Estado.com.br
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Nova lei garante lucro aos consórcios

Categoria: Coluna Josué Rios

JOSUÉ RIOS – COLUNISTA DO JORNAL DA TARDE

O Sr. Furtado, o Consumidor, bombardeado de notícias sobre a nova lei dos consórcios me telefonou para saber: “Você vê algum ponto positivo na lei ou vai criticar tudo?”

Respondo: há sim um aspecto altamente positivo para o nosso bolso na nova lei ( Lei 11.795, de 8 de outubro de 2008). Qual? O artigo 45 livra os consorciados do apetite dos tabeliães.

Em São Paulo, quem adquire um pequeno imóvel, ao custo aproximado de R$ 100 mil, precisar desembolsar cerca de R$ 2 mil para lavrar a escritura pública – e a nova Lei dos Consórcios acaba com a sangria ao determinar que “o contrato de compra e venda de imóvel por meio de consórcio poderá ser celebrado por instrumento particular”.

Logo, quem adquire o imóvel via consórcio não vai precisar lavrar escritura pública, bastando o contrato particular, ficando dispensado do ranço formalista do tabelionato.

Aliás, a Lei dos Consórcios também dispensa o consorciado de gastar com o registro do veículo nos cartórios de títulos e documentos, bastando a anotação no certificado do carro.

Ao que parece, as empresas de consórcios quiseram diminuir o impacto do preço do produto “vendido” aos consorciados, livrando-se do apetite voraz do mundo cartorial. Isso acaba sendo bom para o consumidor.

A lei tem outros pontos positivos, como a proibição da empresa de consórcio poder usar o dinheiro dos consorciados para pagar suas contas. Dinheiro dos grupos de consórcio não se mistura com o caixa da administradora. E a nova legislação também aumenta a responsabilidade dos dirigentes e amplia o poder de fiscalização do Banco Central sobre as empresas do setor.

De modo geral, a nova legislação parece mais uma “encomenda” bem-sucedida dos empresários do ramo ao Congresso Nacional do que propriamente um trabalho de iniciativa pura e real dos congressistas. Buscou contemplar efetivos interesses mútuos de empresários, embora também da parte mais fraca, o consumidor.

Digo isso por conta da corrida que os órgãos de defesa do consumidor precisaram empreender à última hora para reivindicar que o presidente Lula vetasse alguns tópicos da lei, que eram claramente nocivos aos consorciados. Deu certo.

Uma das aberrações vetadas por Lula diz respeito a uma passagem da lei que determinava o seguinte: a empresa de consórcio só estava obrigada a tirar dinheiro do seu caixa para pagar prejuízo causado por ela aos consorciados em caso de “gestão negligente, temerária ou fraudulenta”.

Em outros palavras: se o consumidor não provasse que a empresa de consórcio meteu a mão na grana dos consorciados, o resto estava valendo, ou seja, a má gestão estava liberada.

Outro lesão abortada pelas entidades de consumidores referia-se a dificuldades criadas pela lei para o contratante do consórcio exercer o direito de arrependimento do negócio no prazo de sete dias.

Mais: a pedido das entidades consumeristas, também foi vetado o artigo que impedia o desistente de receber o valor pago ao consórcio imediatamente à desistência ou exclusão.

Sobre o veto da parte da lei que impedia a devolução imediata do dinheiro do consorciado, é bom ficar claro que o veto foi necessário. A forma de devolução prevista na lei só favorecia a empresa de consórcio, mas isso não quer dizer que a situação atual do consumidor que sai de um consórcio é boa. Por quê?

Mesmo com veto, quem desiste de um consórcio quase sempre nunca recebe o que pagou de imediato – e somente ver a cor do dinheiro antes do final do consórcio se brigar muito na Justiça e der sorte de o processo ser julgado por um juiz favorável à devolução imediata. Eis aí uma questão que, com veto ou sem veto, não está resolvida.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

143 Comentários Comente também
  • 22/10/2008 - 16:43
    Enviado por: Caio S

    Olá, Gostaria de relatar minha situação e obter alguma informação que possa me ajudar.

    Sou assinante da NET. Trocaram o decodificador que já possuía por outro. Quando da troca solicitei o manual do novo aparelho. O instalador disse que não o tinha, devendo eu entrar em contato com a central de atendimento e solicitar o manual.

    Foi que fiz, foram 5 contatos com a central de atendimento e 5 prazos descumpridos! Cansado entrei em contato com a ouvidoria da empresa, onde além de solicitar a correção do problema (que me fosse entregue o manual) solicitei um desconto na fatura pelo descumprimento dos prazos estabelecidos pela própria empresa.

    Foi-me dito que não poderia ser dado um desconto pois não houve interrupção do sinal. Confrontei a ouvidora com a resolução 488 da Anatel (03/12/07) que diz em seu capitulo II, Artigo 3º, números X e XI que é direito do assinante:

    “XI – adequada prestação do serviço que satisfaça às condições de regularidade, respeito no atendimento, cumprimento de normas e prazos procedimentais;

    X – reparação dos danos causados pela violação de seus direitos;”

    Minha interpretação deste artigo é que qualquer violação é digna de reparação, e não apenas a interupção do sinal, como quer me fazer crer a NET.

    Será que a empresa tem o “direito” de descumprir os prazos que ela mesmo acorda com as pessoas sem nenhuma reparação?

    Obrigado pela atenção,

    Caio S
    Curitiba – Paraná

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2008 - 08:13
    Enviado por: Carlos Joanutti

    Olá.

    Estou com a dúvida de aplicação ou nao da nova Lei dos Consorcios.

    Estou com receio de finalizar contrato com a administradora, de um crédito de +-45 mil reais.

    Com a nova Lei as administradora já devem aplicar seus artigos?

    Devo esperar até fevereiro 2009?

    Obrigado pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2008 - 10:42
    Enviado por: Pedro Carlos Dias

    Olá!
    Tenho um consórcio de imóveis, e com o agravamento da crise que assola o mundo, não estou tendo condições de continuar pagando as pretações, já estou inadimplente em uma (01) parcela, o valor pago esta em torno de R$ 30,000,00, como devo proceder para resgatar este valor?
    A nova lei dos consórcios já esta em virgor e o que ela me garante?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2008 - 09:47
    Enviado por: Elisangela

    Olá,

    Tenho uma carta de crédito já contemplada para aquisição de imóvel no valor de R$ 37.000,00, já paguei em torno de R$ 18.000,00, estou tendo dificuldades em adquirir o imóvel.
    Com a nova lei dos consórcios é possível que eu cancele o contrato com a administradora e recebea de imediato o valor investido?

    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2008 - 13:46
    Enviado por: Vitor Luiz Cachoeira

    Olá!
    Tenho um consórcio de imóveis, não quero continuar pagando as pretações, o valor pago esta em torno de R$ 36,000,00, como devo proceder para resgatar este valor?
    A nova lei dos consórcios já esta em virgor e o que ela me garante?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2009 - 14:57
    Enviado por: Marcia Santos

    Boa Tarde, adquiri uma cota de consórcio e estou pagando a quarta parcela este mês, gostaria de saber se existe um limite máximo para ofertar de lance, e também, caso queira desistir deste consórcio, se consigo receber o direito que paguei até agora.
    Grata
    Marcia Santos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/03/2010 - 21:33
      Enviado por: Alexandre

      O juiz Paulo de Toledo Ribeiro Júnior condenou uma empresa de Consórcio a devolver a um ex-consorciado, que desistiu do grupo ao qual pertencia, o valor referente às parcelas pagas. A empresa, além de restituir o cliente, deverá acrescentar ao valor a ser pago juros e correção monetária, que devem ser calculados desde a data da exclusão. A única verba que deve ser excluída deverá ser a taxa de administração. “Ela é devida, já que se destina a remunerar a tarefa da administradora”, explicou o magistrado.

      O consorciado ajuizou Ação de Cobrança de Parcelas Pagas em Consórcio de Veículo Automotor, em desfavor da empresa de consórcio, pleiteando a imediata devolução do valor pago. Conforme o processo, ele firmou contrato em maio de 2003 para a aquisição de um veículo Frontier por meio de consórcio. Nos autos consta que em agosto de 2004, por causa de problemas diversos, ele não teve condições de continuar o pagamento das prestações. Com isso, teve seu nome excluído do grupo de consórcio ao qual pertencia.

      Em defesa, a empresa de consórcio contestou a ação dizendo não se negar a devolução pretendida pelo autor, entretanto só poderia devolver o valor devido ao cliente após o término do prazo contratual, para que não houvesse prejuízos para os demais consorciados.

      Conforme o juiz titular da Vigésima Vara Cível de Cuiabá, Paulo Toledo, para o caso em questão é aplicado o Código de Defesa do Consumidor, e assim, é necessário transferir ao requerido o ônus de efetuar a prova de que o lugar que ocupava o autor continuou vazio. Somente isso, segundo o magistrado, justificaria a mantença das importâncias pagas até o final do grupo. “Não trazendo essa prova, não há como acreditar que o lugar ocupado pelo autor ainda está vago”, explicou o juiz.

      “Realmente o contrato de consórcio, nada mais é do que um contrato de compra e venda de um bem, apenas que existem algumas nuances, que facilitam a aquisição desse bem, por parte do consumidor, geralmente com pequeno poder aquisitivo. (…) Facilita-se a aquisição do bem e por sorteio ou por um lance, essas pessoas, reunidas em grupo, passam a adquirir o bem, que individualmente não conseguiriam”, explicou o magistrado.

      Além disso, o juiz Paulo de Toledo destacou que o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 51 torna nula a cláusula contratual que determina que a devolução do integrante desligado do grupo de consórcio, se dê apenas no final do prazo contratual. “Não se justifica impor ao ex-consorciado que aguarde até o final, se ele não mais pertence ao grupo”, ressaltou.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/01/2009 - 11:53
    Enviado por: EDUARDO SILVA

    PAGUEI CONSORCIO PORTO IMOVEL POR 36 MESES INICIANDO COM 350,00 AO FINAL 36 MESES ESTAVA EM 650,00 NÃO CONSEGUI PAGAR MAIS PEDI ENCERRAMENTO ISTO JA FAZEM 3 ANOS .

    COM NOVA LEI POSSO SOLICITAR QUE PAGUEI OU AINDA TENHO QUE ESPERAR ENCERRAMENTO DO GRUPO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2009 - 22:15
    Enviado por: vanderson

    Olá, tenho um consórcio da CEF e paguei 60 meses de 120 e ainda não contemplou, e já não estou tendo condições de continuar pagando, gostaria de saber se posso desistir e consigo o reembolso do que já paguei imediato, com a nova lei 11.795/2008.

    Obs: tenho FGTS, será que posso usá-lo para amortização ou quitação do consórcio.

    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/10/2010 - 22:46
      Enviado por: pablo

      tenho um consorcio q ja paguei a metade dele e nao to querendo mais o consorcio nao;se eu para de ves de pagar,no final do prazo total do consorcio eu vo recebo o valor que eu ja tinha pago?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/01/2009 - 12:49
    Enviado por: walnei machado de castro

    olá, tenho um consórcio da rodobens de imóvel, já quitei todos os 120 meses, ainda não fui contemplado por sorteio, nem lance, já que não devo nada a pagar, agora pergunto, posso pedir o resgate do meu dinheiro, ou seja o valor da minha carta de crédito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2009 - 21:19
    Enviado por: Valdinei Nunes

    Prezados, boa noite!
    Tenho um consórcio imobiliário com a Caixa Consórcios. Paguei aproximadamente 5 mil reais até o momento. Estou inadimplente a 4 meses e fui excluso do grupo. A informação dada pela Caixa Consórcios é de que só poderei resgatar o valor corrigido pelo IGPM ou INPC não sei ao certo, em 2017. Tenho legalmente como resgatar o valor pago antes desta data? Ou utilizar este recurso para financiamento imobiliário? Alguem sabe de algo que possa me ajudar?
    Agradeço desde já!
    At, Valdinei Nunes

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/02/2009 - 11:01
    Enviado por: Daniel

    Olá! Tenho um consórcio de imóveis, não quero continuar pagando as pretações, o valor pago esta em torno de R$25000,00, como devo proceder para resgatar este valor? A nova lei dos consórcios já esta em virgor e o que ela me garante?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/02/2009 - 22:09
    Enviado por: bianca

    oi Pessoal, meu pai fez um consorcio em 2007 com a CEF e quer desistir. Como devo proceder?Entrar com uma acao no JE?Aguardo uma posicao. Grata pela atençao.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2009 - 09:44
    Enviado por: ERLEIA

    OLÁ, TENHO UM CONSORCIO DE 10 ANOS QUE ESTÁ MAIS OU MENOS NA METADE E NAO QUERO CONTINUAR PAGANDO . SE EU PARAR , A NOVA LEI FUNCIONA PRA MIM QUE JA ESTOU EM CONSORCIO, NO SENTIDO DE EU RECEBER O VALOR TOTAL PAGO ATÉ AGORA ? MESMO QUE ATRAVÉS DE SORTEIO COMO SE TEM FALADO?

    DESDE JÁ OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2009 - 23:07
    Enviado por: maria das gracas dos santos

    tenho um consorcio bradesco de automovel , contemplado por sorteio desde novembro 08, porém nao consigo comprar o bem , pois o banco exige o ano minimo de 2007 pra frente. Posso solicitar o saque do valor da carta de crédito e continuar pagando as 28 parcelas que ainda restam?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2009 - 10:55
    Enviado por: nilce nakamura

    Bom Dia!
    minha duvida em relação a nova lei de consorcios se refere ao seguinte: meu marido tem um consorcio de casa que vinha sendo pago desde 2001 e este foi sorteado em novembro do ano passado, mas devido ele estar com o nome no Serasa, por causa uma dívida, o processo para retirar a carta de credito do consorcio foi interrompido. Com a nova lei dos consorcios é possivel eu conseguir essa carta de credito mesmo ainda estando com o nome incluso no Serasa??? quando meu marido fez o consorcio, ele explicou que estava assinando o consorcio para quitar dívidas, o que foi dito q estava td bem. Como proceder??? desde já agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2009 - 17:02
    Enviado por: Renata

    Boa tarde!
    Tenho um consórcio que foi adquirido em 2004.
    Continua prevalecendo a lei anterior ou tenho todos os direitos da nova lei.
    Atenc.
    renata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2009 - 09:22
    Enviado por: João Batista R Campos

    Bom dia , tenho um consórcio de imóvel com a Porto Seguro , se eu for contemplado posso usar ele para quitar um financiamento imóbiliario com a Caixa Federal ; que estou pagando ou não?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2009 - 16:02
    Enviado por: marilza debona dadalto

    Boa tarde, tenho tres consorcios de veiculos em um banco ja tenho parcelas pagas e agora nao tenho mais condicoes de continuar. Agora pergunto essa lei vai valer para esses consorcios mais antigos , ou so de agora em diante? vou ter condiçoes de receber o que investi?
    e tambem tenho 2 consorcios imobiliarios na caixa economica o qual desde o ano passado ja deixei de pagar e o dinheiro continua lá. O que fazer?

    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2009 - 08:20
    Enviado por: JOIMAR LUIZ LINO

    tENHO CONSÓRCIO CONTEMPLADO, COMO PEDIR RESGATE DO DINHEIRO JÁ PAGO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2009 - 11:41
    Enviado por: demezio manoel filho

    tenho um consorcio de um imovel de 185 mil raies ja paguei 75 mil e nao estou tendo condicoes de continua pagando ja estou sem pagar a 3 meses com esta nova lei posso reaver os valor que ja paguei ? e como devo fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2009 - 14:48
    Enviado por: ELISABETE AUGUSTO

    Boa tarde, tenho um consorcio e ja fui contemplada em 2004, faltam 36 parcelas para quitação, gostaria de saber mesmo com o veto do presidente, se consigo quitar com FGTS, ou como conseguiria faze-lo para utilizar. Ou se fizer um novo consorcio, consigo quitar o outro dando o lance do fundo no novo consorcio?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2009 - 12:08
    Enviado por: rogerio de souza

    ola boa tarde, gostaria de saber se posso resgatar meu dinheiro investido num consorcio de moto iniciado em 2005. Ja paguei 4.200 e faltam 2.200 para quitar o consorcio so que nao tenho mais condições de pagar as parcelas que faltam e estou precisando do dinheiro, sera que tenho direito com a nova lei de reaver meu dinheiro investido.
    obrigado!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2009 - 12:24
    Enviado por: rogerio de souza

    boa tarde gostaria de saber se posso resgatar 4200 de um consorcio que teve inicio em 2005, faltam 9 parcela e nao tenho condições de paga las mais, o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2009 - 09:24
    Enviado por: Berenice Netto

    Bom dia,
    minha duvida é sobre consórcio imibiliario.Tenho um com a Caixa Consórcios, já paguei 55 parcelas no total de 120.Gostaria de saber se e como posso resgatar o valor já pago pq não estou mais interessada em manter o consórcio. Se desistente (e não puder resgatar) continuo participando dos sorteios? Ja estive na Caixa muitas vezes, e não me dão informações, a cada vez dizem uma coisa, me mandam voltar depois…Tenho um negocio pendente dependendo do possivel resgate deste dinheiro. Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2009 - 16:24
    Enviado por: Julio Cesar Melo

    PAGUEI CONSORCIO DE IMOVEL POR 6 MESES PEDI ENCERRAMENTO ISTO JA FAZEM 4 ANOS .

    COM NOVA LEI POSSO SOLICITAR QUE PAGUEI OU AINDA TENHO QUE ESPERAR ENCERRAMENTO DO GRUPO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2009 - 16:26
    Enviado por: JÚLIO CESAR

    PAGUEI CONSORCIO DE IMOVEL POR 4 MESES PEDI ENCERRAMENTO ISTO JA FAZEM 5 ANOS O CONSORCIO E DE 10 ANOS.

    COM NOVA LEI POSSO SOLICITAR O QUE PAGUEI OU AINDA TENHO QUE ESPERAR ENCERRAMENTO DO GRUPO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2009 - 09:07
    Enviado por: vaniuza

    Tenho um consorcio de imoveis pela Rodobens e gostaria de saber se posso cancelá-lo, se ao cancelamento a empresa descontará do valor pago a taxa de administracao e o prazo para o recebimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/02/2009 - 11:07
    Enviado por: Lucie

    Ola, gostaria de saber se posso utilizar meu credito de consorcio para imovel, em outro imovel que nao o estipulado em contrato, posso fazer esse aproveitamento? mesmo que esse seja anterior a nova lei? liguei para a refis e eles me disseram que nao poderia, porem falei com um conhecido e ele me disse que a pratica é usual… oq ue fazer? ou peço que me deem o dinheiro… que saida tenho? alguma sugestao? pleaseee urgente!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/02/2009 - 16:47
    Enviado por: Otavino Alves

    Fiz o consorcio imovel Monvep,paguei 5 meses e pedi o cancelamento ,isto deve ter mais de cinco anos e o consorcio e de 10 anos, com a nova lei tenho que esperar o consorcio terminar ou posso requerer o dinheiro investido?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2009 - 08:45
    Enviado por: Arthur

    tenho um consorcio na multi comalto e paguei
    12 parcelas o total era de 34 meses .
    Falta 1 ano para o resgate.
    eu consigo resgatar isso antes deste 1 ano?

    Desde ja agradeço!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2009 - 16:56
    Enviado por: Rosimere

    fiz um consórcio de carro em 2006 e desisti em 2008, a nova Lei pode me garantir por meio de um processo Jidicial parte do meu dinheiro de volta? a concessionaria me diz que nào tenho direito por ser contrato antigo.
    obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2009 - 21:25
    Enviado por: edson menezes

    se eu desistir do meu consórcio hoje, já estando contemplado, eu posso solicitar meu crédito de imediato?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2009 - 08:03
    Enviado por: José Augusto Gomes da Cruz

    Bom Dia, tenho um consórcio com o Bradesco e ja fazem 3 anos que parei de pagar, esse valor eu posso requerer com o Banco com essa nova lei ou vou ter que esperar o final do consórcio? Tenho mais ou menos R$ 15.000,00. Quando liguei para o Banco, o mesmo me informou que só no final do consórcio e que teria um desconto de 20% pela parada do pagamento. Isso é procedente? Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2009 - 17:46
    Enviado por: Rosimeri

    Tenho um consorcio da rodobens, e não estou conseguindo pagar mais as prestações, tenho como receber as parcelas que já paguei. como faço para isso acontecer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2009 - 11:31
    Enviado por: walter luiz queiroz

    Tenho um consorcio rodobens no valor de 385 reais por mes Pg 19 parcelas e não quero continuar pagando, como faço para resgatar o meu dinheiro e quanto será que tenho direito a receber???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2009 - 12:05
    Enviado por: Carla

    Fiz um consórcio em setembro de 2008, paguei 4 parcelas e desisti, o consórcio é da Rodobens de um Imóvel, gostaria de saber se posso receber meu dinheiro de volta, antes de terminar o grupo que seria 10 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2009 - 08:43
    Enviado por: souza

    Tenho um consorcio para aquisição de um imovel, plano era de 25.000,00, consegui pagar 16.000,00, ja fazem 5 anos que estou inadiplente preciso resgatar este dinheiro o que devo fazer, pois o mesmo só vai vencer em 2.011, e a empresa disse que vou ter so o capital sem correção, o que senhor pode me dizer sobre isto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2009 - 15:44
    Enviado por: jose antonio godoi junior

    tenho um consorcio,feito em 2003,mas parei de pagar em 2005.queria saber se posso resgatar o dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2009 - 11:39
    Enviado por: Debora

    Boa tarde, tenho um consorcio da rodobens antigo, fiz em 80 meses, mais estou passando por dificuldades financeiras, gostaria de saber se com essa nova lei posso resgatar o valor q ja paguei?
    pois liguei para eles e me informaram que nao posso, isso esta correto? obrigada pela aten;ao

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2009 - 15:44
    Enviado por: Eusimio c Baptista

    consorcio da caixa, já paguei 39 parcelas, parei de pagar em 2005, acabei recorrendo a financiamento para comprar imovel, qdo entrei o gerente diz que eu poderia mudar para um grumo de maior valor, porem a regra da caixa mudou e tive que permanecer no mesmo, fui enganado e agora meu grupo só encerra em 2013, como recuperar esse dinheiro antes, a caixa diz ter uma lei pode ser aprovada até o fim deste mes? como vai funcionar isso ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2009 - 16:43
    Enviado por: luciano schlieper

    ola.
    tenho um consorcio de imoveis de 100 meses e paguei 40 estou inadinplente ja a 1 ano, existe forma de eu receber o pago antes do fim do grupo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2009 - 13:19
    Enviado por: Priscila Dias Zamboni

    Ola!
    Fiz um consócio de um imovel de 150 meses,
    paguei 6.000,00 estou inadimplente 1 ano e meio,
    existe possibilidade de eu receber esse valor pago antes de terminar meu grupo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2009 - 21:04
    Enviado por: Deverly Da Costa Kautch

    Olá.
    Gostaria de saber se os cliente são obrigados a levar um fiador na hr de retirar o bem?
    E se ele pagou uma ou duas ele pode receber o dinehiro dele na hr oou so depois que o grupo acaba?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2009 - 21:29
    Enviado por: Plinio

    Tenho um consorcio ja’ a dois anos, gostaria de saber se a nova lei engloba todos os consorciados mesmo aquele que como eu ja possuem um consorcio a mais tempo ou se e’ valida apenas para os consorcios feitos a partir de agora?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2009 - 17:49
    Enviado por: Carla

    Fui contemplada em um consórcio imobilíario no valor de 30.000,00, construi minha casa estou pagando a parcela 72 de 120 meses (valor de 495,00), tenho desconto se quiser fazer quitação?
    Outra dúvida, mesmo que eu não quite e pague até o final, pode haver cobrança de valor residual?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2009 - 20:53
    Enviado por: Guilherme da Cruz

    Olá, tenho um consórcio contemplado de 60 mêses com 33 parcelas pagas, carta no valor de 24.000,00 e tenho um carro financiado com valor de quitação do financiamento em 35.000,00. Tem como usar a carta de crédito para pagamento parcial do financiamento ou conseguir um valor para quitação deste financiamento, nem que seja necessário aumentar meu prazo de pagamento do consórcio?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2009 - 00:06
    Enviado por: joao

    fiz um cancelamento de um consorcio antes da nova lei,sera possil resgatar oque foi pago?o grupo em que estava so enserra em 2016.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2009 - 18:27
    Enviado por: edson

    oi a nova lei ja esta valendo ?Como faço para resgatar o valor pago até minha desistencia?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2009 - 17:35
    Enviado por: Jairo Gomes

    Ola tenho um consorcio de imovel ja estou pagando a 29º parcela, se eu desistir terei que esperar ate o final do grupo, ou também existe uma nova lei para contratos antigos.?
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2009 - 21:32
    Enviado por: Fernanda dos Santos

    Olá.
    Fiz consórcio de uma moto Bis no valor de 380,00 mensais em 21 meses. Quando paguei a segunda, meu marido retirou um carro financiado pelo banco. Como não podíamos arcar com a parcela dos dois bens, fui até a loja e cancelei meu consórcio. Assinei uma carta e tudo o mais. A atendente me disse que eu só receberia o valor que paguei no final dos 21 meses. Há alguma forma de eu receber este valor de imediato, pois este já nos ajudaria na prestação do carro. Aonde devo me dirigir primeiro?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2009 - 10:48
    Enviado por: MARINES SANTOS BARTZ

    Ola,tenho um consorcio da bradesco consorcios que paguei doze parcelas e cancelei o pagamento.
    Sera que é possivel retirar este valor pago de8.069,42 antes de 2017? Obregada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2009 - 10:47
    Enviado por: Ana

    Comprei uim imovel há 1 ano. Queremos desistir da compra pela falta de informações e mentiras por parte da construtora. A entrega ainda não foi feita. Como eu procedo para resgatar meu dinheiro. Já que eles dizrem que só devolve 70% do valor já pago?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2009 - 11:08
    Enviado por: everaldo fav quis

    olá
    tenho um consórcio do banco itau, e foram pagas 3550,00 final do plano 2014, e ja faz mais de um ano que não pago, como era débito em conta nao tenho conprovantes. Fui em outra agência, pois estou longe de minha agência informaram que não tem nenhuma informação somente na minha, mas se tenho cota e grupo não tem como conferir?
    *Essa lei é só para consórcio que entrarem em vigor após a lei?
    *Para reaver o dinheiro tenho que esperar até o fim do plano?
    *Mesmo estando inadimplente eles podem cobrarem taxa de administração neste tempo que estou inadimplente?
    obrigado
    aguardo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2009 - 14:54
    Enviado por: anderson

    desisti de um consorcio de uma moto faz 2 anos,gostaria de saber se com a nova posso resgatar o dinheiro que ja paguei. Ou a lei so vale para os novos consorciados.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2009 - 17:02
    Enviado por: claudia

    Olá, eu fiz um consórcio de imóvel de 140 parcelas, em 2005, não foi possivel mais pagar, e realizei o pagamento de apenas 28 parcelas.
    Será possivel pela nova lei resgatar o valor pago, ou parte dele. Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2009 - 11:26
    Enviado por: Elisangela

    Fiz um consórcio no Bradesco e após pagar 57 parcelas, solicitei o cancelamento, o montante pago até hj foi de quase 20.000 e o banco só está querendo devolver 12.000, isso é correto???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2009 - 11:37
    Enviado por: dalmo santos da silva

    participo de um consorcio oqual ja fui contemplado e ja ate adquiri o bem, gostaria de saber se haveria apossibilidade de aumentar o tempo de pagto. para diminuir o valor , o tempo e de 105 meses e ja paguei 56, aguardo resposta , obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2009 - 19:14
    Enviado por: IRACILDA MARQUES

    OLÁ!!!

    GOSTARIA DE SABER A RESPEITO DE CONSÓRCIO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2009 - 13:31
    Enviado por: fernanda martins

    meu pai fez um consorcio de um caminhao no dia 19/05/1986 , pagou 11 parcelas e tem o comprovante de todos os pagamentos, ele parou de pagar, pq na epoca estava tendo uma mudança de governo ou da moeda…
    so que a empresa ADBRAS- administradora basil s.c não tem mais escritorio e filial em goiania, e não consigo o numero da matriz..
    a pergunta é… como ja finalizou o andamento desde consorcio… ele tem como reaver o dinheiro pago? ( 11 parcelas), tenho que acionar quem?? Se me respondesse ficaria grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2009 - 14:34
    Enviado por: Marinez R Campos

    Pago um consorcio de um imóvel já anos,e quero resgatar o valor já pago , devo esperar o final do grupo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2009 - 15:44
    Enviado por: Joao R Batista

    Fiz um consorcio de uma moto 500cc mas peguei uma twister 250cc terminei de pagar meu consorcio em 2006 e ate hoje nao recebi meu dinheiro que tenho direito, o que posso fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2009 - 11:36
    Enviado por: jorge andre

    Fiz um consorcio de uma moto antes da lei, gostaria de saber caso eu venha a desistir eu posso pegar o dinheiro de volta antes de 2013, que é quando o plano termina.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2009 - 19:20
    Enviado por: Ricardo Lourenço

    Meu pai foi comtemplado no consórcio e pegou uma carta de crédito, ainda não encontrou um imóvel. Mas fiquei sabendo que o valor do bem que ele pegou vai continuar aumentando até a quitação total, porém a partir da comtemplação que já ocorreu não mais recebemos nada. Por exemplo pegamos uma carta de crédito de 20.000,00 o bem vai continuar aumentando até o fim estaremos pagando como se fossemos pegar uma carta de 40.000,00 mas só recebemos 20.000,00 isso é correto?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/05/2009 - 05:02
    Enviado por: miriane

    OLÁ FIZ UM CONSÓRCIO DE UMA MOTO HONDA POP 100,PAGUEI TRÊS PARCELAS E AGORA POR CAUSA DESSA CRISE NÃO ESTOU PODENDO PAGAR MAIS,O PAGAMENTO ESTÁ EM DIA,SERÁ QUE TEM COMO CANCELAR O CONSÓRCIO,E COMO PROCEDO…..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2009 - 15:12
    Enviado por: Cléo

    Boa tarde, em 2005, adquiri um consórcio de imóvel no valor de 85.000,00, deste consórcio já paguei 12.000,00, mas devido a crise que nos assola, tive que interromper o pagamento do mesmo já faz um ano.
    Gostaria de saber se há possibilidade de resgate deste valor pago imediatamente, ou tenho que esperar até o encerramento do grupo que é em 2015?
    obrigada
    Atenciosamente
    Cléo lamim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2009 - 22:00
    Enviado por: jesse de santana silva

    fiz um consorcio de moto em 2007 mais ja quitei todo o consorcio e nao fui contemplado o que posso fazer me ajude ….. obrigado a todos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/08/2010 - 22:25
      Enviado por: marta eugenio de assis

      financiei uma moto no banco bmc 36 vesez fantava so 12 e ela foi apreendida pela policia gostaria de saber por eu nao ter mais ela tem como eu ter meu dinheiro de volta das prestaçoes paga e se tiver como o que eu devo fazer e em quem recorrer obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/06/2009 - 18:45
    Enviado por: Christiane Amaral

    Fiz um consórcio e estou arrependida,paguei apenas a primeira parcela da taxa de inscrição e quero desistir.Como faço?tenho que pagar alguma multa por isso?e o que paguei ,posso receber de volta?Me ajude!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2009 - 13:23
    Enviado por: renata

    como resgata o dinheiro do meu consocio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/06/2009 - 12:30
    Enviado por: mirian

    ola! eu fiz um consorcio de um carro no qual o valor a ser pago e de 60% do carro que termino agora em agosto , sendo assim eu tenho que pagar os 40 % restante , so que eu desisti do carro eu queria saber como que fica a situacao , o valor pago foi de 21 mil reais, eles me falaram que se eu quiser o dinheiro de volta eu tenho direito de apenas 16 mil , isso e certo???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/06/2009 - 22:27
    Enviado por: Theodoro

    Ola!
    Fiz adesão de um consórcio de automóvel em agosto de 2006 e parei de pagar uns quinze meses depois, gostaria de saber se posso resgatar este valor junto ao consórcio visto que o grupo ainda não encerrou?
    Grato Theodoro/ Ctba

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2009 - 19:30
    Enviado por: michelle cardoso

    Olá!
    Fiz um consórcio de uma moto honda em 2006, de 36 meses paguei 22 prestações e devido eu ter sido demitida não paguei o restante , depois de 5 meses eles mandaram uma carta de cancelamento do consórcio . posso resgatar o valor q paguei ao consórcio ,mas o grupo ainda não terminou. caso eu espere o término do fechamento do grupo e correto eles descontarem taxas administrativas fundo de reserva +multa penal compensatória.
    michelle cardoso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2009 - 14:06
    Enviado por: Fabianny

    Olá, tive dois consórcios e desisti de pagar. um paguei 9 parcelas e outro, 13, isso já faz um ano. Gostaria de saber se com a nova lei em vigor já posso resgatar o que paguei ou se devo esperar osencerramentos dos grupos? Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2009 - 17:15
    Enviado por: Rose

    Óla tenho um consorcio de 72 meses, já paguei 12 agora quero parar de pagar, sera que com a nova lei eu consigo receber o valor pago de imediato???

    Obrigado…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/06/2009 - 12:48
    Enviado por: juliana mascarenhas

    meu marido fez um consorcio imobiliario pela caixa economica a aproximadamente 2 anos. Sempre pagamos em dia, porém no mês de janeiro deste ano ele foi dispensado da empresa do ramo automobilistico por causa da crise. Ontem ele recebeu a ultima parcela do seguro desemprego, isso significa que só temos dinheiro para pagar mais uma parcela do consorcio (a do próximo mês). Precisamos do dinheiro e não podemos abrir mão do que ja pagamos. Também não temos dinheiro para contratar um advogado. O que podemos fazer? Ja que , meu marido leu na internet sobre pessoas que não tiveram condições de pagar o consorcio, por desemprego e na justiça reaveram todoo dinheiro pago e ficaram livres dos 10% da multa. OBRIGADA!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/06/2009 - 09:51
    Enviado por: marcilio

    Olá, No dia 22/05/2009, comprei uma moto da marca Shineray 150 Gy. E a moto apresentou inúmeros defeitos e comprovando a impossibilidade de seu uso.Gostaria de saber se tem como resgatar o meu dinheiro de volta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/06/2009 - 01:29
    Enviado por: Emílio Lopes

    Oi, boa noite, nem sei por onde começo minha duvida é a seguinte. Entrei em um conscorcio de uma casa, e mim informaram que a patrir do segundo mês eu seria comtemplado; bom! eu achei aquela oferta inrecusável,obter um imovél com apenas dois meses de participação seria maravilhoso, tudo ia bem até eu ser comtemplado e eles mim informarem que eu teria de pagar 5,000,00 reais para receber o bem, naquele momento mim senti enganado e parecendo um idiota por ter acredito naquele conto de fadas e ter caído na lábia dos vendedores a ponto de acreditar que aquilo era verdade. Cancelei imediatamente o consorcio e falei que queria meu dinheiro de volta, porém até agora nada. O que devo fazer para ter, minha moral e meu dinheiro de volta?.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2009 - 08:30
    Enviado por: eduardo silva

    Fiz um consorcio de uma moto antes da lei, gostaria de saber caso eu venha a desistir eu posso pegar o dinheiro de volta antes de 2013, que é quando o plano termina.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/07/2009 - 18:09
    Enviado por: fabio

    ola! boa tarde, possuo um consórcio de imóveis,antes da nova lei .posso resgatar oq eu já pagei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/07/2009 - 09:24
    Enviado por: joana

    paguei um consorcio de 12 anos de duração durante 1 ano e mei.Parei de pagar o mesmo já fazem 3 anos.Para receber o que paguei tenho que esperar o final do mesmo, ou posso receber antes.Aguardo resposta.
    Vi que há varias duvidas iguais aqui mas não vi resposta.

    RESPOSTA DO BLOG:
    Tem de esperar o final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/07/2009 - 09:31
    Enviado por: keila regina matias

    estou pagando o consorcio de um carro no banco itaú.são 48 parcelas e ja paguei sete.estou com duas parcelas atrasadas e com a documentação do carro vencida.tem como eu devolver o carro e nem que eu perca o que dei ñ ter que pagar mais nada,alias,alem destas 48 parcelas foi dado 2,000 de entrada.o que faço? não posso mais pagar nem as mensalidades atrasadas e nem a documentação vencida.

    RESPOSTA DO BLOG: Se quiser devolver o carro, perde o que já pagou. O carro irá a leilão e, se o valor apurado não atingir da dívida, você terá d epagar a diferença.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/08/2009 - 09:28
    Enviado por: Suzy

    Bom dia. Em julho de 2008 entrei em um consórcio de imóveis.Ia adquirir um imóvel no valor de R$55.000,00. As parcelas eram de R$630,00. Paguei só uma e desisti. Tentei reaver o dinheiro mais quem me vendeu o plano disse que só vou reavê-lo daqui a uns 20 anos. Tenho direito ao reembolso? O que devo fazer? Aguardo retorno. O procon pode me orientar? Grata.

    Suzy

    RESPOSTA DO BLOG: O ressarcimento só acontece ao final consórcio. É possível questionar na Justiça, mas no seu caso não vale a pena.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/08/2009 - 20:08
    Enviado por: Robert Costa

    Boa noite, gostaria de informações como proceder no meu caso em que cancelei um consorcio embracon, onde paguei apenas a primeira no valor de 540,00 e eles informaram que só iria receber no final do grupo e indaguei o valor que iria receber, eles falaram multa contratual 30% e outras mais então sairia menos de 70,00 reais. O contrato foi feito em 19 de junho de 2009. O que fazer, onde recorrer.
    Agradeço

    RESPOSTA DO BLOG: Não há o que fazer, essa regra não é ilegal. Muita gemte está contestando na Justiça, mas as chances de vitória são pequenas. Consulte um advogado para ver se é o caso de entrar na Justiça por um valor tão pequeno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/08/2009 - 20:42
    Enviado por: Éllen

    Fiz um consórcio de moto que se encerrou em 2003. tinha pago algumas parcelas, e quando fui ver agora para resgatar, fui informada que como não resgatei na época, foi cobrado um valor de 5 ou 6 % ao mês e o meu saldo hoje é 0 devido a esse desconto , isso é legal, já que não me lembro de ter recebido nenhuma carta me informando o término do consórcio.
    Obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Sem ter acesso ao contrato não temos como responder. Procure um advogado e lhe mostre o contrato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/08/2009 - 16:39
    Enviado por: joana batista de souza silva

    iniciei um consorcio de moto em 2006,do qual paguei 9 parcelas, por motivos financeiros desisti, gostaria de saber se tenho que esperar o fim do consorcio que será 2011 para resgatar as parcelas pagas,ou posso procurar algum orgão e a requerer os meu direito. Anciosa da sua resposta, agradeco antecipadamente.

    RESPOSTA DO BLOG: Infelizmente terá de esperar até o final do consórcio. Dá para tentar questionar na Justiça, mas vai dar muito trabalho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2009 - 19:33
    Enviado por: Miguel A Lopes

    Boa noite!
    Tenho um consórcio e estou pensando em desistir por motivos financeiros. Caso eu venha desistir, a administradora disse que só receberei no final e que ainda será cobrado 14% do valor do crédito que fizer jus, a título de pena compensatória. Esta cobrança é legal?

    RESPOSTA DO BLOG: A cobrança é legal. O resgate, só ao final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2009 - 00:22
    Enviado por: Patrícia Vieira

    Olá queridos,
    Bom Dia!

    Fiz um consórcio e pensei que iria ser contemplada num curto espaço de tempo. Desejo saber se é possivel a desistência, e diante da desistência se poderei receber de imediato a quantia que já fora paga?

    RESPOSTA DO BLOG: É possíve l desistir e parar de pagar, mas o dinheiro só poderá ser resgatado ao final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/09/2009 - 14:45
    Enviado por: Pedro

    Boa tarde
    em meados de 2007 fiz um consórcio de imóvel no valor de cem mil reais, paguei em torno de 30 parcelas de um pouco mais de mil reais cada. Como adquiri um imóvel sem ser contemplado, fica complicado pagar o financiamento e o consórcio (impossível), sei que se simplesmente desistir vou ter problemas para receber as parcelas já pagas, então resolvi abaixar o valor da minha carta de crédito para 48 mil reais, ficaram parcelas de pouco menos de duzentos reais. Conversei com a administradora sobre a possibilidade de eu quitar este consórcio, para posteriormente resgatar o valor da minha carta. Eles não aceitaram, falam que mesmo que eu quite, vou ter que esperar ser sorteado. Argumentei que uma vez quitado o consórcio eu estaria dando lucro a eles e não mais representaria algum tipo de risco ao grupo. A minha dúvida é: Se eu quitar o consórcio antes do praso, posso exigir que eles me entreguem a minha carta, mesmo sem ser sorteado.

    RESPOSTA DO BLOG: A lei não é clara nesse ponto. O ideal é que o consórcio entregasse a carta, mas não há lei que os obrigue a isso. Hà ações judiciais sobre assunto correndo atualmente, portanto, ao menos é possível questionar judicialmente a atitude da administradora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2009 - 14:21
    Enviado por: Luciano

    Estou fazendo um curso de extensão em uma instituição particular. Quitei o curso antecipadamente e estou querendo desistir. Tenho direito de receber alguma quantia caso a instituição se negue a fazê-la?

    RESPOSTA DO BLOG: Sim, você poderá receber uma parte do pagou, mas a instituição tem direito de reter uma parcela do que foi pago, geralmente de até 25%.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2009 - 14:59
    Enviado por: Jorge

    Olá,
    gostaria de saber o seguinte.
    Entrei em um consórcio da honda(moto) em dezembro de 2006, desisti em dezembro de 2007 e não paguei mais apartir de então.
    Quero saber se eu posso receber o dinheiro de volta agora ou só quando terminar o prazo(48meses).
    Esta lei serve somente para os novos contratos ou serve para os anteriores também, que é o meu caso?!
    Obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: O resgate só poderá ser feito ao final do contrato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2009 - 15:08
    Enviado por: Gilberto Cosme

    Fiz um consórcio imobiliário (carta de crédito) da Caixa. O valor pago é de 7.344,10 em 6 parcelas. Hoje ao ligar para a caixa para cancelar, o atendente me informou que o valor que eu vou resgatar é 5.005,60 referente ao fundo comum, e em cima desse valor ainda me será descontado 10% referente a multa de recisão de contrato, e alem disso, que eu só receberia o valor ao final do consórcio ou se eu for sorteado em uma das assembleias.
    Eu não teria que receber o valor integral que eu paguei deduzindo somente a taxa de administração e a multa recisoria não?
    Atenciosamente,
    Gilberto Cosme.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2009 - 10:03
    Enviado por: elke gobi

    fiz um consórcio da caixa em 2006 e paguei por dois anos, com a nova lei posso resgatar o valor pago?Como ficariam as taxas administrativas, seriam cobradas integralmente, ou somente parcial às prestações pagas?

    RESPOSTA DO BLOG: O resgate só pode ser feito ao final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2009 - 21:59
    Enviado por: Alzito Ornelas Pereira

    Olá tenho un consórcio pela CEF Já faz 46 meses e o consórcio é de 120 meses, Esse consórcio era para eu comprar um terreno. Acontece que o terreno eu acabei de comprar, com um dinheiro que eu estava juntando,agora eu gostaria de saber se posso utilizar a carta de cédito para comprar material de construção e pagar a mão de obra? como devo proceder?

    RESPOSTA DO BLOG: São duas coisas distintas, a carta de crédito que você tem só val epara imóveis. Pelo que sabemos, não é possível transformar a carta de crédito em outro tipo de modalidade. O melhor a fazer é consultar um gerente da Caixa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2009 - 13:06
    Enviado por: Arletina Luciana

    Boa Tarde,
    Gostaria de saber se posso cancelar e reaver o valor já pago, ou seja, 14 pretações, a um concórcio de imóvel feito com a Rodobens, uma vez que o valor da prestação elevou-se um pouco e, sem contemplação até o momento. Ao receber o boleto de pagamento referente ao mês 11/09, tive a surpresa do novo valor, fiz contato com quem de direito e a mesma me informou que houve reajuste sobre o valor de R$ 90.000,00 e por ter feito aniversário, por isso o aumento, ainda mencionou a nova lei dizendo que o valor só poderia ser devolvido após a quitação total, ou seja, após o findo dos 150 meses. Em que adianta o meu direito subjetivo e facultativo se estou sendo obrigada permanecer com o concórcio?
    O que posso e devo fazer para solucionar o problema de melhor maneira?
    Ogrigada e aguardo respostas.

    RESPOSTA DO BLOG: O resgate só pode ser feito após o final do consórcio. Isso até pode ser questionado na Justiça, como qualquer coisa, mas vai levar tempo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2009 - 17:25
    Enviado por: JR.

    Eu tenho um consórcio de imovel, e já paguei 55%, e estava querendo dar um lance para completar 70%. O consorcio devolveria conforme a lei dos 70% pagos?
    grato
    JR.

    RESPOSTA DO BLOG: Depende do contrato. Geralmente não devolvem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2009 - 12:56
    Enviado por: naizete

    Boa tarde!
    pago um consocio embracon já paguei 5.200 e quero desistir por montivo finaceiro,como faço para receber o que já paguei.

    RESPOSTA DO BLOG: Só ao final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2009 - 13:38
    Enviado por: Juliana Souza

    PAGUEI CONSORCIO PORTO IMOVEL POR 7MESES NÃO CONSEGUI PAGAR MAIS PEDI ENCERRAMENTO ISTO JA FAZ UNS MESES.

    COM NOVA LEI POSSO SOLICITAR QUE PAGUEI OU AINDA TENHO QUE ESPERAR ENCERRAMENTO DO GRUPO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2009 - 16:43
    Enviado por: edileia do socorro ferreira de lima

    POR FAVOR TIRE UMA DUVIDA CRUEL EM QUE
    ESTOU PASSANDO A MAIS DE 5 ANOS ADIQUIRI
    UM CONSORCIO NO VALOR CR$ 30.000,00 PAQUEI NO ENTANTO MAIS DE 5 ANOS E NÃO FUI COMTEMPLADAS VE SE ISSO PODE DIZEM QUE MILAGRE EXISTEM SO NÃO ACONTECE COMIGO,DEVIDO A CRISES A EMPRESA A ONDE TRABALHAVA ME MANDOU EMBORA E OS PROBLEMAS NATURALMENTE VEIO ENTAÕ NÃO
    CONSEGUI MAIS PAGAR AS MENSALIDADES DO
    CONSSORCIO, HOJE JA FAZEM APROXIMADAMENTE UM ANO QUE ISTO ACONTECEU , PERGUNTO COMO POSSO FAZER PARA REVER OS VALORES
    PAGOS DURANTES ESTE 5 ANOS. A QUEM DEVO
    PROCURAR ME UMA LUZ. OBRIGADA

    RESPOSTA DO BLOG: Só ao final do consórcio, mas é possível tentar questionar a demora para a liberação na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/12/2009 - 18:21
    Enviado por: ADAILSON LEAL

    tenho um consórcio de uma moto honda já paguei todas as parcelas porém, segumdo a casa que me vendeu o consórcio ou seja a representante da honda, só poderão me devolver o dinheiro da carta de crédito, da qui a seis meses é correto isso? eu não teria direito logo já que paguei religiosamente as parcelas tem algum art. no código de defesa do consumidor ou na nova lei de consórcio que eu possa me amparar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/12/2009 - 18:12
    Enviado por: paulo sergio

    Fiz um consorcio de 144 meses paguei uma taxa de adesão de 1,000,00, ja paguei 10 parcelas de um valor de 624 agora foi para 639 e estou tendo dificuldades para continuar pagando, eu queria recuperar o que ja paguei. O que devo fazer, como receber o que me é devido e o que é devido. muito obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Só receberá ao final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2010 - 20:35
    Enviado por: Anthony lopes

    Fui contempla há 4 meses em um consórcio de uma Moto Hornet 600, de 60 parcelas falta 25 para terminar, gostaria de saber se é possível solicitar o valor da carta de credito de R$ 35.000,00 é continuar pagando?

    RESPOSTA DO BLOG: Em princípio sim, mas leia com atenção para ver se há algum impedimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2010 - 18:20
    Enviado por: PATRICIA CHAVES

    COMECEI A PAGAR UM CONSÓRCIO DE IMÓVEIS EM JULHO DE 2009, PAGUEI 5 PARCELAS E PEDI O CANCELAMENTO, NÃO CONSIGO INFORMAÇÕES CORRETAS SOBRE A NOVA LEI QUE DIZ QUE PODE SER DEVOLVIDO O VALOR PAGO ANTES DO FINAL DO CONSÓRCIO. O QUE DEVO FAZER PRA RECEBER O VALOR QUE FOI PAGO?

    RESPOSTA DO BLOG: O valor pago só é devolvido ao final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2010 - 13:04
    Enviado por: geni de oliveira sousa amaral

    Preciso de ajuda! Paguei um consorcio completo de um carro como deve solicitar o resgate de fundo de reserva? Liguei para o consorcio me informaram que ainda não esta disaponivel por inadimplencia de alguns contratos pendentes coisa assim.Falei com um amigo, que me orientou pedir o resgate por escrito, mas não sei como fazer, podem me ajudar?
    No momento não tenho condições de contratar um advogado. Quanto seria o valor dessa taxa com um valorpado aproximadamente de15000mil reais?

    RESPOSTA DO BLOG: Não podemos ajudar. Contrate um advogado, senão não conseguirá.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2010 - 10:25
    Enviado por: Alexandre

    Pago um consorcio de 120 meses, já paguei 52 meses. Fui contemplado com uma carta de cre´dito no valor de R$ 64.522,07.
    Gostaria de quitar as parcelas restantes porem o banco com o qual fiz o consrocio me informou se eu quitar o valor das prestações restantes terei um crédito de apenas R$ 18.000,00, quando o que já pageui é próximo aos R$ 39.000,00. Isto esta correto? Como devo proceder?

    RESPOSTA DO BLOG: É correto em nosa opinião. Se a dúvida pesistir, procure um advogado especializado ou o Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2010 - 17:46
    Enviado por: Rosimare Fernandes de Lima

    Oi, preciso saber como faço ou qual caminho devo tomar para resgatar 3 parcelas de consorcio que fiz em 2005 na porto seguro.
    Liguei para lá e me disseram que só poderei resgatar o valor das parcelas em setembro de 2017, data do termino do consórcio.
    Existe alguma possibilidade de resgatar este valor antes, o que devo fazer?
    Aguardo retorno
    Obrigada,
    Sem mais,

    RESPOSTA DO BLOG: O consórcio está correto. Tente na Justiça, mas as chances são pequenas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2010 - 13:24
    Enviado por: Naim Miguel neto

    tenho dois consorcios no qual por dificuldades financeira não estou fazendo o pagamento a 6 ou mais meses.Gostaria de saber se eu desistir recebo o dinheiro de volta imediatamente.o valor somado chega a 30.000,00.

    RESPOSTA DO BLOG: Leia a reportagem onde você colocou a mensagem e as respostas das perguntas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2010 - 14:47
    Enviado por: Ewerson Rodruigues da Silva

    fiz um consorcio ja faz uns tres anos e meio falta apenas 8 parcelas eu queria quita para pega a carta de credito mas a empresa disse ki nao da a carta de credito com essa nova lei eu tenho direito …

    RESPOSTA DO BLOG: Não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2010 - 14:31
    Enviado por: Antonio Carlos Barros Resplandes

    Boa tarde,

    Estou com uma divida na Honda, por causa de uma moto,
    porem a mesma colocou meu nome no orgãos de restriçoes serasa,
    o problema e que ela passou minha divida para outra empresa receber
    dai a mesma colocou meu nome nos orgãos de restriçoes novamente, entao
    estou com o nome no serasa duas vezes que equivale somente a uma divida,
    Agora quero pagar esta divida, quero saber como eu prossigo.

    RESPOSTA DO BLOG: Entre em contato com a empresa de cobrança e veja quais são as condições de pagamento. É a única coisa a fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 12:32
    Enviado por: JONAS LOPES

    Entrei num consórcio de 100meses…dei 10% entrada e ja paguei 4prestrações somente com recibo…quero cancelar e receber o meu dinheiro de volta…o que fazer…eles dizem que o carne somente quando for sorteado…entrei para o serasa neste periodo…PRECISO CANCELAR URGÊNTE…EM PRESA INDICÊ VEICULOS PORTO ALEGRE…muito obrigado. paz!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 21:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Infelizmente, só entrando na JUstiça, e assim mesmo com chances reduzidas. Não vemos irregularidades na conduta do consórcio.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/03/2010 - 10:54
    Enviado por: andreia

    Bom Dia,
    Minha duvida é meu pai contratou o consorcio Orca/ Jorlan no valor de carro marca Ford Ka no valor de R$ 22.000,00 há +ou – 5 anos atras estava pagando normalmente porém veio a falecer entao passos todos aqueles processos de documentação veio um representante da seguradora banco Itau, fomos ao hospital tudo estava certo quitaram o consorcio e automaticamente ele foi contemplado ai disseram que teriamos que fazer um alvara para receber o bem já que nao tinha inventario. Entretando gerou-se um litigio pois a Orca/Jorlan diz que o valor da carta de credito é outro hoje avaliada em R$ 17.000,00 entao tivemos que entrar com um processo contra a referida. Mas não sabemos baseada em que ela se refere a este valor visto que no contrato cita o valor de R$ 22.000,00 e este não seria corrigido. Se puderem nos esclarecer.
    Desde já meus agradecimentos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/04/2010 - 14:34
    Enviado por: Lyz

    Para quem tem consorcio imobiliario CEF, gostaria de contar como resolvi meu problema, principalmente o sr. Alzito, pois meu caso é bem semelhante ao dele e ja recebi o dinheiro. Caso o dono do blog tenha real interesse em ajudar peço que passe meu email ou mande o tel ou email de quem quiser contactar comigo.
    Adianto que não sou advogada, nem quero comprar nem oferecer nenhum produto para ninguém. Meu interesse é exclusivamente em ajudar. Obrigada .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2010 - 12:00
    Enviado por: sandra

    entrei no consorcio de uma moto em outubro de 2008, paguei ate fevereiro de 2009, gostaria de saber se posso agora com essa nova lei receber o dinheiro das parcelas pagas..
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2011 - 05:56
    Enviado por: eldon

    fio hum consorcio de carro em janeiro de 2009 mais nao consegui terminar de pagar e gostaria de reseber o meu dinheiro de volta antes de terminar o grupo posso nesta nova lei a foi conteplado sem da lance nais ja fiu descontleplado porque parei de pagar posso deceber o que eu ja pagei

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2011 - 18:07
    Enviado por: Vander

    Tenho um consorcio de imovel rodobens de 100 parcelas, o qual já paguei 65%.Inicialmente o valor da parcela era R$400,00 aproximadamente e hoje está em quase R$600,00. Não dei lance. A administradora me disse que fui sorteado mas o valor da carta de crédito é só de R$ 40.000,00. Está correto? Vou pagar ao longo de 05 anos mais de R$60.000,00 para ter uma carta de crédito de R$ 40.000,00. Esta diferença não deveria ser devolvida?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2011 - 18:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em nosso entendimento está correta a visão do consórcio. Se ainda persistirem dúvidas, procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/04/2011 - 19:29
    Enviado por: Francidelio

    Fiz um consorcio de uma moto em 31.03.2009 e já tenho pago 80% do consorcio, porem estou sem dinheiro e estou precisando o dinheiro do consorcio para pagar alguma contas como devo proceder para ser reembolsado do dinheiro que já paguei de volta?
    qual o prazo que eles tem para realizar o reembolso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2011 - 21:34
    Enviado por: crismerio sa

    emtrei nun consorcio da mappfre imobiliario fui lesado pelo vendedor pois ele me garantil que eu reria contemplado na terceira parcela e nada . e quero sesistir tenho testemunha como posso receber meu dinheiro de volta pois fui enganado e estou revoltado. por favor me oriente.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/05/2011 - 21:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado tente processar o vendendor e a operadora do consórcio, mas as chances de ganhar são pequenas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/05/2011 - 21:36
    Enviado por: maicomercado

    tive um consorcio na época da batistela com um grupo de 120 meses minhas parcelas era ate´60 vezes e acabavam ,dai foi vendida para rodobens,pois paguei até o final das 60 parcela ja para rodobens,refente ao fundo de reserva que era cobrado quando devo receber,so quando finalizar as 120 parcelas do total do grupo.isso foi em 2002

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2011 - 19:49
    Enviado por: Rosana de Fátima

    Tenho um consorcioda Caoa de Imovel que parei de pagar e esperei o grupo terminar, agora eles dizem que não poderei receber pois entrou a lei que só poderei retirar por sorteio de pessoas que desistiram. Isto é verdade? Uma vez que o grupo ja terminou? Devo procurar Defensoria publica, pois não posso pagar um advogado, estou desempregada, e preciso muito deste dinheiro.
    Grata,
    Rosana

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/07/2011 - 21:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure o Procon antes de mais nada e faça uma reclamação. Ali você obterá orientação de como proceder e, se for o caso, procurar um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/07/2011 - 19:50
    Enviado por: Rosana de Fátima

    Sou a rosana enviei o email errado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2011 - 18:30
    Enviado por: Leandro Antunes

    Boa noite!
    Tenho um consorcio de imovel e fui conteplado por lance e ja tinha comprado o imvel cujo registro se trata de matricula mãe, pois é um condominio. A adminstradora não quer pagar antes q desmenbre o imvel criando uma nova matricula o q n fica viavel. Segundo o cartorio vai ser criado uma nova matricula assim q trasferido, mandei uma carta para o administradora estando ciente e justificando q isso q ocorrerá!
    Mas não aceitam e demoram p dar a resposta. Ja fazem 4 meses q fui contemplado e nada! O que eu faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 18:51
    Enviado por: karina

    ooi eu fiz um consorciod e uma biz honda porem desisti antes mesmo de vencer a segunda parcela tem como resgatar o valor ??pois é tão baixo que qud for sorteada não vai vale mais nada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 17:52
    Enviado por: Michel

    Ola tinha um consorcio CAIXA, paguei por quase 3 anos (+/- 25.000,00), mas tive que cancelar e tirando as taxas de cancelamento sobrou +/- 20.000,00, esse valor so receberei no final do grupo correto ??, agora gostaria de saber duas coisas, se tem como receber esse valor antes ?? e se esse valor quando eu receber no final do grupo tera acréscimo de juros ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2011 - 22:21
    Enviado por: Felipe

    Tenho um consorcio contemplado da CAIXA,já tenho o imovel para compra aprovada pelo engenheiro,o processo todo está tudo ok no banco,mas mesmo assim tem mais de 6 meses que espero a CAIXA liberar o dinheiro para compra do imovel e nada…,é um absurdo isso,não dá pra entender o porque de tanta demora… não tem como exigir que eles paguem logo,qual é o prazo que a caixa tem para me pagar?????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2011 - 00:51
    Enviado por: denis ricardo miranda de lima

    Boa noite fiz um consorcio no antigo banco real abn em 2007 pagaei mais ou menos 20 parcelas tive que parar de pagar pois fiquei desempregado e hoje preciso muito desse valor que foi paga amis ta muito dificil achar alguem que me fale sobre a situação desse consorcio fui ate o antigo real aqui da minha cidade em são jose dos campos e não tive resposta alguma é um falta de consideração com o cliente justatamente agora que preciso tanto desta quantia tenho um bebe agora e ainda estou desempregado e ninguem faz nada pra me ajudar nem mesmo sei mais o numero da minha cota grupo e senha por fazer muito tempo o banco não faz nenhuma questão em me ajudar gostaria de saber aonde posso recorrer com isso ???!!
    grato até mais!

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: