Estado.com.br
Segunda-feira, 28 de Julho de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Nome sujo, o que fazer?

Categoria: Assunto do dia

Texto de Maíra Teixeira

Ficar com o nome sujo. Esse é um dos maiores medos dos consumidores, pois muitas vezes precisam abrir mão de comprar algo necessário para poder pagar suas contas religiosamente, evitando a inclusão do nome nos cadastros de restrição ao crédito. Quem tem o nome incluído nesse tipo de cadastro não consegue comprar a prazo, somente à vista.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

2.260 Comentários Comente também
  • 11/01/2007 - 14:52
    Enviado por: lucilio miranda de sousa

    Quanto tempo posso ficar com o nome sujo?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Com o novo Código Civil, o prazo que o nome permanece nas listas de inadimplentes foi reduzido de 5 para 3 anos, como, por exemplo, nos casos de cobranças de cheques, notas promissórias e outros títulos de crédito. Depois disso a dívida ainda pode ser executada, isto é, o inadimplente pode ser processado para quintar a dívida. Mas depois de 3 anos o nome deve sair da lista.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/03/2010 - 18:35
      Enviado por: Renato Rubens Blasi

      Desculpe-me mas essa informação não procede. Essa questão dos 3 anos para títulos executivos que prescrevem para a ação de execução em 3 anos, como promissórias, letras de câmbio, é discutível através de ação judicial e os tribunais não vem concedendo isso !! Agora, os 5 anos, após estes sim, o nome sai dos cadastros automatica e obrigatoriamente.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 16/04/2010 - 13:05
      Enviado por: aleandro ferreira dias

      ja tem sete anos que meu nome foi icluido no spc e serasa e ainda se encontra o que devo fazer ja que o prazo maximo é de cinco anos

      responder este comentário denunciar abuso
    • 31/08/2010 - 12:55
      Enviado por: Ramon Cardoso

      Boa Tarde Estou com o nome no SPC Serasa por mais de três anos desde 2006, e ainda não tiraram como faço procedo para retirar o meu nome do spc serasa, gostaria muito de uma orintação a respeito do assunto Obrigado e Boa Tarde

      responder este comentário denunciar abuso
    • 29/09/2010 - 15:29
      Enviado por: JULIANA

      Bom meu nome já esta 4anos no spc e serasa posso verificar se já esta limpo??

      responder este comentário denunciar abuso
    • 26/10/2010 - 17:13
      Enviado por: luiz mauricio

      o que fazer quando ja se passou mais de cinco anos e o nome nao saiu da lista do serasa.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 29/04/2011 - 14:13
      Enviado por: rosenir rodrigues maciel

      por motivos pessoais de doença familiar estou com meu nome no serasa e e spc desde 2007 como faça para restituir meu nome no comercio ja que os bancos pedem as folhas de cheques e ja nao as encontro para pagar e tenho um ploblema no memso banco com cartaode credito. porfavor tem como me orientar ou endicar alguem que possa urgentemente resolver isso para mim .

      responder este comentário denunciar abuso
    • 04/05/2011 - 19:34
      Enviado por: daniella

      Oi, gostaria de saber em que ano esse novo codigo civil entrou em vigor.obg

      responder este comentário denunciar abuso
    • 10/05/2011 - 15:03
      Enviado por: maria eliane

      me de seu contato por favor.
      se pude!

      responder este comentário denunciar abuso
    • 12/05/2011 - 14:09
      Enviado por: RAUL

      BOA TARDE? EU JÁ FAZ MAIS DE 5 ANOS E MEU NOME ESTA SUJO AINDA..

      responder este comentário denunciar abuso
    • 12/06/2011 - 10:40
      Enviado por: Sheila Cristina Sampaio dos Santos

      meu nome ja esta em restriçao a mais de 7 anos e agora abri uma conta juridica sera que posso solicitar cheques ao banco ou minha restriçao de pessoa fisica vai me atrapalhar? obrigada

      responder este comentário denunciar abuso
    • 02/08/2011 - 12:54
      Enviado por: gabriela

      olá gostaria de saber eu tenho o nome no serasa, fui desbloquear um cartão que já tenho a mais de 4 anos, e não consegui, ela me falou mesmo que na loja que tenho o cartão eu tenho tudo certo não devo nada, mas constou o nome no serasa de outro lugar por este motivo não pode desbloquear, o que eu posso fazer?

      responder este comentário denunciar abuso
    • 05/08/2011 - 21:29
      Enviado por: givanildo vieira da siva

      eu tenho uma divida e ñ sei oque a contece tem 15 anos que abri uma conta no bradesco e hojé tentei abrir uma conta
      e não pude abrir porque to com o nome suxo que eu faço

      responder este comentário denunciar abuso
    • 24/11/2011 - 11:52
      Enviado por: sandra

      Bom dia, fiz um aconsulta a uma empresa Chamada serasa experian, liguei pedindo uma informação sobre como consultar cheques e outras coisas, entao me informaram que eu tinha que pagar uma taxa mensal , decidi nao fazer…me mandaram um contrato que nao assinei, minha surpresa foi 10 meses depois que me mandaram 10 boletos e pior ainda foi saber que colocaram o nome da minha empresa no proprio serasa…como faço pra recorrer isso?
      Muito Obrigado
      sandra

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/01/2007 - 12:06
    Enviado por: lindomar

    Muito bom! Eu não sabia disso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2007 - 10:02
    Enviado por: Flavio Viola

    Tenho meu nome no CCF por alguns cheques devolvidos. A data de inclusão é anterior há 3 anos e o banco ainda não retirou o meu nome da lista. O que posso fazer?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Flávio, leia a matéria “Nome no CCF do BC traz limitações ao crédito”, de 04/07/2006, publicada aqui no Blog. Ela explica tudo o que você está querendo saber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2007 - 19:45
    Enviado por: Thiago reis

    Tenho algumas inclusões de protesto em meu nome, não tenho como pagar pois estou desempregado há 8 meses e não consigo emprego porque tenho restrição de crédito. Gostaria de saber se há alguma forma de tirar essas restrições para conseguir um emprego e acertar o que devo com meus credores?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Thiago, a restrição ao nome em cadastros de inadimplência só pode ter baixa após a quitação da dívida. Sugiro que procure um órgão de defesa do consumidor em busca de orientações e até para se informar sobre como controlar o orçamento doméstico.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/12/2010 - 11:11
      Enviado por: Gabril

      Ola THIAGO entrei em uma revisional no banco itau guanhei foi quitado o carro mas aparece uma restrição no meu nome não estou no cerasa e nem na spc queria comprar outra por financiamento as financeira nem uma acolheu o que devo fazer para tirar essa restrição que aparece no banco central se e possível tirar

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/02/2007 - 16:32
    Enviado por: Frederico

    Para empréstimo pessoal, cartão de crédito e devolução de cheques também limpa com 3 anos?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Segundo a Serasa o prazo é de 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2007 - 23:11
    Enviado por: evaldo silva moura

    O tempo de inclusão do mue nome na Serasa ou no spc conta a partir de quando?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    O tempo é contado a partir do momento em que entra no cadastro de indimplência, seja da Serasa ou SPC.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2007 - 14:08
    Enviado por: marcia

    A Telefônica pode negativar meu nome no serasa?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Pode sim, Marcia, se você tiver uma dívida com a empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2007 - 18:17
    Enviado por: julio cesar ribeiro pereira

    Tenho uma dívida de um carro financiado que não paguei e já foi executada. Tenho outro carro que teve perda total e vou receber a indnização do seguro. Eles podem bloquear o pagamento por causa do outro carro financiado?

    Advogado de Defesa.

    Não. O recebimento do seguro nada tem a ver com a outra dívida, pois o contrato de seguro é uma relação jurídica específica com o segurado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/09/2011 - 07:47
      Enviado por: luciano

      bom dia , meu nome esta sujo na receita federal e ouvi dizer que limpa mais o nome com 5 anos , é verdade que nao limpa ou sao apenas boatos , estou na suiça e tenho que renovar meu passaport e gostaria de saber se tem algum problema para eu renova lo com o nome na receita federal sujo .

      obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/09/2007 - 10:20
    Enviado por: vivi

    Tenho uma dívida com a Universidade, quando passar os cinco anos eles serão obrigados a me fornecer meu diploma sem eu pagar? Por ter vencido a dívida?

    Advogado de Defesa:

    Não há necessidade de esperar os 5 anos, independentemente da dívida, a universidade é obrigada a expedir o diploma conforme reiteradas decisões judidciais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/09/2007 - 21:44
    Enviado por: Douglas

    Olá, amigo, estou com o nome sujo há algum tempo. Ele está sujo no SPC, na Serasa, além do CCF. Quanto tempo para ele ficar limpo? Eu li coisas relacionadas a 3 anos, mas li também que tem de ser 5 anos. Qual dos anos esta correto? Três ou cinco?

    Advogado de Defesa

    Apesar de o novo Código Civil (de 2002) afirmar no artigo 206, parágrafo 3°, que prescreve em 3 anos a ação judicial “para haver o pagamento de título de crédito”, e o Código de Defesa do Consumidor proibir a continuação do devedor na “lista negra” depois da prescrição da dívida, neste caso, a prescrição de 3 anos prevista no novo Código Civil não é a que deve ser tomada como base para o tempo de permanência da negativação do devedor. É que há o mesmo Código Civil, além do prazo de 3 anos citado, traz outro prazo, agora de 5 anos, também para cobrança de dívida. E este prazo maior é o que deve ser usado como parâmetro pelos órgãos de proteção ao crédito, conforme já decidiu o STJ em 2004 (recurso 472203).
    Qual a diferença entre os dois prazos citados do Código Civil de 2002? O de 3 anos refere-se a um tipo específico de cobrança de dívida (ações executivas) e o prazo de 5 anos às cobranças em geral (ações ordinárias ou convencionais de cobrança).
    De qualquer forma, é bom saber, que mesmo saindo o nome dos órgãos de proteção ao crédito, a dívida vai continuar sendo cobrada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/09/2011 - 21:53
      Enviado por: FERNANDO MARCAL

      BOM DIA DR(A). MEU NOME JA ESTA NO SPC E CCF JA FAS ALGUM TEMPO MINIMO DE 4 A 5 ANOS E GOSTARIA DE SABER QUE TIPO DE ATITUDE EU DEVO TOMAR OU SI VC DR(A).ESTARIA EMTERECADO NO MEU CASO E ME AJUDAR A LIMPAR MEU NOME NO COMERCIO.
      MEU CPF E823.341.619-34 ESTOU QUERENDO LIMPAR MEU NOME SI VC PUDER ME ACHUDAE EU VOU AGRADECER MUITO

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/09/2007 - 23:33
    Enviado por: Fernanda Moraes

    Gostaria de saber se, depois de 3 anos, o nome continuar na Serasa, o que devo fazer, pois, no meu caso, já se passaram mais de 3 anos e ainda continua lá, impedindo-me de fazer crediarios. Aguardo resposta. Preciso saber disso urgente por favor. Agradeço desde já. Fernanda

    Advogado de Defesa

    Leia comentário acima

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2007 - 17:41
    Enviado por: Juliana

    Se eu tiver o nome sujo não consigo arrumar emprego?

    Advogado de Defesa:

    Inúmeras empresas estão consultando os cadastros negativos, como Serasa, SPC e até o cadastro do Banco Central, para verificar se o candidato a alguma vaga de emprego está com o nome sujo na praç. Então, pode, sim, que estiver com o nome sujo não conseguir emprego.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/09/2007 - 19:34
    Enviado por: Fábio Quaresma

    Olá,
    Estou com meu nome na SERASA há mais de cinco anos, e meu nome não limpou. Agora estou fazendo concurso público do Banco do Brasil. E, para ser contratado, tenho que está com o nome limpo. No caso de vir a perder a vaga por esse motivo posso processar a SERASA por danos morais. E como faço para tira meu nome da SERASA. Devo entrar no Juizado de Peguenas Causas contra está empresa.

    Advogado de Defesa

    Apesar de o novo Código Civil (de 2002) afirmar no artigo 206, parágrafo 3°, que prescreve em 3 anos a ação judicial “para haver o pagamento de título de crédito”, e o Código de Defesa do Consumidor proibir a continuação do devedor na “lista negra” depois da prescrição da dívida, neste caso, a prescrição de 3 anos prevista no novo Código Civil não é a que deve ser tomada como base para o tempo de permanência da negativação do devedor. É que há o mesmo Código Civil, além do prazo de 3 anos citado, traz outro prazo, agora de 5 anos, também para cobrança de dívida. E este prazo maior é o que deve ser usado como parâmetro pelos órgãos de proteção ao crédito, conforme já decidiu o STJ em 2004 (recurso 472203).
    Qual a diferença entre os dois prazos citados do Código Civil de 2002? O de 3 anos refere-se a um tipo específico de cobrança de dívida (ações executivas) e o prazo de 5 anos às cobranças em geral (ações ordinárias ou convencionais de cobrança).
    De qualquer forma, é bom saber, que mesmo saindo o nome dos órgãos de proteção ao crédito, a dívida vai continuar sendo cobrada.
    Para tirar o nome da Serasa, primeiro deve-se ir até a empresa e pegar o comprovante de que o nome está lá. Com esse documento, basta procurar o Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2007 - 16:18
    Enviado por: alberto marcondes junior

    Eu estou devendo o banco bradesco aproximadamente há 3 anos. Gostaria de saber se meu nome vai sair da lista negra da Serasa?
    E tenho uma dívida com a prestadora de telefonia celular com o mesmo tempo. Ela vai sair com 3 anos também? Me diga um exemplo de dívida que prescreve com 3 anos.

    Apesar de o novo Código Civil (de 2002) afirmar no artigo 206, parágrafo 3°, que prescreve em 3 anos a ação judicial “para haver o pagamento de título de crédito”, e o Código de Defesa do Consumidor proibir a continuação do devedor na “lista negra” depois da prescrição da dívida, neste caso, a prescrição de 3 anos prevista no novo Código Civil não é a que deve ser tomada como base para o tempo de permanência da negativação do devedor. É que há o mesmo Código Civil, além do prazo de 3 anos citado, traz outro prazo, agora de 5 anos, também para cobrança de dívida. E este prazo maior é o que deve ser usado como parâmetro pelos órgãos de proteção ao crédito, conforme já decidiu o STJ em 2004 (recurso 472203).
    Qual a diferença entre os dois prazos citados do Código Civil de 2002? O de 3 anos refere-se a um tipo específico de cobrança de dívida (ações executivas) e o prazo de 5 anos às cobranças em geral (ações ordinárias ou convencionais de cobrança, ou seja, de conta de telefone, financiamento, prestações em geral, etc.).
    De qualquer forma, é bom saber, que mesmo saindo o nome dos órgãos de proteção ao crédito, a dívida vai continuar sendo cobrada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2007 - 18:11
    Enviado por: Cirley Ribeiro

    Sou jornalista e estou fazendo uma reportagem sobre pessoas que têm dificuldades para conseguir emprego porque têm dívidas, nome no SPC e Serasa ou processos trabalhistas.
    Se quiser contar sua história entre em contato informando um número de telefone para a entrevista.

    Cirley

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/08/2010 - 14:34
      Enviado por: Paula Santos

      Há dias como hoje que a unica vontade é de estourar os miolos. Se não consigo pagar minhas dividas trabalhando imagina sem trabalhar. Não consigo emprego. Me sinto uma marginal. Teriam como me dar dicas …ou acabo de uma vez com esse meu penar!

      responder este comentário denunciar abuso
    • 01/03/2011 - 07:52
      Enviado por: ozélia de souza

      Estou a procura de emprego há 3anos,faço cadrastro pelos site da iternet e quando sou chamada para entrevista fico deprimida.
      Passo na prova mas na dinamica sempre não sou aprovada,acredito que o fato de estar com o nome no serasa não consigo emprego.
      Acho um absurdo uma falta de respeito com o ser humano,afinal com essa crise quem é que não deve.As empresas nunca dizem o que reprova nessa dinamica, mas ja estou certa que é a restrição no nome.Como pagar as dividas ou negociar se não temos onde trabalhar.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 23/03/2011 - 11:25
      Enviado por: jose vitor de assis junior

      tenho uma situação de que, nome sujo, fiquei 1 ano desempregado, arrumei num telemarketing para ganhar um salario minimo, gostaria de saber se existe um modo pelo qual ha possibilidade de sanar esses problemas, pois não tenhyo realemtne como pagar ganhando 1 salario minimo

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/09/2007 - 15:15
    Enviado por: JOSINEI

    BOA TARDE, TENHO UMA DÍVIDA NO BANCO HÁ MAIS DE QUATRO ANOS, E NÃO ESTOU CONSEGUINDO PAGAR, POIS AS PARCELAS FICARAM MUITO ALTAS. FIZ UMA PROPOSTA AO BANCO, MAS ELE NÃO ACEITOU. O QUE DEVO FAZER? SERÁ QUE RECORRER À JUSTIÇA RESOLVERIA.
    SDS.

    Advogado de Defesa:

    Você pode insistir no banco para a renegociação da dívida e, ainda, procurar o Procon para tentar uma solução

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/09/2007 - 16:09
    Enviado por: Danielie amaral de oliveira

    Gostaria de saber como posso resolver uma dívida no qual tento negociar, porém a empresa não abre mão dos juros, o que me complica, não efetua parcelamento e não tenho o montante pedido por eles. Como posso efetuar o pagamento da dívida no valor real e solicitar a exclusão nos órgãos de proteção ao crédito?

    Advogado de Defesa:

    Procure o Procon e leve toda a documentação sobre a dívida, desde o contrato, as prestações já pagas e os boletos futuros (caso tenha) ou a proposta de valor que a empresa diz que você deve.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/07/2010 - 23:56
      Enviado por: Sales

      No ano de 2001 passei por problemas financeiros e meu nome foi para o cerasa por uma instituição financeira. Passou-se 5 anos e meu nome saiu do cerasa.
      Após sair uma empresa terceirizada entrou em contato comigo para falar sobre a divida, dizendo que se eu me interessasse em quitar a divida poderia estar negociando, e resumindo negociei essa divida e 12 parcelas de valor X. Quando terminei de pagar fui a instituição verificar se estava tudo normal, me falaram que eu continuava devendo, e que eu tinha quitado somente uma parte do CDC e que eu ainda devia o restante do CDC e ainda tinha cartão de crédito e limite, mas se caso eu quisesse quitar tudo ficaria no valor X.
      Solicitei que enviassem o boleto, no intuito de me livrar da divida, o boleto veio e eu novamente paguei.
      Ao efetuar tal pagamento novamente fui a instituição e ao chegar a gerente me informou que eu continuava devendo, CDC, cartão e limite. Perguntei quanto ficava tudo e de que forma poderia estar quitando ela me falou que não poderia fazer mais nenhuma negociação e que tenho que pagar tudo a vista.
      Outro detalhe, é divida ativa que esta ganhando juros sobre juros.
      Por favor, peço a todos que ja passaram por essa situação, ou que entendem me da um alo, sobre qual procedimento devo tomar, pois estou começando a desacreditar na resolução. Obrigada.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/09/2007 - 18:54
    Enviado por: Alessandra

    Estou com o nome sujo e se não quiserem me darem emprego por esse motivo, tem lei que me ampare nesse sentido?
    Como posso me defender se perder a vaga por restrição no nome?

    Advogado de Defesa:

    O órgão de proteção ao crédito não foi criado com a finalidade de impedir um dos mais sagrados direitos da pessoa humana,que é o acesso ao emprego. Os direitos trabalhistas são as lutas mais legítimas e mais antigas desde a Revolução em Industrial, no século XVIII, e são os direitos que devem ser defendidos em primeiro lugar numa sociedade capitalista, na qual sem emprego não existe mais nada que assegura a cidadania. É uma garantia constitucional essencial, e contra a qual NADA, NADA juridicamente falando pode se colocar ou impor. Daí, a repercussão do nome sujo sobre o acesso ao emprega é uma das maiores inconstitucionalidades e violência contra o trabalhador – e inclusive foge aos objetivos do SPC/SERASA, que estão sendo desvirtuados. A pessoa prejudicada deve ir ao Juizado Expecial Cível e exigir danos morais, e deve se dirigir à Promotoria da Cidadania e do Consumidor e exigir providências contra a atuação danosa desses órgãos nesse ponto, bem como a punição das empresas que fazem tal discriminação.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/03/2011 - 16:11
      Enviado por: Shirley Freire

      O que eu acho mais ridiculo nesse Brasil e o proprio governo proibir uma pessoa de assumir um cargo publico so porque esta com o seu nome negativado no SPC/SERASA ou conseguir um trabalho em alguma empresa pelo mesmo motivo. Aonde esta a justica desse pais que nao ver isso e nao pune a quem infrigem essas leis. Se o cidadao nao consegue emprego como podera saldar as suas dividas e manter a sua familia. Eu mesma sou uma destas pessoas que estar sendo prejudicada.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 06/04/2011 - 20:25
      Enviado por: green mile

      Resposta para o Sr.Advogado de defesa.

      Meu querido se vc nao sabe nao existe exito na acao que nao se tem provas , como eh o caso.Se a empresa nao quiser contratar o candidato inadimplente , ela nao o farah e pronto.A nao ser que o gestor de RH tenha diarreia mental e fale pro candidato que eh por que ele tem nome sujo o motivo da nao contartacao.Se isto ocorrer me avise que vou concorrer a uma vaga na mesma empresa para Diretor -presidente.Acorda Brasil!!!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/09/2007 - 00:49
    Enviado por: Ana

    Gostaria de fazer uma pergunta.Estou com nome nos cadastros do SPC e, ainda pior, uma das empresas na qual fiquei com pendências de pagamento me colocou na
    justiça. Não tenho como pagar. Faz 9 meses que não trabalho. Gostaria de saber se é pelo fato da ação judicial contra mim pelo motivo de não ter quitado as prestações que não arrumo um trabalho por mais que eu procure.
    Obrigado
    Att.Ana

    Advogado de Defesa:

    Ana, veja a resposta no comentário acima

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 10:30
    Enviado por: Valter Luiz Pereira

    Gostaria de saber se o banco pelo qual recebo meus vencimentos mensais, pode bloquear este, para pagamento de dívida contraída por empréstimo pessoal? Não concordo com os valores que estão sendo cobrados e provavelmente pretendo pagar esta dívida depois deste banco me cobrar judicialmente, pois já esgotei a possibilidade de negociação.

    Advogado de Defesa:

    O banco não pode “invadir” a conta do consumidor. O empréstimo, cujas prestações estão em atraso, é um contrato, e a conta bancária outro contrato. E cada um dos contratos resolve-se por suas próprias regras.
    O contrato de empréstimo já contém punições para o caso de atraso e
    o banco deve se ater a ele, e só adotar as providências nele previstas.
    Poderia parecer normal que, tendo dinheiro na conta do cliente, o
    banco pudesse, sem pedir licença, se apossar de parte do numerário como
    pagamento da dívida. Da mesma forma, algumas pessoas pensam que o credor de uma dívida pode, diretamente, reter ou apoderar-se de um bem do devedor, que está à sua disposição, como forma de quitação do débito.
    Credor não tem direito ilimitado
    Só que nenhuma dessas atitudes é aceitável juridicamente falando. Quem tem um crédito pode tentar recebê-lo, amigavelmente, sem nenhum método vexatório ou constrangedor. Mas, se o caminho do consenso entre as partes falhar, só resta uma saída lícita: obter o pagamento do débito via Justiça – só esta, por meio do que se chama devido processo legal (“due process of law”), pode usar de meios coativos para cobrar (executar) um débito. Assim mesmo, no caso das dívidas, o uso da força, quando for necessário, não se aplica contra o próprio devedor (salvo dívida de pensão alimentícia), e sim em relação aos seus bens (por exemplo: apreensão e venda dos bens em leilão).

    Os bancos muitas vezes invadem a conta bancária do cliente para
    tentar cobrar dívidas (uma espécie de justiça pelos próprias mãos, sim).
    Veja no site http://www.stj.gov.br, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decisões dos processos nºs. 353.291 e 83.545(agravos regimentais).
    Na primeira decisão, o saldo existente na conta do consumidor representava o salário depositado por seu empregador. No julgamento, o STJ rechaçou a atitude do banco de se apossar, sem autorização, do dinheiro existente na conta do cliente, argumentando que, assim como não se pode penhorar (apreender judicialmente) salário para receber dívida, este também não pode ser alvo de compensação de crédito, como o banco pretendeu fazer. No segundo processo referido, o STJ também não admitiu a pretensão de um banco de se apossar de dinheiro na conta corrente do cliente – no caso,o dinheiro era fruto de uma promoção que o banco tinha dado ao correntista, que era seu funcionário, e depois considerou que a vantagem salarial era indevida. Só que o ex-patrão do titular da conta, em lugar de saber que só a Justiça pode executar diretamente o pagamento de uma dívida, como dito antes, foi lá e no vencimento da aplicação feita pelo ex-funcionário meteu a mão na grana, como se diz no bom popular.
    Vale lembrar que, mesmo quando o cliente do banco é seu devedor e autoriza o desconto das prestações do empréstimo em sua conta corrente, se o valor da dívida passar a ser questionado na Justiça, os descontos automáticos (autorizados) não devem mais ser feitos, porque corre o risco de o correntista continuar pagando o que, a princípio, não deve.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 13:23
    Enviado por: Vitor Lopes

    Estou com o nome sujo e necessito abrir uma conta corrente para conseguir juntar o dinheiro para pagar minhas prestações em dia. É possivel abrir alguma conta ou até mesmo poupança estando negativado nos aos orgão de proteção ao credito.

    Advogado de Defesa:

    Dificilmente os banco aceitam abrir conta para quem tem nome “sujo”.

    Para a abertura de cuma conta corrente, O Banco central estabelece que é obrigatório apresentar cédula de identidade, CPF, alguns bancos exigem comprovante de renda. A legislação permite que cada banco estabeleça as próprias regras para a ceitação de um cliente. E o banco pode recusar a aberutra ou a manutenção de uma conta caso o nome do correntista esteja ou tenha estado no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo (CCF.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/06/2011 - 13:09
      Enviado por: Alysson

      Você pode abrir uma caderneta na Caixa Econônica Federal sem ter necessidade de um valor minimo, você pode abrir a caderneta até com 1 real.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 25/10/2011 - 17:17
      Enviado por: Cintia

      Como assim TENHA ESTADO?
      Exemplo: Se ja se passaram mais de cinco anos, o nome ja saiu do CCF, e a pessoa estiver pleiteando abrir uma nova conta, em outro banco, eles tem como saber que algum dia na vida o nome desta pessoa ja esteve cadastrado por lá?

      Meu caso:
      Ha dez anos tive problemas com o banco real.Alguns cheques sem fundos e tal.Passado mto tempo eles venderam minha divida pra uma outra empresa que tentou renegociar comigo, sem sucesso!
      Fiz uma pesquisa no SPC,SERASA E CCF e nada consta mais em meu nome.Nao consta os cheques devolvidos, que pra falar a verdade nunca mais vi, nenhum protesto(de fato, nunca levei) nem lojas, nada!
      Agora meu marido quer me incluir na conta corrente dele,que ele ja tem ha mais de 8 anos conta conjunta.Em outro banco…
      Eles tem como saber que um dia ja estive com o nome no SPC,SERASA,CCF e negarem a minha inclusão na conta?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/09/2007 - 21:12
    Enviado por: Vitor Zelenka

    Paguei uma dívida (um cheque) e o levei para dar baixa no CCF. O Banco executou a operação e deu baixa. Acontece que o cheuqe está “aparecendo” no SPC. Como isso é possível, se não há mais nenhum cheque devolvido em meu nome?

    Advogado de Defesa:

    Se for o mesmo cheque que consta no SPC, então o credor não pediu a baixa ao SPC. Você deve exigir isso dele.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 21:18
    Enviado por: Vitor Zelenka

    Em tempo, faz mais de um mês que paguei o cheque e não retiraram o nome do SPC. Cabe Processo por danos?

    Advogado de Defesa:

    Se o valor do cheque for até 20 salários mínimos, você pode procurar o Juizado Especial Cível solicitando liminar para a retirada urgente e, ainda, mover ação contra a empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2007 - 13:06
    Enviado por: Jose Carlos

    Olá…

    Tenho uma dívida oriunda de limite do cheque especial e de uma última parcela de empréstimo a um banco. Esses débitos já têm mais de 5 anos, já tendo sido baixados dos orgãos de proteção do crédito por prescrição. Noutro dia o banco me ligou dizendo que vendeu o titulo da dívida a outra empresa e me ameaçando que o débito será novamente negativado por esta nova empresa.
    Pelo exposto pergunto:
    1° – É possivel que o débito seja novamente registrado nos orgãos de proteção ao crédito?

    2° – O débito, por terem se passado 5 anos, torna-se incobrável ou é possivel ao banco realizar a cobrança?

    3° – Em caso da possibilidade de cobrança do débito, posso me utilizar de um pedido de revisão dos juros com base no fato de o valor atualmente cobrado é infinitamente superior ao valor do débito original?

    Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    É prática das empresas comercializarem débitos existentes. A empresa que compra essa carteira poderá protestar o título e at´enviá-lo novamente para a listas de cadastros negativos.
    Procure o Procon e leve toda a documentação sobre a dívida, desde o contrato, as prestações já pagas e os boletos futuros (caso tenha) ou a proposta de valor que a empresa diz que você deve.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2007 - 13:50
    Enviado por: Marcio

    Comprei um carro, mas não consegui pagar a segunda prestação e com isso meu nome foi negativado. Gostaria de saber se eu devolver esse carro para o banco minha dívida será sanada?

    Advogado de Defesa:

    É melhor você procurar a financeira e ver com eles quais as possibilidades de devolver o carro ou renegociar o débito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2007 - 17:25
    Enviado por: Wanessa Nunes

    Estive fazendo uma pesquisa e encontrei vários livros que falam a respeito de retirada do nome no SPC/SERASA, inclusive com algumas facilidades. Gostaria de saber se é possível resolver com tanta facilidade ou seja sem pagar a dívida total?

    Advogado de Defesa:

    Qualquer consumidor pode fazer a “limpeza” do nome sem precisar contratar nenhum intermediário. A Serasa e o SPC, em seus sites, dão todas as dicas. Agora, a precisa precisa está quitada ou, pelo menos, renegociada. Se ela for renegociada, o nome deve sair imediatamente das listas negras, isso porque a dívida antiga não existe mais e, sim, uma nova, que ainda não venceu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2007 - 19:29
    Enviado por: REJIANE

    Olá,
    Gostaria de saber a partir de quanto tempo da dívida vencida uma empresa poderá efetuar a inclusão do nome do inadimplente nos órgãos de restrição ao crédito? Trinta dias após o vencimento?

    Advogado de Defesa:

    Não há prazo para isso. A empresa pode colocar no dia seguinte ao vencimento caso a dívida não tenha sido paga.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/02/2011 - 19:50
      Enviado por: Jaqueline

      Que isso!!! Será que entendi direito? Basta atrasar UM DIA APÓS O VENCIMENTO que o credor pode colocar nosso nome no SPC? QUE ABSURDO!!!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/09/2007 - 21:44
    Enviado por: Tadeu Costa

    Olá! Tudo bom?

    Minha dúvida é o seguinte. Fiz um empréstimo com um determinado banco no ano de 2001. Como não continuei a pagar as parcelas, o banco me negativou. No final de 2006, procurei o banco para fazer acordo, pois precisava limpar meu nome para poder ser contratado por uma empresa. O banco se negou a receber dizendo que a dívida estava no prejuízo. Agora o que aconteceu, o banco passou a dívida para uma terceirizada e ela lançou meu nome no SPC/Serasa com a data: 18/01/2003. Gostaria de saber se em 18/01/2008 a dívida vai prescrever, ou seja, completaram-se os 5 anos. O banco poderia se recusar a receber a dívida? Espero que possa tirar minhas dúvidas. Obrigado!!!

    Advogado de Defesa:

    Há uma confusão: a dívida não prescreve nunca. Depois de 5 anos seu nome é retirado das listas negativas, mas a dívida pode continuar sendo cobrada. Normalmente, as empresas credoras acabam “vendendo” essa dívida para empresas de cobrança, que irão continuar a fazer a cobrança do débito e, muitas vezes, se não conseguir recebê-lo, acabam por colocar novamente o nome do consumidor na lista negra.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 02:53
      Enviado por: Márcia

      E uma empresa de cobrança pode renegativar o nome de uma pessoa, passados 5 anos em que o mesmo esteve com o nome sujo?E a data do contrato não é levada em conta?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/09/2007 - 09:24
    Enviado por: junior

    Bom dia,
    Gostaria de saber se existe alguma empresa idônea que presta serviço de reabilitação de crédito, que assume a dívida e fica responsável em receber do consumidor. Devo R$ 3.500 em banco, cartão de crédito e crediário. São credores diferentes. Existe alguma empresa ou entidade que assumiria todas as minhas dívidas e eu parcelaria com eles, já que tenho restrição.Onde poderia conseguir esse serviço. Sou assalariado e tenho estabilidade no emprego. Posso pagar R$ 300 por mês.

    Obrigado e aguardo sua resposta por e-mail

    Advogado de Defesa:

    Se você tem disponibilidade de dinheiro, é melhor negociar separadamente com cada credor em vez de procurar uma empresa para fazer isso. E as empresas que existem é justamente para negociar a dívida, não para assumir a dívida. Lembre-se, que assim que a renegociação for feita seu nome tem de ser retirado dos cadastros negativos. Isso porque, a dívida antiga foi substituída por uma nova e, então, ainda não está vencida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 11:30
    Enviado por: Otovio Henrique

    Estou com o nome no SPC por causa de um empréstimo bancário e cartão de crédito. Estou querendo tomar um empréstimo consignado em folha em outro banco. Será que eu conseguiria pelo fato de ser descontado diretamente em folha de pagamento?

    Advogado de Defesa:

    Como é consignado em folha, ou seja, há a garantia de pagamento, talvez você consiga. Mas o melhor é consultar isso diretamente no banco que se pretende pedir o empréstimo consignado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 12:04
    Enviado por: Rose

    Estou com meu nome no SPC por causa de um cartão. O endereço de entrega de correspondência é residencial e a prestadora modificou para o endereço comercial sem minha autorização. Recebi um comunicado em casa avisando que minha solicitação de alteração de endereço foi realizada com sucesso, o que faço?
    Pois acho isso uma grande invasão de privacidade.

    Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Na cobrança de dívida, a empresa não pode constranger o consumidor nem submetê-lo a ameaças, conforme determina o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor. Se a mudança do endereço te trouxe algum constrangimento, você deve procurar o Juizado Especial Cível. Ainda, deve pedir explicações à administradora do cartão a razão por ter mudado o endereço de correspondência.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 14:27
    Enviado por: jose antonio

    Estou com meu nome em protesto no cartório há 4 anos e não estou conseguindo pagar porque a pessoa para a qual eu devo está pedindo o dobro do valor e não aceita parcelar, quer tudo na hora.
    Segundo ele, se não for assim fica no protesto.

    Advogado de Defesa:

    A sua única saída é continuar tentando negociar. Se ele quer tudo de uma vez e você não tem como pagar, então, ele também não irá receber nada. A negociação é o melhor caminho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 14:29
    Enviado por: jose antonio

    Estou com o meu nome em protesto no cartório há 4 anos e não estou conseguindo pagar porque a pessoa para a qual eu devo está pedindo o dobro do valor e não aceita parcela, quer tudo na hora.
    segundo ele se não for assim fica no protesto.

    Advogado de Defesa:

    Enquanto você não saldar sua dívida, seu nome continuará negativado. Agora, quanto ao valor a ser pago, você pode procurar o Procon, levando todos os documentos, para que possam calcular o valor real da dívida com os juros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 15:24
    Enviado por: JOSEVALDO lOPES

    Gostaria de saber como faço para tirar o meu nome da Serasa. Tenho alguns cheques devolvidos e não tenho condições de pagá-los, uma vez que tenho tentado pegar empréstimos a longo prazo para resgatá-los. Gostaria de saber como faço.

    Advogado de Defesa:

    Só liquidando esses cheques você poderá limpar seu nome. Tente reorganizar seu orçamento, fazendo uma previsão de pagamento para esses cheques. Depois, procure o credor e tente negociar com ele. A partir do momento em que a dívida é renegociada, o nome deve ser retirado dos cadastros restritivos. Isso porque, a dívida antiga deixou de existir para dar um lgar a uma nova dívida, que ainda não está vencida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 17:15
    Enviado por: Sonia

    O que acontece se a pessoa realmente não pagar as pendências nos órgãos de restrição?
    De que maneira os credores podem obrigá-la?
    O que acontece se ela realmente não tiver como negociar?

    Advogado de Defesa:

    A dívida tem de ser paga aos credores e não aos órgãos de restrição. Quitada, a empresa deve retirar o nome das listas negras. Caso não seja paga, o nome permanecerá nos cadastros por um período de 5 anos, quando deverão sair, mas isso não significa que a dívida deixará de existir. Ela poderá ser cobrada judicialmente. Ainda, enquanto o nome continuar “sujo”, o consumidor não poderá fazer comprar à prazo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 17:42
    Enviado por: Juliana

    Olá, meu nome é Juliana, estou com o nome sujo e não posso pagar porque estou desempregada. Gostaria de saber se é verdade que há uma lei na qual proíbe uma empresa de contratar um funcionário por ele estar com o nome sujo?
    É proibido mesmo?
    Só com a consulta do SCPC constando que a empresa consultou meu nome posso provar que havia interesse de me contratar?
    Posso processar? Como?
    Pequenas causas?
    Danos morais?

    Advogado de Defesa:

    Não há lei que mencione isso. E a finalidade dos cadastros de restrição ao crédito não é para barrar emprego e, sim, para informar se o consumidor está inadimplente ou não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 18:37
    Enviado por: Thiago Castro

    Estudo em uma faculdade e estou com duas mensalidades em atraso. Tentei fazer o cancelamento do curso e me disseram que só poderia fazê-lo se pagasse as mensalidades em aberto. Sem o cancelamento, meu débito irá aumentar. Gostaria de saber se eles podem proceder desta maneira e se poderão negativar o meu nome?

    Advogado de Defesa:

    Poderão, sim negativar seu nome. Tente a negociação do débito e, ao mesmo tempo, exija o cancelamento da matrícula.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 18:55
    Enviado por: josé ivan belchior vieira

    Só estou aqui para deixar um comentário e fazer uma pergunta: será que posso procurar o Procon para resolver minha dívida. Só pagar o que eu pedi emprestado sem ter de pagar os juros absurdos que os bancos cobram? Será que existe alguma lei que defenda o consumidor e facilite ele de tirar o seu nome do SPC e da Sserasa. Será que temos que ficar à mercê dos bancos que cobram taxas absurdas com medo de não conseguir algum emprego? Se não existir alguma lei, devemos lutar para que essa lei exista a fim de ajudar o trabalhador a ter uma vida mais digna.Se existir alguma lei com essa proposta, por favor nos informe que vai ser muito importante para nós.

    Advogado de Defesa:

    Você pode, sim, procurar o Procon para fazer o cálculo de sua dívida. Isso não significa que não terá de pagar juros, mas saberá se estão corretos ou não.
    Não existe lei sobre esse assunto, mas há decisões na Justiça, como a do Superior Tribunal de Justiça que determina a redução de juros por abusividade, para uma consumidora do Rio Grande do Sul (Recurso Especial 971853). Então, a Justiça pode ser um caminho

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 22:50
    Enviado por: Nick

    Tenho uma dívida grande com um banco, proveniente de empréstimo da qual não agüentei pagar nenhuma parcela. Por meio de uma empresa terceirizada, estão me ameaçando com uma possível ação judicial.
    Bom, gostaria de saber se isso é possível?
    Como é essa ação judicial?
    Além da dívida principal eu sou obrigado a ter que pagar juros, encargos contratuais, honorários advocatícios e custas judiciais, sendo que eu não tenho como pagar sequer a dívida principal?
    Posso perder algum bem? Sendo que na época que assinei o contrato nele não constava bem algum para pagamento da dívida.
    Grato pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    A ação judicial é um processo na Justiça contra você, momento em que poderá se defender. Se você for condenado e não tiver como pagar, poderão ser penhorados os seus bens, não podendo ser casa ou eletroeletrônicos se você tiver apenas um de cada modelo. Mas carro, por exemplo, pode ser penhorado. Lembramos que se você assinou algum título de crédito (nota promissória, cheque, etc), o prazo de prescrição da dívida é de 3 anos e o consumidor, caso seja acionado na Justiça, será citado em 24 horas para pagar a dívida. Caso não a pague, os bens são penhorados imediatamente por meio de liminar

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/03/2010 - 11:04
      Enviado por: Gil Silva

      Continuando o caso do Nick,
      se ele não tiver bens pra penhorar podem prendê-lo???

      responder este comentário denunciar abuso
    • 23/08/2011 - 21:05
      Enviado por: leila l tertull

      venho de um divorcio desde 1998,ele abriu mão da nossa casa ao meu favor ,hoj
      e ele deve aos bancos dinheiro e quero saber corro perigo de perder meu imovel/mesmo k o juiz

      homologou no breve relato a casa pra mim ?uso meu nome de solteira…obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/09/2007 - 11:40
    Enviado por: Daniel

    Tenho uma dívida com uma universidade já tem 4 anos. Já ofereci uma proposta para pagá-la, mas eles não aceitaram. Gostaria de saber se existe uma lei que proíbe as instituições de ensino colocar no nome dos alunos inadiplentes na Serasa ou no SPC e quanto tempo meu nome vai continuar com restrições?

    Advogado de Defesa:

    Não existe nenhuma lei que impeça. Seu nome ficará com restrição por um período de 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2007 - 17:12
    Enviado por: inês

    Uma pessoa, minha conhecida, quer que insira o seu nome na minha conta bancária para conseguir fazer um novo crédito, que vai juntar todos os outros que tem. Essa pessoa precisa mostrar que tem rendimentos superiores aos que tem, por isso veio pedir-me para a inserir na minha conta. A pessoa em questão tem prestações da casa, carros, e outros créditos em atraso. Se eu a introduzisse na minha conta bancária iria ficar com o meu nome sujo? O que me pode acontecer se fizer isso?

    Advogado de Defesa:

    Acho que essa matéria poderá te ajudar

    Pesquisa da Associação Comercial (SPC) mostra que essa dívida é a 2ª maior razão de inadimplência

    MAÍRA TEIXEIRA
    maira.teixeira@grupoestado.com.br
    Um dia, um amigo faz a proposta: “Preciso comprar um carro, mas o meu nome
    está sujo. Você pode comprar no seu nome e eu pago?”É fácil prever que essa
    história não vai acabar bem. Prova disso é o levantamento feito pela
    Associação Comercial de São Paulo, órgão que abriga a Central de Serviço de
    Proteção ao Crédito (conhecido como SPC). Realizada em setembro, a pesquisa
    revela que a segunda razão de inadimplência no Estado é o “empréstimo” do
    nome para terceiros; ficando atrás apenas do desemprego.
    Para Maria Inês Dolci, coordenadora jurídica da Associação Brasileira de
    Defesa do Consumidor (Pro Teste), vale a máxima do “amigos, amigos, negócios
    à parte”. “Por mais amigo que seja, emprestar o nome pode acarretar danos à
    amizade, porque prejudica a confiança no outro quando o negócio dá errado.
    Além de ficar com a restrição de crédito.”
    Ela destaca que a possibilidade de o amigo ficar desempregado deve ser
    levada em consideração na hora de enfrentar essa saia-justa. “Não vale a
    pena misturar os assuntos. Se a pessoa que está usando o nome alheio perder
    o emprego ela pode ficar impossibilitada de pagar, aí complica tudo. É
    importante frisar: nome não se empresta.”
    Roseli Garcia, gerente da unidade de pessoa física da Associação Comercial,
    recomenda diplomacia nessa hora e dá uma dica para ajudar o amigo que não
    tem crédito e por isso pede o nome de outro emprestado. “Sei que pode
    parecer pedante, mas fazer esse favor não ajuda a pessoa que não consegue
    fazer compra a prazo. O que ajuda é ensinar ou orientar o inadimplente a
    controlar o orçamento e – o principal – dar a noção exata de que ele só pode
    comprar à vista e com dinheiro. Usar o nome de outro não vai mudar a sua
    inadimplência.
    Responsabilidade
    Roseli afirma que o mais importante de saber neste assunto é que quem
    empresta o nome é o único responsável pela dívida. “Não tem onde reclamar
    porque a responsabilidade é de quem assina o contrato de dívida, quem assume
    o crediário. Portanto, a pessoa que empresta o nome tem de saber e assumir
    todos esses riscos. Se ele não pagar a dívida contraída pelo outro é o
    próprio nome que vai ficar negativado.”
    Ao receber o pedido de inclusão de nome a sua lista, o SPC envia uma carta
    ao consumidor, ou seja, neste caso de empréstimo do nome quem recebe o aviso
    da dívida é o fiador e quem emprestou o nome, já que os dados do contrato
    são de uma pessoa que não fez, de fato, a compra.
    Ao receber a carta o consumidor tem prazo de 10 dias para verificar a
    situação e quitar a dívida ou provar o engano (só em casos de erro de
    empresas; não por empréstimo de nome). “No aviso, há uma senha de acesso no
    site onde o devedor pode saber o valor da dívida, endereço da empresa
    credora. Assim, ele pode fazer contato e regularizar a situação antes de ter
    o nome incluído”, explica Roseli.

    ‘Insisti no erro. Sou burro’

    O funcionário público Roberto (nome fictício) se deu mal duas vezes por
    emprestar o nome a uma mesma pessoa, um primo. “Ele precisava ter carro para
    trabalhar como representante comercial. Sem o automóvel a vaga não seria
    dele. Diante desse argumento, não pude dizer não.” Dois meses depois do
    negócio fechado, Roberto recebeu uma carta avisando sobre o débito. “Falei
    com meu primo, que disse que estava acertando a vida depois de tanto tempo
    desempregado, e prometeu que ia pagar.”
    Cinco meses depois, nova correspondência avisava que o nome ia ficar sujo.
    “Ele se comprometeu a quitar as parcelas. Essa situação se repetiu mais 3
    vezes durante os 24 meses do financiamento do carro, mas ele acabou
    pagando”, lembra.
    Dois anos depois, o mesmo primo, que não tinha limpado o nome ainda, o
    procurou. “Disse que queria trocar o carro por um mais novo, já que usava
    muito. Concordei. No entanto, avisei que não queria passar por toda aquela
    situação desagradável de novo. Ele disse que estava melhor de vida e se
    comprometeu a pagar tudo direitinho. Perguntei ‘por que você não limpa seu
    nome e compra o carro depois?’ Ele disse que a dívida era injusta, que
    estavam cobrando a mais, tentando tirar dinheiro dele”, conta. Mas, mesmo
    com receio, disse sim.
    “Sou burro, porque insistir no erro é burrice. Enfim, aprendi. Ele, que hoje
    não é mais meu amigo, parou de pagar as parcelas e disse que não tinha
    dinheiro porque estava devendo a agiotas. Conclusão: paguei duas parcelas,
    fiz com que devolvesse o carro e aprendi: nunca mais faço esse favor a
    ninguém.”

    SAIA-JUSTA antes de sofrer com o problema, aprenda a dizer não

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2007 - 11:10
    Enviado por: Raphael

    Sophia,
    Bom Dia!!

    Passei por uma dificuldade terrível, perdi tudo quase tudo e conseqüntemente meu nome foi para a Serasa, SPC e etc.Já se passaram 6 anos e acredito que não consta mais na lista negra. Mas caso não conste mais e queira fazer um financiamento em algum banco, será que mesmo meu nome fora dos registros eles visualizariam os débitos antigos?

    Advogado de Defesa:

    O melhor a fazer é procurar a Serasa e o SPC e verificar se o seu nome continua lá.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2007 - 17:09
    Enviado por: Edmundo

    Bom dia!

    Tenho dívidas com Cacique, Finivest, Banco do Brasil, Marabráz, Casas Bahia, Extra e Cartão Aurea. Essas dívidas começaram em janeiro de 2005 e tive um queda no adicional noturno no valor de R$ 600.00, o que está me impossibilitando de continuar a pagar meus empréstimos e prestações. Pago uma dívida de 60 vezes de R$ 603 e outra de 36 vezes de R$ 115, não sobrando para regularizar com os demais. O que fazer?

    Advogado de Defesa:

    O melhor é procurar todos os credores e tentar a renegociação das dívidas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2007 - 20:10
    Enviado por: Gilmar F. Silva

    Tenho uma dívida com o banco não tenho condições de pagar, só tenho uma casa a pergunta é o seguinte? Obanco pode interferir na minha propriedade onde mora meus filhos?

    Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Podem ser penhorados outros bens, mas não a casa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2007 - 20:44
    Enviado por: lilo

    Consultei outro site e pelo que entendi uma empresa não pode negar vaga para um candidato que está com o nome negativado, eles alegam que se isso acontecer posso acusá-los de discriminação.Já me ligaram algumas vezes e sempre fazem essa pergunta: “Você possui alguma restrição no seu nome?”
    Como vou “limpar” meu nome se não consigo trabalho?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2007 - 20:52
    Enviado por: Ingrid

    Boa noite, não estou conseguindo emprego pois meu nome está sujo. Já fui em várias agências de empregos, faço todos os testes, sou aprovada e eles falam que vão entrar em contato e nunca ligam. Tenho certeza de que é por isso. O que fazer?! Estou desesperada.
    Muito Obrigada

    Advogado de Defesa:

    A finalidade dos cadastros de inadimplência não é de impedir emprego e, sim, de fornecer informações para as empresas. Se isso for realmente comprovado, seria interessante avisar o Ministério Público

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2010 - 09:43
      Enviado por: alexandre magela da silva

      cara amiga ingrid o que as empresas fazem e isto mesmo fazem consulta no spc/serasa ve que teu nome esta com restricaõ e ficam te enrolando para naõ te dar emprego muitas empresas no brasil ja cometem este delito quem naõ tem emprego naõ tem como pagar sua divida esta e a 2 prisaõ no brasil

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/10/2007 - 22:02
    Enviado por: juliana

    Pedi um cheque emprestado para um amigo para pagar uma dívida, pois assim me davam mais prazo. Só que não consegui pagar o cheque no dia de ser compensado e meu amigo bloqueou-o. Meses depois, um advogado da empresa em que eu devia me ligou dizendo que a dívida seria cobrada, mas quem teria que responder na Justiça seria meu amigo, titular do cheque. Não quero que ele seja prejudicado. Quero assumir a dívida e responder por ela. Queria pagar parcelado, mas eles não aceitaram. Queriam outros cheques. O que posso fazer nesse caso. Aguardo urgente

    Advogado de Defesa:

    Com certeza, que vai responder na Justiça será o emitente do cheque. Você pode continuar tentando negociar o débito com a empresa de forma que eles aceitem o parcelamento. Caso contrário, terá de pagar a dívida para não prejudicar o emitente do cheque. Não há muitas coisa a fazer neste caso. A dívida existe, você a reconhece e ela terá de ser paga.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2007 - 13:39
    Enviado por: Fernanda

    Boa tarde,
    Devo R$ 5000 à faculdade, porém R$ 300 são em cheque. Tentei uma negociação, porém me disseram que só irei reaver o cheque após o pagamento dos R$ 5.000.
    Para negociar a dívida, eles pediram R$ 2.000 de entrada. Como não tenho o valor, não consegui negociar.

    O que devo fazer nesse caso?! Quero pagar, mas não aceitam a negociação.

    Muito obrigada.

    Fernanda Ribeiro

    Advogado de Defesa:

    A única saída é continuar tentando a renegociação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2007 - 19:03
    Enviado por: Ola!!!

    tenho uma divida com o bradesco desde o 11/6/03 so agora eles entraram com o protesto o que eu deve fazer pagar a divida no cartorio ou no banco Bradesco???

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida está em cartório, você deverá pagar assim que receber o aviso e no próprio cartório

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2007 - 20:21
    Enviado por: visitante.

    Uma faculdade pode me impedir de estudar se eu estiver com o nome no SPC e Serasa de outras lojas?

    Advogado de Defesa:
    Como é um financiamento o pagamento à universidade, pode, sim, impedir de estudar se estiver com o nome negativado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2007 - 22:30
    Enviado por: Francisco Igor Rodrigues

    Oi, tenho algumas restrições em meu nome e trabalho em uma companhia, sendo que o periodo de experiencia foi feito por uma terceirizada, agora para a minha contratação a cia diz que não pode me efetivar por causa das restrições. Este procedimento é legal ? Ela pode se negar a me contratar por causa unica e exclusiva disto? Aguardo seu retorno.
    Igor

    Advogado de Defesa:

    as empresas estão agindo dessa forma, embora, pelos especialistas em consumo, restrições ao nome não podem barrar o emprego (os únicos que podem impdir é o sistema bancário). Caso você tenha perdido o emprego por causa disso, pode recorrer ao Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 13:08
    Enviado por: adilson rodrigues

    tenho restrições no banco pois tive cheque devolvidos uma empresa mim selecionou quando levei minha documentação fui vetado pois não teve como abrir minha conta para receber pagamento que devo fazer.

    obg

    Advogado de Defesa:

    VEJA COMENTÁRIO ACIMA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 16:14
    Enviado por: Ramon Mendes Pereira

    Boa tarde, gostária de saber se é possivel e se, tem lei que permitem que as empresa contratante verifiquem o nome do candidato, e os mesmos os eliminem?
    Quando isso acontece, qual medída a serem tomada pelos candidatos eliminados?
    Já que se estão procurando emprego para limpar o nome e ter uma vida digna, pois há tantos corruptos que fazem coisas piores, pelo menos estamos tentando ser digno, quanto eles eu ja não sei!!!
    desde já grato Ramon.

    Advogado de Defesa:

    Procure neste blog uma reportagem sobre esse assunto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 21:33
    Enviado por: sheila rocha

    Faz 1 ano que estou desempregada e não fechei a conta no banco que recebia os salários. Agora o banco está me cobrando uma dívida de R$ 300,00 e já mandaram meu nome para a Serasa. Está certo o banco me cobrar todo esse valor?

    Advogado de Defesa:

    Sempre que uma conta corrente não for mais movimentada, o correntista deve pedir o encerramento, por escrito, exigindo o protocolo do banco.Agora, o banco deveria ter te informado que a conta em aberto gera tarifas e,se você não recebeu nenhum comunicado nesse sentido, deve procurar o Procon ou o Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 22:11
    Enviado por: MARCIA SUELY

    As restrições que tenho já têm mais de três anos.
    O que tenho que fazer para tirar meu nome da Serasa e do SPC.

    Advogado de Defesa:

    Pagar a dívida. Antes de 5 anos, o nome só sai das listas de inadimplentes se elas forem quitadas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2007 - 07:56
    Enviado por: Caroline Filippsen

    Olá..

    Tenho uma divida de um cheque no valor de 177,00 mas a loja está me cobrando 512,00. Recebi uma Intimação de Audiência, vou comparecer, mas não tenho condições de pagar o valor a vista. Eles podem me obrigar a pagar o valor no dia? Quero negociar, só tenho condições de pagar +/-30,00 por mês, se a loja não aceitar o que pode acontecer comigo?
    Obrigada!

    Advogado de Defesa:

    Você pode negociar a dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2007 - 12:00
    Enviado por: Regina

    Renegociei uma dívida e não vou conseguir pagar porque ainda tenho alguns cheques p cair em minha conta. Posso renegociar a dívida com o banco sem a inclusão do meu nome na Serasa ou no SPC?

    Grata

    Advogado de Defesa:

    Uma vez renegociada uma dívida, o nome não pode ir para os cadastros de inadimplentes, pois a dívida ainda não venceu e a anterior morreu. Agora, é importante antes da renegociação estudar bem o orçamento doméstico para se ter certeza de que se irá cumprir com o acordado com o credor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2007 - 21:54
    Enviado por: katia fonseca

    Estou vindo a anos,empurrando dividas de cartao de credito,e mercado,com isso fiz 3 financiamento pra suprir as dividas todos em 36 meses,mas agora me encontro novamente devendo ao banco,mercado,cartao de credito pra minha salvaçao deste mes teria que fazer outro emprestimo,mas sei que se eu fizer nao terei como pagar,o salario do meu marido nao cobre as contas,tenho medo do que possa acontecer com minha familia,sera que corro o risco de perder minha casa,que é tudo que tenho,se eu nao pagar estas dividas o que pode acontecer,sera que eu poderia estar negociando mais pra frente so no banco entre emprestimo e cartao devo9,000,00 fora as outras contas,aguardo sua resposta obrigada

    Advogado de Defesa:

    você deve conversar com cada credor e tentar renegociar essas dívidas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2007 - 22:02
    Enviado por: sarasignorelli

    Olá, fiz um empréstimo no Banco Itaú de R$ 5.300,00. Paguei só a primeira parcela e não tenho como pagar mais, pois tenho outras dívidas. Corro o risco de perder meu carro e pago uma moto parcelada. Enfim, o banco pode me prejudicar de que forma? Sei que o meu nome já está na Serasa. E depois da Serasa? Me falaram que passa por uma ação judicial. O que acontece aí. Como funciona esta ação judicial.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2007 - 23:22
    Enviado por: Daniela

    Depois de 5 anos o nome sai do SPC e da Serasa?
    Pois tenho uns cheques na rua de 2002 e dívida de uma financeira por causa do mercado e do cartão de crédito.
    Isso tudo limpa ou eu ainda tenho que pagar?
    Obrigada pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    O nome sai do SPC e da Serasa, mas a dívida continua em aberto e terá de ser paga. Ela poderá ser cobrada, inclusive, judicialmente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2007 - 00:09
    Enviado por: Francisco

    Prezado(a) Senhor(a) Doutor(a)

    Tinha uma conta salário em um banco, onde contraí dívidas de empréstimo e cartão de crédito, as quais estou tentando negociar. Ocorre que minha empresa tranferiu a conta salário para outro banco.
    Quando a empresa abre uma conta salário e depois tranfere para outro banco, a conta anterior é cancelada automaticamente?

    Recebi uma restituição atrasada que foi depositada no banco antigo.

    Gostaria de saber também se o banco pode reter ou usar o dinheiro da restituição de Imposto de Renda como forma de pagamento de dívida contraída sem minha autorização.

    Posso sacar esses valores independentemente das dívidas existentes.

    Advogado de Defesa:

    Sempre que uma conta corrente precisar ser fechada, é importante que o consumidor envie carta ao banco solicitando o encerramento e pedindo que ela seja protocolada. Agora, como há dívidas, é melhor renegociá-las e ver com o banco a possibildiade de fechar a conta.
    Nenhum banco pode reter valor depositado em conta corrente para o pagamento de dívidas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2007 - 17:38
    Enviado por: Maria Juracy Bastos

    Comprei um carro financiado em 36x, mas perdi o emprego e não consigo pagar as prestações.
    Posso devolver o carro a financiadora e não ficar com o nome sujo??
    att
    Maria

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar a financeira e tentar a melhor negociação com eles, inclusive ver a possibilidade de devolução do carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2007 - 10:13
    Enviado por: TIAGO ROCHA

    queria saber Dr. se o nome por conta telefonica, cheque sem fundo e emprestimo, voga em arrumar trabalho ???

    Advogado de Defesa:

    veja matéria sobre esse assunto neste blog

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2007 - 16:31
    Enviado por: Aliny Barcellos Pita

    Olá, há 1 ano fiz uma compra no nome da minha irmã em uma loja. Mais infelizmente não consegui pagar a dívida. E agora a dona da loja fica me ligando ameaçando jogar o nome da minha irmã no SPC.
    Gostaria de saber se há possibilidade da dona da loja colocar o meu nome no SPC em vez do nome da minha irmã?
    Estou desesperada e aguardo anciosa pela resposta.
    Muito obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Oficialmente, quem deve é sua irmão, portanto, é o nome dela que será negativado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2007 - 17:26
    Enviado por: elza

    Posso saber se o meu nome está sujo pela internet? Posso saber quanto devo também?

    Advogado de Defesa:

    Consulte os sites da Serasa e do SPC e veja se é possível pela internet

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2007 - 17:33
    Enviado por: Eder da Cruz

    OLÁ
    Fui fiador nas Casas Bahia e a pessoa não pagou essa dívida e meu nome foi incluso no SPC. Procurei a loja com a intenção de quitar essa dívida, mas a proposta que eles me fizeram não tenho condições de pagar. Meu salário é de R$ 380 e eles querem cobrar o valor de R$ 100 por mês. Como eu faço para diminuírem o valor dessa prestação de uma forma que eu possa pagar? E eles, para fazerem esse acordo, querem uma entrada de R$ 300! Tenho de pagar?

    Advogado de Defesa:

    Ou você, que foi fiador, ou o comprador, terão de pagar essa dívida. Tente provar para as Casas Bahia que o valor que você ganha é impossível arcar com uma prestação alta. Volte a falar com eles para tentar renegociar essa dívida ou, então, fale com o comprador para ver se ele não assume pelo menos parte da dívida.
    Você pode também procurar o Procon para fazer o cálculo de sua dívida. Isso não significa que não terá de pagar juros, mas saberá se estão corretos ou não

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2007 - 22:03
    Enviado por: Marcio

    Há dois anos a universidade que eu estudava, durante uma negociação para o pagamento do Credunc(bolsa de estudo), me protestou. Eu entrei no Procon e fizemos um acordo, pois a cobrança foi indevida. Neste mês, eu fui comprar um carro, encomendei, assinei o pedido e tudo, o carro chegou na loja e só ficou de o Banco da Pegeot liberar o financiamento, e nada. Eu tinha o nome sujo na Serasa pelo protesto de dois anos da universidade que tinha me falado que estava tudo certo, que eu não devia nada. Mas agora eu tirei meu nome da Serasa e mesmo assim o banco não vai mais me financiar. Estou digamos assim queimado com o banco. O que eu posso fazer?

    Advogado de Defesa:

    Se o envio do nome ao Serasa foi indevido, você deve procurar o Juizado Especial Cível e abrir umã ação por dano moral contra a universidade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2007 - 11:16
    Enviado por: Julie

    Tenho meu nome sujo e gostaria de financiar um carro. Tem possibilidade?

    Advogado de Defesa:

    Normalmente, financeiras e bancos não concedem crédito para quem tem nome “sujo”. O jeito é conversar com a financeira que você pretende tirar o financiamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2007 - 10:23
    Enviado por: Juliana

    Recentmente, fiquei sabendo de um caso no qual, uma pessoa possuia CPF invalido( porém a mesma não sabia de tal situação, validando o mesmo a pouco tempo), e sempre tentava fazer cartões de crédito e não conseguia, e em uma das tentativas, descobriu que tem o nome sujo e nunca contraiu dívidas, nem ao menos cheques.Essa pessoa é de nível social baixo, apenas 21 anos, digo isso pq. nem ao menos tem informação para realizar algo inidôneo. Sei que a pessoa deve ir ao SERASA para ver de que dívida se trata. Todavia, a pessoa terá que pagar tal dívida? Se existe alguma suposição de como isso pode ter acontecido, quais são?

    Advogado de Defesa:

    Se o caso for de CPF inválido, deve procurar a Receita Federal para verificar porque o CPF é inválido. Agora, se a dívida não é dela, deve comprovar isso para não pagá-la

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2007 - 17:58
    Enviado por: marilene dos santos

    Meu pai é fiador do meu irmão em um carro, só que ele está com três prestação atrasadas. A financeira quer apreender o carro. Eles podem fazer isso já que o carro e o único meio dele trabalhar para poder pagar a dívida. E o fiador, pode ter problemas?

    Advogado de Defesa:

    O carro pode ser apreendido assim como o nome do fiador também pode ser negativado. O melhor a fazer é tentar negociar a dívida com o credor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2007 - 19:27
    Enviado por: eduardo

    Olá.
    Em uma ação judicial meu salário pode ser penhorado?

    Advogado de Defesa:

    Não, nem o salário nem casa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2007 - 10:25
    Enviado por: DANIEL MARTINS

    Olá, Estou com dívidas em alguns órgãos. Gostaria de saber se tem como usar um banco para quitar essas dívidas, ficar com o nome limpo e pagar o empréstimo parcelado?

    Advogado de Defesa:

    Dificilmente os bancos vão conceder crédito para quem está com o nome sujo. O melhor é tentar renegociar essas dívidas com os próprios credores.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2007 - 15:11
    Enviado por: sidnei

    Tenho nome no SPC por conta de compras em uma rede de móveis. Só que tenho tudo ok no meu banco. Eu posso fazer o pedido de cartao de crédito?

    Advogado de Defesa:

    Normalmente, os bancos consultam os cadastros de inadimplentes para liberar cartão de crédito. É melhor você falar com o banco e ver se concedem o cartão mesmo estando com o nome negativado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2007 - 17:14
    Enviado por: Aidresonn

    Comprei um carro financiado, paguei três parcelas e não consegui pagar mais. A partir de qual parcela em atraso a financiadora pode dar busca e apreensão? Consigo fazer os documentos do carro no próximo ano?

    Advogado de Defesa

    O melhor a fazer é procurar a financeira e tentar renegociar a dívida antes de ser dado busca e apreensão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2007 - 22:39
    Enviado por: Ivan Aguiar

    Eu posso exigir algum documento da minha dívida que informe a data na emresa ATIVOS SA, que renovou o meu nome no SPC, que é ilegal, após os 5 anos. E posso entrar com danos morais, como posso provar?

    Advogado de Defesa:

    Primeiro, você deve ir ao SPC e pedir um documento que teu nome consta lá e referente a que dívida ele se refere. Se comprovada que é a mesma dívida, você deve procurar o Juizado Especial Cível e entrar com uma ação contra a empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2007 - 08:49
    Enviado por: Augusto

    Eu perdi meus documentos durante uma viagem a outro Estado e agora meu nome esta sujo! Eu não dei queixa, pois achei que não adiantaria. O que eu devo fazer?
    Minha carteira de habilitação corre algum risco?
    Eu dependo dela para trabalhar?
    Quanto tempo meu nome pode ficar sujo?
    Há algum risco de eu ter me tornado um “laranja”?
    obrigado!!

    Advogado de Defesa:

    O correto no caso de extravio de documentos é registrar Boletim de ocorrência. Assim, se qualquer coisa for feita com os documentos, o dono deles tem como provar que não etava em poder deles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2007 - 13:39
    Enviado por: Helton Gomes Alves

    Gostaria de saber se meu nome estiver ‘sujo’ seposso tentar concurso público?!?!?!?!

    Advogado de Defesa:

    Pode sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2007 - 20:35
    Enviado por: Fabio

    Olá amigo.
    Eu estou com o meu nome negativado por dar prioridade a uma única divida que era o meu carro (vou pagar agora o restante das divida). Mas uma questão me chamou atenção agora. Atualmente consegui colocar em dia o meu financiamento de 36x na qual paguei aproximadamente umas 14 prestações com juros sendo umas 5 em advogado ameaçando em apreender o carro. Hoje ele esta em dia com os pagamentos religiosamente dia 10 ou ate antes do vencimento. Ainda existem 6 prestações. Eu posso rever com a financeira esses pagamentos e abater pelo menos um pouco dos juros pagos nas prestações restantes?
    Valeu

    Advogado de Defesa:

    Não. Os juros que você pagou foram referentes às parcelas que foram quitadas com atraso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 00:05
    Enviado por: francisco carvalho

    Deixei de movimentar uma conta em 2001 mas não a cancelei e agora(em 2007) recebi uma notificação via telefone de tarifas que deveria pagar, neste periodo não recebi nenhuma notificação via correio, apenas esta ligaçao, embora ja não resido no mesmo endereço, isto é possive? o que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Contas inativas geram cobranças de tarifas, mas o banco deveria ter te mandado extratos mensais. O melhor é você procurar o Juizado Especial Cível para cancelar essas cobranças.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 02:12
    Enviado por: alexsandro

    Eu estou com o nome na Serasa. A dívida é com o Banco do Brasil. Mas eu preciso abrir uma conta-salário no Bradesco porque eu entrei em outra firma. Será que eu posso abrir essa conta?

    Advogado de Defesa:
    A conta-salário, que não está sujeita aos regulamentos aplicáveis às demais contas de depósitos, conforme o Banco Central. Ela é um tipo especial de conta destinada ao pagamento de salários, proventos, soldos, vencimentos, aposentadorias, pensões e similares e não admite outro tipo de depósito além dos créditos da entidade pagadora e não é movimentável por cheques. O instrumento contratual é firmado entre a instituição financeira e a entidade pagadora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 07:45
    Enviado por: Bruno

    Oi, tudo bem. Comecei a trabalhar essa semana e necessito abrir uma conta no Banco do Brasil, pois são normas da minha empresa, mas meu nome está no SPC. Como faço? Este banco aceita que eu abra a conta corrente?

    Advogado de Defesa:
    Você provavelmente terá de abrir uma conta salário, que não está sujeita aos regulamentos aplicáveis às demais contas de depósitos, conforme o Banco Central. A conta-salário é um tipo especial de conta destinada ao pagamento de salários, proventos, soldos, vencimentos, aposentadorias, pensões e similares e não admite outro tipo de depósito além dos créditos da entidade pagadora e não é movimentável por cheques. O instrumento contratual é firmado entre a instituição financeira e a entidade pagadora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 10:31
    Enviado por: Adilson

    Tenho uma divida de +/- 12.000 com o banco e gostaria de propor um pagamento unico de 1/4 do valor da divida ao banco, pois é o que eu tenho para saldar esta divida hoje, ou seja, 3.000… Será que o banco pode aceitar esta proposta… posis dentro deste valor mais da metade é juros fora o que eu já paguei…. Tem algum modelo de carta para enviar ao banco…? Qual seria o prazo de retorno?….. Grato pela atenção

    Advogado de Defesa:

    voc~e pode fazer essa negociação pessoalmente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 12:02
    Enviado por: Marcia

    Olá, ja estou com nome negativado, estou ligando para as empresas de cartões de credito para fazer um acordo, mas eles me dizem que não podem fazer acordo agora, o que eu devo fazer? Eles podem mover uma ação contra mim? Grata pela atenção

    Advogado de Defesa:

    Insista com as empresas que você quer pagar a dívida. Pode, ainda recorrer ao Procon para que eles façam a intermediação na negociação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 15:04
    Enviado por: silvia

    existe alguma maneira de sair do spc sem pagar a divida que nem esses kits que sao vendidos por ai.

    Advogado de Defesa:

    Não existe. Não precisa comprar nenhum kit para limpar seu nome. Ele só saí dos cadastros de restrição ao crédito se for paga a dívida. E você pode fazer isso sozinho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 15:44
    Enviado por: Juliano Ribeiro

    Boa Tarde,

    Gostaria de saber se existe a possibilidade de
    algum órgão do governo ajudar a quitar as contas em atraso dos trabalhadores ou alguma lei ou artigo que ajudem o desempregado e depois que este conseguir um emprego ir descontando em folha de pagamento.Já faz 8 meses que estou com o nome sujo é surgem diversas oportunidades de trabalho, mas na hora da contratação sou barrado porque meu nome está negativado no SPC e na Serasa. Me falam que o nome está sujo. Como fazer se estou desempregado e não consigo quitar as contas em atraso?

    Advogado de Defesa:

    Não há nenhuma forma de ajuda. Você pode tentar renegociar suas dívidas com os credores. Uma vez renegociada, o nome tem de sair das listas de inadimplentes.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 16:33
    Enviado por: anna maria

    Fiquei com dívidas de cartão, cheque especial e financiamento de veículo (mas o banco não alienou o veículo). Já se passaram 5 anos e não aparece mais meu nome no SPC nem na Serasa. Posso abrir uma conta no mesmo banco? Ou aaté mesmo ter cartão de crédito?

    Advogado de Defesa:

    Quem poderá te dizer isso é o próprio banco. Peça para abrir conta e veja se eles irão aceitar ou não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2007 - 19:56
    Enviado por: Fernando Tenório

    Tenho uma dívida em uma empresa de cursos de computação. Quero pagar, mas só parcelam no cheque e eu não tenho. O que faço?

    Advogado de Defesa:

    Proponha outras formas como boleto bancário ou nota promissória.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 13:22
    Enviado por: Edilson Pereira Luiz

    Tenho uma dívida executada e com mandado de penhora no Banco do Brasil que me cobra um valor absurdo que não posso pagar. Acontece que nem eu e nem meu fiador temos bens, pois não foi exigido quando da transação, nosso nome esta no Serasa/SPC desde Dez/2005 e o banco disse que durante vinte anos qualquer coisa que colocar-mos em nosso nome poderá ser tomada, apesar do nome ficar limpo em cinco anos. Isso é verdade. Ajude-me

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 16:42
    Enviado por: André

    Um amigo não pagou uma conta e, após avisos, teve seu nome colocado na Serasa. Ele pagou no dia seguinte ao recebimento da notificação da Serasa e foi à empresa credora requerer para que limpassem o nome dele. Perguntas: 1) qual o prazo para limpar o nome?; 2) o nome será limpo para sempre ou só será “quitado” este débito e o nome vai continuar como “ah… essa pessoa já teve seu nome sujo uma vez…”?

    Advogado de Defesa:

    Se ele pagou após receber o comunicado da Serasa, o nome dele não pode ser cadastrado na lista de inadimplentes. Esse comunicado serve justamente para o consumidor regularizar a situação antes do seu nome entrar no cadastro.
    Uma vez na lista e pago o débito, a empresa tem o prazo de 5 dias para retirá-lo da lista de inadimplentes e ele não pode aparecer mais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 23:45
    Enviado por: douglas

    OLA..EU TINHA UM DEBITO COM O FINASA MEU NOME ESTAVA NO SPC, MAS EU JA PAGUEI ESSE DEBITO E SAIU DO SPC…ACONTECE Q FUI ABRIR UMA CONTA CORRENTE NO BRADESCO E LA ACUSAVA QUE EU TINHA UM DEBITO NO FINASA, APOS ISSO FUI ATEH O SERASA E O SPC NOVAMENTE CONSULTAR MEU NOME MAS NAO CONSTAVA NADA.. LIGUEI PARA O FINASA PRA SABER OQ ESTAVA ACONTECENDO , EXPLIQUEI QUE EU TINHA IDO ABRIR UMA CONTA CORRENTE MAS ESTAVA CONSTANDO O DEBITO DO FINASA…A ATENDENTE PERGUNTOU QUAL BANCO FUI ABRIR A CONTA, EU DISSE QUE FUI NO BRADESCO, A ATENDENTE DISSE QUE CONSTAVA UMA RESTRIÇAO INTERNA POIS O FINASA E O BRADESCO SAO UMA UNICA EMPRESA POR ISSO CONSTAVA O DEBITO..EU LHE PERGUNTO ADVOGADO ISSO EH LEGAL??? A ATENDENDE DISSE QUE IRIA ESTAR FAZENDO UM PEDIDO PRA DAR BAIXA NO MEU NOME PRA RETIRAR A RESTRIÇAO INTERNA DENTRO DE 04 DIAS UTEIS… SR. ADVOGADO, É ESSE MESMO O PROCEDIMENTO , SE O MEU NOME NAO FOR DADO BAIXA OQ DEVO FAZER????? MUITO GRATO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 12:08
    Enviado por: Alexsandro

    Boa tarde,
    Meu nome esta no spc por causa de uma divida em uma loja ja faz 4 anos e 4 meses….é possivel tirar o nome do spc ou é com 5 anos apenas.grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 15:43
    Enviado por: adriana silveira

    boa tarde . gostaria de saber como devo proceder pois fiz uma compra do kit saia do serasa e spc sem pagar a dívida pois quero saber onde devo ir e nem como agir . para começar até mesmo trabalhar co m este kit que tenho em mãos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 15:57
    Enviado por: Isac

    Seguinte…. tenho 20 cheques no CCF… todos foram resgatados, porém perdi os originais. Solicitei junto ao banco a cópia dos cheques… estou atrás das declarações, porém alguns desses cheques foram cobrados pelo TeleCheque e estes querem me cobrar para emitir a declaração de quitação.

    1-Existe uma maneira de diminuir a burocracia de ter que ir atrás de todos os beneficiarios dos cheques para pegar declaração?

    2-Todas as declarações devem estar com firma reconhecida em cartório ou somente a certidão negativa de débito basta??

    2- não estou devendo mais nenhum cheque porém gostaria de saber se no meu caso o prazo de três anos é o correto e posso solicitar ao banco a retirada do meu nome do CCF ou solicitar a SERASA a retirada de meu noma da lista negra.???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 20:51
    Enviado por: luiz eduardo de oliveira barbosa

    oi quero saber se a pessoa com divida com cartão de credito pode ser cobrada judicialmente,tenho
    um carro e uma moto no meu nome eles podem tomar de mim. eles podem mexer na minha conta de poupança ? sou autônomo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2007 - 00:31
    Enviado por: thais da silva e souza

    paguei uma divida na telefonica a mais de 10 meses
    mas meu nome continua no spc e quando ligo na telefonica para perguntar se a debito aberto em meu cpf e les me dizem que não há debito em meu nome.Só que meu nome consta no spc de vido divida na telefonica(divida que já foi paga)
    Já ligui varias veses pedindo para corrigirem esse erro mais até agora nada foi feito e por causa disso perdí vaga em dois empregos.
    gostaria de saber que ações posso mover contra a telefonica a quem devo recorrer.
    atenciosamente
    Thais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2007 - 12:50
    Enviado por: Patricia

    olá

    estou com o nome no resasa a 3 anos… resolvi acertar essas dividas, porém, pedi as micrifilmagens dos 7 cheues. Mas dá pra ler para quem foi depositado os cheques. Como faço entao pra conseguir as cartas de anuencia.
    Outro detalhe, como faz mtos anos, realmente nao me lembro pra quem dei o cheque e se foi pago.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2007 - 19:34
    Enviado por: Kátia Almeida

    Recebi uma notificação extrajudicial cobrando-me uma dívida de uns 3 a 4 anos do Banco HSBC, onde insistentemente localizaram uma pequena Banca de revista que tinha mas que já vendi porém o atual dono, ainda não transferiu (contrato de gaveta). Na notificação eles falam que se não for paga a quantia proposta será efetuada uma penhora? Isso realmente pode acontecer? Eu não tenho como pagar tal dívida e tenho medo em prejudicar o atual proprietário do meu antigo negócio…ainda informo que Banca de Revistas não tem CGC e sim o CPF do dono (de quem esteja lançado no DAN – imposto municipal cota única anual) e por essa razão que eles localizaram.
    Por favor, necessito de orientação de como proceder.
    Agradeço desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2007 - 21:35
    Enviado por: Ana Paula Fernandes Silva

    Olá,
    Gostaria de saber como fica a divída na loja no caso de falecimento do titular da conta? Este, comprou uma televisão para outra pessoa e a família não sabia. Portanto, não sabemos onde está a mercadoria. Uns dizem que é para levar o atestado de óbito na loja para dar baixa no contrato, outros dizem que a divida passa para a viuva, antes, legalmente casada. Gostaria de uma orientação. Se puder ajudar, desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 12:17
    Enviado por: Reginaldo Gomes

    Olá,
    Fui convidado por uma empresa no ramo de bebidas para trabalhar com eles na área de venda externa. Fiz algumas viagens a sede da empresa, para entrevista e testes, fui aprovado em todos. Depois disso foi solicitado que providenciasse meus documentos para que fosse devidamente registrado junto a empresa. Fiz todo o processo solicitado, providenciei todos os documentos necessários. Depois de passar por todo esse processo que demorou mais ou menos 15 dias, já estava no escritório da empresa com os documentos e preparado para começar o treinamento, então após todo esse processo, veio uma funcionária do Dpt. Pessoal e disse que não mais me ficharia porque meu nome consta no Serviço de Proteção ao Credito, e a empresa decidiu não mais me contratar. Ora se a empresa usa essa estratégia para não contratar pessoas com problemas de crédito, proque então me fez passar por viagens e gastos desnecessários, já que antes de tudo havia enviado meu curriculun e preenchido uma ficha de solicitação de emprego padrão da mesma, onde constava todos os meus dados pessoais e profissionais. Eu me revolto porque poderiam ter feito essa pesquisa antes de trazer desgaste emocional, já que estou a procura de emprego. Me sinti humilhado pois foi criado uma expectativa de emprego. Gostaria de saber o que posso fazer para reparar essa humilhação provocada por essa empresa, porque a mesma já havia anunciado a seus clientes que eu seria o novo vendedor da área, e hoje por onde passo me perguntam quando vou assumir a área e fico sem palavras.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 13:38
    Enviado por: Simone (visitante)

    Preciso que me esclareçam duas dúvidas. Em 2005, meu ex-marido contraiu vários empréstimos em meu nome no Banco do Brasil e foi embora. Não tendo como pagar essas dívidas, meu nome foi parar no SPC, na Serasa, etc. Sou funcionária pública e agora receberei através do Banco do Brasil. Existe alguma possibilidade de eles não abrirem a conta salário e se abrirem poderão descontar do meu salário sem minha autorização? Desde já agradeço.

    Advogado de Defesa:

    O Banco Central explica que a conta-salário é um tipo especial de conta destinada ao pagamento de salários, proventos, soldos, vencimentos, aposentadorias, pensões e similares. A conta-salário não admite outro tipo de depósito além dos créditos da entidade pagadora e não é movimentável por cheques. O instrumento contratual é firmado entre a instituição financeira e a entidade pagadora. A conta-salário não está sujeita aos regulamentos aplicáveis às demais contas de depósitos.

    O dinheiro depositado em qualquer tipo de conta não pode ser transferido, pelo banco, para qualquer modalidade de investimento sem a autorização do correntista.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2007 - 14:54
    Enviado por: maria

    Gostaria de saber quanto depois de estar atrasado com o pagamento o nome pode ser colocado no SPC. Pode ser antes de 3 meses?

    Advogado de Defesa:

    Não existe determinação legal sobre isso. A credora pode colocar o nome nos cadastros de inadimplência no dia seguinte ao vencimento do débito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2007 - 13:32
    Enviado por: Déia

    Tenho uma dívida com a escola que os meus filhos estudaram. Era de quase R$ 2 mil. Assinei promissórias, mas mesmo assim não consegui pagar. Quando eu estava um pouco melhor financeiramente, procurei a escola, mas me disseram que minha dívida estava com advogado. Fui atrás dele e ele não baixou o valor. Por esse motivo, ele penhorou meu PC. Mais tarde consegui arrumar R$ 1 mil e paguei parte da dívida, e parcelei o restante, mas só consegui pagar 3 parcelas de 150. Agora o valor da dívida foi para R$ 4 mil. Eu não tenho como pagar isso! Existe ainda alguma forma de eu pagar na própria escola? Sendo que já paguei quase o valor que devo na escola? Estou desesperada.

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o Procon, com toda a documentação da dívida, para que seus técnicos façam o cálculo da dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2007 - 13:56
    Enviado por: Lilian Soares A. Santana

    Olá venho me orientar sobre nome sujo, pois em 2001 tive dois chegues devolvidos sem saber, pois estava afastada da empresa por acidente de trabalho e não depositaram meu pagamento,por isso ele foram devolvidos.Posteriormente, os cheques foram protestados em cartório, porém os valores que querem receber é absurdo: mais de 1.000%, e não aceitam acordo. Tive nesse tempo AVC e fiquei deficiente e o que ganho hoje não paga nem um chegue. Preciso de ajuda e orientação.

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o Procon para que seus técnicos calculem o valor dos juros e correção monetária.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2007 - 13:26
    Enviado por: Daiane

    Tenho um financiamento com o Banco Itaú e atrasei 2 parcelas.Recebi 2 ligações de cobrança. Nessas ligações, renegociei a dívida, paguei 2 parcelas de uma vez e voltei a ficar em dia. Eles me mandaram um boleto bancário no meu e-mail no dia 20/10/2007. O processamento do boleto foi no dia 19/10/2007 (data do acordo),com vencimento no dia 22/10/2007. Ocorre que, mesmo depois deste acordo, tive meu nome incluído no SPC no dia 20/10/2007, referente a esta dívida. O banco pode fazer isso? Mesmo que houve o acordo e a data para o pagamento acordado ainda não havia vencido?

    Advogado de Defesa:

    Não, o banco não poderia ter negativado seu nome, uma vez que você renegociou a dívida, portanto, não está em atraso. Peça o comprovante de que seu nome está negativado à Serasa ou ao SPC e abra uma ação no Juizado Especial Cível contra o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2007 - 21:02
    Enviado por: cristiano sousa santos

    Fiz um empréstimo no Banco Itaú no valor de R$ 2.600,00, em 24 x 210,00. Em maio de 2007 paguei a 10º parcela e não paguei mais pois fiquei desempregado. Passados 2 meses, o banco me ligou me passando um renegociação de 18 x de 260,00. Aceitei, mas também não pude pagar. Hoje tenho tenho 2.500,00 para quitar a dívida, porém quando liguei para o banco eles me informaram que o valor para quitar é de R$ 3.400,00. Como pode você fazer um empréstimo de 2.600,00, pagar 10 parcelas e por causa de 5 meses de atraso ela chegar a 3,400,00? Mais que os R$ 2.600,00 que peguei. Está correto isso? Devo pagar se tiver condições ou entrar na Justiça?

    Advogado de Defesa:

    Procure, primeiro, o Procon, para que seus técnicos façam o cálculo da dívida e dos juros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2007 - 11:04
    Enviado por: Jaime Pires Junior

    Solicitei um financiamento de um carro em meu nome. O que acontece é que o financiamento foi feito em nome do meu pai. Meu pai é analfabeto, sabe apenas escrever seu nome. Pois bem, estou tentando entrar em contato com o banco para a devoluação do veículo, pois não foi feito o que eu solicitei E até porque eu comprei em outro lugar um carro em meu nome. Acontece que não estou conseguindo e o pior, por já ter vencido a parcela meu pai tá com o nome sujo na Serasa. O que eu devo fazer? Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Mande sua reclamação, com os dados pessoais de seu pai e os seus, mais o nome do banco, para a coluna Advogado de Defesa – e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2007 - 12:26
    Enviado por: Marcos Paulo Miranda Ramos

    Olá, fiz um curso há algum tempo e desisti no meio do caminho. Paguei a multa prescrita em contrato e me livraram das duas últimas parcelas, me fornecendo inclusive um documento para esse fim.
    Só que, bastante tempo depois, fui comprar um celular e eis que me é informado que eu possuo 2 protestos em meu nome, exatamente as duas parcelas que eu não precisaria pagar.
    Na época que recebi os boletos referentes as duas últimas parcelas, liguei para o curso e o mesmo pediu que eu ignorasse os boletos, que eles iriam acertar com o banco.
    O que posso fazer? Devo processá-los?
    Meu nome continua sujo, impedindo-me de tirar meu cartão internacional, além de efetuar compras à prazo.
    Obrigado desde já.

    Advogado de Defesa:

    Se você tem provas de que estava tudo acertado, deve entrar com ação no Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2007 - 13:16
    Enviado por: jone melo

    boa tarde gostaria de saber se quem tem nome sujo pode fazer concurso publico para a area do tribunal de justiça, ou se eu passar eles podem me barrar de entrar porque meu nome esta sujo.muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2007 - 11:33
    Enviado por: Everton Rocha

    Bomdia!

    Olá! Eu estou com o nome restrito no SPC/Serasa
    há algum tempo e fui até uma daquelas empresas de cobrança afim de parcelar minhas dívidas.
    Paguei a suposta empresa o valor que ela solicitou para tirar meu nome do SPC/SERASA e até o momento meu nome continua sujo.
    O caso já dura oito meses. O que devo fazer?
    Posso entra com um processo no Juizado Especial Cível contra está empresa para ele devolver meu dinheiro?

    Advogado de Defesa:

    Não há necessida de se contratar empresa para limpar o nome. O consumidor pode fazer isso sozinho, inclusive negociar com os credores o parcelamento da dívida.
    Como a empresa não está dando solução ao caso, o caminho é mesmo o Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2007 - 17:25
    Enviado por: lia

    Olá,

    tenho uma financiamento de uma carro e uma das pretações venceu há mais ou menos 33 dias e a empresa já levou meu nome ao SPC e à Serasa. Está correto? Ou alguém dizer que a empresa só tem direito a levar após 90 dias

    Advogado de Defesa:

    Não há prazo definido para a inclusão do nome, que pode ser feito no dia seguinte ao do vencimento da aprcela não paga.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2007 - 11:56
    Enviado por: Danúbia

    Oi, tenho um dúvida.
    O boleto da minha faculdade está atrasado por 25 dias e já recebi carta de cobrança na sala de aula. Gostaria de saber depois de quanto tempo do vencimento meu nome vai para o SPC?

    de Defesa:

    Não há prazo definido para a inclusão do nome, que pode ser feito no dia seguinte ao do vencimento da aprcela não paga.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2007 - 12:14
    Enviado por: ali

    Quando um acadêico nã paga a universidade por mais de 6 meses e está,digamos,quase se formando eles podem desligar o aluno do curso?

    Advogado de Defesa:
    Caso não se consiga pagar a universidade, o aluno não pode ser impedido de fazer provas ou sofrer qualquer tipo de constrangimento ou limitação. Ainda, a escola não é obrigada a renovar a matrícula cujo aluno está com a mensalidade em atraso, mas não pode reter os documentos necessários para a matrícula em outra escola.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2007 - 17:21
    Enviado por: ilson chaves

    Entrei com dois processos revisionais contra o Banco do Brasil e outro contra o Banrisul. A Justiça determinou que as duas instituições tirasem meu nome do SPC, da Serasa e do Banco Central.
    Gostaria de saber se eu tentar fazer um financiamento de veículo a financeira não pode negar o financiamento por causa desses processos que eu tenho.

    Advoagdo de Defesa:

    A financeira pode negar o financiamento por inúmeros motivos, não só por nome negativado. Ela pode dizer que sua renda não é compatível com o valor financiado, por exemplo. Então, para saber se você tem crédito no mercado, só mesmo o pedindo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2007 - 20:17
    Enviado por: EDSON MONTEIRO DAZEREDO

    Toda equipe está de parabéns sobre o trabalho editado (NOME SUJO, O QUE FAZER) pois em particular para mim estes vários comentarios foram de enorme valia.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2007 - 20:31
    Enviado por: Kátia cristina

    Fiz vários empréstimos (aqueles de créditos pré-aprovados) no Banco Real, mas não estou conseguindo pagar. O que acontecerá comigo se eu não pagar?

    Advogado de Defesa:

    Seu nome irá para o SPC e Serasa, ficando, portanto, negativado, o que a impossibilitará de fazer novas financiamentos ou crediário. Ainda, a dívida poderá ser cobrada judicialmente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2007 - 09:46
    Enviado por: Gislayne Marques

    Tenho uma moto financiada em 36x e já paguei 12x. Dois amigos me falaram que colocaram na Justiça alegando os juros do banco serem muito altos e eles ganharam a causa e caiu o valor das parcelas do financiamento deles. Gostaria de saber mais sobre isso, pois estou pensando em colocar também!

    Advogado de Defesa:

    Antes de procurar a Justiça, fale como Procon para que seus técnicos possam verificar se a cobrança dos juros está correta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2007 - 12:57
    Enviado por: salete rocha

    boa tarde gostaria de saber se numa contratação de emprego se eu estiver com restrições no spc ou serasa eles podem deixar de me contratar por este minimo detalhe? pois achava que so o nada consta criminal é que era importante para isso!
    aguardo resposta urgente pois tenho uma entrevista segunda num hospital!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2007 - 13:20
    Enviado por: JORDAN

    Moro no exterior e estou alugando um apartamento para meu irmão que reside no Brasil e está com o nome sujo. Tem algo que eu possa fazer para me proteger caso ele fique em débito com o aluguel?

    Advogado de Defesa:

    Se o aluguel será em seu nome, é você que será cobrado caso ele não pague o aluguel.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2007 - 08:12
    Enviado por: Meri

    Possuo uma conta poupança na CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Antes dessa, possuía uma conta corrente, mas acreditava ter desativado-a em fevereiro de 2006. Esta semana, ao retirar umm extrato de minha conta fui surpreendida pois faltava uma quantia significativa. Entrei em contato com o banco e descobri que o dinheiro que havia sumido tinha sido sacado pelo próprio banco para quitação de uma dívida da conta corrente, porém isso foi feito sem nenhuma permissão ou aviso. O banco alega haver um contrato de abertura da conta corrente, feito no ano de 2000, que prevê esse tipo de situação.Eu pergunto:como fica o cliente nesse caso e quais os meus direitos.Fiquei chocada,pois achei que o meu dinheiro estava seguro.
    Atenciosamente Meri

    Advogado de Defesa;

    Conta corrente inativa deve ser fechada e o pedido de encerramento deve ser feito por escrito e ser protocolado pela agência. Com relação ao dinheiro que foi retirado de sua poupança para cobrir déficit dessa conta, você precisa olhar o contrato e verificar se há cláusula permitindo a transferência. Se não houve, o melhor e procurar o Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2007 - 16:42
    Enviado por: Renato

    Tenho uma dúvida: meu curso supletivo incluiu meu nome na Serasa e não me avisou. O pior é que eu não tenho nenhum débito com ela. Tenho todos os documentos que comprovam. Como ela conseguiu colocar meu nome assim? E tenho que fazer o que agora? Entrar com um pedido para retirada do débito? Ela não entrou com ação judicial! Tem que pagar para tirar o nome da Serasa? Se sim posso pedir danos morais né?
    Obrigado e desculpa o desespero!

    Advogado de Defesa:

    Se o débito inexiste, você tem sim o direito de pedir indenização pro danos morais. O melhro a fazer é procurar a Serasa, pedir o extrato mostrando que seu nome consta de seu cadastro e levar toda a documentação no Juizado Especial Cível, pedindo liminar para que seu nome sai imediatamente da serasa e abrindo ação contra o curso supletivo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2007 - 00:09
    Enviado por: Darci

    Olá, tenho conta no Banco do Brasil onde faço descontos de cheques, pois trabalho com muitos cheques pré-datados. Ocorre que, este ano, não consegui cobrir meu limite no Banco Bradesco e o mesmo me protestou. Agora, minha agência do Bando do Brasil não quer fazer os descontos porque tenho um protesto com outro banco. Isso é correto. Meu banco tem esse direito? Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Ter o nome nos cadastros de inadimplentes limita o crédito. O melhor a fazer é tentar pagar a dívida no Banco Bradesco para liberar seu nome.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2007 - 17:51
    Enviado por: talita

    Estou em débito com uma faculdade particular, paguei 4 mensalidades e fiquei devendo 2 de R$ 1.100,00 cada, porém tentei negociar e não obtive sucesso.Estou desempregada, não tenho nenhum bem no meu nome e esta enviou-me uma cobrança judicial. Gostaria de pagar, mas teria que ser parcelado de várias vezes,será que eu consigo?
    Por favor me responde pois estou desesperada!
    Obrigada!

    Advogado de Defesa:

    Se você não consegue negociar com a faculdade, procure o Procon e veja se obtém o parcelamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2007 - 14:23
    Enviado por: adriana silveira

    tirei minha filha de uma escola por motivo de pagamento em cheque colocado antes da data combinada e por causa da professora estar empricando e humilhando-a dentro da sala de aula. levei ao conhecimento da coordenação e nada foi feito tive que fazer matricula e comprar novamente o material escolar da nova escola .E a escola anterior esta me cobrando a mensalidade de maio à agosto e mais o valor de uma mensalidade como cancelamento da matricula isto é correto ? neste caso o que devo fazer ? E até já colocaram meu nome no spc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2007 - 15:35
    Enviado por: Andreza Fonseca

    Me ajude por favor… fiquei desempregada há mais de dois anos, com isso, as minhas dívidas só aumentaram, não consigo pagá-las de forma alguma, parei com a faculdade… a minha vida se tornou um caos, faço inumeras entrevistas, fica tudo certo para a contratação e na hora H, dá tudo errado, e não me ligam. Isso é certo? e sobre esses anúncios na internet, onde prometem limpar o nome em 72hs, por um valor insignificante de R$:10,00, esse processo é legal?
    preferiria receber as respostas pelo e-mail, se possível.

    Grata
    Andreza Fonsêca

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2007 - 19:40
    Enviado por: Lene

    Emprestei um cheque a um colega meu e ele não me pagou e a divida ficou no meu nome claro. Gostaria de saber se posso abrir um processo judicial contra ele, para que ele arque com a divida? se for comprovado que foi ele que contraio a divida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2007 - 20:04
    Enviado por: João Paulo

    Olá. Recebi um produto de uma empresa, de forma gratuíta. Um mês depois, recebi um boleto para pagamento do produto, retornei a ligação e eles disseram pra desconsiderar. Acontece que esse mesmo titulo, uns 4 meses depois, foi protestado. Tentei entrar em contato com a empresa, mas ela não exsite mais parece. Isso aconteceu em 2004, as tentativas de contato se dão desde o ano passado. Tava até pensando em pagar essa dívida judicialmente, pra poder limpar meu nome, mas não acho justo arcar com esse valor, de um produto que me foi oferecido gratuitamente, para testes. O que faço?? Obrigado pela atenção!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/10/2007 - 13:48
    Enviado por: adilso ramos de oliveira

    A Vivo colocou meu nome na Serasa há mais de três anos e até agora não saiu o que fazer?

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida está quitada, seu nome não pode estar na Serasa. Se for esse o caso, você deve pedir à Serasa comprovante de que seu nome está na lista de inadimplentes e abrir uma ação judicial contra a Vivo no Juizado Especial Cível. Se a dívida não está paga, o nome permanece na Serasa por 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/10/2007 - 13:56
    Enviado por: Kerlia Ferreira

    Eu comprei algumas coisas no mês de Dezembro06 no valor 636,00 parcelados em 4x de 159,00 me promissórias.Eu atrasei os pagamentos e no mês de maio dei a pessoa 400,00 está faltando 236,00.
    E agora a pessoa disse que vai levar minas promissórias pra justiça e eu vou ter que pagar um monte de coisa que ela disse que já até calculou que irá dá uns 1.500,00.
    Quero saber como funciona isso?
    Se vai ter que envolver justiça e se quando envolve o que acontece?
    Se por ventura na promissária não for minha assinatura do RG?
    Concluindo quero saber se essa pessoa pode me prejudicar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/10/2007 - 15:13
    Enviado por: Ana Paula Vieira Maciel

    Fiz 2 empréstimos no banco, paguei algumas parcelas e pelo fato de ficar desempregada, fiquei impedida de pagar as outras, fiz um reparcelamento, não consegui novo emprego, também não paguei.\o banco me ligou, expliquei a situação, porém disseram que ia p cobrança judicial, o que eu devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 03:54
    Enviado por: Mr. P

    Olá amigo, parabéns pelo serviço prestado.
    Estou com um problemão que começou em 2000. Financiei um veículo pelo Banco Santander e não consegui pagar mais do que 4 parcelas, pois perdi o emprego na época. Tentei negocição e devolução, mas não aceitaram. Como o carro deu problemas e não tive como arrumar ficou numa oficina de um amigo, guardado. No final de 2005, uma agencia de cobrança, me convenceu a devolver o carro, me dando um recibo de plena e geral quitação do débito. Como mudei de endereço e, achando estar findado esse pepino, acabei jogando fora esse recibo. Grande Erro. depois de quase 2 anos, outro escritório me cobra essa dívida e pasme, com todos os juros desde 2000. O que fez minha divida subir de 7000 para 50.000. Ajuizaram uma ação e estou desesperado. Não possuo bem algum em meu nome, trabalho num pequeno Home-Office como restaurador. Podem penhorados meus intrumentos e material de trabalho? Meu pequeno acervo de antiguidades(que exponho para garantir minha sobrevivência), também pode ser penhorado??
    Grato;

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 09:24
    Enviado por: WILLIAN

    QUANTOS DIAS APÒS O VENCIMENTO DE UMA DÍVIDA É POSSÍVEL EXECUTAR O PROTESTO EM CARTÓRIO?

    Advogado de Defesa:

    O protesto e o envio para a lista de inadimplentes podem ser feitos no dia seguinte ao vencimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 12:17
    Enviado por: Thais Patricia de Sousa

    Prezado sr.

    Gostaria de saber se uma empresa pode alterar o valor no cadastro de clientes inadiplentes. Tenho uma divia de R$ 450,00 e agora eles estão dizendo que vão me cobrar algo que eu não usufrui e pagar por interio ou seja R$ 1.030,00. Isso procede????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 14:00
    Enviado por: eliane

    boa tarde, estou com18 registros no spc
    estou desempregada,por isso não tenho dinheiro pra pagar as dívidas que tenho por favor me ajude a recuperar minha dignidade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 14:23
    Enviado por: Nuno

    Olá, por volta de 2001 eu iniciei um financiamento automóvel com o banco PanAmericano. Entretanto a vida não correu nada bem, e após algums meses parti para morar no exterior. O automóvel ficou para trás abandonado em frente a minha antiga casa. Li alguns comentários acima sobre a retirada no nome das listas, mas que a dívida continua a poder ser cobrada. Gostava de saber se essas dívidas podem vir a prescrever como acontece com o nome na lista e caso possam, em quanto tempo prescreve uma dívida de financiamento?
    Obrigado desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 23:43
    Enviado por: Marcio Braga Moraes

    Olá, primeiramente gostaria de agradecer o esclarecimento das dúvidas que tinha, simplesmente lendo as respostas das perguntas de outros internautas.

    Minha pergunta é:
    Minha esposa fez um empréstimo pessoal com cheques, porém não pode pagar todos ainda, sendo que existem atrasos, hoje recebemos uma ligação desta instituição, e meu filho de 8 anos atendeu, e a pessoa pediu para falar com a mãe dele, mas ela não estava, e esta pessoa disse a meu filho que iria enviar um oficial de justiça para retirar os móveis, e eletros de nossa casa como pagamento, minha sogra então tomou o fone e pediu para ele falar do q se tratava, ele então repetiu o que disse a meu filho inclusive ameaçando-a. Existe amparo legal para retirada de bens móveis como pagamento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 00:57
    Enviado por: Marcus

    Olá

    Enquanto estava trabalhando comprei algumas coisas com cheque e logo depois fiquei desempregado e não consegui mais pagar as dívidas, meu nome está no SPC. E agora, além de não me darem emprego ( nunca dizem ser por isso ) eu estou quase engatilhado pra conseguir 1 emprego mas fico recioso, pois to achando que na hora que a empresa pegar meus documentos e vai ver que meu nome está no serasa e eu vou passar um péssimo constrangimento por conta disso, além deles não me contratarem. O que eu faço ? Não tenho mais esperança, ninguém quer me contratar , e sendo assim quando vou poder pagar minha dívida ?

    Att

    Marcus.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 18:07
    Enviado por: norma jane

    quero parcelar o meu saldo devedor mais estou com medo de ficar com restricao no nome ,para um possivel financiamento em outro banco que eu tenho conta,isto pode acontecer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 18:16
    Enviado por: norma jane

    se eu parcelar o meu saldo devedor o meu nome ficara com restricao para um possivel emprestimo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 18:55
    Enviado por: S.

    Boa tarde,
    Estou com uma dívida no banco BMG que começou com um empréstimo em 2003 na outra empresa em que eu trabalhava (desconto em folha). Fui demitida em 2005 e por isso parei de pagar a dívida por 6 meses e retornei a pagar com carnê. Parei novamente em Dez/05 e em Fev/06 pedi uma renegociãção onde foi calculado juros e feito novo acordo com parcelas mais baixas. Paguei o ano de 2006 e a partir de Jan/2007 parei novamente de pagar. Em Fev/07 procurei o banco e pedi que fosse feito um novo cálculo com parcelas mais baixas. O recálculo fez com que o tudo que eu tinha pago em 2006 não valesse de nada. Juros sobre juros. Pedi ao banco que mantivesse o que eu ainda devia e parcelasse sem juros. Eles ficaram de entrar em contato com uma resposta e nunca o fizeram. Em Agosto/07 descobri que meu nome está no Serasa por causa do banco, entrei em contato e pedi uma renegociação novamente, apesar de não concordar aceitando o juros porque precisava do meu nome sem restrição. Novamente ficaram de entrar em contato e não o fizeram. Tentei repetidas vezes ligar ao banco até que finalmente semana passada consegui falar com uma empresa de cobrança em nome do banco que me informaram que o banco não aceitou minha renegociação. Propuseram outra abusiva pedindo um valor de entrada que não sou capaz de pagar. Li aqui mesmo que o correto seria procurar o Procon. Minha decepção foi que o próprio Procon me disse que não podia fazer nada e que eu devia pagar a dívida. Somando o valor de tudo que eu paguei ao banco até hoje já ultrapassa 4.000,00 a mais do montante que peguei emprestado no começo. Quero resolver este assunto e queria saber se pela justiça consigo??? Com devo fazer, a quem procurar??? E se o processo é demorado, porque preciso retirar a restrição do meu nome para não perder meu emprego.
    Obrigado pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 21:09
    Enviado por: Plínio

    Boa noite.
    Eu tinha uma dívida no Banco do Brasil a seis meses atrás, e isso gerou uma divida maior, pois fiquei desempregado e não pude quitar a mesma e encerrar a conta. Fazem 2 meses que fui contratado novamente e a empresa para a qual eu trabalho passou a depositar o salário na minha conta; e o banco para quitar a dívida descontou do meu salário, pegou os dois primeiros meses, todinho!! Não deixou um centavo!! Tentei várias vezes negociar, mas não obtive sucesso. Disseram-me que não podiam fazer nada, além de liberar um empréstimo, mas que dependeria da autorização do gerente geral, que não estava lá as vezes que fui negociar… ficaram de me ligar e até hoje espero!!
    Então, é certo ou não o banco fazer isso?
    Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2007 - 03:28
    Enviado por: Daniela

    Bom Dia!
    É o seguinte: Eu tenho alguns cheques que não consigo localizar, pois são de empresas que já não mais existe. Alguns são de 2003,alguns que consegui localizar eu acabei quitando,mesmo assim nunca tive condições de ir até o banco dá baixa, já que os valores que devo a eles ultrapassam o que posso pagar.
    O que acontece é que a uma semana atrás uma pessoa me ligou dizendo está em posse de um dos meus cheques do ano de 2003, no canhoto do cheque identifiquei que era de um dos lugares que tinha fechado. O mais absurdo é que essa empresa conseguiu o telefone (numero novo de apenas um ano) e o endereço de minha mãe.
    Quero saber se posso processar esta empresa por ter conseguido este endereço indevidamente, não tenho idéias de como foi possivél.
    Outra coisa, quando passar o prazo de 5 anos estes cheques que não consegui achar caducam?
    Posso simplesmente tentar negóciar minha dívida com o banco e saldar minha divida voltando a ser correntista dele novamente?
    Será que tenho que apresentar todos os cheques pra ter meu nome limpo novamente junto ao banco?.
    Agradeço desde de já sua resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2007 - 11:33
    Enviado por: rose

    a mais ou menos um ano atras meu esposo ficou com uma divida com o bradesco e a credicard, ele quitou a divida com e bradesco e fechou a conta,com a credcard ele quitou o cartaõ e concelou, o que acontece, depois de algum tempo com a situação controlada decidimos pedir um cartão de credito, mas agora não conseguimos fazer-lo nem com a credicard nem com outra administradora de cortaõ, meu esposo ja foi no orgão do spc e do cerasa e nada costa em seu nome, temos outros creditos como em loja de moveis e eletrodomesticos, neses lugares nos conseguimos conseguimos comprar. agradeço desde a uma resposta que possa me trazer um esclarecimento, muinto obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2007 - 16:06
    Enviado por: Rosemeire Santana Ramos

    Uma Faculdade pode colocar o meu nome em protesto. E depois de quanto tempo a divida caduca?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2007 - 19:39
    Enviado por: DANIEL TOZATO MATEUS

    Fiz um financiamento de veículo pela BV financeira, e acontece que o vendedor falou que era obrigado a fazer a transferência com a própria loja, por ordem da BV. Acontece, que fora isso, o carro apresentou diversos problemas, e que ele quis levar no seu próprio mecânico. Os problemas não foram resolvidos. Quero devolver o veículo para a loja. Tenho esse direito????
    Agradeço desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/11/2007 - 00:20
    Enviado por: ana cassia

    Existe alguma forma de verificar se meu nome continua com restrição mesmo não tendo pago a dívida?

    Parabéns pelo site

    Advogado de Defesa:

    Se seu nome foi incluso há mais de 5 anos, ele não deveria aparecer mais negativado. Para ter certeza, procure o SPC e a Serasa e peça um comprovante para ver se seu nome continua nesses cadastros

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/11/2007 - 19:12
    Enviado por: Antonio Costa

    Por ter ficado desempregado passei alguns meses pagando o valor mínimo do meu cartão de crédito.
    Em menos de um ano vi a dívida se avolumar de maneira absurda e resolvi discutir os juros cobrados na justiça, fazendo inclusive o depósito em juízo do valor real da dívida calculado pelo CODECON.
    Apesar disso, a administradora do cartão incluiu o meu nome no SPC e SERASA antes da data da audiência de conciliação.
    Isso foi feito apesar de eu ter informado a todos os que me ligavam da parte dela cobrando, que havia colocado na justiça fornecendo até mesmo para alguns o número do processo.
    Visto que a audiência ainda não aconteceu o que posso fazer? Tenho algum amparo legal?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2007 - 11:51
    Enviado por: Rosana

    Gostaria de saber se uma pessoa que está com o nome no SERASA pode sair do país.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2007 - 22:06
    Enviado por: alan

    é verdade que a lei Nº 9.610/98 tem o poder de tirar o nome do spc e serasa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 16:22
    Enviado por: Luana

    Como que se tira um nome do cartorio de protesto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 17:19
    Enviado por: linda

    no caso de falecimento de um beneficiario do emprestimo consignado pelo Banco do Brasil, a divida acaba ou vai para o inventario.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 18:55
    Enviado por: André Luiz

    Olá, tudo bem? Fui inserido no Serasa pela companhia de energia (LIGHT) já ouvi falar que existe uma lei que impossibilita as prestadoras de serviços a colocar o nome dos devedores no SERASA OU SPC pois caso cliente não pague tem os serviços cortados, me ajude a esclarecer esta dúvida, se houver uma lei de fato descreva-a por favor, grato desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 19:36
    Enviado por: vanessa ribeiro

    tenho uma divida de 4 anos e 4 meses e entrei em contato com a empresa e ela disse que nao caduca a divida que eles tiram mais depois colocam de novo no spc isso e verdade eles tem esse direito ou uma vez caducada eles nao podem mais colocar meu nome nospc de novo

    ADVOGADO DE DEFESA

    A empresa não pode reapresentar a mesma dívida. Depois de cinco anos, ela prescreve definitivamente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/11/2007 - 17:51
    Enviado por: Dani

    Olá,
    estou com o nome no SPC e na Serasa, mas gostaria de comprar um carro à vista. É possível eu colocá-lo no meu nome?

    Advogado de Defesa:

    Se você vai comprar à vista, sim, poderá colocá-lo em seu nome. O único problema é se a dívida for cobrada judicialmente, ele poderá ser penhorado para quitar o débito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/11/2007 - 19:56
    Enviado por: Lili

    Olá, em 2000 fiquei sem pagar o último ano de faculdade, alguns anos depois voltei a instituição para negociar a divida e fui orientada a “esperar” pois alguns alunos seriam anistiados e eu era um deles.
    Hoje recebi uma ligação da Universidade solicitando minha presença para falar de uma divida. Como devo proceder neste caso? Esta divida já caducou? Meu nome nunca foi para nenhum orgão de proteção ao crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/11/2007 - 21:30
    Enviado por: márcio (visitante e ass do site)

    olá tudo bem?, gostaría de tirar uma dúvida sobre bancos, sou estudante de direito estou no 8 p, falei p minha profa q seria errado bancos colocar o numero do telefone do cliente no talão de cheque, ao lado do seu cpf, ela disse q e normal, mas eu acho q e violação de sigilo, me responda sim ou e legal, ou tem uma lei q proíbe, obrigado, um abraço, .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2007 - 09:32
    Enviado por: Alexandra

    Bom Dia!!!
    Estou com o nome incluso no CCF, e gostaria de um modelo de declaração de quitação do cheque . Onde posso consegui-lo?

    Atenciosamente,
    Alexandra

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2007 - 13:39
    Enviado por: aislancarneiro

    Se eu passar em concurso público com o nome no SPC,posso assumir o cargo? Se eu não puder, posso entrar com mandato judicial?

    Advogado de Defesa:

    Nome no SPC não é para barrar emprego. Se isso ocorrer é desvio de finalidade e, portanto, poderá sim recorrer à Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2007 - 13:41
    Enviado por: Jaqueline

    Parcelei minhas mensalidades em atraso da faculdade e firmei um novo acordo e no contrato eles estão cobrando 20% de multa sobre o valor total em caso de inadinplência, isso não é muito?

    Advogado de Defesa:

    Alguns juízes consideram 20% uma multa muito alta. Se você assinou o contrato assumindo esse valor e não concorda, o caminho é procurar o Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2007 - 16:15
    Enviado por: emmanuel gustavo matias gomes

    tenho uma divida de 1500 reais ja faz 3 anos e meio fiquei desempregado agora fui renegociar a loja quer 3200reais e quer que eu pague 6 parcelas de 630 e eu nao posso pois ganho 600 reais sou casado tenho um filho de 4 anos e pago aluguel ,falei com o dono da loja se nao tinha como eu pagar uns 100 reais por mes ele virou pra mim e disse que ou eu pagasse a vista ou em 6vezes ou ficava com o nome sujo .queria saber o que eu devia fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2007 - 23:30
    Enviado por: marcelo

    Tenho uma divida na vivo a 3anos ,e fiquei desempregado e não pude pagar,e não consigo emprego pois meu nome esta sujo.como que eu vou pagar a divida sendo que não consigo emprego,sou deficiente fisico será que eu tenho alguma prioridade pra arrumar emprego mesmo com nome sujo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2007 - 16:12
    Enviado por: Fátima

    Não estou conseguindo pagar um acordo que fiz em relação as mensalidades da faculdade, estou disposta a pagar e solicitei o reparcelamento e foi negado pela empresa de cobrança, como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2007 - 10:17
    Enviado por: Cesar Bernardinelli

    Possuia um renda relativamente acima da média nacional e tinha muitas prestações como Pernabucanas, cartao de credito, cheque especial, muitas delas. Meu nome entrou nos orgãos de proteção a um mes, e ja estou ciente de que nao vou conseguir pagar nada. O que eu posso fazer?
    Tem possibilidade de declarção de pobreza alguma coisa do tipo? Por que na hora de irmos comprar eles oferecem de tudo e dizem que é facil de pagar e etc, e na hora de problemas com seus geradores de lucro, que somos nós cobram juros absurdos.
    Existem casos que definitivamente o nome sai do SPC/SERASA e a divida é realemte sanada, ou é apenas uma possibilidade que o novo código civil nos da?
    Li anteriormente sobre vendas de dividas, mas como o banco vai vender uma coisa que é minha? ou seja, se ele vende a divida, a divida é dele? nao entendi direito isso ai?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2007 - 12:35
    Enviado por: Chagas

    Tenho um financiamento de uma moto pelo banco panameriacano , fianciamento de 36 meses dos quais paguei 20 mas estou com três atrasadas e a quarta vence dia 30/11/2007 , pretendo pagar as três no dia 30/11 antes disso eles podem tomar minha moto sendo que eu paguei mais da metade? Se isso acontecer quais os procedimentos legais para reaver minha moto.
    P.S: MInha moto quando a comprei valia R$6750,00 à vista , e eu já paguei mais de R$7000 será que posso questionar isso?Lembrando que paguei esse valor entre a entrada e as demais prestações algumas em atraso , e outra o banco não faz contato comigo já a mto tempo , não meligaram ainda para me cobrar , caso eles pretendam fazer algo contra mim , eles devem me comunicar e me dar um prazo para quitar a dívida? Desde já agradeço e aguardo resposta ansioso!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2007 - 10:18
    Enviado por: Paulo

    Fui fiador de um empréstimo no UNIBANCO, porém a pessoa não pagou. Eu não tenho condições de quitá-lo. Neste mês a minha empresa irá migrar a folha de pagamento para o UNIBANCO. Perguntas: O UNIBANCO poderá se negar a abrir a conta…O Banco poderá informar a minha empresa que estou no SERASA…Agradeço antecipadamente pelas respostas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2007 - 18:16
    Enviado por: Gustavo Junior

    Fiz um curso e paguei com cheques do meu amigo. Infelizmente todos os cheques voltaram, apesar de ter repassado todos os meses o dinheiro a ele. O contrato foi feito no meu nome e os cheques foram dele, a empresa pode negativar o nome dos dois? Ou so dele?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 00:31
    Enviado por: Iza

    A pensão alimentícia da minha filha, caí em uma conta do santander, onde estou devendo. Posso retirar o dinheiro da pensão, mesmo estando devendo no banco???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 09:16
    Enviado por: Vania Maria

    Bom Dia…

    Infelizmente emprestei o meu cartão de uma loja de departamento pra uma pessoa da familia do meu marido e a pessoa não realizou o pagamento e meu nome foi para o SPC.Infelizmente acabei de construir e mobiliar minha casa pois casei e estou com muitas dividas tb, e so tenho como quitar as minhas e não essa que a pessoa fez.Neste ultimo sabado fui realziar uma comprar em uma nas Pernabucanas e lá fui avisada que estava proibida e realizar qualquer compra pois meu nome esta no SPC,mais a divida não é das pernabucans,inclusive as parcelas que deve nas Pernabunas são pagas adiantadas.Gostaria de saber se isso é correto, eles não permitirem que eu faça uma compra com eles e bloquear o cartao pela divida que nem deles é.

    Grata

    Vania

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 11:18
    Enviado por: marcos antonio

    fiz uma compra de um materiais eletronicos de um vendedor desão paulo, e ele me entregou td perfeitamente via sedex, logo apos realizei outra compra, num valor total de R$ 4500,00, que depositei diretamente na conta corrente do vendedor, so q depois disso ele nao atende mais meus telefonemas e nem responde meus emails, existe alguma forma juridica de eu reaver esse dinheiro? eu tenho em meu poder os comprovantes de deposito em conta corrente dele.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 11:31
    Enviado por: FERNANDO

    TENHO UM CARRO FINANCIADO PELO BANCO ITAU ATRAVES DE REVEDEDORES, NAUMTENHO MAIS CONDIÇOES DE PAGAR POSSO FAZER UM ACORDO AMIGAVEL E DEVOLVER O VEICULO? COMO DEVO PROCEDER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 16:05
    Enviado por: Lili

    Olá, em 2000 fiquei sem pagar o último ano de faculdade, alguns anos depois voltei a instituição para negociar a divida e fui orientada a “esperar” pois alguns alunos seriam anistiados e eu era um deles.
    Hoje recebi uma ligação da Universidade solicitando minha presença para falar de uma divida. Como devo proceder neste caso? Esta divida já caducou? Meu nome nunca foi para nenhum orgão de proteção ao crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 16:23
    Enviado por: Dêner

    Minha esposa está em débito com a embratel por causa do telefone vesper, onde por contrato ela tinha que inserir 30,00 por mês, só que desde fev-07 ela não o fez gerando acúmulo de inserções. Em julho eles ligaram e ela fez uma negociação com eles… mas não teve como pagar. Agora eles mandaram outra correspondência avisando que negativaram o nome dela se não for pago o valor integral de 180,00. A gente tentou negociar e parcelar mas eles não aceitaram. Como posso proceder?

    Grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 16:33
    Enviado por: ivan

    possuo uma divida com a faculdade, meu nome está negativado na serasa,minha duvida é a seguinte: quando voce é acionado juridicamente automaticamente seu nome não tem que sair do serasa,uma vez que voce esta com o processo no forum?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 17:27
    Enviado por: Joiciane

    Boa Tarde!!
    Emprestei um cheque para um amigo, e ele passou este cheque a uma 3ª pessoa, só que meu amigo não pagou o cheque e meu nome “ficou sujo” e minha conta bloqueada, oproblema é que não consigo localizar esta 3º pessoa e meu amigo não sabe o endereço de quem ele deu este cheque, como deveria proceder? Gostaria, também de um modelo de declaração de quitação do cheque . Onde posso consegui-lo?

    Atenciosamente,
    Joiciane

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 18:09
    Enviado por: Dayane Fontana

    Ola, meu pai ficou de avalista para uma pessoa fazer um emprestimo, a mesma atrasou duas prestacoes e negativaram o nome do neu pai, gostaria de saber se pode negativar o nome de uma pessoa sem ao menos avisalo por telefone ou carta, sendo que meu pai nunca teve seu nome negativado antes e foi fazer uma compra e passou a maior vergonha, pois nem ao menos sabia que o emprestimo estava atrasado, se ao menos tivesse sido avisado quem sabe poderia ter feito algo para nao ter passado por isso, obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 18:55
    Enviado por: HELIO

    OLA.MEU NOME E HELIO,TENHO UM TITULO PROTESTADO DE UMA PROMISSORIA DESDE 2003,ATE AGORA NAO HOUVE A EXCLUSAO,TENTEI ENTRAR EM CONTATO O CREDOR,MAIS NAO CONSIGO FALAR COM ELE,SEMPRE TERCEIROS,ELE OMITE-SE A FALAR COMIGO, O QUE FAZER PARA EXCLUIR ESSE PROTESTO,NAO CONSIGO EFETUAR O EMPRESTIMO POR CAUSA DESSE PROBLEMA,O VALOR PROTESTADO É DE $90 REAIS,QUERO PAGAR O VALOR,MAIS ESTOU SEM ALTERNATIVA,O QUE FAZER?POR FAVOR ENVIAR RESPOSTAS PARA O MEU IMAIL,FICAREI GRATO,QUE DEUS TE ABENÇOE.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/11/2007 - 16:43
    Enviado por: Silvana

    Boa Tarde
    Tive um cheque devolvido em um empréstimo financiado pelo banco Finasa. Efetuei o pagamento TOTAL do Contrato em uma assessoria de cobrança em 15/08/2007, Entretanto até a presente data o cheque não foi entregue ,e os atendentes do Banco Finasa. alem do descaso, diz já ter enviado ao correio, sendo preciso aguardar a entrega do mesmo, gostaria de esclarecer demora tanto assim a entrega dos correios quase 03 meses??? Por conta da demora estou com meu nome no SERASA E CCF, e o Banco FINASA se recusa a me fornecer a carta de quitação do cheque, o que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/11/2007 - 17:40
    Enviado por: Eduardo Filho

    eu trabalho em uma empresa municipal e sou regido pelo regime celetista, o que empede que eu tenha uma empresa registrada em meu nome. existe alguma lei que possa empedir.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2007 - 00:15
    Enviado por: Sílvia Helena

    Olá, meu marido está com o nome no SPC por vários cartões de créditos, empréstimos, financeiras, Banco Bradesco, empréstimo material de construçãoe. Ainda temos 15 cheques na financeira, pagamos 1, o outro vai vencer e não temos como pagar, pois pagamos 270,00 de 36 vezes no Banco Mercantil, onde ele recebe sálarios, de um empréstimo que pegamos. Não temos como pagar as outras dívidas, pois nossa renda é de R$ 1.400,00 e temos 3 filhos. Não posso ficar sem comer. Recebemos alguns telefonemas, atendemos às vezes. Quando vejo que a ligação é do banco, já não atendo mais. Estou tranqüila, pois se desesperar vou ficar doente.Só tenho medo de meu marido perder o serviço de 7 anos. Isso é possível. Não temos bens em nosso nome. O que pode nos acontecer se não pagarmos e se for para o judicial obrigado aguardo resposta Sílvia.

    Advogado de Defesa:

    Perder o emprego por estar com o nome sujo não é prática comum. Caso isso ocorra, e isso for provado, pode-se procurar o Ministério do Trabalho.
    O correto a fazer é tentar renegociar com os credores essas dívidas. Uma vez renegociadas, automaticamente o nome deve ser limpo nos cadastros de inadimplentes.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2007 - 10:57
    Enviado por: FABIANA

    Bom dia
    Tive algumas dívidas com duas financeiras e com o Banco Bradesco, quitei elas faz mais de um ano.
    Mas sempre que vou fazer algum empréstimo ou financiamento não consigo. Sempre é negado. Meu nome ficou marcado por estas dívidas que tive? O que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Uma vez quitadas as dívidas, o nome do consumidor deve ficar limpo. Se as empresas que você tentou o empréstimo ou financiamento mencionaram em algum momento que não estão cedendo o crédito em razão de um dia teu nome ter ficado sujo, você pode entrar com processo contra elas. Mas, atente-se, é preciso ter prova, que pode até ser testemunhas.E a ação pode ser aberta no Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2007 - 12:14
    Enviado por: maxwell

    1º Bem,eu tenho um protesto em um cartóriodesde 02/03/2004.Quero saber se isso também some dessa lista de cobrança?
    2º Tenho outro no spc feito pela telefônica desde 09/07/2003, que aparece sempre que vou puxar meu cadastro.
    Oque eu faço para que isso se resolva?

    ADVOGADO DE DEFESA

    O protesto em cartório só é retirado a pedido do devedor. Você deve ir ao cartório para resolver o problema.
    Já o cadastro no SPC, pela data, ainda não prescreveu. Se você não pagou a dívida, seu nome continuará na lista. Se já pagou, deve exigir a retirada imediata de seu nome.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2007 - 16:38
    Enviado por: KELL Y

    OLÁ..?
    MEU NOME FOI PARA PROTESTO DEPOIS DE UM ANO,QUANDO TIREI TRÊS FOTOS DE MEU FILHO EM UM ESTÚDIO NA QUAL COBRARAM 160 REAIS. ASSINEI OS BOLETOS NA ÉPOCA MAS Ñ REPAREI QUE ERAM 30% DE JUROS EM CIMA DO VALOR, NÃO ACHO JUSTO ISSO E ELES NÃO QUEREM ACORDO.OQ FAÇO?
    FICOU MUITO ALTO , E ELES DISSERAM QUE Ñ PODEM TIRAR OS JUROS ALÊM DE EU TER QUE PAGAR O TABELIONATO.

    ADVOGADO DE DEFESA

    Os juros cobrados por mês obedecem a um limite legal. Procure o Procon para que eles possam calcular os juros corretos da sua dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2007 - 21:40
    Enviado por: marco aurelio rodrigues wolfovitch

    Tenho ações da telemar para negociar e o banco depositario e o banco do brasil, tenho pendencias financeiras nesse banco, posso vender as açoes ao banco do brasil aou a outro banco sem problemas ou não posso vender por estar inadiplente no ccf,serasa.
    Grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2007 - 21:40
    Enviado por: marco aurelio rodrigues wolfovitch

    Tenho ações da telemar para negociar e o banco depositario e o banco do brasil, tenho pendencias financeiras nesse banco, posso vender as açoes ao banco do brasil aou a outro banco sem problemas ou não posso vender por estar inadiplente no ccf,serasa.
    Grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2007 - 14:18
    Enviado por: vera lucia ra lucia lima lacerda

    comprei uma coleção de livros edei 4 folhas de cheques e o ultimo voltou, pois tive alguns problemas financeiros e agora quero pagar o cheque e resgatar ofolha e eles disseram que sumiu e não consegue encontrar. Oque faço, ajude-me por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2007 - 23:49
    Enviado por: Sílvia Helena

    não temos dinheiro para pagar os emprestimos,cartões, cheques, não tenho onde tirar,pois é muita coisa nem posso renegociar agora pois não tenho dinheiro o que pode acontecer se não pagarmos fora inclusão do nome no spc serasa ?eles podem reter o salário de meu marido,ele recebe no mercantil devemos lá também mas já vem descontado de se salário ,outro bco pode também quer pegar de seu salário? não vou pagar bco agora pois não tenho condições enquanto estiver pagando o mercantil pois são 270,00 mesais só quando acabar posso sim renegociar; aguardo resposta obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2007 - 09:32
    Enviado por: Osvaldo Junior

    Olá,

    Tenho o nome sujo, e estou querendo comprar um veículo a vista para trabalhar e conseguir quitar minhas dívidas. Pelo fato de meu nome estar negativado a compra deste veículo pode ser prejudicada, mesmo que sendo compra a vista?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2007 - 14:07
    Enviado por: Alan

    Prezado Dr. Saudações.

    Estudei 01 ano (2006) em uma universidade particular, porém, por problemas financeiros fiquei com mensalidades em atraso (4 mensalidades) e para conseguir fazer a rematrícula para o ano letivo seguinte, tive que renegociar a dívida com juros e pagando taxa de 20% do valor total do débito para a empresa responsável pela cobrança a alunos inadimplentes. Parcelei em 7 cheques, foi compensada a primeira parcela, a segunda, e no terceiro mês a empresa descontou 2 cheques de uma só vez, “estourando” assim minha conta bancária. Desta feita, sustei os demais cheques e a empresa foi protestando os mesmos após os vencimentos. Até o presente momento não paguei a dívida com a universidade. Mudei de cidade e agora pretendo voltar a estudar e não gostaria de perder “aquele” 1 ano que estudei, pois paguei 75% do curso. A pergunta é: – A universidade pode embargar e não me fornecer a documentação para transferencia de universidade enquanto houver débitos com ela?
    Grato por sua preciosa atenção.

    Advogado de Defesa

    A faculdade pode cobrar a dívida, mas não pode reter documentos acadêmicos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2007 - 07:40
    Enviado por: Paulo Marcondes

    Tenho uma dívida com uma Universidade, cujo vencimento é 06/08/2003. Recebi uma carta do SPC agora em Novembro dizendo isso. A Universidade alega uma dívida de R$ 3.000 mais ou menos, o que aconteceu é que eu cursei alguns meses e não piude pagar, aí desisti de continuar. Não tranquei matrícula porque não tinha o valor para pagar que eles exigiam na época. Agora eu estou na eminência de ser chamado para um concurso público do BB e uma das exigências para assumir é o nome não estar no SPC, o que faço, posso considerar essa dívida como prescrita? Existe um meio legal para eu exigir a retirada de meu nome do SPC sem ainda ter pago essa possível dívida ? Favor responder no meu e-mail.

    Advogado de Defesa

    A dívida ainda não está prescrita. O prazo para a prescrição desse tipo de débito é de 5 anos. Não existe maneira de retirar o nome do SPC sem pagar a dívida. Se você negociar o débito, no entanto, a dívida antiga deixa de existir e seu nome deverá ser retirado do SPC. Nesse caso, você assumirá uma dívida nova, que terá um prazo de mais 5 anos para prescrever.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2007 - 21:15
    Enviado por: BRUNO

    gostaria de sabe se a segunda prestaçao venceu no dia 06/11 e a loja c e a me colocaro no spc no dia 08/11 sem me comunica isto e legal

    Advogado de Defesa

    A loja pode encaminhar o nome do consumidor para o SPC no dia seguinte ao vencimento. O órgão de proteção ao crédito, no entanto, deve enviar uma comunicação ao devedor antes de incluí-lo definitivamente no cadastro, com um prazo de 10 dias para a regularização do débito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2007 - 12:00
    Enviado por: maria luana pinheiro de jesus

    bom meu nome estar limpo no seraza e no spc no entando fui ao meu banco tentar fazer um emprestimo o no sistema do banco aparece meu nome em restrição o que devo fazer ,qual o procedimento que devo tomar quando a isso ,passei um constragimento horrivel.obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2007 - 13:40
    Enviado por: Marina

    Olá gostaria de saber o que eu posso fazer nessa situação: Tiraram uma moto em meu nome, e eu descobri porque chegou uma carta de cobrança em casa, e fui verificar e foi meu ex-namorado que fez isso. A moto foi roubada e tenho um b.o. e ele não paga a moto. O que devo fazer, já que eu não vou pagar, e também fiquei inconformada porque meu nome está sujo, e me ligam direto e até já vieram em casa e falaram que iam me processar. Qual a medida que eu posso tomar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2007 - 16:35
    Enviado por: Marcia

    Boa tarde.
    Gostaria de saber se a possibilidade de resolver o meu problema e quanto teria de pagar pelo mesmo.
    Desde Fevereiro deste ano estou tentando limpar o meu nome.
    Mas ainda estou com uma pendência de um cheque no valor de R$ 128,00.
    Que foi devolvido por não ter fundo em 02/02/2004
    Pedi a microfilmagem do cheque, ele foi depositado em uma agencia do Bradesco e esta nominal a uma pessoa que não tenho a mínima idéia de quem seja.
    no cheque só a um numero de conta, não tem o numero da agencia.
    Fui no Bradesco e lá a gerente me informou que não a possibilidade de encontrar o correntista, pelo fato de não haver um numero de agencia.
    Pedi a certidão negativa dos 10 Cartórios, mas o cheque nunca foi protestado.e até alguns dias atrás só estava cadastrado no CCF.
    Mas a umas 02 semanas o Itaú me enviou um telegrama que estaria enviando o me CPF para o cadastro do SPC SERASA.
    A gerente do Itaú me informou que poderia fazer um deposito em juízo, o Juiz me daria uma declaração como fiz o deposito, e se amanhã ou depois a pessoa
    viesse a protestar o cheque, era só a mesma ir ao fórum e sacar o valor.
    Me informei no fórum como poderia estar fazendo o deposito em juízo, e me informaram que tenho que contratar um advogado para abrir um processo,
    e isto levaria algum tempo além do custo ser bem maior do que o valor do cheque.

    Desde já agradeço a atenção e aguardo o retorno

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2007 - 10:42
    Enviado por: Alexandre Santos

    Tirei um empréstimo consignado e no mês de 06/2007 fiz a quitaçãosmo, para isso entrei em contato com o Banco que informou o valor para quitação total do empréstimo (reiterei por várias vezes se o valor que estava sendo passado era total o que foi ratificado pelo atendente). Acontece que no mês de 11/2007 o referido banco tem entrado em contato comigo por várias vezes para cobrar parcelas dos meses 07 e 08/2007. O que devo fazer se fiz a quitação “completa” em 06/2007 ?

    Advogado de Defesa:

    Por favor, envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o nome do banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2007 - 18:33
    Enviado por: João Antônio Moraes

    Fui fiador de uma firma há mais de 10 anos,essa firma já faliu e agora estou recebendo cobrança extra-judicial para pagar essa dívida. Não tenho condições financeiras para quitá-las.Isso pode sujar meu nome novamente? Pois sei que no meu nome não consta nenhuma restrição de crédito.O que devo fazer,por favor me ajude.Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    O melhor a fazer é tentar renegociar essa dívida. Como a dívida tem mais de 10 anos, seu nome não será mais negativado, mas como é cobrança judicial, poderão penhorar algum bem seu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 02:45
    Enviado por: Jailton Duarte

    Minha noiva tem uma conta com emissão de talões de cheque, e em meu nome existe algumas retrições. Minha pergunta é: se eu fizer uma conta conjunta com ela o nome dela também será negativado. Minha intenção é aumentar a renda dela para conseguirmos um financiamento. Isto é possível?

    Advogado de Defesa:

    Vocês não precisam abrir conta conjunta para provarem renda maior. É só apresentarem os comprovantes individuais de renda. Se abrirem conta conjunta, o nome dela não irá para a negativação só porque o seu está. Agora, caso, nesta conta conjunta, ocorra algum problema, aí sim o nome dos dois irão para os cadastros de inadimplentes.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 10:23
    Enviado por: erica sousa

    Olá, estou cursando faculdade de RH e não pago as mensalidades desde agosto/2007. Minha intenção era quitar todo o semestre no final do ano. A faculdade pode colocar meu nome no SPC por conta disso? O semestre ainda nem terminou e quando chegou o aviso em casa já tinham se passado os 10 dias de prazo para tomar alguma posição a respeito da dívida e passei por um enorme constrangimento ao tentar fazer uma compra a prazo.
    O que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Não há prazo estabelecido para as empresas enviarem o nome do consumidor aos cadastros de inadimplentes após vencida a dívida e não paga. Isso pode ocorrer no dia seguinte ao vencimento da dívida. Mas o consumidor deve receber aviso com 10 dias de antecedência. Esse prazo tem de ser cumprido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 14:02
    Enviado por: Alexandre Iesca Rodrigues

    Gostaria de uma ajuda se possivel, meu caso é o seguinte

    Em 2004, eu tinha a última anual do meu apartamento para ser paga, só que nesse período eu e minha esposa estavamos desempregados e não pudemos quitá-la. Aí, no dia 17/08/2007, a empresa entrou com uma ação executiva contra mim, só que eu entrei em contato com o departamento juridico e propus um acordo onde eu me propunha a pagar 12 prestações de 527,00. Foi feito todo o procedimento e a advogada da empresa na época me garantiu que em 5 dias meu nome estaria fora do SCPC. Hoje, dia 21/11/2007, eu já paguei 3 parcelas e meu nome continua constando negativado. Entrei em contato com a NOVA advogada da empresa, e ela me disse que só liberará meu nome ao final dos 12 meses. Isso procede, isso existe?, Gostaria muito de uma ajuda para saber como proceder, pois ao meu entender ela não pode permanecer com meu nome negativado uma vez que foi feito uma nova dívida.

    Obrigado pela atenção

    Advogado de Defesa:
    Você está correto. O nome tinha de ser retirado do SPC porque a dívida não está vencida. Você deve tirar o comprovante no SPC, o que prova que seu nome continua negativado, e deve pedir ao Juizado Especial Cível liminar para que tirem seu nome do cadastro. Se quiser, pode até abrir uma ação contra a empresa por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 15:34
    Enviado por: monica

    Boa tarde dr. Tenho uma empresa e dei um cheque para um fornecedor e esse cheque voltou. Só que procurei a empresa para pagar e ela fechou e os donos sumiram. Como faço, pois esse cheque esta na Serasa, e só falta ele para limpar meu nome.
    grata

    Mônica

    Advogado de Defesa:

    Você pode procurar a Junta Comercial e verificar o endereço dos donos da empresa e ver se consegue localizá-los

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 16:59
    Enviado por: monica

    Então, doutor, já fiz isso, é apenas 1 dono legalmente e foi para Itália, venderam tudo o que tinham e foram embora.

    Advoagdo de Defesa:

    Nesse caso, terá que entrar na Justiça, para comprovar o pagamento por todas as formas possíveis de provas, e a justiça determinar à Serasa que cesse a negativação. Só um advogado que atua com Direito Comercial pode ajudar melhor – ou a defensoria pública, caso seja dificil contratar o profissional pago

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 21:28
    Enviado por: Ricardo Danierl

    Estou devendo 5 mensalidades a um colégio no Recife. Meu fiho está no 3 ano do ensino médio. A escola que ele estuda atualmente está exigindo a ficha 19 para juntar as notas do 3 ano. Não posso pagar a dívida nem sequer negociar até maio do ano que vem. Eles não querem me entregar a ficha 19 do meu filho o que devo fazer?

    atenciosamente.

    Advogado de Defesa:

    Os pais que não fizerem um acordo para saldar a dívida, a escola não estará obrigada a fazer a matrícula do aluno seguinte. E ela tem direito de cobrar a dívida legalmente e encaminhar o nome do
    responsável para a lista negra dos serviços de proteção ao crédito. No caso de inadimplência superior a 90 dias, a escola pode ainda rescindir o
    contrato do aluno, desde que a decisão seja tomada somente no término do ano letivo.
    No entanto, a direção da escola que não está recebendo a mensalidade está proibida de tomar qualquer atitude que prejudique o desenvolvimento do
    aluno, como, por exemplo, reter qualquer documento. Se a escola se recusar a liberar os documentos, o pai ou o responsável deverá registrar queixa no Procon ou no Ministério da Educação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 00:15
    Enviado por: Antonio

    Por volta do mês 09/2007, fiz a compra de móveis planejados (Italínea). Eles estouraram a data da entrega em alguns dias, 30 dias úteis a contar da data de emissão do pedido.
    Recebi uma promessa que o quarto e a lavanderia seriam montados em um dia, mas o que aconteceu está abaixo:
    1 – No primeiro dia um dos montadores simplesmente saiu da minha casa para atender outro cliente (o que já me deixou muito nervoso e reclamei com a loja);
    2 – Na minha reclamação com a loja, a gerente da loja me disse que os móveis seriam montados no dia seguinte, o que também não ocorreu. (Foi constatado que até a cola de acabamento não foi entregue, o que me deixou muito mais nervoso ainda, liguei reclamando novamente)
    3 – Na minha segunda reclamação a gerente da loja pediu ao coordenador da montagem que me ligasse, a conversa acabou em uma grande discução que não adiantou nada.
    4 – No teceiro dia de montagem, os montadores foram completamente ásperos comigo e montaram os móveis com diversos problemas;
    5 – Na minha terceira reclamação, a gerente da loja ainda me perguntou se não tinham finalizados, eu informei que finalizaram mas que o quarto estava com diversos problemas;

    Depois de todos esses problemas, eu sustei o último cheque do pagamento, pensando ser essa a minha “única arma” para que a loja fizesse algo, correção, trocas ou algo parecido.

    Assim que sustei o cheque, passei na loja e informei a gerente que o cheque estava sustado por desacordo comercial, a gerente me disse que entraria em contato com o pessoal do departamento financeiro para tomar as devidas medidas.

    Informei que assim que os problemas do meu dormitórios forem resolvidos, pagarei o valor do último cheque que foi sustado.

    Eu recebi então ligações do banco ABM, informando que eu tenho uma dívida com eles e que estão cobrando juros em cima disso, eu falei ao analista que ocorreram problemas com o serviço da Italínea, e eu sustei o cheque e que o departamento financeiro da Italínea já estava ciente que eu pagaria após correção dos problemas.

    O rapaz do banco me disse que não teve contato da empresa, então estou até hoje tentando receber um posicionamento da Italínea (representada pela FreeLar) referente a sustação do cheque.

    E adivinhem….. Estou sendo mais uma vez um
    “qualquer” para a empresa que comprei meus móveis, onde eu deveria ser cliente.

    Agora eu gostaria de saber uma coisa, esses móveis foram pagos em 3 cheques (PJ), dois já foram descontados.

    O que eu posso fazer agora? Não pretendo pagar um centavo a mais pelo péssimo atendimento que tive na montagem, por me iludirem na “montagem” em um dia, que foram 3 dias e ainda ficou muito mal feito.

    Sustar o cheque foi a única alternativa para que a empresa fizesse algo, que até hoje, quase 1 mês depois, não tenho posição sobre o que será feito no meu quarto que está com 2 batentes de porta empenados, os maleiros desalinhados, gavetas com a lateral estouradas e madeira batida – problemas que em grande parte creio que foram feitos pelas minhas contantes reclamações.

    O rapaz do banco ABM me disse que isso caberia um processo contra a Italínea ou a FreeLar.

    Pelo que eu entendi foi feito algo do tipo “manufactoring…” o banco pagou tudo pra empresa e agora o banco fica me cobrando, eu fico me perguntando, será que isso é legal?

    Desculpem o texto enorme, mas é tudo proviniente de uma indignação gigante, em ser tratado como palhaço, enquanto deveria ser tratado como cliente…..

    Abraços!

    Advogado de Defesa:

    Você deve encaminhar essa reclamação para a coluna Advogado de Defesa – advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 11:00
    Enviado por: ToM

    Comprei com um amigo meu lentes de contato, paguei aa minha à vista e a dele no cheque.
    Ele não me deu o dinheiro e conseqüentemente eles foram devolvidos. Um certo dia fui na loja comprar mais uma lente para mim, paguei à vista. Depois de 10 dias fui pegar as lentes e eles não me deram porque alegaram que eu tava devendo na loja. Eles podem ficar com meu dinheiro?

    Advogado de Defesa:

    Eles não podem ficar com seu dinheiro das novas lentes. Eles têm de cobrar a dívida antiga. Você deve procurar o Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 12:45
    Enviado por: monica

    Qual o tempo para se protestar um cheque? Pois esse mesmo cheque que não achei não esta protestado.

    Advogado de Defesa:

    Veja a matéria “Dívida tem prazo para caducar”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 21:50
    Enviado por: Paulo

    Queria saber duas coisas.
    1º Posso colocar uma empresa no meu nome estando com ele sujo?

    2ºPosso conseguir visto e viajar para o exterior estando com o nome sujo?

    muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 22:42
    Enviado por: vilson santos

    por favor me ajudem, estou com pendencias no serasa e spc, poe ter tomado calote de parente, e não tenhu como pagar, estou trabalhando há 3 meses, mas mal da pr pagar as necessidades diarias do mes, como agua luz, comida, e eu não aguento mais a pressão que estao fazendo comigo todos dias para pagar essa divida, reconheço que tenhu que pagar, mas se eu tivessse condiçoes eu ate pagaria, depois me acretava com quem me deve, mas os bancos tiveram prejuizos eu tbm tive, não to aguentando mais, nen sei mais o que fazer da vida. me ajudem a tomar uma providencia porque os bancos estão cobrando juros em cima de juros, um mes é um valor outro dia já é outro, nunca vou conseguir pagar porque eles não aceitam as proposta minha e sim tem que a dels.
    obrigado quem poder me ajudar.
    tenho 44 anos é meu nome ´vilson santos
    meu e-mail sanjovil@hotmail.com

    DEUS OS ABENÇOE

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 01:00
    Enviado por: Pablo

    Posso ser prossessado sem saber?
    Pode acontecer de eu estar sendo prossessado e nem estar sabendo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 03:21
    Enviado por: cristianne

    tenho uma divida com um bco de um emprestimo aprovado que fiz,paguei algumas parcelas mas como agora vivo no exterior nao tenho como seguir pagando.pode o bco penhorar un imovel que tenho de heranca paterna que esta todavia no nome do difunto?algun dia podere vender essa propiedade?algun dia caducara essa divida?a divida e eterna?desde ja muito obrigado.espero sua resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 03:26
    Enviado por: cristianne

    tenho uma divida com um bco de um emprestimo aprovado que fiz,paguei algumas parcelas mas como agora vivo no exterior nao tenho como seguir pagando.pode o bco penhorar un imovel que tenho de heranca paterna que esta todavia no nome do difunto?algun dia podere vender essa propiedade?algun dia caducara essa divida?a divida e eterna?desde ja muito obrigado.espero sua resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 11:10
    Enviado por: Arcanjo Vieira

    Olá!

    Comprei um carro em 2005 parcelado em 48 vezes e em 2006 sofri um acidente no qual foi dada perda total do veículo. Fiquei hospitalizado durante 3 meses. Durante esse período, não foi possível pagar nenhuma das parcelas. Após minha recuperação quitei o carro. Um ano e 9 meses se passaram. Me reestabeleci financeiramente e ao me sentir preparado fui até uma loja comprar um outro carro, o qual tentei financiar 100% em 60 meses, como permitiria meu perfil de ganhos e estabilidade. Todos as financiadoras se negam a fazer o financiamento alegando que meu “histórico” gera risco para elas. Isso é legal? Não seria uma espécie de SPC?
    Detalhe: meu nome está limpo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 13:07
    Enviado por: Davi

    Recebi uma carta do SERASA informando que meu nome será incluso caso não haja o pagamento de uma conta minha da TIM.
    Eu fiz o celular de conta, parcelei o preço do aparelho dentro da conta, em parcelas de 17,00. Paguei as primeiras contas, mas a 3º conta veio uma cobrança indevida de 60 reais, assim não pude realizar o pagamento da conta inteira, procurei o PROCON, não resultou em nada, tentei entrar em um acordo, não resultou em nada.
    Resumindo, continou combrando os 17 reais mensais do aparelho, se eu pagasse iria reativar a conta e eu não tinha mais esse interesse, eles podem inserir meu nome no serasa? Imagino que empresa telefonica não pode negativar um nome pois não há como comprovar que o cliente gastou “X” reais ou “Y” reais.
    é permitido eles me negativarem? o que eu faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 15:13
    Enviado por: Marcio

    Boa tarde!!!
    Gostaria de Saber se eu passar em um concurso público e meu nome tiver com restrição nos órgãos de proteção, eles poderão me eliminar por isso. Obrigado…

    Advogado de Defesa:

    Não poderiam, mas precisa ver se isso está anotado em algum documento que você recebeu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2007 - 15:31
    Enviado por: Tania

    Boa tarde!!!
    Tinha uma união estável que acabou a 3 anos, com esse companheiro fiz um financiamento imobiliário que esta vinculado a uma conta na CEF. Ele passou vários cheques dessa conta que foram devolvidos e meu nome foi para o Serasa. Junto a CEF me disseram que se posso fechar essa conta se ele estiver junto e que nao posso me desvincular do financiamento. Gostaria de saber o q posso fazer uma vez que meu ex nao quer nenhuma espécie de acordo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 10:17
    Enviado por: Antonio Costa

    Por ter ficado desempregado passei alguns meses pagando o valor mínimo do meu cartão de crédito.
    Em menos de um ano vi a dívida se avolumar de maneira absurda e resolvi discutir os juros cobrados na justiça, fazendo inclusive o depósito em juízo do valor real da dívida calculado pelo CODECON.
    Apesar disso, a administradora do cartão incluiu o meu nome no SPC e SERASA antes da data da audiência de conciliação.
    Isso foi feito apesar de eu ter informado a todos os que me ligavam da parte dela cobrando, que havia colocado na justiça fornecendo até mesmo para alguns o número do processo.
    Visto que a audiência ainda não aconteceu o que posso fazer? Tenho algum amparo legal?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 11:17
    Enviado por: Rogerio

    Agradeço desde já pela oportunidade de pergunta.
    Caro amigo, sobre o não conseguir emprego por estar com o nome sujo é legal isso ou pode ser dito como discriminação pela empresa. Caberia algum recurso contra isso.

    Abraço

    Advogado de Defesa:

    Veja matéria sobre esse assunto neste blog. Lá você terá essas informações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 12:58
    Enviado por: Oliveira

    Gostaria de saber se o banco pode se negar a abrir conta salário, pois já tenho conta corrente no mesmo banco e estou inadimplente e pelo valor da negociação não tenho condições de pagar.
    Gostaria só de abrir conta salário e futuramente renogociar a minha dívida.
    O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 16:19
    Enviado por: Mariana Fellows

    Tenho uma pensão na qual creio que tenho direito …sou filha adotada de delegada federal,sendo que ela faleceu em 2004,e eu já tenho 27 anos,porém fui adotada antes da lei de 1990,que veta o direito para maiores de 21…será que tenho mesmo direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 17:31
    Enviado por: TAMIRES

    Se eu tiver uma dívida de empréstimo na Caixa Econômica Federal, corro o risco de quando eu sacar não receber o meu seguro-desemprego e o FGTS?

    Advogado de Defesa:

    Nenhuma dívida pode ser compensada com valores a receber

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 18:49
    Enviado por: Lucia

    Fui avalista de um colega num empréstimo numa empresa de Previdencia…Ele não quitou e agora recebo a cobrança. Não tenho como pagar, mas tenho um unico imovel onde moro com meus filhos, este imovel pode ser penhorado? Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Imóvel não pode ser penhorado se for o único da família

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 19:04
    Enviado por: rafael soares biassi

    Meu carro foi roubado antes de eu pagar a primeira prestação. Se eu não pagar e ficar com o nome sujo quanto tempo demora para limpá-lo?

    Advogado de Defesa:

    Ele fica 5 anos sujo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 19:17
    Enviado por: CHRISTIANE NASCIMENTO

    Descobri esta semana que tenho um protesto em Cartório de uma nota promissória de 2005. Fui até o Cartório, tirei a Certidão, e mesmo sem ter recebido qualquer cobrança do Cartório, ou da pessoa que figura no título, fui protestada. O nome da pessoa não me é familiar e o que é pior, fui até o endereço que consta no cartório e a pessoa que me protestou não mora mais lá. O débito é de R$132,00. Como faço para pagar??? Estou com o dinheiro e não consigo localizar a pessoa!!!! Preciso limpara meu nome urgente!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2007 - 12:29
    Enviado por: alan

    boa tarde, tinha um financiamento de um veiculo, cujo valor de mercado era de 18.000 reais, mas nao consegui pagar as prestacoes, entao uma prestadora do banco real entrou em contato comigo, informando que eu poderia entrar em um acordo amigavel, entao fiz a devolucao do veiculo sendo informado pelas pessoas da prestadora que eu nao teria problemas com a justica, ja que, o banco nao poderia entrar com um novo processo sobre esse assunto, mas depois de quase um ano, comeco a receber ligacoes de uma outra prestadora de servicos me informando de uma divida de 18.000 reias, ou seja, outro carro, o que eu faco? ja que estou sem o carro e nao esperava essa nova divida em minha vida? e posso ser protestado na justica novamente????

    Advogado de Defesa:

    Você deve enviar a sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde – advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2007 - 20:13
    Enviado por: eduardo

    Eu tenho meu nome negativado desde 2002, mas até agora não saiu da Serasa. Como devo proceder?

    Advogado de Defesa:

    O nome, após 5 anos, deve sair automaticamente. Como o seu não saiu, é melhor procurar a Serasa e questioná-lo sobre isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2007 - 22:14
    Enviado por: Rosângela C.Silva

    Sou titular do cheque, meu marido está junto comigo na conta. Estou devendo a bancos,tentei negociar e o banco não quer,estou desempregada por causa disso. Quero saber se ele também está com o nome sujo?

    Advogado de Defesa:

    Para saber se ele está com o nome sujo, você deve procurar a Serasa e o Banco Central. São eles que têm os cadastros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2007 - 23:45
    Enviado por: Eunice Macedo

    Minha filha trabalha em uma loja há cinco meses e sem registro, ate ai tudo bem. Só que a patroa usando de ma fé começou a pegar cheques dela para pagar credores, no começo depositava direitinho, ai começou a aumentar os valores do mesmo e sujou o nome dela e para piorar começou a trata lá mau. No começo a patroa a tratava bem de mais. Minha filha nunca havia tido o nome sujo. Por favor, me oriente. Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Cheques não se empresta. Quem emite o cheque é o responsável pela cobertura dos valores, mesmo que tenha “emprestado” para terceiros. Infelizmente, sua filha terá de cobrir esses cheques para limpar o nome. Mas como ela não tem registro em carteira, ela pode processar a loja no Ministério do Trabalho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2007 - 17:01
    Enviado por: sandra

    No ano de 2005, tive que tirar meus filhos da escola por não poder pagar a mensalidade, pois fiquei desempregada.Tirei eles sem conseguir pagar as mensalidades atrasadas,coloquei-os em uma escola pública, mas agora preciso do histórico escolar, continuo desempregada e com os bicos que faço não tenho como pagar o que devo na escola. Depois de muita insistência, eles vão me fornecer o histórico escolar, mas já disseram que vão negativar meu nome. A escola pode fazer isso mesmo depois de passados dois anos?
    agradesço a atenção

    Advogado de Defesa:

    O que a escola não pode fazer é reter documentos por inadimplência. Quanto à negativação do nome, pode sim enviá-lo aos cadastros de restrição ao crédito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2007 - 08:29
    Enviado por: Silvia Andrade

    Estou com o nome no SPC e na Serasa. Estou vendendo minha casa financiada pela Caixa Econômica Federal para quitar dívidas. Só que não posso vender porque estou com o nome sujo. Como eu estou vendendo preciso mesmo estar com o nome limpo?

    Advogado de Defesa:

    Você precisa consultar isso com a Caixa Econômica Federal. Isso foge da legislação de consumo, objeto deste blog.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2007 - 11:37
    Enviado por: Geovani Oliveira

    Bom dia, tenho uma moto parcelada em 36 meses com uma financeira. Faltam apenas 04 para quitação total do débito, porém, dessas 04, 02 estão em atraso. Recebi uma Notificação Extrajudicial me dando 48 hs para quitar a dívida.
    O que é ação extrajudicial? O que devo fazer/ como procedo?

    Atenciosamente
    Geovani

    Advogado de Defesa: Você deve tentar entrar em acordo com a empresa e renegociar essas parcelas. A ação extrajudicial é só uma ação de cobrança, mas eles podem abrir uma ação de apreensão do bem e você poderá perder a moto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2007 - 15:33
    Enviado por: Robinson

    Sai da empresa há 5 meses e entrei em outra logo em seguida, mas sem registro (saí hoje). Então uma operadora de cartão ligou pra mim querendo saber pq fiz compras dois meses atrás se eu estava desempregado. Faz 40 dias que não pago a conta recebi ontem a carta do SPC. Disseram que vão acionar a Justiça. O que isso significa?? Não tenho dinheiro hoje pra pagar as dívidas desse cartao. Existe alguma lei que eles possam querer a minha casa ou meu carro, embora os dois sejam financiados? Obrigado!

    Advogado de Defesa:

    Eles podem abrir uma ação judicial para penhorar algum bem seu, embora a casa que é residência do devedor não possa entrar no processo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2007 - 17:24
    Enviado por: MAURICIO

    Queria saber se, no caso de o devedor não pagar a dívida, o fiador pode ser colocado na Serasa sem ser comunicado? E quem é o responsável pela notificação, o banco ou a Serasa? Obrigado!

    Advogado de Defesa:

    Primeiro, o fiador será cobrado, se ele também não pagar, o nome dos dois podem ir para a Serasa. Mas os dois têm de serem notificados antes da inclusão. A Serasa deve enviar o comunicado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2007 - 22:25
    Enviado por: joelma

    Em julho de 2007, um cheque meu voltou por motivo 11, trabalho em financeira e agora em novembro de 2007, houve uma auditoria que me chamou pra falar desse cheque. Gostaria de saber se posso ser demitida por justa causa, obrigado!!

    Advogado de Defesa:

    Você deve olhar se seu contrato de trabalho faz alguma menção sobre esse fato ou se há alguma cláusula na convenção coletiva de sua categoria.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/12/2007 - 02:34
    Enviado por: Lara

    Boa noite

    Primeiramente grata por sua atensão, tive um cheque devolvido em 2000, ele ja caducou em 2005, não cocegui localisa-lo se estrviou, fui abrir uma conta no banco e esse tal cheque que não tenho mais nenhum dado ou seja não faço mais idéia de onde seja, apareceu protestado no Rio de Janeiro datado de 09/2007, ou seja depois d 2 anos ja caducado. Moro em São Paulo e nunca fui ao Rio, como devo preceder? abri a conta mas não tenho direito a nada, por conta desse tal cheque. Me ajude!

    Grata des de ja
    Lara

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/12/2007 - 18:02
    Enviado por: Ana Paula Dos Santos

    Eu gostaria de saber se posso abrir uma caderneta de poupança com o nome sujo?
    Porque o dinheiro não dá para pagar a dívida.
    E qual são os bancos?

    Advogado de Defesa:

    Você deve ver isso direto com os bancos. A princípio, pode sim, porque é investimento e não movimentação de conta corrente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2007 - 14:57
    Enviado por: Daniel

    Boa tarde,
    Dra Tenho uma divida de faculcade notas promissórias e cheques devolvidos, tentei um acordo mas o escritório de advocacia da faculdade não aceitou acordo.
    meus cheque são datados de junho/2003 quando chegar neste mesmo periodo em 2008 meu nome automaticamente sai da restrição ou devo tomar algum procedimento?

    Muito obrigado,

    Daniel

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2007 - 16:23
    Enviado por: Marli

    Prezado Advogado de Defesa,

    Eu e meu esposo locamos um imóvel para morarmos e abrirmos um consultório odontológico nas primeiras duas salas na frente da casa.
    Assinamos o primeiro contrato dia 29/nov./04.
    Com as reformas, tivemos um desconto no pagamento do aluguel que nos custou
    mensalmente o valor de R$750.00, sendo que nos primeiros seis meses haveria um desconto de R$100 e do 7º mês ao 12º de R$50.00. O aluguel é reajustado anualmente com base no IGPM-FGV. Acontece que em todos os anos pagávamos com base neste índice, porém em agosto deste ano fomos chamados na imobiliária e nos comunicaram que de R$760.00 o aluguel passaria para R$1300.00, sendo que no início da negociação haveria um aumento gradativo, de agosto a dezembro de R$50.00 mensais, de janeiro a março R$1000.00, de março a junho R$1100.00, de junho a setembro R$1200.00 e de setembro a dezembro R$1300.00, totalizando o período do contrato de um ano.
    Meu esposo discordou, oferecendo terminar o ano em R$1200.00.
    Houve vários problemas desde então, pois o funcionário da imobiliária já afirmara para o locador que estava tudo resolvido e até o locador recebendo o aumento que propôs.
    Fomos até a imobiliária e conversamos diretamente com os proprietários do
    empreendimento, que se dispuseram a resolver a situação que estava cada vez mais
    complicada.
    Passando certo tempo, veio outra proposta que novamente meu esposo não aceitou, pois era quase que exatamente a primeira.
    O contrato agora vem assim, imóvel comercial com uma cláusula que será também residencial. A nossa rua foi valorizada, porque ela antes era sem saída e agora que foi aberta, o tráfego flui constantemente. Nós fizemos o ponto comercial.
    A filha do locador que também é advogada disse que o aluguel está defasado;
    Até concordamos, pois somos honestos e nunca deixamos de pagar, atrasamos ou recusamos aumentos anteriores.
    Mas se fôssemos pagar os R$1300.00 requeridos, isso seria um aumento de 42% no valor atual, e nos consideramos injustiçados.
    Agora queremos sair daqui, mas ainda não temos para onde ir.
    Além de precisarmos de um tempo, já que estamos procurando casa para alugar, não podemos pagar os R$1300.00, pois se assinarmos o novo contrato teremos que cumpri-lo integralmente.
    O valor que será pago aqui poderá se tornar parcelas de um financiamento de uma casa própria.
    Gostaria de saber:
    - Podemos ficar sem assinar o contrato e pagando aluguel conforme o IGPM até encontrarmos um novo lugar para morar e trabalhar?
    - Por quanto tempo podemos permanecer aqui, sendo que o contrato venceu em agosto?
    - Podemos obter algum benefício por termos tornado o local comercial?
    - É justo este aumento de 42% por termos montado um consultório nos dois primeiros aposentos da casa?
    - Quais são nossos direitos e obrigações neste caso?
    Aguardo sua resposta e agradeço-o antecipadamente.

    Atenciosamente,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2007 - 21:15
    Enviado por: Dilce

    Olá!!

    Gostaria de saber, se a empresa pode fazer um novo registro? Sendo q depois de 5 anos, o S.P.C. automaticamente exclui, e como a divida não prescreve e continuará sendo cobrada, a empresa poderá registrar no S.P.C. novamente??
    Agradeço antecipadamente, pela resposta!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2007 - 10:16
    Enviado por: Marco

    Tem um divida no Banco do Brasil tentei fazer uma negociação com ele porém não tive condições de pagar o valor que ele estar pedindo , acontece que o banco bloquear meu cartão da conta corrente porém Eu recebo meu salário por ele, o Banco pode fazer isso?

    Marco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2007 - 20:02
    Enviado por: Daniela

    Boa noite, Eu tenho uma divida de 1.600,00 com a faculdade, eles colocaram meu nome no serasa, e me processaram. Não tenho como pagar a divida. Caso não pague, o que irá acontecer, ja que não tenho condições, nem bens em meu nome? E a divida expira? Sai do serasa depois de algum tempo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2007 - 15:00
    Enviado por: carmem

    ola
    solicito uma exclarecimento de voces pois meu pai tem uma micro empresa em seu nome e ja esta com a idade avançada e com cançer pois a idade dele é de 83 anos
    e devido a doença ele não conseguiu + quitar as dividas e por isso estou desesperada pois ele sempre foi uma pessoa honesta cumpridor de seus deveres trabalhador e agora se encontra nessas condições pois ele esta com dividas no banco e alguns fornecedores tambem.
    e as cobranças não para de chegar estou desesperada me ajudem o que devo fazer? existe alguma lei para pessoas com cancer?

    Carmem

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2007 - 18:17
    Enviado por: Lucas Murbach Bonadia

    Boa tarde, na data 03/03/2004 tive um cheque protesta. Até a data de hoje 05/12/2007, permanece na lista de protestos, conforme busca numa loja de autos. Tambem perdi um emprego por conta desse protesto ainda ativo. O que devo fazer? Como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2007 - 09:41
    Enviado por: Andrea

    Gostaria de saber o que fazer quando a pessoa que esta com o cheque devolvido se nega a devolvê-lo ou quer cobrar um valor muito maior que o do cheque ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2007 - 13:11
    Enviado por: João B Menezes Fh

    Eu fiz um credito educativo em uma universidade. So que ao longo das cobranças eles pararam de mandar os boletos para pagamento da metade restante do credito. eu entrei em contato e eles me informaram que eu deveria comprarcer ate a universidade para pegar a segunda via, pois eles não emitiriam outra via correio. Eu me neguei, pois além de não estudar mais la na época no meu ver a culpa não é minha. Resumindo, a divida cresceu eles entraram em contato para negociação mas não acietam meus argumentos. O que posso fazer a respeito?

    Advogado de Defesa:

    É dever da universidade enviar os boletos de cobrança se ficou assim acertado os pagamentos. Mas é dever do devedor pagar essa dívida. Caso não recebesse os boletos, deveria ter corrido atrás deles. O não pagamento incide juros e correção monetária, que terão de ser pagos juntamente com o valor principal.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2007 - 16:53
    Enviado por: eduardo

    Dr. ,poderia me dar um parecer …sou uma empresa de prestação de serviços ..presto serviços a uma multi nacional ha 12 anos falaram que iria fazer um contrato e ate agora nada fica enrolando fiz alguns investimentos como admissão de funciorios compras de maquinas abertura de posto de trabalhos em outras unidade …minha pergunta e se um dia eles me mandarem embora tenho direto alguma indenização ? sendo que acho que estou sendo usado por se tratar de uma cia americana e só falam que vão fazer esse contrato e nada ate agora .

    Grato,

    Eduardo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2007 - 20:51
    Enviado por: Allan

    Ola, Dr. pode me tirar uma dúvida?
    Estudei em uma faculdade, e passei um cheque, sendo que, não esta em meu nome para a faculdade. Ela esta querendo protestar o cheque e abrir uma ação judicial contra mim. Pode abrir uma ação contra terceiro?
    Se pode, que tipo de ação é?
    Abraço…..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2007 - 12:57
    Enviado por: Simone

    Olá Dr.!!!
    Por favor, tenho 18 anos e me matriculei em uma escola de idiomas dia 27/11, o primeiro boleto vence hoje, só que eu desisti do curso porque vou me mudar de SP, mas eu ainda não peguei nenhum material e nem fiz nenhuma aula, a escola quer me cobrar uma multa altíssima, só que eu não concordo porque eu não fiz nada então não é justo que eu pague, caso eu não pague o boleto e nem compareça as aulas, meu nome pode ficar sujo??? Se for sim, depois de três anos fica limpo de novo???

    Obrigada!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2007 - 17:39
    Enviado por: roberto carlos siqueira

    Sou avalista de dividas de duas empresas juridicas junto ao Bradesco. Estou me divorciando. Tenho um unico imovel. Posso vendê-lo e passar a escritura e o comprador não corre o risco de perder o imovel que ele comprou de mim? Pois o cartorio alega que tenho restrições e nega fazer a escritura.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2007 - 18:01
    Enviado por: edson luis

    ola amigo! no ano de 2002 eu solicitei o cancelamento de uma conta corrente do banco Real só que a mesma não foi cancelada gerando débitos até a data de hoje porém para não ter problema foi ao banco eles me informaram o débito e a financeira a qual meu débito já havia sido vendido entrei em contato com a tal eles me informaram que eu devia uma quantia de R$ 130,00 mas se eu pagasse naquele momento seria apenas R$ 100,00 blz paguei o débito. no dia 30/11/2007 e no dia 03/11/2007 meu nome já estava limpo no SERASA, Dai hoje dia 07/12/07 fui fazer um financiamento junto ao Banco ABN- REAL e meu nome consta numa lista chamada real 05 onde a atendente me informou que meu nome estava naquela lista devido ao tempo que o débito ficou em aberto e o banco não tinha interesse mais em negociar comigo. A pergunta é o Banco pode fazer isso mesmo eu sendo uma pessoa idônia, eu nem sabia desse débito fui ficar sabendo agora em outubro deste ano, e outra coisa se eu posso usar algum mecanismo jurídico contra esta instituição porque pra lhe ser sincero eu me senti u zé ninguém hora que a mulher me falow que eu não era mais interessante para o banco cadê a igualdede de tratamento… desde já um muito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/12/2007 - 00:43
    Enviado por: kiu

    o que fazer para quitar uma divida ai no brasil que venceu em 2003, o ano em que eu me mudei para os estados unidos ?apos 4 anos ,nem sei o que fazer daqui ,,abracos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/12/2007 - 11:18
    Enviado por: DANIELE

    OI DR…PRAZER
    SOU DO INTERIO DE SÃO PAULO E ESTOU DESESPERADA.SOU PENSIONISTA HÁ ANOS DA CBPM E RECEBO PELO BANCO NOSSA CAIXA NOSSO BANCO.ESTAVEMPREGADA ATÉ PERIODO DE OUTUBRO NO COMÉRCIO E RECEBENDO CONDIZENDO AS MINHAS CONTAS E PAGAMENTOS.MAS NESSE MES PASSADO FUI DESPEDIDA E OS CHEQUES ESPECIAIS ESTÃO CAINDO E OS JUROS AUMENTANDO E NÃO TENHO COMO PAGAR.
    MAS O OCORREU UM FATO QUE ME DEIXOU APAVORADA.FUI RECEBER MEU SALÁRIO E FOI PARCIALMENTE DEBITADO NOS JUROS EM CHQUES E FIQUEI SEM RECEBER.COM DIFICULDADE NEM SEI O QUE FAZER.PRA TERMINAR EU RETIREI O EXTRATO E MEU 13 ESTAVA PROVISIONADO,OQUE ME DEIXU MAIS ALIVIADA.QD ENTREI AGORA NO SITE VI QUE FOI TBM TOTALNMETE DEBITADO EM JUROS DOS CHEQUES.OQUE EU FAÇO?ELES PODERIAM COLOCAR SERASA,JUROS MAS NÃO DEIXAR EU SEM RECEBER UM TOSTÃO ME AJUDA!!!!POR FAVOR URGENTE!
    DESDE JÁ AGRADEÇO A SUA ATENÇAO!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/12/2007 - 13:32
    Enviado por: Linéia

    Meu nome está sujo pqr causa do cheque especial ,, tentei negociar mas a dívida está impagável . Isso já tem quase 5 anos .
    Queria saber se o problema no serasa e no spc caducar , eu poderei comprar um imóvel no meu nome sem correr o risco do banco a quem devo querer tomar de mim na justiça .
    Muito Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/12/2007 - 21:48
    Enviado por: DANIELE

    OBRIGADA PELA RESPOSTA TÃO RÁPIDA
    E CREIO EU PROCURAR O PROCON
    RECLAMARA AO BC… E DEPOIS FALAR COM O GERENTE…E COMO VAI RESSARCIR MEU PAGAMENTO?TEM ALGO A FAZER?
    OBRIGADA MAIS UMA VEZ!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/12/2007 - 20:23
    Enviado por: ana rosa pereira da silva

    fiz um consuta no spc e no seara tenho 7 cheques protestado tenho 9 lojar para pagar
    e 19 cheques que entrestei para um pessoa mas nao acha ja vai fazer 5 anos
    o cartorio cobra muito juros

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2007 - 14:51
    Enviado por: Tatiane Elena

    O gerente da minha conta comprou um papel (sem a minha autorizaçao), mas com a autrizaçao da minha procuradora, e perdeu muito dinheiro, nesse caso oq devo fazer..aguardo urgente uma resposta.
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2007 - 15:12
    Enviado por: Gustavo Junior

    Fiz um curso e paguei com cheques do meu amigo. Infelizmente todos os cheques voltaram, apesar de ter repassado todos os meses o dinheiro a ele. O contrato foi feito no meu nome e os cheques foram dele, a empresa pode negativar o nome dos dois? Ou so dele?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/12/2007 - 19:31
    Enviado por: robson fonseca

    boa noite

    tenho uma divida referente 3 alugueis estou desempregado posso esta parcelando essas dividas pois ja desoculpei o imovel e eles pode entrar com processo contra o meus fiadores na epoca pois estou com nome restrito no spc e serasa .?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/12/2007 - 21:46
    Enviado por: wagner terra

    meu nome foi pro spc no dia 12/06/03 pela adelphia e pelo banco do brasil 12/12/2004 hoje ao consultar a adelphia passou para 10/2006 e o banco do brasil 01/06 pode isso o que faço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2007 - 09:20
    Enviado por: Pedro Inácio Araújo da Silveira Leite

    Prezados Advogados,

    Comprei um carro financiado pela FINASA, o prazo foi de 3 anos, paguei 1 ano de parcelas, fiquei desempregado e atrasei mais de seis meses. Gostaria de saber dos Senhores o que a financeira pode fazer contra minha pessoa e o que não pode dentro da lei.

    Muito obrigado.
    Pedro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2007 - 13:57
    Enviado por: Galvão

    Financiei uma moto pela Financeira Unibanco, nota os boletos esta escrito Bradesco, mas o que importa é que devido a transtornos pago minha divida com atraso, a mais de 1 ano venho paGANDO COM QUASE 50 dias de atraso, neste mês a agencia que faço pagamento (Unibanco) não aceitou o pagamento, recebi notificação de execução da divida, faltam sómente 4 prestações de 36 o que fazer ? tem algo que impessa que eu perca o bem que paguei por 32 meses ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2007 - 14:33
    Enviado por: Lilian

    Estar com o nome sujo impede de vc viajar para o exterior? O país em questão não exige visto só o passaporte. Tenho alguns cheques que foram sustados por desacordo comercial, esses cheques podem ser protestados e me impedir de viajar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2007 - 12:57
    Enviado por: vanessa

    Estou tentando pagar as dividas para retirada do nome no spc, sendo que liguei pra OI e eles nao quiseram parcelar a minha divida, falaram que tenho que pagar toda a divida para a retirada do nome ao SPC, Toda divida hj ta no valor de qse 2 mil reais, gostaria de saber se eles poem fazer isso? Pois estou quero muito tirar meu nome do spc para arrumar um emprego, pois com nome no spc fica muito dificil arrumar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2007 - 13:27
    Enviado por: juliana

    Tenho uma duvida fiz um deposito em minha conta, na maquina com meu cartao do bradesco, porem o deposito foi para conta de outra pessoa, pois digitei algum dado incorreto.
    O Bradesco não quer me devolver a importancia o que faço? qual a ação cabível?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2007 - 17:37
    Enviado por: Luiz

    Boa tarde,

    Minha esposa fez compras em uma loja, no meu nome e sem minha autorização e agora estou no SPC. A loja disse que eu autorizei, mas eu não autorizei.
    E a nota que a loja me apresentou como sendo as compras da minha esposa não era nota fiscal, era tipo uma nota de orçamento.
    Posso processar a loja por ter vendido para a minha esposa sem a minha autorização e por colocar o meu nome no SPC? As lojas podem colocar o nome no SPC, sem a nota fiscal, devidamente assinada? ou seja, com qualquer pedaço de papel eu posso colocar uma pessoa no SPC?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2007 - 19:59
    Enviado por: André

    Bom dia,

    Comprei um carro a mais ou menos 15 dias, fui tentar fazer o seguro e a seguradora não aprovou meu carro e se negou a fazer o seguro, alegando que o carro tinha tido uma batida forte.

    Fui na loja e pedi p/ trocar o carro, o dono aceitou, mas infelizmente não achei nenhum carro, que atendesse minhas espectativas, então pedi para cancelar o contrato e tbm a devolução da entrada que eu tinha dado.

    O dono da loja falou q eu tenho que pagar a multa de cancelamento de contrato c/ a BV Financeira em torno de R$ 700,00, detalhe, ainda não recebi o carnê e a primeira parcela é só pra dia 08 de janeiro de 2008.

    Eu não estou devolvendo o carro pq eu quero e sim pq a seguradora não aceitou e pq a loja omitiu essa informação, e envolve risco de segurança pra mim e minha família.

    Eu já fiz uma revisão/manutenção no carro e troquei algumas coisas, gastei em torno de R$ 350,00.

    Agora pergunto:

    Eu sou obrigado a pagar essa multa?

    Loja tem que arcar com todo o prejuízo e me devolver tbm o dinheiro que eu já gastei no carro?

    Se possível, eu preciso de uma resposta urgente, pois amanhã eu tenho q ir na loja resolver esse problema!

    DESCULPA PELO TEXTO LONGO!

    Obrigado
    André

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2007 - 21:50
    Enviado por: Ana Paula Simeão Gonçalves

    Boa Noite, eu tinha alguns cheques devolvidos á quase seis anos atrás, o fato é que meu nome já saiu do SPC e Serasa, então fui até o banco onde sou correntista, o Banco do Brasil, e mediante uma taxa de 5 reais. eles me liberaram o cheque e o cartão de crédito com seus respectivos limites, ao usar o cartão fui informada que meu nome possui restrição bancária, sendo assim, vedada a compra com tal cartão, já o cheque eu usei e tudo ocorreu normalmente, sem problemas, gostaria de saber se o banco pode barrar meu crédito no cartão de crédito, por conta das folhas que não foram devolvidas para o banco, que já fazem quase seis anos que elas foram emitidas? E também gostaria de saber se após ter desnegativado meu nome no SPC e SERASA eu quiser adquirir um cartão VISA e ao passar o CPF e RG eles disserem que eu não atingi a pontuação necessária,e não me derem, é normal, ou até mesmo licito? Mesmo apresentando Holerit e os documentos? Eles tem acesso a negativação anterior? Ou eles usam de recursos poucos viaveis para obter tais informações?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2007 - 16:01
    Enviado por: Michael

    Olá com relação a Cheques..

    Eu tive muito recentemente meu nome no cadastro do SPC por não pode pagar algumas empresa, como por exemplo crediários. Aconteceu de alguns cheques voltarem por estar sem fundo, mas todos foram devolvidos e paguei rigorosamente as multas.
    Só conseguirei pagar as minhas dividas com relação ao crediário daqui a 4 meses.

    - A dúvida…
    Eu posso ir até o banco que sou correntista e retirar folhas de cheques, uma vez que não tenho nome “sujo” ao emitir cheque e sim por outros motivos????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/12/2007 - 00:16
    Enviado por: Kelly

    Sou docente da UNIMEP e tive meu salario e regime de trabalho alterados unilateralmente. Por esta razão não consegui cumprir contrato do ensino fundamental de minha filha q estuda no IALIM. A escola não aceita a rematricula p colegial, caso não faça acordo, mas exigem um valor alto a vista. Uma vez q a UNIMEP e o IALIM são da mesma rede de ensino metodista, mesma mantenedora, podem impedir a matrícula de minha filha? a mesma igreja q não esta em dia com meu pagamento, me proibir de matricular minha filha pq estou inadimplente c a mesma igreja? OUtra duvida: O pai foi tentar matricular, uma vez q somos divorciados legalmente e quem esta inadimplente sou eu (mãe). O proibiram tbm. Esta certo proibirem o pai legalmente divorciado da mãe rematricular uma filha? se a mãe esta inadimplente?
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/12/2007 - 00:20
    Enviado por: Kelly

    Um casal divorciado legalmente. A mae esta inadimplente na escola do filho. O pai, pode ser impedido de fazer rematricula, uma vez q são divorciados e ele não esta inadimplente?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/12/2007 - 11:01
    Enviado por: wagner alexandre jacob

    ola gostaria de saber se o banco pode dar busca e apreensão em minha moto ,pois ja paguei mais de 50% dela e estou pagando atrasada mais eles ficam ligando e ameaçando dar busca no veiculo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/12/2007 - 21:23
    Enviado por: maria alice

    fui contratado por uma administração publica,que tem convênio com o Unibanco para CONTA SALÁRIO.Fui até a Agência e não consegui ,alengando que uma conta antiga (mais de 5 anos)em outra Agência do mesmo Banco tinha ficado uma pendência .
    Disseram que iriam abrir conta poupança pois o sistema não estava aceitando a abertura da conta-salario.ISTO PROCEDE?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2007 - 01:37
    Enviado por: maria

    quero saber so banco pode reter minha restituição de IR para quiatr minha divida ? ou isso é indevido ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2007 - 15:17
    Enviado por: anamaria

    Emprestei meu nome e a pessoa que comprou e não pagou. Agora, 8 anos depois da dívida vencida a loja me protestou. Tentei fazer acordo para renegociar a dívida mas não concordo com o juro cobrado. É legal esse protesto após tanto tempo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2007 - 16:15
    Enviado por: Rafael

    Comprei um computador em 12 vezes, paguei a metade e devo 3 cheques q bateram sem fundo..eles esta me ligando pegando meu endereço para vir tomar o computador!! isso pode?…mais paguei mas da metade..e disse q só poderei pagar em janeiro pois estou desempregado…! o q faço?? grato!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/12/2007 - 22:20
    Enviado por: jacob

    Dr. minha empresa comprou algumas mercadorias com cheque pre datado, não tive condições de pagar alguns cheques e sustei mas estou depositando na conta do fornecedor de pouco em pouco ele já se negou de mandar mercadoria pra mim além disso o que pode acontecer mas com minha empresa ele não aceitou negociação mas eu continuo depositando me oriente o que fazer grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2007 - 11:15
    Enviado por: MARIA

    GOSTARIA DE SABER QUE PROVIDENCIA DEVO TOMAR! POIS ABRI UMA CONTA UNIVERSITARIA EM 26/10/2005, E EM FEVEREIRO/2006 FUI INFORMADA PELO BCO REAL QUE MINHA CONTA NAO ESTAVA ABERTA, POIS, ESTAVA FALTANDO DOCUMENTOS, E EM ABRIL/2006 RECEBI O CARTAO DE CREDITO VISA , SO ULTILIZEI EM JUNHO/2006 , NESTE MESMO PERIODO , RECEBI UMA CARTA DO SERASA/SPC NOTIFICANDO QUE BCO REAL ESTAVA INCLUINDO MEU NOME NO (SERASA/SPC) POR FALTA DE PGTO, PROCUREI BCO, FUI INFORMADA QUE A DÍVIDA , ERA POR USO DO CHEQUE ESPECIAL (O LIMITE) E TARIFAS DE MANUTENCAO , SENDO QUE NAO RECEBI NADA DESTE BCO. JA PROCUREI O PROCON, FOI SOLICITADO O CONTRATO ASSINADO POR MIM, MAS O BCO NUNCA APRESENTOU AO PROCON O QUE DEVO FAZER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/12/2007 - 12:30
    Enviado por: LUIZA

    Gostaria de saber quais os argumentos que as empresas usam para não contratar pessoas para trabalhar com restrição ao SPS/SERASA, isso prejudica a empresa? Entendo que a maioria das pessoas precisam de um trabalho para colocar suas contas em dia, isso não é considerado um processo por danos morais ou materiais?

    Advogado de Defesa

    Há uma matéria neste blog sobre esse assunto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/12/2007 - 12:49
    Enviado por: LUIZA

    Comecei a estudar numa Faculdade esse ano, mas vendo que não iria conseguir pagar tranquei a matrícula, explicando na Assistência Social que um dos motivos que me levaram a tomar essa decisão, foi o fato de estar com meu pai muito doente em estado terminal. Então já no início do mês entrei com o pedido de trancamento, no entanto eles consideram esse referido mês para cobrança e sem condições de quitá-lo não o fiz. Hoje eles registraram meu nome no serasa. Tenho condições de recorrer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/12/2007 - 15:16
    Enviado por: Marcos

    Tenho uma conta corrente no Banco do Brasil. O banco sem minha autorização colocou um saldo extra de R$ 600,00. Usei o dinheiro pensando que era meu salário. Hoje qualquer dinheiro que entra na minha conta eles descontam. O que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Você terá de pagar essa dívida. A melhor coisa a fazer é negociá-la com o banco e pagar parcelas mensais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/12/2007 - 00:11
    Enviado por: claudia vieira

    poderia me informar preciso viajar para europa e tenho um processo de separaçao no litigioso isso me impede de viaja .

    Advogado de Defesa:

    Não, isso não te impede de viajar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/12/2007 - 10:22
    Enviado por: carlos fernando dos santos

    Olá,tive um carro apreendido em 2002,nunca mais fuí cobrado,agora precisei de uma certidão negativa e o processo constou.como faço para a certidão ficar“NADA CONSTA´´?
    Obs;O credor já pegou o carro de volta,e já revendeu,meu nome vai ficar prá sempre no forum?

    Advogado de Defesa:

    Provavelmente, deve ter sobrado algum resíduo do financiamento que você deveria ter pago. É melhro procurar a financeira e verificar por que seu nome está negativado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/12/2007 - 14:04
    Enviado por: NILDO OLIVEIRA

    PAGUEI O PERÍODO COMPLETO DA FACULDADE E HJ FUI INFORMADO DE QUE ESTOU DEVENDO A MATRÍCULA REFERENTE AO PERÍODO PAGO. SEI QUE PAGUEI A MATRÍCULA MAS NAO TENHO MAIS O COMPROVANTE E NO SISTEMA DA FACULDADE ESTAR EM ABERTO

    Advogado de Defesa:

    esse tipo de documento deve ser guardado por 5 anos, para evitar problemas como o seu. se você não tem como provar o pagamento, provavelmente terá de pagar novamente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/12/2007 - 19:35
    Enviado por: Thais M.

    Boa Noite,

    Meu nome está no serasa por uma empresa de telefonia. a primeira data de ocorrência é de 02/2005 e a última é em 10/2005, são no total 8 ocorrências da mesma telefonia. Gostaria de saber se meu nome será excluso do Serasa com 3 anos, baseado desde a primeira data q meu nome constou lá. Desde já obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Por dívidas com telêfonica, o nome fica por 5 anos negativado, não 3 anos. E se são várias dívidas, serão eliminados conformo for vencendo os 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/12/2007 - 02:51
    Enviado por: RILDO

    DEVO A BANCOS E CARTÕES DE CREDITOS NÃO TENHO CHEQUE SEM FUNDOS MAS NÃO POSSO PAGAR ESSA DIVIDA E POSSUO APENAS UMA CASA E UM ELETRODOMESTICO DE CADA TIPO POR EXEMPLO UMA TELEVISÃO UM VIDEO UM SOM UM RADIO ELES PODEM EMPENHORAR ESSES BENS MESMO SENDO UM DE CADA O QUE PODEM FAZER COMIGO

    Advogado de Defesa:

    Se a casa for o único imóvel da família, não pode ser penhorado. Mas a lei garante este direito se os proprietários do imóvel não tenham assinado nenhum documento dando a casa em garantia da dívida.
    Quanto aos bens de dentro do imóvel, só poderão ser penhorados se forem supérfluos, de luxo ou em dobro.

    Portanto, os móveis, a geladeira, fogão, e todos os outros bens necessários a sobrevivência somente poderão ser penhorados se existirem mais de um (por exemplo: 2 ou 3 televisões)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/12/2007 - 22:28
    Enviado por: juarez

    fiz um emprestimo com desconto em folha de pgto no BMG e fui demitido o saldo não foi pago o banco não facilitou a negociação e fui pro serasa o banco nunca me mandou o contrato para assinar não fiquei sabendo as clausulas do contrato so mandei os xerox dos documentos o que posso fazer.

    Advogado de Defesa:

    Você deve enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/12/2007 - 15:07
    Enviado por: Álvaro de Souza Mello

    tenho um automóvel que estava assegurado até 15/12/07. Vencido o prazo, procurei o Brdesco para renovar o seguro e foi-me dito que não poderia fazer pois, meu nome está inserido no SPC/Serasa. Segundo a Corretora Bradesco, devido nova Lei não posso renovar o seguro de veículo. Há 30 dias fiz um depósito de R$260,00 para a Corretora que intermedia junto a Bradesco seguros, e decorridos esse tempo acreditando que meu veículo já estava assegurado e circulando pelas ruas, fui informado desse infortúnio correndo o risco de ter meu veículo furtado e/ou roubado. O que devo fazer? A Bradesco está correta em afirmar isso?

    Advogado de Defesa:

    Infelizmente, as seguradoras têm recusado fazer seguro para consumidores que têm o nome em cadastros de inadimplência. Além disso, as seguradoras têm o prazo de 15 dias para confirmar se aceitam ou não a proposta de seguro do consumidor, podendo recusá-lo, quando erá de devolver o dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/12/2007 - 18:12
    Enviado por: raphael santos araujo

    gostaria de saber se tem alguma restrição de se fazer algum concurso publico, municipal ou federal. estando com o nome no spc e no serasa. obrigado pela atenção, agradeço-te desde já.

    atenciosamente: raphael santos araujo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/12/2007 - 18:48
    Enviado por: ANA MAIA

    Se meu nome for colocado no spc por exemplo no ano de 2005 e for novamente colocado no ano de 2006. começa novamente a contar o tempo para a retirada do mesmo?

    obrigada!

    Advogado de Defesa:

    Sim, a cada nova inclusão, de dívidas diferentes, começa a contar novo prazo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2007 - 01:36
    Enviado por: michelle belem

    bom dia! ontem fui no banco pra realizar um emprestimo e foi veificado que meu no nome estava no spc, fui até no orgao de proteçao ao credito e verifiquei que a loja q colocou meu nome ja fazia 4 anos q eu tinha pago o debito. fui até a loja e eles informaram q eu ñ devia nada, mas meu nome constava no spc. so q no dia seguinte tiraram meu nome do spc. gostaria de processar esta loja por danos morais pois por quatro anos eu fiquei com restrição.. e fora o constrangimento q passei no banco. como devo proceder.

    Advogado de Defesa:

    Se no dia em que você foi ao SPC você pegou comprovante que seu nome estava registrado indevidamente, com ele você pode procurar o Juizado Especial Cível e abrir processo contra a empresa por dano moral.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2007 - 03:42
    Enviado por: Anilton de S Lima

    Olá fiz uma Devolução Amigavél de um carro junto ao Banco Itú, depois disso não consigo financiar outro carro, pois sempre consta essa devolução, mesmo meu nome estando limpo e sem dever nada ao banco, eles podem fazer isso comigo? Vou virar refem do banco?

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o Procon e pedir que o Banco explique essa situação. Se quiser, pode mandar também para a coluna Advoagdo de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2007 - 13:59
    Enviado por: donizete

    Ola srs: Advogado(s as) Fui realizar um financiamento para melhorar minha ferramenta de trabalho e então fiquei sabendo que estou com meu nome com restrições de creditos por quatro contas de celular de uma prestadora de serviço celular muito conhecida com uma dividida de aproximadamente de 800.00 reais, porem não sou cliente desta empresa e nunca fui até mesmo porque seus serviços não funcionão onde eu trabalho, nunca recebi nada a respeito desta divida. E agora oque devo fazer? Desde de ja eu agradeço a atenção e desejo a todos um FELIZ ANO NOVO.

    Advogado de Defesa:

    envia sua reclamãção para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o nome da empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2007 - 14:26
    Enviado por: Felipe Santos

    Bom ;tenho restrições no spc e seraza passei os meus
    cheques para uma pessoa e não coloquei o nome
    a pessoa relacionada; ela pode emitir um recibo
    dizendo que eu paguei essa divida para que eu entregue ao banco; para eu limpar o meu nome ;
    o banco aceitará? ele é obrigado a aceitar?

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida está realmente paga, ela deve emitir a carta de anuência para que você apresente ao banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/01/2008 - 10:29
    Enviado por: Cleiton

    Quero financiar uma moto zero quilometro, tenho o nome limpo no SPC e SERASA, mas estou com um processo penal no TJDF. Gostaria de saber por esse motivo podem me empedir de aprovação do credito.

    Advogado de Defesa:

    Esse processo é de relações de consumo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 00:04
    Enviado por: JOAO PAULO

    Tenho uma divida com cartao de credito master card de 3400 reais.Tive problemas financeiros e nao consegui pagar por 3 meses.Nao sabia que era quebra de contrato nao pagar durante esse tempo e eles nao me avisaram por fatura nem telefone.Fiquei sabendo da quebra de contrato por fatura depois do periodo de 3 meses.quando entao minha divida já passava de 4200 reais.Liguei para negociar,mas estava dificil entrar em acordo.Após um mês um representante da empresa liga pra mim para renegociar e fala que minha divida já passa de 5400 reais.Gostaria de saber se teria alguma forma de negociar esta divida sem a multa pela quebra de contrato,visto que não teve aviso previo e se é normal esses juros abusivos?Caso não pague essas dividas o q acarretará?Lembrando que não tenho nada no meu nome,posso ser preso por não pagar uma dívida de cartão?

    Advogado de Defesa:

    Primeiro, você deve procurar o Procon para que seus técnicos calculem se os juros cobrados estão corretos. O próprio Procon pode orientá-lo, depois, o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 12:12
    Enviado por: richarles mourao

    Bom Dia. gostaria de tirar uma duvida ,pois o meu nome estar com restriçao referente ao um debito no banco , este debito foi parcelado e nao foi retirado do spc fui duas vezes para ver com eles para tirar a restriçao se passou os 5 dias uteis e o debito continuava passei dois costrangimento referente a compra de um bem que perdi por este motivo, gostaria de saber se posso impetra uma açao por danos morais.

    Advogado de Defesa:

    Se você já pagou a dívida, seu nome deve ser excluído dos cadastros de inadimplentes em 5 dias úteis. Se não saiu, precisa pegar o comprovante na Serasa ou no SPC comprovando que ele continua negativado e apresentar no Juizado Especial Cível solicitndo liminar para que ele seja retirado imediatamente e ainda pedir indenização por dano moral.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 14:01
    Enviado por: Dirce

    gostaria de saber se pai qe não pago pensão alimentícia a 3 filhos pode ser intimiado agora qe os filhos são maiores?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 15:19
    Enviado por: LucieneBalbino de Almeida

    Eu e meu esposo fomos matricular o nosso filho em uma escola particular e eles apos consultar os nossos CPF(s)consatataram que estavam sujos e daí a escola se recusou a matricular o nosso filho de 3 anos isso é legal ? Eles não poderáim entrra em contato com a escola anterior e ver que nunca fomos inadimplentes com ela o ano inteiro?
    Caso ilegal nos oriente…

    Advogado de Defesa:

    O parcelamento de escola também é um financiamento e as escolas podem recusar novo aluno caso os pais tenha os nomes negativados.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 16:23
    Enviado por: márcio queiroz

    Eu gostaria de saber o que posso fazer com uma cobrança indevida de uma empresa de telefonia que colocou meu nome no SPC, mas eu não devo nada a ela, a empresa é VIVO de são Paulo, mas eu moro no interior do Pará, e nunca tive em são paulo, descobri isso quando fui fazer uma compra em minha cidade e fui impedido por conta disso. o que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Você deve ir ao SPC e pedir comprovante que mostre que seu nome está negativado. Com isso em mãos, procure o Juizado Especial Cível para solicitar liminar para a retirada imediata de seu nome do cadastro e entre com açõa indenizatória por danos morais contra a Vivo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 18:32
    Enviado por: luana

    Quando se faz um financiamento de carro e por algum motivo não pode pagar a prestação,caso seja sugerida por parte de um advogado que se faça a devolução do carro,que documentação é não pode ser deixada de receber em hipótese alguma,correndo risco de ficar o dito por não dito?e mais tarde chegar novas cobranças?

    Advogado de Defesa:

    Deve-se pegar um comprovante que o carro foi devolvido, assinado pelo responsável e com a data em que isso ocorreu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 19:08
    Enviado por: katia

    Nao consegui pagar o emprestimo que eu fiz no banco, me ligaram falando que vai pro juridico, o que isso quer dizer…o que acontecera, náo tenho bens nem carro para penhorarem.

    Advogado de Defesa:

    O banco pode entrar com ação de execução da dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 21:21
    Enviado por: Rodrigo Ruivo

    Olá,

    Comprei um veículo atraves de financiamento CDC em 60 meses, paguei uma prestação mas agora estou decidido a devolver o veículo.

    Como funciona os tramites legais neste caso?
    Meu nome será sujo?
    Vou ter que pagar alguma multa contratual?
    O que eu faço?

    Advogado de Defesa:

    Converse com o banco. Cada instituição tem um trâmite diferente. Seu nome só será sujo se você ficar inadimplente. Provavelmente, cobrarão multa contratual, mas isso deve constar no contrato. Leia ele antes de tomar qualquer atitude.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2008 - 10:45
    Enviado por: Tatiane

    Eu tenho 2 cheques para achar mas não sei onde estão, não faço a minima idéia, como eu faço para pagar esses cheques e limpar o meu nome?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2008 - 10:45
    Enviado por: Tatiane

    Eu tenho 2 cheques para achar mas não sei onde estão, não faço a minima idéia, como eu faço para pagar esses cheques e limpar o meu nome?

    ADVOGADO DE DEFESA

    Peça a microfilmagem dos cheques ao banco. Assim, é possível descobrir quem o depositou e tentar procurá-lo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2008 - 13:22
    Enviado por: Fabio

    boa tarde, tenho duas execuções da faculdade que estão em andamento, e agora passei no concurso de agente penitenciario sp, sera que na fase da Prova de Conduta Ilibada na
    Vida Pública e na Vida Privada, isso pode me prejudicar, ja que no edital so são pedido as certidões criminais ? tem alguma lei que eu posso ter uma base de defesa ? obrigado pela atenção.

    ADVOGADO DE DEFESA

    Se o edital não pede ao candidato que prove que seu nome está limpo, provavelmente não haverá problemas para assumir a vaga. De qualquer forma, apenas o órgão responsável pelo concurso pode garantir isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2008 - 23:09
    Enviado por: Elton

    Quero saber o seguinte tinha uma moto e esta mesma foi roubada soque tinha um financiamento nesta moto como ela foi roubada deixei de pagar ela e colocaram meu nome no spc e serasa meu nome sai dela ou vou ter que pagar a divida pra retirarem
    ha outra duvida se eu tiver uma outra moto eles podem tomar ela de mim

    ADVOGADO DE DEFESA

    A dívida não acaba por conta do roubo da moto. Portanto, enquanto a dívida não prescrever, a financeira pode protestá-la e penhorar bens que não sejam essenciais, como uma moto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/01/2008 - 14:05
    Enviado por: Galvão

    Financiei uma moto pela Financeira Unibanco, nota os boletos esta escrito Bradesco, mas o que importa é que devido a transtornos pago minha divida com atraso, a mais de 1 ano venho paGANDO COM QUASE 50 dias de atraso, neste mês a agencia que faço pagamento (Unibanco) não aceitou o pagamento, recebi notificação de execução da divida, faltam sómente 4 prestações de 36 o que fazer ? tem algo que impessa que eu perca o bem que paguei por 32 meses ?

    ADVOGADO DE DEFESA

    Você pode perder o bem mesmo com poucas parcelas em aberto. A melhor solução é renegociar sua dívida com a financeira. Se a renegociação for feita, a dívida protestada deixa de existir e a moto não pode ser tomada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2008 - 01:22
    Enviado por: Danilo

    Ola, tenho uma divida de empréstimo em um banco, porém percebi que por um erro deles meu nome esta escrito de forma errada com uma letra(“L” a mais) tanto no cartão de débito como no cadastro, a pergunta que faço é a seguinte eu poderia mover uma ação alegando erro de cadastro na criação da conta e suspendendo a cobrança de tal dívida ou algo do gênero ou isto é um argumento improcedente ?

    ADVOGADO DE DEFESA

    Esse não é um procedimento correto, já que você assume que tem uma dívida com o banco. Além disso, o banco normalmente tem documentos que comprovam a autoria do empréstimo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2008 - 10:37
    Enviado por: Bruno Augusto

    Gostaria de saber se é verdade que as empresas não contratam quem tem nome sujo? Pois estou desempregado, e vejo que tds as entrevistas que faço não estão dando resultado, se a empresa usa esse critério de seleção.

    ADVOGADO DE DEFESA

    Apesar das listas de proteção ao crédito não terem essa finalidade, algumas empresas a consultam na hora de contratar. Essa prática não é permitida por lei, mas na prática é difícil comprovar que a contratação não aconteceu por esse motivo. Para mais informações, leia a seguinte matéria:
    http://blog.estadao.com.br/blog/advdefesa/?title=nome_sujo_sem_direito_a_trabalho&more=1&c=1&tb=1&pb=1

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2008 - 17:08
    Enviado por: Maria Vitoria

    Tenho uma divida junto a uma escola que está protestada em cartório . Não consigo pagar o valor total e a empresa de cobrança não quer negociar outro valor . Posso fazer uma carta declarando o valor q posso pagar ?? Onde devo entregar essa carta ??? Gostaria de deixar documentado a forma como posso pagar …

    ADVOGADO DE DEFESA

    A única forma de conseguir parcelar é continuar negociando com o credor. Apresente à escola propostas que caibam em seu orçamento. Mas eles não são obrigados a aceitá-las.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2008 - 11:34
    Enviado por: Tatiana

    Olá,
    tenho 2 chques devolvidos e não consigo achar os credores, como faço para limpar o meu nome?
    obrigada

    ADVOGADO DE DEFESA

    Procure o banco e peça a microfilmagem do cheque. Assim, poderá achar a pessoa que o depositou.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2008 - 13:08
    Enviado por: Rubens

    tenho 24 cheques sem fundos que constam no spc serasa e algumas pendencias desses 24 já consegui pagar 14 mais não tenho condiçoes de pagar para dá baixa
    com cinco anos PRESCREVE tudo , meu nome é limpo com certeza do spc serasa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2008 - 14:17
    Enviado por: veronica

    Gostaria de tirar uma dúvida urgente!
    Eu estava com o meu nome sujo a tres anos, mas paguei essa dívida e estou aguardando o meu CPF ser liberado. A minha dúvida é a seguinte:
    O fato do Nome ter saído do SPC/Serasa a pouco tempo, pode causar algum impedimento na hora de aprovar o meu crédito? Tenho essa dúvida porque estou só aguardando o meu CPF ser liberado para tentar uma aprovação de crédito imobiliario.
    Por favor, preciso dessa resposta urgente!
    Obrigado.

    ADVOGADO DE DEFESA

    Por lei, você não pode sofrer restrições quando não está mais com o nome nas listas de proteção ao crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2008 - 21:04
    Enviado por: Maila

    Por favor, preciso esclarecer uma dúvida urgente. É que eu quero comprar um imóvel por financiamento, carta de crédito, só que o vendedor do imóvel está com o nome no SERASA, pois entrou na justiça porque seu banco está lhe cobrando juros abusivos, e desde entao seu nome esta no SERASA. Eu queria saber se nestas condições o banco me concederia a carta de crédito para eu poder comprar este imóvel.
    ‘Muito obrigada

    ADVOGADO DE DEFESA

    Isso depende das regras do financiamento. Você deve se informar com o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 11:37
    Enviado por: lea

    Uma empresa pode deixar de me contratar por causa do nome sujo?

    Obrigada,

    ADVOGADO DE DEFESA

    Embora essa prática seja condenada por especialistas, muitas empresas consultam as listas de proteção ao crédito para decidir a contratação de seus funcionários. O problema é que essa é uma prática muito difícil de ser comprovada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 12:22
    Enviado por: emanuella

    tenho uma divida com o banco a mais de 5 anos, tentei fazer um acordo para pagar o valor do emprestimo, mais uma dívida de tres mil reais esta em 30 mil, existe algum procedimento para eu pagar judicialmente só o que eu devo, pois não tebho cond~ições de pagar todo esse juros, caberia uma ação revisional?

    ADVOGADO DE DEFESA

    O meio mais fácil para calcular os juros é procurar o Procon. Lá os técnicos calculam os juros da dívida e auxiliam no caso de cobrança abusiva.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 12:58
    Enviado por: fabiano

    Estou com o nome no spc e serasa, desde 2004 como eu faço para consultar pela internet se a ainda continuo com o nome sujo, pois a maioria dos sites cobram pelo serviço

    ADVOGADO DE DEFESA

    Entre em contato diretamente com o Serasa (11 3373-7272) e com qualquer outro serviço de proteção ao crédito em que esteja citado. A informação sobre suas dívidas deve ser gratuita.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 15:26
    Enviado por: Moises Ramos

    Prezado Dr.
    Um banco pode liberar para o cliente talão de cheques e tudo mais, mesmo que ele tiver com nome no spc e serasa.
    Tenho um cheque que o HSBC abriu conta para um cliente e ele alem de ter cheques voltados desde 2003 e restrições SPC eles liberaram talão para ele ir comprando de novo e dando cheques sem fundo normalmente. Liguei para o Banco e eles falaram que liberavam para quem eles quizerem. Isso é certo?
    A conta é conta salário, acho que devia liberar soemente o cartão de débito não seria?
    ha alguma forma que possamos entrar com indenização contra o HSBC

    ADVOGADO DE DEFESA

    As instituições bancárias têm liberdade para aprovar a abertura de conta para qualquer pessoa, ainda que com restrições ao crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 16:57
    Enviado por: igor

    comprei em 2007 no meio do ano varias mercadorias de informatica, mas qdo recebi na minha casa vi que a mercadoria nao serveria pra minha empresa pedi o cancelamento e fui negado, entrei varias vezes em contato com o sac da loja e nada, resolvi nao pagar as prestações e agora esta me cobrando as parcelas, eu ainda posso devolver a mercadoria e pega o dinheiro de algumas prestações que ja paguei ? tenho uma moto em meu nome eles podem penhora a moto ?pra quitar a dividida ?

    ADVOGADO DE DEFESA

    Se você comprou os equipamentos em uma loja virtual, o prazo para desistência é de 7 dias, sem necessidade de justificativa. Se você reclamou dentro desse período, a troca deveria ter sido feita.
    Mas se a compra foi feita na forma tradicional, a loja não é obrigada a realizar a troca ou o cancelamento da compra. Você deve pagar as prestações.
    Se a empresa entrar com uma ação judicial contra você, a moto pode ser penhorada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 18:00
    Enviado por: Tania Nogueira

    Tenho um debito com a Telemar relativo ao periodo de mai/99 a mar/2001. Solicitei uma linha telefonica e eles recusaram dizendo que tenho que quitar este débito. Como já se passaram 5 anos, eles ainda podem me cobrar esta dívida? Se podem, qual seria o prazo para esta dívida prescrever, pois nunca me fizeram nenhuma cobrança judicial ou extrajudicial? Eles realmente podem me negar o serviço com esta alegação?

    Advogado de Defesa:

    O Novo Código Civil, no artigo 206, § 5º, diz que o direito de cobrança de dívidas prescreve em 5 anos.

    Portanto, não cobrada a dívida até 5 anos do seu vencimento, estará prescrito o direito de cobrança e ela não poderá constar de qualquer registro negativo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/01/2008 - 09:45
    Enviado por: Edvaldo

    Perdi meus documentos e não dei queixa, e agora tem alguém utizando meu nome para fazer compras, o que faço?

    ADVOGADO DE DEFESA

    Em caso de perda de documentos é preciso fazer um Boletim de Ocorrência o mais rápido possível. Você pode fazer isso pela internet, no site http://www.ssp.sp.gov.br/bo/.
    Só depois disso você poderá reclamar pelas compras que estão sendo feitas em seu nome.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2008 - 11:43
    Enviado por: paloma t araujo

    depois do nome tirado do spc/serasa,numa verificaçao de credito cosnta q meu nome ja teve la ?

    Advogado de defesa:

    Não pode constar mais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2008 - 10:25
    Enviado por: eliseu dos santos ramos

    gostaria de saber o seguinte:
    Fiz negociações de minhas dividas ,agora esotu com o nome limpo,se eu tentar fazer financiamentos como o da casa propria ou carro eles podem consultar essas negociações e ercusar o credito

    Advogado de Defesa:

    Se seu nome está limpo, não há por que eles negarem o crédito. Poderão fazer por outros motivos, que você deve questioná-los quais são caso seja recusado o crédito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2008 - 18:54
    Enviado por: cleia

    minha mae é fiadora do meu irmao em um carro finanaciado, e ele esta com tres prestações atrasadas, ele é funcionario publico e a mulher (namorada, mas possui declaração de convivencia estavel, registrada em cartorio) tem algumas empresas e alguns contratos com o estado, posso mandar o juiz acionar a mulher do meu irmao e ele a pagaram o debito e solicitar a apreensao do carro… como faço para que minha mae nao seja prejudicada financeiramente, já que a mesma deu como referencia de ganho a renda de uma vida de apartamento e nao esta empregada.

    Advogado de Defesa:

    Se ela é fiadora, ela responderá, sim, pela dívida. De qualquer forma, vocês devem procurar um advogado para verificar se é possível entrar com uma ação contra eles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2008 - 10:00
    Enviado por: eliane

    tenho o nome sujo nos orgão de proteção ao credito e por isso comprei um carro em nome de outra pessoa , como devo fazer para que esta pessoa não alege que o carro é dela ? pois dei 13,000.00 de entrada e falta o restante dp parcelamento ?

    Advogado de Defesa:

    Você pode fazer uma delcaração, em cartório, dizendo que o carro te pertence.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2008 - 10:13
    Enviado por: dirce

    Olá, tenho uma divida de emprestimo pessoal na Caixa, vencida a mais de tres anos, procurei a minha agencia agora para renegociar a divida que era de 2.700,00 está em 70.000,00 para a quitação avista eles me concedem um desconto e a divida fica em 5.000,00, como posso fazer para parcelar essa divida sem os juros tão altos, pois não tenho condições de pagar 70.000,00 e nem 5.000,00 a vista

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o Procon para que seus técnicos façam o cálculo da dívida. Pode, ainda, se quiser, mandar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2008 - 12:10
    Enviado por: Samuel

    estou com o financiamento da casa em atraso, 4 prestações, fui até a Caixa para pagar 2 e o gerente disse que não poderia aceitar…. que meu contrato iria para cobrança no cartório…. e eu teria que pagar 3 parcelas hoje, e não poderia usar o FGTS…. quanto tempo tem o cartorio para cobrar…. negociar????
    eu pagaria 2 em dinheiro e 2 no fgts é possivel ?

    Advogado de Defesa:

    Você só pode usar o FGTS para abater as prestações de 2 em 2 anos. Indo para cartório, você terá de pagar imediatamente as prestações.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2008 - 12:54
    Enviado por: Paty

    Ano passado, em 04/07 emiti alguns cheques numa transação comercial. Contudo ao perceber que era “fria”, fui ao banco e sustei os cheques… Mas fiz isso no caixa rápido do banco. Conclusão: o 1º cheque entrou, mas como eu não tinha o valor do chequena conta, ele voltou.
    Diante disso fui ao banco, e lá me falaram que tem de sustá-los pessoalmente também. Sustei os cheques e pensei ter me livrado do assunto.
    Mas no início de 2008, mudei de emprego e a empresa pediu que eu abrisse conta em outro banco.
    Ao abrir a conta, tive restrição de crédito e me informaram que o meu nome estava no SERASA.
    Perguntas:
    1. Se eu sustei o cheque, podem me cobrar por isso?
    2. Os outros cheques sustados também se constituem dívidas?
    3. O 1º cheque foi parar num posto de gasolina… Logo, deduz-se que passaram o cheque pra frente.
    O que eu faço???

    Advogado de Defesa:

    O primeiro cheque voltou sem fundo e isso aconteceu antes de você sustar. Você terá de procurar que está em poder do cheque para resgatá-lo e eliminar seu nome dos cadastros restritivos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2008 - 13:50
    Enviado por: Marcio

    Tenho uma dúvida, e gostaria muito de ser orientado por esse excelente advogado de defesa: Fiz um empréstimo em um banco, em 6 parcelas, visando quitar a divída após a 2ª, liguei ao banco e o gerente fez o cálculo, e simplesmente não vale a pena, pois ainda é abusivo os juros. Ocorreu assim, emprestei R$ 5.750,00 e paguei já 2xde R$1.187, ou seja 5% de juros, fui quitar e ainda me cobram R$ 4.400,00. O que devo fazer para reivindicar meus direitos ? Grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2008 - 16:43
    Enviado por: Eshiley

    Tenho uma divida no valor de mais ou menos R$ 1.000,00 (conta telefonica) gostaria de saber com quanto tempo meu nome vai pra o SERASA, seu eu nao efetuar o pagamento da data de vencimento????

    Advogado de Defesa:

    As empresas podem negativar o nome imediatamente após o vencimento, caso não seja pago

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2008 - 17:38
    Enviado por: Rogério Rodrigues

    Boa tarde, não sei se responde a prguntas deste tipo, mas vamos lá.
    Abrir uma micro empresa com um sócio, até ai normal, meus clientes só pagam através de depósitos em conta juridica, fui ao banco e não pude abrir uma conta juridica pq consta um débito em nome do meu sócio, não pud nem abrir uma conta poupança para empresa..o que posso fazer?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2008 - 19:10
    Enviado por: gilberto fortunato

    tenho uma divida com o banco , uma de emprestimo e outra de cheque, isso foi em 2004. mas meu nome continua sujo. oque devo fazer? não tenho condições ainda

    Advogado de Defesa:

    Enquanto você não saldar a dívida, seu nome continuará sujo. Ou, então, terá de esperar 5 anos para que ele seja limpo automaticamente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2008 - 14:58
    Enviado por: emir silva

    olá meu nome é emir, e meu caso é que minha mãe tem uma divida de 2002, e que o nome dela consta no protesto do cartorio, e essa divida já tem mais de cinco anos, e eu queria saber se o nome em protesto sai depois de cinco anos, e ainda naum saiu, ou se ja era par ter saido, me de uma luz obrigado fico no aguardo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2008 - 15:08
    Enviado por: Leandro

    Gostaria de saber duas coisas.
    Primeira coisa eu estava fazendo faculdade e parei,depois disso eu nao paguei o FIES e o meu nome e do fiador esta no serasa, esse financiamento depois de 5 anos ele limpa?
    Segunda coisa eu comprei o carro estava pagando certinho,depois eu atrasei duas parcela e agora eles ficam me ligando falando que vai manda o oficial de justicia na minha casa pq ja faz 60 dias que esta atrasada uma parcela eles pode toma o carro quando?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2008 - 15:59
    Enviado por:

    abri uma conta universitaria e nunca a movimentei, ja tem 4 anos e para cancelar estão me cobrando uma taxa de 590,00 reais, eu tenho q pagar mesmo não tendo usado a conta nem mesmo para tirar extrato?? preciso de meu nome limpo com urgencia e não tenho como pagar, ainda pq pagar por uma coisa que não usei, é justo tem alguma lei que me obrigue a fazer isso??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2008 - 17:14
    Enviado por: Alcineide

    oi gostaria de obter algumas informaçoes,a alguns anos atras possui conta em um banco, quitei todos os debitos e cheques ,entreguei cartao e taloes ,preenchi declaraçao pedindo o en cerramento da conta,enfim fiz todo o procedimento dentro da lei para enceramento de conta corrente,so que depois descobri q o banco não encerrou a conta,e hoje existem muitos debitos q posso fazer?

    Advogado de Defesa:

    É melhor você enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, em-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o nome do banco, para que a coluna verifique por que a conta não foi encerrada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 03:42
    Enviado por: felipe r andrade

    eu tenho uma proposta para trabalhar na china e queria saber se é possível eu viajar para lá com o nome sujo no spc e/ou serasa
    vcs podem me orientar??

    Advogado de Defesa:

    O nome sujo não impede a viagem. A não ser que você compre as passagens parceladas, pois o nome sujo impede o crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 16:19
    Enviado por: gilmar salviano

    perdi 2 empregos por causa de 2 cheques que ja paguei que estavan sem fundo a questão e: paguei mas não entregarm ainda ja fazem mais de 13 dias e eprdi o emprego que iria começar no dia 10 de janeiro, ja tentei varia formas de peger estes cheques mas não consigo tem como processar a assssoria na justiça ou na oab? isto ta me dando uma tremenda dor de cabeça

    Advogado de Defesa:
    Você pode procurar o Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 16:28
    Enviado por: gilmar salviano

    onde encontrar em sp tem uma oab mas não sei se eles atedem este tipo de situação

    Advogado de Defesa:

    No Juizado Especial, se a ação for até 20 salários mínimos, não precisa de advogado. Você pode encontrar a relação dos postos no site do tribunal de justiça de São Paulo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 17:53
    Enviado por: maria

    estou com nome no spc com a divida de 899 reais pela brasil telecom gostaria de saber se….para retirar esse meu nome do spc..so consigo com a divida toda paga? ou se eu renegociar e começar a pagar em parcelas o nome tbm e retirado?

    Advogado de Defesa:]

    Se você renegociar a dívida, a empresa tem de retirar seu nome dos cadastros de inadimplentes, uma vez que a dívida vencida não existe mais e a nova ainda não venceu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 17:57
    Enviado por: maria

    tbm passei no concurso da prefeitura e meu nome esta no spc atrapalha alguma coisa na minha convocaçao?

    Advogado de Defesa:
    Nenhuma empresa tem respaldo legal para usar cadastros de proteção ao crédito como critério para analisar candidatos a empregos. É uma atitude inconstitucional e fere a Constituição Federal no seu artigo 5°, que estabelece que todos são iguais perante a lei, sem distinção de
    qualquer natureza, vedando, assim, critérios discriminatórios. Vale lembrar também que o Brasil é signatário da Convenção 111 da Organização
    Internacional do Trabalho (OIT), que trata da discriminação em matéria de emprego e profissão. E rejeitar um candidato só porque ele tem o nome sujo é uma forma de discriminar. Quem sofrer esse tipo de discriminação, pode ingressar com uma ação indenizatória na Justiça do Trabalho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 18:32
    Enviado por: Samara

    Boa tarde,

    Uma escola técnica onde no contrato consta valor de prestação de serviço e compra e venda pode incluir o nome no SCPC e SERASA? E o contrato pode ser executado mesmo não sendo utilizado as aulas?

    Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Pode sim negativar o nome. E se o aluno não está cursando, o melhor a fazer é cancelar o contrato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 23:50
    Enviado por: SILVIA

    Ola estou com problemas temos váris empretimos pessoais , e meu marido recebe pelo bco não o que devemos váriso cartoes de creditos, de tanto pagar o minimo desistimos pois não temos como pagar? e para completar temos 15 cheques pre datados ref a um emprestimo que só pagamos um , ligam todos os dias, mais minha preocupação é só com os cheuqes e se for protestado e executado o que pode acontecer pois não temos nada em nosso nome ? onde ele recebe já descontam 30 por cento do salário dele eé 36 vezes só pagamos 9, não tenho como pagar minguém pois tenho 3 filhos o que sobra só dar para comer o que fazer?pois sei que não tenho condinções para pagar só um milagre?ele está perto de aposentar qdo isso acontecer eles podem deter seu acerto na firma? ou não? aguardo resposta agradeço pelo carinho .

    Advogado de Defesa:

    Em razão do não pagamento das dívidas, provavelmente o seu nome será negativado na Serasa e no SPC e os credores podem entrar na Justiça com ação de cobrança, mas se vocês não tiverem bens, não acontecerá nada. Quanto ao que seu marido irá receber de aposentadoria, esses valores não podem ser usados pelas empresas para cobrir os débitos a não ser que ele autorize

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2008 - 02:01
    Enviado por: Ricardo

    Fiquei desempregado e por este motivo fiquei sem pagar algumas contas e fiquei no spc e serasa. Gostaria de saber se ao efetuar a matricula escolar dosa meus filhos esta pode ser negada, mesmo estando adiplente com todas as mensalidaes dos anos anteriores e nunca ter ficado inadimplente em relacao a mensalidade escolar.

    Adovado de Defesa:

    Algumas escolas consultam os cadastros de inadimplentes no ato da matrícula e até recusam alunos cujos pais estão com os nomes negativados. Nesse caso, é melhor você conversar diretamente com a escola. Se você nunca atrasou a mensalidade, é um ponto a seu favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2008 - 14:56
    Enviado por: jaqueline

    Emprestei 12 cheques assinados e em branco para um amigo.O mesmo não pagou nenhum e todo mes e depositado esse cheque em minha conta.Estão todos devolvildos por motivo 11 e 12.
    Existe alguma maneira que eu possa fazer cobrança legal relacionada a esse meu amigo?
    Que tipo de penalidade posso sofrer por esses cheques estarem voltando por falta de pagamento?
    Posso pedir a esse meu amigo uma declaração informando que a divida é dele e apresenatr esse documento em minha defesa?
    Aguardo resposta URGENTE!!!! OBRIGADO.

    Advogadio de Defesa:

    Cheques não se emprestam. O responsável por eles é o correntista. Portanto, quem tem de arcar com o saldo na conta para compensá-los é você.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2008 - 17:30
    Enviado por: lucimar

    Dr eu queria saber de uma coisa que acho que tem muita gente com a mesma duvida, é que eu tenho uma divida que estou tentando pagar ja faz uns seis anos e eu vi o senhor comentar que com tres anos tem que retirar o meu nome do serasa mas isso não aconteceu, sera qu é porque eu tentei acertar minha divida por exemplo, eu fui la e negociei e comecei a pagar e não conceguir contiar pagando ai começa a contar para retirado do nome spc e serasa agora ou é no prazo que foi efetuada a compra, seis anos atras?
    obrigado pela atenção e até.

    Advogado de Defesa:

    Como você renegociou, a data é a partir do momento em que você deixou de pagar com o novo vencimento. E o prazo para sair da Serasa é de 5 anos e não 3 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2008 - 17:36
    Enviado por: lucimar

    voltei é que eu estou com muita urgencia de saber a resposta ate se achar melhor manda a resposta pro meu imail abração

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2008 - 01:54
    Enviado por: sabrina

    tenho uma dividada de 16.000,00 no banco santander sou pensionista ,o que podem retirar algum valor do meu salario judicialmente,o que podem fazer para cobrar a divida ,não tenho bens em meu nome.

    Advogado de Defesa:

    Desconto do salário para a quitação de dívida somente poderá ser feito desde que previsto, por escrito, no contrato. Se o valor for descotado sem a autorização, o consumidor pode pedir a devolução do valor em dobro, conforme determina o artigo 42, parágrafo único, do Código de Defesa do Consumidor.
    A dívida pode ser cobrada via ação judicial

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2008 - 17:59
    Enviado por: Atanaildes

    Olá,efetuei um pagamento entre o mínimo e o total de uma fatura de cartão de crédito,notei que havia duas compras que não foram realizadas por mim, entrei em contato com a operadora que se encarregou de verificar.Gostaria de saber quais os meus direito como consumidora.Já que não paguei o total da fatura eu tenho direito a receber o falor indevido em dobro acrescido de correção monetária?

    Advogado de Defesa:

    se você não pagou as compras que você não reconheceu, não tem direito a receber em dobro. Isso só vale se a empresa errou na cobrança e o consumidor efetuou o pagamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2008 - 21:10
    Enviado por: paulo

    tenho uma empresa e esta negativada, preciso abrir uma conta em um outro banco, apenas para depositos e saques isso é possivel, mesmo estando negativado

    Advogado de Defesa:

    Com o nome negativado, dificilmente qualquer banco irá aceitar a abertura de conta corrente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2008 - 21:17
    Enviado por: josep

    estou com o nome no serasa, como fazer para abrir uma conta poupança em um banco

    Advogado de Defesa:

    É possível, sim, mas é bom saber que caso você seja condenado a pagar suas dívidas em uma ação de execução poderá ter a poupança penhorada se o valor guardado ultrapassar os R$ 14 mil.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2008 - 01:42
    Enviado por: Marcelo Franquetto

    boa noite , bom sou estudante de direito e tenho uma dúvida torrencial, eu tenho um contrato com um banco que tem o vencimento(do contrato) em 06/06/2002 ou seja essa valor de débitos foi negativado a partir dessa data pela lógica hoje, 20/01/2008 já haveria sido prescrita a dívida ,tirei meu Serasa por um site(legal) e só obtive Nada Consta em todos os itens( pendências,cheques sem fundos, etc),mas meu nome continua no SPC negativado por causa desse contrato de 2002, e uma outra empresa comprou a mínha dívida e quer recolocar-me no Serasa casao não pague,mas ai está a minha dúvida , eu posso ser recolocado por uma dívida de um contrato de 2002?? mesmo sendo uma outra cobraça( ou seja por outra empresa) a dívida é a mesma , a de 2002, e eu não assinei nada com essa nova empresa de cobrança, isso é legal?Ela pode me negativar, depois de 5 anos , prescrito a dívida e com o mesmo número do contrato antigo? alguns professores meus dizem sim outros não,queria sua explicação profissional, pois sei que será de muita valia pra mim.
    Obrigado
    M.Franquetto

    Advogado de Defesa:

    Nenhuma dívida pode ser enviada para os cadastros de inadimplência duas vezes. Se isso ocorrer, o caminho é a Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2008 - 11:14
    Enviado por: julio cesar

    estou devendo uma financeira fui militar comprei um veiculo e acabei pagando 2 parcelas e tive que devolver o veiculo porque fui excluido da corporação e fiquei com a divida queria saber se eu passar em qualquer concurso isso pde atrapalhar? ate mesmo arrumar emprego?

    Advogado de Defesa:

    As empresas têm consultado os cadastros de inadimplentes na hora de contratar funcionários e até negar a vaga caso esteja com o nome sujo. Se isso ocorrer e você tiver provas, poderá procurar a Justiça. No caso de emprego em bancos, há uma resolução que impede a contratação de funciona´rios que estejam com o nome “sujo”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2008 - 12:09
    Enviado por: Fábio

    Comprei um carro em 24 parcelas com cheque. Havia pago 14 parcelas quando meu carro foi roubado, e eu não tinha seguro do mesmo. Usava o carro para trabalhar.
    Então fiquei sem o carro e sem o emprego em Agosto de 2003. Até hoje: Janeiro de 2008, não tenho condições de quitar essa dívida.
    É certo que em Agosto deste ano de 2008 meu nome saia da lista negra?
    Existe alguma lei que me proteja por ter sido o meu carro roubado, estando ainda financiado?

    Advogado de Defesa:

    O prazo é de 5 anos para que o nome saia das listas de inadimplentes, mas isso não quer dizer que a dívida tinha desaparecido. Se a empresa entrou com ação judicial, ela poderá continuar cobrando. Não existe nenhuma lei que proteja em razão de o carro ter sido roubado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2008 - 16:30
    Enviado por: cleber junior marcari

    tenho uma divida de um financiamento mas
    não estou conseguindo pagar eu quero negociar
    o que fazer…………

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o credor e fazer a sua proposta de renegociação da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2008 - 21:37
    Enviado por: Marcelo Franquetto

    Ok doutor, então a empresa pode “comprar ” a dívida que eu tenho com o banco,ela pode então continuar cobrando essa dívida , mas não pode me negativar no SPC e Serasa por conta dessa dívida já prescrita, é isso mesmo?(Sendo que eu não assinei nenhum acordo com ela, ela apenas comprou a dívida e me negativou novamente após passados 5 anos.) Se ela então o fizer eu tenho todo o direito de recorrer ao juizado especial e pedir a retirada do meu nome juntos à esses orgãos de restrições? E quanto tempo, em média, demora para que a empresa através dessa ação, retire meu nome do SPC/Serasa?
    (Complemento da pergunta feita em 20/01/2008)
    Mas uma vez agradeço pela sua atenção e o parabenizo pela forma simples e clara que descorre suas resposta.
    M.Franquetto

    Advogado de Defesa:

    Sim, a dívida pode ser vendida, mas não negativar de novo. Você deve primeiro tirar um comprovante na Serasa, que prove que seu nome está lá, com a descrição da dívida, e depois ir ao Juizado e pedir uma liminar para retirar imediatamente seu nome, em seguida abrir um processo contra a empresa, inclusive contra a empresa original da dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 10:26
    Enviado por: emir silva

    olá meu nome é emir, e meu caso é que minha mãe tem uma divida de 2002, e que o nome dela consta no protesto do cartorio, e essa divida já tem mais de cinco anos, e eu queria saber se o nome em protesto sai depois de cinco anos, e ainda naum saiu, ou se ja era par ter saido, me de uma luz obrigado fico no aguardo

    Advogado de Defesa:

    A prescrição do título não acarreta o cancelamento do protesto. Se o débito não foi pago, mantém-se o protesto, pois o credor pode fazer a cobrança por outros meios, dentre os quais a ação monitória

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 13:40
    Enviado por: Paulo Raphael

    Dê um exemplo mais concreto de uma divida que expira em 3 anos??? , e eu queria saber em caso de o nome ser protestado ?? só pode ser pago a vista???
    pior q eu nem sei da onde vem esssa divída ,não está especificado a empresa q me protestou.

    Advogado de Defesa:

    O cartório tem os dados da empresa que te protestou. Peça a eles. Títulos de crédito, o prazo de prescrição é de 5 anos. Uma vez protestado o título, deve ser pago à vista

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 13:42
    Enviado por: Paulo Raphael

    E em caso de nome protestado , qto tempo que expira a divida?? e só pode ser pago a vista???
    Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Título protestado, a dívida não prescreve

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 14:21
    Enviado por: Mayara

    Minha amiga tem uma divida no banco e ela ouviu dizer que tem como ela pagar com juros de 1%. Isso é verdade?
    Por favor me responda o mais rápido possível.

    Advogado de Defesa:

    Para cálculo dos juros, é melhor procurar o Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 15:24
    Enviado por: Rose

    Fiquei sem pagar a faculdade 1 ano, negociei a divida e não paguei algumas parcelas, a faculdade então protestou esse resto da divida, eu então fui e negociei com a faculdade novamente. Mas o meu nome continua como protestato, eu tenho que ir no cartório pedir (e pagar) para excluir meu nome do protesto, ou isso deveria ser feito pela faculdade??
    Grata

    Advogado de Defesa:

    Enquanto você não quitar a dívida, seu nome continuará protestado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 16:09
    Enviado por: Rose

    Mas eu negociei a divida em 30 vezes, nesses 30 meses meu nome ficará como protestado???A faculdade disse que eu deveria ir ao cartorio pagar um valor de aproximadamente 500 reais para limpar meu nome, isso é verdade??

    Advogado de Defesa:

    A faculdade deve lhe fornecer uma carta de anuência ou o instrumento de protesto. Aí, sim você deveprocurar o cartório e solicitar cancelamento do título, obtendo, após, uma certidão negativa, a qual deverá ser entregue na instituição financeira (Banco) onde possui conta ou diretamente na entidade protetora do crédito (SERASA, etc.) para limpar seu nome. As taxas só o cartório poderá lhe dizer de quanto são

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 16:17
    Enviado por: Diogo Yatsu

    Como tirar o nome do cartorio ???
    só a vista que pode ser feito ???
    tem como entrar no pequenas causas para tentar uma negociação??

    Advogado de Defesa:

    Se o título foi protestado, só pagando a dívida. Voc~e pode conversar com o credor para ver se ele facilita esse pagamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 16:58
    Enviado por: Regiane Cristine

    Tenho uma dívida de um carro do qual o valor total das parcelas em atraso está no valor de R$3.658,00…Como esta dívida já esta em um escritorio de advocacia ou seja judicial, gostaria de saber se tenho direito de solicitar uma renegociação e fazer um parcelamento de tal débito?

    Aguardo breve retorno,

    Grata,

    Regianny Cristiny

    Advogado de Defesa:

    Pode, sim, mas como já está com escritório de advocacia, você terá de conversar com eles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 21:51
    Enviado por: ANNA PAULA DUARTE

    Olá doutor,tenho meu nome no cartório desde 2002 no valor de 110,00 reais procurei a firma a qual me protestou e eles me passarãm o valor de 2500,00 reais e para piorar, eles só parcelam no cartão e eu não uso cartão eles falarãm que nao pode mandar boleto bancario porque a divida é de 2002.Qual o valor que tem que ser pago o do cartório ou os 2500,00 preciso limpar o meu nome,como devo proceder nesse caso?Desde ja agradeço pela ajuda

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o Procon para que seus técnicos calculem o valor da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 08:20
    Enviado por: Regianny

    Bom dia! Dr. gostaria de saber informações sobre como devo proceder para sanar uma divida referente a compra de um carro…estou com uma divida no valor de r$3.000,00 e tal divida esta em um escritorio de advocacia…preciso saber se eu sou obrigada a pagar este valor a vista ou se posso conseguir o parcelamento da mesma junto a empresa que esta me cobrando? Existe alguma “lei” que defenda o consumidor caso o escritorio de advocacia não queira parcelar tal valor?

    Aguardo breve retorno,

    Grata

    Regianny

    Advogado de Defesa:

    Procure diretamente a empresa e faça sua propostas. Se quiser, pode falar com o Procon para que seus técnicos façam o cálculo dós juros da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 16:33
    Enviado por: Claudio

    Olá! Tenho uma divida desde 1999, já sai do SPC e Serasa. É correto uma financeira continuar com meu nome em seu cadastro de devedores ?? Por quantos anos??

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida não foi cobrada no período de 5 anos, ela prescreve. A financeira não pode te cobrar mais por ela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 20:10
    Enviado por: Adriano

    Possuo 1 titulo protestado no valor de R$ 24,80, só que este escritório de cobrança que me protestou não existe mais.Voltei ao cartório para me informar e disse que só através de advogados que poderei fazer a sustação do protesto e pagamento judicia.Agora os advogados estão cobrando o valor de R$ 400,00 para o serviço, isto é correto.

    Advogado de Defesa:

    O preço é estipulado pelo próprio advogado. Você pode procurar a OAB e ver se o valor está correto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 21:30
    Enviado por: Pedro Paulo

    Ola Dr. Há uma dívida em meu nome pelo fato de eu ter liberado um amigo pra comprar numa loja na minha ficha. Meu nome já foi negativado no SPC há 4 anos por essa dívida. Agora estou sendo ameaçado de sofrer as consequências na justiça. Se meu amigo realmente não pagar, há alguma coisa que eu possa fazer para que ele seja responsabilizado e não eu?

    Desde já, muito abrigado!

    Advogado de Defesa:

    A dívida está em seu nome, portanto, é você quem irá responder judicialmente. Um alerta: nome não se empresta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 06:10
    Enviado por: TUAN MOURA

    olá,

    estou no ccf e serasa, isto ta dificultando para arranjar um bom emprego q ganhe bem para saldar as dividas..
    minha divida ja vai fazer 5 anos….
    vou sair do serasa e ccf?
    caso complete 5 anos e continue na lista q providencias devo tomar?

    att;

    Advogado de Defesa:

    Após 5 anos da inclusão do nome ele deve sair dos cadastros de restrição. Caso isso não ocorra, você pode entrar com uma ação na Justiça pedindo a exclusão imediata do cadastro e indenização pelos danos morais causados, decorrentes do abalo de crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 10:42
    Enviado por: Carlos Henrique

    Preciso de um esclarecimento é que fui fiador de um financiamento de um carro no banco gnc só que a pessoa na qual fui fiador estar atrasando muito as parcelas então meu nome fica entrando e saíndo do serasa que saber se tem como eu saí desse financimento atraves da justiça ou qual seria minha saída para resolver esse problema.

    Advogado de Defesa:

    Como fiador, você também é responsável pela quitação das parcelas do financiamento. Dificilmente a Justiça vai aceitar que você deixe de ser fiador, a não ser que tenha uma justificativa muito forte.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2008 - 09:02
    Enviado por: Rosana

    Tive um carro financiado, paguei 80% da divida. Então no ano de 2003 tentei negociar o restante dava +- R$ 4.000,00 deixaram por R$ 2.500,00 após varias negociações via fone qdo juntei o valor eles não queriam mais e larguei de mão. Agora eles estão me telefonando e cobrando só que no momento não estou podendo negociar nada. E eles ainda não negativaram meu nome por esta dívida. A pergunta é: Eles ainda estão no prazo de me cobrarem? Eles ainda podem negativar o meu nome?
    Obrigada

    Advogado de Defesa:

    O prazo para a cobrança é de 5 anos e ainda podem negativar seu nome.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2008 - 10:55
    Enviado por: Vandamara Lins

    Meu ex-marido não paga a pensão de meus filhos há 5 meses. Entrei com uma execução e o juiz não decretou sua prisão. Tenho que indicar bens à penhora, mas todos os bens dele (já pesquisei) estão em nome de terceiros. Esses bens a que me refiro são veículos. Ele usa frequentemente dois veículos, um está em nome da mãe e outro de uma pessoa que desconheço. Mas ficam na garagem da casa que ele mora (com os pais). Posso indicar à penhora um desses veículos?

    Advogado de Defesa:

    Seu caso não é de consumo. Você deve procurar informações sobre vara da família

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2008 - 11:57
    Enviado por: elizangela

    No ano de 2005 fiquei devendo meus cartões de crédito e banco. Em 2007 paguei todas as minha dívidas. Não tenho o nome no spc, nem no serasa, nem cheques sem fundo e mesmo assim fui fazer um cartão de crédito e o meu crédito não foi aprovado. O que pode ser?

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida está paga, esse não pode ser o motivo para eles não aprovarem seu crédito. Você deve verificar com a administradora do cartão para saber o motivo da recusa. Dificilmente eles vão dizer que é em razão desse débito já pago. Caso você consiga provar que foi por essa razão terá direito de etnrar com processo na Justiça contra a administradora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2008 - 13:32
    Enviado por: Adriana

    Olá,
    Boa tarde….
    Eu tinha uma dívida no montante de 565,00 que não consegui pagar (por estar desempregada), depois de 5 mêses tentei uma renegociação, o credor então parcelou essa dívida só que o total da mesma com os juros dobrou o valor.
    Seria correto essa forma de cobrança com juros q elevaram em 100% o valor do principal??

    Abraços,
    Adriana

    Advogado de Defesa:

    Os técnicos do Procon podem calcular para você os juros dessa dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2008 - 14:11
    Enviado por: Adriana

    Como estava vendo os comentários sobre a questão dos prazos para exclusão do nome dos órgãos do SPC e SERASA, surgiu então uma dúvida: A contagem do prazo se inicia na inclusão do nome do devedor, certo?
    Passado esse tempo, se o devedor não negociar com o credor sanando a dívida, o credor poderá incluí-lo novamente no cadastro, com a mesma dívida?

    Agradeço,

    adriana

    Advogado de Defesa:

    A contagem é a partir da inclusão. Vencido o prazo de 5 anos, não poderá ser colocada de novo na Serasa/SPC

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2008 - 09:13
    Enviado por: JUNIOR

    Olá!Gostaria de saber se apos 5 anos que o meu nome esta sujo se ao fazer um financiamento um banco pode permanecer exibindo o meu nome com restrições para outras instituições?Pois se a lei determina que deva ser tirado do serviço de proteção ao credito,então deva ser cumprido num todo não?Se isso estiver errado cabe alguma ação para que seja limpo o nome?E alem disso caso venha a prejudicar me em alguma coisa cabe algum processo de endenização?No meu caso é cheque.
    Se poderem me responder,desde então fico agradecido,senão mesmo assim obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Passados 5 anos, a dívida não pode aparecer mais. Caso isso aconteça é possível entrar na Jusitça contra a empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2008 - 13:51
    Enviado por: Maria

    Alguém pode pegar meu CPF,e emitir boleto bancario,me chantagiando ,simplesmente pelo fato de saber o numero dos meus dados .E me falar se vc não pagar seu nome vai para o SPC.
    Aguardo uma resposta.
    Maria Aldenira

    Advogado de Defesa:

    Isso é crime. Se você conseguir provar quem fez isso, pode entrar na Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/01/2008 - 22:09
    Enviado por: denise

    fiz um emprestimo no banco em 10/2002 parcelei em24x nao consegui pagar meu nome estava no serasa e spc do serasa saiu em 11/2007 mais no spc continua isto procede corretamente, quando meu nome deve limpar.

    Advogado de Defesa:

    Você pode entrar na Justiça e pedir a exclusão imediata de seu nome no SPC

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2008 - 01:08
    Enviado por: Pierre

    Boa noite Doutor,
    Estou a cerca de 1 ano com débito em uma Universidade particular. Até o momento a mesma não me negativou no SPC. Eu gostaria de saber se a Universidade ainda pode me registrar no SPC, se existe algum outro orgão que faça algum tipo de registro quando o débito é relacionado a Universidades e se há alguma possibilidade de fazer uma nova matrícula em outra Universidade particular ainda estando com essa pendência fazendo um novo vestibular e para outro curso.
    Obrigado!

    Advogado de Defesa:

    A universidade tem o prazo de 5 anos para incluir seu nome e cobrar a dívida. E o registro pode ser feito na Serasa e no SPC. Caso seu nome fique negtivado, dificilmente outra faculdade irá te aceitar. Não é melhor você quitar essa dívida em vez de começar outra em outra universidade?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2008 - 20:02
    Enviado por: dicson

    olá. Passei em um concurso público e preciso abrir uma conta-salário. Porém, estou com o nome sujo. O banco poderá se negar a abrir este tipo de conta para mim? grato.

    Advogado de Defesa:
    Pra conta salário, o banco não poderá negar.
    A conta-salário é um tipo especial de conta destinada ao pagamento de salários, proventos, soldos, vencimentos, aposentadorias, pensões e similares. A conta-salário não admite outro tipo de depósito além dos créditos da entidade pagadora e não é movimentável por cheques. O instrumento contratual é firmado entre a instituição financeira e a entidade pagadora. A conta-salário não está sujeita aos regulamentos aplicáveis às demais contas de depósitos.
    (Fonte Banco Cental)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2008 - 22:55
    Enviado por: Carla

    Tenho uma dpivida no serasa da administadora do meu catão de crédito. Gostaria de saber se o banco onde tenho conta, que não é o mesmo do cartão, pode cancelar meu cheque especial devido a esta dívida.

    Advogado de Defesa:

    Pode, sim, cancelar seu cheque especial

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2008 - 11:49
    Enviado por: Sabrina

    Olá, gostaria de saber se os cheques que estão protestados também prescrevem após 5 anos.
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2008 - 14:48
    Enviado por: daniela dornelles

    Olá, solicito esclareciementos, meu irmão possui uma divida com o Banco, esta desempregado a quase 07 meses,neste meio tempo quase foi contratado 03 vezes em grandes empresas, porém acredito por ele estar com o nome com restrições, no SPC E SERASA isso vem a impedir? O que fazer ? Dr. nos auxilie.

    Advogado de Defesa:

    As empresas têm deixado de contratar funcionários que tenham o nome sujo. Isso não pode ocorrer, mas provar é o problema. Se tiver como provar, pode procurar a Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2008 - 16:54
    Enviado por: Carlos Alberto Maia Junior

    Olá! Por favor gostaria de saber sobre financiamento de veículos. Pois Devolvi um veículo por não conseguir pagar suas parcelas. Já fui informado pelo banco que o carro já foi leiloado e que não quitou a divída. Pergunto. Mesmo devolvendo o bem, pode o banco me cobrar por isso? Já o devolvi por não conseguir pagar. E agora o banco colocou meu nome na proteção ao crédito. Resolvi não pagar. Quanto tempo essa situação prescreve?

    Advogado de Defesa:

    Se o leilão não alcançou o valor da dívida, o banco´irá cobrar a diferença de você. Levará 5 anos para prescrever.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2008 - 13:50
    Enviado por: raimundo dos santos vieira

    olá,gostaria de uma informação,estou devendo o banco de um emprestimo que fiz,ai virou uma bola de neve não consigo pagar o banco,estourou o meu limite ficou uma coisa sem controle,e nessa conta e a que eu recebo o meu salario não sei o que fazer,isso pode trazer algum poblema para essa empresa que trabalho ou so para mim?OBS:essa conta pode ser cancelada pelo banco para cobrar judicialmente ?
    atenciosamente

    Advogado de Defesa;

    A sua dívida, o banco pode cobrar judicialmente. Quanto a cancelar a conta, se ela for conta salário, não pode

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2008 - 19:08
    Enviado por: luciano camboim de oliveira

    como proceder quando o banco retem todo meu salario depositado pela empresa?

    Advogado de Defesa:

    O banco não pode fazer isso. Você pode entrar com processo na Justiça contra ele.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2008 - 19:09
    Enviado por: evelise

    meu marido era avalista de um emprestimo bancário. o devedor principal não pagou as prestações. meu marido faleceu e chegaram duas notificações informando que meu nome e o dele estão no SERASA. pode o banco fazer isso, o certo não seria o banco se habilitar no espólio! existe jurisprudência sobre isso! estou tendo vários problemas com isso, além da saudade e dor pela perda do meu amor.

    Advogado de Defesa:

    Seu nome não pode ir para a Serasa, a não ser que você seja avalista também. Quanto ao de seu marido, você deve comunicar à Serasa que ele faleceu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2008 - 19:23
    Enviado por: Alexandre Augusto

    Boa noite,gostaria de saber se com meu nome no spc posso financiar um apartamento pele caixa economica federal ,usando meu fgts,pois é de grande importância sua resposte desde já obrigado

    Advogado de Defesa:

    Com o nome “sujo”, dificilmente um banco irá conceder crédito para novo financiamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2008 - 19:47
    Enviado por: denise

    fiz dois emprestimos no banco do brasil em outubro e novembro de 2002, fiquei desempregada e inadimplente, ano passado fui consultar meu nome no spc e serasa e esta mesmas dividas constavam nos dois lugares em janeiro deste ano vi que em 11/2007 meu nome saiu do serasa mais pela mesma divida ficou no spc,uma empresa chamada ativos comprou do banco minha divida e apresentou a divida como data em 07/2007 meu nome ja deveria ter limpado no spc tambem? e certo uma divida que fiz em banco apresentar inscricao no spc e serasa pois nao e somente dividas de comercio que nos levam ao nome ao spc? o banco precisa me fornecer um extrato destas datas e valores tenho direito a isto? aguardo resposta rejane

    Advogado de Defesa:

    O consumidor não pode ser negativado duas vezes pela mesma dívida e o credor não pode alterar a data da dívida para enviá-la novamente aos cadastros de inadimplentes após os 5 anos. Se isso ocorrer, o consumidor pode entrar com uma ação na Justiça pedindo a exclusão imediata do cadastro e indenização pelos danos morais causados, decorrentes do abalo de crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2008 - 12:19
    Enviado por: kleber

    ola se uma pessoa estiver em com uma divida na europa por exemplo cartao de credito o nome dele vai para a lista negra no brasil?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2008 - 13:40
    Enviado por: Rosangela

    Gostaria de saber se existe alguma lei que autoriza Instituições de Ensino a negativarem o nome da pessoa bo SCPC e no SERASA?

    Advogado de Defesa:

    Não existe nenhuma lei que impeça que os estabelecimentos de ensino registrem o nome de seus devedores em cadasdros restritivos de créditos.Se houver débitos, escolas, faculdades, cursos e outros estabelecimentos de ensino têm todo o direito de inscrever o nome do devedor nos cadastros de restrição ao crédito como SPC e SERASA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 00:23
    Enviado por: elisandro

    Boa noite gostaria de uma informaçao meu nome esta sujo no serasa, minha esposa gostaria de finaciar uma casa, mas nao estao pedindo nem uma informaçao minha, devido o meu nome estar sujo isto impede dela finarciar no nome dela por causa do meu nome nos somos casado em comunhao de bens.
    Obrigado

    Advogado de Defesa;

    Precisa ver se você vai compor renda com ela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 09:32
    Enviado por: Rosana

    Uma empresa pode se negar a contratar alguém pelo motivo desta estar com o nome sujo? Caso isso aconteça, cabe um processo?

    Aguardo respostas, obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Não pode. Se uma empresa fizer isto e você tiver provas ela estará cometendo uma ilegalidade, pois tal ato é considerado discriminatório, cabendo ação de indenização por danos morais e materiais contra a mesma.

    Mas, infelizmente, na prática não é isso o que ocorre. As empresas acabam não admitindo empregados que têm o nome no SPC e SERASA e alegam que foi por outra razão e fica muito difícil provar que a verdadeira razão para que você não conseguisse a vaga foi ter o nome “sujo”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 21:05
    Enviado por: JULIO

    Tenho meu nome sujo a quase 4 anos e 2 meses
    tento negociar direto com as agencias,mas o juros são muitos altos,consegui emprego agora e quero pagar o que devo.fique sabendo que se eu entrar com um pedido no forum de pequenas causas(obrigacao de fazer) tenho meu nome limpo em alguns dias,desde de que ela esta sendo discutida em juizo.isto é verdade.
    por favor aguardo resposta
    BSB DF

    Advogado de Defesa:

    Há no Congresso um Projeto de lei 901/07 que veta a inscrição no SPC e Serasa caso o devedor embargue a execução. Ou seja, se aprovado, ele proibirá os serviços de proteção ao crédito (SPC, Serasa etc) de incluir, nos seus bancos de dados, os nomes de consumidores que tenham entrado com embargos às ações de execução.

    Com o PL nº 901, o nome do suposto devedor não poderá ser incluído no cadastro do SPC, Serasa etc. enquanto perdurar a ação. Mas o impedimento do registro isso só será garantido se o cliente efetuar o depósito do valor incontroverso.

    O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 22:08
    Enviado por: RONALDO NASCIMENTO

    comprei um carro a oito meses atrás, e mês pasado que a loja me passou o recibo com caracteristicas de adulteração na assinatura do propriétario anterior, apareceram tambem duas multas no mesmo mês, referente ao ano de 2005. procurei a loja onde comprei o veiculo para devolver o veículo, eles so querem me pagar metade do valor do carro para pega-lo de volta. o que devo fazer.

    agradeço atenciosamente.

    Advogado de Defesa:

    Os documentos devem ser entregues imediatamente após a compra do carro. Ao comprar o carro, caso verifique que eles não estão disponíveis, evite a compra. Quanto às multas, se você tem o comprovante que comprou o carro agora, elas não são de sua responsabilidade. Você pode procurar o Detran e provar isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2008 - 09:46
    Enviado por: Wilton

    Olá, Comprei uma moto Zero KM e dps de 14 dias me roubaram tentei negociar com a financeira e até hoje não consegui nada ja se passaram 7 meses ja paguei 7 parcelas e a estou pagando ainda tem algum meio de eu recorrer mediante um veiculo que estou pagando e não esta comigo?

    Advogado de Defesa:

    Infelizmente, não. Você tem de arcar com as mensalidades mesmo não estando com a moto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2008 - 13:43
    Enviado por: Luciana Wolpo

    Olá,

    Fiz uma devolução amigável de veículo que estava finaciado.
    Na época o banco me informu que seria uma boa opção jpa que não haveria ação contra mim e meu nome não ficaria negativado.
    Me garantiram ainda que, apesar de ser praze assinar um termo onde assumo eventual saldo remanescente esta cobrança não é praxe pelo banco e não iria ocorrer.
    Bem , até o momento não me fizeram enhuma cobrança mas fui tentar novo finaciamento e nenhuma finaceira me dá credito pois alegam que, apesar de meu nome não estar negativado no Serasa, consta umadevolução amigável em nome junto ao Banco Central.
    Fui informada aidna que os Bancos são obrigados a informar para o Banco Central qq operação de crédito acima de 5000,00 e o deslinde da mesma, ou seja, pagamento, inadimplencia e acordo, o que se encaixa na devolução amigável e que portanto o banco não pode retirar esta informação do SRC.
    Bem, eu fiz um acordo, que acredito tenha sido bom para o banco tbém, e agora, por mais que o meu nome nao esteja no Serasa, esta informção está tendo função restritiva de crédito.
    Há alguma coisa a ser feita? Ou tenho que me conformar em não obter finaciamento? Por quanto tempo?
    Obrigada

    Advogado de Defesa:

    O Sistema de Informações de Crédito do Banco Central do Brasil (SCR) é um banco de dados sobre operações e títulos com características de crédito e respectivas garantias contratados por pessoas físicas e jurídicas perante instituições financeiras (IFs) no país.
    Os dados podem ser consultados pelas instituições financeiras que fazem parte do Sistema Financeiro Nacional, desde que tenham autorização específica dos clientes, e os próprios clientes (ver “Acesso às Informações”).
    Esse dados servem para que os clientes do Sistema Financeiro Nacional possam acompanhar as informações a respeito de suas operações de crédito perante as instituições financeiras.
    • Para que o Banco Central tenha informações precisas e sistemáticas sobre as operações de crédito
    contratadas pelas instituições financeiras, subsidiando-o na tarefa de proteger os recursos depositados pelos
    cidadãos nas instituições financeiras.
    • Para que as instituições financeiras tenham como avaliar a capacidade de pagamento dos clientes e, portanto,
    possam cobrar taxa de juros menores nas operações que ofereçam menor risco de crédito.

    Somente a instituição responsável pela inclusão da informação no SCR pode alterá-la ou excluí-la.
    Caso haja inexatidão nos dados, o cliente deve solicitar a retificação junto à instituição responsável pela informação. • Caso não haja entendimento entre as partes, o cliente pode registrar uma reclamação na Central de
    Atendimento ao Público do Banco Central ou questionar, na esfera judicial, a instituição financeira responsável
    pelo lançamento considerado inexato.

    (FONTE BANCO CENTRAL)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2008 - 17:22
    Enviado por: Flávia

    Boa tarde! Moro em Santos e fui numa loja em São Paulo e eles consultaram meu cheque no Telecheque, porém não acharam meu nome e NÃO aceitaram meu cheque, com o argumento que EU deveria ligar para esse Telecheque e dar informações para aí liberarem meu cheque. Esse procedimento é correto? Meu nome é limpo e não consta em nenhum serviço de proteção, tais como Serasa e SPC. E também de forma alguma eu me neguei a apresentar nenhum documento para provar a autenticidade do meu cheque.

    Advogado de Defesa:

    O Telecheque é um serviço destinado ao comerciante. Você não é obrigada a cadastrar seu cheque nele. Agora, se a loja coloca essa restrição para o recebimento de cheque, ela deve avisar antecipadamente, com cartazes na entrada ou por meio do vendedor. Se ela age assim sem informar o consumidor, merece ser denunciada no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2008 - 15:04
    Enviado por: Bianca Rib

    gostaria de saber se posso abrir uma empresa tendo restriçoes no spc/serasa…

    Advogado de Defesa:

    Para abrir empresa, não há problemas, mas dificilmente conseguirá abrir conta em banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/02/2008 - 12:32
    Enviado por: Carina

    Boa tarde, estou com uma dúvida se puder me esclarecer fico grata.

    Resgatei um cheque que estava no registro de ações. Mas o valor era de 408,52 e no serasa o valor estava de 40852,00 posso processar eles por erro no valor?

    Após pagar o valor e resgatar o cheque no fórum, verifiquei que não saiu do cartório quem deve pagar o cartório eu a pessoa que colocou meu nome lá? Liguei no cartório preciso pagar mais uma taxa, fora a taxa que precisarei pagar no banco. Isso é correto?

    E qto a concursos é verdade que não pode prestar concurso quem tem nome do ccf e no spc? Como tem que estar discriminado no edital?

    Obrigada,

    Advogado de Defesa:

    Quanto ao valor lançado errado, você pode exigir que a Serasa o altere. É você quem deve pagar as taxas do cartório. Nome negativado não é empecilho para se prestar concursos públicos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2008 - 11:03
    Enviado por: rogerio rodrigues

    sou vice diretor em escola publica do estado de mg e recebi uma denuncia que tenho que largar pois meu nome esta incluido no serasa ,eu pretendo limpar o nome mas preciso de tempo, sou o 2 vice e nao assino nada pela caixa escolar ,pode o estado pedir para eu abandonar o cargo ,mande o mais rapido a resposta para min ,eu agradeço antecipadamente

    Advogado de Defesa:

    Você deve verificar na legislação de educação de seu estado e há menção sobre isso. Os bancos, por exemplo, tem uma resolução do Banco Central autorizando a demissão em caso de negativação do nome do funcionário. Se na legislação de seu Estado não haver nenhuma menção sobre isso, você pode recorrer caso venha a ser afastado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2008 - 16:27
    Enviado por: denise

    entrei com um processo contra uma empresa que comprou uma divida do banco em que eu devia um emprestimo, preciso de provas para apresentar ao juiz quero saber se posso exigir do banco um extrato com as datas de 2002 com os valores e datas dos respectivos emprestimos, e se no serasa eu consigo a data que meu nome saiu do serasa 11/2007 pois eles tiraram meu nome do serasa nesta data mais nao tenho o papel da respectiva data, pois no spc mantiveram meu nome e ainda apontaram outra data, peco a ajuda do Sr. advogado pois quando entrei com o processo nao tive orientacao nenhuma , a audiencia foi marcada para maio 08 , aguardo resposta da sua orientacao.

    Advogado de Defesa:

    Você pode procurar tanto o banco quanto a Serasa e exigir esses documentos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2008 - 15:15
    Enviado por: Mônica Santanados Santos

    Olá. Tenho uma divida em um banco (uma conta corrente), mas agora preciso receber salário nesse mesmo banco, sei que posso abrir uma conta-salário mesmo estando com restrições, porém gostaria de saber se posso abrir essa conta devendo no mesmo banco?

    Também gostaria de saber se realmente posso retirar meu diplona na universaidade devendo a mesma? O que devo fazer?

    Obrigada!

    Advogado de Defesa:

    Com relação à conta, o desconto automático de dívidas só poderá ser feito desde que previsto, por escrito, no contrato. Mesmo autorizado, pode ser cancelado a qualquer momento.

    Se o valor for debitado sem autorização do correntista, este pode pedir a devolução do valor em dobro, conforme o artigo 42, parágrafo único, do Código de Defesa do Consumidor.

    Se a conta for conta salário, é possível até entrar com ação indenizatória contra o banco, conforme decisões do Superior Tribunal de Justiça.

    Sobre o diploma de alunos inadimplentes, as instituições tentam segurá-lo para obrigar o aluno pagar o que deve.

    Nesse caso, o aluno pode recorrer à Justiça para conseguir a liberação. Na maioria das vezes, a decisão é favorável ao consumidor. Mas esse é um ponto bastante polêmico porque não há especificação própria em lei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2008 - 15:35
    Enviado por: denise

    Caro sr. advogado,
    tenho dividas com dois bancos e alguns cheques devolvidos, os quais ja estou conseguindo recuperá-los. Preciso renegociar as dividas e estou com uma duvida: conseguindo apresentar os cheques e fazer as renegociacoes meu nome continua negativado? O banco pode me cobrar juros ou somente o valor real dos emprestimos que fiz? Eu preciso dar entrada para parcelar meu saldo devedor? aguardando resposta

    Advogado de Defesa:

    Com a renegociação da dívida, seu nome deve sair dos cadastros negativos. O banco pode cobrar juros e quanto a dar entrada, isso deve ser negociado com o credor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 00:52
    Enviado por: Rafael

    Ola, meu nome esta na “sujo” na praça a mais ou menos um ano. tenho cheques devolvidos, contas com varias empresas em atraso, e suspeito que um desses cheques esteje sendo protestado.

    Trabalho por conta e vou abrir uma loja, gostaria de saber se será possivel registrar CNPJ com o nome sujo. Eu nunca tive nenhuma empresa no meu nome, por isso tenho essa duvida.

    Obrigado!

    Advogado de Defesa:

    Ter o nome sujo não impede de abrir a empresa, mas dificilmente conseguirá abrir conta em banco por causa do nome negativado, mesmo que seja em nome da empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 10:14
    Enviado por: Rafael Marques

    Estou com um problema muito serio, há 2 anos atrás fiz uma incrição de uma escola um supletivo acelerado, dei meus documentos, assinei uns papeis, depois de uns dias resolvi não fazer o supletivo, liguei para cencelar e disseram não poder fazer isso por telefone tinha q ir até a escola, ai deixei por isso mesmo passado 1 ano e meio ligarão em casa falando que meu nome ia fica sujo e acabou indo para o Serasa, mais o estranho é que nunca assisti aula e nunca cheguei a ir até a escola, como posso resolver está pendencia ?

    Advogado de Defesa:

    Qualquer contrato tem de ser cancelado por escrito, caso contrário resulta no que está acontecendo com você. Se você tiver provas de que não freqüentou nenhuma aula, pode recorrer ao Juizado Especial Cível para contestar a dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 11:19
    Enviado por: Rafael Marques

    Ok Obrigado.

    Agora para eu recorrer ao Juizado Especial como faço ?

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o mais próximo de sua casa (endereços no site do Tribunal de Justiça) e levar toda a documentação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 11:19
    Enviado por: Luciana Wolpo

    Oi,
    Voltando ao caso da entrega amigável de veículo e à informação no SRC, então eu só posso cnseguir mudar a informação junto ao SRC caso haja inexatidão na mesma? Mesmo eu tendo feito uma devolução amigável vai ficar lá contando que eu fiquei devendo pro banco? por exemplo o saldo remanescente? Não há nada que impeça isso? Sabe me dizer por quanto tempo esta informação será veiculada pelo Banco Central?
    Eu tenho o termo de devolução onde assumo o saldo remanescente se houver, isso me tira o direito de exigir que o banco não veicule essa informação? Ou seja, eu fiz um acordo e mesmo assim fico com restição de crédito?
    Obrigada mais uma vez

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 13:12
    Enviado por: Vanessa SP

    Olá,

    Estou com uma dívida na faculdade, me formei em 2005, tentei negociar porém a faculdade só permite que a dívida seja quitada em 5 parcelas, o que fica inviável, impossível para mim. E além disso, impediram que eu colasse grau e pegasse meu diploma. Gostaria de saber se a faculdade pode negar o pedido de colação e o diploma por causa da dívida e se não estiver correta, qual a melhor maneira de solucionar esse problema e quem devo procurar para que eu possa pegar meu diploma, afinal isso está me prejudicando no trabalho para que eu dispute uma promoção.

    Obrigada,

    Advogado de Defesa:

    A faculdade não pode reter o diploma. Caso ela não o forneça, você pode procurar o Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2008 - 14:21
    Enviado por: Cristiane Carvalho

    Boa Tarde,
    Há hum ano atras comprei um carro ano 2002, corsa wind branco , sem experiencia fechei o negócio em 60 prestações de 537,50. Após um ano pagando este carro vejo q fui lesionada, pq. saiu muito mais q o dobro do preço do veículo.
    Gostaria de saber se há possibilidade de devolução ao banco q ele está alienado e se há como reaver pelo menos um pouco do dinheiro pago. Ou se há possibilidade de vende-lo a alguma agencia. Quais são os procedimentos?
    Obrigada

    Advogado de Defesa:

    Você deve conversar com a financeira. Elas até aceitam a devolução do carro, mas isso nem semrpe é vantajoso. Isso porque, o carro vai a leilão e o valor obtido na venda é usado pelo banco para quitar as parcelas restantes. Se sobrar algum valor, esse é devolvido ao consumidor. Caso falte, esse será cobrado. O melhor caminho é tentar a transferência da dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2008 - 08:44
    Enviado por: simone

    bom dia
    apos os 5 anos nao consta nenhuma pendencia em meu nome junto aos orgaos competentes. agora preciso fazer um financiamente junto à Caixa Economica Federal para construção casa propria, estas pendencias passadas podem interferir de alguma forma na liberação do financiamento?

    Advogado de Defesa:

    Se nada consta, não há o que interferir.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2008 - 15:34
    Enviado por: junior brelaz

    boa tarde
    doutor minha mae sedeu a casa dela pra mulher do meu irmão ate então meu irmão se separou dela e ela teve um filho dele ele tem trez anos
    a sobra foi mora junto com o meu irmão na casa de minha mae e a filha dela se separou dele e tem outro marido quem mora a gora na casa e meu irmão e a ex sobra e filho minha foi pedir a casa ela disse q não ia sair o q eu faço doutor ???

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar um advogado especializado em imóveis para ver o que fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2008 - 14:08
    Enviado por: Emilia Almeida

    Boa Tarde!
    Meu marido foi condenado a pagar custas judiciais e honorarios advocatícios num processo em que foi réu e julgado a revelia. Como podemos resolver esta situação?

    Advogado de Defesa:

    Por que foi julgado à revelia? ele não compareceu na audiência. Se foi isso, ele terá de pagar as custas. Se não foi convocado para a audiência, deverá contestar a decisão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2008 - 21:44
    Enviado por: sha

    pode acontecer d eu ser aprovada e n ser chamada porque o nome esta sujo?no concurso da caixa economica fedederal?

    Advogado de Defesa:

    Isso não pode ser impeditivo para ser chamada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2008 - 12:28
    Enviado por: Robson

    JA tive restriçoes no SPC/SERASA das quais graças a Deus ja foram saudadas e recuperei meu crédito na praça. Gostaria de saber se o fato de eu ja ter tido negativãção poderá me prejudicar em concurso público como o da Policia Federal, mesmo não tendo mais o nome restrito?

    Advogado de Defesa:

    Nem mesmo com o nome sujo pode haver empecilho para concurso público

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2008 - 21:50
    Enviado por: rafael

    tenho dívidas com bancos e financeiras e cheques devolvidos e já faz um ano que estou nesta situação, gostaria de saber se eu poderia ser preso por causa disto.

    Advogado de Defesa:

    Preso não. Mas pode haver cobrança judicial, e se você tiver bens poderão ser penhorados

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2008 - 15:47
    Enviado por: Isabela

    Boa tarde.
    URGENETE!!!

    Tenho o nome sujo em alguns lugares como Taí e algumas lojas mas ontem fiz acordo e paguei as primeiras parcelas dos acordos pelo q sei diante disso eles tiram o nome do SPC e SERASA só q preciso financiar um carro gostaria de saber se ao tentar fazer isso posso ter problema de visualizarem esses acordos em aberto e acabarem ñ liberando esse financiamento???
    Muito obrigada

    Advogado de Defesa:

    Provavelmente vão aparecer, mas se você está cumprindo com os pagamentos, não deveriam ser impeditivos para o novo financiamento. Mas isso quem decide é a financeira

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 17:52
    Enviado por: rosana guimarães fonteles

    posso abrir conta salário estando com o nome no spc?

    Advogado de Defesa:

    Pode sim, mas você não terá direito nem a cartão nem a cheque

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2008 - 01:29
    Enviado por: junior silva

    por favor me respondam !!!!
    Pois perco noite e noite de sono por uma resposta concreta ,antecipadamente obrigado.
    Eu tenho conta no banco itau e ja faz mais de 7 anos, sempre tive um bom relacionamento bancario ate eu ficar desempregado,apos isso fiz 3 emprestimos para salvar minha vida de situações muito alarmantes que me encontrava e não paguei nenhum eram debito em conta e após minha decadencia não mais depositei um centavo usei todo meu cheque especial de 1600 reais para comer e viver e não coloquei mais nenhum centavo em minha conta passando tudo isso, tentei arrumar um novo trabalho e para isso precisava de uma moto que a finaciadora me finaciou mais pelo banco itau aonde eu tinha relacionamento após passar um ano depois da compra da moto e depois dos emprestimos feitos tive que vender a moto ela estando financiada vendi para um visinho meu que assumiu e paga certo as parcelas ,,, ele não tranferiu ainda a divida pois pra por a moto em dia não teve dinheiro suficiente e pora ao final desse ano.
    Agora pergunto será que o banco não transferira a divida para ele querendo ficar com a moto ou tomara a moto após a quitação dela ???????e ele perdera todo o dinheiro pago pela prestações que ele assumiu.???por favor me deem uma luz obrigado.

    Advogado de Defesa:

    As financeiras costumam, sim, a transferir a dívida de financiamento de carros ou motos. Vá conversar com eles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2008 - 16:44
    Enviado por: edilene

    Oi!gostaria de saber se posso abrir conta poupança em banco já que meu CPF tem restrições junto a certo Banco.

    Advogado de Defesa:

    Normalmente, os bancos aceitam poupança mesmo estando com o nome sujo, isso porque, não há talão de cheque nem cartão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 12:02
    Enviado por: Italo Pereira

    Gostaria de saber si o tempo do nome fica no SPC e 3 ou 5 anos.

    Advogado de Defesa:

    5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 12:12
    Enviado por: Marla Silva

    Boa tarde!
    Tenho uma grande dúvida, passei num concurso (exército), e possuo no nome sujo, isso impedirá de tomar posse, se afirmativo qual lei impede?

    Advogado de Defesa:

    Nome sujo não pode ser impeditivo para emprego, mesmo para concurso público. O uso de cadastro de restrição ao crédito para barrar emprego é desvirtuar a finalidade desses cadastros. Caso isso te impeça de conseguir o emprego, pode recorrer à Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 19:55
    Enviado por: Camila

    Devo para o banco Itaú a uns 3 anos ….
    Agora minha empresa resolveu abrir conta salário no banco Itaú, estou correndo o risco de ser demitida. O que devo fazer? Não tenho condições de quitar a divida no momento, se o meu salario for depositado na conta salario do Itaú ele pode reter o meu dinheiro com a argumnetação que o dinheiro é para quitar a divida?

    Advogado de Defesa:

    Só poderão reter o dinheiro caso você autorize. Se fizerem isso, você pode entrar com processo contra o banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/02/2008 - 03:01
    Enviado por: Marcio Almeida

    SEGUINTE:

    COMPREI UMA TV LCD SANSUNG 40 POLEGADAS E PAGUEI A VISTA..
    VEIO COM DEFEITO..
    VOLTEI APOS LONGAS 7 HORAS DE TENTATIVAS DE FAZER FUNCIONAR AO ESTABELECIMENTO ONDE FIQUEI MAIS 3 HORAS ESPERANDO PARA RESOLVER MEU PROBLEMA.. ONDE ERA UM ESTABELECIMENTO 24 HORAS.. O VENDEDOR QUE SE ENCONTRAVA NA LOJA MUITO COM CONTRA GOSTO FOI E TROCOU O APARELHO ALEGANDO QUE TERIA UMA ULTIMA PEÇA EM ESTOQUE,FALEI TUDO BEM .. DESDE QUE FUNCIONE.
    O MESMO FOI E ME ACOMPANHOU ATE O CARRO ONDE COMO A TV NAO CABIA NO CARRO ABRIMOS A CAIXA E ELE CONFERIU A TV E ME AJUDOU A COLOCAR DENTRO DO CARRO..
    AGORA APOS QUASE UM MES OS VENDEDORES VEM ME ATAZANAR DIZENDO QUE ESTOU COM UMA TV A QUAL O VALOR E SUPERIOR AO QUE PAGUEI..
    ME PERGUNTO NÃO CABERIA AO VENDEDOR QUE CONFERIU COMIGO A TV SABER DISTO??
    EXISTE ALGUM PROBLEMA SE EU ME RECUSAR A DEVOLVER O PRODUTO AGORA???
    POIS NÃO FUI ATE LA E FORCEI NINGUEM A ME TROCAR O PRODUTO POR NADA..
    AGRADEÇO O ESCLARECIMENTO
    OBRIGADO

    Advogado de Defesa:

    Envia sua re~clamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o da empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/02/2008 - 21:27
    Enviado por: Jorge Luis

    Eu fiz um emprestimo no banco itaú,não consegui pagar,quando eu recebia meu salário eles retiam tudo,mudei de emprego,e abri uma conta sálario no bradesco e estou recebendo por lá,a dìvida esta muito alta no banco itaú,continuo sem poder pagar,è possìvel eu fechar a conta no Itaú para evitar a cobrança de tarifa mensal,e eles me cobrarem á divida de outra forma,eu fui tentar fechar a conta e o gerente me disse que só poderia fechar depois que eu quitar a dìvida?

    Advogado de Defesa:

    Peça ao banco para renegociar a dívida e, em seguida, encerre a conta. Você poderá pagá-la por boleto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2008 - 01:36
    Enviado por: ELvis

    comprei um celular da tim pelo call center a 18 meses. após alguns meses chegaram cartas de cobrança de outro celular tim por quebra de contrato, depois ela me negativou, descobri numa loja Tim que ouve duplicidade de contrato.dizem que só resolvo pelo telefone( o que tento ha 7 meses) atéagora nada resolveu-se. o que devo fazer? ir aoprocon, pequenas causas ou ministerio publico? grata

    Advogado de Defesa:

    Você pode procurar o Procon, o Juizado ou, até mesmo, mandar carta para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2008 - 11:33
    Enviado por: daniel ribeiro

    bom dia…
    gostaria de saber de vcs. o seguinte
    tenho meu nome incluso em um colegio particular desde 19/09/2003 e pela lei sei que meu nome so poderia ficar sujo por 3 anos mais ate agora ainda nao saiu do serasa tendo em vista que do scpc ja saiu mas do serasa ainda nao terei que esperar ate novembro desse ano para meu nome limpar ou tem alguma forma juridica que eu possa usar para limpar o nome o mais rapido possivel tendo em vista que perdi varios empregos por meu nome contas na lista do serasa.
    existe alguma jurispudencia que me resgalda dessa negativaçao ja que tentei negociar por varias vezes e ele nao aceitao a negociação, pucurei o procom e eles me disseram que facudades e instituiçao educacional nao pode negativar o nome ..
    se existe alguma jurispudencia me ajude me mande ela para que eu possa ingressar com uma ação no foro de minha cidade para que eu resolva o mais rapido possivel esse problema,

    ate mais
    obrigado ficarei no aguardo

    Advogado de Defesa:

    O prazo que o nome permanece no SPC e Serasa é de 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2008 - 12:08
    Enviado por: Gislene

    Olá!!!Passei num concurso público e estou prestes a ser chamada,porém estou com medo pq meu nome está no Serasa e no SPC há pouco tempo e ouvi dizer q restrição no nome proibe contratação em orgão publico.Isso é verdade????

    Vcs enviarao a resposta para o meu email????
    Obrigada!!!!!

    Advogado de Defesa:

    Nome sujo por dívidas não pode barrar emprego. Se isso ocorrer, você pode entrar com uma ação na Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2008 - 19:26
    Enviado por: Felipe Candido Guedes

    Tenho uma dívida com as Casas Bahia pela compra de um eletrodoméstico que não paguei na época e depois a dívida cresceu muito.Quanto tempo meu nome pode ficar,nesse caso,no SPC / SERASA ? Fui incluido na lista negra em Janeiro de 2005 e continuo negativado.Posso requerer que meu nome saia ? Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    O período é de 5 anos. Você só pode requer que o nome saia se pagar a dívida antes desse prazo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 00:01
    Enviado por: alexandre vieira

    ola bom dia gostaria de tirar uma duvida por favor
    em 15/04/2002 uma financeira colocou meu nome no scpc em 22/12/2004 eles protestarão meu nome no serasa isto esta correto qual medida devo tomar pois trabalho na area de segurança e ja perdi dois empregos por causa dessa pendencia que ja esta no meu nome ha quase sete (07) anos por favor tire minha duvida
    no cdc art 43 paragrafo 1º nao pode ficar mais doque cinco anos independente da data da primeira negativação desde ja muito obrigado pela sua atenção.

    Advogado de Defesa:

    A data que deve ser considerada para a negativação é a do vencimento. Depois de 5 anos, não deve aparecer mais no SPC e Serasa. Se continua nestes cadastros, você pode pedir no Juizado Especial Cível que ele seja retirado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2008 - 21:32
    Enviado por: Dauquir Luiz

    Olá. Tenho uma dívida com com um banco há mais ou menos 3 anos, o qual estou tentando renegociar mas eles não estão maleáveis e os juros estão só aumentando a cada dia e o valor para pagamento idem. Há uns 6 meses atrás fiz um acordo com eles (meu nome saiu do spc e serasa), paguei umas 3 prestações e não pude mais pagar pois fiquei desempregado. Porém tenho conta em outros dois bancos, que nesse tempo em que eu não tinha restrição me deram cartão de crédito e cheque especial, os quais não tenho saldo devedor ALGUM com eles, e possuo cheque especial e cartão de crédito EM DIA, no entanto um desses bancos bloqueou todos os meus creditos devido a reinclusão do meu nome no serasa e spc e o outro banco ja me enviou uma carta dizendo que fará o mesmo, gostaria de saber se eles realmente podem fazer isso se eu não tenho absolutamente nada devedor com eles, está tudo em dia, muito pelo contrario, tenho até poupança e investimentos em ambos. e possível gostaria de saber até as leis. Muito obrigado

    Advogado de Defesa:

    Cartão de crédito e cheque especial são créditos, que podem ser bloqueados caso você tenha o nome sujo.Os bancos costumam cancelar esses créditos caso o nome do consumidor entre para os cadastros de inadimplentes

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2008 - 09:51
    Enviado por: jose reginaldo da silva

    Ola.tenho meu nome sujo desde 2002 ate agora nao foi tirado da lista do spc e serasa como faço para tira sai depois de certo tempo, tenho divida com o banco bb e mais duas lojas que tenho de fazer.

    Advogado de Defesa:

    O nome permanece nos cadastros de restrição por 5 anos. Você pode verificar no SPC e Serasa se já saíram. Quanto as outras dívidas, tente renegociá-las

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2008 - 22:39
    Enviado por: Mauri

    Olá, quitei 2 dívidas pendentes há 2 ou 3 anos, acontece que tentei pegar cartão de crédito novamente e 2 bancos que tentei minhas propostas foram reprovadas. Meu salario é maior que 4.000 e estou na empresa a mais de 7 anos. Existe a possibilidade de ser negado devido o banco receber meu histório de pendências?
    Grato,

    Adovgado de defesa:

    Você pode exigir saber qual a razão de terem negado o crédito, inclusive procurando o Procon

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2008 - 15:28
    Enviado por: Chagas

    Fiz um financiamento em 36 X paguei 20 e estou com duas prestações de minha moto atrasadas ,eu pagarei em uma semana , mas o banco não quer , disse que tenho que pagar antes , pois já vão acionar o departamento jurídico , gostaría de saber se em uma semana eles podem entrar com mandado de busca e apreensão , e eles tem que me comunicar isso antes , ou simplesmente eles chegarão em minha casa e apreenderão minha moto?Obg desde já!

    Advogado de Defesa:

    Podem sim e não comunicam antes

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2008 - 17:11
    Enviado por: marisa

    paguei uma divida com o banco , ele esta no protesto, iria fazer 5 anos em janeiro de 2009 , ma spaguei este mês , mas não consigo pagar o cartorio pois me pediu , 200 reais para tirar de la …como posso agirr tem como fazer uma declaração de pobreza …..

    Advogado de Defesa:

    As custas do cartório são de sua responsabilidade

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 21:06
    Enviado por: aracely

    estou com uma divida em uma banco na conta corrente,incluse devoluçoes de cheque.posso abrir neste mesmo banco uma conta salarrio normal?ou o banco fica com meu salario?a quem devo recorrer e pedir ajuda?

    Advogado de Defesa:

    Conta salário pode abrir, sim, e eles não pdoerão reter o dinheiro nela depositado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 08:13
    Enviado por: Clau

    Tenho meu nome no SPC e SERASA e não sei o que fazer, pois o banco Bradesco esta me cobrando um valor errado e eu entrei em contato com eles, tentei resolver, mas eles disseram que eu tenho que pagar. A minha duvida é: Eu tenho que pagar essa dívida para entrar na justiça? Obrigada

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida não procede, você não deve pagar e recorra ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 18:43
    Enviado por: André Luiz

    Tenho o nome com restrição na LIght ( Companhia de energia) o valor total é de R$ 3765,00 estão me cobrando juros de atraso de conta e juros de financiamento, só de juros é R$ 772,00 e me disseram que não posso cancelar o contrato com eles se eu quiser fazer o parcelamento, pois não resido mais no local da dívida e o meu novo endereço é administrado pela Ampla, ainda assim me disseram que o acordo só pode ser com 20% de entrada e 15 X de R$ 252,00.
    O que faço, pois não posso pagar esse valor, terei que permanecer e confiar que a pessoa que residirá no meu antigo endereço será correto com o pagamento da conta.
    Preciso de ajuda, como proceder.

    Advogado de Defesa:

    É um risco manter a conta no nome de outra pessoa. Caso ela não pague, sua dívida será maior ainda. Continue tentando negociar com a Light. Se quiser, envie uma carta para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais, que vamos checar isso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 22:46
    Enviado por: Jonis Silva

    Boa noite!!!
    Comprei uma moto finaciada pelo banco,
    e esta no meu nome mas depois de pagar 1º pacerla fiquei desempregado. Quero saber se é por direito meu ter uma ajuda pela financeira quitar algumas pacerlas…

    Advogado de Defesa:

    Só se, junto com o financiamento, você contratou algum seguro em caso de desemprego

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2008 - 15:55
    Enviado por: Luciana Wolpo

    Olá,

    Não há mesmo qualquer sugestão para a retirada do sibacen da informação de devolução amigável de veículo?
    obrigada

    Advogado de Defesa:

    Pelo que levantei até agora, é o banco que deve pedir essa retirada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2008 - 19:34
    Enviado por: rafael

    numa ação de cobrança após ser constatado que não tenho bens pra pagar a dívida o que poderá ser feito comigo?
    o salário pode ser penhorado?

    Advogado de Defesa:

    O salário não poderá ser penhorado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 11:16
    Enviado por: Sandra

    Bom dia!

    Eu estou tentando alugar uma casa, mas sem sucesso, porque o meu marido tem o nome sujo, por cheques devolvidos, mas não protestados. Uma imobiliária até aceitou, mas não consegui fazer o seguro fiança locatícia, pelo mesmo motivo, mesmo pagando á vista! Eles estão agindo de maneira correta?

    Advogado de Defesa

    Pagando á vista, não teria porque a recusa. Voc~e pode discutir isso com a seguradora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 15:10
    Enviado por: Anderson Silva

    Olá,
    Tive dois cheques devolvidos em 2006.Um deles consegui localizar o portador e consegui quitá-lo,mas perdi o cheque,o que devo fazer para que minha restrição,relativo a este cheque seja retirada,já que,não possuo o original mais em mãos?O outro cheque não consigo localizar o portador,como faço para baixar a restrição se não consigo localizar a pessoa que está com o cheque.

    Agradeço desde já pela atenção.

    Att.
    Andeson Silva

    Advogado de Defesa;

    Quanto ao cheque que você perdeu, você pode pedir uma carta comprovando a quitação do credor. O outro, pode entrar no Juizado Especial Cível e pedir liminar para limpar o nome uma vez que não encontra o credor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 17:11
    Enviado por: MsAlmeida

    Caro Advogado de Defesa…

    A CLT no artigo 508, diz que “Considera-se justa causa, para efeito de rescisão de contrato de trabalho do empregado bancário, a falta contumaz de pagamento de dívidas legalmente exigíveis.” Portanto, caso uma pessoa tenha passado em concurso público para bancos estatais (CEF, BNDES, Banco do Brasil) nos quais o edital deixa claro que o regime de contratacao é a CLT, ela poderá não ser chamada pelo fato de ter seu nome em cadastros de inadiplentes? Ou mesmo se chamada, pode ser dispensada por justa causa. Essa interpretação está correta?

    Obrigado… MsAlmeida

    Advogado de Defesa:

    Provavelmente, no processo de seleção, será descartada por ter o nome sujo. E nem é possível entrar com a ção, pois isso já é uma determinação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 08:39
    Enviado por: Caroline Carvalho de Oliveira

    Estou com um problema com a escola Microcamp, onde a mesma, informa que irá sujar meu nome. O que acontece é que iniciei o curso em agosto de 2007, após receber uma ligação da UMES informando que havia ganhado uma bolsa parcial, que além de pagar apenas 50% do curso, eu receberia o material didático totalmente grátis junto ao uniforme (que por sinal nem existe), e da opção de trancamento do curso por um periodo de 5 anos caso necessário. No mês 12 obtive uma dificuldade financeira e fui requerer do direito, que até então, imaginava que obtinha que era o de trancar o curso. Chegando lá fui informada que não existe essa possíbilidade, que eu tinha entendido errado, que o trancamento é referente ao término do curso, onde eu teria o direito de voltar a cursar caso eu ainda estivesse com alguma dificuldade. Que absurdo!! O nome de revisão agora é trancamento. O que faço?? Tenho 18 anos e não quero sujar meu nome. Foi o primeiro contrato que assinei e sem a presença de alguém para me orientar porque eles induziram a fazer o mesmo alegando, que se eu não assinasse naquele momento eu automaticamente perderia a bolsa pois era o último dia de matricula, as turmas já estavam fechadas. O que era mentira, porque uma amiga foi chamada uma semana depois com a mesma conversa fiada!! Por favor, me ajudem!! Eles querem que pague 3 meses atrasados junto a 15% do valor total do das parcelas que ainda não cursei…

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defsa, do Jornal da¨Tarde, que vamos conversar com a Microcamp. o e-mail é advogado.jt@grupoestado.com.br. Não esqueça seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 15:27
    Enviado por: CLAYTON

    boa tarde eu financiei um carro de 36x paguei 4 e estou com duas atrazadas ja recebir a carta extra judicial de 48 horas para quitar a divida eu so tenho o dinheiro no mes que vem sera que ja vai pedir a busca e a apreensao do carro.obrigado
    quero saber a resposta do advogado de defesa

    Advogado de Defesa:

    Você deve negociar com o credor o pagamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 08:33
    Enviado por: jaqueline

    Bom dia!
    Estava devendo o cheque especial e achei melhor negociar esse debito juto ao banco.
    Acontece que só tive condições de pagar as tres primeiras parcelas.Hoje recebi uma carta intitulada ¨NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL¨, informando que deveria fazer o pagamento o mais rápido possivel.
    Minha condição é pagar o minimo por mes, não tenho como fazer mais do que isso, e eles não aceitaram.
    A carta ainda relata sobre o Art 591 que fala sobre penhora de bens.Só tenho um apartamento que é financiado pela Caixa Ecônomica. Eu posso perde-lo para esse banco que estou devendo?
    Como devo proceder em relação a não aceitarem minha proposta de pagar como posso?

    Advogado de Defesa:

    Eles podem, sim, penhorar seus bens, mas não o apartamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 11:07
    Enviado por: Juliana Lopes

    É verdade que se eu entrar com processo contra meus credores, posso excluir meu nome do spc e serasa e tentar negociar as minhas dividas com eles? Pois não posso ficar com meu nome negativado se não eu não posso permanecer na empresa que eu trabalho.
    Grata

    Advogado de Defesa:

    Depende do tipo de processo. Se é para questionar os juros cobrados, quem vai determinar isso é o juiz

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 11:08
    Enviado por: dayvisson dos santos farias

    fui negociar uma divida de 2.700,00. levei em dinheio 2.500,00 para pagar a vista e ele não aceitou eles estão corretos ou não, nem me derão uma proposta agora se eles vierem para negociar so pago 2.000,00.

    Advogado de Defesa:

    A empresa pode recusar se o valor for menor que a dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 11:12
    Enviado por: Diego

    Oi, tudo bem?

    Bom, meu nome provavelmente esta para entrar no spc, pois não tenho condições de agora pagar algumas contas. Estando meu nome no SPC, eu posso abrir conta em um banco? Posso abrir uma empresa? Posso estabelecer uma sociedade? Nenhuma restrição no passaporte certo?

    Muito obrigado pela atenção e tenha um bom dia.

    Advogado de Defesa:

    Dificilmente com o nome negativado você vai conseguir abrir conta em banco. Com relação à abertura de empresa, isso você deve ver com especialistas nesse assunto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 15:00
    Enviado por: MAURICIO

    gostaria de saber estou com uma divida na telefonica de 2003 e a telefonica colocou no scpc em 2004 e agora em 2007 uma empresa de cobrança me encaminhou um doc de vai enviar meu nome ao serasa pq a telefonica cedeu minha divida a essa empresa agora eles limparam meu nome e vão colocar novamente como se eu devesse para essa empresa que comprou minha divida da telefonica isso é lega ou posso fazer algo contra eles?

    Advogado de Defesa:

    Nenhuma dívida pode ser negativada duas vezes. Se a empresa de cobrança fizer isso, você poderá entrar com processo de indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2008 - 14:05
    Enviado por: alandson melo

    Olá…
    Meu nome está so SPC E SERASA por causa de umas dividas dos cartoes de creditos c&A ,credicar citi e santarder… Porem todo mes os juros estão aumentado de + e hoje não tenho mais condicões de pagar…
    o que devo fazer???
    com quantos anos meu nome sai do spc serasa??

    Advogado de Defesa:

    Você pode procurar o Procon para que seus técnicos calculem se os juros estão corretos. O nome sai do SPC e Serasa após 5 anos do vencimento da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2008 - 21:46
    Enviado por: delson brasil

    por favor queria saber o seguinte:
    faço faculdade, e estou um semestre atrasado e quero saber se tem alguma lei que diga se sou obrigado ou não, a pagar os juros das mensalidades passadas.

    Advogado de Defesa:

    As empresas (inclusive faculdades) podem cobrar juros e multas por atraso no pagamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 09:33
    Enviado por: Thais Saraiva

    OLá,
    Meu nome foi incluido no SERASA por causa de cheque, porém já paguei a dívida com a loja á cerca de dois anos, e a loja não retirou meu nome do protesto até hoje. Quando a procurei ela me pediu para que eu desse o número do cheque (dados) mas não tenho mais esse número por já ter passado tanto tempo.
    Gostaria de saber o que fazer…
    Eu li que uma pessoa processou uma empresa pelo mesmo motivo, demora em tomar providencias. POsso fazer o mesmo?
    Grata!

    Advogado de Defesa:

    Se você conseguir provar que já pagou o cheque, pode, sim, entrar com processo contra a loja para retirar o nome da Serasa e até pedir indenização por dano moral

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 10:02
    Enviado por: Roberto

    Bom Dia!

    Em 2005 meu Tio emprestou um dinheiro para um Amigo pagar algumas dívidas de seu comércio, e deu a ele uma carência de 1 Ano para pagar o dinheiro e esse amigo lhe deu um cheque como garantia, só que nesse meio tempo esse amigo Faleceu e meu tio achou que o filho dele arcaria com a dívida, só que não foi bem assim.
    Por conta disso há 2 semanas meu tio veio a Falecer, sendo que à 1 mês atrás tinham me dado esse cheque para ver se eu conseguiria recebê-lo.

    Pergunto: Será que eu consigo receber esse dinheiro?
    Posso entra com algumas ação, contra o filho dele?

    Muito obrigado pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    Quando do falecimento do devedor, seu tio deveria ter entrado com processo na partilha dos bens para que o valor fosse anexado como dívida a pagar. Agora, talvez com advogado vocês consigam receber
    Roberto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 20:22
    Enviado por: jota

    Ferrou.

    Estou com um divida em torno de R$3.500, entre banco, cartão e crediario.
    Estava juntando dinheiro para pagar isso aos poucos…Só que nesse meio tempo(ontem) arrumei um emprego, pra ganhar R$3.000/mes, só que, para tanto, preciso abrir uma Conta Corrente em outro banco que eu não tenho conta.

    Socccccccorro, o que fazer?!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 23:21
    Enviado por: Edpo Oliveira

    Estou com o Nome No SPC, a minha dúvida é se eu mesmo estando com o nome em restrições,se eu for fazer uma faculdade particular,e saberem ou no cadastro mostrar que o meu nome esta no SPC,pode haver interferença da parte da Faculdade?ou seja as Faculdades e Universidades Aceitam ou Não Pessoas Com nome restrito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 23:25
    Enviado por: Edpo Oliveira

    Com o Nome Sujo pode fazer faculdade,ou eles impedem?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2008 - 16:47
    Enviado por: antônio

    Olá. Recentemente minha esposa apareceu aqui com uma dívida relativa a mensalidades na universidade no ano de 2004. Elá já está formada e já recebou o diploma. estou disposto a pagar essa dívida, mas os juros e o valor que é cobrado sem parcelamento não me permitem no momento. Fui alertado por um colega sobre o fato de dívidas em universidade expirarem em 1 ano. Gostaria de saber se essa informação é real, pois aí sim facilitaria para mim tentar um acerto informal com a tesouraria da universidade. Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2008 - 17:31
    Enviado por: nathalia

    Me formei no fim do ano e ainda estou desempregada. Fiz a faculdade com o Fies. Nao terei condiçoes de pagar d imediato o contrato e minha fiadora faleceu. Caso nao posso manter em dia a divida Neste caso se eu nao pagar a divida com o banco, sairei do spc e serasa dps de 5 anos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2008 - 09:23
    Enviado por: Alisson

    Sou funcionario público municipal, fiz um emprestimo consignação em folha. O banco cobrou a 1ª parcela certinho depois ficou 02 meses sem cobrar, não me informarão nada e mandaram meu nome ao Serasa. Não sei o q fazer preciso q vcs me ajudem, para que eu possa tomar as providencias contra o Banco Itaú.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2008 - 10:31
    Enviado por: ubiraci

    A um tempo atras uma conhecida minha tirou um celular pra colega dela e deixou o carne com ele pra ele pagar so q um ano depois ela foi tentar tirar algumam coisa e descobriu q seu noem estava sujo. Foi emitido um novo boleto pra pessoa pagar a divida. So q ta dificil de pegar dinheiro com a pessoa. O que podemos fazer junto a justiça pra essa pessoa pagar o q deve?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2008 - 13:10
    Enviado por: Paulo

    Fiz um empréstimo no banco que possuo conta e fui informado que só poderia ser parcelado em 24 vezes. Valor total do empréstimo foi de R$ 3.672,00 e pago pretações de R$ 352,00. Gostaria de saber se há como reduzir a valor total do debito.
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2008 - 15:35
    Enviado por: luciano

    Boa tarde eu fui fiador de uma pessoa no FIES e fiui citado numa ação minitoria
    gostaria de saber se tem como sair

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2008 - 15:37
    Enviado por: luciano

    gostaria de saber quando o fiador do FIES pode ser excluido

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2008 - 15:38
    Enviado por: monica

    boa tarde
    tenho um empresa que por motivos de descordancia com socio esta sendo fechada com muitas diviadas inclusive no banco.. o problema é que ela esta só no meu nome.. e estou pagando um consorcio que ainda falta 10 parcelas , meu receio é que devo muito no banco ele pode segurar o carro paara a quitação de divida..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2008 - 21:43
    Enviado por: cristiano

    Olá! ouvi rumores de que uma dívida quando discuida em juízo não poderá constar no SPC SERASA CCF é verdade ?? e se for qual é o embasameno jurídico – grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2008 - 10:40
    Enviado por: jaqueline

    Bom dia!

    Tenho 03 cheques devolvido por motivo 11 e 12 a um ano.
    Pela data do cheque (janeiro, fevereiro e março de 2007), ainda posso ser protestada, ou responder em juizo por isso?
    Qual o tempo legal de validade para cobrança ?
    Agradeço muito seu esclarecimento.
    Bom fim de semana!!
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2008 - 22:45
    Enviado por: PAULO HENRIQUE DASILVA CHAVES

    BOA NOITE ESTOU COM NOME NO SERASA DESDO DIA 05.01.08 PAGUEI A DIVIDA DIA 04.03.08 SOUBE QUE O PRAZO DE TIRAR O NOME DO SERASA É DE 48 HORAS HOJE É 07.03.08 E CONTINUO COM O NOME NO SERASA EU POSSO ENTRAR COM UMA AÇÃO CONTRA A EMPRESA QUE COLOCOU O MEU NOME NO SERASA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2008 - 00:30
    Enviado por: Marcos

    Boa Noite,
    Tenho uma dúvida: Sou fiador (entrei no contrato por ocasião da morte de um dos fiadores, me copmprometendo apenas em um contrato) de ex-estudante de Credito Educativo (APLUB), já formado. Meu nome foi levado ao SPC e fui ameçado de penhora de um bem imovel de veraneio, por conta disso fiz um acordo onde passei a pagar a “conta” deste estudante. Gostartia de saber se posso acionar o companheiro deste estudante, visto que o mesmo não possui bens nem emprego fixo, enquanto o companheiro possui emprego e talvez bens em seu nome. Como posso me ressarcir depois de pago esta dívida??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2008 - 09:35
    Enviado por: naguiane gomes da silva

    fiquei com o nome sujo apos perder o emprego, há mais de dois anos. agora vou prestar um concurso municipal pulblico, se eu for a provada posso ficar sem assumir o cargo por conta disso

    Advogado de Defesa:

    Verifique se no material da inscrição consta alguma informação sobre isso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2008 - 16:53
    Enviado por: Cleber

    Gostaria de saber se uma pessoa na lista dos inadimpletes pode ser admitida em processo seletivo ou concurso público. Há concursos que não admitem inadimplentes. A pergunta é: se uma pessoa está desempregada, como é que ela pode pagar a dívida? E se ela foi aprovada é sinal que poderá resolver sua situação de inadimplente. Na minha opinião é um grave erro e até discriminação proibir o ingresso de inadimplentes a funçoe publicas. Gostaria de receber informações sobre a situação supracitada.

    Advogado de Defesa:

    Nome sujo não pode impedir processo seletivo, com exceção em bancos. Se isso ocorrer, você pode entrar com processo na Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2008 - 19:02
    Enviado por: Isabel

    Morava em uma casa onde era titular da conta de luz. Essa casa foi vendida e o novo prorietário não trocou a titularidade. Recebi então um comunicado do Serasa dizendo que tinha uma dívida em relação a conta de luz desta casa que já não era mais minha. Como devo proceder? Posso entrar na justiça contra o novo proprietário? Utilizo o tribunal de pequenas causas?

    Advogado de Defesa:

    Se continua em seu nome, você deverá arcar com as despesas. Peça para a emrpesa de luz cortar a energia, assim sai do seu nome

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2008 - 15:12
    Enviado por: Regina Aparecida

    Boa Tarde,

    Tenho uma divida com bancos que já chega em mais ou menos R$ 22.000,00, e cheque devolvidos, no momento estou sem condições de pagar as parcelasque tenho tentado negociar, posi meu companheiro infartou, e hoje conto só com meu saláraio, já que ele é autonomo, só ganha se trabalha, o cardiologista ainda não o liberou, já fiz um proposta para o banco podendo pagar atualmente R$ 300, 00 , nos primeiros 7 meses e depois, aumentar para R$ 500,00, mas não foi aceita, o carro do meu companheiro está no meu nome e nãoconsigo fazer o seguro pois mesmo fazendo com os seus dados, as seguradoras recusam, estou com medo de perder o carro e a minha única casa, o que fazer.

    Grata

    Regina

    Advogado de Defesa:

    Continue tentando a renegociação com o banco. Se for cobrada judicialmente e o carro estiver em seu nome, você poderá perdê-lo, sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2008 - 18:54
    Enviado por: ronaldo

    OLá tenho uma divida com cartão de credito no valor de R$ 4.300.00 e não tenho como pagar já que os juros deixaram a divida muito alta…..
    a minha preoculpação é porque tenho um carro financiado…e tenho medo que me tomem o carro…será possivel que me tomemmm….já liguei no banco e tentei negociar um desconto e um parcelamento mas não deram desconto e parcelaram em só 6 vezes de R$ 700.00 e pouco…….já que num to conseguindo paga nem o valor minimo do cartão como vou pagar os R$ 700.00

    tenho uma moto e um carrro finaciado ele podem me tomar?

    Advogado de Defesa:

    Se estão financiados, eles ainda não estão em seu nome, portanto, não poderão tomá-lo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 17:40
    Enviado por: Malu Costa

    Tenho dívidas em Bancos, cartões de crédito e empresas. Meu negócio faliu, fechei e não consegui emprego. Hoje com 54 anos, estou com meu nome limpo, mas as dívidas continuam por + 20 anos… informaram-me!
    Existe alguma lei que me proibe de abrir uma conta corrente ou mesmo uma poupança? Os cobradores podem, de alguma forma, bloquear o investimento?
    Obrigada

    Advogado de Defsa:

    Se o nome está limpo, não tem porque recusarem a abertura de conta corrente. Os valroes só pdoerão ser bloqueados se houver ação judicial

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2008 - 00:53
    Enviado por: Hugo Garcia

    Tenho uma dívida paga em um financiamento que fiz mas ficou ao meu encargo às custas com a retirada do título de protesto do cartório. Como é um valor muito elevado e não tenho condições de arcar, gostaria de saber se somente esse protesto prescreve em 3 ou 5 anos (já que o spc e serasa já foram retirados pelo banco no momento do pagamento da dívida). Nota: o protesto foi feito em 05/04/06. Grato

    Advogado de Defesa:

    Vai demorar 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2008 - 09:28
    Enviado por: Fabio Piva

    Bom dia,

    Tenho uma divida há quase 5 anos e estou tentando negocia-lá, porém o credor é irredutivel em questão de negócio, pois ele quer cobrar mais de 1% ao mês além de que muitas vezes disse que o meu cheque não estava com ele. Creio que na situação atual do país, uma pessoa tendo uma divida a receber e não querer negociar é complicado. Gostaria de saber como posso proceder, pois pretendo quitar a divida para financiar um imóvel.

    Grato

    Fabio Piva

    Advogado de Defesa:

    Se você contestar os juros, pode pedir ao Procon para calculá-lo. Quanto à negociação, deve ser feita diretametne com o credor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2008 - 15:23
    Enviado por: Werner

    Gostaria de saber como posso checar quem está protestando o meu nome sem eu ter que ir no cartório de protesto, tem como saber pela internet sem custos adicionais. Outra coisa é que comprei um carro em Dezembro/07 e até agora os caras não enviaram o talão para pagamentos p/ a minha residência, já cobrei a loja que pediu p/ cobrar a empresa que vai emitir o talão, já faz quase 3 meses e nada, nem recebo o talão e nem consigo pagar as prestações. Eles podem estar protestando o meu nome? Tenho que pagar juros pelo erro deles?

    Advogado de Defesa:

    Se você souber o cartório, verifique no site dele na internet. Agora, se você não recebe o carnê, o melhor a fazer é enviar carta registrada à empresa cobrando. Assim, terá prova de que cobrou e não mandaram

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 09:57
    Enviado por: JULIANA

    QUERO SABER SE O CPF COM PROBLEMAS IMPEDE A RETIRADA DE VISTO

    Advogado de Defesa:

    Não impede

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 21:07
    Enviado por: Billy da Silva

    Boa noite doutor, estou passando por dificuldades financeiras preocupantes. REalizei alguns empréstimos e com isso acabei me endividando muito. Acontece que as cobrancas vão chegando e não consigo pagar todas. Inclusive recebi uma carta extrajudicial do Itaú por um LIS que adquiri pois precisava de grana para pagar as dívidas que contraí e agora não estou conseguindo pagá-la. Tentei ligar para a agência e não consegui. O problema é que não posso ficar com nome sujo, pois também trabalho numa instituição bancária, e já estou com nome sujo, estou com muita ansiedade pra saber o que vai acontecer, caso eles não negociem comigo. Posso perder emprego, enão conseguir emprego por um tempo por causa disso??? Peço orientações, poiis estou perdido. Adquiri essas dívidas por meu pai ao falecer, também ter deixado dívidas para a família, com isso estou atolado na lama das dívidas. o que fazer???? Já enviei uma mensagem no site do itáu para eles negociarem comigo um prazo para quitar essa dívida. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 21:14
    Enviado por: Billy da Silva

    Esqueci de mencionar que tenho que pagar essa dívida em 48 h, sendo que já passaram 24h, e que tinha que ter pago a primeira parcela em janeiro e a segunda em fevereiro, restando mais 4, que seriam os meses posteriores. Poço sua ajuda o mais rápido possível, quero pagar essa dívida, mas não vejo saída

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 00:48
    Enviado por: Cesar Nunes Bibiano

    Boa noite. Comprei uma moto e fiquei somente 3 semanas com a mesma, furtaram ela e não paguei nem a primeira parcela, tem 42 parcelas pra eu pagar.
    Sou PM e usava a moto pra fazer trabalhos extras e sem a moto não tenho como pagar as prestações.
    Não tenho nenhum bem no meu nome.
    Quero saber o que acontece se eu não pagar essa dívida!
    Muito obrigado

    Advogado de Defesa:

    Se não tem nenhum bem, dificilmente a emrpesa conseguirá receber o valor. Mas seu nome ficará sujo por 5 anos, o que te impedirá de comprar a prazo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 07:43
    Enviado por: alex mauricio

    bom dia gostaria de saber se existe alguma lei q dar o direito a empresas e agenciadoras de seguro de cargas a enpedir o caregamento do meu caminhao por estar com o meu nome negativado.ouvir um comentario que saiu um materia no jonal nacional que nenhum empresa ou seguradora tem o direito de inpedir.gostaria de saber a realidade.desde ja agradeço

    Advogado de Defesa:

    Nome negativado não pode ser usado como restritivo para outros fins a não ser o concedimento de crédito. Caso isso esteja ocorrendo, você pode entrar com processo contra a empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 14:43
    Enviado por: Tatiana

    Gostaria de saber, se a pessoa que fez emprestimo pessoal, cheque devolvido, cartao de credito e carne de pagamento, deixou de pagar tudo isso, o que pode acontecer com ela, somente inclusão no SPC Serasa, ou tera alguma punição maior?

    Advogado de Defesa:

    Poderá ser cobrada judicialmente e até ter bens penhorados

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 18:47
    Enviado por: Pricila cardoso

    Olá! Tenho uma divida na faculdade de 5.000,00 e quero muito voltar a estudar só que não tenho como quitar este valor com cheques ou avista como obriga a faculdade. Gostaria de saber se existe a possíbilidade de eu entrar na justiça e conseguir que este debito seja parcelado através de boleto bancario?
    Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Isso deve ser discutido com a faculdade

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 19:06
    Enviado por: fabiana barreto lopes

    olá meu nome esta sujo a 6 anos eu não sabia que depois de 5 anos o nome limpava!!! e ainda não consigo ter crédito em lugar nenhum pq ainda meu nome não ta limpo??? poxa é horrivellllllll isso as x dependo de amigos e parentes pra comprar algo pra mim !! há e verdade que aonde o meu nome ta sujo daqui a 5 anos se eu quizer fazer crediario ou cartão da empresa eles não são obrigado a me dar creditos pq meu nome já fcicou sujo lá uma vez??? me ajude com informações muito obrigada …

    Advogado de Defesa:

    Se seu nome continua sujo, você pode recorrer ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 19:49
    Enviado por: Márcio Roberto de Sousa

    Boa Noite!
    Estive com restrição durante alguns anos, pois recuperei alguns cheques e não apresentei ao banco pelo motivo do valor das taxas cobradas, então esperei caducar.
    agora ao tentar financiar uma moto, mesmo sem restrição não consigo, tem alguma lei que ampare, por ser negado o meu financiamento?

    desde já Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Se já venceu o prazo de prescrição, precisa saber por qual motivo o crédito foi negado. Se foi por essa dívida, você pode procurar o Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 22:35
    Enviado por: Aline Lim

    Gostaria de saber se Instituição de Ensino Filantrópica pode levar o nome de aluno inadimplente ao SPC/Serasa e efetuar cobrança judicial, se sim, como é a cobrança judicial? O que acontece se a pessoa não comparecer à justiça?

    Advogado de Defesa:

    Se há mensalidade para pagar e foi assinado contrato, pode sim. Cobrança judicial é determinada pelo juiz e pode haver penhora de bens. Se a pessoa for convocada e não comparecer, será julgado à revelia, e ela, provavelmente, perderá a causa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 22:49
    Enviado por: Thais

    Boa Noite,
    Gostaria de saber se pessoas com nome sujo pode abrir empresa, pode trabalhar como pessoa jurídica, enfim pode emitir notas fiscais????

    Advogado de Defesa:

    Só9 não vai conseguir abrir conta corrente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2008 - 23:24
    Enviado por: mariano

    Minha dúvida: o Conselho de Odontologia me processou por uma dívida de anuidade em 2004. Paguei a dívida, o processo foi arquivado em 2006 porém consta até hoje (2008) uma restrição judicial no detran do meu automóvel. Não estou conseguindo vendê-lo devido a isso. Reclamei com o advogado do Conselho, e o mesmo disse que eu que teria que procurar o forum para resolver e que a culpa era minha pois eu não deveria ter ficado devendo para o Conselho. O que fazer?

    Advogado de Defesa:

    Você deve abrir processo por danos contra o conselho, que deveria ter limpado tudo a partir do momento em que você pagou a dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2008 - 09:07
    Enviado por: gabriela

    Ola, tenho meu nome sujo na faculdade aconteceu uns rolos incopetencia deles e tal e eles vieram me cobrando uma coisa q era impossivel, tentei negociar mas eles nao aceitaram minha proposta entao deixei rolar so q meu nome ta no spc (so nao sei se no serasa tb), isso foi em 2006 tenho uma poupança em um banco mas qro encerrar e abrir e outro banco sera que é possivel eu abrir mesmo tendo restiçoes no meu cpf? aguardo o retorno mais breve possivel! Grata

    Advogado de Defesa:

    Poupança, não há problema, porque você não receberá nem cheque nem cartão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2008 - 13:18
    Enviado por: Luiza

    boa tarde!
    Gostaria de saber se por causa do meu nome sujo,caso venha a passar no concurso da AMC perco a vaga?
    e como faço pra recorrer caso isso ocorra?
    são todos os concursos que não aceitam pessoas com nomes sujos??
    e se era obrigado isso vim no editaL?
    obrigada!

    Advogado de Defesa:

    Nome sujo não pode impedir a contratação para trabalho. Se isso estiver escrito no edital, pode entrar com processo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2008 - 13:25
    Enviado por: Luiza

    esqueci de perguntar tb se minha divida com o cartão de credito não for paga logo,além do spc e serasa o que mais pode me ocorrer?

    Advogado de Defesa:

    Podem protestar a dívida e cobrá-la judicialmente, até com penhora de bens

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2008 - 22:48
    Enviado por: David

    ola boa noite por favor preciso de uma orientação por favor.
    no ano de 2002 fiz uma compra por uma financeira por eu ficar desempregado 20 dias apos fazer a compra nao pude efetuar o pagamento então eles colocaram meu nome no scpc com 30 dias de atraso ,ai esta financeira faliu e o finasa comprou ela no ano de 2004 e eles colocaram meu nome novemente no orgão de defesa do consumidor so que desta vez no serasa e meu nome foi 2 vezes para o orgão de defesa do consumidor com a mesmo nº de contrato e o mesma divida ,então eu não ficaria 05 anos com o nome negativado ficaria 07 isso e correto se caso não for qual medidas devo tomar pois trabalho na area de segurança e isso ja esta me trazendo transtorno desde ja muito obrigado pela sua atenção.

    Advogado de Defesa:

    A mesema dívida não pode ser negativada 2 vezes. Você pode entrar com processo por dano

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 12:27
    Enviado por: Elizabeth R de O Santos

    meu marido fez um emprestimo na bv financeira e deu o carro como garantia, temos pago as prestaçoes sempre com 30 a 35 dias de atraso, porque o que ele faz não vai indo muito bem. Ele tem pago sempre para a empresa de cobrança. Esse mes ainda não foi possivel pagar.E verdade que eles podem mandar vir em casa buscar o carro.

    obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Se o carro é garantia e vocês não pagarem o empréstimo, podem sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 14:58
    Enviado por: Chagas

    JÁ PAGUEI MAIS DO QUE O VALOR DE MINHA MOTO , FIZ UM FINANCIAMENTO EM 36 x R$240,00 E DEI R$1.700,00 DE ENTRADA , FALTAM DEZ PRESTAÇÕES , ENTRE JUROS E MULTAS PAGAS DEVIDO AO ATRASO DE PRESTAÇÕES JÁ PAGUEI MAIS DE R$10.000,00 , QUERIA SABER SE É POSSÍVEL MINHA DÍVIDA SER ZERADA OU ABATEREM OS VALORES DAS PARCELAS RESTANTES , DEVO RESSALTAR QUE PAGUEI UMAS PARCELAS EM ATRASO DEVIDO A TER PASSADO A GANHAR MENOS DO QUE GANHAVA NA ÉPOCA DO FINANCIAMENTO , E SE EU QUITAR A MOTO POSSO ENTRAR COM AÇÃO PEDINDO DEVOLUÇÃO DE PARTE PAGA? DESDE JÁ AGRADEÇO!!!

    Advogado de Defesa:

    Você assinou o contrato de financiamento assumindo a dívida e os juros, que pdoem ser contestados, sim. Para tanto, deverá contratar advogado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 18:13
    Enviado por: monica

    minha empresa esta com serios problemas financeiros, estou devendo no banco e tenho um carro que foi obtido atraves de consorcio nesse mesmo banco.. eles podem tomar o carro, quais os cuidadeos que devo tomar
    faltam ainda 10 parcelas

    Advogado de Defesa:

    O carro ainda está alienado. dificilmente vão tomá-lo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2008 - 01:30
    Enviado por: Ricardo

    Olá! Tenho uma empresa (firma individual), que está inativa, tem dívidas, mas estou quitando aos poucos, na verdade, sou “laranja”, pois essa firma era dos meus pais, mas eles precisaram abrir uma firma no meu nome pois estavam muito individados na outra, e acabaram por me endividar. Se eu prestar um concurso público, isso pode ser empecilho para assumir o cargo? Quero dar baixa nela, mas acho que não dá enquanto não quitar as dívidas. Minha mãe queria assumir as minhas dívidas, ela abriu um CNPJ para ela, tem como transferir as dívidas da minha firma individual para a dela? Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Algumas empresas têm restringido a contratação por causa de nome sujo. Mas se isso ocorrer, você pode entrar com processo contra a empresa. Quanto a transferência da dívida, você deve conversar com o credor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2008 - 09:28
    Enviado por: Anderson

    Bom dia.
    participei de um treinamento de uma distribuidora de energia e todos que participaram do treinamento estarão sendo contratados até junho.
    só que faz uma semana que entrei no spc/serasa( POR CAUSA DE UM DEBITO DO CARTAO DE CREDITO)
    e queria saber se por esse motivo eles podem nao me contrartar mas?
    me tira essa duvida por favor
    estou preocupado
    e se realmente eu nao for contratado, queria saber se existe alguma lei que me der condições para entrar nessa empresa, mesmo tendo meu nome no sps/serasa.
    Desde já Agradeço.

    Advogado de Defesa:

    Restrição no nome não pode impedir a contratação, a não ser funciona´rios de bancos. Caso isso ocorra, você poderá entrar com processo contra a empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2008 - 13:31
    Enviado por: rodrigo

    estou com o nome no spc e serasa passei em um concurso publico eles vão faser um levantamento sociofuncional será que isso vai implicar na hora da contratação.
    desde já agradeço e aguardo resposta.

    Advogado de Defesa:

    Eles podem negar sua contratação. Verifique se há alguma cláusula no concurso que diz que isso é impeditivo para a contratação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2008 - 15:05
    Enviado por: marcia

    tenho um cheque devolvido em 2002 que não consta no spc mais consta no serasa como protesto acontece que esse cheque foi protstado em 2004 mais a devolução foi em 2002 a empresa diz que não foi ela quem protestou e que o cheque não esta com e so me da a carta de anuencia de eu pagar todo nem parcelando ela retira so apos a quitação acontece que a empresa em que comecei a trabalhar me deu 90 dias para quitar o valor é de 1535,00 e não disponho desse valor tenho em vista que a divida venceu em 2002 e já caducou como faço para solicitar a retirada do serasa na pequenas causas? demora? eu preciso de advogado?

    Advogado de Defesa:

    Após 5 anos do vencimento da dívida, o nome deve sair automaticamente da Serasa. Se isso não ocorreu, você pode pedir liminar no Juizado Especial Cível. Para tanto, basta procurar no fórum mais perto de sua casa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2008 - 16:38
    Enviado por: Ana Paula Alves

    Tenho uma divida com a faculdade, caso eu não faço acordo dessa divida eles podem cobrar judicialmente ? qual procedimento devo fazer caso isso ocorra?

    Advogado de Defesa:

    Podem, sim, cobrar judicialmente. Aí, você terá de pagar ou, então, penhorarão algum bem seu

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2008 - 21:19
    Enviado por: Bruna de Azevedo Alves

    Olá!! Boa Noite !!
    Tenho 22 cheques na praça mas ja regatei 11 cheques !! estou com um problema 2 lojas faliu como faço p regatar o cheques agora !!?? e qual o valor dos juros a ser combrado e em cima d cada cheque pela loja!!!
    Obrigada
    grata
    e ansiosa pela resposta

    Advogado de Defesa:

    Quanto às lojas que faliram, você pode procurar na Junta Comercial se há endereço dos proprietários para resgatar os cheques. Caso não consiga, pode entrar com ação no Juizado especial Cível pedindo liminar para limpar seu nome. quanto aos juros, quem pode calculá-los é o Procon

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2008 - 21:03
    Enviado por: Fernando Neres Gomide

    ola boa noite!
    ainda estou com o meu nome no serasa mesmo depois de ter pago a divida que constava, ja passou mais de 10 dias e nada, fui a banco para abrir uma conta e me negaram porque meu nome estava no serasa. O que eu faço? ja paguei e ainda estou como devedor na praça!

    Advogado de Defesa:

    A emrpesa demora até 15 dias para retirar o nome. se passou mais tempo do que isso, pode recorrer ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2008 - 09:36
    Enviado por: Honório

    Dr., fui negativado no SPC, CCF e SERASA depois da publicação do novo Código Civil. Qual o prazo para que meu nome continue na lista negra?

    Advogado de Defesa:

    5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2008 - 15:21
    Enviado por: TAINARA

    Boa tarde, estou com meu nome sujo por cheque devolvido, desde janeiro e gostaria de saber se posso abrir outra conta corrente no Banco do Brasil, com o nome sujo.

    Advogado de Defesa:

    O banco pode até concordar em abrir conta, mas você não terá direito a cheque nem a cartão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2008 - 19:49
    Enviado por: Marcio Lourenço Guimaraes

    Como devo proceder se o banco descontou minha divida do cartão de credito em minha conta corrente sem que eu fosse avisado. Esta conta é aonde recebo meus salário.

    Advogado de Defesa:

    Ele só pdoe fazer esse desconto se houver autorização sua. Caso isso não exista, pode recorrer ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2008 - 20:06
    Enviado por: Adimael Santos

    Boa noite
    fiz uma incrição em uma escola de informatica e fiz uma matricula 07/03/08, e paguei a matricula e assinei um contrato e uma promissoria p/ o dia 05/04/08 referente a mensalidade do mes, mas ai veio o problema não pude comparcer a nenhuma aula por motivo pessoal, ai agora no dia 28/03/08 ligaram perguntando o que tinha acontecido, por não comparecer ao curso, ai eu falei que iria cancelar o curso, mas nao comparecir a nenhuma das aulas ai eles querem que eu pague R$ 250,00 reais. dai eu perg devo pagar este valor sendo que eu nao comparecir a nenhuma aula. eles alegam que e quebra de contrato. ai o vcs me diz preciso de sua ajuda por gentileza

    Advogado de Defesa:

    Para desistir de um curso não basta somente deixar de ir às aulas. O cancelamento deve ser feito por escrito e deve se verificar no contrato qual a multa cobrada. Se essa multa for muito abusiva (acima de 20% do valor), pode-se recorrer ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2008 - 01:08
    Enviado por: penelope

    Olá. Tive tres cheques devolvidos, tentei entrar em contato com a instituição para pagar e retirar os cheques. Porem essa instiuição sumiu.
    Como faço para limpar meu nome, sendo que nao consigo mais localizar essa instiuição. O banco me iformou que eu tenho que me virar, que eles nao podem me ajudar. ja procurei no site da instiuição e tento telefonar, isso ja faz um ano.
    Como faço para pagar esses cheques?

    Advogado de Defesa:

    Você pode procurar o Juizado Especial Cível e pagar em juizo os cheques e pedir liminar para limpar seu nome

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2008 - 20:17
    Enviado por: André magalhaes

    Dr. Boa Noite, estou com 5 cheques de um cleinte, ele sustou os cheques sem ocorrencia policial nem nada, entreguei o srviço, tenho ordem de serviço para comprovar, é um comndominio, o valor é 6.200,00, e foram 6 cheques e eele so pagou o sinal a vista, e + 01 cheque , orem deosi sustou os cheuqes dizendo e esta alegando que nao concluimos o serviço, e aiidan o Sr. sindico me difamou ao tel. o que devo fazer preciso receber o dinheiro, esta fazendo falta na empresa. pode ajudar?

    Advogado de Defesa:

    Você pode fazer cobrança extrajudicial e até protestá-los

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2008 - 20:22
    Enviado por: Rafael Andrade

    Olha eu tenho 25 cheques que voltaram….. e devo para o banco desde 2005, quanto tempo demora para sair do meu nome essas restrições ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2008 - 17:34
    Enviado por: Aline

    Tenho uma conta conjunta com o meu companheiro, pois ele passou alguns cheques e pegou empréstimo com o banco,
    ele não teve condições de efetuar o pagamento dessa divida com o banco. E o meu nome está no SERASA.
    Eu nunca usei nada dessa conta, nunca utilizei cheque, empréstimo, nada!
    Eu quero saber se o banco pode sujar o meu nome?
    Quero saber se essa Circular 3.334 do Banco Central do Brasil – de 5 de dezembro de 2006. Vale para o meu caso, que a conta conjunta foi aberta em 2003?
    Quero saber se eu procurar o banco se ele podem retirar o meu nome do serasa, e se eu for pra justiça quanto tempo leva?
    E se eu posso pedir danos morais?
    Na verdade eu quero é limpar o meu nome, mais não tenho como pagar essa divida.
    O que faço pra limpar o meu nome?
    Muito Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/04/2008 - 09:50
    Enviado por: eugenio

    olá tenho o nome sujo desde 2001 fiquei sabendo que com 5 anos caduca mas se passaram 7 anos e ainda nao caducou .o que devo fazer?e se eu quiser pagar a dividas onde devo procurar para saber o certo quanto estou devendo? obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/04/2008 - 09:53
    Enviado por: eugenio

    se eu quiser limpar meu nome devo procurar o serasa ou spc ou é a mesma coisa os dois?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/04/2008 - 11:52
    Enviado por: Vera

    Estou pretendendo ir pra fora do pais em dezembro, fazer um intercambio pra Australia, meu nome esta sujo, por tanto gostaria de saber se esse fator pede interferir na obtenção do meu visto? Mto obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/04/2008 - 19:07
    Enviado por: Fabiane

    Gostaria de saber se eu tiver o nome sujo no banco Bradesco, mesmo assim consigo abrir uma conta salariono mesmo banco.
    Pois comecei a trabalhar e a 4 meses não consigo abrir uma conta salario.
    E gostaria de saber de vcs se posso abrir está conta.
    Muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 10:11
    Enviado por: Moises

    Bom dia, eu estou com o nome sujo, mas gostaria de saber se tem como está alugando um casa no meu nome, o valor é de R$ 180,00 eu tenho o dinheiro do deposito no valor de 2 meses que é R$ 360,00 em mão, mas teria alguma chance ou depende da imobiliaria, ou não tem jeito mesmo, ou se eu conseguir alguma carta do tipo, teria como vcs está me passando está informação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 13:03
    Enviado por: Marcio Borghetti

    Sou motorista autônomo e por motivos alheios fiquei com o nome sujo. Por causa disso não consigo carregar em lugar algum. Existe alguma lei que me ampare. Pois caso contrário, se não trabalhar não consigo regularizar minhas pendências?
    Será que existe alguma empresa confiavel que ajude a limpar meu nome?

    Advogado de Defesa:

    Para ter o nome retirado dos cadastros de proteção ao crédito é necessário efetuar o pagamento. O mais indicado é se reunir com os credores e renegociar o valor da dívida para um nível realista e possível de ser pago. É importante lembrar que o nome só pode permanecer nos cadastros pelo prazo de 5 anos, por cada dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2008 - 17:29
    Enviado por: Jeferson Zimer

    Tenho uma dívida com uma Universidade, da qual já me formei, porém fiquei com uma dívida de R$ 14.000,00.
    A empresa de cobrança me liga para negociar, porém eles não aceitam que eu quite o valor sem juros.
    Pergunta:
    Esta dívida pode expirar? Ou com o passar dos anos ficar com um valor menor?
    Ou a universidade poderá deixar este valor rendendo?
    Eles ainda não perceberam que meu nome não está sujo. Se daqui a 5 anos, eles perceberem, poderão entrar com um pedido junto ao Serasa?

    Muito obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2008 - 18:39
    Enviado por: Leide

    Estou com um emprestimo no banco Itaú e tenho uma poupanca também no mesmo
    Gostaria de saber se o banco pode ficar com meu dinheiro da poupanca caso eu não venha pagar o
    eprestimo
    Pois acabo de perder o emprego, e tó pra receber um dinheiro que será depoisitado na caderneta, que será pra uma operação de coração da minha mãe
    e isso está me deixando nervossa pois temo que o banco possa meixer neste dinheiro

    Advogado de Defesa:

    O banco só pode retirar dinheiro de conta se houver autorização do correntista

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2008 - 12:54
    Enviado por: Lucas

    Olaa eu tenho um chque ue foi devolvido, eu fui la e pagei a divida, e pegei o cheque so que esse cheque foi perdido como faco pra fazer a exclusao dele ja que a divida ja foi quitada ???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2008 - 17:14
    Enviado por: meire Cleia Bnonaldi

    Olá, sou adicional do cartão de crédito do meu esposo que está com problemas enormes em pagar a dívida. Nesse caso é o nome só do titular que vai para o SPC ou de ambos?
    Grata.

    Advogado de Defesa:

    Se você fez compra com o seu cartão e também não pagou, irá o dos dois

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2008 - 14:52
    Enviado por: Layse

    Boa tarde.
    Um amigo me informou q quando devemos a faculdade ou escola a instituição não pode sujar o nome do inadimplente por essa razão. Tenho uma amiga q cursou dois semestre e desistiu do curso,só q ficou devendo 8000,00 e o nome dela está sujo. A informção do meu colega procede?

    Advogado de Defesa:

    Não procede. faculdade pode sim enviar o nome do aluno inadimplente para os cadastros negativos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2008 - 18:38
    Enviado por: Marcos Mendes

    Boa noite.
    Eu financiei uma moto em 42 meses e a mesma mesmo antes de ser emplacada com 08 dias de uso foi roubada por dois elementos, e fiz a ocorrencia policial no mesmo dia,o que fasso nesta situação desagradavel.

    OBS: O Financiamento foi feito pelo Banco Ronda.

    Saudações:

    Marcos Mendes

    Advogado de Defesa:

    Se você não fez seguro, terá de pagar as prestações mesmo sem ter a moto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 16:08
    Enviado por: Rany

    Olá tenho meu nome protestado por 06 meses, não sei o que fazer.como faço para retirar este protesto?

    Advogado de Defesa:

    Pagando a dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 16:31
    Enviado por: Adriana

    Boa tarde, passei um cheque de 110,00 que foi protestado em junho de 2004 entrei em contato com a empresa e eles estão me cobrando mais de 250,00 pelo chque, isso fora as custas do cartorio, isso é legal ? eles podem fazer isso? como devo proceder

    Advogado de Defesa:

    Você pode pedir ao Procon o cálculo dos juros

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 23:16
    Enviado por: paulo gomes de souza neto

    trabalhei numa empresa por 2 anos e meio,fui despedido e fomos para o sindicato.la o patrão me pagou com um cheque e o mesmo foi sustado.
    liguei várias vezes e não obtive exito.procurei um advogado,marcaram a audiencia e o patrão não compareceu,ainda estão me cobrando 400 e poucos reais dizendo que eu perdi a causa e meu tempo trabalhado como vou receber.
    engraçado é que ele não comparece nas audiencia e eu ainda tenho que pagar ao inves de receber oque é meu direito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2008 - 18:26
    Enviado por: rodrigo

    o banco pode mexer no auxilio doença do amparo social sem a autorisação do pencionista?

    Advogado de Defesa:

    Nenhum banco pode debitar valores de conta corrente sem a autorização do correntista. Pode abrir processo no Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2008 - 23:26
    Enviado por: marcia

    Olá, estou inadiplente na faculdade porque fiquei desempregada, e por isso não consegui fazer a rematricula, meu nome não esta na chamada, e os professores dizem que eu não farei as provas, é possível isso ocorrer?

    Advogado de Defesa:

    Se voc~e não fez a rematrícula, não tem como estudar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2008 - 08:10
    Enviado por: Debora

    Meu namorado financiou um apartamento para a tia e esta nao pagou as prestacoes. Com isso o nome dele foi para o spc com uma divida que ja acumula 7000.00. Ele ja solicitou o parcelamento e aguarda uma posicao da adm.
    Enfim.. ele conseguiu um emprego e precisara abrir uma conta no banco itau.. Minha pergunta é.. para abertura de conta salario, o problema do financiamento acarretara em impedimento na abertura da conta?
    Aguardo retorno. Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Com o nome no SPC, dificilmente ele conseguirá abrir conta corrente. Se for feito o acordo, a financeira deverá retirar o nome dele do SPC imediatamente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2008 - 13:02
    Enviado por: Gilberto Souza

    Não consigo emprego porque meu tem restrições no SPC/SERASA, o que devo fazer uma vez que as empresas escondem essa razão, mesmo sabendo da capacidade que técnica absorve as suas necessidades? Se não trabalho não tenho como honrar os mesmo compromissos.

    Advogado de Defesa:

    Há uma matéria sobre esse assunto nesse blog

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2008 - 00:04
    Enviado por: Keity Lopes

    Caro advogado, em breve farei a prova da OAB omeu nome esta “sujo” poderei de alguma forma ser impedido de receber minha carteira de advogado?

    Advogado de Defesa:

    Não poderá ser impedido. Restrição ao nome só é para crédito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2008 - 01:15
    Enviado por: Onônimo

    Bom dia! Tenho dívidas em três bancos dos quais não consegui pagar, e no desespero fiz empréstimos em 3 financeiras das quais também não consegui pagar e devo também em cartões de crédito, tive que deixar de pagar estas contas pq não estava sobrando dinheiro nem pra comer e o meu casamento estava ficando em risco.
    Minha pergunta é: posso ser indiciado por estelionato?

    Advogado de Defesa:

    Por estelionato, não. Mas pdoerá ter cobrança judicial e inclusive penhora de bens

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2008 - 10:47
    Enviado por: Welber Chagas Heitor

    Gostei muito da forma objetiva e clara em que os temas são tratados e gostaria de um esclarecimento.
    Quando um débito é renegociado e o nome do devedor está registrado no SPC, a baixa do registro deve ser de imediato à renegociação ou pode ser ao final do pagamento da última parcela da renegociação ?

    Advogado de Defesa:
    No caso de renegociação de dívida, o nome deve sair de imediato das restrições. Isso porque, a dívida vencida não existe mais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2008 - 16:59
    Enviado por: evelin

    Olá, poderia me ajudar nessa questão:
    uma pessoa que empresta seu nome a um terceiro para abertura de uma firma e essa empresa vem a falir e o nome cedido ficar sujo, tem como cobrar ou processar de alguma maneira esse terceiro (o verdadeiro dono)?
    obrigada

    Advogado de Defesa:

    se você tiver provas, pode sim. Mas essas provas são bem difíceis

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2008 - 17:03
    Enviado por: Anônima

    Fui avalista de um amigo no Banco, mas ele ñ pagou a dívida, então paguei a dívida para não ficar com o nome sujo. Mas agora o Banco está me cobrando a mesma dívida. O que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Apresente dos comprovantes do pagamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2008 - 09:30
    Enviado por: andre vinicius

    eu esrou com o meu nome no spc e estou prescizando de abrir uma poupança na caixa economica federal gostaria de saber se teria algum problema na hora da abertutura da pupança. Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Para a abertura de poupança, geralmente os bancos não impedem, mesmo com o nome sujo, uma vez que não terá cheque nem cartão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2008 - 11:26
    Enviado por: Fábio

    Olá!
    Meu nome esta sujo a 4 anos por causa de duas financeiras não sei o que faço mais, pois já tentei quase tudo para limpar e não saiu dos sistemas o que devo fazer nesta ocasião nunca tive Chek ou cartão de crédito antes, foi só financiamento mesmo que foi realizado em 2004?

    Advogado de Defesa:

    Você tem de pagar a dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2008 - 13:33
    Enviado por: JURANDY XAVIER DA SILVA

    estou devendo na Faculdade que me formei e eles se recusam a entregar meu diploma. Dizem que tenho de negociar a dividar para poder emitirem o diploma. O problema é que eu não tenho condições de negociar de acordo com a proposta deles. O que devo fazer para adquirir meu diploma??

    Advogado de Defesa:

    Eles não podem reter documentos em razão da inadimplência. Você pode denunciá-los no MEC

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2008 - 16:25
    Enviado por: Jader Oliveira

    Gostaria de aber se uma escola de curso pode incluir o nome no spc de alunos que desistam?

    Advogado de Defesa:

    Podem sim. Caso não queira mais freqüentar o curso, deve pedir o cancelamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2008 - 19:53
    Enviado por: luiz felipe avelino

    bom, eu tenho uma duvida? alguma prestadora de serviços pode colocar seu nome no spc seraza? por exemplo telemar… tipo eu tinha a linha mais nunca assinei nada por ella ? ha alguma pocibilidade? disso?

    Advogado de Defesa:

    se você não tem mais a linha e não tem débito, não podem

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 05:25
    Enviado por: jeffeney duarte

    eu e minha namorada moramos juntos ela tem nome limpo e eu naum sera qui eu posso abrir uma conta conjunta com ela, pois ela ja tem conta corrente?

    Advogado de Defesa:

    Uma vez que você tem o nome sujo, provavelmente os bancos não aceitaram a conta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 13:37
    Enviado por: vanderson souza

    Olá boa tarde, gostaria que me desse informação, estou com problema de nome sujo,pelo real e uma empresa comprou a divida,já se passou 06 anos e meu nome continua sujo,o que devo fazer ,esta empresa pode cobrar esta divida assim

    Advogado de Defesa:

    A cobrança pode ser feita sim, mas o nome tem de sair da Serasa. Você pode pedir uma liminar no Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 20:48
    Enviado por: Antonio Carlos

    Tive um problema com um banco em 2004,e fiz o pagamento da divida atraves de um acordo,como represalia o mesmo hoje não me fornece beneficio algum tais como talão de cheques etc,mesmo eu recebendo o meu pgto através dele.Gostaria de saber se ele tambem pode me negar um emprestimo consignado sendo a minha firma cadastrada.Atualmente não possuo nenhuma restrição de crédito.

    Advogado de Defesa:

    Se você não tem, restrição de crédito e eles negarem, pode entrar com processo na Justiça contra eles

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2008 - 18:14
    Enviado por: andre

    Gostaria de saber o seguinte, comprei um carro financiado e entrei com uma ação pedindo a revisão do contrato, a mesma já vem rolando a 06 meses mas até o momento o juiz não deu a sentença ainda. Agora o banco incluiu meu nome no SPC gostaria de saber se tenho como retirar meu nome do SPC e se isso me dá direito a alguma coisa na justiça tipo uma indenização,. visto que os pagamentos do financiamento não estão sendo feitos em virtudes da ação.

    Advogado de Defesa:

    Precisa ver se na ação havia alguma menção de que os pagamentos seriam suspensos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2008 - 21:01
    Enviado por: Thais Saraiva

    Olá,
    eu gostaria de uma informação, eu há 3 anos tive um cheque protestado, paguei á loja e paguei as taxas no banco tudo normal…mas mesmo assim, não retiraram meu nome do serasa, eu procurei a loja que disse que quem retira é o banco, então procurei o banco que diz que não sabe o que aconteceu, e que não costa para eles nenhuma dívida em meu nome… porém no serasa está constando um tal de check expre que o banco não sabe o que é… essa tal pendencia é do mesmo valor e do mesmo ano que do cheque… mas dizem que não é esse…. Eu já não sei mas o que fazer a respeito disto, ninguém se responsabiliza pelo meu nome no SERASA… já pensei até em procurar uma dessas empresas que limpão o nome… (sabe?!) mas tenho medo de ser enganada…

    Queria saber se existe alguém nesse mundo que possa me ajudar a limpar o meu nome… pois já faz três anos que esotu com ele sujo mesmo tendo pago todas as dividas…

    Desde já agradeço pela atenção…

    Thaís Saraiva

    Advogado de Defesa:

    Mande sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais, do banco e da loja. Vamos checar isso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/04/2008 - 21:30
    Enviado por: evelin

    obrigada pela resposta e atenção
    mas que tipo de provas? para comprovar que se emprestou o nome para abertura de firma para outra pessoa?
    testemunhal, documental?
    pode ser atraves de documento assinado pelo verdadeiro dono? em cartório, ou pode ser particular?
    mais uma vez obrigada

    Advogado de Defesa:

    São provas difíceis. É melhor você procurar um advogado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2008 - 23:19
    Enviado por: Marcia Gomes da Silva

    Boa noite,

    Tenho uma divida com a escola microcamp desde do ano de 2006, na época tentei cancelar o curso, mas não consegui, agora eles estão me cobrando um valor de 3900,00 e incluir meu nome no spc. fiz todos os processos para cancelar o curso, fui na escola falei com a moça que me vendeu o curso, mas ninguem conseguio resolver. Gostaria de saber como posso resolver esse problema, pois tentei de todas as formas, só cheguei a fazer 2 aulas e paguei o primeiro cheque que eles pediram?

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2008 - 17:57
    Enviado por: gabriela

    Olá gostaria de uma informação. Na verdade quanto tempo o nome demora para sair do spc,serasa e protesto? Após sair quais aschances que tenho de financiar casa, automovel etc? E quem tem nome sujo consegue financiamento estudantil?

    Advogado de Defesa:

    Depois de 5 anos o nome fica limpo. Com o nome sujo, dificilmente se consegue algum tipo de financiamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2008 - 21:44
    Enviado por: Onônimo

    Ok agradeço muito pela resposta anterior.
    Peço a gentileza de informarem a seguinte dúvida.
    Quais são os bens que podem ser penhorados?
    Só possuo uma única casa, a mesma pode ser penhorada?

    Advogado de Defesa:

    Depende do tipo de dívida: pode ser casa, carro, eletroeletrônicos, computador, etc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 16:35
    Enviado por: Alexandre Duarte Coqueiro

    Olá,
    O que eu posso fazer se o meu ex-patrão me difamou pro meu atual empregador na qual resultou na rescisão do meu contrato empregatício? OBS: tenho uma carta de recomendação expedida pelo mesmo (ex-patrão).
    Acredido que ele me persegue me “queimando” pra qualquer possibilidade de emprego.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 18:18
    Enviado por: Jader Oliveira

    Complementando a minha pergunta anterior, a escola onde eu fazia o curso, mudou de professor 3 vezes em menos de 2 meses sendo assim ñ dava continuidade no andamento sendo que o ultimo professor ñ era qualificado para dar aulas, tentei cancelar e a escola ñ cancela. tem possibilidade me ressarsirem desse valor que paguei? sendo que agora eles me mandaram uma carta dizendo que irão colocar meu nome no serasa.
    O que posso estar fazendo?

    Advogado de Defesa:

    Entre com processo no Procon ou no Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 19:30
    Enviado por: robson santos farias

    solicito a micro filmagem de cheque de robson santos farias do estado de são paulo

    Advogado de Defesa:

    Você deve pedir ao banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 21:29
    Enviado por: paulo gomes de souza neto

    trabalhei numa empresa por 2 anos e meio,fui despedido e fomos para o sindicato.la o patrão me pagou com um cheque e o mesmo foi sustado.
    liguei várias vezes e não obtive exito.procurei um advogado,marcaram a audiencia e o patrão não compareceu,ainda estão me cobrando 400 e poucos reais dizendo que eu perdi a causa e meu tempo trabalhado como vou receber.
    engraçado é que ele não comparece nas audiencia e eu ainda tenho que pagar ao inves de receber oque é meu direito

    Advogado de Defesa:

    Só damos informações sobre relações de consumo. Problemas trabalhistas é outra área

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 23:03
    Enviado por: Paula Camilo

    curso uma pós graduação e no momento estou com uma mensalidade atrasada e por isso fui impedida de fazer uma prova que serve como pré requisito para eu cursar uma outra matéria.
    nesse curso você tem que cursar uma matéria por vez e, só “passa” para a próxima se tiver concluído a anterior…
    estou indignada…me sentindo como se eu fosse uma devedora medíocre…
    se eu estivesse devendo o curso todo, tudo bem…mas, não é o caso.
    gostaria de saber se tenho algum amparo legal,
    que me garantisse a realização da avaliação assim mesmo…
    obrigada
    paula

    Advogado de Defesa:

    Enquanto estiver matriculada, a escola não pode proibir de fazer provas. Somente não aceitar nova matrícula enquanto não for quitada a dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 15:13
    Enviado por: Cristina

    Olá
    Sou fiadora no fies,,,quero saber se quitando a divida, se posso pedi para tirar meu nome como fiadora??? Pois a pessoa deixou de pagar as prestações,. que por vez está prejudicando a mim, por ter meu nome incluso no SPC/Serasa.

    Advogado de Defesa:

    Pode sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 23:30
    Enviado por: Nelson Guimarães

    FIZ ACORDO DE PAGAMENTO DE DIVIDA DO CREDICARD, PAGUEI TODAS AS PARCELAS CONFORME BOLETOS RECEBIDOS, ESTRANHAMENTE FUI INCLUIDO NO SERASA. ENTRO EM CONTATO COM A EMPRESA TERCERIZADA A QUEM PAGUEI E ELA DIZ QUE NÃO É MAIS COM ELA. COMO POSSO RESOLVER O PROBLEMA. A CREDICARD QUER COBRAR TUDO NOVAMENTE SEM CONSIDERAR O QUE JÁ PAGUEI.

    Advogado de Defesa:

    Você deve ter os comprovantes de pagamento. Mostre ao Credicard e peça para que retirem o seu nome da Serasa. Ou procure o Juizado Especial Cível e entre com uma ação contra a administradora do cartão exigindo a retirada de seu nome da Serasa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2008 - 09:46
    Enviado por: Thiago Castro

    Tenho um débito com uma faculdade. Eles já me negativaram. Gostaria de saber se eles podem negativar a mim e meu fiador ao mesmo tempo? Obrigado!!

    Advogado de Defesa:

    Podem. O fiador é tão responsável pela dívida quanto você

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2008 - 13:28
    Enviado por: Marcos

    Tenho uma empresa que está com um débto no serasa, porém o banco além de negativar o CNPJ da empresa negativou também os sócios. Isto é correto? Posso solicitar a exclusão da negativação dos sócios? Me parece que o débto refere-se a descontos de antecipação de cheques, os clientes não pagaram os cheques.

    Advogado de Defesa:

    Sim, é correto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2008 - 23:37
    Enviado por: vanessa

    olá .gostaria de aber uma coisa urgente ,estou com várias restriçoes em me nome e atualmente trabalhoem um banco estou com medo de ser demitida devido a estas pendencias.por favor me ajude.grata.eles podem me demitir por isso.

    Advogado de Defesa:

    Banco é a única institução que pode, por lei, não contratar pessoas com nome nos cadastros de restrições ao crédito. É recomendável que você procure os credores e feche acordo para pagamento das dívidas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 09:36
    Enviado por: Francieli Martins

    Bom dia … Possuo débitos em uma agencia do Banco do Brasil num municipio agora mudei de cidade e a empresa onde estou trabalhando exige conta no BB para receber o salario no momento não posso negociar a divida porque ja tinha negociado assinado contrato e tudo mais e ouve um erro do banco e a negociação foi estornada… existe alguma lei que me ampare e obrigue o banco a abrir uma conta salario?

    Advogado de Defesa:

    Você pode, sim, pedir para abrir conta salário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 10:13
    Enviado por: walnei santos

    Tenho quatros cheques com emissão em agosto de 1998. Dois foram protestados e por causa deles fiquei negativado por 05 anos. Agora em 03/04/2008, protestaram outro deles. Pelo meu entendimento, protestado sim, ele pode ser, mas negativado no serasa não pode pois já faz quase 10 anos da emissão do mesmo. O que posso fazer?

    Advogado de Defesa:

    Entrar com processo contra quem colocou na Serasa. Você pode recorrer ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 11:56
    Enviado por: NICACIO TATAGIBA

    sou servidor da prefeitura do rio de janeiro e estou totalmente insatisfeito com o banco santander q efetua o pagamento dos servidores, pois o msmo cobra muitas tarifas, e recentemente sacaram da minha conta(o banco) 142,70 , assim do nada alegando ser prestação de dividas, e q para mi trata se de muito dinheiro, pois recebo apenas 460,00 e tenho familia gostaria de saber se posso passar a receber em outro banco e pedir o ressarcimento desse dinheiro??

    Advogado de Defesa:

    O banco não pode invadir sua conta. Você deve recorrer ao Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 23:19
    Enviado por: Onônimo

    Minhas dívidas são relacionadas a empréstimos em bancos, cartões de crédito e financeiras das quais não consegui pagar, no caso de uma ação judicial de cobrança da dívida, minha casa que é meu único bem pode ser tomado?

    Advogado de Defesa:

    Não pode

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2008 - 13:53
    Enviado por: MARIA DIRCE DA SILVA DOS SANTOS

    GOSTRIA DE SABER SOBRE ALUGUEL..
    ESTOU SEPARADA DESDE MARÇO DE 2007, MEU EX MARIDO FICOU MORANDO SEM PAGAR O ALUGUEL, ELE SAIO EM MARÇO DE 2008 E FICO DEVENDO OS ALUGUEIS.A OFICIAL DE JUSTIÇA VEIO ONDE EU ESTOU PARA QUE EU ASSINE UM PAPEL COMPROMETENDO-ME A ASSUMIR A DIVIDA.EU SOU OBRIGADA A FAZER ISSO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/04/2008 - 11:16
    Enviado por: José Carlos

    Olá bom dia,
    gostaria de saber se tem alguma lei que me ampare, pois passei num concurso público que requer nível superior e no momento não conclui ainda. Existe a possibildade para que eu entre com recurso e minha vaga seja assegurada?

    José Carlos, Natal/RN.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 00:50
    Enviado por: Rodrigo

    TEnho uma dúvida, estou com nome sujo e surgiu uma oportunidade de cursos nos EUA…qual a situação do meu nome lá, pois aqui com nome sujo tem restrições para aluguéis, novas linhas de crédito…meu nome lá estará sujo tbm? E para conseguir passaporte e visto existe algum impedimento?
    Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Não há restrição para passaporte ou visto e o seu nome não está sujo lá, é só aqui

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 10:56
    Enviado por: luis claudio

    descobri que ao apresentar documentação para contratação em uma empresa, para minha surpresa, constava que estava negativado no SPC/SERASA. As dividads se referiam a uma compra de um aprelho celular (pela operadorara TIM) e uma máquina fotográfica tecnomania (Banco do Brasil). O que posso fazer? entra com uma ação contra a TIm e o Banco do Brasil?

    Advogado de Defesa:

    Se as dívidas não são suas, sim, você pode entrar com ação contra as duas empresas e pedir, até, indenização por dano moral

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 19:23
    Enviado por: KEITY LOPES

    Caro Advogado de Defesa,
    em alguns editais de concursos públicos há a seguinte previsão: “não estar cumprindo sansão por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público…” O que é sansão por inidoneidade?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 19:29
    Enviado por: CARLOS

    Dr. possuir dívida ativa impede investidura em cargo público? dívida com financeira advindas por meio de empréstimo consignado corresponde a dívida ativa?

    Advogado de Defesa:

    Dívida ativa é com órgãos públicos; Com financeira, não se chama dívida ativa. Quanto a entrar em cargo público, precisa ver se no edital de convocação para o concurso há menção de que o aprovado não será aceito por ter o nome sujo. Se tiver essa informação, pode-se recorrer à Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 15:07
    Enviado por: luis eduardo de oliveira

    boa tarde presciso dessa resposta agora
    eu ia começar a fazer um curso na microcamp,cheguei até pagar umas duas parcelas,só que não fui em nem um dia de aula,e meu nome consta até hoje por não ter pago,a escola quer que eu pague algo que eu nem conpareci,sendo que assinei um documento.
    grato aguardo a resposta

    Advogado de Defesa:

    Você assinou documento de cancelamento ou de contrato? Sempre que for desistir de um curso, deve comunicar isso por escrito. Normalmente, as escolas chegam a cobrar multa recisória de até 25% do valor do curso. Se você assinou o pedido de cancelamento, pode levar o caso ao Procon ou ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 12:17
    Enviado por: gabrielle

    Boa tarde
    A pouco tempo perdi uma causa trabalhista, porem nao tenho condições de pagar no momento. O que acontece se eu não pagar? A dívida dura p/ sempre?

    Advogado de Defesa:

    Nosso trabalho é voltado para relações de consumo. Assuntos trabalhistas você deve procurar especialistas na área

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 21:13
    Enviado por: bianca

    Olá,
    A algum tempo foram devolvidos exatamente 5 cheques, consegui resgatar 4 e a loja não me entrega o cheque pois alegam ter perdido. Conversei com meu banco e eles disseram que uma carta a próprio punho mediante meu pagamento em aberto, seria uma saída para que eu pudesse regularizar meu nome que se encontra no SPC. A loja se nega a fazer uma carta, mesmo sabendo do meu pagamento. Como devo proseguir em relação a isso?
    Grata

    Advogado de Defesa:

    Você pode procurar o Juizado Especial Cível e abrir processo contra a empresa, pedindo até dano moral, e, ainda, solicitar liminar do juiz para retirar seu nome dos cadastros de inadimplência

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/05/2008 - 20:13
    Enviado por: wallace silva santos

    o banco itau colocou meu nome no spc por engano, como devo proceder, pois passei por constrangimento durante uma analise de credito.

    Advogado de Defesa:

    Pode entrar com ação de dano moral no Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 01:57
    Enviado por: Aline Dias

    fiz duas compras em uma loja na qual atrasei parcelas que foram pagas 1 mes depois. assim, meu nome foi incluido no serasa.

    um ano apos tive um problema de atraso de parcela de um curso. A carta de inclusão do meu nome era do dia 22 e eu havia feito pagamento no dia 23…

    é possivel retirar o meu nome do serasa depois de tanto tempo mesmo com a divida quitada naquela mesma época?
    como devo proceder neste ultimo caso???

    outra questão:
    os anos de negativação do nome podem ser comulativos?

    obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 14:27
    Enviado por: Carlos Eduardo

    Estou com meu nome sujo, gostaria de saber se posso abrir uma conta poupança em algum banco ?

    O que acontece é o seguinte, estou trabalhando como PJ (Pessoa Juridica) e para que eu receber meu salario, preciso ter uma conta aberta em nome da minha empresa, o deposito do meu salario, só sera efetuado em uma conta vinculada ao CNPJ, porém estou tendo problemas para efetuar a abertura, pq estou com nome sujo na praça. Não tive nenhum problema para abertura da empresa, mas com a conta estou.

    PRECISO RECEBER!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 16:28
    Enviado por: lucimara camargo

    Queria saber qual o numero do artigo e paragrafo da CLT que diz que nao pode demitir ou deixar de dar emprego para uma pessoa que está com o nome inadimplente? E se posso por isso como uma observaçao no meu curriculo? Agradeço se atendida, obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 20:41
    Enviado por: Marcos

    Boa Noite,
    Tenho uma dúvida: Sou fiador (entrei no contrato por ocasião da morte de um dos fiadores, me copmprometendo apenas em um contrato) de ex-estudante de Credito Educativo (APLUB), já formado. Meu nome foi levado ao SPC e fui ameçado de penhora de um bem imovel de veraneio, por conta disso fiz um acordo onde passei a pagar a “conta” deste estudante. Gostartia de saber se posso acionar o companheiro deste estudante, visto que o mesmo não possui bens nem emprego fixo, enquanto o companheiro possui emprego e talvez bens em seu nome. Como posso me ressarcir depois de pago esta dívida??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2008 - 00:47
    Enviado por: Marlene A Sampaio

    Tenho uma dívida com o Cartão de crédito American Express e já tentei, em vão, diversas formas de negociação.
    O que devo fazer para resolver este problema , se eles não aceitam as minhas propostas de pagamento?
    Desde já, agradeço, muito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2008 - 09:28
    Enviado por: Lesli

    Olá
    Tenho dividas que estão negativadas no SPC,tenho uma poupança em que sou a titular e meu companheiro o co titular,ele vendeu um bem e precisa colocar na poupança mas tenho medo que os credores possam bloquear a conta.Sou negativada desde março de 2007,existe perigo em depositar o valor nesta popança conjunta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 17:47
    Enviado por: Cris Alves

    Boa tarde fiz uma compra parceladas nas lojas Riachuelo e após a 4ª prestração pararam de me enviar as faturas, e passaram a ligar para minha casa ameaçando me negativar informei que os mesmos não estavam me enviando as faturas a atendente me infomou que as faturas estavam sendo enviadas para o endereço da minha mãe ao invés do meu, nem sei como descubriram o endereço da minha mãe já que no cadastro coloquei o da minha residência. Depois que informaram que até poderiam reenviar para o meu endereço porém teria que pagar os juros e as parcelas restantes de uma só vez. Passaram se dois meses de várias queixas e agora fui ver o resultado de uma avaliação para crédito imobiliário na cef e descobriu que a loja Riachuelo me negativou. Tem chances se ingressar com uma ação no JEC ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 20:15
    Enviado por: katia ferreira

    boa noite ilustre .dr
    qria saber sobre esse processo em andamento
    me chamo katia ferreira sou fonoaudiologa
    **** FASES DO PROCESSO ****
    Seq Data Horário Descrição da Fase
    10- 08/04/2008 09:05:22 CITAÇÃO E/OU INTIMAÇÃO – CUMPRIDO EM: 08/04/2008
    9 -03/04/2008 18:32:20 EXPEDIÇÃO MANDADO CITAÇÃO E INTIMAÇÃO INSS – SEM AUDIÊNCIA
    8 -02/10/2007 13:49:32 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO

    eu keria saber o ki signifika essa fase 9 e 1o ai… si agora demora pra obter resultadoo…

    beijihus ninda vê ai o ki vc podi faze, eu so keria esa informação pra ver si podi sair rapido a causa entende…beijihus i depois eu ty do uma gorjetyha boa dhasdhasduias
    7 02/10/2007 10:23:09 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO

    obrigada doutor pela generosidade

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 20:20
    Enviado por: katia ferreira

    Apaixonado: Advogado…….: SP999999-SEM ADVOGADO
    Classe………: 1 – PROCEDIMENTO COMUM DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL
    Assunto……..: 040103 – APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO (ART.52/6) E/OU TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO – BENEF EM ESPÉCIE/ CONCESSÃO/ CONVERSÃO/ RESTAB/ COMPL
    Complem.Assunto: 013 – CONV DE T DE SERV ESPECIAL EM TEMPO DE SERV COMUM
    Tutela Antec…: Sim MPF: Não DPU: Não
    Observações….:
    Situação…….: 0 – NORMAL
    Tipo Distrib…: DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA
    Distribuído em.: 21/03/2007 04:26:40 PM por LCPINHEI
    Dt.Citação Réu.: 08/04/2008
    Pedido………: CONCESSÃO DE APOSENTADORI POR TEMPO DE CONTIRBUIÇÃO, COM CONVERSÃO DO TEMPO ESPECIAL EM COMUM
    Provas………: DOCS. EM ANEXO
    Fatos/Fundam…: CONFORME PEDIDO INICIAL DO ADVOGADO recusar aceitar
    Apaixonado: **** FASES DO PROCESSO ****
    Seq Data Horário Descrição da Fase
    10 08/04/2008 09:05:22 CITAÇÃO E/OU INTIMAÇÃO – CUMPRIDO EM: 08/04/2008
    9 03/04/2008 18:32:20 EXPEDIÇÃO MANDADO CITAÇÃO E INTIMAÇÃO INSS – SEM AUDIÊNCIA
    8 02/10/2007 13:49:32 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO
    7 02/10/2007 10:23:09 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO
    6 24/09/2007 12:45:47 DECISÃO EM 1ª INSTÂNCIA (LIMINAR INDEFERIDA) – EM 24/09/2007
    5 30/05/2007 10:05:40 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO
    4 23/05/2007 18:03:18 VISTOS EM INSPEÇÃO ORDINÁRIA
    3 23/05/2007 17:33:42 DECISÃO EM 1ª INSTÂNCIA – EM 23/05/2007
    2 22/05/2007 16:17:30 REGISTRO RETIFICADA A AUTUAÇÃO DA CLASSE/ASSUNTO
    1 21/03/2007 16:26:40 DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA recusar aceitar
    Apaixonado: **** FASES DO PROCESSO ****
    Seq Data Horário Descrição da Fase
    10 08/04/2008 09:05:22 CITAÇÃO E/OU INTIMAÇÃO – CUMPRIDO EM: 08/04/2008
    9 03/04/2008 18:32:20 EXPEDIÇÃO MANDADO CITAÇÃO E INTIMAÇÃO INSS – SEM AUDIÊNCIA
    8 02/10/2007 13:49:32 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO
    7 02/10/2007 10:23:09 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO
    6 24/09/2007 12:45:47 DECISÃO EM 1ª INSTÂNCIA (LIMINAR INDEFERIDA) – EM 24/09/2007
    5 30/05/2007 10:05:40 EXPEDIÇÃO CERTIDÃO GENÉRICO
    4 23/05/2007 18:03:18 VISTOS EM INSPEÇÃO ORDINÁRIA
    3 23/05/2007 17:33:42 DECISÃO EM 1ª INSTÂNCIA – EM 23/05/2007
    2 22/05/2007 16:17:30 REGISTRO RETIFICADA A AUTUAÇÃO DA CLASSE/ASSUNTO
    1 21/03/2007 16:26:40 DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA recusar aceitar
    Apaixonado: JEF – MOGI DAS CRUZES

    Data Consulta..: 05/05/2008 20:19:46

    PROT. URGENTE PETIÇÃO INICIAL PREV COM TUTELA/LIMINAR/CAUTELAR EM 2/03/2007 04:26:00 PM
    Processo…….: 0 Dt.Protoc.: 02/03/2007
    Localização….: PROCESSAMENTO

    AUTOR……….: ADMIR FERNANDES QUIRINO
    Advogado…….: SP073793-MARIA APARECIDA DE QUEIROZ
    RÉU…………: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL – I.N.S.S. (PREVID)
    Advogado…….: SP999999-SEM ADVOGADO
    Classe………: 1 – PROCEDIMENTO COMUM DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL
    Assunto……..: 040103 – APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO (ART.52/6) E/OU TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO – BENEF EM ESPÉCIE/ CONCESSÃO/ CONVERSÃO/ RESTAB/ COMPL
    Complem.Assunto: 013 – CONV DE T DE SERV ESPECIAL EM TEMPO DE SERV COMUM
    Tutela Antec…: Sim MPF: Não DPU: Não
    Observações….:
    Situação…….: 0 – NORMAL
    Tipo Distrib…: DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA
    Distribuído em.: 21/03/2007 04:26:40 PM por LCPINHEI
    Dt.Citação Réu.: 08/04/2008

    da pro senhor me explicar por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2008 - 17:47
    Enviado por: Carlos José

    Caro advogado,
    Quando eu era militar contraí dois empréstimos consignados com descontos em folha de pagamento, sai do serviço ativo em 2006 a financeira enviou para minha casa boletos bancários, porém hoje estou desempregado e não posso continuar pagando os empréstimos. Uma das financeiras negativou o meu nome junto ao SPC/SERASA. A financeira agiu corretamente negativando meu nome, uma vez que o contrato de empréstimo era para descontar as parcelas em folha de pagamento? Eu posso entrar com recurso solicitando a retirada do meu nome desses órgãos?
    Agradeço a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2008 - 18:28
    Enviado por: felipe

    minha vo esta com uns problemas no nome mais eu gostaria de saber se tem uma idade maxima para entrar no SPC ou serasa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 00:10
    Enviado por: Maurílio

    Caro advogado!!!
    Tenho uma dívida oriunda do não encerramento de conta corrente. Quando deixei de movimentar a conta (2003) não tinha realizado nenhum emprestimo ou algo parecido, entretanto possuía um limite de R$ 100,00 e sobre o qual o banco começou a cobrar as tarifas de manutenção da conta. Hoje, devo aproximadamente R$ 900,00, meu nome está no serasa e uma empresa de cobrança (datacred, ou algo parecido) vive me incomodando para que pague esta dívida. Minhas dúvidas são as seguintes: tenho obrigação de pagar a dívida? É confiável negociar com este tipo de empresa de crédito? A minha dívida continua sendo com o banco ou com tal empresa? Caso me recuse a pagar a dívida o que de pior pode acontecer com a minha pessoa?
    Agradeceria muito se pudesse me ajudar.
    Obrigado!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 02:06
    Enviado por: RODRIGO CORREIA LEME

    Dr. Fiz uma compra de um Nootbook nas lojas pernabucanas em 12 x de 166,00
    paguei janeiro fevereiro março 2008.
    faltam 9 prestaçoes só que fui mandado embora do emprego, e por causa de uma lei que naum sei como funciona naum terei meu seguro desemprego que me ajudaria por mais 4 meses….
    fugindo um pouko da sua area se o sr. puder me ajudar nisso tbm fico grato, trabalhei 2 vezes na mesma empresa,sai e recebi o seguro ai voltei depois de seis meses lá, ai fiquei 8 meses…. teria que receber certo…… mas dizem que tem que ter um periodo de 16 meses pra receber um novo seguro desemprego eu sai completado 14 meses contando com a ultima demissao…. nao ha como eu receber???? obrigadooo

    SObre o nootbook naum teria como a loja dar um desconto por conta de eu ter perdido o emprego ou pagar algumas parcelas???? desde já agradeçooo

    aguardo respostaa se possivel boa noite

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/05/2008 - 20:45
    Enviado por: wadson fernandes

    Oi, olha eu mim matriculei no curso de web design na microcamp de recife no contrato tinha dizendo se eu quiser desistir do curso terei que pagar uma multa de 15% do total do curso, mas no contrato eles colocaram o dia quando ia começar que é 05/05/08 mas ate agora não começou o curso. Ai minha pergunta é eu sou obrigado a pagar essa multa que tem no contrato porque eles quebraram o contrato porque ate agora teve as aulas não começaram ainda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2008 - 10:29
    Enviado por: Anderson Bonifacio

    Bom dia
    Alguem com restrição pode tomar posse em cargo público, em alguns concursos no edital não informa que a pessoa não possa ter restrição financeira, ja me consultei com um advogado e segundo ele teria que obedecer o edital, se não esta no edital então eu não teria problema para tomar a posse, mas esses dias atrás vi na televissão uma reportagem que segundo eles pessoas com restrição financeira não pode tomar posse em cargos publicos, se eu vier a ter problemas na tomada de posse do cargo como posso me defender? Fiquei com restrição financeira por ter ficado desempregado, então não conseguir honra minhas divídas que sempre foram em dia.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 13:52
    Enviado por: Amanda Santos

    BOA TARDE.
    ABRI UMA EMPRESA COMO SOCIEDADE LTDA, MAS FUI SURPREENDIDA QUANDO FOMOS ABRIR A CONTA BANCÁRIA DA EMPRESA POIS DESCOBRI QUE APENAS A MINHA SÓCIA ASSINARIA E TERIA ACESSO A CONTA POR CAUSA DO CONTRATO SOCIAL, QUE SÓ CONSTA ELA COMO RESPONSÁVEL.
    E EM CONVERSA COM A CONTADORA ELA ALEGOU QUE POR EU ESTAR COM RESTRINÇÃO NO SPC/SERASA SERIA MELHOR EU NÃO TER ACESSO NEM ASSINAR NADA REFERENTE A EMPRESA POIS PODERIA PREJUDICAR. QUANDO EU INDAGUEI DA ADMINISTRAÇÃO CONJUNTA E/OU SEPARADA ELA INFORMOU QUE NÃO SERÍA VIÁVEL PARA NOSSA EMPRESA. E COMO NÃO TENHO NOÇÃO SE O QUE ELA ESTÁ ALEGANDO É O CORRETO. AGRADEÇO DESDE JÁ PELA ATENÇÃO DISPENSADA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 13:52
    Enviado por: Amanda Santos

    BOA TARDE.
    ABRI UMA EMPRESA COMO SOCIEDADE LTDA, MAS FUI SURPREENDIDA QUANDO FOMOS ABRIR A CONTA BANCÁRIA DA EMPRESA POIS DESCOBRI QUE APENAS A MINHA SÓCIA ASSINARIA E TERIA ACESSO A CONTA POR CAUSA DO CONTRATO SOCIAL, QUE SÓ CONSTA ELA COMO RESPONSÁVEL.
    E EM CONVERSA COM A CONTADORA ELA ALEGOU QUE POR EU ESTAR COM RESTRINÇÃO NO SPC/SERASA SERIA MELHOR EU NÃO TER ACESSO NEM ASSINAR NADA REFERENTE A EMPRESA POIS PODERIA PREJUDICAR. QUANDO EU INDAGUEI DA ADMINISTRAÇÃO CONJUNTA E/OU SEPARADA ELA INFORMOU QUE NÃO SERÍA VIÁVEL PARA NOSSA EMPRESA. E COMO NÃO TENHO NOÇÃO SE O QUE ELA ESTÁ ALEGANDO É O CORRETO. AGRADEÇO DESDE JÁ PELA ATENÇÃO DISPENSADA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 14:16
    Enviado por: Eliza

    GOSTARIA DE SABER SE PARA ALUGAR UM APTO É NECESSARIO TER NOME LIMPO,SENDO QUE O FIADORES TEM O NOME LEGAL

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 20:45
    Enviado por: Daniel Santiago

    Gostaria de saber com relação a financiamentos de veiculos. Sinto na pele o abuso dos juros, haja vista que comrpei um carro que a vista custava 18 mil reais e no final do meu financiamento de 48 parcelas vai dar aproximadamente 30 mil reais. Fiquei sabendo que posso entrar com uma ação na justiça para revisar o valor das parcelas. No entanto gostaria de ter a noção de:
    1º) Durante o processo devo continuar efetuando o pagamento das parcelas?
    2º) Caso não tenha que pagar as parcelas, como sera o procedimento para voltar a paga-las após a vitoria na justiça.
    3º) quanto tempo leva pra eu dar entrada na ação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2008 - 08:51
    Enviado por: Marina Simões

    Meu filho tinha um empréstimo com o Banco BMG e o desconto era feito diretamente no contra-cheque mas, essa pensão terminou, pois era temporária. O valor real do empréstimo já tinha sido totalmente pago mas, restavam ainda os juros cobrados quando da obtenção do referido empréstimo. Após uns meses de cessação do pagamento da pensão recebemos uma carta do BMG de cobrança desse valor restante. Já com avisos de inclusão do nome dele no SPC e SERASA. Negociei junto aos advogados um parcelamento desse débito já que ele não tem mais rendimento para pagá-lo. Mas continuo recebendo cartas de que o nome dele está sendo enviado para ara o SPC. Pergunto: Eles tem o direito de negativar o nome dele? já que ele não recebe mais a pensão na qual era feito o desconto? Liguei para o BMG e disseram que eles não têm como sber se foi feita a negociação e por isso enviam os avisos de que o nome dele será negativado. Isto está correto?
    Obrigado,
    Marina

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 16:36
    Enviado por: thiago da silva

    gostaria de saber se com o nome sujo pederei realizar algum concurso publico.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 17:04
    Enviado por: cesar

    Olá gostaria de saber o seguinte tive uma divida com o banco itau ja se passaram 7 anos ..meu nome ta limpo,agora quero fazer um financiamento de um carro sera q posso ter meu financiamento reprovado por causa dessa divida que deixei de pagar no itau mesmo que esse financiamento seja por outro banco ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 20:09
    Enviado por: Paulo

    SPC OU SERASA IMPOSSIBILITA A MATRÍCULA NO
    CTSP???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 20:13
    Enviado por: Paulo

    SPC OU SERASA IMPOSSIBILITA A MATRÍCULA NO
    CTSP?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 14:47
    Enviado por: silvia

    Boa tarde

    Tenho uma conta corrente ( pago taxa de conta) aonde recebo o beneficio do meu marido ( sou pensionista) queria abrir uma conta salário me livrar das taxas , porém sem transferir o débito que tenho de empréstimo para esta nova conta , eu posso fazer isso??? como li acima os bancos não podem se apoderar de dinheiro de ninguém , mas já o fizeram em minha conta corrente se acharam no direito de liberar um limite que não pedi e de fazer pagamentos que não autorizei , e quanto ao meu empréstimo na conta antiga , o valor para quitá-lo fica em dez mil , se eu continuar pagando-o todo mês ficará em 24 mil , queria parcelar e não ter que debitar direto da minha conta corrente, preciso de uma resposta o quanto antes

    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 21:00
    Enviado por: Luciana Oliveira

    Caro Advogado,
    Tenho uma conta conjunta com a minha mãe, porém ela passou alguns cheques que voltaram. Já foi constatado que a inadimplência é no cpf dela. Se eu desvincular meu nome da conta, posso considerá-lo limpo?

    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2008 - 21:44
    Enviado por: Leandro

    vendi uma moto financiada no meu nome com o comproimisso da pessoa que comprou de transferir a divida ou quitar os debitos, gostaria de saber oque fazer pois não pagam as prestações e ja vai vencer a terceira….
    com isso perdi todo o meu credito….

    me ajudem por favor….

    cerevick@yahoo.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/05/2008 - 23:56
    Enviado por: mauricio cardoso

    Ola, abri uma conta corrente para deposito de salario no Unibanco. Estou com o nome no SPC/SERASA. Consegui abrir a conta, mas o gerente me disse que apos 60 dias, se não regularizar alguma das pendencias que tenho, a conta será bloqueada, até que eu consiga baixar alguma das pendencias, não podendo sacar meu salario. O banco pode fazer isso??? Como faco para me defender se isso ocorrer????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2008 - 14:19
    Enviado por: Fernando

    Tenho uma dívida de tarifas bancárias no banco real há alguns meses, o gerente disse que isso não vai para o SERASA e nem aumenta o valor é só eu ir fazendo depósito na conta corrente que vai diminuindo. A minha dúvida é se eu posso fazer um financiamento de uma casa pela Caixa Econômica e se a Caixa Econômica tem acesso a esse meu débito no Banco Real.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2008 - 19:39
    Enviado por: luiz leopoldo ribeiro

    ola Dr tenho uma divida com o bradesco a 10 anos meu nome ja pode sair da lista negra ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2008 - 22:25
    Enviado por: Fabia

    OLá! SOu lojista e fiz 3 compras seguidas pela net em uma loja! Após cada compra eles deram os dados pra q eu efetuasse o depósito pois só após a confirmação eles liberariam os produtos. Depositei tudo direitinho, eles confirmaram e me enviaram a mercadoria. Até aí tudo bem! Mas agora estão me dizendo q meus depósitos não foram encontrados e querem q eu pague novamente sendo q eu já paguei; tanto q eles liberaram os produtos. E os comprovantes de depósito não tenho mais pois assim q finalizou a compra e recebi a mercadoria me desfiz deles pois não tinha mais necessidade e guardá-los.Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 15:00
    Enviado por: ALBERTO

    Ola boa tarde, bem tenho algumas dividas, fiz um empréstimo na caixa em curitiba paguei alguns meses o refinanciei para pegar valor maior mais paguei so uma parcela do novo financiamento era desconto em folha sai da empresa e a divida ficou para mim não paguei mais já tme dois anos, tenho 7 chques devolvidos onde recebi uma carta que posso levar uma ação judicial, no total devo 10.000,00 reias, o que quero saber é o que pode acontecer comigo se não pagar minhas dividas, em relação a ação judicial eu não tenho nenhum bens nada em meu nome nada mesmo assim o que eles podem fazer contra minha pessoa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 19:47
    Enviado por: juliana

    olá meu nome esta sujo no cartorio a 4 anos, por causa de uma escola de informatica…. e agora estou precisando abrir firma em meu nome, será que vai dá pra abrir, mesmo com essa restrição de 4 anos??? Ah depois disso ja abri crediario em loja e c/c normalmente…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2008 - 21:03
    Enviado por: Laura

    Olá! Gostaria de saber se estar com restrições em ógãos de proteção ao crédito como SPC e SERASA são empecilho para ingressar em emprego público através de concurso. Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/06/2008 - 11:20
    Enviado por: Daniela

    Bom dia,
    Estou com o nome no Serasa porque deixei de pagar a universidade, na verdade não fui eu, deixaram de pagar porque era meu pai o responsável e no entanto, como a matrícula estava em meu nome acabei no Serasa, só que isso foi em 2004 e colocaram meu nome na praça em 2006, isso é correto? E o pior é que fiquei sabendo disso hoje, porque fui ao banco pedir a liberação de cheque, ninguém me avisou nada, isso também é correto?
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 10:49
    Enviado por: Elizangela Cleoner Silva

    Olá minha mãe tem um probleminha com o banco ela deve, no banco Bradesco, mais nunca consegui pagar esse dinheiro pois é muito, e agora ela tem uma proposta de emprego em um hospital, mais o hospital paga por intermedio do banco, na qual ela terá que receber seu sálario por meio deste banco, o banco tem direito de pegar o dinheiro que ela irá receber, para a quitação desse debíto que ela possui neste banco?
    E poderá abrir uma conta corrente salarial para o recebimento de seu pagamento mensal por serviços prestados no hospital?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 14:09
    Enviado por: João Algusto

    Boa tarde!
    Abrir uma empresa a uns 19 anos atras em uma cidade, a empresa funcionol apenas por 1 ano, que foi ate eu receber uma proposta para trabalhar em uma grande empresa em outra cidade…………aceitei, fui e não fechei a empresa………nesse ano pensei em abrir uma empresa novamente mais meu nome esta sujo!!!
    Uma pessoa fisica com o nome sujo no SPC ou SERAZA so fica sujo por 5 anos, depois fica limpo novamente, menos no lugar que vez a divida, né?
    E no caso citado acima q ue e uma pessoa juridica como fica? O que devo fazer? Pois pretendo abrir uma empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2008 - 02:49
    Enviado por: Keyla Márcia

    Olá Dr. Estou muito aflita. Passei em concurso público (em 1º lugar na minha cidade) para um banco estatal. O problema é que estou com o nome sujo. Já fui chamada para fazer os exames. O Dr. pode me dizer se mesmo depois de ser chamada para os exames médicos o Banco pode deixar de me contratar? O regime de contratação é o CLT, fora isso, no edital não se diz mais nada a respeito. Por favor respondam…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2008 - 14:35
    Enviado por: DANILO

    BOA TARDE… VEJA SO TENHO MEU NOME NO SPC SERASA DESDE 2005… ELE SO DEVE SAIR EM 2010 CERTO…MAS QNDO LIMPAR VAI LIMPAR SOH A DIVIDA FEITA EM 2005 OU LIMPA TODAS… OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/06/2008 - 06:11
    Enviado por: Celso Lima da Silva

    Estou com protesto em cartório relativo a uma divida que já foi renegociada com o banco. A retirada do meu nome do cartório de protesto e de responsabilidade do banco ou minha?

    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 18:14
    Enviado por: Fernanda

    Vai fazer 05 anos que meu nome esta no serasa e hj ganhei num sorteio uma viagem para Pequim para ver as olimpiadas com tudo pago, só que preciso tirar visto p/ china e para o canada pois ó voo terá escala lá, consigo obter o visto mesmo com o nome sujo ?????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 18:17
    Enviado por: Fernanda

    Vai fazer 05 anos que meu nome esta no serasa e hj ganhei num sorteio uma viagem para Pequim para ver as olimpiadas com tudo pago, só que preciso tirar visto p/ china e para o canada pois ó voo terá escala lá, consigo obter o visto mesmo com o nome sujo ?????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 19:45
    Enviado por: silva

    olá, tenho uma divida com o banco pessoa jurídica e pessoa fisica já á 2 anos.
    Minha pergunta é: isto interfere em alguma coisa para eu viajar para Itália por dez dias?
    obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 10:40
    Enviado por: dany

    Ola, será que você poderia me ajudar?
    Aconteceu o seguinte…
    Minha mãe tem uma casa financiada que moramos já faz uns 20 anos, mas ela comprou com contrato de gaveta, essa casa esta ainda no nome do antigo dono. E nessa manha apareceu um oficial de justiça em casa dizendo que iria empenhorar a casa ,porque o antigo dono tem (se não me engano) uma divida de 4 mil, (não sei do que). Minha mãe nuca deixou atrasar as prestações da casa durante todo tempo que nós moramos Lá, será que pode dar algum problema como minha mãe, como perder a casa que moramos? E quanto tempo de divida a pessoa tem que ter pra empenhorar imóveis ?
    Desde já agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 16:55
    Enviado por: lilian cristina

    Boa tarde!t em como a pessoa que está com o nome sujo, viajar para fora do Brasil?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 17:19
    Enviado por: Suelen

    Gostaria de saber com quanto tempo o estabelecimento pode colocar meu nome no SPC? E depois de paga, qual o prazo para que ele deva retirar meu nome do SPC????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 10:39
    Enviado por: Viviane

    Fui contratada para um trabalho temporário na empresa que trabalho até hoje.
    Depois de 15 dias recebi uma proposta de trabalho fixo e aceitei porém a empresa não me registrou durante 07 meses porque meu nome estava sujo e eu recebia então por hora sem direito a ajuda de custos, férias, 13º e fundo de garantia.
    O Dpto financeiro da empresa espalhou para todos os funcionários a minha inclusão no SPC Serasa.
    Posso processar a empresa e ter direito a todos os benefícios negados a mim em 2006?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2008 - 11:48
    Enviado por: Elaine Cristina Gomes da Silva Candido

    Bom dia!!!

    Meu nome não consta mais no serasa,ccf, somente 3 cheques de 2003 são de valores inferior a 50 reas e não sei aonde encontrar o credor para paga-los consta em tres cartorios diferentes…solicitei a certidoes de negatividade e na certidoes nada consta em divida, como faço para retirar o nome desses 3 cartorios?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2008 - 22:19
    Enviado por: Marcio Carvalho

    Há alguns meses utilizei o crédito que tinha com um banco, atráves do caixa eletrônico. Ná época tive problemas finaceiros e não consegui quitar o débito. Na intenção de regularizar minha situação com o banco, entrei em contato com a financeira quando foi oferecido o parcelamento da dívida em 12 parcelas iguais. O problema é que jamais recebi as faturas ! Nos três primeiros meses fui diretamente ao banco para efetuar os pagamentos, porém, todos sabem que o tratamento que os bancos ofecerem aos seus clientes não são dos melhores, e nesses três meses tive que pedir ao gerente de uma agência que me fornecesse as faturas para quitação dos débitos. Depois destas, resolvi não ir mais até a agência, até que o banco me enviasse as faturas vincendas. Me parece que os bancos agem de má fé, dificultando que seus clientes paguem seus debitos em dia, corroborando para que as elevadas taxas de juros consumam a renda mensal de seus clientes, deixando-as reféns dessas instituições. Nestes casos, o consumidor pode entrar com uma ação de danos contra os bancos ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2008 - 00:07
    Enviado por: rogerio

    boa noite eu queria uma informaçao eu tenho um visto de turista nos estados unidos e tive la em 2001 e 2002 entrei e sai duas vezes ,,e um ex patrao meu fez eu sujar o meu nome la como eu faço para voltar la e limpar tudo,,sera que na entrada eles podem me prejudicar,,ou eles nao checam isso e eu estarei levando dinheiro para acertar tudo tenho um imenso agradecimento em saber disso e se vc puder me ajudar,,obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/06/2008 - 15:42
    Enviado por: ITALO KLEITON BARBOSA DA SILVA

    BOA TARDE! GOSTARIA DE SABER SE EU ENTRAR EM ACORDO COM O BANCO PARA QUINTAR MINHA DIVÍDA QUNTOS DIAS LEVA PARA MEU NOME FICAR LIMPO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/06/2008 - 15:48
    Enviado por: Luiz

    Boa tarde,

    gostaria de saber se uma Instituição de Ensino Filantrópica pode ser vendida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 15:02
    Enviado por: Ana Claudia Almeida

    Tenho uma divida a mais de 5 anos com banco e algumas lojas.
    Fui fazer uma pesquisa em meu nome, e só consta um ch devolvido.
    Após o pagamento desse cheque, as outras dividas terem prescrevido, caso eu queira fazer um financiamento o meu crédito é aprovado, ou tem como a financiadora vê os débitos prescritos e não liberar o crédito.
    Lembrando que o financiamento não será feito no mesmo banco onde a divida foi prescrita.

    No aguardo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 18:00
    Enviado por: fabio ferreira santos

    emprestei um dinheiro a uma pessoa, esta pessoa de má fé sustou o cheque alegando desacordo comercial , tentando reaver meu dinheiro, ela disse que se eu for na justiça vai alegar agiotagem.o que eu posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 22:14
    Enviado por: alessandra

    boa noite ,fui consultora da avon durante 7 anos , apos este periodo decide não mais tra com a revenda de produtos avon afastando-se das atividades de consultora .mais antes eu efetuei o pagamento de todas as pendencias com a empresa ,. em janeiro de 2008 aõ mim escrever no programa de arrendamento CAIXA ECONOMICA para adquiri um IIMÓVEL fui supreendida pela noticia que meu nome estava escrito no spc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 08:55
    Enviado por: Jussara

    Já terminei o meu curso superior mas ainda não foi realizada a colação de grau, recebi uma carta informando que estou com algumas pendências, só que o pagamento das matrículas era realizada pela empresa que trabalho em um acordo feito pela minha pessoa e a diretoria da empresa. Só que o funcionário responsável foi demitido a poucos dias e constatei no site da faculdade que todas as mensalidades foram pagas, só que em um valor menor. O que posso fazer, vou ficar sem meu diploma se não quiser negociar com a faculdade até porque fiz um empréstimo para pagar as mensalidades para empresa que trabalho?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2008 - 16:32
    Enviado por: milene

    Meu nome estava registrado no serasa por causa de um CDC no caixa eletrônico que eu fiz no banco do brasil e não consegui pagar , tem 1 ano e meio mais ou menos, mas eu consultei essa semana e esse registro foi excluído sendo q eu não paguei nada nem renegociei, me falaram q empréstimos desse tipo não pode mais ser negativados com a nova lei, gostaria de saber q lei é essa, tbm gostaria de saber se dívidas com cartões de créditos pode ser negativado no serasa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 16:13
    Enviado por: Rocha

    Meu nome consta no SPC, e há pouco tempo passei em um concurso Público…isso implicará na Investigação Social, Posso ser eliminado nesse concurso público por estar com o nome negativado no serviço de proteção ao crédito – SPC?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/07/2008 - 19:46
    Enviado por: LUCIANO PEREIRA DOS SANTOS

    BOA NOITE GOSTARIA DE UMA ORIENTAÇÃO COMPREI UM CARRO DE UMA PESSOA ESSE CARRO E FINACIADO E ATRASEI DUAS PARCELAS QUE SERÃO PAGAS NA SEMANA QUE VEM MAS O MESMO VEIO EM MINHA CASA CHINGADO MINHA FAMILHA ARRUMANDO O PE NO PORTÃO E TRAZENDO MUITO CONSTRANGIMENTO POIS MINHA FILHA DE 10 ANOS ESTAVA JUNTO COM SUA MAE QUANDO ELE CHAMOU MINHA ESPOSA DE LADRONA FOI QUANDO ELA ME LIGOU E DEI OTORIZAÇÃO PARA PEGAR O CARRO E AS PRESTAÇÃO QUE EU PAGUEI O QUE JA GASTEI COM O CARRO.GOSTARIA DE UMA ORIENTAÇÃO O QUE DEVO FAZER DEIXO ISSO PRA TRAS E FICO NO PREJUISO PARA NAO TRAZER MAIS CONFUZÃO? OBRIGADO URGENTE

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2010 - 23:51
    Enviado por: jean carlos de brito

    Boa noite!

    Tinha 2 veiculos, em meu nome vendi ele para uma agencia.
    E ela vendeu esse carro, e ele estava no meu nome, fui verificar se ainda estava no meu nome, já não estava mais.
    Só que eu não assinei o recibo autorizando passar para o nome de outra pessoa, outra pessoa pode assinar em meu nome.
    O que posso fazer nesse caso, a agencia me deve, posso revindicar esse veiculo já que não assinei passando para outra pessoa.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/03/2010 - 00:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Seu caso é complicado, pois há a possibilidade de haver fraude. Contrate um advogado e questione a agência na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/03/2010 - 12:05
    Enviado por: wagner

    Vou resumir minha Histório. Entrei em janeiro de 2009, com uma ação consignatória contra um banco após constatar taxas e juros abusivos no meu contrato na compra de uma carro em 2006, ja tinha pago 35 parcelas e parei de pagar a pedido do advogado, faltavam mais treze, ai vieram cobranças, e após 4 meses de briga na justiça o meu carro foi apreendido por um mandato de busca e apreensão, e para pugar a mora teria que quitar o carro, e assim fiz. Assim mesmo o banco enviou meu carro para leião mesmo tendo pago a mora, pedi vista ao juiz e expliquei a situação e imediatamente e expediu o mandato de devolução do veiculo através do oficial de justiça que foi até o local e no dia em que o meu carro iria ser leiloado. Enfim, com muito custo peguei meu carro de volta. E após algum o vendi e pensei que tudo já estava resolvido, mais não. Depois que já tinha vendido o meu carro, o comprador após tentar trasferí-lo para o seu nome, descobriu que O DUT do carro havia sido transferido para o detran de SP e não conseguiu efetuar a transferência do mesmo. Além disso não consigo fazer mais nenhum tipo de cartão, nem tão pouco ser aprovado em nenhum cadastro, e tenho passado diversos constragimentos e diversas lojas. Como posso resolver este meu problema, e este banco pode esta por dentro disso tudo, já que as lojas que faço o cadastro só sabe informar uma coisa, que meu nome não está nem no serasa nem no SPC e não sabem informar o motivo pelo qual meu cadastro não é aprovado. O que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/03/2010 - 20:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Contrate um advogado e vá à Justiça contra o banco e contra o Detran. Se não há restrição no Spc e na Serasa, então alguém tem de explicar por que existe problemas em seu nome.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/03/2010 - 14:37
    Enviado por: LEANDRO ROTHER

    BOA TARDE!!!!

    TENHO UMA DIVIDA COM UM PLANO ODONTOLÓGICO E ME MANDARAM UM BOLETO, MAIS SÓ QUE O MESMO VEIO VENCIDO (EMISSÃO 22/02/2010 VENCIMENTO 10/02/2010), E EU NÃO CONSEGUI PAGAR PORQUE O MESMO FOI PROTESTADO ANTES DE EU RECEBE-LO E MEU NOME ESTA INCLUSO NO SCPC…. OQUE TENHO QUE FAZER? OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2010 - 19:19
    Enviado por: Carla Beserra

    Há algum tempo consultei um advogado, e ele me disse, que com relação ao fato das empresas discriminarem os candidatos por causa de nome sujo, eu poderia procurar o procon para que eles entrassem com um recurso para que o serasa e o spc alegassem o nome esta limpo somente para as empresas. Gostaria de saber se realmente posso fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/03/2010 - 19:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só se você conseguir provar, o que é praticamente impossível. Você teria de ter gravado a conversa que comprovasse a discriminação e convencer testemunhas a confirmar o ocorrido.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/03/2010 - 20:11
    Enviado por: Paulo Roberto

    Bom Dia Dr.

    Gostaria de tirar uma duvida, ha pouco mais de 04 anos tive um problema em emprestar cheque para meu ex cunhado e o mesmo me deixou com uma divida certamente meio alta chegando a quase R$ 6 mil, e tenho uma empresa aberta ja ha mais de 15 anos e a mesma não tem nada de restrição contra a mesma, e comprei um carro de um conhecido ja ha mais de 09 meses e agora o mesmo me solicitou que eu faça a transferencia do carro e do financiamento, pois o mesmo é financiado, e estou querendo colocar em nome da minha empresa visto que na pessoa fisica não posso devido as restrições, entao gostaria de saber se com o nome da pessoa fisica tendo restriçoes terei problema ao transferir o financiamento para nome da empresa? obrigado pela ajuda. abs

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/03/2010 - 20:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese não haveria problema, mas é possível que surja alguma restrição, embora seja difícil que isso aconteça. Faça uma consulta ao Detran antes.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/03/2010 - 22:39
    Enviado por: Cristhiane lima

    Estou precisando vender um apartamento com urgencia; porem meu nome está sujo (com restrições). Gostaria de saber se terei problemas em vende-lo. Imovel já quitado. Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/03/2010 - 22:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só tentando ver para saber. Em tese quem tem nome sujo terá problemas sempre. O comprador pode, por exemplo, desistir da venda ao saber que você está em cadastros de inadimplentes, embora isso seja muito raro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/03/2010 - 09:47
    Enviado por: Johnny

    Ola eu tenho uma duvida… por exemplo se eu tenho meu nome sujo no banco(ex. Banco real) por motivos de desemprego mas possuo credito em outros bancos e lojas (ex. banco bradesco, casas bahia, carrefour etc..) meus cartões de credito e cartões dessas lojas também ficam bloqueados ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 10:33
    Enviado por: fabrizio augusto ghirardelli

    preciso pagar minhas contas como eu erei fazer poderia parcelar minhas contas para que o meu nome seja limpado com mais rapidez

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 13:13
    Enviado por: Pedro A. Barreira

    tenho uma divida no banco desde 2002 e não consigo limpar meu nome, o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 17:25
    Enviado por: Mayra

    Eu morei 1 ano com o pai do meu filho e sua mãe, nenhum dos 2 tem o nome limpo, aí precisaram do meu nome para fazer um pacote de internet, telefone e celular para o pai do meu filho, pois ele estava montando seu negócio…
    porém ele se envolveu com mulheres, bebidas e acabou falindo, deixando uma dívida no meu nome de mil e poucos reais…
    parcelaram a dívida depois de eu fazer muita pressão, mas ñ pagaram tudo e reparcelaram, mas esta luta já faz quase 2 anos…
    tenho um filho de 3 meses, já me estressei muito com tudo isso, ele ñ dá nada para nosso filho pq está desempregado e eu ganho muito pouco e sei que se meu nome sujar eu vou ter dificuldades para arrumar um emprego melhor e para fazer concursos e isso vai prejudicar a mim e ao meu filho!
    Sendo que tem um detalhe quando pediram meu nome emprestado eu ñ quiz emprestar, aí a mãe dele falou que se ele ñ honrasse com meu nome ela honraria!
    Posso processá-los se o meu nome for para o spc?!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 21:19
    Enviado por: mauricio

    Ola, gostaria de saber se tiver o cpf sujo e tiver dividas no banco posso fazer um seguro de vida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 21:27
    Enviado por: Luciana

    Se eu estiver com o nome no spc e serasa mas estiver em dia com as contas do banco posso continuar usando folhas de cheque?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2010 - 21:45
    Enviado por: Grazi

    me responda por email por favor, quem tem nome spc serasa titulos protestado claro automaticamente ação judiciaria referente esse debito, bom resumindo ganhei uma passagem para exterior com tudo pago, será que posso fazer essa viagem ???

    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2010 - 01:10
    Enviado por: Georgete

    Eu quero saber se pode ser transferido um carro no meu nome apesar de estar com nome com restrição no Serasa e SPC

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2010 - 20:53
    Enviado por: Lena

    Olá, fui convidada para fazer parte da direção de uma cooperativa em turismo. Posso fazer parte da direção, mesmo estando com o meu nome no spc e serasa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2010 - 00:03
    Enviado por: vanessa

    Emprestei um dinheiro (R$2000,00) a uma amiga, sem juros nenhum, e até hj ela não me pagou, tenho como conseguir esse dinheiro de volta? Tenho o comprovante do depósito na conta dela, tenho duas testemunhas que são amiga de nós duas, e tenhos os email de promessas de pagamento e mensagnes de celular tbm. Me ajude…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 20:17
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ese é um problema particular seu, nada tem a ver com direito do consumidor. Procure um advogado e processe a sua amiga.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/03/2010 - 14:27
    Enviado por: junior

    quero saber se uma loja pode incluir mais de uma vez o inadimplente na serasa ,ou seja ,inclui uma vez e antes de vencer os cinco anos inclui novamente com outro documento calçando aquela divida.Pode?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2010 - 18:51
    Enviado por: Grazi

    Não entendi, posso ou não posso viajar para exterior estando com problema no spc serasa e titulos protestado podendo assim ter processo por causada mesma ???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2010 - 12:48
    Enviado por: robinson

    Tenho um financiamento de uma moto pela BV financeira tento pagar mais nao consigo nas data do vencimento gostaria de entragar a moto com fazer por favor me oriente pais as condicoes atuais nao esta boa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2010 - 09:59
    Enviado por: Felipe

    Bom dia,
    Estou com uma pequena dúvida. Estou abrindo uma empresa mas estou com nome sujo. Será que terei problemas para abrir uma conta no banco para a empresa?
    Grato pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2010 - 16:29
    Enviado por: Marcelo Dourado

    boa tarde, queria saber uma coisa, eu tenho o nome sujo no banco, se eu fazer um concurso e passa, sera q possa execer a profiçao.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 18:03
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dependendo do órgão público haverá restrição. E o pagamento só é feito por meio de conta bancária. Portanto, mesmo que passar e for aprovada, terá problemas para receber. Resolva as pendências antes de ser efetivada

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/03/2010 - 17:44
    Enviado por: Ricardo

    Olá, gostaria de tirar uma duvida, tenho o nome sujo no juridico e no fisico, posso prestar concurso para algum orgao publico?
    Se a resposta for sim como ja vi em alguns comentarios, como vou fazer para receber se nao posso ter conta em bancos?

    Grato!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 18:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dependendo do órgão público haverá restrição. E o pagamento só é feito por meio de conta bancária. Portanto, mesmo que passar e for aprovada, terá problemas para receber. Resolva as pendências antes de ser efetivada.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/03/2010 - 19:37
    Enviado por: Mercia

    Estou com nome sujo no Spc e Serasa e acabei de enviar uma carta convite emitida através de cartório para a embaixada brasileira em outro país, para que um amigo possa conseguir o visto para vir p/o Brasil, e a embaixada brasileira lá disse que irá checar se está tudo Ok: se realmente eu resido no Brasil,se estou limpa (sem passagem na polícia), etc, mas não sei até que ponto eu preciso estar “limpa”… O visto dele poderia ser negado por conta do nome sujo no spc/serasa?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 19:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Para nós uma coisa nada tem a ver com a outra. Ficha policial realmente é verificada, mas a ficha financeira não. Além de mais, a busca por um visto é de responsabilidade de quem pede, você nada precisa fazer para viabilizar isso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/03/2010 - 20:03
    Enviado por: Simone

    Consultamos o nome do meu marido há alguns dias no spc e verificamos um protesto e o cartório onde a positividade do protesto estaria, no entanto quando fomos abrir uma conta no bradesco outro protesto apareceu, mas não consta no spc, e alem disso é de outra praça, me disseram que nós temos que ir ao Rio de Janeiro para conseguir descobrir do que se trata, visto que não fazemos a minima idéia do que se trata.
    Teria outra maneira mais simples de resolver isso?
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 12:28
    Enviado por: luciano martins

    ola boa tarde, meu nome ta limpo spc/cerasa mas tenho um historico antigo de algumas iclusoes spc, eu fui abrir uma conta corrente caixa economica para financiamento e nao consegui.

    Ha an lei algum recurso que eu possa usar para adquirir minha casa financiada??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 23:43
    Enviado por: Marília

    Srs. boa noite

    Já apliquei meu visto de estudante na Austrália há 20 dias e ainda não o recebi.
    Estou indo com o chamado suporte financeiro; ou seja, auxílio de meu pai. Porém tenho meu nome negativado aqui no Brasil por duas empresas,às quais fiquei devendo por ter perdido meu emprego em setembro de 2008 e até hoje não consegui ganhar 1/4 do que ganhava.
    Resumindo: Meu visto pode ser negado por esta condição? O fato de meu nome estar negativado junto às instituições financeiras?

    Grata,
    Marília

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/03/2010 - 23:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Marília, só o consulado australiano pode responder, pois desconhecemos qual é a política de imigração daquele país ou as restrições impostas a brasileiros.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2010 - 08:50
    Enviado por: Daiana

    Bom dia, estou com passagem marcada para exteror, porem estou com receio de ser barrada pois estou com restrição no meu nome no spc serasa, sera que isso pode acontecer?

    Desde já te agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/03/2010 - 00:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo é motivo para ser barrada no aeroporto, aliás nem há checagem da vida financeira no embarque.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 11/03/2010 - 18:23
      Enviado por: Daiana

      Muito Obrigado Marcelo

      responder este comentário denunciar abuso
    • 05/08/2010 - 00:15
      Enviado por: Sergio

      Sim pode. Não por restrição no SPCe Serasa , mas pela vida financeira. Isto é , Inglaterra e USA costumam verificar na Imigração no desembarque, o que voce esta levando na carteira. Ja viajei muito e sei. Eles olham ate sua carteira por Cartoes de Credito e dinheiro. Eles desconfiam que voce pode estar viajando a trabalho e te barrarem no aeroporto e neste caso, Deportada. A Europa é mais rígida e chega a passar seu cartão de crédito para ver se está válido. Portanto quando viajar ao Exterior, no aeroporto de destino, tenha cartoões de crédito válidos e uma soma em dinheiro. Não vá de terno ou gravata ou elegante , pois para eles, turista tem que estar vestido casualmente no máximo, e de bermudo e chinelo.Isto chama preconceito com países pobres e corruptos como o Brasil. Por conta desta traste político somos mal vistos no exterior. Entendeu agora que disse o Silverster Stallone sobre o nosso país ? E ele esta errado ??

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2010 - 11:04
    Enviado por: sidineia

    tenho uma divida na caixa a 6 anos agora vou receber uma indenizacão trabalhista que sera paga pela caixa eles podem reter meu dinheiro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2010 - 12:52
    Enviado por: Fabricia

    Tenho uma divida com o banco Real referente a 5 contratos entre eles 2 cartões de credito, ao qual tentei negocia-los separadamente mas o banco não permitiu. A divida já faz-se mais de 1 ano. No final de dezembro uma empresa me ofereceu 70% de deconto para quitar a divida sem o juros mas somente a vista, e eu não dispunha do dinheiro. Agora tento negociar com o banco e eles não querem abater os juros e apenas oferecem 20% do valor total. Por favor, o que me aconselham?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/03/2010 - 00:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco tem esse direito. E não damos conselhos financeiros. Procure aq ajuda de um contador ou de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 05/08/2010 - 00:23
      Enviado por: Sergio

      Lembre-se que, aqui que ninguem comenta ( não sei porque ) e esta no Codigo Civil : Se ficar renegociando sem ter certeza de que vai pagar aindasua dívida, so do fato de aceitar pagar a divida, vai renovar o tempo de 5 anos para limpar seu nome no SPC e SERASA e agora foi aprovado ser por tres anos via meio Judicial para estimular o Consumo que esta fraco em todo Brasil. Isto é , se faltam 2 anos para caducar e voce aceitar negociar e não pagar, o credor vai renovar com o SPC e SERASA e novamente te efetivar nestes orgãos e ficará por mais 5 anos e assim sera para o resto da vida. Cuidado com renegociações e só faça se tiver certeza que poderá pagar. Lembre-se que pagar uma divida e deixar outro é a mesma coisas que nada pois seu nome continuará sujo ate que pague todos os débitos de tudo que voce tem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2010 - 13:43
    Enviado por: Iolanda

    Olá, estou com uma dívida no banco a dois anos, porem estou desempregada a quatro anos e não tenho como pagar a divida. Hoje o banco me ligou dizendo que vai mover uma ação judicial contra mim.O que vai acontecer já que eu não tenho bens no meu nome? eu posso ser presa? o meu marido pode ser envolvido na ação?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/03/2010 - 00:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você será processada, mas presa não.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 05/08/2010 - 00:34
      Enviado por: Sergio

      Todos credores querem assustar achando que voce é uma bandida ou alguns até dizem que são estelionatarios os que tem dividas. Vão te mandar isto para te assustar. Se não tem como pagar não pague e se tratarem mal pelo telefone , grave aconversa e va na Justiça , Juizado Especial Civil ( isto depende do Forum ) pode ser o Civil , por exemplo, e abre uma ação por Danos morais e materias por abuso e crimes contra sua honra. Mas grave a ligação. Se te ameaçarem e chamarem de criminosa ou estelionatária, vá na delegacia , se tiver sorte os policiais aceitarem gravação de celular , que as vezes não aceitam!1), e registro um B.O por Calúnia, difamaçao. É sempre bom deixar o celular em viva voz com testemuhhas ao seu lado quando for passar por isto. Os ricos acham que os pobres são ladrões e não devem pagar as dívidas. Se ficar com fome , pois esta desempregado ou sem nenhum rumo por injustiças ou qualquer outra coisas, eles preferem que voce roube e vpa preso ou cometa suicídio. Disto ninguem reflete e comenta pois o Governo e os Ricos usam nossa parte psicológica para nos amendrontar e esquecer que devemos lutar por justiça. Com isto ficamos a merce deles, pois ninguem luta e esquece disto. Que pena! Não seja boboa, e não aceite a ameaça. Aogra e as taxas absurdas que eles cobram e são protegidos de políticos onde na verdade donos de banco são laranjas de políticos para limpar o dinheiro que roubam do Governo, já pensou nisto ? Abrcs

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2010 - 15:22
    Enviado por: Elton Cruz

    Srs. boa tarde
    Poderiam me tirar uma duvida.
    Comprei um apartamento de uma construtora e financiado pela caixa economica e o mesmo com menos de 1 ano de construção apresenta varios problemas(rachaduras, vazamentos, entupimentos,parapeitos soltos com risco de queda, bloco de concreto se soltando da parede)..Pergunta: As duas instituições são responsáveis pelo problema, posso processa-las pelos danos causados. Ou seja a construtora por fazer um apartamento de péssima qualidade, e a caixa economica por liberar um crédito sem avaliar a engenharia do imóvel. O meu sonho da casa própia está virando “O pesadelo da casa própia”. Posso culpar as 2 empresas pelos danos?
    Agradeço se poderem responder.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2010 - 16:58
    Enviado por: Márcia

    Estou com meu nome no CCF desde 2007 passei um cheque para um fornecedor, paguei a conta e ele não me devolveu o cheque, depois descobri que ele havia passado meu cheque para uma empresa, pois na cópia do cheque consta um nome fantasia. fiz várias buscas mas não consegui encontrar na minha cidade esta empresa e perdi o contato com a pessoa p/quem passei o cheque, como posso resolver meu problema junto ao Banco se ele me exige um documento judicial de que não devo a empresa citada no cheque?

    Grata,
    Márcia

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/03/2010 - 23:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sem o cheque em mãos não há o que fazer. Procure a ajuda de um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 11/03/2010 - 08:20
      Enviado por: Elton Cruz

      Obrigado Drº Marcelo Moreira.
      Mais a caixa não é responsável por me financiar um imóvel de pessíma qualidade? Pois eles deixaram eu assinar o contrato sem avaliar a fundo o imóvel. Tens certeza que eles não sao culpados perante a lei?
      Desculpe minha discordancia e minha ignorancia.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/03/2010 - 00:45
    Enviado por: bruno martins de giulio

    Olá gostaria de saber .. pode comprar um carro com nome sujo por cheque sem fundo

    Abs

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2010 - 12:09
    Enviado por: marcela

    Bom dia,

    Tenho uma divida por tarifa bancaria,ou seja, como tinha limite de cheque especial, o unibanco foi debitando o valor da tarifa bancaria. Agora como eu tenho outra conta aberta em outra agencia do mesmo banco (unibanco), estão enviando os valores para serem debitandos nesse conta, é correto? Tentei antes deles debitarem nessa outra agencia fechar a conta que está negativa, mas o banco não quer em virtude de estar em debito com o cheque especial referente aos valores debitos da tarifa. é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2010 - 12:59
    Enviado por: marcela

    Boa tarde,

    Tenho uma divida com o banco unibanco.

    A conta foi aberta pela antiga empresa que trabalhava. Tinha um limite de cheque especial e este foi usado para debitar as tarifas bancarias, fiquei sabendo quando fui tentar fechar a conta que não uso para NADA e não pude em virtude desse debito, isso é correto? Agora creio que o limite especial acabou e como tenho outra conta do mesmo banco em outra agencia, eles estão mandando o debito para essa conta, é procedente. Quero fechar para acabar de vez com essa pendencia, como devo proceder? Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2010 - 13:07
    Enviado por: Mércia L Gama

    Estou desempregada desde 11/2008, e infelizmente acabei atrasando alguns compromissos ( bancos, lojas e cartões de credito ). Agora não consigo arrumar emprego poís a primeira coisa que pedem é o CPF, alguns escritórios de advocacia entram em contato um deles ( referente Casas Bahia ) chegou até ser grosseiro comigo. Jamais me neguei a pagar o problema é que apenas meu marido trabalha e arca com todas as despesas. O que eu quero saber é…O que pode ocorrer no caso de um processo? As empresas de cobrança tem o direito de me ameaçarem e me intimidar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/03/2010 - 18:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem o direito de cobrar se não houver pagamento. Se achar que houve constrangimento, entre na Justiça contra quem a constrangeu.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/03/2010 - 22:25
    Enviado por: R.Jordano

    Meu nome esta sujo por problemas familiares, estou prestando vestibular para faculdade de medicina particular, gostaria de saber se eu posso fazer o vestibular, e se passar se iriam aceitar minha matricula.
    grato

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/03/2010 - 00:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Uma coisa nada tem a ver c om a aoutra. Ninguém deixou de entrar na faculdade por inclusão no SPC ou na Serasa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/03/2010 - 20:50
    Enviado por: Dhemis

    ANULE AS 2 PERGUNTAS ANTERIORRES-estão incompletas-

    Gostaria de fazer uma pergunta.
    Meu nome está sujo,e estou querendo financiar um carro no nome de minha namorada.
    Como eu já tenho conta corrente eu pensei em fazer uma conta conjunta com minha namorada,pois o nome dela está limpo.
    Gostaria de saber se teria como eu comprar um carro no nome dela SEM PROBLEMAS e a financiadora analisar o comprovante de renda baseado na movimentação de nossa conta conjunta,pois,nós 2 que iremos comprar o carro.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 22:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é recomendável fazer isso, pois a restrição ao seu nome em algum monento aparecerá e o negócio não será aceito. Ela tem que comprar o carro só no nome dela. Se ela não tiver com comprovar a renda, ficará difícil fazer o negócio.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2010 - 05:59
    Enviado por: Monica Lobao

    Bom dia.
    Ter restrição no nome (SPC/SERASA/Cartao de Credito ou cheques) é impeditivo para locação de imóvel? Mesmo que eu comprove renda, tenha fiador ou pague depósito e não tenha tido qualquer inadimplência no ultimo imóvel locado por mais de 16 anos?
    Há alguma lei que designe tal restrição? Alugando em nome de outra pessoa, mas apresentando minha renda para compor o valor solicitado (3x valor aluguel), ainda assim, pode haver restrição para locação? São consultados os nomes de todos os pretendentes moradores que incluam renda para compor o valor? E se caso o morador pretendente não comprovar renda suficiente para locação, completando com minha renda, os nomes de ambos serão consultados, podendo assim, acarretar na negação da locação? Agradeço a urgência da resposta. Um grande abraço e parabéns pelo seu trabalho.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 22:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei neste sentido, mas o locador tem o direito de recusar o negócio pelo motivo que ele quiser, desde que não haja constrangimento ou discriminação. Se ele se recusar a locar o imóvel para quem tem restrição no nome, é um direito dele.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2010 - 06:15
    Enviado por: Monica Lobao

    Aproveito para sanar outras duvidas: Qual é o órgão mais apropriado para renegociar dividas de cartões de crédito? Pois eles acabam passando para empresas de cobrança com as quais é mais difícil negociar o valor dos juros. Chega-se a uma situação que nem a financiadora do cartão, nem a empresa de cobrança aceita acordo. Não me recuso a pagar, mas só de juros já paguei umas 3 vezes o valor gasto (na época estive muito doente e pagava só o valor mínimo ou um pouco mais que o mínimo). Seria ideal procurar diretamente a justiça para propor parcelamento fixo do valor? E nesse caso poderia ser feito através dos pequenas causas ou teria que procurar outro lugar? Pelo que entendi nas respostas acima, após 5 anos, o nome pode sair da listagem do SPC/SERASA, mas a divida continua ativa, ou seja, ainda pode gerar impeditivo para uma serie de coisas. E mesmo no caso de mais de 5 anos, uma empresa pode vender a dívida a outra e a cobrança continuar indefinidamente, mas meu nome não pode ser reenviado ao SPC/SERASA por ser a mesma dívida. Está certo meu entendimento? Desde já, muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 22:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Seu entendimento está correto. É possível tentar a ajuda do Procon para uma renegociação, mas o melhor mesmo é contar com a ajuda de um advogado e não depender de mais ninguém.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2010 - 12:59
    Enviado por: cristiano

    Tenho uma dúvida, estou tentendo pegar o meu seguro desemprego e não estou conseguindo, fui umas tres vezes dar entrada e eles falam que deu um “probleminha” e vão pagar em outra data. sera que não estou conseguindo porque tenho o nome sujo??? E meu cpf tambem esta dando como invalido…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 14:35
    Enviado por: larissa

    Bem, estou com nome sujo no Serasa/Spc, empréstimo pessoal e tenho processos em meu nome por cheques…meu nome ficará sujo até pagar ou existe algum prazo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 14:37
    Enviado por: larissa

    Com essa situação toda, posso assumir algum concurso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 18:54
    Enviado por: Agnaldo

    Olá. Gostaria de saber se é confiável adquirir consultas de SERASA CPC, dessas que as lan houses fornecem. Inclusive existem várias na internet, onde se compra o crédito e faz-se a consulta. Uma vez que nenhum documento é emitido (pelo menos não que tenha conhecimento). Grato pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2010 - 04:29
    Enviado por: Andre Pereira Gouveia

    Boa noite,
    Prezado Marcelo,
    Gostaria de obter algumas orientações. Me encontro na data da hoje com 2 restrições na Claro e 01 no Bradesco, além de 07 protestos em cartórios por cheques, estes que não se encontram mais no CCF, gostaria de obter informações sobre como faço para saber de onde são estas dividas protestadas, se devo pagar as dividas diretamente aos cartórios onde os apontamentos foram executados ou se pago as dividas nas empresas e depois solicito a exclusão do registro nos cartórios. Ouvi dizer que mesmo que eu pague a divida na empresa(credor) quando eu for no cartório solicitar o cancelamento do protesto os valores que eles cobram são mais altos do que o valor dos proprios cheques.. esta informação é verifica, sabe como funciona esta mecanica ou ainda se existe uma tabela de preços para o cancelamento destes protestos, o valor dos cheques varia de R$40,00 à 280,00 sendo este o de maior valor e o período das inclusões se deram entre o ano de 2006 e. 2008. Outra duvida é se mesmo não estando mais no Banco Central, meu banco pode me fornecer talão de cheques ou não por eu estar com estes protestos e as outras 2 restrições financeiras. Agradeço imensamente a ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/03/2010 - 21:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A melhor forma, e mais rápida, de resolver a questão dos cheques é contar com a ajuda de um advogado especializado para rastreá-los. Sonbre os cartórios, infelizmente você terá de pagar várias taxas. Se a situação estiver regularizada no Banco Central, o banco pode voltar a fornecer talõesde cheque.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2010 - 11:50
    Enviado por: EDUARDO

    Bom dia, minha duvida é o seguinte. meu nome ainda não esta sujo, porem estou com algumas dificuldades financeiras e não vou conseguir pagar algumas contas o que me levará ao serasa. Sendo inevitavel esta situação o que seriam menos pior, varias dividas pequenas em diferentes estabelecimentos ou uma divida maior em um unico estabelecimento…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/03/2010 - 21:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos responder. Essa é uma decisão que cabe somente a você e, por questões éticas, não dizemos o que fazer em um caso desses.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2010 - 12:08
    Enviado por: Helena

    Bom dia. Gostaria de solucionar uma dúvida. Eu contrai uma dívida com o BB, decorrente de CDC’s e limites de conta corrente no ano de 2001.
    Passados os anos, decorrentes problemas pessoais, acabei não quitando essa dívida. Durante algum tempo, recebi cobranças dessas dívidas, depois parou… Depois de um tempo, uma empresa de cobranças me ligou, infelizmente não houve acordo, por questões de juros e cobranças indevidas que me pareciam absurdas. Não fiz pesquisa nem em SPC, nem em SERASA, mas acredito que depois de tantos anos meu nome tenha saído dos cadastros de inadimplentes.
    Meu esposo e eu, estamos nos organizando pra darmos entrada em um financiamento de um imóvel, pedi para meu irmão ver como estava o débito com o BB pra ver se não teriamos algum tipo de impeditivo, meu irmão me passou que as pendencias foram vendidas a empresas de cobranças (terceirizadas) e que com o banco provavelmente não tenhamos nenhum problema. A dúvida é, essa empresa, mesmo não tendo acordado nada comigo, em relação a pagamentos nem nada, pode me comprometer na hora da efetivação do financiamento já que com o BB não resta pendência? Minha renda será inclusa no processo de financiamento como complementação, teríamos problema com isso?
    Desde já, agradeço atenciosamente.
    Helena

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/03/2010 - 21:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Embora seja difícil, é possível que haja problemas. A dívida continua existindo, mesmo que o nome tenha saído da Serasa. Se o banco resolver pesqus9iar em profundidade, pode encontrar a dívida pendente e recusar o negócio.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/03/2010 - 14:35
    Enviado por: maria

    Boa tarde, Dr. tenho uma divida no cartoa de credito itau card, ja tentei muitas vezes negociar a divida mais o telefone q me foi passado nao atende. gostaria de saber o q eles podem fazer se nao for quitada a divida, e se meu nome q esta no spc por isso pode impedir q eu receba meu seguro desemprego?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2010 - 21:12
    Enviado por: Agnaldo Portela

    Olá.
    Pelas respostas que tenho lido, veriquei que quando se tem o nome sujo, possivelmetne não se consiga assumir uma vaga em cargo público. Banco do Brasil, Banco central, etc. A princípio em função de não se conseguir abrir uma conta em banco para o recebmento de proventos. Minha pergunta é : existe alguma medida caltelar em que ao ser aprovado em uma seleção de concurso público, me garanta assumir o cargo mesmo com problemas no cpf ?
    Grato pela atenção. Parabéns pelo excelente trabalho.

    Att

    Agnaldo Portela

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2010 - 12:37
    Enviado por: Fabiana Rodrigues

    Oi, passei um cheque, por problemas financeiros ele voltou. estou com a microfilmagem dele, ja liguei diversas vezes para a pessoa, estou disposta a pagar a divida e limpar meu nome, ele não localiza o cheque e não colabora em fazer uma carta para eu entregar no banco…. gostaria de saber se tenho como efetuar este pagamento em juizo, e limpar meu nome… acho q ninguem pode me impedir de regularizar minha situação… estou disposta a mandar um telegrama documentando as minhas tentativas de pagar a divida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2010 - 19:17
    Enviado por: Eliana Araujo

    Gostaria de saber informação, tenho meu nome negativado e dois protestos.
    tenho percebido que procuro emprego mas não sou nem chamada para participar da seleção.
    tem alguma coisa que posso fazer?
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/03/2010 - 22:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. Se procar que esse é mesmo o motivo da restrição no emprego e se houver constrangimento, talvez seja possível processar a empresa ou agência de emprego, mas isso é muito difícil.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/03/2010 - 19:24
    Enviado por: Valdemar da silva

    Boa noite por favor eu gor taria de saber se i posivel retirar o nome do serasa, poi eu tive uma empresa e pegue financiamento para capital de giro e não comsigui mais pagar acomulou a divida do banco e mais um carro usado na empresa e algums cheques,
    eu gostaria de limpar o meu CPF foi para o serasa isto e pocivel ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2010 - 19:56
    Enviado por: ANTONIO

    Boa Noite!
    Eu tinha uma divida junto ao Banco do Brasil de cartão de credito e cdc vencidos em 13-06-05 -22-06-05 e 28-06-05 e nao tive como pagar porem meu nome foi para o serasa e spc em julho de 2005. Em 14-05-08 eu fiz uma renegociação da divida com uma empresa de cobrança para pagar parcelado em 10 vezes, porem eu estava desempregado e nao tive como honrar o contrato pagando só as duas primeiras . Mais uma vez meu nome foi para o serasa e spc no dia 31-05-08 quando em julho de 2009 meu nome saiu do serasa e spc automaticamente. Quando foi agora no dia 30-01-2010 meu nome foi novamente para o serasa e spc. Eu estava tao contente e quando hoje fui fazer uma consulta vi que meu nome estava no serasa e spc. Me deu uma tristeza tao grande! Fiquei muito frustrado. Gostaria de saber de voces porque isso aconteceu e o que eu devo fazer para ter meu nome limpo novamente, ou se aguardo completar os 5 anos que será no mes de julho deste ano. Pelo fato de ter renegociado a dívida e não ter conseguido cumprir com o pagamento das parcelas restantes, tenho que esperar mais três anos? O que voces me sugerem?

    Atenciosamente,

    Antonio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/03/2010 - 12:16
    Enviado por: Marco Aurelio

    ola
    estou com meu nome no serasa e CCF.desde 2005..os cheques devolvidos eu terei q resgatar para q meu nome limpe automatico???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2010 - 16:55
    Enviado por: Monica

    Olá,
    meu nome está no Serasa, meu marido está com o nome limpo.
    Vamos tentar fazer um financiamento pela caixa (p/ casa própria). A única renda que será dada no banco será a dele. Com o salário dele a prestação tem como ser paga com folga, já fizemos a simulação.O fato de meu nome estar sujo pode fazer com que o financiamento não saia?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2010 - 17:14
    Enviado por: marcela

    Boa Noite Dr,

    Por gentileza. Tenho um débito com banco apenas por TARIFA BANCARIA… isso pode gerar ocorrência no SERASA?

    Grata,

    Marcela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2010 - 17:53
    Enviado por: André Luíz Pavan

    Boa tarde Doutor!Tenho um empréstimo no banco,o qual foram pagas algumas parcelas e também um débito no cartão de credito.Por três vezes tentei um acordo com o banco sendo que a ùltima vez propus ao banco saldar as duas dívidas em seus valores reais,ou seja,sem os juros e com pagamento à vista mas o acordo não foi aceito.Estou prestes a perder meu trabalho por isso.O que pode ser feito? Obrigado.André.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/03/2010 - 21:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só uma nova negociação, com a ajuda de um advogado, lembrando que o banco não é obrigado a negociar nem a aceitar uma proposta que seja boa para você.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/03/2010 - 21:37
    Enviado por: Rosalva maria

    gostaria de saber ,na verdade quanto tempo leva ,para sair a restrinção do nome ao SPC , se é comentário ,ou verdade que com 3 anos . agradeçendo ……

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2010 - 23:41
    Enviado por: MARCOS ANDRE MUNIZ

    Boa noite !
    dia 18/03/2010 meu nome foi incluido nos órgãos de proteção ao crédito
    mais antes de meu nome ser incluido no SPC eu abri uma conta no Banco do Brasil como MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL.
    O Banco do Brasil pode fazer o cancelamento da minha conta ?
    Essa conta foi aberta no dia 15/03/2010
    Eles ja me deram limites e até Cheque Especial , eles pode pedir o cancelamento da minha conta?
    A minha pessoa FÍSICA interfere na minha pessoa JURÍDICA ?
    Por exemplo: se for comprar de um fornecedor ou distribuidor , pela pessoa JURÍDICA eles podem fazer cancelamentos de compras ?
    Se eu for fazer um cadastro no revendedor pela pessoa JURÍDICA , eles podem negar o cadastro por eu ter problemas na pessoa FÍSICA ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/03/2010 - 21:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese nãoo interfere, mas é melhor procurar um advogado especializado em direito comercial, de empresas. Essa não é uma questão de direito do consumidor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/03/2010 - 16:29
    Enviado por: marcela

    OI

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 16:32
    Enviado por: marcela

    Boa Noite Dr,

    Por gentileza. Tenho um débito com banco apenas por TARIFA BANCARIA… isso pode gerar ocorrência no SERASA?

    Grata,

    Marcela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 21:58
    Enviado por: francilma marinho

    quem tem nome sujo na praça pode fazer emprestimo do credamigo do banco do nordeste?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2010 - 11:20
    Enviado por: ana paula

    tenho rstrições no spc? serasa, isso me impede de prestar concurso publico e de assumir o cargo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2010 - 11:24
    Enviado por: lucia

    Li a todos os comentários acima sobre 3 e 5 anos para sumir a pendência no nome do devedor, é ai esta a minha dúvida:
    - Meu marido ficou desempregado durante 7 anos, infartou, e eu sozinha não consegui honrar também com os compromissos dele a casa e filho.
    Hoje já faz mais de 5 anos, e outro dia ele fez uma tentativa de crédito em um grande magazine (não tencionava em comprar nada- mesmo porque na epoca ficou devendo para esta loja) o crédito foi recusado devido a um chamado “Cadastro Experian”-Credit Bureau”. Não se conformou e enviou uma outra ficha para uma financeira, também não aprovado pelo mesmo motivo!
    Minha cunhada que nunca teve nada, também tentou fazer um crediário, e apareceu uma dívida do ano de 1993-dezessete anos depois.
    Ai eu pergunto, este cadastro é uma nova modalidade de negativação eterna? Existe lei que permite isso? Como regularizar? Todas empresas/comercio estão utilizando este cadstro agora? Sim porque foi tentado em mais de 6 lojas/financeiras diferenciadas.
    Gostaria de um parecer de quem entende do assunto.
    obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 19:03
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A questão é complicada. Existem várias denúncias de que supostamente existe um cadastro informal e clandestino de maus pagadores, mesmo que tenham pago suas dívidas. O problema é que nunca ninguém provou isso. Sendo assim, não há o que fazer, pois nenhuma empresa é obrigada a emprestar dinheiro ou aceitar como cliente quem quer que seja. Se conseguir porvar que seu marido passou por constrangimento, que tal cadastro existe, é possível entrar na Justiça pedindo indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/03/2010 - 11:59
    Enviado por: Andressa

    Entrei com um processo da caixa para financiamento e dei 20% do valor total do imóvel de entrada. Tem 8 meses que me encontro no imóvel, porém a proprietária está com o nome sujo e não tem dinheiro para limpar. Me encontro pagando as prestações que se encontram em nome dela. Existe algum tipo de processo contra a Caixa para concretizar o processo de financiamento? Existe outro tipo de processo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2010 - 18:04
    Enviado por: priscila

    oi, fui chamada para tomar posse de minha vaga em que passei num concurso publico. Acontece que tenho duas restriçoes no spc e serasa que no momento não tenho $$ para resolver.
    A duvida é que no edital de convocação eles pedem para abrir uma conta no banco do brasil, então, gostaria de saber se vou poder ou vou conseguir para que eu apresente todos os documentos em dia sem faltar nada, inclusve a CONTA NO BANCO EXIGIDO?
    auardo resposta.
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2010 - 22:29
    Enviado por: andreia

    Boa Noite! Existe outra maneira de punir alguem, pelo não pagamento da pensão alimenticia? Já dei vários endereços e o mesmo não foi localizado. Embora ele tenha assinado os 3 mandatos de prisão e negociado a dívida, que foi cumprida apenas 2 meses, e não pagou mais. Ele agora parece um foragido da justiça. Esse tipo de dívida não dá restrição no cpf, como título protestado, serasa ou spc, já que ele não foi localizado. O mesmo não possui nada em seu nome, como conta Luz, Água, Telefone ou Receita Federal.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 00:02
    Enviado por: Rodrigo Mendonça

    Meu nome esta sujo, gostaria de saber se posso me inscrever no curso de pós graduação e se vão aceitar minha matricula mesmo com nome sujo? No caso de conseguir um avalista eles autorizam minha matrícula?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 10:19
    Enviado por: Rosimeire

    Olá gostaria de saber se uma instituição pode protestar o nome do cliente junto ao spc/serasa mais de uma vez pela mesma compra?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 11:50
    Enviado por: renan silva

    Dr.
    estou com o meu nome sujo desde de 2007 e esta algo em torno de 17.000,00 R$ com os juros. esta sujo em lojas que eu comprei e fiquei desempregado e não pude pagar pois as contas foram se acumulando. quero saber em quanto tempo meu nome saí do spc ou serasa?
    favor enviar um email para o endereço particular respondendo!

    obrigado Dr.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 13:58
    Enviado por: vanderlei de almeida manoel

    por favor,
    minha esposa tem uma empresa no nome dela e ela está protestada por bancos e terceiros, sou casado em comunhão parcial de bens, o que poderá me implicar no futuro se eu abrir uma empresa em sociedade, a empresa terá problemas em financiamentos bancários,créditos em empresa,etc, e ainda posso ter problemas de alguma execução dela sobrar para minha empresa.
    vanderlei

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 15:34
    Enviado por: Roger

    Ola.
    Devia um valor ao Banco do Brasil. Fiz uma negociacao em 12 parcelas fixas. Já paguei 3 e até agora a empresa nao retirou meu nome dos orgaos de protecao. Fui à agencia e me informaram que só retiram o nome após uma porcentagem da conta ser quitada. Isso é certo? Eu achei que quando realizamos a negociacao, à partir do pagamento da primeira parcela a empresa teria 5 dias úteis para retirar o nome dos orgaos de proteção. Quem deve retirar é o Banco do Brasil ou a COBRESP (empresa com a qual negociei). Grato pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 16:29
    Enviado por: PAULO S.

    Tenho dois cheques sem fundos que não consigo encontrar o credor. Os cheques não foram protestados em cartório. Como poderia limpar o meu nome, existe algum jeito (pois não encontro o credor) ou tenho que esperar cinco anos para que a minha dívida com o cheque sem fundo prescreva? Isto realmente acontece? Com isso o meu nome vai sair do cadastro da SERASA, SPC, CCF?

    Muito obrigado!

    Paulo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 17:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A dívida não prescreve nunca, só o nome sai do SPC. Procure a ajuda de um advogado para encontrar os cheques.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/03/2010 - 19:20
    Enviado por: marcelo

    eu gostaria de saber que quando agente vai no spc consultar os debitos se tambem acusa no serasa ou tem que ir no serasa tambem

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 20:25
    Enviado por: celso da silva junior

    gostaria de saber tenho uma empresa e fali e o BB disse que posso perder meu diploma caso nao pague a divida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 23:45
    Enviado por: BRUNO

    amigo, boa noite,
    Fiz um acordo comercial com meu cartão de crédito que eu estava com débito, e, o dividi em 6 parcelas, fiz o pagamento regula de 3 parcelas e sendo assim me incluiram no SPC/SERASA, como devo proceder nesse caso ??? já que minha dívida foi renegociada e estou efetuando o pagamento regular da mesma, só descobri pois fui fazer uma assinatura de TV e me informaram que eu tinha restrições… cabe processo??w

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/03/2010 - 19:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não entendemos. Se você só pagou três de seis parcelas, então há três em atraso, então a inclusão do nome na Serasa é legal. Se você está em dia e seu nome foi incluído indevidamente, faça uma denúncia no Procon e processe a empresa por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/03/2010 - 12:13
    Enviado por: nazareno braz rodrigues

    tenho uma divida com o itú há mais de dois anos.tentei negociar minha divida pedindo pra retirar os juros mas o itaú não aceitou. o que devo fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2010 - 13:34
    Enviado por: Elenilson Cunha

    Tenho uma divida com o meu condominio. Desde de junho/2009 nao consigo pagar porque me separei da minha mulher e estou com outra e tenho que me manter. Ganho R$ 692,00 e a divida e de R$ 2.141,00. Meu salario com os descontos chega a R$ 260,00, como posso pagar uma divida dessas. Se eu for fazer um acordo, eles querem 50% do real e eu nao tenho esse dinheiro para dar de entrada. Quero pagar da seguinte forma: 1º O condominio atual entrego para minha irmao ficar pagando, porque o Apto. e dela e so o condominio e no meu nome. 2º Posso pagar so R$ 150,00 por mes. Posso fazer essa proposta para o advogado do condominio, ja que a causa foi ganha por eles, e eu quero pagar minha divida nem que seja em 40 meses. Gostaria de saber se a minha irmao vai se prejudicar, por eu esta devendo o condominio.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/03/2010 - 18:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Poder até pode, mas ela com certeza será rejeitada. O condomínio não tem obrigação de aceitar a sua proposta ou facilitar o pagamento. É justamente o contrário, o devedor é que precisa se adaptar as exiências do credor. Tente nova renegociação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/03/2010 - 03:57
    Enviado por: Paulo

    Bom dia Dr. Marcelo, eu estou com varias divida cheques devolvidos, o nome no SPC/SERASA, por motivo de 2 falecimento na familia contrair e não conseguir quita-las, o banco falou que esta entrando com processo extra judicial, ja que não estou conseguindo pagar e no momento não posso negociar, e por outro lado estou precisando ir ao exterior, por ter um filho la, porem me dizeram que não poderei ir por esta com esse problema no meu nome. Agora não sei que fazer, pois preciso ver meu filho e olha nem sou eu que estou pagando a passagem, e por outro lado estou com medo de fazer tudo para ir e não poder.
    Por favor me responda

    Grato

    Paulo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/03/2010 - 22:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Afinal, qual é a pergunta? O único impedimento para viajar ao exterior é ter problemas com a Justiça ou com a Receita Federal.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/03/2010 - 10:26
    Enviado por: genival de paula da silva

    tenho dividas com bancos e lojas agora tenho uma micro inpresa como fasso para negociar todas as minhas dividas de uma ves e pagar parcelado judicialmente para queu possa estar com nome limpo como devo proseder obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2010 - 09:07
    Enviado por: Paulo

    Bom dia Dr. Marcelo a pergunta especifica é, que msmo com nome com spc serasa e por causa disso o banco entrou com processo judicial, eu posso viajar ao exterior?

    muito grato

    Paulo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2010 - 11:24
    Enviado por: R.G.Tardelli

    Bom dia
    Vou prestar vestibular com o nome sujo, pode ocorrer alguma forma de me desclassificarem caso nao aceitem pessoas com o nome sujo na faculdade?
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2010 - 00:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Uma faculdade particular não é obrigada a aceitar quem quer que seja como aluno ou cliente. Nome sujo não é critério de exclusão em vestibular, mas a faculdade pode recusar a matrícula.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/03/2010 - 11:27
    Enviado por: R.G.Tardelli

    as faculdades sao particulares e estaduais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2010 - 15:49
    Enviado por: Gilmar

    Tenho uma dívida com o Banco do Brasil, parcelada em 60 parcelas. Paquei algumas parcelas, mas depois não tive condições de continuar a pagar, ficando então meu nome “sujo”. Gostaria de saber se o tempo de cinco (05) anos para que meu nome volte a ficar “limpo” começa quando vencer a última parcela, quando deixei de pagar ou quando do momento em que meu nome passou a constar nos meios de proteção ao crédito (SPC e SERASA)?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2010 - 16:16
    Enviado por: Armando

    Gostaria de saber se nota promissória da cadeia?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/03/2010 - 19:44
    Enviado por: Adriana Pereira

    Fórum de Santa Fé do Sul – Processo nº: 541.01.2009.008430-5 // Cartório/Vara 3ª. Vara Judicial
    Competência Anexo Fiscal
    Nº de Ordem/Controle 182/2009
    Grupo Fazenda Pública Municipal
    Ação Execução Fiscal (em geral)
    Tipo de Distribuição Livre
    Distribuído em 26/11/2009 às 15h 34m 43s
    Moeda Real
    Valor da Causa 5.892,48
    Qtde. Autor(s) 1
    Qtde. Réu(s) 1

    PARTE(S) DO PROCESSO [Topo]

    Requerido ADRIANA FAUSTINO PEREIRA
    Requerente FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE SANTA FÉ DO SUL – FUNEC
    Advogado: 106475/SP CICLAIR BRENTANI GOMES
    Advogado: 203283/SP PATRICIA BELMONTE DEMETRIO

    No ano de 2006, ingressei junto a já citada Instituição a fim de cursas Administração. Assinei um contrato de prestação de serviço que não continha cláusula alguma a respeito de FIADOR. No meio do mesmo ano, procurei o Sr. Edson Ternero, responsável direto pelo curso, para que ele me orientasse quanto ao que fazer para deixar o curso, já que não conseguia pagar as mensalidades. Este cidadão, me informando que eu era uma excelente aluna, me prometeu uma bolsa de 50% do valor das mensalidades no decorrer do ano, e no final do ano parcelaria o que eu tivesse por pagar em 18 parcelas. Conclusão findou-se o ano e nunca obtive a tal “bolsa”, e pior, teria que pagar minha dívida total em 10 parcelas numa renegociação de dívida. Porém, me foi exigida a assinatura no termo de renegociação, de um FIADOR. Como sou filha de pai pedreiro, ganhava na época 720,00 reais na empresa que ainda trabalho atualmente, e entendendo que a dívida era somente minha e que não havia “objeto de Barganha” além do Aprendizado, não aceitaram nenhuma proposta de renegociação. Minha situação junto a Faculdade ficou em aberto, porque não tive o direito de sequer trancar minha matrícula por falta desta Renegociação. Terminei o ano letivo sem nenhum problema com Dependências, ou exames. Passei para o 2º ano, mas, fui proibida de refazer minha matrícula, de renegociar minha dívida junto à instituição somente em meu nome, sem que houvesse o Fiador, e, ainda fui orientada a pagar três mensalidades que totalizaria na época 990,00 reais para que a instituição fingisse que eu não havia estudado naquele ano para não ter meu nome negativado.
    Hoje como Vossas Excelências podem ver estou sendo processada pela instituição que nunca me procurou para renegociar a dívida, não permitiu minha permanência na instituição e ainda mais; fui humilhada ao saber que passei 01 ano estudando para no final do ano ter o triste fim de um sonho que seria concluir um curso superior. Não sou a melhor pessoa do mundo não Senhores (as), porém, nunca teria a capacidade de pagar o que eles me pediram e ainda fui ameaçada de que se eu procurasse meus direitos junto ao Fórum desta Comarca, seria Perda de Tempo, porque NUNCA UM ALUNO GANHOU ESTE TIPO DE CAUSA.
    Estou mais decepcionada ainda, pois a pouco soube que não poderei prestar concurso público, pois, se houver a possibilidade de contratação, esta execução não permitiria a mesma. NOME SUJO NO PODER PUBLICO JUDICIÁRIO.
    Procurei um Advogado da cidade que me orientou que como não possuía bens para que fossem penhorada no valor da causa, então, esta, “Seria uma causa que nasceu morta”. Que a mesma ficaria arquivada. Não tomei atitude Judicial antes da instituição porque tive medo de perder meu emprego, já que minha Chefa direta é irmã do coordenador do Curso a qual me refiro.
    Gostaria de obter uma luz, sobre de que maneira posso proceder, ou me defender da Injúria desta Dívida em meu nome cuja Fundação Municipal de Educação e Cultura – FUNEC causou a minha pessoa. Quero saber se tenho direito de sentar perante um Juiz Justo que ouça a minha parte, e veja os documentos que possuo, e testemunhas que posso apresentar para que eu possa ser Reparada de tamanho ato de Crueldade. Procurei a instituição por diversas vezes, me dispus a negociar, me propus a voltar à instituição somente quando eu nada mais devesse a eles, desde que feito um acordo e eu pudesse pagar minha dívida, a qual nunca fugi trancar minha matrícula, e continuar estudando para poder conquistar a tão sonhada formatura. Preciso ser ouvida. Não é justo somente a instituição tomar a atitude que tomou sem meu conhecimento e ainda mais, tirar quaisquer chances de um emprego ou salário melhor, neste país tão difícil de viver.
    Aguardo um retorno, pois estou desesperada.
    Obrigado a quem ler esta mensagem, espero que o anjo que o fizer, me possa orientar sobre como proceder, pois, não possuo bens, mas, possuo caráter.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 23:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não resta opção a não ser uma renegociação, lembrando que a faculdade não tem obrigação de se adequar às suas possibilidades de pagamento, é exatamente o contrário. Procure um advogado de confiança e tente uma ação judicial por danos morais se realmente houve promessas não cumpridas por parte da instituição.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/03/2010 - 21:17
    Enviado por: Walter Oliveira

    Emprestei um cheque em branco que foi preenchido com um valor maior do que o meu saldo na conta. Após um ano procurando o credor, paguei a dívida e tomei o cheque de volta para representá-lo no banco. Esqueci o cheque num bolso e minha mãe colocou a peça de roupa na lavadoura e o cheque ficou destruido. Não pude retirar a restrição ao meu CPF porque não consegui mais localizar o credor para me passar uma declaração de que eu quitei o valor do documento. Já se passaram 5 anos e o Banco central não concorda em cancelar a restrição ao meu CPF, se eu não apresentar o documento ou uma declaração do credor. Como proceder, se o documento foi destruido, não consigo localizar o credor e a dívida não existe mais porque eu quitei. O próprio Banco Central não concorda e seguir a lei que determina a exclusão do CPF após 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 23:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em nossa opinião, não há o que fazer a não ser cumprir as exigências do Banco Central. Tente obter por via judicial alguma declaração de que a dívida está quitada, mas achamos pouco provável que isso aconteça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 17:23
    Enviado por: luisa

    Olá Doutor Marcelo!
    Tive meu nome protestado a 4 anos(março/2006) por uma Universidade particular. Troquei de Universidade, a divida prescreveu (eram 2 títulos). E agora 27/03/2010 recebi uma notificação de q meu nome foi negativado novamente, pelos mesmos títulos. Fui até a Universidade e eles disseram q eu tinha esse débito em aberto e teria q pagar, inclusive o valor de cartório. Então questionei o atendente refente a prescrição dos titulos, ele obviamente não soube responder. Queria saber se a Universidade pode negativar meu nome novamente (decorrido prazo de 4 anos) pelos mesmos títulos? E se a resposta for negativa, como procedo pra que eles retirem meu nome do SPC, e se cabe algum tipo de ação contra a Universidade.
    Obrigada pela atenção!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 22:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A dívida não prescreve, o que ocorre é que depois de cinco anos o nome sai dos cadastros. Entretanto, se a dívida é ignorada pelo devedor, as lojas e empresas reapresentam o nome aos cadastros. Isso pode ser derrubado na Justiça, mas demora e causa problemas. Pague os débitos se não quiser ter mais problemas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 17:28
    Enviado por: luisa

    Só mais uma informação doutor, meu nome estava “limpo” antes dessa nova inclusão pela universidade. Inclusive faz quase um ano q comprei um carro financiado, e recentemente abri conta em banco e não contava nada de divida no SPC.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2010 - 17:36
    Enviado por: Gustavo Reis

    Fui avalista de um contrato de capital de giro no Banco do Brasil. A Empresa faliu e não honrou com os pagamentos. O Valor do principal é de R$34.000,00 e obviamente não tenho este montante para pagar ao banco. Agora meu Grande problema é o seguinte, já tentei abrir conta no banco (sem cheque especial e etc) e meu pedido foi negado, só que agora fui convocado para uma vaga de concurso público e o orgão só trabalha com o Banco do Brasil. O que devo fazer ? Estou Desesperado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 22:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A única coisa que conseguimos ver é que você precisa de um advogado para tentar renegociar a dívida e tentar na Justiça uma liminar que permita você assumir a vaga.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 18:35
    Enviado por: juliano

    sou de sc tenho 2 registros no serasa em sp pois nao consigo mais comtato com a
    empresa a 4 anos, ela falio como me livrar dessa divida mesmo querendo pagar nao consigo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 22:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ou você vem a São Paulo resolver pessoalmente ou não há o que fazer. Procure a ajuda de um advogado especializado para ver se ele pode ajudar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 20:07
    Enviado por: isaque

    estou com uma duvida, pois tenho uma divida com a credicar city e com o itau sendo que na city vem carta comprando 1,590.00 e na itau é 1,988.00 so que quando o divida foi para o cpc a divida consta so 374,00 para city e 770,89 o itau afinal qual delas eu devo pagar

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 21:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Impossível entender o que você escreveu. Seja mais claro, por favor. Mas antes disso procure ler o contrato e procure mais informações com o próprio banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 22:39
    Enviado por: Caio rodrigues

    Ola doutor
    meu nome esta sujo e presto vestibular para faculdades estaduais e particulares , pode haver alguma forma de me desclassificarem por este motivo, ou isto serio impossivel?.
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 23:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese não. Algumas faculdades particulares podem recusar a sua matrícula por esse motivo, não há lei contra isso, afinal, ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/03/2010 - 08:57
    Enviado por: alexandre magela da silva

    olha meu nome esta no spc/serasa preenchi uma proposta de emprego numa empresa de onibus que e a gontijo para trocador minha carteira ficou por 7 dias na mesma depois deste 7 dias liguei para saber do emprego mas me disseram que naõ tinha sido aprovado perguntei se era por causa do spc /serasa naõ quiseram imformar quero saber se isto que as empresas fazem e legal ou não, no brasil existe duas prisaõ uma e quando uma pessoa comete delito outra e quando uma pessoa deve e fica com nome no spc ai nem emprego vocé consegue arrumar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 09:41
    Enviado por: Alessandra

    Olá , eu fazia um curso de web , queria para o curso no entanto
    a escola queria cobrar um valor pela desisitem do curso.
    Como o valor era alto, parei de fazer o curso mas não paguei a multa.
    Meu nome pode ir sujar por consequencia disso ?
    Quantos anos ele fica nessa situação?
    se meu nome for ao serasa, as lojas me negaram credito ? E as lojas que ja tenho credito,pode ocorrer de cancelarem meu credito? e com o nome sujo atrapalha algo com minha conta no banco ?

    Obrigado , se possivel responda .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 09:45
    Enviado por: Alessandra

    Outra pergunta depois de um tempo , meu nome some da lista do serasa
    e posso voltar a ter credito novamente?

    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 12:06
    Enviado por: Samuel da Silva Gabriel

    As agencia de emprego antes de convocar um canditado para uma vaga a qual tenha perfil
    pode consultar o nome como sendo uma forma de reprovação para vaga ou seja as empresas pode usar isso para selecionar canditado
    E nos concursos pubicos como isso procede

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 13:29
    Enviado por: Caio rodrigues

    entendi, mas no caso a minha classificação seria mantida?
    por exemplo , eles nao trocariam a minha posição em uma lista de chamada apenas pelo meu nome estar sujo , desconsiderando a nota que tirei?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 13:56
    Enviado por: Ana Paula

    Boa Tarde!
    Tive minha casa arrombada durante uma viajem que fiz, passado alguns dias senti falta do meu talão de cheques fui até o banco e sustei nove folhas de cheque Mot 21(Não fiz a ocorrencia policial) e estes cheques foram dados no comercio local e entraram na minha conta recebi varias cobranças e eu tambem tinha uma conta poupança em outro banco e havia um valor nele depositado que esta bloqueado judicialmente devido a cobrança de dois destes cheques o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2010 - 22:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado para tentar na Justiça desbloquear a conta na Justiça e renegociar a dívida bancária. O fato de ter demorado a comunicar o roubo do talão e não ter feito boletim de ocorrência talvez impeça de conseguir a isenção da dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/03/2010 - 14:36
    Enviado por: Marcelo

    Havia financiado um veiculo em 48 parcelas, para um financiamento de 14.900,00.
    Após ter pago 23 parcelas fiquei desempregado e o veiculo foi apreendido.
    Tentei de todas as formas mas perdi o veiculo.
    Liguei no banco e eles disseram que o carro já foi quitado e que eu não tenho mais vinculo com o mesmo.
    Mas ao consultar meu nome consta uma dívida no valor de 28.000,00 descrita como: PROTESTO DO ESTADO.
    Como devo proceder ?
    Desde já agradeço !

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2010 - 22:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não deveria constar nada em relação ao seu nome. Peça uma declaração por escrito do banco e depois vá pessoalmente à Secretaria da Fazenda verificar que tipo de protesto é e3ste. Se julgar conveniente, procure um advogado para auxiliá-lo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/03/2010 - 16:47
    Enviado por: Nelson

    Em 2006 fui vitima de um acidente financeiro, contudo, todos os prejuizos foram reparados. Nessa situação o Bco Bradesco me protestou 03 Notas Promissorias. No Banco elas foram quitadas, para baixa-las no cartorio e nos orgaos de proteção ao credito seria necessario pagar uma tx “completamente leonina” o que, tambem, por falta do recurso nao o fiz. Com os titulos quitados em maos ha mais de 3 anos e 1/2 é possivel exigir a baixa junto ao SERASA e Outros orgaos isentando-me das taxas cartoriais? Posso me amparar no novo Código Civil (de 2002) que afirma no artigo 206, parágrafo 3°, que prescreve em 3 anos a ação judicial “para haver o pagamento de título de crédito”. Agradeço vossa cordial atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 19:50
    Enviado por: Révya

    OLÁ !!

    ESTAVA COM O NOME SUJO MAS JA PASSARAM 5 ANOS VI QUE MEU NOME NÃO CONSTA MAIS NO SPC A MOÇA FALOU QUE NÃO TEM NADA MEU NOME ESTA LIMPO,POREM FUI FAZER UM FINANCIAMENTO DE UM CARRO E O VENDEDOR FALOU QUE MEU NOME ESTAVA COM RESTRIÇÃO EM UM BANCO,MAS COMO PODE SE FUI VERIFICAR MEU NOME NÃO CONSTA MAIS NO SPC??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 09:03
    Enviado por: Alessandra

    com o nome sujo , as lojas que ja tenho credito,pode ocorrer de cancelarem meu credito? e com o nome sujo atrapalha algo com minha conta no banco ?
    no caso então a melhor forma é eu tentar negocia e financiar a multa ?

    obrigadoo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 12:44
    Enviado por: Lucia

    Boa Tarde Doutor!
    Gostaria de esclarecer uma dúvida: – Quando a pessoa sofre uma ação judical (execução) pelo não pagamento de uma dívida (aluguel comercial-despejo). O juiz despacha para que seja feita o levantamento de bens para penhora. Se for constatado não haver nada no nome do devedor, o que ocorre com esta ação? ela também prescreve em 5 anos, ou fica eternamente no sistema e assim que a pessoa adquirir algum bem ela é automática, e faz penhora on-line?
    grata,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 13:00
    Enviado por: Leonardo

    Em 2002 sai da faculdade que estudava, mas não tranquei a matricula. naquele momento tinha um acordo com cheques mas não consegui quita-los devido a falta de dinheiro. na época o valor era de R$15.000 hoje a faculdade quer me cobrar R$45.000 e com desconto de 39% estão joagando para R$27.000 à vista. É possível eu conseguir um maior desconto ou pagar no valor que eu devia na época. pois eles estão me cobrando juros muito alto.
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 13:10
    Enviado por: Leonardo

    Boa tarde Dr.

    Tenho cheque devolvido desde 2002, é possível conseguir um financiamento imobiliário?

    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 16:33
    Enviado por: Paulo

    fiz um empréstimo automático com o Banco Itau no Valor de 11.000,00 onze mil reais, e não conseguir pagar, estão me enviando cartas e cartas e ligando cobrando a Dívida, não tenho casa, nem carro, na epocá em 2008 eu estava ganhando bem, pois tinha uma renda extra, agora arrumei um emprego que só ganho um sálario minimo pra sustentar minha família. será que o Banco pode pedi minha prisão. ou tomar a casa da minha mãe???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 19:03
    Enviado por: larissa

    Bem, eu tinha uma conta no banco do brasil qnd recebia uma pensão federal. mas acabou e não conseguir render…e outra pensão do estado que conseguir render pela faculdade..aiii no banco do brasil ficaram empréstimos e cheques devolvidos. A conta da pensão do estado era no banco real, mais agora tudo tem que passar pelo banco do brasil, entao o meu dinheiro do estado está caindo agora no banco do brasil, sendo assim o banco está ficando com ele todo e disse q não tenho direito algum a receber algo..tem alguma lei p me defender?? vou ficar sem dinheiro algum??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 20:40
    Enviado por: guilherme

    olá! abri uma conta-salário no Banco do brasil em 1999, na agencia “X”, a pedido da empresa que eu trabalhava na época. fui demitido no mesmo ano e nunca mais mexi com essa conta. agora preciso abrir outra conta-salario e a agencia “Y” que eu procurei, disse que eu tinha uma restrição em outra agencia ( agencia X) e não poderia abrir minha conta. procurei a agencia “X” para saber do que se tratava e de quanto era a divida. eles alem de não me informar o por que da divida ainda disseram que eu deveria entrar em contato com uma empresa de cobrança em brasilia-DF, pedi por escrito um extrato da conta e já faz mais de 30 dias e eles não me deram até agora. nem sei se estou no SPC ou SERASA. liguei para a empresa e me disseram que a divida ja estava no valor de mais de R$6.000,00 e que era referente a taxas desta conta que abri em 1999. eu fiz uma proposta de R$ 1.000,00 para saldar a divida e eles me respoderam que só aceitariam proposta de no minimo R$ 2.000,00. gostaria de saber, o que devo fazer? estou desesperado. no mais obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2010 - 11:43
    Enviado por: renata mendes

    tenho uma dividae ja tem 5 anos a cdl mim mandou uma carta cobrando
    sou obrigada a pagar essa divida?
    estou desempregada com um filho de oito meses
    nao tenho condiçoes quais os procedimento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2010 - 13:32
    Enviado por: Edileusa

    OLÁ, BOA TARDE! ESTUDEI NUMA ESCOLA DE INFORMATICA EM 2005 E NÃO TIVE MAIS CONDIÇÕES DE PAGAR . POR CAUSA DISSO MANDARAM MEU NOME PARA O SPC, ISSO PODE ACONTECER?
    E TB COMPREI UM OCULOS EM 2001 E ATÉ HOJE MEU NOME ESTÁ NO SPC, A DOIS ANOS ATRAS NÃO CONSTAVA ESSA DIVIDA, AGORA ESSE MÊS DE ABRIL FUI NO SPC E CONSTA ESSA DIVIDA NOVAMENTE SÓ QUE ELES COLOCARAM DÉBITO EM 03/07/2009 ISSO PODE ACONTECER SENDO QUE MINHA DIVIDA É DE 2001?

    GRATA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2010 - 17:02
    Enviado por: larissa

    Com o nome sujo e processos de cheque sei que
    alguns concursos não poderei assumir..mas vest
    na federal haverá problema??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2010 - 17:04
    Enviado por: larissa

    Por favor, me tire essa duvida a respeito do dinheiro
    se há alguma lei que proteja, ou o banco tem direito de pegar o dinheiro todo??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2010 - 17:17
    Enviado por: kassandra

    Boa tarde doutor tbm?
    Queria tirar uma duvida.
    Meu nome esta sujo a quase 5 anos,só q é com 15 cheques,11 eu recuperei e 4 sumiram,não achei,como posso agir nesse caso,se completar os 5 anos meu nome ficará limpo tbm,mesmo eu tendo perdido os cheques,caso sua resposta seja “sim”,eu poderei abrir outra conta e emitir cheques novamente ?????

    Muito obrigada Deus ti abençõe…..

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/04/2010 - 20:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depois de cinco anos o nome sai do SPC, mas sem o aval do cartório em relação aos chegques sumidos ficará dífícil obter crédito nos bancos. Procure um advogado e tente localizar os cheques.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/04/2010 - 13:31
    Enviado por: Charlene

    Olá! Minha dúvida é que eu fiz um financiamento de um veículo, e mesmo antes de terminar o financiamento eu passei o carro para uma outra pessoa, através de um documento em cartório, isso já faz 9 anos. Não sei como está o andamento do financiamento, mas recebo notificações de débitos de IPVA e multas em meu nome, e não tenho mais contato com o comprador. Estou muito preocupada com o que pode acontecer comigo, pois o carro ainda está em meu nome. Por favor me diga qual a melhor coisa para eu fazer para resolver esta situação. Pretendo fazer concurso público e não sei se isso me impossibilitaria para exercer o cargo, ou até mesmo se eu quiser viajar para os EUA, isso também me impediria de conseguir o visto? Me ajude, estou realmente super preocupada. Desde já lhe agradeço pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/04/2010 - 18:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A pessoa não fez a transferência dos documentos e você negligenciou a questão, não acompanhando e cobrando a transferência. Pague as dívidas para evitar mais transtornos, bloqueie o carro no Detran e entre na Justiça para processar o proprietário que não fez a transferência.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/04/2010 - 17:11
    Enviado por: rodrigo

    oi entrei em uma faculdade no estado de são paulo quando estava lá a 02 anos mais meu pai ficou doente e tive de voltar , pra minha cidade tentei ir até o polo para cancelar a matricula mais eles disseram que tinha que ir na matriz , tinha de voltar naquele dia pois a passagem já estava comprada , quando cheguei a minha cidade eu que ligue pedindo pra cancelar ou tranferir e não obtive resposta agora 02 anos depois eles me mandan uma intimaçao judicial dizendo que tenho que pagar aquele ano todo sendo que fiz 01 aula como era um curso tipo EAD nunca consigui acessar o site nunca me deram a senha o que faço ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/04/2010 - 18:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A escola está certa, em nossa opinião. Em todo o caso, faça uma consulta ao Procon ou consulte um advogado para tentar uma negociação mais vantajosa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/04/2010 - 18:03
    Enviado por: joão carlos silva

    tenho um fornecedor que so compro a vista mas a ultima compra veio para 30 dias quando descobri adivida estava com seis dias de atraso não consegui pagar mais mandei varios email mas não tive resposta açionei o vendedor disse que não podia fazer nada pois tinha vendido a divida para o banco resultado estou tendo poblema com os forneçedores por se tratar de pessoa juridica e estou com onome da firma no serasa e com a divida de 250,00 para mais de 300,00 no cartorio o que eu poderia fazer qual meu direito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2010 - 18:08
    Enviado por: robson

    tenho dividas em dois bancose as duas são emprestimos,quero saber se meu nome e limpo depois de 5 anos ou não ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2010 - 10:39
    Enviado por: JEFFERSON

    ….bom dia;trabalhei duro por 7 anos no estrangeiro,cheguei ao meu pais como investidor,apliquei meu suor de 7 anos em uma empresa que criei,e aos poucos fui prescisando de capital de giro,e assim os juros me foram sufocando,vendi a casa que morava,meu carro novo,carro e duas motos da empresa para entregas,e mesmo assim fiquei devendo com titulos protestados ,ccf,serasa e spc,fechei a empresa,estou no fundo do poço,agora consegui um emprego para sustento da minha familia e tenho medo do meu salario ser depositado numa conta salario ser confiscado,pois nao consegui fechar a empresa por causa dos debitos pendentes,tambem gostaria de saber quanto tempo leva para essa divida sumir e fechar esta empresa,ou se existe uma maneira de fechar apos 5 anos,pois tenho medo de isto atrapalhar minha aposentadoria no futuro(da minha esposa tambem,pois ela era minha socia na empresa)por favor alguem entendido no assunto me ajude .obrigado.parana.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 22:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos responder, ese é um blog de direito do consumidor, não de direito comercial. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/04/2010 - 08:53
    Enviado por: marcelo

    bom dia doutor.tenho uma dívida com a light,e não tenho como pagar porque está muito alta eles incluiram meu nome no spc, isso é possivel ?
    como proceder.?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2010 - 11:49
    Enviado por: Lorena

    Tentei fazer um seguro de vida em nome dos meus filhos e o banco recusou pq meu nome esta negativado.Gostaria de saber se posso recorrer , achei um absudo isto. Como posso proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 21:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nenhuma empresa é obrigada a aceitar quem quer que seja como cliente. Portanto, qualquer ação contra a empresa é indevida, em nossa opinião.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/04/2010 - 14:01
    Enviado por: Wellington C R

    Efetuei uma compra para um visinho no meu cartão de credito, sendo que hoje o mesmo não quer mais pagar as parcelas alegando que não vai passar fome para pagar divida. Poderia acionalo judicialmente requerendo o pagamento do debito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2010 - 15:36
    Enviado por: Gilberto

    Como proceder para limpar meu nome junto ao SPC,SERASA,CCF

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 11:43
    Enviado por: jorge junior

    meu nome ta sujo . tudo por causa de uma conta que minha antiga empresa pediu pra mim abrir. mas nunca usei nem desbloquei meu cartão itau , agora não sei oque eu faço . ? :(

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 12:12
    Enviado por: Helena

    Em 2009 fui fiadora do meu sócio em um empréstimo no Banco do Brasil, nesta época era sócia da empresa, a dívida não foi toda quitada e meu nome foi para o serasa. Eles podem fazer isto, visto que na época não me perguntaram se eu teria condições de arcar com as dívidas de meu sócio caso ele não conseguisse pagar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 12:26
    Enviado por: claudio

    uma pessoa que ja faz 6 anos teve o seu nome incluido no spc, e vai comprar huma loja que nao è a loja que ele deve, como pode acusar divida no spc, se numca comprou naquela loja e por lei seu nome ja estaria limpo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 19:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É´possível que o nome não tenha sido retirado. Você tem de verificar o que aconteceu e, se for o caso, processar os responsáveis pelo SPC e até mesmo a empresa que mandou o seu nome para o cadastro. Mas a dívida continua existindo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2010 - 13:22
    Enviado por: Marco

    Quando eu era estudante o Banco do Brasil inseriu um limite de R$ 100,00 de cheque especial na minha conta. Quando saí da universidade abandonei a conta e alguns anos depois eles me ligam dizendo que tenho uma dívida de quase R$ 2.000,00, pois eu havia entrado no cheque especial. Procurei o banco que não quer negociar, e disse que vendeu minha divida para uma empresa de outra cidade que não resolve o problema. Desisti. Quero processar o Banco, inclusive por danos morais. Como faço isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 13:48
    Enviado por: Patricia

    Olá…

    Fiz um contrato renegociação de dividas com o banco (cartão de crédito) mas agora perdi meu emprego e fazem 80 dias que as parcelas estão em atraso. Em 90 dias de atraso a divida é repassada ao juridico. O que acontece nesse caso? O que isto pode implicar?
    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 16:19
    Enviado por: liomar

    comprei um carrro financiado, e com a crise mundial fui demitido do meu emprego, liguei para finaceira solicitei uma devolução amigavel(em:02/2009) eles disseram que iriam entrar em contato comigo; passado 08 mêses eles me ligaram me cobrando e eu tive que solicitar outra vez a DEVOLUÇÂO AMIGAVEL, novamente pediram que eu aguardasse o retorno deles e NADA!!! isso já aconteceu mais ou menos umas seis veses mais eles nunca retornam.desde a primeira solicitação eu não paguei mais as parceles do carro, um detalhe curioso é que toda vez que eles me ligam eles perguntam pelo carro RENAULT CLIO, só que o meu carro é um RENAULTE MEGANE, o fato de o nome está errado no contrato impede que eles façam a apreenção do carro?, eu terei que pagar as parcelas em atraso após ter solicitado a devolução amigavel, mesmo eu tendo o numero do protocolo de atendimento sem falar que as ligações foram gravadas?

    Agradeço muito se me responderem

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 18:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você corre o risco de ter o carro apreendido. O fato de não haver retorno das ligações não o isenta de culpa, jpa que você tomou a decisão unilateral de parar de pagar. Você precisa de um advogado para ajudar a renegociar a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2010 - 20:20
    Enviado por: Rodolfo Lima

    Olá boa noite.

    Estou querendo prestar um concurso…porem tenho uma restrição em cartório…meu nome já NÃO mais encontra-se no serasa e no spc…porem ainda em cartório…posso ter Meu cargo sendo aprovado nesse concurso..?…ou o fato do nome está em cartório impede..?..
    Grato.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 20:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode impedir. Procure um advogado para ajudar na pesquisa sobre o porquê de haver ainda restrição ao seu nome.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2010 - 20:38
    Enviado por: milton cardoso trindade

    Gostaria de saber se há uma lei que diga quantos dias tem no maximo pra retirar o nome do spc e qual é ela? pois paguei uma conta e fique 20 dias no spc, a empresa alega que agora são no máximo 30 dias pra retirar restrição do spc. aguardo uma resposta. Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 09:31
    Enviado por: jorge junior

    meu nome ta sujo . tudo por causa de uma conta que minha antiga empresa pediu pra mim abrir. mas nunca usei nem desbloquei meu cartão itau ,queria saber si o banco tem alguma culpa em me combrar sem nem mesmo ter usado a conta ???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 16:29
    Enviado por: Evandro

    Tirei um veiculo no meu nome para outra pessoa,e essa pessoa passoa para terceiros e ja esta nas mãos de outro só que o financiamento falta só 4 prestaçoes e o ultimo dono nao pagou para quitar o veiculo entrei em contato com a financeira pedindo a busca apreessão,mas até agora nada só sabem me ligar e me cobrar sem contar que meu nome esta negativado por este motivo.Eles podem me negativar mesmo só faltando 4 prestaçoes de 300,00 reais para quitar o carro?Mesmo eu pedindo para fazer busca apreenssão do mesmo para quitar a divida se o carro nunca esteve comigo tenho documentado em cartorio isso.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/04/2010 - 20:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que podem negavtivar, legalmente o carro é seu. O negócio está todo irregular. Como pedir busca e apreensão de seu próprio carro? Só sele tivesse sido roubado. Procure um advogado e tente processar quem deixou de pagar as prestações.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/04/2010 - 21:59
    Enviado por: Edson Vieira

    Caro amigo, estou com um problema poderia me ajudar, eu arrentei minha empresa, para um amigo do meu pai, ele ficou com a empresa durante 1 ano, pois o mesmo fez
    uma cachorada comigo, mexeu com agiota, e .agora estou com nome sujo, qual a providencia que devo fazer, pois ja fiz um BO na delegacia aqui próximo.Preciso de ajuda urgente. Grato

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/04/2010 - 22:03
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não muito o que fazer: corra atrás de um advogado urgentemente e vá aà Justiça para processar o areendatário. É a única forma de provar que você não é o o responsável pelos problemas da empresa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/04/2010 - 12:08
    Enviado por: Gilson

    Eu recebi uma notificação extra judicial ,informando que teria bens penhorados por uma empresa terceirizada pelo banco itaú,se não pagar uma divida que tenho,eu ja tentei uma vez junto a gerente um pagamento mas ela não aceitou,e os juros continuam subindo e eles não parcelam nenhum dos valores que recebo por carta quando vem desconto,só aceitam a vista,o que devo fazer em relação a esta carta que recebi?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/04/2010 - 19:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pagara a dívida. Não há outra alternativa. Se for o caso, questione a dívida na Justiça por meio de advogado, mas isso só vai empurrar um pouco mais o problema.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/04/2010 - 22:45
    Enviado por: Robério

    Olá amigo, fiz um contrato com uma instituição de ensino a aproximadamente um més, porém, meus orçamentos foram errados e agora não tenho como pagar as mensalidades, inclusive a q ja venceu, procurei a instituição para cancelamente de contrato, mas falaram-me que terei que pagar 25% do valo totoal do contrato, entretanto não tenho esse dinheiro, e nem o dinheiro para pagar as mensalidades, e eles me falaram que se eu não pagasse meu nome iria para o spc.Gostaria de saber quais são as providencias que devo tomar, e se eles podem mesmo colocar meu nome no spc, serasa…?

    desde já oubrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 20:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A faculdade tem raqzão, você quebrou o contrato sem motivo razoável. Tente renegociar a dívida, é o máximo a fazer.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/04/2010 - 00:23
    Enviado por: Maria

    Boa noite doutor,

    Minha filha de 24 anos tinha diversas pendências com bancos e cartão de crédito mais veio a falecer a 8 meses, as dívidas continuam a serem cobradas no meu endereço e o nome dela está no cartório por dois bancos, brasil e itaú, na época ela pagava a todos com regularidade, gostaria que me explicasse como proceder, ela era solteira, sem filhos… O que pode acontecer e como devo proceder? As dívidas podem ser ligadas ao meu marido e eu?
    Agradeço desde já a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 20:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      As dívidas eram delas. Se ela não deixou herança, então as dívidas deixam de existir, vocês não são responsáveis por elas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/04/2010 - 03:19
    Enviado por: keila cristina

    Boa noite!
    Fiz um acordo de pagamento com a Natura antes do vencimento de 30 dias do boleto.sao 3 parcelas..
    paguei a 1º parcela ,e mesmo assim colocaram meu nome no spc e serasa.
    Teria alguma Lei ,para isso..
    pois geralmente quando fazemos um acordo de pagamento o credor nao negativa o seu nome.
    Por favor me Ajude.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2010 - 16:19
    Enviado por: Carla

    Oi, eu financiei um carro em meu nome no banco itáu pra uma terceira pessoa, e ele não pagou ai pedi que desse busca e apreenção, mas mesmo depois da devolução do carro, ficou um saldo devedor em meu nome que inclusive está no spc, o que devo fazer se o carro já foi devolvido? esse cara já fez isso com um monte de gente, inclusive, usou meus documentos pra colocar um telefone fixo na casa dele sem meu consentimento,tem como passar pro nome dele essa divida? pois tenho um papel reconhecido em cartório que ele estava com o carro e era responsavel por multas e dividas do carro?
    por favor me ajude…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 20:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você foi vítima de um golpe. Processe o responsável e tente renegociar as dívidas com a ajuda de um advogado. Mas você foi imprudente ao financiar bens para terceiros.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/04/2010 - 17:04
    Enviado por: Thiago Andrade Silva

    Boa tarde. Emprestei meu nome para o meu pai comprar um carro. Ele comprou e não pagou e não deseja pagar. Existe um meio de eu transferir a dívida para outro nome?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2010 - 22:42
    Enviado por: luiza mantovani

    ola gostaria de saber como faço para tirar meu nome do ccf o problema e que o banco pede o numero e a folha dos cheques e nao tenhos esses numeros o que posso fazer

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 20:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sem esses dados não é possível retirar o nome do CCF. Procure um advogado para tentar uma solução negociada.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/04/2010 - 01:22
    Enviado por: ceu eliud

    Tenho uma divida no BB, Relacionada a um capital de giro que peguei para minha empresa, a mesma veio à falência e não estou em condições de quitar minha divida. E sei que os juros não para. Que devo fazer? OBG.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 14:05
    Enviado por: Gabrielle

    Olá, estou com o nome negativado junto ao SPC/SERASA. Pretendo abrir uma Empresa . Quero saber se o fato de eu estar com o nome negativado, vai impedir a abertura de uma conta bancária no nome da Empresa? Se a resposta for positiva, outra dúvida: quanto tempo após o pagamento da dívida posso ter crédito nos bancos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 17:35
    Enviado por: Célia

    Fazia um curso técnico e por motivos maires tive que trancar minha matrícula, segundo a escola tenho que pagar uma multa por desistência gostaria de saber se caso eu não pague esta multa o meu nome vai pro SPC???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 20:07
    Enviado por: anderson

    bem tenho meu nome no spc desde 2005e a pouco tempo recebi uma snotificacoes de meu nome novamente sendo colocado la pela mesma empresa ,,depois de tres anso sem nad ame informar e ai oi que eu faco?
    e se a empresa nao tirar meu nome do spc serasa, tem como eu recorrer ha alguma liugar que me ajude resolver este problema??
    e o piro q essa divida foi feita em mg,e hj moro no rj ja 4 anos!!o que eu faco por favor me ajudem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 07:57
    Enviado por: jefferson

    meu nome ta sujo . tudo por causa de uma conta que minha antiga empresa pediu pra mim abrir. mas nunca usei nem desbloquei meu cartão itau , banco tem alguma tipo de culpa ? :D

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 14:03
    Enviado por: alexandra

    tenho uma empresa esta tudo certinho presico fazer um emprestimo sera que consigo np nome da empresa ou tem que ser no meu obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 15:25
    Enviado por: Benair

    Tenho um financiamento de um veículo que vai para a décima quinta prestação, porém estou há 20 dias em atraso e recebi uma correspondência do serasa dizendo que meu nome será incluído no mesmo, e mais que o valor não é dá prestação em atraso e sim do saldo devedor do financiamento que no caso é de 22 mil. Achei que só teria restrição após 90 dias de atraso.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2010 - 21:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A cobrança é esquisita, ainda mais porque não houve aviso de débito. Entre em contato com a financeira antes de tomar qualquer atitude e verificar o que está acontecendo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/04/2010 - 14:44
    Enviado por: leticia

    oi, eu estava com uma divida que creio eu que não existe mas era desde 2005 dai eu pede uma modem pra ter a net em casa esse modem era da claro , dai minha vizinha pedio outra entenet dai eu fiquei dividindo com ele e liguei pra claro 2 vezes para cacelar e a atendente disse que iria grava e que eu tinha que fala claramente se eu queria cacelar e eu disse que sim , só que faz 2 meses que eles mandão carta mim cobrando uma coisa que eu nem peguei dai a carta desse que meu nome vai pro spc, o que fasso eu estava querendo fazer uma eforma em minha casa agora essa operadora vem e suja meu nome, mim ajude

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 15:29
    Enviado por: angela

    Ola,ha 3 anos atras ligaram na minha casa dizendo q eu havia ganhado uma bolsa de estudos na microcamp,chegando la a funcuionaria me ofereceu diversos cursos,e dizendo q sairia 149,00 por mes,etc.
    1mes depois eu liguei para saber das aulas,e fui informada que as aulas começaria assim q se formasse uma turma.Nunca fui chamada!!e agora constatei q meu nome sta no spc por isso.liguei la pra fazer um acordo e eles me disseram q se eu voltasse para fazer um curso naquela escola eles sanariam a divida e eu pagaria 36 vezes d 100,00.pelo curso q quisesse?
    oq acha?
    devo pagar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/04/2010 - 23:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos dizer o que você deve fazer ou não. Só você pode decidir se deve ou não fazer o curso, que tem de ser do seu interesse e servir para alguma coisa. Também não podemos dizer se o acordo é bom ou não, só detectamos se há ou não irregularidade e o que pode ser feito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2010 - 08:59
    Enviado por: Érica S.

    Olá!
    Por questões de desemprego, não esta sendo possível quitar uma dívida de cartão de crédito, que sua primeira fatura vencida estava em torno de $2.000, a segunda era +/- o mesmo valor, e sucessivamente… Resumindo, a terceira fatura vencida esta totalizando $12.000, ja tentei negociar com a administradora, e as condições oferecidas não se encaixam no bolso.
    Qual o melhor momento para renegociar?? Antes de constar no Serasa, ou depois o valor diminui (eles diminuem um pouco o juros??) ???
    Imagino que tenha taxas abusivas nessa situação???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/04/2010 - 22:03
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há melhor ou pior momento. A dívida precisa ser paga, ponto. Tente renegociá-la, lembrando que a empresa não é obrigada a aceitar a sua proposta. Procure um advogado para ajudá-la.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2010 - 11:39
    Enviado por: ELISA

    Oi bom dia! tenho meu nome negativado e vou fazer um concurso para um banco caso eu me classificar serei impedida d assumir o cargo pelo meu nome estar negativado?
    E como agir quando somos discriminados por causa do nome negativado?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/04/2010 - 21:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você corre o risco e os bancos e empresas têm o direito de recusar candidatos aprovados com nome sujo. Uma alternativa é reocrer à Justiça, mas as chances de sucesso são reduzidas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2010 - 13:48
    Enviado por: wagner souza ambrozio

    bom dia /tarde
    algum tempo atras fiuei devendo a c&a e mandaram meu nome para spc só que depois de alguns anos me ligaram de uma financiadora tercerizada me ofereceram 70% de desconto ai paguei meu nome nao consta mais no spc mais fui fazer uma compra na c&a e consta la o valor total da compra como débito ainda naum quitado
    o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 15:18
    Enviado por: Anderson Rodrigues

    Tenho o nome sujo por conta de problemas que tive com cartão de crédito – a pouco fui incluido pela Claro, por erro administrativo, do qual pretendo entrar com ação reparatória na justiça, o fato deu já no Serasa, vai minimizar o erro da Claro e me impedir de qq reparação por essa empresa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 19:32
    Enviado por: marcos

    olá minha esposa tem o nome com restrições no serasa (pessoa física), e abriu uma empresa individual, no entanto na hora em que ela foi fazer a aberura de uma conta JURÍDICA, no nome de sua empresa, lhe foi negada a abertura por ter o nome de pessoa física negativado? isso é possível? pois se tratam de duas pessoas diferentes, uma física e outra jurídica (que não tem restrições)?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 01:14
    Enviado por: marcos

    outra dúvida um emprestimo feito em consignação em folha de pagamento, onde o banco invés de proceder os descontos das parcelas do contra cheque os efetua na cota corrente do mutuário, seria atiude ilegal do banco já que o emprestimo foi contratado para desconto em folha, e quando feito o desconto em conta correne acarreta despesas bancárias como por exemplo juos de cheque especial. isso pode ser revisto judicialmetne.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 03:45
    Enviado por: Rebecca

    Olá , no ano passado recebi uma ligação dizendo que eu havia ganho uma bolsa de estudos na microcamp , que era pra eu comparecer imediatamente. Fui ate o local ,lá os vendedores , prometem mundos e fundos, te iludem, me falaram que eu conseguiria emprego logo, que a microcamp me indicaria, que depois de tres meses de curso eu conseguiria um estágio… Eu desempregada fiquei louca pra começar o curso, meu namorado querendo me ajudar assinou o contrato ( sob pressão) pois elas mal deixaram ele ler. falaram que quando eu começasse a trabalhar eles passariam o contrato para o meu nome. Comecei o curso com toda dificuldade , acreditando que iria arrumar um emprego.Passaram-se 4 meses e eu não conseguir nada e nem dinheiro pra continuar o curso. Sei que fomos ignorantes, mas fomos enganados, muitas coisas foram prometidas e nada foi feito… sem contar que o curso não é reconhecido pelo mec conforme diziam, e estava na propaganda. Se eu fosse falar toda minha insatisfação não caberia aqui. Preciso saber oq faço, tem muita coisa errada,não sei como esse curso ainda esta de portas abertas, hoje vejo como é grande o números de alunos e pais insatisfeito…
    Por favor me ajudem, não sei o que faço , eles que eu pague um valor abusivo por sair do curso, existe alguma lei que me ajuda?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/04/2010 - 20:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se acha que foi enganada, então processe a escola por meio de advogado. Por outro lado, é muita ingenuidade acreditar que a escola garantiria emprego a você. Dificilmente a Justiça aceitará essa argumentação. Faça também uma denúncia no Prpcon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/04/2010 - 14:56
    Enviado por: Alessandra

    Duvida, se por exeplo eu trabalhar em um empresa e apareci na TV , fazendo uma amostra do meu trabalho, mas uma outra empresa pegou um video e colocou no seu site .Mas eu apareci no video 30 segundos.
    sera que posso ganhar essa causa .
    processa-los por uso indevido de imagem da minha imagem ?

    obrigadoo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 15:34
    Enviado por: Marcello

    Olá, tenho um imóvel que coloquei a venda, só que tenho algumas pendências nos órgãos de proteção ao crédito, pela relação que puxei as dívidas deverão ser extintas até julho próximo (2010) isso se deve pelo prazo que consta na lei que é de 5 anos, só que recebi uma proposta de compra e a diferença seria financiada pelo comprador. como devo agir?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/04/2010 - 19:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dpividas não são extintas, continuam até serem quitadas. Só o nome sai do SPC após cinco anos. O negócio não depende de ter ou não ter dívidas ou nome sujo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/04/2010 - 03:12
    Enviado por: borges

    queria saber qto tempo leva para fazer um financiamento depois de limpar o nome do spc,serasa,e pq algumas pessoas conseguem e outras naum?meu amigo devia o banco há 5 anos,e a conta como falam “caducou” e conseguiu fazer um financiamento,ja outro amigo q devia menos,e q ainda pagou a divida não conseguiu se quer financiar uma moto,pq ocorre isso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/04/2010 - 00:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Não há lei que impeça empresa de recusar clientes que já tiveram problemas de inadimplência. E não há prazo em lei para que um financiamento seja concedido.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/04/2010 - 16:38
    Enviado por: Vivian

    Olá, estou com o meu nome negativado no SPC e Serasa e gostaria de saber se isso me impede de me matricular em uma escola particular?

    Aguardo orientação.

    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/04/2010 - 00:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possíve que isso aconteça, já que não existe lei que impeça a escola de recusar matrícula por isso. Aliás, nenhuma escola é obrigada a aceitar a matrícula de quem quer que seja.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/04/2010 - 15:55
    Enviado por: EDUARDO

    TENHO MEU NOME NO SERASA E A DATA DE NEGATIVAÇÃO É DE 09/05/2005, ENTÃO PRESCREVERIA DIA 09/05/2010. EXISTE ALGUMA POSSIBILIDADE DESTE PRAZO SE PROLONGAR ? É EXATAMENTE NO DIA QUE PRESCREVE QUE A NEGATIVAÇÃO SAI DO SISTEMA?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2010 - 19:39
    Enviado por: Allyson

    Estou com o meu nome no Serasa, então estou querendo abrir uma conta salario, então eles consultaram e disseram que não pode, há alguma outra alternativa, pois só pode ser no banco do brasil!?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/04/2010 - 23:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há alternativa, nada impede o banco de rejeitar você como cliente. Talvez seja o caso de pedir ajuda à empresa ou então peça ajuda ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/04/2010 - 12:02
    Enviado por: Lidiane

    Olá, gostaria de saber se há possibilidade de conseguir obter CNPJ mesmo com o CPF sujo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2010 - 09:02
    Enviado por: fagna

    gostaria de saber se uma divida ainda caduca com 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2010 - 12:35
    Enviado por: jefferson

    meu nome ta sujo .minha antiga empresa pediu para que abrissemos uma conta no banco itau .. que iriamos receber no banco ..i não mas na empresa. abri a conta mas a empresa nunca deposito dinhero algum e continuamos a receber na empresa i a pós algum tempo o banco veio mi cobrando . mas seu ao menos ter usado a conta nem desbloqueado meu cartão gostaria de saber quem ta errado o banco em mi cobrar seer ter usado ou minha empresa ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2010 - 14:03
    Enviado por: Daniela

    Boa tarde.

    Mesmo com o nome sujo consegui fazer o financiamento de um carro pela BV com a minha mãe como avalista. Fiz o financiamento e ainda não passei ele para o meu nome (ainda estou dentro do prazo de 30 dias). Terei problema em faze-lo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2010 - 08:20
    Enviado por: Camila

    tenho o nome sujo, consigo visto para o canadá?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2010 - 18:27
    Enviado por: Juliana

    ja tive o nom sujo, mas graça a Deus ja paguei… agora tenho o nome limpo, mas não consigo um financiamento de um veiculo, mesmo tendo um renda legal.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2010 - 18:44
    Enviado por: Alex

    gostaria de fazer uam compra no cnpj da mainha empresa, mas tenho medo da financiadora não aprovar o meu credito, pois meu CPF está no SPC SERASA, eles podem fazer essa comparação entre CNPJ e CPF?

    Grato…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2010 - 16:30
    Enviado por: nice

    em 2004 fiz uma divida no finivest que caducou,mais a minha surpresa foi quando fui abrir um financiamento com a itaucard ,ela recusou minha proposta,entao quiz saber o motivo,me diceram que o itau comprou a finivest e la no finivest tem um historico quefaz com que minha fixa fique suja entre essas financeira,mais quiz pagar fui ate a finivest e ela me pediu 500,oo pq devia no cartao 190,00,mais me deu um telefone pra mim fzer um acordo,minha surpresa maior foi quando me disseram que minha divida era 25.000,00 mai fariam 1200,00 a vista,como pode de 500,00 ir pra 25 e agora 1200,nao é substimar nossa inteligencia,sera que isso é legal,tudo bem fc com historico de mal pagadora na finivest ate concordo mais o itau comprar essa briga é um pouco demais nao acha?me de sua opiniao.abraços
    nice

    responder este comentário