Estado.com.br
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Transporte escolar: contrato é essencial

Categoria: Assunto do dia

Documento é garantia contra eventuais maus-tratos e cobranças indevidas

LIGIA TUON – JORNAL DA TARDE

Ao atrasar a mensalidade do transporte escolar de seu filho, a consultora financeira Simone Ferreira enfrentou um grande constrangimento. “Meu filho chegou em casa chorando, porque o ‘tio da perua’ não deixou que ele entrasse no carro para ir à escola. E o que é pior, fez isso na frente de todos os seus coleguinhas.”

O que aconteceu com Simone é um caso clássico de cobrança vexatória (que causa constrangimento) e é considerado como uma infração grave pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). Por isso, a consumidora tem o direito de receber indenização por danos morais se acionar a Justiça, por meio de um Juizado Especial Cível.


Simone diz que o filho foi impedido de embarcar na perua escolar (FOTO: PAULO PINTO/AE>

De acordo com Mariana Ferraz, advogada do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), apesar de o perueiro não ser obrigado a prestar o serviço sem receber salário, “não deveria ter feito a cobrança daquela forma”.

Situações desagradáveis como esta podem acontecer com frequência e, por isso, os pais devem tomar cuidados necessários ao contratar o transporte escolar.

Informação é fundamental

Em primeiro lugar, é importante que os pais das crianças celebrem um contrato com especificações do serviço, como as formas de pagamento e direitos do consumidor. “Mesmo que o prestador seja autônomo, um contrato claro e detalhado deve existir”, explica Mariana. “Cláusulas específicas como o recebimento da mensalidade nas férias e responsabilidades quanto ao transporte em caso de recuperação ou aula substitutiva devem estar no contrato.”

A recomendação do Procon-SP é que, antes de tudo isso, o consumidor verifique se o veículo e o motorista estão credenciados na prefeitura e tem o Certificado de Registro Municipal de Condutores (CRMC), além do certificado do curso de treinamento para transporte de Crianças com Deficiência e Mobilidade Reduzida. Isso pode ser feito pelo telefone 156 ou pelo site http://www3.prefeitura.sp.gov.br/smt/pes….

Qualquer aspecto do serviço que estiver em desacordo com as regras de segurança pode ser considerado um vicio de qualidade e dá ao consumidor o direito de cancelar o contrato sem ônus e de receber seu dinheiro de volta.

Para evitar enganos, o consumidor deve buscar recomendações sobre o motorista com pessoas que já tenham utilizado o serviço e checar informações no Sindicato dos Transportadores ou no próprio Detran.

FIQUE ATENTO

  • O veículo deve ter cintos de segurança para todos os passageiros, grade separando o aluno da área onde fica o motor, seguro contra acidentes, janelas com abertura inferior a 10 cm, registrador de velocidade, extintor de incêndio e apresentação diferenciada, com faixa horizontal na cor amarela nas laterais e traseiras com a palavra ‘Escolar’ na cor preta.
  • Denúncias devem ser feitas em contatar o SAC do DTP pelos telefones 2692-3302 e 2692 4094 ou pelo e-mail  dtpsac at prefeitura.sp.gov.br . A partir da queixa, o condutor será intimado, e, se confirmada a irregularidade, será responsabilizado de acordo com a Lei 10.154/86 e o Decreto 23.123/86 Art 7º , Inciso V, portaria 118/98.
  • Posts Relacionados

    • No Related Post

    Tópicos Relacionados

    124 Comentários Comente também
    • 27/11/2009 - 00:15
      Enviado por: Marcus Agripa

      Parei de usar perua escolar para meus filhos. Eu mesmo os levo e pego na volta. Economizo e não tenho aborrecimentos. Esses senhores (“perueiros”) cobram caro, peruas superlotadas, crianças numa algazarra terrivel e eles se dão ao direito de não vir buscar seus clientes quandp não há quorum na perua, por exemplo, próximo às férias.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 03/04/2010 - 21:35
        Enviado por: TIO REINALDO

        Boa Noite,
        Sem ofença…… mas o sr. não pode generalizar a categoria, em todas as profissões existem bons e maus profissionais!
        Quanto a algazarras na perua cabe ao “tio ou tia” administrar o problema, e informar aos pais quanto ao comportamento dos filhos no periodo que eles estão no transporte, aí a função de educalos passa aos pais e não ao tio ou tia da perua!
        Quanto ao valor da mensalidade, o mesmo inclui manutenção periodica, vistorias (2 por ano + inmetro) taxas com renovações de documentos exidos por lei, conservação e limpeza do veiculo, abastecimento, cursos para cadeirantes, curso de reciclagem……………….. e o principal: A responsabilidade de transportar uma vida…..que não tem preço!

        responder este comentário denunciar abuso
    • 02/12/2009 - 09:08
      Enviado por: Reinaldo Alves

      Srs,

      Os moradores da Freguesia do Ó não aguentam mais o descaso das autoridades. Além de ter as ruas e avenidas esburacadas, sito Rua Padre João Franco e outras da região, o trânsito é caótico todos os dias,e não venham com desculpas das obras das pontes que margeiam este bairro,bem antes das obras, o inferno era o mesmo. O que ocorre é que os semáforos estão travando o fluxo, dando um nó, principalmente na avenidada Itaberaba, proxima ao cemitério e complicando até o largo do cliper. Onde estão os engenheiros da CET?? Onde estão o Vereador Claudinho e Deputado Estadual Celino?? Não são representantes do povo des bairro?? Façam alguma coisa pela nossa região.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 02/12/2009 - 11:18
      Enviado por: lucia santos

      OLA, O MEU FILHO DE 2 ANOS VAI A ESCOLINHA DAS 7:00 AS 19:00 HORAS VAI DE PERUA ESCOLAR QUE E PADA TODOS OS DIA 10 DE CADA MES R$ 60,00 SO QUE A PIRUERA VAI ENCERRAR AS ATIVIDADES NO DIA 11/12/2009 AS AULAS VAO ATE O DIA 20/12/2009 COMO VOU FAZER EU TRABALHO NO COMERCIO E CHEGO EM CASA AS 8:00 HORAS Ñ TENHO COM PEGAR ELE AS 19:00 JA PAGO PARA O SERVIÇO TENHO UMA FILHA QUE PEGA QUANDO A PERUA CHEGA EM CASA ELA TEM 12 ANOS Ñ TEM COMO IR PEGAR ELE NA ESCOLA ELA QUER RECEBER PELO MES INTEIRO E EU Ñ TENHO DIREITO CONTRATEI O SERVISO DELA LA MSM NA ESCOLA .

      responder este comentário denunciar abuso

    • 08/12/2009 - 14:38
      Enviado por: Simone Viana

      Gostaria de saber se é obrigatório pagar o transporte escolar nas férias, mesmo que a criança não vé continuar utilizando o mesmo no próximo ano? O mês de Dezembro já esta pago e a criança não está utliando o mesmo desde 01/12/2009. Tenho que pagar janeiro?
      Grata, Simone

      RESPOSTA DO BLOG: Depende do contrato. Muitos proprietários exigem o pagamento da mensalidade nas férias como forma de garantir a vaga no transporte. Não há nada de ilegal nisso, mas pode ser contestado. No entanto, o doino do automóvel pode não garantir a vaga e cedê-la a outra criança. Isso é legal.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 31/01/2010 - 22:53
      Enviado por: Claudia Feliciano

      Olá, meu nome é Claudia sou condutora escolar a 3 anos, transporto minhas crianças com muito amor e carinho, pois também sou mãe de 2 delas… discordo de algumas citações acima,por isso antes de contratar leia o contrato atentamente, pois nele esta especificando detalhadamente como é o nosso trabalho, no meu pelo menos… esta escrito sempre em negrito ou de forma destacada as principais clausulas, principalmente SRS.PAIS NÃO TRABALHAMOS NO PERIODO DE FERIAS ESCOLARES (alguns tios enfrentam esse tipo de problemas quando trabalham com periodo integral ou creches).

      responder este comentário denunciar abuso

    • 31/01/2010 - 23:07
      Enviado por: Claudia Cristina

      Sou condutora escolar, e não entendo como algumas pessoas ainda não entendem essa profissão, não trabalhamos folgadas em uma empresa de cargas trabalhamos com jóias as mais preciosas do universo, crianças. Trabalhamos com contrato de prestação de serviço de 12 meses, pois pagamos seguro das crianças e andamos de acordo com a lei municipal temos grande gasto com taxas e manutenções periódicas…Trabalho com contrato, pois sou estudade, tenho minha van para pagar, enfim é um serviço como outro qualquer…só que fazemos com muito amor, então pedimos um pouco de compreensão e gratidão aquele q cuidou e transportou seu filho com todo carinho…Tia Claudia/ Guarulhos-sp

      responder este comentário denunciar abuso

      • 05/03/2010 - 11:10
        Enviado por: julio

        Prezada Claudia,

        Discordo completamente!! A cobrança de mensalidade em período de férias escolares é abusiva e injustificável à medida que não há prestação de serviços nesse período. Se vc tem gastos com manutenção, combustivel, taxas municipais, parcelas de financiamento e etc, evidentemente que isto tudo deverá estar embutido no preço da mensalidade escolar.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 03/04/2010 - 20:07
        Enviado por: TIO REINALDO

        Sr. Marcelo Moreira, Boa Noite,
        Esta informação de receber sem trabalhar nas férias não procede, veja como funciona o metodo da cobrança:
        Fazemos um contrato de prestação de serviços no periodo de 12 meses.
        Este contrato anual tem um valor total que será dividido em 12 parcelas, ex:
        Contrato anual 12 meses no valor total de R$ 1.200,00 = 12 parcelas de R$100,00 (de janeiro a Dezembro).
        Caso o cliente não concorde em pagar os meses de férias é muito simples, divide-se o valor total do contrato (R$1.200,00) pelos meses a serem prestados os serviços:
        Ex; Meses de férias= Jan/Jul/Dez = 03 meses de férias / 09 meses de prestação real de serviços.
        Portanto teremos R$ 1.200,00 divididos em 09 parcelas (dos meses efetivos de trabalho) no valor de R$ 133,33 que totalizará o valor do contrato anual.
        A divisão por 12 é feita para diminuir o valor da prestação mensal.
        A disposição para qualquer dúvida.
        Obrigado!

        responder este comentário denunciar abuso
      • 30/11/2010 - 13:34
        Enviado por: Tio Junior

        Parece que as pessoas nunca trabalharam em uma empresa com registro em carteira, pois elas trabalham 11 meses e recebem 12, ou seja quando estão de férias querem receber tambem, mas quando se trata em pagar 12 meses ai dói, queria ver se o patra falasse que não iria paga-la no periodo de férias porque simplesmente ela não vai a empresa, qual seria a reação?
        Pois nós transportadores escolares tambem precisamos comer nos meses de férias.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 15/06/2011 - 13:25
        Enviado por: Gisele

        Discordo , conpletamente de cobrança no periodo de férias.
        Voces trabalham como autonomo, prestadores de serviços e não como CLT dentro de uma empresa por 8 horas diárias, prestando serviço para a mesma empresa.
        Eu sou autonoma, trabalho para uma empresa todos os dias, 8 horas por dia, mas por ser autonoma, não recebo salário nas férias.
        E isto não acontece somente comigo , mas com todos os prestadores de serviços autonomos, sem registro em carteira.
        Faço uma reserva para estes meses, já que como autonoma eu pago impostos mas que são menores do que se eu fosse CLT.
        Não estou desmerecendo a classe de transporte escolar, mas acho um abuso a cobrança por um serviço autonomo em um periodo que não utilizo.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 02/02/2010 - 18:07
      Enviado por: Ademir

      Dúvidas sobre Transporte Escolar, visite http://www.escolarlegal.com.br, ótimo para esclarecê-las

      responder este comentário denunciar abuso

    • 07/02/2010 - 13:13
      Enviado por: FABIANA AP BATISTA

      Sou mãe de uma aluna paguei a matricula 1 mes antes de começar as aula ai perto de começar tive um problema , devido esse problema não vou pode continuar exercendo o serviço da perua , ai comuniquei a dona da perua o ocorrido e perguntei a ela se tinha como ela me devolver o dinheiro da matricula ela disse que não eu paguei a matricula para garanti a vaga mas devido o problema não vou poder da continuidade dela na peru gostaria que me devolvesse o dinheiro da matricula , nesse caso o que devo fazer tem alguma lei para que ela possa me rebolsa desde que no momento nao ira usa mas a perua.

      RESPOSTA DO BLOG: Não dá para entender o que você quis dizer. Tente o Procon ou entre na Justiça pedindo a devolução.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 18/02/2010 - 11:24
      Enviado por: Ivana

      Gostaria de tirar uma dúvida sobre a escolha do tranporte escolar. Eu contratei um trasporte recomendado por amigos que faria o percurso necessário da escola para minha casa, já que estamos em um bairro diferente. Porém a perua que contratei não está sendo permitida estacionar na área destinada aos veiculos escolares por não ser “participante” daquela área/escola. A escola só permite a parada na área especial de transporte aos perueiros “vinculados” a escola. Porém em nenhum momento ninguém me indicou um tranportador. Sem falar que agora que fui atras de alguém que seja “autorizado” para aquela escola o preço é o dobro e não tenho indicação de ninguém conhecido. Isso é permitido? A escola ou os perueiros podem fazer este tipo de veto a área da escola (o estacionamento é na rua, em frente ao portao da escola)?

      RESPOSTA DO BLOG: É permitido, a escola está correta.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 22/02/2010 - 22:39
      Enviado por: Jaciara Ribeiro

      Paguei o mês de Janeiro e Fevereiro, uma semana antes de começar as aula a Perua que paguei informou que não ia fazer mais minhã região. Quais são meus direito? ela tem que devolver o dinheiro de volta?

      RESPOSTA DO BLOG: Sim, tem de devolver.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 23/02/2010 - 11:12
      Enviado por: silvia pongeluppi

      Sou usuaria do transp esc p/ minha filha e todo ano e a mesma coisa. O condutor nos da o contrato dizendo sempre os direitos deles. Nunca citam suas obrigaçoes como pegar e devolver a crianca no horario. estar com cinto de seg em todas as criancas. sem contar que muitas vezes fazem baldeaçoes em algum ponto do caminho. Gostaria e saber se existe esta parte do contrato. Se existe porque os pais nunca recebem.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 23/02/2010 - 22:41
      Enviado por: TIA MARIS

      SOU CONDUTORA ESCOLAR E NÃO PERUEIRA, COMO MUITOS SITAM, SOMOS PRESTADORES DE SERVIÇO, E A REGRA É CLARA, TUDO O QUE VAI OCORRER DURANTE O ANO DEPENDE DO CONTRATO FIRMADO ENTRE AS PARTES,HORARIOS, CONDIÇOES DE TRANSPORTE, ENTRE OUTROS, DEPOIS NÃO HÁ DO QUE RECLAMAR! EXISTEM AS REGRAS A SEREM SEGUIDAS DOS DOIS LADOS, OS CLIENTES SE ESQUECEM DE VALORIZA OS ATRIBUTOS QUE CONDUTOR E MONITOR DEVEM TER DISPONIVÉIS DIARIAMENTE COMO :MUITA PSICOLOGIA, SER BABÁ, ESTAR ATENTO AO TRANSITO E AS CRIANÇA, OUVIR DESAFOROS , E ESTAR SEMPRE MUITO BEM HUMORADO (MESMO COM SUAS CONTAS ATRASADAS POR FALTA DE PAGAMENTO)… SOMOS MUITO MAIS QUE TIAS E TIOS, SOMOS OS PROTETORES DOS SEUS FILHOS, NO MINIMO DUAS HORAS DIARIAS.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 24/11/2011 - 03:54
        Enviado por: Ester

        Sim??? Quando vc entrou na area sabia das responsabilidades, estão sendo pagos para isso. Queria que as crianças entrassem no carro feitos robôs e se comportassem como tal ??

        responder este comentário denunciar abuso
      • 25/11/2011 - 12:49
        Enviado por: Tia Debora

        As maes no periodo de ferias se faz de coitada, diz que nao leu o contrato antes de assinar ou é semi analfabeta enfim, nao adianta! As maes /responsavel pela criança nao valoriza o nossos serviços,PENSSA QUE ABASTECEMOS COM AGUA A VAN ESCOLAR e ainda quando atrasa a mensalidade nao da satisfaçao nenhuma e nossas contas tambem atrasa, mais pra elas (danesse). Os contratos que as maes que nao me paga nas ferias coloco no pau e ganho todas e se nao paga vai pra penhora ou essas maes acha que somos idiotas. ASSINOU O CONTRATO TEM QUE HONRRAR. TRANSPORTADORES NAO SEJA PALHAÇOS APENAS REENVIDIQUEM O QUE E SEU POR DIREITO.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 25/02/2010 - 08:52
      Enviado por: Regina Ribeiro

      Gostaria de saber; se começei a usar o trabalho da perua escolar em fevereiro, porque tenho que pagar o mes de janeiro? E certo cobrar a “matricula” de perua escolar, ou um mês de trabalho não realizado?
      Tem lei que me obriga a pagar essa mensalidade?
      obrigada,

      RESPOSTA DO BLOG: A cobrança está correta.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 04/03/2010 - 10:16
      Enviado por: Claudia

      Gostaria saber se existe alguma lei que nos obrigue a pagar uma mesalidade no mes de Janeiro, mesmo que minha filha não ira utilizar o serviço.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 04/03/2010 - 23:27
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Sim, existem leis que obrigam a isso. Leia o contrato que você assinou.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 13/07/2010 - 14:43
        Enviado por: kátia

        OLÁ SOU CONDUTORA DE TRNSPORTE ESCOLAR. AO ASSINAR UM CONTRATO (DOCUMENTO), PRIMEIRAMENTE DIZ QUE CONCORDA. DEPOIS É OFERECIDO UM SERVIÇO DE TRANSPORTE DURANTE O PERÍODO NORMAL DE AULA(EM VIGOR APARTIR DA ASSINATURA DO CONTRATO ATÉ O ÚLTIMO DIA DE AULA DENTRO DO ANO) .VOCÊ PODE PAGAR A VISTA OU PARCELA ATÉ DOZE PARCELAS FICA A SEU CRITÉRIO. UMA VEZ PARCELADO, O VALOR PAGO MENSALMENTE (A MENSALIDADE), CORRESPONDE AO PAGAMENTO DA PARCELA DO CONTRATO PELO SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR ORA CONTRATADO E NÃO A FREQUENCIA AS AULAS ULTILIZANDO O TRANSPORTE ESCOLAR. É O PARCELAMENTO COMO A DE UM PRODUTO QUALQUER QUE VOCÊ PARCELOU. POR EXEMPLO,VOCÊ COMPROU POR 1.200,00 UM SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR DURANTE ESSE ANO, SÓ QUE NÃO TENDO ESSE VALOR EM MÃOS, VAI PAGAR 100,00 POR MÊS ATÉ A QUITAÇAO DO DÉBITO.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 04/03/2010 - 11:34
      Enviado por: Carlos

      Vamos refletir: será mesmo que o condutor escolar iria ter essa maldade de barrar a entrada desta criança? será que este condutor já não havia cobrado diversas vezes essa mãe para pagar as mensalidades atrasadas e a mesma não as atualizou? será que este condutor neste dia que “barrou” a criança estava indo lá nesta casa pra receber o que é seu de direito(R$)? ou seja, a mãe pode ter pedido ao condutor para ir pegar o seu dinheiro na hora em que fosse pegar a criança e no momento que a criança foi subir na condução a mãe não compriu com o combinado e a crinça foi barrada…acho que se a mãe agisse dessa forma ela é que estaria colocando a sua própria filha em situação de vexame! andar de graça nos carros dos outros é muito bom…tem gente(de má fé) que cria oportunidades pra tentar ganhar causas na justiça por danos morais…porém usar a própria filha como isca isso não é mãe. Mas, acredito que juízes não são tão bobos para cair numa armadilha dessas…obs.: o texto que escrevi é apenas um exemplo da maldade humana, não tive a intenção de me referir ao caso de Simone, pois, qualquer semelhaça é mera coincidência…

      responder este comentário denunciar abuso

    • 07/03/2010 - 15:03
      Enviado por: alessandra oliveira ramos silva

      comecei a usar a vans dia 22 de fevereiro, e ja paguei uma mesalidade, mas o serviço não me agradou pois o perueiro deixava minha filha de 6 anos sozinha esperando no portão de casaé não esperava alguem atendela, quando reclamei fui ofendida varias vezes , e agora não confio mis nestas pessoas, como faço pra rescindir o contrato e se tenho direito a meu dinheiro de volta , , o serviço foi prstado até o dia 8 de março

      responder este comentário denunciar abuso

      • 08/03/2010 - 19:12
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Se rescindir terá de pagar multa. Para se livrar dela terá de provar que o serviço foi ruim e houve tratamento ruim a sua filha. Se conseguir isso, vá ao Procon.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 03/04/2010 - 20:40
        Enviado por: TIO REINALDO

        Boa Noite,

        Estou há 04 anos na prestação de serviços a alunos “transporte Escolar” e ao visitar este blog fiquei abismado com a repulsa das pessoas em relação aos condutores escolares.
        Não sou perfeito, porém ao receber um contato para contratar meus serviços fico por muito tempo no telefone explicando como funciona o serviço e o que posso oferecer. Sei que por lei tem que haver alguem para receber a criança quando a mesma chega via tranporte escolar, porém não saio da porta da residencia enquanto alguem nao vem recebela ou ela entre em casa (no caso de possuir chaves), caso não tenha ninguem para recebela ou ela não possua chaves para entrar, ela retorna ao transporte e então entro em contato com os responsaveis para avisalos do ocorrido (caso alguem duvide estou a disposição para apresentar referencias). Os pais deveriam deixar por ultimo ao ligar aos condutores escolares quando da consulta de contratação a pergunta: Quanto o Sr. Cobra ? e sim como é o seu procedimento de trabalho? Qual o estado de conservação do veiculo que o Sr. utiliza? Posso ver o veiculo antes de contratar seus serviços? O Sr. “obriga” o uso de cinto de segurança pelas crianças? e principalmente ler o contrato antes de assinar e cumprir com as clausulas assumidas após a assinatura.
        Obrigado!

        responder este comentário denunciar abuso
    • 10/03/2010 - 15:00
      Enviado por: thabata emilia nagliati inacio

      contratei o serviço de uma transportadora escolar porem reconheço que quando assinei o contrato avia lido que a vãn não subiria ate minha residencia e quando assinei o contrato não estava trabalhando então eu levava meus filhos ao local combinado,consegui um serviço e agora meus filhos ficam com uma irmã que mora comigo não tem como ela levar ate o local porque tenho dois filhos e um deles vai de manhã e o outro a tarde o tempo em que ela gasta levando o da manhã o outro fica sozinho ele tem apenas 4 anos estou chegando atrasada a dias no serviço porue se ela o pegasse na porta não precisaria disso ,quando conversei com ela, ela disse que não tinha tempo,então procurei outra transportadora que resolvel meu problema e alem disso me cobrou mais barato pelo transporte das duas crianças vou rescindir o comtrato acredito que estou no meu direito,e não posso pagar multa nenhuma.no dia que eu assinei o contrato ela veio ate a minha casa com a vãm depois disse que a vãm não subiria ate a mesma ,não intendo,mais gostaria de saber outras opiniões sobre o assunto

      responder este comentário denunciar abuso

      • 03/04/2010 - 21:12
        Enviado por: TIO REINALDO

        Boa Noite,
        Não sou advogado ou dono da verdade, porém na condição de Transportador Escolar resolvi atender a sua solicitação de obter opiniões:
        Como você era sabedora desde o inicio das condições do transportador e aceitou, fica claro que a tia está nos seus direitos de receber a multa (desde que citada em contrato). Não sei qual o valor da multa estipulada entre as partes, porem se for de uma mensalidade hipoteticamente no valor de R$100,00, é quanto será seu gasto, já a tia ficará o restante do ano sem receber as mensalidades, e dificilmente irá repor a vaga em questão, pois os contratos ocorrem geralmente no inicio do ano, depois é muito dificil alguém contratar nossos serviços!
        à disposição……..

        responder este comentário denunciar abuso
    • 25/03/2010 - 19:43
      Enviado por: Matheus Franco

      Gostaria de saber com quantos anos uma criança pode ir na frente de uma perua esolar?

      responder este comentário denunciar abuso

      • 25/03/2010 - 22:14
        Enviado por: Marcelo Moreira

        A lei permite acima de 10 anos, mas observe que isto depende de alguns fatores que alguns pais geralmente não observam. Se a criança é portadora de necessidades especiais é bom verificar se ela poderá se comportar adequadamente no banco dianteiro.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 14/04/2010 - 11:06
      Enviado por: Vanessa de Paula

      O condutor “contratado” para fazer o transporte da minha filha em uma creche tem por hábito pegar as crianças uma horas antes, sendo que o combinado seria as 17: hs e não as 16:hs como tem ocorrido, além disso NUNCA recebi nenhum contrato para ser assinado que contenha direitos e obrigaçãoes, apenas uma carteirinha para pagamento. Recentemente o condutor perdeu a mochila da criança e não quer realizar nenhum reembolso, além disso tem deixado-a no portão da babá sozinha, detalhe: trata-se de uma criança de apenas 3 anos!!! Ao mencionar que não estou nada satisfeita com o serviço prestado fui informada que se desistir deste transporte tenho que pagar mais 2 meses!! Gostaria de receber alguma orientação. Obrigada

      responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2010 - 11:00
      Enviado por: Aline

      Eu entrei no transporte escolar nesse mês de agosto e gostaria de saber se tenho q pagar esse mês ou no próximo. O escolar não tem nenhum tipo de contrato.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 31/08/2010 - 14:40
      Enviado por: Gilberto Fernandes da Silva

      Em 20/07/10 contratei serviços de uma senhora para levar meu filho no cursinho, no valor de R$ 400,00 mensais
      Ela tem um veiculo de passeio, era meu filho e mais uma aluna
      Tudo sem contrato, paguei no dia 20/07 – R$ 400,00 adiantado
      No dia 20/08 paguei de novo R$ 400,00
      A partir de 30/08 cancelei os serviços, meu filho parou de ir ao cursinho
      Pedi a devolução de parte do valor ( R$ 300,00 ) ,
      Ela não quer devolver
      Ela diz que tem credenciamento pelo DETRAN
      Quem tem razão ?

      responder este comentário denunciar abuso

      • 31/08/2010 - 20:25
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Quando não há contrato, ninguém tem razão e todo mundo tem razão. Tente acionar a motorista no Juizado Especial Cível para uma conciliação e um acordo.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 31/10/2011 - 15:15
        Enviado por: Luiz Gustavo

        Mesmo sabendo que a condução para seus filhos era ilegal, o sr fechou contrato.

        Seu primeiro erro foi esse, ser conivente com o condutor irresponsável e ilegal.

        Seu segundo erro foi não exigir um contrato de prestação de serviços.

        E depois vc ainda quer ter alguma razão?

        Não estou do lado de ninguém, mas quem começa errado não pode criticar o erro de ninguém.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 09/09/2010 - 23:12
      Enviado por: Eury

      Eu entrei em uma vam que transporta alunos para uma faculdade, no periodo de 18/02/2010 e quando foi no dia 01/05/2010 avisei ao motorista que não iria utilizar mais dos serviços no mes sequente, como o dono da vam havia ito que era para fazer, paguei a mensalidade do mes 05 e parei de usar o serviso +- dia 07/05, visto que mes 06 era ferias.
      quando menos espero recebo do cartorio um apontamento de protesto, por falta de pagamento do mes 06, o qual eu havia dito q não iria utilizar o transporte e que tambem era ferias! ele pode fazer isso?

      responder este comentário denunciar abuso

      • 10/09/2010 - 21:34
        Enviado por: Marcelo Moreira

        É a sua palavra contra a dele. Pelo jeito não há contrato. Procure o Procon e tente negociar via ese órgão.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 20/02/2011 - 19:30
        Enviado por: Acácio Cezar

        Meu amigo, vc deu uma de esperto. Anuciou q não iria utilizar a van no mês seguinte só prá não pagar o mês de férias. É preciso ver o contrato que vc assinou (se assinou). No meu contrato, q está registrado em cartório, se o aluno desistir da van no mês que antecede o mês de férias, ele deverá pagar o mês em questão(mês de féris). A faculdade vc também disse que não iria utilizar os serviços e deixou de pagar o mês q estava de férias? é claro que não. O transporte escolar / universitário é a mesma coisa

        responder este comentário denunciar abuso
    • 14/09/2010 - 21:26
      Enviado por: RENATA

      OLÁ POR FAVOR GOSTARIA DE SABER SE É CORRETO AO CONTRATAR OS SERVIÇOS DE UM TRANSPORTE ESCOLAR, O PAGAMENTO DA MENSALIDADE NO PRIMEIRO DIA QUE IREI UTILIZAR O SERVIÇO, UMA VEZ QUE O MESMO IRÁ INICIAR NO MEIO DO MÊS, POIS, MINHA FILHA JÁ FAZ USO DE TRANSPORTE ESCOLAR HÁ 4 ANOS E NUNCA TOMEI CONHECIMENTO DESSA INFORMAÇÃO, SE É CORRETO ACHO MUITO INJUSTO, UMA VEZ QUE AO INICIAR EM UMA EMPRESA JAMAIS IREI RECEBER DESSA FORMA, POR FAVOR ME DÊ MAIORES EXCLARECIMENTOS!!!!!!!!

      responder este comentário denunciar abuso

      • 14/09/2010 - 22:12
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Não é ilegal, depende do acerto e do que está no contrato.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 31/10/2011 - 15:19
        Enviado por: Luiz Gustavo

        Prezada Renata.. o pagamento antecipado é uma prática muito comum. Como profissional e empresário de transporte escolar, todos os meus contrato tem o pagamento antecipado.

        Na maioria dos casos é a única forma de o profissional evitar a inadinplência, pois se não receber o contrato é cancelado.

        Mas tudo é negociável, converse com a condução e explique tudo de forma clara. Toda regra tem excessões.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 22/09/2010 - 15:40
      Enviado por: Peter

      por favor alguém poderia me responder se as peruas escolares sao obrigadas a ter monitor, por que meu filho de 6 anos foi maltratado e abusado por outras crianças maiores e queria saber se o dono da perua e responsavel por isso.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 22/09/2010 - 17:51
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Não é obrigada a ter monitor. Depende do tipo de maus-tratos. Se houver ferimento ou agressão física, é, caso contrário, não.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 28/09/2010 - 17:00
      Enviado por: Rosa Gijsen

      Gostaria de saber se legal cobrar o mes de janeiro, sou uma condutora resg.pelo SMTU, mais tenho duvidas, pois já soube que é proibido a cobrança em janeiro a nção ser como adiantamento que será desc. em fevereiro.
      Por gentileza me informe o correto.
      obrigada

      responder este comentário denunciar abuso

    • 17/10/2010 - 11:52
      Enviado por: bia

      OLA ME EXPLIQUE POR FAVOR, SUPONHA-MOS QUE CONTRATO OS SEUS SERVIÇOS NO INICIO DE JANEIRO, QUAL E O PROCEDIMENTO QUANTO OS VALORES A SEREM COBRADOS PELAS MENSALIDADES APARTIR DAI ATE O FIM DAS AULAS, OBRIGADO.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 18/10/2010 - 16:29
        Enviado por: Marcelo Moreira

        O contrato tem de ser discutido antes de ser assinado, assim como todos os valores a serem pagos. Depende do acerto que for feito com o perueiro. A cobrança de 12 mensalidades é permitida por lei.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 17/11/2010 - 12:33
      Enviado por: SHEYLA SILVA SARTORI

      Utilizo o transporte escolar desde o inicio do ano pago a mensalidade, e paguei a matricula. gostaria de saber se sou obrigada a pagar rematricula. Pq o ano passado por outro prestador njunca foi cobrado.grata

      responder este comentário denunciar abuso

    • 17/11/2010 - 14:31
      Enviado por: Paulo Santos

      >>> Meu filho é usuario do transporte escolar na Região de Barra do Choça e fico sempre observando a falta de fiscalização nso carros, pois os motorista dirigem vans com alunos sem habilitação, com habilitação B e outras vezes com habilitação falsa… Por que não existe investigaao?

      responder este comentário denunciar abuso

    • 19/11/2010 - 20:59
      Enviado por: João

      O que mais chama a atenção nas reclamações dos pais ou responsáveis contra os transportadores escolares é sempre pelo mesmo motivo “mensalidades”, isto é, eles gostam de contratar mas não gostam de pagar.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 24/11/2010 - 16:27
      Enviado por: Paulo

      caro amigo joão acho uma falta de educação essa sua em dizer que os pais gostam de contratar os serviços e nao pagar pelos mesmos, só espero que vc não trabalhe com perua escolar, pois essa sua falta de educação com as pessoas que utilizam os mesmos serviços, se vc é mal eduacado assim em esscrever uma coisa dessas imagina o que vc não faria com os alunos dentro da perua, se não quer constrangimento procura outra profissão como pedreiro, marcineiro e outros. deus me livre uma pessoa dessa carregando meu filho pra cima e para baixo, PESSOAL QUE ESTIVER LENDO PRESTA ATENÇÃO NO AMIGO JOÃO PARA VER SE ELE NÃO DE TRANSPORTE ESCOLAR.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 25/11/2010 - 18:39
      Enviado por: daniele

      ola estou terminando o 3 ano do ensino medio e vou sair da escola paguei os tres anos de perua corretamente porem a perua escolar quer cobrar o mes de dezembro, o qual eu nao utilizarei nenhum dia. Nao ha contrato estabelecido, e os valores nao foram divididos em 12 meses, pago por mes de uso, pois em janeiro custava 190 e em novembro 240. Sei que é o salario deles porem minha mae trabalha como terceira e ganha por hora de trabalho. Eles irao continuar levando os alunos que ficaram de recuperacao e vai de cada um reclamar ou nao. Gostaria de saber se sou obrigada a pagar 240 pelo mes de dezembro o qual ha contrato e nao utilizarei

      responder este comentário denunciar abuso

      • 25/11/2010 - 22:53
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Entendemos que sim, e existem sentenças judiciais que vão nesta linha. Como não existe contrato, a discussão pode ir parar na Justiã, e isso não é bom para ninguém neste caso.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 01/12/2010 - 23:07
      Enviado por: margarida

      Olá! .Comecei a usar o transporte escolar para minhas filhas em maio. Agora, dezembro, o condutar mandou um recado para eu mandar dois cheques, um para janeiro e outro para fevereiro do ano que vem junto com o pagamento de dezembro . Acontece que não usarei mais o transporte pois vou mudar de cidade. Tenho que pagar? O meu contrato foi para o ano de 2010.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 01/12/2010 - 23:12
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Depende do contrato. Se não houver contrato ou não houver esta cláusula, então entendemos que não é o caso de pagar, mas comunique o mais rápido possível que não usará mais o transporte.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 02/12/2010 - 14:55
      Enviado por: Carolina

      Olá! Comecei a usar o transporte escolar dia 4 de outubro e vou ate dia 4 dezembro 2 meses quantos meses tenho que pagar? porque qdo eu entrei eu paguei ai dia 2 de novembro paguei de novo e ela quer o de dezembro tenho q pagar? Não fiz contrato nenhum so falei que queria pra dois meses

      responder este comentário denunciar abuso

      • 03/12/2010 - 16:49
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Tem de pagar três meses, e precisa comunicar o dono se vai conntinuar no ano que vem. Se for, faça um contrato, e se prepare para pagar janeiro e fevereiro.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 03/12/2010 - 01:41
      Enviado por: PEDRO MIGUEL

      Gostaria de saber que lei é esta ao qual você fala do pgtº de dezembro. Lei? Art? Decreto? Obrigado e aguardo retorno.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 03/12/2010 - 16:18
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Não existe lei específica sobre esse detalhe – o que é absurdo. Existem várias decisões juidiciais que determinam o pagamento dos meses de dezembro, janeiro e outubro.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 05/12/2010 - 02:55
      Enviado por: Genivaldo Gomes

      Referente ao pagamento no período das férias, seria importante que os procons se pronunciassem através dos meios de comunicação, pois estabelecer “contratos” é muito simples e cômodo, resta saber se são justos e legais!!!

      responder este comentário denunciar abuso

    • 11/12/2010 - 20:58
      Enviado por: CARLOS ALBERTO PASINI

      BOA NOITE SENHORES USUARIOS DE PERUAS, VAN, E OUTROS ADJETIVOS EU CAI NESTA CILADA DE CONTRATAR UMA VAN , E ESTOU AJUIZANDO UMA AÇÃO DE INEXISTNCIA DE DÉBITO E DANOS MORAIS NO ^JUIZADO ESPECIAL, O PIÓR É QUE O PROPRIETARIO DURANTE O TRAJETO SÓ FALAVA EM DEUS, MILAGRES,PERDÃO, JUSTIÇA, E O ESCAMBAL EU TENHO NOJO DE PAPO DE CRENTE A MASIORIA JÁ FOI BANDIDO EU FALO ISTO PORQUE SOU ADVOGADO.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 28/09/2011 - 15:49
        Enviado por: fatima

        SENHOR CARLO EU ATÉ ENTENDO SUA INDIGNAÇÃO, MAIS NADA Á VÊ FICAR AI XINGANDO QUEM USA O NOME DE DEUS, porque aliás muitos fazem isso, eu não sou de nenhuma Religião, mas a partir do momento em que cita á crença da pessoa com ofensas, isso é descriminação ele é um ser humano e usar o nome de DEUS é muito fácil difícil é ter ele verdadeiramente certo. obrigada

        responder este comentário denunciar abuso
    • 13/12/2010 - 22:39
      Enviado por: TIO FRANÇA

      SE FOR COMPARAR A CLASSE DOS TRANSPORTADORES ESCOLARES COM AS DOS ADVOGADOS , SÓ PELO O COMENTÁRIO ACIMA DO DOUTOR CARLOS ALBERTO , VOCÊS JÁ TIREM SUAS CONCLUSÕES , UMA PESSOA QUE SE DIZ ADVOGADO, USAR ESSES TIPOS DE PALAVRAS PRECONCEITUOSAS NÃO MERECE NEM MAIS UM TIPOS DE COMENTÁRIO.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 07/01/2011 - 19:49
      Enviado por: Etiene azevedo

      O TRANSPORTE ESCOLAR DA MINHA FILHA,MIM COBROU O MES DE JANEIRO TENHOM QUE PAGAR,POR ISTO.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 07/01/2011 - 22:26
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Sim.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 20/02/2011 - 19:35
        Enviado por: Acácio Cezar

        Eu tenho transporte escolar e vou te orientar a verificar o contrato q vc assinou. Normalmente o contrato é referente ao vlor anual, ou seja, 12 meses. Tal contrato é muito parecido com os contratos das escolas. O usuário paga inclusive os meses de férias. São nesses meses onde escola e transporte escolar realizam suas vistorias, ajustes, manutenções etc.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 19/01/2011 - 00:54
      Enviado por: joão

      Eu tambem sou condutor escolar mes de janeiro,julho e dezembro nos não anda viajando com carro tem muitos imposto para pagar o as vans tem uma manutenção muito cara não é facil não no nosso contrato vem falando desses mes para paga, janeiro se a criança foi ficar para o proximo ano se não foi ficar não paga por isso serve o contrato tem que ler e qualquer duvida perguntar pra o condutor escolar.Pensa seu filho(a)esta em boas mão pensa quanto ele é importante para você olhar pra tras ve se o onibus pegar na porta da escola nos deixa no portão da escola e no potão de casa isso não tem preço que paga.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 21/01/2011 - 19:33
      Enviado por: monica b.pinheiro silva

      minha filha começou a usar a perua no mes de maio paguei esse mes ate dezembro, só que o perueiro quer que eu pague o mes de janeiro de 2011, o motivo é que ela foi transferida prá outra escola perto de casa ,eu tenho que pagar o mes de janeiro? monica.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 26/01/2011 - 12:46
      Enviado por: Cristiane

      Meu esposo trabalha com transporte escolar á mais de vinte anos, e infelizmente, ele fala q hoje em dia não da mais pra continuar no ramo, porque hoje tem muito tranporte escolar de pessoas q estão começando e até mesmo clandestinos, q estão desvalorizando o serviço, cobrando valores inferiores, sendo q a manutenção do veículo é de alto custo, como 2 vistorias ao mês, troca de pneus, pastilhas,etc…
      Quanto a menaslidade das férias na verdade não é cobrado o mês de férias, no contrato é feito um valor do serviço, parcelado em 12 vezes, por exemplo no colégio particular a gente paga 13 meses, q é o 13º.No tranporte escolar não tem isso, mas tem outras manutenções como IPVA,pagamento da monitora e no caso meu esposo paga pra funcionária 13° e férias.
      Infelizmente tem mutos pais q se aproveitam do acúmulo de veículos para não pagarem a mensalidade corretamente, porque sabem q terá outro tranporte disponivel em frente a sua casa, também porque nao há união entre os condutores que na maioria quando prestam seus serviços a uma familia não procuram saber porque aquela criança trocou de trasnporte, muitas vezes fazem até questão de baixar o valor do tranporte , por isso andam com seus carros superlotados.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 31/01/2011 - 20:30
      Enviado por: Alberto

      O problema é que normalmente quando se procura o serviço, existe a necessidade em usá-lo. No final do ano, já não existe mais a necessidade de uso imediato; aí o pagamento fica mais “doído”. Para evitar maiores transtornos tirem todas as dúvidas no ato da assinatura do contrato até não haver mais dúvidas. Isso não é somente no transporte escolar, isso é para a vida.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 10/02/2011 - 09:35
      Enviado por: REGINA

      Bem, sou funcionária publico (Professora) e também prestadora de serviços. Também não concordo com o pagamento da mensalidade em Janeiro pq meu contrato termina em dezembro e o Governo não quer saber. Geralmente os contratos dos professores começam novamente em fevereiro e os pagamentos somente para março(isso quando não atrasa), então como posso pagar para o transportador se eu mesmo não terei dinheiro para custear minhas contas nesses meses? Tenho que fazer uma economia para sobreviver, mas entendo que os transportadores também tem dividas para pagar. Mas em contra partida eu ouvi alguns comentários acima que eles terão gastos com manutenção da van, prestações e outros. Vejam senhores, eu entendo perfeitamente o que estão dizendo, mas o carros em perfeitas condições de uso para o transporte escolar é OBRIGAÇÃO DE CADA PROPRIETÁRIO, E NÃO DOS PAIS de zelar pelo seu bem, e idiscutivel. Quando se presta um serviço tem de ser qualidade e com muita segurança e verificar realmente como vi em muitas falas o contrato, pq qualquer pessoa poderá discutir isso judicialmente. Só que ja utilizei o transporte escolar e joguei a real com o transportador que não poderia pagar e ele nem discutiu, pq nmostrei minha situação. Mas vejo muitos contratos leoninos que os pais só tem obrigações e o transportador não se obriga a nada e ain da tem o direito de receber em qualquer circunstancia e isso é errado. Por isso se vcs contratantes tiverem alguma duvida entre em contato com o PROCON 151 e esclareçam antes de assinar o contrato ou se tiverem acesso a um Advogado peça a ele que esclareça aquilo que esta escrito, pq muitas vezes as pessoas ficam com vergonha de perguntar e assinam qualquer coisa. E uma coisa é certa, li que as pessoas realmente estão preocupadas com o preço e não com a qualidade. Um transportador acima disse isso e eu assino embaixo. Vejo nas ruas vans com pneus carecas, muitas vezes sem identificação, as vans esfumaçando, desalinhadas e os pais estão bem contentes pq conseguiram um transporte escolar com preço acessivel, mas não olhou esses detalhes, então exerçam suas cidadanias para não chorar mais tarde e esses orgão estão ai para esclarecer tudo isso pq ja pagamos muitos impostos e quando dizem: “Vai lá que o atendimento é gratuito”, mentira ja esta pago.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 22/07/2011 - 09:57
        Enviado por: Tia Alany

        Gostaria de saber porque exsite 13 salario,o ano ñ tem 12 meses?Porque receber o dinheiro das ferias se as pessoas ñ trabanha nesse mes de férias?porque o Serra sanciona pacote de benefícios para professores? enquanto o brasil desaba mais 12 posições no ranking de educação folha.com Relatório da Unesco). Já transportei varios filhos de professores a escola nestes 11 anos de profissão e posso dizer que eles são os mais inadimplentes (caloteiro)que já trabalhei

        responder este comentário denunciar abuso
      • 25/11/2011 - 12:55
        Enviado por: Tia Debora

        VOCE TAMBEM NAO TRABALHA NO MES DE JANEIRO E RECEBE SEU SALARIO!!! e ainda faz greve para reenvidicar aumento salarial.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 10/02/2011 - 15:49
      Enviado por: anatol

      boa tarde
      contrato este serviço de tranporte para aminha filha a três anos. trabalei com 3 prestadores diferentes, mas este ultimo me deixou um poco encucado. ja entendi que o cantrato é de 12 meses, mas meu novo contrato foi assinado dia 30/01/2011 e a tia começou a transportar minha filha dia 31/01/2011 e a mesma esta me cobrando o mês de janeiro. questionei esta cobrança pois se é de 12 meses significa que ate 30/01/2012 sera cobrada a mensalidade. ela pode me exigir a cobrança de janeiro de 2011 e tb a de janeiro de 2012? ja que assim.. seriam 13 meses.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 03/03/2011 - 15:01
      Enviado por: Tatiane Valença

      Olá pessoas, O CONTRATO É DE 12 MESES , SE A CRIANÇAS NÃO TEM AULA NOS FINAIS DE SEMANA E FERIADOS, NÃO SERIA CERTO COBRAR APENAS OS DIAS DA SEMANA EM QUE ELA TEM AULA????nEM SEMPRE O MÊS FECHA EM 31 DIAS! aguardo resposta…Obrigada

      responder este comentário denunciar abuso

    • 22/03/2011 - 13:01
      Enviado por: Neide

      Como faço para denunciar uma perua escolar q esta em regular???

      responder este comentário denunciar abuso

    • 24/03/2011 - 18:27
      Enviado por: adriana fatima

      gostaria de saber se á alguma lei referente o embarque e desembarque das criaças.visto

      responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2011 - 00:56
      Enviado por: Viviane M.

      Gostaria de uma orientacao: minha filha (08) teve um desentendimento com uma aluna da mesma idade dentro da escola, na saida o condutor da perua da menina foi tirar satisfacao com minha filha dentro da escola, a minha filha obviamente ficou assustada e se sentiu ameacada. Estou tratando com a escola o caso, porem me foi informado que com relacao ao condutor nao ha o que ser feito alem da orientacao. Existe algum orgao regulamentador da classe onde posso denunciar comportamentos abusivos como este?

      responder este comentário denunciar abuso

      • 25/03/2011 - 18:22
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Não existe. No máximo, fazer uma queixa à prefeitura, que regulamenta a atividade, e processar o condutor por danos morais.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 30/03/2011 - 15:32
      Enviado por: Samanta

      Todos os pais que contrataram uma perua escolar para escola do meu filho estão insatisfeitos com os serviços prestados. Por exemplo, super lotação (20 crianças numa perua com lotação máxima de 16), falta de cinto de segurança, atrasos na chegada do perueiro e o pior, o perueiro parou no meio do caminho e foi no banheiro de uma padaria deixando as crianças na perua sozinhas, pois não tem acompanhante. Gostariamos de mudar de perueiro mas TODOS que tentamos nos informam que não podem pegar a rota, pois já tem dono!! Gostaria de alguma sugestão de como proceder para mudar de perueiro. Muito grata desde já!

      responder este comentário denunciar abuso

    • 15/04/2011 - 09:06
      Enviado por: Tio Guga

      Olá.

      Lí todos os comentários acima e entendo os lados. Queria esclarecer algumas dúvidas:

      * férias:

      não é ilegal cobrar os meses de férias. Não há nada no CDC que se aplique a isso. O que deve prevalecer é o bom senso.

      Esse contrato de prestação de serviços é feito entre o profissional autônomo e os pais, portanto, ítens como esse, devem ser discutidos nesse momento. O que a Condução do Tio Guga condena é a prática do “se colar colou” que muitos adoram. Todos os ítens devem ser bem explicados e todas as dúvidas sanadas.

      Se o profissional não avisou nem há nada no contrato explicando sobre os meses de férias, não há justificativa para cobrar essa mensalidade, caso contrário, deve-se pagar os meses de férias.

      * lotação, desorganização e irresponsabilidade:

      em toda profissão há aqueles que a exercem por necessidade e há aqueles que a fazem por opção. Antes de contratar um profissional, tenha alguns cuidados:

      1 – peça informações sobre a condução na escola e com outros pais que utilizam esse serviço;
      2 – antes de contratar a condução, vá até a porta da escola e verifique como é feito o embarque e desembarque das crianças;
      3 – siga eventualmente a condução de seu filho para ver como a mesma de comporta no trãnsito;
      4 – converse com seu filho sobre o comportamento do TIO DA CONDUÇÃO.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 23/05/2011 - 19:39
      Enviado por: Lucilene

      Meu filho utilizou o transporte escolar poe 1 mês e meio,quando ele entrou paguei o mês adiantado como eles pedem no dia 20 seguinte qdo venceu o mês paguei novamente,mas sai do emprego e eu mesma o levo pra escola então ele usou apenas 15 dias a tia da perua quer cobrar o mês todo sendo que só utilizei seus serviços por 15 dias,ela está correta?

      responder este comentário denunciar abuso

    • 23/05/2011 - 19:45
      Enviado por: Lucilene

      Acabei de fazer a pergunta acima e quero fazer uma obs:Quando trabalhamos em alguma empresa e saimos antes de fechar o mês só recebemos pelos dias trabalhados nunca uma empresa arredonda nosso sálario caso tenhamos trabalhado apenas 15 dias…

      responder este comentário denunciar abuso

    • 30/06/2011 - 11:18
      Enviado por: Sandra

      Sempre pago a perua do meu filho um mês adiantado, foi assim que o tio da perua quis, concordei. Pago e ele leva, pago e ele leva.Agora no mês de julho meu filho ficará em casa por 30 dias. Não estou achando justo o tio querer receber, se ele não prcisará levar meu filho para a escola.
      obs: não fizemos nenhum contrato,aliás ele nem me disse nada sobre contrato, foi tudo combinado verbalmente e ele também nunca me disse que receberia nas férias de julho.Questionado, ele disse que se eu pagar agora, que eu não precisaria pagar o mês de Janeiro. como? Janeiro também é féria!!!!!!
      E agora pago ou não pago???

      responder este comentário denunciar abuso

      • 30/06/2011 - 17:37
        Enviado por: Marcelo Moreira

        A praxe do mercado permite que os meses de janeiro e julho sejam cobrados. Se não pagar correrá o risco de perder a vaga na perua.

        responder este comentário denunciar abuso
      • 01/07/2011 - 15:04
        Enviado por: Marcos

        Acredito que como vc não precisou pagar em janeiro e não houve contrato explicando que seria cobrado nas férias, ele não tem direito de cobrar, principalmente se ele for clandestino e não tem placa vermelha.Eu aconselho vc conversar com ele e deixar bem claro o que será pago, se ele não concordar, tente outro condutor que aceite suas necessidades.Quando não existe contrato, só resta a conversa.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 20/07/2011 - 12:28
      Enviado por: tatiane

      bom dia,
      gostaria de turar uma dúvida, contratei uma perueira para fazer o transporte dos meus filhos, essa se zanga facilmente e vivia dizendo aos meus filhos de 4 e 8 anos que nao iria mais fazer o transporte deles por causa do horario que não a convém, mas me cobra mais de 50% a mais pelo serviço. Acabava por tirar meus filhos no meio da aula pois dizia que nao podia ficar esperando por eles, um absurdo!! a gota d´água foi quando o meu filho chegou em casa com o danone explidido dentro da lancheira pois a perueira havia jogado o material dele no porta malas pq ele saiu da aula 5 min. mais tarde. fiquei enlouquecida e disse que não queria mais o transporte e essa, ainda quer me cobrar o mes seguinte. Além de fazer o transporte sozinha das crianças. como faço para denunciá-la?

      responder este comentário denunciar abuso

    • 04/08/2011 - 09:24
      Enviado por: Paulo

      Gente calma, e facil entender somos brasileiros o pais e maravilhoso mas so tem ladrao e corrupto talvez uns 8% da populaçao seja onesta talvez menos ainda, ou eu to errado?

      responder este comentário denunciar abuso

    • 07/08/2011 - 07:23
      Enviado por: HAROLDO

      CANSEI DE RECLAMAR, A MAIORIA DOS TRANSPORTES ESCOLARES NO BAIRRO DE CIDADE TIRADENTES É TERRÍVEL, E EU FALO DE PERUAS PARTICULARES, JOVENS NA DIREÇÃO DIRIGINDO EM ALTA VELOCIDADE, VIDROS TODOS COM INSUL FILM, PARA NÃO VEREM AS LOTAÇÕES DE ALUNOS, EU FALEI LOTAÇÕES, A PERUA ESCOLAR QUE TRANSPORTA A MINHA FILHA, ESTAVAM INDO ALUNOS EM PÉ, SEM CINTO DE SEGURANÇA, ISSO É TODAS, NENHUMA DELAS USAM CINTOS DE SEGURANÇA NOS ALUNOS, E AGORA PRA PIORAR, EU RENOVEI CONTRATO EM JANEIRO DE 2011, E JÁ VEIO OUTRO AUMENTO DA MENSALIDADE NO MEIO DO SEMESTRE, AGORA EM JULHO DE 2011, É CERTO ISSO?

      responder este comentário denunciar abuso

    • 10/08/2011 - 14:57
      Enviado por: mariacrispegonçalves

      Boa tarde,trabalhamos com transporte escolar,,minha kombié semi-nova pois meu marido que faz o tranporte das crianças ,sou monitora,adoramos nossas crianças ,nosso trabalho é diferenciado,pois aqui a única kombi que está dentro dos padrões exigido pela lei é a nossa,agora vou fazer a vistoria no tacógrafo e colocar o lacre exigido pelo detran.Nosso carroé 2003 mas parece que saiu da loja hoje muito bem limpinho e conservado ,pois transporto meus filhotes e os amo muito .Fazemos revisões sempre,pois a vida ñ tem preço . Nosso trabalho é autonomo temos firma registrada pelo Sebrae Beijos.z

      responder este comentário denunciar abuso

    • 16/08/2011 - 18:19
      Enviado por: carla

      o problema e que nos deveriamos montar uma comição para discutir essa palhaçada de ter que pagar ferias para os perueiros eles tem que guardar o dinehrio para as despesas deles ta cheio de gente que trabalha como autonomo e nao recebe ferias pq eles tem que receber da gente nós noa somos patrão deles se todos os pais de crianças que usam perua se reunissem pra mudar isso quem sabe melhorava mas nós só sabemos reclamar e não corremos atras de nossos direitos pq isso é uma vergonha

      responder este comentário denunciar abuso

      • 03/10/2011 - 21:17
        Enviado por: Flávia

        Vergonha é ler esse absurdo q vossa senhora escreveu, imagine se tbm não pagássemos os meses de janeiro, julho e deembro das escolar particulares.. como ficariam os professores, uma opção é se não pode pagar não contrate o serviço…ok

        responder este comentário denunciar abuso
    • 18/08/2011 - 21:29
      Enviado por: fabio

      sr. Carla O seu problema e que voce esta vendo so o seu lado mas e nos que temos familia para sustentar pagar aluguel pagar o nosso veiculo pagar taxas e mais taxas pagar seguros voce acha que da para guardar dinheiro nos tanbem não somos enpregados nos somos prestadores de serviço tenho certeza que se voce guardasse o seu dinheirinho como voce diz tenho certeza que voce não que voce não reclamaria por pagar as ferias e continuar levando e trazendo seus filhos com segurança e carinho a e com segurança. pondo o nosso veiculo sobre as manutençoes as vistorias isso quando a jente tem que baixar preço porque a maioria não sabe o valor de um motorista de transporte escolar( motorista ) e ele que leva aquele que e seu filho ªao colegio e traz ate a sua residencia de porta a porta com toda a sua responsabilidade ou isso não tem preço ou voce pença que a gente não tem contas a pagar não comemos nas ferias ou não temos enpregados como os motoristas e munitores que tem familias e responsabilidades (semm maiis.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 22/08/2011 - 10:03
      Enviado por: jessica

      Vou colocar meu filho na van agora em 23/08/2011.ainda nao sei muito o que fazer.Mas gostaria de saberse tem como eu fazer um contrato so ate dezembro, ou eu sou obrigada a assinar um contrato de 12 meses?

      responder este comentário denunciar abuso

    • 23/08/2011 - 11:52
      Enviado por: João

      No meu ver, o transportador escolar não cobra mensalidade e sim anuidade. No momento da contratação é estipulado um valor que normalmente não será por um mês, portanto o responsavel pelo aluno tem o direito de escolher como quer pagar, em uma parcela, duas, três, quatro, ou mais. Portanto é mais facil diluir essa anuidade em diversas parcelas, como em doze por exemplo. Então recai o pagamento nos meses de Janeiro, Julho e Dezembro, em meses que não há aulas, portanto não haverá a prestação dos serviços, e que dá a impressão de estarmos pagamento o que não deveria. Isso é contornado no momento de se contratar o transporte. Há transportadores que evitam até de cobrar o meses de janeiro, julho e dezembro,aumentando ou não o valor do tranporte escolar para não entrar em atrito com os pais ou responsáveis, coisa que nunca deve acontecer.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 23/08/2011 - 15:29
      Enviado por: valdete

      Oi boa tarde gostaria de saber ser eu posso denunciar uma VAN ESCOLAR que vem na minha vizinha por buzinar 6:00hs da manha?

      responder este comentário denunciar abuso

    • 26/08/2011 - 09:43
      Enviado por: Raquel Chistiana

      Oi bom dia tenho um filho de 8 anos com paralisia cerebral e o mesmo vai operar e ficar sem usar o transporte escolar por mais ou mneos 35 dias tenho que pagar mesmo pq pago julho que é ferias e janeiro.
      oBRIGADA
      Raquel

      responder este comentário denunciar abuso

      • 26/08/2011 - 18:26
        Enviado por: Marcelo Moreira

        Sim, tem de pagar. Não é porque seu filho faltaum ou dois dias na escola que você irá pedir desconto na mensalidade no final do mês. A sua situação é a mesma.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 01/09/2011 - 09:10
      Enviado por: Mariana Alvim

      Apesar de morar em BH-MG gostei muito de ler essa reportagem. Assim como a leitora Valdete, tambem tenho problemas com uma van escolar que busca dois adolescente na casa em frente a minha e buzina as 06:30. Ja fui pedir ao condutor que nao buzine e fui tratada com palavras de baixo escalao. Tambem fui pedir ao pai das criança, que por sinal é policial militar, e ele me disse que a van tem o direito de buzinar nesse horario para a segurança dos filhos dele. Ja li no codigo de transito que nao é permitido buzinar sem necessidade. Gostaria de saber que esta com a razao, e se for minha, qual medida posso tomar? Obrigada

      responder este comentário denunciar abuso

      • 01/09/2011 - 18:36
        Enviado por: Marcelo Moreira

        A van náo está cometendo nenhuma irregularidade, o horário não impeditivo para que o sinal sonoro seja utilizado.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 01/09/2011 - 21:20
      Enviado por: Mariana Alvim

      Marcelo, mas e codigo de transito brasileiro que seguinte:
      Art. 41. O condutor de veículo só poderá fazer uso de buzina, desde que em toque breve, nas seguintes situações:

      I – para fazer as advertências necessárias a fim de evitar acidentes;

      II – fora das áreas urbanas, quando for conveniente advertir a um condutor que se tem o propósito de ultrapassá-lo.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 28/09/2011 - 15:58
      Enviado por: marcela

      olá, gostaria de saber o seguinte faço um curso técnico em outra cidade, e uso transporte de uma van, na qual assinei um contrato com ele no caso de desistência pagar uma multa referente á 03 parcelas que são de 140,00, ou seja tenho que pagar mais 3x o valor isso procede? at.
      Obrigada

      responder este comentário denunciar abuso

    • 29/09/2011 - 20:05
      Enviado por: Sônia

      Olá,gostaria de saber como proceder,nesta situação.Solicitei o serviço de uma perueira,o contrado iniciou dia 01/03/2011 e vai até 31/01/2012.Dia 29/09 recebi um bilhete no qual avisava que a partir do dia 03/10 não teria mais condições de prestar o serviço de transporte escolar.Porque havia perdido a Van por problemas mecânicos,e o aluguel da atual Van comum não teria mais condições de pagar.Conversando pessoalmente me disse que poderia transportar as crianças em carro comum(passeio) até a situação estabilizar.Mas que provalmente não poderia mais levar meu filho,pois ele era o único do colégio dele, e para ela não seria viável.Moro longe da escola,posso até levá-lo de ônibus,mas não acho isso justo.Se eu desistisse teria que avisar com 30 dias de antescedência e pagar uma mensalidade.Como proceder neste caso?
      Obrigada!

      responder este comentário denunciar abuso

      • 30/09/2011 - 17:42
        Enviado por: Marcelo Moreira

        É um fato: ela não pode mais transportar seu filho. Você áté pode ir à Justiça contra ela, mas não compensa a chateação. Esqueça isso.

        responder este comentário denunciar abuso
    • 04/10/2011 - 15:37
      Enviado por: Fernando

      Não entendo muito esses comentários seguidos de manutenção dos veículos, minha cunhada tem transporte escolar a uns 20 anos, sempre usando Kombi “Zero” digo não semi-nova ou usada, troca de carro sempre de 3 em 3 anos.
      Nunca ouvi ela reclamar de manutenção e sim de outras coisas, lendo os tópicos parece que carro troca todo mês de pneu, pastilhas que aliás custa R$30,00 o par,ela troca de pneus de 2 em 2 anos(num tá bom) não deu pra ganhar pra colocar os pneus?.Além da garantia de fábrica ela acha a Kombi apesar de não ter muito conforto,ainda é a melhor alternativa porque a considera um trator, nunca quebra.Atenção pessoal transporte profissional os veículos antes de tudo precisam ser novos!!!!
      e uma sugestão p/ transporte escolar não tem outra “KOMBI”
      OBS: Meu vizinho tem uma Ducato e tá de saco-cheio, vive quebrando!!
      Abraços.

      responder este comentário denunciar abuso

    • 27/10/2011 - 09:56
      Enviado por: Mariana

      Marcelo, mas e codigo de transito brasileiro que seguinte:
      Art. 41. O condutor de veículo só poderá fazer uso de buzina, desde que em toque breve, nas seguintes situações:

      I – para fazer as advertências necessárias a fim de evitar acidentes;

      II – fora das áreas urbanas, quando for conveniente advertir a um condutor que se tem o propósito de ultrapassá-lo.

      responder este comentário denunciar abuso

      • 07/11/2011 - 22:29
        Enviado por: Débora Rodrigues

        Boa noite,Mariana!
        Moro em Salvador aqui é um inferno esse negocio de barulho, mas a prefeitura está advertindo as pessoas, quem não cumprir e Lei do silêncio, que é das 22:00 as 08:00 da manhã e até mesmo durante o dia com som muito alto está sendo multado (Isso é poluição sonora). Vá até a prefeitura de sua cidade para resolver essa situação.

        responder este comentário denunciar abuso

    Deixe um comentário: