irma sofreu um cidente de carro que era do meu cunhado ele nao tinha a documentacao pois havia comprado o carro nesses leiloes e nao havia regularizado ainda, porem minha irma teve varias faturas no rosto e braco direito passou por mais de tres cirurgias e ate hoje sofre com dores no braco devido as qatro platinas e cinco parafusos ela tambem teve um tipo de osteoporoso que deu nos ossos dos dentes dela chegando a cair um o dentista afirma que pode ter sido devido ao acidente gostaria de saber se ela tem algum tipo de indenizacao para receber e como devemos proceder caso ela tenha esse direito

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/04/2011 - 16:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se a documentação estava irregular não há direito sobre o seguro. Seja como for, o direito a pedir a indenização dura três anos após o acidente. Portanto, vocês perderam o prazo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/04/2011 - 12:05
    Enviado por: TATIANA COSTA

    Oi boa tarde,eu perdi meu pai num atropelamento de onibus pois o mesmo era da viação tânia isto ocorreu em 1989 a empresa não nos indenizou com nada meu pai deixou 5 filhos e minha mãe na época não trabalhava meu irmão mais velho tinha 12 anos e o caçula 1 ano gostaria de saber se a empresa deveria ter indinizado minha mãe pois passamos por muita dificudade na época me tire esta duvida pois hoje estou com 28 anos e penso sim em entrar com um processo contra a empresa uma boa tarde…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2011 - 12:50
    Enviado por: Mário

    Meu irmão faleceu por atropelamento, minha dúvida, é que o mesmo deixou um filho menor que não morava com ele, e ele morando com à mãe (do falecido), a mãe tem direito de receber o DPVAT no lugar do filho menor, assim a mesma repassando para o neto ????
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2011 - 17:33
    Enviado por: Richard

    OI eu gostaria de saber qual é a melhor forma de encaminhar o seguro dpvat sem depender de terceiros?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 04:20
    Enviado por: Wesiley

    Acidente de moto com animais na estrada gera o direito ao motorista lesionado a receber a indenização do Seguro DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2011 - 17:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende do caso. Consulte o Detran ou um despachante.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 19/07/2011 - 17:19
      Enviado por: wandenberg

      Duvidas relacionadas ao DPVA:

      A partir de 11.1.2003, data em que o Novo Código Civil entrou em vigor, o prazo para dar entrada no pedido de indenização do Seguro DPVAT passou a ser de 3 anos, a contar da data em que ocorreu o acidente.

      Há casos, porém, em que o prazo pode ser maior que 3 anos, o que dependerá do tempo decorrido entre a data do acidente e a data do Novo Código Civil.

      Para acidentes envolvendo invalidez, nos quais o acidentado esteve ou ainda está em tratamento, o prazo para prescrição levará em conta a data do laudo conclusivo do Instituto Médico Legal – IML.

      Dúvidas para recebimento Judicial ou Administrativo entre em contato pelo e-mail wandenberg@hotmail.com
      ou pelo one 66 92452151

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2011 - 13:39
    Enviado por: wallace

    minha mae morreu a mais ou menos 16 anos atrás e eu recebi naquela epoca somente R$2000 reais sera que tenho direito ao restante já que o valor atualmente e de R$13500 treze mil e quinhetos reais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2011 - 14:11
    Enviado por: marcia

    a minha indenizaçao vai demorar muito para sai,preciso viajar , por aalgum tempo.como faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2011 - 18:50
    Enviado por: renato Siqueira

    Sofri um acidente(atropelamento) no ano de 1990 mês de março.
    Onde eu perdi a PERNA ESQUERDA (joelho abaixo), por falta de informaçao eu ñ recebi a indenização (DPVAT). Sera que hoje 21 anos após eu consigo receber sem ter que entrar com uma ação judicial….Agradeço….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2011 - 20:25
    Enviado por: juliano

    olá boa noite. Recebi a indenização do dpvat mas acei muito pouco pelo que eu sofri, tive perda de 6 dentes e um pedaço do osso da mandibula,quebrei o carrino e meu rosto ficou um pouco torto e o dpvat me pagou 3,665,00 e eles ficaram com 1,095,00 e disseram que eu não tinha mais direito para receber mais nada.. é verdade ou posso ganhar mais? obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2011 - 21:21
    Enviado por: oton

    meu pai morreu a 17 anos de acidente de carro isso foi em 1994…mas a minha mãe diz que não recebeu nada e os meus avóes pais do meu pai dizem que talvez ja tenham recebido tenho cpf,obto,botim de ocorrencia dele como faço pra sabre?obrigado….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2011 - 23:48
    Enviado por: Alainy Correia da Silva

    Tenho 22 anos, Sofri um acidente de carro em 24 janeiro de 2010 era eu que estava dirigindo, o carro não era meu, e nem tenho carteira de motorista, quebrei o pé direito, e quebrei a coluna (T12) lesionei a coluna estou paraplegica e meu medico disse que não vou mais andar, estou arrumando os documentos para dar entrada no DPVAT(sem ajuda de terceiros), no meu caso é invalidez permanente ou parcial? E vc acha que vou conseguir receber os 13.500 ????
    att: Alainy Correia

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/04/2011 - 16:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não fazemos adivinhações, só entrando com o processo para saber. Se o carro estiver com a documentação em dia, ainda assim há problemas porque o carro não era seu e você nem carteira de motorista tem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/04/2011 - 10:53
    Enviado por: NIELSON SANTOS OLIVEIRA

    26 04 2011 EU SOR NAE DO MESMO JA FAS 2 ANOS QER COLOQEI SEGURO NA GS SEGURO ATE HOJE NOA SAIU NADA MIN AREPENDO DE TER COLOCADO NESA SEGURADORA DEMORA DE MAIS ELE JA FES OTRA CIRUGIA NOA PODE TRABALHA TEN 2 FILHO PARA SUSTENTA ESTA ESPERANO IR NADA DR,GHILHEME NOA DA NOTICIA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2011 - 19:42
    Enviado por: alex

    e no meu csa cai da moto na empresa sou vigilante condutor eu tenho direito a recebe isso também?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2011 - 21:08
    Enviado por: Martha Kubrusly

    Minha sogra foi vitima de atropelamento a 3 meses atras e acabou falecendo meu marido é filho unico eu gostaria de saber se os netos de menores tem direito ao seguro DPVAT

    Muito obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/04/2011 - 21:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese sim, mas depende da documentação a ser reunida e e hpa dados do veículo que atropelou. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/04/2011 - 08:45
    Enviado por: marcelo costa

    Oi bom dia meu pai recebeu o seguro dpvat, só que o valor não com diz com a situação que ele esta no laudo do IML, diz que ele ficou invalido permanente, e porque eles só pagarão o valor de R$ 2.500,00 e não o valor total? Se eu posso entra na justiça e se tem um advogado especializado em Teresina

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2011 - 09:42
    Enviado por: elias fernandes ribeiro

    bom dia gostaria de saber si tenho direito de reber o dpvt quebrei o tornozelo e estou com pinos neles fui atropelado por uma moto obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2011 - 21:36
    Enviado por: CICERO FERREIRA DO NASCIMENTO

    olá boa noite dr.,sofri um acidente de carro e quebrei as duas pernas sendo q fiquei com sequela sem articulação e o médico disse q ia ficar limitado para minhas atividades, sera q consigo receber o dpvt no valor total.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2011 - 10:48
    Enviado por: Marcely

    Bom Dia,gostaria muito de ajuda para esclarecer a minha situação, recebi o Dpvat, mais tenho duvidas do resultado(valor) final e gostaria do processo para levar ao advogado para um analise, isso é possivel?? e onde e quem eu procuro??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2011 - 17:17
    Enviado por: sandro

    o meu irmao foi vitima de atropelamento minha mae cuidava dele e ai apareceu filhos dele quem tem direito de receber o seguro os filhos nunca ligaram pro pai a minha mae que cuidva dele

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2011 - 16:24
    Enviado por: EDVANIZE

    ola meu marido faleceu em um acidente de carro e m bh no ano 2009 pelo desispero fui vitima d atravesadores e perdi numca recebi nada dessi dinheiro ,pois a pesso q me guiou ate o iml de belo horizonte era de uma funeraria ja tava me esperando no aereoporto .me levou para resolver tudo
    sou de cuiaba mt ..tenho chanse ainda d recorrer e ganhar essi dpvat …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2011 - 17:15
    Enviado por: Vanessa

    Meu filho em um acidente de moto quebrou a clavícula e o braço em cinco lugares. Já passou por duas cirurgias. Ele tem direito a indenização? Já sei que as hospitalares não serão reembolsadas, poi todo o tratamento foi feito pelo SUS. Conheço alguns casos que não foi gerado deficiencia permanente (só quebrou o braço, mas tem todos os movimentos e as vítimas receberam indenização.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2011 - 20:41
    Enviado por: paulo vinicius teixeira

    MEU PAI SOFREU UM ATROPELAMENTO AGORA ELE VAI FAZER UM CIRURGIA E AGORA COMO FAÇO PRA RECEBER ESSE SEGURO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2011 - 23:09
    Enviado por: rodrigo jose pereira

    boa noite.
    eu li alguns casos acima me per doe se o meu caso já esta explicado.

    sofri um acidente de moto em horario de serviço, acabei caindo sozinho com a moto e fraturei o ombro esquerdo 15 dias estou encostado pela empresa e 60 dias a principio, o problema é que não posso trabalhar, e pra ajudar o bombeiro que me socorreu pediu para um cidadão me levar ao hospital pq o mesmo era a duas quadras, pois eles tinham outra ocorrência , e logo eles retornariam com outra vitima para pegar meus dados. eu dei entrada no hospital pelo plando de saude que possuo pela empresa. e pra ajudar os bombeiros não voltaram e ninguem registrou um B.O de imediato.

    a questão aqui é a seguinte eu tenho direito a algo sendo que o B.O foi feito 4 hrs depois do acidente, eu dei entrada no hospital pelo plano de saude e não pelo dpvat, e a moto esta no nome de outra pessoa não é meu este veiculo..

    obrigado pela atenção e pelo espaço são pessoas como vcs que nos ajudam em momentos dificies

    abraço
    att: rodrigo jose pereira

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/05/2011 - 23:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se seu documento estiver em dia, assim como o de um eventual terceiro, então tem direito. Leia com atenção o texto e depois procure um despachante para verificar quais os documentos necessários para dar entrada no Detran com o pedido.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/05/2011 - 09:51
    Enviado por: Wilson Assis de Carvalho

    Bom dia, gostaria de ser informado sobre meu caso. Sofri um acidente em setembro de 2010 e dei entrada no seguro dpvat em uma seguradora indicada pelo site do dpvat em 05/04/2011 e até a data não tive nem o pagamento e nem um parecer por parte do dpvat nem pela seguradora que alega que o prazo de 30 dias pode se protelar e que um numero de cadastro do seguro deve chegar via correio. Minha duvida: Isto está correto? Oque devo fazer? Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2011 - 10:33
    Enviado por: drusila Carvalho

    bom dia! meu irmao sofreu um acidente no dia 31/12/2010 o qual veio a falecer. ele morava com uma mulher a +ou – um ano mas nao tem filhos! ela entrou com pedido do dpvat e de uma aposentadoria alegando estar com ele a mais de 2ano e 8 meses. por influencia de um advogado meus pais tbm entrarao com o pedido judicialmente.gostaria de saber si meus pais vao ter direito, ou si nesse caso é feito uma divisao.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2011 - 19:23
    Enviado por: SANDRA

    tem 16 anos que entrei para receber o dpvat fiquei com sequelas gostaria de saber se tenho direito ainda tenho tudo documentado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2011 - 19:37
    Enviado por: saint chaves

    tive um acidente de moto em serviço,no nao de 2009, nao acionei o dpvat, fiquei com sequelas,sera que ainda posso requerer o seguro? o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2011 - 08:59
    Enviado por: simony

    vou entrar com o seguro , mas preciso de um alvara judicial de uniao estavel para minha mae, , nao sei por onde comesar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2011 - 14:35
    Enviado por: fabiano

    boa trade meu pai faleceu decorrente acidente com caminhão dentro da empresa, nos recebemos o seguro dpvat na epoca ainda a uma diferença se a o que devo fazer. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2011 - 14:36
    Enviado por: fabiano

    data do acidente 1992

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/05/2011 - 11:30
    Enviado por: Marcos

    Eu sofri um desastre de moto em 1994,eu ainda tenho direito ao DPVAT ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/05/2011 - 08:58
    Enviado por: daniel brown

    Eu foi atropelado por um carro assim que cheguei ao Brasil, o dia 22 de Novembro do ano passado.
    Nao tive nada muito grave, mais fiquei com alguma pequena cicatriz, etc.
    Queria saber o limite de tempo para iniciar uma açao criminal na justiça -eu atravesaba por uma senda peatonal sem sinal -e o cara nao me acompanhou no hospital-. Tenho entendido que seriam 6 meses.

    No caso queria saber cual seria o ultimo dia em que eu poderia iniciar a açao. Esta 6 ta feira ou na 2 da?

    Tambem gostaria de saber cual seria o prazo para uma açao civel.

    Nos dois casos preciso saber cual seria a documentaçao MINIMA imprescindevel para iniciar a açao e como eu poderia o fazer. Preciso de um advogado?
    Teria que pagar algo ou ele cobraria depois se eu ganhar o juiço ? -tenho testemunhas de que eu atravesse na faixa-

    De momento eu to em Porto de Galinhas, mais o acidente foi em Sao Paulo. Posso iniciar o juiço no Recife o teria de ir a Sao Paulo?

    Ainda to fazendo o maximo para evitar a açao judicial e chegar a um acordo com o cara. Mais o tempo quase esgotou e nao foi acordado nada ainda. Por isso tenho q considerar esta outra opçao legal, muito menos paractica e sem otimismo. So seria uma satisfaçao moral caso o acordo seja imposivel

    Agradeço cualquer informaçao que possam me dar.
    MUITO OBRIGADO !

    PD: E muito urgente saber se a data final seria esta 6 ta feira ou na 2 da, e de cuanto tempo eu disponho para a açao civel. E tambem se posso iniciar a açao em Recife sem ter que ir a Sao Paulo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/05/2011 - 09:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você precisa de um advogado e tem de entrar com ação o mais rápido possível. Infelizmente terá de acionar a Justiça em São Paulo, que foi o local onde o acidente ocorreu.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/05/2011 - 12:01
      Enviado por: daniel brown

      Eu gostaria de ter uma resposta sobre os prazos maximos para acionar a justiça, criminal e civel.

      Tamben se um advogado poderia iniciar a açao no meu nome se eu assinar um documento para ele.

      Muito obrigado!!!!!!!!!!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/05/2011 - 18:54
    Enviado por: Fábio Araújo

    Boa Noite,gostaria de saber como devo fazer para entrar na Justiça,pra receber o restante do DPVAT,por que da Seguradora eu já recebi,e gostaria de saber qual a documentção pra eu preparar para dar inicio,e se precisa de Advogado ou se eu vou direto ao Forum dar entrada eu mesmo,aguardo respostas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/05/2011 - 11:34
    Enviado por: josineide guimarães

    Boa tarde, fui atropelada por um onibus, graças a DEUS o dano que tive foi a perda de 2 dentes da frente, em 24 de abril de 2004, tenho direito ao DPVAT? tendo, quais os documentos, qual o prazo? obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/05/2011 - 11:40
    Enviado por: ivone

    sofri um acidente de moto a 11 anos atrais quero saber se tenho direito do seguro dpvat minha mãe ficou envalida e ela estav comigo no acidente sera q temos direito foi acidente de moto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/05/2011 - 11:42
    Enviado por: josineide guimarães

    ah esquecir de informar que assinar o termo de responsabilidade no BO da empresa HALLEY, por falta de testemunha, pois o motorista só me levaria se algum passageiro fosse testemunha.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2011 - 10:33
    Enviado por: Thais

    Oi,
    Fui atropelada por uma moto e fui para o hospital de resgate. Fraturei a bacia, mas td foi coberto pelo convênio médico.
    Tenho direio ao dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2011 - 20:32
    Enviado por: Thais

    Por favor,me expliquem se é necessário o comprovante do pagamento do DPVAT e documento da moto que ocorreu o acidente (não sou o proprietário)porém estava pilotando e a vitima só foi eu,estou com a madibula quebrada e tenho o atestado do IML: invalidez permanente.Tenho o boletim de ocorrencia,e laudo médico e todos os documentos do hospital,a documentação da moto está em dia e a minha abilitação também.O proprietário da moto não quer fornecer a documentação. Data do acidente: 08/04/2011

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2011 - 12:29
    Enviado por: Daniele

    olá, eu sofri um acidente de carroa a 1 anos atrás, mas desmaiei na hora e nunca me deram um boletim de ocorrencia, como faço? não sei a delegacia? e fiquei com sequelas. será que você pode me ajudar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2011 - 16:09
    Enviado por: Beatriz

    Minha filha foi atropelada, mas não sofreu graves lesões e não tivemos custos médicos. Ela tem direito ao DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2011 - 14:02
    Enviado por: VILMA

    bom dia eu recebi a indenização no valor de 13,500 reais pois meu marido morreu em acidente
    segundo informações de seguradora eu teria que solicitar a diferença totalizadno valor de 18,500 que seria no valor de 5,00 atraves de um ação cmo devo proceder ?
    att
    vilma

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/05/2011 - 14:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Desconhecemos qualquer informação de supostas “diferenças” após o pagamento. DE qualquer forma, procure um advogado especializado para verificar se isso existe mesmo e acionar a JUstiça para buscar essa diferença.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/05/2011 - 11:42
    Enviado por: suelen cristina

    bom dia, o pai da minha filha faleceu em setembro de 2010, dei entrada no seguro dpvat, mais ainda ela não recebeu,gostaria de saber se ela recebera esse seguro, ou so qundo ela for de maior?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 23:57
    Enviado por: sergio gomes da rocha

    sofri um acidente,,de moto,com meu irmão,e meu irmão faleceu…na data de 23 de agosto 2009,,gostaria de saber se tenho direito de alguima coisa pois sofri lesões graves..???????99944668

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/06/2011 - 14:55
    Enviado por: MARIA INÊS

    Por favor, onde preciso ir para receber indenização do DPVAT por atropelamento? Como saber qual é a seguradora e onde ela está localizada? Se for no DETRAN terei essa resposta? Tem prazo prescricional? A acidentada é idosa e ficou com sequelas graves para andar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/06/2011 - 16:22
    Enviado por: marciano kunz

    boa tarde eu sofri um acidente em janeiro de 2006 e fiquei com sequelas,meu advogado ja encaminhou os papeis e recebi uma pequena parte,o advogado me falou que em um ano iria receber o resto,daqui 7 dias fecha 1 ano,o advogado esta falando a verdade?ou demora mais tempo?aguardo resposta obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 18:14
    Enviado por: denise

    gostaria de saber se o atendimento à vitíma foi pelo sus,tem direito ao dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 18:29
    Enviado por: vanderlucia

    gostaria de saber se o atendimento à vitíma foi pelo sus,tem direito ao dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/06/2011 - 14:00
    Enviado por: Marilene

    Boa TArde
    Meu marido faleceu em acidente de moto,sou companheira a mais de 20 anos e ele nao era separado da ex esposa,o Dpvat diz q tenho que dividir os 50% com ela, eu nao concordo a nao ser que ela divida as despesas do Funeral comigo.Existe uma forma de que ela nao receba esta parte nao cabe a ela?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2011 - 13:12
    Enviado por: robson souza

    Bom dia ! sofri um acidente de moto e não fui ao hospital com a ambulancia , so depois fui no particular pois tenho plano ,queria saber se tenho direito ao dpvat ,para minhas despesas medicas , e a onde devo procurar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2011 - 23:19
    Enviado por: Fábio Borges

    Olá
    Neste dia 03/06/11 perdi meu pai, vítima de um atropelamento em via pública, acontecesse que no boletim de ocorrência diz que o veículo é desconhecido,mas existem fortes indicíos do envolvimento de uma empresa de ônibus da regiâo ter um de seus veículos de transporte de passageiros(ônibus)ser responsável por essa fatalidade. Minha pergunta é:Quais as chances de ter o direito ao seguro nesta situação até pq não consta ainda no B.O nenhuma placa,número de ordem,número do carro(ônibus)ou mesmo a identificação de um outro veículo envolvido neste acidente.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/06/2011 - 21:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos como responder sobre probabilidades. Por enquanto você não tem elemento algum para tentar obter o DPVAT ou qualquer outro tipo de indenização. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/06/2011 - 11:57
    Enviado por: Martha V. Kubrusly

    Boa tarde

    Minha sogra faleceu a 5 meses vitima de atropelamento gostaria de saber se meus filhos menores que sao netos nela tem direito de receber o DEPVAT?
    Desde ja muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/06/2011 - 15:55
    Enviado por: iris

    gotaria de saber se posso recebe o dpvat ja que não temos notas ficas de neuma despesa feitas pois meu irma esta no hopistal puplico com o braço quebrado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2011 - 01:01
    Enviado por: marciano kunz

    ola tudo bem,queria saber quanto tempo leva para vim a indenização?ja recebi a primeira parcela, quanto mais ou menos demora pra vim o resto?agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2011 - 19:09
    Enviado por: Ariadne

    recebi uma informação de que a pessoa a qual foi atropelada tem direito do seguro dpvat, é verdade?
    porque fui atropelada em 2004 e gostaria de saber!

    Agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2011 - 22:24
    Enviado por: leandrol

    boa noite eu leandro sofrie um acidente de onibus ao embarcar no coletivo o motorista arrancou com o veiculo eu ao cair pisei nun buraco torcie meu pe indo pro trabalho em 05.03.2011 fui pro hospital emgeçaran minha perna e fiquei 14 dias e depois fui a delegacia fiz um boletin marcaran minha pericia dia 20.06.2011 e depois desse acidente minha firma me mandou embora gostaria de saber se tenho direito e como solicitar quais sao os documentos se tem como dar entrada sozinho …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2011 - 22:31
    Enviado por: marcos araujo

    sofri um acidente e quebrei o tornozelo,como eu já estava pelo inss deste do ano de 2009 ou seja não estou trabalhando,mais estou operado e com a perna totalmente imobilizada isso atrabalha a dar entrada, o carro era meu estava pago e vistoriado ate 2010 sendo que bati no dia 6 de abril de 2011 ou seja dois messes depois do prazo final da vistoria resumindo estava atrasado isso atrabalha em alguma coisa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2011 - 23:47
    Enviado por: ANA CLAUDIA

    SOFRI UM ACIDENTE DE CARRO EM 2009 FRATUREI O FERMUR PASSEI POR CIRURGIA PRECISOU POR SEIS PINOS E UMA PLACA PONTE PERDI TRINTA PORCENTO DO MOVIMENTO DA PERNA EU RECEBI 2.300 GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO NA INDENIZAÇAO POR INVALIDEZ?.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2011 - 10:41
    Enviado por: Leonardo

    DPVAT – atendimento gratuito
    visite http://www.dpvat.com.br

    O próprio nome do Seguro DPVAT é esclarecedor: Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre. Isso significa que o DPVAT é um seguro que indeniza vítimas de acidentes causados por veículos que têm motor próprio (automotores) e circulam por terra ou por asfalto (vias terrestres)
    Observe que, nessa definição, não se enquadram trens, barcos, bicicletas e aeronaves. É por isso que acidentes envolvendo esses veículos não são indenizados pelo Seguro DPVAT.
    A mesma definição menciona que o Seguro DPVAT cobre danos pessoais, o que significa que não há cobertura para danos materiais, como roubo, colisão ou incêndio do veículo.
    Outro dado importante é que o Seguro DPVAT é obrigatório porque foi criado por lei, em 1974. Essa lei (Lei 6.194/74) determina que todos os veículos automotores de via terrestre, sem exceção, paguem o Seguro DPVAT. A obrigatoriedade do pagamento garante às vítimas de acidentes com veículos o recebimento de indenizações, ainda que os responsáveis pelos acidentes não arquem com essa responsabilidade.

    O Seguro DPVAT oferece três coberturas:
    - MORTE decorrente de acidente envolvendo veículos automotores de via terrestre ou cargas transportadas por esses veículos.
    - INVALIDEZ PERMANENTE TOTAL OU PARCIAL decorrente de acidente envolvendo veículos automotores de via terrestre ou cargas transportadas por esses veículos. O valor da indenização é calculado com base no percentual de invalidez permanente enquadrado na tabela de Normas de Acidentes Pessoais. Para esse efeito, leva-se em consideração o laudo médico emitido ao fim do tratamento e, conforme a necessidade, o laudo pericial.

    TABELA PARA CÁLCULO DA INDENIZAÇÃO EM CASO DE INVALIDEZ PERMANENTE
    - DESPESAS DE ASSISTÊNCIA MÉDICA E SUPLEMENTARES – DAMS decorrentes de tratamento realizado, sob orientação médica, por motivo de acidente envolvendo veículos automotores de via terrestre ou por cargas transportadas por esses veículos. A cobertura de DAMS prevê o reembolso de despesas devidamente comprovadas.

    São estes os valores de indenização do Seguro DPVAT, definidos pelo Conselho Nacional de Seguros Privados – CNSP, órgão vinculado ao Ministério da Fazenda. O pagamento destes valores em reais – e não em salários mínimos – foi ratificado pela Lei 11.482/07.
    Morte R$ 13.500,00

    Invalidez Permanente até R$ 13.500,00

    Dams ( Despesas Médicas e Hospitalares ) até R$ 2.700,00
    O Seguro DPVAT é válido para a cobertura de acidentes ocorridos entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de cada ano, ainda que o pagamento não seja feito no primeiro dia útil do ano.

    (Fonte: Seguradora Líder – DPVAT)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2011 - 13:42
    Enviado por: Jeferson estefanio lima

    Boa tarde

    Gostaria de parabeniza – los pelo site e agradecer pela ajuda com os exclarecimentos visto que é pela segunda vez que escrevo.
    Pois bem , estou há alguns meses correndo atraz do meu pedido de indenização DPVAT por sistema de DAMS e foi aqui nesse mesmo blog que descobrir que tinha meus direitos , e agora passados alguns meses desde que enviei toda a documentação nescessaria para a seguradora LIDER do DPVAT os mesmos me avisaram pelo 0800 que fariam o deposito de 118 reais em minha conta no proximo dia 20/06 , pois bem , só a cirurgia que fiz custou 4200,00 reias fora os medicamentos comprados
    e agora apos eu ter reclamado me disserão que devo enviar UMA CARTA ESCRITA DE PROPRIO PUNHO PEDINDO PARA QUE FAÇÃO UMA REANALIZE DOS VALORES e envie pelo correio !
    Gostaria de saber como devo prosceder ? devo enviar a carta ? é comum esse proscedimento ?

    Desde já obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2011 - 10:58
    Enviado por: Ricardo

    Gostaria de indicar a Sinal Verde DPVAT, vi o pessoal deles no metro Clinicas e me esclareceram todas as dúvidas e o melhor, não cobram nada !!!
    Espero ter ajudado tbem …
    Abçs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2011 - 14:49
    Enviado por: valdair de oliveira pereira

    eu queria tirar uma duvida eu tenho um tio que faleceu eu um acidente de caminhão , na epoca meu avó recebeu alguma coisa da transportadora aonde ele trabalhava , e a indenização dele de um valor x ,veio a 0 meu avó recebeu um contia enferior , minha duvida é ele tem direito dee receber alguma coisa , pq meu tio é o filho casula e morava com meu avó , obrigado desde já

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2011 - 18:04
    Enviado por: Márcia

    Eu gostaria muito de obter uma informação muito importante pra mim nesse momento,e precisava de sua ajuda por favor!!Meu ex marido pai de meu filho sofreu um acidente de moto em setembro de 2010,e veio se recuperando nesses ultimos meses mais não obteve resultado e veio a óbito este ano em abril2011,a moto do dia do acidente não era dele,e eu gostaria de saber se meu filho tem algum tipo de direito sobre esse tal seguro dpvat.Por favor me envie a sua resposta é de muita importância para mim.Grata Márcia

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 18:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que não, já que a moto não era dele, mas procure um advogado especializado para se informar melhor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/06/2011 - 18:19
    Enviado por: Márcia

    Obrigada pela resposta,vou procurar um advogado com certeza. Muito obrigada mesmo vc esta de parabens.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2011 - 19:35
    Enviado por: elias augusto de almeida cardoso

    eu bati meu carro tenho direito do seguro dpvt sim ou ñ?????????obrigado pela resposta????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2011 - 00:16
    Enviado por: Mauricio

    Boa noite a todos!
    Sofri um acidente de moto há 15 dias atrás e fraturei alguns ossos da face, sendo necessário implantes de placa e pinos de titânio nesses ossos. Tenho o B.O e toda a documentação do atend. hospitalar solic. pelo DPVAT. Posso acionar o DPVAT, mesmo que meu plano tenha coberto os gastos médicos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2011 - 19:59
    Enviado por: JEFERSON LIMA

    Boa tarde

    Gostaria de parabeniza – los pelo site e agradecer pela ajuda com os exclarecimentos visto que é pela segunda vez que escrevo.
    Pois bem , estou há alguns meses correndo atraz do meu pedido de indenização DPVAT por sistema de DAMS e foi aqui nesse mesmo blog que descobrir que tinha meus direitos , e agora passados alguns meses desde que enviei toda a documentação nescessaria para a seguradora LIDER do DPVAT os mesmos me avisaram pelo 0800 que fariam o deposito de 118 reais em minha conta no proximo dia 20/06 , pois bem , só a cirurgia que fiz custou 4200,00 reias fora os medicamentos comprados
    e agora apos eu ter reclamado me disserão que devo enviar UMA CARTA ESCRITA DE PROPRIO PUNHO PEDINDO PARA QUE FAÇÃO UMA REANALIZE DOS VALORES e envie pelo correio !
    Gostaria de saber como devo prosceder ? devo enviar a carta ? é comum esse proscedimento ?

    Desde já obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/06/2011 - 20:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, é comum. envie essa carta o mais rápido possível. Se houver demora ou negativa, procure a ajuda de um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/06/2011 - 10:21
    Enviado por: ThatiANE

    Bom Dia… SOfri um acidente de moto em 05/12/2010 tive fratura exposta, e quebrei a tibia em 5 lugares ja passei por duas cirurgias colokei 4 pinos e uma haste de platina na tíbia e conforme os diagnóstico do médico, necessito de um a terceira cirurgia mas como é sus eu não consigo vaga pra internação, sempre me mandam voltar outro dia, ja fiz um exame no iml e tenhu um laudo ke diz que preciso de um exame complementar, é o unico documento que falta pra continuar o processo do seguro dpvat, tenhu mta dor na perna e infelizmente eu fikei manca e ando com o auxilio de uma muleta, gostaria de saber qual o valor que tenhu direito a receber?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2011 - 13:44
    Enviado por: simone

    oiii…….tenho uma duvida
    meu marido sofreu um acidente dia 23/04/2009,quebrou a cravincula..mas ele ainda não recebeu ele deu entrada no mesmo ano ou seja praticamente dois anos
    o rapaz q ta mexendo cobrou metade do q ele irá receber…é normal demorar tanto assim..e quanto ele irá receber ..ah já teve a audiencia e tudu …só falta receber…..quero uma orientação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/07/2011 - 14:38
    Enviado por: Werner

    Dirijo um caminhão que tranporta suinos: no dia 29.05.11(domingo,as 18:30) cai da carroceria dentro das isntalações do firgorifico na hora da descarga.Quebrei o osso escafoide da mão ! Tenho copia do prontuario medico que me socorreu…Não tenho Bo.Somente Cat relantando o acidente de trabalho feito pelo frigorifico…O Sus não paga a cirurgia,será que o Dpvat paga ? Quem devo acionar na justiça ? Meu patrão ? O frigorifico ? Ou ambos ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/07/2011 - 18:50
    Enviado por: Werner

    Aciono o patrão e o frigorifico ? Podes me indicar algum advogado ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/07/2011 - 18:51
    Enviado por: Werner

    O Dpvat vai cobrir as depesas medicas ? A cirurgia custa Rs 4.500

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/07/2011 - 20:35
    Enviado por: Ana Martins

    Ola Boa noite,no dia 06/12/2003 ocorreu um delito por parte do meu ex na época atual.
    q me machucou muito…um processo criminal lesão corporal dolosa e eu gostaria de saber quais meus direitos??
    Como na época eu era menor tinha 17,espoza e é isso desde ja obrigada desculpe-me não consequir me expressar corretamente e tbm nem tc corretamente.Boa Noite.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2011 - 23:37
    Enviado por: Alexandre Queiroz de Souza

    Boa Noite. Sofri um acidente de moto (a moto era da empresa) no dia 30/05/2011 e fui atendido pelo SUS, onde fiz uma ciriugia. Gostaria de saber se tenho direito ao DPVAT e até que valor posso pleitiar. Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2011 - 20:54
    Enviado por: erbety a cerqueira

    sofri um acidente ha uns tres anos fiquei com problema no pescoço ,tenho algum direito?[acidente de carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2011 - 04:08
    Enviado por: diego gonçalves

    sofri um acidente de moto e ainda estou em tratamento, queria saber se posso dar entrada no DPVAT por agora ou e so quando finalizar o tratamento mesmo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/07/2011 - 17:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Com praticamente nenhuma informação, é impossível responder. Procure um despachante ou informações no Detran.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/07/2011 - 14:37
    Enviado por: Thiago Santos

    foi atropelado pelo um moto sem placa, e eu estava de bicicleta tem como requere uma outra bicicleta? tenho nota fisica e tudo da bicicleta e sei onde o dono da moto mora. nesse caso o quer eu posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2011 - 16:13
    Enviado por: Fabiana de campos

    Ola,gostaria de uma informação, meu filho foi asassinado dia 06 06 2011 ele estava dirigindo uma moto que é minha sera que tenho direito ao seguro dpvat,só que a moto está no deposito e não consigo retirar ele, o delegado não quer me liberar,qual ajuda devo procurar para tirar essa moto,obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/07/2011 - 20:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado especializado em questões de trânsito para tentar resgatar a moto. Como se trata de homicídio, e não acidente de trânsito, você não tem direito ao DPVAT.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/07/2011 - 09:46
    Enviado por: celio roberto

    SOFRI ACIDENTE EM UMA RODOVIA FEDERAL,QUEBREI A TIBIA.PORQUE E TAO DIFICIL PRA RECEBER ESSE SEGURO DPVAT,TODOS BRASILEIROS SAO OBRIGADOS A PAGAR ANTES DO VENCINENTO.PARA ONDE VAI ESSE DINHEIRO TODO???SERA QUE E SO NO BRASIL QUE E ESSA PALHAÇADA???KD AS LEIS OU OS ORGAOS RESPONSAVEIS???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/07/2011 - 14:06
    Enviado por: DAIANE

    OLÁ, SOFRI UM ACIDENTE MOTOCICLÍSTICO E FRATUREI 6 COSTELAS, QUERO SABER DE TENHO DIREITO AO DPVAT? SE PUDER ME REPONDER POR MEU E-MAIL FICO GRATA.
    ÓTIMA TARDE

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/07/2011 - 10:53
    Enviado por: jones oliveira

    duvidas,participei de um acidente de transito, estava transitando em via publica na preferencia fui faser uma conversao para esquerda no caso ia subir em outra, e quando fui faser a esquina veio um ciclista e atravessou minha frente, tentei tirar e freei mas ainda assim bati nele,ele teve quase fratura exposta na perna esquerda,como sou bombeiro prestei os primeiros socorros e acompanhei o mesmo ate o hospital
    ….minha duvida: gostaria de saber c eu tenho alguma obrigaçao com o mesmo, pq eu posso acionar o dpvat, imagino q custeia as dispesas medicas do cara, mas é só isso que eu tonho obrigaçao ou tenho que faser ainda mais alguma coisa pelo cara?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/07/2011 - 22:46
    Enviado por: Rennan

    sofri um acida ja faz um ano , fiz 4 cirurgias , 2 no joelho , 1 no ombro e 1 na orelha , terminado o tratamento , estou com uma sequela no joelho , onde o mesmo so tem 50 % das funçoes normais ,devo ser resarcido por invalidez ou coisa do tipo? , fora as despesas médicas…e gostaria de saber tbm se as cirurgias feitas pelo plano do governo podem entra no resarcimento como despesas médicas? obg

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/07/2011 - 23:17
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos como responder neste caso. Procure mais informações no Detran ou com um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 19/07/2011 - 17:28
      Enviado por: wandenberg

      Duvidas relacionadas ao DPVA:

      A partir de 11.1.2003, data em que o Novo Código Civil entrou em vigor, o prazo para dar entrada no pedido de indenização do Seguro DPVAT passou a ser de 3 anos, a contar da data em que ocorreu o acidente.

      Para acidentes envolvendo invalidez, nos quais o acidentado esteve ou ainda está em tratamento, o prazo para prescrição levará em conta a data do laudo conclusivo do Instituto Médico Legal – IML.

      Dúvidas para recebimento Judicial ou Administrativo entre em contato pelo e-mail wandenberg@hotmail.com
      ou pelo one 66 92452151

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/07/2011 - 18:32
    Enviado por: josé dos santos

    boa noite, tenho uma questão a ser esclarecida, por favor me oriente.
    minha mãe morreu a mais de 4 anos e saiu o valor do seguro, dividido para 5 pessoas quatro delas receberam por si tratar em de depósito em canta individual, mas uma não recebeu depois de procurar 4 anos após. porventura isso vence e retorna, no banco do brasil disseram ki não há nada na conta dessa pessoa. até mais aguardo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/07/2011 - 17:30
      Enviado por: wandenberg

      Duvidas relacionadas ao DPVAT:

      A partir de 11.1.2003, data em que o Novo Código Civil entrou em vigor, o prazo para dar entrada no pedido de indenização do Seguro DPVAT passou a ser de 3 anos, a contar da data em que ocorreu o acidente.

      Há casos, porém, em que o prazo pode ser maior que 3 anos, o que dependerá do tempo decorrido entre a data do acidente e a data do Novo Código Civil.

      Para acidentes envolvendo invalidez, nos quais o acidentado esteve ou ainda está em tratamento, o prazo para prescrição levará em conta a data do laudo conclusivo do Instituto Médico Legal – IML.

      Dúvidas para recebimento Judicial ou Administrativo entre em contato pelo e-mail wandenberg@hotmail.com
      ou pelo one 66 92452151

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/07/2011 - 23:59
    Enviado por: Andréa sousa de Vasconcellos

    Boa Noite!Fui atropelada em 1993,mais não recebi o dpvat,pode um parente ter dado entrada e recebido.Pois estava hospitalizada sem condições de fazer o seguro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/07/2011 - 20:03
    Enviado por: Adalton

    bom dia! minha mulher sofreu um acidente de moto e deu entrada em toda a documentaçao pedida, estava tudo certo, so que veio a carta do dpvat informando que ela nao tinha direito a indenizacao porque o seguro foi pago um mes apos o vencimento, em atrazo. por favor gostaria de saber como proceder neste caso? no aguardo obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/07/2011 - 22:28
    Enviado por: mauricio vicente teodoro

    boa noite marcelo tudo bem com vc olha sofri um acidente em 2000 e fikei com sequelas e nao tive nada de auxilio acidente ate hoje queria saber se tem como fazer alguma coisa ..e tbm fiquei com hipertençao e muita dor de cabeça isto tudo depois que me acidentei aguardo vc entre em contato comigo preciso de ajuda

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/08/2011 - 18:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O prazo para fazer o pedido é três anos após o acdicente. Não é mais possível requerer o benefício agora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/08/2011 - 20:05
    Enviado por: RENNAN

    sofri um acida ja faz um ano , fiz 4 cirurgias , 2 no joelho , 1 no ombro e 1 na orelha , terminado o tratamento , estou com uma sequela no joelho , onde o mesmo so tem 50 % das funçoes normais(nao dobra todo) e o ombro fiquei com 10 % de sequela ,devo ser resarcido?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/08/2011 - 20:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende de muita coisa. Os documentos dos carros envolvidos estavam em dia? O seguro foi pago? A quem pertencem os carros? Procure a aujda de um despachante ou de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/08/2011 - 23:11
    Enviado por: tiago marcelino

    COMO DEVO PROCEDER? ,POIS NÃO TENHO O B.O APENAS, O FEITO PELA VIATURA DA POLICIA.e é verdade que o advogado tem direito a 30%?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/08/2011 - 21:32
    Enviado por: ALBERICO

    meu amigo(a) sofri um pequeno acidente de motocicleta e ralei um pouco, mas nada de grave.
    Eu tenho direito de solicitar o DPVAT??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/08/2011 - 23:30
    Enviado por: Sandoval

    Teve um acidente, entre uma moto e um carro, a pessoa que estava na moto quebrou o pé em 02 lugares,só que ela não tem habilitação, ela tem direito ao DPVAT, pergunto porque fui a DP da minha cidade, e falaram que se a pessoa que abrir o BO, e foi acidentada, mais andava ela guiando o veiculo e não tem habilitação, será aberto um procedimento contra ela. Isto e verdade?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2011 - 08:25
    Enviado por: Eva

    Fui assustada, por um veículo que me cortou pela direita. Nesse susto eu freei o carro e causou a explosão do pneu. Fui ao médico fiz todos os exames + ñ sofri quase nada, graças a Deus. Mas o meu pescoço ficou esfolado e queimado por conta do cinto de segurança. Fiquei 3 dias sem trabalhar, onde tive q me virar e gastei c medicamentos, pois sentia fortes dores musculares .
    Tenho direito ao seguro DPVAT? Ah ñ houve registro policial, pois o carro q me cortou ñ parou p me ajudar e eu ñ tive como fazer + nada , além de tentar controlar o meu carro?
    Aguardo resposta e desde já agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2011 - 22:51
    Enviado por: RANIMERE

    oi sofri um acidente de carro na br101 em 1988 e tive varios problemas na epoca e meu braço quebrou e AINDA DOI, MAIS NUNCA RECORRI AO SEGURO DPVAT EU AINDA TENHO DIREITO A RECORRER DEVIDO A TANTO TEMPO JA. AGUARDO RESPOSTA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/08/2011 - 14:03
    Enviado por: Cíntia

    Olá! Meu irmão acidentou de moto em 2001 e colocou quatro parafusos de platina no pescoço. Ele ainda tem direito a indenização? obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2011 - 15:54
    Enviado por: ROMILSON MACHADO

    me acidentei com minha mooto ao colidir com um onibus…
    fiz os procedimentos na minha cidade, minha perna infexionou
    fui para salvador onde passei p. 3 cirurgias para nao perder a perna
    e fiquei internado 1 mes e 15 dias
    eu queria saber se eu com todos os documentos,laudos medicos, eu tenho dinheiro de receber o dinheiro e qual seria o valor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 12:19
    Enviado por: Arlete

    Minha filha faleceu em acidente de trânsito. Ela estava vivendo maritalmente, há apenas 4 meses, com um rapaz.
    Para fins de recebimento do seguro de vida dela, ele tem direito a receber parte desse seguro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 12:52
    Enviado por: Sonia Maria de Matos

    Eu tive um acidente de moto com meu ex marido, e não estou conseguindo receber o DPVAT, fiquei internada 2 vezes,e não fui ressarsida, como estava de carona tenho direito?
    Eu tenho o prazo até 2012 para receber o Seguro DPVAT.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 12:59
    Enviado por: Luiza Pinto

    Fiquei viuva e tenho dois filhos maiores, meu marido morreu em acidente se transito, meus filhos maiores tem direito a parte do DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/08/2011 - 21:58
    Enviado por: ERMELINDA TEIXEIRA DOS SANTOS

    MEU MARIDO JOSE MENINO DOS SANTOS MORREU EM UM ACIDENTE DE TRANSITO EM 1994 NA EPUCA EU RECEBI O SEGURO SERA QUE AINDA TENHO ALGO PARA RECEBER

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2011 - 11:45
    Enviado por: Tatiana Américo

    Eu sofri um acidente em fev de 2011, MAS JOGUEI FORA O RAIO X EOS PAPÉIS DE CONSULTA MÉDICA. E agora? Eu consigo receber mesmo assim?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/08/2011 - 14:24
    Enviado por: Gleice Kelly dos Santos

    Boa tarde…

    eu sofri um acidente em abril do ano passado,gostaria de saber se ainda posso recorre ao seguro,tive o desprazer de fraturar o femur esquerdo,bem passei por cirurgia no mes seguinte colocaram uma arte, o problema e que desde de entao nao posso fazer nada do que fazia,pegar em pesso corre jogar ftbol coisas que fazia nao posso por que minha perna doe muito.
    nao recebi o dpvat tenho ou tinha um advogado assinei a procuraçao dando total liberdade pra que ele responde-se por mim,mas ele sumio,na epoca do ocorrido eu cheguei a procurar mas a medica do iml requeria novos exames por que minha perna ficou deformada com sicatrizes tanto da cirurgia quanto pelo propio ocorrido tenho uma perna mas fina que a outra sem falar que ainda to mancando a dias que eu nao consigo pisar que doi nao sinto nem quente nem frio no meu juelho que ate hje nao voltou ao normal.fiquei gravida e tive minha filha o parto foi normal e desde entao minha perna doi todos os dias nao tenho posiçao pra dormi e nem sei se eu vou poder trabalhar,pelos simples fato de sentir muita dor na perna…
    nao sei oque fazer gostaria muito que me ajuda-se a achar uma saida pra esse problemao que mesmo sem ter culpa acabaram me envolvendo.o meu caso tem alguma soluçao?

    desde ja agradeço…espero resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/08/2011 - 20:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só um advogado pode ajudá-lo nesta questão. Em tese você tem esse direito, mas é preciso verificra se todos os documentos seus e os dos carros envolvidos no acidente estão em ordem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/08/2011 - 12:08
    Enviado por: saulo ferreira

    sofri um acidente moto mais a unica despesa que tive foi de apenas com alguns remedios e minha mãe é enfermeira e não tive gasto com hospital, tenho algum direito? Mais tive danos materiais e estou todo machucado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/08/2011 - 20:11
    Enviado por: Tuane

    Boa noite,em 1.991 meus dois irmãos faleceram em um acidente de moto.Na época minha mãe recebeu a indenização”DPVAT”.Gostaria de saber se ela tem mais alguma coisa a receber depois das mudanças feitas no DPVAT.Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/08/2011 - 11:03
    Enviado por: Maria José

    O meu pai sofreu um acidente de carro no ano de 1998 só recebu por alguns meses um benefício e não recebeu o DPVAT. Como faço para encaminhá-lo e ele receber o benefício? E ele ainda pode receber?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2011 - 00:42
    Enviado por: jean carlos

    preciso muito de um bom advogado de transito,fui vima de um grave assidente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2011 - 20:05
    Enviado por: Viviane

    Boa Noite!

    Minha amiga sofreu um acidente de carro ontem (17/08/11) na qual estava de carona. Está com 10 pontos na cabeça e dores pelo corpo. Está em um hospital da prefeitura. O problema é que ela é manicure e não paga o INSS, tem que sustentar dois filhos. Ela tem direito de receber o DPVAT? Pois ficará um bom tempo sem poder trabalhar e não tem outros ganhos.
    Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/08/2011 - 20:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim. Ela precisa procurar um advogado especializado ou um despachante para verificar se os documentos dos carros e dos motoristas estão em dia para receber.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/08/2011 - 20:07
    Enviado por: Viviane

    Desculpe a data acima está errada. Acidente foi 16/08/11).

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2011 - 13:22
    Enviado por: CRistiane

    De acordo com a lei a preferência pararecebimento do DPVAt é do conjuge/companheiro e filhos herdeiros, mas no caso de somente a mãe da falecida estiver com os documentos exigidos para da entrada para pedido DPVAT.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2011 - 15:03
    Enviado por: GILBERTO

    caro amigo gostaria de saber se tem direito ao seguro DPVAT. Minha mãe sofreu um acidente juntamente com meu pai (acidente de trânsito). minha mãe morreu devido ao acidente, minha pai apenas teve gastos com tratamentos!
    data do acidente 1992.
    pergutna: TEM DIREITO AO dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2011 - 19:54
    Enviado por: Elisabete A

    Boa noite!

    Meu companheiro faleceu em 19/01/2007, como vivíamos juntos a 3 anos e ele não tinha nenhum parente em SP, o processo de união estável teve final apenas hoje 18/08/2011. Gostaria de saber como entrar com pedido do seguro DPVAT já que o processo estava em andamento? Tenho toda a documentação dele era solteiro e não deixou herdeiros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/08/2011 - 15:33
    Enviado por: CRistiane

    Quanto tempo após o acidente posso requerer o seguro DPVAT?OBG

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/08/2011 - 14:56
    Enviado por: Humberto Da Silva

    Boa tarde , ent gostaria de saber como faço pra mim receber essa indenização porque eu sofri um acidente de carro e fiquei com uma sequelha no meu onbro do lado direito por favor mande respostas obrigado .

    ATT Humberto Da Silva

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/08/2011 - 20:01
    Enviado por: simara da silva ferreira

    boa noite sofrir um acidente de moto no ano de 2005 e fiquei com sequelas do mesmo, uma advogada aqui da minha cidade deu entada no meu seguro DPVAT e se passaram um ano pra receber esse seguro, porém quando fui receber ela me disse que só receberia R$ 2.500,00 que era só esse o meu direito sendo q desse ainda tive q pagar R$ 500 pra advogada, esse caso com advogada aconteceu em 2007, hoje todo mundo me fala que o valor é de R$ 13.000,00 e não de R$ 2,500, por favor pediria que alguem me ajudasse queria saber se fui lezada ou q me tirasse essa duvida, se tiver ainda direito gostaria de receber pois sou pobre e tenho filho pequeno sou mãe solteira e mesmo com minha deficiencia trabalho como doméstica para criar meu filho, por que o INSS diz que não tenho deficiencia nenhuma, fiquei com uma perna menor dura e mesmo assim os peritos do INSS falam que ñ tenho praticamente nada, é ridiculo isso mais fazer o que?… em fim se ainda tiver direito no DPVAT ou se fui roubada gostaria de correr atraz dos meus direito. por favor me ajudem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/08/2011 - 08:50
    Enviado por: Viviane

    Bom dia!
    Minha mãe sofreu acidente em agosto de 2010 e foi levada ao hospital particular da minha cidade, ela tem plano de saude participativo, gostaria de saber se ela tem direito ao seguro dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/08/2011 - 16:59
    Enviado por: Tania Borges de Oliveira Carmo

    Minha mãe sofreu acidente em 08/05/1999
    poucos meses depois deu entrada no Dpvat
    ela ficou infalida durante oito anos, e não
    recebeu beneficio , e faleceu em 07/07/20098
    e ate hoje não recebeu, gostaria que vcs me ajudasse
    nisso.Obreigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/08/2011 - 20:18
    Enviado por: carolcarriel

    eu me envolvi em um acidente aonde um homem se jogou na frente do carro e nao deu nem tempo de freiar so que o homem estava alcoolizado e eu bati nele mas estava de vagar ai ele cai e bateu a cabeça ai parei imediatamente e prestei socorro.
    so que a policia nao veio ao local apenas o siate esteve ali para prestar socorro ai o socorrista falou que nao era nada grave que era pra mim me acalma que se tivese sido minha culpa o meu carro estaria estragado
    por que so quebrou o retrovisor mas pq ja estava trincado e o socorrista falou que o que derrubou o atropelado era o ( velho barreiro 51) que nao era pra me prelcupa que foi so o susto mas eu estou com medo porque eu estou com a permiçao e estou com medo da hora que eu for renovar possa dar alguma coisa. e queria saber o que devo faser nesse caso. por favor me ajude estou com muito medo se puder me ajudar fico muito agradecida obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2011 - 10:04
    Enviado por: jose carlos da silva

    tenho seg.mod.seguro desemprego,danos materiais da empresa cea ha mais de 5anos,no ultimo dia 07/08/11,sofri acidente de moto ficando impossibilitado de trabalhar gostaria de saber se tenho direito a tal seguro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2011 - 16:33
    Enviado por: ana catalline

    meu pai sofreu um acidente, há um mês atrás, passou por duas cirurgias, colocou platina na perna e ainda esta em recuperacao. Ele ficou no hospital do governo, como faco para requerer o seguro dpvat, pois um paciente que tambem estava internado no mesmo quarto que ele já deu entrada e só está esperando o prazo para receber, e o caso dele foi bem mais simples nao houve cirurgia. por favor me dê um auxílio sobre isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/08/2011 - 11:18
    Enviado por: Claudia Santos

    Olá queridos!Em uma noite Chuvosa, não vi o sinal vermelho e Encostei em uma moto, onde a vitima caiu e teve ferimentos leves , mas alega que a moto enpenou,tenho 9 anos de carteira e nunca me vi nessa situação, o que fazer ,pois estou desempregada e ele esta me cobrando que pague o conserto da moto, um preço muito alto , visto q não tenho condições, o q fazer? me ajudem

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/08/2011 - 18:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado para ajudar a negociar ou para se defender em uma ação judicial. Aparentemente a vítima está com a razão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/08/2011 - 19:41
    Enviado por: Robson Lourenço Neves

    Sofri um acidente de transito mas a outra condutora arcou
    com todos os danos e eu não tive lesões tenho direito a indenização OBG.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/08/2011 - 14:04
    Enviado por: EZEQUIEL

    SOFRI UM ACIDENTE DE MOTO QUEBREI O BRAÇO OS (DIAFISE RADIO E ULNA) OS DOIS OSSOS DO BRAÇO, LOGO O DIREITO, ESPATIFOU FOI COLOCADO DUAS CHAPAS DE PLATINAS E PARAFUSOS, 10/06
    HOJE 29/08, QUASE 3 MESES, E MEUS DEDOS NÃO MECHEM TO SEM CORDENAÇAO , NA MAO MEU PUNHO TA TRAVADO, GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO, E QUANTO SERIA O VALOR.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/08/2011 - 22:58
    Enviado por: cristina santos

    minha mãe vende churrasquinho na calsada enfrente a uma descida meia perigosa,e neste sábado desceu um gol bolinha em alta velocida subiu na calsada e atingiu ela jogo a churrasqueira em cima dela na hora do desespero só pensamos em socorrer ela levamos ao hospital,ela sofreu queimaduras na barriga na perna e na vista direita e esta com muitas parte do corpo roxa divido a pancada.depois que vimos que ela estava aparentemente bem voltamos no lugar do acidente e descobrimos que o carro era roubado quem esta dirigindo era uma criança de 10 anos e fugiu,a policia não pergunto se avia vitima e ainda não fizemos B.O.Ela vive do trabalho e não vai poder volta a trabalha agora por causa das bolhas enormes da queimadura e a vista esta muita queimada e inçada ela não abre o olho e nao esta inchergando direito só ve tudo branco.o que faço onde devo ir com quais documentos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/08/2011 - 15:43
    Enviado por: Adriana

    Boa Tarde,

    Tenho um a dúvida sobre o DPVAT. A moto esta em meu nome, mas meu marido se acidentou com ela e quebrou as duas maõs em um acidente de transito. O advogado contratado pode entrar com a ação em meu nome e colocar meu marido como acidentado, explicando que ele conduzia a moto, mesmo sem eu estar junto? Não da aquela ilegitimidade de parte? Tenho direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 16:13
    Enviado por: Lucio Mendes

    gostaria de pedir uma ajuda. eu quebrei meu femur em um acidente de moto, minha moto estava paga tudo certinho isso ja faz um ano acabei de me recuperar, me informei sobre o meu seguro e me disseram que eu tenho direito a 70 % do valor integral, que daria algo em torno de 9.450,00. Esta indicação que tive esta correta? Grato desde ja.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/09/2011 - 19:42
    Enviado por: tiago

    eu cai na dutra de moto devido a um tambor que caiu de um caminhão, só de sofrer acidente e se machucar mesmo sem precizar de custear cuidados medicos , eu ja recebo seguro? aguardo resposta grato. tiago

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2011 - 09:00
    Enviado por: neide lima

    meu irmão sofreu um acidente de moto em 2003 meu querido pai gastou o que naõ tinha e não recebemos nadinha de ninguem , meu irmão ficou paraplégico o choque foi tão gde que ñ procuramos e ñ sabiamos a quem recorrer pra receber alguma coisa gostaria de saber se tem algum direito , pois eles ainda passam necessidade obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2011 - 17:44
    Enviado por: Robson Soares

    Desejo saber o que caracteriza um acidente de transito ? Minaha mãe ao descer do carro, kombi de lotaçao, caiu da komi.Perdeu 40% , teve invalidez permanente.A seguradora MBM negou o pedido afirmanado que nao houve acidente de transito.A reconheceram a invalidezs ,porem argumentam que essa queda dela que originou0se de dewntro da kombi nao é acidente de transito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2011 - 15:20
    Enviado por: joan sotirios limnios

    alou ai pessoal dei entrada no seguro dpvat ee ate hoje nao recebi pois eles alegam que querem saber quem era o pro prietario da moto na epoca do ascidente ee eu nao sei pois a moto nao era minha. o que devo faser tenho todos os documentos e ate aquele do IML.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2011 - 13:50
    Enviado por: isabella sintoni bastos

    Boa tarde, sofri uma queda de moto, meu atendimento médico foi feito pelo plano de saúde, neste caso não me causando custos, no entanto, sou uma profissional autnôma, trabalho como professora de academia de ginástica sem registro em carteira, sendo assim impossibilitada de trabalhar por quinze dias em funçao da fratura no braço causa da pelo acidente, e neste caso quinze dias sem receber pagamentos. Existe a possibilidade de se ressarcida desse valor?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 00:44
    Enviado por: ELISANGELA MUNIZ

    EU GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO DO DPVAT,MEU MARIDO MORREU NA VIA EM UM ASSALTO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 10:25
    Enviado por: Rita

    Olá, me envolvi num acidente com meu carro e um motoqueiro que tentou me ultrapassar pela esquerda quando eu fazia uma conversão à esquerda, ele caiu da moto ao não conseguir se desviar do meu carro e fraturou o joelho. Fiz todo o procedimento de chamar o Resgate e ir na Delegacia para registrar a ocorrência. Minha dúvida: o atendimento ao socorro do motoqueiro foi feito pelo Corpo de Bombeiro que o encaminhou para um hospital onde o mesmo indicou que tinha convênio e assim foi dada a assistência médica, por acaso ele sendo atendido pelo seu convênio particular pode pedir o seguro DPVAT para cobri despesas de medicamentos ou posteriores tratamentos em decorrência desta lesão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 12:51
    Enviado por: ROMILSON MACHADO

    onibus me fechou em uma esquina,fiquei internado pelo plano de saude(medial saude)fiz 3cirurgias plasticas na perna
    estou fazendo 10secoes fisioterapia,pelo plano tbm
    mais ja gastei mais de 1000reais de meu bolso em medicamentos na perna..
    eu tenho direito a receber o seguro mesmo no particular ?
    o dinheiro p. reembolso dos medicamentos em casA?
    posso receber quanto ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 15:28
    Enviado por: Robson Nascimento Silva

    Sofri um acidente de moto, e desde em que a minha moto ficou
    parada se passaram 33 dias, e tive que utilizar transporte público,(ônibus), eu e minha esposa sendo que também a levava por serviço ida e volta e durante esse período gastei R$297,00, tenho direito de cobrar esse valor da seguradora sendo que sou terceiro no sinistro OBG.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 23:20
    Enviado por: SHERLLEY TENÓRIO

    TENHO UMA CONHECIDA QUE FOI ATROPELADA EM UMA PARADA DE ÔNIBUS POR UM MOTOCICLISTA. DEVIDO O ACIDENTE A MESMA TEVE AMPUTAÇÃO DA PERNA, ALTURA ACIMA DO JOELHO.ESSE ACIDENTE ACONTECEU EM JULHO DE 2011, ELA TEM DIREITO AO DPVAT? É PRECISO UM ADVOGADO PARA DAR ENTRADA NO DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 10:08
    Enviado por: rosana

    bom dia maira meu nome e rosana;meu filho foi atropelado gostaria de saber quais o direito dele e oque tenho que fazer.ele machucou muito o rosto e quebrou tres dedo do pé. tem algum direito foi dia29-07-2011.
    fiquei desenpregada porque tive que cuidar dele pedi para pessoa que atropelou ele que me ajudasse com uma cesta basica mas nao ajudou sou sozinha pago aluguel nao sei oque fazer me oriente por favor obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 10:42
    Enviado por: Joice

    Bom Dia,
    sofri um acidente de moto no mês de maio de 2011,
    fui encaminhada a um hospital onde o atendimento foi feito pelo SUS, tive que fazer uma cirurgia, e coloquei parafusos no tornozelo, o custo da cirurgia tbm foi coberto pelo sus,
    mas os remedios gastos e as vezes que tive q ir ao medico foram despesas minhas, não fiquei invalida, mas o dano foi grande, e a outra parte envolvida no acidente não prestou qualquer ajuda de custo!
    tenho direito ao dpvat?
    Desde já obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 13:55
    Enviado por: rosimiriam machado da silva yochida

    sofri um acidente em 2009 fiquei internada uns 6 dias fiz cirurgia no pulso q foi colocado um pino , fiquei com dores no ombro q as vesez se desloca fico com dores e presiso tomar ant inflamatorios eu tenho direito ao seguro dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 13:57
    Enviado por: rosimiriam machado da silva yochida

    o carro q eu estava foi dado perca total

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 07:54
    Enviado por: PAULA LIMA ALELUIA

    Sofri um acidente automobilístico am Jan/2011, tive fratura de acetábulo, fui submetida a uma cirurgia que foi paga pelo convênio. A fisioterapia, devido ao fato de estar impossibilitada de locomoção foi efetuada em domicílio com solicitação médica,fiz fisioterapia de fev a jun/2011 – totalizando 60 sessões no valor de $50,00, fechando o valor de R$3.000,00.
    Dei entrada no DPVAT, com toda a documentação por eles solicitada, sem faltar nenhum documento e só tive o reembolso de R$828,00. Pergunto o valor do SEGURO DPVAT, não é até R$2.700,00? Porque então só tive o reembolso de R$828,00?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 20:16
    Enviado por: Jairo

    Boa noite.
    Junho de 2010 sofri um acidente de moto, tive fratura nos dois punhos, e lesão de face por conta de um corte, que resultou em 32 pontos.
    Resolvi dar entrada no DPVAT, meu amigo também se acidenteou a uns 3 meses e quis dar entrada no DPVAT com o advogado dele, então resolvei comunicar o mesmo para isso, o advogado dele teve aqui em casa, e disse que por fratura ele conseguiria, R$2050,00 ou sejá, totalizando R$4100,00, sendo que o mesmo cobraria 20% do valor por conta de dar entrada no processo.

    Pediu os documentos, RG CPF, Laudo Pericial e B.O autenticados,
    Xerox simples: Atestatos, Prontuario médico, Comprovante residencia e do cartão da poupança.

    Ele me disse que vai trazer uma folha pra preencher, e pegar os documentos para dar entrada no Beneficio,

    É correto entrar com advogado para receber o beneficio?
    Ou eu mesmo posso ir na assegurado e dar entrada, que vão pagar o mesmo valor?

    desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 20:46
    Enviado por: catia

    ola maira meu sogro foi atropelado ficou internado e por complicaçoes veio a falecer fazem 6 meses , quero dar entrada no dpvat mas perderam os documentos dele cic e rg e nao tenho doc nenhum dele como faço?(ele tinha conta em banco eles me cederiam um xerox dos docs?)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/09/2011 - 10:00
    Enviado por: jeronimo

    Bom dia Maiara gostaria de tirar uma duvida,a minha companheira perdeu a mae em um acidente automobilistico a 9 anos,e ate hoje nunca recebeu a indenizacao,no momento o advogado informa que esta passando por uma micro filmagem,o que ela deve fazer para ter esse beneficil? obrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/09/2011 - 11:43
    Enviado por: Adriano Alves dos Anjos

    Oi,

    Fui vítima de atropelamento com grandes perdas sequelas, meu processo ta parado a mais de um ano, não tive mais resposta, o que devo fazer? a quém devo ocorrer nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 11:34
    Enviado por: Tiago Jean

    Um amigo meu sofreu um acidente de moto,nesse ele perdeu um monte de dente da sua boca que está em torno de uns 10 mil reais, para ele fazer o implante.Sendo assim com seu direito em receber o seguro, pelo acidente de moto entro em contato com uma seguradora, na qual encaminhou ele para um dentista no qual foi feita uma perícia,nessa perícia o pessoal da seguradora falou com ele que a perícia foi recusada, e até hoje eles não solicitarão uma nova perícia e nem fizeram nada. O que ele deve fazer para receber o seguro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2011 - 08:48
    Enviado por: Fernanda

    Sofri um acidente de moto. Fui atendida em hospital particular com plano de saúde, porem meu plano é com co-participação, todos os procedimentos realizados tive despesas cobradas pelo plano por fora da mensalidade (cirurgias, radiografias e fisioterapias). Tenho direito ao DPVAT?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2011 - 12:29
    Enviado por: Luiz Isaac Zamai

    Olá, boa tarde, sofri um acidente em junho 1997 fiquei com sequela no braço direito e joelho esquerdo, na época com muito custo consegui receber uma micharia do DPVAT fiquei sabendo que tem um processo de revisão, vcs sabem algo?
    Por favor me retorne no meu email, tenho interesse em reaver esses pagto!
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2011 - 21:15
    Enviado por: marco antonio da silva

    quero saber se quem esta na garupa de uma moto, sofrer acidente se tem o direito de receber o seguro. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 10:07
    Enviado por: diana-AP

    Oi Sofri um acidente no onibus, a dez meses atraz , quebrei o braço esquerdo e passei por cirurgia e coloquei platina e seis parafuso perdir os movimentos do mão por um tempo, fiz fisioterapia por quatro meses e fiquei com uma cicatriz enorme no braço, quero saber se DPVAT, considerar isso invalidez permanente já que nunca mais vou tirar este ferro do meu braço e ainda esta empresa que ocorreu isto é cliente do escritorio que trabalho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 13:18
    Enviado por: Luiza silva

    Sofri um acidente de moto em junho desse ano e fraturei a perna tendo q colocar platina, gostaria de saber o valor da indenizacao, qnto tempo dmora p/ receber e se tenho q pagar as placas de platina?
    aguardo resposta, obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 16:41
    Enviado por: renata

    sofri um acidente quando desci da kombi cai tenho direito de dar entrada no dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2011 - 10:17
    Enviado por: elizabete costa

    olá,meu marido estava vindo do trabalho pela br 101 eram 7 horas da noite horario de pico.e teve um homem que se atravessou na frente dele ,como todos sabem na br 101 nõa da para parar.o atropelamento foi quase em baixo da passarela,no local aonde ocorreu o acidente não tem iluminação,e tem aquelas grades de proteção para as pessoas não atravessar na br 101.
    então com empacto meu marido jogou ele para cima e o carro de tras passou encima da cabeça dele.tivemos muitos prejuizos .meu marido ficou traumatizado.o carro ficou detonado.o acidente passou ate na televisão.foi um acidente horrivel.bem meu marido tem algum direito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2011 - 20:41
    Enviado por: Rosnagela Mendes

    No mes junho eu sofri um acidente de moto n estava pilotando, eu estava na garupa da moto uma mulher furou o pare o nos jogou longe, sou gestante, tive queimadura na perna ainda sinto dor nas perna direita estou andando mas sinto dor na perna ainda.
    Eu tenho direito ao seguro DPVAT?
    Ate qndo posso recorer?
    Oque preciso fazer pra recorer?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2011 - 20:54
    Enviado por: Gilson campos

    ola gostaria de dizer que sofri um acidente em 2005, e fiquei em coma, de dezembro até, fevereiro de 2006, gastei muito dinheiro com remedios, só sai do hospital em setembro de 2006 dei entrada sempre no dpvat… sempre ia atraz e não recebi nada, oque eu faço… ainda consigo receber algo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2011 - 17:40
    Enviado por: wendel

    Fase: 22/09/2011 - RELAÇÃO Nº 0516/2011
    COBRANÇA (ORD)-0027054-63.2009.8.16.0014-WENDEL MAYCON DE OLIVEIRA x MAPFRE VERA CRUZ SEGURADORA S/A-Homologo o acordo celebrado entre as partes por intermédio do instrumento de fls. 156/157, orientando-as a que cumpram e observem o que nele contem, ressalvados erros materiais e direito de terceiros eventualmente afetados por ele. No mais, declaro extinto este processo, na forma do art. 269, III, do Código de Processo Civil. Custas e honorários na forma pactuada… Publique-se. Registre-se. Intimem-se. Oportunamente, arquivem-se nos termos do capitulo 5, seção 13, do Código de Normas. -Advs. ROBSON SAKAI GARCIA e RAFAEL SANTOS CARNEIRO-.

    queria saber oq significa issu?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2011 - 19:47
    Enviado por: ivan

    A seguradora tem terceiros representando-a nos hospitais?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2011 - 17:00
    Enviado por: ivan

    Boa tarde, aqui na minha cidade, Tubarão SC, tem um escritório dentro do hospital com pessoas que dizem ser do DPVAT, fazendo os acidentados assinarem procurações para que eles cuidem da documentação para despesas hospitalares e consequentemente com o seguro, e cobram 30% da indenização, isso é legal? cabe uma denúncia?
    Grato, Ivan.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2011 - 17:52
    Enviado por: Anderson Miura

    Boa tarde!
    Sofri acidente de moto no mês de março, quebrei o fêmur e tive fratura exposta da patela. E tive q me submeter a três cirurgias, sendo q a última foi para trocar a platina q havia sido quebrada. Ainda me encontro no uso de muletas, o que me faz ser transportado por taxi, para a fisioterapia, consultas e universidade, pois não posso pegar ônibus ainda. A pergunta é, se os gastos que estou tendo com Taxi seram restituídos?
    Grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 17:38
    Enviado por: rogerio

    BOA TARDE,eu sofri um acidende em 2005 e tavam anunciando numa radio .que voce tinha dez ano para entrar e receber a indenizaçao do dpvat ,eu ainda tenho direito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 19:50
    Enviado por: Claudia Cristina Ribeiro

    Gostaria de Saber como devo agir,pois fui atropelada em 1994,fui parar na UTI fiquei em coma POR 7 DIAS,NO DIA DO ACIDENTE ,EU ENTREI EM ESTADO DE COMA PROFUNDO,MAIS MEUS FAMILIARES ME DISSERAM QUE O hOMEM QUE ME ATROPELOU EM ESTAVA ALCOLIZADO E OS POLICIAS ATÉ COMENTARAM,QUE NEM PRECISAVA FAZER O EXAME DO BAFOMETRO,FORAM TODOAS PARA DELEGACIA,ENQUANTO ISSO FUI ENCAMINHADA AO HOSPITAL,O QUAL DISSE QUE EU TINHA QUE SER TRANSFERIDA PARA O CONVENIO,O QUAL FUI LEVADA EM ESTADO DE COMA,E QUANDO CHEGARAM COMIGO LA ME DEU PARADA CARDIACA,CORRRERAM COMIGO PARA SALA DE CIRURGIA,O QUAL FUI OPERADA E FIQUEI AIMDA EM COMA,E COM TUDO ISSO NÕ RECEBI O SEGURO DO CARRO E NEM MESMO FOMOS CHAMADOS AO FORUM E SIM SO EM UMA REUNIÃO NA PROPRIA DELEGACIA.ESPERO ATE HOJE PELA INDENIZAÇÃO A QUAL NÃO TIVE.POR FAVOR ME LIGUE 011-25131154 / 011-2848-8766 / 011-2814-7044 FALAR COM CLAUDIA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 19:56
    Enviado por: CLAUDIA CRISTINA RIBEIRO BAPTISTINI

    Fui atropelada em 1994,foi muito grave fui parar na UTI e fui operada,gostari de saber se tenhyo direito no DPVAT

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2011 - 19:29
    Enviado por: Solange

    Boa noite, gostaria de saber para receber o seguro do dpvt,so da direito o carro em movimento.O acidente foi em numa oficina mecanica onde o veiculo veio desabar em cima de meu esposo,acotecendo um acidente tever que colocar um protese na cabeça do fermo e fazer cinco cirugias da uretra. Grato aguardo resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 12:39
    Enviado por: DANIELE

    boa tarde eu fui atropelada no dia 06/04/11 desmaiei no local, fui socorrida para um hospital publico, ñ gastei nada com remedios, no hospital tirei uma radiografia que não constou nada. Porém até hoje sinto dor na parte do corpo onde o carro bateu, fiquei com cicatrizes no braço e no rosto. Quero saber mesmo sendo socorrida para um hospital publico e não ter gastado nada com remedios eu tenho direito de receber alguma indenização. aguardo resposta obg

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 15:22
    Enviado por: ivani

    Boa tarde,meu marido sofreu um acidente gravissimo em 29/07/2010,o acidente ocorreu, 10 minutos após ele ter largado o serviço o qual constou no CAT como acidente de percurso, até aí tudo bem, gostaria de saber qual os direitos dele e mais ou menos o valor a ser recebido pelo Seguro DPVAT, uma vez que ele quebrou o femur em 3 lugares, tem 8 parafuso ns perna prendendo uma haste que vai do joElho até a ponta do femur, ficou com sequelas neurológicas
    (MARCHA ATAXICA)SÓ ANDA COM BENGALA, continua com fortes dores na perna e faz fisioterapia ainda, dei entrada no DPVAT através de uma advogado e o mesmo diz que ele a resposta que obteve da seguradora é que teve lesão parcial e que só terá direito a menos de CR$1000,00,o carro deu perda total, a placa é de Corumbá-MS e ele estava sózinho no carro, O advogado deu entrada aqui no Pará,e com esta resposta quer dar entrada agora em processo administrativo para ver se dá mais, mas devido o valor irrisório gostaria de transferir, para MG.gostaria que por gentileza alguém me ajudasse e me esclarecesse sobre os direitos reais dele.
    Fico – lhe grata pela atenção e gostaria de uma resposta o mais breve possivel para ver que atitude devo tomar.
    Ivani

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 18:20
    Enviado por: Fernando

    Meu pai sofreu um acidente. ele estava d moto e foi atropelado por uma caminhonete e teve fratura exposta na perna, a moto dele nunca foi emplacada ele tem direito do DPvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 18:40
    Enviado por: luciana mira de assumpção

    Meu tem uma companheira a 2meses e ele sofreu uma acidente de moto e ocasionou sua morte ela tem direito de receber esse beneficio junto com a filha de 12 anos?
    obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 19:42
    Enviado por: Gildalmo Ribeiro da Silva

    Gostaria de fazer denuncias de fraudadores em minha cidade. Mas no site oficial do DPVAT nao tem esse campo.Gostaria de denunciar por e-mail.
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2011 - 10:44
    Enviado por: jacqueline

    Bom dia,
    Gostaria de uma informação:
    Meu marido no dia 08/03/1997 foi atropelado num canteiro de obras , onde sstava trabalhando, em M.G ( hj moramos em SP), foi socorrido teve fraturas fez cirurgia e no decorrer desse tempo o dedo dele esta entortando ( fez cirurgia no pulso) literalmente dobrou e nao desdobra mais. Na epoca nao recebemos o DPVT. Sera que ainda temos direito? e ele e pedreiro precisa da mao , dedos para trabalhar
    obrigada aguardo uma resposta
    jacqueline

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2011 - 10:34
    Enviado por: catarina

    sofri um acidente em 2009,fiquei com seguelas na coxa esquerda ainda uso bengala para andar na rua.Em 2011 recebi 2.380 reais.isso ta certo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2011 - 16:55
    Enviado por: Julio Cesar de Souza

    Eu eminha esposa sofremos acidente de moto em dez 2010,fomos socorridos por terceiros até o hospital tive fratura de tornozelo e patela,ela da patela e passou por cirurgia esta afastada pelo inss até dez.2011, eu fiquei seis meses afastado não foi feito b.o. podemos requerer odpvat é possivel fazer b.o.depois de todo este tempo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2011 - 16:29
    Enviado por: Joel Fernandes

    Gostaria de saber, meu irmão sofreu um grave acidente no ano de 1999, porém nunca recebeu nenhuma indenização do dpvat por falta de informação…

    Ainda é possível entrar com recurso para receber o mesmo….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2011 - 20:13
    Enviado por: eliana

    gostaria de saber se eu tenho direito de receber o seguro DPVAT estava de bicileta e fui atropelada por um carro tive luxaçao escoriações pelo corpo o samu me levou ao hospital bati varias radiografias

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2011 - 23:37
    Enviado por: Dirceu

    entrei com pedido de indenização ,após de toda documentação entregue fui ao medico da seguradora e ele indeferiu só que estou afastado pelo inss por acidente de trabalho com sequela psicologica levei ao medico inclusive o laudo que era para pericia do inss, gostaria de saber se posso entrar na justiça para reinvindicar meu direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2011 - 07:32
    Enviado por: Alexandre Queiroz de Souza

    Bom dia, sofri um acidente à 4 meses e entreguei meus documentos (cópia Rg, Laudos, Prontuario…) a um profiossional para dar entrada no meu seguro DPVAT. Ele falou que já deu entrada e que dentro de +- 40 dias saíria a resposta, porém eu não assinei nada; gostaria de saber se este é o procedimento normal. Agradeço desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2011 - 16:05
    Enviado por: Marcio de Paula

    Boa tarde,
    Sofri um acidente em 23/07/2010 entre minha moto e outra moto, onde a segunda foi a causadora não respeitando o pare existente no cruzamento, tudo isto consta no BO da Polícia Militar e no BO da Polícia Cívil, como fui orientado juntei todos os documentos referento o acidente, documentação do Hospital que me atendeu e o laudo do IML que diz que perdi aproximadamente 15% do movimento do meu pé esquerdo.
    Na data de hoje recebi a noticia que o meu pedido de indenização foi negado pois na data do acidente o meu Seguro DPVAT não estaria pago, esclareço que a minha moto tem a placa final 5 e que como de costume o Seguro é sempre pago na ocasião do licenciamento do veículo no mês de Agosto. pois bem a LIFE Reguladora alegou que não faço juz ao rewferido seguro pois na ocasião meu seguro não estava pago e digo que não é verdade, se alegislasão que exige o pagamento do Seguro DPVAT e a legislação do Transito onde diz que para circular pelas vias terrestres o veículo deve estar devidamente licenciado e para que seja emitido o Comprovante do licenciamento o proprietário deve pagar o IPVA e o referido Seguro DPVAT ou como é conhecido como “SEGURO OBRIGATÓRIO” pois bem como dito antes e repito minha moto tem placa com final 5 e no estado de São Paulo placas final 5 efetua o licenciamento no mês de Agosto, até o presente momento desconheço legislação que obrigue ou regule o pagamento de qualquer imposto ou seguro veicular no início do ano para que o proprietário ou quem quer que se envolva em acidente esteja coberto pela lei. Eis que pergunto esta correta a posição da Seguradora em cancelar simplesmente o meu pedido de indenização?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/10/2011 - 17:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Infelizmente a corretora está correta neste caso. Você precisa fazer uma reclamação no Procon e procurar um adovgado para tentar uma solução negociada via Justiça para ver se é possível algum recurso para obter a indenização. Achamos que você não conseguirá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/10/2011 - 21:11
    Enviado por: josé felipe nazario de almeida

    olá meu nome é jose felipe eu sofri um acidente em 2007 e dei entrada com um advogado mais ele me falou que o dpvat não aceitou eu sofri um acidente de moto tenho o femur e ante braço operado e tenho pinos e platina nos dois como é que eu faço pra dar entrada e receber aguado sua resposta
    anteciosamente
    josé felipe

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 08:05
    Enviado por: Dirceu Causo Filho

    Bom dia, Entrei com a documentação deu tudo certo passei por um psiquiatra indicado pela seguradora só que ele indeferiu só que apessoa que autorizei por procuração não me da mais detalhes e não consigo encontra-la . Posso cassar a procuração e tambem posso entrar com uma ação contra a segurado devido o suposto resultado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 09:52
    Enviado por: Adaildo

    em caso da vitima ter um filho e não ser casado os pais tambem tem direito ao DPVAT, como proceder

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2011 - 10:21
    Enviado por: gerson da silva

    ola gostaria de saber se eu que sofri um acidente a uns 19 anos atras tenho direito a receber o seguro e se tenho qual e o caminho grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2011 - 02:50
    Enviado por: Luiz Fernando

    Olá!Quero informações de quais direitos tenho numa situação em q fui assaltado no dia 15_10-2011 por 03 homens armados dentro de um ônibus de uma empresa particular(ASTRASUS)enquanto viajava.Esse tipo de situação ocorre com uma certa frequencia por ser uma rota turística(praia).Tenho condições de ser indenizado por Danos Morais e Materiais?Por favor independete da resposta,informar o PASSO-PASSO de como proceder e quais locais me dirigir!
    Desde já,mto Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2011 - 18:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de indenização. A empresa de ônibus não pode ser responsabilizada, já que é tão vítima quanto os passageiros.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/10/2011 - 16:10
    Enviado por: elaine reis fernandes

    boa tarde no dia 11 se setembro sofri um acidente com meu ex marido e quebrei abaixo do juelho da perna direita e vou ter que fazer fisioterapia para voutar ao normal,e no dia do acidente nao me derao papel nenhum da ocorrensia,e meu ex marido sumil eu era o carona e agora nao sei oq fazer tenho tres filhos dois mora com migo to dependendo de ajuda de custo dos outros eu trabalhava de diarista e no momento nao posso mais trabalhar,nao posso pizar no chao e sera que eu resebo o seguro dpvt e como que eu devo fazer pra correr atras ….e se eu como carona tenho direito….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2011 - 17:58
    Enviado por: luciane da silva lima

    No ano passado o meu pai sofreu um acidente no porto chibatão,ele fazia o trabalho de terraplanagem em uma área do porto em uma retroescavadeira, e houve um desmoronamento seguido de deslizamento onde o veiculo foi em direção do rio, ele e outro funcionário ficaram soterrados no fundo do rio, e não houve posssibilidade de encontrar os corpos, pela grandeza do acidente a justiça liberou o atestado de óbito por entender que não havia chance de sobrevivencia, muitas pessoas nos dizem que temos direito ao seguro DPVAT,gostaria de ter certeza, gostaria de receber orientações se possivel por E-mail.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2011 - 18:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não respondemos por e-mail. Não temos as informações que você pede. Procure o Detran ou um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/10/2011 - 23:42
    Enviado por: edivaldo

    um menino de 7 anos entrou na frente do carro bati e o garoto quebrou um dente ele tera que colocar protese ate os 16 anos depois colocar o definitivo o dpvat cobre eu nao tinha carteira e o carro e da minha mulher nao fisemos ocorrencia quero saber ate onde eu tenho que pagar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2011 - 09:29
    Enviado por: Danny Karol Moroca

    Oi, bom dia!
    Meu pai sofreu um acidente de moto há 15 dias, ele estava distante da cidade, e acabou não fazendo um BO. Gostaria de saber se mesmo assim ele tem direito de receber o seguro? Visto que ele está temporariamente impossibilidado de trabalhar, pois teve três fraturas ósseas no membro inferior direito.
    E como devemos proceguir com o pedido?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2011 - 13:14
    Enviado por: jefferson

    o Dpvat pode ser recibido 2 vezes na parte administrativa e juridica ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 01:20
    Enviado por: maria elizabeth

    meu ex marido faleceu no começo do ano,e a amante dele que o socorreu ficou com todos os documentos,inclusive o laudo do iml.agora eu preciso desse documento e ele não me dar .o que devo fazer?preciso de um advogado ora conseguir uma ordem judicial?me ajude por favor,não sei o que fazer.obg

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 03:39
    Enviado por: Nelson Silas

    Boa Madrugada a todos !

    Fui atropelado no dia 29/06/2011, fraturei a tibula e a fibula, sendo necessário passar por procedimento cirúrgico. Fiz a cirurgia meu plano cobriu cobriu 80% dos gastos medicos e cirurgicos, sendo R$2.700 serao descontados em folha de pagamento durante 6 meses, somente quando volta ao trabalho, atualmente estou recebendo auxilio do INSS. Minha duvida é Posso solicitar o valor acima ? Pelo DPVat para quita-lo adiantadamente ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2011 - 10:04
    Enviado por: marcelo dos santos oliveria

    eu sofri a acidente de moto fikei com com 5 cemtimetro de perna mais curta ..e 30% de perda do joelho esquerdo a seguradura pagou 2.312.00 reais isso ta serto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2011 - 15:03
    Enviado por: Marcos Lara

    Meu pai proprietário de um veiculo Viat uno, sofreu um acidente em Oliveira-MG, estacionou o seu veiculo em uma praça bem íngreme esqueceu de engrenar e de acionar o freio de mão, apenas encostou a roda no meio fio, o veiculo começou a descer, no intuito de para o veiculo, o condutor(meu pai) caiu, quando uma das rodas passou sobre uma das pernas, após o acontecido foi levado ao pronto atendimento, foi atendido e liberado a noite sentindo dor, então viajou de ônibus até Divinopolis-MG, onde foi internado novamente e veio a falecer .
    Ele não tem carteira de habilitação.
    OBS. Posso acionar o seguro obrigatório em beneficio de minha mãe?
    Como devo fazer?
    Obrigado pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2011 - 19:53
    Enviado por: renato

    eu sofri um acidente e quebrei os dedo eu resebo alguma coisa do
    dpvat

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2011 - 21:05
    Enviado por: Débora

    srs.
    boa noite

    Gostaria por gentileza de saber, se vitimas com linha de pipa tem direito a receber o valor do seguro? Meu noivo estava de moto e teve o pescoço cortado com uma linha com cerol e veio a falecer?A mãe dele pode receber o valor?

    agradeço se obtiver retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2011 - 21:09
    Enviado por: DÉBORA

    srs.
    bOA NOITE.
    MEU NOIVO SOFREU UM ACIDENTE DE MOTO, ONDE TEVE O PESCOÇO CORTADO COM UMA LINHA DE PIPA E VEIO A FALECER. A MAE DELE TEM DIREITO A RECEBER O DPVAT? FICO GRATA SE PUDEREM ME AUXILIAR.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2011 - 10:32
    Enviado por: mauro

    Olá amigos, eu sofri um acidente de carro no qual o motorista morreu, e eu como passageiro tive fratura do femur esquerdo, nao voltei a andar normalmente, como sequela ando mancando, na epoca nao tinha conhecimento dos meus direitos do dpvat, o acidente ocorreu em 23/01/1993, os parentes do falecido receberam indenização, mas eu nem um tostão !! gostaria de saber se tenho direito tambem !! obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/10/2011 - 10:50
    Enviado por: fernanda

    Olá,
    Sofri um acidente de carro em Julho/2011, fraturei a coluna e fiquei afastada pelo INSS durante 4 meses. Todo procedimento foi feito pelo SUS, tenho direito a algum tipo de indnização? No DPVAT informaram que preciso passar por uma perícia no IML, essa informação procede?
    aguardo resposta,
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/10/2011 - 22:17
    Enviado por: Ivete

    Ola, sofri um acidente de carro, precisei colocar uma placa de titanio, tenho plano de saude, porém meu plano nao cobre esse tipo de tratamento, fiz o procedimento atraves do meu plano de saude, eles me cobraram pela placa no valor de 12.500,00. Posso solicitar o seguro dpvat para ressarcir as despesas referente a placa que coloquei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 12:01
    Enviado por: Samuel Fogaça

    Sofri um acidente de moto, precisei fazer cirurgia no 5º dedo da mão direita, tudo que fiz foi pelo convenio medico que a Empresa onde trabalho me disponibiliza, gostaria de saber se tenho direito a indenização, pois tem que ter as notas com gastos médicos…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 14:54
    Enviado por: wagner guedes ferrira

    Ouvi dizer por um amigo que eu tenho direito a um beneficio mensal pelo dpvat,pois sofri um acidente grave que quase me decepou a perna, e já estou recebendo beneficio pelo inss a quase um ano,então será que mesmo já sendo beneficiado pelo inss eu tenho direito a outro pelo dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 20:54
    Enviado por: josé dornelles

    sofri um acidente de transito, e fraturei a perna. como que posso receber a indenização?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2011 - 07:48
    Enviado por: Lázara Fernandes

    Bom dia, estou desesperada, pois fraturei a tíbia e vou precisar ficar 90 dias sem colocar o pé no chão. Recebi atestado médico de pelos 90 dias, já dei entrada no auxilio doença pelo INSS. Liguei no 0800 do DPVAT e a atendente disse que não tenho direito a indenização pelo acidente, que tenho direito apenas a ressarcimento de 2.000,00 e comprovando notas fiscais de remédio. Isso é verdade??????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2011 - 17:56
    Enviado por: sara

    sofri um acidente de moto sem colisão, motivado por avenidas danificadas. tenho direito ao seguro dpvat?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2011 - 12:26
    Enviado por: alessandra lopes

    meu comentário é critico meu marido sofreu um acidente de moto, no dia 24 de dezembro de 2010 veio a falecer no dia 29 só tenho uma filha com ele de 11 anos vivemos juntos 10 anos só porque eu nao tinha como provar o companherismo não recebi a minha parte no dpvat então eles deveriam ter pagado tudo a minha filha que é a unica herdera se só deram a metade onde está a outra´parte quem vai recebe-la

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2011 - 15:53
    Enviado por: Thamara

    Olá, tenho uma amiga q seu marido vinha na moto e um carro bateu nele e acabou morrendo. Ele deixou um filhinho de 1 ano. Quais os direitos que ela pode ir atrás, alem do DPVAT? Tem direito a alguma coisa em relação a sua moto q ficou precisando de mtos reparos? E outra, ele nao pagava INSS, a esposa pode receber alguma beneficio pra se sustentar durante um tempo?? Aguardo resposta OBG

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 08:17
    Enviado por: anthony

    sofri um acidente de moto e quebrei o pé, sendo que meu dpvat estava atrasado tenho direito ao seguro? já faz um mês que aconteceu e ate hoje não consigo andar direito, quero saber quais são os documentos necessários para dar entrada, só tinha pago o ipva, e as taxinhas de bombeiro etc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2011 - 17:41
    Enviado por: paulo

    Meu sogro dirigindo sofreu um enfarte, bateu o carro e faleceu ainda dentro do veículo. Sua esposa tem direito a receber o seguro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2011 - 18:23
    Enviado por: anderson

    eu quebrei a escapula direita, e a moto nao era minha tenho 19 anos e nao tenho carteira. estou em tratamento quanto em dinheiro eu tenho direito? onde eu entrego os meus documentos?necessarios?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2011 - 18:43
    Enviado por: sergio pereira campos

    sofri um acidente e a dois anos espero receber o depvat sera que quando eu for receber vou receber tambem o juro e demora tanto tempo assim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2011 - 16:02
    Enviado por: nubia queiroz

    oi ja faz quasedois anos e meu seguro ainda nao saiu pos meu estou com medo de meu advogado ter recebido eme passado aperna por favor me de uma orientaçaode q devo fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 10:17
    Enviado por: joão lopes

    ola amigo eu perdi a minha mae em um atropelamento fatal
    em setembro de 2007 recebi 13.500 me falaram que tenho mais uma
    quantia a receber isso e verdade se for como fasso para receber

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2011 - 13:42
    Enviado por: Juliana Oliveira

    Eu me acidentei de moto e não fiz o boletim de ocorrencia… tem como receber o seguro sem o b.o?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 11:42
    Enviado por: Joao Santana

    Meu pai morreu numa acidente de carro em 24/01/2004 e minha mãe não deu entrada até hoje (16/11/2011), soube que o prazo máximo para solicitar o seguro é de 3 anos após o acidente. Existe alguma forma de ganhar o seguro, com um advogado especializado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2011 - 15:22
    Enviado por: rosa maria marques de paiva

    gostaria de saber se ainda tenho direito de receber um seguro de uma poupança ouro do banco do brasil de 1992,motivo morte natural de meu marido, ele tinha uma poupança ouro na epoca, o gerente falou que eu não tinha direito,pois só se meu marido tivesse morte acidental,mais fiquei em duvida achei que ele me enroluo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2011 - 16:14
    Enviado por: tamires regina dos santos

    sofri um asidenti em agosto deste ano tive gastos com medico e com medicamentos,como fasso para acinar o siguro e quais sao as documentosao necesarias

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2011 - 16:35
    Enviado por: zezinho

    boa tarde eu sofri hum grave acidente no dia 04 de março de 2009 ja pasei por todos os inxames incluxive oh de IML dai fui ate a seguradora dei entrada nos papeis so que ate agora ok eu recebo de resposta da seguradora e que eu espere mais hum pouco e nesta brincadeira ai ja se vai mais de tres meses e nada ainda e tabem pasei por pericia do nsss ea medica avaliou a minha situaçao falo pra mim que eu nao voltava mais ao trabalho mais nao me aposento tabem por invalides ne ja que eu nao tenho condiçoes de andar sem a ajuda de moletas pq minha perca ficou mais curta que a outra dai agora gostaria de saber que medidas eu devo tomar pra corer atras da aposentadoria por invalides e se vc saberia me informa qual eo tenpo que a gente ten que espera da seguradora pra obiter a resposta do seguro ok abraço e agardo por resposta aki

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2011 - 16:32
    Enviado por: Benedito Gonçalves de Carvalho

    Palhaçada a tanto tempo pago dpvt meu filho foi atropelado dizem que só cobrem as despesas com médicos ,remédios, e hospitais quer dizer então que as cicatrizes que meu filho vai ficar fica por isso mesmo,os hospitais que atendem pelo sus,quase todos atendem mal mas somos obrigados a pagar a previdência e pra que,sou obrigado a pagar o dpvat pra que,nessa hora eu sinto me humilhado sinto vergonha de ser brasileiro e os homens do poder não estão nem ai com o sofrimento e humilhação do povo brasileiro agora estão falando da mudança da lei do consumo de álcool ao dirigir mas como fica o excesso de velocidade,as imprudências como vai ficar e depois ainda sou OBRIGADO APAGAR ESSE MALDITO DPVAT>

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2011 - 21:22
    Enviado por: Mili

    Uma senhora de 84 anos foi atropelada e teve fratura de bacia.Ela terá de ficar de cama por no minimo 2 meses p/ recuperação com grande chance de se tornar invalida permanente devido a idade. Existe a possibilidade de ela receber o seguro DAMS e no futuro o de Invalidez Permanente? Por favor me esclareça. Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2011 - 08:27
    Enviado por: Jaqueline

    Olá,

    Tenho uns conhecidos que sofreram um acidente de carro, sendo que o pai que estava dirigindo morreu, a mulher saiu sem ferimentos, o filho mais velho teve politraumatismo e a outra filha quebrou a perna, o que o DPVAT, paga para essa familia, quem pode receber e como faz para receber?? fico aguardando a resposta, ok, obrigada…Abraço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2011 - 16:06
    Enviado por: renato

    boa tarde tenho um tio que sofreu um acidente de carro a mais de um ano e ficou com sua mao e o braço defeituosos devido o acidente e impossibilitando de arrumar serviço por sequelas na mao tem direito a receber a indenização?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2011 - 16:48
    Enviado por: Wallace

    sofri um acidente é tive que passar por duas cirugias, queria saber se posso receber o seguro por 2 vezes pelo de ter passado
    por duas cirugias, tendo em vista que fiquei 9 meses sem poder fazer nada e depois tive que fazer outra. Há possibilidade?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2011 - 17:44
    Enviado por: VAGNER

    SOFRI UM ACIDENTE DE MOTO 11/08/2011 MAS A MOTO NAÕ ESTA NO MEU NOME TENHO DIREITO AO DPVAT QUANTO TEMPO DEMORA PARA SAIR

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2011 - 22:38
    Enviado por: Ana

    tenho um trabalho de escola c vc poder me ajudar ficarei grata. seu jose morre em um acidente de carro, dona maria nao teve nenhum dano, filho mais velho ficou politraumatizado sendo encaminhado p uti, a filha sofreu ferimentos leves quebrou o braco e levou alguns receituarios medicamentosos p comprar. Quanto o DPVAT deve pagar p cada menbro da familia?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 13:08
    Enviado por: salomão fernandes nunes

    + ou – a dois anos dei entrada em dois processos depvat mais minha advogada mudou o endereço do escritorio e eu perdi contato com ela, mas passei a acompanhar o processo pela internet, de repente o processo sumiu. Como saber o que aconteceu? segue o numero dos processos: 200902744539 e 200903315216.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 15:02
    Enviado por: Eliane Mariana Dos Santos

    SOFRI UM ACIDENTE DIA 1ºDE JUNHO ,E SEMPRE PAGUEI MEU SEGURO OBRIGATÓRIO JUNTO COM O LICENCIAMENTO QUE VENCE EM SETEMBRO E TODO ANO EU PAGO EM AGOSTO , AGORA EM NOVEMBRO EU DEI ENTRADA NO SEGURO DPVAT E ELES ME NEGARAM ALEGANDO QUE NO DIA DO SINISTRO O SEGURO OBRIGATÓRIO ESTAVA EM ATRASO o QUE FAZER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 16:46
    Enviado por: Cleia Márcia

    Sofri um acidente saindo do hospital de motocicleta, onde um carro com 5 jovens abriu a porta em transito e bati com a moto na porta e fui arremessada a frente. Eles me levaram ao hospital onde fui atendida por escoriações e fratura do dedo esquerdo (falange). Minha moto estragou. Quero saber se tenho direito ao seguro já que no dia exato nao fiz o BO, pois exatamente na mesma hora em que tudo acontecia minha mãe faleceu e fiquei muito abalada. Apenas apos a revisão ao ortopedista para avaliar o dedo é que tive essas informações já que estou tendo gastos com medicamentos e preciso consertar a moto.
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 19:19
    Enviado por: GISLAINE FARIAS

    BOA NOITE!

    O MEU IRMÃO SOFREU UM ACIDENTE HÁ 4 ANOS ATRÁS, TEVE FRATURA EXPOSTA E TEVE DE USAR PLATINA, O MEU VIZINHO NOS INFORMOU QUE ELE PODERIA RECORRER PARA RECEBER INDENIZAÇÃO DO SEGURO DPVAT, ISTO É PROCEDENTE? COMO DEVO FAZER? O CASO DELE TAMBÉM SE APLICA AOS DEMAIS CASOS??

    POR FAVOR NOS AJUDE!

    OBRIGADA!
    ATT.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2011 - 00:56
    Enviado por: Anderson

    sofri acidente de carro, e quebrei o joelho esquerdo em 4 partes, coloquei pino e tenho dificuldades de andar até hoje, quantos mais ou menos eu recebo de indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/12/2011 - 11:21
    Enviado por: adnael aparecido feliciano

    se eu for atropelado de bicicleta por um carro quais sao os meus direitos de idenisasao ela paga seg terseiro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2012 - 15:42
    Enviado por: wesley soares

    sofri um acidente de moto dia 06/04/2012 mais ainda nao paguei dpvat tenho direito de reebolso pelo que gastei com medicamento

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: