Estado.com.br
Sábado, 22 de Novembro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Empresa de crédito é condenada por negar financiamento

Categoria: Assunto do dia

Por decisão da 2ª Turma Recursal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, a Losango Promoções de Vendas terá de pagar R$ 2.500 de indenização a uma consumidora que teve um financiamento negado numa loja de móveis e eletrodomésticos, mas que no momento da solicitação de crédito não estava inadimplente.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

158 Comentários Comente também
  • 19/05/2009 - 09:16
    Enviado por: Marcos Pereira dos Santos

    Bom dia fiquei feliz de saber que um banco pode ser obrigado a pagar indenização. Eu fiz um financiamento de um veiculo a +- 5 anos, atrazei as pestações o banco pediu busca do veiculo, mas negociamos e o financiamento foi quitado o veiculo não foi devolvido ao banco. A quitação foi em Outubro de 2006, o veiculo foi vendido. O comprador vendeu o carro para outra pessoa e o novo comprador financiou o veiculo novamente.
    Eu fui fazer um novo financiamento mas não posso pois ja consta no meu historico junto ao banco que tive busca e apreenção de um veiculo, nem um banco quer financiar para mim agora, eu fiz o financiamento so com um banco não com todos, tive dificuldade mas paguei. O que seria melhor para mim pagar e ter o nome impedido ou não pagar e tambem ter o nome impedido.
    Eu não tenho restrições no serasa , SPC, Cartorio e provo com documentos.
    a restrição é interna nos bancos.
    Obrigado se puder me responder

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/08/2010 - 20:33
      Enviado por: Ricardo

      Melhor coisa que te aconteceu amigo. Se não liberaram o crédito, levante a cabeça trabalhe e junte o dinheiro até conseguir o objetivo almejado. O sistema está acostumado ao mais fácil, a pessima escolha de comprar a crédito. Te sabatinam perguntas e perguntas e todas as formas humilhantes para que você fique dependente desta corja bancária. Eu compro hoje só a vista, se não tenho dinheiro junto e compro. Quando me oferecem cartão de crédito respondo: obrigado, so compro a dinheiro. Não é arrogância, é ser esperto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/05/2009 - 12:36
    Enviado por: Eduard Cortes

    Bela informação.. Gostaria de sabe o numero deste processo.. Preciso entrar com um semelhante.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2009 - 17:50
    Enviado por: Rodrigo

    Por favor, algum advogado pode me ajudar?
    Estou com um problema sério com a Rommer Multimarcas após ter comprado um carro à vista no valor de 20 mil reais. Estou sem o carro e sem o dinheiro há mais de quatro meses. Só fiquei com o carro 10 dias. O carro me apresentou inúmeros problemas e eles não querem devolver o meu dinheiro. Tentei escolher outros carros dos quais eles me apresentaram mas o valor era superior e eles queriam que eu financiasse, mas eu não pude. Os que eu poderia pegar porque o valor era compatível, a qualidade era muito inferior. Já fui ao Procon e não houve resolução. Estou neste impasse. Não posso pagar um advogado. Vou recorrer a ´Defensoria Pública mas gostaria de saber se com um Advogado Particular haverá mais eficácia? Há muitas pessoas em alguns sites da Internet passando pelo mesmo/ ou parecido problema. Vocês podem me ajudar? Por favor! Posso detalhar mais o caso em outra oportunidade.

    Muito Obrigado pela atenção dispensada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/08/2010 - 11:56
      Enviado por: Rodrigo

      Caro Rodrigo, boa tarde. Acredito que com um bem de R$ 20.000,00 em discussão não seria correta a utilização da Defensoria Pública.

      Sugiro que contrate advogado especialista em direito civil.

      abraços

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/05/2009 - 01:00
    Enviado por: olinda da costa ferreira

    por favor preciso da opniao de advogado
    tenho que comprar uma parte da casa que moro que e erança o homem quer 18,0000 tenho 5,0000
    mais um carro como poço resolver esse problema
    o cARROvale oito mil
    me ajude urgente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2009 - 18:11
    Enviado por: valdemir de lima dallastra

    por favor preciso de uma orientação,passei em um concurso publico para trabalhar na área da educação,foi pedido para abrir uma conta na NOSSA CAIXA NOSSO BANCO para receber o meu salario,mas foi negado porque tenho uma restrição com o banco desde 2002 e com isso não posso tomar posse, oque fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/10/2010 - 18:58
      Enviado por: alexandre cavalcanti

      Caro amigo, entre com um mandado de segurança, o banco não pode negar abrir uma conta salário.
      Aconselho procurar um advogado civil, e que ele peça uma antecipação de tutela para seu caso ser logo julgado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/07/2009 - 17:58
    Enviado por: Wilma

    O meu caso é parecido com alguns já mencionados. O que ocorre é que tinha um financiamento e devido a problemas financeiros acabou havendo busca e apreensão uns dois anos atrás e nessa mesma época tive tbém outras restrições no Serasa e SPC, mas que já foram todas regularizadas. Tentei fazer outro financiamento de veículo e o pessoal da concessionária alegou que meu histórico não é bom e que meu cadastro não foi aprovado em nenhum banco. Gostaria de saber se vou ficar com o nome sujo pra sempre… como se fosse uma bandida, mal vista pelos órgãos de proteção ao crédito. Até bandido tem seu nome limpo depois que pagar sua pena. Eu vou ficar com esse histórico mesmo tendo saldado todas minhas dívidas??? Me ajudeeeeeeeemmmmm por favor!!! Grata!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/07/2009 - 07:32
    Enviado por: wilson chaves

    Estava inadimplente com a LOSANGO paguei minhas dividas (quitei tudo), consultei meu nome
    no serasa e spc, nada consta. Um belo dia fui a uma loja de movéis com a minha esposa, escolhe
    mos um guarda-roupa e uma cama, tudo beleza
    mas na hora de aprovar o meu crédito a LOSANGO
    negou, falei para o vendedor pois tive problema lá
    a mais de 15 anos, tenho cartão de crédito, crédi-
    tos em outras lojas sem nenhum problema para a-
    provação, fiquei sem graça no momento perante o
    vendedor, pedi desculpas a ele, pois perdeu um bom tempo comigo e nada adiantou, não sei mais o
    que fazer para tira esse impedimento que tenho com a LOSANGO admininstradora de créditos. Um
    abraço a todos. obrigado por este espaço.

    RESPOSTA DO BLOG: Não ficou claro que tipo de restrição ocorreu, mesmo com as dívidas já quitadas. De qualquer forma, se você tentou usar algum cartão de crédito vinculado à Losango e houve a negatica do crédito, ocorre o seguinte: a emrpesa tem todo o direito de não querê-lo mais como cliente, ams rpecisa avisá-lo antes de que não poderá mais usar esses instrumentos de crédito da própria Losango. Se não houve aviso prévio. é o caso de processar a Losango.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/08/2009 - 10:39
    Enviado por: Marcio oliveira

    comprei um carro em 2004 ,entrei com uma ação para revisão de juros .acabei perdendo e paguei todo o que deveria ,mas hoje não consigo emprestimo em banco algum .O que posso fazer para adquirir novamente este credito??

    RESPOSTA DO BLOG: Não ficou claro o motivo da recusa do crédito. O que eles alegam? É bom ficar claro que os bancos não são obrigados a emprestar dinheiro, podem recusar o crédito, seja lá qual for o motivo.

    Bom dia Marcelo .O que foi alegado por telefone (por uma das gerentes que cuida da minha conta) que o banco o Real AYMORÉ (onde financiei o carro e abri uma ação para redução de juros abusivos)faz parte do Grupo Santander (onde tenho conta) ;e por essa razão é como se eu tivesse feito uma ação contra todos os bancos (122 bancos) do grupo ;inclusive o Santander .Solicitei um empréstimo no Unibanco (onde também tenho conta ) e também foi negado .

    RESPOSTA DO BLOG: A resposta da atendente pressupõe que há um cadastro negativo clandestino feito pelos bancos para listar “maus pagadores” e “inadimplentes”. Isso é contra a lei. O problema vai ser provar que o tal cadastro exista. E acho que você não tem a gravação dessa conversa. Sugiro que volte a contatar a Aymoré por telefone e grave a conversa. Se a desculpa for a mesma, é caso para processar o banco e a financeira.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2009 - 21:54
    Enviado por: daniel bitencourt

    Gostaria de saber se posso entrar com um processo em uma financeira por ter negado financiamento, explico , em 2007 comprei um veiculo financiado e durante 18 meses paguei todas as prestaçoes em dia, mas tive problemas financeiros e deixe de pagar 3 meses, entao decide fazer a entrega amigavel para a financeira isto ocorreu no mes de fevereiro, mas meu nome ficou no serasa por mais um mes,tive que entrar em contato para retirar meu nome do serasa, ok portanto neste mes de julho tentei fazer outro financiamento com duas financeiras e aquela na qual devolvi o veiculo, parece que existe uma conecsao entre todas e entre lojas do comercio, nao consigo abrir credito, ou ate mesmo solicitar cartao de credito. gostaria de sua ajuda o que faço?
    aguardo resposta

    RESPOSTA DO BLOG: Nenhum banco ou financeira é obrigada a emprestar dinheiro a quem quer que seja. Eles têm todo o direito de recusar. A existência de um cadastro negativo entre todas as financeiras é ilegal, poderia ser questionado na Justiça, o problema é provar que esse cadastro existe. Ação na Justiça sem provas contra esse “cadastro” é perda de tempo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2009 - 09:28
    Enviado por: marcia

    OLÁ!!! TIVE UMA DÍVIDA COM CARTÃO DE CRÉDITO MASTER FIQUEI INADIMPLENTE QUASE 2 ANOS , FIZ UM ACORDO COM UM ESCRITORIO DE COBRANÇA PARCELEI E ESTOU PAGANDO EM DIA, MEU NOME JÁ ESTÁ LIMPO, SERÁ QUE VOU PODER TER UM CARTÃO DE CRÉDITO NOVAMENTE??? JÁ QUE HOJE ME ENCONTRO EM UMA SITUAÇÃO FINANCEIRA ESTÁVEL.

    RESPOSTA DO BLOG: Só perguntando para as administradoras de cartão de crédito. Elas não são obrigados a aceitá-lo como cliente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2009 - 11:38
    Enviado por: Marcia Meireles

    Ótima notícia e veio de encontro o que estou procurando. Gostaria de saber se teriam o número do acórdão ou pelo menos a ementa que concedeu aindenização, pois estou fazendo uma ação do mesmo tipo contra a mesma empresa (LOSANGO) aqui no RJ e gostaria de utilizar a ementa como fundamentação para demonstrar a conduta ilegal da empresa. Desde já, agradeço.
    Márcia Meireles

    RESPOSTA DO BLOG: Lamento, não temos essa informação. Tem ser buscada diretamente no Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/08/2009 - 21:49
    Enviado por: claudia

    Por favor me informe o que fazer,entrei com uma ação revisional,para baixar parcelas,conseguir baixar paguei tudo via justiça,o banco chamou para fazer acordo eu fiz,ja baixou gravame,hoje 5 meses depois fui comprar um carro e consta para os bancos que tentei,busca e apreenção de veiculo ,o que faço para resolver isso.obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Não entendemos a dúvida. Afinal, consta o quê? Que você teve ação dos bancos de busca e apreensão contra o seu carro? Explique melhor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/08/2009 - 17:05
    Enviado por: claudia

    financiei meu carro para 36 meses paguei,21 parcelas,tive problemas financeiros,então procurei advogado que entrou com ação revissional,paguei as 15ultimas parcelas via justiça,o banco que financiou me chamou para fazer acordo,eu fiz,quitei tudo.baixou gravame do carro eu vendi.tudo isso ocorreu no mes 03/09 ontem dia 28.08.09,fui financiar um veiculo,e não conseguir,la consta para alguns bancos que tentamos,busca e apreenção.o que fazer .isso é correto o que este banco fez.foi banco finasa.

    RESPOSTA DO BLOG: Um banco pode recusar crédito a qualquer um, não é obrigado a emprestar, mas, se usar como justificativa algo que não ocorreu, então a situação pode ser questionada. Se houve a quitação do carro anterior e o banco liberou toda a documentação, encerrando o negócio, então, é óbvio, não houve busca nem apreensão. É o caso de fazer uma denúncia formal no Procon e uma ação por indenização por danos morais no JUizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/09/2009 - 20:00
    Enviado por: wilson ângelo

    o banco do brasil me negativou por um cheque que tinha sido compensado,munido do extrato que provava a compensação,paguei a taxa de exclusão do serasa,dia 01/09 entrei com uma ação de indenização contra o mesmo,hoje dia 03/09 tentei um financiamento de um carro,e mesmo foi negado por esse motivo,se retirar a ação conseguirei novamente linhas de crédito?

    RESPOSTA DO BLOG: O banco ou financeira não tem obrigação de emprestar dinheiro. O motivo alegado não é suficiente para uma nova ação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/09/2009 - 18:05
    Enviado por: CIRLENE SOARES DA SILVA

    BOA TARDE, FIZ UM FINANCIAMENTO PARA QUITAR MEU DEBITO NO CARTAO DE CREDITO, DA CREDICARD, PAGUEI A 1 PARCELA , MAS TIVE PROBLEMAS FINANCEIROS E PESSOAIS ONDE VI, QUE O VALOR DA PARCELAS SEGUINTES FICARIA FORA DE MEU ORÇAMENTO, LIGUEI PEDINDO UM NOVO REFIANCIAMENTO DE MEU DEBITO, A ATENDENTE ME INFORMOU QUE NÃO SERIA POSSIVEL UMA VEZ QUE JA HAVIA FECHADO UM ACORDO. A FATURA AINDA N;AO VENCEU MAS SEI QUE NAO VOU MAIS POSSUIR ESSE VALOR TODO MES E NAO GOSTARIA DE TER MEU NOME NO SPC E OU SERASA , TENHO O DIREITO A UM NOVO ACORDO OU NAO:.

    RESPOSTA DO BLOG: A empresa não tem obrigação de renegociar a dívida. Você é que precisa se adequar às exigências da empresa, já que é devedora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/09/2009 - 13:38
    Enviado por: Márcia Meireles

    Conforme já comentado anteriormente, estou procurando julgados para acionar a Losango e, como o senhor me informou não sabe o número do processo e nem a ementa. Tentei buscar pelo site do TJ DF, mas não consegui encontrar nada, haveria algum outro meio de me ajudar? Se me informarem como o blog ficou sabendo da decisão (onde foi publicada, ou nome das partes pelo menos) já me auxilia bastante. Obrigada, Márcia

    RESPOSTA DO BLOG: Ficamos sabendo pela página do TJ-DFT na internet, olhamos os principais tribunais pelo menos três vezes por semana. Infelizmente, essa é a única maneira para encontrar informações sobre o assunto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2009 - 11:55
    Enviado por: Ana de Souza

    Olá, refinanciei meu carro pela BV Financiera, modalidade “Cédula de crédito bancário”, e estou com 5 prestações em atraso. Contratei um advogado para recorrer, pois como fiz o financiamento pouco antes da crise, agora o valor do carro não paga a dívida. Ele entrou com um pedido de “Ação declaratória de nulidade de cláusula abusiva e sua revisão com restituição de valores e tutela antecipada”. Acho que por isso, ainda não pediram busca e apreensão do bem. Gostaria de saber como funciona o processo, pois fui informada que qdo pedirem busca e apreensão eles vão umas 3 x no local como tentativa e dps arquivam o pedido da busca. Tempos após esse período a dívida vai pra crédito de liquidação do banco e o veículo é negociado por menos de 1/3 do valor. Alguém saberia me informar como ocorre esse processo na instituição bancária em relação ao bem e a dívida. No aguardo,

    RESPOSTA DO BLOG: O mais comum é que no caso de busca e apreensão o banco ou financeira insista até conseguir citar o executado e aprender o carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2009 - 13:26
    Enviado por: EDIMILSON BATISTA DE ALMEIDA

    BOA TARDE COMPREI UM VEICULO EM 72 VEZES PAGUEI 19 PARCELAS ATUALMENTE ESTOU COM 4 PARCELAS ATRASADAS SERA QUE CONSIGO O CONTRATO DE REVISSAO DE JUROS SE SAIR O MANDADO DE BUSCA E APREENSAO TEREI QUE ESCONDER O CARRO SENAO O PERDEREI PARA SEMPRE E UMA AÇAO DESTA E MUITO CARO PARA PAGAR O ADVOGADO SE CONSEGUIR TEREI QUE PAGAR AS PARCELAS ATRASADAS DE UMA VEZ OU O JUIZ ARBRITARIA A CAUSA

    RESPOSTA DO BLOG: Consulte um advogado especializado, não temos como responder a meras especulações.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2009 - 21:06
    Enviado por: Patricia

    Boa noite,

    Tive um problema com 7 cheques devolvidos, a 2 anos devido a desemprego, Atualmente após quita-los estou com meu nome limpo, inclusive com conta com cheque especial liberada pelo banco, limites, cartões de credito e etc….Fui tentar um financiamento de um veiculo pela BV Financeira, e foi negado, devido ao histórico, isso é permitido? um problema resolvido afetar um negócio atualmente?

    RESPOSTA DO BLOG: Embora seja desagradável, uma empresa pode recusar o cliente, ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Não há lei que obrigue uma financeira a aceitar qualquer um como cliente. Entretanto, se conseguir provar que existe um cadastro de restrições circulando entre bancos e lojas, é possível obter indenização na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2009 - 17:49
    Enviado por: Mariia Carolina dos santos

    Ola..gostaria de tirar uma duvida ..tive um problema com o banco santander e negociei so que o juros esta abusivo eles estaão me cobrando mais que o dobro do q. eu devo..seria possivel tomar alguma providencia pra baixar este juros ???naum estou me negando a pagar mais esta demais e tive q. fazer essa negociação pq cada dia q. passava estava aumentando maiss..Se tiver alguma solução eu agradeço!!

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um contador para verificar se os juros são mesmo abusivos e depois um advogado para renegociar a dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2009 - 14:55
    Enviado por: Fernando Rodrigues

    Algum advogado pode me ajudar, tive problemas financeiros e fiquei desempregado e nao pude pagar meu cartão de credito santander banesba, uma advogado do banco me colocou na justiça e esta pedindo um valor exorbitante para eu pagar, gostaria de saber qual rumo tomar se meu nome vai ficar na justiça pra sempre ou se caduca a ação ou se terei que pagar um dia por favor me ajudem ! AGUARDO RESPOSTA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2009 - 18:37
    Enviado por: dinei

    Ola gostaria de saber fiz um emprestimo pessoal no Banco Bradesco valor de R$ 600,00 reais.
    Estou pagando ainda agora quero fazer um financiamento pela Caixa sera que eu conssigo o finaciamento por causa do emprestimo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2009 - 23:20
    Enviado por: pablo nunes

    boa noite, há 5 anos financiei um veiculo pelo finasa atrasei varias parçelas ate dar busca e apreensao
    levarao o carro apos cinco meses meu nome
    estava limpo hoje apos 3 anos sou funcionario federal tenho
    uma otima renda mas e ja tentei financiar outro veiculo por 8 finançeiras todas me negaram e o meu nome esta limpo .
    o que devo fazer?
    os vendedores dizem que todas as financeiras sabem que isso me aconteceu. isso é verdade?

    RESPOSTA DO BLOG: Já ouvimos falar disso, mas nunca conseguimos provar. Ninguém nunca conseguiu provar a existência de um cadastro clandestino. Infelizmente, nesse caso, as financeiras não têm obrigação de conceder crédito a quem quer que seja.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2009 - 13:39
    Enviado por: Celso Alves dos Santos

    Comprei um carro em 36 vezes, paguei 19 prestações, por não poder pagar mais devolvi o carro amigavelmente e sem as prestações estarem atrasadas. Fui informado que tinha um saldo remanescente, fiz um acordo e solicitei que me fosse enviado um extrato justificando o saldo, Eu acho que tenho direito de saber o por que da divida ! Então estou aguardando desde 06/2007, agora fui procurar a financeira para saber sobre a divida em questão. Fui informado que meu nome só será retirado do SPC quando quitar a dívida. Gostaria de saber se isto é correto ? estou disposto a pagar a divida, mesmo não sabendo o por que do saldo remanescente, visto que paguei 19 de 36 prestações e ainda devolvi o carro. Mas minha duvida é eu refinanciando e pagando a 1º prestação a financeira ainda pode manter meu nome no SPC ?

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um advogado e mostre o contrato a ele e veja se é caso de processo. Normalmente a dívida de saldo devedor, em caso de devolução, consta do contrato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2009 - 12:11
    Enviado por: jailton

    estava com uma divida no bradesco, mas renegociei e paguei,fui tentar fazer um finaciamento em varias agencias e consta que tenho uma restrição interna ou um alto nivel de crétido inadimplencia, liguei na agencia na qual tinha a divida e eles falaram que não tenho nada o que faço ?

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um advogado especializado e processe o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2009 - 13:16
    Enviado por: rafael

    Boa Tarde!

    Por favor, me tirem essa dúvida:
    Tenho algumas restrições em nome junto ao Serasa e SPC, minha esposa
    não tem restrição alguma no nome dela, inclusive compra em varias
    lojas da nossa cidade, certo dia, fomos a uma loja de materiais de
    construção para fazer uma compra pequena até, no valor aproximado em
    R$ 550,00, negaram o credito a ela alegando que meu nome estava sujo
    no mercado!!, achei isso um absurdo porque ela ja tem a conta aberta
    com essa loja a varios meses, ja compramos varias vezes e pagamos tudo
    certinho, inclusive a ultima compra feita lá tinha quase o mesmo valor
    e ainda tinhamos quitado a ultima parcela adiantado!!

    É certo eles negarem o credito a ela visto que meu nome esta sujo??

    Agradeço muito pela colaboração,

    Rafael.

    RESPOSTA DO BLOG: Nenhuma loja é obrigada a aceitar quem quer que seja como cliente, não tem obrigação de conceder crédito. A política de concessão de crédito não é ilegal. Entretanto, se houve algum tipo de constrangimento, é possível entrar com processo por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/11/2009 - 15:46
    Enviado por: Ricardo

    Prezado,

    tinha uma pendência junto a um cartao do banco do brasil, porém, certa vez ao inserir o cartao no “cash” apareceu a opção de reescalonamento da divida, ou seja, eu poderia parcelar e quitar aquela dívida. Fiz exatamente isso e quitei a dívida. Hoje em dia trabalho numa empresa de economia mista e recebo meu salario pelo Banco do Brasil, porém, ao solicitar cheque especial e cartao de credito fui informado de que só poderia ter acesso a esses créditos se eu quitasse o desconto que eles me deram naquela oportunidade, ou seja, me ofereceram o desconto e agora estão me cobrando o desconto ofertado com correção. A gerente ainda me disse que existe um cadastro interno no Banco do Brasil no qual meu nome está inserido, portanto, enquanto eu nao pagar esse suporto desconto, não terei acesso ao crédito.
    Pergunto: vabe alguma ação? se couber, qual o procedimento que devo adotar?

    Desde já agradeço pela atenção.

    RESPOSTA DO BLOG: O banco não tem obrigação de conceder crédito. Tem suas políticas de restrição e nada do que você relatou é ilegal. Não há como provar que existe tal cadastro interno de bons ou maus clientes, será a sua palavra contra a da gerente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2009 - 19:01
    Enviado por: lindomar da rocha

    tinha uma divida com o banco do brasil ja se passaram 5 anos ;se for fazer um financiamento com a caixa economica terei problema ?

    RESPOSTA DO BLOG: Claro que terá. Dívidas têm de ser pagas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2009 - 13:50
    Enviado por: zuleide

    Meu pai foi fazer um financiamento de um carro, o banco ligou disse que estava tudo ok, ele foi até a loja, assinou todos os documentos, um deles informa que o cadastro estava aprovado, e um dia depois a loja entrou em contato dizendo que o credito estava negado porque a minha mãe tem uma restrição. Ela não está assinando nada, nem comprando, não é fiadora e agora meu pai esta tentando fazer com outra financeira e eles dizem que ele teve um cadastro negado e eles não podem fazer. ele está com os documentos de credito aprovado emitidos pelo banco. o que ele pode fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Entrar na Justiça e questionar, mas sempre lembrando que nenhuma empresa é obrigada a conceder crédito a quem quer que seja. Se o cliente acha que foi lesado, processe por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2009 - 16:06
    Enviado por: Glécia Batista Rocha

    Oi, comprei um guarda-roupas nas casas bahia , acontece que na nota fiscalo preço a vista éde 699,00 reais e no carnê ficou de 12 de 116,00, me senti muito lesada , ´será que é juros abusivos? Como posso recorrer para refinanciar o carnê? E será que posso mecher no contrato que já tem 5 meses, por q já paguei 4 prestações. Por favor me ajude!

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um contador para fazer os cálculos e verificar se os juros são abusivos. Se forem, reclame no Procon e entre na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2009 - 11:26
    Enviado por: Lorena

    Oi, sou supervisora de crédito e enfrento alguns problemas no comércio. Gostaria de saber se a frase: Negado por politica de crédito é ilegal? Sei que de acordo com decreto, somos obrigados a informar ao cliente o porque o crédito foi negado, porém existem circunstâncias que seria melhor seria não informar, como por exemplo: excesso de passagens ao spc, suspeita de documentação, divergências na informações cadastrais e coisas do tipo.
    Me digam qual seria a melhor maneira de informar ao cliente sem corrermos o risco de constrage-lo.

    RESPOSTA DO BLOG: Ilegal não é, mas não resolve nada. O cliente tem o direito de saber porque o crédito ou o financiamento foi negado. Como informá-lo? Do jeito mais direto possível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2009 - 22:21
    Enviado por: w pinheiro

    ola tenho uma duvida, fui cancelar um conta de celular e me ofereceram uma nova conta, alegando que eu falaria de graça com qualquer celular claro, utilizei desse beneficio, chegou uma conta cobrando as ligaçoes, de claro p claro, entrei em contato com a central fui informado que nao tem logica que eu tinha apenas um pacote, bom no mais tenho uma testemunha a qual estava comigo no ato da compra, e é uma dos que tinha celular claro, dos qual ultilizei. enfim a propaganda foi enganosa nao posso pagar por uma coisa onde nao estava ciente certo, e digo mais veio cobrando uma multa etc.
    oque devo fazer?????
    desde ja agradeço

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2009 - 01:17
    Enviado por: osnei da silva

    tenho uma açao de revisional de contrato contra o banco BV e CACIQUE, atualmente solicitei aos advogados para entrare, em acordo com ambos os bancos, pelo motivo de nao conseguir aprovaçao de ter nenhum cartao de credito ou financiar outro veículo, ou até mesmo fazer um emprestimo no proprio banco que tenho conta corrente. nao sei o que fazer para garantir credito…. tenho o nome limpo SPC/ SERASA, mas mesmo assim não consigo. o que devo fazer? segundo amigos os bancos possuem uma lista de quem entra com revisional de contrato…

    RESPOSTA DO BLOG: Legalmente não podem restringir o crédito, mas elas se ifnormam e sabem que são os bons e maus pagadores e quem está procesando quem. Se alguém conseguir descobrir a existência de um cadastro informal, pode processar bancos e lojas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2009 - 11:44
    Enviado por: bruno

    tenho 1 duvida , caso eu entre com um revisional por uma instituição, uma outra pode ou tem como saber do mesmo, e ela pode restringir esse novo crédito?

    RESPOSTA DO BLOG: Legalmente não podem restringir o crédito, mas elas se ifnormam e sabem que são os bons e maus pagadores e quem está procesando quem. Se alguém conseguir descobrir a existência de um cadastro informal, pode processar bancos e lojas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/12/2009 - 12:42
    Enviado por: jairo bispo paraiso

    gostaria de saber se possso recorrer dos juros abusivos da losango estou com prestacoes atrasadas por dificuldades financeiras querro pagar mas nao estou conceguindo os jurros sao orbitantes.

    RESPOSTA DO BLOG: É possível questionar qualquer coisa na Justiça. Contrate um advogado e certifique-se de que os juros são mesmo abusivos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2009 - 14:48
    Enviado por: camila mendonça de sousa

    olá, o meu marido ficou inadimplente por quase 5 anos em um banco(itaú), ele fez um acordo a mais ou menos 3 meses, sendo assim todas as parcelas até o momento foram pagas em dia, porém quando tentamos abrir um novo crédito em lojas de móveis, foi negado porque consta que ele fez acordo, o que não entendí é como ele pagou as dívidas e não consegue mais abrir crédito em local nenhum?????
    você acah que é caso para processo???
    eles alegaram que como ele não tem mais conta corrente e nehum cartão de crédito é mais difícil a liberação do crédito, mais e aí o que importa não é o nome estar limpo?

    Aguardo a sua ajuda…..

    Att,

    camila

    RESPOSTA DO BLOG: Nenhuma loja é obrigada a dar crédito ou carnê para quem quer que seja. Enquanto houver dívida renegociada, o nome normalmente continua sujo até o final do pagamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2009 - 22:47
    Enviado por: givanildo

    estou com nome limpo mais não consigo abrir crediário em nenhuma loja ja tentei mais sempre vem a mesma resposta que não tem nenhuma restrição com o meu nome junto ao serviço de proteção ao credito mais por politica da empresa não pode aprovar o meu credito.eu pergunto o que eu posso fazer pra resolver essa situação?eu preciso de orientação

    RESPOSTA DO BLOG: As respostas que você precisa estão no texto da reportagem e nas próprias respostas aos outros leitores.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/12/2009 - 15:39
    Enviado por: Monica

    Tentei contratar, por telefone e a través do site, o serviço de TV a cabo da NET. Após fazer o cadastro, o atendente me diz que a solicitação tinha sido denegada porque o inquilino que morou na minha residencia (e que saiu há quase dois anos) não cancelou o seu contrato com a NET. Tem direito a NET a denegar um serviço por essa razão?

    REPSOSTA DO BLOG: Sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2009 - 23:39
    Enviado por: Roberto

    Boa, tive o credito negado na compra de um computador de natal pro meu filho, tive que pagar a vista, estando sem restriçao, com emprego estavel, olerite atual, comprovante de residencia no meu nome e residencia fixa, e tendo tel fixo, a atendente só que eu
    nao atingi os pontos necssarios, quando a prestaçao era
    10% do meu salario, nao me senti bem com isso, eles podem fazer isso?

    Obrigado!

    RESPOSTA DO BLOG: Ninguém é obrigado a dar crédito para ninguém. A atitude das financeiras não é ilegal. Se você conseguir provar que existe um cadastro clandestino de clientes que têm/tiveram problemas financeiros, até é possível entrar na JUstiça por danos morais, mas as chances de ganhar são pequenas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/12/2009 - 10:15
    Enviado por: carlos lacerda miranda

    eu tive um debito com o bradesco.limite estourado do cartao de credito.a 2 anos quitei a divida.e 6 meses que canselei a conta com o bradesco. mas fui fazer um financiamento de um carro pela bv financiamento e pelo finasa e o mesmo nao foi aprovado pelo motivo alegado das mesma foi o debito que tive com o bradesco.tenho residencia fixa,carteira assinada eo nome limpo.o motivo do broqueio nao me paresse justo.tenho direitos ou não.grato pela atenção desde ja.carlos.

    RESPOSTA DO BLOG: Ninguém é obrigado a dar crédito para ninguém. A atitude das financeiras não é ilegal. Se você conseguir provar que existe um cadastro clandestino de clientes que têm/tiveram problemas financeiros, até é possível entrar na Justiça por danos morais, mas as chances de ganhar são pequenas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2010 - 15:11
    Enviado por: Ma´rilia

    Estou processando a BV financeira pois há 10 meses quitei uma divida que atrasei e agora tento financiar um veículo e todos os bancos negam o crédito alegando que possuo mal histórico junto a BV financeira,eles faltaram na primeira audiência de conciliação,tenho chances de ganhar essa causa?

    RESPOSTA DO BLOG: Não temos como adivinhar. Quando se entra na Justiça pode-se ganhar ou perder, independente do que achemos a respeito de a causa ser justa ou não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2010 - 09:45
    Enviado por: Marília

    APÓS A AUDIÊNCIA O RAPAZ DO FÓRUM ME LIGOU PARA QUE EU LEVASSE TODOS OS DOCUMENTOS POIS O JUIZ JÁ IRIA DAR A SENTENÇA.ACREDITO QUE SEJA A MEU FAVOR,JÁ QUE ELES FALTARAM.ABRAÇO!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/10/2010 - 13:14
      Enviado por: Leilís

      Veja bem em junho deste ano fui a um feirão e fiz o processo de comprar um carro na fiat depois de uma semana sem resposta o vendedor me ligou e disse que o meu credito foi negado ate ai tudo bem, depois fui na ford e tentei passar a minha ficha na qual foi negada por excesso de passagens pelas financeiras a partir dai meu calvário começou, tenho 23 anos sou professora do estado tenho renda fixa tenho cnh tudo certinho tenho o perfil pra fazer qualquer financiamento, tenho ate uma linha de credito otima no meu banco, mas não posso comprar nada no meu nome mesmo ele estando limpinho, me informaram que eu deveria esperar 3 meses para que meu nome saisse da base de dados das financeiras, ja fazem tres meses e mesmo assim não consigo nem mesmo comprar uma bala a credito pois eles negam meu credito por excesso de passagens nas financeiras, fui na junta comercial do meu estado e dei baixa nas consultas realizadas no meu cpf mas mesmo assim meu nome continua “sujo” nas financeiras não devo nada meu cpf esta limpo mas eles me negam credito por aquelas consultas realizadas e não concretizadas o que devo fazer posso entrar com um processo contra essas financeiras por deixarem meu nome “sujo” mesmo estando limpo? segundo um amigo ele andou eu pegar uma carta nas concessionarias que eu fui dizedo exatamente porque o meu credito foi negado pois é um direito meu saber porque. O que devo fazer?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/01/2010 - 10:06
    Enviado por: MARÍLIA

    O engraçado de tudo é que antes de ser negada por todos os bancos meu crédito foi aprovado de cara pela própria BV e inclusive até assinei o contrato,só que 2 dias depois o vendedor me informou que a BV havia cancelado o contrato rasgando o mesmo,ou seja,fiquei sem provas já que o mesmo foi rasgado.Isso pode acontecer?Após eu ter assinado?Tudo isso aleguei na justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2010 - 14:10
    Enviado por: eduardo

    Ola. a dois anos fiz uma cirurgia cardiaca e me impossibilitei de trabalhar, com isto meu casamento acabou e ficaram dividas. entrei com uma revisional contra o ITAÚ e fizemos um acordo, quitei a dívida, pois minha ideia era não ser caloteiro. hoje fui tentar um financiamento na BV e foi negado por ter uma revisional. isto é legal? se eu desse calote no banco meu nome em 5 anos tava limpo, como dentro de uma dificuldade de saúde e vida, tentando fazer a coisa certa, pagar a dívida, pode ser condenatório para sempre? tenho o motivo da negação por escrito, cabe uma acão de indenização por dano moral? abrigado

    RESPOSTA DO BLOG: Ação por dano moral só se você puder provar que o motivo alegado foi o fato de ter tido uma ação revisional. E ainda assim as chances de vitória são pequenas, mas mesmo que o motivo alegado esteja documentado. O fato é que o banco não tem obrigação de emprestar dinheiro a quem quer que seja, pode recusar financiamento por qualquer motivo, em nosso entendimento. Só caberia dano moral se, além de provar documentalmente o motivo, houvesse também algum tipo de constrangimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2010 - 17:28
    Enviado por: jaciara

    Boa tarde! Queria que alguem me ajudasse fui fazer um financiamento pela BV financeira e la consta no meu cadastro que ja entrei com a revisional!!! mas como se eu nunca financiei nada e a primeira vez que tento comprar um carro isso e um absurdo o financiamento foi negado queria saber qual providencias devo tomar.

    RESPOSTA DO BLOG: Um banco ou financeira não é obrigado a dar crédito a ninguém. Mas se você diz que nunca fez financiamento na vida, então é provável que possa ter sido vítima de fraude. Vá a à financeira, recolha todos os dados possíveis sobre essa “revisional”, faça um boletim de ocorrência e peça a juda de um advogado para, se for o caso, processar na Justiça o autor da fraude e para se livrar de ter o nome sujo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2010 - 16:22
    Enviado por: JOÃO

    Boa tarde,
    Tinha uma dívida com o Banco do Brasil, que foi quitada em dezembro de 2009, de maneira integral com a promessa de poder voltar a trabalhar normalmente com a instituição. Porém tive a minha tentativa negada, alegando que existe restrição interna, porém nada que me impedisse de realizar outras movimentações fora da referida instituição. Isso não ocorreu da maneira como prometida, tive meu cadastro negado por duas vezes para compra de móveis, somente uma loja tive o cadastro aprovado. É legal as empresas possuírem ferramentas impeditivas que restrinjam o crédito mesmo sem nada constar no spc serasa.
    É legítimo esse banco de dados de cleinte que um dia deveu, pois do meu pouco conhecimento que tenho sei que na Constituição do Brasil não existe pena perpétua, como faço para ter o direito de poder comprar sem ter o medo de ter meu credito aprovado, e algo a mais tenho profissão sou militar a quase 13 anos, tenho salário mensal e fico muito constrangido quando isso ocorre.

    RESPOSTA DO BLOG: Ninguém é obrigado a dar crédito para ninguém. A atitude das financeiras não é ilegal. Se você conseguir provar que existe um cadastro clandestino de clientes que têm/tiveram problemas financeiros, até é possível entrar na Justiça por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2010 - 11:49
    Enviado por: Moreira

    Bom dia.

    Estou tendo problemas com as operadoras de telefonias moveis. Em 2008 tentei fazer um plano pos pago TIM, mas este foi negado, por problemas “casdastrais” e de “politica interna” da empresa. Na epoca isto me causou muito stress e transtonos, cheguei a ir em SERASA , SPC, Bancos, mas nunca constou nada em meu nome. Nunca tive dividas e nem fiquei inadiplente. Sou profissional liberal (médico) e tenho situação financeira estavel. Pois bem, acabei fazendo um plano Oi (pos pago) na ocasião e deixei o caso de lado. Eis que agora em 2010, tento migrar da Oi para Claro e o mesmo problema ocorre novamente. Me negaram o plano pós pago Claro 300, e só me oferecem o pre pago.
    Tambem não revelam o motivo. Desta vez registrei reclamação na anatel e ainda sim o motivo não foi revelado. sei que pelo artigo 72 do CDC isso é proibido.Tenho medo de futuramente não conseguir comprar mais nada, perder cartões de credito e nem poder viajar para o exterior caso tal cadastro oculto “vaze”, e isto sem nem bem saber o porque… É uma situação muito ruim esta, gostaria de ajuda. Não quero mais ser cliente Claro nem TIM, mas tb não quero ser impedido sem motivo de comprar, viajar, fazer financiamentos, cartões de credito, etc… Gostaria de ajuda e de orientações sobre como me proceder…

    RESPOSTA DO BLOG: O mais prático a fazer é conseguir a ajuda de um advogado e vasculhar as empresas de proteção ao crédito e verificar pendências. Em seguida, por via judicial, exija explicações da recusa de crédito e aceitação de planos – sempre lembrando que uma empresa não tem obrigalção de aceitar quem quer que seja como cliente. Mas você tem direito a uma explicação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2010 - 12:14
    Enviado por: Edson

    Caros Senhores(as).
    Li quase que a totalidade das perguntas e suas respectivas respostas, deste bom e interessante blog a respeito de situações onde um cidadão(ã) tem o seu credito negado mesmo sem ter nenhuma restrição em seu nome.
    Posso afirmar com todas as letras que: SIM, HÁ UMA LISTA INTERNA DE CLIENTES NÃO DESEJAVEIS ENTRE OS BANCOS E FINANCEIRAS.
    Se porventura a parte tomadora do financiamento deixar de honrar seus compromissos com as ditas instituições e isso, não importando muito os motivos que os(as) fizeram atrasar os pagamentos, se a parte interessada:
    (A) Procurou amparo legal é legitimo junto aos órgãos da justiça, em busca de seus direitos;
    (B) Teve seu bem recolhido (busca e apreensão), e posteriormente regularizou a situação do credito;
    (C) Fez acordo, onde houve diminuição dos valores (R$) das parcelas, ou diminuição nos nº das parcelas devidas etc.
    OS SENHORES(AS) ENTRARÃO SIM, “NESTA LISTA DE INDESEJAVEIS”, e será registrado em seu cadastro interno do banco onde realizou o credito, uma mensagem de ALERTA com a seguinte disseres: NEGOCIAÇÃO COM PREJUÍZO);
    O grande problema, que aquilo que deveria ser uma informação interna, exclusiva daquela rede bancária, de forma discreta e sigilosa, vasa para todos os bancos.
    Essa mensagem código convencionou-se como um alerta geral para o sistema financeiro, existe outras mensagens códigos, “que no fritar dos ovos”, tem o mesmo significado e valor.
    Elas, (Instituições Financeiras), trocam figurinhas entre si, porém, como elas sabem que a intimidade e a vida privada são reconhecidas como direitos fundamentais pela nossa CONSTITUIÇÃO FEDERAL, que assegura aos indivíduos indenização moral ou material na hipótese de sua violação. E por saberem também, que o assunto é abordado com relação à proteção de dados pessoais, no CODIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR.
    Para que eles não sofram processos, ante ao tema acima exposto, nessas listas “DE CLIENTES DESINTERESSANTES”, eles apenas passam mensagens sutis para que a outra parte saiba que houve uma ocorrência que desabone o cadastro do interessado.
    É por isso que todos aqueles que estão enquadrados em uma das situações acima, tentou financiar outro veículo, ou algum bem, e não conseguiu, mesmo, tendo o famoso NADA CONSTA nos órgãos de restrições financeiras oficiais como SPC/SERASA ETC.
    Tenho essas informações, porque aconteceu algo semelhante comigo, a empresa que trabalhava faliu, na época tinha um veiculo financiado, antes de haver a busca e apreensão, negocie com o banco, eles concordaram, houve uma diminuição no valor (R$) das parcelas, e consegui quitar o financiamento.
    Um ano depois, estava em uma concessionária, já devidamente empregado, com toda a documentação necessária para financiar um veículo, e mesmo não tendo nenhuma restrição em meu nome, recebi um tremendo de um NÃO.
    Inconformado com o corrido solicitei a presença do gerente geral da concessionária, o mesmo me levou até sua sala e entrou em contato com a financeira, que alias, não tinha nada a haver com o Banco que houve o problema anterior.
    O funcionário da Financeira, sem saber que o gerente tinha colocado o seu fone na viva voz, explicou que eu tinha em minha ficha cadastral esse termo NEGOCIAÇÃO COM PREJUIZO, e seus analista de credito acharam por bem não liberar o credito.
    O gerente da financeira (a, meu pedido), forçou o funcionário a explicar como eles, sendo uma instituição que não tinha nada a haver com a outra, como eles podiam ter informações internas da mesma? – O funcionário explicou que não sabia informar qual foi o problema entre as partes (eu e o banco), pois no cadastro não havia histórico algum, apenas a mensagem NEGOCIAÇÃO COM PREJUIZO, foi quando ouvi pela primeira vez, o funcionário informar que isso era como se fosse um código.
    Procurei um advogado, que me informou que se não tivermos como provar, seria uma perda de tempo, ele me orientou para que eu volta-se a concessionário e solicita-se que a mesma documenta-se o motivo pelo qual eu não tive o meu credito aprovado.
    A concessionária foi totalmente contraria em me fornecer tal documento, não pude fazer nada.
    Se os senhores(as) souberem de uma forma de nos defender dessa máfia financeira por favor, me informe.

    Abraços.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2010 - 00:52
    Enviado por: luciana

    passei meu cadastro no santa andre foi aprovado assinei o contrato a loja me entregou o carro depois de mais ou menos 20 dias o vendedor me ligou dizendo que ia passar de novo meu cadastro e não foi aprovado o carro esta comigo como devo fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2010 - 22:33
    Enviado por: ALEX BARBOSA SANTOS

    BOA NOITE GOSTARIA DE UMA INFORMAÇAO QUITEI UMA DIVIDA DE UM CARTAO E UM CHEQUE SPECIAL AVISTA E DEPOIS DE 10 DIAS FIZ UM FNANFIAMENTO DA CAIXA E FOI REPROVADO DEVIDO ESTE DEBITO JA QUITADO ELES FALARAO QUE CONSTA AINDA INTERNO E NAO POSSO FAZER ESTE FINANCIAMENTO ISTO E CORRETO POSSO ENTRA COM DANOS MARAIS JA ESTA TUDO QUITADO

    RESPOSTA DO BLOG: Ninguém é obrigado a dar crédito para ninguém. A atitude das financeiras não é ilegal. Se você conseguir provar que existe um cadastro clandestino de clientes que têm/tiveram problemas financeiros, até é possível entrar na Justiça por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/03/2010 - 17:56
    Enviado por: mariza c da silva

    oi, eu fui para comprar um eletro no magazine luiza e o meu credito foi negado mesmo meu nome estando limpo spc e serasa. liguei para o procom para me informar, mais ele me disse que nao tem nenhuma lei que obrigue eles a me venderem .. e agora oq eu faco ??

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 18:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O Procon está certo. Se houve algum constrangimento, pode até tentar uma ação judicial por danos morais, mas terá que provar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2010 - 18:22
    Enviado por: Cristina

    Gostaria de saber qual site ou tel que eu possa fazer uma denuncia sobre uma empresa?grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2010 - 11:45
    Enviado por: odair freitas de souza

    eu tou presando de um carr para eu trabalhar mas eu tenho restriçao como eu poço faser para consegui um finaciamento mesmo com restriçao

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 09:45
    Enviado por: ricardo nascimento

    Entrei com uma revisional contra a BV financeira com relação a um financiamento de um automóvel. Após acordo, pagamento integral do valor combinado e extinção do processo, tentei financiar um outro veículo. Apesar de não estar incluído em nenhum órgão de proteção (spc, serasa e sisbacen) foi-me negado o crédito. Ao ser questionado, o vendedor afirmou que tal fato se deu devido à minha ação judicial movida contra o banco. Esse crédito foi negado inclusive em outros bancos (Panamericano, por exemplo). Ao tentar financiar materiais de construção junto à Losango, também me foi negado. Gostaria de saber como proceder para novamente ter meu crédito reabilitado. É necessária outra ação judicial? Se for, qual?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/03/2010 - 20:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nenhuma empresa é obrigada a emprestar dinheiro ou dar crédito a quem quer que seja. Se conseguir provar que existe um cadastro clandestino de maus pagadores ou de quem entrou na Justiça até pode entrar com ação por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/03/2010 - 12:22
    Enviado por: MARCOS SOARES

    Fiquei com o nome no spc e serasa por dever a financeira do Master Card, expirado o prazo, tive meu nome limpo novamente, não devo nada a casas Bahia
    Ponto Frio e insinuante, Mas ao tentar abrir crédito Eles me disseram que embora
    não tivesse dívida na casa não poderia fazer o crediário pois a financeira me negara o crédito sendo que eu só estaria com pendência em apenas uma financeira, mesmo assim não consigo aprovação de crédito em nenhuma loja
    de eletrodomésticos, posso processá-los por me negar o crédito?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 23:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não, a menos que tenha havido algum constrangimento público. Ninguém é obriogado a dar crédito a quem quer que seja. Nenhuma loja ou banco é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/06/2010 - 11:51
    Enviado por: FRANCISCO PRADO

    OLÁ, BOM DIA A TODOS, TIVE UMA PÉSSIMA SURPRESA ESSA SEMANA:
    EM MARÇO DE 2008 ADQUIRI UMA MOTO FINANCIADA PELA BV EM 42X
    ESTAVA TRABALHANDO EM UMA ATACADISTA DE ALIMENTOS…PORÉM ESTA ATACADISTA DE ALIMENTOS COMEÇOU À ATRAZAR OS PAGAMENTOS E COMISSÕES…EMFIM FIQUEI COM MUITAS CONTAS ATRAZADAS, INCLUSIVE O FINANCIAMENTO!

    CONFORME FUI RECEBENDO FUI PAGANDO ALGUMAS PRESTAÇÕES TOTALIZANDO UM VALOR DE R$ 2.300,00 SENDO QUE O VALOR DA MOTO UMA CG 150 KS 2008/2008 ERA EM MÉDIA R$ 6.200,00

    EM 29 DE JUNHO DE 2009 DEVOLVI A MOTO, POIS NÃO RECEBI MEU DINHEIRO ATRAZADO ATÉ HOJE 12/06/2010.

    DESDE MARÇO DE 2010 EU GANHO 01 SALARIO MINIMO, E AS PRESTAÇÕES ERAM DE QUASE 276,00…COMO PAGAR…AINDA MAIS ESTANDO ATRAZADO !

    ME CASEI..EM AGOSTO DE 2009 E ESTA SEMANA ESTAVA VENDO COM MINHA ESPOSA PARA FINANCIAR UM IMOVEL…POREM TIVE A PÉSSIMA NOTICIA QUE ESTAVA NO SERASA DESDE MAIO DE 2008 COM UMA DIVIDA NO VALOR DE R$ 11.140,00

    NÃO RECEBI NENHUMA CARTA AVISANDO, E NADA DE AVISO!!!

    A MOTO ESTAVA COM APENAS 8.000 KMS RODADOS E TODAS REVISÕES FEITAS PARA NÃO PERDER A GARANTIA…E EM ESTADO DE ZERO KM…SEM NENHUM RISCO…

    SE OI PARA UM LEILÃO DEVEM TER VENDIDO NO MINIMO POR UNS 4.000,00

    E AGORA COMO FIQUEI SEM MOTO, PAGANDO ALUGUEL E SEM RECEBER DA JUSTIÇA MEU ACERTO DESSA ATACADISTA DE CONTAGEM QUE O DONO É DEPUTADO….QUEM FICOU FERRADO FUI EU !!!!

    ME AJUDEM, POR FAVOR…NÃO QUERIA QUE MINHA VIDA VIRASSE UM INFENO !

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/06/2010 - 23:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entidades de defesa do consumidor não poderão ajudá-lo neste caso. Você precisará contratar um advogado e negociar a dívida com os credores, que não são ilegais, pelo que pudemos observar. Entretanto, você tinha de ser avisado sobre o nome no Serasa. Isso pode render algum tipo de indenização moral.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/06/2010 - 23:11
    Enviado por: isaias santos

    ola sou taxista quitei um carro com a bv com atrasos das prestaçôes mais quitei o banco alem de negar o credito pra compra de outro agora todos os bancos me negam credito preciso de ajuda pois o carro e 99 e não pode ficar na minha cooperativa

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/06/2010 - 23:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O máximo a fazer é contratar um advogado e investigar os motivos da recusa de crédito. Se houver alguma irregularidade ou um cadastro clandestino – o que é quase impossível de comprovar – é possível processar os bancos. Entretanto, não é possível obrigá-los a aceitá-lo como cliente ou lhe conceder crédito. A decisão judicial citada no texto onde você colocou a mensagem é muito específica e não se aplica ao seu caso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/06/2010 - 18:14
    Enviado por: lucimeire raia guerra

    meu filho foi tirar um emprestimo do fco para empresa que ele abriu e o gerente do banco disse a ele que nao poderia poque o pai e a mae dele esta com restriçao,e ele e jovem ele tem 20 anos, mas o fato e que se eu e me marido estamos com restriçao meu filho pode ser prejudicado com isso estando ele com o nome limpo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/06/2010 - 20:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A explicação é esquisita, mas em tese pode atrapalhar. Por outro lado, tal restrição também pode ser questionada na Justiça, embora o banco não seja obrigado a dar empréstimo a quem quer que seja.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/06/2010 - 14:36
    Enviado por: Wilton Santos

    Recentemente me dirigi até minha agencia bancária (Bradesco) para solicitar aumento de limite no cartão de crédito e solicitar um talão de cheques. Após consulta aos orgão de proteção ao crédito e confirmado o nada consta, a atendente me informou que o CPF da minha companheira estava com restrição no seresa, e por isso não seria possível a liberção do que eu pretendia, somente após a regularização do débito, que era de um banco.

    pergunto aos doutores, não possuo conta conjunta com minha companheira neste banco, e quem estava solicitando o aumento no limite foi eu, e não ela, procede a postura do banco? A única coisa que possuo com ela e nos vincula, é um cartão adicional AMEX.

    Desde já, muito obrigado pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/06/2010 - 21:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Questão controversa, já que não há legislação específica sobre o assunto. Isso quer dizer que o procedimento do banco não é ilegal do ponto de vista administrativo, ou seja, é um critério que pode ser adotado. Entretanto, em nosso entendimento, achamos absurdo, como você. É perfeitamente cabível um questionamento na Justiça e nos órgãos de defesa do consumidor. Existem decisões judiciais a respeito que corroboram essa ideia, mas há outras também que dão ganho de causa aos bancos. Tente reclamar no Procon e veja o que é possível fazer a respeito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/06/2010 - 23:17
    Enviado por: Wilton Santos

    Marcelo Moreira, muito obrigado pela explicação e orientação.

    Abraço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/06/2010 - 10:06
    Enviado por: jose carlos

    resumo . ninguem tinha que pagar nada pois pagar e depois ser negado o credito seria melhor espserar 5 anos que da no mesmo . nao consegue comprar nada .o povo e mesmo burro se nao paga nao tem credito se paga tambem nao entao pra que pagar se eles mesmos incentivam a nao ser pago .eu mesmo entrei nessa quitei uma divida com o credicar de 2000 reais e de nada adiantou nao consigo comprar .e isso pessoal parem de pagar talvez eles repensem a atitude deles.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/07/2010 - 12:13
    Enviado por: Renata Junqueira de Morais e Silva

    Fui a Concessionária Frei Caneca/Rua da Consolção- São Paulo/Capital para adquirir um Ford KA 2004. O preço do veículo erade R$15.990,00 e daria R$3.000,00 de entrada. O crédito foi negado pelo HSBC, BV e Aymoré. Consultaram três financeiras sem o meu consentimento. Disseram que a minha ficha era desforável sem estar inadimplente por nenhum orgão de proteção ao crédito. A quem devo recorrer?? Quero saber o motivo real pela não concessão do crédito. Quero me previnir para não ficar constrangida em outras solicitações de crédito.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/07/2010 - 18:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Antes de mais nada, nenhuma empresa é obrigada a aceitar quem quer que seja como cliente, cada um tem seus critérios de concessão de crédito. Mas o cliente tem o direito de saber os motivos da recusa. Se houver algum tipo de constrangimento, é possível processar o banco por danos morais. A mesma coisa se o cliente comprovar a existência de um cadastro clandestino de inadimplentes ou ex-inadimplentes.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/07/2010 - 10:45
    Enviado por: Flávia Cristina

    Olá eu tive um restaurante e acabei ficando inadipente no hsbc e hj ainda estou com o nome no hsbc ,mais minha mãe esta financiando um carro pelo itau e eles alegaram que não aprova o financiamento por causa que o meu nome esta no spc …nossa minha mãe ficou muo brava, pois ela tem creditos em todo lugar uma renda muito boa , e eu super constrangida pois ela compra sempre pela lance e comprou peo cnpj o carro ja veio e agora que o banco informou o por que dessa demora em aprovar o financiamento ,eu fiquei sem ação .obrigada .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2010 - 22:59
    Enviado por: Suzi

    Entrei com uma revisional de um veículo contra o banco Panamericano e fiz acordo com o banco tem dois meses,já estou pagando o novo carnê,só que quero financiar um apartamento entrei com a papelada e corretor disse que meu financiamento pode ser negado pela caixa econômica porque já tive um processo no meu nome,mesmo o meu nome não tendo restrição no Serasa.É verdade isso ,um banco comunica com outro,a caixa consulta o Tribunal de Justiça.Por favor me responda o mais rápido possivel!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/08/2010 - 23:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível que isso aconteça. É bom lembrar que ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja com cliente, e os bancos têm seus critérios para selecionar clientes. Se conseguir provar que existe um cadastro clandestino de ex-maus pagadores, é possível processar o banco por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/08/2010 - 16:08
    Enviado por: Ricardo Ramalho

    Boa tarde, fui fazer a compra de uma moto, na agencia da honda, daria uma entranda e o restante em 36x, sendo que na consulta do financiamento, foi verificado que um banco me negativou no serasa em um emprestimo de R$500,00, sendo que esse emprestimo não foi feito por mim e nem por ninguem que eu conheço, pois sou funcionario estadual e meus emprestimos são feito em contracheque. O que devo fazer? não pude comprar a moto que daria de presente de casamento pra minha esposa. E ainda passei por constrangimento diante de alguns clientes e funcionarios na loja.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/08/2010 - 19:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Contrate um advogado, prove que você foi vpitima de fraude e processe o banco e a loja onde você sofreu o constrangimento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/08/2010 - 11:45
    Enviado por: Bianca

    Bomdia!
    Gostaria de um esclarecimento.
    Tenho canal a cabo TVA,e no início do ano,como atrasei o pagamento negociei com cheque.Sendo que o cheque voltou.Liguei pra eles e tentei resgatar o cheque,para pagar em dinheiro e eles disseram que não tinham o cheque na loja e que ligariam mais pra frente para resolver e não ligaram.
    Estou com as mensalidades em dia e eles desligaram meu sinal por conta desse cheque.
    Isso é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/08/2010 - 20:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese sim, porque eles não registram o pagamento de uma mensalidade. Mas como você os procurou tentando pagar e eles não resolveram por falhas da empresa, então o procedimento é ilegal. Recorra ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/08/2010 - 18:32
    Enviado por: Wilton Santos

    Hoje confirmei junto aos orgão de proteção ao crédito (SPC,SERASA E SCR – BANCO CENTRAL) e realmente não consta nenhuma restrição no meu CPF, porém, o banco Bradesco continua negando minhas solicitações.

    Com isso, comprova-se a tese da existência de um banco de dados de ex inadimplentes, cujo não adianta ter cpf limpo, se o histórico nos condena.

    Pergunto, há alguma forma de ter acesso a essa lista, ou até mesmo a possibilidade de exclusão do histórico?

    Ouvi falar que existe a possibilidade de ATUALIZAÇÃO DE DADOS, onde até se cobra indevidamente por isso. Procede ?

    Grato.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/08/2010 - 23:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Antes de mais nada, saiba que nenhuma empresa é obrigada a aceitar quem quer que seja como cliente. A recusa a seu nome pode ter como motivo uma análise de crédito qualquer, onde você não se encaixaria nos critérios do banco. Se você tiver como provar a existência de um cadastro clandestino, en tão poderá processar o banco. Se não conseguir provar, esqueça. Mas procure saber realmente qual é o motivo da recusa do crédito, é um direito seu.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/09/2010 - 02:57
    Enviado por: Ricardo

    No dia 26/04/2010 meu nome foi incluido no serasa, ao ver o valor de 1189,00 nao entendi o porque se nao tinha comprado nada neste valor. Quando fui ver era uma empresa de factoring eu nao havia passado cheque algum neste valor e ao consultar vi que se tratava de uma cobrança de financiamento desfeito, sendo que eu nem assinei contrato de credito apenas pedi uma aprovação de financimento de um carro 0 km em uma revenda ford, como o vendedor me explicou ele saiu de ferias e posteriormente saiu da empresa e não recebeu nada pela venda ja que ela nao existiu. Pergunto eles podem sujar meu nome sem minha assinatura sem eu ter dado copia dos meus documentos ? a unica coisa que eles tem minha é o numero do cpf que foi utilizado apenas pra consulta de credito. Ou seja foi consultado nao tive resposta se foi ou nao aprovado nunca fui contactado pela BV financeira, e meu nome foi incluido no Serasa. Isto é legal? o que posso pedir? danos morais por terem “sujado meu nome”. vou precisar de advogado? E pra piorar fiquei desempregado e nao vou conseguir emprego na area financeira ou em empresas que consultem meu nome… SE ALGUM ADVOGADO DE BRASILIA DF SE INTERESSAR EM PROCESSAR ENTRE EM CONTATO COMIGO… ricardopaulista@msn.com

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/09/2010 - 20:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você está sendo vítima de um procedimento totalmente ilegal por parte da empresa de factoring. Precisará de um advogado para se defender na JUstiça e procesar os responsáveis.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/10/2010 - 20:38
    Enviado por: sebastiao jailson

    Há um ano fui comprar um carro, meu salario era acima de 4.500 reais, quando passou o cadastro apareceu que eu estava no spc e serasa, fui ao banco e a gerente de contas consultou o meu nome e disse que nao constava nada, entao fui ao CDL ,e apareceu no cadastro nacional uma conta que eu havia pago a 2 anos, no referido banco,coloquei na justiça e ganhei de imediato, desde entao nao consigo cartao de credito em nenhuma operadora e nao tenho como provar o que está acontecendo , alguem tem alguma ideia?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/10/2010 - 18:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A única suspeira que temos é uma eventual lista clandestina de maus pagadores ou consumidores que questionam tudo na Justiça. Esse cadastro, se existir, é ilegal e pode render indenização, caso consiga provar a sua existência.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/10/2010 - 09:34
    Enviado por: Wilton Santos

    Aqui no RJ está ocorrendo com frequencia a venda de divida prescrita em forma de letra de câmbio. O que ocorre, por exemplo o ocorrido com minha esposa, com 2 cheques de valor de R$25,00 cada, com mais de 10 anos da emissão, teve recentemente esses cheque protestados em cartório por uma empresa de nome CRAL COBRANÇA E RECUPERAÇÃO DE ATIVOS LTDA, onde em pesquisa foi confirmada tratar-se de uma forma ilegal de cobrança e mesmo após o pagamento dos valores cobrados, jamais é feito a regularização da tal pendência.

    Pergundo a Vsa., posso processar a CRAL, o SERASA, ou o próprio cartório por terem registrado uma dívida prescrita por mais de 10 anos,sem fundamentação legal e ainda por não ter sido notificado e de acordo com a cobrança? Caso positivo onde posso iniciar esse processo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/10/2010 - 18:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dívida não prescreve nunca. Um dia terá de ser paga. O que se pode questionar é a forma de cobrança, mas não vemos ilegalidade no seu caso. Se realmente a dívida foi paga, mas o prtesto ou nome sujo continuam, aí sim é casod e processo contra as empresas que compraram a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/10/2010 - 15:18
    Enviado por: Leilís

    Veja bem em junho deste ano fui a um feirão e fiz o processo de comprar um carro na fiat depois de uma semana sem resposta o vendedor me ligou e disse que o meu credito foi negado ate ai tudo bem, depois fui na ford e tentei passar a minha ficha na qual foi negada por excesso de passagens pelas financeiras a partir dai meu calvário começou, tenho 23 anos sou professora do estado tenho renda fixa tenho cnh tudo certinho tenho o perfil pra fazer qualquer financiamento, tenho ate uma linha de credito otima no meu banco, mas não posso comprar nada no meu nome mesmo ele estando limpinho, me informaram que eu deveria esperar 3 meses para que meu nome saisse da base de dados das financeiras, ja fazem tres meses e mesmo assim não consigo nem mesmo comprar uma bala a credito pois eles negam meu credito por excesso de passagens nas financeiras, fui na junta comercial do meu estado e dei baixa nas consultas realizadas no meu cpf mas mesmo assim meu nome continua “sujo” nas financeiras não devo nada meu cpf esta limpo mas eles me negam credito por aquelas consultas realizadas e não concretizadas o que devo fazer posso entrar com um processo contra essas financeiras por deixarem meu nome “sujo” mesmo estando limpo? Outra coisa que me acontece é que a bv financeira me negou credito por não conseguirem falar comigo mas eles nem chegaram a ligar pra mim, pediram avalista sem ao menos confirmar a minha situação eles podem fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/10/2010 - 17:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se você conseguiur comprar que houve má-fé ou cadastro ilegal de inadimplentes no seu caso, pode entrar na Justiça pedindo indenização para quem te negou crédito. No mais, nenhuma empresa é obrigada a aceitar quem quer que seja como cloiente, cada uma tem sua política de concessão de financiamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/10/2010 - 10:12
    Enviado por: CLAUDETE PRADO

    POR FAVOR TIRE MEU NOME E E-MAIL DESSA TELA DE CIMA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2011 - 10:57
    Enviado por: Antonio James

    Olá, financiei um carro, e os juros aplicados sobre este financiamento ficaram muito abusivos, gostaria de saber se é possível a revisão do mesmo e se mesmo ganhando a ação podería me encontrar em uma situção de reprovação de futuros emprestimos ou financiamentos.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/01/2011 - 23:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode-se entrar na Justiça por qualquer coisa. Então, é possível questionar as cobranças. Sobre recusa de crédito no futuro, ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/03/2011 - 04:05
    Enviado por: Marcio

    Bom dia gostaria de saber o que é codigo 38 restrição interna no banco Itau,meu nome esta limpo tentei financiar um carro pelo Itau e foi recusada e informaram este codigo o que fazer.obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/03/2011 - 17:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco é obrigado a informar o motivo da restrição. Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente, mas a recusa tem de ser feita sem constrangimento e o cliente tem direito de saber o motivo da rejeição. Procure o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/03/2011 - 10:49
    Enviado por: Lindiomar

    Bom dia, eu tinha um débito junto ao banco negociei com a empresa terceirizada do banco e aderi a um desconto, limpei meu nome junto ao SPC e SERASA, só que fiquei com uma restrição interna junto ao banco e o mesmo não libera limite/cartão/cheques, somente a conta básica para deposito/saque/extratos/pgtos. Pergunto eles podem fazer isso, impedir que eu obtenha novo emprestimo, limite em conta, só porque aderi a um desconto junto a empresa de cobrança dos débitos antigos que eu devia?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/03/2011 - 18:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que podem, ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente, e nem a oferecer qualquer tipo de benefício. Só acho que um banco que trata um consumidor dessa maneira não merece tê-lo como cliente. Procure outro banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/03/2011 - 22:14
    Enviado por: NADJANE

    Olá,hoje fui a uma loja Renner comprar um perfume,levei os
    comprovantes atuais de renda,residencia,holerit,e Boletim de ocorrência pois a um mêm tive documentos roubados e coloquei o alerta na acsp,meu cartão Renner estava bloqueado por falta de uso,ao solicitar reativação a atendente disse q estava com restrição,insisti disse não estar com restrição mas a mesma negou a reativação.Saí da loja liguei para minha supervisora solicitei que a mesma consutasse,e não havia restrição,voltei na loja falei com o Supervisor ele disse sem consultar que se ela falu é pq estava certa,insisti e mesmo foi ao computador e falou que a funcionária errou,porém eu nem quis comprar mais pois estava muito nervosa,que processar a loja como devo proceder..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 16:52
    Enviado por: Mauro Bresciani

    Embora as financiadoras nao tem a obrigação de aceitar o cadastro, ele tem sim a obrigatoriedade de informar ao cliente as razões pelo veto. Isso é verdade?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 17:05
    Enviado por: MARCOS SANTOS

    Boa Tarde!!!Gostaria de ser informado sobre uma situação!!
    Minha ex-esposa tem nome limpo e eu não, ela é correntista do Banco Itaú, e ela hj foi informada que teve os cartões e creditos bloqueado por que meu nome esta sujo, uma vez que não estamos separados no papel e eu pago pensão para minhas filhas descontadas em folha na referida conta, que não é uma conta de pagamento/pensão e sim uma conta normal, gostaria de saber como ela deve proceder!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2011 - 05:22
    Enviado por: Luiza

    Olá, gostaria de uma orientação.
    financiei um veiculo e por motivos plausivos atrasei umas parcelas e depois a empresa de cobrança me contactou em janeiro/2011 para quitação das mesmas sendo que neste momento eu solicitei o valor para quitação do mesmo, o atendente tambem me colocou que eu poderia tá renegociando dai entao eu falei o mesmo que tinha interesse nas duas proposta o atendente me pediu um prazo para ta enviando esta proposta ao banco e depois entraria em contato comigo, tudo bem esperei este contato o qual nao aconteceu, dai eu entrei em contato novamente com a empresa isso depois de varias tentativas para conseguir o contato da mesma pois ele tem a mania de ligar com numeros restritos, o contato me foi passado pelo 0800 da propria finaciadora quando eu liguei para ter uma solução da proposta me posta dai a finaciadora falou que eu teria q entrar em contato com a empresa de cobrança, feito o contato expliquei a atendente tudo e dai ele me falou q como tinha o pedido de duas proposta nao teve uma resposta porque o banco nao analisa duas teria que sido feito somente uma por isso nao tinha uma resposta para mim, sendo que e empresa nao tinha me passado essa informação, a empresa alegava no momento q tentou por varias vezes me contactar mais sempre dava fora de area e perguntado a ela porq nao me mandaram mensagens avisando sobre meu contrato? a mesma disse q nao usava desses meios, mais outas vezes eles já me passaram mensagens do numero de codigo de barra para pagamento de alguma parcela q estavam em atraso e por vez eu fiz pagamento,certo.e com isso novamente eu solicitei a quitação do veiculo e mais uma vez eu tive q esperar a pedido da empresa e sendo q com essa espera e nada de resposta por parte da empresa só foi aumentando numeros de parcelas em atraso sendo q mais uma vez eu contactando a empresa os avisei q iria fazer deposito em juizo sobre o valor me passado pelo atendente primeiro q e nada de solução busquei mais informação junto a conssecionaria do veiculo eles me informaram q existia um escritorio desta empresa na cidade dai entao foi ate o mesmo entao com as mesma fala de desitar em juizo eles chegaram em um acordo sendo q com esse tempo meu carro já estava indo para busca e apreensao eles me pediram um prazo para contactar o banco dai entao mandaram o boleto para quitação sendo q eu só terminaria de quitar o carro em 11/12/2012. e agora nao consigo finaciar outro carro porque existe um historico negativando meu nome nos bancos de dados, nao tenho problema junto ao SPC e SERASA, o que devo fazer neste caso?
    grata!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/04/2011 - 17:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se conseguir provar a existência de cadastro clandestino, o que duvidamos que consiga, pode processar quem lhe negou crédito por danos morais. Mas lembre-se que ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/04/2011 - 23:51
    Enviado por: Sandro

    Já tive restrições no spc e serasa, quitei as dividas só que não consigo tirar um cartão hiper, tenho outros cartões, mas quando tento tirar o hiper tento carteira assinada,renda acima do estipulado só que Eles simplesmente dizem que não estou autorizado nem preencher uma proposta, me senti ofendido o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/04/2011 - 00:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Não há nada de errado no procedimento da empresa. Se quiser insistir alegando que foi constrangido, procure um advogdo e processe a empresa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/04/2011 - 12:27
    Enviado por: Fábio Nascimento

    Olá Boa tarde,
    Já tive meu cpf nos órgãos de proteção ao crédito (spc e serasa), porém já quitei todas as dividas pendentes.
    Há um ano atrás fui comprar um carro financiado, a loja tentou financiar pelo Itaú e o financiamento foi negado, a loja então tentou o leasing pelo santander e foi aprovado.
    Meses depois tentei um cartão nas lojas renner o crédito foi negado. Hoje 29/04/2011 tentei fazer um cartão nas lojas casas bahia, a atendente disse que a aprovação é feita pelo banco Bradesco, após enviar a proposta o crédito foi negado, recebi um número de protocolo, no qual ela pediu para ligar após 3 dias para saber o motivo da restrição.
    Procurei o banco Bradesco conversei com o gerente e expliquei o que aconteceu, ele consultou meu cpf no sistema e nada constava. Liguei na Finasa na qual tive um débito em 1999, a atendente disse que nada constava de débito, apenas constava que havia o débito de 1999 mas que ja foi quitado. Pergunto, o que devo fazer para que não me seja negado créditos e também, se é passivel de ação judicial e contra qual órgão? As lojas que recusaram o crédito ou aos Bancos?

    Deixo claro que tenho todas as linhas de créditos em outro banco, onde tenho cartões de crédito e cheque especial. Tenho emprego fixo e possuo uma boa renda mensal.
    Obrigado pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/04/2011 - 16:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Se conseguir provar que existe um cadastro clandestino de ex-maus pagadores, o que é impossível, até pode tentar processar os bancos pedindo indenização por danos morais. Se não conseguir provar – e não vai – esqueça, as empresas não estão cometendo nenhuma irregularidade.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/06/2011 - 11:48
    Enviado por: Rafael Brito

    caro amigo coloquei o banco itau na justiça arespeito do financiamento e fiz um acordo com o banco e quitei o carro e fui agora na loja comprar um carro pelo banco BANIF E nao foi aprovado e na tela apareceu que tenho O TJ DESFAVORAVEL CAUSANDO PREJUIZO AO BANCO .o que vc aconselha a fazer pois nao poderia ter sido divulgado isso para outros bancos,ou pode?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/06/2011 - 16:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Cada banco tem seus critérios para aceitar ou recusar clientes. Se acha que houve constrangimento na hora da recusa do crédito, procure um advogado e processe o banco. Mas terá de provar a acusação, o que achamos que não conseguirá.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/06/2011 - 20:52
    Enviado por: junior

    olá.fiz o financiamento de um veiculo o credito foi aprovado no mesmo dia,paguei entrada, emplacamento e assinei o contrato.só que dois dias depois a loja me ligou dizendo que a financeira não havia liberado o credito pois precisava de mais dois contra cheques.Tem como a loja cancelar o contrato sem meu concentimento?.. pois quero o carro e já assinei contrato.Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2011 - 08:32
    Enviado por: Daiane

    Bom dia

    Estou a tres meses tentando fazer um cartão no supermercado atacadão,porém o itau não aprova a minha solicitação e não diz o motivo.Fala somente que é politica interna do banco,não tenho nome sujo.Como devo proceder posso processar?

    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/06/2011 - 16:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja com cliente, mas que tem crédito ou cartão negado tem direito a uma explicação. Se quiser insistir nesta questçao, procure o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 03/11/2011 - 22:08
      Enviado por: Edson

      O mesmo problema que eu, tetei fazer um cartão no Extra(também do grupo Pão de Açúcar) e foi negado e a atendente disse que a central simplesmente negou, e não me deu motivo algum.
      Depois recebí mensagens e telefonemas em meus dois celulares, para entrar em contato com o Grupo pão de Açúcar para pagar um boleto, e o telefonema foi para entrar em contato com o banco itaú urgentemente, mas em nenhum dos contatos conseguiram identificar alguma dívida ou pendência em meu nome.

      Até hoje, apenas atrasei uma prestação das 48 do carro em 31 dias e um cheque meu voltou duas vezes, sendo que o mesmo foi pago e retirado no banco no mesmo dia.

      Posso exigir um motivo pela negação de crédito?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/07/2011 - 21:14
    Enviado por: mirella santos

    NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA 01/07/2011 FUI ATÉ UMA DAS LOJAS DO MAGAZINE LUIZA PARA COMPRAR UM BOX CONJUGADO DE CASAL, COMO ERA MINHA PRIMEIRA COMPRA ME PEDIRAM UMA ENTRADA DE R$350,00
    E O RESTANTE DE 6 VEZES NO CARNÊ, MAS NÃO FOI APROVADO PORQUE EU NÃO TENHO REFERÊNCIAS ANTERIORRES, O QUE ME DEIXOU MUITO CONSTRANGIDA E CHATEADA.PARA PIORAR O MEU NOME ESTÁ LIMPO SEM NENHUMA RESTRIÇÃO. GOSTARIA DE SABER SE ESSAS EMPRESAS COMO MAGAZINE LUIZA E RICARDO ELETRO PODEM NEGAR CRÉDITOS PARA CLIENTES SEM RESTRIÇÕES NOS ÓRGÃOS DE PROTEÇÃO DE CRÉDITO? ESTOU MUITO TRISTE E COM BASTANTE VERGONHA DOS VENDEDORES DA LOJA.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/07/2011 - 21:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que podem. Ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente, cada uma tem seus critérios para conceder crédito. Não houve irregularidade nos procedimentos. Se você acha que houve constrangimento, reclame no Procon. Achamos que não houve.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/07/2011 - 15:32
    Enviado por: Jonas Delmanto Fillho

    Eles estão usando um novo sistema chamado de cadastro de bom pagador. É na verdade um sistema de informações e histórico de crédito individual, e quando verificam que no passado Você teve alguma dívida não paga e mesmo que tenha se passado os cinco anos que prescrevem-na, eles mesmo assim se utilizam desta informação para não aprovar o crédito,mesmo que você tenha todos os requisitos atuais para a aprovação. É fato consumado que tal procedimento é totalmente indevido e por isto que não informam que foi este tal motivo que causou a negativa de crédito,pois tal ato é ilicito e passível de indenização ao cliente e a prissão ao praticante responsável deste crime.
    A LEI: A lei estadual 2.868/1997, modificada pela 3.887/2002, diz que as empresas que promovem vendas a crédito ou serviços de crédito são obrigadas a fornecer as razões das negativas ou indeferimentos de financiamentos por escrito, em papel timbrado da empresa
    O CÓDIGO: O artigo 43, do Código de Defesa do Consumidor (CDC), estabelece que: “O consumidor terá acesso às informações existentes em cadastro, fichas, registros e dados pessoais e de consumo arquivados sobre ele, bem como sobre as suas respectivas fontes.” O parágrafo segundo prevê a comunicação por escrito.

    PUNIÇÃO: A lei estadual não prevê punição. O CDC, no entanto, prevê detenção de seis meses a um ano, no artigo 72, a quem “impedir ou dificultar o acesso do consumidor às informações que sobre ele constem em cadastros, bancos de dados, fichas ou registros que sabe ou deveria saber serem inexatas
    A ninguém existe obrigação de conceder crédito indiscriminadamente, mas por outro lado abusos pela não concessão são intoleráveis.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/07/2011 - 17:30
    Enviado por: WILLIAN PRADO

    BOA TARDE.

    NÃO TENHO RESTRIÇOES NO SPC E NEM SERASA.
    MAS AO TENTAR FAZER UM FINANCIAMENTO DE UMA MOTO,ALEGARAM HISTÓRICO DESFAVORAVEL.
    TIVE UM PROBLEMA ANOS ATRAZ COM O BANCO NOSSA CAIXA NOSSO BANCO.
    HOJE BANCO DO BRASIL.
    PAGUEI TUDO O QUE DEVIA SEM NUNHUM DESCONTO.
    E TIVE A FICHA REPROVADA POR 5 FINANCEIRAS TODAS O MESMO MOTIVO.
    COMO TER ACESSO A ESSE HISTÓRICO DESFAVORAVÉM.
    POIS FUI AO BALCÃO DA SERASA E ME INFORMARÃO QUE NÃO TENHO DIREITO A ESSAS INFORMAÇÕES.

    O QUE FAZER.

    GRATO.

    WILLIAN

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/07/2011 - 21:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há o que fazer. Ninguém é obrigado a aceitá-lo cokmo cliente. Se conseguir provar que existe um cadastro clandestino de ex-inadimplentes, pode processar a loja ou financeira por danos morais, mas duvidamos que consiga provar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/08/2011 - 21:05
    Enviado por: viviane

    oi gostaria de uma informaçao desde o mes 04/2011 um conhecido que tem um escritorio de vendas de carros fomos ate ele pra ver um carro em meu nome so que ele pegou meus dados e passou em lojas que passaram meu nome em varias financeiras agora nao consigo fazer financiamento de carro nenhum mas minha renda e boa como autonomo mas tudo colocam dificuldade alegam baixa pontuaçao ja retirei uma consulta e sei que tem este tal de score mesmo que eu tenho em maos mas tenho nome limpo tenho cartao de credito tudo mas nao consigo financiar um carro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 17:01
    Enviado por: thales

    tentei fazer um financiamento pelo banco santander, onde fui informado que nao foi aprovado, sendo assim solicitei o motivo ate porque ja tinha ligado no meu serviço pegado as informaçoes e tambem ja havia enviado os que solicitarao, o motivo que o banco me passou procedimento interno, algo que nao concordo e gostaria de saber se seria correto, pois acredito que devem informar o motivo ate para que posso correr atraz.
    Quem pode me ajudar com essa informaçao, devo exigir do banco que especifica o motivo? Ou processo o banco?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/08/2011 - 17:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível processar o banco, mas creio que será uma luta inglória. Muito trabalho por nada. Só será possível exigir indenização por danos morais na Justiça se você conseguir comprovar que existe uma lista clandestina de ex-maus pagadores, e isso você não conseguirá provar. E é bom lembrar que ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Entretanto, o cliente tem o direito de saber porque não foi aceito. Analise bem se é o caso de encarar um processo judicial por conta disso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/08/2011 - 09:47
    Enviado por: thales

    Obrigado pela resposta marcelo moreira, nao penso em processar nao ate porque isso da muito trabalho e incerto, só gostaria de saber realmente o motivo para que pudesse correr atras e tentar novamente. Eu abrir um chamado no banco onde eles ficaram de me dar uma resposta ate o dia 16/08/2011 sendo assim irei aguardar contato.Novamente agradeço pela atençao.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/08/2011 - 11:54
    Enviado por: VANDER

    Ola!!
    Sou casado e o nome da minha esposa é limpo e nunca houve nehuma restrição. Ja o meu nome, estava negativado na Cef, por conta de uma conta corrente e 3 cheques sem fundo ( valores baixos). já resolvi fiz o pagamento da divida com o banco e cancelei a conta. Não sei o que aconteceu com cheques, mas já sairam o CCF.Fiz uma consulta no Spc e serasa e meu nome está limpo.Gostaria de saber se minha esposa financiar uma casa pela Cef, o credito poderá ser negado, já que esse problema aconteceu comigo na caixa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/08/2011 - 19:36
    Enviado por: Marcos Martins

    bom dia, to com meu nome limpo e não consigo crédito nem em lojinhas de esquina, já fui nas casas bahia, ponto frio, marabráz, lojas cem, pernambucanas, e nada não consigo cartão de crédito, e mês passado perdi um contrato em uma empresa que presta serviço na perdigão no valor de 6000 mil por mês devido a não conseguir financiar o veiculo, eles simplesmente alegam que não poderão conseder o credito por não atingir a pontuação necessária e que são crítérios internos, estou me sentindo lesado só consigo comprar a vista não consigo nada a prazo e sem saber o que fazer, fui no spc, serasa, ccf, banco central e nada NADA CONSTA, o que fazer em uma situação como está. Algum Advogado pode me ajudar???? Abraço a Todos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2011 - 21:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      NInguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Nâo há nada de errado na sua situação, as lojas têm o direito de não o quererem como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/08/2011 - 17:05
    Enviado por: claudio

    Boa tarde! entrei com um processo de revisão de juros contra uma financeira, já quitei todas as prestações do meu veículo, não possuo nenhuma restrição, porém não consigo financiar outro, mesmo tendo 50% de entrada e renda, as outras financiadoras alegam esta restrição e não me liberam o crédito.
    O que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/08/2011 - 18:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. NInguém é obrigado a aceitar quem quer que seja com cliente. Se acha que houve constrangimento e se puder comprovar a existência de tal lista, pode processar quem negou o crédito por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/08/2011 - 16:02
    Enviado por: Walnice

    Boa tarde.
    Meu marido tem mum cartão de crédito VISA OURO do BB e eu tenho o adicional. Em março pedi para que eles trocassem a data do meu vencimento, então gerou uma certa confusão pois meu marido pagava a conta dele e qdº a minha chegava logo após eu ñ pagava pois pensávamos que estava incluida. Após uns 2 meses ao descobrirmos o ocorrido pagamos integralmente, mas a partir daquele momento mesmo sem o crédito negativado em todas as instancias, nenhuma empresa aceita o tal cartão. Já fomos diversas vezes ao banco eles dizem que podemos comprar nos dão até o limite, mas não conseguimos. Podemos processá-los por constrangimentos, danos morais e materiais.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/08/2011 - 18:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podem. Não há nada de erado no procedimento do banco. E ninguém é obrigado aa ceitar quem quer que seja como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/08/2011 - 11:55
    Enviado por: Daniela Oliveira

    Bom dia.
    Tenho um veiculo financiado pela BV a 4 meses, parcelas em dia. Estou tentando a quase 1 mes financiar outro veiculo mais economico, mas já tentei pelo Santander, BMG, Bradesco e todos me negam, alegam motivo 51, porem nem a propria concessionaria sabe o que é o tal motivo. Não tenho restrição na SPC e nem SERASA pois fui agora em 17/08 consultar e nada consta.
    Como posso tentar resolver esta questão, tenho passado como mentirosa para o vendedor pois ele tenta tenta e não consegue.
    Já sei que ninguem é obrigado a ter alguem como cliente, mas ja sou correntista de dois desses bancos e sem debitos ..
    Como procedo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/08/2011 - 19:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      No máximo tentar na Justiça uma explicação. Só que ninguém é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente. Os bancos podem perfeitamente recusá-la.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/08/2011 - 10:49
    Enviado por: Bárbara

    Olá…

    Queria saber se vocês podem tirar minha duvida!
    Fui semana passada no banco Itaú renovar um emprestimo de capital de giro na minha empresa de confecção, chegando lá solicitei meu pedido ao gerente e ele me falou que minha mãe estava no meu grupo de credito da empresa, e que ela estava com uma pendencia na Caixa Economica, por isso que meu emprestimo não poderia ser liberado. Só que minha mãe é funcionária efetiva do Estado, não tem ligação nenhuma com minha empresa, não sei como ela foi encerida no meu grupo de credito… Ele falou que ela estava no grupo de credito por segurança por que eu tinha 22 anos e era muito nova, só que essa pendencia dela já tem mais de 4 anos e nesse tempo e nesses ultimos 2 anos já fiz dois emprestimos de valores altos lá no itaú, e nunca deu esse problema. Ontem uma em uma converça com uma amiga ela me falou que os bancos estavam fazendo tipo uma lista negra pra trocar informações, daí não sei se é verdade… Queria saber o que posso fazer? Vou me prejudicar por uma coisa que minha mãe fez? eu não fiz nada de errado, minha mãe deve a um banco diferente, o itaú coloca ela no meu grupo de credico e eu perco o credito do capital da minha empresa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 11:05
    Enviado por: Franciele

    Olá, queria uma opinião, tentei financiar um veiculo no valor de 36 mil reais, e o banco recusou pois não possuo CNH, visto que não tenho restrições em meu nome, e possuo renda comprovada com extrato bancário. pois sou autonoma.

    entro com uma ação contra o banco, existe alguam lei que proiba o financiamento de veiculo sem ter cnh?????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/10/2011 - 17:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há nada de errado na questão. O banco não é obrigado a aceitá-la como cliente e a exigência de CNH não é ilegal. Esqueça e mude de banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/10/2011 - 23:36
    Enviado por: Andreia

    Bom dia em 2002 tinha conta no Bco Itaú e por problemas alguns cheques ficaram sem fundos consegui pagar quase todos menos 2 como me casei e comecei a usar a conta do meu marido esqueci, está semana eu quis abrir uma conta corrente no Bradesco e foi informado que há um cheque de 26/09/2006 , fui até a ass. comercial e foi dito que não tenho restrição nenhuma no SPC, então por que este cheque já que pelo que li passaram 5 anos as pendencias são deletadas.
    ***O que faço é legal ainda estar vigente está pendencia?
    ***Li na net que o Bco Itau tem um cadastro particular que faz que os dados não “caduquem”, procede???
    Muito obrigada,
    Andreia

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/10/2011 - 23:51
      Enviado por: Marcelo Moreira

      As pendências ainda existem, o cheque precisa ser resgatado para que seja dada baixa no cartório. E dívidas não caducam. Procure um advogado para ajudar a rastrear os cheques.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/10/2011 - 01:32
    Enviado por: tiago

    fiz uma finaciamento de uma moto a 5 anos atras,entrei e contato com a empresa e devolvi essa moto de forma amigavel,hj tenho uma micro empresa..esse probleminha passado pode me atrapalhar em finaciamento no nome da minha empresa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2011 - 08:37
    Enviado por: gleydson

    olá, bom dia!tentei fazer um financiamento de um veiculo, e foi para aprovação, ligaram na empresa onde minha mãe trabalha e falaram com o pai do chefe dela e ele disse que não conhecia minha mãe, ele é meio doido fica lá mais não tem nada ha ver com a empresa. e por isso foi negado o financiamento, e o pessoal onde ela estava comprando o carro disse que não tem mais jeito e agora oque ela tem que fazer para consiguir o financiamento ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2011 - 19:17
    Enviado por: angela

    Boa Noite,

    A dias estou tentando fazer um emprestimo, fui em varios lugares, mas como queriam me emprestar muito menos dio que preciso para quitar minhas dividas nao fiz o emprestimo. Hoje fui ate o cred.cia e cehgando la eles poderiam me emprestar o que eu precisava, so que quando foram consultar eu estava bloqueada por meu nome ter sido consultado mais de 5 vezes. Me ajudem, preciso do emprestimo e estou sendo injustiçada, estou com o nome limpo e essa foi a resposta da cred.cia e disseram so daqui 2 meses poderei tentar novamente.
    Eles me explicaram que quando sou consultada mais de 5 vezes o cpf é bloqueado para credito. Nao entendi nada.
    me ajudem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2011 - 11:41
    Enviado por: Telmo Zanini

    Tenho uma divida de 120 mil reais com o santander a 1 ano em aberto, hoje já tenho o dinheiro para quitar a dívida mas estou desconfiado da atitude do banco. Ao conversar com um funcionário o mesmo me disse que eu poderia quitar com desconto pagando 70 mil mas que se eu fizesse isso nao teria mais credito no santander nunca mais, porém, disse que em outros bancos eu teria credito normal e que meu nome ficaria limpo nos orgaos de protecao ao credito. Outra opção que ele me deu foi pagar sem nenhum desconto os 120 mil pra que eu pudesse voltar a trabalhar com o banco e ter credito inclusive com eles. Existe alguma garantia de que eles vao me dar credito novamente se eu pagar os 120 mil integrais com todos os juros incluidos? E se eu pagar e eles não derem o credito, não fica caracterizada a má fé? Gostaria de informações a respeito…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/11/2011 - 19:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos ajudar, são meras ilações, sem base alguma. Procure a ajuda de um advogado de confiança.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/11/2011 - 14:04
    Enviado por: jose carlos

    o que devo fazer pra desbloquear o o meu nome nas financairas passei cadastro em varias garagen para adquir um carro passou em algumas mais nao comprei o carro agora quero comprar mais meu nome da negado tenho o nome limpo o que devo fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2011 - 22:55
    Enviado por: eduardo

    estava com nome sujo com nome protestado fui la paguei tudo limpei meu nome com banco e depois queria compra um carro e mesmo com a metade pra da entrada não conseguir compra porque meu nome estava sujo mesmo de pois que paguei a minha divida !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2011 - 21:37
    Enviado por: Luiz

    Olá, gostaria de uma orientação.
    Em 2006 comprei um carro financiado no finasa em 36X, 6 seis meses depois perdi o emprego e fiquei com 4 parcelas atrasados mais foi resolvido paguei. E paguei todas as parcelas em dia ate o final do contrato, e hoje fui fazer um financiamento e foi enviado para o finasa e eles negarão informaram para a loja que e porque eu atrasei algumas parcelas no outro financiamento que tive. Eu ia dar 50% de entrada do veiculo.
    Não tenho nome no SPC/SERASA.
    Oque faço?
    Por favor, me dão uma orientação.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/11/2011 - 17:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém tem a obrigação de aceitar quem quer que seja como cliente. Se acha que huve algum tipo de constrangimento e puder provar o motivo da recusa do crédito, procure um advogado e processe a financeira por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: