Menu

estadão

Advogado de defesa

Advogado de defesa

Texto de Andréia Fernandes

Tomar dinheiro emprestado ou comprar a prazo deixaram de ser processos
burocráticos há muito tempo. Hoje em dia, além de bancos, administradoras de
cartões e outras instituições financeiras, é possível aderir ao crédito
rápido e fácil em redes de supermercados e lojas de departamento. Tudo sem
necessidade de assinar nota promissória ou outro documento que garanta a
quitação do empréstimo. Basta que seu nome esteja “limpo” na praça, ou seja:
que você não faça parte dos temidos cadastros de proteção ao crédito por
causa de alguma dívida vencida. “Ter o nome inscrito num desses bancos de
dados priva o consumidor não apenas de fazer uma compra financiada, mas
também de firmar contratos com prestadores de serviço e até de arrumar
emprego”, afirma Luís Fernando Scalzilli, advogado e presidente da
Associação de Direitos Financeiros do Consumidor (Pró Consumer).


Ir para o topo