Estado.com.br
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Em caso de cobrança indevida, peça devolução em dobro

Categoria: Assunto do dia

Em caso de cobrança indevida, o consumidor deve exigir a devolução dos valores em dobro, caso tenha pago.
Segundo determina o parágrafo único do artigo artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), a devolução deve ser feita em dobro, com juros e correção. Só está isenta dessa penalidade a empresa que provar “engano justificável”.
Quem enfrentar esse problema deve, primeiro, procurar a empresa e, se não obtiver êxito, recorrer aos órgãos de defesa do consumidor.
Mas é importante atentar que, se o consumidor deixar de pagar a cobrança, seu nome não pode ser inscrito em cadastros de proteção ao crédito, como o Serasa, pro exemplo.
Caso isso aconteça, o consumidor tem direito à indenização por danos morais. Nesta situação, cabe ação no Juizado Especial Cível, o local ideal onde o cliente poderá pleitear reparação por danos morais e materiais.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

528 Comentários Comente também
  • 08/07/2008 - 00:54
    Enviado por: Heloisa Piza

    A Comgas/Campinas/SP, fez a leitura do medidor erroneamente neste mes de junho, e após 15 dias , informaram-me sobre o erro, e devolveriam o valor já pago, (debito em conta), no maximo em 03 dias, portanto dia 08/07, mas será apenas próximo ao q paquei. Devo cobrar o dobro do pagamento??
    Atenciosamente, Heloisa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2008 - 12:43
    Enviado por: deliane

    Ressarcimento de cobrança indevida…eis as implicações….

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/03/2010 - 15:00
      Enviado por: Geferson Alves

      Melhor que PROCON (no meu caso – o do Estado E.S. não funcionou) é entrar na justiça, dependendo dos valores o Juizado Especial resolve em menos de um ano. Não precisa de advogado se tudo estiver bem documentado. O Santander está com muitos processos no Brasil -

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/07/2008 - 14:28
    Enviado por: vERA

    Meu condomìnio, que é bastante alto, após cobrar por cerca de 20 anos, 5% entre juros e multa, está atualmente cobrando 2% de multa e juros de mora de 0,33% ao dia.
    Fica um absurdo o valor total
    É correto isto? tenho pago valores absurdos com atrasos de 1 mes mais ou menos.
    Está dentro da lei este juro absurdo e esta mudança depois de 20 anos?
    grata pela resposta, Vera

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2008 - 15:22
    Enviado por: Alvaro Andrade

    Existe uma circular do Banco Central que autoriza os bancos a adicionar uma Comossão de Permanência nos atrasos de pagamentos, por exemplo, meu caso, Leasing de Carro, onde o mesmo não vem escrito na assinatura do contrato, aí quando você recebe o carnê de pagamento vem escrito assim no campo observação, “Após o vencimento cobrar Multa de 2% + Juros de Mora + Comissão de Permanência, ou seja, agora existe uma segunda correção do mesmo dinheiro, com o maior dos agravantes, nunca sabemos a porcentagem desta Comissão de Permanência, eles colocam quanto querem, a última que calculei chegou a 14,5% ao mês, como pode isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2008 - 16:36
    Enviado por: Ricardo Pianura

    A cobrança de taxa por emissão de carnê ou boleto bancário pode ser considerada uma cobrança indevida ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2008 - 16:42
    Enviado por: Mário Gomes

    Reclamar para quem?
    Em Março o cartão de crédito HIPERCARD do UNIBANCO não me enviou a fatura e por não ter programado o seu pagamento deixei de a liquidar no dia, quando fui alertado, oito dias depois, por uma funcionária deles que não constava o pagamento. Corri ao mercado Bom Preço e efetuei o pagamento às cegas. No mês seguinte, por estes 8 dias de atraso, de R$2.834,16 cobraram: Juros 7,86 (o que acho justo), multa 59,15 e encargos de atraso 180,86, isto é, me assaltaram em R$240,11 com essa de multa e encargos de atraso. Reclamei pelo telefone dizendo que aquilo era agiotagem e um funcionário me diz que ao assinar o contrato eu consenti nessa agiotagem. Escrevi para a diretoria do HIPERCARD e nenhuma resposta me deram. Reclamar para quem???? Eu sinto a mesma revolta de quando fui assaltado no ônibus. Só que lá me levaram 28,00 e este banco miserável o UNIBANCO com o seu maldito cartão HIPERCARD meteu a mão nos meus R$240,11. Pobres trabalhadores de salário mínimo, a quem o HIPERCARD e o Wal Mart-Bom Preço lhes enfiaram um cartão de crédito pela goela abaixo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/10/2010 - 12:18
      Enviado por: Ana Maria

      Cara, Jacqueane Aguiar Santos
      Mesmo que o consumidor não receba a conta, é obrigação pagá-la na data do vencimento, sob pena de acréscimo de juros e multa. Nesse caso, cabe ao cliente ligar para a administradora para saber o valor e o procedimento para quitação.
      Como o consumidor tem direito, a empresa também tem!
      Se não como fica perante os maus pagadores?
      Ela quebra!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/07/2008 - 16:42
    Enviado por: Gerson Luz de Oliveira

    tenho um carne da bv financeira eles estão cobrando de cada parcela 3,50 do boleto já solicitei o reenboço e os mesmo falam que é custo do banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2008 - 16:45
    Enviado por: luis claudio

    Fiz um emprestimo consguinado em um banco, faltando R$1200 reais ,sendo que pagando á vista pagaria R$800.00 ,fui dispensado do trabalho e não tive condiçoes de quitar ,passado 11meses adquiri uma divida DE R$ 5.000.00 JUNTO AO BANCO E AINDO ESTOU DESEMPREGADO. É LEGAL ISTO POR FAVOR EXCLAREÇA-ME.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2008 - 16:52
    Enviado por: Zenobio Oliveira Santos

    Adquiri uma casa da Cohab em 1989 e pague todas as parcelas em dia,numca atrasei,em Outubro de 2001,fui aposentado por invalidez,liguei para a cohab eles me mandadram formularios para o INSS preencher,e mais alguns documentos e suspenderam a cobrança,passado quase sete anos,me mandaram uma cartinha que o meu saldo devedor era de (Oito mil e novecentos reais )devido a diferenças desde 1989 a Maio de 2001,referente diferença nas prestações anteriores. O que devo fazer? não tenho condições de pagar. Obrigado Deus abençõe.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/03/2010 - 12:38
      Enviado por: Dr Lidia Ulhoa

      Ola Sr Zenobio, infelizmente compreendo a sua situação.
      Ocorreu algo parecido com minha mae, ela aposentou por invalidez e a Cohab fez outro contrato com ela, começando do zero, ela ja estava terminando de pagar suas prestações.
      Fomos ao setor da Cohab e nao conseguimos tb nenhum esclarecimento, estamos providenciando uma ação no Civil.
      O sr teve alguma solução?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/07/2008 - 18:02
    Enviado por: Marcos de Luca Rothen

    Infelizmente hoje várias empresas nem ligam mais para que a gente vá a justiça!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/04/2011 - 10:12
      Enviado por: danielle mello

      As empresas não ligam pq os juizes condenam elas em valores tão ridículos que o crime sempre acaba compensando no Brasil…

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/07/2008 - 18:58
    Enviado por: silvio pereira

    O pior de tudo é que o procon ainda é conivente com as empresas que praticam estes descasos, em quem podemos confiar ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/07/2008 - 15:35
    Enviado por: Leandro Alves Pinheiro

    Num contrato de locação vigente, a imobiliaria me cobrou duas vezes o aluguel sendo que a 2° está acrescido de juros, eles alegam que o 1° não foi pago, recebi uma notificação extrajudicial, deste 2° pagamento, como faço para ter este valor ressarcido já que isto é um abuso por parte da imobiliaria.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2008 - 22:38
    Enviado por: Edmar Moura

    O hipercard (unibanco) não enviou a minha fatura na data correta e passados dois dias paguei a mesma. No mês seguinte me cobraram juros mora R$ 1,85; multa R$ 55,65; e encargos atraso R$ 29,33. Total pago indevidamente R$ 86,83. A indignação é que sempre paguei em dia e até antecipadamente. Já pensou se todas as faturas não chegarem na data antes dos vencimentos… o que será do pobre consumidor. Será que a LEI não nos protege? Ou somos todos INADIPLENTES honetos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2008 - 15:57
    Enviado por: Gisela Oliveira

    Caros, noto que praticamente todas as reclamações deste blog se referem ao imensos desrespeitos que todos nós, consumidores e contribuintes, sofremos diariamente.
    Temos que lutar por nossos direitos e entender a razão, a natureza, de nossos deveres.
    Não podemos mais suportar nem um centavo a mais nem um centavo a menos; temos que nos unir em prol de um país mais digno e mais justo, de empresas mais responsáveis por seus atos e da garantia de educação e de informação para todos.
    Temos que conhecer a letra da lei e os entes que são responsáveis por nossa proteção. O Estado não tem poderes ilimitados, nem os bancos; todos estão sujeitos à Lei, assim como nós quando pagamos nossos impostos.
    O Ministério Público tem que tomar conhecimento desses casos e ser pressionado para trabalhar em prol dos cidadãos.
    Abraços e boa sorte a tod@s e saibam que estamos juntos nessa luta!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2008 - 19:01
    Enviado por: Antônio Carlos

    Ola, gostaria de uma informação – O Unicar-mastercard fez uma cobrança indevida de um seguro que não fiz – quando fui pagar a fatura a caixa do banco disse para eu não pagar o valor cobrado e que entrasse em contato com a Unicard para que eles desconsiderassem aquela cobrança. Assim procedi, mas qual minha surpresa quando veio a fatura do cartão, cobrando o valor que não fora pago mais juros.
    Liguei para fazer a reclamação depois de explicar para várias atendentes até que uma delas me disse que realmente a cobrança era indevida, mas que eu deveria pagar a fatura com aquela cobrança mais juros e que o setor de análise iria julgar o meu pedido e fazer o estorno daquela cobrança.
    Minha indignação como pagar por uma cobrança que o próprio banco reconhece que é indevida, e depois fará o estorno?
    Que posso fazer? Devo pagar e esperar para ver se o banco vai mesmo estornar por um produto que não pedi, e ainda sou obrigado a pagar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2008 - 18:57
    Enviado por: Douglas

    Eu fiz um empréstimo pela BV Financeira, no mês de setembro veio cobrando a primeira parcela, com duplicidade, duas parcela com o mesmo valor, liguei para Bv Financeira no dia 2 de setembro somente no dia 22 eles me reembolsarão o dinheiro, mas só que no contra cheque de outubro veio com a mesma cobra indevida dupla liguei para de novo mas não tive resultado do reembolso, já no contra cheque de setembro veio cobrando novamente o empréstimo com duas parcelas, eu ligo para poder cancelar a cobrança indevida eles dizem que foi feita mas só que não deu tempo para sistema cancelar mas o reembolso dos mês ainda nada, eu gostaria de entrar na justiça contra a Bv Financeira. O que devo fazer? Aonde devo Ir? O que eu devo ter em mãos para entrar na justiça contra a Financeira?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2008 - 09:37
    Enviado por: Cássia

    Preciso de uma orientação, a 10 anos atras, passei por serias dificuldades financeiras e fiquei com uma divida com o Unibanco referente a cheque especial , sendo que tentei liquidar o maximo , mas os juros era muito alto, hj recebi uma cobrança extrajudicial e não estou sabendo como agir, pois o valor e muito maior do que a divida na epoca,e não tenho condiçoes de quitar esse valor, mesmo parcelando, o que devo fazer? obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2008 - 20:25
    Enviado por: ivo cesar barbosa

    Excelente as informações e comentarios apresentados, mas , se possível gostaria de um modelo, fazendo aplicar “O pagamento em dobro do valor cobrado a maior, indevidamente c/c Danos Morais”, se for o caso.

    Fico grato

    Atenciosamente,

    IVO BARBOSA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2008 - 21:50
    Enviado por: jose souza lino

    Boa Noite!

    Fiz uma compra de automovel, parte financiada pelo Banco Santander. Quando foi concretizado o negocio o funcionario do banco me garantiu seriam 60 parcelas fixas no valor de R$ 348.02 e nada mais seria cobrado. Solicitei entao o contrato e o mesmo informou que seria enviado pelo correio, achei estranho e quastionei a pratica, mas ele me garantiu chegaria; mas até esta data nao recebi nada.
    Dias depois recebi o carne, e para minha surpresa veio com uma diferença a mais de R$ 4,90. Entrei imediatamente em contato com o banco e em vez de chegar o carne com o valor correto das parcelas, veio outro carne com os mesmos valores.

    Tentei um acordo junto a instituição, como nao houve acordo, entrei cum um processo de reparaçao, danos morais, devolucoes dos valores cobrados a mais em dobro e…..

    Peço uma ajuda tecnica e mais fatos concretos que eu possa levar como argumentação e anexar junto ao processo, acredito que desta forma terei mais chance de vencer esta causa.

    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2008 - 17:04
    Enviado por: Raphael Rodrigues dos Santos

    Boa tarde.
    é legal cobrar 10% de taxa de cobrança para a administradora depois de vinte dias do vencimento, de uma taxa de condomínio?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/12/2008 - 23:03
    Enviado por: sidnei araujo souza

    Então, gostaria de saber o seguinte. eu comprei um terreno parcelado poe uma imobiliaria, sendo que la sa parcelas estvam a 297,00 so que qndo vou pagar la coma atendente, ela não quer receber no dia, e combrando juros indvidos, calculados por ela mesma….. gostaria de saber uma informação referente isto, se pode ser cobrado tudo isso mesmo sendo que pago as parcelas em dia.. aguardo anciosamente uma resposta sua..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2008 - 20:42
    Enviado por: sérgio prudente barbosa

    Comprei um objeto e fui pagar a vista no cartão de débito. Digitei a senha e o caixa disse que meu cartão estava com problemas no chip. Fui ao banco, saquei o valor em dinheiro e paguei a mercadoria. Ao examinar meu extrato bancário ví que coi pago o valor da mercadoria. Paguei duas vezes o mesmo objeto. O que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2008 - 22:55
    Enviado por: Rubinei

    Boa Noite,
    Recebi na minha última fatura de cartão de crédito unicard visa, uma cobrança indevida em dolar referente a uma compra feita no cartão da minha esposa pela internet numa loja em israel. Acontece que nunca , nem eu nem minha esposa comprou nada de israel, nem tampouco temos contatos nesse pais.
    Reclamei junto a unicard, que ficou de me dar uma resposta e pediu para que eu pagasse apenas os gastos q eu reconhecia na fatura eenviasse uma carta de contestação. Envie a carta, acontece que não me retornaram a ligação e passaram a me enviar cartas de cobrança e ligações de cobranças.
    Acabei pagando o valor com medo de parar no SPC.
    Gostaria de saber como proceder para ressarcir esse pagamento e se posso pedir o estorno em dobro. Alguém pode me ajudar?
    Obrigado,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/12/2008 - 15:37
    Enviado por: Adriana Lima

    Prezados,
    Desejo uma orientação de como devo proceder para acionar a justiça contra operadora de cartão de crédito? Em janeiro/2008 efetuei pagamento ( valor mínimo)no dia do vencimento do cartão e no final do mês fui até o caixa do Unibanco e solicitei que o caixa me informasse o valor total do débito para efetuar pagamento. Na ocasião me foi informado o valor, onde quitei a dívida, porém para minha surpresa a operadora do cartão de crédito não havia dado baixa no pagamento realizado na data do vencimento que ocorreu dentro do mesmo mes ( jan/08), onde acabei efetuando pagamento em duplicidade. Identifiquei este pagamento no mês seguinte onde recebi uma fatura informando o valor a ser pago s ( com sinal negativo), mesmo valor pago no dia do vencimento. No mesmo dia que efetuei todo o pagamento, liguei para o 0800 do cartão de crédito e solicitei o cancelamento do cartão, fui atendida por um atendente ( treinado para tentar mudar a idéia dos clientes)onde demorou uns 30 min tentando reverter a situação que eu já estava decidida a não voltar atrás. Depois de muita insistência, o rapaz me informou que estaria cancelando o cartão, informou nº do protocolo, pensei: caso resolvido. Mas para minha surpresa, recebi novo cartão em casa com outra data de validade e desde fevereiro tenho ligado para o 0800 do cartão para reaver o valor que paguei em duplicidade e os atendentes passam a minha ligação para vários outros atendentes onde falam a mesma coisa: um minuto senhora estamos atualizando o nosso sistema, estamos transferindo sua ligação .. fazem isso até cair a ligação e ninguem resolve nada. Na semana passada liguei novamente, uma moça me atendeu e repassou a ligação para outras 2 , sendo a 3ª atendente falou durante 35 min, tentando dizer que eu estaria equivocada…após 20 min de conversa ela me deu razão que realmente costa no sistema que paguei a mais., enfim falei que exijo meu dinheiro de volta com juros e correções monetárias, pois, quando atrasamos um dia o pagamento da fatura, nos cobram mais de 12% de juros e somos obrigados a pagar, como fui tratada com descaso, exijo o valor corrigido, a atendente falou que estava fechando a ocorrencia, informou nº do protocolo e que eu teria um retorno em 05 dias úteis que venceu no dia 22/12/08. Ela solicitou nome do banco que trabalho, agencia e nº da conta para a devolução e até a data de hoje 26/12/08, não recebi nenhum valor e nem ligação para dar satisfação do que será feito.
    Possuo todos os comprovantes guardados, 2 emails que enviei e eles solicitaram que eu ligasse porque o assunto era sigiloso, e segundo a operadora as ligações são gravadas. Mas se necessário tenho testemunhas na empresa que trabalho de que fiquei 35 min ao telefone sem solução.
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2008 - 23:11
    Enviado por: Thiago

    Para cancelar um protesto em cartório, quem deve fazer, a parte vendedora (quem fez o protesto) ou a parte compradora (cliente) depois de quitada a dívida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2008 - 23:16
    Enviado por: Thiago

    Sou obrigado a pagar um carne que não recebi?
    No caso da pessoa ser entimada, estar ciente de uma pendência e o caso for publicado no diário mas a pessoa não receber o carne para pagar a tal pendência a pessoa é que deve “correr atrás” para buscar o carne?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2009 - 19:57
    Enviado por: Dorgivânia

    O Brasil, infelizmente, é o país das armações. E o pior, sempre são visados aqueles que supostamente não têm reais condições de recorrerem a um advogado.
    É o caso de um contrato entre eu e a financeira BV.
    Comprei um veículo financiado pela financeira acima citada, porém o mesmo apresentou sérios problemas, inclusive de motor. Tentei por várias vezes trocar o carro, porém não consegui.
    Para sintetizar o ocorrido vou falar da proposta oferecida oelo escritório que cuida das cobrancas da BV.
    Ligaram e me ofereceram a oportunidade de devolver amigavelmente o veículo. Aceitei e fiz o Termo de Devolução Amigável Com Quitação Geral do Contrato.
    Para minha surpresa, descobri que tentaram me enganar, pois meu nome consta no Serasa como devedora da BV.
    Devo crer, que no meu País a palavra já não vale nada. E pior. Documentos também não, pois apesar de ter uma cópia do tal termo de devolução amigável com quitalção geral do débito em mãos, não consigo tirar o meu nome do Serasa….

    Isto é Brasil…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2009 - 16:24
    Enviado por: Maiara

    Bom gostaria de saber quais seram meus direitos, tenho um cartão de crédito do bradesco de limite de 1.000,00, quando fui tirar um extrato de minha conta contatei que ia entrar um débito de 1900,00 fui até a agência de fiz uma reclamação pois desconhecia a dívida esperei minha fatura chegar e contatei que tinha sido feita uma compra no valor de 5 parcelas de 1063,00 e mais uma conpra de 800,00, liguei para o cartão para informar que a compra não tinha sido efetuado pela minha pessoa e ele se negão a resolver o problema. quais procedimentos posso está tomando.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2009 - 19:16
    Enviado por: GEOVANE

    AINDA TENHO DIREITO EM RECEBER MSM Q JA TENHA QUITADO MEU FINACIAMENTO A ALGUNS ANOS ATRAS? E COMO FAZER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2009 - 11:55
    Enviado por: EBC COBRANÇA

    AOS COLEGAS,

    SOLICITO AJUDA DOS COLEGAS DO BLOG ADVOGADO DE DEFESA A FIM DE ENVIAR MODLEOS DE PETIÇÕES INICIAIS DE AÇAÕ DE RESTITUIÇÃO EM DIOBRO C/C DANOS MATEIRAS E MORASI NO JUIZADO DE ENVIO INDEVIDO D ECARTÃO PELO BANCO…

    OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2009 - 17:51
    Enviado por: Fábio Raniere Mendes

    Estimados Srs.

    Efetuei a compra de um MP5 da MPO Oferta e optei fazer o pagamento pelo PAGSEGURO da UOL. Acontece que a compra foi cancelada e a pagseguro me informou que o pagamento seria devolvido, isso está registrado no meu e-mail. Tmabém disseram que foi encaminhado o pedido de estorno no dia 22/12/2008. Só que até hoje nao foi nada estornado e me dizem que vao fazer o estorno. tenho direito a ingressar com um pedido de pagamento em dobro ou qualquer outro tipo de idenização? Me aconselhram a pagar a 2 parcela e depois vao estornar. o que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2009 - 00:59
    Enviado por: amilton de assis

    moro em um predio onde há apartamentos com diferentes tamanho,inclusive o meu é de um dormitorio e pago o mesmo valor de condominio de outros que tem,3 e 2 dormitorios,já conversei com o sindico,e com a imobiliaria onde faço a locação do mesmo.e não obtive nenhuma resposta,tenho conhecimento que o valor do condominio e cobrado pela metragem ou seja pelo tamnho.queria saber o que devo fazer e onde procurar orientação ou ajuda,obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2009 - 13:02
    Enviado por: Rudesindo Janeiro Dias Garcia

    Todos os meses a TVA cobra 3,50 reais referentes ao envio do boleto. Essa cobrança é legal?
    Estpu perguntando porque em nenhuma outra conta que eu pago vem essa cobrança, apenas nas contas da TVA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2009 - 11:37
    Enviado por: MÁRCIA

    Paguei um acordo com a cetelem cartoes, e mesma não dá baixa na fatura, o que fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2009 - 10:01
    Enviado por: Suzane

    Minha fatura Hipercar-Unibanco venceu no dia 17/02/09, no dia 25/02/09 fizeram uma ligação para casa de minha tia.E verifiquei que está sendo debitada na minha fatura para março um valor de taxa de ligação de cobrança, isto é devido?? Por que tenho que pagar por uma ligação feita por eles e apenas tinha 08 dias de vencido…Se já houvesse se passado os 20 dias …
    Como faço para resolver?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2009 - 17:05
    Enviado por: ISMAEL MARTINI

    Foram descontados da minha conta 3 de seis parcelas de um emprestimo que nunca fiz, não vou citar o nome do Banco mas gostaria de saber o que fazer? Fui reclamar o desconto e me disseram que iriam verificar mas que irá levar algum tempo, quanto tempo o banco tem para me resarcir do prejuizo !!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2009 - 19:40
    Enviado por: Ademir Lenz

    Boa noite, gostaria de saber se é legal a cobrança de manutenção de conta do cartão ponto frio, pois fomos forçados a entrar nessa para poder comprar a praso, que so é efetuado a venda se fizer o cartão.
    Também sube que é ilegal a cobrança da tarifa de boleto bancario, gostaria saber desde quando vale essa lei pois comprei 4 carros desde 1999 sempre financiados e sempre foi pago o boleto bancario com a tarifa, são cerca de 74 meses de cobrança. Desde ja agradeço a atenção, abraço Ademir

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2009 - 11:48
    Enviado por: simone mendonça

    olá preciso de ajuda; fiz uma compra no ponto frio p televendas,um purificador, valor total 440.35 em 12 parcelas no visa. dia 23/01 foi aprovada e no mesmo dia cancelada p eles,só que já paguei a primeira prestação e faltam 11. estou tentando que eles me devolvam o valor cobrado. a adm; visa diz que está tudo ok, falta o ponto frio cancelar c eles, eu até agora não sei o que aconteceu. a mercadoria não chegou porque realmente foi cancelada,confirmei no email. a ouvidoria me pediu p enviar fax; dia 17/02 enviei um e dia 10/03 enviei o outro. acho que vou ter que procurar o procon. eu nunca tive problemas desse tipo, alguem me dá uma luz, tô apavorada. simone

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2009 - 19:12
    Enviado por: marcia

    paguei um financiamento de um carro, terminei em janeiro de 2008, estão me cobrando as prestações de outubro e setembro/2007, sendo que as mesmas foram pagas mediante acordo com a agência bancária e cheque pré-datado estipulado vr e data por eles próprios. Consta que agora depois de um ano eles vem cobrar essas parcelas, mandamos a microfilmagem do cheque, os recibos autenticados, porém eles continuam cobrando, posso entrar na justiça contra esse banco? por cobrança indevida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2009 - 13:23
    Enviado por: Jaqueline Benck

    Boa tarde!

    Recibe uma duas cartas de inclusão de meu nome na SERASA, mais como sei que não estou devendo nada a ninguem liguei para me informar de que se tratava e me disseram que eu tinha uma dívida de mais de R$ 2.000,00 só que eu sabia que era enexistente e disse a atendente que era impossivel estar devendo esse valor e depois de alguns minutos liguei novamente e ja não constava mais nada, só quero quero entrar com processo contra a empresa que me mandou essas cartas, gostaria de saber se eu tenho esse direito?

    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2009 - 22:06
    Enviado por: naiara chaves

    fiz uma xompra em09/2009 pelo cartão mas usando o pagseguro da uol,a compra foi cancelada,e eles nunca estornaram,diziam que ja estavam tratando do assunto e nada,a loja que comprei me passou o numero da transação e disse para assustá-los com pequenas causas que rapidinho dariam um jeito, mas coloquei-os nas pequenas causas e não deu outra,me avisaram que o dinheiro está disponpivel,mas sem correção,será que eles realmente vão pagar em dobro? Não aceito a devolução até a audiencia,ou pego o valor pago? Obrigada,sabem se eles já pagaram alguém?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2009 - 15:59
    Enviado por: FONTENELE

    Boa Tarde…

    Uma senhora teve seu cartão de crédito furtado e mesmo após cancelado esse cartão, continuou recebendo faturas de seguro de perda e roubo e leiga que é agiu de boa-fé pagando-as. Ocorre que já entrou no Juizado pedindo dano moral e material contra o banco (administrador – HSBC) e a bandeira (american express). Na conciliação o HSBC a restituiu e a bandeira alega ilegitimidade passiva. A promovente tem direito a dano moral contra a bandeira do cartão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2009 - 17:20
    Enviado por: Rodrigo Bicalho

    boa tarde talvez “alguém” possa me orientar no meu caso. Eis a historia, na ultima empresa que trabalhei efetuei um emprestimo de 500.00 reais.. para pagar em 12x de 49.00..Foi um emprestimo consignado em folha, bom a empresa houve meses que ñ descontou algumas parcelas..e houve meses que descontou 2 de uma unica vez…no tempo em que trabalhei Lá cheguei a pagar 10 destas 12 parcelas..restando apenas 2…fui ao banco (UNIBANCO) Para Regularizar estes débitos e saber por que estavam me cobrando mais 2….bom de nada adiantou!!!_O pior que nos meus proprios contra cheque constam 10 parcelas pagas…o banco ñ quer nem saber me cobra 4… acho que houve um erro por parte da firma.. mas como devo proceder posso entrar com um pedido de danos morais..afinal eles ñ querem receber as 2 parccelas e o meu nome foi para o spc…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2009 - 08:58
    Enviado por: Simone L.V.

    Tenho uma dívida na Banco Nossa Caixa (Emprestimo Pessoal) desde 16/05/2006 conforme consulta ao SPC no valor de R$ 1969,72, em contato com o Banco atualmente minha dívida esta em R$ 8852,00 pagando o vista sairia R$ 3.550,00. Gostaria de saber se a cobrança é devido.

    Atenciosamente,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2009 - 17:30
    Enviado por: Thabata Moreira

    No ia 13/03 fui ssatda detdagencia do banco Bradesco, fiz o bletim e ecaminhei abano ods os doctnsqu compovariam o dheiro qeuetaa na hora. Porem psads um mes aindana rcebi nenhum vl em a ligçõ o banco inormando nda
    O que devo fazer????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2009 - 13:37
    Enviado por: Davi

    Fiz um emprestio a mais de 3 anos na corretora Visala em Salvador, e foi cobrado um seguro junto com o emprestimo (que gostaria de saber se isso pe lagal), o mesmo já foi quitado e o seguro ainda contiua cobrando em debito em conta.
    Como faço para receber essa quantia de volta se ñ tem escritorio na cidade onde resido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2009 - 11:21
    Enviado por: josenilton braz dos santos

    eu gostaria de saber minha esposa foi aposentada por in validez e foi o premeiro emprego dela e recebeu 1,0000 de rescisao e por tar com serguela a empresa nao teveria pagar uma indenizacao

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2009 - 16:26
    Enviado por: Ralf GonÇalves

    Boa Tarde Sr. Marcelo Moreira e companheiros de trabalho!
    Estou com uma dúvida sobre a taxa de manutençao de conta que vem todos os meses no boleto bancário de uma loja por mes, ela está sendo quitada e estou na 12″ parcela,no valor de R$3,99 por mes,mas nao sei para que uso seria,pois todos os boletos chegam em meu endereço e nao há problema com nada,fui ao Procom ,um Sr acredito que mal informado disse que isso nao seria problema para eles resolverem e sim de uma açao na justiça,mas me informei e tambem vi no site de voces que isso seria feito uma devoluçao por danos morais.Podem por favor me enviarem algum comentário,ou isso morrerá de forma negativa a nós Cidadaos que pagamos nossa conta honestamente e sempre ficamos nos prejuizo abusivos dessas empresas de nosso País.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2009 - 15:39
    Enviado por: Monique Nava

    Fiz uma compra pela internet e foi cobrado duas vezes o valor do produto no meu cartão de crédito, já entrei em contato com a empresa e eles falaram q iam resolver, só que já se passou quase um ano e eles nada fizeram, oque posso fazer nesse caso?
    Grata!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2009 - 13:08
    Enviado por: Fernanda Cristina

    Gostaria de saber, se é legal uma escola infantil cobrar 10% de multa e mais 0,46 mora no boleto bancário após seu vencimento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2009 - 17:47
    Enviado por: Samuel Gonçalves

    tenho cartao da ricardo eletro “visa” e recebo uma cobrança de 3,95, ja liguei, reclamei mas nao adianta, no mes passado, fui ao banco e me disseram que nao era obrigado a pagar a tarifa, mas no mes seguinte veio cobrando juros dos 3,95, nao sei o que fazer, estou muito chatiado e gostaria que alguem me desse uma orientaçao. obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2009 - 05:43
    Enviado por: Alessandro Donisete

    CONTRA A BV FINANCEIRA, como posso fazer para receber a TAC. taxa de abertura de crédito de R$ 550,00 e valores de R$ 4,50 por folha de boleto do carne da BV financeira que são 48 parcelas, que foi referente a compra de um carro, entrei em contato com a financeira após ficar sabendo que essas cobranças são indevidas, eles me disseram que esta tudo no contrato q. assinei e q. eu sabia na hora de assinar o contrato e q. esta correto e ñ tem nada que eu possa fazer.
    posso entrar no juizado especial de pequenas causas e pedir o valor em dobro???
    Gostaria de informações e as leis que posso colocar no juizado. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2009 - 09:05
    Enviado por: Thereza Lemos

    Fiz um emprestimo no Itau com desconto em folha , primeiro vencimento para 22 de junho de 2009. Qual nao foi minha surpresa que em 25 de maio de 2009 eles ja começaram a receber o primeiro pagamento. Quero dizer que isso atrapalhou muito minha vida pois ja tinha me programado para começar a pagar em junho.
    Reclamei e não adiantou nada, acho desaforo tratar uma coisa em contrato e fazer outra, e um pouco caso do cliente.
    O Que devo fazer para que reparem o erro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2009 - 15:42
    Enviado por: Flávia Garcia

    Boa tarde Senhores!
    Preciso de uma orientação com urgência, se possível, pois já não suporto mais a CEMIG me cobrando e desligando a luz da minha residência, sendo que a conta encontra-se paga.
    Por 03(três) vezes consecutivas a CEMIG mandou funcionários na porta do prédio em que moro para desligar o fornecimento de energia elétrica do meu apartamento, e já não sei mais o que fazer, pois tentei tudo na boa, para não ter que entrar na Justiça, mas a situação está vexatória e implicante…A conta de luz cobrada é a de janeiro/09, cujo vencimento foi em 22/01/09, e o pagamento foi efetuado em 19/01/09. A CEMIG alega que paguei numa lotérica que não repassou o dinheiro a eles. Eu pergunto, como consumidora:_O que tenho haver com esta transação entre a CEMIG e a sua credenciada?! Afinal realizei o pagamento, com o meu dinheiro, cumprindo com a minha obrigação. Agora, se a CEMIG, não sabe se posiciona diante de suas credenciadas, entendo que o consumidornão poderá sair prejudicado. E vcs, o que têm a medizer sobre esta situação? Estou meio perdida, mas tenho que agir com rapidez.
    Obrigada pela atenção.
    Aguardo retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2009 - 14:08
    Enviado por: MARCONDES

    Tenho uma carro que foi financiado pela BV Financeira em 36 x , paguei 15 parcelas em dia sem atrasos e agora fiquei desempregada e então resolvi quitar este financiamento para não ter atrasos futuros.
    Fui até a BV para solicitar o Saldo devedor e me cobraran uma tarifa de desacordo comercial na qual questionei mas me informaram que posterior eu poderia recorrer esta tarifa.
    Agora entrei em contato com a BV e me disseram que esta tarifa não pode ser recorrida devido estar constando no contrato .
    Como devo proceder neste caso , pois acho injusto esta cobrança de tarifa por desacordo comercial, afinal estou quitando o contrato .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2009 - 19:29
    Enviado por: fabio carvalho

    Boa noite.
    tenho dois casos da mesma empresa

    1º- Na residencia dos meus pais, grande parte de problemas e solicitações para casa quem faz sou eu, por ser o filho mais velho e por eles serem analfabetos, acabo tomando a frente.
    Em meados de fev/2008 fiz adesão da tv digital da telefônica, onde antes de fazer a adesao perguntei para o consultor, se teria todos os canais abertos(cultura, sbt, globo, record, rede tv, gazeta e bandeirantes), foi-me confirmados por cerca de duas vezes que sim, teria todos os canais mais um pacote especial de 24 canais (desenhos, filmes, reportagem, esporte, jornalista e música) por 79,00 mensais incluso ligações a vontade para ddd 011, porém passado cerca de 10 meses, fui informado por meu pai que não funcionava alguns canais – cultura, record e gazeta, entrei em contato com a telefônica, atendimento tv digital cerca de um mês depois reclamando sobre o ocorrido, onde fui informado que realmente que os canais (cultura, record e gazeta)não faziam parte do pacote, e que poderia conceder um desconto. Porem eu disse que iria averiguar melhor a situação. Nesse meio tempo por estar muito ocupado não tive tempo de retornar para verificar como podia ser resolvido o caso, porém retornei o contato semana passada informando a mesma coisa do 1° contato e que os canais , cultura e record começaram a funcionar cerca de 4 ou 5 meses, e que me senti de certa forma lesado; fui informado de que isso não poderia ocorrer, pois os canais fazem parte do pacote, passei as informações do atendimento , a mesma me passaou um procedimento o qual não deu certo.
    Na segunda ligação me solicictaram alguns momentos onde fiquei em um dos momentos cerca de 4:18min aguardando na linha, entre outros longos momentos.
    Agora pergunto, posso eu entrar com algum tipo de processo judicial, pois me senti lesado, afinal foi uma propaganda enganosa ?
    ***********************************************************************
    2º – solicitamos uma nova linha de telefone para residência dos meu pais, onde deram um determinado prazo para a instalação do mesmo, porem não foi cumprido o acordo, foram feitas duas reclamações sobre o caso onde fomos informados no 1° contato que a linha do telefone
    já estava instalada e diponível no poste, o que é trabalho da telêfonica( a empresa não faz instalações internas – disso já sabia), porém chamamos uma pessoa para puxar a linha para detro da residência e fomos informados de que não tem nenhuma instalação no poste da residência.
    No segundo contato informaram que a linha já estava disponível para uso, nesse meio tempo recebemos a cobrança da mensalidade do telefone.
    Gostaria de saber se neste caso tambem posso proceder com uma ação judicial, pois trata-se de uma cobrança indevida ?
    **********************************************************************
    Se for possível a ação jial nos dois casos, posso eu responder por meu pais atravéz de uma procuração, uma vez que as contas estão em seus nomes e são analfabetos, pensei em uma procuração. Isso é possível ?

    Muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2009 - 11:23
    Enviado por: Priscila Borba do Amaral

    Olá!! Estou com uma duvida e gostaria da ajuda de vcs. Em fevereiro de 2009, sem notar fiz o pedido de um serviço da jogos para celular, paguei no mesmo mês R$ 9,98 referente a duas semanas de assinatura. Na mesma hora me arrenpendi e pedi o cancelamento pelo telefone, sem sucesso. Procurei pela internet e consegui o e-mail da empresa que presta esse serviço para Vivo, mandei varios e-mails e sempre que mando recebo a resposta de que o serviço está cancelado, mas toda quarta feira chega uma mensagem de cobrança no meu celular eles nunca cancelam.
    Fui no Procon e a atendente da Vivo falou com a funcionária do Procon que não poderia liberar os dados da empresa para eles entrarem em contrato com os mesmos. Cheguei do Procon decidida a cancelar minha linha, liguei na Vivo desta vez a atendente disse que não poderia cancelar porque tenho um desconto na minha conta e tenho que ficar na operadora ate 02/2010, sendo que eu nunca pedi esse desconto.
    Não sei mais o que faço, toda quarta feira me da crise de enxaqueca e passo muito mal de raiva dessa FALE ZERO9. O procon pediu pra mim procurar os dados da empresa, mas não consegui encontrar nada….
    Por favor me ajudem…..
    Obrigado!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/06/2009 - 10:01
    Enviado por: silvio romero

    recentemente ganhei uma ação na justiça por cobrança indevida em boleto bancario de um consorcio de carro, mas por desconhecimento não pedi o valor em dobro. gostaria de saber se e possivel receber, pois o juiz me deu ganho de causa e não recebi em dobro simplesmente porque apenas solicitei o que eu tinha pago indevido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/06/2009 - 13:43
    Enviado por: cristiane da silva leite

    boa tarde eu fize um emprestimo consignado no banco itau a primeira parcela venceria dia 20/05 o desconto veio na folha de pagamento no dia 30/04, só que no dia 12/05 eu quitei todo o empréstimo e entrei em ctto com o banco eles me informaram que eu teria que aguardar 7 dias uteis apos o dia do vencimento da primeira parcela para receber o reembolso, que seria dia 29/05, só que no dia 29/05 não foi feito o estorno e no meu hollerith veio cobrando outra parcela entrei em ctto novamente com o banco e me informaram que eu tenho que aguardar o dia 22/06 que é o vencimento da 2ª parcela e contar mais sete dias uteis novamente para receber o reembolso, e no dia 02/06 que me reembolsaram a parcela do dia 20/05 o que devo ou posso fazer??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/06/2009 - 17:33
    Enviado por: silvio romero

    BOM DIA! TENHO UM CARTÃO MASTERCARD VISA HÁ 4 ANOS, SEMPRE PAGUEI A FATURA EM DIA E ANTES DO VENCIMENTO. NO MÊS DE DEZEMBRO DE 2008 RECEBI UM ENCARGO FINACEIRO NO VALOR DE 471,00 REAIS, RECLAMEI NO CAIXA E A MESMA ME DISSE QUE ERA UM ERRO DE SÃO PAULO E NÃO IRIA SE REPETIR NOVAMENTE, SENDO ASSIM PAGUEI O QUE REALMENTE DEVIA. NO MÊS DE JANEIRO E FEVEREIRO NOVAMENTE ME FIZERAM A COBRANÇA INDEVIDA E BLOQUEARAM MEU CARTÃO NO MÊS DE FEVEREIRO MESMO APÓS DE EU TER PAGO O QUE REALMENTE DEVIA. MINHA ESPOSA TEM UM CARTÃO ADICIONAL E FOI COMPRAR UM ÔCULOS E TEVE SUA COMPRA NEGADA PELO FATO DO CARTÃO ESTA BLOQUEADO. EU FUI FAZER COMPRAS NO SUPER MERCADO E TIVE QUE DESISTIR DAS COMPRAS PELO FATO DO MEU CARTÃO TAMBEM ESTAR BLOQUEADO. COMO DEVO FAZER PARA RECEBER O QUE ME COBRARAM INDEVIDAMENTE EM DOBRO E TAMBEM EXIGIR NA JUSTIÇA MEUS DIREITOS POR CONSTRANGIMENTO PASSADO TANTO POR MIM COMO POR MINHA ESPOSA. TENHO TODAS AS FATURAS DO CARTÃO GUARDADAS EM MEU PODER, E TODAS PAGAS EM DIA.MINHA ESPOSA TAMBEM TEM O TESTEMUNHO DO GERENTE DA ÓTICA E A NOTA QUE FOI NEGADA PELO FATO DO CARTÃO ESTAR BLOQUEADO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/06/2009 - 18:00
    Enviado por: CRISTIANE FARIAS SENA

    GENTE EU ESTOU COM UM POBLEMA QUE GOSTA RIA QUE VCS RESOLVESEM PARA MIM. ESTAVA DEVENDO AO CARTAO DE CREDITO O VALOR DELES COM JUROS E TUDO O VALOR DE 1.532,58 DAI ELE ME FIZERAM A PROPOSTA DE AVISTA DE 332,22 E OUTRO VALORES PARA PARCELA, MAS EU PREFERI PAGAR AVISTA , POIUS AGORA VEIO A DOR DE CABEÇA AS CARTAS DE COBRAMÇA COM OUTROS VALORES E AGORDO PARA PAGAMENTO DESDE QUE EU JA PAGUEI. JA MANDEI MSN PARA ELES UNHAS 3 VEZES E SO TIVE RESPOSTA UM VEZ. HOJE ME CHEGA UMA CARTA DE COBRAÇA DE NOVO E AGORA DO VALOR QUE EU DEVO ANTIGO SERA RESOLVIDO POR 118,39 E MEDIANTE DESE PAGAMENTO EU TEREI MEU NOME RETIRADO DO SPC/SERASA. GENTE ISSO E UMA FALTA DE RESPEITO A PESSOA NAO SO ISSO COMO O DISCASO DELES EU JA PASSEI MNS PRA ELES FALEI QUE JA AVIAPAGO E NAO OBTIVE RESPOSTA, O QUE E ISSO MEU DEUS NEM QUERER SER ONESTO AGENTE PODE MAS? ME DE UMA LUZ E ME DIGA O QUE FAZER E O PASSO QUE DEEVO TOMAR DIANTE DISSO? E O QUE ME TEM DE RETORNO. GRATA POR SUA ATENÇAO FIQUEM COM DEUS CRISTIANE FARIAS SENA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2009 - 21:52
    Enviado por: cleber lucas

    gostaria de saber já terminei meu financiamento posso cobra na justiça as taxas de emição de carne e taxa de abertura de gredito,que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2009 - 19:17
    Enviado por: Paulo Ricardo

    Minha mãe paga um seguro de automovel, e durante o mês de março de 2009 percebemos que foram realizados 3 debitos indevidos com valores acima do valor real do seguro.Entrei em contato com a empresa e os mesmos me ressarciram, porém no mês seguinte novamente realizaram débitos indevidos de minha conta.Como fiquei com a pulga atras da orelha fui conferir os demais débitos realizados em 2006/2007/2008 e notei que também foram realizados débitos a mais do valor que realmente o veículo era assegurado.Gostaria se posso cobra na justiça estes valores referente ao ano de 2006/2007/2008 e qual providencia devo tomar e qual orgão?Posso ser ressarcida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2009 - 03:14
    Enviado por: Gilberto Junior

    bem meu problema é o seguinte, comprei um microondas en 10x sempre pago antes da data de vencimento so que quando eu fui pagar a 8ª parcela eles falaram que as parcelas 5 e 6 não estavão constando como pg so que no meu carne está pago e eles pediram pra olhar o carne pois estavam desconfiados de um funcionarios deles, então mostrei e eles ainda continuam dizendo que eu estou devendo essas parcelas 5 e 6 que constam como pagas no meu carne.. gostaria de saber como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2009 - 19:24
    Enviado por: Gerson miranda

    tenho um carne da aymore financeira eles estão cobrando de cada parcela 6,33 do boleto já solicitei o reenboço e os mesmo falam que é custo do banco, ja quitei as 36 parcelas, como faço para receber a cobrança indevida no carne?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2009 - 20:03
    Enviado por: ercilia

    Boa noite, o que esta acontecendo cmigo, é que em outubro do ano passado eu fiz um emprestimo pessoal nas lojas riachuelo, e não pude pagar da data do vencimento, teve um atraso de tres meses,porém com tres meses vencido fui na loja pedi pra fazer um acerto de tudo que eu devia na loja; emprestimo e compras de roupas, la no crediario a atendente somou tudo e me passou um valor e eu paguei, após 6 meses voltei a loja e descobri que estava devendo todas as parcelas do emprestimo, não entendi fui até minha casa peguei o papel que confirmava o pagamento levei a loja e la me disseram que haviam cobrado apenas as prestações das roupas e adiantado, conclusão eu não sabia que estava devendo e nunca houve nenhuma cobrança, a conta que era de 250 hoje esta em 700 reais, pergunto o que devo fazer…..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/06/2009 - 20:44
    Enviado por: luciano menezes

    Como saber em quais boletos ou carne estão sendo cobradas a taxas indevidas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2009 - 09:35
    Enviado por: MARCÍLIO TIMOTEO FERREIRA

    tenho um finaciamento no FINASA, logo estou atrazando sempre duas parcelas e pago-as sempre com juros (até indevidos), mas nunca deixei de paga-los atraso mas pago com juros! e agora o pessoa de cobranca de um escritorio estão ligando no meu local de trabalho me expondo ao ridiculo é tando que a atendente me disse que não é obrigada a passar por isso, pois assim que ela informa que eu não estou na firma ou que elas liguem pro meu celular elas ficam com piadinhas com a atendente, quando quando eu falo com a cobranca pra negociar ele não querem! Me ameaçam dizendo que se eu não puder mais pagar o carro que o entregue mas eu nunca deixei de pagar e agora estou ligando até pro celular particular da empresa acho que! o que faço vcs tem algum modelo de documentos pra me entrar com um processo contra eles!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2009 - 19:21
    Enviado por: jaqueline

    oi, sou do interior de sao paulo, tive meu cartao de credito sem chip furtado (24/06), porem so me dei conta no dia seguinte com o banco nossa caixa me ligando(25/06), falando que foram feitas compras suspeitas , pois nao acostumo usa-lo ..e fui para delegacia e fiz B.O., tentei encontrar os donos dos estabelcimentos para pelo menos indignar , como um individuo consegue fazer comprar sem comparar com a minha assinatura ou ate mesmo com apresentação de um documento sem foto, e a adminisstradora do cartão continua dizendo q eu q devo pagar o prejuizo, pois nao tinha proteção contra roubo e perda. li, varios artigos falando sobre que o cliente nao é obrigado a apagar esta “segunda anuidade do cartão” e que é responsabilidade da administradora provar que fui eu, como nao foi, nao teria como..e então pagar os custos e ainda mais , elas entrarem em contato com os estabelecimentos que foram feitos as compras fraudelentas… Voce pode me orientar se devo ir em frente em relção a pequenas causas, pois nao acho justo pagar uma conta que nao e de minha autoria.
    obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2009 - 19:32
    Enviado por: jessica

    olá eu comprei um celuar no ponto frio se caso fosse roubado que eles dava outro celular pra mim porque eu paguei pelo seguro. mais eles não derão o celular que eles prometeu pra mim o que eu faço agora eu vou no foro ? EU QUERO O MEU CELULAR VIU ???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/06/2009 - 18:37
    Enviado por: Andre luiz dias de souza

    Fiz compra em uma loja de informatica,dei entrada de 800,00 e foi feito um parcelamento de 9x 274,90,Sendo que ja paguei 06 parcelas. Por varios problemas pessoais nao consegui quitar as 03 parcelas restantes ,Gostaria de saber se e legal a cobrança de 6,00 ao dia e se nao e legal,O que me aconselham desde ja agradeço qualquer esclarecimento!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2009 - 21:41
    Enviado por: Mary Anne-Balneário Camboriú-SC

    Olá…boa noite a todos…

    Sugiro a todos que consultem um advogado. Não aguardem soluções administrativas pois o direito dos senhores é liquido e certo. Há julgados nos tribunais recentes, em que a cobrança do boleto bancário mensal, é considerado ilegal, portanto, não há pq discutir mais. Cobranças irregulares, indevidas, cabem AÇÃO DE INDENIZAÇÃO, a cada dia mais valorada, na ótica dos juízes de 1 grau, e especialmente nos tribunais. Vale a pena ingressar com revisionais SIM….os banco tem horror da carteira recheada de ações contra eles..e fazem bons acordos posteriormente. Portanto, caros consumidores, nao fiquem só reclamando, procure um advogado. Lute pelos seus direitos, mesmo q vc tenha q repartir essa discussão PAGANDO AO ADVOGADO para ter seu direito reconhecido. E, nao se assuste com as noticias de que isso é balela, pq é esse o objetivo, assustar o consumidor e deixar claro q essas revisionais nao dao em nada. São inverdades, noticias plantadas para afugentar ao menos a ideia de que seus clientes pleiteem revisao dos contratos abusivos, ilegais, contrários a Constituição Federal e ao Código de Defesa do Consumidor, que é uma Lei Especial que sobrepõe às demais….todas as outras, menos a CF, que é a Carta Magna. Não desacredite da Lei, nem dos advogados. Contrate um de sua confiança, peça o numero do processo, acompanhe pelo Site do TJ-Tribunal de Justiça- toda movimentação, ligue p ele, questione, pergunte. Vc. tem direito. Existem ótimos profissionais. E nem sempre sao PRESIDENTES DE ORDEM, ou de Tribunais, são advogados trabalhadores, q lutam p sobreviver. Boa sorte. Não deixe de lutar por seus direitos.Acredite na Justiça. Ela existe SIM.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/07/2009 - 14:31
    Enviado por: Danessa

    A administradora do condomínio mandou pela segunda vez uma carta solicitando o comparecimento no local. Seguido de uma ameaça de que se não entrassemos em contato seriam tomadas as medidas judiciais cabíveis em 24 horas. Ao entrar em contato nas duas vezes meu marido descobriu que estava cobrando por pagamentos já efetuados e teve que mandar os comprovantes de pagamentos. Não gostaria de ficar recebendo essas correspondências, fiquei chateada e causou constrangimento em minha casa pois cheguei a pensar que realmente ele não estava pagando. Como proceder para que uma administradora desorganizada como essa não repita esse tipo de acusação?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2009 - 12:24
    Enviado por: Antonio

    Comprei um carro pela BV- Financeira, calculamos as prestações em um valor X, quanto foi no dia de assinar o contrato vê uma parcela maior do que o combinado, questionei ao seu representante ele mim informou que o acréscimo seria por que teria incluído a transferência e emplacamento do veiculo, e que eu teria sido ganhador de um seguro total de um ano, para o veiculo, pressionado por eles aceitei, pois que a diferencia não era tanto assim conforme eles tinha mim falado, agora como sem quere liguei para BV, e através do site atendimento ao cliente passei um e-mail, eles mim confirmaram que o valor do segura estava sendo cobrado nas prestações, ou seja usara de mau fé para com o cliente, e ainda por cima desta ferindo o código de defesa do consumidor utilizado de vendas casada encanando os clientes. Sim ate o momento o emplacamento do veiculo ainda não recebi os a documentação ainda estou com a documentação do antigo dono, verifiquei junto ao DETRAN onde tudo esta em nome do proprietário anterior. Hoje o representante mim falou que o seguro foi feto para atingir a mete do mês, e que tinha sido pago do seu bolso.
    Obs. BV – Vendas casadas – ocultação do documento do veiculo – Desrespeito para com as normas do Banco Central – Descumprimento ao Código de Defesa do Consumidor Lei 8078/90, artigo 39, É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, – artigo 5º, II, III, tipificou essa prática como crime, – 8.884/94, artigo 21º, XXIII define a venda casada como infração à ordem econômica, – Resolução do Banco Central nº 2878/01 (alterada pela nº 2892/01). Artº 17 – É vedada a contratação de quaisquer operações condicionadas ou vinculadas à realização de outras operações ou à aquisição de outros bens e serviços.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2009 - 12:26
    Enviado por: Miguel

    Comprei um carro pela BV- Financeira, calculamos as prestações em um valor X, quanto foi no dia de assinar o contrato vê uma parcela maior do que o combinado, questionei ao seu representante ele mim informou que o acréscimo seria por que teria incluído a transferência e emplacamento do veiculo, e que eu teria sido ganhador de um seguro total de um ano, para o veiculo, pressionado por eles aceitei, pois que a diferencia não era tanto assim conforme eles tinha mim falado, agora como sem quere liguei para BV, e através do site atendimento ao cliente passei um e-mail, eles mim confirmaram que o valor do segura estava sendo cobrado nas prestações, ou seja usara de mau fé para com o cliente, e ainda por cima desta ferindo o código de defesa do consumidor utilizado de vendas casada encanando os clientes. Sim ate o momento o emplacamento do veiculo ainda não recebi os a documentação ainda estou com a documentação do antigo dono, verifiquei junto ao DETRAN onde tudo esta em nome do proprietário anterior. Hoje o representante mim falou que o seguro foi feto para atingir a mete do mês, e que tinha sido pago do seu bolso.
    Obs. BV – Vendas casadas – ocultação do documento do veiculo – Desrespeito para com as normas do Banco Central – Descumprimento ao Código de Defesa do Consumidor Lei 8078/90, artigo 39, É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, – artigo 5º, II, III, tipificou essa prática como crime, – 8.884/94, artigo 21º, XXIII define a venda casada como infração à ordem econômica, – Resolução do Banco Central nº 2878/01 (alterada pela nº 2892/01). Artº 17 – É vedada a contratação de quaisquer operações condicionadas ou vinculadas à realização de outras operações ou à aquisição de outros bens e serviços.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2009 - 11:38
    Enviado por: VALTERLY

    COMPREI 1 BOTA NO MES DE MAIO E ME ARREPENDI FUI PEDIR PARA TROCAR MAS DISSE QUE NAO TROCA ENTAO QUERO SABER SE TENHO O DIREITO DE TROCAR

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/07/2009 - 21:46
    Enviado por: Célio Roberto de Calcio

    Pago as prestações do financiamento do meu carro sempre em dia, e mesmo assim o banco BV me botou no SPC/SERASA três vezes desde o começo de financiamento (faz 11 meses). A útima vez foi agora em junho/2009. Não sei a quem recorrer. O que devo fazer? Me ajudem por favor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/07/2009 - 11:46
    Enviado por: Vania

    Bom dia, andei lendo o blog e gostaria de uma orientação.
    A cerca de um ano atras, fiz uma compra de um notebook em uma loja de departamentos, que foi efetuada com o cartão da própria loja com bandeira AURA. O total da compra foi dividida em 10 vezes, sendo que a ultima fatura acabei atrasando e consequentemente foi gerado juros, só que, abusivos, a parcela em questão era de 240,00 e no mes seguinte devido ao atraso me foi cobrado 480,00 e claro que não efeituei o pagamento e questionei a administradora.
    A mesma alegou que os juros eram corretos e que eu deveria ter sido mais cuidadosa com o meus debitos e quitado a fatura ao invés de deixar atrasar.
    Mesmo assim, por duas vezes me mandaram um boleto extra no valor de 200,00 para “regularizar” a minha pendencia junto a empresa, mas, para minha surpresa, a primeira vez o valor apenas foi abatido da divida e nao existiu a quitação.
    Na segunda vez, me propuseram o parcelamento, sendo que eu pagaria mais 200,00 e mais 5 de 180,00. Para evitar tanto transtorno, acabei concordando. Mas apenas paguei o boleto avulso e novamente não existiu efetivação de acordo…Ai, quem desistiu de negociar fui eu.
    Bom, de lá prá lá, eles me ligam diariamente, em casa e pelo celular pelo menos duas vezes ao dia, as atendentes são super mal educadas e a minha divida já está em mais de 1400,00, meu nome está negativado no SPC, SERASA.
    Gostaria de saber como proceder.
    Desde já agradeço.
    Vãnia

    RESPOSTA DO BLOG: Você esperou demais para tomar alguma providência. Contrate um advogado para agilizar a solução do problema.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/08/2009 - 16:27
    Enviado por: silvio dias

    Ola! por favor me tire uma duvida. fiz um emprestimo no BRB, paguei as prestações estava pagando tudo certinho ate que um belo dia a crise bateu a minha porta, minha empresa quebrou e fiquei muito individado, tive que vender meu negocio e não consegui mais pagar o emprestimo, no segundo mes de atrazo o banco debitou 1.200,00 reais na conta do meu avalista. gostaria de saber se o banco pode fazer essa cobrança do avalista.
    obrigado.. abraços..
    silvio dias

    RESPOSTA DO BLOG: Não há nenhuma lei que proíba esse desconto, mas é de bom tom o banco avisar antes o avalista de que existe uma pendência, mesmo que corra o risco de o avalista retirar o dinheiro do banco. Consultem vocês dois um advogado. É possível entrar na Justiça pedindo indenização por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/08/2009 - 14:07
    Enviado por: Claudio Henrique

    Durante o periodo que fazia faculdade, adiquiri uma divida com a instituição que por sua vez me mandou para serasa, spc e cartorios. Fui visitado farias vezes por oficiais de justiça, por fim quitei a divida e peguei os recibos, pensando que estava tudo ok. Esta semana enquanto fazia um financiamento me falaram que tinha um protesto, quando fui olhar era desta instituição, posso mover uma ação por danos morais e cobrança em dobro de divida? Desde já agradeço.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e processe a empresa por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/09/2009 - 12:16
    Enviado por: Welington

    Olá, gostaria de saber se houve alguma cobrança indevida em um financiamento de um veiculo que fiz. Financiei R$ 4.500,00 em 36 parcelas de R$ 233,43 pelo ABN AMRO, contrato Nº 029/20009242626, em 09/11/2004. Se caso tiver alguma irregularidade gostaria de saber se ainda tenho direito mover uma ação contra esse banco. Obrigado

    RESPOSTA DO BLOG: Lamento, não fazemos nenhum tipo de cálculo. Procure um contador.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2009 - 22:04
    Enviado por: jurema gonçalves

    olá,comprei uma moto financiada em 30 meses e só fauta uma parcela pra terminar de pagar.só que estou indignada porque na 24 parcela por motivo financeiro a financiadora me liga sem controle e sempre esplico que vou pagar uma e a outra vai ficar sempre em atraso e eles voutam ligar novamente,a ultima foi ligar pro meu trabalho me ameassando que iriam tomar meu bem e fazendo passar por constrangimento perante meus colegas já fui chamada pela minha gerente.se entrar na pequenas causas por costrangimento edanos morais.quais os meus direitos?

    RESPOSTA DO BLOG: Entre com uma ação no JUizado Esepcial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2009 - 23:30
    Enviado por: Rafaele Fernandes

    Fiz uma compra no débito automático e qd cheguei em casa vi que a compra tinha sido descontada duas vezes em seguida(vi através da internet pois não foi emitido boleto de uma compra), fui ao banco e eles falaram que a loja deveria me devolver o dinheiro, fui a loja e lá me informaram que nem autorização pra descontar o mesmo valor duas vezes em seguida no cartão de débito eles tinham e que o dinheiro não estava com eles voltei ao banco e voltou a primeira cena , estou grávida de 6 meses e a compra foi feita em uma loja longe da minha casa não aguento mais essa história e em quanto isso tô sem meu dinheiro, gostaria de saber se é verdade essa história que débito não pode ser descontado duas vezes o mesmo valor em seguida na mesma loja, será que posso entrar com um processo no Juizado especial civel?

    RESPOSTA DO BLOG: Tem de ir ao JUizado Cível, e contra o banco e a loja.O que fizeram foi um absurdo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2009 - 09:53
    Enviado por: Vinícius Rodrigues Teixeira

    Bom dia! tenho dois carros financiados em meu nome, porem um é cdc e outro leasing, o cdc devo 4 parcelas e to tentando pagar duas, e o leasing to devendo 3 parcelas mas tb to juntando para pagar 1 parcela, o que eu queria saber é se corro o risco de me tomarem, e o do cdc eu passei o carro para uma pessoa e continuei pagando porem igual eu disse estou com 4 em atraso, me de uma luz de explicação de meu caso, os contratos ja estao com advogados e fazem todo mes acordo comigo.

    RESPOSTA DO BLOG: Provavelmente o carro será retomado se as dívidas perdurarem. O melhor a fazer é renegociar o mais rápido possível, de preferência com a ajuda de um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2009 - 10:01
    Enviado por: Paulo Sergio de Souza do Nascimento

    Srs.(as), peço gentilmente uma orientação sobre taxas bancárias. Paguei por 3 meses a quantia de R$39,00 para recadastramento e agora mensalmente R$22,00 por uma cesta criada pelo banco. Nunca me enviaram extratos, não me fornce talão de cheque, extratos avulsos sou cobrado separadamente e esses valores tirados da minha conta sem autorização. O que devo fazer de imediato, pois isso já vem acontecendo desde o ano passado. As vezes estou negativo poruq esses valores são debitados na minha conta e quando percebo já estou no vermelho, pagando juros de 12% do valor devido.
    Agradeço e aguardo resposta .
    Sds.

    RESPOSTA DO BLOG: O banco pode cobrar taxas pelos serviços que oferece. Você provavelmente assinou algum contrato quando abriu a conta. Leia-o com atenção para verificar quais os serviços que contratou. Se houver divergências ou inconformidades, faça uma deúncia ao Procon e entre com ação por danos morais no JUizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2009 - 09:03
    Enviado por: Adriana Furlaneti

    Bom dia, eu gostaria de uma informação.Eu pedi o cancelamento do net combo por motivo de mudança.O pedido foi concretizado e agora começaram a vir cobranças da conta de telefone da net. Sendo que a mesma tambem ja tinha sido cancelada e vão sujar o meu nome.

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2009 - 21:14
    Enviado por: Claudia

    Gostaria de saber se os hotéis de Curitiba podem cobrar a diária com antecedência? Pois em março fui para lá e fiquei duas noites em um hotel onde me fez pagar com antecedência se não, não poderia me hospedar. P/ não pagar de uma só vez as duas noites, tive que no vencimento da próxima diária (12h) passar novamente o cartão para pagar a segunda noite. Em todos os hotéis que fico em viagens, pago o total depois de consumir. Gostaria de saber qual o código do consumidor defende esta atitude?
    Gostaria de saber a resposta. Desde já obrigada.

    RESPOSTA DO BLOG: Nâo há lei que impeça essa cobrança antecipada, mas isso não é usual e é antipático. Alguns hotéis fazem isso para que não haja desistência em cima da hora e eles percam a diária que poderia ser ocupada por outro cliente. Não é ilegal, mas não ée uma atitude correta. Se você comprovar que sofreu lesão ou constrangimentos por conta da cobrança antecipada, é possível fazer uma denúncia ao Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2009 - 01:02
    Enviado por: maria madalena borges

    eu cheguei do trabalho e a cemig havia trocado o medidor da minha casa nao tinha ninguem em casa eles estam alegando q eu fiz gato no relogio estam calculando pelo q eu gastei no mes de setembro q foi bem + porq antes agente estava sem computador e geladeira entam estam me cobrando uma multa de mais de 1000.00 reais oque fazer agora eu posso recorrer ?
    e como ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2009 - 18:01
    Enviado por: José Airton da silva

    Boa Tarde….
    Tive um financiamento de moto com a BV financeira, terminei de pagar em junho 2009. Em cada parcela tem um valor de 2,85 como despesa de cobrança. Tenho direito a ter esse valor devolvido? Foram 40 parcelas pagas pontualmente.
    Atenciosamente, Airton

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2009 - 17:54
    Enviado por: RENATA

    olá, há 3 anos fiz um cartão da lojas Americas, nunca fiz compras com ele e sempre chega em minha casa taxa de perda e roubo. Hoje a divida esta em R$180,00 e meu nome esta restrito por causa dessa divida. Não consigo fazer cartões e nem compras em carnês. Posso entrar com processo de Danod Morais contra a Enpersa?

    RESPOSTA DO BLOG: Pode sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2009 - 10:24
    Enviado por: tatiane

    gostaria de saber o seguinte, eu fiz uma assinatura da vivo, essa internet movel, quando eu fiz o plano a moça da loja disse que eu pagaria 119.00 reais ao mes, e tres messes eu pagaria a metade, passou os tres messes e gora eles estão me cobrando 160.00 reais eu liguei para operadora eles me disseram que era uma promoção e que eu não poderia pagar a conta atrazado eu não sabia disso porque a moça da loja não me disse que era uma promoção e que eu não poderia de deixar de pagar a conta em dia se não perderia a promoção, eu gostaria de saber se posso entrar na justiça contra eles, embora isto esteja no contrado se eu posso argumentar que eu não sabia, como de fato não sabia mesmo, por isso eu liguei para operadora pra saber o porque da quela cobrança

    RESPOSTA DO BLOG: Pode sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2009 - 20:20
    Enviado por: Miguel

    Gostaria de parabenizar a equipe do site e os advogados pela iniciativa e ajuda aos internautas e consumidores.
    Hoje tive um problema incomum com o Banco Real. Efetuei um deposito de um cheque no valor de 308 reais. O Cheque estornou e seu valor foi retirado da minha conta, mas o Banco ainda bloqueou um valor a mais de 308 reais na minha conta. Em resumo o Banco retirou o valor do deposito de 308 reais do cheque que estornou e ainda bloqueou 308 reais da minha conta, dinheiro esse que é meu e não tem nenhuma ligação com o deposito do cheque que estornou.
    O gerente alegou que isso é um erro do SISTEMA do Banco e que não poderia fazer nada, que o desbloqueio do meu dinheiro iria ser efetuado em 24hrs. Mas tenho uma conta que vence hoje e com 308 reais bloqueados pelo Banco não tenho saldo para paga-la, acabei tenho que usar o meu cheque especial para honrar meu compromisso financeiro.
    Minha dúvida é se posso entrar no juizado de pequenas causas pedindo danos morais.
    Grato.

    REPSOSTA DO BLOG: Pode sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2009 - 09:22
    Enviado por: thiago

    fiz um financiamento de um imovel pela caixa economica, usei meu fgts para diminuir o valor financiado e o financiamento ficou em 240 meses.
    fui obrigado a abrir uma conta corrente que no caso so vai ser usado para pagamento do mesmo. vou ser obrigado a pagar uma taxa de R$22,00, sou obrigado a ficar com essa conta, posso estar pedindo para cancelar e solicitando que a cobrança seja feita por boleto bancario?

    RESPOSTA DO BLOG: A medida do banco não é ilegal. É o caso de negocar com o banco uma forma melhor de pagamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2009 - 15:08
    Enviado por: Ana

    Sou proprietária de uma loja e realizei uma compra numa distribuidora, paguei antecipadamente o boleto, não recebi as mercadorias e nem o dinheiro de volta. Como devo proceder ?

    No aguardo
    Att
    Ana

    RESPOSTA DO BLOG: Reclame no Procon e entre na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2009 - 23:10
    Enviado por: Francildo Jose silva

    Paguei um consorcio completo sempre vei a tarifa bancaria foi em 70 meses posso receber este dinheiro de volta?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/05/2010 - 13:13
      Enviado por: alisseh

      eu estava viajando quando uma pessoa proxima insistiu que eu assinasse a catho, assinei dois meses e efetuei o pagamento via cartao de crédito no outro dia a catho me enviou um email avisando que o cartao recusou o pagamento.
      liguei ao banco e fui avisada que havia uma suspeita de clonagem do meu cartao por isso ele estava bloqueado e iriam me enviar outro no meu endereço.
      Voltando de viagem recebi o novo cartao e entrei em contato com a catho e descobri que a minha conta estava como ativa. informei a catho que nesse periodo de quase um mes não utilizei o serviço delespor não pagamento. Uma atendente de nome Mariana confirmou que nesse periodo não usei o serviço deles e reconhece que no email que a catho me enviou não informa a possibilidade de usar o site deles, porem ela diz que “se eu tivesse duvidas eu deveria ter perguntado…”

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/11/2009 - 10:13
    Enviado por: fatima costa

    Meu pai tinha conta no unibanco, ele entrou no limite especial sem saber, pois é uma pessoa idosa e não entendia direito. Pegou um empréstimo e pagou o limite e mudou de banco. Depois de um ano eles estão cobrando do meu pai 1.700 reais de encargos, dissendo que meu pai não cancelou a conta. Como eu disse meu pai é idoso e isso está deixando ele muito chateado. Ele vai mesmo ter que pagar essa conta?

    RESPOSTA DO BLOG: Sim, mas tente renegociar com o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/11/2009 - 21:36
    Enviado por: leo francisco xavier

    minha mae comprou um tel.celular nas lojas magazine luiza poren devolveu o aparelho pois nao habilitava na operadora que ela pretentia.
    a loja estornou o primeiro pagamento , mas as 5
    ( cinco ) parcelas restantes foi cobrada .minha
    mae procurou a loja diversas vezes porem a loja
    joga para a administradora do cartao ( master card ) e fica este em pura , em pura ninguem
    resolve nada , poren ja foi descontado todas as
    parcelas do seu cartao .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2009 - 08:49
    Enviado por: anomino

    Nossa impressionante porque este país esta como esta. Muito semi analfabeto funcional querendo levar vantagem em tudo. Claro conforme o tópico cobrança indevida esta mais que certo o consumidor correr atras do prejuízo.
    Agora por favor gente que fez dívida, qualquer meio que seja por impréstimo, contas atrasadas e depois reclama do juros ou porque ficou desempregado acha que o banco vai perdoar, tem mesmo é que tirar tudo, pro povo aprender que dinheiro dado é só o do bolsa família e olhe la…
    Ta muito dificil de pagar o condominio? vai pra um outro, ta dificil de pagar a prestação da moto? porque comprou se não tinha condições de pagar?Ah comprou o carro para pagar em 6 anos agora ja se passou 4 anos e só agora que se deu conta que vai pagar 2 carros? assim agora sim ta abusivo né?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2009 - 15:31
    Enviado por: Cynthia Marcondes

    senhores , gostaria de saber se a cobrança indevida feita pela Cemig se ajuiza esta ação visando ressarcimento destas taxas cobradas pela Cemig.

    RESPOSTA DO BLOG: Em princípio sim, mas espere até que haja uma decisão oficial formal do governo e da Aneel sobre o assunto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2009 - 21:55
    Enviado por: edicleuma paes maciel

    por favor preciso urgentemente de uma resposta pois obtive um cartao ibcard C&A, porem ele nunca foi desbloqueado por mim,pois ele chegou sem eu pedir,e no dia de hoje (10.11.09) fiquei sabendo por telefone que eu estou devendo cr$ 70,00. Eu gostaria de saber se essa cobrança pode ser feita em um cartão que nunca foi desbloqueado e usado.

    RESPOSTA DO BLOG: A cobrança é ilegal. Faça uma denúncia no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/11/2009 - 17:42
    Enviado por: Rodrigo Nascimento

    Pedi o cancelamento do meu Speedy e como pago minha conta em débito automático, não percebi que o serviço não havia sido cancelado e paguei por ele por quase 1 ano e meio. Quando percebi, reclamei e recebi os valores de volta, porém não estão querendo me pagar em dobro o valor indevido, sendo que eu possuo provas da solicitação do cancelamento do serviço. Devo entrar na justiça? O que posso fazer?
    Grato!

    RESPOSTA DO BLOG: Entre no JUizado Especial Cível cobrando o que falta, é o melhor caminho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2009 - 06:08
    Enviado por: reginaldo

    Tenho uma dívida reconhecida junto à um banco que, recentemente enviou-me uma proposta para negociação de dívidas (descontos , parcelamento e tal) com vencimento para 10/11/09. Acontece que ao aceitar esta proposta (optei pela que melhor caberia em meu bolso) e ter pago em 28/10/09 para minha surpresa, após ter voltado a movimentar esta conta bancária; recentemente ontem (15/11/09) ao efetuar uma compra e tentar pagar com o cartão na função de débito para minha surpresa não consegui efetuá-lo (em 11/11/09 fiz depósitos em espécie). Surpresa maior foi saber que na data de 11/11/09 foi-me cobrado um valor (mora operação) zerando minha conta e em 16/11/09 um outro valor (baixa de operações vencidas) igual ao total da dívida mencionada em minha proposta de negociação de dívida .
    E meu nome continua negativado junto ao SCPC. Peço então orientações de como proceder neste caso ,que ao meu entender é no mínimo COBRANÇA ABUSIVA E DANOS MORAIS.
    Agradeço desde já a atenção dada e muito obrigado pela ajuda !!!!!!!

    RESPOSTA DO BLOG: A cobrança é ilegal. Faça uma denúncia no Procon me procese o banco por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2009 - 09:52
    Enviado por: Luiz Jorge

    Bom dia!

    Recentemente, fechei um acordo com o banco para pagamento de algumas dívidas que tinha pendentes, sendo que uma delas havia sido ajuizada.

    Uma semana após o pagamento, verifiquei que as pendências haviam sido baixadas do SERASA e do SPC, porém, permaneceu uma pendência de AÇÃO JUDICIAL com status EXECUÇÃO, cuja qual refere-se à divida anteriormente citada, ou seja, havia de fato sido “ajuizada”.

    Pergunto:

    1 – ) De quem é a responsabilidade de solicitar ao escritório de Advocacia a retirada desta pendência junto ao órgão competentes?
    Entendo que a responsabilidade é inteiramente do banco.
    2 – ) Caso isto não ocorra, ou de certa forma se torne desgastante para mim, qual órgão devo procurar, e em qual nível de “dano” ( não sei se é assim que se diz) que devo recorrer para resarcimento?

    Informe que já fazem mais de 7 dias que efetuei o pagamento do acordo.

    Desde já agradeço.
    Obrigado!

    RESPOSTA DO BLOG: A responsabilidade é de quem pediu o envio do nome para o cadastro negativo. Procure o Procon e faça uma denúncia caso o nome continue no cadastro e prepare uma ação judicial por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2009 - 14:44
    Enviado por: Rodolfo Nunes

    Olá, possuo um CDC de 60 parcelas e ja paguei 26. Hoje preciso mudar a data de vencimento do dia 4 para o dia 10 pois agora recebo no 5º dia util e o banco me cobra uma taxa de R$500,00 para isso. Pergundo ,é legal a cobrança desta taxa?

    RESPOSTA DO BLOG: Não é legal, mas o banco não tem obrigação de mudar a data.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2009 - 10:27
    Enviado por: Hudson

    Atrasei o boleto docartão de crédito por 30 dias,e no boleto do mês seguinte veio cobrança de juros bem acima do esperado.ONde devo recorrer para refazer as contas e verificar se a cobrança está correta???

    RESPOSTA DO BLOG: Vá ao Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2009 - 08:11
    Enviado por: ANDREIA KAQUE

    eu motro de aluguel e a conta de energia do imovel esta em meu nome eu tenho direito ao resarcimento da cemig? gostaria de saber uma vez que se a cemigue for devolver atraves de descontos na conta e se eu me mudar como vou ficar se eu tiver direito?me ajudem por favor!

    RESPOSTA DO BLOG: Impossível saber sobre o que você está se referindo. Ressarcimento de quê?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2009 - 13:52
    Enviado por: erika fernanda santos de moura

    olá estou precisando de um advogado urgente, minha irma financiou um carro em 2007 estou pagando duas veses o valor do carro meu carro e um pali 2002 modelo 2003 no valor de 18000 e pago 551,00 todo fiz em 60 meses já paguei a metade mas de 6 meses pra ka estou passando um aperto e pagando como´posso ,não aquento mais ligarem para mim epara meus familiares falando que estou em atrsoi com as prestações ja tentei de tudo um acordo com o banco santander, mas eles falam que o banco não pode fazer nada para me ajudar que eles não fazewm refinanciamento é um absurdo estou prestes a perder meu carro porque eles cobraram juros abusivos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2009 - 07:19
    Enviado por: REGIS ORLANDINI

    Caros, bom dia!
    Gostaria de tirar uma dúvida, sou cliente do telefone Livre da Embratel há 2 anos e meio, como sou vendedor, trabalho com o serviço de tranferência de chamada(siga-me) para o meu celular.Minhas contas não atigiam a R$100,00 mensalmente.(achei estranho no início, mas nunca fui ver o PQ) nesse mês a hora que chegou minha conta levei um susto, o valor a ser cobrado é de R$814,00. Não estou entrando no mérido se o valor é devido ou não.Mas se eu utilizo o serviço de uma empresa durante 30 meses e nunca cobrou por esse serviço, não seria normal a mesma quando cobrar informar ao consumidor?

    Agradeço pela ajuda.
    Régis Orlandini

    RESPOSTA DO BLOG: Você tem razão. Procure a empresa, peça um detalhamento da dívida e, se for o caso, reclame no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2009 - 10:21
    Enviado por: Darlene Barcelos

    Tenho um cartão de uma loja, onde pago para utilizar plano odontologico de uma empresa contratada pela propria.Desde 20/03/2009 pedi o cancelamento do meu dependente.Foi cancelado mas estão cobrando até o momento, o depentente precisou usar, como eu estava pagando foi até o consultorio e foi negado o atendimento, motivo alegado cancelamento desde 20/03/2009.Fui até a loja não consegui resposta,entrei em contato via email , me enviaram a resposta que não vai ser mais cobrado, mas os valores cobrados não tive resposta.A empresa do plano odontologico me enviou por email o cancelamento pedindo para resolver com a loja pois não recebeu os valores, como devo proceder por favor.Obrigada!

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/12/2009 - 21:31
    Enviado por: junior

    Fiz uma venda no cartão HiperCard em 4 vezes, pois agora pedi antecipação da mesma e me cobraram um juros de 20% em cima do valor total ou seja , a atendente me disse que seriam cobrados 5% de cada parcela (5% x 4 = 20%). Gostaria de saber se certo isso.
    Obrigado.

    RESPOSTA DP BLOG: É ilegal. Denuncie ao Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2009 - 08:05
    Enviado por: telma xavier

    Entreguei uma declaração no banco, comprovando que sou universitária, em março de 2008. A funcionária do banco alterou, na hora do atendimento, alguns campos do meu cadastro, alterando minha condição de “normal” com algumas informações que ela me pediu para responder a respeito do meu curso (ano de termino, curso, horário etc). Mês passado novembro de 2009 observei que havia debito de conta corrente na condição “normal” , quando fui questionar no banco a mesma funcionária a quem entreguei o documento a um ano e oito meses atrás me disse que eu trouxesse a declaração da faculdade novamente e que não constava no meu dossiê, ou seja, perderam minha declaração. Quando ela abriu meu cadastro no computador as informações sobre a faculdade estavam lá (como eles advinharam aquelas informações) pedi que fosse estornado o valor da diferença, ela me disse que iria falar com o diretor geral ou sei lá quem, mas que não garantia nada por que o documento não estava lá, e que eu trouxesse a declaração novamente.
    Gostaria de saber o que devo fazer a esse respeito, devo solicitar o valor da diferença em dobro? E de qual período 1 ano ou 1 ano e 8 meses?
    Muito obrigada!
    Telma

    RESPOSTA DO BLOG: Peça o valor do débito em dobro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2009 - 17:53
    Enviado por: marcelo

    em 1998 comprei um carro ,pois financiei 2.400,00 reais,parcelei em 24 meses,mais como nao pude pagar ,pois na e´poca fiquei desenpregado,o carro foi a leilao,o banco nao me enformou de nada como foi o leilao ,pois concerteza deu para cuprir o valor que eu devia que era 2.400,00. hj em 2009 o banco me manda uma carta dizendo que eu tenho que pagar 700,00,pois ainda estava devendo ,depois de 10 anos atras, o que devo fazer nesse caso .obrigado

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado, mas para nós não há irregularidade na cobrança.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2009 - 10:44
    Enviado por: Ketyane Dantas

    Recebi cobranças indevidas de uma empresa de telefonia fixa, liguei pra eles, na hora eles resolveram, mais no próximo mês veio tudo de novo! Entrei no procon e fizemos acordo. No próximo mês veio a cobrança indevida de novo! Agora cansei! Por favor me oriente no que eu tenho que fazer. Quero indenização por danos morais, pois estou cansada de correr atrás disso. Por favor me ajude!

    RESPOSTA DO BLOG: Você já fez o que tinha de fazer. Nâo temos como ajudar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2009 - 21:46
    Enviado por: Gisele Fernandes

    Hoje, 10/12/2009, aconteceu algo inusitado comigo, fui comprar uma TV LCD e DVD, a compra foi de R$ 1.800,00 (hum mil e oitocentos reais), tendo descontos. Fui pagar através de debito automatico, aí começou meu dilema: a caixa muito incopentente colocou o valor e não aguardou até finalizar o processo e cancelou a compra, na segunda tentativa a informação no sistema deu que o limite estava excedido. Então fui no banco e ao tirar o extrato verifiquei que o valor de R$ 1.800,00 tinha sido debitado da conta. Voltei a loja e a mesma verificou junto ao setor de informatica e foi dito que o valor foi retido pelo sistema bancário e que no prazo de 2 a 5 dias essse valor entrará de volta na minha conta, acho isto um absurdo, paguei e não levei e ainda tenho que esperar esses dias para meu dinheiro entrar novamente na minha conta, pedi a eles um documento timbrado da empresa e o gerente me deu e assinou, o que os senhores me sugerem????estou muito preocupada!!!

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon e processe a loja por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2009 - 05:48
    Enviado por: claudia

    Fui cobrada por uma conta que eu nao fiz,e ainda tive o nome enviado pro spc,fui no procom e eles extornaram a divida e tiraram meu nome do spc,quando fui entrar com uma açao por danos morais,me foi informado que precisava do extrato do spc informando que meu nome tava sujo,so que nao tirei o extrato,o que eu tenho e somente aquela carta que o spc manda,gostaria de saber se so essa carta vale como comprovaçao que meu nome ficou sujo,por favor me ajudem!

    RESPOSTA DO BLOG: Você precisa do extrato do SPC.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/12/2009 - 20:12
    Enviado por: claudia

    mas eu nao tirei o extrato na epoca,agora meu nomenao ta mais sujo,sera que se eu for no spc eu consigo um documento como meu nome constava la?

    RESPOSTA DO BLOG: Só fazendo uma consulta para saber.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/12/2009 - 20:06
    Enviado por: Edina monteiro

    Boa noite! Eu Edina pedi a conta de uma empresa a mesma me pagou em atraso pela qual tem que me pagar a multa.
    Só que ja tem mais de um mês nada de me pagar a multa o que devo fazer neste caso.
    Obrigada

    RESPOSTA DO BLOG: Peça ajuda do seu sindicato ou contrate um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2009 - 10:37
    Enviado por: LORIMAR STAHNKE

    Sou correntista do Bco Bradesco há mais de 25 anos, recebo todo ano um Cartão de Crédito, que não uso e nunca pedi o desbloqueio. Foram feitos vários débitos de mensalidades referente este Cartão, que sempre que solicitei ao estorno dos mesmos o banco mesmo com demora de alguns dias, sempre o fez. Acontece que em virtude desse débito, em algumas vezes meu saldo não era suficiente para pagar alguns cheques que o banco ou devolvia ou pagava e eu arcava com as tarifas em torno de R$ 27,00 a R$ 33,80. Nesta situação posso pedir ao banco uma indenização pelo constrangimento da devolução dos cheques, mesmo sendo apenas na alínea 11 (1ª devolução) porque em cobria o valor para não haver a 2ª devolução?
    Se puderem me dar uma orientação, agradeço desde já.
    Att. Lorimar

    RESPOSTA DO BLOG: Pode.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2009 - 21:22
    Enviado por: SILVIA FERREIRA DE SOUZA

    Estou em dúvida como proceder em relação a uma cobrança que o banco Real está fazendo ao meu marido…ele fez uma negociação dos débipts existentes em uma conta que o mesmo tinha nesse banco;entre cartão de crédito, cheque especial, empréstimos, etc.A dívida era de mais ou menos R$ 11.000,00 que foi divida em 35 par celas de R$ 559,00 o que dobrou esse valor , o aue já caracteriza juros sobre juros, ele pagou oito prestações e não conseguiu pagar o restante…entrou em contato com o banco e o mesmo ficou de enviar uma nova proposta…o que fez ;porém um acordo que não solucionava o problema…o que devemos fazer…mandaram uma mensagem para o celular dele que medidas judicias estavam sendo tomadas.

    RESPOSTA DO BLOG: No máximo pedir a ajuda de um advogado para renegociar. Em nossa opinião, o banco nada está fazendo de ilegal. A cobrança é legítima e o banco não tem obrigação de aceitar a proposta de vocês. É extamaente o contrário, vocês é que têm de se adequar às exigências do banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2009 - 10:39
    Enviado por: Junior

    Bom dia, Minha amiga fez um emprestimo pessoal sem garantias e não conseguiu mais pagar, isso ocorreu em 2006 e o valor da época foi de R$ 10.000,00, onde nesta semana a mesma recebeu uma intimação de cobrança, como ela deve proceder? qual é o melhor caminho, pois a mesma não tem nada em seu nome.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2009 - 20:54
    Enviado por: Caren

    Boa noite.
    Gostaria de saber se posso entrar com uma ação contra o banco do brasil pedindo indenização, pois o mesmo teve um erro quando fui pagar IPVA da minha moto, comprei-a em 2009, e em fevereiro deste ano paguei o IVPA referente a este…e só esse mês entrei na internet para consultar e vi que estava em aberto e o juros correndo…quando verifiquei o extrato de pagamento e vi que colocaram 2008 o ano de pagamento do IPVA…foi erro do banco na hora não vi…e fui na receita estadual pra ver esse erro…e tive que pagar novamente o IPVA com juros…e agora o que devo fazer ?

    RESPOSTA DO BLOG: O melhor a fazer é contratar um advogado e tentar um acordo com o banco. Senão, acioná-lo na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/12/2009 - 18:48
    Enviado por: Francisco José de Sousa Mesquita

    fiz uma compra de um computador em uma loja pela internet, paguei a primeira parcela com catão de credito. entrei em contatocom a financeira comunicando-lhe do não recebimento do objeto e não conseguei entrar em contato com a loja o que devo fazer. nos boletos recebido está vindo a conbrança e um comunicado que diz: você não precisa pagar somente para simples conferencia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2009 - 21:29
    Enviado por: Elisênio de Carvalho

    Boa noite.
    Uma operadora de telefone celular banda larga evm a 03 meses cobrando contas onde a mesma linha foi cacelada por mim, anteriormente pedi para baixar minha conta e a atendente informava que na proxima fatura a minha conta vinha mais baixa no entanto ate esta data vem cobrando faturas com o telefone ja cancelado.Como devo proceder, voces pode enviar uma minuta de ação processual.
    Abs,
    Elisênio

    RESPOSTA DO BLOG: Não podemos, já que não somos um escritório de advocacia nem órgão público. Procure auzílio no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/12/2009 - 09:57
    Enviado por: roseli delfino rodrigues

    olá ,eu recebi a minha fatura unicard no mês 10 que estava assim 01/10 comp desp fin e comissões 45,38
    no mês 11 novamente 03/11 com desp fin e comissões 89,30
    no mês 12 ——-02/12 92,05
    procurei no site para ver do que se tratava ,vi que é finivest ,mais como se explica isso se eu não autorizei nada ,gostaria de saber qual o procedimento tomar obrigado!

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon e no JUizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2010 - 00:09
    Enviado por: Renata Tatiane dos Santos

    Adquiri um cartão de crédito do carrefour a cerca de 6 meses só que este cartão nunca foi desbloqueado,só que agora eles estão cobrando um monte de taxas. Entrei em contato com a empresa no caso carrefour mas foi em vão para cancelar o cartão tive que fazer uma carta de próprio punho solicitando o cancelamento do cartão e as taxas,mas depois de tudo isso entrei em contato novamente e fui informada que terei que pagar este valor de trinta e um reais,mesmo sem eu ter usado o cartão . por favor esclareçam essa dúvida obrigada bjs Renata Tatiane dos Santos.

    RESPOSTA DO BLOG: Está errado. Faça uma denúncia no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2010 - 11:14
    Enviado por: Marcos Daniel

    Ola,

    Sou representante comercial e possuo um problema de um cliente. Ela recebeu a mercadoria que solicitou bem como as boletas para pagamento com vcto: 06 janeiro 2009 , nao efetou o pagamento via boleta bancaria , mas fez deposito bancario via caixa eletronico e extraviou o comprovante. Mas afirmava que havia feito o deposito mas não se lembrava a data certa. passei para a fabrica e pedi que fizesse um pequisa mais ampla para localização do deposito, mas a fabrica nao localizou. Ficou esse jogo de empura empura que a fabrica tinha ma vontade de localizar o deposito. entao falei com o cliente que ela era responsavel ela apresentação do comprovante e que ela deveria procurar o banco e informar em qual cx eletronico foi feito o deposito e solicitar uma pequisa ampla para localizar. Isso ja estavamos no mes de 09/2009 ate que nos desintendemos pois ja estavamos em 12/2009 e ela sempre dando desculpas , que havia conseguido o comprovante de deposito e iria me apresentar.Não o fez. Liguei para a mae da cliente e pedi ajuda para que conversasse com a filha apar que resolvesse de uma vez a situação. A cliente me liga enfurecida, que a mae passou mal , e me informou que me apresentaria o comprovante dia 20/12 não apresentou, dia 30/12 não apresentou. liguei dia 04/01.2010 me falou que apresentaria perante o juiz que estaria me processando eu a a fabrica. Isso e possivel que medidas devo tomar. Pois o maior prejudicado sou eu pois a fabrica reteu minha comissao no vlr em que cliente devia , so me pagara quando o mesmo for regularizado. A mae da cliente ja havia me procurrado e pago uma divida desta cliente.

    Eu poderia solicitar danos morais ao cliente perante a propia ação do cliente.

    Sem mais,

    Atenciosamente
    Marcos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2010 - 19:34
    Enviado por: MARCIA CRISTIANE

    COMPRAS INDEVIDAS NO MEU CARTÃO
    NO DIA 11/12/2009 FORAM FEITAS COMPRAS NO MEU CARTÃO DE CRÉDITO ADICIONAL NO VALOR DE R$: 970,00 EM CARTÃO PRESENTE Nº 606395 5137 ÁS 18:29:50 E R$: 980,00 EM CARTÃO PRESENTE Nº 6063955237 ÁS 18:28:52 COM UMA DIFERENÇA DE 58º SEGUNDOS AO DESCOBRIR ME DIRIGIR A UMA DELEGACIA MAIS PRÓXIMA E FIZ
    UM B.O Nº 09E0095010048 NA DELEGACIA DE [editado pelo Reclame Aqui],ALÉM DE ESCREVER UMA CARTA PARA CENTRAL DO HIPERCARD ENVIANDO FAX DIRETO DO HIPER CASA FORTE INFORMANDO O ACONTECIDO ALÉM DE TER LIGADO PARA CENTRAL PROTOCOLO
    Nº 3547666 E POR VÁRIAS VEZES NÃO TIVE ÊXITO POR TER O TELEFONE DESLIGADO PELOS ATENDENTES EM PLENA LIGAÇÃO ESTOU INCONFORMADA POR SABER QUE O SISTEMA É FALHO DESTA FORMA ESTOU SENDO [editado pelo Reclame Aqui] CADÊ OS DIREITOS DO CONSUMIDOR AGORA ESTA EU EM PORTAS DE DELEGACIA,ACABANDO MEUS CRÉDITOS DO CELULAR.UMA ATENDENTE ME LIGOU INFORMANDO QUE FOI ANALISÁDO E NÃO PODE FAZER NADA TEMOS QUE PAGAR MESMO E PRONTO ISSO É UMA COVARDIA ISSO NÃO VAI FICAR ASSIM.

    MARCIA CRISTIANE RECIFE-PE

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/01/2010 - 16:46
    Enviado por: marta rodrigue de campos

    pedi uma linha telefonica com internete da oi..foi oferecido o plnao de 79,00reai com provedor emcluido agora tao cobrano o provedor da br turbo..quero cancelar ..eles falarão que tenho que pagra multa..e as contas telefonicas todas .. uma 180.00 ,280,560. e os minutos gratis nem essede na minha linha ..meu fone nao faz interubano nemchamada a cobrar nem celular…por favor me ajude …o que devo fazer……
    desde ja agradeço…
    marta

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2010 - 02:20
    Enviado por: Carolina

    Olá, fiquei devendo em uma loja, fui contatada por telefone e em julho de 09 quitei a divida, qual foi a minha surpresa quando em setembro do mesmo ano recebi uma notificação para comparecer no JEC para responder a uma ação de cobrança da dívida já paga. Em outubro foi realizada audiencia, onde mostrei o recibo de quitação da dívida, fato que extinguiu a ação, os advogados da loja protocolaram petição pedindo a extinção da ação devido a quitação, porém mesmo assim teve a audiencia e eu tive que comparecer por uma coisa que já havia pago.
    Pensei em entrar com uma repetição de inebito e danos morais, posso? COmo devo proceder?
    obrigada

    RESPOSTA DO BLOG: Pode. Faça uma denúncia no Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2010 - 17:36
    Enviado por: Wesdra Augusta

    Caso o valor cobrado e pago indevidamente não advenha de uma relação de consumo, mas sim de taxa de autarquia (CRA), qual a fundamentação para o pedido de restituição?

    RESPOSTA DO BLOG: É o mesmo. Mesmo pago, um serviço ou compra deixou de ser prestado ou cumprido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2010 - 19:37
    Enviado por: Gi

    Acho que clonaram minha senha pela internet e o banco debitou da minha conta 136,00, de uma conta de telefone Oi fixo, sendo que nao tenho essa operadora. por este motivo a conta ficou negativa, e nao consegui pagar nem o minimo do cartao cartao de credito piorando ainda mais. o que devo fazer, irei pagar o juros do cartao e do limite o que deve fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon contra o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2010 - 11:33
    Enviado por: maicon

    se alguem puder me ajudar vou fica muito agradecido, preciso de um modelo de ação de cobrança da taxa TAC se alguem tiver por gentileza me manda ok

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2010 - 14:40
    Enviado por: tereza raquel

    olá, fiz um acordo referente a um débito no cartão de crédito, que paguei corretamente e dentro do prazo. Pra minha surpresa depois fiquei recebendo cobrança por cartas, e no dia 02 deste por telefone quando falei que já havia pago, a atendente disse que providenciaria tirar meu nome do spc e da lista de cobrança. só que no dia 12 deste recebi uma carta dizendo que meu nome estava sendo incluido no spc, só que averiguei e não havia nenhum registro. Fico nervosa em abrir ou não um crediário pois não sei o que vai estar lá. Como proceder nesse caso?


    RESPOSTA DO BLOG:
    Faça uma denúncia no Procon E vá ao JUizado Especial Cível processar por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2010 - 16:51
    Enviado por: Monica Anacleto

    A empresa onde trabalho tem um contrato com um fornecedor onde, no contrato diz que se não recebermos a NF e boletas pelo correio até o dia do vencimento, dia 5, temos que entrar em contato , caso conrario pagaremos juros.
    Não percebemos esta cláusula no contrato e no dia 07/01/10 recebemos pelo correio a NF e boleto vencido, segundo eles temos que pagar os juros, li o codigo do consumidor e não identifiquei nele, nada que possa me ajudar. O que faço?? está correto? tenho que pagar juros?
    Grata
    Monica

    RESPOSTA DO BLOG: A cláusula é abusiva. Faça uma denúncia no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2010 - 16:59
    Enviado por: Leonardo

    Temos um cliente que tem um titulo e em atraso desde 11/05/2006, o mesmo não quer pagar e quer comprar a vista em dinheiro, a minha empresa é obrigada a vender? Existem um agravante o CNPJ não é exatamente o mesmo, na verdade a raiz é a mesma só muda o final, inclusive são unidades do goverdo estadual. Segundo eles apesar da raiz ser igual, são unidades diferente, só que o valor é bem alto, mais de seis mil reais.

    RESPOSTA DO BLOG: Lamento, essa não é uma questão de consumo, é de direito comercial, já que envolve a sua empresa. Procure um advogado especializado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2010 - 11:41
    Enviado por: Luiz

    as imobiliárias podem cobrar o que chamam de “aluguel inteiro”, em caso de atraso? algumas justificam que o pagamento no vencimento, dá direito a desconto… mas quando anunciam o imóvel, ele está com o preço c/ desconto.
    e aí?
    vcs podem me ajudar?

    RESPOSTA DO BLOG: A multa tem de estar explícita no contrato, e nunca ultrapassar 10%. Reclame no Procon ou contrate um advogado para contestar a cobrança.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/01/2010 - 23:19
    Enviado por: EDIVALDO BRITO DA SILVA

    atrazei o pagamento da fatura do cartao de credito unicard, e por esse atrazo me enviaram tres boletos de cobranca, e por cada boleto cobraram a quantia de 6 reais.gostaria de saber se essa cobranca e legal, tendo em vista que no contrato é mencionado este tipo de cobranca,no entanto nao especifica o valor e nem a porcentagem a ser cobrada.

    RESPOSTA DO BLOG: Não é legal. Reclame no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2010 - 01:24
    Enviado por: maria l.boscolli

    eu gostaria de saber se podem cobrar 20por cento de multa por eu não pagueei o aluguel em dia .Equanto é permito por lei

    RESPOSTA DO BLOG: O teto para multas mensais por atraso no pagamento de condomínio é de 2% desde que a dívida tenha surgido a partir de fevereiro de 2003, quando entrou em vigência o novo Código Civil.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2010 - 15:07
    Enviado por: alexsandra marques

    Ola. Tenho um problema foi feita uma compra de moveis, fo feito um carne em prestações, o absurdo foi que meu pai não viu o juros astronomico que foi cobrado, neste caso perante a lei, como poderei me defender e cancelar a compra ou a revisão dos juros?, ainda não expirou os 6 dias para o cancelamento??
    Me ajude por favor.

    RESPOSTA DO BLOG: Peça ajuda no Procon e denuncie a loja, se for o caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2010 - 22:28
    Enviado por: pedro do canto filho

    Comprei um veiculo em agosto de 1997, pela FIBRA LEASING e em razão do Dolar subir descontroladamente o Governo congelou o valor em R$ 1,32. Terminei de pagar o financiamento em agosto de 2.000 e até hoje meu veiculo esta com bloqueio de gravame. Ate hoje não recebi nenhuma correspondencia informando que estaria devendo algum residuo. Acompanhei à epoca que as empresas de Leasing teriam entrado na justiça cobrando um saldo residual e que estariam aguardando julgamento. Como já se passaram mais de 9 anos que quitei o veiculo e com a depreciação, pergunto, como poderia acionar juridicamente a FIBRA LEASING para obter a liberação do mesmo.

    RESPOSTA DO BLOG: Em tese sim, mas faça um levantamento completo da situação da empresa e do carro antes de entrar ma Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2010 - 22:55
    Enviado por: Danilo Rocha

    Olá, queria alghumas informações.

    Fui hoje ao meu banco e la estava um débito na minha conta corrente relativo a um seguro de vida que nunca ouvi falar nem autorizei.
    O que posso fazer em relação a esta cobrança?

    Desde ja agradecido

    RESPOSTA DO BLOG: Reclame no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2010 - 10:39
    Enviado por: Frederico

    Desejo saber o seguinte. Qual a lei ou onde está indicado que o seguro cobrado embutido em empréstimos solicitados deve ser devolvido na íntegra? Tenho ouvido pessoas comentarem sobre isso e eu tive empréstimos e basta fazer a solicitação ao banco para a devolução? E caso ele não queira devolver, como proceder? E qual o período retroagido que pode ser solicitado essa devolução. O banco deve devolver em uma vez? Em quanto tempo ele é obrigado a devover o dinheiro?
    Grato.

    RESPOSTA DO BLOG: Desconhecemos essa lei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2010 - 10:41
    Enviado por: Frederico

    Tenho conhecimento de que milhares ou talvez até mais não se utilizam do DPVAT, porque o governo não faz uma campanha sobre esse dinheiro que pode e deve ser utilizado em caso de acidente grave ou não entre veículos envolvendo pedestre ou somente condutor e passageiro. As companhias de seguros ficam com esse dinheiro que milhares não vão buscar sem saber que tem direito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2010 - 15:41
    Enviado por: Bárbara

    Solicitei um cartão de crédito Visa do Banco Real, mas o cartão não foi enviado, apenas uma correspondência com o n° da agência e n° da conta corrente. Desde então, chegam as faturas todos os meses, com isso já são quase 2 anos e
    não cheguei a pagá-las, pois não possuo o cartão, levando assim, o meu nome ao SPC e SERASA.
    O que fazer nesse caso?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon e processe o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2010 - 11:37
    Enviado por: ketlin

    Olá, paguei uma fatutra do meu cartão, e no outro mes me cobraram o mesmo valor,, mandei diversas vezes o comprovante de pagamento mas nada adiantou..
    Tinha um credito do estorno de uma compra, e descontaram esse valor que eu ja tinha pago novamente e com juros e multa…
    gostarioa de saber se posso pedir o valor em dobro com juros e danos morais…

    RESPOSTA DO BLOG: Pode.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2010 - 16:13
    Enviado por: Ronaldo Matias

    Prezados Srs,

    Minha fatura de janeiro de 2010, do cartão de credito, era R$ 126,00 e por erro de digitação paguei R$ 12.600,00. A empresa de cartão de credito está impondo dificuldades para me devolver o dinheiro pago a maior.

    O que devo fazer, pois necessito urgente deste dinheiro, para pagamento de dividas inclusive o limite de cheque especial que foi utilizado.

    Grato

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon e processe o banco no Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2010 - 20:46
    Enviado por: Simone

    O avalista de contrato de empréstimo bancário pode impetrar ação de danos morais e materiais contra o devedor, denunciando à lide o banco?
    A alegação do avalista foi d inclusão d seu nome nos cadastros de inadimplentes, como serasa, cadin, spc, e outros.
    O quê o devedor pode alegar em sua contestação?
    Existe jurisprudência q possa ser colacionada na defesa do devedor? Em caso positivo, favor indicá-la.
    Muito obrigada!

    RESPOSTA DO BLOG: O avalista tem esse direito, se vai conseguir o que reivindica é outra coisa, mas ação é perfeitamente cabível. Nâo temos como ajudá-la na questão da jurisprudência, o ideal é tentar procurar nos Tribunais de Justiça, no STJ e nop STF, de preferência com a ajuda de um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2010 - 21:12
    Enviado por: Mirela

    Boa noite!!
    Matriculei meu filho de três anos em uma escola e quando recebi a lista de material escolar tomei um susto.
    A lista me pede velas, 800 folhas de papel, 30 metros de papel, 200 folhas de papeis diferentes (crepom, presente, lustro, camurça…), algodão, forminhas de papel, lixa de madeira, farinha de trigo,sal, maisena, óleo de comida, massa de sopa, grãos variados…
    Não sei onde posso levar essa lista para ser revisada e se tem alguma cobrança indevida. Se possivel gostaria que me ajudassem neste caso.
    Obrigada!!!

    RESPOSTA DO BLOG: A lista é abusiva. Faça uma reclamação no Procon e leia mais neste texto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2010 - 12:26
    Enviado por: Andrea

    Boa tarde, gostaria de saber como posso ter um reembolso de valores pois fiz um acordo no banco onde minha real divida era de R$300,00 mas o banco me cobrou R$1.600,00 gostaria de saber como faço para obter o valor ao qual eles adiquiriram.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e processe o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2010 - 20:45
    Enviado por: Simone

    Prezados, em uma contestação de ação de indenização por danos morais e materiais, como pode o réu/devedor comprovar a sua insolvência?
    Afinal, ele deixou de pagar as parcelas do empréstimo bancário pq sua situação financeira sofreu um abalo e não lhe permitiu adimplir a obrigação.
    Ressalte-se q não foi ato voluntário, mas sim por motivo superveniente.
    Assim, como ele pode comprovar isso?
    Muito obrigada!

    RESPOSTA DO BLOG: Ele precisa comprovar que perdeu fonte de renda – demonstrar que foi demitido e que não arrumou emprego e que não tem fonte de renda alternativa, como aluguéis.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/01/2010 - 19:31
    Enviado por: Lísia Carneiro

    Tenho um crédito imobiliário onde as parcelas são debitadas da minha conta do banco….e as parcelas vencem todo o dia 15…ouve um atraso da parcela de novembro e dezembro de 2009, o banco enviou esse débito para uma empresa de cobrança …e no dia 13 de janeiro fiz o pagamento desse débito e fiz um depósito de 2300 para o próxima parcela que ia vencer dia 15 de Janeiro de 2010…só que a empresa bloqueou a parcela do mês de janeiro….já avisei ao banco e simplesmente o dinheiro está na conta correndo juros e ninguém do banco e da empresa tomam providência para desbloquear a parcela….o que devo fazer…e se por causa disso meu nome for pro SPC/SERASA…

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um advogado para negociar com a empresa e entrar na Justiça, se for necessário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2010 - 20:14
    Enviado por: Camila Santos

    Meu contrado de leasin foi quitado junto ao Unibanco em 15/01/10, nesta mesma data recebi a diferença do valor em minha cc, porém em 18 e 19/01 foram cobradas 2 parcelas que já haviam sido quitadas junto com o contrato.. Isso sem contar que meu nome foi negativado junto ao SPC mesmo com o sinistro aberto!! Fica aí a dica para finhanciar seu carro: Dibens // UNIBANCO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2010 - 23:39
    Enviado por: Ianê Santos

    Boa Noite, gostaria de saber qdo um banco continua fazendo descontos de um emprestimo que foi quitado desde dezembro de 2007. Uma vez que ja me comuniquei com o Banco via telefone e até o momento não me deram nenhuma resposta e nem tao pouco fizeram o resarcimento. o que devo fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Contratar um advogado e processar o banco por danos morais e ressarcimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2010 - 18:56
    Enviado por: Michel Bezerra Lopes Silva

    Ocorrido:

    No dia 11/01/2010 descemos ao centro da cidade de Ferraz de Vasconcelos para efetuar os pagamentos das contas do dia e fizemos, por volta das 16h10min PM fomos a CEF “Caixa Econômica Federal ” para efetuarmos o pagamento do IPVA de nossa moto, chegando ao local alguns caixas eletrônicos estavam com problemas, então pedimos informação ao atendente se daria para pagar o IPVA pelo Caixa eletrônico o mesmo informou que sim, foi o que fizemos, na seqüência 1º pagamos o IPVA 2010 no Valor de R$ 84,70 , 2º Pagamos o DPVAT 2010 no Valor de R$ 259,04 e por fim 3º Pagamos o Licenciamento 2010 que deveria ser no valor de R$ 55,83 + R$ 11,00 = R$ 66,83 , mais veio cobrando o valor de R$ 151,53, sendo assim não sabemos por qual motivo veio cobrando mais uma vez o IPVA no Valor de R$ 84,70.

    Se fizermos os cálculos

    R$ 84,70 Sendo o Correto: R$84,70
    R$259,04 R$259,04
    R$151,53 R$ 66,83
    R$ 495,27 R$410,57 -495,27 = R$ 84,70 este valor é o que foi pago a mais devendo ser ressarcido.

    O Devo Fazer como devo recorrer devo tambem pedir em dobro pela perca de tempo e por danos por que nos sentimos constrangidos no banco .

    RESPOSTA DO BLOG: Depois de identificar de quem foi o erro, se do banco ou do governo do Estado, faça uma denúncia no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2010 - 20:36
    Enviado por: Carlos Antonio

    Eu comecei a fazer uma facudade e faltando 2meses para acabar o simestre parei de frequntar devido ao meu trabalho e fiquei esses dois meses sem participar das aulas … fiquei com uma divida de 3 meses … e paguei tudo a vista e isso faz um tempo chegou uma notificacao para comparecer a uma aldiencia com referencia a aquela divida… posso entrar com um processo ? e se sim, quais os danos referentes?

    RESPOSTA DO BLOG: Se tem como provar que pagou a dívida, processe a faculdade por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2010 - 09:18
    Enviado por: Wagner

    Fiz compras no cartão de crédito da minha mãe pela internet sem ela saber. Quando fui avisar a ela ela já tinha entrado com uma ação contra a administradora do cartão. O que faço? vou me prejudicar com isso?

    RESPOSTA DO BLOG: Não há o que fazer e você e sua mãe podem ser processados.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2010 - 13:29
    Enviado por: adelson

    ha uns anos atras pedimos para publicar nosso numero telefonico em uma empresa de telelista, porém desde do final de 2007, pedimos o cancelamento da mesma, porém a empresa no final do ano de 2008 nos fez se uma cobrança indevida, negociamos e tornamos pedir o cancelamento, mas para nossa surpesa eles continua a fazer a cobrança neste final de ano até agora não liquidamos mas essa empresa continua a nos ligar e no ameaça que vai colocar no cadastro do devedor, neste caso como devemos proceder. abraço aguardo retorno.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e processe a empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2010 - 10:25
    Enviado por: Daniel Areco de Oliveira

    Olá, tenho uma parcela com 1 mes de atrazo na BV financeira, e me cobram no local de trabalho, ligam sem parar, ligam para vários familiares, e com uma falta de educação gostaria de enquadrar esse bando existe lei para isso ?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon e engtre com ação por danos morais no JUizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2010 - 08:31
    Enviado por: REGINA

    Bomdia nao sei o que fazer tenho uma chacara que coloquei para alugar de fim de semana e uma imobiliaria que diministrar o alugel mais ela vem me robando ela aluga sempre o dobro que me passa poresempro no natal ela alugou por 900 reais eme passou so 450 reais porem saio no prejuiso porque so eu que pago todas as despesa o que eu tenho que fazer muito o brigada
    REGINA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2010 - 13:36
    Enviado por: Pablo Diego

    Olá, me matriculei num curso de inglês e parcelei o valor do material didático em 12 cheques. Mas cancelei o curso e mesmo depois do cancelamento a escola descontou o primeiro cheque. Entrei com um recurso e eles vão me devolver todos o restante dos cheques e também o dinheiro do cheque descontado, só que sem nenhum acréssimo. Gostaria de saber se meu caso de encaixa na “combrança indevida”. Obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Não, até porque você terá de pagar multa pelo cancelamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2010 - 22:50
    Enviado por: pablo de oliveira

    ola gostaria de saber uma duvida ou seja exclarecer uma duvida minha mulher e avalista de uma pessoa mas essa pessoa demora demais para pagar as dividas ja foi tres vesez para o spc ele pagou mas ainda faltam 6 meses para essa pessoa quitar a divida
    ela não queria mais ser avalista dessa pessoa pois todo mes eles colocam ela no spc tem como ela sair dessa fria obrigado pela atenção.

    RESPOSTA DO BLOG: Essa não é uma questão de direito do consumidor. Nâo podemos ajudar. Procure um advogado especializado em causas cíveis.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2010 - 15:24
    Enviado por: Jacqueane Aguiar Santos

    Gostara de saber se sou obriga a pagar uma taxa de cobraça feita por ligações? Tenho o cartão hipercard e sempre quando atraso o pagamento da fatura, após uns 7 dias eles já estão me ligando, e quando vem a fatura seguinte, tenho que pagar a taxa de R$ 7,99 por essa cobrança, já cheguei a pagar até uma vez que já tinha pago a fatura, mas eles ainda não tinham de bitado. Sou obrigada a pagar esse valor? Se não for, tem como eu receber de volta o dinheiro das vezes que já paguei?

    REPSOSTA DO BLOG: Essa taxa é ilegal. Fala a reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2010 - 18:55
    Enviado por: Leonardo

    Boa tarde! tenho um cartão de crédito do Banco do Brasil com o vencimento da fatura(pagas em boleto) no dia 25. No dia 22.02.2010 o banco debitou da minha conta o valor referente ao mínimo da fatura que ainda iria vencer no dia 25 alegando que aquele valor era equivalente a fatura de janeiro que eu não havia pagado. Mas o valor é equivalente a fatura de fevereiro e não de janeiro como o Banco alega. O que eu faço para obter o estorno já que reclamei no banco e na ouvidoria e o banco informou que não tem como haver ressarcimento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 12:40
    Enviado por: Maria Inez

    Tenho um cartão da “UNICARD Unibanco” a mais de tres anos, as veses atraso o pagamento Por uns dez dias e durante este periodo recebo duas cartas de cobrança, que é cobrado na fatura 6,00 por cada uma, sendo que já pago multa e juros pelo meu atraso, não acho justo está cobrança. Já reclamei com a empresa ela mim respondeu que é norma. fico pençando se eu ficar 30 dias de atrso. O que devo fazer?
    Maria Inez

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 14:37
    Enviado por: Adriana

    Eu vendi um carro que foi financiado pelo banco e as prestações estão no meu nome, a pessoa pra quem vendi atrasou as prestações e meu nome foi para no spc e serasa o q devo fazer para q isso não se repita, existe algun documento para o meu caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 15:00
    Enviado por: Maria Inez

    fui no Pro con, eles não aceitou minha denúcia por que não tenho contrato em mãos, ganhei este cartão da claro contato telefonico. O que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2010 - 09:31
    Enviado por: Adailton Paz

    Ola, abrir uma poupança no Branco Bradesco fiquei sem movimentar aproximadamente 2 anos, para minha surpresa quando fui verificar o saldo a mesma foi transformada em conta conrrente com cobrança de taxa com um saldo devedor de +/-R$ 600,00. O que eu faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2010 - 13:27
    Enviado por: Cristiane

    Eu fiz uma compra numa loja, e ao passar o cartão a maquineta não dividia pela loja só pela administradora. Então a vendedora fez a transação e ligou na visa para mudarem a forma de pagamento para 3x pela loja. Ótimo tenho o nº de protocolo e tudo. Só que na minha fatura do Santander Visa veio cobrando tanto a parcela da loja como o da administrativa. Fui na loja ela ligou novamente no visa. Lá contra tudo certinho e dizem que tenho que ver com a administradora do cartão. Eu ligo no cartão eles falam que eu tenho que ir na loja. Voltei na loja, ela só está recebendo a parcela da loja, e não está recebendo a parcela da admonistradora. Então o que eu faço já que ninguém resolve nada? Vou ao procom? Entro com precesso contra quem?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 15:01
    Enviado por: sandila

    boa tarde
    paguei um valor em dinheiro na boca do caixa 01-12-2009,para uma empressa ,que so libera o produto a vista antecipado.quando foi dia 10-12-2009 o banco estornou o dinheiro depositado e depositou novamente dia 10-12-2009 o valor mais baixo alegando que o valor nao era aquele que eu tinha depositado que faltaria 640,00 , e a empressa agora esta me cobrando a diferença . e eu tenho o comprovante de deposito do valor certo .
    o que faço .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2010 - 08:55
    Enviado por: Jose

    Bom dia! Em 01.04.2010, o Banco do Brasil, descaradamente, debitou de minha Conta Corrente 08 (oito) parcelas de R$ 43,20 totalizando R$ 345,60. Tal procedimento se deu, com base em uma autorização grosseiramente falsificada (digo com toda certeza) e o próprio BB já poderia ter esclarecido tal fato, sendo a mesma datada de 15.05.08, em prol da empresa, Brasilmar de Assistência aos Servidores Públicos Federais, portadora de Cnpj n° 02.972.600/0001-47, da qual não tenho conhecimento e nem pretendo ter. Na mesma data da cobrança estive na Agência do Banco do Brasil; situada na Trav. Urbano Santos (Praça da Cultura – Imperatriz-Ma) e falei com a atendente Maria, a qual me disse que o Banco do Brasil não poderia fazer nada. Disse, ainda que, por mais que tentasse estornar tais cobranças, não estava conseguindo. Pergunto: a quem recorrer, se a Instituição contribui, para que sejamos lesados, porque o próprio banco poderia contestar tal assinatura, mas não o fez. Como devo proceder, neste caso? Sds, Jose.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/04/2010 - 18:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Parece-nos um caso de fraude. Faça um boletim de ocorrência e contrate um advogado para processar o banco por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2010 - 15:23
    Enviado por: Dyego A f Sousa

    perdi meus documentos cpf e identidade, quem os achou está utilizando e se passando por mim, está abrindo crediarios em meu nome ja foi provado que não fui eu quem comprou, mas para cessar a divida preciso de uma carta de contestação que será entrega an finaceira, o que eu deveria fazer? e como escreve-la?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2010 - 12:05
    Enviado por: Sergio F. Santana

    Eu gostaria de ter uma informaçao: A tarifa de Manutençao de conta que me é cobrada no valor de R$ 4,99 é legal? Possuo o cartao do supermercado Compre Bem e a fianceira é o Banco Itau. somente tenho o cartao, nao possuo conta no Banco Itau. E toda vez que eu uso o cartao cobram essa taxa. Gostaria de saber se por lei pode e o que devo fazer caso nao pode!
    Obrigado;!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 12:12
    Enviado por: Marcio Franklin

    Cancelei meu cartão a 4 meses atrás. Começei a receber faturas (3 meses) de anuidades. Paguei todas. Devo reclamar de conbrança indevida? Liguei para administradora e me disseram que enviaram apenas convite, que não deveria ter pago (como se fosse convite de festa, vai se quiser). O que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 12:38
    Enviado por: Cludete

    Tenho um crédito junto com a Claro tefefonia móvel no valor de R$ 315,92, desde fevereiro quando minha veio R$ 00,00 a pagar pois foi reduzido o valor de R$ 83,54 que seria o valor da conta do mês de fevereiro. Porém as cobranças não pararam de chegar, por SMS, mensagem de cobrança toda ezque eu fazia uma ligação e na minha casa chegaram 3 cartas, uma no valor de R$ 83,54 que seria de fevereiro outra de R$ 83,85 de março e outra de R$ 167,39 referente as duas juntas. Liguei para a claro e depois de 1h resolvi o problema, a atendente pediu desculpas, disse que isso não tornaria a acontecer e que eu tinha um crédito no valor de R$ 148,53 paa próximas contas, porém em abril mais uma conta chegou em minha residência no valor de R$ 49,99, o SMS de cobrança tb, liguei novamente e depois de 44 mim tentando resolver a ligação caiu, entrei em contatocom a Anatel eles dissream que a Claro tinha 5 dias úteis pata entrar em contato comigo, só que eles não etraram, estou com medo que por conta dessa conta que não vou pagar no valor de R$ 49,99 meu nome vá para o SPC como eles disseram que fariam nas cobranças. O que fevo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2010 - 16:34
    Enviado por: fernanda

    meu marido é adcional do meu cartão quando liguei p desbloquea a atendente falou q era a mesma senha do meu o cartão dele fomos no posto abastecer quando digitou a senha bloqueou o cartão liguei p o cartãofiquei 40 minutos no celular de conta a atendente falava q desbloqueou e eu tinha q escutar a senha a atendente veletronica dizia q o cartão era invalido, n consegui ter acesso a senha fui a o banco e falaram q eu tinha q ligar para o visa liguei novamente e o cartão não esta bloqueado mais a senha prescisa dos n do cartão e da invalido conclução o visa me empurra pro e o banco p o visa, o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2010 - 18:34
    Enviado por: cris

    No mês de setembro de 2009 liguei para ib card e parcelei minha divida que no dia se encontrava no valor de 1800,00 parcelei em uma entrada de 200 e 10 de 337,00 porem liguei para mudara a data de vencimento quando ja tinha pago 3 parcelas e fui informada de que eu teria que dar outra entrada de 300,0 e começar de novo as 10 parcelas e assim eu fiz porem ja em março fui pagar mais para minha surpresa me disseram que meu contrato ja teria que refazer pois eu tinha passado 2 dias do vencimento e tive que fazer todo processo novamente,resumindo ja pague mais de 1800,00 reais mais para minha surpresa liguei para la para pagar a divida total e adivinha ainda estou devendo 2.000,00 liguei para la e ele me informou que toda vez que meu contrato foi quebrado minha divida voltou a zero o que eu paguei não serviu de nada sera que posso colocar na justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2010 - 10:58
    Enviado por: darlan pereira vilanova

    o banco matone cobrou em meu contracheque, (indevidamente)14 pretaçoes de R$ 66,53. O que devo fazer com este banco?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/05/2010 - 08:28
    Enviado por: alisseh

    na rescisao de contrato com uma imobiliaria além da multa quiseram me cobrar um condominio a mais relatando que se encontrava em aberto. A imobiliaria sabia que eu não dispunha do recibo e me mandava emails dizendo que a administradora do condominio me cobrava. Uma hora me cansei e solicitei que ela ou me enviasse um telefone ou email da administradora ou me enviasse uma cobrança correta. Passado dois dias eu achei estranho o “não retorno”. E efetuei por conta propria um deposito na conta da imobiliaria referente apenas a multa. Passado uns dias descobri que a imobiliária acionou meu fiador, no caso meu tio, cobrando além da multa por rescisao de contrato, multa por “demora” de pagamento, honorário advocatícios, porem ressalto que o tal condomínio atrasado sumiu da conta.eu sinto vontade processa los, pois além de acionar meu fiador indevidamente nunca foi me passado o valor correto da conta a impressao era que a intençao da imobiliaria era que eu “atrasse” o pagamento de modo a me cobrar essas taxas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/05/2010 - 08:32
    Enviado por: alisseh

    ah sim, eu enviei a imobiliaria via sedex, o comprovante de depósito. porém, no mesmo dia ela ja havia me enviado a multa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2010 - 12:35
    Enviado por: Elaine Batista

    Comprei um carro financiado (cdc) em 60x, na concessionária em falaram que seria 60x de R$ 660,00 e quando o banco me ligou pra confirmar a compra, disseram que o valor é R$ 680,00, o banco informou que foi feito um seguro de proteção financeira e por isso o aumento na parcela. Fomos a concessionária e o dono disse que foi preciso fazer esse seguro para garantir o financiamento e conseguir a aprovação. Ligamos para seguradora e fomos informados que o valor do seguro por parcela seria de + ou – R$ 4,90, sendo assim o valor que acordamos foi descomprido. O que fazer? Minha 1º parcela vence em 07/07/2010. Por favor me ajude!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/06/2010 - 19:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma reclamação no Procon e acione a financeira e a concessionária no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 12/08/2010 - 14:18
      Enviado por: Bruna

      Realmente Elaine foi descordado porém é uma boa oportunidade para vc verificar do que se trata este seguro financeiro, porque se lá na frente vc vier a ter alguma dificuldade vc utilize este seguro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/06/2010 - 17:55
    Enviado por: jose ferreira dos santos

    boa noite, em 2007 fiz um emprestimo no banco santander pr pagar meu limite,assinei o contrato de emprestimo so que no meio do contrato colocaram uma proposta de seguro imobiliario sendo que na epoca morava de aluguel, sem perceber acabei assinando esta proposta,sei que vacilei nessa,mas estou pedindo os dados deste imovel pr a seguradora,entraram em contato comigo dizendo que a proposta esta na minha agencia bancaria,mas so que pedi o contrato,e eles disseram que nao iam mandar mais porque cancelei o seguro,sinto que fui vitima de estelionato,e so fui perceber isto agora em 2010,pois nem movimentava minha conta,e este dinheiro do seguro foi tirado do limite,onde que tive de fazer outro emprestimo,o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2010 - 18:14
    Enviado por: jose ferreira dos santos

    boa noite,em 2007 fiz um emprestimo no santander,sem perceber assinei uma proposta de seguro residencial no valor de 33,55 por mes,nao movimento esta conta faz tres anos,mas tenho limite nesta agencia,e foi debitado automaticamente do limite durante todo estes anos,sem ter se quer este imovel,pedi o contrato pr ver os dados deste imovel,me informaram que nao iam me mandar,pois cancelei o seguro,este seria o motivo pelo qual nao me mandariam,o que devo fazer,porque sinto que fui vitima de estelionato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2010 - 19:47
    Enviado por: maria de fatima do nascimento

    O bompreço de joão pessoa tem um dinheiro estornado e diz que so me devolve se eu der um extrato da minha conta bancaria,apesar de eu já ter dados copias de todos os meus documentos e comprovantes que eles pediram,achei estranho essa exigencia,o que devo fazer;é legal eles quererem meu extrato bancario?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/06/2010 - 13:51
    Enviado por: Graziela

    Contratei os serviços da tv por assinatura sky, sendo que na hora a vendedora me vendeu um pacote que eu teria direito a 1 ano de HBO e HBO max gratis, só que na hora que foi feita a instalação, só me disponibilizaram o HBO, e quando liquei varias vezes para reclamar, foi me dito que esse pacote não existia, ou não estava valendo mais. Depois no mes seguinte veio me cobrando o valor errado, então liguei para reclamar e foi feito alteração no valor da fatura, só que me cobraram 2 faturas juntas, e liguei para reclamar, e me informaram que foi porque a primeira paguei no cartão e a outra seria para debito em conta, então mais uma vez a vendedora não me deu informações corretas, pois na sky vc paga e depois usa( não si se isso pode ser assim), então fiz o seguinte, troquei novamente para o cartão, e foi feito o pagamento imediato dessa fatura, que então viria para a data do vencimento do meu cartão para o mes seguinte, e a atendente colocou que eu precisaria ir ao meu banco para retirar o debito automatico, sendo que fui varias vezes ao meu banco e não constava lançamento de debito para ser descontado, mais o que aconteceu no dia do vencimento, foi lançado o débito na minha conta, então estou com uma conta paga pelo cartão no valor certo da fatura 115,00 e a mesma conta com valor errado 137,50 paga descontada da minha conta. Liguei para reclamar, disseram que só teriam uma posição em 2 dias uteis, e a posição foi que eu teria que pegar o ressarcimento com o cartão de credito,e o valor a mais que foi cobrado devido ao que eu ja tinha reclamado, só seria me devolvido em agosto. Sendo que o que foi tirado da minha conta fez disfalque nas minhas despesas, e agora o que eu tenho que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/07/2010 - 20:52
    Enviado por: Lah

    Boa noite,
    Estouu com problemas na minha conta universitaria… abri uma conta em um certo banco em 2009 mas nunka ultilizei a conta e quando o cartãoo chegouu pedi para cancelar…um certoo diaa o gerente da minha conta mi ligou e perguntou se eu keria reativar a conta estava com medo pois não queria ter dor de cabeça… ele disse que é uuma conta simples da qual não pago anuidade e nenhuma outra tarifa desde que use o cartão tdos os meses.. entãoo aceiteii… porem quando depositei dinheiro na conta… foi cobrado 5x o mesmo valor referente a um pacote de serviço do qual não soliciteii… no mesmo mesmoo isso eh um absurdoo.. já liguei tres x pedindo o cancelamento e nada… por favor me ajudee…. quais são os meus direitos?? tenho algum?? como devo proceder??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/07/2010 - 01:00
    Enviado por: Mayara Gambarra

    Boa noite,

    Recentimente tirei uma apartamento financiado pela CEF, porém, quem resolveu toda o processo no banco foi a imobiliária e só precisei ir no mesmo apenas para deixar uma documentação pendente e mesmo assim, fui atendida pelo pessoal da imobiliária que no dia estava de plantão lá. Passando-se alguns dias recebi na minha casa uma correspondêcia da Caixa Econômica Federal, agradecendo por eu ter aderido à uma seguro Vida Mulher, um contrato de adesão e uma fatura com a seguinte mensagem: Sr atendente não precisa receber esta conta, poís a mesma será descontada em débito automático. E aí, como devo agir? Não assinei nenhum documento de adesão de seguro, e se quer foi oferecido? Devo ir logo no Banco ou devo ir no PROCON primeiro?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/07/2010 - 23:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Vá o mais rápido possível ao Procon, faça uma queixa e acione o banco ou a imobiliária no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 22/07/2010 - 15:38
      Enviado por: Paulo Oliveira

      Já vi contratos de financiamento que possuem vários “sub-contratos” embutidos nele. Dê uma olhada na papelada que você assinou para saber se é mencionado algo do tipo. Pois a caixa obriga você a levar uma pacote de tranqueiras para se ter algum financiamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/07/2010 - 14:12
    Enviado por: Deyse

    Boa Tarde, estou recebendo ligações todos os finais de semana
    referente a uma cobrança de um empréstimo bancário que nunca fiz no valor de 380,00 parcelado em 8 vezes, retirei o extrato e além do valor do empréstimo ainda tinha umas contas de luz pagas uma no RJ e outra no CE, sendo que moro em manaus, e não fiz nada disso e já chegou a cartinha do SERASA pedindo para que eu faça o pagamento!!o que eu posso fazer, e a que eu tenho direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2010 - 21:41
    Enviado por: Vania

    Quero saber se é correto cobrar por extratos bancarios, estou com uns problemas e precisei de extratos da CAIXA ECONOMICA FEDERAL, e o GERENTE disse que é cobrado uma taxa de R$ 7,00 reais. Achei isso um absurdo pois na hora de fazer nosso contrato ninguém esclace essas coisas, Preciso saber se isso é verdade pois não estou convicta desse absurdo. Na hora que pedi o extrato ele negou, e de imediato ele falou que não podia me dar os extratos, pois ia ser cobrado uma taxa com o valor citado. Eu tenho direito desses extratos? por favor me ajudem pois é muito importante pra mim. Desde já obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/07/2010 - 22:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, é correto. O banco pode cobrar. Veja com o seu gerente o pacote de serviços que você contratou.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 22/07/2010 - 15:47
      Enviado por: Paulo Oliveira

      Vania, converse com seu gerente e peça isenção de tarifas….invente uma história, seja convincente….que uma hora ele vai acabar cedendo! Tem bancos que fazem isso para manter os clientes! Eu não pago nenhuma tarifa no ITAÚ!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/07/2010 - 11:08
    Enviado por: Laura

    Meu cunhado fez uma comprar em uma empresa de cosmético somente com o nº do meu cpf, sem a cópia do meu documento e nem minha assinatura. Ele não pagou e a empresa colocou o meu nome em protesto.
    Gostaria de saber quais são os meus direitos, ouvi dizer que posso processálos por danos morais e materiais, e que recebo de 10 a 40 vezes mais que a cobrança indevida, já que perdi a oportunidade de receber uma casa do CDHU por estar com meu nome sujo. Aguardo resposta. Atenciosamente, Laura

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/07/2010 - 18:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não tem direito algum, já que você foi imprudente ao permitir que seu CPF fosse usado por terceiros. Do ponto de vista da empresa, não há nada errado, ela cobrou e colocou o nome de um inadimplente no SPC. O seu problema é o com o cunhado que não pagou e sujou seu nome. Ele é quem deve ser processado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/07/2010 - 20:15
    Enviado por: thiago cesar

    boa tarde.
    gostaria de informar a vcs, que a unicard unibanco faz cobrança abusiva, eles cobram 6 reais para cada carta enviada!
    eu liguei e ordenei o estorno, dessas cobranças, pois estava disposto a mover uma ação contra a unicard.
    a unicard rouba!
    eu nao quero mais esse cartao, pois alem das anuidades abusivas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2010 - 10:06
    Enviado por: maria flor

    qual o prazo para mover ação contra banco que descontou dinheiro de cartão clonado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2010 - 23:35
    Enviado por: jaqueline pontes

    Olá, gostaria de ter mais informaçoes a respeito da lei que diz que a fatura tem que chegar em minha casa obrigatóriamente dez dias antes do vencimento. Isso é verdade ? Aki na cidade onde moro a loja diz que se o extrato não chegar até 48 hs antes do vencimento, que eu procure a loja com meu cpf,tirar uma segunda via. É justo ? E se eu moro em um bairro distânte sou obrigada a pagar com todos os juros e mais que ela venha a me cobrar ? Oriente-me.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2010 - 00:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é verdade, não existe lei neste sentido. A fatura tem de chegar antes do vencimento, mas não há data específica para a chegada do boleto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/08/2010 - 11:45
    Enviado por: JEANN

    Bom dia,
    Tentei fazer uma recarga dia 26/07/10 no site da sky pre-pago e antes de finalizar a recarga o site retornava com o seguinte erro: Ocorreu um erro sistemico , tente mais tarde… Então para minha surpresa ao verificar minha fatura do cartão de credito ontem,e constam 4 recargas no valor de R$ 49,90 , possivelmente as 4 tentativas que fiz no site e todas retornaram erro sistema. Tanto e verdade que entrei em contato com a sky e também no proprio site ,no meu extrato não constam essas recargas. Minha fatura vence dia 16/08/10 e não tenho condições de pagar o valor total com esse acrescimo inesperado de R$ 199,60 a mais na minha fatura, e com certeza ,não efetuando o pagamento total sera acrescido juros,multas e correção na próxima fatura. Qual caminho devo procurar? Fiz reclamação na sky mais não me responderam ate agora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/08/2010 - 00:57
    Enviado por: Fábio

    Bom noite.
    No meio do ano passado, por volta de 06/2009, adquiri uma divida junto ao Banco Real, de cerca de 900 reais.
    No final do mesmo ano(2009) negociei está divida em 7 parcelas, porém só consegui pagar duas. Está parcelas eram debitadas automaticamente da minha conta. Não depositei mais nada e acabei deixando a conta sem movimentação.
    Agora em junho liguei na central de acordos do Banco Real e me renegociei minha divida, foi informado que minha divida se encontrava em 980 e poucos reais. Parcelei em 2 vezes e paguei a última este mês.
    Porém ao tirar um extrado da minha conta, vi um débito de 1280 reais. Ao ligar na central me disseram que este valor é referente as 5 parcelas do primeiro acordo que fiz, e deixei depagar com os juros.
    Pelo que entendo, estão me cobrando duas vezes a mesma dívida.
    Estou correto, posso entrar na justiça, procurar o Procon. Como devo proceder?

    Obrigado desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/08/2010 - 01:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Está esquisito mesmo, mas, ao que parece, são duas dívidas, uma antiga, e outra por taxas de manutenção de contas. Infome-se com o banco detalhadamente a respeito das dívidas e consulte um advogado para verificar se ´o caso de entrar na Justiça questionando as dívidas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/08/2010 - 17:09
    Enviado por: Em caso de cobrança indevida, peça a devolução em dobro

    [...] Fonte: Jornal Estadão [...]

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/08/2010 - 12:41
    Enviado por: analeite

    Meu esposo financiou um carro, onde o detran deu o nada consta em toda dcumentacào, agora dois anos depois nào podemos vender pois apareceu quase tres mil em multas anteriores ao financiamento. o que devo fazer onde procurar meus direitos???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/09/2010 - 18:03
    Enviado por: Ana Maria

    Boa tarde apareceram em meus extratos bancário cobranças o qual deveriam ter sido debitadas através de depósitos feito por mim, mas ocorreu uma cobrança de débito automático autorizado em conta correte que segundo o Banco Central o correto seria DDA, onde debitaram alguns valores de minha conta sem autorização tinha um contrato com Empresa onde eu teria que depositar a parcela no dia x oque não aconteceu, e o Banco ao receber a cobrança do Cedente ao invés de bloquear o débito por falte de fundos em conta corrente debitou automaticamente com dizeres débito automático autorizado em conta corrente, tirando do meu limite que tinha vinculado em conta corrente o chamado limite eletrônico,onde foi debitando a partir do momento que cancelaram o limite não tinha onde debitar mais proibiram a Empresa de debitar onde mesmo fazendo todo esse rolo recebia cobranças por boletos e para complicar proibiram a Empresa até porque não tenho este serviço DDA,mas até hoje o Banco está fazendo o uso do n° do documento que caiu em minha conta gerando uma divida intensa pois mexeram no meu limite sem minha autorização, oque me deixou com dividas com banco como se eu tivesse utilizado o limite e não fiz o depósito para que não ficasse em débito com banco em relação ao limite sacado eu estou como devedora, isso pode acontecer um banco fazer débitos autorizados por conta sem minha autorização, e continua estornando e debitando até hoje neste caso poderia entrar com processo de Danos morais e Materiais pois como você invade uma privacidade de uma conta bancária que se fosse o representante da Conta e ainda utilizando um limite da conta de terceiros e ainda mais grave para se ter umDDA é preciso ser oferecido pela agência e o cliente autorizar com seu CPF segundo informações do própio Banco,como pode acontecer um negócio deste.CC2T

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/09/2010 - 20:48
    Enviado por: cleidiane ap.

    mim ajude por favor.eu trabalhei no correio cubrindo ferias aí pedi um cartao de credito do bradesco visa ai chegou a senha mas o cartao nao.aí chegou semana passada uma boleta de uma compra de 750 reais de uma compra feita no aruja mas nem sei onde fica e tambem nao desbloquiei ele porque nao peguei o cartao e venceu dia 10-09
    eu procurei o gerente mas ainda nao redolveu nada.o que eu posso fazer antes que eles coloquem meu nome no spc tenho algum direito mim ajude por favor.obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/09/2010 - 21:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça um boletim de ocorrência por fraude e procure o Procon para acionar o banco. Se não resolver, contrate um advogado e vá à Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/09/2010 - 09:30
    Enviado por: Allam

    Na cidade onde eu moro foi publicado uma lista de pessoas com contas vencidas e ao mesmo tempo cobrando via orkut, este modo tambem pode ser usado para cobrança?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2010 - 13:21
    Enviado por: Arthur

    Ainda não procurei um advogado e nem fui no Procon. Veja bem eu tinha uma dívida numa financeira que vencia as parcelas em junho de 2004. Era débito em conta seis parcelas. As primeiras parcelas foram pagas, porém, em razão de outros compromissos que eram debitados em conta as demais ficaram pendentes, msmo porque, nesse período de seis anos, por opção da empresa, meu pagamento passou para outro banco, conta diferente.Tentei até negociar com a financeira para diminuir o valor das parcelas,mas não concordaram. Acontece que neste mês de setembro, tinha deixado um dinheiro na conta para pagar o restante dos compromissos, aluguel e pra me manter o resto do mês, para minha surpresa a financeira enviou ao Banco uma ordem para débito em minha conta corrente, sem nenhum prévio aviso, uma parcela de quase 400 reais que foi debitado de uma só vez, no dia do pagamento 06/09, deixou o saldo zerado. Estou passando por sérias dificuldades até para a alimentação. a financeira tem sede em São Paulo. Tentei um acordo com eles de devolverem pelo menos este mês o que foi debitado, eu parcelaria o que eu tenho lá pendente, inclusive depositava uma parcela este mês, mas eles foram irredutíveis e disseram que não tem como, alegaram que no contrato que eu assinei na época consta essa possibilidade. O que eu não entendo é como eles tiveram acesso em todos os meus dados dessa nova conta no banco que tem só três meses. O Banco não soube explicar tbem. Não tenho dinheiro nem para comprar comida,pois tenho vergnha de emprestar de algum conhecido. Por favor me ajudem, mesmo que assinei aquele contrato em 2004 e sou obrigado aceitar isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2010 - 12:19
    Enviado por: cleide

    ao procurar um imóvel para locação, fui informada pelo corretor, que a proprietária exigia fiador ou seguro fiança, que depois decidiu apenas pelo seguro. me encaminharam para o corretor de seguros que encaminhou minha ficha cadastral para a Porto Seguro. Após 10 dias, fui informada pela imobiliária
    que mesmo tendo sido aprovada minha ficha, a proprietária desistia da locação, não explicando o porquê, e que não devolveria o valor gasto com cópias e taxa da Porto. Como eu poderia reaver o valor gasto? Tudo isso envolveu muito desgaste de tempo, físico e mental. Por favor, preciso de uma orientação. Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2010 - 08:21
    Enviado por: Eduardo

    A claro me cobrou indevidamente reclamei e eles prometem me devolver em dobro como exigir, porem me disseram que o prazo é de trina dias conforme diz a anatel, mas qual prazo a defesa do consumidor diz?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2010 - 17:28
    Enviado por: Alvaro

    Necessito comprovar junto ao INSS que empresa,já estinta, que trabalhei nos anos 1970 e 1971 era isenta de cnpj. onde posso obter documento oficial para repassar ao INSS.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/10/2010 - 17:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Desconhecemos essa informação. Sugerimos procurar o sindicato de sua categoria profissional ou um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/11/2010 - 14:00
    Enviado por: rosangela

    Óla,fiz uma compra na c&a no mes 12/2009,onde a promoção era parcele em 8 e pague 7,assim foi feito no meu cartão,só que para minha surpresa,eles me mandarão a 8 parcela para que eu pagasse,não paguei e fui até a loja para reclamar,eles vieram
    com uma conversa que não poderia haver nenhum atraso na fatura,se não eu perderia essa promoção,´s que no momento da compra nada disso foi especificado verbalmente e escrito,e meu nome está incluido no serasa e spc,se alguem teve conhecimento desta promoção,e queira me ajudar ficarei agradecida pois vou atraz dos meus direitos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2010 - 11:58
    Enviado por: danilo nunes

    eu tinha um financiamento no BV e quitei ele,mas pra minha surpresa o desconto veio no meu contracheque? que fasso?ja pedi a devolução..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2010 - 23:49
    Enviado por: marcio

    esto com uma prestaçao vencida. gostaria de saber quantos dias uteis teno para comessar a pagar juros?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2010 - 22:18
    Enviado por: solange

    No dia 30 de novembro de 2010 pedi um orçamento para um evento no Hotel Poty em Saõ Luis.Eles foram muito exigentes e demoraram a mandar o preço pedindo uma serie de documentação por fax para ver ser a ficha da empresa seria aprovada.Depois de alguns dias mandaram por email a aprovação e o orçamento e mandaram que enviassem por fax assinatura do resposnavel da empresa.O evento seria dia 29\10\2010.Porem um dos palestrantes adoeceu e comuniquei com antecedencia no dia 05\11\2010 o cancelamento da evento.Agora recebi o hotel uma boleta no valor de R$ 890.00 relativos aos custos do salão dizendo que não. foram comunicados do cancelamento.Acontece que 10 dias antes eu já havia novamente enviadado o comunicado dizendo que o palestrante estava com dengue por isto seria impossivel fazer o evento.Como deve proceder preciso muito de sua orientação,nossos uma empresa muito correta e não queremos passar por desonestos.Desde já agradeço e aguardo retorno urgente já que o boleto vence dia 09\11\2010.Solange Lemos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/11/2010 - 22:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Que haverá a cobrança de multa não há dúvidas, é um direito do hotel, independentemente do cancelamento ter sido feito com antecedência. O hotel não tem nada a ver com o problema dos contratantes. O tamanho da multa é que pode ser discutido na Justiça. Para isso tem de haver um contrato. Se não houver, a briga será boa na Justiça. Leve todo e qualquer documento que possua ao Procon e busque uma sugestão lá ou até mesmo uma renegociação com a intermediação do órgão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/11/2010 - 15:08
    Enviado por: Di

    Dia 21/10/10 comprei um produto pelo Pagseguro em um site em 5x sendo o valor total em R$ 317,09. Como não enviavam o produto, entrei em contato com o Pagseguro onde cancelaram a compra em 02/11/10. Dia 12/11/10 recebi minha fatura do cartão de crédito e veio cobrando a 1ª parcela de 5x. 0 vencimento de meu cartão é todo dia 18 e a fatura fecha dia 10, então se foi cancelado dia 02/11 em tempo hábil, então não era para vir cobrando. QUE PROVIDÊNCIAS DEVO TOMAR.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2010 - 11:31
    Enviado por: Gisele

    Fiz um empréstimo no itau “credito fácil” mais é descontado do meu debito automaticamente o valor mensal a ser pago caso eu sofra algum acidente ou morra, esse valor de seguro total é de 3000,00 depois que eu quitar essa divida eu tenho direito a esse valor pois não me aconteceu nada e eu já paguei a divida por favor me responda obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2010 - 10:24
    Enviado por: Paulo Augusto

    Olá, alguem poderia me orientar?

    estou cancelando um serviço da Net Hoje, e ao efetivar o cancelamento fui informado que tinha uma multa por fidelização, essa cobrança pode ser realmente feita? Em nenhum momento fui informado na assinatura de contrato que teria que me fidelizar. Estou pensando em pagar a multa e recorrer para receber por cobrança indevida, estou no caminho certo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/11/2010 - 17:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A cobrança pod ser feita, consta em contrato. Uma saída para contestar é o Procon, mas certifique-se antes de que a queixa tem fundamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/11/2010 - 19:53
    Enviado por: rubens

    gostaria de saber quando compramos um apartamento na caixa economica dar algum problema depois??? sou leiga queria informações sobre isso. No que devo estar atenta??? Ouvi um noticiário na televisão de que estão cobrando taxas indevidas denominadas SATI? o que devo fazer???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/11/2010 - 20:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não temos como responder a questões tão genéricas como essa. Procure um gerente da Caixa ou um advogado de confiança para obter informações.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/11/2010 - 23:44
    Enviado por: MÁRCIA CRISTINA

    DEVIA AO BRADESCO O VALOR DE MINHA FATURA NO MÊS DE OUTUBRO E NAO EFETUEI ESSE PAGAMENTO POREM ME LIGARAM DA EMPRESA TERCERIZADA DA COBRANÇA DO BRADESCO ME ESTRUINDO O SEGUINTE QUE MINHA FATURA IRIA DAR O VALOR DE 453,08, COMBINEI QUE IRIA PAGAR NO DIA 05/11/10 FOI FEITO O PAGAMENTO POREM NAO FOI REPASSADO PARA O BANCO DAR BAIXA NA MINHA CONTA O VALOR PAGO.ENTREI EM CONTATO COM A EMPRESA DE COBRANÇA E O BANCO MAS UM FICA JOGANDO PARA O OUTRO.COMO PROCEDER NESSE CASO E TENHO DIREITO DE PEDIR EM DOBRO O VALOR QUE JA PAGUEI?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2010 - 00:01
    Enviado por: artur

    passei varios anos pagando a taxa de esgoto para a sabesp,porem eu e meus vizinhos fizemos o conserto da nossa rede de esgoto,e descobrimos que não tinhamos esgoto ligado na rede de esgotos da sabesp. Entao pergunto, tenho direito de ser ressarssido pelo tempo que paguei pelo serviço que não tinha ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2010 - 22:37
    Enviado por: roziane ramos da silva

    me cobraram 2 parcelas do cartao de credito mesmo fazendo o cancelamento da compra. e ja foi pago como devo proceder

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2010 - 02:02
    Enviado por: dayane souza

    Bom dia
    aconteceu um ploblema na conta corrente do meu pai,algumas taxas como:
    seguro já cancelado,
    parcela de cartão de credito que não é mais usado
    Assinatura de revista que ele nunca fez

    Essas taxas que não era de seu conhecimento, não aparecia nos extratos que era tirado todo mês. Mas que ficava negativo no banco. E era cobrado juros sobre juros. Que agora no dia 04 descobrimos ao retirar o 13º salario descontaram R$1223,00 referentes a estas taxas fantasmas.

    Quando meu pai foi ao gerente descobrir o que estava acontecendo ,este pode retirar somente os tres ultimos meses
    de uma movimentação que meu pai não tinha acesso pelo extrato. Descobrimos essas taxas e o gerente informou o tel da revista, para xecar como ela cadastrou meu pai sem ele saber, ao entrar em contato com a revista não há nenhuma assinatura no cpf do meu pai,que talvez o banco asinatura de alguem na conta do meu pai? O seguro que já havia cancelado, continua sendo cobrado e teria que esperar mais um mes para pensar em cancelar. e ataxa de um cartão que não é usado. O gerente diz que vamos ter que esperar para saber a quantos meses já estão debitando esses valores na conta de papai porque pra mim não aparece e pro gerente só os ultimos 3 meses.
    è certo o cliente não poder saber o que é descontado em sua conta? Pode ser um erro do banco ? Ou um novo golpe na praça.
    O banco é o santander que foi designado para que meu pai recebeçe sua aposentadoria, tem como mudar de banco?
    Como devo recorrer para o ressarcimento destas taxas indevidas? po favor alguem poder me ajudar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/12/2010 - 22:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Contrate um advogado e tente questionar a dívida na Justiça, mas entendemos que o banco não está cometendo nenhuma irregularidade.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/12/2010 - 18:14
    Enviado por: elita costa

    boa tarde
    recebi uma cobrança de IPTU do ano de 2008, mas acontece que esta conta ja ta pago,o Oficial de justica veio ate minha residencia entregar esta cobrança passei Constrangimento ao reber,visinho achando q sou uma caloteira, e eles estao ligando na minha residencia falando se nao efetuar o pagamento vai ter retiraçao de bens e enfim, tenho o recibo,
    o que devo fazer, por favor alguem pode me ajudar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/12/2010 - 19:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Vá na prefeitura e prove que a conta está paga. Se a cobrança continuar contrate um advogado e processe a prefeitura.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/12/2010 - 19:41
    Enviado por: NINAO GAROTT

    boa tarde
    financiei um carro pela bv financeira

    mas no carne ta escrito local de pagamento pagavel em qualquer banco ate o vencimento.
    Gostaria de saber se possu pagar as mensalidades em uma casa loteria
    obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2010 - 17:06
    Enviado por: Danys

    Eu entrei com uma ação no Juizado de Relações do consumo por uma cobrança de taxas indevidas no financiamento do meu carro, mas a financeira entrou em contato comigo e ofereceu acordo, eu aceitei. A financeira deu um prazo de vinte dias úteis para depositar em minha conta o valor do acordo, mas o prazo já dobrou. Eu posso voltar no juizado de relação do consumo e abrir um novo processo? Ou se não, como devo proceder então?? Desde já agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/12/2010 - 22:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O melhor a fazer é procurar um advogado e processar a emrpesa na Justiça comum. Se descumpriram o acordo uma vez, farão novamente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/12/2010 - 14:25
    Enviado por: cristiane

    Tive meu cartão de débito da CEF clonado. Fui até minha agência no dia 07 para pedir o estorno de valores e no dia 06 – um dia antes – já havia comunicado o fato ao SAC. Eles me fizeram assinar um termo de compromisso e preencher diversos papeis. Me deram de 5 a 8 dias úteis para estornar os valores. Já faz 9 dias úteis e nada. Como devo proceder? Posso entrar na Justiça pelo transtorno? Amanhã serei obrigada a ir novamente ao banco para pedir meu estorno. Estou com pagamentos atrasados e a Caixa não cumpriu o que prometeu.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2010 - 22:23
    Enviado por: EDNILCE CIDADE

    Nos últimos dois meses verifiquei que vem sendo embutida indevidamente na fatura do Hipercard parcela relativa a seguro residencial, já que possuo outro há mais de três anos e, ao que eu saiba, não pode fazer duplicidade desse tipo de seguto.Ao telefonar para o Hipercard a atendente me disse que a responsablidade é da seguradora e esta, que é do Hipercard. O que faço? Devo primeiro ir ao Procon, antes de ajuizar ação contra o Hipercad e a seguraadora paara a devolução em dobro do que foi pago a título desse seguro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/12/2010 - 15:37
    Enviado por: anne

    meu esposo colocou o ipercard na justiça por cobrança indevida,já teve a 1º e 2º audiência estamos esperando o resultado final.o que fazemos para saber o resultado isso ja faz 2 anos desse processo todo.
    obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2011 - 02:01
    Enviado por: Marcos

    Bom dia! Solicito-lhes a vossa gentileza em informarem-me se as taxas cobradas nos financiamentos de veículos como taxa de cadastro, emissão de boleto,comissão do vendedor e serviços de terceiros são legais ou ilegais. Em caso de serem ilegais, como devo proceder para solicitar o estorno das mesmas? Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2011 - 08:10
    Enviado por: Conceição

    Eu tenho um cartão de crédito e minha mãe é minha adicional eu deixava o cartão com ela e não fazia o uso do mesmo, só que minha mãe ficou desempregada e ficou pagando o mínimo do cartão até que ela me falou que não poderia mas pagar, quando olhei a divida esta no valor de 900,00 reais e não tenho como pagar o total entrei em contato com a financeira do Visa para lhe propor um acordo para que eu possa pagar o valor, fui enformada que não posso fazer acordo, pois no sistema não consta essa opção. Sem contar que tem uma compra que foi feita em agosto de 2010 foi parcela da em 3 vezes, só que estamos em Janeiro e ainda esta vindo combrando na fatura. Alguém pode me ajudar!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/01/2011 - 18:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos ajudar. Nâo há nenhuma irregularidade no procedimento da empresa. Se quiser contestar a dívida, procure um advogado e entre na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/01/2011 - 11:42
    Enviado por: mairton

    ola bom dia! sofri um acidente de moto,e tive algumas lesões,
    sou autonomo to sem trabalhar tive gastos com medicamentos, vou ter passar no ortopedista, a minha duvida se eu tenho direito de receber alguma denização e oque eu vedo fazer me ajude. mairton

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2011 - 09:34
    Enviado por: Fabia Bevilaqua

    Venho travando uma batalha sem fim com o Itaucard. Desde que entrei de INSS, não consegui mais pagar o cartão. Então, diariamente, sempre às 7h20m o setor de cobrança liga para minha residência. Sofro de depressão e ansiedade, não durmo, só à base de remédios de tarja preta. Tentei diversas vezes fazer um acordo com a Administradora, mas recebia como resposta que o sistema não liberava para acordo. Cheguei até a ouvir de uma funcionária Valeska da Ouvidoria que minha obrigação era pagar e que eles não tinham que fazer parcelamento ou oferecer descontos. Reclamei no PROCON, na ALERJ e na própria Ouvidoria (esta não resolve). Apesar de devidamente notificado (91225/2011) pela ALERJ, o Itaucard / Fininvest (Leroy Merlin), continua as ligações às 07h20m (hoje, inclusive), para minha residência (de segunda à sábado) sob a alegação que no sistema não há acordo fechado entre mim e eles, com minha insistencia da existência do acordo (24x R$76,00), eles alegam que só existe um num valor de mais de 6 mil reais (que não posso pagar: à vista ou 3X).Desde que deixei de pagar a dívida (nov/10) subiu de R$ 4.791,03 para quase 9 mil. Como pode? Não possuo o número do cartão por este ter sido cancelado por mim há quase 1 ano (final na fatura 7017). Estou de INSS, quero pagar, mas dentro das minhas possibilidades. Por que o acordo anterior de 24 x R$ 76,00 não consta mais no sistema deles? O vencimento se daria em 24 parcelas iguais e sucessivas neste valor, com vencimento dia 10 de cada mês.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2011 - 15:32
    Enviado por: Francisca

    Olá boa tarde! eu estudo em uma faculdade tecnica e recebi uma cobraça indevida me intimando a comparecer no cartorio determinado pela instituição de ensino,para o pagamento da divida e de uma taxa de 21.81,que caso seria uma multa.So que eu ja tinha pago a mensalidade 10 dias antes do vencimento do mesmo.Gostaria de saber se posso entrar na justiça contrar essa instituição,por danos morais?ate mesmo pelo constrangimento de ser comprada indevidamente por 2 vezes.E qual o procedimento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2011 - 13:45
    Enviado por: Diego Oliveira

    Boa tarde

    Estou com um problema com o jornal ESTADO. Solicitei o cancelamento, que pelo atendente foi realizado com o sucesso gerando número de procoloto e etc. Um mes depois o debito automatico apontou novamente a cobrança da assinatura. Esse acontecimento, se encaixa neste caso de solicitar devolução em dobro?

    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2011 - 00:44
    Enviado por: AFRANIO WLISSES

    UM SERTO BANCO ESTÁ ME COBRANDO UMA QUANTIA DE 18,000,00 …NÃO SOU CORRENTISTA DESTE BANCO E NEM POSSUO CARTÃO DO MESMO..A MOÇA QUE ME FEZ A COBRANÇA JA ME ALERTOU QUE O MEU NOME JA SE ENCONTRA NO CERASA.. PERGUNTO: O QUE, E COMO DEVO FAZER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/02/2011 - 12:44
    Enviado por: Roberto

    Boa tarde,

    Fiz um financiamento no Banco Mercantil do Brasil de um veiculo e já faz 2 meses e não recebo o carnê para pagamento das parcelas.
    A primeira parcela eu paguiei pelo boleto enviado pela NET com juros.
    Recebi uma carta de cobrança do Serasa.
    Qual deve ser o procedimento que devo tomar.

    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2011 - 22:26
    Enviado por: enea

    fiz uma assinatura com uma tv a cabo(sky)no dia 20/07/2010;quero pedir a suspenção do contrato,mas me disseram que tenho que pagar pelo menos um ano por causa do plano de fidelidade,não posso pagar mais nada nem as mensalidades…o que devo fazer???
    me ajudem por favor!!!!
    obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2011 - 17:00
    Enviado por: cleide garcia

    Olá boa tarde! em 2007 fiz uma compra na PONTO FRIO de um fogão, paguei todas as faturas, algumas com atrazo, com juros e outras em dia, quatro anos depois o pessoal da PONTO FRIO fica ligando p/ o meu trabalho todos os dias dizendo q tenho uma divida ainda com a tal empresa, sendo q ninguém antes(3 anos atrás)havia ligado p/ dizer coisa alguma.Perguntei sobre o q se tratava e qual o valor, disseram q ñ podia informar e q receberia uma fatura em casa q até então ñ chegou ainda, já mandei colocarem meu nome no SPC e SERASA, mas continuam a ligar(p/ meu trabalho)e já virei motivo de gosação, pois qualquer pessoa q atenda o tel eles informam q estou devedo.Tenho todas as faturas guardadas e levei na loja, mas chegando lá tem um comunicado de q a empresa está fechada. Como mim defender?! O q devo fazer?! Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2011 - 18:27
    Enviado por: paulo

    Em certos casos e melhor fazer justica com as proprias maos, se nao tiver dinheiro ja era, o procon se vende, os advogados se vendem, em meu caso perdi dinheiro e tempo confiando na justica, so foi resolvido quando ameacei de morte ai tudo se resolveu. isso e brasil, e se ficasse preso era por pouco tempo. Infelizmente esse e o povo brasileiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2011 - 10:33
    Enviado por: kelly susane

    oi eu fiz uma compra no cartão em uma loja x e quando fui passar minha compra foi alem do meu limite ai cancelaram uma camisa pq era a minha primeira compra e tinha pouco tempo q eu tinha feito o cartão e eles n podiam disponibilizar um pouco mais de credito essa conta foi parcelada em 8 vezes já paguei 3 parcelas e só agora q me dei conta que eles estão cobrando em minha fatura o valor de como se eu tivesse levado aquele produto como se eu tivesse trazido coisa que eu não fiz o que eu faço e como já tem de 5 a 4 meses eu não sei onde tá a nota fiscal eu ainda posso fazer alguma coisa para deixar de ser roubada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2011 - 10:36
    Enviado por: kelly susane

    MUITO OBRIGADA DE AGORA AGRADEÇO A ATENÇÃO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2011 - 19:33
    Enviado por: ingrid

    ola!!!no meu salario de janeiro e fevereiro foi descontado 6 faltas q na verdade nao aconteceram…eu posso exigir q seja devolvido o valor em dobro???obrigadaa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2011 - 16:54
    Enviado por: Andre silva

    eu paguei uma conta do carro errada era pra mim pagar a de 16/02/2011 so qe eu paguei a de 16/02/2012 eu entrei en contato com a financeira so qe ela falow qe ela nao vai poder estorna esse dinheiro. ela pode fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2011 - 09:58
    Enviado por: Maria da Concriçao R Martins

    negociei minha divida com a financeira Aymore,devolvi a moto que comprei ,com promessa, de quitar a divida e as pressoes que estava sofrendo,dos advogados da empresa,a qual nao cumpriu com o acordo colocando meu nome no spc estou muito triste com isso,vou entar na justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2011 - 10:03
    Enviado por: Maria da Conceiçao R Martins

    fiz acordo com a finamceira devolvi a moto a finamceira ,na promessa de quitar minha divida,a finamceira nao cumpriu com o prometido,colocando meu nome no spc,sofri muitas pessoes dos advogado,pretendo levar esse caso a justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2011 - 23:32
    Enviado por: Marcel Robinson Grosselli

    Boa Noite!

    Gostaria de uma orientação, estou com problemas com a Operadora de Celular VIVO, a mesma abriu um linha telefonica no plano Controle sem minha autorização, sem documentação nenhuma, bom descobri a linha ainda na primeira fatura quando fui solicitar um celular pela linha que possuia Pós Pago. Assim que descobri o incidente entrei em contato com eles solicitando o cancelamento da linha, e estorno dos débitos uma vez que eu não tinha conhecimento da linha e não havia solicitado o serviço.
    Me passaram número de protocolo e informaram que após 5 dias utéis estariam verificando e corrigindo o problema.
    Passou um mês fui até a loja da vivo para retirar o aparelho e novamente la estava ainda a conta indevida, novamente por telefone o atendente passou que iria abrir o protocolo para confirmarem tal problema, ou seja nem haviam verificado.
    Juntamente nesse dia abri uma solicitação por escrito na loja da Vivo. fui la depois de uma semana e nada até que o atendente liberou para eu fazer a retirada do aparelho e falou que estaria regularizando o problema.
    Hoje pelo meu espanto fui a loja para pagar uma conta do Pós pago como fiquei inadimplente no pós solicitei o parcelamento, e a atendente me falou que possuia uma outra dívida, conversei com a atendente e informou que era justamente a dívida que foi questionada a 10 meses atrás. Falei com a ouvidoria e a mesma falou que não iria retirar a cobrança. Bom o valor é mínimo 35,00 reais, poderia efetuar o pagamento mas é uma conta que não devo e por isso me recuso a paga-la. Gostaria que vocês me ajudassem o que devo fazer em relação a isso?
    Desde já obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2011 - 00:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma reclamação no Procon e acione a emrpesa no Juizado Especial Cível por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/03/2011 - 01:37
      Enviado por: Marcel Robinson Grosselli

      Boa Noite Marcelo;

      Desde já obrigado pela resposta, posso colocar no Juizado Especial Cível por danos morais mesmo não tendo pago a cobrança indevida?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2011 - 10:40
    Enviado por: Fabiana

    Bom dia!
    Gostaria de uma orientação. Eu era assinante Catho semestral e cancelei minha assinatura em tempo hábil para não me cobrarem uma renovação, porém me ligaram dizendo que por benefício a ter sido uma boa cliente eles estariam me disponibilizando mais sete dias gratuitos para q eu realizasse os cursos online. Dessa vez, como era esperado por eles, esqueci de cancelar e eles renovaram a assinatura de plano semestral sem notificar-me por e-mail. Assim que noite que seria feita a cobrança no banco, cancelei o débito automático e também cancelei a assinatura imediata no site, o que gerou uma multa de uns 100,00. Estava escrito que a multa seria debitada da minha conta no próximo dia útil, mas provavelmente porque exclui a Catho dos meus débitos automáticos, o valor não foi cobrado e eu não recebi nenhuma notificação ainda. Eles podem querer me cobrar ainda mais juros ou me protestar por esse débido? Estou pensando em não pagar, visto que eu considero o ocorrido como um grande golpe e não concordo com o débito, mas tenho medo do que possa acontecer depois. Alguem pode me ajudar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2011 - 12:32
    Enviado por: rita

    boa tarde, tenho um seguro fiança residencial que e debitado direto da minha conta.no dia 9/2/11 venceu uma parcela no valor de 228,83.fui avisada dia 15/3/11 que esta parcela estava em atraso,como se na conta tinha um valor superior ao da parcela? paguei 267,96 e quero meu dinheiro de volta ,como faço p receber ja qque o banco e o seguro ficam jogando a responsabilidade um pro outro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/03/2011 - 10:37
    Enviado por: nyde

    paguei a mesma a fatura do cartão 2 vezer o que devo fazer

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/03/2011 - 17:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Já pessou pela sua cabeça entrar em contato com a operadora e pedir o estorno do dinheiro pago em duplicidade?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2011 - 11:46
    Enviado por: Andréa Pimenta

    O Banco Santander cobrou taxa de anuidade no valor de R$ 24,00 de um cartão que está inativo/bloqueado e ainda debitou da minha conta corrente, pois a fatura consta em débito automático e só descobri isto porque a funcionária me disse quando eu liguei para reclamar. Eu não sabia o que significava o débito na minha conta corrente, nunca recebi uma fatura deste cartão, como disse anteriormente, está bloqueado, nunca liguei para concordar ou desbloquear o cartão. Já fiz duas reclamações diretamente no SAC e OUVIDORIA e nada aconteceu. Infelizmente somos nós consumidores/clientes que perdemos com a venda do REAL para o SANTANDER. Já não sei mais o que fazer, apesar de ser um valor pequeno, acredito ser ilegal. Eu quero meu dinheiro de volta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2011 - 15:10
    Enviado por: patricia

    como faço para ter meu saldo devedor e o boleto de minha divida com um banco, eles dizem que não podem informar, tem que ir na agencia que as vezes é em outra cidade ou então mandam o boleto vencido via correio me ajudem preciso de rientação para nao ser feita de palhaça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/04/2011 - 18:57
    Enviado por: gil

    meu irmao compro um propriedade em um leilao. do estado, da paraiba em 2008 e ate esta data nao tomor posse o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/04/2011 - 19:01
    Enviado por: gil

    o estado da paraiba vendeu a traves de um leilao uma propriedade a mais de dois anos e ater esta data agente nao tomor posse

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2011 - 13:39
    Enviado por: ana maria

    gostaria de saber se um comerciante pode me protestar em cartorio atraves de nota promossoria depois de depositar meu cheque duas vezes. E preencher a nota promissoria em nome de pessoa fisica e não da loja ou empresa. será que posso entrar em pequenas causas pra me defender, pois ele esta me prejudicando duas vezes, uma vez com o cheque e depois com a promissoria. desde ja agradeço a ajuda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2011 - 21:49
    Enviado por: Frank

    Boa noite!

    Eu me formei na faculdade em 2010, depois de 4 anos me ligaram cobrando uma parcela de março de 2007.ou seja, nao tenho esse comprovante.
    Gostaria de saber se a empresa pode cobrar essa divida, sendo que durante esse tempo nunca me comunicaram q tava devendo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/04/2011 - 22:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que pode. A escola terá de provar que o débito existe, mas se você não tem o comprovante então terá problemas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/04/2011 - 12:58
    Enviado por: paola

    ola,meu marido tem um carro financiado pela BV,as parcelas estao todas pagas com comprovente e tudo,porem a empresa nao para de cobrar ja tem quase um mes,eles ligam,e ameacam mandar meu marido pro spc o que fazer ja passamos varios imal pra la mais nd resolve.aguardo resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2011 - 21:13
    Enviado por: marcio lucas

    Tive um acidente de transito,e jerou um prejuiso não vou comentar,resumindo tive que pagar com minha moto,que foi penhorada pelo juis de guarulhos, tenho toda a papelada,não bloquei o documento junto ao detran,como foi penhorada, foi registrado no nome do novo dono em cartório,data 30-10-2002, documentação em dia, perdi minha moto que pagou o prejuiso dele e muito mais,so que o cadim esta cobrando de min ipva de data 2003,2004,2005. alem de perder a moto tenho que pagar ipva,isto e injusto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2011 - 16:13
    Enviado por: Emanuel Lima

    Ólá pessoal. Recebi uma carta do Banco Santander (Brasil) S.A. referente ao estorno da Comissão de Disponibilização de Limites, por meio de Documento de Crédito. Como não tinha ciência do assunto procurei informações.

    Assim, realizei pesquisa. O resultado repasso a vocês.

    Matéria publica do no site da globo.com por Felipe Sáles em 22 de Março de 2011.

    “MPF recomenda aos bancos devolução de cobranças indevidas
    O Ministério Público Federal (MPF) enviou recomendação aos bancos HSBC, Santander e Itaú-Unibanco para que devolvam integralmente aos consumidores os valores indevidamente arrecadados a título de comissão de disponibilização de limite de cheque especial (a denominação varia de acordo com a instituição financeira). As tarifas cobradas pelas instituições financeiras eram equivalentes a um percentual do limite do cheque especial e consideradas ilegais pelo Banco Central (Bacen).

    O MPF deu prazo de 20 dias para que os bancos acatem a recomendação antes de tomar outras medidas. Os bancos já haviam sido notificados acerca da ilegalidade do encargo, porém, embora tenham cessado a cobrança, decidiram não restituir integralmente os valores arrecadados. O HSBC teria arrecadado cerca de R$ 7 milhões, enquanto os bancos Santander e Itaú-Unibanco reuniram o montante de R$ 350 milhões e R$ 80 milhões, respectivamente. Esses dois últimos aceitaram devolver apenas parte dos valores, mas o MPF não aceitou”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2011 - 10:22
    Enviado por: Marcio Rebouças

    Bom dia!!

    O meu problema é o seguinte. Solicitei um cartão de crédito através do site submarino, isso com o interesse de comprar um notebook que o própio site venderá. Após receber o cartão efetuei a compra e passei a trabalhar com o cartão, pois o mesmo me dava um saldo de crédito maior, além também de ter feito parceria com a Rede Mastercard sendo aceito não só pelo site mas em qualquer estabelecimento que obtivesse a bandeira Mastercard.
    Após um bom período de utilização eu resolvi cancelar o cartão, uma vez que não concordava com a cobrança de se não me engano 3 reais a cada fatura enviada.
    Esse fato ocorreu em 2009. Certo de ter líquidado todas as contas recentes e feito o cancelamento do cartão, toquei a minha vida tranquilamente.
    Quando foi o ultimo dia de fevereiro deste ano, 2011, a prestadora do cartão Submarino, Cetelem, me ligou informando que tinha uma divida em aberto de 2009. Fiquei surpreso uma vez que não tinha vindo nenhuma cobrança mais para mim, e nem ao menos tinham entrado em contato comigo nesses dois anos que não utilizava o cartão. Então resolvi ligar para saber a procedência da dívida.
    Ao ligar por diversas vezes e para varias atendentes, não souberam me explicar a origem, pois segundo elas não podem fazer pesquisas em anos anteriores.
    Logo me fica a pergunta como proceder a essa situação uma vez que não fui informado de tal pendência na epóca, a dívida crescendo a cada mês e outro fato que não comentará é que no mês 10/2010 tentei fazer novamente o cartão, e o texto que me enviaram foi o seguinte”…Considerando as políticas de crédito adotadas verificou-se não ter sido possível atender à solicitação de V. Sa. neste momento, embora possa não existir qualquer fato desabonador…”

    Grato pela paciência. Espero encontrar alguma ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2011 - 14:53
    Enviado por: Yara Cavalcante

    Boa tarde, no mês de abril recebi uma conta elevadissima de luz, um aumento de aproximadamente 500% das contas anteriores, o que de imediato configurou-se um equivoco da empresa de energia eletrica, tendo em vista que não houve qualquer mudança nos eletro eletronicos em minha residencia, que diga-se de passagem é na zona rural… Qual ação eu poderia propor, visto que não houve qualquer tipo de negociação com a empresa coatora. Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2011 - 12:41
    Enviado por: maria do socorro

    Boa tarde, gostaria de saber se há um valor único (%) para se cobrar multa por atraso em caso de locação de filmes, qual a porcentagem que as locadoras devem cobras para que estejam agindo dentro da lei.desde ja muito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/05/2011 - 15:41
    Enviado por: Margareth Martins

    Fiz um emprestimo que finalizou em 1970, e até a presente data esta sendo descontado o valor de 13,54 em meu Contra Cheque (Inss) indevidamente e tenho os documentos que comprovam o fim do contrato. Solicito orientacao para proceder em relacao ao caso citado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/05/2011 - 17:26
    Enviado por: Edileuza

    Comprei um espelho e um vidro serigrafado a serem instalados no banheiro para compor outro que já existia no local.
    Paguei 50% no ato e seria o restante no final. Total de R$600,00.
    Na primeira tentativa de entrega a cor do vidro veio errada e já verificamos que a medida do espelho também estava errado, pois estaria lado a lado com o já existente. (Quem fez a medição foi o dono do estabelecimento). Solicitei então a troca do espelho e que viesse o vidro na cor correta. No mesmo dia emitiram boleto dos restante dos 50% para eu pagar. Me neguei dizendo que o combinado seria após o término do serviço.
    Me ligaram 5 vezes cobrando e disse que só pagaria no final do trabalho e depois que o serviço estivesse concluido corretamente.
    No dia da instalação, colocaram o mesmo espelho errado, menor ao que existia. Disse que teriam que arrumar e me cobraram 40% a mais para que arrumassem. Como eu disse que não pagaria os 40% a mais eles quiseram arrancar o espelho e disseram que não fariam mais o trabalho.
    Acontece que o ap estava alugado e a minha inquilina ja estava a mais de 1 mes sem os espelhos no banheiro… nas duas vezes que foram lá encheram a parede de cola de sapateiro e ela tem crianças de 1 aninho… eu teria que permitir a retirada dos espelhos e ainda ter que contratar outra empresa, marcar a medição de novo, entrar na casa dela, esperar mais 1 ou 2 meses…. colocar cola de novo…. então eu não permiti que tirassem. disse que ficasse pelo que ja foi pago ou que ele trouxesse o novo espelho com as medidas corretas e fizesse o serviço na mesma hora e eu pagaria. N˜åo teve acordo, eles me mandaram uma notificação dizendo que vão me cobrar aluguel dos espelhos e o advogado dele disse que iria me processar a crime por não pagamento…. pode? E os danos morais que estão causando a mim e a minha inquilina?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/05/2011 - 19:36
    Enviado por: Elizabeth Lima

    Recebi um telefonema de uma Agência de viagem querendo que eu confirmasse a minha viagem para Goiânia. Diante deste telefonema, liguei para a superlinha do Banco para confirmar a clonagem, quando descobri que foram feitas várias compras onde foi ultrapassado o meu limite do cartão. Na minha opinião, o Banco não deveria ter deixado isto acontecer, pois mesmo ultrapassando o meu limite, foi aceitando as compras e não entrou em contato comigo para a confirmação dos mesmos. Já fiz todos os procedimentos para o bloqueio do cartão. Com relação ao Banco, devo proceder? Desde já, agradeço sua atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2011 - 10:58
    Enviado por: maria

    ola estava devendoa uma loja .
    fiz acordo e paguei a priemira parcela.
    mas alguns dias depois do pagamento da 1 parcela recebir uma carta de cobrança.

    como faço para abrir uma açao contra a loja .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2011 - 11:59
    Enviado por: maria

    mas e necessario procurar advogado
    qual orgao publico eu posso procurar.

    a abrir a açao…
    eu posso abrir uma açao.por conbrança indevida,pq afinal eu tava devendo mas fui la e fechei um acordo,,,e eles quebraram o acordo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2011 - 19:08
    Enviado por: Katiuscia

    Olá, meu nome é Katiuscia de Goiânia, capital de Goiás e acredito que estou sendo vítima de uma golpe de uma empresa chamada Brasilmar Associados dos servidores federais – que retirou quantias de R$ 99,00 [tres vezes em um mês]e R$ 99,00 [duas vezes no mês anterior]em débito automático da minha conta do BB sem a minha autorização. Procurei o banco e o gerente orientou que eu entre em contato com a empresa, a empresa aparentemente não existe e encontrei denúncias aqui na rede. Como devo proceder? O BB é responsável por isso? Ele deveria me proteger?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/05/2011 - 09:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça um boletim de ocorrência e acione o Procon para exigir explicações do banco. A instituição tem de explicar como permitiu essas saques.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2011 - 20:43
    Enviado por: Fabio Macchia

    Ola Marcelo!

    Minha esposa particpou de um periodo gratuito no site da Catho e depois de 7 dias a mesma cancelou, pois estava em periodo gratuito. A catho está cobrando agora no Cartão de crédito a assinatura mesmo ela tento cancelado. Como recorrer a uma situação desta?

    Muito obrigado deste já.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/05/2011 - 08:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma denúncia no Procon exigindo o cancelamento da cobrança e acione a Catho por danos morais no JUizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/05/2011 - 19:41
    Enviado por: Marcio

    Abri uma conta no banco ital, usei ela por 5 messes d pois disso parei de ussar, mais ai eu tinha sacado todo o limite do meu cartao, passou 6 messe e agora ele estao mim cobranco o juros do limete e a manutencao de conta de todos esse meses, sei q tenho q paga o jurus, quero sab se tenho q paga tbm a manutençao de conta tbm, sendo q eu d pois q saquei o meu limete eu nao ussei mais minha conta neim para tira um extrato. Eles podem mim cobra manutençao de conta sem eu esta usando os serviços?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/05/2011 - 23:18
    Enviado por: Fernanda

    Estou passando por um grande problema em minha vida que não sei como começar a resolver…

    No final do mês de Janeiro, fui vitima de um golpe de um estelionatário e em resumo tenho uma caminhonete Ranger 4X4 2010/2011 no valor de 83.000,00 para pagar em 60 X de 2.545,00, sendo que já estou devendo 4 meses, totalizando uma divida de mais de 9.000,00 por enquanto.

    O Banco que financiou o carro é a BV financeira, e desde o dia 02/02 entrei em contato com eles solicitando o IMEDIATO CANCELAMENTO DO CONTRATO tendo em vista que tratava-se de um golpe. Nada resolveu, meu nome está no SPC e SERASA e recebi ontem um telefonema solicitando a entrega amigável do bem com quitação de contrato de forma Geral… enfim, não acredito nisso e tenho certeza que a empresa de cobrança da BV está tentando me enganar, o que devo fazer? como proceder diante de uma situação dessa?

    Grata desde já a atenção em responder!

    Sds,
    Fernanda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2011 - 12:19
    Enviado por: Rubens Saade

    É bem fácil de acabar com esses casos de sacanagem de cobrança indevida, basta instituir uma multa de R$ 20.000,00 e pronto, além do que desafogaria o Judiciário.

    Nos USA a multa é de US$ 20.000,00 e não sei de ninguém que ouse fazer cobrança indevida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/05/2011 - 06:35
    Enviado por: Denise

    Bom Dia,
    O hotel onde fiquei por 4 dias ,a trabalho, está me cobrando tarifas diárias para contribuição para o turismo e tarifas por cada vez que usei o telefone ligando a cobrar para minha casa. Essas tarifas são legais ?
    Ainda não fechei a conta do hotel, será feito às 11:00 de hoje; desde já agradeço a atenção.
    Denise

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/05/2011 - 07:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que não são cabíveis. Não há nada que permita essas cobranças, mesmo que elas tivesses sido informadas ao cliente na hora do check-in.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/05/2011 - 10:15
    Enviado por: Patrícia

    Bom dia,
    estou com um problema com o BANCO BRADESCO,aquase dois meses tive meu cartao de credito furtado e efetuei o cancelamento via fone facil duas horas depois.Porém alguns dias depois quando recebi um novo cartao,ao tentar efetuar uma compra tive o credito negado por falta de limite,sendo que havia quitado a fatura antes do furto ocorrer.Quando fui ver o que estava acontecendo,pela internet descobri que haviam feito duas compras com meu cartao dois dias após eu te-lo cancelado usando todo meu limite restante.Procedi com todas as formalidades que o banco solicitou e quase um mes etão analizando a questao.Agora como se nao bastasse a alguns dias o setor de cobranças do banco começou a me ligar todos os dias e a qualquer hora ameaçando incluir meu nome no SPC.
    O que posso fazer,moro em Brasília,e os advogados nao tem o minimo interesse por minha causa devido o valor ser baixo,nem levam em conta os transtornos que tenho tido por esse problema!

    Desde já agradeço pela atenção!

    Patrícia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 21:08
    Enviado por: andressa motta

    gostaria de saber como faço com a skay, a minha fatura não chegou eu liguei e pedi para pagar em debito , a moça me disse que só com o cartão de credito, disse que eu tinha que pagar com meu cpf na casa loterica eu fui e paguei, pois ela vence no dia 26/05/11, eu paguei no dia 27/05/11. e para não ficar mais contando aom a fatura liguei e pedir para que o mes de junho colocase em debito em conta pois pagaria mais barato 10,00 reais teria desconto eu autorizei mais pensando que ia ser debitado só no mes de junho como a menina tinha me dito. mais chegou dia 30/05/11 fui puxar um extrato da conta pois iria pagar algumas contas a skay debitou da minha conta o mesmo valor da fatura que ja tinha pago pois foram elels que me madaram pagar. agora tirou dinheiro de cobrir algumas contas vou ter que arrumar para colocar no luga gostaria de saber o que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2011 - 13:47
    Enviado por: Gabriela

    Fiz um cartão casa Bahia/ Bradesco desde 2009 e venho efetuando os pagamentos corretamente, em março desse ano efetuei o pagamento exatamente no dia do vencimento. os responsáveis pelo setor de cobrança começaram a me ligar e me cobrar a referida fatura. Informei a eles que o pagamento foi realizado, solicitaram-me, então, que enviasse um fax ou sedex para São Paulo contendo o comprovante de pagamento, perguntei se poderia enviar para alguma agência de JF-MG, onde resido, ou se ajudaria se informasse o número da autenticação mecânica, Hora e data do pagamento e me disse que não, a única forma era enviar a fatura por meio de fax ou sedex, perguntei se poderiam ser a cobrar, uma vez que não dispunha do dinheiro do sedex nem do fax e, como o erro era deles e não meu, não iria dispor dessa quantia. Me ligam até hoje me cobrando com o número inibido, o que é um abuso, não confirmo meus dados devido ao risco, e ainda insistem pedindo que eu confirme apenas os três primeiros números!!!! As faturas veem com o valor da de março embutido acrescido de juros exorbitantes. Já enviaram-me cartas comunicando a inserção do meu nome no CPC e no SERASA, o que não foi feito, porém me ligam 3 vezes por semana, até para o meu local de trabalho já ligaram!!!! Não sei o que devo fazer….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2011 - 14:15
    Enviado por: marisa silva

    recebi em meu nome uma notifição que eu nome está no serasa devido a uma cobrança na qual eu não tenho conhecimento de um financiamento do anode 2009 entrei em contato com o banco que enviou a notificação pore eles me informam que nada consta mais meu no nome está restrit devodo essa cobrança minha mãe depende de mim para comprar medicamento caros e meu nome está bloqueado não posso utilizar meu credito na faramacia pois no recadastramento anual de clientes ficou com restrição, posso recorrer a indenização pois estou send prejudicada e pasando por constrangimento sem est´s em debito.obrigada antenciosamente Marisa Silva

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2011 - 20:23
    Enviado por: Maria

    Tenho recebido cobraça de uma dívida não contraida do banco que sou cliente.
    Sempre que leio no corre corre diario, olho ejogo pra lá….
    Mas, hj deparei com mais uma cobraça da tal divida,ameaçando-me de incluir meu nome nos orgão de proteção ao crédito
    Ligue para maiores informaçoes, e só então mencionaram que foi erro?
    Cabe algum processo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2011 - 22:05
    Enviado por: Vera

    Olá, semana passada recebi uma correspondência do Cartão Hipercard, com vencimento dia 07/06. Pensando ser a fatura para pagamento coloquei juntos com as contas a pagar. Dia 06, fui a Lotérica para efetuar o pagamento, mas fui informada que era um extrato para simples conferência. Hoje, 09/06, recebi um comunicado do Hipercard informando que tiveram uma inconsistência sistêmica em um lote de faturas com venc. em 07/06, e que o prazo para pagamento havia sito prorrogado para 10/06. Costumo fazer o pagamento total da fatura, devido a demora para eles detectarem o problema, não tenho mais o valor total e se eu pagar parte do valor, vou ter que pagar juros e encargos no próximo mês. Por favor, o que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/06/2011 - 22:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pague a fatura como tem de ser feito. A empresa tomou as providências necessárias para corrigir o seu problema e prorrogou o vencimento. Não há nada de irregular na questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/06/2011 - 09:29
    Enviado por: Maria

    Bom dia.
    Preciso de ajuda urgentemente…….
    Estou desempregada a aproximadamente doze meses, não tenho conseguido pagar o acordo juducial feito sobre meu condominio.
    O advogado me informou que o apto será penhorado.
    Sou separada, moro sozinha , não possuo nenhum outro bem, não terei pra onde ir , caso isso aconteça.
    O que devo fazer?
    Obs. Obtive esse apto na partilha de bens quando me separei.
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2011 - 17:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você já tem advogado, e ele está certo: se não pagar, o apartamento será penhorado. Tente renegociar com a ajuda dele, é a única coisa a fazer.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/06/2011 - 16:20
    Enviado por: Alice

    Boa Tarde,

    Tinha dois emprestimos consignados No Santander,e os quitei na agência com boleto avulso dado pela gerência, no entanto ela colocou o número das parcelas erradas pois duas já tinham sido debitadas no meu contracheque. Assim sendo as paguei novamente. Quando vi o erro fui a minha agência reclamei e solicitei o estorno de 4 parcelas (duas do mês de março e duas de abril)e o valor dobrado com juros e correções. Cinco dias depois só foi estornado o valor descontado do mês de março, sem o valor em dobro. No contracheque de maio veio novamente as duas parcelas do consignado descontando do meu salário. Acabei de comprar um apartamento e estou fazendo obra para me mudar daqui a 10 dias.Esse dinheiro me fez muita falta. Como devo agir? Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2011 - 14:45
    Enviado por: MARCELO GASPAROTO

    Comprei um imovel novo em junho de 2009, fiz todos os pagamentos rigorosamente pagos em dia. Eis que nos últios tres meses recebo diariamente ligações da empresa dizendo que há um saldo devedor em relação ao imóvel e pelo que me informaram esse débito é em relação ao INCC, mas se eu comprei o imovel que já estava pronto toda a correção do INNC durante o periodo de contrução foi pago no ato da entrada solicitada. Revi o contrato de compra e venda do imovel e todos os valores pagos representam o que foi acordado. Como devo proceder com esse tipo de postura da empresa que me cobra todos os dias por uma conta que eu não devo pagar.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/06/2011 - 17:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Absurdo isso. Procure um advogado e acione a empresa juridicamente por danos morais. É a melhor forma de resolver essa questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/06/2011 - 23:32
    Enviado por: Eliani

    Comprei um carro pela BV financeira, em outubro/2010 fiz um acordo amigável com devolução do carro e quitação total do contrato eu fiquei responsável apenas pela custa do cartório pois colocaram em protesto, quando fui pagar descobri que foi protestado o valor total do contrato (o valor que emprestei) não foi abatido nem as parcelas pagas, eu estava com 05 parcelas em atraso, sendo assim as custas que seriam 100,00 sobem pra 900,00, isto esta correto? Podem protestar o valor do empréstimo? Fizemos o acordo registrado em cartório.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 17:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Há alguma irregularidade na questão, mas parece que você nçao soube explicar. Procure juada no Procon para que as contas seja refeitas e, se for o caso, processar o credor por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/06/2011 - 11:10
    Enviado por: MANU

    Dr. Marcelo

    Gostaria de esclarecer uma duvida.

    Na minha festa de formatura, contratamos uma empresa para cerimonial. Como eu participava da comissão de formatura, tive que assinar uma promissoria para pegar antecipadamento os ingressos que deveria ser vendidos na portaria. Mais não ouve necessidade de usa-los. E o mesmo foi devolvido. Agora a empresa emitiu umas boletas de cobrança em meu nome e protestou. Estou com meu nome no spc. Meu contrato individual paguei corretamente, eles alegam que tenho que pagar esses ingressos para retirar meu nome do spc, mais desconheço a divida, uma vez que os ingressos foram todos devolvidos na portaria, e não a contrato algum sobre esses ingressos, o que posso fazer pra tirar meu nome do spc????
    para emitir boleto de cobrança eles não precisam de minha autorização????

    Obrigada pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/06/2011 - 20:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É necessário ler o contrato para saber. Se houver algum comprovante de que os ingressos foram devolvidos sem que houvesse a venda, então é só apresentá-lo na Justiça, por meio de advogado. Você vai precisar de um .

      responder este comentário denunciar abuso
    • 27/06/2011 - 16:48
      Enviado por: MANU

      DR. MARCELO

      Não a nada em contrato, a respeito desse ingressos extra. Tendo então uma promissoria, assinada sem serviço prestado.

      Obrigada mais uma vez pela atenção

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/06/2011 - 17:50
    Enviado por: Patrícia Sales

    Em novembro do ano passado reclamei de uma empresa junto ao procon, houve negociação e efetuei o pagamento integral no fim de novembro, porem meu nome nao saiu do serasa, a empresa enviou toda a documentação para retirada do meu nome inclusive a carta de anuencia mas o procon simplesmente sumiu a documentação, abri processo contra a empresa pois nao creditei que eles estivessem falando a verdade (não me enviaram qualquer comprovante na epoca) porem na audiencia com o juiz a empresa me mostrou os comprovantes, fiquei com muita raiva e fui até o procon exigir os documentos, ninguem sabia de nada, foi uma tarde cansativa até que apos muitas ameaças apareceram com meus documentos e minha carta de anuencia, com data de dezembro de 2010, como a empresa havia informado, imaginem minha frustração pois já havia se passado mais de 3 meses e eu estava lá com o nome sujo por culpa do procon, voltei ao juizado mas me disseram que eu nao posso entrar contra o estado, que neste caso eu teria que procurar um advogado, procurei mas nao consegui reunir provas suficientes para ter uma chance viável de ganho de causa, fiquei completamente frustrada e descrente de vez da justiça contra pessoas de bens neste país.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2011 - 18:19
    Enviado por: tatiana monreal cano

    Eu fiz uma assinatura na empresa Catho e após o termino da mesma, foi feita uma renovação automática. Na ocasião, manifestei minha insatisfação e fui informada que se eu não fizesse a solicitação de cancelamento, as renovações aconteceriam automaticamente. Diante da situação, fiz o agendamento da solicitação de cancelamento para o mês de maio, prazo estipulado para que não ocorressem novas renovações. Fui, inclusive, orientada a passar para alguem a utilização dos serviços da Catho, dado que eu não as utilizaria. Aceitei a sugestão e passei o uso dos serviços para o meu irmão; apesar da assinatura e dos dados para cobrança continuarem em meu nome. No termino desta segunda renovação, foi feita uma ligação para o meu irmão que afirmou ser minha a assinatura e, inclusive, lembrou que eu (sua irmã) já havia tido problemas com a Catho. A atendente, apesar do meu irmão ter dito que a assinatura não era dele, insistiu com “os procedimentos da empresa”. No começo do mês de junho e já despreocupada com a “assinatura” da Catho, recebo uma cobrança em relação a mais uma re-novação; quando, na realidade, eu, responsável pela assinatura e orientada a passar os serviços para outro, mas não a assinatura e o que isso implicaria de fato (quanto a isso, a atendente que me orientou a passar o serviço para outro, não me esclareceu todos os detalhes; ou seja, de que ele seria o responsável; muito embora, a assinatura ainda estivesse em meu CPF e, entendo, continuava sob minha responsabilidade), já havia feito o cancelamento e, portanto, repito, estava despreocupada. Entrei em contato com a empresa que afirmou estar agindo corretamente. Lembrei dos problemas já acontecidos em janeiro, da minha insatisfação com esse modo de operar e do meu pedido de cancelamento, que, aliás, tenho registrado. A empresa se recusou a entender a situação; disse que eu passei a assinatura para outra pessoa, quando, na realidade, não fui devidamente orientada de que passaria a assinatura e não somente os serviços. O cancelamento, finalmente, foi realizado, mas a empresa insiste em me cobrar, ou seja, no meu cartão de crédito e no meu CPF, o período utilizado. Quero que essa cobrança seja suspensa e que a minha solicitação de cancelamento da assinatura, efetuada em janeiro, seja levada a sério. Ademais, ressalto a minha insatisfação no modo como a empresa Catho efetua as tais re-novações; creio que seja um abuso ao consumidor e espero que providências sejam tomadas para que outro consumidor não se sinta lesado, como eu me sinto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2011 - 07:48
    Enviado por: Ademir

    Eestou com divida com o Banco Itáu, de Limite Lis e Financiamento, já fui na agencia com o gerente para tentar resolver, e abri uma ação no Cat, mais o banco compareceu na primeira com os meus dados errados, e não compareceu nas outras duas, tentei dar entrada na Justica Civil no Forum de Santana, não quiseram dar entrada, e inclusive liguei tambem no Procon, o que devo fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2011 - 15:52
    Enviado por: RITA CASSIA

    BOA TARDE, EU FIZ UM PLANO DA OI 3G INTRNET MÓVEL, DO 7 DE ABRIL VALOR DO PLANO 60 REAIS ELES ENVIOU A CONTA 178, QUANDO EU RECLAMEI,FALOU EU DEVERIA ESPERA OS DIAS, RESULTADO EU PAGUEI 178 SÓ QUE O VALOR DA MINHA CONTA ERA 55 REAIS, ELE MINTIRA QUANTO A DATA QUE EU FIZ O PLANO, AGORA ENVIOU OUTRA CONTA QUE ERA PARA SE PAGA 16 DE JUNHO, EU DISSERA QUE VAI SUJAR MEU NOME, SE EU CASO NÂO PAGAR, TENHO DIREITO A SER RESSARCIDA MESMO EU PAGANDO ESTE ÚLTIMA CONTA A OI AINDA FICA ME DEVENDO.POIS COBROU INDEVIDAMENTE

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/07/2011 - 19:02
    Enviado por: marcia

    o banco santander me mandou uma combraça de 1.200 reais sendo que eu munca mexi ma minha conta corrente tenho vou amanha lá e vou procurar meus direitos ja me ameaçaram colocar meu nome no spc já estou com advogado espero resolver isso amanha

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/07/2011 - 22:13
    Enviado por: Renata

    Boa noite, gostaria que me tira-se uma duvida: segundo meu contrato de recisão, deveria pagar apenas um mes de aluguel depois do mes que eu abandona-se a residencia como multa. Sai porem dia 8 de julho e a proprietaria quer cobrar-me dois mesmes de multa, o de agosto e o de julho sendo que fiquei na casa apenas ate o dia 8 de julho, isso é coerente, e certo por parte da proprietaria?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/07/2011 - 01:12
    Enviado por: pamela

    boa noite,

    gostaria de esclarecer uma duvida,no dia 10 de jullho fiz o cancelamento de meu cartao de credito em minha agencia, por acreditar que haviam clonado meu cartao, pois, na fatura do mes anterior vinheram alguns debitos em estados os quais nem conheço e que por sinal sao bem longes de onde eu moro.acontece que chegando essa nova fatura pude observar que constam apos o cancelamento do cartao que fiz na agencia mais 5 debitos depois dessa data. a agencia e a prestadora VISA nao deveriam se responsabilizar pelas compras realizadas pelo cartao o qual o cliente fez o bloqueio?

    atenciosamente,
    Pamela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/07/2011 - 17:54
    Enviado por: leticia

    boa noite ;eu tinha um cartão visa do banco ibi.ele venceu em dezembro de 2008e foi cancelado pelo banco.em janeiro de 2009 na fatura de dezembro veio cobrando o que eu devia 75 reais,e na mesma faturacobrando 395reais so que de outro cartão de numeração diferente.compras que forão feitas em são paulo.moro no ES e nunca viajei para são paulo.foi ate a c&a que adiministra o cartão contei toda a historia preencheram alguns papeis e me disseram que com 180 diasiria se resolver passarão 3 anos e 7 meses e meu nome no spc agora vieram me cobrando 50 reais eu paguei .mas acho disaforo eu queria saber se posso9 recorrer? espero resposta obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/07/2011 - 17:55
    Enviado por: leticia

    ha na epoca eu paguei os 75 reais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/07/2011 - 13:17
    Enviado por: Dagmar Cirino

    Boa tarde. Em novembro de 2010 me fizeram uma proposta para assinar o jornal da tarde (JT), apenas para conhecer o jornal por apenas 3 meses, e se eu desejasse CONTINUAR recebendo os jornais após esta data eu teria apenas que entrar em contato com a rede de jornais e fazer uma assinatura normal. Eu aceitei e comecei a receber os jornais todos os dias, e o valor era debitado da minha conta corrente. Quando chegou em meados de janeiro, não recebi mais os jornais, mas não me preocupei porque eu tinha cadastrado para uma conta pra receber os jornais por pouco tempo, e nunca mais recebi nenhuma correspondência do JT e nem lembrava mais deste jornal. Porém, no inicio deste mês, fui ao banco para verificar como estava minha conta, e o susto, vi que está sendo debitado todos os meses os R$42,90 que eu pagava da assinatura de 3 meses. Liguei para a central de relacionamento e disseram que meu cadastro estava ativo e que estava marcado que os jornais estavam sendo entregue todos os dias, e que minha assinatura foi renovada no mês de maio (???) automaticamente, sem nenhuma confirmação e nenhuma tentativa de contato por parte do JT. Eu pedi para falar com alguém que cuida dos contratos, e me transferiram para outro setor (18 minutos aguardando um atendente, com toda a conversa gravada). O atendente tentou explicar oque poderia ter ocorrido, que os jornais estariam sido extraviados, e que eu teria que ter ligado para cancelar a minha assinatura, mas como eu disse, eu aceitei receber os jornais porque era por apenas 3 meses, e não recebi nada após a metade de janeiro/2011. O atendente me disse ainda, que eu tenho duas parcelas do jornal atrasadas, mas mesmo se a assinatura fosse válida, não tem como não haver os débitos na minha conta porque ela sempre tem um saldo maior que os valores do jornal. Eu disse que queria saber direito, e queria uma explicação do que havia ocorrido nesse tempo que eles vem debitando estes valores da minha conta sem o meu conhecimento, e queria que ele cancelasse aquela assinatura para não haver mais débitos indevidos na minha conta, e pedi para ele verificar o motivo dos débitos. Ele cancelou minha conta e abriu um “processo” interno de investigação para rever e saber onde os “supostos jornais” foram entregues, e teria um prazo de 7/8 dias para estar concluído.

    Quero saber como posso prosseguir se eles disserem que não vão me ressarcir os valores que debitaram da minha conta mas que eu não recebo produto algum, pois pelo tom do atendente, eles não vão nem olhar nada e nem pesquisar oque aconteceu com o meu caso. Isso são muitas cobranças indevidas, além do tempo que eu fiquei no telefone para falar com os atendentes, por mais de 40 minutos. Obrigado. dagmar [dot] cirino [at] accenture [dot] com

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/07/2011 - 20:27
    Enviado por: washington clayton rosa

    boa noite.

    eu tinha um carro financiado pelo abn e quitei no mes de março
    e eles estão me processando que eu não quitei. so que no proprio banco eles falaran que esta quitado e tenho até o boleto de quitação. eu posso processar o banco mesmo que eu tenha uma outra pendencia de 2.000,00 no spc

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2011 - 11:24
    Enviado por: RENAULT

    PAGUEI UMA COMPRA COM DEBITO AUTOMATICO, A OPERAÇÃO FOI RECUSADA E FOI DEBITADA 2 VEZES, O BANCO ESTORNOU SOMENTE DEPOIS DE 3 DIAS. ISSO PODE SER CONSIDERADO COBRANÇA INDEVIDA?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/07/2011 - 19:55
    Enviado por: Mara

    Olá…
    Fincanciei um carro em junho de 2008. Gostaria de saber se tenho direito de ressarcimento do TAC.
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/07/2011 - 22:49
    Enviado por: silvana

    Boa Noite!!!! Recebi uma carta do scpc que meu nome seria incluso pois não paguei uma divida com o banco carrefur a carta veio com a data do debito 27/06/2011 só que éesa fatura ainda vai vencer dia 25/07/2011 nem venceu a fatura ainda e ele ja estão me cobrando o que devo fazer e se posso processar o banco carrefur por danos morais..obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/07/2011 - 23:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se a fatura que está aberta e é a de 27 de junho, então a cobrança está correta. pague se não quiser ter problemas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/07/2011 - 01:09
    Enviado por: Andre Bueno

    Ola,
    Sou cliente do banco SANTADER, recebo e movimento minha conta, certo dia o Banco debitou da minha conta R$312,42 puxei um extrato e tava constatado que era uma parcela de Seguro de Casa, sendo que eu nao contratei o seguro e eu nao tenho casa em meu nome, e por causa disso entrei no limite do banco, liguei no banco eles me passaram que em dez dias devolveria meu dinheiro, mais ja se passou um mes e nada, tive que pegar dinheiro emprestado para pagar uma conta que era no valor R$ 220,00, fiquei no limite, estao cobrando juros sobre juros, eu nao sei o que fazer e ainda fiquei endividado me ajuda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/07/2011 - 17:09
    Enviado por: maria

    o que fazer quando a vivo manda duas faturas erradas e corta a sua internet em seguida, quanto a pessoa deve ganhar caso venha processar?

    Attt; Maria

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2011 - 12:11
    Enviado por: damiana

    Bom dia,meu pai fez uma compra num mercadinho do bairro,no dia 08/07,como ele não tem conhecimento pediu ao rapaz do mercado para ver se o cartão de crédito dele inha saldo.o rapaz passou o valor de r$50,00 e aprovou.disse pra ele que apenas tinha verificado o saldo.ele entrou fez sua compra e novamente passaramo cartão dele.agora chegou a fatura cobrando dua compras no mesmo dia no estabelecimento sendo que ele fez apenas uma.como devemos proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/08/2011 - 17:24
    Enviado por: RANIER FRANK MARTINS MARINHO

    OLA!RECEBI UMA FATURA DO BANCO ITAU,ONDE TENHO CONTA SÓ POR CAUSA QUE A EMPRESA QUE TRABALHO, PRATICAMENTE OBRIGARAM TODOS OS FUNCIONÁRIOS A ABRIR A CONTA NO MESMO.BEM ESSA FATURA É RELATIVA DE UM SEGURO DE PESSOAL.EU NÃO PEDI ESTE SERVIÇO!LIGUEI PARA O BANCO PARA ESCLARECER O QUE ESTAVA ACONTECENDO,ME INFORMARAM APENAS QUE ESTAVA ERRADO A COBRANÇA, MAIS QUE EU TINHA QUE EFETUAR O PAGAMENTO DA FATURA, PARA QUE EVITASSE QUE MEU NOME FOSSE PARA O SPC.E QUE O BANCO E ME REEMBOLSAR!BEM,AGORA É ASSIM!E SE EU RECUSAR A PAGAR UMA FATURA QUE O BANCO RECONHECE QUE ESTA ERRADO, MEU NOME VAI PARA O SPC!
    O QUE DEVO FAZER!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 00:15
    Enviado por: marcos roberto aurelhano

    Olha como sao as coisas recebi uma fatura da TVA que sou assinante equal a minha surpresa a mesma veio o dobro do valor que costumo pagar.Liguei para a TVA para questionar e para minha surpresa a atendente me disse que o periodo promocional da minha assinatura tinha acabado e que o valor que esta sendo cobrado esta correto. Sem ao menos eu ter sido informado do ocorrido.Acho isto um abuso sera que o consumidor nao deveria ser informado da mudança para ao menos saber com antecedencia se vai ter condiçoes de continuar com a assinatura?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 10:52
    Enviado por: RITA DE CÁSSIA

    EU RECEBI A PROPOSTA DE UM ATENDENDNTE PARA OBTER UM CARTÃO OMMINIFACIL VISA, A MESMA DISSE QUE NÃO PAGARIA ANUIDADE, QUANDO VEIO A FATURA VIERAM COBRANDO 12X4,90 TOTAL DE 58,80 PELO CARTÃO. COMO PROCEDO DIANTE DESTA SITUAÇÃO JÁ QUE ELE DISSERAM QUE NÃO TEM COMO EU DEIXAR DE PAGAR ESSA ANUIDADE. A NÃO SER QUE NÃO USE O CARTÃO.
    RITA DE CÁSSIA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2011 - 15:41
    Enviado por: Guilherme Lourenço Coimbra

    Tenho faturas de cartão de crédito referentes aos meses de julho a setembro de 2009 com cobranças indevidas da empresa SKY. Na época tentei contatar a empresa, a qual me solicitou envio da documentação via fax para que fosse averiguado. Para minha surpresa, esse fax não dava retorno, nem recebia a documentação. Gostaria de saber se ainda estou dentro do prazo de reclamação e como proceder?
    Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2011 - 22:38
    Enviado por: rita

    olá! meu esposo pagou todas as mensalidades do semestre da faculdade e apenas agora quando foi fazer a matricula do segundo semestre é que foi informado que tem um mês em aberto, porém estão cobrando juros altos pois é referente ao mês de fevereiro e ele não tem mais o comprovante de pagamento, como recorrer nesses caos.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/08/2011 - 23:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Neste caso fica bem difícil tentar resolver. Tente a ajuda do Procon ou de um advogado e veja se a faculdade tem como provar que existe o débito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/08/2011 - 08:51
    Enviado por: Cristina

    Bom dia, fiz um emprestimo consignado juntamente com o Banco Itau de 24 parcelas, fui demitida e procurei o Banco para quitar as 12 ultimas parcelas que venceriam somente em Abril de 2012,tive um desconto no valor, mas o problema é que fiquei sabendo que se pagasse o valor com desconto, meu credito ficaria bloqueado, gostaria de saber se é permitido que se bloqueie o credito de uma pessoa somente porque ela esta pagando antecipadamente um emprestimo.
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/08/2011 - 21:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, é permitido. O banco não é obrigado a conceder crédito a quem quer que seja e a toda hora. Tem o direito de recusar empréstimos e serviços aos clientes.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/08/2011 - 21:12
    Enviado por: Osmar Nunes da Silva

    Estou mudando para Itatiba, cidade próxima a Jundiaí.
    Solicitei à telefônica a transferência de TV Digital. Disseram-me que haverá cobrança pelo serviço. Não concordo; acho injusto e imoral!!! (*)
    Alguém com conhecimento do assunto, pode me esclarecer se a cobrança procede ou não? obrigado

    (*) Faço alusão à obrigatoriedade da Fidelidade. Se a Telefônica estabelece esta norma, pauta-se por ela… mas, que a mesma seja recíproca!!!! Porque onerar o cliente idôneo com esta cobrança???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2011 - 23:25
    Enviado por: Robson motta

    Recebi uma fatura da credicard sem presta atençao paquei quando fui ver eu ja tinha cancelado o cartao a 6meses liquei para atedente ela me disse que a cobrança era anuidade mas falei que o cartao ja tinha sido cancela ela falou que nao como faço para receber o dinheiro que foi pago

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/08/2011 - 15:43
    Enviado por: Priscila

    Contratei o serviço de acesso à Internet do UOL, o problema, é que por 2 vezes fizeram cobrança indevida. A primeira, reconheceram que foi “erro” deles, oferecendo 1 mês de Internet grátis por esse “erro”, em compensação, na segunda vez, o valor foi 10 vezes maior, e se recusam à excluir essa cobrança, referente à um combo de serviços (jogos, anti-vírus), um serviço que não solicitei e muito menos utilizei, relatam que eu estava ciente que após 30 dias, seria ativado automaticamente, na ocasião da abordagem (via fone), como estava impossibilitada de atender, pedi para que enviassem as informações via e-mail, caso eu tivesse interesse, entraria em contato, quando olhei minha conta no banco: a surpresa, porém, ainda não paguei, pois suspendi o débito automático. Como devo proceder? Pois uma vez não solicitado e nem utilizado tais serviços, sou obrigada a pagar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/08/2011 - 12:31
    Enviado por: Priscila

    isso faria com que esse valor deixasse de ser cobrado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2011 - 14:24
    Enviado por: Ana Paula

    Boa Tarde…

    Tenho uma dúvida…
    Comprei uma mercadoria em 15 vezes, 9 delas no boleto bancário e 6 vezes no cheque… Recebi um dinheiro particular e quitei esses valores diretamente com a empresa a qual eu comprei a mercadoria em novembro de 2010. Tendo o recibo disso.
    Os cheques venciam de Janeiro de 2011 à Junho de 2011. Quando paguei o valor dos cheques não recebi os mesmos, a empresa alegou que os cheques não estavam em posse deles, mas sim da matriz, mas garantiram que eles não entrariam na conta.

    De tanto ir atras da empresa, consegui recuperar 2 dos 6 cheques, mas os outros 4 cheques entraram na minha conta, voltando duas vezes, pois não tinha saldo na mesma…Sendo então um dos motivos pelo qual estou no SERASA…

    Então…mesmo eu já estando no serasa, eu entrei com um processo contra a empresa, por eu ter pago os cheques e os donos da empresa não terem me devolvido os mesmos…cobrei o valor e as despesas do cheque e ainda danos morais…eu tenho esse direito?

    Que lei eu posso usar a meu favor?

    Aguardo resposta!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/08/2011 - 09:50
    Enviado por: lucileide

    Oi,eu paguei a minha conta de energia antes da data de vencimento,so que todo mês eles cobram essa mesma conta,esta com mais de um ano paga.Sera que eu posso processar por constragimento ilegal.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/08/2011 - 11:10
    Enviado por: Italo

    fiz um financiamento na bv financeira modalidade CDC,no valor de R$ 18.000.00 em 60x paguei 9 parcelas tudo em dia no valor 580.92 fixo,fui olhar o valor para de quitação do financiamento e o valor é aproximadamente R$ 19.120.00 mais do que financiamos,sendo que ao inves do valor do financiamento cair por causa das 9 parcelas R$ 580.92 dando um total de R$ 5.228,28,o valor subiu,fiz o calculo por este site http://www.mp.sc.gov.br/portal/site/calculadoracco/NovaCalculadora.aspx e vi que o valor é mais ou menos de R$ 16.350.00 gostaria de saber o que fazer.muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/08/2011 - 17:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos ajudar nesta questão. Procure um contador para se certificar em relação aos cálculos e, se for o caso, procure um adovgado para discutir a questão na Judtiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/08/2011 - 21:50
    Enviado por: ana paula

    ao consutar minha conta levei um baita susto , ao saber que aviam tentado descontar um cheque de 1.800 reais na minha conta, sorte minha que não avia este valor na minha conta. mais em contra partida, o cheque foi devolvido e em seguida uma nova tentativa de deposito e meu nome foi parar no SPC, moral da historia nunca passei esse cheque e foi onde eu percebi que tinham furtado uma de minhas folhas do talão o que devo fazer sendo que fui furtada a um ano atrás e so agora que me dei por conta do furto , e não consegui sustar o cheque

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/08/2011 - 18:25
    Enviado por: monica

    Ola eu comprei um micoondas no walmart e o produto veio errado,entao devolvi,porem paguei no cartao hipercard apenas em uma vez.Pedi para a loja fazer o extorno e ja fazem tres meses e ainda nao fizeram,meu nome ja esta indo para o serasa,ja cansei de ligar e falar com eles e sempre pedem tres dias e nada acontece, por favor o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/08/2011 - 18:30
    Enviado por: monica

    Oi, melhor dizendo eu nao paguei na fatura do hipercard o valor do microonda pois ja havia devolvido,e agora o juros ta la em cima junto com o valor do produto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/08/2011 - 02:51
    Enviado por: luiz carlos

    socorro o carrefour eatá me enlouquecendo, gastei em torno de mil reais, até menos e já paguei mais de dez mil, e mandam cada cobrança, só de juros 645 reais, e colocaram um seguro louco,e não querem negociar, me ajudem

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2011 - 13:07
    Enviado por: Ilda Takizawa Gomes

    EM 23 DE JUNHO, ESTAVA COM O LIMITE DO MEU CARTÃO ADICIONAL, AMERICAN EXPRESS ESTOURADO EM +OU- 300,00 E MESMO ASSIM FIZERAM UMA COMPRA DE 700,00 NA TAM!!!
    FIQUEI INDIGNADA, MAS COMO A FATURA VAI PRO ENDEREÇO DO TITULAR (MINHA IRMÃ) FOI PAGO A 1ª PARCELA, FICARAM DE ANALISAR O CASO, MAS ATÉ HOJE DIA 23/08/2011, NÃO RESOLVERAM… OQUE FAÇO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/08/2011 - 09:24
    Enviado por: Silvia

    Trabalhei em uma loja, e fui demitida, tinha um débito que não descontaram na rescisão, e depois que tive conhecimento não tinha mais o valor p/ efetuar o pagamento, entrei em contato c/ a msm e informei que pagaria c/ juros, mas, quando conseguisse o valor total, pois, ñ queriam negociar parcelas, e sim somente valor integral, depois disso a proprietária passou, a informar os clientes que eu havia saido por motivo de roubo e que minha real profissão era de garota de programa, desde então venho sofrendo ameaças da proprietária da loja, por telefone, ela ligou até no cel do meu filho de 09 anos, ligou e foi no trabalho do meu esposo, usa palavras de baixo calão e ameaças, para minha familia na rua c/ situações de constrangimentos, tento negociar c/ a msm, ela ñ me ouve e diz q independente de efetuar o pag da dívida ou ñ ela vai fazer da minha vida um “inferno” só pra compensar o valor que ela teve que pagar de rescisão pra gentinha, como devo proceder? já perdi proposta de emprego, por ela informar que sou ladra e prostituta, nunca tive nenhuma demissão por justa causa, sou casada ñ tenho antecedentes criminais, nunca roubei e estou sofrendo muito c/ esta situação e ñ sei mais o que fazer, pois, ela já prejudicou até o trabalho do meu esposo, somos pessoas simples, mas honestas e não gosto de brigas, por, isso gostaria de resolver esta situação na justiça, aguardo resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 13:31
    Enviado por: Cyntia

    Boa tarde!
    Matriculei-me em uma Auto-Escola, na qual efetuei corretamente (cheque) o valor cobrado. Próximo de completar o prazo estipulado para que eu fizesse a prova junto ao DETRAN, a Auto-Escola ainda não havia disponibilizado horário para terminar minhas aulas práticas, tampouco agendado minha prova prática. Visto que o prazo se encerraria e não conseguiria concluir as aulas e realizar a prova, entrei no Juizado Especial e exigi meus direitos. A mesma, na Audiência de Conciliação agendou novos horários, mas não cumpriu com o combinado. Logo, na Audiência seguinte, ganhei a causa, pois a mesma nem compareceu.Ganhei a causa, mas a mesma após várias tentativas da Justiça não efetuou o pagamento. Desta forma, pretendo entrar na Justiça Cível, a qual já possui outros 7 processos para exigir meus direitos, uma vez que ganhei. Há alguma outra ação legal a que possa recorrer para receber o que me cabe?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 22:38
    Enviado por: Aroldo

    Boa noite!
    Paguei minha fatura de cartão de credito pelo internet bank (banco santander) e o pagamento foi duplicado (cobrado duas vezes em minha CC). Com a virada do mês, devido a este motivo entrei no cheque especial. Liguei varias vezes para o banco, e me deram sempre a mesma desculpa de que ia ser ressarsido em até 24 horas. Já se passaram 3 dias e nada. Estou entrando amanhã no cheque especial que geralmente uso no final do mês devido não ser cobrado juros durante dez dias. E pelo que vejo estou no negativo pois meu salario nao cobrirá o valor cobrado indevidamente e pagarei juros pelos dias utilizados.
    Gostaria de saber como devo proceder?
    Att
    Aroldo Accacio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/09/2011 - 23:08
    Enviado por: Paulo

    Recebi inumeras cobranças do banco Panamericano, porem informei que nunca havia solicitado, muito menos recebido cartão dessa instituição, inclusive ja enviei 2 cartas informando que nao reconheço a divida, mesmo assim eles negativaram meu nome nos orgãos de proteção ao credito, com isso estou sem operar junto aos banco nas transações pessoais e comerciais, onde devo recorrer e quais danos posso pleitar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/09/2011 - 21:24
    Enviado por: odete

    No mes de maio de 2011,paguei a fatura do HIPERCARD em duplicidade por erro do caixa do banco,o valor da minha fatura era de R$978,76 e da minha conta saiu R$ 1.957,58.
    Desde então tento receber meu dinheiro de volta , e nada eles colocaram na minha fatura como debito e não credito,ja fui varias vezes desde o ocorrido no walmart tentar resolver.
    Eles cobram o q eu não devo ,colocaram juros e desde então as faturas foram pagas os valores que reconheço,os quais gastei.
    Estão cobrando juros de um dinheiro que é meu e não deles.Eles devem esses juros para mim.
    Estou sendo cobrada ,por um dinheiro que eu paguei a mais e nem me devolveram nem em forma de credito e nem depoisito em conta.
    Nunca paguei a fatura em atraso,e estão colocando juros do meu dinheiro como se eu devesse.
    Estão me constrangendo,qdo o errado são eles.
    Falta de vergonha na cara desses atendentes ,.empregados q não resolvem ,so colocam protocolo pra nada.Estou sendo Lesada .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2011 - 18:28
    Enviado por: Adriana

    tenho internet 3g da oi que tem um limite de 10 gb quando eu utilizo mais do que esses 10 gb pago excedente pois bem da pra acompanhar no site da OI pra saber se sua fatura excedeu ou não e todo dia que entrava aparecia que não tinha excedido aparecia 0 reais de excedente pois bem chegou a minha conta para o meu desespero estava com um valor de 800 reais sendo que era pra mim pagar somente 119 reais não fui avisado sobre o excedente não me informaram sobre isso nem sonhava que tinha excedido e estava pagando 15 centavos por mb usado mesmo não sabendo que tinha excedido minha internet acompanhando no site todo dia para acompanhar para não exeder aparecia 0 reais excedido até o fim do mês quando chega a conta chega 800 reais cobrando sou obrigada a pagar esse valor mesmo sem ser avisada de forma alguma? acompanho o site diariamente se tivesse excedido 1 real ja teria parado de usar e começaria a usar somente no outro mes que zerava tudo de novo e agora vou ter que pagar esses 800 reais sendo que o valo justo era 119 reais?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 12:28
    Enviado por: ENELIO

    Fiz uma compra 12/05 pela internet e 05 dias depois a loja da hermes cancelou a compra alegando que nao tinha mais o produto em estoque. No mes seguinte chegou a fatura do cartao de credito cobrando a 1ª parcela dessa mesma compra, liguei para a admistradora do cartao que me orientou pagar pois seria estornado o valor pago. Na fatura seguinte ao ives de estornar o valor que ja havia pago veio uma cobrança indevida das 06 parcelas restantes de uma so vez, de uma compra cancelada; novamente entrei em contato fui orientado a pagar somente as compras reconhecidas, assim fiz ate a ultima fatura 17/09 continua com o mesmo problema sem o estorno mas com cobranças de juros das parcelas nao reconhecidas que fui orientado pela atendente a nao pagar pois se caracterizava um erro na fatura.
    Gostaria de saber o que fazer? pois esta se tornando algo muito desgastante todo mes ter que procurar por soluçao do problema e nao ver soluçao alguma para o problema.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2011 - 17:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Formalize uma queixa contra a loja e a operadora de cartões no Procon e, se for o caso, entre com ação por danos morais no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/09/2011 - 13:32
    Enviado por: anderson thomé

    MINHA ESPOSA TEM CONTA CORRENTE NO BANCO BRADESCO PELA EMPRESA QUE TRABALHA, TODOS QUE FUNCIONARIOS QUE RECEBEM POR ESTE BANCO NAO TEM ESSA COBRANCA DE SERVIÇOS, E FOI DITO QUE NAO IRIA COBRAR NADA PELOS SERVIÇOS, ELA FOI NO BANCO E SO FOI RESTITUIDA DO VALOR COBRADO, E APENAS UM MES, POREM ELA FOI COBRADA DE MESES ANTERIORES, DESDE QUE ABRIU A CONTA, DEVO IR DIRETO NA JUSTIÇA OU NO PROPRIO BANCO NOVAMENTE?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 21:33
    Enviado por: Vera

    Olá,
    Deixei um notebook numa assistência técnica e no Comprovante de Entrega do Cliente, no campo problema reclamado, consta: Equipamento deixado p/venda ou absorção pela empresa. De fato, deixei para isso mesmo, só que isso foi em 30/09/2010, e todas as vezes que liguei para saber qdo poderia ir buscar o dinheiro , davam uma data, na data combinada, davam outra e assim foi até uns 20 dias atrás, quando a história mudou, disseram que era pra eu ir buscar a máquina, pois estava oxidada. Falei com a empresa hoje, 15/09, e depois de eu dizer que estava cansada de td isso e que ia ao Serviço de Atendimento ao Consumidor, pediram pra eu ir no final do mês receber a metade do valor que eles querem pagar, ou seja R$150,00 e depois (não sei quando) o restante, R$150,00. Como devo proceder, quais são os meus direitos nesse caso, se completar um ano, perco meus dreitos??? obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 19:58
    Enviado por: edson souza

    eu de devia R$4.500.00 em uma fatura do credicard itau e mais 4 parcelas de r$ 180.00 liguei negociando a atendente negociou tudo comigo a ponto de R$ 4.800.00 no proximo mes ja me veio uma fatura combrando novamente a quem devo procurar ja q a dois anos eles me ligam constantemente pra cobrar e ainda colocaram meu nome em serviços de proteção ao credito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 13:01
    Enviado por: MARIA CAROLINA ZAVITSANOS VLAHOS

    ENTREI NA FACULDADE E NO DIA DA MATRICULA ME FIZERAM ABRIR UMA CONTA NO REAL, DIZENDO DE ISENÇÃO DE TAXAS, NUNCA UTILIZEI O BANCO, NUNCA RECEBI NADA DO BANCO, E AGORA COLOCARAM MEU NOME NO SCPC, POR UMA DIVIDA DE 506,36 RFERENTE A UM CONTRATO QUE NUNCA VI, ACREDITO QUE SEJA REFERENTE A TODAS AS TAXAS COBRADAS NA CONTA QUE NUNCA UTILIZEI. O QUE FAÇO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 02:56
    Enviado por: Gilsiele

    Quando fui abrir conta-salario no Bradesco eu solicitei que abrissem uma conta poupança, a pessoa que abriu a conta me informou que todos mês ia ser descontado na minha conta-salario R$ 50,00 e ia direto para conta poupança.
    Então eu percebi que todos mês eles retiravam esse valor. Quando meu filho adoeceu, fui sacar esse valor da minha conta poupança,percebi que não havia nada na conta e mais não foi aberta uma conta e sim foi feito um Título de Capitalização.Fui até o gerente do banco e conversei com ele , o mesmo me informou que eu entendi errado e que não poderia me devolver esse dinheiro , já que são 4 meses que eles estavam me cobrando. Eles só vão me devolver o dinheiro daqui um ano.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2011 - 14:43
    Enviado por: Luiz

    Comprei um equipamento de Informatica no meu cartao
    Passou o mes e o valor não veio na fatura, mais outros valores comprados no mesmo dia vieram.
    O que faço ? Espero a próxima fatura ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2011 - 02:47
    Enviado por: Marcos

    Olá, no dia 14/09 foi feito um débito automático indevido em minha conta, no valor de R$ 153,38 como pagamento de pedágio da empresa Sem Parar/Via fácil CGMP. Entretanto, nunca fui cliente dessa empresa, e nem sequer alguma vez paguei pedágio com cartão ou débito em conta(nem mesmo circulei em praças de pedágio da referida empresa).

    Descobri apenas no dia 18/09, e imediatamente cancelei o débito mensal que foi programado incorretamente, mas o primeiro pagamento foi debitado. Não houve nenhuma outra irregularidade na conta bancária desde então.

    Entrei em contato com o SAC da empresa e sua Ouvidoria, e não fui ressarcido.

    Minha pergunta é a seguinte:

    Devo entrar no JEC contra a empresa de pedágio ou contra o Banco? Posso requerer devolução em dobro, uma vez que se trata claramente de cobrança indevida?

    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2011 - 11:22
    Enviado por: Andreas

    Ao estourar meu pneu do carro, procurei uma mecânica que trocasse o mesmo. Chegando lá disseram que meu aro estava empenado, que a suspensão estava quebrada. Até ai eu iria pagar 900 reais. Mandei trocar. Na hora da cobrança me foi apresentado um valor absurdo de 2280 Reais. Como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2011 - 18:27
    Enviado por: jorge

    comprei um auto financiado em 48 meses(bv financeira) já paguei 46 parcelas. tenho direito ao ressarcimento das taxas de emissão de carne em dobro e com juros e correção?
    se eu atrazar 3 dias o pagamento ligam me cobrando, se no carnê vem descriminado a cobrança de multa por atrazo e juros diarios, ninguem atraza por quer!
    obrigado pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2011 - 03:44
    Enviado por: felipe

    minha mae fez uma compra em um mercado no valor um pouco acima de 200 isso em maio,agora olhando na cobrança do cartao de credito viu q sua conta foi parcelada em 22 vezes na qual seria ela pediu em 2 vezes . isso ta prejudicando ela, essa compra ta sendo cobrada em 800 reais, ela achou o cupom fiscal,o q fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2011 - 03:49
    Enviado por: Alex

    nao entendi nada? Procure o Procon.Valeu!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2011 - 18:43
    Enviado por: Danielle

    Em dezembro entreguei documentação para um plano de saúde, só que passaram-se 8 meses e nada de cobrança, fiz outro plano de saúde e no outro mês a cobrança veio, no entanto o primeiro plano de saúde resolveu cobrar R$ 300 e poucos reais como se eu tivesse usado, mas quando precisei não fui atendida pq não possuia plano de saude, nem carteirinha tinha, qual o procedimento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2011 - 11:21
    Enviado por: Vera

    Gostaria que me informase como posso proceder
    diante do absurdo que me aconteceu.
    Fui comprar um remedio na farmacia pague menos em
    Curitiba, perguntaram se eu tinha cadastro, disse que só meu
    marido. O remedio custava 28,60, mas se meu marido tem cadas
    tro o remedio sairia pela metade do preço. Fui pagar com o
    meu cartão da poupança da caixa debito. O caixa chamou a
    fiscal ela acinou o papel da máquina e disse que não saiu,
    teria de passar novamente. Para não bloquear pois tinha pos
    to a senha peguei o cartão da caixa com conta conjunta do meu
    marido. Aí saiu o papelsinho, mais fiquei desconfia
    da pois meu cartão de poupança nunca deu problema. Fui no boticario, comprei um shampu e saiu o comprovante sem problemas. No decorrer da semana fui tirar o extrato dos dois
    cartões e estava os dois debítos em cada um com horario de um minuto de diferença, mesma hora mesmo dia.
    Levei os extratos na farmacia para eles me
    devolverem o dinheiro. Disseram que não poderia dar o dinhei
    ro que iriam verificar na rede de Fortaleza para depois me pagarem. Sei que é pouco, mais é meu, e se deixo acontecer este tipo de problema, estarei ajudando estes caras a inven
    tarem sempre mais golpes para dificultar as pessoas de recla
    mar os dinheiro cobrado indevidamentel Agradeço por me ajudar, espero breve o email para saber o que fazer. Temos de sermos juntos senão não consiguiremos mais viver neste pais cheio de injustiça. MUITO OBRIGADA !!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 18:29
    Enviado por: Cartão de credito

    Eu tinha uma fatura do Cartão visa no valor de 15.138,47 que vence no dia 11/10/2011, paguei a fatura atraves de boleto bancario no dia 04/10/2011. e logo apos liberaram meu cartão de credito.
    Acontece que no dia do vencimento 11/10/2011 o banco debitou na minha conta o mesmo valor 15.138,47.

    No mesmo dia entrei em contato com o administradora do cartão, e fui informado o seguinte: que eles iriam verificar e caso procedesse me devolveriam o dinheiro em 5 dias uteis.
    O problema é que esse dinheiro esta me fazendo falta para pagar outras despesa, e alem disso o banco ira me cobrar juros pelo saldo devedor. PERGUNTO:
    Posso abrir uma ação contra a administradora, pedindo indenização das despesas e danos morais, para isso preciso contratar um advogado ou eu mesmo posso abrir o processo no forum de pequenas causas. OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2011 - 10:24
    Enviado por: bruna

    eu comia de marmita comi por 4 meses e paguei certinho agora ja faz 3 meses que parei pois enjoei da comida e agora eles estao me cobrando o mes de julho o meu ultimo mes so que como ja faz 3 meses a semna passada faxinei minha bolsa e joguei comprovantes de cartao de supermercados e tambem esse da marmita e agora como vou provar eu nao vou pagar de novo alguem me ajude com alguma resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 08:38
    Enviado por: Graciele Santos

    Bom dia, Gostaria de uma informação.
    Eu moro de Aluguel, e paguei errado meu boleto, fiz o pagamento duas vezes.
    Paguei pela net mais deu erro, ai eu fui no banco fazer o pagamento e deu certo, quando eu entrei na net para ver meu saldo, eu vi que tinha sido descontado 2 vezes a mesma coisa.
    Liguei para minha imobiliaria, e eles não sabem onde esta o dinheiro, liguei no banco e foi informada a mesma coisa, ja faz 10 dias e nada ainda., agora o banco disse que tenho que esperar mais 15 dias.
    Ja passei extrato da minha conta, e os boletos pagos, e não sei mais o que fazer. Estou precisando muito do dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 23:08
    Enviado por: Danielacristina das graças

    moro em um barraco de tres comodo,não tenho muito eletro domestico,e minha luz esta vindo um absurdo um mês veio 340,00 e no outro veio mais alto ainda 6202,43,eu ganhando um salario minimo como é que vou pagar este abisurdo,sendo que gastei apena 70 de consumo…o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 23:23
    Enviado por: felippe

    Boa noite recentemente descobri que tenho um problema financeiro o qual não sei como resolver

    Possuo conta no banco Santander, sai da empresa a qual depositava meu salario em Junho de 2011 e praticamente deixei de movimentar a conta, mas como tinha dinheiro na mesma sabia que o banco cobraria taxas pela conta em aberto. Nunca tirei extrato da conta, movimentava somente o meu salario e um outro deposito de conhecidos. Recentemente recebi uma carta do SCPC dizendo que meu nome estava incluso em seu banco de dados. Entrei em contato pelo telefone fornecido na carta com o Santander e descobri que em meu nome existem 3 empréstimos que nunca fiz.

    Um de 500,00 14/04/2011 em 12 x
    Um de 902,10 14/04/2011 em 48 x
    Um de 2500,00 25/02/2011 em 18 x

    Não sei como provar se é que é possível que os empréstimos não são meus, nunca assinei documento nenhum de empréstimo

    Sei que há como fazer empréstimos pelo caixa eletrônico, mas para isso é necessário a senha ,a senha de segurança acredito eu fora o cartão. Caso meu cartão tenha sido clonado com este objetivo (hipótese, pois nunca veio nenhuma compra indevida no mesmo) como provar que não fiz os empréstimos e posso entrar com algum tipo de ação contra o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/10/2011 - 00:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça um boletime de ocorrência, por via das dúvidas, relatando fraude, e depois procure um advogado para tentar negociar com o banco uma solução para o problema.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/10/2011 - 17:58
    Enviado por: Ewerton Baroni mussi

    Fui fiador de um veiculo a tres anos a trais,da qual foi devolvido na 3 parcela, neste tempo mudei de casa, agora o banco santander esta cobrando uma divida de 6,900 da qual eu nea tenho nem um comprovande de ste veiculo ja liguei varias vezes e eles nao tem o documento de quando foi leiloado o veiculo por quanto foi en dinheiro e eles lancarao meu nome no serasa o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2011 - 00:43
    Enviado por: fabio rodrigo

    ahe galera preciso de ajuda aguem sabe o que significa a cobrança no cartão hipercard e se e correta a cobrança?

    12/set mer. 01/04 8,95 e em baixo
    12/set principal* 7,64 e depois
    12/set juros* 1,31

    o pior que em baixo na fatura esta escrito *valores assinalados não compõe saldo a pagar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2011 - 23:00
    Enviado por: Gustavo Henrique bosesky Bayma

    Como faço o calculo para esta cobrança tipo
    valor da compra R$30.000,00
    valor entrada R$19.000,00
    valor total do credito R$ 11.656,53
    valor da parcela R$ 500,83
    taxa de juros anual, 34,95%
    taxa de juros mensal 2,52%
    Qt de parcelas 36
    IOF 156,53
    TAC 500,00
    tarifa de cobrença por boleto bancario R$3,90

    1-qual valor que vou pedir?
    2-a tarifa de R$3,90 p/ boleto é ilegal entra nos calculos
    3- como é feito esse calculo, gostaria de saber?
    obrigado e aguardo contato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2011 - 17:56
    Enviado por: ewerton nogueira

    ao fim do pagamento de um carne de um carro tem como aver ressarcimento dos valores pagos? e como posso fazer isso?.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2011 - 22:32
    Enviado por: ivon de brito

    boa noite fiz uma compra em uma loja mais as parcelas vienram muito alta eu liguei para o cartão de credito e meaviram que eu podia fazer um estorna na loja onde efetue a compra e pedi a troca da compra em menas vezes era em 4 vezes sem juros mas paquei as 4 de 700,oo e o cartão continua a cobrar as parcelas antiga ante do estorno o gue devo fazer ja que não posso pagar porgue os juros estão muito alto e os advogados gue procurei particulares me informaram gue teria gue pagar para poder mover uma ação ja liguei varias vezes para o cartão e disseram para desconsiderar mas virou uma bola de neve e todo mes vem cobrança alguem pode me dizer por favor como agir desde ja agradeço.5

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2011 - 17:51
    Enviado por: Marcia

    Boa tarde!

    Recebi minha fatura de telefone Livre e veio várias cobranças em dias e horários que não utilizei o telefone. Reconheço o número mas não fiz as ligações. Já liguei lá e reclamei mas eles informam que eu tenho que pagar e que eu fiz as ligações e pronto, mesmo o aparelho Livre registrando as ligações, eles dizem que já foi analisado e que eu realizei as ligações e pronto, tenho que pagar.
    Um absurdo. Alguém sabe onde posso conseguir ajuda???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/10/2011 - 00:04
    Enviado por: Lia

    Bobagem entrar na Justiça contra bancos por descontos indevidos. Juízes dizem que foi só erro, equívoco, estorno feito meses depois não enseja devolução em dobro. só se provar que o BB agiu de má-fé.

    Má-fé e gente estimulando as pessoas a entrarem na Justiça, gastar com advogado, para, no final, juiz dizer que o desconto existiu mas foi só erro, sem má-fé do BB.

    Parem de falar em direito do consumidor! Contra bancos isso não existe. simples assim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2011 - 10:24
    Enviado por: Keila

    Bom dia no dia 28/10/11 paguei um boleto e depois fui observar que não sabia do que si tratava e em cima o cedente e em nome de pessoa fisica a quem deve recorrer pra poder retornar o meu dinheiro ( ao procon ao banco ???) Agaurdo me ajudem .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2011 - 21:52
    Enviado por: Rodrigo

    Boa noite,Paguei uma fatura do cartão no mes de agosto que tem desconto na folha de pagamento. o valor era de R$ 150,00. Paguei R$100,00 e os R$ 50,00 foi descontado na folha de pagamento.No mes seguinte veio a fatura do que eu tinha consumido, mais os R$100,00 que eu tinha pago o mes passado com juros mora de R$ 6,00 de financiamento,paguei esta fatura para não ficar atrasada.o que devo fazer,cabe danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/11/2011 - 08:17
    Enviado por: risangela

    Bom dia, gostaria de saber o porque da minha fatura do mês de novembro veio o valor total que é para ser pago? se no mês de outubro eu paguei um valor de RS 90,00 a mais, já que na fatura constava RS381,.. e informando que eu não havia pago a fatura do mês 09 de RS90,34 por isso que veio na fatura de outubro esse valor de RS381,.. paguei pois como o correio estava em greve solicitei a fatura por email o qual não vem constando os valoras e locais gastos,e após o recebimento da fatura pelo correio constatei que meus gastos foram de RS294,.. liguei para central de atendimento informando o valor que eu havia pago no mês de outubro pela cobrança a mais que vocês fizeram e ela falou que o valor pago a mais por mim de RS90,.. iria ser descontando na fatura do mês 11 o qual não foi descontado, vindo o valor de RS129,.. que descontando os noventa reais que eu paguei no mês 10 ficaria um valor de RS39,..
    Gostaria que vocês tomassem as devidas providências enviando o valor correto a ser cobrado com o desconto do mês 10 já que paguei a mais e estou no prejuízo.Caso não seja resolvido infelizmente vou ter que cancelar os meus cartões da credicard já que estão vindo valores indevidamente cobrados na minha fatura.Por favor entrem em contato o mais rápido que voces puderem para resolver eese problema.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/11/2011 - 23:39
    Enviado por: Thiago Lobo

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida.

    Hoje fiz um contrato de quitação de dívidas com o banco santander, nele se encontravam todas as minhas dívidas perante ao banco. Todas somadas para pagamento com desconto à vista. Isso foi o que me informou a atendente que fez o contrato. Porém foram descontadas da minha conta corrente 10 parcelas de um empréstimo consignado, que foi incluso para pagamento no referido contrato. Ou seja fui cobrado duas vezes pela mesma dívida.Isso sem contar que se fosse para cobrar nem seriam 10 parcelas pois não havia tal quantidade em atraso. Nesse caso como devo proceder? Obrigado…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2011 - 07:39
    Enviado por: aloisio

    bom dia,fiz uma compra no mercado livre de tres aparelhos de celular,os tres custaram 700,97 paguei com o cartão de credito pelo mercado pago e desde do dia 06/10 que não recebo os aparelhos.no começo até o pagamento ser aprovado o vendedor respondia os himail,agora mais nada.não posso negtivar porque devido a greve dos correios o pazo passou,o que devo fazer?o mercado pago e sertamente tem vinculo com o mercado livre não deveria se responsabilizar,já que ele que libera o dinheiro,e agente como fica,o que devo fazer,min ajude com alguma solução por favor.obrigado,fico esperando.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/11/2011 - 01:05
    Enviado por: rodolfo

    comprei uma moto finaciada em 48 partcelas de 227,54 tenho direito de receber algo, ja terminei de pagar todas as parcelas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2011 - 17:24
    Enviado por: Luiz Alexandre Souza Jaime de Pina

    Alguem pode tirar essa dúvida minha ?! Fui em uma boate aqui em goiania onde minha conta deu 180 e paguei 150 no cartão.Os 30 restante meu amigo ia passar pra mim no dinheiro e ao passar os 150 a mulher disse estar faltando 300 e só após toda a confusão ela foi ver seu erro.Voltei lá uma semana depois e estava com restrição na casa pois estava no sistema que eu não havia pago.Tenho comigo o comprovante do pagamento com o dia e o valor.O que devo fazer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2011 - 18:57
    Enviado por: Elielton Rodrigues de Souza

    boa tarde.

    Esse mês fui a um despachante para retirar as taxas anuais obrigatórias do meu veiculo, e o despachante inverteu a ordem do numero da placas e acabou saindo a taxa de outro veiculo e outro proprietatio, só percebi o erro após pagar as taxas,
    eu gostaria de saber se o detran do meu estado pode corrigir o erro, ou o despachante que emitiu as taxas tem responsabilidades de culpa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 11:17
    Enviado por: natalia

    Ola…sera q algm pode me ajudar?
    j ano mes passado,outubro, veio uma cobrnça da editora abril,no qual nao permiti em meu cartao de credito.entrei em ctt e eles teriam dito o cancelamnto, neste mes paguei a fatura ,pois eh em cconta corrento, e veio apos a fatura com a cobranças, no ql fiz o pgto, devo procurar o procon?eu tento lgr la, mas ngm atd, e como ele irao me ressarcir?
    eu trab num advocacia , e eles me disseram p ir ao forum.terei q fazer isto mesmo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 19:04
    Enviado por: vinicius lemos rangel

    Boa noite senhor fiz uma compra pelo site vitaminsurbano de um produto por 124,94 reais ao contactar meu cartao um atendente me disse que a empresa descontou 219,00 e que se tratava de uma empresa americana pedi que cancelassem a compra pois se tratava de um roubo um site mal intencionado a operadora visa nao quer cancelar o que devo fazer????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 21:44
    Enviado por: lidia

    por favor preciso de uma carta de contestação!!!
    em minha conta dero entrada de um cheque tres vezes com o mesmo numero!!!
    para me devolverem o meu dinheiro que eles me roubaram tenho q passar uma carta de constestação!!!
    como fazer uma???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2011 - 20:55
    Enviado por: fernanda

    meu contrato com o servidor venceu a 2 meses, mas no contrato diz q seria automaticamente renovavo se nenhuma das partes se manisfestasse p interromper, e em uma das clausulas diz q no termino do contrato, será sujeito a reajustes, minha mensalidade é 70 reais, mas a um bom tempo diminuiu o valor para 55 reais, mas ainda continuo a pagar 70 reais, eles nao teria que diminuir minha mensalidade, de acordo com o que esta no comercio hoje?
    resumo: qd fiz o contrato o serviço era 70 reais e hj é 55, como terminou meu contrato e foi renovado, devo continuar a pagar os 70?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2011 - 21:26
    Enviado por: Denir

    Boa Noite. Gostaria de uma orientação. Sou estudante universitario em uma universidade particular, reprovei de uma matéria não presencial e fui orientado a pagar a rematrícula somente para poder fazer a prova que é on line e assim poder colar grau, fui orientado que seria ressarcido da rematrícula e que nao precisaria efetuar mais nenhum pagamento, o ressarcimento realmente aconteceu, porém já tem cinco mensalidades em aberto e meu nome foi incluído no SPC e SERASA sem nenhum aviso por escrito. E eu só descobri quando fui até meu banco e fui informado que nao poderia ter uma conta especial porque tinha restrição no meu nome. O que devo fazer? Ja entrei em contato com faculdade por telefone, já que moro em outro estado atualmente.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/11/2011 - 17:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pagar op que deve. É a única forma de retirar o nome dos cadastros. Tente renegociar a dívisa com a ajuda de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/11/2011 - 10:18
    Enviado por: Isabela

    Bom dia. Vou entrar com uma ação contra a Cemig, pois veio uma cobrança no valor de 3x o valor normal das minhas contas. Entrei em contato com a Cemig 8 vezes e não consegui resolver o problema. Minha luz foi cortada o que gerou muita complicação, pois também trabalho em casa. Eu tive que pagar a conta que veio errada para eles religarem a minha luz. Poderiam me auxiliar o que fazer nesse caso? Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 20:20
    Enviado por: Marcio Uehara

    Venho solicitar ajuda por meio deste site, pois já tentei por diversas vezes tentar em contato com a American Express para tentar resolver o meu problema, e eles me reembolsam, depois cobram de novo, e até agora nada.

    Me ligaram perguntando se eu fiz uma compra na loja Hobbystar de Campinas no mesmo dia. Logo disse que nunca tinha ido nesta loja e o cartão de crédito se encontrava comigo.
    Me disseram que iriam desconsiderar na fatura, e que iria abrir um processo para verificar o que aconteceu.

    Paguei a primeira parcela da compra (a compra que alguém fez neste loja foi feita em 6x) no primeiro mês.
    Pague a segunda parcela e me reembolsaram 2, no segunda mês.
    Aparentemente tinham resolvido.

    No terceiro mês fizeram uma bagunça no meu cartão.
    Cobraram as 4 parcelas restantes
    Depois devolveram as 6.
    Depois cobraram as 2 primeiras.
    E por fim cobraram a primeira NOVAMENTE.!!!!

    No quarto mês, cobraram a segunda parcela novamente.

    Agora no quinto mês estão cobrando a terceira novamente.

    Já me mandaram uma carta na minha residência, onde a suposta loja, enviou um suposto comprovante que nada tem a ver com a minha assinatura, e solicitaram que eu enviasse um E-mail e/ou um FAX informando que não fui eu que fiz a compra.
    Mandei todos os documentos conforme solicitaram.

    E até agora estão me cobrando por uma compra que NÃO fiz.

    O que devo fazer? ir no Procom?
    Sem mais,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2011 - 00:01
    Enviado por: juselino

    informação
    fis uma compra no cartão de 1.372,00 em 10 vezes
    data da compra 24/11/2011
    da de cancelamento da compra 26/11/2011
    por telefonico tenho o numero do protoloco
    a empresa so faz a devolução depois de duas faturas pagas
    isto é correto?

    a compra foi feita pela internet

    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2012 - 19:22
    Enviado por: cleyciane sampaio

    Boa noite. Preciso de uma orientação, fui vitima de estelionatários que fizeram um cartão de crédito em meu nome, e contrairam uma divida de R$433,00, fui ao procom 2 vezes e a empresa carrefour nao retirou essa divida de meu nome. Agora entrei com processo contra a empresa, a audiencia sera dia 21/03. Gostaria de saber como devo proceder,qual o melhor argumento para expressar o dano moral que sofri, a humilhação de ser negativada em compras e banco,de quanto será a indenização que devo receber. aguardo resposta, grata, cleyciane.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/03/2012 - 21:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos ajudar. Não é pela internet que você vai procurar argumentos e embasamento para uma ação judicial. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/09/2012 - 10:22
    Enviado por: Lanna

    Oi ? Me esposo fez uma pos em uma faculdade ( FIC CE) há 4 anos em 2008 . Hj se encontra com nome no Serasa e sendo cobrado indevidamente . Hj ele não tem mais os comprovantes de pagamento ( muito tempo se passou e se essa divida existisse mesmo que esta fosse cobrada antes !!! E nunca foi . ) hj ta com multas etc . Ele foi na faculdade e se negaram a da o documento constando os meses em atraso !!! Essas contas todas foram pagas , mas como provar sem os comprovantes ? O q fazer ?

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: