Estado.com.br
Sábado, 25 de Outubro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Nome sujo limita crédito e empréstimo

Categoria: Especiais

Texto de Andréia Fernandes

Tomar dinheiro emprestado ou comprar a prazo deixaram de ser processos
burocráticos há muito tempo. Hoje em dia, além de bancos, administradoras de
cartões e outras instituições financeiras, é possível aderir ao crédito
rápido e fácil em redes de supermercados e lojas de departamento. Tudo sem
necessidade de assinar nota promissória ou outro documento que garanta a
quitação do empréstimo. Basta que seu nome esteja “limpo” na praça, ou seja:
que você não faça parte dos temidos cadastros de proteção ao crédito por
causa de alguma dívida vencida. “Ter o nome inscrito num desses bancos de
dados priva o consumidor não apenas de fazer uma compra financiada, mas
também de firmar contratos com prestadores de serviço e até de arrumar
emprego”, afirma Luís Fernando Scalzilli, advogado e presidente da
Associação de Direitos Financeiros do Consumidor (Pró Consumer).

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

962 Comentários Comente também
  • 25/04/2006 - 18:48
    Enviado por: crespoangela

    Autor: valdecir rodrigues (IP: 201.69.144.2, 201-69-144-2.dial-up.telesp.net.br)
    Email: vrodrigues35@itelefonica.com.br
    Url:
    Comentário:
    gostaria de saber o que fazer com algumas dívidas que adquiri à algum tempo, quando eu tinha um salario quatro vezes maior do que hoje. Hoje, o que ganho mal dá para pagar as contas de casa normal. Estou sempre sendo pressionado pelas instituições de cobrança. O que devo fazer para melhorar esta situaçao, ja que o meu salário hoje não sobra e já estou acumulando novas dívidas?

    ADVOGADO DE DEFESA:
    O melhor a fazer nesses casos é procurar algum advogado que seja especializado em brigas com bancos (profissional que trabalhe com isso em seu escritório), para que ele entre com processo de revisão do débito. Quase sempre tem algum item do valor cobrado que pode ser contestado. Por exemplo, todos estes contratos tem a cobrança de juros sobre juros, o que é ilegal, principalmente, para os contratos assinados antes de 2001.
    Somente quando se entra na Justiça o banco se dispõe a fazer acordo.
    Caso tenha dificuldade para contratar um profissional especializado, pode procurar a PAJ, que é assistência gratuita do governo do Estado. Na Avenida Liberdade, 32.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2006 - 18:49
    Enviado por: crespoangela

    Comentário de: Celia Liberman [Visitante]

    Há 60 anos, meu pai é membro de uma associação de classes e simplesmente após 11 anos de contribuição teve o seguro saúde cancelado. A alegação da associação é de que o seguro estava velho(???) e, em lugar deste foi proposto um seguro com a mesmas condições pelo triplo do valor pago anteriormente.
    O caso está na Justiça, no Juizado Especial Cível ( conhecido como tribunal de pequenas causas). Estamos pedindo a manutenção do contrato. Na audiência de conciliação não houve acordo.
    Que fazer?

    RESPOSTA DO ADVOGADO:

    Por enquanto, a única saída é mesmo a Justiça, da forma como está sendo feita.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2006 - 08:21
    Enviado por: Tiago

    Legal o blog.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/07/2006 - 18:56
    Enviado por: elaine

    Atrasei o pagamento do boleto de uma loja por 20 dias. Quando fui fazer uma compra em outra loja a vendedora disse que meu nome constava no SPC. Não recebi nenhum aviso. O que posso fazer?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    A empresa não pode incluir seu nome em cadastros de restrições ao crédito (Serasa e SPC) sem enviar lhe comunicar previamente isso. O artigo 43 do Código de Defesa do Consumidor determina que antes da inclusão do nome do inadimplente em tais bancos de dados o consumidor deve ser comunicado por escrito. Como o seu nome foi incluído indevidamente você pode exigir da empresa a imediata retirada da lista.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2006 - 20:38
    Enviado por: maria de lourdes guedes do nascimento

    Gostaria de saber como devo fazer para limpar meu nome com urgência.

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Para reabilitar seu crédito o devedor precisa, em primeiro lugar, tentar um acordo com a empresa que “sujou” seu nome. Depois deve solicitar uma certidão com o órgão de proteção ao crédito para verificar se seu nome consta do cadastro. Em caso positivo, deve procurar os
    credores ali indicados para efetuar o pagamento.

    Quitada a dívida, o credor se responsabiliza pela retirada do nome do
    consumidor dos órgãos de proteção ao crédito. Assim que recebe a informação sobre a quitação do débito, a empresa de banco de dados faz a exclusão imediata da lista de inadimplentes.

    Em caso da emissão de cheque sem fundo, o credor também deve ser o primeiro a ser procurado. O consumidor deve pagar o débito e reaver o cheque, exigindo a declaração de pagamento. Com o cheque em mãos – após pagar dívida – o consumidor deve avisar a agência bancária que quitou a dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2007 - 11:42
    Enviado por: Amanda Canha

    Tive o meu nome incluído indevidamente no SPC por duas concessionárias, uma de telefonia fixa e outra de telefonia móvel, mas nem sou cliente dessas empresas. Posso estar pedindo indenização por danos morais ?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Amanda, segundo o Josué Rios, advogado especialista em direito do consumidor e consultor do JT é certo o direito à indenização por danos morais por negativação indevida, pois está implícita a falha no seus sistemas quanto à autenticidade dos documentos. Por isso, o consumidor deve reivindicar, via Juizado Especial Cível, a reparação moral do dano.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/10/2011 - 13:10
      Enviado por: Pryscilla Aubrey

      Nesse caso não há necessidade de comprovar que de alguma forma, por essa negativação do nome, sem conhecer a dívida trouxe algum prejuízo a mesma?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/01/2007 - 18:12
    Enviado por: josue

    Como posso verificar se meu nome está limpo ou não?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Você deve ligar no SPC da sua cidade ou verificar no site da Serasa  www.serasa.com.br). No link “serviço à população”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2007 - 20:02
    Enviado por: alexandre

    Gostei de ver que tem sites para tirar dúvidas e orientar a população.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2007 - 17:33
    Enviado por: Ademar Santos

    Sempre que nos dirigimos ao banco para fazer um empréstimo somos obrigados a fazer outro serviço como seguro de vida ou similares. Gostaria de saber se isto é legal e se não for, em que fonte jurídica posso encontrar isso?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Ademar, segundo o Idec, esse tipo de prática – a venda casada, prática proibida pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). O artigo 39 proíbe o condicionamento da venda de um produto a de um outro. O consumidor tem o direito de comprar produtos separadamente, portanto, se o fornecedor está ofertando um produto combinado com o outro, os dois têm de ser vendidos obrigatoriamente separados, em unidades, mesmo que custem mais caro. Denuncie essa prática no Procon ou a algum órgão de defesa do consumidor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2007 - 20:56
    Enviado por: Luana Souza dos Santos

    Como posso fazer para caucular as taxas de juros do meu cartão de crédito, pois por telefone me disseram várias taxas não anunciadas no contrato. O que posso fazer?

    Advogado de Defesa

    Você deve procurar o Procon levando o contrato e todos os extratos do cartão de crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/09/2007 - 17:08
    Enviado por: JulioCesar

    Tenho uma dívida com um banco em mais de 40 salários mínimos e não possuo nenhum bem fora os móveis da minha casa. Sou cobrado de forma aterorizante com telefonemas para meu trabalho, para o trabalho da minha esposa? O que pode ser feito cotra mim e o que eu posso fazer dentro dos meus direitos?

    Advogado de Defesa:

    É importante procurar a empresa credora e tentar a renegociação da dívida, parcelada. A partir do momento em que a dívida for renegociada, o nome do consumidor deve ser retirado dos cadastros negativos, isso porque, a dívida original morreu dando lugar a uma nova dívida, que não está vencida ou atrasada.
    E os artigos 42 e 71 do Código de Defesa do Consumidor dizem que o consumidor inadimplente não pode sofrer constrangimento na cobrança de dívida, com ações que interferem em seu trabalho, descanso ou lazer. Ligar para o emprego é considerado constrangimento, pois interfere no seu trabalho. Esse tipo de ação está sujeita às penalidades legais e o consumidor deve se valer do Juizado Especial Cível para resolvê-lo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/09/2007 - 21:41
    Enviado por: Vinícius

    Infelizmente, meu nome está na Serasa. Fui cobrado diversas vezes até receber um boleto de agência de cobrança tercerizada afirmando que meu nome iria para a Serasa caso não a pagasse. Fiz o pagamento na data prevista no boleto (em julho). Ontem tentei efetuar um financiamento, mas não pude devido ao meu nome estar na Serasa, passando por momentos totalmente contrangedores por uma dívida já paga. O que posso fazer?

    Advogado de Defesa:

    Procure a Serasa e tire um comprovante da permanência de seu nome na lista negra. Se for da dívida que já saldou, leve o comprovante da permanência do nome mais o comprovante de pagamento ao Juizado Especial Cível e peça liminar para que o nome seja retirado imediatamente da lista. Se quiser, pode ainda abrir processo contra a empresa por ter mantido seu nome mesmo já tendo pago a dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/09/2007 - 13:21
    Enviado por: Rosi

    Solicitei um financiamento e foi negado por constar um registro de um cheque devolvido pelo Banco IBI, porém não sou cliente deste banco e não tenho nenhum cheque devolvido. Consultei meu banco e nada consta… o Banco IBI alega que não tem nenhum registro feito por eles, porém no SPC aparece o registro.
    *****Em atenção ao seu e-mail e após consultar o cadastro, verificamos que seu nome não consta incluso nos órgãos de proteção ao crédito pela administradora ibi.******

    Que procedimento devo tomar?

    Advogado de Defesa:

    Procure o SPC e peça um comprovante de que seu nome conta em seu cadastro. Se realmente for do Banco IBI, leve até a empresa comprovando que foram eles que o colocaram lá e peça imediatamente a retirada. Pode, tamvém, procurar o Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2007 - 00:04
    Enviado por: Leove Moura

    Além de ter o nome negativado(incluso no SPC e na SERASA), existem outras complicações que podem ser sofridas por alguém que “ignora” o nome negativado e não paga a dívida? Estou me referindo a administradoras de cartão de crédito.

    Advogado de Defesa

    Sim, a empresa pode cobrar judicialmente a dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2007 - 13:37
    Enviado por: Gilson dos santos cavalcante

    Olá, gostaria de saber o seguinte:
    comprei um carro e financiei há 1 ano e só agora pude tentar fazer a transferência e surgiu um problema por causa dessa lei que saiu no ano passado, que agora nas vistorias têm que ser averiguadas a numeração até do motor. No meu caso, na vistoria acabei sabendo que não tenho a plaqueta de numeração do motor. Já tá caro para fazer o documento. Agora, mais essa? E não fica barato não. Entao, queria saber se tenho algum direito e qual seria em cima do estacionamente que vendeu o carro pra mim?

    Advogado de Defesa:

    A obrigação é do novo dono do carro.
    A obrigatoriedade existe desde setembro de 2006 e foi estabelecida por meio da Resolução 199, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Foi criada para evitar a comercialização irregular de peças, pois a numeração do motor de cada veículo consta na Base de Índice Nacional e nos cadastros dos Detrans. O decalque pode ser feito pela própria
    pessoa, segundo o Detran, ou por qualquer mecânico .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2007 - 11:59
    Enviado por: Fernando Rocha

    Olá, tudo bem!
    Bom gostaria de tirar um dúvida?
    Meu nome está no SPC há mais de 5 anos. Gostaria de saber se a dívida caduca!

    Advogado de Defesa:

    Não, a dívida não caduca. Após 5 anos, o nome deve sair do SPC, mas a dívida, se não foi paga, poderá ser cobrada, até judicialmente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2007 - 13:41
    Enviado por: Fernando Rocha

    Olá, boa tarde!
    Gostaria de saber se quando a dívida não for paga e o nome sair do SPC após os 5 anos posso fazer dívidas parceladas normalmente?

    Advogado de Defesa:

    Precisa ver se seu nome não consta de outras cadastros, como da Serasa ou o CCF do Banco Central. Geralmente, são esses os cadastros em que os nomes são cadastrados. Se não constar em nenhum, provavelmente conseguirá fazer compras. Mas, lembre-se, a dívida continua e poderá ser cobrada judicialmente. Então, antes de fazer novas compras não seria melhor quitar essa dívida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2007 - 10:07
    Enviado por: Claudiney

    Gostaria de tirar uma dúvida: meu nome esta no SPC por atraso em cartão de crédito, só que no extrato para pagamento do cartão veio notificado que “meus dados foram enviados para registro no SPC, SERASA e ACSP. Efetue o pagamento e regularize sua situação nos órgãos de proteção ao crédito”. O vencimento foi dia 10/09/2007. Paguei um pouco a mais que o mínimo em 12/09/2007 e em 20/09/2007 fui comprar um produto e fui barrado por constar meu nome no SPC. Minha dúvida é: já posso entrar com uma ação por Danos Morais ou tenho que aguardar mais prazo para tirarem meu nome da negativação?

    Advogado de Defesa:

    Pelo que entendemos de seu comentário, você não pagou toda a dívida nem negociou esse saldo devedor com a empresa. Portanto, seu nome continuará no nas listas negras até a quitação total.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2007 - 22:27
    Enviado por: rosa-visitante

    Olá, é verdade que diminuiu o tempo em que o nome fica no SPC e na Serasa? Em vez de 5 anos, agora são 3anos?

    Advogado de Defesa:

    O novo Código Civil (de 2002) afirma, no artigo 206, parágrafo 3°, que
    prescreve em 3 anos a ação judicial “para haver o pagamento de título de
    crédito”, e o Código de Defesa do Consumidor proibe a continuação do
    devedor na “lista negra” depois da prescrição da dívida. Neste caso, a
    prescrição de 3 anos prevista no novo Código Civil não é a que deve ser
    tomada como base para o tempo de permanência da negativação do devedor. Isso porque, É o novo Código Civil, além do prazo de 3 anos citado, traz outro prazo, agora de 5 anos, também para cobrança de dívida. E este prazo maior é o que deve ser usado como parâmetro pelos órgãos de proteção ao crédito, conforme já decidiu o STJ em 2004
    (recurso 472203).
    Qual a diferença entre os dois prazos citados do Código Civil de 2002? O de 3 anos refere-se a um tipo específico de cobrança de dívida (ações
    executivas) e o prazo de 5 anos às cobranças em geral (ações ordinárias ou convencionais de cobrança).

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 09:49
    Enviado por: igor

    Bom dia,
    Comprei um carro financiado, dei entrada e paguei 5 prestações (total de 24). Infelizmente, fiquei doente e estou com 4 parcelas atrasadas. A dívida foi para os advogados do Banco Bradesco. Já tentei por telefone e e-mail uma solução para o meu problema, só que eles não querem acordo nenhum e só aceitam o pagamento de todas as parcelas atrasadas. Eu já expliquei que não teria condições de pagar dessa forma. Ele foram reticentes e disseram que já iam mandar para Justiça.
    A minha dúvida: a partir do momento em que for para a Justiça eu não tenho mais condições nem possibilidades de pagar essa dívida? Realmente é impossivel eles dividirem, parcelarem ou facilitarem de alguma forma para mim?.
    Se não tiver solução, em quanto tempo eu perco o meu carro? E os valores que eu paguei?
    Gostaria de uma resposta o mais breve possível. Estou sem saber o que fazer.
    A dívida é de R$ 1.400,00. Até propus dar R$ 1.000 e em 10 dia pagar o restante, mas eles não aceitaram.
    E dia 18 já vence outra prestação…
    Obrigado pela atençãio e parabéns pelo serviço prestado com respostas tão claras.

    Advogado de Defesa:

    Você deve enviar seu relato para a coluna Advogado de Defesa – advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 11:52
    Enviado por: Laura

    A minha dúvida é a seguinte: Meu pai possuía uma empresa de transportes que faliu. Ele e o sócio dele tinham uma dívida com o banco que não foi negociada e hoje esta em torno de R$ 120 mil. Ele tem uma carreta (que é de onde tira o nosso sustento) que está penhorada por causa dessa dívida. O banco quer tomar a carreta dele agora, só que o valor da carreta não cobre a dívida, ou seja, vão levar a carreta, a dívida não vai acabar e meu pai ainda vai ficar sem condições de trabalhar p/ tentar pagar o restante… Caso isso ocorra, o banco pode querer tomar também a nossa casa e a casa do sócio dele, que são os únicos imóveis que eles possuem? grata.

    Advogado de Defesa:

    Quanto aos imóveis, não há o risco da penhara se for imóvel de residência da fa´mília. Ele está protegido pela lei do bem de família, e não pode ser penhorado, conforme a LEI Nº 8.009, DE 29 DE MARÇO DE 1990, que dispõe sobre a impenhorabilidade do bem de família, traz no artigo 3º as exceções. Entre elas não está a situação da pessoa que é avalista, portanto, o bem é impenhorável nesse caso.

    Art. 3º A impenhorabilidade é oponível em qualquer processo de execução civil, fiscal, previdenciária, trabalhista ou de outra natureza, salvo se
    movido:
    I – em razão dos créditos de trabalhadores da própria residência e das respectivas contribuições previdenciárias; II – pelo titular do crédito decorrente do financiamento destinado à construção ou à aquisição do imóvel, no limite dos créditos e acréscimos constituídos em função do respectivo contrato; III — pelo credor de pensão alimentícia; IV – para cobrança de impostos, predial ou territorial, taxas e contribuições devidas em função do imóvel familiar; V – para execução de hipoteca sobre o imóvel oferecido como garantia real pelo casal ou pela entidade familiar; VI – por ter sido adquirido com produto de crime ou para execução de sentença penal condenatória a ressarcimento, indenização ou perdimento de bens.
    VII – por obrigação decorrente de fiança concedida em contrato de locação.
    (Incluído pela Lei nº 8.245, de 1991)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2007 - 14:35
    Enviado por: bernadete

    Boa tarde

    Tenho um cheque devolvido duas vezes no valor de 285,00, desde maio, e a loja alega que estou pagando juros de 6% ao mês. Se eu fosse pagar hoje, teria de arcar com 384,00. Este juros que estão cobrando é legal?

    Advogado de Defesa:

    É melhor levar toda a documentação no Procon para que seja verificado se está correto ou não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2007 - 23:28
    Enviado por: Paula Cristina Rego e Melo

    Meu nome foi irregularmente incluso no SPC. Fiz uma compra no Hipermercado Extra Belvedere, em Belo Horizonte -MG, no qual o produto veio com defeito de fabricação (constatado pela própria loja e gerente) e foi devolvido corretamente. Desde então, tenho em mãos todas as cartas de Cancelamento de Transação com Cartão de Crédito do grupo Pão de Açúcar (empresa responsável), entretanto, a adm. do cartão de crédito da loja citada continua me cobrando o valor do produto com juros e correções e ainda icluiu meu nome no SPC. Além de tentar vários contatos com a loja e a administradora financeira sem êxito algum, ainda sofri vários constragimentos de ser cobrada ilegalmente. Como posso proceder e quais são meus direitos perante esta situação?

    Advogado de Defesa:
    Segundo o Josué Rios, advogado especialista em direito do consumidor e consultor do JT é certo o direito à indenização por danos morais por negativação indevida. Você deve reivindicar, via Juizado Especial Cível, a reparação moral do dano, assim como a retirada de seu nome das listas negras.

    Pode, também, enviar carta à coluna Advogado de Defesa – e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, para que possamos te ajudar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2007 - 23:30
    Enviado por: Paula Cristina Rego e Melo

    Meu nome foi irregularmente incluso no SPC. Fiz uma compra no Hipermercado Extra Belvedere, em Belo Horizonte -MG, no qual o produto veio com defeito de fabricação (constatado pela própria loja e gerente) e foi devolvido corretamente, desde então tenho em mãos todas as cartas de Cancelamento de Transação com Cartão de Crédito do grupo pão de açucar (empresa responsável), entretanto a adm. do cartão de crédito da loja citada, continua me cobrando o valor do produto com juros e correções e ainda icluiu meu nome no SPC. Além de tentar vários contatos com a loja e a administradora financeira sem êxito algum, ainda sofri vários constragimentos de ser cobrada ilegalmente. Como posso proceder e quais são meus direitos perante esta situação?

    Advogado de Defesa:
    Segundo o Josué Rios, advogado especialista em direito do consumidor e consultor do JT, é certo o direito à indenização por danos morais por negativação indevida. Pode, ainda, reivindicar, via Juizado Especial Cível, a reparação moral do dano e a retirada do nome da lista negra.
    Outro caminho, é enviar o seu problema para a coluna Advogado de Defesa – e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2007 - 13:55
    Enviado por: raquel alves

    Boa tarde, há um ano mais ou menos comecei a fazer um curso, só que por motivos de falta de tempo e a distância abandonei-o. Neste ano, ao fazer uma consulta vi que meu nome está incluso no SPC por essa escola. Eles nao entraram em contato comigo. Já liguei para escola, mas ninguém da secretaria me atendeu. Sempre pedem para eu deixar o telefone que irão me retornar, mas nada. Até mandei e-mail para a escola e não obtive retorno. O que eu faço?

    Advogado de Defesa:

    Primeiro, você não poderia ter abandonado o curso e, sim, ter pedido o cancelamento de contrato, por escrito.
    Agora, para incluir o nome do consumidor em algum banco de dado, este tem de ser avisado previamente para ter o direito a defessa.

    Portanto, você erro eu não pedir o cancelamento do contrato e eles erraram por não ter te comunicado do envio de seu nome para a lista negra.
    Seria melhor você procurar a escola e tentar um acordo para o cancelamento, ou, então, falar com o Procon para ver o que você pode fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2007 - 13:25
    Enviado por: Symone anjos

    Estou com o nome no SPC e na Serasa e estou contratando uma empresa para fazer a negociação da dívida, pois não tenho tempo, trabalho bastante e não consigo tempo, será que posso confiar?

    Advogado de Defesa:

    É muito fácil fazer isso sozinho. Não há necessidade de contratação de empresa. Agora, se optar pela contratação, peça indicação de pessoas conhecidas e veja se a empresa foi confiável para quem a indicou.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2007 - 13:34
    Enviado por: Patricia Caminha

    Meu banco cancelou o meu cartão múltiplo (débito/crédito) sem aviso prévio, alegando que estou com cheque sem fundo e atraso mo meu cartão, lembrando que só passaram essa informação depois do cancelamento, como devo proceder? O valor do cartão de crédito foi pago na data acordada com a central de relacionamento. Estou sem cartão para movimentar minha conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2007 - 14:56
    Enviado por: shirlei cristiane teixeira

    Tenho uma dívida em um banco e em uma loja. Nã vou pagar pois não querem fazer acordo. Quero saber se eu não pagar, quanto tempo leva para meu nome sair do SPC?

    Advogado de Defesa:

    Após a inclusão do nome no SPC e Serasa, ele fica por 5 anos nesses cadastros. Mas isso não significa que, passado esse tempo, a dívida deixa de existir. Ela pode ser cobrada judicialmente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2007 - 22:35
    Enviado por: ROGERIO LIMA

    Tenho uma empressa que não pagou um finaciamento bancário. Já se passaram 5 anos e a dívida não costa mais no serviço de proteção.
    O banco pode vir a cobrar novamente judicialmente e penhora algum bem ou dinheiro que esteja em conta em meu nome ou da empressa?

    Advogado de Defesa:

    Somente trabalhamos com casos de pessoa física, que é o que vale o Código de Defesa do Consumidor. O seu caso é de pessoa jurídica e, portanto, é melhor procurar orientação de um advogado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2007 - 18:52
    Enviado por: nilda barroso

    olá,
    Tenho um consorcio de um caminhao, que esta com tres parcelas atrasadas, porem so tenho dinheiro para pagar duas destas parcelas, mas a empresa credora quer receber as tres e se nega a receber somente as duas, sou obrigada a pagar as tres ou posso pagar somente duas?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2007 - 19:07
    Enviado por: LUIZ CARLOS

    Mesmo pagando o cartão de crécdito do supermecado, ao passar no caixa constava que não paguei. Tentei conversar com o gerente e ele não estava. Posso entrar com ação de danos morais pelos constrangimentos? As pessoas ficaram rindo por eu ter que deixar o carrinho de compras. Tenho a fatura paga e antes do vencimento.

    Advogado de Defesa:

    Para entrar com ação de constrangimento, você terá de ter testemunhas para provar o que aconteceu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2007 - 10:15
    Enviado por: Laurentino Risso

    Preciso de informações. Sou avalista e tudo indica que terei de pagar uma conta que não é minha. Há 20 anos tomo remédios controlados. No que isso pode me ajudar a sair do aval?
    Se puder me ajudar, responder para krasniarisso@hotmail.com

    Advogado de Defesa:

    Infelizmente, a medicação que o sr. toma não poderá ajudá-lo em nada nesse caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2007 - 17:23
    Enviado por: katia

    Eu financiei uma dívida de uma Kombi
    de um amigo em meu cartão há 1 ano e 4 meses. Ele não pagou essa divida, vendeu a Kombi e não me deu o dinheiro para eu pagar minha conta do cartão. Essa dívida foi de um lincenciamento e multas. O meu nome esta sujo. O valor, na época, era de R$ 1.800. Agora está em R$ 3,500.O que faço? Esse amigo é advogado.

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida está em seu nome, é você que terá de pagar. Não se deve emprestar nome (para fiador, compra, etc), cartão de crédito ou cheque sem ter garantias de que irá receber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 11:36
    Enviado por: Joelson Costa

    Bom dia! Estou com uma dúvida. Há alguns meses comprei um produto na internet via cartão de crédito, mas quando o produto chegou não estava funcionando. Mandei de volta para substituição, mas a empresa não me enviou produto nenhum. Aí resolvi entrar em contato com a administradora do cartão para fazer o cancelamento dessa compra, mas a administradora disse que não poderia fazer o cancelamento e, sim a reposição de credito, e, assim, eu não iria pagar as prestações… Minha duvida é: a empresa pode colocar meu nome no SPC. E se colocarem o que faço nessa situação?

    Advogado de Defesa;

    Para cancelar a compra, envie uma carta à empresa que lhe vendeu o produto, com Aviso de Recebimento, dizendo que você está pedindo o cancelamento por não ter recebido o que comprou. Guarde a cópia dessa carta, mais o Aviso de Recebimento comprovando que ela foi entregue e o comprovante que você devolveu o produto por não estar funcionando e não recebeu outro no lugar. Assim, a empresa terá de pedir a baixa do débito na administradora do cartão e, caso ocorra de enviarem seu nome para o SPC, você terá como provar que não recebeu o produto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 22:08
    Enviado por: Eraldo Torres

    tenho alguns cheques devolvidos a 5 anos, o ccf pode manter o meu nome negativado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 22:20
    Enviado por: MARCIA

    PAGUEI COM CHEQUE UMA FATURA DE UMA EMPRESA E MEU CHEQUE SEM PROVISAO DE FUNDOS AI FUI NA EMPRESA PAGUEI TUDO QUE DEVIA E DISSERAM QUE NAO PODERIA DAR CARTA DE ANUENCIA E NEM ACHARAM CHEQUE PARA ME DEVOLVER VOLTEI LA POR 3 VEZES E NADA. E O BANCO PEDI UM DESTES DOCUMENTOS. MEU NOME TA NO SERASA. DEVO ENTRAR INDENIZAÇÃO CONTRA EMPRESA?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2007 - 23:31
    Enviado por: Monalisa Paiva

    Boa noite! viajei por 5 meses, e deixei minha mãe com a responsabilidades de pagar todas as contas que chegasem em meu nome, quando voltei descobri que uma das lojas onde efetuei compra não enviou as devidas faturas para cobrança, portando as mesma não foram pagas por falta de conhecimento da minha mãe, eles por sua vez puseram meu nome no SPC sem nenhuma aviso prévio, paguei o valor devido, e agora recebi de uma empresa tercerizada um boleto de cobrança em nome dessa loja, me cobrando um valor acima do que eu já havia pago na própria loja, alegando que caso não seja efetuado o pagamento meu nome seria incluso novamente ao spc. Foi correto o que eles fizeram, o que devo fazer???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 18:00
    Enviado por: Claudio Daniel

    Boa Noite!

    Fiz compras em uma loja de moveis e parcelei o pagamento em 12 cheques pre datados, porem esta loja faliu antes de me entregar estes moveis e por isso canceclei os cheques. Todos os cheques foram depositados nas datas em que estavam pre-datados, porém, retornavam por estarem sustados. QUase 4 anos depois descobri que meu nome estava negativado no spc por uma empresa que eu desconhecia, entrei e contato com esta empresa e descobri que se tratava de uma empresa que havia negociado os meus cheques com a loja que faliu, esta empresa juntou o valor de dois cheques e negativou meu nome com um numero de documento que eu deesconheco, como se eu devesse uma duplicata para eles no valor de dois cheques. O que devo fazer? não fiz qualquer negocio com esta empresa que comprou meu cheque, nao recebi a mercadoria que comprei e estou com o nome negativado e por isso nao posso financiar um imovel.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 18:51
    Enviado por: Marcelo

    Ola. Tive meu nome inscrito no seras, mas paguei algumas dívidas e outras caducaram. Agora quero fazer um financiamento imobilário pela caixa econômica. Posso ter problemas para conseguir o financiamento por algumas dívidas terem caducado ? Obrigado…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 19:11
    Enviado por: Rafael Guedes

    Atrasei duas parcelas de um financiamento que fiz em um supermercado, e eles colocaram meu nome no SPC.
    Efetuei o pagamento dia 16/10, mas disseram que para o meu nome ficar limpo iria demorar 7 dias, achei muito tempo.
    Quantos dias são nescessários para que se limpe o nome após o pagamento da dívida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2007 - 10:18
    Enviado por: Carla Vieira Britto

    Olá,
    O meu nome estava no SPC, até dia 15/10/2007. Agora tento pedir cartões de crédito e todos os lugares me avisam que só daqui a 6 meses eu posso refazer o pedido. Gostaria de entender o porquê se meu nome não consta mais no SPC. As financiadoras tem algum lugar que consegue verificar que eu estou ainda pagando o parcelamento.

    Abraços

    Carla

    Advogado de Defesa:

    Precisa-se saber o motivo da negativa para os cartões de crédito. Alegam que é em razão do nome negativado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2007 - 23:03
    Enviado por: Isabel

    Fiz um empréstimo no banco em 1998 e deixei de pagar algumas parcelas. O banco colocou meu nome na Serasa e também entraram com um processo contra mim, sendo que até agora eu não recebi mais nada. O oficial de Justiça já esteve em minha casa para fazer o penhor do meu carro, só que até agora nao soube mais nada do processo.
    Como devo proceder diante disso? Eu nao tenho advogado.

    Advogado de Defesa:

    Você não deixa claro quando que o oficial de Justiça esteve em sua casa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2007 - 01:05
    Enviado por: Sérgio Lopes

    Olá, minha esposa tem duas empresas, sendo que uma dessas empresas tem uma negativa de telefonia que já está sendo discutida na Justica. Ocorre que ela deu lance em um consórcio para tirar uma moto (como pessoa física) e a administradora do consórcio negou a liberação do cadastro alegando a restrição existente da (pessoa jurídica) e também se nega a dar essa informação por escrito. Ela utilizou a declaração de Imposto de Renda da outra empresa dela para comprovar a renda, e mesmo assim não liberam a moto alegando a negativa da PJ, isso é correto?

    Advogado de Defesa:

    Ao retirar a moto, ela estará assumindo uma dívida, em prestações. Em qualquer financiamento, as empresas costumam verificar se a pessoa está inadimplente, podem recusar o crédito caso essa situação seja confirmada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2007 - 08:18
    Enviado por: valdin carneiro da costa

    Quitei todas as minhas dívidas, no entanto, quando fui apresentar meus cheques devolvidos faltaram 4, os quais perdi decorrente de mudanças. Já faz 4 anos e 4 meses que fui incluido no CCF do Banco Central, como não há cobrança nem protesto do cheque, o banco deveria retirar meu nome do CCF por já completar 4 anos? Com o nome no CCF também não posso efetuar financiamento?

    Advogado de Defesa:

    Conforme o Banco Central, o pagamento pode ser comprovado mediante a entrega do próprio cheque que deu origem a ocorrência ou do extrato da conta (original ou cópia) em que figure o débito relativo ao cheque que deu origem à ocorrência.

    Na impossibilidade de apresentação desses documentos, é necessária a entrega de declaração do beneficiário dando quitação ao débito, devidamente autenticada em tabelião ou abonada pelo banco endossante, acompanhada da cópia do cheque (*) que deu origem à ocorrência, bem como das certidões negativas dos cartórios de protesto relativas ao cheque, em nome do emitente.

    (*) A cópia do cheque somente será exigida quando a devolução que ensejou a inclusão no CCF tiver ocorrido após 30 de junho de 2000, não podendo ser objeto de cobrança de tarifa diversa daquela eventualmente cobrada para o fornecimento de cópias de cheques em geral.

    Comprovado o pagamento, o banco não pode deixar de examinar e comandar, no prazo máximo de cinco dias úteis, contados da data da entrega do pedido do cliente, a exclusão do nome do correntista. O executante do sistema (Banco do Brasil) terá o prazo máximo de cinco dias úteis para consolidar as inclusões e exclusões de ocorrências do CCF.

    Qualquer ocorrência é excluída automaticamente após decorridos cinco anos da respectiva inclusão. Se o seu nome tiver sido indevidamente incluído, por erro do banco, este deve providenciar a imediata exclusão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2007 - 07:37
    Enviado por: Raquel Garcia

    Ola, Bom dia.
    No ano de 2005, minha família fez algumas compras em meu nome em uma loja aqui da cidade. No mesmo ano, minha família parou de pagar as parcelas e eu fiquei desempregada. Agora em 2007 finalmente estou empregada, então fui a loja quitar minha dívida e o valor está na faixa de R$ 1.080,00.
    Então, gostaria de saber se essa taxa de juros está correta, 10% ao mês. Se não aceitarem um acordo justo, posso recorrer judicialmente?

    Advogado de Defesa:

    Primeiro, você deve procurar o Procon, levando toda a documentação da dívida, para que seus técnicos verifiquem se está correta a cobrança de juros. Com os cálculos em mãos, procure a empresa para negociar o débito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2007 - 16:00
    Enviado por: Babinton Andre Ceron

    Tenho um protesto que ja foi pago a mais de um mes e a empresa demora pra mandar a carta de auencia e por isso estou sendo prejudicado e posso ate perder uma viagem internacional que devo fazer esse mes…..
    o que posso fazer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2007 - 16:37
    Enviado por: klercio gomes leal

    Olá, meu nome foi incluso na Serasa sem meu conhecimento e por uma dívida que não é minha. Quem o colocou foi uma transportadora que eu nunca contratei, além do mais, o nome que consta como devedor num cartório de protesto é outro e com o meu CPF. Como posso fazer para retirar meu nome da Serasa, já que esta dívida não é minha e está protestada no cartório de outro Estado (Bahia)? Vou ter que ir lá? Que país é esse que para nos defender temos que perder tempo e dinheiro?

    Advogado de Defesa:

    Você não precisa ir à Bahia para resolver isso. O Código de Defesa do Consumidor garante que o cidadão pode fazer a sua defesa no locla em que vive. Seria bom você retirar na Serasa o comprovante que seú CPF está negativado e ir no Juizado Especial Cível pedir uma liminar para que ele seja limpo imediatamente. Se quiser, poderá, ainda, abrir ação por danos contra a empresa que te negativou

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2007 - 07:50
    Enviado por: Felipe Manoel da Silva

    Olá, estou com meu nome no SPC há pouco tempo – uns 4 meses aproximadamente -, e o valor é pequeno. Porém o banco ja esta cobrando um absurdo de juros. Eu quero pagar a minha dívida com os cartõs de crédito. Só que eles não facilitam. Como devo fazer para pagar sem necessitar arcar com os juros?

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o Procon para que seja feito o cálculo dos juros e, assim, você terá argumentos para discutir com o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2007 - 16:21
    Enviado por: walber

    sobre estes anuncios na net, de tirar o nome em 10 dias e verdadeira a afirmativa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2007 - 08:29
    Enviado por: francisco

    Sou sócio de uma empresa que tem cheque sem fundo. O banco pode me negar talão de cheque, alegando que meu nome fica sujo porque sou sócio?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2007 - 09:28
    Enviado por: marcelo

    Ola TEnho uma divida de um carro paguei 6 prestação não consigo pagar o resto quero devolver tem alguma posibilidade de devolve falta pagar 42 prestação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2007 - 14:08
    Enviado por: Pedro Henrique Mendes

    Estou limpando meu nome para pode comprar um carro…e gostaria de saber depois que todas as dividas forem pagas e meu nome excluso do spc…se tem um tempo certo pra ficar com o nome limpo….se sim quanto tempo ?…. para poder passar uma ficha de credito pra aquisiçao do carro…ou assim que limpo posso ja passar o credito ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2007 - 21:06
    Enviado por: leo

    oi,
    passei dois anos desempregado e acabei acumulando muitas dividas (spc/ serasa/ bacen). arrumei um emprego e paguei tudo o que devia, hj meu nome está limpo no spc e serasa…..só que não consigo fazer nehum cartão de credito e nem cheque especial…..na verdade existe uma lista negra…..oculta….mas existe….é legal? vc ter o nome sem restrições, um salario razoavel, 8 anos de conta…..e barrarem credito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2007 - 21:08
    Enviado por: Fabio Costa

    Boa noite, minha duvida na verdade ja foi perguntada nos comentarios mas não tem a resposta, tive o nome sujo e limpei só que agora toda vez que tento ter um cartão de crédito eles informam que os requisitos deles eu não me encaixei mas isso é com todos os cartões, acredito que meu nome fique por algum tempo em uma lista que só bancos e afins tem acesso.
    Isso é permitido por lei? e como faço para retirar ele desse tipo de situação?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2007 - 15:31
    Enviado por: fabiola monteiro

    tive um desentendimento com o sindico do meu predio, onde ele me assediva, prestei queixa contra ele,. Só que agora ele foi em uma loja onde tem u cheque meu que voltou e pediu ao dono pra tirar uma copia e anda denegrindo minha imagem , mostrando á todos os moradores e falando mal da minha pessoa..O que posso fazer para que ele pare de denegrir miha imagem.sendo que ja registrei queixa contra ele, e estou processando,e mesmo assim ele continua fazendo as mesmas coisas…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2007 - 16:07
    Enviado por: keren

    Eu e meu noivo fomos selecinados para um projeto de casa popular, porém casamos daqui a 15 dias, e meu nome esta com restrição. O nome dele está limpo, e nunca teve nenhuma restrição será que o banco aceitará esta financiamento se ja estivermos casamos e meu nome com restrição?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2007 - 18:37
    Enviado por: daniella

    olá boa tarde gostaria de saber se a financiadora pode incluir o nome no serasa por uma parcela que esta á 6 dias atrasada, e incluir pela volar total do finaciamento?
    Desde já muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 14:26
    Enviado por: Marcos Bezerra

    tenho o nome incluido no spc e serasa, tenho dividas de enprestimos no banco do brasil e bradesco com mais de 2 anos e ambos com os cartoes master e visa dos respectivos bancos, gostaria de saber com quantos anos caduca a divida, e se depois de caducar, posso reaver meus creditos nos respectivos bancos, e operadoras de cartoes de credito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 09:38
    Enviado por: bia

    o meu carro esta atrasado a 12 meses e gostaria de devolve-lo a financeira, so que nao sei como fazer estou em outro estado, ja estou com busca e apreensão se for devolve-lo corro o risco de ser presa? Qual o precedimento adequando?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 16:47
    Enviado por: Noemi Terezinha Felix

    Desejo saber se meu nome
    está linpo Noemi Terezinha felix

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2007 - 23:21
    Enviado por: marcos

    Tenho que pagar uma indenização de danos morais, por causa de um acidente de trânsito, porém não tenho bens e nem dinheiro, neste caso pode descontar algum valor do meu salário?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2007 - 02:40
    Enviado por: Adalio Rodrigues de Freitas

    Quando o devedor vai ate a loja negocia sua divida por um valor bem inferior, cujo nome deste está no spc, a empresa e responsavel por ainda nã´ter tirado o nome dele passado mais de 15 dias.o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2007 - 12:56
    Enviado por: John Charles Fernandes

    Renegociei meus débitos com a faculdade e, apesar disso (3 meses), depois de renegociada a dívida, que vem sendo paga, a faculdade encaminhou meu nome para registro no SCPC. Protocolei ofício informando ao SCPC a existência do parcelamento e ainda assim foi efetuado o registro. Cabe dano moral contra a inclusão indevida?

    Advogado de Defesa:

    Primeiro, solicite ao SPC comprovante de que seu nome está negativado. Com ele em mãos, mais a proposta de renegociação da dívida, procure o Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2007 - 15:27
    Enviado por: Wander Gordiano Guimarães Filho

    Tenho dívidas feitas, há mais de cinco anos, e não tenho como pagar. O que posso fazer para tirar meu nome do SPC?

    Advogado de Defesa:

    Conforme o Código de Defesa do Consumidor, artigo 43, o nome do consumidor não pode permanecer nos cadastros restritivos de crédito por mais de 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 12:12
    Enviado por: Luciana Lucia Morena

    Eu estou com o nome no spc o que faço para sair logo do spc .
    Muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2007 - 13:24
    Enviado por: Cesar santos

    Em 12/07, faz 5 anos que meu nome esta no serasa por chequws sem fundos, ja resgatei todos mas nao apresentei ao banco pois a taxa e muito alta e estou desempregado. Apos 5 anos meu nome vai sair da lista ???
    Grato,

    Cesar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2007 - 00:21
    Enviado por: fernando barbosa da silva

    boa noite devo p/r banco 39000,000
    costaria de parcela eles nao que nao posso paga
    esta divida nesse valor estou no seraza e spc
    gostaria de linpa meu nome nao comsigo trabalho
    eu posso paga 500,00 reais por meis eles nao aceita oque fazer banco santander feis 1 ano
    eles que 100800,00 nao posso paga nao tenho nada no meu nome eu quero pg adivida mais so posso pg ate 500,00 reais meisais presiso de uma ajuda fui na oab de barueri eles deu um adivogador mais vai de mora

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2007 - 13:30
    Enviado por: Wander Gordiano Guimarães Filho

    Olá pesoal!
    De novo!
    A minha pergunta foi respondida, logo acima. Preciso saber a maneira correta para que eu possa requerer esse benefício (Art. 43), ou o de legalizar meu nome junto ao orgão competente(SPC).

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2007 - 01:07
    Enviado por: walquiria Silva

    Olá,
    Tenho lido todas perguntas e respostas, mas nao vi nenhuma igual a minha pergunta.
    O seguinte tenho meu nome incluso no ccf, 8 cheques para uma loja sem fundo, na epoca foi devolvidos por falta de fundos em 2005. Recebi uma carta de cobrança de uma assessoria em janeiro deste ano, com um desconto muito bom, ate a baixo do valor do cheque, porém na epoca nao tinha condiçoes de pagar um real a ninguem, agora graças a Deus, quero limpar meu nome, mas a empresa da qual eu devo, mudou de cobrador, agora e outra assessoria que esta cobrando um absurdo de mim, eu estou no meu direito de querer pagar o que a outra me ofereceu ou devo aceitar a proposta dessa, que vou demorar mais 2 anos para pagar, enquanto quero quitar tudo de uma vez. Exemplo : a primeira. 1000,00 a Segunda 4.500,00 , isso e mais do que o valor do meu cheque e também , mais do que o valor do emprestimo que peguei. Preciso limpar meu nome, me ajude , por favor. atenciosamente,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2007 - 13:06
    Enviado por: Márcio S Cunha

    Olá,tenho um cheque devolvido a 2 anos,linha 12 e protestado,a empresa faliu,não acho nenhum sócio,e nem o sindico que cuida da massa falida.Se eu for em juizado de cívil ( pequenas causas),apresentar a micro filmagem,e a carta de protesto,consigo pagar em juizo,e assim com a documentação do forúm,poder limpar meu nome junto ao banco?Por favor,necessito muito dessa informação,pois obtive vários metódos a serem feitos mais nenhum me trouxe um possisionamente certo.Agradeço a quem me ajudar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2007 - 19:57
    Enviado por: Elieser de Almeida do Santos

    Tenho 12 cheques do Banco do Brasil, já pedi a microfilmagem, mas não tive retorno, fui ao Banco também e nada consegui. Gostaria de limpar meu nome o mais rápido possível como é que eu faço?

    Advogado de Defesa:

    Por favor, envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, com seus dados pessoais. E-mail: advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2007 - 09:33
    Enviado por: lilian

    Prezados,

    Tenho uma dívida de cartão de crédito com um banco. Sei que a mesma já caducou e meu nome inclusive já saiu do SPC e da Serasa. Um consultoria fica ligando no meu emprego me cobrando. Eles podem fazer isso?
    Já mencionei que não quero que liguem + para meu emprego e que vamos negociar na justiça, visto que os juros são muito altos. Gostaria de maiores orientações.

    Advogado de Defesa:

    O Código de Defesa do Consumidor não permite que cobranças sejam feitas no ambiente do trabalho. Quanto à prescrição da dívida, precisa ver se ela já está valendo (para cada tipo de dívida há um prazo diferente). Se se passaram 5 anos, tem de sair do SPC e da Serasa, mas isso não significa que a dívida prescreveu, ou seja, ele poderá continuar sendo cobrada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2007 - 16:18
    Enviado por: HILTON BACCARO

    Paquei 8 parcelas do financiamento estudantil FIES da Caixa de março a outubro/07 e meu nome que estava no Serasa e não foi retirado. Procurei a Caixa me informaram que a parcela que estava na Serasa, a de março/07, estava em execução e não poderia ter sido recebida pela agência. Ora, como não fui comunicado desse procedimento da Caixa (do envio para execução) e a Caixa recebeu as parcelas, acredito estar quites com o meu débito. Diante do exposto, quais as providências a serem tomadas para a retirada do meu nome da Serasa e se cabe alguma ação contra a Caixa.

    Advogado de Defesa:

    Por favor, envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, com seus dados pessoais. E-mail: advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2007 - 13:16
    Enviado por: Eliezer Gomes Da silva Junior

    Tive meu nome usado em empréstimo na firma do meu tio, pois tenho 2% das cotas, mas não desfrutei de nada. Essa firma foi aberta por outros motivos. Na verdade só emprestei o nome para ajudá-lo. Ele mudou de ramo e continuou com a mesma empresa. Resumindo: a empresa tem um empréstimo de aproximadamente R$ 300 mil. Quando ele me trazia os papéis não me trazia com todo o conteúdo do contrato. Muitas vezes dizia que era para mudança de endereço ou de razão social. Não tenho nada a ver com a empresa. Trabalho na area da saúde. Sou empregado. Queria orientação de como posso sair desse problema, pois não compro mais nada no crédito porque meu CPF foi protestado.

    Advogado de Defesa:

    Se a emprsa está em seu nome, você também é responsável pelas dívidas. O melhor é procurar um advogado e ver como você pode se livrar dessas dívidas, uma vez que afirma não ter nenhuma relação com a empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2007 - 15:37
    Enviado por: paulo

    Olá. Tenho uma moto financiada e tenho um empréstimo em meu nome. Por motivos de doença talvez não consiga quitar o outro financiamento. Tentei negociar, mas a firma não aceita reduzir a prestação. Eles podem tomar a moto de mim ou alguns bens da casa do meus pais, pois moro com eles.

    Advogado de Defesa:

    Numa ação de penhora, podem sim pegar a sua moto como garantia de pagamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2007 - 22:59
    Enviado por: marcio borges

    Boa noite meu nome permaneceu na Serasa e no SPC durante 5 anos é já limpou. Gostaria de saber se sai do CCF do Banco Central também?

    Advogado de Defesa:

    Segundo o Banco Central, o nome sai do CCF nas seguintes formas:
    Comprovado o pagamento, o banco não pode deixar de examinar e comandar, no prazo máximo de cinco dias úteis, contados da data da entrega do pedido do cliente, a exclusão do nome do correntista. O executante do sistema (Banco do Brasil) terá o prazo máximo de cinco dias úteis para consolidar as inclusões e exclusões de ocorrências do CCF.

    Qualquer ocorrência é excluída automaticamente após decorridos cinco anos da respectiva inclusão. Se o seu nome tiver sido indevidamente incluído, por erro do banco, este deve providenciar a imediata exclusão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2007 - 16:08
    Enviado por: marcos luciano arges

    Gostaria de saber se cabe alguma ação no caso do marido que compra um celular e quem utiliza é a esposa e esse casal se separa e a esposa não paga conta o nome do ex-marido vai para SPC?

    Advogado de Defesa:

    Irá para o SPC o nome do titular da assinatura.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2007 - 14:02
    Enviado por: Wander Gordiano Guimarães Filho

    Olá!
    Preciso saber quais são os passos a serem dados no sentido de retirar meu nome do SPC. Minhas dívidas, que ainda não foram pagas, foram feitas há bem mais de 5 anos?

    Advogado de Defesa:
    O nome deve sair automaticamente após 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2007 - 14:48
    Enviado por: Edilene

    Se a pessoa deixar de pagar prestações o nome vai só para o SPC/Serasa?Tem risco de ser preso?

    Advogado de Defesa:

    Não tem risco de ser preso. O que pode ocorrer é uma ação de penhora e, caso você tenha bens, poderão ser penhorados.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2007 - 11:10
    Enviado por: marcio

    Bom dia, tive umas dificuldades financeiras e acabei deixando meu cartão de crédito atrasar. Faz 1 ano. A empresa quer levar o caso ao Jurídico. Como proceder. Não posso negociar essa dívida agora. Se for ao jurídico como posso proceder?
    Ou a empresa não pode fazer isso até um certo tempo?

    Aguardo uma dica, e agradeço até o momento.

    Advogado de Defesa:
    A única saída é tentar negociar com a empresa essa dívida, pois ela pode levá-la para a cobrança judicial a qualquer momento e, caso você não tenha dinheiro para a quitação, algum bem seu poderá ser penhorado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2007 - 11:24
    Enviado por: welington magalhaes da silva

    Olá!!
    Será que vocês poderiam me dar uma orientação?
    E que financiei um carro e atrasei dois meses a prestação. E um agente de cobrança fica me ligando fazendo ameaças, de que vai mandar o oficial de Justiça em minha casa para tomar o carro. Mesmo depois de falar para ele que iria pagar assim que recebesse o 13 salário.
    obrigado!

    Advogado de Defesa:

    tenta negociar com ele essas parcelas atrasadas, caso contrário seu carro poderá ser apreendido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2007 - 21:17
    Enviado por: wellington garcia alves

    Preciso da liberação do meu nome, pois foi injusto sua inclusão no SPC e na Serasa.

    Advogado de Defesa:

    Se o seu nome foi injustamente colocado nesses cadastros, você deve tirar um relatório, que comprove a inserção indevida, procurar a empresa que os colocou e exigir a retirada ou, ainda, com o comprovante, procurar o Juizado Especial Cível e solicitar uma liminar para que seu nome seja retirado dos cadastros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2007 - 22:57
    Enviado por: rose

    Tenho uma ação judicial de um veículo. É verdade que com 05 anos sai da Serasa e do SPC já tem 04 anos? Por favor, me responde com urgência.

    Advogado de Defesa:

    As restrições só podem ficar nos cadastros por um período de 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 00:15
    Enviado por: Henrique

    Fiquei devendo na faculdade. Ao completar o curso fui chamado na secretaria e me ofereceram um acordo onde eu poderia estar pagando o total da dívida em várias parcelas com boletos. Aceitei a proposta, não assinei nada nem eles me deram nenhum tipo de papel. Comecei a pagar normalmente os boletos, de repente fui surpreendido com uma citação e eu tinha 15 dias para pagar uma dívida na mesma Faculdade. Surpreso, fui ver do que se tratava e fui informado de que tinha um Cheque meu no valor de 900,00 que tinha sido dado para pagar algumas prestações. Eu sabia do cheque, mas tinha certeza de que ele estava incluído no valor total da dívida que a mesma faculdade me propos um parcelamento. Tenho duas perguntas se possível gostaria que você me respondesse.
    1ª – Tem alguma coisa que eu possa fazer, ou tenho que pagar mais esta dívida, sendo que já tinha feito um acordo com a Faculdade?
    2ª – Eu recebi este AVISO por um Oficial de Justiça que foi no meu local de trabalho no exato momento da entrada dos alunos, 12:45. Fiquei totalmente envergonhado, pois moro numa cidade pequena e todos sabem que este senhor é Oficial de Justiça e ele não teve o menor cuidado de me chamar na secretaria da escola ou em uma sala. Simplesmente ficou parado no meio do corredor onde me pediu para assinar a intimação de que eu estava ciente da dívida e do prazo para pagar, se não teria bens de minha casa penhorados. Todos viram: pais, meus alunos, outros professores, foi um horror. Nunca tinha passado tamanho constragimento. Até porque nem sabia que eu devia isso para a faculdade tendo em vista que ja fiz o tal acordo e venho pagando os boletos e nem recebi nenhum prévio aviso por carta e nem um telefonema. Isso é legal? Um Oficial de Justiça me submeter a tamanho constragimento? Posso entrar na justiça contra esse tipo de cobrança? A intenção não é não pagar até porque estou pagando, mas realmente achei muito constrangedor a atitude do Oficial, sendo que tenho casa fixa e horário que poderia ser facilmente encontrado. Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Se o valor do cheque não foi incluído no parcelamento, você terá, sim de pagar. O que pode ser feito é negociar também esse valor em parcelas.

    Quanto à presença do oficial de Jusitça em seu local de trabalho, o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor diz que o consumidor inadimplente não será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 09:35
    Enviado por: ken_perro

    Olá, eu financiei uma moto e não consegui pagar as parcelas – so faltam 10. Passei a moto para outra pessoa que, por sinal, foi repassada para outra e as parcelas não foram pagas. Estou pensando em deixar o banco dar busca e apreençao na moto. Se isso ocorrer eu responderei algum processo e terei, mesmo com a moto apreendida, ou até mesmo nunca recuperá-la, pagar alguma coisa , obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Quando há processo de busca e apreensão, o veículo é levado a leilão e, caso não se atinja o valor da dívida nos lances, a diferença será cobrada de você.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 13:43
    Enviado por: Paulo

    Fui usado como laranja de uma empresa com 50% das cotas. Coloquei meu nome na empresa para ajudar meus parentes, mas nunca tive nada a ver com a empresa, que faliu e estou respondendo a vários processos. Tem como eu me livrar disso? Posso provar de que não tive relação nehuma com a empresa.

    Advogado de Defesa:

    Nesse caso, é melhor você procurar um advogado que entenda desse assunto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2007 - 15:46
    Enviado por: fabriciane monteiro rodrigues

    Gostaria de saber se após uma compra que não foi paga quantos anos passam para o nome sair do SPC e da Serasa.

    Advogado de Defesa:

    O Código de Defesa do Consumidor determina que, passados 5 anos, o nove deve ser automaticamente eliminado dos cadastros de restrição ao crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 02:33
    Enviado por: Moura

    Olá, eu entrei em uma escola de informática e assinei um contrato, mas fiquei desempregado e não tive como dar continuidade ao curso. Pedi à direção para cancelar o curso, mas me diseram que não tinham como cancelar. Só fiz 5 sábados de curso. Me disseram que tinha de passar o curso para outra pessoa, aí cancelariam, mas não sabia de ninguém que quisesse ficar com o curso. Entrei em desespero. Já tinha dado o cheque no valor de R$ 170.00 e sabia que cairia sem fundo, pois estava desempregado e tinha avisado a escola.
    Passado um tempo verifiquei que consta meu nome incluso no (SPC). Tentei negociar oferecendo o valor de R$ 400,00, mas não aceitaram e disseram que teria que pagar o valor do curso que é R$ 4.500. Fiquei pasmo. Me disseram que se quisesse quitar a dívida poderia pagar um valor de R$ 1.700, mas informei que não tenho condições para pagar esse valor.
    Estou desesperado. Pretendo me casar e estou com o nome sujo. Gostaria de saber como proceder, pois estou me sentindo coagido.

    Advogado de Defesa:

    Você deve mandar sua carta para a coluna Advogado de Defesa – e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br – relatando o caso, com seus dados pessoais e nome da escola.
    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 09:53
    Enviado por: Fabiana

    Existe alguma possibilidade de mudança do Código de Defesa do Consumidor para diminuir o tempo de permanência de restrição do nome da pessoa no SPC e na SERASA de 5 para 3 anos.

    Advogado de Defesa:

    Não, o prazo é mesmo de 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2007 - 15:12
    Enviado por: Wander Gordiano Guimarães Filho

    Olá!
    Meu nome está no SPC há mais de 5 anos por dívidas nãp pagas. Sei que o prazo é de no máximo 5 anos desde a última compra ou negociata.
    A quem devo me dirigir para assim retirar meu nome do SPC?

    Advogado de Defesa:

    O prazo é de 5 anos da data que o nome entrou no cadastro de restrição e deve sair automaticamente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 06:20
    Enviado por: Tiago Azevedo

    Oi quero saber como que posso tirar meu nome do SPC, a longa distancia pois eu fis um emprestimo no banco Nossa caixa Nosso banco, mas foi na minha outa cidade que morei.
    Muito longe de onde estou no momento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2007 - 16:28
    Enviado por: Talita Rodrigues

    Posso abrir uma empresa com o nome sujo?

    Advogado de Defesa:

    A finalidade da negativação do nome é só de restrição ao crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2007 - 12:19
    Enviado por: Fernanda Pirolli

    Olá

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2007 - 18:13
    Enviado por: kaka

    olá

    hj liguei para fazer um acordo sobre uma divida em aberto com uma operadora celular. O atendente me passou o código de barras para que eu faça o pagamento. Corro algum risco em fazer o pagamento no banco apenas com o código de barras, sem possuir o boleto em mãos? o banco tem como saber que a divida esta em meu nome apenas com o código de barras?

    Advogado de Defesa:

    Sim, o código de barra identifica o devedor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 14:13
    Enviado por: bia

    olá ja estou lhe enviando esta duvida pela segunda vez gostaria que me respondece é muito importante, comprei um carro novo financiado e ja faz 1 ano que nao o pago e estou com busca e apreençao gostaria muito de devolve-lo so que estou em outro estado quase 2.000km de distancia da cidade de onde eu comprei e tenho medo de ir devolve-lo e ser presa como faço para devolve-lo? Eu posso deixar que o detran o leve? se for apreendido pelo detran eles entregam para o banco.
    parabéns pela pagina é muito important para a pópulação tao carente de apoio juridico.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 15:29
    Enviado por: Daniel

    Olá.Estou com um problema que há 1 ano eu não sei como resolver. Em 2006, eu estava com o nome sujo na Serasa por causa de uma dívida em um banco, que já paguei.Mas quando fui comprar um carro, a financiadora não aceitou por causa que meu nome estava sujo. Fui até a Searsa e descobri que no meu CPF existia uma dívida de R$ 4 mil com o nome de uma mulher!? A SERASA pediu meu RG com todas as minhas identificações, e provei na hora que a pessoa que estaria devendo não poderia ser eu… Mesmo assim ainda nada de tirarem meu nome do cadastro de inadimplentes! Gostaria de saber se eu posso e como faço para pedir danos morais sobre esse absurdo.
    Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Você pode abrir um processo no Juizado Especial Cível e pedir danos morais além de uma liminar para que retirem seu nome imediatamente do cadastro. Pode, ainda, enviar carta para a coluna Advogado de Defesa do Jornal da Tarde – e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2007 - 21:09
    Enviado por: Odivan Barbosa Alves

    Gostaria de ajuda. Emprestei algumas folhas de cheques para meu vizinho fazer transações comerciais: compra de produto do vestuario, ele trabalha com kits, sustei as folhas no momento que percebi que ele não ia honrar a divida, mas agora os denttores dos cheques me procuraram e ameaçam a me protestar. Consegui que a sua esposa cuja a firma esta no seu nome assinasse uma declaração reconhecida firma se responsabiliando pelo emprestimo dos cheques e pagamento deles. Eu posso procurar o ministério publico para me ajudar nesse caso. segue copia do documento.
    Declaração

    Eu Marcela Palmira Trevizan Pelegrine RG: 7.995.350-4 CPF: 035.177.459-95, residente na Rua das Orquídeas n º 88 Santo Antonio da Platina PR declaro que emprestei do Srº Odivan Barbosa Alves RG: 3.610.935-1 CPF: 584.523.899-49 residente na Rua das Orquídeas n ª 89 Santo Antonio da Platina PR 09 folhas de cheques do banco Caixa Econômica federal para realizar transações comerciais (compra de produtos de cama, mesa, banho, e artigo do vestuário etc) e que me responsabilizo em depositar os valores dos cheques no dia do seu vencimento ( pré datados), ou resgatalos e devolvelos para o emitente se assim for necessário .
    Sem mais assino essa declaração assumindo total responsabilidade pelos cheques cuja relação segue a baixo.
    Cheques nº 900040, 900050, 900051, 900052, 900053, 900057, 900058, 900059, 900060, sendo que os cheques sublinhados foram resgatados e devolvidos ao Srº Odivan Barbosa Alves.

    Santo Antonio da Platina, 23 de Outubro de 2007

    ______________________________
    Declarante: Marcela Palmira Trevizan Pelegrine

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2007 - 13:44
    Enviado por: Euripedes

    Emprestei alguns cheques para um colega, esses cheques voltaram 2x. Já tive várias dores de cabeça por causa deles. Gostaria de saber como faço para transferir a responsabilidade sobre esses cheques para esse meu colega. Outra coisa, tenho algumas dívidas e quero pagá-las, mas as empresas não me dão trégua e querem que eu pague tudo ao mesmo tempo, como são dividas de diferentes empresas, como eu faço para parcelar tudo para ficar mais fácil de gerenciar a dívida?

    Advogado de Defesa:

    Quanto aos cheques, eles são seus e a responsabilidade é sua. Não é possível transferi-la para terceiros. As dívidas devem ser negociadas separadametne com cada empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2007 - 15:51
    Enviado por: Daniel

    26.11.07 @ 15:29
    Olá.Estou com um problema que há 1 ano eu não sei como resolver. Em 2006, eu estava com o nome sujo na Serasa por causa de uma dívida em um banco, que já paguei.Mas quando fui comprar um carro, a financiadora não aceitou por causa que meu nome estava sujo. Fui até a Searsa e descobri que no meu CPF existia uma dívida de R$ 4 mil com o nome de uma mulher!? A SERASA pediu meu RG com todas as minhas identificações, e provei na hora que a pessoa que estaria devendo não poderia ser eu… Mesmo assim ainda nada de tirarem meu nome do cadastro de inadimplentes! Gostaria de saber se eu posso e como faço para pedir danos morais sobre esse absurdo.
    Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Você pode abrir um processo no Juizado Especial Cível e pedir danos morais além de uma liminar para que retirem seu nome imediatamente do cadastro. Pode, ainda, enviar carta para a coluna Advogado de Defesa do Jornal da Tarde – e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais.
    _________________________________________________

    Obrigado pela resposta mas eu tenho outra duvida. Eu preciso juntar alguma prova material?
    Eu tenho o comprovante da consulta do serasa, preciso de alguma coisa a mais?

    Advogado de Defesa:

    Basta o comprovante de consulta da Serasa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2007 - 18:34
    Enviado por: Cassia Silva

    ola’, AJUDE ME POR FAVOR!
    Meu marido deixou de pagar uma divida para uma companhia que oferecia facilidades em viagens – nao sei bem como se chamava nem como funcionava a companhia, a qual, faliu e, decobrimos que meu marido tem um protesto dessa tal companhia. Onde ir pra resolver isso? O que fazer? Precisamos fazer um financiamento para casa propria e tudo fica perdido por causa do nome protestado. Isso aconteceu ha mais de 5 anos. Ajude me, por favor. Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Se é protesto, devem procurar o cartório em que o título foi protestado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2007 - 02:19
    Enviado por: marcio

    Olá,tenho dívidas em dois bancos que chegam a R$ 30 mil mil e tenho um carro finaciado, cujas parcelas estão em dia! Tem como o banco penhorar ele mesmo finaciado. Se tem, em quanto tempo eles podem fazer isso?
    obrigado !

    Advogado de Defesa

    Conforme a Lei nº 8.009, de 29 de março de 1990, não podem ser penhorados os livros, as máquinas, as ferramentas, os utensílios, os instrumentos ou outros bens móveis necessários ou úteis ao exercício de qualquer profissão.

    E se o veículo ainda está sendo pago, significa que ele não te pertence e, sim, é objeto de financiamento e seu proprietário é o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2007 - 10:42
    Enviado por: Carla

    Bom dia! Compramos no final do ano passado vários móveis em uma loja para montar nossa casa. Meu marido tinha um salário muito bom, mas depois do pgto da 4ª parcela ele foi dispensado da empresa… Estamos bem atrasados com as prestações e sem previsão p/ pgto. A financiadora acabou de ligar dizendo que a cobrança está indo p/ o judicial e que eles irão retirar nossos móveis e mandar a dívida p/ empresa q meu marido trabalhava, estamos apavorados…
    Eles podem realmente fazer isso?
    Mto grata
    Carla

    Advogado de Defesa:

    Se a dívida é de vocês, não tem porque eles mandarem para a empresa em que seu marido trabalhava. Isso é pressão para que vocês façam o pagamento. Truque muito usado pelas empresas de cobrança. Aliás, o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 42, diz que o consumidor não pode ser exposto a ridículo nem ser submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça na cobrança de dívida.
    O que devem fazer é tentar renegociar a dívida, com parcelas que seja, possíveis de serem quitadas. para tanto, conversem com a financeira.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2007 - 15:40
    Enviado por: adriano heleno

    fiz um contrato de prestação de serviços via internet e forneci meu cpf ,só que os serviços não me atenderam e agora estão me cobrando a dívida ,não assinei nada .
    eles podem mandar meu nome ao SPC.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2007 - 14:58
    Enviado por: cassiano jose pereira da silva

    Comprei uma moto em 36 meses financiada,paguei 6 meses e fiquei sem condições de pagar as demais, então passei para outra pessoa assumir, só que essa pessoa sumiu e não continuou pagando as parcelas, foi ai então que o banco ligou pra mim cobrando a dívida, não posso pagar e não sei onde está essa moto,o que devo fazer se o banco liga pra mim direto cobrando e ameçando.me oriente por favor.

    Advogado de Defesa:

    Se o financiamento continuou em seu nome, você que terá de aracar com as prestações e será cobrado. Quando se repassa um bem financiado, deve-se também transferir o financiamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2007 - 15:01
    Enviado por: cassiano jose pereira da silva

    Com relação à informação acima, o banco pode me obrigar a pagar ou mexer no meu salário de servidor público. E se ele mandar pra Justiça? O que pode acontecer comigo?

    Advogado de Defesa:

    Mexer no seu salário, o banco não tem essa autorização. Agora ele pode fazer cobrança judicial e, aí, se você não tiver como pagar, poderá ser penhorado algum bem seu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2007 - 15:33
    Enviado por: Ana Maria Bezerra Neves

    Fui fazer compras nas Lojas Riachuelo com o cartão da citada loja, na qual não tenho nenhum débito, e fui impedida de finalizar a compra em virtude de estar com o nome negativado com outro cartão. Isto é legal?

    Advogado de Defesa:

    A partir do momento que a pessoa tem o nome negativado, o crédito é automaticamente cortado, mesmo que seja por meio de cartão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/12/2007 - 16:03
    Enviado por: ederson luiz carretero

    oi trabalhei em uma casa noturna como técnico em audio por 7 meses e fiz um financiamento pra comprar um veiculo, resumindo a casa noturna parou meus pagamentos e não consegui pagar meu veiculo enfim sendo levado em busca e apreenção, posso mover um processo contra o dono dessa casa pra receber meus atrasados e aindo outro por danos morais por não cumprir o combinado e me deixar em saia justa perante as pessoas e o banco se possivel me mandar resposta por e-mail obrigado!

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar a Justiça do Trabalho

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2007 - 12:58
    Enviado por: Vanessa

    Olá, peço sua ajuda urgente.
    Eu quero abrir conta em outro banco, pois sou correntista de um banco que não me atende bem.Faz pouco caso dos clientes.Pois bem.Alem disso eles devolveram um cheque meu que iria entrar no CCF hoje dia 03/12.Mas como limpei antes, consegui resgatar o cheque na sexta dia 30/11 não deu tempo de negativar meu nome.
    A pergunta é a seguinte>
    Por esse fato ter ocorrido tão pouco tempo, mesmo meu nome não ter ido pro CCF, o banco onde estou tentando abrir conta poderá me barrar???um banco comunica com o outro este fato, mesmo não ter ido pro CCF???
    obrigada e agradeço a ajuda

    Advogado de Defesa:

    Se seu nome não entrou em nenhum cadastro negativo, não tem porque o banco recusar a abertura de conta. Você precisa ver com o próprio banco se há algum impedimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2007 - 13:04
    Enviado por: Lilian

    Olá,preciso de uma orientação.Meu marido estava com o nome sujo, negociamos todas as dívidas dele e tiramos dinheiro da onde não tinha para ele poder tirar uma moto na loja, para poder trabalhar. Acontece que não consta nada no SPC nem na Serasa, mas alegam que consta a restrição interna no banco, e quando as finaceiras consultam não liberam o crédito. Quero saber o que fazer para retirar o nome dele dessa restrição interna. Pois todas as financeiras são filiadas ao Banco do Brasil e não acho justo se estamos pagando o acordo direitinho a gente se privar de fazer algum financiamento. Me ajudem por favor pois precisamos muito deste financiamento, meu marido depende do veículo para trabalhar.

    Advogado de Defesa:

    Neste caso, vocês devem procurar o Juizado Especial Cível para que o abnco explique o que são essas restrições internas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2007 - 17:17
    Enviado por: Leandro Lima

    Olá, comprei uma moto e paguei 6 parcelas adiantadas, dai a 7 parcela venceu dia 17/11/07, a finasa me ligou hj dia 03/12/07, me obrigando a pagar até sexta feira, depois disse que so dependeria da empresa me pagar, dai ela disse que se eu não pagar ate dia 17/12/07 meu nome vai para o spc/serasa o que devo fazer nessa situação, eles podem me ligar me ameaçando assim ?
    quantas parcelas a pessoa pode atrasar ?
    Fico grato pela ajuda

    ADVOGADO DE DEFESA

    Seu nome pode ir para o Serasa em qualquer momento depois do atraso. A empresa é obrigada a avisar antes da inclusão do nome no Serasa, portanto o procedimento foi correto.
    A única forma de escapar disso é pagando a parcela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2007 - 20:48
    Enviado por: valéria

    tive alguns cheques devolvidos mas regularizei toda a situação em janeiro de 2007. Desde então nunca tive problemas em passar cheques em lugar algum, porém fui à uma loja (em dezembro de 2007) e está fez a consulta com uma empresa de consultoria de cheques (telecheque), a qual informou que possuo 2 cheques devolvidos (aqueles que já foram pagos, regularizados há quase um ano), passei constrangimento diante dos vendedores e das pessoas que estavam na loja. O que devo fazer neste caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2007 - 09:58
    Enviado por: ubiratan reys

    Gostaria de saber se posso compra a crediario em alguma loja tendo o nome no ccf.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2007 - 10:40
    Enviado por: francisco silva

    Bom dia, sou funcionário público estadual comissionado, tenho um salário bruto de 600,00 (seissentos reais) mensais, acrescido de uma gratificação variável que chega até 600,00 (seissentos reais) mas como ja disse variável, fiz um empréstimo e o banco considerol o meu redimento daquele mês que era em torno de 1,200 (jum mil de duzentos) me gerando uma parcela de 600,00 (seissentos reais) mensais ocorre que não posso pagar este valor e agora o banco me negativou no spc, gostaria de saber se posso entrar com uma medida cautelar para retirar o meu nome dos serviços de proteção ao crédito e fazer uma negociaçao na justiça considerando o meu redimento legal que é de 600,00(seissentos reais) e se pode se aplicar aquela regra dos 30% do salário líquido?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2007 - 17:12
    Enviado por: Daniel

    Olá,
    A 3 anos atras tive uma conta conjunta em um determinado banco, porém como dependente e não titular, a partir daí foram emitidos alguns cheques que por sua vez bateram sem fundos, foram resgatados mas não forao apresentados no banco para a baixa e meu nome foi incluso no banco central. passado esses tres anos voltei a consultar meu nome e essa dívida não contava mais, em nenhum órgão de proteção ao crédito, o que pode ter acontecido, pode ter caducado em apenas 3 anos, ou o fato de eu ter sido dependete foi retirado, isso ainda pode constar em algum financiamento que tente fazer?
    aguarto respostas. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2007 - 19:48
    Enviado por: Rosiliane

    gostaria de saber como agir, recebi de um studio de fotos um convite que garantia o direito de uma foto gratis porém tirei outras fotos que iria pegar mas devido a um situação de desemprego não peguei as fotos nem a que ganharia de graça mas logo recebi uma carta que meu no estava no spc. podem colocar o meu nome no spc mesmo sem ter pegado o produto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2007 - 14:21
    Enviado por: IZAEL FERREIRA DE SOUZA

    OLA!
    A ALGUM TEMPO TIVE O NOME INCLUSO NO SERASA POR 22 CHEQUES DEVOLVIDOS,PORÉM RESGATEI OS MESMOS E DEI BAIXA JUNTO AO BRADESCO.DIAS DEPOIS FIZ UMA CONSULTA NO SERASA E JA NÃO CONSTAVA NENHUM CHEQUE DEVOLVIDO.TENTEI FINANCIAR UM VEICULO DIAS DEPOIS MAS ME NEGARAM O CREDITO BASEADOS NOS CHEQUES QUE HAVIAM SIDO DEVOLVIDOS E FORAM RESGATADOS.COMO SE HOJE NÃO TENHO NEHUMA PENDENCIA?ELES PODEM AGIR ASSIM?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2007 - 16:53
    Enviado por: Maikel

    Olá, comprei um carro por R$ 13.500, dei R$ 3.500 de entrada e parcelei o resto. Em 20 dias de uso o carro deu problema no motor. Acionei a garantia, eles fizeram uma retífica no motor 0.50, sendo que o certo é 0.25, o carro já está quase 2 meses. O que posso fazer nessa situação. O dono do estabelicimento onde comprei o carro falou que posso escolher outro carro, e eu tenho pagar a diferença de preço e a transferência da financiadora. O que fazer?

    Advogado de Defesa:

    Se você não quiser pegar outro carro, procure o Procon que seus técnicos poderão lhe orientar o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2007 - 18:50
    Enviado por: IZAEL FERREIRA DE SOUZA

    OLÁ!
    A ALGUM TEMPO TIVE O NOME INCLUSO JUNTO AO SERASA POR 22 CHEQUES DEVOLVIDOS,MAS OS MESMOS FORAM RESGATADOS E FOI DADO BAIXA NO BANCO.DIAS DEPOIS FIZ UMA CONSULTA E JÁ NÃO CONSTAVA NADA PENDENTE,MAS AO SOLICITAR UM FINANCIAMENTO DE VEICULO E FOI NEGADO,ALEGARAM QUE FOI POR CAUSA DO MEU PASSADO FINANCEIRO,QUE NÃO FUI UM BOM CLIENTE. ELES PODEM AGIR ASSIM?PODEM ME NEGAR O CRÉDITO BASEADO NOS CHEQUES DEVOLVIDOS E QUE FORAM RESGATADOS?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2007 - 23:20
    Enviado por: Leandro Lima

    Olá, comprei uma moto e paguei 6 parcelas adiantadas, dai a 7 parcela venceu dia 17/11/07, a finasa me ligou hj dia 03/12/07, me obrigando a pagar até sexta feira, depois disse que so dependeria da empresa me pagar, dai ela disse que se eu não pagar ate dia 17/12/07 meu nome vai para o spc/serasa o que devo fazer nessa situação, eles podem me ligar me ameaçando assim ? quantas parcelas a pessoa pode atrasar ? Fico grato pela ajuda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2007 - 13:11
    Enviado por: wilton torres campos

    Olá boa tarde! eu venho com todo carinho pedir uma informação, que pramim e muito valiosa, pois fiz uma divida com o banco e usei o CDC, pois eu saquei 300 reais e a divida hoje chega há mais de 1.300 mil e trezentos reai isso foi no ano de 2003 e todos esses nos estou desempregado, só faço bico nunca consegui o dinheiro para quitar essa divida eu quero saber com quantos anos o nome sai do SPC e do serasa nada mais obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2007 - 13:18
    Enviado por: Cibele Alves Vieira

    Gostaria de receber o total da minha diivida do Cartao Riachelo e quais as formas de facilitar o agamento.
    Pretendo pagar, dentro de minhas possibiliadades

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2007 - 14:54
    Enviado por: Roosevelt Leite

    Boa Tarde a todos!!!!
    Tenho um cheque devolvido na praça, o unico por sinal sem fundos pela alinea 12, o cheque esta em uma factoring, e infelizmente nao tenho como pagar o valor todo de uma vez, propus um parcelamento, e a factoring esta irredutivel na decisão, somente a vista, ofereci bens em garantia a mesma não aceitou,estou precisando urgentemente do meu nome limpo, posso recorrer a justiça e oferecer bens, podendo assim retirar a restrição? e discutir com a factoring formas de parcelamento?
    Abraços!
    Muito Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2007 - 08:06
    Enviado por: Paulo Henrique

    Quero financiar um automovel, só que eu tenho um cheque devolvido, e o meu nome esta no serasa.Só que este cheque não existe mais , foi destruido mas preciso limpar meu nome , só que no banco eles exigem o cheque para tirar meu nome do serasa .

    1: consigo financiamento com o nome no serasa ?

    2: como devo proceder para limpar meu nome sendo que eu nao tenho o cheque ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2007 - 09:57
    Enviado por: Lucas Cadallora

    Tïve o nome sujo, consegui pagar algumas dívidas, mais teve um cheque que eu não consegui encontrar, mais paguei o meu credor. Ele continuou inscrito na Serasa. Passaram-se 5 anos e agora ele se encontra limpo. Eu gostaria de saber se eu consigo crédito imobiliário na Caixa Econômica?

    Muito Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Se seu nome está limpo, não tem porque não conseguir financiamento. Mas o melhor é consultar a própria CEF e ver se há algum impedimento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2007 - 08:20
    Enviado por: roberta

    tenho duvidas a respeito do cartao de credito. se nao houver o pagamento a pessoa podera ser presa?ou o que pode acontecer se nao conseguir mais pagar os valores estipulados pela financeira? ha um outro modo de negociacao com valores que nos podemos pagar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2007 - 14:07
    Enviado por: maria

    olá,
    Gotaria de tirar uma duvida sobre emprestimo.
    tenho um emprestino no bano no qual recebia meu salário, porém a conta salário mudou para outro banco e ao tentar mudar o emprestimo, o banco no qual tenho o emprestimo se negou a aceitar a mudança, pq me encontro com dívida no cartão de credito fornecido por este, que levou meu nome ao serasa.Como devo fazer neste caso?
    desde já agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2007 - 14:10
    Enviado por: eduardo

    Boa tarde, recebi um Mandato de citação Penhora e Avaliação onde tenho que pagar uma divida de $ 60.000,00 a vista com desconto no honorairo advocaticios ou parcelado ate 6 vezes. Pergunto não tenho condiçoes de pagto em 6 vezes é possivel negociar em mais vezes mostrando o quanto poso pagar de acordo com o meu salario.

    Gato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2007 - 21:49
    Enviado por: Aline

    Tenho vários cheques que já estão quitados nas instituições, no entanto, estão comigo, não os apresentei no banco porque a taxa é muito cara.
    No entanto, meu nome continua com restrição, se não me engano CCF. Meu nome só vai ser “limpo” totalmente, qdo eu apresentar esses cheques no banco? Posso entrar com alguma ação para retirar meu nome com urgência?
    Desde já, obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/12/2007 - 10:23
    Enviado por: Waldir Casagrande

    Contratei uma Empresa para fazer uma reforma. Compraram a tinta e não pagaram. Depois de 01 paguei a divida, apesar de não ter qualquer nota o conhecimento assinado por mim ou minha esposa. Não recebi nem uma nota fiscal. Depois desse periodo emiti um cheque em meu nome para pagamento, infelizmente o cheque foi devolvido. A loja negativou eu e minha esposa, pela devolução do cheque. A minha esposa poderia ser negativada no SPC, mesmo nao tendo qualquer assinatura dela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/12/2007 - 12:51
    Enviado por: ilson

    gostaria muito de saber?
    tenho um processo revisional contra um banco e a justiça determinou a esclusão do meu nome nos orgãos de proteção. mas quando tentei fazer um financiamento de veiculo a financeira recusou basiado que eu tinha um processo revisional, eles podem fazer isso é legal e como els descobrem .
    o que tenho que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2007 - 23:55
    Enviado por: Ana Maria Fortes

    Meu nome está no S.P.C E no SERASA, como farei para limpar sem pagar as dividas. Aguardo resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2007 - 00:38
    Enviado por: gislaine

    Quanto dias úteis leva pra sair o nome do spc após quitada a dívida?Desde já Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2007 - 16:40
    Enviado por: Laerte Alves Pinheiro

    Olá
    Como eu faço para pagar um cheque sem fundo meu, que está em outro estado muito longe de onde moro e em poder de uma Pessoa Jurídica.É possível fazer um depósito em que eu possa ter uma prova que paguei este cheque, para que a empresa possa me enviar este cheque.
    Desde já muito obrigado
    Laerte…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/12/2007 - 15:54
    Enviado por: arnoldo mota sebestyen

    financiei uma moto em 36vezes, atrasei 15 parcelas ate entao entrei em contato com o banco e negociei a divida a vista, eu quitei a moto e meu nome esta limpo no spc e serasa, mais quando eu tento financiar algum veiculo ou tentar tirar cartao de credito, mesmo com meu nome limpo, eu nao posso adquirir o bem financiado ou o cartao de credito, pq nos outros bancos ou empresas constan que eu financiei uma moto pelo banco itau e atrasei 15 parcelas,
    o que um banco tem haver com o outro? devo entrar com um processo por danos morais?
    fico no aguardo de sua resposta
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2007 - 17:25
    Enviado por: Isis

    Comprei um apartamento, o qual ainda estou pagando as parcelas. Apesar de o contrato mencionar a cobrança por notas promissórias, estas nunca foram pedidas durante um pouco mais de 3 anos, sendo o pagamento das parcelas efetuados por boleto bancário (o contrato traz clausula informando que a construtura pode instituir instituição para tal). Recentemente (dez/07) recebi uma ligação da PJ com quem firmei o contrato solicitando as promissórias referentes as parcelas que ainda serão pagas, minha dúvida é se diante do fato da PJ durante todo este tempo ter cobrado via boleto não estaria diante de uma renúcia tácita da PJ a esta garantia (penso no art. 330, CC) e, portanto, na minha desobrigação. Caso contrário, ficarei tendo que, além de ir ao banco pagar o boleto, também ir a PJ para resgatar a promissória? Que cuidados devo tomar?
    Desde já muito obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2007 - 20:25
    Enviado por: waldir rodrigues de brito

    comprei um carro financiado e estou com um pouco mais de 3 meses de atraso, o banco(itaú)
    me liga diariamente me dizendo que sua advogada irá dar entrada com a causa e as custas serão de minha responsabilidade. ora quero pagar. poderei
    tentar fazer um acordo com os mesmos,dorro mesmo o risco de perder este carro Já?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2007 - 23:46
    Enviado por: maria de lourdes ferreira

    Gostaria de saber como devo recuperar um cheque que passei em 2004. Ele voltou do banco,so qu e a pessoa que passei não me procurou desaparece não consingo resgatar este cheque para apresentar no banco é limpar o meu nome,que devo fazer pois ja faz 4 anos.

    ADVOGADO DE DEFESA

    Leia o post http://blog.estadao.com.br/blog/advdefesa?title=o_credor_sumiu&more=1&c=1&tb=1&pb=1 para saber como proceder.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/12/2007 - 19:42
    Enviado por: maria helena peta duarte

    tenho uma loja de roupas. deixei protestar 3 titulos de uma empresa fornecedora, mas renegociei os mesmos com o fornecedor incluindo os juros com cheques pré datados para 60/90/120 dias. já esta vencendo o primeiro cheque e a empresa ainda nao me mandou as cartas de anuencia, para que seja baixado o nome de minha empresa do protesto. liguei diversas vezes pedindo que me mandassem e eles se negam a enviar enquanto nao vencer cada um dos cheques. Há o direito de que me seja entregue tais cartas já que renegociei a divida, ou seja, foi feito um contrato de novacao sendo que a conta antiga já nao existe mais?

    Advogado de Defesa:

    Como no seu caso é pessoa jurídica, o Código de Defesa do Consumidor não é aplicado. Se fosse pessoa física, com a renegociação, o nome deveria ser retirado dos cadastros de inadimplentes.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/12/2007 - 23:36
    Enviado por: adilso ramos

    unibanco me enviou um cartao de credito sem limite , um cartao mega bonus mastercard , gostaria de saber se eles podem enviar um cartao mastercard sem limite para um cliente ?

    Advogado de Defesa:

    Nenhum banco ou administradora de cartão pode enviar cartão ao consumidor sem que esse faça o pedido. Você pode denunciá-lo no Procon

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/12/2007 - 14:15
    Enviado por: Paulo

    vou prestar um concurso para prefeitura e eles pedem que no final quando for admitido entre os documentos informe o número da conta no bradesco só que eu estou no serasa/spc e ai o que eu faço?posso abrir conta salário só para receber o dinheiro ou o banco vai me negar?

    Advogado de Defesa:

    Você deve abrir uma conta salário

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/12/2007 - 09:44
    Enviado por: Wanessa

    Meu noivo está com o nome no SPC. Gostaria de saber se quando eu me casar no civil “assumirei” essas dívidas… Meu nome também será negativado quando consultarem o nome dele?

    Advogado de Defesa:

    As dívidas são deles. O seu nome não será incluso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/01/2008 - 22:57
    Enviado por: Julio Cesar

    Comprei um carro há uma semana e já tenho alguns problemas na parte mecânica do veículo e alguns reparos não foram feitos pela concessionária. Quero saber se consigo devolver o veículo e cancelar o negócio feito com a concessionária?

    Advogado de Defesa:

    Se os reparos foram combinados com a concessionparias, você deve retornar nela e exigi-lo. Se nada fizerem, você pode tentar devolver o carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/01/2008 - 19:40
    Enviado por: Bruno

    Era Cliente do Banco IBI, fiz um empréstimo,que foi pago antecipadamente, sem problemas, eles deduziram os juros etc,,,,,,,,,,tudo bem.
    Tempos depois, fiz outro emprestimo e, pelo meu histórico anterior, nao tive problemas, deixei 10 cheques no valor de aproximadamente 190,00 cada um. O último cheque, por descontrole meu, ficou descoberto.Isso foi em MAIO/07. Nao recebe nenhum aviso, e só fiquei sabendo do meu débito e que meu nome constava no Serasa e SPC quando fui fazer compras em NOVEMBRO/07. Liguei lá e me disseram que fariam um acordo querendo que eu pagasse 290,00 em 4 vêzes.ME recusei em função dos juro abusivos.Nao me recuso a pagar mas nao quero ser explorado. Hoje, JANEIRO/08 me ligaram propondo acordo em cima de 328,00……pode me ajudar a resolver isso???
    obrigado.

    Advogado de Defesa:

    É melhor você procurar o Procon para que seus técnicos façam o cálculo do juros e, assim, saberá se está correto ou não. Se quiser, pode enviar uma carta para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, que vamos questionar a empresa sobre os juros. Não esqueça de mandar seus dados com a carta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 14:02
    Enviado por: Carlos Eduardo

    Olá!
    Eu tinha uma dívida junto ao Banco do Brasil. Fui À agência que era correntista e o atendente informou um valor com juros que estava muito. Falei que não teria como pagar aquela quantia então o mesmo me propos um acordo. Paguei o valor solicitado e ele informou que o restante da dívida ficaria existindo no banco (mas os registros junto à SPC e ao SERASA seriam cancelados) para que eu pudesse pagar (suspensa) e que poderia abrir até uma nova conta no banco mas que crédito no BB eu não teria mais enquanto não pagasse o restante da dívida. Meu nome , após o acordo saiu dos serviços de proteção ao crédito. Recebi até uma carta dizendo que estava tudo resolvido e a conta encerrada. Ainda restavam algumas pendências em outras instituições pois havia emprestados cheques e meu nome em compras para outras pessoas. Há 7 meses quitei tudo que estava pendente. Tudo mesmo não deixei nada para trás. Fiz um financiamento de um notebool junto à um banco sem problemas, já fiz compras no comércio, tenho usado cheques, enfim voltei a usar meu nome sem problemas nem restrições. Mas ao tentar obter cartões de crédito recebo informações que minha solicitação não poderá ser atendida por critérios próprios, que no momento a solicitação não poderá ser atendida. Sei que ninguém é obrigado a dar crédito a ninguém mas eu gostaria de saber se posso solicitar ou exigir que informem qual é a pendência que existe para que eu não possa ter um cartão de crédito? Se realizei financiamento, tenho conta corrente, renda fixa, documentação regularizada o que mais eles querem? Deve existir alguma banco de dados paralelo com as pendências de quem já passou por SPC/SERASA/BACEN. Isso é legal? Sendo assim ficarei marcado o resto da vida como inadimplente?

    Desde já agradeço a atenção e uma possível resposta.

    Carlos Eduardo

    Advogado de Defesa:

    Se você fez acorco com o banco, não pode restar nenhuma dívida pendente. Quanto ao cartão de crédito, as empresas podem, sim, negar por critérios próprios e dificilmente elas informam o que está bloqueando o ca~rtão. De qualquer forma, procure saber o motivo e se for por causa do Bando do Brasil você deve procurar o Juizado especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2008 - 08:22
    Enviado por: keli cristina

    Bom dia,
    Meu noivo teve um cheque devolvido, esse cheque está em poder dessas empresas de emprestimos Taí ou Itaí, não me recordo o nome.
    Já efetuamos o pagamento faz +-20 dias e não conseguimos recuperar o cheque, a empresa promete, promete, diz que vai chegar e nunca chega.
    Sem este cheque não conseguimos limpar o nome dele e estamos precisando com urgência.
    Preciso de ajuda a quem posso recorrer ? ele só tem o comprovante de pagto a empresa não quis fazer a carta de quitação de dívida.
    O que eu posso fazer. ?
    Grata

    ADVOGADO DE DEFESA

    A responsabilidade de limpar o nome do cliente nos serviços de proteção ao crédito é da empresa, no prazo de cinco dias após o pagamento da dívida. Exija que a administradora faça isso. Se isso não adiantar, você pode procurar a ajuda do Procon ou entrar com uma ação no juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2008 - 15:24
    Enviado por: denise vasconcelos

    Tenho um cheque de R$35,OO que foi devolvido e que só fiquei sabendo depois por tentar solicitar um talao de cheques.
    Nao connsigo mais encontrar a empresa e nem um representante pois ela fechou. A gerente do meu banco já me deu a microfilmagem e busquei pela conta no verso e essa já tinha encerrado também.

    O que eu faco?
    Ouvi informaçoes sobre entrar com uma medida judicial . por favor, como devo iniciar esse processo?

    Obrigada

    ADVOGADO DE DEFESA

    Leia o post http://blog.estadao.com.br/blog/advdefesa?title=o_credor_sumiu&more=1&c=1&tb=1&pb=1 para saber como proceder.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2008 - 22:26
    Enviado por: vera

    Boa noite!

    Eu tenho 2 cartões da loja c&a sendo um da própria loja e outro master (tbm da loja).
    Ao me dirijir para aumentar o limite dos dois, vejo que o da c&a não estava nas minhas mãos,ai a funcionária fez outro na hora e bloqueou o q havia sumido,só que quando eu cheguei em casa no outro dia vejo que eu não estava com o cartão master ai eu mesma bloqueei, só que quando eu ligue tiveram várias compras com o meu nome, no mesmo dia, mas o outro cartão tbm teve várias compras só que foi a um mês atrás.
    Dei queixa na políia ,após a queixa fui até a loja novamente para levar o B.O , na dia eu que eu voltei navamnete a loja para fazer o reconhecimento da letra, a própria atendente reconheceu que a letra não era igual a minha. MAs nessa história toda aconteceu algo que pode complicar o caso, a letra das duas pessoas quem roubaram o meus cartão eram iguais, e isso me deixou muito preocupada ,pois eu acho que a mesma pessoa que roupou um roupo o outro.
    O que devo fazer pois ele me disse que só tem a resposta daqui a 180 dias.
    Minha amiga passou pela mesma situação e ela foi obrigada a pagar!
    Tenho chanse de ganhar esse caso?

    Tenho mas uma dúvida, a loja aceita compras em cartões sem pedir a identidade e alegam que isso é decretado por lei.

    Peço-lhe ajudas

    ADVOGADO DE DEFESA

    Você tem chances de não ser obrigada a pagar. Se a atual situação não estiver causando prejuízos, aguarde até o final da apuração interna. Se a administradora obrigá-la a pagar, você pode pedir ajuda ao Procon ou entrar com uma ação no Juizado Especial Cível, alegando que os gastos não foram seus.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/01/2008 - 13:54
    Enviado por: Eder

    Boa Tarde
    Efetuei o pagamento mínimo de meu cartão de crédito com atraso de 58 dias sendo que o prazo máximo é de 60 dias depois disso só pagando o total.O caixa recebeu normalmente e fiquei tranquilo mas recebi uma informação que estava inadimplente não recebi nenhum aviso e estou com o comprovante de pagamento o gerente da agência entrou em contato com eles e até agora nada resolveram.Devo entrar judicialmente ou não tenho chances de causa?Obrigado.

    ADVOGADO DE DEFESA

    Exija do banco um prazo para a resolução do assunto. Se a situação atual estiver causando danos, é possível entrar com uma ação judicial, já que a dívida está paga.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2008 - 12:21
    Enviado por: Fabio Schonfelder

    Olá, fiz uma compra de um aquecedor solar e dei 10 cheques. Acontece que a empresa não me entregou o produto na data estipulada, passando inclusive vários meses do prazo. Então fiz o cancelamento do contrato enviando um email para a empresa, inclusive pedi a devolução do valor pago de dos cheques ainda não compensados (pedido não efetuado pois a empresa está sem condições financeiras para isso, segundo contato via telefone). Também fiz contato do cancelamento do contrato via telefone.
    Havia 7 cheques não compensados, que foram sustados por mim. O problema é que a empresa onde comprei o aquecedor negociou os meus cheques com um banco. Esse banco me enviou uma carta dizendo que tenho uma dívida com eles. Gostaria de saber se posso ter o meu nome sujo em decorrência disso ??? Caso isso venha a ocorrer, tenho algum direito para entrar com uma ação por danos morais ??? Pois com esse banco nunca negociei nada. A minha negociação foi com a empresa de aquecedor solar apenas. Obrigado.

    ADVOGADO DE DEFESA

    O banco que está com seus cheques pode tentar cobrá-los judicialmente. Você pode entrar com uma ação no Juizado Especial Cível para provar que os cheques foram sustados por uma dívida que não existe, já que o produto não foi entregue.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2008 - 16:32
    Enviado por: ALINE DOS SANTOS

    Tenho um carros e uma moto financiados mas estou com grandes dificuldades para pagar no momento. estou pagando as prastações normalmente, na verdade eu falei com um advogado, e ele me falou que consegue fazer com que eu pague um valor menor da prestação tirando alguns juros, mas para isso eu teria que ficar uns 3 meses sem pagar a prestação, no caso meu nome iria p/ o SPC!, mas durante este tempo ele confirmou que eu pagaria prestações no valor menor, isto é possivel ?
    devo deixar ele tentar!
    po favor me responda?

    ADVOGADO DE DEFESA

    Isso dificilmente vai acontecer. Quando você pára de pagar uma dívida, há multa e juros. Depois você pode até tentar renegociar a dívida em um prazo mais longo, e portanto com parcelas menores, mas o valor total certamente será maior que o atual. além disso, corre o risco de ter o nome enviado para listas de proteção ao crédito.
    Algumas empresas aceitam refinanciar a dívida mesmo sem atraso. Entre em contato com a financiadora e faça uma proposta do tipo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2008 - 00:26
    Enviado por: Ana Lucia

    Olá, gostaria que voces me ajudassem com uma reposta;
    quanto tempo uma telefonia movel pode manter o meu nome em uma lista do spc ou serasa?
    e um cheque? quanto tempo também pode manter nessas mesmas condiçoes?
    No mais agradeço e aguardo resposta.
    Obrigado,
    ANA

    ADVOGADO DE DEFESA

    O seu nome pode ficar no máximo por cinco anos pela mesma dívida em listas de proteção ao crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2008 - 11:10
    Enviado por: Letícia

    Devido ao não cancelamento de um contrato com uma escola de informática, meu nome foi para o spc. Por problemas financeiros tive que parar com o curso, paguei as mensalidades até a data em que frequentei, porém, como não tinha como arcar com a multa de R$697,00, tentei um acordo para que minha matrícula fosse trancada, mais não me deram esta alternativa. Após conseguir um novo emprego, procurei a escola, e me deparei com um valor absurdo, como o contrato não foi cancelado, as mensalidades continuaram a serem lançadas e o valor da dívida gira em torno de R$2000,00. O que devo fazer, pois quero quitar esta dívida, porém, não tenho como pagar esse valor abusivo. Sei que assinei um contrato e que nele constava o valor da multa, mas acho extremamente absurdo ter que pagar por algo do qual não usufrui.
    Desde já agradeço a atenção

    Letícia

    ADVOGADO DE DEFESA

    Você pode entrar em contato com o Procon para que os técnicos calculem qual o valor correto dessa dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2008 - 15:20
    Enviado por: Sandy

    Boa tarde

    Quero financiar um carro, porém, meu nome está no spc, se eu fizesse um financiamento no nome do meu namorado, se por algum motivo terminássemos o relacionamento teria algum problema se os documentos estivessem no meu nome?No caso quem pagaria as parcelas seria eu. Ele poderia querer ficar com meu carro?

    Obrigada, aguardo resposta.

    Sandy

    ADVOGADO DE DEFESA

    Sugiro a leitura deste texto sobre o assunto. Lá você encontrará orientações a respeito.
    http://blog.estadao.com.br/blog/advdefesa?title=nome_nao_se_empresta&more=1&c=1&tb=1&pb=1

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 15:27
    Enviado por: JACSON

    COMPREI UMA MOTO DA GREEN RODOBENS E DESDE O COMEÇO TIVE PROBLEMA COM ELA JA PAGUEI 3 PARCELAS E TEM UMA KM DE 2.400KM E NÃO ESTOU SATISFEITO E A MOTO JA ME DEU DOR DE CABEÇA E IRRITAÇÃO, ELES ACABAM ARRUMANDO OU SOLDANDO ETC… VARIOS PROBLEMAS… TEM COMO DEVOLVER POIS É PELA BV FINANCEIRA EM 36X, COMPREI NOVA PARA NÃO TER PROBLEMA!

    ADVOGADO DE DEFESA

    Os problemas com a moto devem ser tratados com o fabricante. Você pode tentar a devolução por esse meio. A empresa deve devolver o dinheiro pago e cancelar as parcelas futuras.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 15:49
    Enviado por: ANTONIO MARCOS

    Olá financiei um carro em 48 vezes paguei 18 e depois por motivos financeiros não pude continuar e ficou 4 em atrasos,bom devolvi o carro tenho que pagar mais alguma coisa futuramente?

    ADVOGADO DE DEFESA

    confira se você recebeu algum documento que ateste que a dívida está quitada. Busque a financiadora para ter certeza se há alguma pendência.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/01/2008 - 18:33
    Enviado por: natally

    ola.
    meu nome foi incluido no spc sem nenhum aviso por uma loja entrarm em contato para negociar muito apos e mesmo assim nao me avisaram q o meu nome avia sido incluso.gostaria de saber qual procedimento poderia tomar?

    ADVOGADO DE DEFESA

    O nome do consumidor não pode ser colocado no SPC sem aviso prévio. Você pode fazer uma reclamação no Procon e entrar com uma ação contra a empresa no juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2008 - 01:15
    Enviado por: Élcio

    Hola, tenho uma divida no Banco bradesco no estado do Rio de Janeiro, não recebi informações de que meu nome estaria indo para o SPC e Serasa, gostaria de entrar com uma ação de fazer contra o banco, ja que nas minhas tentativas de obter informação e de um possível parcelamento não deram certas.
    Quero propor isso agora judicialmente, sem contar que as cobranças agora estão sendo feitas por um caixa, e o mesmo se diz pressionado pelo gerente, pois o gerente diz que foi ele quem aprovou o limite do meu cartão de credito. Atualmente estou em outro estado, SC, poderia entrar por aqui??? existe alguma maneira para que se possa fazer isso???
    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2008 - 02:19
    Enviado por: alisson gesser

    ola.to preocupado com um e-mail q veio para mim.no e-mail dizia o seguinte:

    SPC BRASIL‏
    De: AVISO DE COBRANCA

    Notificação

    Comunicamos que seu ( CPF/CNPJ) consta em nossos cadastros por motivo de pendências financeiras, com a instituição abaixo relacionada.

    Akiyoshi Executivo Central de Cobranças – Total de Pendências: R$ 2.984,09.

    Para sua segurança e praticidade e necessário baixar o arquivo do relatório de pendências.

    Relatório de Pendências Financeiras Abrir Relatório

    Se você efetuou a regularização, favor desconsiderar.

    Manoel Rocha Akiyoshi
    Diretor

    Copyright © 2005 Lume Serviços de Tecnologia Ltda. Todos os direitos reservados

    Gostaria de examinar sua caixa de entrada ainda mais rápido? Experimente a versão completa do Windows Live Hotmail. (É grátis, também.)

    © 2008 Microsoft Privacidade Legal Central de Ajuda Conta Comentários

    Advogado de Defesa:

    Nenhuma empresa faz cobrança via e-mail. Isso parece nmais vírus. Cuidado ao abri-lo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2008 - 13:11
    Enviado por: Veronica

    Tenho restrinções em meu nome , desde 2002 maio ,foi criando uma bola de neve quando conseguia quitar um cartão, uma outra conta ficava para adiante e assim não consegui limpar o meu nome,hoje as dividas estão em valores que não tenho como pagar, dividas em banco desde de 2002. não consigo emprego pois com o nome sujo ninguém admite,me oriente,fui no bancoe me informaram que teria que localizar os cheques que foram devolvidos,localizar onde pois os locais ondefiz ascomprasjánão estão mais com eles, voltei ao banco e lá me disseram que aguardesse então 5 anos para cair em anistia,nunca nem ouvi falar nisso anistia pos 5 anos me oriente por favor.
    grata veronica

    Advogado de Defesa:

    Depois de 5 anos, o nome deve sair dos cadastros do SPC e da Serasa e a dívida não pode ser amis cobrada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2008 - 17:01
    Enviado por: marta

    TENHO DIVÍDAS QUE ULTRAPASSAM R$30000,00 VALOR TOTAL ENTRE CDC E CHEQUE ESPECIAL , TENTEI NEGOCIAR COM O BANCO CONTRATOS INDIVIDUAIS OU MELHOR PAGAR UM DE CADA VEZ.
    NÃO CONSEGUI.
    GOSTARIA DE SABER QUANTO TEMPO DEMORA UMA COBRANÇA JUDICIAL JÁ QUE O MEU NOME ESTÁ NO SPC E SERASA. NÃO TENHO NADA NO MEU NOME , MAS MEU MARIDO TEM UM AUTOMÓVEL ELE PODE SER COBRADO POR UMA DIVIDA QUE É MINHA .QUANTO TEMPO DEMORA UMA EXECUÇÃO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2008 - 18:28
    Enviado por: Luis Roberto

    Eu tinha uma empresa a 15 anos atraz e faliu com uma dívida de 11 mil, hj eu tenho medo de comparar algo em meu nome, exe : carros etc…
    queria saber se existe alguma possibilidade de isso acontecer. será q ainda tenho o nome sujo com tudo q aconteceu ou apos 15 anos q se passou essa dívida é prescrevida ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 10:24
    Enviado por: carlos roberto a de sousa

    comprei uma kombi em 36 vezes e so paguei seis não pude pagar mais de fato eles podem tomar na terçeira parcela vencida?

    Advogado de Defesa:

    A financeira pode entrar com ação de busca e apreensão. O melhro a fazer é tentar renegociar essa dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 11:11
    Enviado por: Emerson

    Bom dia,

    Gostaria se possível de receber maiores informações de como proceder sobre o assunto abaixo:

    Tive um veiculo financiado em meu nome, onde assinei o contrato e entreguei cópia dos documentos solicitados ao vendedor, porém o veiculo não foi entregue e o financiamento foi liberado pelo banco, no inicio foram pagas 3 parcelas do fincanciamento de 36 parcelas, porém hoje já encontram-se 05 parcelas em atraso e a pesssoa responsável não esta mais efetuando o pagamento das parcelas.

    A agência de veiculos fechou, porém continuo em contato com o ex-proprietário que promete sempre resolver o problema e até o momento não resolveu absolutamente nada.

    Gostaria de saber o que pode ser feito para o cancelamento do contrato de financimaento tendo em vista que até hoje não recebi o veículo.

    Desde já agradeço.

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar a financeira e pedir o cancelamento do contrato com provas de que não recebeu o veículo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/01/2008 - 13:39
    Enviado por: Lígia

    No ano de 2002 assinei um contrato com devedora solidária o titular do contrato não pagou a divida que fora feita na forma de pagamento de 24 vezes, meu nome foi pro SPC, a dívida prescreve de acordo com a data do contrato?como faço pra limpar meu nome.

    Advoagdo de Defesa:

    Você precisa verificar se o credor não entrou com processo na Jusitça para receber o valor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2008 - 14:46
    Enviado por: vanessa oliveira

    oi, eu emprestei 3 cheques a uma colega pra fazer um acordo de uma faculdade que nois estudamos, onde 2 cheques voltou e ja tem 6 meses e ela fica me enrolando pra resgatar esses cheques que esta na faculdade sendo assim meu nome esta sujo por estar faltando esses cheques a ser entregues no banco , quero saber se tenho como fazer ela pagar atraves da justiça …
    e como faço para poder limpar meu nome do banco atraves de uma declaraçao…

    Advogado de Defesa:

    Cheque não se empresta e para você limpar seu nome deverá ir atrás da faculdade para recuperá-los e , para tanto, terá de pagar a dívida (se ainda não foi quitada). Feito isso, exija da escola uma declaração de que nõa há mais pendência e a apresente ao banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2008 - 01:08
    Enviado por: carlos roberto a de sousa

    minha esposa tem um debito com o cartao de crédito com o banco, ainda não foi possível paga-ló, o problema é que agora ele comecou impedi-la de sacar seu proprio salario, o banco pode fazer isso com a finalidade de abater pendencias mesmo que a conta dela seja conta slario? obrigado!

    Advogado de Defesa:

    O banco só pode retirar dinheiro da conta de um correntista para quitar débitos com a autorização dele. Voc~e deve procurar a Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 21:49
    Enviado por: cinthia

    Efetuei o pagamento de uma dívida em novembro de 2007, porém até o momento meu nome continua no Serasa, e apesar de diversas reclamações não consigo solucionar de maneira amigável. Trata-se da financeira Taí pertencente ao Banco Itaú. Porém, no site da empresa não aparece uma loja em Brasília – DF, cidade onde moro. Posso entrar com uma ação, pedindo a citação da empresa em qualquer outra cidade ?

    Advogado de Defesa:

    Você pode abrir processo contra a empresa na cidade em que você mora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2008 - 23:49
    Enviado por: Rogério

    Tenho uma conta conjunta com minha esposa, estamos com o nome no Serasa por causa de emprestimos com esse mesmo banco. Se eu pagar a minha parte, sendo ela a titular, o meu nome sairá do Serasa? Poderei fazer outros financiamentos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 01:40
    Enviado por: carlos roberto a de sousa

    meus queridos amigos advogados parabéms pelos vossos maravilhosos serviços prestados a comunidade, vcs não tem idéia o quanto tem nos ajudado, estou com problemas com o banco tenho tres parcelas de minha kombi sem pagar já tentei negociar com o banco o mesmo diz que não é mais com eles e sim com a ass jurídica os procurei e falei com eles pelo menos para devolve-la de forma amigavel tambem não quiseram pois dizem que meu tempo para isso acabou e vão mandar uma ordem de busca e apreensão do veículo, o que devo fazer pois indo a leilão alem de ficar sem a kombi de meu trabalho ainda vão querer receber o remanescente, por favor me oriente pois não posso pagar um advgado.

    Advogado de Defesa: Não tem jeito. Você precisará de ajuda de um advogado. Procure a Defensoria Pública do Estado, Av. Liberdade, 32 – CEP 01502-000 – São Paulo – SP / Tel. (11) 3105-5799 – Informações: 0800-178989

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 10:35
    Enviado por: LUCIANA

    Como fazer para pagar uma dívida de uma loja que já faliu a 5 anos?

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar os proprietários da loja. Para localizá-los, deve procurar a Junta Comercial, que devem ter os endereços

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 15:28
    Enviado por: Oscar Mikio Suyama Júnior

    Olá, fui avalista em um emprestimo que meu pai fez a de um certo banco, no começo do ano tentei finaciar um apartamento, mas meu nome foi constado junto ao Serasa, fui averiguar meu pai não paga a divida a cerca de um ano, e não tem previsões de quando ira acertar seus débtos…
    gostaria de saber oque posso fazer diante disso, porque não possuo bens alguns e não posso comprar minha casa mediante essa divida que não é minha, e também não tenho condições de pagar tal divida, gostaria de saber também até que ponto isso influi em minhas condições em banco afinal trabalho em uma empresa e recebo meu salário em banco por conta corrente…agradeço as explicações, se possivel gostaria de recebe-lás por e-mail.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 17:12
    Enviado por: Siegfried Harttmann

    boa tarde!

    Estou com um problema que me persegue ha alguns anos, e que envolve o CCF do BACEN.
    Em janeiro de 2004, dirigi-me até a cidade de Curitiba, onde adquiri algumas peças de mountain bike. Paguei metade do valor avençado em dinheiro vivo, e a outra metade por meio de cheque. Ocorre que ãquela época eu era universitário, e um cheque de livros que eu comprei “caiu” no mesmo mês em que deveria cair o propalado cheque das peças de bike. Pior! a quantia é irrisória, cerca de R$ 200,00… Resultado: este último foi dado como sem fundos e desde então eu procuro o rapaz p/ quem emiti o cheque, contudo sem êxito pois o mesmo “sumiu”. E agora? o que fazer? gostaria de contrair um financiamento e não posso. Penso em fazer um concurso público e tbm não posso, pois meu nome está inserto no CCF e isto configura não poder gozar todos os direitos civis. Como fazer p/ limpar meu nome se não encontro mais a pessoa a quem emiti o malsinado cheque que porventura foi tornar-se meu algoz? penso em entrar com uma medida cautelar inominada, mas será que funcionaria?? O que sei até o presente momento é que o propalado cheque sequer foi protestado, irá prescrever em janeiro de 2009, que a quantia é irrisória, tanto que para reforçar eu até depositaria o numerário em juízo. Peço a ajuda de quem puder e se possível, gostaria de receber em e-mail. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2008 - 20:05
    Enviado por: juliana

    Estou desempregada desde marco do ano passado(2007) ttenho uma divida no banco e por conta disso nao consigo paga-la..

    1-Algumas empresa pode nao me aceitar para trabalhar por conta disso??

    2-Posso abrir conta salario/poupançã em outro banco,mesmo estando com nome sujo??

    o q me orientas??

    juliana

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 10:13
    Enviado por: Maria Cecilia Felizardo

    Bom-dia
    Estou negativada desde 2004, trabalho na mesma empresa há 9 anos e por receber o meu salário em banco, tentei empréstimo com eles. Disseram que a restrição interna do cartão de crédito impossibilitava este empréstimo, assim que pagasse poderia procurá-los. Esperançosa paguei a dívida. Informaram que as taxas de cheque e protestos não eram o problema. Pra minha surpresa, descobri que a restrição do cartão foi baixada, mas que não vão emprestar por causa dos cheques. Pergunto: empréstimo em folha de pagamento eles não tem como me negar, não é.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 10:32
    Enviado por: Maria Cecilia Felizardo

    Como devo proceder nos casos de saber que tenho um cheque negativado, mas por ter sido repassado a terceiros não conseguir resgatá-lo.
    Posso pagar direto no banco e eles providenciarem a baixa junto ao Serasa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 10:37
    Enviado por: Diogenes

    Tenho alguns cheques sem fundo e estou negativado no Serasa, porém a cerca de um ano procuro os cheques e achei a maioria, mas agora não consigo encontrar o restante. Existe alguma medida judicial como por exemplo fazer um deposito em juizo, para que eu possa baixar estes cheques ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 14:39
    Enviado por: Aline

    Olá! Eu gostaria de uma informação…
    Eu fiz um contrato com uma escola de idiomas, porém tive que sair mas tenho que pagar a rescisão contratual, porém no contrato como eu sou de menor, nele constam o CPF e RG de minha mãe, porém quem assinou o contrato fui eu, não tem nenhuma assinatura de minha mãe, no momento estou sem condições financeiras para pagar a multa, gostaria de saber se ela pode pôr em protesto o nome de minha mãe sendo que ela não assinou nada? Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Se o contrato está em nome de sua mãe, é ela que irá para os cadastros negativos. Como ela não assinou nada e você é de menor, portanto, não pode fazer financiamento, dá para discutir na Justiça essa dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 16:25
    Enviado por: gislaine martins

    fiz um acordo com o banco IBI de uma dívida que parcelei em 2 vezes dei a entrada e a segunda venceria em 04/01 porem eu não recebi o boleto em dia e só pude pagar dia 18/01, mas não foi possivel pois o acordo que era de 234,00 passou para 972,00 pois como atrasei o acordo foi “quebrado” mas eu não sabia disso, o que posso fazer ? eu quero pagar mas não esse abuso

    Advogado de Defesa:

    Se você não recebeu o boleto e isso é o que tinha ficado acordado quando da negociação, então você não tem culpa do atraso no pagamento. Você deve entrar imediatamente com ação no Juizado Especial Cível ou no Procon. Se quiser, pode também enviar carta para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2008 - 16:47
    Enviado por: gislaine martins

    mais uma coisa em quanto tempo eles podem negativar meu nome por esse motivo pois estou trabalhando em uma intituição financeira e não posso ter meu nome sujo

    Advogado de Defesa:

    Não há prazo definido para o envio do nome para os cadastros de inadimplentes. Pode ser imediatamente após o vencimento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2008 - 10:48
    Enviado por: Patricia Chaves

    Olá! gostaria de tirar uma dúvida
    Na empresa onde trabalhava fiz um emprestimo do banco BMG de 1 200,00 com desconto em folha de 36 parcelas de 57,00 (num total 2 052,00)paguei 20 enquanto tava resgistrada, fui demitida e ainda restan 16 parcelas, eles estão me cobrando o restante ainda e estou desempregada e enquanto recebia o seguro paguei algumas parcelas. agora eles passaram para uma empresa de cosultoria para a cobrança . Estão cobrendo juros por atraso alem do juros do emprestimo. Como proceder nesse caso?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2008 - 21:53
    Enviado por: Nádia

    Meu nome ficou nos órgãos de proteção ao crédito por cinco anos. Faltam apenas cinco dias para sair automaticamente destes órgãos. Depois de quanto tempo poderei financiar meu carro? Hoje tenho emprego fixo e renda comprovada.

    Advogado de Defesa:

    Não estando mais nos cadastros, precisa ver com a financeira se irá colocar alguma restrição

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2008 - 20:46
    Enviado por: JORGE

    MEU CARRO FOI FINANCIADO NO NOME DE OUTRA PESSOA E ELE MORREU O QUE DEVO FAZER?

    Advogado de Defesa:

    Você deve conversar com a família dele, pois, se deixou bens, essa dívida será abatida dos bens.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2008 - 13:16
    Enviado por: Fabricio Gomes

    Boa Tarde,
    Tenho meu nome no Serasa, porque fiquei desempregado e nao tinha como honrar os compromissos bancários, Itau, e Credicard, o Itau estou negociando agora que tenho meu negócio proprio em funcionamento, mas, a Credicard nunca entrou em contato, isso faz 1 ano.
    Já enviei e-mails para o site da credicard em fale conosco, vou continuar tentando falar com eles, mas, minha pergunta:
    O Itau tá cobrando um juros incrível, o meu débito era de 5.900,00 agora, dizem que está em 10 mil , e que eu posso pagar em 24 vezes de 650,00 (o valor vai pra 15 mil), o que posso fazer ??? Poderia pagar parcelas de 650,00 mas achei que deveriam ser umas 10 parcelas desse valor (pra pagar os 5.900 e não 24. Q faço ?

    Advogado de Defesa:

    Procure o Procon para que seja calculado o valor atual da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2008 - 14:19
    Enviado por: marcelo'

    Boa tarde, os totalmente individado e muito preoculpadp, pois tenho uma casa financiada e nada mais, minha preoculpação é será que o Banco pode penhorar a minha casa, tenho mulher e filhos.

    Advogado de Defesa:

    Não pode

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2008 - 17:24
    Enviado por: Maria Angelica

    Olá …
    Há + ou – 5 anos atras trabalhava como secretaria de um dentisa, que me pediu que eu empresta-se meu nome como socia de uma empresa, por prescisar muito do emprego acabei cedendo e coloquei ( só que não tinha nada haver com a empresa), fiquei por um periodo e depois fizemos uma nova alteração contratual com minha saida … Depois de ter problemas com a regularização do meu CPF, dei baixa junto a Receita e achei que estava tudo OK, só que agora depois de 4 anos, recebi uma carta de inclusão do meu nome junto ao Serasa, fui verificar é uma divida adquirida pela empresa no periodo. Não trabalho mais nesta empresa há 4 anos e agora não sei o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2008 - 17:43
    Enviado por: Patricia

    EM 2006, FIZ UN EMPRÉSTIMO JUNTO A iNSTITUIÇÃO FINANCEIRA QUE TRABALHAVA NO VALOR DE R$ 6.600,00 EM 36 VESES DE R$260,00 , EM JANEIRO DE 2007 PEDI DEMISSÃO DO BANCO E DEIXEI DEPAGAR AS PARCELAS DO EMPRESTIMO, MINHA MÃE NA ÉPOCA QUE FIZ O CONTRATO FOI MINHA AVALISTA, E RECEBI DIA 28.01.2008 UMA NOTIFICAÇÃO DO QUARTO TABELIONATO DE NOTAS DE SP ME PROTESTANTO, ME DIRIGI AO BANCO QUE DEVO E FIZ UMA PROPOSTA P/PAGAR A DÍVIDA, O BANCO NÃO ACEITOU, MINHA MÃE É VIÚVA E TEM UMA CASA ALUGADA, ESTE IMÓVEL PODE SER CONSEIDERADO BEM DE FAMILIA, MESMO ELA MORANDO COM A MINHA IRMÃ CASADA EM OUTRA CASA. E MINHA MAÃE É PENSIONISTA DO INSS COM 1 SALARIO MINIMO. eLA PODE PERDER O IMÓVEL QUE ELA POSSUE?

    Advogado de Defesa:
    Se ela só tem um imóvel, não pdoerá perder não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2008 - 17:58
    Enviado por: NORMA

    gostaria de saber o que fazer com uma dívidas que adquiri à algum tempo, em nome de minha avó, quando meu esposo estava trabalhando e hoje encontra-se desempregado. Hoje, o que ganho mal dá para pagar as contas de casa normal. Estou sempre sendo pressionado pelas instituições de cobrança, que ainda nessa semana ligou e chamou meu esposo de vagabundo porque eu disse que ele estava desempregado e estávamos sem ter como fazer uma negociação, então ele falou que iria mandar um oficial de justiça em minha residência para levar minha avó até o fórum da cidade e fazer ela assinar uma processo. O que devo fazer para melhorar esta situação, ja que o meu salário hoje não sobra e já estou acumulando novas dívidas? e gostaria de saber se eles podem fazer isso que mencionaram a fazer?

    Advoagdo de Defesa:

    A dívida está em nome de sua avó e ela será responsabilizada pelo não pagamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2008 - 13:53
    Enviado por: ADELIA

    Olá

    Estou com uma dúvida, tem uma divida com uma universidade, e ela me colocou na justiça, só que estou sendo avalista de meu namorado na compra de um carro para trabalharmos, a justiça pode coloca o carro na penhora, ( tomando-a), sendo financiado pelo banco, a divida é uns 9 mil, ja quis negociar, mas eles querem fazer em poucas vezes.Sou professora a 10 anos e não quero ter este problema quero me livrar disso.

    Advogado de Defesa:

    Você é a avalista, não a dona do carro. Ele não poderá ser colocado na penhora

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2008 - 17:17
    Enviado por: vania nunes

    Ola tenho uma duvida se pocivel gostaria que vc por favor me ajudase olha eu fui em uma fazer umas compras quando fui na boca do caixa pra fazer minha ficha eles consultaram o SPC eu descobri que o meu nome estava sujo na praça, e eles não me mandaram nem um aviso o que devo fazer não me lembro dessa divida que eles falaram.

    Advogado de Defesa:

    Procure o SPC e veja qual foi a empresa que te cadastrou lá. Se a dívida for sua, corra atrás da empresa para saldá-la e limpar seu nome. Caso não seja, peça para que seu nome seja eliminado o mais rápido possível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2008 - 05:00
    Enviado por: Sérgio

    Bom dia!!!

    Tenho um carro financiado pelo finasa, paguei 13 parcelas das 60, ou seja, ainda não paguei os juros e quero devolvê-lo ao banco pois não conseguirei pagar mais, o código do consumidor me dá este direito ou tenho que entrar na justiça para devolver sem ter que pagar mais por isso?.

    Advogado de Defesa:

    Procure a financeira para saber quais são as condições para a devolução do carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2008 - 22:33
    Enviado por: Afonso Saraiva

    Emprestei dinheiro para algumas pessoas através de transferência bancária, gostaria de saber se posso cobrar judicialmente através dos comprovantes

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2008 - 13:55
    Enviado por: claudia

    Tenho meu nome incluso em protesto por causa de minha formatura ao qual nem participei, tentando desfazer o contrato, sem êxito. Gostaria de saber se há algum prazo de prescrição de meu nome incluso no cartório de Protesto ou se isso é eterno…

    Advogado de Defesa:

    Depois de 5 anos, título protestado prescreve, assim como o nome negativado no SPC e Serasa. Mas se for pedido uma certidão negativa de 10 anos, ele vai aparecer nela.

    É bom saber que dívida não caduca e, sim, prescreve, ou seja, a emrpesa tem o prazo de 5 anos para cobrá-la. Se não fizer isso, perde o direito cobrá-la. Agora, se o credor cobrar a dívida antes do prazo de prescrição, esta não perde mais a validade. O prazo de 5 anos é establecido pelo Código Civil como máximo para que o nome do consumidor permaneça nos cadastros de iandimplentes em razão de uma dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2008 - 14:08
    Enviado por: Aline

    Olá…eu gostaria de uma informação…
    Eu sou de menor e efetuei uma compra, porém eu estava trabalhando e infelizmente agora não estou mais, e não tenho dinheiro para quitar essa divida, meu nome vai para o SPC, Serasa ou alguma “coisa” do tipo??? O que pode acontecer comigo??Eu fiz a compra no crediário e tenho 16 anos…

    Obrigada!

    Advogado de Defesa:

    Se você efetuou essa compra com cheque ou cartão próprio, você, mesmo sendo de menor, responderá por ela, inclusive seu nome poderá ser enviado ao SPC e Serasa. Agora, se a dívida teve a concordância do seu responsável, e ele quem irá responder por ela

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2008 - 19:29
    Enviado por: sandra

    Ola

    Meu nome foi incluido no spc e serasa indevidamente por uma empresa de telefonia fixa no DF so q eu nunca morei lá.E nunca pedi esa linha>
    O que eu faço ?
    me ajudem!

    Advogado de Defesa:

    Entre com processo no Juizado Especial Cível na cidade emq eu você mora exigindo a imediata retirada de seu nome. E se esse fato lhe causou prejuízos, você pode até pedir indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2008 - 01:08
    Enviado por: andrea aparecida de oliviera alves

    ola!meu marido e eu estamos com o nome negativado, agora em 2008 o nome dele vai completar 5 anos, e provavelmente saira do spc e serasa ,no final de 2009 pretendemos financiar uma casa,gostaria de saber se pelo fato de ter “tido” o nome sujo o banco vai negar este financiamento para nos..

    Advogado de Defesa:

    Se não há restrição do nome na praça, não há porque haver a negativa de financiamento. Caso isso ocorra, peça explicações ao banco e, caso seja por ter tido, no passado, o nome sujo, isso é passível de processo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2008 - 11:07
    Enviado por: Cin

    Tenho uma conta salario no Itau, mas meu nome esta com pendencia há mais de três anos, quando no final do ano o Itau me liberou cheque especial( LIS), agora dia 02/02/2008 eles cancelaram meu limite sem avisar, quando fui procurar o banco eles alegaram que não sabiam por que o banco tinha cancelado, hoje depois de quatro dias ele informaram que foi cancelado por que meu nome esta no CCf. Mas como relatei antes meu nome esta no CCf tem três anos. Como devo proceder em relação a isso?

    Advogado de Defesa:

    Nome no CCF restringe a entrega de talão de cheques, cheque especial, cartão de crédito, etc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2008 - 15:22
    Enviado por: ronildo amaro da silva

    fiz um financiamento para um amigo de moto , só que por falta de condições deste amigo em pagar as prestações meu nome foi incluso no sistema de proteção ao crédito , diante disto resolvi entrar em contato com a financeira e a mesma lançou a proposta que receberia a moto em troca não questonaria o valor ja pago. tdo ok. meu nome foi tirado do sistema de proteção. Mas ocorre que quando resolvi adquirir cartão de credito, de supermercado e de lojas tenho sempre a mesma resposta. – O senhor não esta apto pois esta com pontos negativos,ou seja os ponto não conseguem atingir o minimo para abrir o crédito. peço informações sobres estes pontos e ninguem consegue explicar, então o que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Qualquer banco ou financeira têm direito de negar crédito, e, geralmente, não informam o motivo. Não dá para saber o que eles estão avaliando.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2008 - 16:00
    Enviado por: Lidiane Souza

    Olá!! Comprei um carro financiado através do BANCO BMG em maio do ano passado. Dei uma entrada e parcelei o restante em 12x. No dia 28 de janeiro deste ano entrei em contato com o banco para poder quitar todas as parcelas restantes, porém eu estava em débido com 2 parcelas DEZEMBRO e JANEIRO. O contrato já estava em escritório de acessoria de cobrança e eles disseram que eu teria que quitar as duas parcelas atrasadas com tal escritório e que só após isso eu poderia pedir para quitar o carro. No dia 30 de janeiro paguei ao escritório de cobrança as duas pareclas que se encontravam atrasadas. Porém, até hoje 12 de fevereiro, o banco BMG alega não ter recebido o pagamento. Informam que o escritório já repassou pra eles o contrato, mas no sistema do BMG ainda estão em aberto as duas parcelas. Acredito estar sendo enrolada para favorecer o banco, pois se eu fosse quitar o carro no dia 01 de fevereiro o valor seria em torno de R$1700,00, se eu fosse quita-lo hoje 12 de fevereiro esse valor aumentaria cerca de 100,00, segundo fui informada pelos atendentes do banco, acredito que eles não querem que eu quite o carro e por isso ficam enrolando dizendo que as parcelas ainda não cairam no sistema. Gostaria de saber o que pode ser feito e como faço para que eu possa quitar o carro com o valor do primeiro dia em que solicitei a quitação ao banco?
    Qual instituíção devo procurar? Poderia(m) me passar endereço e ou telefone para que eu saiba chegar sem transtornos?
    Sou de CONTAGEM-MG.
    Obrigada

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais, para verificarmos essa pendência no banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2008 - 17:01
    Enviado por: paulo

    BOA TARDE SOU DO INTERIOR DE S.P ESTOU COM UM PROBLEMAO TENHO 6 CHS PERDIDOS ALINEA 12 NO SERASA JA FUI NO BANCO TIREI A MICROFILMAGEM E NAO ACHO OS DONOS, O GERENTE QUER UMA DECLRACAO PARA QUE ESTA NOMINAL MAS NAO ACHO AS PESSOA O QUE FACO ESTOU DISISPERADO PORQUE SOU COMERCIANTE TENHO FIRMA LIMPA SO QUE DESDE 2004 NAO TENHO CREDITO ME AJUDEM!OBRIGADO

    Advogado de Defesa:

    Você pode pedir judicialmente a retirada de seu nome dos cadastros negativos por não encontrar o portador do cheque

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 12:38
    Enviado por: Cláudia Martins

    Fui avalista de emprestimo bancario, em virtude do nao pagamento pelo devedor principal, meu nome foi incluso no SERASA , necessito do meu nome limpo para poder efetuar um financiamento de uma casa própria, o banco se nega em me atender, posso entrar com uma ação revisional de contrato , e pedir liminarmente a retirada do meu nome do SERASA.

    Advogado de Defesa:

    Você pode entrar com o pedido de revisão, mas é sua responsabilidade também a dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 19:44
    Enviado por: Carlos

    Trabalho em uma empresa no ramo varejista e fui orientado , quando o cliente solicitar a adesão de um cartnao e o mesmo estiver com o nome sujo, a não informar o cliente , que seu nome está sujo. Porque desta atitude ?

    Advogado de Defesa:

    Isso não pode ser informado na frente de outras pessoas, porque pode constranger o consumidor, e constrangimento é proibido pelo Código de Defesa do Consumidor. Mas o mesmo código diz que o consumidor tem direito à informação compelta, ou seja, ele deveria conhecer as razões pelas quais está impossibilitado de ter o cartão, desde que não seja na frente de outras pessoas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2008 - 23:39
    Enviado por: sueli

    devo um banco uma divida de 19.000,00 nao posso pagar ja tentei negociar mas eles so negocia um valor alto das prestaçoes o que devo fazer se ganho 750,00 e as prestaçoes e de 1500,00 a quem devo recorrer.

    Advogado de Defesa:

    Você pode continuar tentando a renegociação da dívida. Mostre suas condições financeiras.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2008 - 07:57
    Enviado por: Ronaldo

    Ja concloui meu curso porem estou passando com dificuldades financeiras no momento e estou com 1500,00 que faltam pagar para a faculdade.
    porem minha formatura é este mês e não fou conseguir pagar estes debitos ate a formatura.
    A faculdade tem o direito de impedir que eu me forme em virtude destes debitos? Ou ele tem que parcelar para eu pagar depois da formatura?

    Advogado de Defesa:

    Em caso de inadimplência, as instituições de ensino não podem negar o certificado de conclusão de curso. A cobrança deve ser feita via Justiça.

    O Superior Tribunal de Justiça já decidiu nesse sentido com base no artigo 6º da Lei 9.870/99, que diz que: são proibidas a suspensão de provas escolares, a retenção de documentos escolares ou a aplicação de quaisquer outras penalidades pedagógicas por motivo de inadimplemento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2008 - 15:49
    Enviado por: Janaina

    Gostaria de saber qual o prazo para o nome do devedor sair do SERASA e do CARTORIO DE PROTESTO após a sentença judicial informando o pagamento do debito e declarando extinta a ação de execução nos termos do art. ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 06:58
    Enviado por: jaques

    Irei receber uma bolsa de estudos e tenho que abrir uma conta bancaria só que estou no scpc uma divida antiga de uns empretimos em que fiz. Gostaria de saber se á alguma restrição de o banco me aceitar abrir a conta? tem outras alternativas para abrir a conta bancária?

    Advogado de Defesa:

    Provavelmente, o banco irá recusar, a não ser que seja conta salário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 13:05
    Enviado por: Renata

    meu marido tinha um socio só verbalmente~, não constava o nome dele no contrato social, antes de encerrar a sociedade, esse socio fez uma compra sem comunicar meu marido, sem autorização da empresa e sem assinatura do meu marido autorizando esta compra. Ele só tinha a copia do cartão do CNPJ. Conclusão, ele não pagou a conta, e recebemos um comunicado que o nome da nossa empresa estava sendo colocado no SPC/SERASA, liguel pra empresa que ficou de ver no arquivo morto, pq a compra foi feita em setembro, e desde dezembro estou aguardando a ligação de retorno.
    Como devo agir, ja que ele diz não ter condições de pagar. Posso pagar pra tirar o nome da empresa do SCP e depois entrar na justica ou só posso entrar na justiça sem pagar esta conta?

    Advogado de Defesa:

    Pode pagar e depois entrar na Justiça para cobrar dele, mas terá de ter provas de que foi ele quem fez a compra

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 14:52
    Enviado por: Renata

    Ele é muito desorganizado e não tem nada comprovando esta compra, ou pelo menos não quer me dar os documentos. A empresa que vendeu com certeza deve ter a assinatura dele né?
    Eu consigo alguma endenização por danos morais?

    Advogado de Defesa:

    Você pode pedir, sim, à empresa, os documentos assinados por ele.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 22:41
    Enviado por: Cibelle

    Por gentileza, umac informação
    A 5 anos atrás tive problemas financeiros com cheques e cartão de crédito e não pude cumprir meus compromissos, meu nome na época foi encaminhado ao SPC e ao SERASA, hoje não consta mais, tenho o nome limpo nestas instituições, só que eu fui pedir um cartão de crédito ele foi negato! pode acontecer isto? já que não tenho o nome sujo mais? Depois de 5 anos acreditei que eu poderia ter novamente um cartão de crédito, pois consegui abrir conta em banco…Hoje trabalho e tenho condições de poder viver dignamente, é muito humilhante quando a gente não consegue honrar os compromissos.
    Gostaria também de parabenizar os trabalhos e a solidariedade de vcs advogados nestes esclarecimentos.

    Advogado de Defesa:

    Se você não tem nome sujo e, ainda assim, teve negativa de crédito, deve exigir da empresa que te diga o motivo. Caso não consiga, pode acionar o Procon para exigir explicações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/02/2008 - 09:29
    Enviado por: josé luis

    estou a algum tempo com o nome sujo
    por emprestimos em bancos e compras
    em lojas.Depois de 5 anos posso fazer
    um financiamento na caixa economica?

    Advogado de Defesa:

    Depois de 5 anos o nome deve sair das listas de inacimplentes. Agora, para fazer o novo financiamento, você deve verificar com o banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 12:06
    Enviado por: patricia

    tenho 10 parcelas do meu carro vencida, financiamento este com banco bmg, eles tao cobrando um absurdo de juros para quitar todas, será que tem um jeito de renegociar essa divida com juros mais baixos e essa revisional como funciona posso fazer no meu carro?

    Advogado de Defesa:

    Você deve conversar com o banco e propor a renegociação da dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 16:47
    Enviado por: RUI BARBOSA DE MENEZES

    fiz um emprestimo em 2003 no banco do brasil ja esta quase completanto 5 anos e eles me ligaram pra fazer um acordo queria saber se completanto 5 anos o nome limpa ou nao o que devo fazer conto com sua ajuda 062 99181886

    Advogado de Defesa:

    Com 5 anos, o nome sai do SPC e Serasa e a dívida não pdoe mais ser cobrada judicialmente, mas continuará existindo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2008 - 11:23
    Enviado por: Elaine

    Bom dia, tenho uma divida no banco Itaú já fazem 4 anos, preciso abrir uma conta salário no Itaú queria saber se tem algum problemas além de eu estar com nome no SPC e Serasa e dever para o mesmo.

    Grata

    Advogado de Defesa:

    Conta salário pode ser aberta sem problemas. O banco poderá a se recusar a fornecer cartões e talão de cheque

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2008 - 15:27
    Enviado por: Tatiana

    Oi! Namorei 2 anos com uma pessoa e há 1 ano e meio terminamos. Eu era dependente do cartão de crédito dele e fazia compras, mas ele estava sempre ciente. Ele não aceita o término e há 6 meses começou a me cobrar o que eu comprava com o cartão dependente. É a maneira que encontrou pra tirar meu sossego. Ele tem direito a receber alguma coisa? Como funciona? Obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Se ele tiver algum documento que diga que você é responsável pelas dívidas, pode cobrá-las sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2008 - 10:26
    Enviado por: Dilza

    Enquanto estava trabalhando, fiz um empréstimo consignado, porém fui demitida, e como tinha muitas contas para pagar e fiquei 1 e 3 meses desempregada, não consegui pagar o empréstimo integral e outras dívidas. Agora que estou trabalhando voltei a regularizar as contas pendentes. No caso do Itaú, liguei para quitar todas as contas e banco informou que teria que ligar para a Central de Cobranças do Itaú, lá me disseram que minha dívida total era de 8.330,00, vendi algumas coisas e paguei o total indicado no boleto bancário que veio. Depois de 20 dias, fui ao meu banco e descobri que ainda está pendente no SPC o meu nome junto ao Itaú, quando liguei no banco para saber eles disseram que eu ainda tinha uma dívida de 3.300,00, como devo proceder, pois eles haviam dito que era a dívida total o que eu havia quitado.

    Obrigada

    Dilza

    Advogado de Defesa:

    Se voc~e tem algum documento que menciona que o primeiro valor informado quita toa a dívida, você pdoe recorrer ao Juizado Especial Cível. Do contrário, peça para o Itaú provar do que se trata esse novo valor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2008 - 12:01
    Enviado por: Rogério Nascimento

    Tenho uma dívida no cartão de crédito da Caixa Econômica Federal, já fiz um acordo para pagar de 03 vezes, mas não conseguir cumprir devidos a outras dividas. Hoje uma pessoa da Administradpra ligou para mim no meu trabalho e disse que iria mandar um oficial de justiça até a minha casa/trabalho com uma intimação, isso pode acontecer?

    Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Pode sim. Provavelmente entraram com cobrança judicial

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2008 - 22:38
    Enviado por: Alexandre Garcia

    Ha tres anos atras fiz um acordo e liquidei meus debitos com o Banco do Brasil, gostaria de saber como faço para retirar meu nome da restriçao interna do banco, pois o acordo possibilitou a retirada do meu nome do SPC, mas nao a retirada da restriçao interna. Poderiam ser pagos os encargos adicionais que nao foram contemplados no acordo?

    Advogado de Defesa:

    Pergunte ao banco quais são essas restrições internas. Pelo Código de Defesa do Consumidor, é vetada a manutenção do nome do consumidor em algum banco de dado, passível de essa empresa ser denunciada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2008 - 11:20
    Enviado por: Tatiane Sousa

    Gostaria de saber se tem algo que eu posso fazer, pois meu nome esta muito sujo, e o pior que foi por terceiros e não consigo pagar, as lojas não querem negociar. To ficando cada dia mais desesperada, meu nome esta muito sujo.

    Advogado de Defesa:

    Se o seu nome está sujo por dívidas que não foi você que fez, você deve entrar no Juizado Especial Cível contra as empresas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 18:44
    Enviado por: rogerio oliveira

    Estou presisando abrir uma conta salario no bradesco, que e o banco que a enpresa que trabalho tem convenio , so que tinha uma conta corrente lá que esta ativa mas tem um debito muito alto de uns 3 anos atras e não posso pagar agora, o banco esta se negando a abrir um aconta salario alegando que ja sou correntista e que meu nome esta no spc, se tratando de conta salario o banco pode se negar nastas condiçoes?, estou a dois meses sem receber salario por causa disto.
    pois a empresa alega que so paga se for pelo bradesco.

    rogerio oliveira

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais, que iremos verificar o que está ocorrendo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 23:04
    Enviado por: Paco

    Olá! Parabéns pela iniciativa!
    Uma coisa nao ficou clara pra mim… aparecem algumas respostas em que vocês afirmam que uma dívida, após 5 anos, nao caduca e pode ser cobrada judicialmente:

    “Olá, tudo bem! Bom gostaria de tirar um dúvida?
    Meu nome está no SPC há mais de 5 anos. Gostaria de saber se a dívida caduca!

    Advogado de Defesa:

    Não, a dívida não caduca. Após 5 anos, o nome deve sair do SPC, mas a dívida, se não foi paga, poderá ser cobrada, até judicialmente”

    Mas em outras, a resposta foi o inverso:

    “fiz um emprestimo em 2003 no banco do brasil ja esta quase completanto 5 anos e eles me ligaram pra fazer um acordo queria saber se completanto 5 anos o nome limpa ou nao o que devo fazer conto com sua ajuda 062 99181886

    Advogado de Defesa:

    Com 5 anos, o nome sai do SPC e Serasa e a dívida não pode mais ser cobrada judicialmente, mas continuará existindo.”

    MINHA DÚVIDA É:

    Depois de 5 anos, a dívida pode ou nao ser cobrada judicialmente? O que quer dizer uma dívida que existe, mas nao pode ser cobrada judicialmente? O que pode ser feito pelo credor? O devedor, depois desse período, corre algum risco de voltar ao SPC, ou de algum tipo de restriçao ou desconforto?

    Obrigado!

    Advogado de Defesa:

    Os consumidores acham que, passados 5 anos, a dívida deixa de existir. Isso não é verdade. O que ocorre é que ela não pode mais ser cobrada com ação judicial, mas pode ser cobrada por telefonemas, cartas, etc. Vencido o prazo de 5 anos, o nome deve sair do SPC e Serasa, mesmo que ela não tenha sido paga e não pode ser negativada novamente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 23:17
    Enviado por: Karina

    Em outubro de 2007 fiz um empréstimo em um determinado banco. Na época eu estava empregada, hoje até o presente momento estou desempregada, pois trabalho como professora do Estado de São Paulo e não consigui pegar aulas.
    Até agora todas as parcelas foram pagas corretamente mas a minha preocupação é que o débito do empréstimo é demonstrado em holerite e estando desempregada não terei condições de pagar, assim as parcelas ficarão todas atrasadas.
    O que eu poderei estar conversando com o banco a respeito disso caso eu não pegue aula o mais breve possível?
    Estou preocupada por que graças a Deus nunca atrasei nenhuma conta sequer, pago carro e empréstimo e as parcelas estão todas em dia.
    Por favor me ajude!!!!!
    Não tenho nome sujo

    Advogado de Defesa:

    Informe ao banco que os descontos não poderão ser feito via holerite e proponha outra forma de pagamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 23:24
    Enviado por: Patricia Gomes

    Fiz um empréstimo em 24 meses e só consegui para os 3 primeiros meses sendo que 8 parcelas já estão em atraso.
    No meu caso que sou pensionista o empréstimo demora 5 anos para caducar ou leva menos tempo? Algumas pessoas me disseram que em um ano caduca, isso é verdade?

    Advogado de Defesa:

    O empréstimo não caduca, o que ocorre é que a dívida, depois de 5 anos, prescreve, isso quer dizer que eles não poderão mais te cobrar por via judicial se não entrarem com ação antes dos 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2008 - 16:36
    Enviado por: marly de souza

    Olá quero saber se já tive o nome no SPC E SERASA E até um protesto de cheque,mas já paguei tudo se posso financiar uma casa.
    Obrigada…
    Marly

    Advogado de Defesa:

    se você tem o nome limpo, não há por que recusarem o financiamento. Se houver algum problema, você deve exigir que te digam a razão da negativa e pode até questionar isso no Procon

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2008 - 20:03
    Enviado por: valdirene silva

    à alguns anos fiz a venda de um veiculo que me pertencia a uma pessoa, fizemos a negociação, e combinamos num ato de confiança, que eu assinaria atraz do documento, fazendo assim tipo uma procuração para que ele no prazo de trinta dias fizesse a transferencia do mesmo.
    So que somente agora fiquei sabendo q o apessoa para quem vendi, não fez a transferência, deixando assim o veiculo em meu nome, e cometeu varias infrações, e também não pagou o IPVA, sendo assim fiquei a pouco sabendo q estou com uma imensa divida em meu nome, e não sei o que fazer….
    estou em desespero, pois nõa consigo encontrar a pesoa para quem vendi.
    será que tenho alguma chanse dentro da lei para me livrar disso, ou pelo menos tentar explicar o que ocorreu, ou até mesmo tentar alguma coisa para que essa divida toda não caia somente sobre mim….???
    por favor alguem me de uma dica de como começar a agir… pois não sei se procuro um advogado, ou até mesmo a policia, para que me ajude a encontrar essa pessoa!
    aguardo algum conselho …
    obrigado !

    Advogado de Defesa:

    Você pode pedir o bloqueio do carro no Detran e se tiver comprovante da data da venda, provar que ele não estava mais em seu poder

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 13:19
    Enviado por: rosmari

    tenho cartao de credito com vencimento dia 25 e a correspondencia nao chegou em casa ainda, em contato com o cartao a atendente disse que sera cobrado juro por atraso do pagamento, onde eu nao concordo pois nao recebi a correspondencia, mesmo sabendo que posso fazer o pagamento pelo cartao, sempre gosto de verificar onde foram os meus gastos.
    obrigada
    Rosmari

    Advogado de Defesa:

    Se eles oferecem outras formas de fazer o pagamento, você deveria usá-las para evitar a cobrança de juros

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 16:04
    Enviado por: Marta Silva

    Boa tarde.
    Meu marido sofreu um acidente de moto indo para o trabalho.
    Gostaria de saber se posso entrar com uma ação pedindo indenização a empresa que meu esposo trabalhava?

    Obrigada,
    Marta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2008 - 22:33
    Enviado por: Rosangela

    Devo no Banco do Brasil e recebo minha pensão la, ocorre que tentei pegar cartão de crédito pela minha pensão ou seja pra descontar no meu beneficio e o Banco negou pq devo á eles há 7 anos, ele teem esse direito? ja que será descontado no meu benefício?

    Advogado de Defesa:
    ´
    O banco pode recusar a entrega de cartão e talão de cheque para quem tem o nome sujo ou dívidas em aberto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 14:00
    Enviado por: Nilton Tsuchiya

    Prezado Sr.

    Trabalho em um banco e ao iniciar as atividades no mesmo, não estava conseguindo pedir meu cartão de crédito. Passados 3 meses, fui à agência falar diretamente com o gerente e este verificou que meu nome constava no SCPC.
    Fui verificar o porquê do meu nome estar sujo e averiguei que era uma empresa de tv por assinatura que havia mandado meu nome para lá por uma dívida inexistente. Liguei para a mesma e eles me disseram que iam tirar meu nome.
    Por eu trabalhar em banco, não posso ter nome sujo (uma das causas para justa causa). Gostaria de saber se posso entrar com um processo contra danos morais e materiais.

    Att,

    Nilton Tscuhiya

    Advogado de Defesa:

    Pode entrar com process, sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 16:38
    Enviado por: Marcio Marcondes

    Olá, primeiro gostaria de agradecer e parabenizar o trabalho que estão fazendo de informar e orientar de forma simples o público.
    Minha dúvida é quanto a disponibilização de Crédito Automático nos caixas eletrônicos do Itaú, pois quando fui tentar sacar o Crédito Automático no valor de R$ 400,00 apareceu no terminal eletrônico que eu não tinha limite de crédito pré-aprovado. Fui falar com a atendente que me informou que eu não poderia fazer o saque porque há 2 meses um cheque meu havia sido devolvido.
    Abri minha conta no banco em Outubro de 2007.
    Tenho um plano de capitalização do Banco que é debitado automaticamente em minha conta todos os meses que pra isso deve sempre ter fundos. A movimentação é normal e o saldo oscila de um mês ao outro entre R$ 3.500.00 e R$ 3,00 oque considero uma movimentação regular e quanto ao cheque ele só foi devolvido uma vez já que imediatamente cobri minha conta e o resgatei.
    Gostaria de saber se o banco pode negar esse “empréstimo” atavés do seu serviço de “Crédito Automático” somente pq um cheque foi devolvido na minah conta, mesmo que esse não tenha ido a protesto ou sido reapresentado.
    Muito obrigado
    Abraços
    Marcio Marcondes

    Advoagdo de Defesa:

    O banco pode sim recusar a concessão de crédito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/02/2008 - 17:10
    Enviado por: Marcio Marcondes

    Gostaria de esclarecer outra dúvida também se possivel.
    Após dar entrada no pedido de seguro-desemprego no orgão competente na cidade de Corumbá-MS aguardei o prazo solicitado para o crédito do valor na minha conta para que eu pudesse sacá-lo.
    A surpresa desagradável foi ser informado que só após fazer o “CARTÃO DO CIDADÃO” EU PODERIA SACAR O BENEFÍCIO. O problema é que segundo a agência esse cartão só chega dentro de 4 a 5 semanas. Agora estou com as contas atrasadas e correndo o risco de ver meu nome no cadastro de inadimplentes por causa de mais uma inexplicável burocracia
    Pior é ainda que em nenhum momento fui avisado sobe a necessidade de possuir o CARTÃO DO CIDADÃO – nem pelo orgão através do qual dei entrada no seguro-desemprego nem pela CAIXA ECONÔMICA quando fui sacar meu FGTS (Aliás não me foi solicitado o CARTÃO DO CIDADÃO quando fui sacar meu FGTS). Ou seja, depois de ter feito tudo conforme as regras burocráticas brasileiras e ter apresentado todos so documentos conforme solicitado me aparece o tal cartão do cidadão. Fiquei esperando um mês pra sacar o benefício e na hora que vou sacá-lo sou informado da necessidade desse cartão. Como fica agora minha situação por causa da espera pelo tal cartão? Minhas contas não vão esperar e meu nome ficará sujo porque tenho que esperar de 4 a 5 semanas para receber esse cartão.
    Terei meu nome incluido no cadastro de inadimplentes mesmo tendo o dinheiro pra pagar as contas. Há alguma coisa que eu possa fazer nesse caso?
    Mais uma vez Muito Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do JT, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais, que vamos tentar agilizar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 23:58
    Enviado por: Nelson Alencar da Silveira

    Minha esposa esta com dividas, efetuada com cpf dela, gerando assim sua inclusão no spc, serasa, e pra minha surpresa, o meu cpf tambem foi incluso, sendo que nunca fui fiador dela, e os cpfs são distintos, minha pergunta é, ? isso é legal perante a lei. obrigado……

    Advogado de Defesa:

    Não pode. Se você não assinou nada, nem mesmo cheque em conta conjunta, seu nome não poderia ser negativado. Procure o Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 12:09
    Enviado por: Mariana ferreira Netta

    Bom dia!
    Estou passando por alguns problemas financeiros e gostaria de saber se posso fazer o cancelamento do limite do cheques especial e do cartão de credito mesmo não tendo condições no momento de fazer acordos para quitar-los?

    Advogado de Defesa:

    Dificilmente o banco irá fazer isso. Primeiro, tente transformar as dívidas em empréstimo pessoal e aí peça o cancelamento do cartão e do cheque

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2008 - 12:04
    Enviado por: Gabriel Mariano

    Bom dia, vendi meu carro financiado no meu nome para o rapaz que não conhecia direito, eu tinha parcelas em atraso que ele ficou de assumir e continuar pagando o financiamento, só que ele passou o carro para frente e não pagou as parcelas em atraso não pagou nada, quando passei o carro para ele ficamos de fazer o contrato que ele estava assumindo as parcelas em atraso… mas ele enrolou e passou o carro para frente, agora eu não consigo falar com o cara que ele vendeu o carro as parcelas não foram pagas o carro sumiu o que devo fazer.

    Advogado de Defesa:

    Se o financiamento continua em seu nome, você será cobrado e poderá até ter busca e apreensão do carro. O jeito é tentar localizar esse carro e pegá-lo de volta e tentar quitar as prestações atrasadas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2008 - 23:24
    Enviado por: Ana Maria

    Fiz o financiamento de 1 veiculo em 36vezes, ja paguei 30 parcelas, mais fiquei desempregada e acabei juntando 4 parcelas atrasadas.
    Ja tentei negociar com a financeira, e eles não fazem nunhum tipo de acordo, só querem q eu pague as parcelas e ponto final. Oque posso fazer pra que eles não levem meu carro embora?

    Advogado de Defesa:

    Continue tentando renegociar as parcelas. Se quiser, envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br que iremos conversar com a financeira. Coloque seus dados e o nome da financeira

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2008 - 20:26
    Enviado por: Guilherme

    OLÁ, GOSTARIA DE TIRAR UMA DUVIDA.
    MEU PAI ADQUIRIU UM CARRO FINANCIADO NO VALOR DE R$23 MIL SENDO QUE ELE DEU 8 MIL DE ENTRADA E O RESTANTE O CARA DA REVENDA FEZ A ELE 48x DE R$461.00 SÓ QUE MEU PAI TEM PROBLEMAS COM ALCOLISMO E FEZ LOUCURA ASSUMINDO ESSA DIVIDA E DANDO UM CARRO QUE VALIS R$12 MIL POR R$8 MIL COMO ENTRADA.
    GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO DE DEVOLVER ESSE VEICULO E REAVER O VALOR JA DADO QUE SERIA OS R$8 MIL DE ENTRADA E + 6 PARCELAS PAGAS.

    GRATO.

    Advogado de Defesa:

    Você terá de conversar com a financeira, para ver se cancelam o financiamento, o que é difícil. Eles vão propor que você faça a devolução do carro e aí é prejuizo maior ainda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2008 - 16:21
    Enviado por: Daniel

    Olá, fui colocado no SPC sem qualquer aviso prévio por uma dívida que não sabia que existia. Realmente acabei descobrindo que ela existe, e foi provocada por um erro da empresa onde trabalho que não fez o desconto em minha folha de pagamento (trata-se de um empréstimo consignado em folha de pagamento). Só fiquei sabendo que estava no SPC com uma ligação do próprio banco me cobrando o valor… Ou seja, sabiam como entrar em contato comigo, mas só o fizeram depois de negativar meu nome.
    Minha pergunta é se nestes casos posso processar o banco, e se sim, se posso fazê-lo mesmo após o pagamento da dívida?

    Advogado de Defesa:

    Você pode processar o banco e o SPC, pois devem comunicar a inclusão do nome no SPC. E pode fazer isso após o pagamento da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2008 - 21:02
    Enviado por: edson matos

    apos o periodo de espera para sacar o seguro desemprego,tive a triste surpresa de estar devendo para o governo duas parcelas.Pergunta:Nao tenho condicoes,mesmo reconhecendo adivida,de paga-las; por favor me informe cabe algum recurso para parcelar ou isentar esta divida? Se houver por favor me informepois nao consigo receber o atual seguro ao qual teria direito .Desde ja grato!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 10:10
    Enviado por: Luiz Paulo

    Olá fiz um acordo com o banco para saldar duas dividas uma com cartão de crédito e outra com o limite de crédito para saldar em quatro vezes a partir de março queria saber quanto tempo leva para meu nome sair totalmente do spc pois em julho pretendo comprar um carro em meu nome será que consigo.Grato.

    Advogado de Defesa:

    Se você já fez o acordo, o nome deve sair imediatamente, uma vez que a dívida vencida já não existe mais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 14:45
    Enviado por: Lidy

    Ola boa tarde! Gostaria de uma consulta… minha amiga estava vivendo ha mais de 10 anos com seu marido, neste ano ele veio a falecer, ele tinha um emprestimo e dividas no banco e la consta conta conjunta para os dois, e agora o banco negativou o nome dela nos servicos de protecao e no Serasa, ela é obrigada a pagar a divida dele?
    Desde ja mto obrigada pela atencao!

    Advogado de Defesa:

    Infelizmente, dívida também se herda, assim como bens. Ela deve conversar com o banco e ver o que pode ser feito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 15:26
    Enviado por: WANDER

    eu estou com emprestimos em meu holerite e por minha esposa ter perdido o emprego nao estou conseguindo pagar as contas de nessecidades da casa entrei em contato com o banco pedindo uma carencia nao pude ser atendido o que faço para parar com os descontos em holerite e depois mais tarde poder negociar com os bancos

    Advogado de Defesa:

    Você vai ter de negociar diretamente com o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 21:31
    Enviado por: Viviane Branco

    Olá!! Meu Ex-marido comprou uma moto,o financiamento foi feito no meu nome, agente se separou ele ficou com a moto e eu com casa.
    depois de algum tempo fui saber que avia vendido essa moto que esta no meu nome, sem nenhuma garantia que a pessoa que adquiriu a moto iria pagar as prestações, foi vendida de “boca” essa pessoa que compro a moto vendeu pra outro, que nao pagou as prestações, já esta a mais de um ano atrasada as prestações,meu nome ja esta no SPC, e ninguem sabe aonde esta essa moto e nem o comprado.
    o banco esta me precionando pra eu entrega a moto mas eu não sei aonde esta ela,minha divida so esta almentando.
    O QUE EU DEVO FAZER?????

    desde já agradeço!!!

    Advogado de Defesa:

    Prove para o banco que a moto não está com você, mas a dívida é sua e você terá de renegociá-la com o banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 22:03
    Enviado por: Regiane

    Por gentileza, gostaria que me tirassem uma dúvida: a operadora de cartão de crédito pode reduzir o valor do limite do cartão sem avisar previamente ao cliente?
    Desde já agradeço.

    Advogado de Defesa:

    ela pode reduzir, mas deve comunicar o cliente com antecedência

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 14:08
    Enviado por: Samuel Nunes dos Santos

    Olá!
    Gostaria de saber se uma pessoa descobre que você é incluso no SPC,SERRASA e CCF,e mostra seus débitos para a população quase toda de uma cidade,se,esta pessoa pode responder ou esta comentendo algum crime?
    Eu,estou incluso nestes três itens,devido ao desemprego e na época em uma redução de 70% de meu salário.Onde conseguir de um total de 48 cheques,renegociar 33 folhas(que estão comigo);porém,não consegui ainda apresentá-los aos bancos,devido a falta de condições.E,hoje um credor novo da cidade está denegrindo meu nome com uma consulta que obteve.
    Me informe o que fazer!

    Advogado de Defesa:

    Se você tem provas de que ele está fazendo isso, pode registrar uma denúncia na delegacia de polícia, pois o devedor não pode ser constrangido, conforme o Código de Defesa do Consumidor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 16:30
    Enviado por: patriccia

    oi meu nome sta no serasa a mais de 5 anos isso pode acontecer?e tenho protestoe devo o banco…
    tudo isso a mais de 5 anos..e até agora meu nome não saiu do spc..o que eu faço???
    preciso limpar meu nome…

    Advogado de Defesa:

    Se já venceu o prazo de 5 anos, ele deve sair. Você pode recorrer ao Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 11:17
    Enviado por: cristiani

    bom dia!!
    por favor me ajudem nessa dúvida porque ja não sei o que devemos fazer.O meu esposo tinha alguns cheques na praça, porém nós ja conseguimos reaver quase todos só falta um no valor de $35 reais, porem o estabelecimento esta fechado e so consegui contatar o irmao do destinatario do cheque que esta morando no litoral. ja pedi pela carta de anuencia ja q o mesmo não tem o cheque, porem ele sempre fala que esta providenciando e nada.Já ofereci o pagamento de juros e arcar com despezas do msm mais não tenho resposta. Gostaria de saber o que devo fazer se não tem jeito e o nome dele vai ficar “sujo” pra sempre? me disseram que posso entrar no juiz de pequenas causas mais quanto tempo isso pode levar para o juiz me dar permissão para pagar para o banco.por favor me deem uma luz!

    desde ja agradeço!!!

    Advogado de Defesa:

    Pode entrar, sim no Juizado Especial Cível e pedir uma liminar. Isso é rápido

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2008 - 10:30
    Enviado por: Carlos Barbosa

    Gostaria de saber se posso colocar em um contrato de compra e venda o seguinte texto: (Fica o cliente “fulano de tal” ciente quanto a inclusão de seu registro no SPC ou SERASA, em caso de atraso superior a 60 dias no pagamento de uma ou mais parcelas do referido contrato”.)
    Este texto é constitucional ou não?.

    Advogado de Defesa:

    Pelo Código de Defesa do Consumidor, artigo 6º, a informação é um direito básico do consumidor, portanto, se ele está sendo informado que será negativado caso não pague sua dívida, você estará cumprindo com a informação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2008 - 12:11
    Enviado por: Odivan Barbosa alves

    Ola, tudo bem, bem estou com um ploblema, bem na verdade dois: emprestei algumas folhas de cheques para a minha vizinha, para ele comprar artigos do vestuario pois ela trabalha com kits de roupa, compra p/ revender, ela ñ quitou os cheques com os forcecedores, e para piorar um deles me protestou. 1º como fasso p/ ela saldar essas dividas, 2º como fasso para canselar esse protesto, 3º recebi essa cobrança, no meu trabalho atraves do meu chefe ou seja fiquei muito constrangido no meu trabalho e pior o protestante levou a folha de protesto p meu chefe, e eu ñ sabia que estava protestado, pois ñ assinei nenhum documento de protesto, esse protesto é de 30 dias atras, por favor me oriente como devo proceder? obs ela assinou uma declaração assumindo a responsabilidade dos cheques quanto ao pagamento, o qual segue em anexo . eu …..rg……cpf…, residente na Rua das Orquídeas n º 88 Santo Antonio da Platina PR declaro que emprestei do Srº …… 09 folhas de cheques do banco Caixa Econômica federal para realizar transações comerciais (compra de produtos de cama, mesa, banho, e artigo do vestuário etc) e que me responsabilizo em depositar os valores dos cheques no dia do seu vencimento ( pré datados), ou resgatalos e devolvelos para o emitente se assim for necessário .
    Sem mais assino essa declaração assumindo total responsabilidade pelos cheques cuja relação segue a baixo.
    Cheques nº 900040, 900050, 900051, 900052, 900053, 900057, 900058, 900059, 900060, sendo que os cheques sublinhados foram resgatados e devolvidos ao Srº Odivan Barbosa Alves.

    Santo Antonio da Platina, 23 de Outubro de 2007

    Advogado de Defesa:

    Cheque ñão se empresta. Como são seus, você terá de arcar e pagá-los para retirar o protesto. Como você tem uma delcaração dela, depois pode entrar na Jusitça para receber dela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2008 - 20:09
    Enviado por: augusto cesar magalhaes

    Fui funcionario do BB e financiei um apartamento pela PREVI. com 3 meses fui demitido sobre o eufemismo de “Demissão Voluntaria”. A duras penas consegui pagar 4 anos de financiamento e acabei por abandonar o imovel por falta de condiçoes financeiras. Hoje a divida é astronomica (uns oito anos de atraso). Não tenho bens, a não minha casa propria e o apartamento financiado que deve ser penhorado. Minha mulher tem uma microempresa. Gostaria de saber se a nmercadoria dela pode ser penhorada em complemento a divida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2008 - 00:05
    Enviado por: valeria cristina coelho ferreira

    olha preciso de ajuda . tenho meu spc limpo , mais meu irmao fez compras e meu nome foi para o cerasa pouca coisa mais nao posso pagar no momento. tentei negociar com o credor mais ele nao aceitou . queria pagar pequenas parcelas e ele limpar meu nome . devo 600,00 queria pagar 150 por mes para ele limpar meu nome isso e correto ? aguardo uma resposta obrigado , me respone por e-mail

    Advogado de Defesa:

    Cabe ao credor aceitar ou não sua proposta, mas é interesse dele receber, então, continue tentando negociar essa dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 10:47
    Enviado por: SARA DOURADO

    Bom dia.
    emprestei um cheque no valor de 1.000,00 era predatado e eu não tinha limite de cheque especial mesmo assim o banco pagou o cheque e a pessoa a qual emprestei não podia cobrir o cheque na data.
    O bradesco incluiu meu nome no SPC E SERAZA
    ja fazem dois anos e agora o que fazer devo processar o banco por danos e percas?

    Advogado de Defesa:

    Se o cheque voltou sem fundo, eles estão corretos em negativar seu nome

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2008 - 01:06
    Enviado por: Sheila

    Bom dia!
    Por favor, gostaria de uma orientação se for possível.
    Terminei o meu curso na universidade e fiquei devendo 6 meses e tenho também mais quatro promissórias que não acertei. O fato é que a dívida só cresce, já está em quase 5.000 e eu não tenho como pagar, estou desempregada e sem saber como agir. Grata pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    Só renegociando com o credor. Não há outra forma

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2008 - 14:31
    Enviado por: Robson Buche Vieira

    Comprei um carro no feirão da bv financeira em fevereiro , logo os juros eram menores do que o normal por ser um feirão, fiz varias tentativas de contratos ate passar ,todos eram em 48x , no ultimo que eu fui onde adequiri o veiculo , eu citei muitas vezes que gostaria em 48x o vendedor fez as contas e me comprovo corsa wind 2000 48 fica 471 ao mes, eu disse ok, mas na labia do sujeiro me destrai confiei e assinei os papeis, depois de um mes tive a surpresa o carne veio entregue pelo correio com 60x e nao 48x,entrei em contato desesperadamente pq alem de eu nao poder pagar depois das 48x iria sair fora do valor desse carro totalmente, todos alegaram que eu assinei 60x pq ta no papel e ja era, em fim procurei meus direitos para desfazer o negocio , pois a atendente da bv me disse q eu poderia desfazer sem custos a parti do monento q eu nao tivesse pago a primeira parcela e assim estou tentando, a primeira vence dia 10 de abril , e a financeira diz q so posso cancela na concessionaria, a concessionaria ja diz q e coisa da bv , o contrato nao e dado pra pessoa na hora propositalmente para o golpe e claro , nao enviam por email nem fax , apenas correio portanto isso demora obviamente pra bem proximo do dia de pagar pra acabar com meus direitos, o procon nao me fez nada nem juizes nem advogados q eu conversei, minha ultima saida endicada era apenas negociar com o dono da loja pra ela aceitar a devolucao e ficar com o carro e no caso ele ate pode aceitar mas vai cobrar um valor de multa pois, diz ele q ele nao devolve mais o valor q a bv pagou a ele , ele vai devolver mais e eu vo te q paga a diferenca se quiser desfazer do carro q alem de tudo isso apresentou muitos problemas. oq realmente devo fazer ? nao tenho saida mesmo

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais E-mail advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2008 - 15:01
    Enviado por: marina

    tenho 3 parcelas da casa própria atrasada, a CEF, pode me fornecer um refinanciamento ou negociação das parcela atrasadas?

    Advogado de Defesa:

    Você deve conversar com o banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2008 - 08:41
    Enviado por: Eduardo

    Bom dia
    Uma pessoa está querendo meu nome emprestado para comprar uma moto, com a condição de se responsabilizar pela parcelas e por qualquer coisa que venha acontecer com a mesma. O bem ficará em meu nome até ser quitada, bem como sua documentação. Me parece não ter mal algum quanto a isso, pois qualquer deslize da pessoa posso pegar o bem pra mim pois está em meu nome. Ou não é bem assim que funciona?
    Gostaria de informações se é possível fazer algum documento para ambos comprometerem-se com a a palavra.
    Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Nome não se empresta, dizem os especialistas em consumo. Caso ele não pague, você será responsabilizado e seu nome irá para o SPC, Serasa e até poderá ter bens penhorados. Você pode até fazer um documento, que só te´ra valor caso voc~e entre na Justiça, mas até que haja decisão, você ficará com o nome sujo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2008 - 13:38
    Enviado por: Wanderson Augusto

    Refinanciei meu carro em uma inst. financeira. Quando recebi a primeira correspondencia onde constava o valor das prestaçoes constatei que esse valor nao era o combinado. Restornei no local e fiz a reclamaçao, um funcionario que se apresentou como gerente disse que realmente estava errado, tanto o valor quanto a taxa que deveria ter sido cobrada, e ate que fosse feito novo calculo eu nao receberia nenhum tipo de cobrança, mas, nao foi isso o que aconteceu. Retornei e fui informado que pra eu ter acesso ao contrato teria que solicitar e ai seria enviado por e.mail ou correio convencional. Quando o contrato chegou constatei que ele estava rasurado exatamente no local onde constava o valor. Solicitei a mudança do valor, mas, alguns dias depois recebi outro contrato, a proposta que consta o valor rasurado e uma carta do banco que dizia que tudo estava correto mesmo com a rasura. Procurei alguns advogados, gerentes de bancos e o procon todos me disseram que documentos nao podem ter rasuras principalmente quando ha divergencias de valores. A historia e longa e ainda falta os detalhes de cada situaçao, mas, para tentar reduzir. Durante esse periodo consegui entrar em contato com a ouvidoria do banco que se prontificou em me auxiliar, ja que me neguei a pagar as prestaçoes ate que fosse ao menos analisado o meu caso. Agora ficou contatado que eu tenho razao e que os valores estao mesmo incorretos, porem meu nome foi incluido no spc, cartorio e serasa, por mais de uma vez e para mudar o contrato e o valor das prestaçoes o banco pede que eu deveolva o valor financiado e ai sera feito o novo financiamento, nao entendi o procedimento, e quero saber se devo pedir indenizaçao por danos morais, pois desde o inicio eu ja havia dito que os valores estavam errados. O que devo fazer?
    Obrigado!
    Meus telefones:
    031 36427352
    031 88559787

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o nome d financeira e da loja

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 16:15
    Enviado por: Chelry Fernanda

    Olá,
    Comprei um carro há 11 meses fianciado em 60 vezes, no momento não tenho pagar mais as prestações porque estou com uma ação judicial trabalhista de recisão indireta contra a empresa que trabalhava, devido eu ter adocido e adquirido doenças psíquicas que me impossibilita a trabalhar no horário que trabalhava (23:00 as 7:30).
    Então devido esse processo judicial, estou sem receber nenhuma verba salarial, e não tenho como pagar as prestações do meu carro, estou com medo de perdê-lo, o que posso fazer?
    Grata.

    Advogado de Defesa:

    Você pode tentar renegociar com a financeira. Se nada fizer, vai perder o carro sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2008 - 14:51
    Enviado por: Gustavo Barroca

    Minha única pendência é um cheque sem fundo que foi apresentado 02 vezes, por isso fui efetivado no CCF. Acontece que a dívida com o credor já foi quitada, só que não encontro o cheque… por isso não posso dar baixa. Já pedi a microfilmagem ao Banco e este não achou… Todavia não me lembro se o cheque foi nominal ou “em branco”. Como retirar o nome do CCF caso o banco não encontrar a microfilmagem????

    Advogado de Defesa:

    No Juizado Especial Cível, que dará liminar, uma vez que o credor já recebeu. Peça ao credor uma carta de anuência

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2008 - 14:51
    Enviado por: Fátima

    Boa tarde!

    Meu genro sempre morou em São José dos Campos-SP.Ele foi ao SERASA e SPC aqui em SJC e descobriu que o seu nome foi protestado no cartório em São João do Mereti no Rio de Janeiro.Gostaria que me esclarecesse algumas dúvidas.
    1-Pode ele nunca ter morado no Rio de Janeiro ser protestado lá?
    2-Como fazer para pedir a Certidão de Protesto já que ele não mora no Rio?

    Grata
    Fátima

    Advogado de Defesa:

    Ele deve ter alguma dívida com banco ou financeira que foi vendida para alguma empresa de cobrança. Ele deve verificar quem fez isso e correr atrás desse credor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2008 - 16:26
    Enviado por: Fernanda

    Meu nome está no SPC/SERASA,eu gostaria de abrir uma empresa em sociedade .È possivel abrir uma empresa mesmo meu nome estando sujo ?
    Muito bom ter um espaço aonde os cidadãos podem tirar suas duvidas do ambiente juridico.

    Advogado de Defesa:

    O que você não vai conseguir é abrir conta corrente em nome da empresa, uma vez que está com o nome sujo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 11:13
    Enviado por: luciano

    dr. bom dia.
    minha mãe vendeu um pequeno imovel por 35 mil reais. Nesse negocio pegou um veiculo no valor de 8 mil reais e 21 mil em dinheiro. os 6 mil restantes o comprador do imovel iria utilizar o FGTS. foi feito um contrato de gaveta e nao foi passado a escritura do imovel.
    o comprador da casa deu entrada no FGTS que foi recusado porque minha mãe, como VENDEDORA, estava com o nome sujo ( divida de 4 mil reais ).
    minha mãe foi na caixa e a funcionaria informou que ela e meu pai precisariam regularizar o nome para depois a caixa liberar o dinheiro ao comprador, disse que era formalidades exigidas para liberação do FGTS ao comprador.
    agora pergunto: quem quer usar o FGTS é o comprador e nao minha mãe que é a VENDEDORA.
    nesse caso ela sentiu-se extremamente constrangida. Nesse caso ela pode entrar com uma ação de indenização contra a caixa. Ela tem chances de obter sucesso na ação ?
    voce acha que a indenização cabe nesse caso ?
    aguardo informações para esclarecimentos de minha duvida.
    obrigado

    Advogado de Defesa;

    Quem tem nome sujo não consegue mesmo vender imóvel por financiamento. Vocês podem até entrar com processo, mas é uma causa arriscada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2008 - 16:04
    Enviado por: roberto

    A mais ou menos dois anos atras adquiri uma divida com uma financeira por causa de cheques devolvidos,efetuei todos os pagamentos dos cheques que foram devolvidos por causa desta divida, so que hoje, tenho meu nome restrito no serasa por causas destas devoluções de cheques, tenho que pagar uma taxa bancaria por cada devolução , que chega a 800,00 reais tentei negociar com o banco mas não houve entendimento com a agencia o que posso fazer…

    Advogado de Defesa:

    Esses valores são determinados pelo Banco Central

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2008 - 00:51
    Enviado por: junior

    Olá bom dia, Tudo bom?
    Tenho uma divida de R$ 330,00, com meu vizinho de um ar condicionado usado que comprei dele, dei um cheque para ele com prazo de 30 dias, este 30 dias já se passaram e já esta se encaminhando para os 60 dias, daí pedir mais prazo para pagar, pois sofri vários contra tempos e infelizmente ainda não tive como quitar este valor! Pedir a ele um prazo para resgatar o cheque, mas não teve acordo, ele foi lá ao banco e depositou o cheque por duas vezes, e não tinha fundo, ele pode fazer um terceiro deposito? Infelizmente não conseguir depositar este valor, para ser compensando o cheque… Já pedir para devolver o Ar condicionado, mas ele não aceita.
    O que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Ele não pode depositar uma terceira vez porque, depois que o cheque é devolvido duas vezes, os bancos costumam encerrar a conta corrente. Mas ele pode cobrar judicialmente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2008 - 09:24
    Enviado por: walter santos lima

    Olá Dr;
    Contrai muitas dividas em estabelecimentos comerciais na minha cidade, moro em uma cidade pequena, onde todo mundo conhece todo mundo, e não consigo pagar pois meu salário e da minha esposa hoje é quatro vezes menor e por isso mal dá para as despesas do mes, e não estamos tendo paz, nem mesmo em nosso emprego, pois ligam, vão até nosso emprego cobrar, poderia ajuizar as dividas ou existe outro meio melhor.

    Advogado de Defesa:

    Não pode haver cobrança no local de trabalho,. Se estão fazendo isso, você pode entrar com processo e pedir danos morais de indenização

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2008 - 03:14
    Enviado por: Jeferson Santos

    Olá tenho uma divida com uma operadora de celular num total de três conta na qual reconheço a divida, mais eles me mandaram uma conta com outro numero que não era o meu que eu não conheço, eu liguei eles falaram que foi um erro de sistema e que era pra mim descosiderar esta conta, ai depois de dez meses fui ver minha situação no serasa e lá estava a maldita conta que eu nem sei de que numero é, e o pior de tudo eles me negativaram com ela queria saber qual atitude posso tomar referente a isso?
    Uma conta que está no meu nome, que eu desconheço o numero, ao contrario das outras três que reconheço o debito.
    O que posso fazer?
    Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados e os da empresa, para que possamos covnersar com ela

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2008 - 13:51
    Enviado por: bruno

    se meu nome for pro spc e for cobrado, minha esposa mesmo não fazendo a divida será cobrada ?

    Advogado de Defesa:

    A cobrança deve ser feita a você

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2008 - 15:55
    Enviado por: Alaide Pinheiro

    meu amigo comprou um carro pela financeira itaú,em seguida teve alguns problemas financeiros e acabou atrasando algumas parcelas,tentou renegociar com a financeira e não conseguiu pq eles disseram que ele tem que pagar 1800,00 sendo metade ate dia dez e o resto dia 22 do mesmo mes mas ele não tem este valor em curto tempo então eles vieram e levaram o carro dizendo que ficará lá por cinco dias se ele arrumar o dinheiro pode retirá-lo,mas ele não tem da onde tirar tal valor,ja que tem outros compromissos para cumprir,o que ele deve fazer para resolver isso,ja que não quer perder o carro e nem as parcelas que ja pagou.obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Se ele não retirar o carro irá perdê-lo, assim como o que já pagou, e ainda corre o risco de ser cobrado de saldo caso o carro, em leilão, não aclance o valor da dívida. O melhor a fazer é tentar conseguir o dinheiro para pagar as prestações

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2008 - 17:35
    Enviado por: MARIA DE LOURDES DE OLVEIRA

    ESTOU EM DEBITO COM IBI E CARTAO C&A, QUERO PAGAR MAS NAO CONCORDO COM OS JUROS ABSURDOS , E QUEREM FAZER ACORDOS QUE NAO CONCORDO, GOSTARIA DE SABER SE EU POSSO PEDIR AJUDA A JUSTICA PARA QUE A LOJA RETIRE UMA PARTE DOS JUROS, POR FAVOR ME AJUDEM PRECISO LIMPAR O MEU NOME, GRATA LOURDES

    Advogado de Defesa:

    Peça ao Procon para que façam o cálculo dos juros

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 15:32
    Enviado por: ana

    Por gentileza gostaria de uma orientação,em 2005 fiz um empréstimo de 1.600,00 logo depois fiquei desempregada hj estou trabalhando e ganho 400,00,tenho uma filha já tentei renegociar com os bancoa para baixarem os valores da parcelas tirarem um pouco de juros e não tem acordo,ele querem q eu pague parcelas de 1064,00 não tenho como e não tem acord hj esta dívida está em 20.000,00 e acho um absurdo o q devo fazer senão existe acordo,obrigada

    Advogado de Defesa:

    Peça ao Procon para que faça o cálculo dos juros para verificar se estão cobrando corretamente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 20:13
    Enviado por: João da Cruz Borges Tavares

    A minha esposa tinha um débito no Banco do Nordeste do Brasil S/A, foi quitado em maio do ano passado (05/2007), até hoje não podemos fazer nada nem mesmo o recadastramento da nossa conta, quando procuramos alguma instituição financeira somos barrados por ter nosso nome incluso nos orgãos de proteção ao crédito SPC-SERASA-CADIN.
    Quais as providencias a serem tomadas?
    João da Cruz

    Advogado de Defesa:

    Procurem o Juizado Especial Cível e peça liminar para retirar o seu nome. Aproveite e entre com processo por dano moral, uma vez que eles já deveriam ter retirado seu nome

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2008 - 20:39
    Enviado por: lu

    atrasei minha fatura do cartão de credito das loja americanas so por 19 dias e recebi uma carta das lojas americansas dizendo que meu nome ja estava incluido nos orgão de proteção ao consumidor.gostaria de saber se isso e certo.que com menos de 30 dias so por atrasar uma fatura as empresas de cartões de creditos possam incluir o nome no spc.

    Advogado de Defesa:

    Não há legislação que determine o prazo que as empresas devem negativar o nome de um inadimplente. Se quiser, a empresa pode fazer isso com apenas um dia do título vencido

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/04/2008 - 15:18
    Enviado por: Jair

    Boa Tarde…
    tenho dois cheques de um posto de gasolina mais ou menos uns 3 anos o valor de cada cheque é de R$ 50,00 e a pessoa quer cobrar R$ 300,00 por cada cheque por causa do tempo que foi a divida…
    como devo proceder sobre isso….teneti um acor de paga 150,00 por cada e mesmo assim a pessoa não quer..

    Advogado de Defesa:

    Procure o Procon e peça para que façam os cálculos dos juros

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2008 - 10:43
    Enviado por: Edivanira- didi.loiola@hotmail.com

    Emprestei uns cheques pra uma irmã comprar mercadoria pra loja dela( com cnpj da loja dela) Ela não pagou e os cheques foram devolvidos e estão ameaçando de protestar os cheques. Eles podem fazer isso? mas eu nao fiquei com a mercadoria e eles sabem disso. Podem protestar meus cheques?

    Advogado de Defesa:

    Podem sim, afinal, você assinou os cheques. Infelizmente, a dívida é sua, uma vez que os cheques são seus

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2008 - 22:59
    Enviado por: Ane

    Olá,
    Minha dívida na faculdade foi paga com cheques do meu namorado. Alguns foram pagos, outros não. Recentemente recebi uma ligação dizendo que os cheques serão protestados.
    Quem arcará com as restrições, o dono do cheque com o qual a conta foi paga, ou o nome do titular da dívida?

    Advogado de Defesa:

    Os dois. Você, porque a dívida continua em aberto e seu namorado, porque passou cheque sem fundos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 13:45
    Enviado por: neide

    Tenho uma divida de cartão de crédito, que estou tentado negociar o pagto. me ofereceram 12 parcelas de R$201,00, mais o valor esta pesado então recebi cartas do Serasa e do SPC informando o valor de R$ 614,91 liguei na empresa para confirmar o valor e efetuar o pagamento a vista e me informaram que o valor não é o informado nas cartas e sim o valor parcelado de 201,00, então porque informaram um valor menor? o que devo fazer? aguardar por um novo acordo, mesmo eu querendo pagar a vista eles não diminuiram nada da divida.

    Advogado de Defesa:

    O valor informado pelo SPC e pela Serasa e o valor da dívida sem juros. Você pode recorrer ao Procon para que seja calculado o montante de juros e conferir com o valor que eles estão propondo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 14:16
    Enviado por: SIRLEI

    GOSTARIA DE SABER O QUE DEVO FAZER TENHO 2 CHEQUES SEM FUNDO ONDE OS MESMOS FORAM PAGOS E NÃO RECEBI OS CHEQUES ISSO E DESDE 2004 AGORA PRECISO DE MEU NOME LIMPO E NÃO CONSIGO ESSE CHEQUE ESTÁ NOMINAL A AUTRA PESSOAL QUE NÃO CONHEÇO E A PESSOA QUE PEGOU O MEU CHEQUE TB NÃO A CONHEÇE TEM OUTRO MEIO DE EU LIMPAR O NOME SEM OS CHEQUES EM MÃOS OS CHEQUES ERAM DO BRADESCO…ESPERO RESPONSTA…

    ATT.
    SIRLEI

    Advogado de Defesa:

    Tem sim. Se você tem o comprovante de pagamento dos cheques ou se desconhecer que são os credores pode procurar o Juizado Especial Cível e pedir uma liminar para limpar seu nome

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 15:12
    Enviado por: flavia

    Meu marido tinha com o grupo pao de acucar 4 devolucoes de cheque desde de 2004,entramos em contato com a empresa que nos informou ter repassado a divida para multicred entao entramos em contato e negociamos a divida quitamos atraves de boleto bancario iso faz mais de dois meses eles não entregam os cheques oa devo fazer

    Advogado de Defesa;

    Entrar com ação no Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2008 - 21:18
    Enviado por: Carla

    Estou tentando pagar , o condominio, que esta atrasado 5 meses , quero dividir em duas vezes ou tres, mas o sindico disse que só aceita avista ? Ele pode me impedir de pagar ?

    Advogado de Defesa:

    Condomínio é regulado pelo Código Civil. Nosso trabalho é sobre o Código de Defesa do Consumidor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 11:52
    Enviado por: Ana Paula Silva Santos

    Fiz um empréstimo no Banco BMG e falta 21 prestações , ao ir em um representante do BMG que faz emprestimos aqui no meu bairro para buscar uma carta do referente débito para eu levar para outro banco comprar esta dívida , fui informada que eles não podiam fornecer esta carta .Esta negativa esta correta ou isto é uma forma de dificultar a compra por outro banco ? o que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Você que irá repassar a dívida para outro banco? Não sei se isso é possível. Vamos ter de verificar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 00:23
    Enviado por: Vinicius Santana

    Bom dia.
    Num certo dia fiz uma compra de móvel mas a casa fechou e não recebi nenhum bem. Fui até a delegacia e fiz um BO. Meses depois comprei outro móvel semelhante, expliquei o que ja havia ocorrido para a vendedora e qualquer atraso eu sustaria os cheques por segurança devido o que ocorreu. A funcionária jurou que não teria problemas e o material seria entregue normalmente na data x. Como não ocorreu conforme prometido, 5 dias após a data de entrega sustei o cheque. O produto foi entregue 10 dias depois. Após receber, liberei os cheques para débito. Depois de 1 semana me ligaram afirmando que o chegue voltou. Pedi para reapresentar que não teria problema. A loja passou o cheque para uma financeira no que acabaram colocando meu nome no Serasa, e que teria que pagar juros e multa pois a empresa não reapresenta cheques. Os cheques estão com eles e prontos para débito. Estou sob os meus direitos ou não neste caso?

    Obrigado

    Vinícius

    Advogado de Defesa:

    Se é política interna da empresa em não reapresentar cheque você terá de negociar diretamente com a empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 14:28
    Enviado por: Rogério Claro Padilha

    Boa tarde, gostaria de saber o seguinte, meu pai era funcionário público de Prefeitura de SP, e minha mãe possuia conta conjunta com ele no Banco do Brasil.
    Foi feito um empréstimo consignado em folha no nome dele. Porém meu pai faleceu em 2007 e o Banco está querendo cobrar a dívida no nome da minha mãe, pois ela tinha conta conjunta.
    Uma empresa de cobrança contratada pelo Banco, nos enviou uma Notificação Extrajudicial com a informação de que caso não seja pago a dívida, será tomadas medidas judiciais, como Da citação do Devedor-art. 652 e Da Penhora e do Depósito – art. 659.
    Qual a orientação que devemos tomar e se correto a minha mãe pagar esta dívida.

    Obrigado

    Advogado de Defesa:

    É correto sim sua mãe pagar. Infelizmente, dívida também se herda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 23:37
    Enviado por: Gislene

    Meu noivo está com o nome incluso no CCF, só que a loja q ele comprou está fechada, ele procurou o banco onde o cheque foi depositado o banco informou que não poderia fornecer os dados da cliente e que eles mesmo entraria em contato para ela retornar, só q ela não retorna,como ele deve pagar esse cheque para excluir o nome do CCF.
    Obrigada

    Advogado de Defesa

    Pode procurar o Juizado Especial Cível, fazer depósito em juízo e requerer liminar para limpar o nome

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 00:08
    Enviado por: claudia maria candido

    Quitei minhas dividas, tenho cartao de credito, cheques, limite e at’e crediario automatico, mas nao consigo financiamento de carro por causa da restricao interna ou politica interna da empresa, ou seja divida paga com desconto. oque devo fazer para conseguir o financiamento com agilidade ?

    Advogado de Defesa:

    Se você está com o nome limpo, não há razão para negarem o financiamento. Você pode abrir ação no Juizado Especial Cível e pedir para que a financeira explique a negativa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 13:05
    Enviado por: ednelson pereira

    Ola queria saber o que eu devo fazer para tirar o meu nome que estar incluido no banco central? se ja paguei o que devia. Como soluciponar este problema?

    Advogado de Defesa:

    Se for por cheque sem fundo, deve procurar o banco e pagar as taxas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2008 - 12:12
    Enviado por: tamara

    EM BELO HORIZONTE ONDE ENCONTRO UM SERVIÇO GRATUITO, UM ADVOGADO DE DEFESA ESPECIALIZADO EM COBRANÇAS BANCÁRIAS.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2008 - 21:00
    Enviado por: josé carlos

    Emprestei três cheques ao meu ex-patrão aos quais fez uma factoring, na empresa de um amigo a qual não se destina a tal função.
    Resultado, estou no serasa desde 01/2006
    1º – Até quando e ele têm poder de cobrar estes cheques já que ele não e do ramo de factoring?
    2º – E com relação ao meu ex-patrao, quais as responsabilidades e como fazer para fazer com que cumpra o compromisso assumido?
    3º – Posso entrar com um processo trabalhista?

    Obs. Tenho testemunhas/funcionários.

    Advogado de Defesa:

    Cheque não se empresta. A dívida passa a ser sua. Esse cheque pode ser cobrado por período indeterminado. Só não poderão fazer cobrança judicial depois dos 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2008 - 11:45
    Enviado por: Carlos Eduardo

    Tenho uma divida com a Caixa Economica referente ao FIES (utilizado de 1999 a 2000). Até Dezembro de 2007 eu pagava apenas a cada trimestre uma amortização de juros, de Janeiro em diante a caixa começou a cobrar uma parcela mensal que não consigo pagar e recebo muitas cartas da caixa dizendo que estou atrasado com as parcelas e que o meu nome e nome do meu fiador será incluido no SERASA. Gostaria de saber se o FIES realmente incluirá no SERASA o meu nome e o nome do meu fiador e como devo me comportar para que consiga um acordo junta a Caixa Economuca.

    Advogado de Defesa;

    Podem, sim, colocar tanto o seu nome como o do devedor na Serasa. Você deve procurar a Caixa e propor um acordo dentro das condições que pode pagar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 09:04
    Enviado por: gustavo

    Olá Um amigo teve o nome indevidamente inserido no SERASA. Ele entrou na justiça contra o banco, o banco reconheceu e fez um acordo na justiça. Pagou 6 vezes o valor cobrado e ficou na responsabilidade de negativar o seu nome.
    No entanto esses dias esse amigo tentou fazer um financimento de um carro e foi impedido em todas as financeiras por ter colocado o banco na justiça.
    Como proceder já que foi um erro do banco reconhecido em juizo? O que ele faz? Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Ele deve procurar o Juizado especial Cível e entrar com uma ação contra o banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 16:35
    Enviado por: Tatiana Veiga

    Descobri que consta restrição em meu nome junto ao SERASA referente a um valor que diz respeito a um cheque fraudado, isso é possível ?(não seria apenas para as alineas de cheque sem fundo?) Gostaria de saber se é cabível ação de indenização contra o serasa por isso, ou se caberia apenas contra a empresa que efetuou a inscrição?

    Advogado de Defesa:

    Caberia contra a empresa se você comprovar que o cheque foi fraudado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2008 - 02:37
    Enviado por: allan michel

    oi boa noite! a tempo que venho tentando aumentar o limiti do meu cartão de credito e nunca aumenta, quando foi essa semana um atendente da rede do cartão falou que meu credito ainda não foi aumentado porque no sistema deles conta que eu tenho uma pendencia no serasa, fiquei supresa, foi no serasa e no sps estava limpo em todos os dois, minha duvida é posso colocar a rede desse cartão de credito na justiça por danos morais? pois eles não querem aumentar meu limitir, eles estão mim rebaixando..posso fazer isso?

    grato..

    Advogado de Defesa:

    O banco tem autonomia para dizer sim ou não para aumentar o limite do cartão de crédito. Não vale processo na Justiça, a não ser que eles comprovem que você tem o nome sujo e isso não é verdade

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2008 - 17:25
    Enviado por: tanya pinheiro

    TRABALHEI 2 ANOS NO ANO DE 2000 com salario minimo FUI DEMITIDA E NÃO RECEBI NADA COLOQUEI NA JUSTIÇA E AGORA EM 2008 SAIU A CENTENÇA QUANTO VOU RECEBER? faça esse cauculo para mim por fafor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2008 - 23:43
    Enviado por: valda lúcia

    abri uma com no banco para fazer um emprestimo consignado em 2005, e onde o pagamento era retirado na minha folha de pagamento, porém minha filha fez alguns saques e não me comunicou, e o ano passado fui renovar o emprestimo, e não fui avisada de debitos pendentes, foi renovado sem problema, este ano
    no mes de fevereiro me telefonaram do banco para que eu fosse fazer um deposito, senão meu nome ia para o serasa, providenciei o dinheiro e fiz o deposito.Porém precisei esta semana fazer uma compra de um computador e não pude fazer porque o banco colocou meu nome no serasa e no spc, e eu falei que deviam ter me avisado e
    eles disseram que tinha avisado,só que na realidade eles tinham colocado o endereço errado, da cidade vizinha. estou com um debito de quase 800,00 me oriente de como fazer para resolver este caso.Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2008 - 23:52
    Enviado por: Fabiana Oliveira

    Olá, gostaria de informações urgentes, tenho uma amiga que tirou uma mercadoria para outra amiga no nome dela, a amiga dela não pagou e agora minha amiga não tem condições de pagar o valor e a dívida só aumenta, tem um advogado do estado cuidando disso, porém já faz quase 3 anos que ela não consegue resolver.Da última vez que ela fez um acordo, só pagou uma parte e não conseguiu cumprir, voltando a dívida para um valor absurdo…
    Gostaria muito de uma orientação ou ajuda para resolver o caso!!
    Obrigada desde já!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2008 - 23:51
    Enviado por: leila

    Gostaria de saber se esses anuncios de emprestimo pessoal sem consulta ao spc e serasa sao confiaveis e se é uma opçao para quen não tem crédito conseguir pagar suas dívidas e ficar mais tranquila?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 16:44
    Enviado por: moacir

    Olá, tinha uma dívida e meu nome estava no SPC e SERASA, negociei a dívida e quitei todas as prestações, não devo mais nada na praça, meu nome foi retirado do SERASA e do SPC, fui tentar fazer uma compra financiada pelo Banco ITAU, na consulta feita pelo banco constou uma informação cujo meu financiamento não foi aprovado, o que devo fazer, para limpar esta restrição. Gostaria de fazer algumas perguntas: 1º – É legal constar esta informação mesmo depois de ter negoaciado e pago a dívida? 2º – A loja se negou a dar a informação por escrito, ela pode negar isto? 3º O que devo fazer para retirar esta restrição ao meu nome?
    Grato.
    Moacir.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 19:38
    Enviado por: karla

    Tenho alguns cheques representados e um financiamento de um carro, os cheques nem sei com quem está, gostaria de saber se após os 5 anos meu nome sai do SPC e SERASA???
    Como funciona com o financiamento?? eu passei o carro para outra pessoa ,que não pagou as prestações.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 09:44
    Enviado por: Mônica

    Olá!!! Gostaria de saber quanto tempo após o não pagamento de uma conta telefonica a operadora terá o direito de inserir o nome do usuário nos serviços de proteção ao crédito (SPC e SERASA)? Qual o amparo legal das operadoras?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 14:30
    Enviado por: jose carlos

    ola, tenho um cheque no valor de R$ 220.00 que foi devolvido. Paguei essa divida a pessoa e recebi o cheque de volta. O problema ‘e que perdi esse cheque, e estou tentando dar baixa no banco e nao consigo, ja pedi uma microfilmagem do cheque, so que nao consigo uma declaracao da empresa que deposito o cheque, de que foi quitado a divida!!Pois, a empresa devolveu para o vendedor que devolveu pra mim…Gostaria de saber que procedimento devo tomar??? Sendo que ja fazem tres anos que isso aconteceu…e continuo tendo problema ao comprar algo a credito!! Sendo tambem que ja paguei essa divida…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2008 - 14:11
    Enviado por: cris

    oi,meu namorado possuia uma firma mas ela pegou fogo não sobrou nada…o nome dele ficou sujo e ele nao tem como pagar as dividas que foram acumulando com o passar do tempo…o nome dele esta sujo…ele não possue nada no nome dele, pretendemos casar gostaria de saber se a divida por vir a ser cobrada de mim que possuo bens e se terei problemas na hora de pedir um emprestimo ou comprar algo a prazo??
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2008 - 14:12
    Enviado por: cris

    oi,meu namorado possuia uma firma mas ela pegou fogo não sobrou nada…o nome dele ficou sujo e ele nao tem como pagar as dividas que foram acumulando com o passar do tempo…o nome dele esta sujo…ele não possue nada no nome dele, pretendemos casar gostaria de saber se a divida por vir a ser cobrada de mim que possuo bens e se terei problemas na hora de pedir um emprestimo ou comprar algo a prazo??
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 15:47
    Enviado por: Marcelo Di Sevo

    Olá, tive meu nome inserido no SPC por uma empresa sendo que a mesma não depositou o cheque. No cheque não há carimbo do banco mencionando depósito ou devoluçaõ do mesmo. Fui falar com o dono da empresa para que ele me desse o cheque e fizesse um recibo de para que eu pudesse ficar com o cheque e entrar com uma ação contra danos morais e o mesmo não quis me devolver e nem fazer o recibo. Posso entrar com danos morais contra a empresa e o SPC? Pois não entendi como o SPC inseriu meu nome no cadastro deles se eles não tinham nenhum documento em mãos afirmando se eu estava devendo para a empresa ou não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2008 - 12:48
    Enviado por: Clayr Marques

    Vendemos um carro financiado, não quitado, para uma pessoa que não pagou as parcelas e agora ficamos sabendo que repassou o carro para outra pessoa e esta sumiu do mapa com o carro.
    No processo de venda que fizemos, somente fizemos a declaração no cartório onde o comprador tinha como obrigação transferir o carro no prazo máximo de 3 meses e quitar as dívidas, bem como todas as obrigações com o carro. O que fazemos agora?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2008 - 22:54
    Enviado por: elson

    tô em debito com um cartão de credito,acho que meu nome irá para o spc,mais possuo outros cartoes,como fica minha situação com os outros cartoes eles serão suspensos?
    obrigado
    elson

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 10:01
    Enviado por: Ana Paula Silva Santos

    Estive no Banco BMG para buscar uma carta referente ao meu saldo devedor para quitação da divida, ao receber a carta, constatei que o saldo devedor era maior do que eu pensava, ao ligar para o banco para fazer a reclamação o atendente ao verificar o sistema ,me disse que realmente havia um erro de mais 2.000, posso entrar com uma ação já que se não verificasse poderia ter pago algo que não devo.pode ser caracterizado má fé ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 14:16
    Enviado por: fernanda

    Boa tarde, preciso de auxilio…
    Fiz uma compra pela internet e paguei em cheque (5x), apos terem sidos depositados e compensados 2 cheques pedi o cancelamento do pedido porque não recebi a mercadoria. Ficaram de mandar os cheques que estavam com eles me me reembolsarem o valor dos que já haviam sido compensados. Não me reembolsaram nada nem mandaram meus cheques, do contrario, depositaram mais dois cheques um compensou e outro foi devolvido por falta de fundos e o ultimo eu sustei. Entrei com uma ação contra a empresa, mas fui chamada p uma entrevista de emprego e passei, porém não posso assumir o cargo enquanto tiver essa restrição no banco central. Tentei contato com a empresa que fiz a compra e descobri que trata-se de uma quadrilha de estelionatalios no interior de SP, consegui os dados do delegado de SP que estava responsavel pelo inquerito e liguei p ele, ele me pediu que mandasse p ele por correio, toda documentação (xerox) que eu tinha dA transação, mandei tudo e ele disse que ia me mandar uma PORTARIA e que se eu levasse essa portaria com o Boletim de ocorrência (que fiz , sob natureza de estelionato) ao banco em que possuo a conta eu poderia baixar esse cheque, porém o banco me informou que não existe esse tipo de procedimento e que eu preciso de uma carta informando que a divida foi paga ou algo do tipo. Com quem eu pego essa carta uma vez que não vou mais conseguir reaver o cheque.
    É urgente, se poder me ajudar, reponda!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 14:18
    Enviado por: fernanda

    Boa tarde, preciso de auxilio…
    Fiz uma compra pela internet e paguei em cheque (5x), apos terem sidos depositados e compensados 2 cheques pedi o cancelamento do pedido porque não recebi a mercadoria. Ficaram de mandar os cheques que estavam com eles me me reembolsarem o valor dos que já haviam sido compensados. Não me reembolsaram nada nem mandaram meus cheques, do contrario, depositaram mais dois cheques um compensou e outro foi devolvido por falta de fundos e o ultimo eu sustei. Entrei com uma ação contra a empresa, mas fui chamada p uma entrevista de emprego e passei, porém não posso assumir o cargo enquanto tiver essa restrição no banco central. Tentei contato com a empresa que fiz a compra e descobri que trata-se de uma quadrilha de estelionatalios no interior de SP, consegui os dados do delegado de SP que estava responsavel pelo inquerito e liguei p ele, ele me pediu que mandasse p ele por correio, toda documentação (xerox) que eu tinha dA transação, mandei tudo e ele disse que ia me mandar uma PORTARIA e que se eu levasse essa portaria com o Boletim de ocorrência (que fiz , sob natureza de estelionato) ao banco em que possuo a conta eu poderia baixar esse cheque, porém o banco me informou que não existe esse tipo de procedimento e que eu preciso de uma carta informando que a divida foi paga ou algo do tipo. Com quem eu pego essa carta uma vez que não vou mais conseguir reaver o cheque.
    É urgente, se poder me ajudar eu gradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2008 - 13:52
    Enviado por: Christian Pegoraro

    Prezado Advogado.

    Quitei todas as minhas dívidas, porém o banco manteve meu nome negativado por mais de 02 meses após a quitação, e agora retornou meu nome ao cadastro SCPC, gostaria de saber se o SCPC é obrigado a me informar quando meu nome entrou no cadastro, a pedido de quem, quando saiu..etc.
    Já que se me lembro bem, a lei obriga qualquer orgão a fornecer todas as infromações que tiverem sobre a pessoa.
    Isso é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2008 - 14:36
    Enviado por: Alexandro R. Martins

    Bom dia !

    Ha um ano adquirir um titulo do Clube , o qual parcelei em 10 x R$135,00.
    Tive algumas dificuldades financeiras e partir da parcela 06 (vencimento 10/03/08) não conseguir efetuar os pagamentos. Com isso a instituição incluiu meu nome no SERASA, porem na carta enviada pelo SERASA o valor devedor é de R$ 1.620,00 muito além do que devo, já que tenho três parcelas em atraso de R$ 135,00, o que daria um total de R$ 405,00 + os juros e mora.
    Nem o valor total do contrato chegaria ao valor já incluso junto ao SERASA.

    Outro ponto !
    Recebi outra correspondência da Check Check em um envelope todo caracterizado, timbrado “Check Check Serviço de Proteção ao Credito do Brasil S/A” que inclusive foi parar no vizinho ao lado!

    A duvida seria…quais serias as providencias legais que deverei tomar em função disso ?
    Posso tomar alguma atitude legal ?

    Desde de já obrigado !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 13:00
    Enviado por: Marilene

    Olá Bom dia!!!

    Em 2002 fiquei desempregada e não pude quitar umas dívidas de cartão de crédito, limites de cheques especial, cheques e empréstimos. Recebi várias cobranças, porém nenhuma que eu lembre com cobrança judicial, e na época eu estava apenas estagiando e minha renda era insuficiente para pagar meus débitos. No momento estou desempregada novamente e pelo o que me consta e li em diversos depoimentos a minha dívida com este Banco já preescreveu. Acontece que em abril de 2008 recebi uma cobrança extra juducial para que sejam adotadas eventuais medidas para Ação Judicial prevista no código Civil, onde o inclui-se o Art. 652 e Art. 659.
    Pergunta-se:
    1- Tenho uma casa em meu nome (minha moradia) eles teriam como penhorar este bem para quitar minhas dívidas?
    2- Tenho uma união estável há quatro anos no qual tenho um filho, podem penhorar os bens de meu companheiro mesmo que estes estejam no nome dele?
    3- Sei que eles podem continuar me cobrando mesmo depois da dívida já está preescrita, mais penhorar meus bens podem?
    Gostaria se possível vcs vericassem meu CPF 321.510.632/91 e me dessem uma resposta quanto a este caso (não divulguem meu CPF por favor).

    Estou no aguardo de uma resposta urgente. (pode ser pelo meu e-mail)

    Grata.

    Marilene

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2008 - 16:25
    Enviado por: Anderson Eduardo de Oliveira

    Tenho o nome limpo tanto no SPC quanto no SERASA, comprovo renda, sou corretor de imóveis autônomo e tenho uma imobiliária. Fui comprar um carro e não tive crédito aprovado pelos FINASA, ABN, ITAÚ, HSBC E UNIBANCO, só que o problema maior é que quando pergunto o porque de não ter sido aprovado, eles me respondem que não sabem, que é algo interno. Poxa vida, se tenho nome limpo, comprovo renda, porque não me dão o crédito? o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2008 - 18:37
    Enviado por: Fabio Luciano

    quero saber se consigo financier um imovel depois que tive o nome no serasa e spc mas não paguei as dividas,ha mais de 5 anos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 22:48
    Enviado por: everton da silva

    ola bom dia,eu fis um financiamento na caixa economica federal de 7.000 de material de construção ja paguei 26 prestação e estou com 8 atrassada,gostaria de saber oque acontece com quem não paga o imprestimo,eles podem tomar o imovel da pessoa??grato pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 18:22
    Enviado por: Rodrigo s

    preciso financia um imovel meu nome esta sujo,
    poderia financia so no nome da minha esposa
    sera que a caixa faria o financiamento??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 09:43
    Enviado por: julio

    eu trabalhava em uma empresa que tem covenio com o BB para pagamento dos salarios quando fui trabalhar tive que abrir uma conta salario, mas nunca houve movimentaçao desta conta,pois sempre recebi na propia empresa.para minha surpresa tive o meu nome negativado peloBB ,ora nem o cartao da conta foi desbloqueado,pois nao usei deste serviços bancarios, alem do mais nunca fui comunicado deste suposto debito. depois fui ao BB para encerar a conta por oficio assim mesmo eles nao tirarao o meu nome dos bancos de dados. o que devo fazer ? tenho direito de perdas e danos? obrigado pela atençao.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 13:41
    Enviado por: madalena

    gostaria de saber qual é a Lei que me ampara, já que é a primeira vez que eu estou comprando uma casa finaciada pela caixa economica e alguém disse que, se for a primeira vez que estou comprando um imovel tenho direito a um certo desconto. Qual é a Lei

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 22:31
    Enviado por: Vinicius

    Ola,
    tinha uma 2º audiência marcada, a fim de processar uma empresa, mas infelizmente não pude ir devido motivos maiores. Eu posso processá-la novamente?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2008 - 15:05
    Enviado por: TEREZA

    BOA TARDE

    MEU MARIDO POSSUI UM CONSÓRCIO , NO QUAL FOI SORTEADO. O VALOR LHE DEU DIREITO A DUAS CARRETAS REBOQUE.
    AS DUAS FORAM ENTREGUES.
    SÓ QUE COM FERRUGENS, SOLDA MAL FEITA, PINTURA DE PÉSSIMA QUALIDADE, E AINDA ALGUMAS PARTES DA CARRETA SEM PINTURA.
    E UMA DAS CARRETAS ALÉM DE TODOS OS DEFEITOS MENCIONADOS ACIMA, AINDA VEIO COM A COR ERRADA.
    ESSA QUE VEIO COM A COR ERRADA ELES ESTÃO PINTANDO DA COR CORRETA, SÓ QUE O TRANSPORTE DA MESMA FICOU POR MINHA CONTA.
    TAMBÉM ME ESTÁ SENDO COBRADO UM VALOR MAIOR DO QUE ESTÁ NA NOTA FISCAL.
    GOSTARIA DE SABER MEUS DIREITOS E COMO DEVO AGIR.
    DESDE JÁ AGRADEÇO,

    TEREZA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/06/2008 - 20:38
    Enviado por: Remilla

    Fiz uma compra parcelada na CeA Modas e antecipei o pagamentos das parcelas em funcao de uma viagem de & meses ao exterior. Enquanto estava fora do Brasil, a empresa mandou cartas para mim de cobranca, mas com oleu na oestava em casa, nao pude responder…Quando cheguei meu nome estava incluido no SPC, por causa de R$ 3,00 indevidamente cobrados…Devo ir ao juizado de pequenas cuasas? ou procurar um advogado?
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/06/2008 - 12:33
    Enviado por: Vanessa

    Oi,minha sogra tirou um emprestimo mais nas ultimas parcelas ela deixou de pagar, ela agora quer tirar um outro emprestimo para quitar a dividar, o banco pediu pra ela pegar um historico, eu gostaria de saber se vai contastar nesse historico que ela ainda deve o outro banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 11:51
    Enviado por: Márcio

    Tenho uma divida de um financiamento no valor total de 2,500 reais (estou no SPC) quero fazer um acordo para pagar em prestações a divida. mas a financiadora não aceita apenas a para pagamento avista!!!
    Isso é correto?
    Pois não tenho condições de pagar 2.500 avista.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 15:32
    Enviado por: Tania

    tenho conta conjunta solidária, meu marido é o 1º titular, por causa do saldo devedor e nome dos dois foram inclusos no spc/serasa, isso é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 19:17
    Enviado por: Cesar R. Silva

    Caro Doutor, fiz um financiamento pelo FIES para cursar faculdade, mas em determinado período, ou seja, qdo da renovação do contrato, o meu Fiador recusou-se a assinar e continuar, fiquei em débito de algumas parcelas e parei de estudar. Agora a CEF negativou meu nome e o nome do meu avalista no SERASA, o que posso fazer é correto isso, negativado por 50,00 e o débito total é de 12.000,00. O que faço, meu fiador ameaça de entrar contra mim com ação de reparação d danos morais e materiais. E ai o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2008 - 10:06
    Enviado por: andreia

    gostaria de saber tenho uma empresa e o cnpj esta no spc e serasa, mas meu nome pessoa fisica esta limpo posso ter algum tipo de problema para fazer algum cartao

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 14:52
    Enviado por: Rejane

    Minha dúvida é a seguinte:
    Minha mãe é aposentada, fez vários empréstimos consignados através do INSS. Pois bem, vamos supor que haja o óbito dela agora, quem ficaria responsável por esta dívida? Seria cobrada dos familiares?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 10:54
    Enviado por: Alice

    Tenho o nome sujo no serasa e spc, abrir uma clínica de massoterapia e gostaria de abrir o cnpj, gostaria de saber se pela empresa eu consigo tomar emprétimo no banco mesmo com o nome sujo. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 18:13
    Enviado por: Adriana

    Ola! Tenho uma dívida já sentenciada pelo juiz, não tenho como pagar esta dívida, também não possuo bens.
    Eles podem mexer no meu sálario ou na penção alimentícia que recebo mensalmente atravéz da minha conta bancária?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 19:12
    Enviado por: alex venancio

    não tenho restrição em nenhum banco meu nome não esta no serasa e nem no spc tentei fazer o financiamento de um carro e foi passado para 03 bancos os tres reprovaram a ficha e não alegam motivo não entendi pois não tenho divida em meu nome meu hollerit é compativel com o valor financiado passei a maior vergonha pois estava com o carro e precisei devolver a concessionaria.
    isso cabe danos marais como faço para descobrir o motivo da recusa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 20:03
    Enviado por: sueli mm

    Meu nome não consta no Serasa ou SPC.
    Porém alguns locais respondem que foi negado o pedido de cartão sem explicação. Em que outros órgãos posso verificar se existe alguma pendência?
    Tive uma dívida no Bco Brasil há muito tempo. Paguei o débito, mas fui informada depois que ainda haveria saldo para pagar. Isso não foi informado quando fiz o acordo e quitei a dívida. Me disseram que só teria problema para abrir conta no Bco Brasil. Será que esta divida é o que aparece? Tenho comprovante da quitação. O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 20:03
    Enviado por: sueli mm

    Meu nome não consta no Serasa ou SPC.
    Porém alguns locais respondem que foi negado o pedido de cartão sem explicação. Em que outros órgãos posso verificar se existe alguma pendência?
    Tive uma dívida no Bco Brasil há muito tempo. Paguei o débito, mas fui informada depois que ainda haveria saldo para pagar. Isso não foi informado quando fiz o acordo e quitei a dívida. Me disseram que só teria problema para abrir conta no Bco Brasil. Será que esta divida é o que aparece? Tenho comprovante da quitação. O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/07/2008 - 21:09
    Enviado por: alan

    uma alperadora de celular, negativou o meu nome por uma conta que, eu desconherso no valor de 2.300 reas. e esta me prejudicano qual os procedimento que eu devo toma. eu tenho algum direito se eu botar eles na juistiça, eu fico grato ser vcs me respomder

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2008 - 05:21
    Enviado por: David Araujo

    Meu nome esta no spc e serasa, por conta de uma divida em um determinado banco. Nos orgãos de proteção o valor da divida é de R$263,00
    más quando vou paga-la o banco exige um valor dobrado o citado a cima. O que devo fazer para exigir uma negociação justa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2008 - 19:05
    Enviado por: Layla

    Preciso de ajuda. Peguei um emprestimo, consignado em folha, para uma amiga minha. Ela nao podia pegar. Somos servidoras municipais. Ela nao me repassou nenhuma das parcelas: 08 ate agora, no total de 48. Ja havia pego emprestimo para o irmao dela e duas vezes para ela. O irmao dela quitou tudo direito. Ela diz que o marido esta desempregado e tem 3 filhos e no momento nao pode. Nao sei se e verdade. Nao frequento a casa dela. E nao trabalhamos mais no mesmo local. Ouvi falar de promissorias. Ainda nao falei com ela. Como funcionam essas notas? Como devo fazer se ela concordar. O valor das parcelas sao de 139,84 . Tem alguma outra solucao? Podem me ajudar? Desde ja agradeço e aguardo retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2010 - 13:29
    Enviado por: Luciana de Jesus Garcia

    Em agosto de 2007 tive meu nome incluido no Cadastro de Cheque sem fundo, descobri somente em janeiro de 2008, e me janeiro de 2008 fiz o pagamento desse cheque diretamente para a empresa que estava em poder do meu cheque (Fiz um DOC na conta onde o meu cheque foi depositado/devolvido). Após o pagamento a empresa ficou de enviar meu cheque pelas agencias dos Correios, mas o cheque não chegou, pedi uma declaração com firma reconhecida para dar baixa junto ao banco, mas a empresa nega-se a dar-me um documento que comprove o pagamento. O que devo fazer nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2010 - 08:37
    Enviado por: Sara Silva

    Meu nome está no Serasa e vai fazer 5 anos. Estou procurando limpar por conta de um concurso mas, não sei se consiguirei pagar todas as dívidas. Sei que após 5 anos elas saem do sistema mas, me passaram a informação de que meu nome pode voltar caso a dívida não seja paga, isso é possível?O fato do meu nome está no serasa pode atrapalhar em concurso público?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 09:19
    Enviado por: Alessandra

    Olá!

    gostaria de saber quando o marido tá com o nome limpo, vai abrir conta em um banco e o banco pede os documentos da esposa, se a esposa está com o nome no serasa.scp etc… ele não cosegue o credito por aesposa estar com o nome sujo ,ou eles pedem a ducumentação só por complemento da relação de documentos. oq consta no codigo do consumido?

    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/03/2010 - 23:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não tem obrigação de conceder crédito para quem quer que seja e não há restrição legal para que uma instituição recuse empréstimo nas condiç~çoes descritas por você.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2010 - 01:52
    Enviado por: Paulo Monteagudo

    o que é uma cobrança judicial e suas consequencias?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/03/2010 - 00:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Cobrança judicial significa que o credor está processando o devedor na Justiça. Se o credor ganhar a causa, poderá até penhorar os bens do devedor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/03/2010 - 10:50
    Enviado por: hugo

    Olá fui para tirar a minha moto não consegui,motivo tinha uma divida numa certa loja,mas quitei passou se tres dias,fui num lugar que consulta spc e meu nome esta limpo normal,fui tentar tirar a minha moto financianda só que não consegui por que esta ainda constando no banco algo assim,mas não devo mas nda:como faço:

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/03/2010 - 21:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure a ajuda de um advogado para provar que não há mais restrição – desdeque, é claro, você se certifique de que não haja mais nenhum impedimento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2010 - 23:48
    Enviado por: orlando marques neto

    Ola! tenho um grave problema meu nome esta sujo no serasa e no spc por causa de uma divida com banco estou desempregado a um ano nao consigo arrumar emprego por esse motivo e nem pagar as dividas vou bem nas entrevista mas quando fazem a consulta nos orgãos de proteção ao credito sou excluido automaticamenteo o que eu faço obrigado.alguem pode me ajudar por favor

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/03/2010 - 00:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A única forma de resolver é pagar as dívidas. Se por um milagre conseguir comprovar que foi reprovado por restrição de crédito, pode tentar processar a empresa que o recusou por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/03/2010 - 16:42
    Enviado por: Daniela

    olá! possuo uma conta corrente conjunta com meu esposo, só que eu nunca recebi nenhum cartão e nem mesmo gravei a senha. Acontece que meu esposo, que é o titular da conta efetuou em prestimos consignados junto a este banco, pois ele é funcionario publico aposentado e eu apenas dona de casa. Atualmente estamos separados, mas meu nome foi colocado no SPC pois ele não pagou estes emprestimos e ainda transferiu o seu pagamento para o mesmo banco só que em outro Estado. Agora o banco me cobra e alegam que não podem efetuar o desconto do pagamento dele pois devido a transferencia ter sido feita para outro Estado não pdem cobrar dele. A atitude do banco é correta? mesmo eu nao sendo funcionaria publica tenho que pagar os emprestimos consignados por a conta ser conjunta? por favor me responda pois não sei o que fazer. Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2010 - 17:37
    Enviado por: Eliane Leiria

    Boa Tarde!
    Tentei fazer um financiamento de um carro e fui informada que não poderia mais financiar veiculos no meu cpf. por que a alguns anos atraz entrei com uma revional contra a financeria e por isso meu crédito estava trancado.Fui colocada nesta lista negra do banco central. quando entrei com a revisional por juros abusivos…logo apos consegui baixar os valores e paguei tudo quitando todo o meu débito.
    Pergunto: Mesmo assim meu nome pode estar nesta lista do banco central?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/03/2010 - 20:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não existe lista de inadimplentes do Banco Central. Informe-se melhor sobre quais são as restrições ao seu nome.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 22/03/2010 - 11:56
      Enviado por: Eliane Leiria

      Existe uma lista interna dos bancos no banco central, no qual meu nome constava por ter contestado por juros abusivos do carro. No banco do brasil tive meu crédito cancelado na renovação do cadastro por constar nesta lista. Foi me explicado (banco central POA)que esta lista consta os valores que ficaram em débito com os bancos…Mesmo que eu estava pagando as parcelas em juizo no banco safra ficou em aberto.Mesmo depois de liquidado judialmente os valores em questão…
      fica no meu histórico esta contestação de valores junto a instituição bancária.
      Acho um absurdo.Mas ela existe sim e hoje após 07 anos ainda não tive meu nome liberado para financiamento de veiculos. Perguntei as instituições que estavam me negando crédito e foi me informado que era pelo meu histórico, ja que tinha contestado juros bancários. Enfim…Eles (bancos) Podem tudo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/03/2010 - 13:39
    Enviado por: thiago cardoso

    bom dia
    fiz um emprestimo consignado no unibanco
    para conseguir liberar meu contrato o banco mentiu nas informações do contrato
    colocando um salario maior do q eu ganho e minha data de admissão na empresa eles mudaram tb
    so depois eu vi isso
    posso entrar com um processo pra diminuir as parcelas
    ou ate mesmo cancelar o contrato?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/03/2010 - 21:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode-se entrar na Justiça contra qualquer coisa. O contrato só será cancelado se conseguir provar que houve fraude.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/03/2010 - 09:35
    Enviado por: Nilma Pereira dos Santos

    Bom dia, em novembro estava comprando uma passagem na Trip linhas aéras e a página saiu do ar antes de concluir a compra e deram um aviso de que a compra não poderia ser concluida, isso foi no dia 19 de Novembro. No dia 20 comprei uma passagen na mesma empresa eles me cobraram duas passagens, já entrei em contato e me disseam que iam me ressarcir em 45 dias…todas as vezes que ligo dizem que estão analizando o caso. Me sinto lesada por um erro que eles cometeram e me tratam com descaso e até o momento não me deram uma solução.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2010 - 17:22
    Enviado por: Monica

    olá;
    o nome do meu marido está limpo, o meu está sujo.
    vamos tentar um financiamento da caixa p/ casa própria. Já procuramos saber e o sálario dele cobre bem o valor das parcelas que serão assumidas…
    Ao banco informaremos a renda dele como única, pois não tenho carteira assinada.
    O fato do meu nome está sujo pode atrapalhar?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2010 - 09:32
    Enviado por: Silvia

    Olá,
    Meu Marido está com o nome restrito em um banco por causa de um financiamento de um carro há 4 anos atrás. Ocarro foi devolvido ao banco mais ainda assim seu nome consta no serasa pois eles slegam uma dívida de R$12.000. Minha dúvida é: Se hj ele fizer um outro financiamento na compra de um carro ou qualquer outro bem, é possível o banco tomar o carro ou qualquer bem q ele tenha em seu nome?
    Por favor me ajudem!!

    Grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 10:36
    Enviado por: davi

    oi, tenho uma divida no banco itaú e no cartão de credito , e no momento não tenho como pagar , mas tenho um comércio que ainda não esta com fima, eu quero saber se posso abrir fima no nome de minha esposa e se não vai atrapalhar o desenvolvimento do negocio tipo abrir conta e obter linha de credito me responda por favor

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2010 - 22:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Vai atrapalhar sim, mas é melhor procurar a consultoria de um advogado especializado em direito comercial. Aqui é um blog de direito e defesa do consumidor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/03/2010 - 16:21
    Enviado por: maxs

    quero abrir firma e preciso de uma conta corrente como eu faço pra conseguir abrir a firma e ter a conta ja que estou com pendencias em meu nome //?????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 09:50
    Enviado por: juliane

    sou concursada , servidora publica e agora fui promovida…. para o cargo de tesoureira … só que tenho restrições no meu cpf…nome sujo, posso responder pela prefeitura junto aos banco…mesmo tendo o meu nome sujo… ????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 14:24
    Enviado por: Aline Patrícia Rodrigues

    Tenho um processo judicial civil contra mim, posso financiar a casa na caixa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2010 - 02:34
    Enviado por: marcos

    ola, tenho um carro financiado , o valor da parcela é de 254,00 reais.
    atrasei a parcela 30 dias quando fui pagar estava em 487,00 reais.
    sendo q financiei 6,500,00 reais em 48x de 254,00 reais , acho q ficou muito caro
    o financiamento.
    ja procurei um advogado e ele me disse q conssegue fazer cair pela metade só q me pediu 500,00 reais adiantado e 20 por cento quando consseguir .
    mas se ele ñ consseguir perco meu dinheiro?
    sou de maringa pr aguardo resposta. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 20:37
    Enviado por: cleber

    ola o eu nome consta no sistema do serasa e do spc a 7 anos e nao saiu ainda
    ja nao deveria ter saido do sistema ??????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 11:01
    Enviado por: jane matyak

    Olá tenho protesto em meu nome, posso financiar um carro em meu nome mesmo assim??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 19:40
    Enviado por: Bruno

    Gostaria de saber se perderia meu credito do cartão de credito, uma vez q meu nome está no serasa? grato!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 20:06
    Enviado por: wilson silva

    emprestei meu nome para uma colega do trabalho (comprei uma geladeira para ela).
    na quinta prestação ela ficou desempregada e só pagou mais 3.
    foi passando o tempo e a divida foi acumulando até que a loja incluiu meu nome no spc.
    recentemente renegociei a divida e estou pagando a divida com juros,essa pessoa disse que esta tentando arrumar um emprego e depois me pagaria.
    a duvida é a seguinte a quem tenho que recorrer,pois não quero pagar uma coisa que não estou usando.
    posso processar essa pessoa para ter a o eletro até que ela me pague????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 12:50
    Enviado por: Thaís karine Domingues

    devo a uma loja e atrasei,mais pago um pouco todos os meses,ela me colocou no spc é certo o que ela fez se eu pago um pouco td mes??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 17:12
    Enviado por: cleber

    blz marcelo… o eu fiu no spc e no serasa para ver porque o meu nome nao saiu ainda do sistema….ele ta la a 7 anos…eles me informarao que a credora pediu para nao retirar do sistema……. ia a mocinha que trabalha la me falo que pode ficar por 20 anos…….é verdade isso ??????

    aquardo respostas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2010 - 07:18
    Enviado por: Lurenes Cruz do Nascimento

    Eu estou numa situação meio complicada, pois meu nome foi para o serasa, colocado por uma faculdade: Instituto Constantini de Ensino e Pesquisa. só que eu não conheço, não sei quem são. quero saber como proceder para resolver está questão?

    Lurenes

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/04/2010 - 00:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você parece ter sido vítima de fraude. Procure um advogado para ajudar na busca por informações e processar os autores da fraude.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/04/2010 - 08:52
    Enviado por: selma

    tenho o nome no spc, devido a uma compra q o meu ex marido fez, á 2 anos em meu nome,nao tenho condições de pagar.estou a procura de emprego sei q a firma q estou tentando emprego faz pagamentos pelo banco,seria possivel abrir conta pra receber pagamento? eu ja possuo uma conta poupança.seria possivel recebeer por essa conta? se nao poderia abrir uma conta do banco mandado pela firma para receber pagamento?a firma poderá nao me aceitar por isso??
    é legal as firmas não admitirem funcionarios com nome sujo?
    por favor me responda ,pois to precisando de um aorientação.
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/04/2010 - 23:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que proíba emrpesas de recusar candidatos com nome sujo. E os bancos normalmente não aceitam novos clientes com nomes sujos. Procure o seu banco e veja a possibilidade de receber pela poupança, o que é inédito e geralmente não aceito pelos bancos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/04/2010 - 19:53
    Enviado por: ana maria

    meu nome ficou sujo depois de 5 anos caducou e apos alguns meses voltei a ser cobrada por uma ta de atlantica fundos de investimentos detalhe estava sujo nospc e agora ta no serasa com valor pior que o outro isso é correto eles podem me cobrar a mesma divida quantas vezes

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2010 - 19:00
    Enviado por: Andre

    Boa noite espero que vocês me ajudem porque estou com um problema no meu nome,eu fui fazer um financiamento e descobri que estava com meu nome no serasa mas eu acabei de limpar o meu nome mas só que abriram uma empresa no meu nome sem que eu soubesse que devo fazer para tirar esta empresa do meu nome desde já agradeço pela atenção obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/04/2010 - 19:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você foi vítima de fraude. Faça um boletim de ocorrência e contrate um advogado para acionar os responsáveis na Justiça e processá-los, além de retirar o nome do cadastro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/04/2010 - 21:13
    Enviado por: liza

    boa noite, meu marido é servidor do estado, e tem um cartao de credito desconto em folha pelo unibanco, todo mes independente dele pagar a fatura, eles descontam automaticamente o minimo do cartao no contracheque, a questao é que ele tinha limite no cartao, e quando foi passar nao foi autorizado, baixaram o limite dele e nao avisaram nada.
    obs: ele esta com nome no spc, sera que foi isso? e se foi eles podem fazer mesmo ele pagando todo mes a fatura?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2010 - 11:22
    Enviado por: Ana Cláudia

    Oi, gostaria de saber se meu marido fazendo um empréstimo ao banco (bradesco) e meu nome, no caso, sou esposa dele estiver no SPC/ SERASA ele ficará impedido de conseguir?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2010 - 12:01
    Enviado por: judson pereira

    um advogado me orienta:
    uma empresa colocou meu nome no spc, uma divida de 900,00 que foram feitas em parcelas inclusas no spc e procurei para pagar mas eles me disseram que só tirariam meu nome depois de pagar toda a divida. como foi colocado em parcelas eu posso pedir que a empresa da mesma forma que folocou no spc em parcelas posso negociar a retirada do spc em parcelas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2010 - 16:56
    Enviado por: tiago

    quem possui o nome sujo pode participar do financiamento estudantil, o FIES?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/04/2010 - 08:43
    Enviado por: Daiane

    Bom dia.. Tenho uma duvida quando a gente casa com separação de total de bens e um.. tem o nome incluido no SPC Serasa eu tbem fico contraio a divida ? pois tenho uma empresa no meu nome ai não consigo credito essas coisas.. so por causa do meu conjuge …. tem contraido a divida antes de nos casarmos? fico com nome restrito pelo simples fato de ter o nome dele em minha certidão? quais são minhas providencias…..

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/04/2010 - 21:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O nome sujo é o dele, não o seu. Sobre a recusa de crédito, nenhuma empresa é obrigada a emprestar dinheiro para você. Se alegarem que o motivo é o nome sujo do marido, até é possível tentar questionar na Justiça, as chances de êxito são mínimas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/04/2010 - 15:57
    Enviado por: Sonia

    Por favor, preciso tirar uma dúvida. eu e emu marido tinhamos um financiamento com a caixa economica a qual não estava conseguindo pagar, entrei com um processo que tambem não teve êxito, tive que devolver o imóvel, gostaria de saber se eu vou poder financiar outro imóvel?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/04/2010 - 20:40
    Enviado por: mirna

    ola tenho varios cartoes ja a , 4 e 5 anos com varias finamceiras e agora estou com nome negativado em umas delas os meus cartoes vão ser cancelados ou vão diminuir o limite agradeço desde já .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2010 - 11:08
    Enviado por: mirna

    Ola tenho varios cartões credito ja alguns anos so que não consequi pagar um no valor de 4.600 agora estou negativado nesta financeira sera que vai ter algum poblemas com os outros cartões se vão cancelar ou diminuir o limite todos tem limite de mas de 5.000 reais alquem ai me responda por favor.DR4A

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2010 - 18:18
    Enviado por: Roberto

    Boa noite, gostaria de uma orientação, eu tinha um carro financiado que eu não estava conseguindo pagar, então vendi a uma pessoa que na época trabalhava comigo, só que descobri que há mais de um ano ela não paga, gostaria de entrar com um processo contra ela na justiça de pequenas causas, mas para isso tem que ter o endereço dela e eu não tenho, tenho somente um contrato que fiz passando o veículo para ela com firma reconhecida, o que eu poderia fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/07/2010 - 16:36
    Enviado por: tatiane

    gostaria de fazer uma pergunta,estava trabalhando comvenda de panos de linpeza e acbei ficando devendo seis cheques no valor de 4,000 mil reais no momento não tenho condiçoes de pagar tudo, gostaria de saber se pode ser considerado estelionato pois ele esta me ameaçando e tenho duas filhas pequenas estou com medo. obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/07/2010 - 14:51
    Enviado por: arnaldo de souza

    uma pessoa contraiu divida com um determinado banco, este banco repassa a divida para uma cobradora tercerizada, esta cobradora pode negativar a pessoa, como se ela tivesse devendo a ela……..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/07/2010 - 00:54
    Enviado por: janaina

    Olá, eu estou com o nome no SPC e no Serasa,pretendo me casar no civil, minha pergunta é…
    O casamento pode vir a prejudicar o meu futuro esposo?
    Ou seja o nome dele ficará sujo tbm?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/07/2010 - 10:30
    Enviado por: Emília Anjos

    Bom dia! Meu nome está no SPC, SERASA e CCF. Estou com 90% dos cheques. Uma dívida está com o “Comprador”. Banco real a vendeu. Pode isto??? E abri uma empresa e preciso ter uma conta Jurídica, mas o Banco não quer abrir devido ao meu cadastro, disse a eles q só quero receber os Cartoes de Crédito/Débitos dos clientes MAIS NADA do banco. O Bco tem direito de me negar isto??? Não quero movimentar a conta, somente receber de meus clientes e recomeçar a vida sem atropelos e pagar devagar as dívidas, uma vez q tenho filhos e pago aluguel…
    Aguardo sua resposta. Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/07/2010 - 05:07
    Enviado por: MARCELINO S RODRIGUES

    QUERIA SABER SE É POSSIVEL EXISTE NA INTERNET ALGUMA FINANCIADORA QUE POSSA SER SEGURA PARA SE FAZER UM EMPRESTIMO PESSOAL SE SOUBER ME INFORME POR FAVOR OBRIGADO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/08/2010 - 13:19
    Enviado por: Marileide

    Boa Tarde,
    Faz sete anos que fiz uma compra no carrefour e nao paguei pois nao tinha sido para mim.. durante esses sete anos o carrefour nunca entrou em contato comigo para negociar acredtito eu que com cinco anos essa divida caducou mas agora fica ligando todos os dias para mim uma empresa que comprou essa divida a mesma fica ligando me ameaçando e com ignorancia com todos que atendam o telefone ja falaram se eu nao pagar vao entrar com uma acao contra mim.. isso pode vim a acontecer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/08/2010 - 18:50
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim. Dívidas não caducam nunca, só o nome sai do SPC após cinco anos. Se a dívida está em seu nome, terá de ser paga, só depois você deve se preocupar em cobrar o verdadeiro “dono” dela. Procure um advogado para ajudar na renegociação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/08/2010 - 14:19
    Enviado por: julaina freitas leite

    por favor tenho uma divida com uma loja de moveis e uma intituição de ensino,na loja tentei entrar em acordo mais eles nao aceita pois meu nome negativado não consigo arrumar um emprego trabalho com faxina recebo 30.00reais por cada uma delas pedir para ir pagando 30.00 reais por mes mais eles ano aceitam,quero pagar minha divida.na isntituição de ensino fui saber sobre um curso de radiologia,eles me mandaram assinar uns papeis eu assinei e pedirão para mim trazer meus documentos se nao minha vaga seria anulada,eu ano levei por que minha ex patroa fechou aloja e não deu baixa na minha carteira então nao pude fazer o curso,mais agora eles colocaram meu nome no spc oque posso fazer me ajude por favor preciso trabalhar pois tenho uma filha de 1 ano e 4meses

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/08/2010 - 18:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      NO máximo o que se pode fazer e tentar processar que te recusou emprego por causa das dívidas, desde que você consiga provar que foi este o motivo. Em relação às dívidas, só há um jeito: renegociá-las.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/08/2010 - 07:33
    Enviado por: Marcus Oliveira

    Ola, estou com o nome no SERASA e estou em preocesso de negociação da divida, minha duvida é se assim que quitar fizer o acordo e o nome sair do SERASA já posso dar entrada em um financiamento de um imovél que estou comprando, ou tem algum prazo para o nome estar “limpo” para conseguir este tipo de financiamento? Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/08/2010 - 19:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O nome tem de sair da Serasa após o acordo, Se isso não ocorrer, terá de ir à JUstiça para fazer com que a empresa que o sujou tire o nome de lá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/08/2010 - 10:03
    Enviado por: Juliana Maria

    Bom dia!
    Ainda não estou com o nome sujo, mas vou ficar…
    Fiz uns empréstimos para uma pessoa que disse q pagaria, mas não foi o que aconteceu, fiquei com a divida pra pagar e acabei me enrolando já que no final das contas dava mais do que eu recebia. Paguei metade da divida até agora, mas tô muito enrolada, não aguento mais pagar. Entrei em contato com o banco pra conseguir um financiamento mas eles não quiseram por causa da porcentagem que paguei. O melhor seria eu simplesmente deixar de pagar e juntar um dinheiro pra tentar renegociar mais para frente?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/08/2010 - 19:03
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se deixar de pagar a situação só vai piorar. Tente nova renegociação, se possível com a ajuda de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/09/2010 - 14:47
    Enviado por: Juliana

    Boa tarde!
    Trabalhei em uma loja de telefonia celular, onde o meu patrão na época era noivo da minha prima. Minha carteira foi assinada como gerente da loja. Logo em aeguida ele me contou uma histórinha triste onde eu acreditei e pediu para que eu colocasse meu nome no cotrato social por 4 meses. Eu coloquei por camaradagem e logo depois pedi para sair da loja. Ele não quis tirar o meu nome e a loja faliu. Meu nome ficou sujo. Como posso recorrer para que meu nome seja retirado do cobtrato?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/09/2010 - 18:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Achamos que isso será impossível, mas enfim, você terá de contratar um advogado e acionar o ex-patrão na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/09/2010 - 15:32
    Enviado por: Cássia

    Boa tarde, minha duvida é a seguinte, meu marido esta com o nome no serasa pelo motivo de cheque sem fundo, isso aconteceu em novembro/2005, ja fomos no banco e pedimos a microfilmagem do cheque mas nao conseguimos a pessoa, no banco nos disseram que agora em novembro ira caducar. Pergunta: estamos querendo fazer um financiamento de veiculo, ele pode ser recusado pela financeira e quando podemos fazer a data de apresetaçao do cheque é 08/11/2005. Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/09/2010 - 18:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O nome sujo deve sair este ano, mas o cheque prec isa ser resgatado, pois a pendência pode ficar pendurada e prejudicar em financiamentos posteriores. Resolva a questão do cheque.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/09/2010 - 17:46
    Enviado por: San

    Se após entrar com o processo de cobrança judicial, não haver nenhum acordo entre as partes, o que pode acontecer com o devedor?

    Como posso saber se há algum processo judicial contra mim?

    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/09/2010 - 18:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure nos sites dos tribunais se há processos contra você ou procure ajuda no Procon ou de algum advogado, o que é mais indicado. Se não houver acordo, a dívida é executada e o devedor é processado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/09/2010 - 21:46
    Enviado por: josé antonio santos

    quero saber se o banco pode colocar restrição no meu nome
    se o emprestimo foi no nome de empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2010 - 12:52
    Enviado por: pricila

    por uma dívida no cartão de crédito tenho o nome no serasa ,gostaria de saber se depois que a que a empresa inclui o nome no serasa a dívida por continuar sendo cobrada pela empresa e com juros ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2010 - 20:42
    Enviado por: CARLOS

    OLHA MEU CASO É COMPLICADO TENHO UM DÍVIDA NO BANCO DE TRÊS CHEQUES O PRIMEIRO O BANCO NAO CONSEGUIU ACHAR NA MICRO FILMAGEM O SEGUNDO NÃO DA PRA VERIFICAR O NOME COMPLETO DA EMRPESA QUE SE ENCONTRA O CHEQUE E O TERCEIRO NAO TEM O NOME DA PESSOA QUE ESTA COM O CHEQUE .FALEI COM A ATENDENTE DO BANCO E ELA ME FALOU QUE TENHO QUE ESPERAR PASSAR OS ANOS PRA QUE MEU NOME SAIA DO CCF . ISTO É CORRETO ??? O QUE DEVO FAZER NESTE CASO NAO ESTOU NEGANDO PAGAR SO NAO TENHO COMO IDENTIFICAR AS PESSOAS LESADAS E NEM O BANCO NAO TEM COMO ME FORNECER OS DADOS QUE PRECISO PRA ENCONTRA-LOS

    GRATO

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/10/2010 - 21:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A única coisa a fazer é tentar uma decisão judicial que reconheça que você pagou, mesmo em juízo, e que limpe o seu nome a partir disso. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/10/2010 - 16:22
    Enviado por: ricardo

    Ola boa tarde a exatamente 5 anos atras tinha duas dividas com bancos sendo uma no banco do brasil e outra na nossa caixa agora fui ate o serasa e meu nome nao consta mais como dividas pendentes mais entao se for a um banco tipo bradesco e tentar um financiamento sera que sai pendencias em meu nome
    sem mais obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2010 - 04:31
    Enviado por: raphael

    Minha pergunta é a seguinte:
    Se eu comprar uma empresa, e alterar o contrato social para o meu nome, eu estarei assumindo todas as dívidas que ela tiver? e o atual proprietário, é resposnsavel pelas dividas, ou elas serao exclusivamente minhas?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2010 - 18:56
    Enviado por: Carlos E.D

    ola minha divida no banco caducou e agora quero financiar um veiculo, sera que poderei fazer ou tera as mesmas restrições? obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2010 - 09:13
    Enviado por: Carlos E.D

    sim e poderei financiar um veiculo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2010 - 16:51
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese sim, desde que o banco não faça um rastreamento em cartórios. Se fizer e constatar a existência de débitos, é possível que não consiga financiar. Nenhum banco é obrigado a dar crédito a quem quer que seja.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/10/2010 - 10:03
    Enviado por: suely ferreira da silva

    bom dia, por favor tirem minha duvida estou ficando crazy, fiz um financiamento para a casa propria e inclui um parente so pra agregar renda, paguei entrada, financiamento pago sozinha, porem fiz a besteira de por o parente pra morar no apto, sera que posso tirar esse ser que quer parte do meu apto sem pagar um centavo, do meu financiamento bancario sem ter problemas. muito obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/10/2010 - 16:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos responder. Você rpecisa de ajuda especializada, mas provavelmente terá problemas, pois certamente tal pessoa vai se recusar a sair. Precisará de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/10/2010 - 16:32
    Enviado por: jackelline

    Olá Boa TArde.

    Tive um cheque devolvido de 20,00 á 5 anos atrás, a pessoa que pegou meu cheque desapareceu, por isso não consigo pegar o bendito cheque de volta, meu nome não consta mais nos orgãos de credito, hj eu tenho cheque e cartão de credito, minha pergunta e a seguinte:

    Vou fazer agora, um financiamento na caixa para aquisição da minha casa vai constar alguma coisa lá?

    Exsite a possibilidade de pagar esse cheque de alguma forma já que não sei onde a pessoa está?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/10/2010 - 16:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível que apareça alguma restrição. Você precisa de um advogado para tentar se livrar desta restrição na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/11/2010 - 12:06
    Enviado por: Helena

    Bom dia.Por favor me ajudem…Fiz um parcelamento em uma auto escola onde passei 4 cheques pré datados do Banco Safra.Me desliguei da empresa e esta conta era “Conta salário”.O BANCO SAFRA informou que não poderia ficar com a conta já que era ex-funcionária e eles cancelaram a conta mesmo com estes cheques a compensar.Perguntei varias vezes se havia outra forma (mudar o tipo de conta, manter a conta ou entao sustar os cheques)Eles informaram q nao poderia fazer nada e que eu deveria correr atras dos cheques para trocar. Na hora por falta de conhecimento e estava tao transtornada e pensei q conseguiria trocar os cheques, e assinei o cancelamento da conta mesmo sem querer.

    Falei com amigos que me disseram q o banco fez errado. Entao liguei no PROCON informaram que o banco nao poderia ter cancelado minha conta de forma alguma. E que minha conta nao é conta salario pois se fosse eu nao poderia ter chque. Entao liguei no banco central informaram que conta salario nao possui cheque.
    Fui na auto escola informei que não era p/depositar os cheques que eu estaria trocando os mesmos, isto eu fiz 5 dias antes da data de cair o primeiro cheque. Porem eles informaram que estaria solicitando ao financeiro p/ solicitar ao banco o resgate, pois os cheques estão em custódia do BANCO ITAU. Para solicitar estes cheques eu devo pagar R$10,00 por cada folha. Aceitei em pagar o valor para não correr o risco do cheque voltar. Eles informaram que já tinha solicitado junto com a Gerente do banco o resgate dos mesmos. Porém nada ocorreu! Ligo todos os dias na auto escola e agora me informaram que esta em ANALISE com o BANCO. E que eles nao podem fazer nada. Quero saber se posso entrar com Danos Morais contra o banco e talvez contra a Auto escola, pois to tendo um grande transtorno,to faltando no trabalho para tentar resolver estas coisas e ninguem resolve nada… Nao consigo nem dormir pois meus 4 chques iram voltar. E nem sei se o 1º voltou.

    O que devo fazer por favor me ajudem . Sera que eu to errada?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2010 - 14:27
    Enviado por: Helena

    Pessoal outra duvida… Fui hoje no banco central fazer uma consulta se o cheque voltou a data do cheque era dia 02/11/2010 o estranho que nao consta nada. Hoje a auto escola informou por telefone que o banco esta verificando minha situação (mas pelo que parece o banco nao ta achando meu cheque) O proprio Banco Central disse que eu posso a qualquer momento solicitar este resgate e que talvez teve estravio de cheque, O que eu faço agora??? Tem 4 cheques a compensar sei que nao vai compensar pois a conta ta cancelada, ja solicitei o resgate e parece que nao acham o cheque… Posso fazer um BO. neste caso ou o banco que deve fazer algo informando que perdeu o chque ??

    Obrigada .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2010 - 18:19
    Enviado por: Andre

    ola,boa noite,gostaria de saber se o tempo de inclusao do nome no SPC diminuiu ou ainda é de 5 anos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2010 - 22:13
    Enviado por: AIMAR

    tenho uma divida de 100.000,00 com uma factoring ela pode me cobrar 600.000,00 atravez de confissão de divida?e ainda mais ela pode constar nessa divida um imovel que moro e que não esta no meu nome ainda por estar financiado e tendo prestações a vencer?Este factoring depositou em juizo o valor que faltaria para ser paga a contrutora e acionou a 1a proprietaria e estes fizeram a escritura em nome do factoring sem nem ao menos me comunicar,porque a 1a dona tem raiva de mim,e quiz se vingar passando a escritura para a mesma.
    estou pesquisando,em todos os lugares a este respeito
    quero estar bem informada…por favor me ajude!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/11/2010 - 22:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Infelizmente não podemos responder, essa é uma questão que foge da defesa do consumidor, até orque envolve factoring. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/12/2010 - 22:24
    Enviado por: Josivan Elisson Leão

    Fui fazer um financiamento imobiliario com a caixa,porém,a caixa recusou meu financiamento,alegando uma divida minha com o itaú,paguei minha divida com o itau e meu nome não consta em nemhuma lista negra.Pergunto se pedir novamente um financiamento com a caixa,irei conseguir?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/12/2010 - 22:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Como podemos adivinhar? Só tentanto para saber. Para se precaver, leve todos os documentos possíveis que demonstrem que você nada deve.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/01/2011 - 15:53
    Enviado por: K@ren

    Boa Tarde!
    minha Duvida é:
    Quero financiar uma casa pela caixa, só q eu ja financiei uma vez uma casa pela caixa, mas a abandonei,ja faz uns 7 anos, a casa foi invadida depois q a abandonei, e dai então não sei mais nada sobre a casa…..como quero financiar outra gostaria de saber como faço.?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2011 - 13:31
    Enviado por: Cátia

    Oie, passei um cheque meu pro cara ai ele voltou mais conheço pra quem esta nominal. e lugar chamado asteca, mais ja procurei e não acho.meu nome ta no spc e serasa, oquer posso fazer se eu não encontrar o cheque e nem pra quem esta nominal?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2011 - 11:13
    Enviado por: Mary

    Trabalhei 1 ano e 3 meses em uma das lojas do Magazine Luiza, trabalhava como caixa/tesouraria, acontece que no chegou um novo gerente na loja e ele queria contratar mais um caixa, e entaum entrou um novo caixa em experiencia, ´so que no 2° dia em que o menino estava fazendo seu teste faltou 700,00 no caixa dele (tinha outro caixa ensinando ele a trabalhar) acontece que como eu fazia a tesouraria o novo gerente queria que eu pagasse a falta do dinheiro, eu dise que não, pois não foi no meu caixa, daí como eu estava como 1 férias em atraso, ele me deu as férias, e quando voltei ele ja tinha mandado o outro caixa embora, contratado mais 2 e não deixava eu entrar na tesouraria, fazer banco, tudo que eu fazia antes ele me tirou,eu chorava todo dia, 15 dias depois ele me mandou embora, disse que foi porque eu não estava me adaptando com a equipe que eu estava muito quietinha, isso foi en setembro do ano de 2010, até hoje não consegui emprego, ja levei curriculum na cidade inteira e nada. O que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2011 - 13:12
    Enviado por: elaine

    Em 30/12 quitei um aconta que estava em atraso desde 10/11, então no dia 10/01/2011 fui efetuar uma compra a qual não foi aprovada pois meu nome estava no SPC o qual foi incluido no dia 08/01/2011 8 dias depois que paguei a divida e ate agora não efetuaram a baixa junto ao SPC. Pergunto é correto eles pedirem para eu pagar a do mês 12 e mês 01 que estão atrasadas para depois limparem meu nome ou não.
    Aguardo retorno de como proceder nesse caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2011 - 18:18
    Enviado por: marcos vinicius

    BOM DIA A UNS ANOS ATRAS ADQUIRI UMA CARTA DE CONSORCIO DA EMPRESA RODOBENS NO VALOR DE 65000 A QUAL USEI PARA COMPRA DE UMA CASA SIMPLES NO MESMO VALOR… SO QUE HOJE REFORMEI FAZENDO A CASA ANTIGA DE PONTO DE COMERCIO E FIZ UMA CASA EM CIMA DO MESMO QUE HOJE ESTA NO VALOR DE 150000, A ALGUNS MESES NAO ESTOU CONSEGUINDO PAGAR AS PRESTAÇOES E TENTO FAZER ACORDO E ELES NAO ACEITAM…
    GOSTARIA DE SABER SE ELES PODEM TOMAR MINHA CASA, SENDO QUE A MESMA E A UNICA QUE TENHO E MORO COM MULHER E MEUS DOIS FILHOS
    URGENTE GRATO PELA ATENÇAO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2011 - 21:16
    Enviado por: Eliane silva

    Sou sócia com outra pessoa em um terreno, no ano em que compramos , meu sócio fez um financiamento na caixa de materiais de construção para construir a casa dele, pagou poucos parcelas e depois não pagou mais, já caducou, agora estamos querendo vender a casa através da caixa, gostaria de saber se mesmo depois de ter caducado, se essa casa pode ser colocada a venda pela caixa e se não vai constar que essa casa que na época era um terreno tem uma divida com ela???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2011 - 21:46
    Enviado por: Marcos Paulo

    Fiz um parcelamento de divida junto ao banco do brasil, e ainda estou devendo uns cartões de credito, tendei fazer um financiamento de um carro e fui barrado por 3 bancos, gostaria de saber o motivo do barramento, sera que meu nome se encontra em alguma lista negra, estas dividas ja se passaram 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2011 - 21:39
    Enviado por: decio reis

    Me chamo Décio, minha esposa fez um empréstimo consignado pela prefeitura de São Paulo e se transferiu para a prefeitura de Ferraz, o consignado não repassado, o que gerou um débito junto ao BANCO CRUZEIRO DO SUL, temos interesse muito grande em quitar a dívida apenas precisamos que o banco nos informe o valor, coisa que não faz, inventam um monte de desculpa e impecilhos, queremos quitar já procuramos tudo, mas temos muita pressa e o banco não fornece a informação, gostaria de saber se há algum meio juridico, para sabermos o bentito valor dessa divida e quitar, a prefeitura de são paulo, não possui essas informações já que foi ela quem fez o empréstimo, grato pela atenção, e se algum advogado especialista nesse assunto quiser entrar em contato pode nos ligar no cel: 11- 98905332

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2011 - 15:28
    Enviado por: ADRIANO GUEDES

    MINHA SITUAÇÃO É A SEGUINTE: FUI CONTEMPLADO COM UMA BOLSA INTEGRAL DO PROUNI EM INSTTUIÇÃO PARTICULAR AQUI EM SALVADOR-BA. JÁ PERRTO DE CONCLUIR ENTRI NA FEDERAL DA BAHIA PARA CURSAR ARQUITETURA, COMO JÁ ESTAVA PARA CONCLUIR CONTINUEI, MAS O MEC NUMA AUDITORIA SOLICITOU A ESTUDANTES BOLSISTA QUE OPTASSEM POR UMA DAS INSTITUIÇÕES PARA NÃO PERDER A BOLSA.ACABEI FICANDO NA FEDERAL E TENTEI PAGAR OS ULTIMOS MESES, SENÃO PERDERIA TODO O MEU INVESTIMENTO NO CURSO JÁ QUE FALTAVA APENAS UM SEMESTRE PARA CONCLUIR. TINHA POUCO TEMPO DE TRABALHO E TENTEI PAGAR AS MENSALIDADES, MAS COMO ERAM ELEVADAS R$ 462,00 ACABEI ATRASANDO ALGUMAS E NÃO CONSEGUI PAGAR MAIS. POR CONTA DISSO ACABEI EVADINDO DO CURSO POIS QUANDO FUI ME MATRICULAR FUI INFORMADO QUE TERIA DE PAGAR UM TOTAL DE R$ 3,600,00 E EU NÃO TENHO CONDIÇÕES. HOJE MEU NOME ESTÁ NO SPC JÁ TENTEI NEGOCIAR, MAS A UNIVERSIDADE NÃO É NEM UM POUCO FLEXÍVEL. MORO DE ALUGUEL E NÃO POSSO FINANCIAR APARTAMENTO COM O CRÉDITO HABITACIONAL QUE ME DÁ 50% DE DESCONTO POR CAUSA DO NOME SUJO. GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA RESOLVER ISSO. EU QUERO PAGAR MAS ELES NÃO FACILITAM. DEVO ENTRAR NA JUSTIÇA E SOLICITAR UMA LIMINAR PARA NÃO PERDER MEU FINANCIAMENTO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2011 - 10:23
    Enviado por: Hosana Simones

    Olá Bom Dia, tenho um financiamento com a CEF do FIES, me formei em 2006, no 8º semestre descobri que a Caixa não havia repassado no 7º semestre os 70% que lhe cabia pois segundo a Instituição meu fiador na época do aditamento estava com restrição, bem arrumei outro fiador continuei pagando meus 30% normal até o final do curso. Agora descobri que em 2009 a instiuição negativou meu nome no SPC por causa desta dívida que chega à aproximadamente R$ 3.000,00. Ocorre que continuo pagando as parcelas do FIES, ou seja vou pagar o financiamento integralmente, (de 2003 a 2013) porque devo pagar também a Instituição? Entendo com isso que estarei pagando minha dívida duas vezes… me corrijam se eu estiver errada. Por favor fico no aguardo de um esclarecimento. Preciso ainda que me informem se há uma Lei que proiba negativar o nome do Fiador do FIES em caso de inadimplência.
    Grata
    Hosana

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2011 - 10:25
    Enviado por: Johandro Marques

    Bom dia!

    Em Maio de 2010 comecei a vender sorvete da nestre,fiz o 1 primeiro pedido e chegou certinho junto com o boleto para pagar,fiz o pagamento e quando acabou o produto fiz outro pedido,que não chegou,depois de 15 dias veio a cobrança,mas eu não recebi e colocaram o eu nome no spc e nem me notificaram,entao gostaria de saber como proceder.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2011 - 14:17
    Enviado por: claudio

    eu sofri um acidente de carro em 1998 na epoca tentei acordo mas sem resultados acabou indo parar na justiça so que a pessoa pediu um valor absurdo que acabei não pagando minha pergunta é pela data que ocorreu esse processo ja caducou ou ainda devo esse montante

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2011 - 19:46
    Enviado por: Sueli Forte

    Eu vendi um apto de 2 dom em 2008 e na ocasião a Prefeitura deu a Certidão Negativa de Débito. Após 2 anos o novo proprietário me procurou dizendo q a Prefeitura estava cobrando IPTU dos 3 primeiros anos do Condomínio que era novo, anos de 2001, 2002 e 2003.
    Eu entendo que a dívida é do apto, portanto do atual proprietário e ela está cobrando judicialmente.
    Eu estou pagando dívida com a Pref do meu novo apto, uma dívida da época da entrega do Cond em 2003 e eu adquiri em 2008. Não tive escolha, pois a dívida era do apto e não do antigo proprietário.
    Recebi intimação de pequenas causas do proprietária cobrando a dívida.
    Eu tenho que assumir essa dívida?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/03/2011 - 20:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É uma questão complexa. Realmente a dívida é do imóvel, mas, por questão de princípios e ética, cada proprietário tem de pagar aquilo que é relativo ao período em que teve a posse do imóvel. Esse é o nosso entendimento e o de vários juízes. Entretanto, como não existe lei específica, a questão terá de ser decidida na Justiça. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/03/2011 - 14:16
    Enviado por: wesley

    minha duvida e um seguinte quando eu era de menor meu pai mi mancipo e abriu uma firma no nome dele e no meu como socio
    a firma falio e ficou devendo pra bancos e receita federal mais eu não sabia de nada que era feito na empresa tudo quem fazia era meu pai tem como eu recorrer para ter meu nome limpo de novo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 21:40
    Enviado por: valnei assis

    ola tudo bem gostei muito desses servicos, estao deparabens! mas aconteceu algo que tem me tirado o sono, em 2003 coloquei uma ex-noiva como dependente de um cartao de credito, mas ela nao soube usar e acabou comprando coisas desnecessarias, deixando assim a divida, depois desse tempo todo, a seguradora me mandou uma correspondencia, dizendo que vai vim com uma ordem judicial para sequestro de meus bens e venda inclusive para pagar advogados, minha duvida e, eles podem fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2011 - 21:38
    Enviado por: Rafael

    Respondi a um processo devido a um cheque sem fundos, paguei o valor integral em juízo e o cheque me foi entregue. Fui ao banco, levei o cheque, e após um mês meu nome ainda consta no cadastro do SERASA. Qual deve ser o meu procedimento? O banco diz que o problema não é com ele. Devo procurar o Cartório do Tribunal ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/03/2011 - 22:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco tem responsabilidade sobre isso sim. Procure um advogado ou o Procon e exija que o banco tome providências.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/03/2011 - 11:35
    Enviado por: Patricia

    Tenho uma conta no BB pessoa juridica há anos, meu nome foi para o SPC, devido há problemas com o Banco Itaú. Sem qualquer aviso o BB tirou o cheque especial da empresa e ainda me negou a entrega do cartão de débito, desta forma tenho sempre que enfrentar filas imensas para movimentar a conta. Isso é correto? Pessoa jurídica e pessoa física não tem personalidades diferentes? O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2011 - 18:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo há irregularidade no procedimento do banco. Da mesma forma que ele concede benefícios, pode tirá-los, desde que explique ao cliente os motivos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/04/2011 - 15:28
    Enviado por: lorena

    Moro em Lagoa Santa MG
    Fui protestada em um Cartório de Caeté por Uma empresa que nunca fui antes
    O nome da empresa é CONFERBEL EMPRESA DE FERRO E AÇO LTDA
    CNPJ: 04.041.215/0001-01

    O endereço que consta no cartório nunca foi meu Nunca morei em Caeté e nunca recebi nenhuma notificação,
    No endereço dessa empresa existe outra loja e segundo os funcionários essa conferbel nunca foi lá

    a empresa existe e o CNPJ está ativo não sei o uqe faço são 02 protestos de R$ 1.100,00 no total de
    R$ 2.200,00 e não quero pagar por uma dívda que não fiz.

    Não possuo cartões de crédito nem crediários em loja nem nada parecido, e na época do protesto eu tinha acabado de fazer 18 anos e nem trabalhava.
    Por favor me ajude!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/04/2011 - 17:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você foi vítima de fraude. Procure um advogado e se defenda na Justiça, para depois processar o fraudador e que foi omisso na fraude, a operadora de cartão de crédito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/04/2011 - 14:10
    Enviado por: Bruno Aires

    Gostaria de saber se tem algum orgão que eu possa limpar meu nome, pois tenho dividas em dois bancos e algumas outras coisas, e queria saber se existe porque assim eu pago apenas uma divida parcelada e não duas.

    fici no aguardo!
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2011 - 16:30
    Enviado por: Danila da Silva

    Boa tarde!

    Tenho uma grande duvida estou com restrição no SPC / Serasa devido a devolução de cheques em Uma instituição de ensino isso dês de 2008, vou prestar um concurso e caso seja aprovada terei que abrir uma conta no banco do Brasil como proceder nesse sentido eu não tenho como quitar esse débito, pois a empresa que faz a cobrança diz que tenho que pagar esse valor a vista pois tenho cheques devolvidos. Não tenho esse valor para ser pago, na verdade não tenho como pagar nesse momento. Nunca chegou correspondência em minha casa de cobrança dês de quando parei a faculdade e a ultima vez que recebi o e-mail de cobrança foi no mês 06/2010.

    Poderei abrir a conta no Banco do Brasil? Eu não sei o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2011 - 20:09
    Enviado por: Luana Rocha

    No caso de uma empresa ser cessionária de um débito, onde o primeiro credor já tenha negativado o nome do devedor, porém, ao ceder o crédito, o primeiro credor positivou o nome do devedor e, então, o segundo credor/cessionário negativou novamente. Isto seria possível, o nome de uma pessoa ser negativado 2x pelo mesmo débito, ainda que não tem decorrido o prazo de 5 anos? e se na primeira negativação já tenham decorridos 5 anos, ainda que seja outro credor para o mesmo débito, poderá o credor/cessionário negativá-lo novamente?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2011 - 20:02
    Enviado por: Adriana

    Ola boa noite, eu tinha uma divida com o Bradesco desde 2005. O ano passado a divida caducou e saiu do Serasa e SPC, mesmo assim este ano resolvi pagar o debito, mas fiquei desempregada, agora por não pagar eles podem voltar meu nome para o SPC Serasa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2011 - 18:23
    Enviado por: SUELY

    BOA NOITE MARCELO,

    A DOIS MESES NEGOÇIEI MINHA DIVIDA COM DOIS CARTÕES DE CREDITO E MEU NOME FOI RETIRADO DO SPC/SERASA, A ULTIMA PARCELA DA MINHA DIVIDA ACABA EM 30 DE JUNHO/11, MAIS DURANTE ESSE PERÍODO EU TENHO TENTADO CONSEGUIR EM OUTROS BANCOS UM CARTÃO DE CREDITO MAS NÃO CONSIGO, SERIA O FATO DE A DIVIDA ESTAR EM PARCELAMENTO QUE NÃO OBTENHO O CARTÃO, OU A FAMA DE “CALOTEIRA” AINDA ESTA NO MERCADO JÁ QUE SAI A POUCO TEMPO DESSE ORGÃO?
    DESDE JÁ AGRADEÇO A ATENÇÃO!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/05/2011 - 17:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não dá para adivinhar o que está acontecendo. Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Se conseguir provar que existe um cadastro clandestino de ex-maus pagadores, o que duvidamos que conseiga, pode processar quem negou o crédito por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/05/2011 - 17:49
    Enviado por: Sllvana

    Olá

    Uma grande rede de lojas colocou o meu nome no spc indevidamente, pois o pagamento da conta já havia sido efetuada e passado 5 dias uteis para a limpeza do nome, o mesmo não foi retirado. Abri um processo no dia 14/04 e até a presente data o nome ainda não foi retirado. O que deve ser feito? Já q a loja cometeu 2 erros: mandar o nome com uma conta paga e ultrapassou o limite de dias para tirar o nome do spc. Espero a audiencia ou devo fazer outra coisa?
    Desde já gardeço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2011 - 19:46
    Enviado por: Wagner

    Boa Noite, estou com duvida a mais ou menos 1 ano fiz um emprestimo no banco Itau, no qual fiz o seguro de caso ser desempregado. E tinha uam taxa mais ou menos de R$ 4,00 a mais nas parcelas. Agora estou desempregadoa quase 2 meses e eles continuam cobrando. Oque devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2011 - 17:55
    Enviado por: Paula

    Olá.
    Fiz um empréstimo no banco em meu nome para meu ex-noivo, o qual já não me paga há 1 ano. Sabendo das consequências que eu poderia ter se ele deixasse de me pagar, pedi a ele que escrevesse um texto de próprio punho se responsabilizando pela dívida e tenho várias provas de que ela foi direcionada a ele mesmo. Gostaria de saber, se o que fiz há alguma validade judicial, e como não tenho condições de pagar essa dívida (estou com o nome no Serasa) e muito menos um advogado para me auxiliar, se consigo atendimento através da Justiça Gratuita, para esse tipo de caso. Moro na cidade de Indaiatuba. Fico imensamente grata se puder responder-me.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/05/2011 - 19:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que tal carta não tem falor jurídico. Procure a Defensoria Pública, que oferece assistência jurídica gratuita, em sua região.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/05/2011 - 22:16
    Enviado por: João Alves

    Olá eu sou um micro empresario e estou passando por crizes financeiras com bancos e com fornecedores estou em atrazo com alguns fornecedores e eles colocaran para o setor de cobranças e eu estou sendo muinto precionado pelos adivogados de cobranças e eu não estou tendo condições de paga ou fazer negociação no momento pois o comercio estar muinto parado por causa das chuvas na região e eu estou sem mercadorias para fazer render o que devo.
    gostaria de orientação o que eu devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/05/2011 - 23:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos ajudarm essa não é uma questão de defesa do consumidor. Você precisa de um consultor financeiro. Não fezemos esse serviço.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/05/2011 - 22:29
    Enviado por: Lindomar

    ola
    tenho uma casa financiada pela CEF, sou casado, e o nome de minha esposa consta no contrato onde sou o títular. pretendo repassar o imóvel, porem o interessado me propôs um contrato de gaveta.gostaria de saber se caso o novo comprador vier a ficar em débito com a caixa o nome de minha esposa pode ser colocado tambem no spc/serasa ou apenas o meu?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2011 - 13:20
    Enviado por: Eduardo

    Entrei com uma ação por danos morais contra uma administradora de cartão que emitiu um cartão de crédito em meu nome, em uma outra cidade, e para outra pessoa. Foram feitas compras em meu nome e e a dita empresa acabou colocando meu nome nos órgãos de restrição. Descobri isso quando fui tentar um empréstimo em um banco. O advogado desta empresa alega que não houve danos morais, alegando que eu já tive o nome sujo anteriormente e que ter o nome sujo não me causou transtorno. Posso perder essa ação por ter tido o nome sujo,mesmo tendo pago as dívidas?

    Agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2011 - 13:30
    Enviado por: Jose Silva

    Bom dia!
    Houve dois casos que utilizaram dos meus dados pessoais, para realizarem compras por telefone, no primeiro caso foi em uma loja que a mais de um ano havia feito compras, compraram pecas de automóvel e no momento da entrega foi subtraído os produtos do entregador no endereço de entrega, tive que comparecer ao DP para provar que não fui responsável pela suposta compra.
    No segundo caso foram realizadas duas compras em uma madeireira no total de R$ 1500,00, utilizando os meus dados novamente. Vindo a descobrir apos um telefonema da loja cobrando os valores pendentes da suposta compra. No momento informei que desconhecia tais compras, pois não estou construindo e muito menos fazendo uso do tipo de material informado pela loja, segundo a pessoa da loja quem me ligou, as madeiras foram entregues em um canteiro de obras. Neste momento questionei sobre gravação de imagem na loja, apresentação de documentação ao qual poderia identificar o possível utilizador dos meus dados. Ela me informou que as vendas foram efetivadas por telefone, e realizando a consulta cadastral no ato venda. Informei a ela que havia ocorrido um caso semelhante em uma loja de pecas, ( o primeiro caso apresentado), neste momento pedi que me enviasse as copias das notas fiscais para confeccionar um BO na delegacia, se passaram dois meses e nada. Estive na delegacia novamente buscando orientação ao delegado ao qual prestei esclarecimentos do caso anterior, e justamente por ele já ter conhecimento do caso do uso dos meus dados, ele me orientou a procurar a loja e lavrar juntos um BO, ao qual eu e a loja sendo vitimas de estelionato. Liguei para loja conforme orientações do delegado e me dispus ir ate a cidade cede da loja para irmos a uma delegacia em conjunto para lavrar o BO, não se mostrou interessado a loja. Estou querendo comprar um imóvel, estive em uma imobiliária, para fazer meu cadastro e simulação para me indicar o valor máximo de financiamento que poderia ter para aquisição de um imóvel. Uma vez que queria financiar um dos imóveis que ele esta vendendo por a partir de R$ 140000,00. No momento em que ele foi consultar meus dados para a provação do credito junto ao agente financeiro, ele me informou haver um protesto em um cartório cujo valor e ação do protesto foi imposto pela madeireira ao qual o debito protestado e referente a compra não efetivada por mim. O que devo fazer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2011 - 14:46
    Enviado por: Keury

    boa tarde,
    tenho uma divida comprei dia 10/01/11 comprei em 10 pag no mes de 03 colocaram meu nome no spc. a empresa esta certa ou nao?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/05/2011 - 15:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Impossível responder com nehuma informação prestada. Se há prestação que não foi paga, então a empresa está certa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/05/2011 - 17:45
    Enviado por: Jose Silva

    Obrigado Marcelo!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2011 - 13:48
    Enviado por: ana paula

    Meu sogro fez um empréstimo rural no Banco do Nordeste em 1995 e já faz 5 anos que ele morreu. Meu marido que é filho dele, assinou na época toda a papelada como testemunho e até hj a dívida rola, sendo que o nome do meu esposo se encontra no CADIN e o meu tbm. O banco disse que o meu nome está no Cadin, por eu ser esposa dele. Gsotaria de saber pq não colocaram o nome da esposa do falecido que ainda é viva e sim o nome do filho? E pq o meu nome está sujo, se não devo nada? E ainda mais o banco não quer negociar, só quer receber o dinheiro todo. Fui procurar um defensor público, e fui informada que por ak não existe um defensor da UNIÃO, só do estado. O que faço?? Se puder me manda resposta pro imail citado. Obg

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2011 - 21:19
    Enviado por: Saulo Medeiros

    Possuo um cartão de uma rede de supermercados,o qual a fatura se muito chegou á minha residência foram 3 vzs!Tentei por várias ocasiões junto com uma das filiais (credenciadas do mesmo)obter a fatura,pois sabia que tinha algo atrazado,porém não sabia quanto e todas as vzs informavam-me que não conseguiam visualizar as mesmas,daí me mandavam de um canto pra outro,para o 0800(central)enfim tentei por dias(até tenho o dia,hora e nome da atendente anotados!)nada de resolverem e tão pouco me informarem o valor pra pagar(pois eu sabia que tinha alguma quantia a pagar mesmo pouca e queria pagar – pra isto estava tentando contatos -e nada!Daí por fim obtive uma carta na qual constava meu nome no spc,o que devo fazer?gradeço desde já!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2011 - 08:41
    Enviado por: Paulo Cesar

    Tenho um financiamento de um veiculo que que teve sua primeira parcela em 18/04/2003 e a ultima em 18/03/2006. foi paga somente as 05 primeiras parcelas, e nao foi pago mais.
    a pergunta é: se a parcela vencida em ago/2003 conta para a precrição do meu nome no serasa, pois em agosto de 2008 seria os 5 anos para prescrever o nome Certo?(meu nome consta no serasa por este contrato), porem, a ultima parecela foi em 18/03/2006 e conforme entendo se contarmos da ultima parecela deste financiamento teria precrevido em 18/03/2011.(meu continua no serasa por este contrato).
    ja consultei a no Tj de meu estado e nao tenho processo em meu nome. so tenho receio de desenterrar este assunto e começar uma nova divida pois neste caso eu emprestei meu nome para me primo que sumiu ele e o carro.Abraços.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/05/2011 - 12:40
    Enviado por: mah

    Bom dia!
    Gostaria de saber se o valor da anotação na carta comunicado do serasa é o valor total da divida ou é o valor parcelado?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/05/2011 - 15:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos como responder, desconhecemos que carta é essa. O comunicado da Serasa geralmente informa o valor total da dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/05/2011 - 14:41
    Enviado por: Rafaela

    Boa Tarde..

    Me formei em 2010, a pessoal da minha turma contratou uma empresa pra ficar responsável pelas fotos..
    Eu não assinei nada, mas um belo sábado esse pessoal foi ate minha casa me mostrar o meu album, muita ingênua acabei assinando nota promissoria, e dei de entrada 500,00..totalizando 1300,00 restante parcelado na nota p.
    Essa semana recebi uma intimação desta dividano juizado especial.. minha duvida,eu nem recebi o album das fotos, mesmo assim ele pode cobrar? O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/05/2011 - 15:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se você assinou e pagou a entrada, então o negócio foi feito. A cobrança é legpitima, caso esteja em atraso. Quanto à entrega, verifique o prazo dado para a entrega do álbum.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/05/2011 - 17:28
    Enviado por: kelly

    boa tarde, meu marido teve o nome sujo em alguns estabelecimento, porém já quitamos todas, mais mesmo assim não conseguimos fazer cartão de creditos, emprestimos, recentemente tentamos comprar um carro e não conseguimos, as financeiras falam que estamos com a pontuação baixa, gostaria de saber até quando o nome dele vai continuar assim, nunca mais vamos poder comprar parcelado?o que podemos fazer?
    desde ja obrigada pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/05/2011 - 09:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há nada a fazer. Nenhuma empresa é obrigada a fazer empréstimos ou a conceder cartões. Cada uma tem seu critério para aceitar clientes.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/05/2011 - 21:45
    Enviado por: eliana

    OLÁ GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PRA CONSUEGUIR UM CARTÃO DE CREDITO.ALGUM TEMPO TIVE UMA DIVIDA COM UM BANCO,ELES ME PASSARAM O VALOR DE PAGAR,PAGUEI E MESMO ASSIM EU NÃO CONSIGO UM CARTÃO. O QUE EU FAÇO?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/05/2011 - 09:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      NInguém é obrigado a conceder crédito a quem quer que seja. Portanto, nenhuma empresa é obrigada a fornecer cartão de crédito a você.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/05/2011 - 21:44
    Enviado por: Carla

    Fiz um acordo para quitação de um debito junto a administradora de um cartão de credito, paguei antes do prazo que era pra ser 02/06 e foi pago dia 02/05. Estou com 14 dias uteis que foi pago o meu débito e o atendente me disse que era correto ateh dez dias, sendo que segundo o que vi a administradora teria até 5 dias uteis para tirar meu nome do spc e não aconteceu até agora. Estou correndo o risco de perder meu emprego e perdendo a credibilidade junto a empresa a qual trabalho, pois dou prazo pra sair a pendencia e a mesma não sai. Gostaria de saber se teria como entra com um processo por danos morais, pois tenho a consulta já impressa com a data de hj, ou quem eu deveria procurar pois estou sendo prejudicada e já cansei de ligar pra lá.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2011 - 23:59
    Enviado por: klaus

    boa noite,
    estou pretendendo abrir uma empresa com um socio. trabalho numa instituição financeira que nao aceita que meu nome fique “sujo”. Se o meu socio por algum momento estiver com cpf com restrições isso pode me prejudicar (pessoa fisica) ou somente a empresa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 17:36
    Enviado por: Paulo Cesar

    referente a minha pergunta anterior(15/05/2011 – 08:41
    Enviado por: Paulo Cesar)a ultima parcela do finaciamento foi dia 18/03/2006. ou seja em 18/03/2011 fez 05 anos desta ultima parcela, teria que ter prescrevido do serasa por exemplo, mais esta constando (QUANTIDADE: 1
    PERÍODO DE: 05/2008 ATÉ 05/2008

    ÚLTIMAS OCORRÊNCIAS:
    DATA MODALIDADE AVAL VALOR CONTRATO ORIGEM PRAÇA SJ
    06/05/2008 CREDITO E FINANCIAMENTO-FINANC N R$ 16.004,25 00330154258863 FINASA BMC SPO N

    Consta esta ocorrencia no serasa deste financiamento, a primeira parcela em atraso foi em agos/2003 em agos/2011 completa 8 anos, será que consegui exeplicar…. abraços

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/05/2011 - 16:51
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese o ome teria de ser retirado dos cadastros, a manutenlção é irregular e pode atpe render um processo de danos morais contra quem nateve o seu nome lá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2011 - 19:45
    Enviado por: Carla

    enviei a mesagem abaixo
    19/05/2011 – 21:44
    Enviado por: Carla
    Fiz um acordo para quitação de um debito junto a administradora de um cartão de credito, paguei antes do prazo que era pra ser 02/06 e foi pago dia 02/05. Estou com 14 dias uteis que foi pago o meu débito e o atendente me disse que era correto ateh dez dias, sendo que segundo o que vi a administradora teria até 5 dias uteis para tirar meu nome do spc e não aconteceu até agora. Estou correndo o risco de perder meu emprego e perdendo a credibilidade junto a empresa a qual trabalho, pois dou prazo pra sair a pendencia e a mesma não sai. Gostaria de saber se teria como entra com um processo por danos morais, pois tenho a consulta já impressa com a data de hj, ou quem eu deveria procurar pois estou sendo prejudicada e já cansei de ligar pra lá

    e Obtive a resposta:
    20/05/2011 – 09:24
    Enviado por: Marcelo Moreira
    Pode entrar com processo.

    Gostaria de saber como eu faço pra entra com um processo contra a administradora, se eu preciso de um advogado, pois não tenho muito dinheiro e o que eu preciso pra entra com esse processo. Vcs teriam algum advogado pra me indicar?
    Até agora a divida não saiu do spc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 20:41
    Enviado por: Marcos

    Ola, gostaria de saber:
    Comprei um movel para casa em meu nome (Marcos) e não paguei consequentemente estou no spc. Minha esposa e eu somos casados legalmente. Ela tambem corre o risco de ir para o spc por causa da minha divida?

    att.Marcos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 15:44
    Enviado por: Andre

    Olá!
    Fui sócio de uma empresa, a qual fez um emprestimo no valor de R$20mil. Meu nome saiu legalmente da empresa uns dias depois de assinado o contrato de empréstimo, mas eu também assinei (infelizmente não li direito o documento e confiei nos antigos sócios).
    Agora, não faço mais parte da empresa e nem da conta no banco, mas meu nome está no Serasa também, e sou considerado fiador da dívida.
    Existe alguma possibilidade de excluir minhas obrigações com a empresa e a dívida?
    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2011 - 13:47
    Enviado por: Elen

    Prezado,

    Boa tarde!

    determinada loja colocou o nome do meu esposo no SPC e Serasa ao mesmo tempo,isso é legal? Já tivemos na loja varias vezes para fazer a negociação da divida, o valor original é de 380,00 a loja informa que à vista pagamos 938,00 e se for parcelado este valor sobe absurdamente para mais de 3.000,00, detalhe: a divida completa 5 anos em agosto próximo,já temos interesse em quitar a divida e no entanto a loja está irredutivel,não pedimos nem a redução do valor de 938,00, pedimos apenas uma forma de parcelamento até que fosse de 2x, Dr. o que podemos fazer nesta situação,visto que não chegamos a um acordo?Grata.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/06/2011 - 21:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que é legal. A loja não tem obrigação de aceitar a sua proposta. OU paga ou questiona a dívida na Justiça, com chances mínimas de sucesso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/06/2011 - 19:25
    Enviado por: Marlus

    Gostaria de saber, se é verdade se uma pessoa já teve nome sujo no SPC e SERASA, porém hoje está com todas as dívidas quitadas, não consegue crédito imobiliário pela CAIXA?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2011 - 21:10
    Enviado por: LEONARDO RIBEIRO SGRANCIO

    Gostaria de saber informações, porque não consigo crédito mesmo após liquidar todas as minhas pendências com SPC/SERASA?
    Todas as financeiras de crédito, seja cartão ou outra forma de crédito dizem para eu voltar o contato daqui a 6 meses, gostaria de saber se existe alguma restrição.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2011 - 16:49
    Enviado por: paulo henrique galego sanches

    gostaria de saber meo nome sujou e eu consegui abri firma a um dias atrais mais eu fui com o lerite de empregado de onde eu trabalhava naum deu para tirar a moto no casooo se eu portando o nome no spc eu consigo tirar com o papeis da firma cnpj e tals? obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2011 - 23:27
    Enviado por: Sheila Cristina Sampaio dos Santos

    Ola por favor me tire uma dúvida no ano de 2004 contraí uma dívida que pude mais pagar e a pouco tempo descobri que meu nome ainda não saiu do cadastro do spc ,a empresa que registrou meu nome tem o direito de deixar meu nome por mais de 5 anos.E tenho mais uma dúvida se eu levar essa questão a algum juiz ele pode me ajudar ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2011 - 23:30
    Enviado por: Sheila Cristina Sampaio dos Santos

    só mais uma dúvida quado temos uma divida com uma empresa qual e o periodo tempo que a mesma pode demorar para cadastrar nosso nome no spc ou no serasa pois esta empesa que registrou meu nome demorou quase 3 anos para me registrar no spc .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2011 - 23:58
    Enviado por: Wagner Saturnino

    Ola, eu contrai um financiamento de uma moto com 50 prestações pois eu paguei 18 meses e depois eu entrei com revisional de contrato e paguei mais 20 depósitos ja se deixei de fazer depósitos a 8 meses eu hoje não consigo mais fazer os depósitos pois o meu orçamento não me da essa possibilidade por causa do salario e filhos que nasceu, então tenho alguma possibilidade de conseguir um acordo sem fazer mais depósitos ou seria melhor deixar dar busca e apreensão no veiculo e pegar o dinheiro depositado para quitar uma possível diferença de valores. preciso muito de resolver esse problema. me de uma luz para o meu caso.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/06/2011 - 20:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não fazemos consultoria financeira, por isso não podemos responder. Procure um consultor ou um advogado de confiança.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/06/2011 - 18:08
    Enviado por: evanio cunha

    Eu tive uma divida com o banco real,a alguns anos atras e adiqueri dividas com cartao e cheques, hje em dia meu nome ta limpo eu posso faser uma outra conta em outro banco e adiquerir cartao cheques e emprestimos normalmente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2011 - 15:07
    Enviado por: LUCI

    Boa tarde,
    Tinha umas dividas que constavam no SPC e no Serasa, porém, como já se passaram 5 anos não consta mais e por conseguinte meu nome não esta mais negativado. Porém, não consigo fazer cartão de credito em lugar nenhum, inclusive tenho renda de r$ 2.000,00, mas todos os cartões recusam minha proposta. Como faço para descobrir o que esta acontecendo, não tenho como lutar contra uma coisa que não sei o que é. MIM AJUDE POR FAVOR!!!!! quero ter minha vida normal

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/06/2011 - 16:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só quem recusou o crédito pode responder. Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente, cada empresa tem seus critérios para aceitar clientes, mas este merece uma explicação em caso de recusa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/07/2011 - 18:49
    Enviado por: Helton John

    Como faço para adquirir um empréstimo,meu nome ainda está sujo com a telemar por causa dos outros e estou tentando resolver esse problema que já faz 10 anos.
    Valor do empréstimo R$ 20.000,00

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/07/2011 - 16:43
    Enviado por: maria de fatima da silva

    Boa tarde Marcelo,O meu nome já foi para o spc e serasa só que já saiu sera que eu posso financiar um carro agora,sera que isso não vai me atrapalhar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/07/2011 - 23:20
    Enviado por: HAROLDO RAMOS

    Meu nome está negativado no SERASA, porém já acionei a justiça para acertar o débito. Minha esposa foi comprar um veículo e foi negado o crédito a ela pelo fato de que meu nome está negativado, porém o dela está limpo. Isto é correto? Onde posso encontrar uma resposta no código do consumidor?
    Acho que o débito é meu e ela nada tem a ver.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/07/2011 - 23:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há resposta no CDC sobre isso. O procedimento não é correto segundo diversas setenças judiciais que condenaram comerciantes e bancos. Se tiver como provar que essa foi a causa da negativa do banco, procure um advogado e o Procon e processe que negou o crédito por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/07/2011 - 12:43
    Enviado por: jose antonio

    não consigo comprar mais carro meu nome ta na lista negra dos bancos meu nome ta limpo naõ devo nada a nimguem devo entrar com um processo comtra os bancoos.aguardo resposta se algum advogado quiser a questão entrar em comtato no meu imail
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/07/2011 - 12:54
    Enviado por: fabiana

    Oi,td bem? Olha meu namorado fez um finaciamento do fies,ele ñ concluir o curso por problemas financeiro,como era o fies começou a vir mensalmente as parcelas e ele pagou ate certo ponto,com o passar dos meses as parcelas começou a subir muito de 200 para 600 reias ,ele entrou em processo para ver o q podia se negocoado com esse causa o juiz falou q vão ser 2 anos para a resolução da causa.GOSTARIA D SABER Q MESMO COM O PROCESSO EM ADAMENTO O NOME DELE CONTIANUA NEGATIVO OU ATE O CONCLUSÃO DO PROCESSO Q TEM O PRAZO DE 2 ANOS O NOME DELE TEM Q ESTA REGULARIZADO…?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/08/2011 - 20:23
    Enviado por: jose junior

    eu tenho umas dividas ta quase dando 5 anos eles fazem um proposita e faco outra eles nao aceita que eu posso fazer nesses casos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/08/2011 - 14:10
    Enviado por: Lucyana

    Olá, pode um banco recusar o pedido de um cartão de crédito, se o nome do conjuge estiver negativado, ou recusar o pedido de empréstimo se o conjuge estiver com o nome no serasa. A conta não é conjunta, é individual. Aguardo respostqa.Grata

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/08/2011 - 18:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode. Não há lei que impeça tal procedimento. Se julgar que isso é um tipo de constrangimento, pense uma ação de danos morais na Justiça, embora as chances de vencer sejam quase nulas neste caso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/08/2011 - 11:34
    Enviado por: Kelly Cristina

    Bom dia! Tenho uma duvida: Realizei a negociação de duas dividas que eu possuia com empresas diferentes, essa negociação foi feita e paga no mesmo dia (02/08) a noite. Qual o prazo para o nome ser excluido do SPC? Esse prazo começa a contar no dia do pgto, um dia apos ao pgto ou somente quando a empresa recebe o valor do pgto?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/08/2011 - 15:04
    Enviado por: marcelo

    Tive meu nome negativado no spc e serasa, fui até as empresas e negociei. Algumas liquidei o débito e em outras parcelei, assim como um cheque recuperei e resolvi com o banco. FIz uma consulta no SPC e SERASA e obtive um NADA CONSTA, porém tentei abrir uma conta e um banco e me informaram que eu tinha um histórico no sistema…. Agora como faço pra limpar esse histórico e poder abrir conta em banco, fazer financiamentoe etc… Um abraço!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/08/2011 - 21:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      NInguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Se conseguir provar que existe um cadastro clandestino de maus pagadores, o que duvidamos que que consiga, pode processar quem recusou crédito por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/08/2011 - 15:12
    Enviado por: marcelo

    Tive meu nome negativado no SPC e SERASA com relação a cartão de crédito e 02 cheques devolvidos. Negociei com a financiadora do cartão e quitei o cheque inclusive indo ao banco e retirando meu nome do SPC e SERASA. Tentei fazer um financiamento e negaram alegando que meu nome possuia um histórico. Pergunto se é legal tal procedimento uma vez que meu nome não consta tanto no SPS e nem no SERASA. Desde já agradeço!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/08/2011 - 20:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      NInguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Cada banco e empresa tem seus critérios de cõncessão de crédito. Se acha que houve constrangimento, procure um advogado e processe quem recusou crédito por danos morais, mas as chances de ganhar são nulas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/08/2011 - 17:35
    Enviado por: cristina

    Tenho varios cartoes de creditos, e acho que meu nome ta no spc. Mesmo assim posso continuar comprando nos meus cartoes e pagando? ou eles vao cancelar os meus cartoes quando ver qui meu no ta no spc? meu nome ta no spc mais quero continuar com os cartoes, é possivel?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2011 - 15:14
    Enviado por: kelly

    Ola tenho uma empresa e meu socio, que agora é ex- socio falsificou minha assinatura no banco como fiadora de uma divida, ele nao pagou deixando a divida a minha pessoa e empresa. Por causa desta assinatura falsa consigo anular a divida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2011 - 15:26
    Enviado por: giovana

    Ola mes de maio desse ano 2011 limpei meu nome porem nao posso adquirir cartao de credito em banco algum tentei comprar no Magazine luiza e por ter vinculo como itau o crediario nao foi liberado mesmo com o meu nome limpo.
    o que fazer neste caso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2011 - 17:44
    Enviado por: Guaraciara

    Olá,paguei a fatura do meu cartão de crédito com vencimento em 05/07/2011 no dia 02/07/2011 em uma casa loterica, para minha surpresa no dia 25/07/2011 fui fazer uma compra e fui pagar com o cartão de crédito, não passou o cartão tendo eu que pagar com o cartão de débito, no dia 26/07/2011, liguei para o cartão e me infomaram que meu cartão não estava pago, informei que estava pago sim até antes do vencimento, o atendente pediu os dados da loteria gerou nº de solicitação e pediu para eu aguardar 35 dias contados do dia 26/07/2011, hoje(08/08/2011) recebi uma carta dquemeu nome está no SPC/SERASA.
    Não sei o que fazer, a fatura estápaga.

    Muito grata,
    Guaraciara.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 07:55
    Enviado por: Alex

    Olá,minha dúvida é a seguinte tive meu nome no spc e serasa, já se passaram mais de 5 anos nada mais consta, fiz um consórcio de veiculo, se eu retirar este veiculo em meu nome pelo consórcio, os credores podem tirar judicialmente o veiculo, mesmo tendo se passado os 5 anos e a divida caducada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 10:04
    Enviado por: diogo

    tenho uma divida com um banco ja se passaram mais de 5 anos e meu nome nao consta mais no serasa,pesciso fazer um financiamento em outro banco , gostaria de saber se vai constar este debito na hora de fazer o financiamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 15:44
    Enviado por: Martina

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida. Sempre paguei minhas multas de carro. Agora recebi um comunicado de persistência de débito da Prefeitura de São Paulo cobrando multas desde 2006. Como fiz alguns pagamentos online eu consegui reaver 6 comprovantes das 11 multas que estão me cobrando. Oq devo fazer? Como eles podem me cobrar multas sendo que nem teria como licenciar meu carro todo ano?
    No comunicado diz que se eu não pagar meu nome vai pro Cadin. Posso entrar com uma ação?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/08/2011 - 18:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você vai ter de procurar um advogado e provar na Justiça que os débitos já foram quitados. Em seguida, entre com ação por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/08/2011 - 17:06
    Enviado por: ana

    Olá fiz uma consulta em meu nome no spc não constou nada .

    Mas constou execução peq causas data 20/03/2009
    Unica coisa q eu me lembro foi um emprestimo q fiz a uma pessoa da minha familia no banco a + ou – uns 6 anos atrás

    na epoca 5 mil e foi pago algumas parcelas e esta pessoa veio a falecer e eu não tevi como pagar como faço pra saber oq está processando

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 17:08
    Enviado por: ana

    Fiz uma consulta no spc nada consta mas fiquei chocada qd constou uma execução peq causas como isso pode pois nunca recebi nada nenhum papel

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2011 - 09:58
    Enviado por: Paulo Henrique P Botelho

    Fiz uma divida com o cartão no valor de 2.800(dois mil e oitocentos) a 939 dias sai da empresa onde trabalhava e por isso deixei a divida continuar, em janeiro desse ano(2011) a divida estava em 11.500(aproximadamente) e o cartão me propos pagamento de 1400. Não consegui pagar a vista essa ótima proposta. Agora consigo pagar até 1600 a vista, liguei para o cartão para negociar novamente e eles disseram que posso pagar em 36×1.040 a divida, que está de acordo com eles em 14.984. Consultei no serasa e o meu nome esta sujo pela administradora do cartão por uma divida de 4,400 e não de 14.000. Tentei fazer uma contraproposta que não foi aceita. Como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/08/2011 - 21:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. Não há irregularidade alguma na questão. O banco não tem obrigação de negociar, até porque já fez uma proposta anteriormente. Ou paga ou sofrerá as consequências. É possível tenytar questionar a dpivida na Justiça, mas isso apenas vai empurrar o problema para frente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/08/2011 - 11:11
    Enviado por: nelson eduardo erthal

    ola. fui condenado por uma açao de danos morais etc a pagar uma indnizaçao de 20000.00 porem nao tenho como pagar nao tenho renda e so tenho em meu nome um pequeno sitio de onde tento sobreviver dai que eu nao posso pagar isto o que fazer grato

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/08/2011 - 21:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. Ou paga ou sofrerá as consquências, entre elas a perda do sítio. TEnte a ajuda de um advogado para ao menos negociar com o credor uma forma de pagamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/08/2011 - 14:49
    Enviado por: Diogo

    Ola, boa tarde.

    seguinte comprei uma moto com alienação honda, paguei 50% da moto, ai fiquei sem emprego e não paguei mais, e o bem foi tomado por um oficial de justiça, veio e levou a moto, como fica agora? não tenho como pagar a divida! meu nome sera retirado do Serasa? desde ja obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2011 - 17:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não, ficará na Serasa enquanto não pagar a dívida e a diferença do que o banco apurar no leilão da moto. O nome só sai depois de cinco anos, mas a dívida não caduca nunca.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/08/2011 - 20:21
    Enviado por: kamila cristina de paula

    ola .minha mãe deixou atrasar um boleto de umas fotos com o valor de 39.00 reais.e ja passa de 30 dias e nao da pra pagar em lugar nenhum.no boleto esta falando para enviar para o serasa.mas não sei como fazer.me ajude.estou com medo do nome dela ficar suijo por isto.Obrigado desde ja.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2011 - 09:27
    Enviado por: Estefania

    Há algum tempo comprei roupas de cama desses vendedores de rua, fiz parcelado em 10X, assinei as notas tudo bem certinho… Sempre paguei certo, porém com alguns dias de atraso, e de uns 3 meses pra cá, o cobrador está vindo em meu trabalho me cobrar, está certo isso? Ele acaba me causando constrangimento, pois todas as vezes que ele veio, estavamos atendendo cliente.E já falei p ele que meu horário de estar em casa é depois das 18h, mas ee insiste em vir em meu trabalho. O que faço?
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2011 - 15:11
    Enviado por: adelina

    fui avalista do fies de uma pessoa e ela não pagou , hoje estou sendo cobrada judicialmente como devo proceder para me livrar desse processo que já foi executado e meu nome citado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2011 - 17:23
    Enviado por: murilo

    meu nome esta limpo mas não consigo tira cartão de credito pq se´r queriaa uma informação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/08/2011 - 02:32
    Enviado por: Aline de Oliveira

    Olá, por várias vezes tentei abrir crédito em alguma loja, ou mesmo cartões de crédito e sempre alegam que estou no SPC, procurei o orgão e não consta nada nem lá, nem no serasa, ainda assim continuam alegando nas lojas o mesmo motivo. O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/08/2011 - 20:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      TEnte conseguir um documento oficial de que você não está no SPC e processe quem negou crédito por esse motivo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/08/2011 - 14:36
    Enviado por: josiney da encarnação

    Olá,
    limpei meu nome do SPC e SERASA, e um mês depois fui financiar um automóvel, mas o financiamento não passou, o vendedor me disse que apenas depois de 6 meses da divida paga, eu poderia financiar, isso é verdade? o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/08/2011 - 20:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. A informação que o vendendor é incorreta, mas ninguém tem obrigação de aceitar quem quer que seja como cliente. Se acha que sofreu constrangimento, procure o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/08/2011 - 10:12
    Enviado por: Adelaide

    Bom dia
    Comprei um pacote de viagem CVC inicia 09/08 e cancelei um mes antes causa vulcão(carta por escrito e aceito verbalmente e assinado pelo agente de viagem) e até agora eles não devolveram os demais cheques e o dinheiro já pago. m cheque caiu e eu tinha sustado, estão coibrando e ameaçando protestá-lo. Eu dei cheques para agencia e não para um banco, foi a CVC que negociou os cheques e recebeu antes do prazo (pre-datado) e agora não quer me devolvé-los pois terá que devolver odinheiro que recebeu do banco por um serviço que eles n]ao fizeram, estou em São Paulo e não fui viajar por causa do vulcão. Eu nem sabia deste tipo de acordo (agencia de viagem CVC e BANCOS), pois não compraria o pacote nestas condições. O que fazer posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/08/2011 - 20:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma queixa no Procon e acione a agência no JUizado Especial Cível em busca de ressarcimento e indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/08/2011 - 08:17
    Enviado por: Andres

    Bom dia!
    Bom tenho um carro financiado em nome do meu irmão, porem o dicumento esta em nome de uma outra pessoa, ambos estão em atraso, gostaria de saber se o finaciamento e e a documentação do carro, são problemas diferentes ou se um interfere no outro.
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/08/2011 - 14:34
    Enviado por: Jaqueline

    estou com nome sujo na praça e meu pai te. um carro ja quitado e vai passar pro meu nome, no entanto será necessario a abertura de firma no meu nome, queria saber se há alguma restrição na abertura de firma e se tem algum problema em passar o carro para o meu nome. Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/08/2011 - 19:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há restrição para a abertura de firma, mas o carro correrá risco de ser penhorado por coausa da dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/08/2011 - 01:51
    Enviado por: luiz eduardo

    olá, tive um veículo apreendido , entrei com um mandato de segurança, o processo se encontra em ato ordinatório, há quase dois anos, minha advogada disse que iria entrar com uma ação emergencial, á três meses, deveria ter mudado alguma coisa no processo, estou achando muito parado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2011 - 09:20
    Enviado por: Francielle

    eu estou com uma divida no banco desde março deste ano, recebi agora aviso do cspc e do serasa
    e ja estou negociando a divida c o banco, mas estou c medo de perder meu fies que ja tenho pela CEF.
    será q eu perco financiamentos ja contraidos ou se eu for contrair novas dividas q n poderei

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2011 - 11:42
    Enviado por: washington luiz marduk

    ola bom dia

    informaçoes

    eu nao tenho nome sujo em lugar algum,pago nada hj em dia,e mesmo assim o meu cpf passa em lugar algum e nem me diz pq disso,em lojas em nada..poderi me informa pq deste erro estranho?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/08/2011 - 17:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos a mínima ideia do que possa estar ocorrendo. As empresas não orbigadas a aceitar quem quer que seja como cliente ou a conceder empréstimos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/08/2011 - 11:45
    Enviado por: Adilson

    olá eu gostaria de saber o que fazer, ja que pago as minhas contas sempre antes do vencimento, e recebo uma carta dizendo que meu nome entrarar no spc e serasa em daz dias, por uma conta de financiamento da caixa economica federal com o indereço de são paulo, como pode se moro em sergipe e nuca foi lá? e nuca fiz financiamento nenhum? apenas fiz inprestimo automatico que vem descontado no salário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/08/2011 - 10:22
    Enviado por: Rafael Etiene

    Olá bom dia, gostaria de saber o seguinte, eu trabalhei em uma empresa de telefonia e a mesma tem um convenio com uma agencia de veiculos e faz propaganda para que os funcionarios possam adquirir um veiculo e agregar na empresa que a mesma irá pagar as parcelas, sendo que fui demitido e não tenho como arcar com as prestações, fiquem sabendo por auto que a mesma tem que arcar com no minimo 6 parcelas !! Isso é veridico ? Aguardo respostas. Agradeço desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/08/2011 - 18:30
    Enviado por: fabiano

    meu nome estava no spc e serasa e caduco, fui tentar finaciar uma moto e finaceira rejeito. eu tinha uma divida no banco se eu pagar essa divida consigo financiar denovo???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/08/2011 - 11:17
    Enviado por: Antonio Jose

    Bom dia. Tinha uma divida com o BB que foi repassada pa ATIVOS após 5 anos. Paguei empoderia ssa divida sem qualquer desconto, pois segundo o banco se eu pagasse com desconto não poderia mais adquirir credito. Entao paguei o valor total com juros e correções. Ocorre que o BB não libera crdito e nem mesmo consigo tirar cartão de credito em nenhum banco. O que devo fazer pra liberar imediatamente esse credito e cartoes.
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/08/2011 - 13:04
    Enviado por: Fabiano

    “”"” Boa tarde, na verdade tenho uma pergunta, vou ser avalista do meu cunhado para a compra de um carro!! quero saber se mesmo eu sendo avalista para ele, eu consigo comprar as coisas ainda no meu nome?? Tipo assim abrir outros crediarios. Ou so quando ele terminar de quitar a divida??? Aguardo respostas obrigado”"”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/08/2011 - 11:52
    Enviado por: MARLIZE

    Minha filha estava fazendo um curso de formação profissional da VISUAL MÍDIA,na escola MICRO MANIA INFORMÁTICA,na cidade de Santa Helena de Goiás GO.
    o último dia de aula foi dia 15/07/11,a professora sempre falava que tinha dado problema no sistema e assim que voltasse as aulas avisaria,então falei que só pagaria a mensalidade no dia que começasse as aulas denovo…ela falo que td bem
    só que até hoje nada,fui até a escola está fechada e não tem ninguém prá dar qualquer informção,os vizinhos falaram que eles sumiram já faz dias,o aluguel está atrasado mais de 2 meses.
    oque eu faço? estou com o carne com os boletos bancário até dia 10/04/2012,eles podem sujar o nome da minha filha??
    preciso de uma orientação.

    desde já obrigada
    MARLIZE

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/08/2011 - 18:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pague todos os boletos em aberto até o mês em que efetivamente houve aula e depois faça uma queixa no Procon. Em seguida processe a escola por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/08/2011 - 19:48
    Enviado por: DANIELA

    boa noite bom ja algum tempo nao compro no comercio e nao tenho restriçao no spc e nem serasa mais hoje fui tentar comprar numa loja de eletrodomestico e nao consegui por nao ter como referencia 4 lugres que eu compro . entao a moça disse que o cadastro nao foi liberado . fiquei na hora sem saber oque dizer pq de resto estava tudo ok tenho renda comprovada e nao estou no spc e nem serasa . entao pergunto sera que com avalista com tudo ok na praça eu consigo credito??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/08/2011 - 22:58
    Enviado por: ALCINDO

    EU TINHA UM COMÉRCIO DE CONFECÇÕES EM GERAL,EM UM COMODO ALUGADO POR 11 ANOS,SEMPRE PAGUEI EM DIA O ALUGUEL E O IPTU E APARTIR DO ANO 2009 O PROPRIETÁRIO PEDIU O COMODO PARA AMPLIAR SUA LOJA QUE FICA AO LADO.
    NO DIA 25/05/2011 MANDEI UM OFICIO COMUNICANDO QUE POR CONTA DE ENTREGAR O COMODO IRIA EXTINGUIR A MINHA LOJA,POIS NÃO CONSEGUI OUTRO COMODO VIÁVEL PRÓ MEU COMÉRCIO.ELE ASSINOU E MANDOU DEVOLTA SEM PROPOSTA NENHUMA.
    EM JULHO DE 2011 FECHEI O COMÉRCIO E ENTREGUEI O COMODO.
    ELE ALEGOU QUE IRIA AMPLIAR SUA LOJA DE MOVÉIS E AGORA ESTÁ ALUGANDO PARA TERCEIROS
    QUAL O MEU DIREITO?POIS SEMPRE COMPRI COM OS MEUS DEVERES
    PERANTE A LEI EU TENHO ALGUM DIREITO?
    OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2011 - 00:10
    Enviado por: EDUARDO ARGOLO

    Meu nome foi inserido no SERASA indevidamente, e devido a isso, um outro banco retirou meu limite cheque especial que utilizava como complemento do meu salario. O banco alegou que uma ultima parcela de um emprestimo consignado nao tinha sido quitado. Fiquei chateado, pois como era consignado, a empresa a qual trabalho debitou tal parcela do meu salário, ou seja, então tinha sido quitada. Fiquei sem rendimentos (devido ao bloqueio do cheque especial), meu nome foi pro SERARA. Ou A empresa devido a um erro operacional nao repassou ao BAnco ou o BAnco deu erro no sistema que não validou, enfim, tive que pagar a parcela para poder retirar meu nome no SERASA, para voltar a ter meu cheque especial. Como devo proceder, tive danos materiais e morais e nesses casos qual o valor a ser indenizado???
    obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2011 - 00:46
    Enviado por: Roberta

    Entrei na faculdade no segundo semestre de 2010 e paguei meu semestre avista, mas no dia 06 de Dezembro fiz o financiamento do FIES 100% do valor do meu curso por estar desempregada. No mês de março deste ano comecei a procurar saber por que a IES não tinha realizado meu ressarcimento. Entrei em contato com a assistente social para saber o que estava acontecendo, mais sair de lá sem nenhuma informação. Levei a assistente social todos os e-mails enviados pelo FNDE e o relatório que a Caixa Econômica Federal emitiu informando o repasse financeiro do meu financiamento para a faculdade, mas fui informada que o documento não teria valor algum. Neste período estava passando por dificuldades financeiras com prestação da Caixa Econômica em atraso sendo impedida de realizar o aditamento do FIES correndo o risco de perder o meu financiamento. Então procurei a assistente social e contei toda a minha situação, ela solicitou meu ressarcimento com extrema urgência, mas a solicitação não foi atendida, desesperada procurei o Prof. Assis um dos diretores da faculdade e contei toda a minha situação então no dia seguinte 16/06 ele realizou um deposito em minha conta no valor de R$ 700 Reais para quitar tal divida. Por fim fui efetuar minha matricula do 2° semestre 2011 e fui impedida por não ter assinado um termo aditivo, pois fui orientada pelo FNDE através de e-mail que não deveria assinar tal contrato, pois a IES continua recebendo os repasses dos contratos assinados. Registrei uma queixa no Juizado Especial Cível de Defesa do Consumidor onde fui desacompanhada de advogado e não fiz acordo com a IES, pois a ré contesta em 09 laudos que não procedente o pedido quanto à efetivação da matrícula e que tal procedimento nunca lhe foi negada, e que estou regularmente matriculada perdendo-se assim o objeto pedido apresentando até comprovante de matricula. Mas fui hoje a faculdade pegar tal comprovante e no sistema da IES não existe matricula ativa.

    Posso perder o processo?
    E se não conseguir assistir as aulas?
    O que devo fazer já que tenho que esperar 20 dias para receber a sentença?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/08/2011 - 18:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A única coisa que podemos responder é que você tem de esperar pela sentença. Sobre as outras questões hipotéticas, não temos como responder ou adivinhar, mas é, prudente pedir a ajuda de um advogado de confiança para dar sequência ao processo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/08/2011 - 08:24
    Enviado por: Rosana Nunes de Lima Peninck

    Meu marido tem uma empresa ltda,onde sou sócia dele a empresa está com uma divida no banco itau, q foi comprada por uma financeira..e recebi uma boleto de valores absurdos pra ser pago, uma negociação. a pergunta é a seguinte eu posso ter o nome negativado por conta dessa divida da empresa? é o que tenho que fazer………me ajudem por favor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2011 - 22:13
    Enviado por: Mauricio Brito de Moraes

    Olá, sou cliente do banco bradesco encerrei uma das minhas contas, e 7 dias depois uma consultoria do bradesco me ligou dizendo que eu tinha uma pendencia que era um debito automatico de conta de luz, fui verificar e descobri que não era minha, por causa disso meu nome fiacará 5 dias no spc, a consultoria ta verificando o que aconteceu e quem é o culpado, assim que descobrirem devo processar o bradesco ou a eletropaulo por ter deixado meu nome sujo por 5 dias, mas o quanto que eu iria ganhar por isso e quanto tempo demora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2011 - 12:13
    Enviado por: Adilton

    Tentei fazer um finaciamento de um veiculo,e foi negado,estou com o nome limpo,tenho renda suficiente para o finaciamento.estou com nome limpo a mais de 1 ano,gostaria de saber se tem algum prazo para regularizar esta situaçao.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/08/2011 - 17:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém é obrigadoi a aceitar quem quer que seja como cliente, não há nada de errado na questão. As lojas recusam clienets por outros motivos, não só por conta de nome sujo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/08/2011 - 20:51
    Enviado por: robson

    olá eu gostaria de saber para que serve certidão negativa de redito ? se alguma pessoa estiver com esse documento sendoele faz emprestimo eu meu nome ? porque uma empresa mepediu esse documento para fazer 1 emprestimo e esse emprestimo nunca saiu ai eles me pediram 130,00 dizendo que era para tirar esse documeno no cartorio se nãoo banco não liberava o emprestimo mais até hoje nada já faz 1 semana e agora nem meus 130,00e nem o emprestimo o que faço ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/08/2011 - 11:21
    Enviado por: Elizangela

    Deixei de pagar parcelas do FIES e sujou o nome também do meu fiador. As parcelas em atraso foram quitadas agora e gostaria de saber se o meu nome e o dele dele ficarão “sujos” pra sempre.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/08/2011 - 17:46
    Enviado por: Marcelo Moreira

    Lamento, não podemos ajudar. Procure um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/08/2011 - 21:40
    Enviado por: LAIS

    boa noite.

    possuía cartão em um banco, este foi clonado e foram feitos empréstimos e compras em meu nome.
    agora estou com nome no serasa e nao consigo liberaçao de credito em outros lugares por estar negativada, nao posso esperra pois por causa do meu trabalho preciso lipar meu nome urgente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/08/2011 - 21:48
    Enviado por: Christian

    Contraí uma divida bancária que não consegui pagar. Compreendia cartão de crédito, cheque especial e emprestimo. Passou os anos, mais de 8, e uma empresa de cobrança insiste que eu pague o valor, que hoje está em quase 100 mil reais com os juros. a empresa me liga constantemente, manda mensagens em celular e isso a todo momento. numa conversa com eles, chegamos a um acordo de pagar 5000,00 (cinco mil reais) e quitar esta dívida. o curioso é que ja tenho conta em outro banco e meu nome nao consta no spc e serasa. mas esta empresa disse que não terei emprestimo alto e não poderei ter imovel no meu nome caso não pague a divida. gostaria de saber se é certo fazer este pagamento pois suspeito que a empresa não seja idônea, pois a mesma nem quer me mandar um boleto de pagamento no meu endereço, e sim um documento para imprimir e pagar via email. a empresa é betacred e a divida foi com o banco real. Agradeceria muito um esclarecimento sobre este caso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/08/2011 - 11:57
    Enviado por: marcos fabio de oliveira

    Ola gostaria de saber se pessoas que tem firma aberta em seu nome pode receber o FIES ;meu nome naum esta sujo nem nada desde ja agradeço e Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/08/2011 - 16:48
    Enviado por: Priscila Barros

    Olá, eu estava com uma divida no meu cartão de crédito e eles entraram em contato comigo para fazer uma negociação. Parcelei a divida e pagei todas as parcelas no prazo correto. Eles haviam me dito que retirariam meu nome do SPC em 6 dias apos o primeiro pagamento de parcela. Fazem 2 meses que quitei a divida e meu nome ainda esta sujo. Tento entrar em contato com eles, mas dizem que eu tenho que aguardar porque o sistema deles não identifica o pagamento. O que devo fazer? Já pensei em ir ao procon? Realmente, é a melhor saída? Muito obrigada pela ajuda…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 09:37
    Enviado por: Tania

    Foi feito um empréstimo e fui colocado como AVALISTA sem meu conhecimento por um ex-patrão, que na época nem chegou a assinar minha carteira (fiquei por 3 meses). Ainda não tenho conhecimento de como entrei nessa situação, pois nunca fui informado de empréstimo algum. Moro agora em outro estado e não tenho como ir na agência onde consta o contrato busca-lo para dar entrada num advogado, o banco pode me enviar uma cópia por fax? (até quando liguei para o banco o gerente disse q poderia enviar um email explicando a situação com meus documentos, mas ainda não houve resposta)
    A pessoa que agiu de má fé comigo hoje em dia já possui outra empresa, e nunca pagou sequer uma parcela da dívida, e já é conhcecido na cidade que ele aplica esse golpe.
    Tem alguma chance do banco me tirar dessa responsabilidade de avalista e deixar meu nome limpo? Sou muito novo e preciso fazer um financiamento para ter minha 1ª casa… estou numa situação horrível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 21:59
    Enviado por: TIago

    sou socio minoritário de uma empresa no qual já não esta mais em funcionamento. ela esta com um processo trabalhista e uma divida com um banco. vou abrir um negocio no qual pretendo ser o sócio marjoritário, gostaria de saber se essa divida trabalhista e se a divida com o banco pode impedir de eu abrir esta empresa?
    as duas dividas estão em processo judicial.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/09/2011 - 20:46
    Enviado por: angelo

    existe lista nagra dos bancos , a mais de 5 anos quitei uma divida com o panam,ericano de 1 carro que coloquei na revisional em 2004 quitei esse carro em 2006 ,meu nome esta limpo tenho cartao cheques nmas nao consigo nem financiar uma moto que o banco recusa como posso resolver isso…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/09/2011 - 22:30
    Enviado por: valdineia

    ola boa noite minha duvida e meu marido esta devendo o carrefour ha 21 dias e chegou uma carta para ele ver se ele tinha ja pago o debito ele preferiu esperar para ir a loja pois contatamos erros na fatura e hoje dia 01/09 chegou uma carta para ele que o nome dle estava no scpc e correto e mesmo assim chegou o boleto normalmente par pagr as duas faturas do mes passado e desse mes e constatamos mais outro erro e correto o que lels fez nao e com 30 dias para ir para scpc ou nao

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2011 - 13:22
    Enviado por: Anderson

    Olá, gostaria de saber se posso fazer empréstimo no banco no qual tenho conta se meu nome estiver no spc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2011 - 13:33
    Enviado por: Anderson

    Comprei uma casa mais ela ainda nem foi construída e tem o prazo de entrega pra daqui 1 ano e meio. Gostaria de saber se sou obrigado a pagar multa por quebra de contrato estipulada em cima do valor total do imóvel? Ou posso recorrer e não pagar ja que não dei nenhuma entrada, e desisti antes mesmo de vencer a 1ª parcela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/09/2011 - 08:44
    Enviado por: Anderson

    A multa seria por quebra de contrato, por desistir da casa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2011 - 15:39
    Enviado por: carlos

    Uma empresa com dividas nos bancos itau e hsbc esses bancos podem colocar essa empresa no cadin?

    E se essa empresa negociar a divida esses bancos são obrigados a tirem o nome da empresa do cadin?

    Aguardo a resposta.

    Atenciosamente,

    Carlos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/09/2011 - 19:52
    Enviado por: Adriana

    Eu estava trabalhando quando tomei um empréstimo consignado pelo Bradesco pra ser descontado em folha (salario) só que só que me desempreguei é não deu pra terminar de pagar quando tomei fiquei me informarão que a empresa caso a pessoa fosse demitido a empresa pagaria 30% do valor é agente negociava o resto agora o banco tá me cobrando um absurdo e não tenho como pagar e a empresa não pagou valor nem um até hoje o que faço por favor me ajude.Obrigado desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/09/2011 - 18:57
    Enviado por: nivalmar santos

    Eu me casei a 5 anos atras e fui morar em outro país, entao deixei uma procuração pra minha irmã dando plenos poderes a ela para que se caso eu precisasse ela intercedesse por mim no brasil, mas ela usou essa pocruração pra se beneficiar e fez muitas dividas em meu nome, so descobri quando fui passear no brasil em 2010, estou devendo muito para o banco e lojas, ela nao falou anda comigo, agiu de má fe…gostaria de saber se tem como eu reverter essas situação,e como deve agir…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/09/2011 - 00:01
    Enviado por: wallace

    boa noite,minha dúvida é a seguinte:adquiri uma linha de celular pós paga,pois é,não efetuei o pagamento das contas por dificuldades financeiras,fui verificar junto a operadora a melhor forma de legalizar essa dívida e me disseram as únicas maneiras de fazer uma negociação seria optando pelo pagamento avista ou parcelando no cartão de crédito,sendo que à vista é inviável pelo valor e no cartão impossível pois não possuo cartão de crédito e que na falta dessas duas maneiras,nada poderia ser feito.quero quitar o que devo,mais não me dão meios aceitáveis.o que faço?e essa mesma operadora póis meu nome no serasa.esta correto?qual a diferença do SPC e do SERASA?desejá grato.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/09/2011 - 18:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não são aceitáveis na sua opinião. A empresa até que foi camarada ao oferecer algumas opções. A inclusão do nome nos cadastros está correta, é óbvio. Não pagou, fica com o nome sujo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/09/2011 - 17:33
    Enviado por: juliana

    Boa tarde.

    Tenho um apartamento que encontra-se em meu nome e dos meus irmãos com uso fruto dos meus pais. gostaria de saber se é possivel financia-lo dando ele como garantia do financiamento uma vez que eu e um irmão estamos com o nome no spc?

    se possivel gostaria que me respondesse por e-mail.

    Agradeço a atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/09/2011 - 09:16
    Enviado por: FRANCISCO BRANDAO

    Posso fazer um emprestimo consignado tendo pendencia em outro banco?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/09/2011 - 12:42
    Enviado por: cintia

    fui chamada como uma ofensa moral de estelionataria pela justiça a algo que me anpare

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/09/2011 - 13:39
    Enviado por: Leonor

    Meu marido tinha uma uma dívida na Caixa e pagou somente o valor mínimo e nos informaram que só conseguiríamos financiamento depois de 5 anos. Isso procede? Ou existe alguma outra forma de conseguirmos o financimento?
    Outra pergunta: se meu marido estiver com o nome sujo, eu conseguiria fazer um financiamento somente no meu nome?Usando somente minha renda?
    Obrigada, Leonor

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/09/2011 - 18:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Cada banco tem sua política de crédito, não tem obrigação nenhuma de emprestar dinheiro a quem quer que seja. . Portanto, não há nada de ilegal no procedimento da Caixa. Se qualquer um do casal estiver com o nome sujo, dificilmente haverá alguém disposto a conceder o financiamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/09/2011 - 16:20
    Enviado por: cerison

    Olá,tive problemas com alguns cheques,mas ja acertei todos.
    Eu gostaria de saber se tenho que apresentar o cheque em algum
    lugar?
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/09/2011 - 13:25
    Enviado por: Dario

    Tive uma divida com um banco em um momento de desmprego, porém apos a negociação e quitação do débito não consigo mais cartão de crédito ou financiamento de veículos e até seguro de veiculos das empresas associadas a esse Banco.
    Hoje possua uma rendo acima de 6 salarios e não consigo crédito.
    Tenho como processar esse banco por isso?
    Existe uma lista negra dos Bancos?
    O que posso fazer nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/09/2011 - 16:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que não pode. Você tem como provar que existe tal lista? NInguém é obrigad a aceitar quem quer que seja como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/09/2011 - 14:47
    Enviado por: carina

    boa tarde ..meu nome esta sujo em varios lugares .e gostaria muito de limpar ele.mas gostaria de pagar todas em apenas um carne só sera que conseguiria quitar elas…..?????? pois com o nome sujo e muito ruim

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/09/2011 - 16:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Isso não existe. No máximo dá para negociar com alguns ao mesmo tempo, mas o pagamento é separado. Procure o Tribunal de Justiça de São Paulo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/09/2011 - 15:05
    Enviado por: Ana Paula

    Meu marido foi avaliador de um homem a uns 6 anos atrás no banco do Brasil, agora o homem atrasou a parcela no mes de julho de 2011 e não pagou ainda, eu fui fazer uma comprar em uma loja fui brecada porque meu cadastro está bloqueado e meu nome no serasa porque estava devendo para banco do brasil, não fomos informados de nada nem pelo banco do atraso nem pelo serasa do meu nome sujo, e foi meu marido que avaliou este homem não eu, gostaria de saber se tenho algum direito sobre isso que aconteceu comigo, pois so eu sei o que passei na loja um constrangimento e tanto, agradeco desde ja se puder me responder com urgencia isso aconteceu dia 10/09/2011 obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/09/2011 - 18:53
    Enviado por: juali

    meu nome estava sujo no spc e serasa pois eu tinha uma divida em um banco e outra divida em uma loja. agora que tenho um bom salário paguei o banco e quando fui pagar a conta da loja ela ja não existia mais. O problema é que agora meu nome não tem mais restrições e mesmo assim não consigo nem fazer um cartão de credito!!! vc poderia me explicar se é correto o serasa divulgar em uma lista seu nome e fazer um ranking do seu nome porque pelo que eu intendi na consulta que fiz em meu nome é que diz que eu tenho 90% de chance de aplicar um golpe em alguma instituição isso não é moralmente errado obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/09/2011 - 19:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Cada empresa tem a sua política de crédito e você foi recusada por não se encaixar. Simples assim.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/09/2011 - 00:02
    Enviado por: Rosangela

    Tenho pendencia financeira em uma loja de moveis e outra no banco do brasil. E em novembro vou me casar no civil, e minha dúvida é se meu futuro marido irá adquirir também estas pendencias no historico dele e se será também protestado devido se casar comigo.
    aguardo.
    Muito legal estas explicações que estão nos dando!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/09/2011 - 00:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em alguns casos podem ser solicitados seus dados no caso da compra de bens caros, e isso pode influenciar a concessão ou não do crédito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/09/2011 - 08:14
    Enviado por: dANIEL

    Olá, bom dia.
    Tenho um cheque devolvido duas vezes no valor de R$ 80,00 de 2007.
    Já pedi a microfilmagem, mas não consta o numero da conta que foi depositado , somente um nome ilegível, que nao possibilita achar pra quem foi feito o cheque.
    Gostaria de saber como faço para quitar essa dívida e como é possível limpar meu Nome.
    Tenho urgencia nisso, pois estou vendo um financiamento e estou correndo o risco de perde-lo
    Grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 11:17
    Enviado por: alexandre

    eu consegui a carta de esclusão do serasa e spc após 3 anos através de um blog, da lei de 2010 novo cógigo civil, gostaria de saber se é só cologar meus dados e o nome da empresa a qual devo e dar entrada no spc e serasa direto ou existe outro meio, grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 11:28
    Enviado por: Rosangela

    O historico do meu futuroMarido poderá ser “limitado” apartir do meu historico sujo então. Mas se ele pode ser visto como negativado, ou só o meu nome.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 16:52
    Enviado por: zeni salete

    Olá meu marido está com o nome no spc com cartão de credito e em lojas, prescisamos fazer um emprestimo para pagar essas dívidas, gostaria de saber se é possível e onde fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 19:16
    Enviado por: Débora

    Recebi uma ligação das casas bahia ontem dizendo que eles irão mandar um oficial de justiça na minha casa se eu não pagar o que devo. Tenho 4 carnes em aberto desde 2004 aproximadamente. Fiquei muito, mas muito tempo mesmo sem trabalhar e ainda estou desempregada. Moro na casa da minha mae, nada é meu! Eles podem vir aqui penhorar alguma coisa?
    Adorei o site. Aguardo contato
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 10:51
    Enviado por: Munique

    Olá.
    Eu fiz uma inscrição em uma escola de informatica assinei o contrato, porem mudei de cidade e nao fui as aulas..nem uma vez. Tempos depois descobri que meu nome estava no spc por quebra de contrato … nao recebi nenhum comunicado …eles tinham meu email e telefone que apesar de ter mudado de cidade continuou o mesmo…entrei em contato com eles por email e pedi uma conta pra deposito da divida, eles ficaram de me mandar e ate hoje …ja mandei varios email e eles nao me respondem mais..nao tenho como ir ate eles, a escola é em SP e eu estou em MG…gostaria de saber se nesse caso eles estao certos ou eu tenho como recorrer…O QUE DEVO FAZER? desde ja obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 18:50
    Enviado por: jose carlos

    ola achei na rua alguns cheques e gostaria de devolver como posso fazer isso os cheques nao tem tel. atraz e sao praças de diferentes.
    desde ja grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 19:04
    Enviado por: joselene dos santos jesus

    meu marido tem o cartao do idoso do bcsul ha 4 anos olimite dele era y e foi aumentado para x so que nao foi feito o pedido deste aumento vem sendo descontado automaticamente do contracheque dele e foi me informado que foi um emprestimo a qual nao foi pedido e tambem este valor nao entrou na conta dele sendo que no periodo que foi feito isto o governo bloqueo o saque em dinheiro pelo cartao do idoso que devo fazer pois ate contiunuam descontando do salario dele

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 20:09
    Enviado por: Rodrigo Lages

    Boa noite;

    Tive meu nome incluso no SPC / Serasa por algum tempo. Entrei em contato com a loja que possuia o debito e entramos num acordo, no qual quitei TODA minha divida. Entrando em contato com a mesma, ela informa que meu nome ja foi liberado da lista de devedores. O problema é que mesmo 5 meses depois de quitada a divida, não consigo fazer nenhum cartão de credito, em nenhuma loja. Sempre alegam que são regras “internas”. Queria saber o motivo disso acontecer. PS: Eu só tive problema com essa loja que ja quitei a divida que possuia.
    Deduzo que essas lojas agem como uma “mafia”, se interligando e vendo quem ja teve o nome sujo e com isso proibindo essas pessoas, mesmo que ja tenham o nome limpo de fazer novos cartões. Tem algo que eu posssa fazer para que isso acabe ?? Obrigado pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2011 - 20:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém tem a obrigação alguma de aceitar quem quer que seja como cliente. Cada empresa tem seus critérios para aceitar alguém ou conceder crédito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2011 - 20:38
    Enviado por: Cristiane

    O nome da minha mãe está no Cadin gostaria de saber se isso a impede de fazer um financiamento de veículo.

    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 20:20
    Enviado por: Débora

    Boa noite,

    Eu tinha uma conta num banco e a mesma foi fechada a dois anos atras e agora fui fazer um financiamento e apareceu três cheques fui ao banco e pedi a microfilmagem e não era minha assinatura, o que devo fazer? a quem devo procurar, pois não tem dados para contato com quem deu o cheque no banco, com valores altissimos.

    atenciosamente,

    Débora C Maia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 20:37
    Enviado por: Alex

    Boa noite tenho o nome sujo e queira fazer o fies, me informaram que existe uma liminar que obriga a instituição fazer meu financiamento vc saberia me dizer qual liminar e esta? Desde ja agradeço a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 23:38
    Enviado por: Valdemir

    Boa noite tenho divida com um banco ha mais de cinco anos
    fiz acordo e mesmo assim não consegui pagar gostaria de saber se o meu nome sai do spc e serasa porque ja faz mais de cinco anos do contrato da divida?

    Obrigado Boa noite

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/09/2011 - 10:53
    Enviado por: Maria

    Olá! TEnho 03 dividas de lojas de departamento, já fazem 10 anos, meu cpf não consta mais nos cadastros de Proteção ao Credito, compro normalmente, tenho conta em banco, tenho cartões de credito, mas agora vou pedir financiamento pela CEF, meu credito pode ser negado por essas dividas antigas, tem algum lugar que elas fiquem registradas e que a CEF tenha acesso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/09/2011 - 11:20
    Enviado por: João

    Bom dia!

    Gostaria de tirar uma dúvida. Tive uma empresa que fechou mas ficou com dívida em banco. Meu nome (pessoa física) está com restrição no mercado devido a esta dívida da empresa onde eu era proprietário. Isso pode acontecer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 16:42
    Enviado por: adriana

    tive uma divida com cartão visa e ibi mas já não esta mais no spc, porem ao pedir um emprestimo ao banco itau eles dizem que ha uma pendencia de 2004 em meu nome…como é que eles veem isso? eu então não poderei ter emprestimo em banco nenhum? fui verifica o credito do construshop do itau.
    grata pelo retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 17:20
    Enviado por: Mauricio Jardim

    Gostaria de saber se existe alguma empresa que negocia dividas com SPC/SERASA, para o cliente?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2011 - 20:33
    Enviado por: veronica marques

    oie
    fiz uma compra de mercadoria pra minha loja a mercadoria chegou, mas os boletos bancarios nao chegaram,e ontem chegou pra mim a carta de protesto tem alguma coisa que posso fazer a respeito disso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2011 - 22:06
    Enviado por: Marco Tulio Bretas

    A OI/WAY TV incluiu meu nome no Serasa por uma suposta dívida com serviço realizado em 2003. Já se passaram oito anos! É possível incluir uma anotação no Serasa tanto tempo depois? A Lei não fala em 5 anos para prescrição, contados a partir do vencimento?

    Também não me comunicaram com 10 dias, como diz a lei.

    E o pior, é que pediram 10 dias úteis para me encaminhar a fatura do suposto serviço pelo Correio.

    Com isso, perdi meu crédito no Banco e não conseguirei pagar minhas contas neste mês. Estou ligando para fornecedores e lojas pedindo para segurar cheques. Que situação!

    Cabe uma ação por danos morais, certo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/09/2011 - 00:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dependendo do caso é possível sim enviar o nome para o SPC, desde que isso não tenha acontecido antes pela mesma dívida. Se acha que a empresa cometeu alguma irregularidade – pelo que você escreveu não dá para determinar – procure o Procon e faça uma reclamação. Depois procure o Juizado Especial Cível e acione a empresa por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/09/2011 - 13:56
    Enviado por: Karen

    Olá tive meu nome negativado no SPC e serasa mas já quitei as dividas tenho uma divida de alguns cheques no banco central, e não consegui fazer um financiamento de um veiculo por conta disso…. a divida no bacen prescreve ou só se eu recuperar os cheques?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 15:13
    Enviado por: Anderson .Adri.

    Boa tarde, contraí uma divida referente ao cheque especial , peguei 50 reais sem saber que estava pegando , até ai tudo bem , paguei a dívida depositei 180 reais , mas o banco em menos de um mês fez minha dívida saltar para 600 reais , não quis negociar e deixei pra lá pq achei abuso , agora preciso limpar meu nome para um trabalho, só que isso já tem uns 2 ou 3 anos o que posso fazer ? Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 18:47
    Enviado por: sandra

    OI BOA NOITE
    TENHO UMA EMPRESA ABERTA ESSE MES DESCOBRI QUE ESTOU COM RESTRIÇÃO EU SEI O NOME DA EMPRESA A EMPRESA E DE CAMPINAS EU NÃO COMPREI NESTA EMPRESA O QUE EU FAÇO AONDE IR OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2011 - 21:08
    Enviado por: fagner

    OLÁ, BOA NOITE!

    POR FAVOR GOSTARIA DE SABER SE DIVIDA ESCOLAR PRESCREVE E SE SIM EM QUANTO TEMPO ISSO ACONTECE?

    OBRIGADA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2011 - 21:17
    Enviado por: CAROL

    BOA NOITE, EU TENHO UMA DUVIDA, EM 2008 EU ESTUDAVA EM UMA UNIVERSIDADE E PAREI O CURSO, POREM FICOU MENSALIDADES EM ATRASO, POREM MEU NUNCA TINHA SIDO NEGATIVADO, TENTEI COMPRAR UM VEICULO ESTE MES E FIQUEI SABENDO QUE EM MAIO DESTE ANO A INSTITUIÇÃO ENVIOU MEU NOME PARA OS ORGÃOS DE PROTEÇÃO AO CRÉDITO, POREM JA FAZ MAIS DE 3 ANOS, TEM ALGUMA COISA QUE POSSO FAZER PARA ELES RETIRAREM ESTA RESTRIÇÃO?
    OBRIGADA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2011 - 09:54
    Enviado por: Caroline Carvalho

    Por favor, pode me tirar uma dúvida?
    Eu posso conseguir o FIES com restrições em meu nome?
    São cheques perdidos e passados a anos atrás em outro Estado. Enfim, não importa, mas não consigo resgatá-los e não vou conseguir limpar meu nome.
    O fiador, meu marido,não tem restrições em seu nome e é militar de carreira do exército. O que eu imagino, seja mais uma garantia, pois ele não ficará desempregado.
    Então, tenho chances de conseguir o FIES?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2011 - 14:57
    Enviado por: Vanessa

    Boa Tarde
    Tenho restrição no meu nome e o meu marido está solicitando O FIES, ele está sem restrição e o fiador e a esposa do fiador também não tem restrição. Gostaria de saber se há algum problema em conseguir o Fies por causa da minha restrição….
    Obrigada!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2011 - 16:33
    Enviado por: Maria

    Boa Tarde!

    Uma amiga me pediu para ser fiadora dela no FIES e ela faleceu e não tenho conhecimento se ela estava ou não pagando o financiamento pois eu e minha família mudamos de estado logo após essa amiga ter ingressado na faculdade e com isso perdemos o contato com ela. Mas soubemos que ela faleceu recentemente o que devo fazer e a quem procurar para saber como fica minha situaçãoa, haja vista eu ser fiadora ou avalista dela (pois nem me lembro mais qual era a situação jurídica), só sei que assinei dois aditivos mais que nem com cópia do contrato eu fiquei. Grata ….aguardo retorno. Parabéns por essa iniciativa de tirar as dúvidas dos leigos como eu.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/09/2011 - 18:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entre em contato coma faculdade para levantar a situação financeira e, se houver débitos, procure a akjuda de um advogado para negociar o pagamento, se for o caso de pagar alguma coisa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/09/2011 - 08:37
    Enviado por: Sandra

    Bom Dia!Minha filha usou meus cartoes de credito e não pagou,agora posso abri um boletim de ocorrecia,para que eu possa processar minha filha para que ela pague estas dividas?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 14:15
    Enviado por: Elisete (Pato Branco-PR)

    Boa Tarde! Comprei em novembro/2010 online (site super conhecido) 01 cadeirão para alimentar criança e mais 02 produtos. Os 02 outros produtos me entregaram e ate hoje, quase 01 ano, nao recebi o cadeirão, tudo pago pelo cartão de credito. Tive que comprar outro cadeirão aqui na minha cidade, pois precisava. Então entrei com ação contra o site pra exigir meus direitos (devoluçao do valor e danos morais), pois inumeras vezes entrei em contato com o site e nada. Em maio/2011 o juiz deu perda pra mim, pois nao considera danos…pode isso? Ate agora nao recebi o dinheiro de volta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 20:15
    Enviado por: Sandra

    Bom Dia!Minha filha usou meus cartoes de credito e não pagou,agora posso abri um boletim de ocorrecia,para que eu possa processar minha filha para que ela pague estas dividas?mesmo sabendo que dei altorização para ela usar os cartões?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2011 - 11:42
    Enviado por: Rogério

    limpei meu nome, mas ainda tenho restrição de credito pelos bancos, dizem que fica no sistema, isso é legal? Como posso reclamar meus direitos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2011 - 13:18
    Enviado por: Maria

    Boa tarde!!

    Minha irmã em novembro do ano passado ela alugou sua casa pois ela estava trabalhando em outro estado, agora que ficou desempregada e precisa voltar para sua casa … notificou a inquilina (dia 06 de setembro) de que irá precisar voltar em Dezembro para sua da casa, uma vez que ela precisará voltar por estar desempregada e por sua filha que estava morando comigo(tia) por estar fazendo uma especialização, que agora chegou ao término que voltar. Acontece que ela recebeu a ligação de um advogado por parte da inquilina (as 20h) informando que a inquilina tem interesse em manter o contrato. O que fazer nesse caso, uma vez que minha irmã e muito menos minha sobrinha terão onde morar a partir de dezembro, caso a inquilina não entregue o imóvel? e conversando com minha irmã lembrei-a de que ela tinha a casa para usufruto…nesse caso o contrato firmado por ela sem o consentimento e autorização das filhas é válido?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/09/2011 - 16:39
    Enviado por: batista dias

    olha eu queria tirar uma dúvida eu fiz um consiguinado e o prefeito se recusou a assinar a autorização o tesoureiro assinou e eu fiz a do prefeito estava precisando muito queria saber o que pode acontecer comigo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 11:37
    Enviado por: Elisete (Pato Branco-PR)

    Boa Tarde! Comprei em novembro/2010 online (num site super conhecido) 01 cadeirão para alimentar criança e mais 02 produtos. Os 02 outros produtos me entregaram e ate hoje, quase 01 ano, nao recebi o cadeirão. Tive que comprar outro cadeirão aqui na minha cidade, pois precisava. Então entrei com ação contra o site pra exigir meus direitos (devoluçao do valor e danos morais), pois inumeras vezes entrei em contato com o site e nada. Em maio/2011 o juiz deu perda pra mim, pois nao considera danos…pode isso? Caberia danos morais, pela demora e transtornos? Ate agora nao recebi o dinheiro de volta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 13:49
    Enviado por: Maickel

    Boa tarde…
    Tenho 31 cheques devolvidos, mas paguei todos em mãos.
    Gostaria de saber se dentro dos meus direiros teria como a justiça fazer algum tipo de acordo com o bancopara que as taxas fosse paga parceladamente, pois o mesmo não faz acordo de pagamento. Quero pagar as taxas mas não tem como ser avista.
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 22:47
    Enviado por: marcia

    boa noite estava com o nome sujo com cartoes de lojas e o ibi se passaram 5 anos e meu nome limpou automaticamente posso abrir conta em banco ou fica restrições de banco. e posso financiar um carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 22:49
    Enviado por: marcia

    quero abrir uma empresa posso solicitar cartões de credito no nome da empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2011 - 18:25
    Enviado por: Jefferson

    se a loja faz uma venda parcelada para alguem que ja tem restriçao de credito registrada no spc essa mesma empresa tem direito em posteriormente estar protestando titulos, duplicatas, promisorias?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2011 - 00:02
    Enviado por: miguel

    boa noite. eu tive um problema com administradora de cartões. é o seguinte: fiz uma compra no mes de julho/2011 e a fatura não veio para minha casa e, com isso, acabei esquecendo dela. como não veio, em agosto, ela chegou om juros e mora muito elevados, na ordem de 15 a 17%, mas já chegou atrasa, então, resolvi esperar para o outro mês, ou seja, mesmo sabendo que estava errado, eu fiz isso, atrasei dois meses. então, gostaria de saber se por dois meses de atraso a empresa pode colocar o nome do cliente nos sistemas de restrição do SPC ou serasa? pq foi o que houve comigo. colocaram no sistema e cancelaram meu cartão, detalhe, nem me comunicaram de nada. nao recebi nenhuma carta… nada… gostaria de manter contato, se caso eu tiver algum direito. estou disposto a ir longe com isso. atenciosamente, agradeço. miguel arcanjo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2011 - 13:30
    Enviado por: luana

    emprestei meu nome e cpf para um amigo fazer um financiamento de um carro pois ele tem o nomo no spc e serasa
    e agora ele nao esta pagando o financiamento e chegou uma carta do serasa dizendo que tenho que pagar 852R$ em 10 dias
    eu tenho como desfazer esse financiamento mesmo o carro estando com meu amigo? ” amigo nao” inimigo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2011 - 12:01
    Enviado por: luis

    Olá meu nome é luis carlos. Tive, a 7 meses atrás meu carro apreendido pelo banco Santander por ter atrasado 5 parcelas. Entrei em contato com o banco para negociar o valor mas eles não aceitam negociaçam. Por isso entrei na justiça pois eles não ceitam que eu pague o valor do veiculo. Já liguei pra lá para fazerr entrega amigavel, mas nem assim eles aceitam. O carro foi apreendido, a ação não está conclusa, o banco não pode nem vender e nem leiloar o veiculo, mas mesmo assim eles colocaram meu nome no SERASA. E agora, que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/10/2011 - 19:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Esperar a conclusão do processo judicial. O banco pode sujar o seu nome porque há inadimplência. Para limpar, ou paga a dívida ou espera cinco anos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/10/2011 - 21:06
    Enviado por: carla de souza

    bem fui usada de laranja pelo meu irmao numa empresa e essa empresa faliu e sou tecnica de segurança do trabalho e agora nao consigo me empregar o ministerio do trabalho colocou restriçao no meu numero por causa de varias causas trabalhistas.
    e agora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2011 - 22:46
    Enviado por: Alexsandra

    Boa Noite! Trabalho em uma empresa privada,na qual fiz um emprestimo consignado,vinha sendo descontado normalmente na folha de pagamento.Precisei me afastar da empresa por de doença psicologica ou seja (depressão), 2 meses e meio após afastamento resolvi ligar pra saber como estava minhas contas ou seja se a empresa estava repassando os pagamentos.Pois estou de beneficio(INSS),quando liguei para operadora do emprestimo que fiz tive a surpresa me informaram que estava 3meses em aberto,fiquei assustada,pois nem a empresa na qual trabalho e a operadora me informaram o procedimento a tomar e agora ligam todos os dias me ameaçando com taxas e se nao pagar todas as parcelas juntas me colocará no SPC.
    Além de estar afastada por assedios morais, pressões e perseguições a qual me propocionou, agora a operadora faz o mesmo.
    Por favor que fazer?
    Agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/10/2011 - 19:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você pode fazer uma queixa no procon e exigir a reparação, ou procurar um advogado e entrar na Justiça por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/10/2011 - 03:56
    Enviado por: MARCOS VINICIUS GATTI

    Ola. Gostaria de saber se a SERASA ou BACEN, pode emitir relatorio contendo dividas PRESCRITAS a mais de 05 anos? Por exemplo:-Estou fazendo um financiamento pela CAIXA, e a CAIXA utiliza vamos chamar de “RELATORIO COMPLETO” da SERASA, e nesse relatorio, conter as minhas dividas PRESCRITAS, o que por lei, mais de cinco anos, não podem prejudicar meu acesso ao credito nem a fornecedores. Existe mesmo essa possibilidade de emitir um relatorio com minhas dividas PRESCRITAS? Caso haja, É LEGAL ISSO? No aguardo e muito obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/10/2011 - 19:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que isso é ilegal. Se você obtiver uma cópia do relatório ou conseguir provar sua existência e que foi usado para lhe negar crédito, é possível processar o banco e pedir indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/10/2011 - 00:12
    Enviado por: Reinaldo Guilherme

    Tenho uma ação Moratoria de cheque não pago ha mais de dez anos e o processo ainda não se encerrou, posso fazer um financiamento imobiliario?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2011 - 03:05
    Enviado por: Wided

    Olá. Dr. Meu nome fez parte de uma empresa no contrato social. Pois, eu assinava por ela. Mais hoje não pertenço mais à ela e estou com problema no SERASA. Apresentei contrato social de alteração da minha retirada à instituição e mesmo assim esta constando. Dr. Preciso trabalhar e não posso, preciso pagar o que devo, mais além de não arrumar emprego, fico em uma situação difícil. Sem emprego, com nome sujo, não tenho condições de trabalhar, pois ninguém aceita. O que devo fazer?
    Grata,
    Wided

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2011 - 04:34
    Enviado por: Marcos

    Estou desesperado, eu fiz o FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (fies) em 2007 e no 1° semestre de 2010 eu me Graduei porem ate a presente data não conseguir nada, absolutamente nada na área que me graduei e esta semana em plena greve dos correios e banco recebi uma ligação da Caixa Econômica Federal perguntando o se eu não iria pagar minha divida e se tinha conhecimento que ela tinha vencido na data 19 de setembro do corrente ano, informei que não primeiro porque não tinha recebido nada referente a cobrança, eles me mandaram eu ir ate o Banco imprimir uma 2° via porem eu falei a eles que como poderiam falar isso se eles próprios estão em greve, falaram que o meu nome iria para o SPC e SERASA tanto o meu como do meu fiador, o que eu devo fazer porque ate a 3 meses eu tava pagando o valor que vinha de amortização R$ 50,00, e de repente recebo uma ligação falando que eu tenho que pagar o valor de R$600,00, gostaria da ajuda de vocês quanto ao mesmo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2011 - 22:54
    Enviado por: Francisco Geraldo

    Ja estou com nome no serasa a mais de 5 anos e ainda não saiu o que devo fazer pra sair?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2011 - 14:58
    Enviado por: Fabiana Oliveira

    Ola, tenho uma dúvida, meu marido esta dando entrada em um financiamento na caixa para construirmos, o nome dele esta limpo e é somente com a renda dele que pediremos o mesmo, ja que eu não trabalho mais, porem meu nome esta sujo devido a um emprestimo bancario que não pude pagar. A caixa poderá negar o financiamento por minha causa ja que somos casados, apesar de não entrar com renda nenhuma??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2011 - 18:24
    Enviado por: Edizio Junior

    Estou com o meu nome pessoa fisica no spc, serasa e ccf vou ter problema se eu for tesoureiro de uma associação ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2011 - 13:25
    Enviado por: gesica

    ola! queria tirar uma duvida,uando um cliente faz um reparcelamento com alguma empresa para tirar o nome do spc,quanto tempo maximo apos a primeira parcela paga, a empresa tem que tirar o nome do spc do cliente? se não tirar o que fazer ou que tipo de adogado procurar para essa causa??
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2011 - 15:28
    Enviado por: Saionara

    Olá, gostaria de saber se pode ser protestado cartão de credito e se caso for , a justiça pode tomar algum bem (casa,carro, etc) como pagamento da divida ?
    Meu nome foi incluído no Spc com um valor X, no entanto 3 dias após ter recebido a comunicação que meu nome estava no SPC ,ligaram da empresa do cartão de crédito e me informaram que minha divida é 3 x o valor do que estar no SPC , isso estar certo ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/10/2011 - 18:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode tomar bens sim. Não fazemos cálculos, por isso procure saber exatamente o valor da dívida para subemetê-la a um advogado ou a um contador antes de tomar providências.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/10/2011 - 08:50
    Enviado por: luci

    oi.. tenho uma divida com um banco a mais de 7 anos, foi para o spc e seraza, a divida não consta mais
    posso abrir conta em outro banco e perdir cartão de credito e talão de cheque. será que vou ser impedida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2011 - 12:48
    Enviado por: Fabio

    Tenho uma pergunta.
    quero fazer o fies,estou com meu nome limpo,mais tenho um problema,tenho uma divida com a caixa econômica,será que consigo fazer o fies.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2011 - 14:09
    Enviado por: Daniella Flávia

    financiei um carro este ano em maio, sou corretora de imóveis e devido a atraso do pagamento neste mês, atrasei a prestação. e não tenho data certa pra receber, então decidi devolver o carro, só que ainda não busquei o carro pelo fato de estar tirando carteira. A única solução que eles me deram é transferir o financiamento para outra pessoa ou esperar para eles tomarem o carro, sendo que eles tomando o carro meu nome será negativado assim eles disseram. Mesmo eu devolvendo o carro meu nome pode ficar negativado mesmo?
    O que posso fazer. a prestação vence no dia 10 então já são duas atrasadas. O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/10/2011 - 17:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode sim, a empresa informou corretamente. Não há o que fazer. OU paga ou perde o carro, ficando ainda com muitgas dívidas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/10/2011 - 17:34
    Enviado por: daniela

    boa tarde. tenho um carro fianciado pela bv financeira, so que os juros estavao alto demais entrei com processo contra a financiadora,ai eles me ligaram e disseram que meu nome nunca mas saira do SPC e SERASA, e que nunca mas financiarei nada no meu nome, por favor isso e verdade gostaria que me respondesse pq estou preocupada , com tantas coisas que me falaram.estou pagando em juizo.obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2011 - 22:24
    Enviado por: bete

    estou em aviso previo ate dia 15/10, entro na nova lei?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2011 - 19:52
    Enviado por: tiago lemos

    ola
    Eu tinha uma divida na caixa e veio um boleto com um valor bem abaixo do que o devido ofertado pro uma empresa de cobrança vinculada a caixa, eu paguei o valor agora gostaria de saber se consigo financiamento para construção de uma casa?
    att.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2011 - 21:20
    Enviado por: marta

    boa noite a minha duvida é que minha mae tinha cartoes de credito e como nao conseguiu pagar com certeza o nome vai pra protesto a pduvida é eu como adicional tbem vou pro cerasa?grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 00:38
    Enviado por: ROBSON

    Bom dia! Em fev/99 eu fui assaltado, fiz o b.o., mas com os meus documentos fizeram uma compra, no mesmo mês, que só fiquei sabendo mais tarde. Na época fiz todos os procedimentos que me pediram comprovando que não fui eu quem tinha feito a compra, fiz até microfilmagem e verificaram que não se tratava da minha assinatura. Bom , no mês de setembro/2011 fui ser fiador da minha tia na compra de um carro e por minha surpresa meu nome constava com restrição no SERASA, procurei saber do que se tratava, paguei pela certidão no 3º ofício, era justamente a dívida na loja que compraram à 12 anos atrás, só que quem me protestou fui uma empresa dizendo que a loja colocou a minha dívida para frente e que a tal loja não passou nada para eles que eu tinha resolvido. E agora, como proceder? cabe danos morais?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 20:47
    Enviado por: Fabiola

    tenho restriçoes no me nome de solteira. Agora estou casada e meu marido quer vender o apartamento e comprar uma casa, tudo no nome dele, pois nao tenho renda, ele tera algum tipo de problema por eu ter tais restricoes?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2011 - 11:56
    Enviado por: Luciana

    Meu nome foi limpo no SPC pois caducou este mes… consigo fazer um financiamento na caixa para aquisição da casa prorpia. lembando que os debitos são no banco Santander e Bradesco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2011 - 11:09
    Enviado por: PAULA

    BOM DIA, ESTOU COM O NOME SUJO HA 4 ANOS, MAS MESMO COM O NOME SUJO, TINHA UM CARTAO DE CREDITO VISA BANCO DO BRASIL, QUE USAVA NORMALMENTE, SEMPRE PAGANDO A FATURA,ELES COBRANDO ANUIDADE, AGORA ELES BLOQUEARAM ESSE CARTAO. MINHA DUVIDA, ELES PODEM FAZER ISSO, MESMO JA SE PASSANDO 4 ANOS COM O NOME SUJO, OU POSSO RECORRER A ALGO.
    DESDE JA AGRADECO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2011 - 20:34
    Enviado por: marciel

    paguei antecipadamente um cheque no banco que fiz um emprestimo mais eles nao deram baixa e meu nome ficou sujo por causa desse cheque pois caiu na minha conta e voltou posso pedir alguma indenizacao pois paguei antecipado e mesmo assim depositaram na minha conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2011 - 17:22
    Enviado por: Anielton ferreira dias

    olá.eu fiz uma compra nas casas bahia parcelada com o vencimento todo dia 08, o problema e que recebo ne minha empresa em cheque mas ta todos os bancos de greve porisso nao consegui trocar meu cheque, agora vou ter que esperar ate dia 20, eu corro risco de ir pro SPC com 12 dias de atraso ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 01:02
    Enviado por: Dorival

    Olá, estou desempregado a 2 meses, e fui fazer um processo seletivo em uma empresa terceirizado em um aeroporto, la preenchi alguns formularios e uma ficha de inscrição em um curso, no valor de 300 reais (este curso eles alegaram que era obrigatório para ser efetivado).
    Como tenho mulher e filha pequena, na qual tenho que pagar colégio, alimentação, entre outros gastos, desisti da vaga, pois tenho compromissos importantes com pessoas que dependem de mim, como tinha alguns que documentos meus que estavam faltando, como histórico escolar e foto 3×4, eles me ligaram, e eu pedi para não fazer minha escrição pois havia desistido, que não tinha dinheiro para realizar o curso, agora apos 30 dias, chegou em minha casa uma carta do cartorio de protestos, o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 10:59
    Enviado por: Luciana Dutra

    Tenho uma Dúvida e preocupação, tenho um pequeno Estudio onde eu e meu marido somos sócios, temos um cliente que solicitou que trocássemos em uma empresa de factoring DUPLICATAS no nome da empresa dele e ele pagava, fizemos isso e ele sempre pagava, mais nesse mês de outubro ele não pagou as duplicatas que haviamos trocado, a empresa de factoring nos informou que nosso cliente nãos havia pago as duplicatas e eia mandar a empresa dele para protesto, avisamos o cliente que informou não ter o dinheiro para os pagamentos no momento.
    Então a empresa de factoring falou que ia mandar meu nome e do meu marido para o SPC e da minha empresa, caso o cliente não pague tudo que deve. Ainda hoje 19/10/2011 a empresa de factotring me enviou um email avisando que pior ainda, eu tenho que entrar em contado com eles para ver como resolver isso porque eles não podem esperar o meu cliente pagar.
    Gostaria de saber se pode isso, quem deve é outra pessoa e agora além de ter meu nome, do meu marido e da minha empresa negativado, ainda vou ter que arcar com um dinheiro que estou muito longe de ter.
    Grata desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2011 - 10:00
    Enviado por: Luciana

    gostaria de saber o seguinte, eu e meu marido tinhamos uma divida no santander, nos deram desconto para pagamento dessa divida e agora que precisamos renovar o limite do cheque especial estão falando que temos que pagar a diferença do desconto que nos deram… Isso é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2011 - 13:09
    Enviado por: Edilene Brito

    Por não pagar 11 (onze) títulos os mesmos foram protestados. O credor solicitou uma negociação com cheques, e eu aceitei. Daí foram emitidos 11 (onze) cheques. Agora faltam pagar apenas 2 (dois) em novembro e outro em dezembro. Mês passado solicitei do credor as cartas de anuência de 08 (oito) títulos DOS QUAIS EU JÁ FAZIA JUS (pois os oito primeiros cheques já foram compensados). O credor me informou que tais cartas serão enviadas mediante a compensação do último cheque. Ele pode fazer isso? Se não, qual lei pode me orientar? De que forma posso recorrer junto ao credor para não ter que entrar na justiça? Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2011 - 10:17
    Enviado por: Reinaldo Campos

    Por ter uma divida com a sorocred entrei em contato com a Chefaly e parcelei a divida em seis vezes,ao perguntar se meu nome seria retirado do serasa,fui informado que só depois de pagar 50% do valor.Parcelei então em 2x,paguei a parcela dia 12 de setembro e 40 dias depois meu nome continua no serasa.O que posso fazer?Sera que cabe um pedido de indenização neste caso.A segunda parcela não vou pagar até que isso seja resolvido.Estou certo ou errado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2011 - 12:36
    Enviado por: RAFAEL SILVA

    HA ALGUM TEMPO TEMPO ATRAS ADQUIRI UMAS DIVIDAS JUNTO AO BANCO BRADESCO, DEMOREI MAIS QUITEI TDAS.SO QUE AGORA TENTO PEGAR UM OUTRO CARTAO, TANTO COM ELES TANTO COM OUTROS BANCOS , E OBTENHO A RESPOSTA QUE MEU NOME TEM IMPEDIMENTO, GOSTARIA DE SABER SE É LEGAL ELES FAZEREM ISSO, SE FOR QNTO TEMPO DEMORA ´PRA SAIR
    OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/10/2011 - 19:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, é legal, ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como clientes, mas você tem direito de saber mais detalhes sobre tal “impedimento”.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/10/2011 - 15:31
    Enviado por: katiára Araujo

    Olá meu nome esta sujo a aproximadamente quatro anos e agora vou casar . Gostaria de saber se posso ter problemas para marcar no forúm o casamento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 12:55
    Enviado por: ROBERTA

    Boa tarde!

    Dr., me vinculei ao fies em 2004 no terceiro semestre de faculdade, paguei as parcelas e juros até janeiro de 2010, quando passamos por dificuldades financeira na família e eu atrazei a dívida, fui tentar renegociar em janeiro de 2011, mas a CEF só aceitava a renegociação se eu indicasse o fiador. Hoje estou com processo em execução, não possuo bens, e meu pedido na defensoria publica ficou indefirido pela renda familiar ultrapassar o limite exigido por eles. Gostaria de saber se isso pode prejudicar meus familiares?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 12:58
    Enviado por: ROBERTA

    Ah, ganho R$ 800,00 por mês e eles querem que eu pague 14.000 imediatamente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 13:04
    Enviado por: ROBERTA

    Pode me dar alguma orientação sobre o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/10/2011 - 18:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há o que fazer. Ou renegocia, com ajuda de um advogado – e o banco não tem orbigação de renegociar – ou não há o que fazer.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/10/2011 - 13:08
    Enviado por: ROBERTA

    Agradeço a atenção e ajuda, desculpas por ter escrito em vários tópicos. Recebi a oficial de justiça em casa hoje.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 15:35
    Enviado por: carmen

    tenho uma divida de cheque a mais de 5 anos, ja consultei spc, serassa e cpf e nada consta. Porem não consigo abrir credito por cartão e a empresa me disse que é problema no cpf, não podendo dar maiores esclarecimentos. consultei receita federal e nada consta. Como devo proceder? Podem fazer isto? Ha alguma medida legal a ser tomada?

    Obrigada.

    Att:

    Carmen.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2011 - 01:58
    Enviado por: mario

    Bom dia tenho umua divida com o santander e o mesmo vendeu minha divida para um escritorio de cobrança ,que agora estão me ameaçando a entrar na justiça para penhorar parte de meu salario a divida e de 2008 quero pagar mais esse escritorio trplicou a divida quero saber como proceder por que as condiçoes e valores são exorbitantes e dessa forma não tenho condiçoes de pagar e eles nao querem fazer um acordo para q possa pagar a quem devo recorrer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2011 - 18:36
    Enviado por: Poliana cardoso

    eu gostaria de saber se meu nome estiver limpo e do meu esposo sujo..meu credito fica rettido por o nome dele está sujo e sermos casados com comunhão de bens..e ter uma união estavel..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2011 - 20:11
    Enviado por: sabrina de farias

    reparcelei uma divida de banco e já paguei o dobro do débito,
    e fiz proposta de quitações e não aceitaram .
    continuo com nome negativo e com restrições e eles começaram a ligar e enviar correspondêcias juduciais .o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2011 - 13:40
    Enviado por: alana

    Gostaria de saber o seguinte meu esposo quer finaciar uma casa pela caixa o nome dele estar limpo na praça so que o meu ta no spc por 2 lojas mais negorciei a divida mais continua no spc por meu nome ta no spc vai atrapalhar o cretido ser aprovado???? sendo que ele vai da o fundo de garatia de entrada no valor de 25,000 mil

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/10/2011 - 17:19
    Enviado por: ALMIR GONÇALVES

    OLA ,NA MINHA CIDADE TEM UM PEQUENO OU ATÉ MSMO UM ENORME PROBLEMA .O PREFEITO ALEGOU HJ QUE NÃO IRA PAGAR OS FUNCIONARIOS DA PREFEITURA DA CIDADE ONDE MORO.
    POIS ELE PAGAVA SEMPRE NOS DIAS 30 DE CADA MÊS .
    O MOTIVO É O SEGUINTE QUEM COMANDA A CAMARA DE VEREADORES SÃO OPSIÇÃO
    AI NÃO ACINARAM UMA VERBA QUE VEIO PARA A CAMARA ,PARA QUE PODESSEM DOAR ALGUMAS PORCENTAGENS PARA A PREFEITURA
    AI FOI ONDE LE ALEGOU ISTO
    ,MAS A PERGUNTA QUE FAÇO
    NOS COMO FUNCIONARIOS PUBLICOS E EFETIVOS JA NÃO VEM NOSSA VERBA SEPARADA ,TODOS OS MESES?ENFIM NOSSO SALARIO JA VEM TODO MES ?
    PORQUE ACHO EU QUE ELE DESVIOU NOSSO SALARIO E AGORA ESTA PASSANDO APERTO PARA NOS PAGAR
    AI GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUMA LEI QUE NOS COBRE PARA RECEBERMOS O MAIS RAPIDO POSSIVEL?
    ,POIS TEMOS CONTAS A PAGAR ,
    DFESDE JA AGRADEÇO ,SE PUDER ME RESPONDER ,ESTOU MUITO ASSUSTADO COM ISSO TUDO ,POIS NUNCA PASSEI POR ISSO ,ABRAÇOS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2011 - 14:47
    Enviado por: Edilene Brito

    Boa tarde,

    Tenho 04(quatro) títulos protestados de um mesmo credor. Negociei o valor dos títulos mais as custas de cartório e o credor emitiu um boleto bancário para o primeiro pagamento. Após efetuado o primeiro pagamento via boleto bancário em 21/10 eles já enviaram o segundo boleto com vencimento para 21/11. Desejo saber se com a geração desses novos títulos (boletos) os anteriores que estão protestados deixam de existir e se já tenho direito às cartas anuências dos referidos títulos.

    Grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2011 - 11:21
    Enviado por: Edilene Brito

    Muito obrigada pelas dicas. Elas serviram muito na resolução dos problemas que eu estava enfrentando.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2011 - 18:25
    Enviado por: wendersonn

    Olá, tenho uma conta vencida a 19 dias e a empresa ja mandou a carta avisando que incluiu meu nome no SPC. Isso é correto apenas com 19 dias?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2011 - 20:46
    Enviado por: Juliano

    Olá,

    a 6 anos atrás por ficar desempregado acabei se individando em dois cartões de creditos.Tentei negociar algumas vezes com as instituições porém os juros era absurdos e não consegui entrar em um acordo. Bem, a divida “caducou” e meu nome foi retirado do SPC e SERASA, porém quando tento fazer um financiamento, as financiadoras alegam “restrição interna”sem esclarecer nada. Isso é correto? nunca mais vou conseguir crédito? o que posso fazer para resolver essa situação?

    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/10/2011 - 20:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. Ou você prova que existe um cadastro clandestino, ou não há o que fazer. Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 27/10/2011 - 21:18
      Enviado por: Juliano

      ok, obrigado pelo esclarecimento.Somente uma dúvida, se a minha esposa tentar um financiamento em seu nome, ele poderá ser “recusado” devido a minha situação?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/10/2011 - 04:23
    Enviado por: franciscorabelo

    e verdade se eu tiver um financiamento no meu nome nao consigo pegar o fies pra faculdade.
    ele e negado por eu ter um emprestimo ou financiamento de carro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 15:25
    Enviado por: Mara Solange

    Recentemente meu filh, dezoito anos, ganhou uma bolsa do prouni de 50%,ele efetuou a matricula fazendo o 1º pagamento e o restante do semestre foi feito o carnê para pagamento mensal, porém ele deu entrada no Fies, enquanto isso venceu o segundo mês, ele foi efetuar o pagamento na própria faculdade, o qual ele foi informado de que uma vez que ele já havia dado entrada no Fies não havia necessidade de efetuar o pagamento, e na semana seguinte a tesouraria da faculdade devolveu o valor do primeiro pagamento, havia sido liberado o Fies. No entanto, na semana passada ele recebe uma notificação de Títulos em protesto referente ao não pagamento do mês 8/11 , (exatamente o mês que ele havia procurado fazer o segundo pagamento e que recebeu o valor referente ao primeiro), neste caso que entra com a ação de protesto é o Banco Bradesco, agência onde ele faria os posteriores pagamentos.
    E ai, ele tem alguma reclamação a fazer? Junto a quem?

    Aguardo resposta em breve,
    Agradece

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 16:16
    Enviado por: Nicole

    Boa Tarde.
    Bom, fiquei com uma pendência na Embratel, após uma negociação fiz um acordo e paguei com desconto o valor total da dívida, que foi enviada por boleto bancário. Depois de um mês do pagamento, recebi uma carta da Embratel, informando sobre uma pendência; Entrei em contato e fui informada, que seria um erro e que realmente o pagamento havia sido efetuado.
    No dia seguinte, fui fazer um cartão de uma loja de roupas e meu nome estava no Serasa. Entrei em contato novamente na Embratel e a atendente confirmou que não haviam pendências e que o nome tinha sido enviado ao Serasa, porém já retirado.
    Hoje (após dois dias), puxei meu nome no Serasa e lá está, pela Embratel. Entei em contato com a Embratel, porém não fui atendida e acabei registrando uma reclamação na Anatel.
    Acabei de fazer inscrição para umas casas da CDHU onde é feito uma analise do CPF e na loja mesmo onde tentei comprar, só posso tentar o cadastro, daqui 30 dias.
    Gostaria de saber, quais são meus direitos, como devo proceder e o que preciso apresentar de documentação, para tomar as providências legais.
    Muito obrigada pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 19:14
    Enviado por: Ricardo

    Boa noite.
    Tenho uma dívida com o BB cobrada pela Ativos SA. Estão oferecendo o desconto para quitação, mas temo que caso aceite o desconto meu nome permaneça no CADIN e eu ainda não consiga crédito novamente em outros bancos públicos, como a Caixa.
    Acho que pagar a dívida com desconto vai resolver meu crédito no comércio, mas não junto aos Bancos, como para conseguir um empréstimo imobiliário, por exemplo. Será que é isso mesmo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/11/2011 - 12:10
      Enviado por: ROBSON

      Tenho algumas dívidas com bancos há mais de 05 anos, e já foram excluídas do SPC e SERASA, algumas foram quitadas e outras não, gostaria de saber se essas que não foram quitadas podem atrapalhar um fincanciamento imobiliário em um banco que nunca tive dívidas?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/11/2011 - 01:26
    Enviado por: Leandro

    Boa Noite!

    Tenho uma dívida como BB(CDC) na qual não consigo resolver e devido ao valor com os juros sobre juros da um montante de R$16.000, valor este não assistido pelo procon.O contrato inicial (antes dos juros) havia sido estipulado em 36 parcelas de R$ 465,15.

    A minha dúvida é a seguinte: Esse foi o terceiro empréstimo efetuado junto ao BB (sendo os dois anteriores pagos sem problema)… um mês após a contratação deste ultimo empréstimo fui dispensado desta empresa e após efetuar o pagamento da quarta parcela(no prazo) fui obrigado a parar de efetuar o pagamento das posteriores… bom essa atitude de não pagar durou apenas 2 meses pois retornei ao mercado de trabalho logo após. Ao procurar o BB para efetuar o pagamento das parcelas em atraso e subsequentemente as demais, fui informado de que não poderia efetuar tal procedimento e que eu deveria a partir de agora efetuar o pagamento integral do contrato. Por não entender muito do processo me prontifiquei em efetuar o pagamento integral, porem solicitei ao BB que efetuasse o recalculo da dívida, visto que estaria quitando o contrato com 2 anos 1/2 de antecedência. O atendente do BB me informou que não existiria tal abatimento e que o valor total era aquele que haviam me informado. Apesar da minha não habilidade em contratos bancários, jamais efetuaria tal quitação sem obtenção dos abatimentos dos juros referentes aos meses não utilizados.

    .. bom, entre idas e vindas ao BB, recebimento de telefonemas de cobradores e etc, hoje me encontro prejudicado por esta dividida; devido a estar novamente desempregado e com o nome cadastrado no SPC ja perdi várias oportunidade boas de retornar ao mercado de trabalho.

    Obs.: Fui instruído recentemente por um amigo da faculdade que por coincidência trabalha no BB de que o procedimento do BB foi totalmente errôneo(ele me informou que através de um procedimento interno do BB eu poderia quitar os valores em atraso e continuar a pagar os valores a vencer).

    Gostaria de saber qual atitude tomar neste caso e se apesar de estar errado por atrasar os pagamentos, se posso processar o BB pelos transtornos que me foram causados devido a má instrução inicial – Obs.: possuo com data e hora o extrato da divida impresso em papel – oferecido pelo próprio BB quando ao procura-lo pela primeira vez recebi as instruções mencionadas anteriormente.

    obrigado pela atenção e desculpe-me pelo excesso de detalhes na pergunta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/11/2011 - 20:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que o banco tem razão. Leia o contrato ou procure um advogado e veja se é possícvel fazer alguma coisa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/11/2011 - 12:03
    Enviado por: Leandrp

    Boa Noite!
    Tenho uma dívida como BB(CDC) na qual não consigo resolver e devido ao valor com os juros sobre juros da um montante de R$16.000, valor este não assistido pelo procon.O contrato inicial (antes dos juros) havia sido estipulado em 36 parcelas de R$ 465,15.
    A minha dúvida é a seguinte: Esse foi o terceiro empréstimo efetuado junto ao BB (sendo os dois anteriores pagos sem problema)… um mês após a contratação deste ultimo empréstimo fui dispensado desta empresa e após efetuar o pagamento da quarta parcela(no prazo) fui obrigado a parar de efetuar o pagamento das posteriores… bom essa atitude de não pagar durou apenas 2 meses pois retornei ao mercado de trabalho logo após. Ao procurar o BB para efetuar o pagamento das parcelas em atraso e subsequentemente as demais, fui informado de que não poderia efetuar tal procedimento e que eu deveria a partir de agora efetuar o pagamento integral do contrato. Por não entender muito do processo me prontifiquei em efetuar o pagamento integral, porem solicitei ao BB que efetuasse o recalculo da dívida, visto que estaria quitando o contrato com 2 anos 1/2 de antecedência. O atendente do BB me informou que não existiria tal abatimento e que o valor total era aquele que haviam me informado. Apesar da minha não habilidade em contratos bancários, jamais efetuaria tal quitação sem obtenção dos abatimentos dos juros referentes aos meses não utilizados.

    .. bom, entre idas e vindas ao BB, recebimento de telefonemas de cobradores e etc, hoje me encontro prejudicado por esta dividida; devido a estar novamente desempregado e com o nome cadastrado no SPC ja perdi várias oportunidade boas de retornar ao mercado de trabalho.

    Obs.: Fui instruído recentemente por um amigo da faculdade que por coincidência trabalha no BB de que o procedimento do BB foi totalmente errôneo(ele me informou que através de um procedimento interno do BB eu poderia quitar os valores em atraso e continuar a pagar os valores a vencer).

    Gostaria de saber qual atitude tomar neste caso e se apesar de estar errado por atrasar os pagamentos, se posso processar o BB pelos transtornos que me foram causados devido a má instrução inicial – Obs.: possuo com data e hora o extrato da divida impresso em papel – oferecido pelo próprio BB quando ao procura-lo pela primeira vez recebi as instruções mencionadas anteriormente.

    obrigado pela atenção e desculpe-me pelo excesso de detalhes na pergunta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/11/2011 - 17:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O melhor a fazer é procurar um advogado é verificar se é o caso de ir à Justiça. Em nossa opinião não é, mas não custa procurar outra opinião.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/11/2011 - 13:28
    Enviado por: Adriana

    Sou casada sob o regime de separação de bens. Queremos comprar nossa casa própria, mas meu marido tem restrição no seu nome e pra nós é impossível limpá-lo. É possível conseguir algum financiamento da casa própria somente no meu nome, ou teremos que nos divorciar pra podermos comprar a casa financiada?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2011 - 16:02
    Enviado por: jaqueline

    Boa tarde! há algum tempo atrás, tive um problema com cheques no Banco do Brasil e3 meu nome foi para o SPC Serasa. No entanto, a dívida caducou, regularizei o que consegui e hoje, nada consta nos registros do SPC/SERASA.
    Seria possível conseguir um financiamento junto ao Banco do Brasil?
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2011 - 08:43
    Enviado por: Anne

    Olá, fiz um consorcio de um carro dei um lance e fui sorteada, já paguei mais da metade do valor da carta.contudo nao pude pegar a carta pois tinha restrição no meu nome, fui no forum e não constava nada , nem no meu nome, nem no nome da minha empresa, nenhum protesto, nada. solicitei novamente a carta e mais uma vez me foi negado. fiquei sabendo no entanto que minha carta nao sai pois meu nome estava no refin. atualmente nao tenho nenhuma divida nao quitada, gostaria de saber o que posso fazer diante dessa situação.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/11/2011 - 17:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. Ninguém é obrigado é aceitar quem qyer que seja como cliente. Se conseguir provar que existe um cadastro clandestino de ex-devedores, por ir à Justiça por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/11/2011 - 18:29
    Enviado por: Renato

    Boa noite.
    Tenho meu nome inserido no Serasa. Gostaria de saber se isso me impede de comprar uma cota de um clube à vista e pagar os condomínios mensalmente.
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/11/2011 - 15:46
    Enviado por: Paulo

    Olá, gostaria de uma ajuda, recentemente a prefeitura onde trabalho, fechou convenio com a caixa economica federal para emprestimos consignado com desconto em folha de pagamento sem consulta ao spc e serasa. Então, minha margem consignável é de R$ 800,00 reais, o que segundo a simulação daria para pegar R$ 32,000,00, só que eu tinha o fies e para quitar,o valor daria em torno de R$ 6,000,00 reais, mas para o meu espanto mesmo autorizando a quitação do valor do FIES, a caixa não aprovou meu empréstimo,sinceramente não entendi o porque , pois ao meu ver a caixa sairia ganhando com esta quitação, mas simplesmente a caixa não me respode o porque disso tudo, gostaria de ajuda ne saber se posso requisitar a ajuda de um Advogado na questão. Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 12:24
    Enviado por: rosania

    boa tarde!goostaria de saber se eu ñ conseguir pagar um emprestimo que fiz no meu cartão os meus outro cartoes serão canselados tbm,seno que sempre paguei eles adiantado.muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 12:39
    Enviado por: SONIA

    ESTOU COM MEU NOME NEGATIVADO NO CERASA COM CARTÕES DE CRÉDITO…PROBLEMAS SÉRIOS DE SAÚDE ME IMPEDIRAM DE SEGUIR EM FRENTE COM MEU TRABALHO POR CONTA PRÓPRIA.—MEU MARIDO É REGISTRADO NUMA FIRMA HÁ MUITOS ANOS…CONSEGUIRÍAMOS FINANCIAR UMA CASA NA CAIXA ECONÔMICA COM MEU NOME AINDA NEGATIVADO? ESTOU ESPERANDO UMA OPORTUNIDADE PARA PAGAR TUDO…NÃO SEI SE CONSIGO LOGO…MAS QUERO TER MINHA CASINHA PRÓPRIA…OBRIGADA PELA RESPOSTA SE PUDER ME AJUDAR!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 15:10
    Enviado por: rosangela alves franco

    oi gostaria de saber se eu quitar todas as dividas que tenho no meu nome e conseguir limpar ele sera que consigo um capital de giro pra minha empresa que abri pelo mei micro empreendedor individual obrigada….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 20:26
    Enviado por: Vitor C.

    Bem… estou com uma divida junto a um banco rerente ao meu cartao de credito, liguei para negociar para poder realizar o pagamento a vista, pedi um desconto e o rapaz me disse que se eu pagar com desconto, nao recupero meu credito junto ao banco, ou seja, meu credito nao volta ao normal, nao poderei mais usar meu cartão. Isso é certo:
    Desde ja agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 20:31
    Enviado por: cristiano cardoso

    COMPREI UMA MOTO DA GREEN RODOBENS EM 2008 ELA ESTA PARCELADA EM 48X DE 232,29 ESTA EM DIA MAIS EU NÃO CONSIGO ENCONTRA PEÇA NEM AS MAIS SIMPLES COMO PROTETOR DE CETA E MUITO MENOS PNEU, SOU DE MINAS E TIVE QUE COMPRA PNEU EM SÃO PAULO PELA INTERNET, UM ABSURDO… NÃO SEI MAIS OQUE FAZER POIS ESTO EM DIA MAIS NÃO CONSIGO ACHA PEÇA NEM NA AUTORIZADA MOTOCHIC EM BH, SEI QUE A GARINNI MOTORS COMPRO A GREEN, MAIS COM QUEM BRIGA POR GENTILEZA ME DE ORIENTAÇÃO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 21:11
    Enviado por: milton

    abri uma firma + tenho nome sujo em serca de 1500 reais ñ negociaveis ja fiu no banco + ele diz q ñ pode me ajudar pq tenho o nome sujo com a minha firma aberta eu tenho algum direito no banco mesmo com o meu nome sujo !!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 21:17
    Enviado por: milton

    tenho uma divida na tim a divida ja tava fazendo 5 anos ia caducar + ai a tim foi e protesto meu nome com serca de 0.45 centavos alegando q era juros da minha divida com ela,
    ela pode fazer isso , se ja ia fazer 5 anos ñ deveria caducar de vez ???????????????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2011 - 09:58
    Enviado por: patricia coutinho

    eu sujei meu nome com algumas coisas que comprai para casa gostaria de saber se isto pode me mandar para cadeia a minha divida estar em deis mil

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2011 - 16:25
    Enviado por: Elio

    Boa tarde! Comprei um imóvel e quando saiu o fuinanciamento não foi aprovado por eu ter Diabetes desde os 5 anos de idade. Hoje tenho 28 levo uma vida normal, entreguei os exames e um laudo médico solicitado e mesmo assim não tive o crédito aprovado por conta da minha doença. Isso não é preconceito? Assédio? Posso processar o banco? Vou perder meu imóvel…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/11/2011 - 18:51
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É caso de processar o banco sim, mas é impossível prever se vai ganhar ou não. Há risco de perda do imóvel. Procure um adovgado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/11/2011 - 18:42
    Enviado por: Ana

    Olá eu tenho um empréstimo com desconto em conta corrente, a data para ser descontado as parcelas é a do meu pagamento e varia pois é sempre o último sábado do mês. Não tem um dia específico, porém no mês de setembro não foi descontado a parcela do empréstimo porque enviaram a cobrança ao banco, uma semana antes de sair o meu pagamento, então no mês de outubro fizeram o quitamento da parcela pendente mas deixaram o juro que segundo eles continua aumentando além dos juros da parcela de outubro, que também não foi descontada. Eles não me avisaram que esta parcela não havia sido descontada e colocaram meu nome no spc. gostaria de saber se isso está correto. muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2011 - 17:16
    Enviado por: Michele

    Boa tarde.
    Há uns 4 anos fazia faculdade e resolvi trancar for falta de recursos. Fiz o trancamento da matrícula e na secretaria me informaram que mesmo tendo trancado quase no final do mês, que não seria gerado um novo boleto de pagamento. Mas mês seguinte o boleto chegou, e ao voltar na Univercidade não encontrei a pessoa que me atendeum já não trabalhava mais lá…enfim…me disseram que a informação dela estava errada e que pela data do trancamento, eu teria ainda que pagar…Mas não tinha dinheiro, e continuo com esta dívida infelizmente, pois arrumar um trabalho é quase impossível com o cpf sujo. O que gostaria de saber é, meu nome consta neste cadastro até hoje? como eu posso averiguar isso? Gostaria de negociar esta dívida, mas para isso, somente se eles parcelarem e em muitas vezes…isso é possível? Casei há 1 ano, não tenho conta conjunta… mas meu marido esta pensando em pegar emprestimo, financiar um carro. Por minha causa, ele pode ser negado???
    Gostaria muito que minhas dúvidas fossem esclarecidas!
    Aguardo resposta.
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/11/2011 - 18:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A universidaxde não tem obrigação alguma de facilitar ou parcelar. Pelo contrário, é o devedor que tem de se adequar às exigências do credor. Não vemos nada de errado na cobrança. Procure um advogado para tentar renegociar a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/11/2011 - 00:12
    Enviado por: Monique

    Tenho um cartão de crédito com limite disponível em determinada loja, contudo não utilizo o mesmo há aproximadamente 7 a 8 meses. Hoje tentei realizar uma compra e fui impedida, com afirmação de que a venda não foi autorizada pelo fato q tenho uma restrição em meu nome, de outra instituição que não é a referida loja,esse procedimento é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 13:09
    Enviado por: Ricardo

    Boa Tarde,
    Possuo uma dívida com o Banco Itaú e estou com restrições no SPC/SERASA, porém minha esposa possuí o nome limpo.
    Gostaria de saber se conseguimos fazer um financiamento de um veículo no nome dela sem problemas ou se eles cruzam as informações com o meu nome e pode ser negado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 15:38
    Enviado por: marcia

    quero ter um cartão de credito mais não sei se posso ter pq estou no spc com uma divida de telefone?
    muito obriggada..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 17:13
    Enviado por: carlos

    Boa tarde,
    Meu nome esta no SERASA, mais de sete anos, pela Lei so pode ficar cinco anos,o que devo fazer.
    Ateciosamente,
    Carlos Alexandre.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2011 - 17:17
    Enviado por: Ana paula

    ola..
    comecei a trabalhar em um salao de cabeleleiro em junho do ano passado e prenchi todos os dados pra abrir uma conta salario, acontece que passou tres meses e nada do cartao chegar pensei ue eles tinhão cancelado, acabei desistindo pois como trabalhava como autonoma e ganhava muito pouco por semana acabei saindo…
    agora depois de um ano decobri ue meu nome esta no spc, nao chegou nada de cartão nada de fatura nem carta avisando que eu estaria indo pro spc, o banco diz que tanto o cartão como o resto dos comprovantes devem esta no meu antigo serviço.
    possor botar eles na justiça e pedir endenização pois eu nem sabia de nada?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2011 - 08:07
    Enviado por: Sueli Inocêncio Ferraz

    Bom dia.
    Meu carro foi pro pátio antes de transferi-lo para o meu nome,no procedimento de retirada não foi possível a leitura do mesmo ficando impossível leva-lo até local de origem para a conclusão da leitura, moro em Bauru e o carro é de Praia Grande.Hoje fazem vinte dias que está lá no pátio.
    Como se não bastasse,é financiado.
    Tenho alguma chance de recorrer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2011 - 20:36
    Enviado por: joão batista

    olá

    o meu nome não consta nada spc e nem no serasa mas não consigo fazer nenhum cartão de creditos e nem comprar nada fui fazer uma assinatura de tv acabo e deu restrição em meu cpf o que devo fazer para sesolver este problema ou se devo procurar um advogado e que especialidade se for presiso.

    desde já muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2011 - 14:53
    Enviado por: Carina

    Olá sou funcionária publica Estadual, estou com restrições no SPC e SERASA, gostaria de fazer um empréstimo descontando em folha no banco do Brasil,só que uma agência não aceitou esse tipo de empréstimo. Sou funcionária efetiva e gostaria de saber se posso reverter essa situação, pois quero pagar essas minhas dívidas com esse empréstimo.Atenciosamente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 14:20
    Enviado por: Amanda

    Em 2006 entrei para o SPC e Serasa por conta de dívidas vencidas com o Banco Bandepe (Atual Santander) e Claro, as dívidas com o banco foram pagas em junho de 2006 e com a Claro foram pagas em dezembro de 2009.

    Dei entrada no Banco do Brasil no início desse mês (novembro de 2011) solicitando financiamento imobiliário, mas fui informada que constam essas duas dívidas no meu cadastro com baixa por tempo, ou seja, para o banco o meu nome não está negativado hoje, mas porque passaram mais de 5 anos e não porque eu paguei as dívidas.

    Fui até o Santander e a gerente afirmou que não existe nenhum valor em aberto com o banco, existia apenas um restritivo interno, e que outros bancos não teriam acesso a essa informação, e a gerente que me atendeu excluiu até mesmo esse restritivo interno. Solicitei um extrato da minha conta antiga e do meu cartão de crédito, para mostrar a gerente do Banco do Brasil que eu realmente paguei as minhas dívidas, mas eles (Santander) disseram que os meus dados não estão mais no sistema.

    Também fui até a Claro e a mesmo informou que não existe nada em aberto no meu nome.

    Eu sei que o Banco do Brasil tem o direito de “escolher” para quem emprestar o dinheiro, mas é legal eles terem acesso a essas informações? Quando o banco nega o crédito para alguém ele é obrigado a explicar o motivo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 20:37
    Enviado por: William

    Boa noite!

    Quando eu ainda era estudante universitário, foi devolvido um cheque sem fundo que conseuqnetemente negativou meu nome. Esse cheque é de 16/11/2006. Eu paguei a divida direto com o estabelecimento, mas por inesperiencia não resgatei o cheque. Hoje meu nome está negativado e como completaram 5 anos gostaria de orientação. É possível que nem o estabelecimento tenha meu cheque em mãos devido ao tempo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 21:05
    Enviado por: THAIS

    Boa Noite,
    Meu marido quer financiar a compra de um imóvel, mas eu tenho retriçoes em meu nome. O financiamento será todo em nome dele, o meu nome não entrará no financiamento.
    Gostaria de saber se é possovel conseguir esse financiamento ou se por conta disso nao conseguiremos o financiamento bancario.
    Grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2011 - 09:23
    Enviado por: Fernanda

    Tive meu cartão de crédito bloqueado, e conseguiriram solicitar a reemissão do cartão para outro endereço em outro estado, fizeram uma compra de R$900,00 e a administradora de cartão enviou meu nome para o spc sem me unformar do valor e da reemissão indevida, descobri porque fui fazer uma compra e constou a restrição. Quero entrar na justiça, qual é o primeiro passo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2011 - 16:05
    Enviado por: Nilton Soares

    Boa Tarde. !
    A uns 7 anos tinha conta no Bradesco e tinha cheque especial e limites para empréstimos, emprestei meu nome e a pessoa não pagou e acabei ficando endividado e meu nome acabou no Spc/Serasas com muitos cheques e uma divida enorme.
    passados estes anos todos hoje ja abri novamente crédito em algumos lojas, mais os registros dos meus chueques simplismente sumiram.

    Não consigo efetuar empréstimo consignado em meu banco que recebo hoje não sei porque.

    Gostaria de Saber se é devido a estes problemas ? Se existe algum cadastro aonde ficam toda a vida financeira do cliente. ? e como faço para me livrar dete passado ou conseguir identificar aonde estão estes cheques e poder reativar meu antigo crédito. ?

    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/11/2011 - 19:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temso como responder. Seria mera adivinhação. Solicite explicações mais detalhadas a quem lhe negou crédito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/11/2011 - 20:09
    Enviado por: Carlos Neto

    Olá,

    Tenho dívidas em 2 bancos. Já vivi uma crise de superendivamento e não quero mais, para ninguém! Em 1 devo 40K, em outro, devo 130K. Minha única casa vale 200K e estou vendendo por 150K. Até aí blz. O problema é que entrei no cheque especial e sei aonde vai acabar… A casa já está anunciada desde 6 meses e ainda não conseguir vender. Se demorar mais 4 meses, estoura tudo e fico sem fôlego (de um salário de 7K só tenho, hoje, 400 reais para alimentação – 3 pessoas. O resto é dívida).
    Os bancos não negociam enquanto não estiver negativado.
    O banco que devo menos (40K), incrível que pareça, é o problema, pelas altas taxas cobradas (3,8% a.m.).

    Resumo: 1. sei que o melhor é vender a casa, mas não estou conseguindo e estou no limiar da alimentação. 2. O banco não negocia porque ainda não estou negativo. 3. Já sei aonde vou chegar.

    A pergunta é: será melhor “dar” minha casa por 120K, aliviar a situação e daqui a cinco anos procurar outra casa ou provocar a negativação com o banco que cobra mais juros para força um acordo em melhores condições?

    Agradeço a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/11/2011 - 19:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos ajudar porque não fazemso consultoria. Só orientamos em casos concretos de irregularidades. Procure um advogado especializado ou um consultor financeiro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/11/2011 - 18:06
    Enviado por: Itamar

    Boa tarde.

    Meu caso é o seguinte: Dei entrada no meu seguro desemprego e no momento já constam 3 parcelas liberadas conforme consulta no site o Ministério do Trabalho. Contudo, ao tentar sacar, a Caixa Econômica informou que eu deveria restituir o governo para poder sacar. Fiz o pagamento da restituição, porém continua aparecendo a mensagem sempre que tento sacar: EXISTE PENDÊNCIA. Já fui em várias agências e eles dizem que não sabem do que se trata que tenho que aguardar e tentar sacar outro dia. Mas já tem 2 meses que está nessa situação.

    Como devo proceder? Tenho que procurar um advogado?

    P.S: Tenho uma dívida com o Banco Itaú, será que por conta dessa dívida estão bloqueando meu seguro desemprego? Preciso retirar esse seguro justamente pra pagar essa dívida, mas não consigo. E nem na CEF e nem na ouvidoria do ministério do trabalho ninguém consegue me dar uma resposta concreta. Estou desesperado.

    Desde já muito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2011 - 23:47
    Enviado por: Ronaldo

    Prezados, boa noite!

    sou fiador de minha irmã no empréstimo do FIES, mas a mesma não consegue renovar o credito porque estou com o nome no SPC. Existe algum recurso legal para que meu nome seja limpo para que a minha irmã não interrompa os estudos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2011 - 13:08
    Enviado por: Itamar

    Boa tarde!
    Estou com três parcelas de seguro desemprego liberadas conforme verifiquei no site do Ministério do Trabalho, porém quando tento sacar na CEF ou na Lotérica informa que EXISTE PENDÊNCIA. Ninguém na Caixa Econômica sabe me informar do que se trata. O que pode ser nesse caso? Estou com um débito há 3 anos no Itaú, será que esse débito está me impedindo de sacar o seguro?

    Desde já obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2011 - 10:47
    Enviado por: solange dos santos

    quero saber devo em uma operadora de cartões de credito , e tem outros cartões de outras operadoradoras, os outros que estão ok podem vir a ser cancelados devido a divida com uma operadora …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2011 - 18:23
    Enviado por: Luciene

    Olá boa tarde!!
    bOm o meu nome está sujo,só que já tem 5 anos que adiquiri essa divida,agora essa semana começaram a me ligar de uma acessória Jurídica cobrando essa divida,gostaria de saber se eu sou obrigada a pagar,mesmo q já tenha 5 anos e 6 meses???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2011 - 16:28
    Enviado por: jaqueline

    oi estou com 4 prestações atrasadas do meu refrigerador e a loja quer pegar de volta ela pode fazer isso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2011 - 21:10
    Enviado por: Thais

    Oi Boa Noite!

    Veja se pode me ajudar!
    Fiz duas compras em um Supermercado local e paguei com cheques pos-datados, passados alguns dias da compra perdir meu emprego e fiquei com minha conta corrente devedora.
    Na data da compensação os cheques foram devolvidos sem provisão de fundos, ocorre que, na data da devolução dos cheques eu compareci ao estabelecimento e paguei o valor dos cheques mediante recibo e aguardei os mesmos chegarem da matriz.
    No dia que os cheques chegaram da matriz, tive a notícia que os mesmos tinham sido reapresentados, mesmo estando pagos!
    Minha dúvida é:
    Posso ingressar com ação de repetição de indebito contra o supermercado?
    Eu agir de boa-fé com a empresa, e mesmo assim meus cheques foram reapresentados e meu nome incluido no Rol de inadimplentes, neste caso caberia cumulação de danos morais?

    Obrigado pela atenção!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2011 - 09:11
    Enviado por: Regina

    Meu esposo tem uma pendência com um banco, a conta era pessoal dele, não era conta conjunta, eu não devo nada a ninguem não consta protestos quando consulto SERASA -NADA CONTA em meu nome. Porem, solicitei um crédito ao meu banco, e fui informada que tem uma pendência, como não é no meu nome só pode ser do meu esposo. Minha duvida é tem alguma coisa que posso fazer para solicitar que retirem o bloqueio do meu nome?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2011 - 18:53
    Enviado por: francineudo carvalho

    meu nome esta sujo e por conta de um cartao e hoje estou ganhando um salario minimo 545,00 pago 150,00 aluguel 100,00 de agua e luz uns 200,00 feira pois sou casado e tenho uma filha e uma pessoa do cartao de credito ligou e queria q eu pagasse um acordo de parcelas de 250,00 por 24 meses pois eu falei q minha renda nao dava para pagar ele disse q ia me levar para justiça eu vou preso se nao pagar eu disse q poderia pagar de 50,00 por favor me diga o q eu faço ha desculpa boa noite.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/11/2011 - 19:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ou paga ou será processado e pdoe ter bens penhorados. Não será preso. Procure um advogdo para tentar renegociar a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/11/2011 - 20:20
    Enviado por: celina barbosa

    a um tempo atraz adquiri uma divida numa loja ,porem nao tive mais como pagar pois perdi o emprego e o que ganho agora nao da pra quitar a divida , e dona da loja me liga toda hora fazendo ameças que vai no meu trabalho e me cobra nas redes sociais , lembrando que eu sou bolsista de uma instituição educacional , e nao recebo pois eu trabalho para pagar a faculdade ou seja é uma troca de favores , e eu nao sei mas o que fazer……

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2011 - 01:00
    Enviado por: cristiane cardoso

    no ano passado me matriculei numa escola de cabeleireiros e assinei um contrato do curso,porem nao gostei do ensino oferecido,e fiz o curso em outra escola,mas antes avisei que nao ia fazer mais o curso,por tais motivos,no contrato dizia haver uma multa de 20% que se aplicava tanto a min ou a escola.no caso eles nao me ofereceram o prometido e procurei outra escola,onde conclui o curso com satisfacao.hj tenho meu salao,me cadasteri no empreendedor individual,porem tenho meu nome sujo,no catorio de protesto,por causa do carne desse curso,ja procurei a escola,para tentar um acordo,mesmo achando injusto,eu tava disposta a pagar a multa,mas nao querem,querem o valor total do curso,incluindo as despesas do cartorio,no caso eu estaria pagando um curso completo que nao fiz,mas tambem nao posso deixar meu nome sujo,pois ta prejudicando minha empresa.pois nao tenho credito para nada.quais sao meus direitos nesse caso.o que eu devo fazer,me ajudem?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2011 - 12:33
    Enviado por: camila

    posso abrir uma conta corrente mesmo meu nome estanedo protestado no cartorio??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2011 - 23:31
    Enviado por: ronnie vonn ribeiro marcelino

    Boa noite morei com uma pessoa um ano, fizemos um contrato ne uma imobiliaria onde o padrasto era o fiador eu e ela eramos inquilinos eu e ela assinamos o contrato, so que ai ela me largou foi embora e deixamos de pagar 3 alugueis no valor de 350,00 reais 2 contas de luz no valor 90,00 reais e 3 contas de agua no valor de 65,00, so que isso foi em 2007 agora eu, naquela epoca eu não estava com condiçoes de pagar a divida so que agora a divida ja esta no juridico com uma advogada, ela alega que a divida esta em 2,583,16 e eu quero pagar so que ela quer que eu pague o valor de 2,000,00, queria saber o que faço como devo proceder posso dar o dinheiro em suas maos igual ela tinha falado da ultima vez que tinhamos tentado fazer um acordo em não deu certo me de sua opnião, no mais agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2011 - 23:38
    Enviado por: ronnie vonn ribeiro marcelino

    mas ela não esta cobrando uns juros absurdos nisso, posso fazer assim entao fazer um deposito na conta dela, transferencia ai ela tira meu nome do juridico e retirado na hora? pq se ela fizer outra cobrança alegando que ficou alguma coisa para traz?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2011 - 00:09
    Enviado por: ronnie vonn ribeiro marcelino

    o que devo fazer sobre o outro comentario que fiz da cobrança, posso fazer o deposito na conta dela ai ela tira meu nome isso vai ser legal e ela pode aceitar dos 2,000,00 transferencia on line pq depos se ela legar que tem algo para traz eu posso falar no banco que fiz o deposito errado melhor que dar o dinheiro em suas mãos posso fazer isso? no mais agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2011 - 11:26
    Enviado por: Maria

    tenho uma divida no cartão de credito, sendo que o cartão é do itau card, mas a alguns meses meu cartão de credito do banco do brasil foi bloquaedo devido essa divida com o outro banco. Quero saber se existe possibilidade do banco descontar a divida bolqueado a minha conta poupaça?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2011 - 18:34
    Enviado por: VIVIAN

    O fiador de Financiamento estudantil, Fies não foi avisado que o aluno atrasou o pagamento e seu nome foi para o SPC, sua limite de crédito cortado, enfim todos aqueles transtornos,o que o fiador pode fazer ? não pode pagar a dívida.
    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2011 - 21:18
    Enviado por: Kassya

    gostaria de ter respondida uma dúvida,estou com meu nome no SPC,e desempregada,estou tendo problemas com meu filho onde moro então estou vendendo minha casa á um preço bem abaixo do valor real,e quero comprar um apartamento do CDHU,do outro lado da cidade,bem distante de onde moro,a pessoa pede um valor,mas tem mais 15 anos pra pagar,posso assumir a divida da pessoa junto ao CDHU,mesmo com o nome negativado?a venda da minha casa dará pra pagar somente o que a pessoa pede e não sobrará mais nada,será que na assinatura do contrato de transferencia vou conseguir passar a divida e o apartamento pro meu nome?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 02:18
    Enviado por: Agnélio Flavio

    Olá, e cinco meses atrás consegui negociar uma divida com um banco e meu nome já esta limpo, nao consta mas em lugar nenhum, mas nao consigo credito na praça, ou seja, tentei tirar uma moto financiada e foi negado, tentei tirar um cartao de credito em duas instituições e ambas nao foi aprovado. O que será que esta havendo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 15:50
    Enviado por: caio dias

    não tenho nome sujo veio uma mensagens no meu celula escrito seu cpf pode ser negativado e incluso no scpc e serasa alguem me explica porque não tirei nada em meu nome
    tem alguma coisa por de tras disso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 17:21
    Enviado por: roberto franco

    ha 4 anos comprei um nottebok e um data show emuma loja aqui da cidade e que recebendo os valores da financiadora simpelsmente nao me entregou os produtos contratados.Ai sustei os cheques que tinha dado para os pagamenmtos.Agora a financiadora quer de toda forma receber estes valores, inlcuisve um destes cheques foi pago, masquando percebi que nao iria receber os prpodutos sutei o restante.Preciso defiir estasituaçao pois o unico prejudicado tem sido eu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 22:55
    Enviado por: Everlin

    Depois de pagar durante mais de um ano dois cartões do banco IBI, sem jamais conseguir quita-los, parei de fazer os pagamentos, agora recebi uma notificação extrajudicial para efetuar o pagamento sob pena do ingresso de ação de execução. Mesmo cobrando juros absurdos a credora poderá se valer dessa ação? Que atitudes devo tomar para não receber bloqueio em conta? Pago, entro com revisional ou aguardo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/11/2011 - 17:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pague a dívida, que é legítima. Devia ter reclamado na época, quando era possível questionar a dívida. Deixar de pagar é ridículo, a pior opção. Procure um advogado para ver se ainda é possível fazer algum tipo de negociação. A cobrança é perfeitamente legal.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/11/2011 - 11:44
    Enviado por: Alessandra

    Após ter “limpado” o meu nome, tenho tido dificuldade para obter crédito em lojas de depto. Após análise p/cadastro, sou informada de que não tenho pontuação suficiente… Isso significa que estou de “castigo” ? Por quanto tempo? Isso é legal (lista negra de ex inadimplentes?)? Ou posso processar as lojas por me sonegarem o atendimento? Além da humilhação, por não poder ter o crédito aprovado após muitas dificuldades para quitar meus débitos, sou vítima dos piores atendimentos a clientes por parte das lojas citadas… Já recorri ao Procom que me orientou ao Tribunal de pqnas causas… Não gostaria, mas não me resta opção. Aguardo orientação!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/11/2011 - 17:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não vemso nada d errado na questão. Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Se tiver como provar a existência de uma lista clandestina, pdoe ir à Justiça, mas isso você não conseguirá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/11/2011 - 21:21
    Enviado por: Victor Hugo

    Bom dia, por favor desejo saber ate depois de quanto tempo de pagar uma divida com um banco, meu nome pode ficar no spc serasa e se posso abrir um processo contra o banco por manter meu nome sujo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/12/2011 - 18:10
    Enviado por: roseli

    oi poderia me responder uma duvida?minha irma fez um emprestimo pelo cartao de credito, ams ate agora nao conseguiu pagar as parcelas, gostaria de saber se eles podem pegar bens materias dela pra pagar sua divida e quais as outras consequencias que podem ocorrer caso ela nao pague sua divida?

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: