Estado.com.br
Quinta-feira, 31 de Julho de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

E quando o carro novo tem defeito?

Categoria: Assunto do dia

ELENI TRINDADE

Quem compra carro zero acreditando que não vai passar perto de uma oficina mecânica tão cedo, não está livre de decepções com o veículo. Somente no primeiro trimestre do ano o Procon de São Paulo recebeu 51 reclamações sobre carros nacionais zero quilômetro – 30 delas foram classificadas como produto entregue com defeito. Na coluna Advogado de Defesa esse tipo de queixa também é freqüente. Nos meses de maio e junho chegaram 22 e-mails sobre defeitos em carros nacionais novos.
O Fiesta zero de Fabiana Rangel de Andrade, por exemplo, apresentou defeitos quatro dias depois da compra. “Começou a vazar óleo do carro e tive de levá-lo para a concessionária”, conta ela. “Fiquei muito decepcionada porque adquiri um carro novo que deveria estar em excelentes condições de uso.”
Em resposta à queixa de Fabiana, a Ford respondeu que ela foi atendida por um distribuidor autorizado e que o caso foi esclarecido. Segundo a consumidora, o veículo passou mais de 20 dias na concessionária até que houve a troca de uma peça do motor. “Embora o carro não esteja mais com problemas, quem se responsabiliza pelos transtornos que passei?”, diz Fabiana.
Márcia Christina de Oliveira, supervisora da Área de Produtos e Serviços do Procon de São Paulo, explica, que quando surge um defeito, a empresa tem 30 dias para consertá-lo. Se o conserto não é providenciado, o consumidor pode exigir a troca do bem, a devolução do dinheiro ou abatimento no preço.
“O que temos visto com mais freqüência no Procon, porém, são acordos entre as partes. As empresas fazem propostas de reparo efetivo no carro e estendem o prazo de garantia. Muitas pessoas concordam, mas é bom lembrar que a decisão é sempre do consumidor. Se ele quiser a troca do carro, deve acionar a Justiça”, afirma Márcia
Todo produto durável tem garantia de 90 dias, conforme prevê o CDC. No caso da garantia contratual (oferecida pela empresa), existem regras específicas. “Na compra do carro, o consumidor deve se informar sobre prazos e restrições da garantia para diferentes partes do veículo como motor, câmbio e carroceria e também sobre situações que podem levar à perda da garantia, como mudanças na estrutura do carro para instalar acessórios.”
Saiba quais são as garantias
Há casos em que os defeitos não são decorrentes de mau uso ou desgaste de peças (vícios ocultos). “Nesses casos, mesmo que tenham acabado todas as garantias, o consumidor pode exigir a reparação do veículo à fabricante”, explica Maíra Feltrin, advogada do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).
Se não houver acordo, será preciso procurar a Justiça. “Para isso é preciso reunir uma série de documentos, contratar advogado e entrar com uma ação pleiteando a devolução do dinheiro ou a troca do carro, o que pode levar anos”, explica Antonio André Donato, advogado especializado em Direito do Consumidor.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

189 Comentários Comente também
  • 14/07/2008 - 19:43
    Enviado por: nilza fabiano silva

    Gostaria de saber se a loja também é responsável,pois tomando conhecimento desses ,alega ignorar os direitos do consumidor?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2008 - 21:46
    Enviado por: ANDERSON DE ALMEIDA CORRÊA

    A/C,

    Estadão,

    Por gentileza,necessito de uma orientação para conseguir alcançar meus direitos.
    Diante disso tomei a liberdade de escrever para pedir uma orientação sobre garantia de veículo usado adquirido em concessionária.
    Estive na concessionária Ford Mix, do grupo Sinal Veículos, localizada na Av.Alcântara Macharo, no Belezinho, onde fiz reclamação sobre problemas apresentados no veículo adquirido no dia 25/4/2008.
    Mas para minha surpresa, fui informado na concessionária que a garantia é só para câmbio e motor e que a mesma estaria se extinguindo no dia 23/07/2008 e eles poderiam como cortesia oferecer apenas a mão-de-obra dos defeitos relacionados por mim.
    Devido a este fato, me dirigir ao PROCON em Guarulhos, na qual foi emitida a reclamação e então levei a concessionária e a mesma foi protocolada pelo gerente Sr. Marcelo Marques no dia 10/07/2008.
    Devido a esses fatos, as minhas dúvidas são as seguintes: ele tem 10 dias úteis para responder ao PROCON, mas esses 10 dias úteis se dará no dia 23/07/2008, que é o último dia da garantia. Nesse caso posso ser prejudicado?? Eles estão corretos em relação a garantia de câmbio e motor apenas??? Caso eles não entrem em acordo neste período que providências devo tomar??? Existe alguma outra providência que devo tomar para me antecipar aos fatos caso a resposta seja negativa??
    Venho por meio desta, solicitar se possível,que o senhor podesse comparecer juntamente comigo na concessionária, ou me orientasse da melhor forma possível.
    Segue em anexo, a carta direcionada ao PROCON e segue abaixo o e-mail da concessionária informando que só tenho direito a garantia de câmbio e motor.

    Desde já agradeço a sua atenção,

    Atenciosamente,

    Anderson de Almeida Corrêa
    e-mail: andecorrea@ig.com.br / v0403020@duloren1.com.br
    Fone:(11) 9687-0835 / 6452-8166 / 6452-9747

    Resposta da Ford Mix:
    —– Original Message —–
    From: marcelomq
    To: andecorrea@ig.com.be
    Cc: penna@sinalveiculos.com.br ; Gerson Lima
    Sent: Tuesday, July 08, 2008 4:58 PM
    Subject: Garantia Doblo.

    Sr. Anderson,

    Boa tarde. Conforme combinado verificamos a sua solicitação, e percebemos que nenhum dos problemas relatados pelo senhor se enquadram na garantia acordada(motor e cambio).
    Como já mencionado em nossa conversa, o seu prazo de garantia esta para se extinguir demonstrando que o senhor esta com a posse do veículo aproximadamente 90 dias e que os problemas(amortecedor / radiador / injeção) podem decorrer devido ao uso (desgaste) e possível uso de combustível de má qualidade.
    A Ford Mix tem a intenção de atende-lo como nosso cliente e gostaria de oferecer como cortesia a mão de obra para solução dos problemas elencados, lhe restando o custo das peças que se fizerem necessário.
    Me coloco a sua inteira disposição para maiores esclarecimentos.

    Marcelo Marques
    Gerente Vendas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/07/2008 - 19:14
    Enviado por: josé luiz machado rodrigues

    olá, gostaria de saber que medida deveria tomar, pelo fato de que adiquiri uma moto, no mês de janeiro, e a mesma apresentou defeito no 1º mês de uso, de janeiro até agora, a moto passou mais tempo na oficina do que em minhas mãos, já tentei entrar em acordo com a empresa que me vendeu a moto, mas a mesma se nega e diz que por ex. que agora a moto esta perfeita, e nessa lenga-lenga, já se passaram 6 mês, inclisive, esta ultima que ela foi para a oficina, já faz mais de 30 dias.
    E eu cansei disso tudo e não quero mais a moto.
    Qual o procedimento que devo tomar, e se isso poderá demor muito, pelo fato de que a mesma é financiada, e tenho que continuar pagando as parcelas para evitar que meu nome vá para o SCPC.
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/07/2008 - 08:00
    Enviado por: Cláudia Maria Tojal Schiavinato

    Olá. Acabo de ler o comentário de Maíra Feltrin, advogada do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor e tenho uma dúvida a respeito. Meu carro, um Ford Focus, adquirido no começo de novembro de 2007, na agência Forte Ford de Campinas, ou seja, com 9 meses de uso e menos de 15 mil quilômetros, já foi para a concessionária 4 vezes, além da revisão dos 10.000. Desta última (ficou marcado para retirar o veículo hoje) disseram que era um problema nos bicos, mas constataram que uma das velas quebrou, caiu no motor e acabou dando defeito, o que gerou a necessidade de troca do motor e da documentação do carro. Enfim, eis minha dúvida: como a garantia do carro vence daqui a três meses, fui informada que a garantia do motor, apesar de ser novo, vence com a do carro. Como disse a advogada, se daqui a dez meses, ou menos, meu carro apresentar novamente um defeito “não decorrente de mau uso ou desgaste de peças” – haja vista já terem sido muitas as idas à oficina sem serem por essas razões – terei a garantia com base apenas nos registros da concessionária?
    Obrigada
    Cláudia Maria

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/08/2008 - 13:12
    Enviado por: Iara Faraj

    Por favor, comprei um carro zero da Chevrolet e na 1ª semana de uso o carro apresentou uma dificuldade muito grande de pegar pela manhã. Depois que o carro pegava não ficava mais com esse problema, era só pela manhã. Eu estava querenco trocar o carro e não concertar este, pq comprei e paguei à vista, gostaria de um automóvel sem defeito, mas na concessionária me falaram q eu não tinha o direito de um outro carro e eles tinham 30 dias pra concertar. É esse o prazo, não tenho direito a um novo, e se eles não tirarem o defeito o q devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/08/2008 - 08:41
    Enviado por: Fernando Gustavo COrrea de MElo

    Olá!! Olha comprei um Sandero 1.6 privilegi zero km e o mesmo desde que saiu da concessionária apresenta defeitos na partida. Já foi para autorizada 4 vezes e o problema nao é resolvido. Gostaria de devolver o carro, como devo proceder???? Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2008 - 11:59
    Enviado por: kelly

    Ola pessoal, gostaria se saber se alguem pode me ajudar comprei uma moto (intruder suzuki 125 ano 2006) seminova a loja que comprei so me deu garantia de motor e cambio, no mesmo dia que eu peguei a moto ela desligou na pista ja era de noite e ate ir em casa e voltar na loja ja tava fechada e tb imaginei que estava sem muita gazolina,no dia seguinte coloquei gazolina e a moto pegou normal por 30 dias quando foi dia 31 a moto falhou denovo como a garantia era motor e cambio eu nao levei na loja levei na oficina e o mecanico me disse que era abateria troquei,andei mais 15 dias a moto falhou denovo so pega no tranco se alguem correr com ela ou se alguem me empurar nela cometei com o dono da loja ele disse que eu tinha que ver onde eu tava levando a moto se era de confiança ,so que e sim pq eu tenho outra e nunca tive problema nessa oficina, enfim estou pagando a moto tudo certinho to na indo pra 5 parcela fiz ela em 36x e é um veiculo que nao me da segurança,liguei na loja e falei pro dono da loja que tenho as notas de todas as peças que ja troquei e que ainda era no prazo da garantia que se ele nao rezolver que eu vou entrar com um processo contra loja,ele depois disso ofereceu pra arrumar so que os mecanicos dele nao sao de muita boa qualidade, pq no dia que eu comprei nem sabiam me explicar o que era cada peça da moto o onde estava por exemplo o afogador farol alto baixo etc.assim nao queria levar pro mecanico dele arrumar e sim na autorizada mais ele nao quer ou queria trocar por uma moto da honda mais antiga so que no mesmo valor nao consiguo vender a moto tb pq ele da esses problemas e nao posso vender algo assim pra pessoas gostaria de ver se vcs podem me dar alguma ajuda tenho as notas das peças que ja troquei dela e que tudo estava ainda no prazo da garantia de 3 meses obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/09/2008 - 11:14
    Enviado por: Cesar

    Esse país é realmente uma piada. Levar anos pra resolver um problema que já está previsto por lei. Vamos deixar o Lula por mais alguns anos não é mesmo? Kd. a reforma do judiciário???????????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2008 - 11:00
    Enviado por: Ricardo

    Bom dia,

    Comprei um ford fiesta sedan, sendo q 1 mes depois da compra, percebi um problema nas portas e um barulho na traseira. Levei até a consecionária (meu carro ainda está na garantia), eles constataram o problema. Deixei o carro na consesionaria, dai eles me ligaram dizendo q eu já podia buscar o carro, quando cheguei lá, as portas estavam do mesmo jeito, eles me falarm q a porta era daquele jeito. Dai entao retornei a minha casa. Um mês depois me deparei com os mesmos problemas, e foi consertado novamente, dai chegou uma terceira vez. e fiquei sem carro novamente até o conserto do mesmo. Gostaria saber como faço, pois estou sendo lesado, preciso do carro pra levar meu filho à escola, fazer compras, tarefas do dia a dia, e eles nao me deram um carro reserva… Alem de tudo gostaria de saber tambem se posso obter um novo carro por conta deles, até porque nao posso ficar com um carro com problemas, e quando deixo meu carro para os reparos, fico gastando de meu dinheiro para locomoção. Nao preciso disso, pois deveria ter um carro em perfeitas condiçoes de uso!!!!!

    Gostaria se pudessem me dá essa ajuda,
    desde já agradeço,
    Ricardo Fagundes

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/05/2011 - 14:25
      Enviado por: MARILUCIA DA SILVA

      O comentário do Ricardo é o mesmo do meu, indignada pelo atendimento, pelo desrespeito, pois se adquirimos um carro é porque sabemos as nossas dificuldades até chegar ao trabalho, e tenho 62 anos e 33 anos de serviços, trabalhando ainda, estou decepcionada com a Chevrolet. Pois meu carro é 2011/2011 Celta.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/10/2008 - 16:16
    Enviado por: charles andrade

    Gostaria de saber se tenho direito de torca .
    tenho uma moto yes 125 suzuki ele vem dando defeito a 3 meses as revisoes estar em dia as pertaçoes tembem so que a moto fui na concerssonario para resolver e eles me disseram que tinha perdindo a garantia so porque torquei a maceneta da aceleraçao
    o que devo fazer entao

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2008 - 00:35
    Enviado por: alessandra miguel

    Ola, gostaria de saber qual o meu direito neste casso?

    Em 28/04/2008, realizei a compra de uma moto Vblade 250cc, na loja Mendonça motos – rua Lucaia, 292/278 Rio Vermelho – Salvador / Bahia.

    No dia 15/05/08 , ela simplesmente parou de funcionar e apresentava pontos de oxidação em diversos locais ; acionei o guincho da AT que encaminhou a moto para a loja citada, ao chegar na loja fui informada que no transporte por duas vezes houve a queda da moto em cima do guincho, danificando o tanque de combustível, pedal e retrovisor.

    A própria loja entrou em contato com a transportadora, resolveu o problema e fez o conserto.

    A moto retornou ok exceto os pontos de oxidações, mas no dia 04/07/08 deu novamente problemas, apresentando infiltrações no painel de instrumentos, lanternas e faróis, novamente o não funcionamento da moto, e mais locais oxidados.

    Foi solucionado somente o não funcionamento, pois me informaram que as infiltrações e as oxidações só poderiam ser solucionadas na revisão.

    Em 06/10/2008, acionei novamente o guincho, pois a moto apresentou grande vazamento de combustível, a moto foi transportada novamente a loja do Rio Vermelho.

    Entrei em contato com a loja solicitando a revisão, pois a moto já contava com 1100 km rodados. Informei ao setor responsável e ao mecânico , sobre os problemas apresentados anteriormente como: infiltrações e oxidações. Liguei para a loja e fui informada que a moto já se encontrava pronta e que eu já poderia retirá-la, e que a respeito da oxidação eles entrariam em contado com a Sundown para a troca das peças oxidadas . Ao chegar para a retirada da moto o tanque de combustível estava amassado (mossa), fiz a reclamação na loja e a mesma me informou que na ordem de serviço de retirada consta o amassado no tanque, sendo que , na minha via de ordem de serviço consta “…, obs:aranhão no nome do tanque,mossa na proteção da descarga,pedal com aranhões”.

    Informei ao mecânico o que realmente estava escrito na OS, o mesmo me informou que estaria entrando em contato para a solução destes problemas.
    E o pior apos todo este transtorno,a moto ainda esta com vasamento e com o tanque amassado.

    Gostaria de saber qual solução deverei tomando sobre estes problemas, pois adquiri uma moto de marca nacional, cujo nome SUNDOWN aponta como uma empresa de renome e confiança para nós consumidores, pois comprei uma moto 0km para não ter estes tipos de problemas.

    Gostaria de saber quais o meu direito neste casso ,pois não aguento mais entrar em contato com os mesmo e nada e resolvido, desde já obrigada.

    06/11/02

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/11/2008 - 23:55
    Enviado por: ANTÔNIO ONEIDE SETEMBRINO DE AZEVEDO

    Comprei uma moto SUNDOWN 125cc MAX 0 KM,estou com ela a 9 meses,só tá dando problemas,o painél não funciona,(conta giro,marcador de gasolina),os piscas funcionam quando querem,o cano de descarga enferrujou,o acelerador dispara,troco mais de 5 vezes por mes a lâmpada sinaleira trazeira,arrebentou o cabo da embreaguem,os parafusos estão sempre soltando,porque a moto tripida demais,pago 256,00 reais por mês em 42 vezes,me viro pra pagar e só me encomodo.Na primeira semana que peguei a moto já estourou a lona do freio dianteiro!Por favor,se alguém poder me ajudar,ou saber de alguém que possa,repasse essa minha msg,gostaria que alguém do procom me encominhasse,ou me orientasse no que devo fazer.Será que posso devolver o moto e pedir o dinheiro de volta? Meu telefone é: 05199285434- E-MAIL: ant.oneide@hotmail.com ONEIDE AZEVEDO-SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ-RS ABRAÇOS!!!!!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2008 - 12:21
    Enviado por: daniel

    OLA.GOSTARIA DE SABER MEUS DIREITOS NO CASO SEGUINTE. COMPREI UM UNO ZERO,EM UMA CONCESSIONARIA AUTORIZADA EM FORTALEZA.APOS 2 A 3 MESES,NOTEI QUE A PINTURA APRESENTAVA VARIOS DEFEITOS,COMO SE TIVESSE SIDO REPINTADA.VOLTEI A REVENDA E PEDIRAM PARA DEIXAR O CARRO,QUE IRIAM MANDAR POLIR COM ALGODAO.MAS NAO ADIANTOU. O QUE DEVO FAZER. GRATO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/12/2008 - 21:42
    Enviado por: Eduardo Hernandes

    Comprei um Novo Focus zero no dia 29/11/08 e ao tirar o carro do distribuidor (05/12/08) ele já apresentou defeito (indicador de problemas na injeção eletrônica acesa e mensagem motor avariado no painel, e algumas vezes não dá partida), no dia de hoje (08/12/08) meu carro foi guinchado para o distribuidor da Ford Mix Alphaville (o mesmo que me vendeu o carro) e no final da tarde fui informado de que o carro estaria consertado, porém no momento da retirada fui informado pelo consultor técnico da oficina que o carro voltara a apresentar o mesmo defeito. Estou muito decepcionado com a Ford, com o carro e com o atendimento da Mix. Agora quero meu dinheiro de volta, pois o carro foi entregue com defeito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/12/2008 - 18:34
    Enviado por: alex

    Comprei uma doblô adventure 1.8 em junho/2008, antes de fazer a primeira revisão aos 7.500km tive problemas com as pastilhas de freio, nas quais faziam um barulho de ferro com ferro, fiz a revisão e juntamente fiz a reclamação do freio, o atendente me disse que a pastilha seria gasta nas extremidades e que seria borrifado um produto para o chiado sair, depois de uma semana o problema persistiu, levei o carro devolta a concessionária, daí então trocaram as pastilhas de freio, depois de um mês de uso +ou- levei uma fechada de um caminhão e o freio não obedeceu de forma correta que seria o travamento das rodas, o carro simplesmente não travou as rodas, tive de pedir ajuda ao freio de mão, sendo que na mesma semana começou a dar problema na porta traseira esquerda onde o computador de bordo a acusava como aberta, depois de alguns km rodados as travas das portas começaram a abrir e fechar, levei nesse dia imediatamente a concessionaria, agendei no outro dia e o atendente ao me devolver o carro me disse que o óleo do sistema de freio havia sido sangrado para que “possiveis” bolhas de ar saissem do sistema e a porta traseira foi “regulada”, resumindo, os freio funcionam com um barulho de que a pastilha está em atrito direto com o disco, a porta traseira não fez mais barulho indicando estar aberta, mas também estou com dificuldades em abri-la, estou desgostoso com o carro, pois o comprei fugindo de uma porcaria de carro velho que vivia me dando problemas e agora o q devo fazer? estou com medo de qualquer hora o freio não funcionar e eu sozinho ou com a minha família sejemos vítimas de um acidente fatal ou não em razão destes casos acima relatados, preciso de ajuda, pois quero devolver este carro e ter meu dinheiro devolta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/12/2008 - 19:08
    Enviado por: tony sergio

    eu comprei um veiculo 05/06 onde o vendedor garantiu antes da compra a correçao de alguns itens so que nao foi feito assim e tive 24Hs pra reclamar se tinha outros defeitos.. foi feito a reclamaçao dentro do prazo e mesmo assim nao foi feito a correçao de todos somente alguns os mais simples.. agora a empresa nao quer arcar mas eu disse ao gerente e vendedor que so compraria com a correçao.. O MEU CARRO HOJE ESTA EM PODER DELES E NAO QUEREM DE FORMA ALGUMA ME DAR UMA ORDEM DE SERVIÇO DAS DUAS VEZES QUE ESTEVE LA e ja tem 5 dias o carro ta la em poder da concessionaria.. o carro ja pude constatar que tem vicios ocultos como entrando agua… e lembrando que ele nao quiz deixar andar no carro por que tinha que retirar muitos veiculos do patio pra retirar um veiculo pra uma voltinha que era uma autorizada VW e que tinha controle de qualidade que podia que ficar tranquilo… e o meu primeiro carro e pensei que poderia confiar na autorizada.. o carro tem mais defeitos que o do meu avo que e antigo 97 como devo proceder… sugeri a troca de veiculo amigavel nao queria ir pra justiça.. mas quais as minhas opçoes??? o veiculo retornou a concessionaria duas vezes em menos de 15 dias com problemas de motor cambio e outros… muitos defeitos para o ano do veiculo.
    obrigado…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/12/2008 - 22:49
    Enviado por: Alcione

    Por favor, comprei um carro zero da Chevrolet e na 2ª semana de uso o carro apresentou problema no motor (curto na unidade de comando). A concessionária tentou resolver o problema e no mesmo dia que me devolveram o carro, o problema se repetiu, no momento estão com o carro tentando consertá-lo. Estou querendo trocar o carro ou pegar meu dinheiro de volta. pq comprei e paguei à vista, gostaria de um automóvel sem defeito. Isso é possível no meu caso? E se eles não tirarem o defeito, o q devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2008 - 11:12
    Enviado por: fabricio gomes

    Prezados,

    E quando o individuo compra o carro zero e a cada semana volta consecionária por conta de defeitos que aparecem, EX: comprei com meu pai uam Parati Surf Modelo 08/08 e no mesmo dia da retirada o carro voltou por um problema no sensor do óleo, na semana seguinte o carro voltou pq estava com a injeção fria desrregulada o que fez o carro “afogar” , ou seja, injetar combustível bem mais do que o necessário fzendo com que o carro não pegasse, uma semana depois encontrei uma lixa d´agua que serve para dar polimento em pintura e quando lavei o carro encontrei alguns arranhões, o código de defesa do consumidor diz que tem 30 dias para resolver o problema, mas será que terei de ir quase que toda semana para a concessiorária afim de resolver “probleminhas” que aparecem?, e os transtornos causados pelos imprevistos, como no dia que o carro não pegou meus pais estavam prontos para ir ao aniversário da minha irmã e não puderam ir por conta disso!

    gostaria de saber como proceder e saber por quantas vezes mais tenho que ficar perdendo tempo resolvendo problema de um produto novo.

    Desde ja Agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/01/2009 - 05:24
    Enviado por: david silva

    Venho através desta pedir esclaricimentos urgente sobre uma situaçao na qual me encontro referente a compra de um automovel junto a sua empresa, onde a mesma é de interesse meu e de vossa empresa: Atualmente estou a residir no exterior, Portugal, no entanto em janeiro de 2007 eu comprei um automomevel da marca meriva joy modelo 2007/2008 cor preta. dando uma entrada num estimado valor de R$15.000,00(quinze mil reais),(nao me recordo com exatidão que foi mesmo este valor, pesso desculpas) consersionaria localizada na avenida jeronimo de albuquerque calhau nº 1994 , Sao Luís-Ma.
    A situaçao em questão é. Por estar fora do país queria uma instrução de qual procedimento teria que fazer para entrar em um acordo com vossa empresa. No qual eu repassaria o carro a vocês novamente e reaveria valor gasto pelo mesmo,haja visto que estou ciente das taxas percentuais.
    Espero urgentemente a resposta deste e se houver outras maneiras gostaria de ser informada das mesmas.
    Atenciosamente Magna de Jesus Penha Ferreira

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2009 - 20:58
    Enviado por: Claudinei

    Comprei um carro zero km e notei q a pintura do para choque começou a sair apos uns 3 meses de uso, ja faz 6 meses que estou com o carro e continuou a sair a tinta. Quero saber se existe garantia para ele retocarem a pintura que comecou a sair.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2009 - 12:21
    Enviado por: Fabricio Reis

    Adquiri um veículo em uma garagem “revenda” no mesmo dia o veículo parou no meio da rua, quando eu liguei o ar condicionado, avisei ao sr. que me vendeu e ele me disse que eu teria que levar no eletricista que isso não era com ele, até ai tudo bem, após levar no eletricista o veículo apresentava constantes defeitos , tipo parar no meio da rua não ligar quantinuei avisando ao dono da garagem isso acontecia toda semana, quando eu pedi o meu dinheiro de volta ele me falou para deixar o veículo lá e quando vende-se o veículo ele me devolveria o dinheiro, quando o veículo completou 1 mês e três semanas, o motor do veículo deu defeito, levei até uma oficina de grande porte onde avisei ao dono da garagem que foi na oficina e mandou que fizesse o serviço apos o serviço pronto levei o extrato dos serviços realizados para o dono da garagem no qual me relatou que o veículo havia tido má utilização, e por isso não iria pagar, e me mandou entrar na justiça para ter os meus direitos. como ainda tinha um cheque para ser compensado da compra do veículo sustei o cheque, alguem teria por gentileza, um modelo de ação para eu entrar no juizado de pequenas cusas, ou alguma solução?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/01/2009 - 15:10
    Enviado por: HILTON SARAIVA

    BOA TARDE! COMPREI UMA MOTO AOS 6 MESES COM GARANTIA DE 1 ANO, POREM VENHO FAZENDO AS REVISÕES DIREITO, MAS A MOTO VEM DANDO CONSTANTES DEFEITO NA PARTE ELETRICA JÁ LEVEI ESTA MOTO PARA ARRUMAR UMA SEIS VEZES ONDE NÃO CONSIGO FICAR SEM MOTO E GASTAR DINHEIRO COM PASSAGEM. ENTÃO QUERIA SABER SE POSSO DEVOLVER ESTA MOTO OU SEJA SE A CONCESSONÁRIA DEVE PEGAR A MOTO DE VOLTA PQ COMPREI AVISTA.
    OGRIGADO PELA ATENÇÃO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2009 - 18:36
    Enviado por: marcio

    OI QUERO SABER COMO FACO PRA DEVOLVER O VEICULO PARA A GARAGEN ONDE COMPREI . ESTA APRESENTANDO VARIOS DEFEITOS VAI FAZER 30 DIAS .. EXISTE ALGUMA LEI ONDE POSSO DEVOLVER POR NAO ESTAR DE ACORDO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2009 - 15:29
    Enviado por: Priscila Favero Parrela

    Comprei em junho de 2008 um corsa Maxx zero na Concessionária Carrera – Vila Leopoldina e há duas semanas que o meu carro não pega, liga mas nao dá a partida.

    Na primeira vez, solicitei um serviço de mecânico da GM, Road Service, que vai até a sua casa e conforme eles mencionam 90% dos casos são resolvidos.O mecânico demorou 1h30, mas conseguiu fazer meu carro pegar porém, no dia seguinte, o carro deu o mesmo problema e eu novamente solicitei o mecânico que demorou mais 1h30 e resolveu o problema naquele instante. Liguei para a Concessionária e levei meu carro para eles verificarem o que estava acontecendo.

    Após três dias com o meu carro, eles me devolveram e disseram que não tinha nada de errado, porém, novamente após dois dias, o carro quebra pela terceira vez 1h da manhã no meio da rua, lá vai eu esperar mais 1h para o Guincho ir me buscar e sozinha. Eu fiquei três dias sem o carro, para eles arrumarem e eles me devolvem o carro quebrado pela terceira vez!

    O carro permaneceu na Concessionária pela segunda vez por 2 dias. Me devolveram o carro, dizendo que tinham encontrado o problema. Mas, após três dias, o carro quebra pela 4 vez e eu espero por mais 1h o Guincho e levo para a Concessionária, na qual me dizem “os mecânicos já fizeram de tudo no seu carro, estamos com as mãos atadas, só um Engenheiro da GM para resolver seu problema”.

    Como confiar na respostas de mecânicos que me devolveram o carro por 4 vezes quebrado e que estão há quase 15 dias tentando descobrir um defeito em um automóvel que só tem 7 meses e 5700 km é a quinta vez que tentam consertar meu carro.

    Comprei um carro zero quilomêtros para não ter dor de cabeça com mecânica, sendo que o meu zero só me da dor de cabeça.

    Faz mais de uma semana que chego atrasada todo dia no serviço, que gasto dinheiro com taxi e fico dependendo da carona de amigos.
    Viajo muito, trabalho e estudo longe. Não tenho condições de ficar esperando a boa vontade da GM achar um problema no meu carro, ou me arrumar mais uma desculpa. Não confio mais na GM, na Carrera ou no meu carro para ir em qualquer lugar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2009 - 15:29
    Enviado por: Priscila Favero Parrela

    Comprei em maio de 2008 um corsa Maxx zero na Concessionária Carrera – Vila Leopoldina e há duas semanas que o meu carro não pega, liga mas nao dá a partida.

    Na primeira vez, solicitei um serviço de mecânico da GM, Road Service, que vai até a sua casa e conforme eles mencionam 90% dos casos são resolvidos.O mecânico demorou 1h30, mas conseguiu fazer meu carro pegar porém, no dia seguinte, o carro deu o mesmo problema e eu novamente solicitei o mecânico que demorou mais 1h30 e resolveu o problema naquele instante. Liguei para a Concessionária e levei meu carro para eles verificarem o que estava acontecendo.

    Após três dias com o meu carro, eles me devolveram e disseram que não tinha nada de errado, porém, novamente após dois dias, o carro quebra pela terceira vez 1h da manhã no meio da rua, lá vai eu esperar mais 1h para o Guincho ir me buscar e sozinha. Eu fiquei três dias sem o carro, para eles arrumarem e eles me devolvem o carro quebrado pela terceira vez!

    O carro permaneceu na Concessionária pela segunda vez por 2 dias. Me devolveram o carro, dizendo que tinham encontrado o problema. Mas, após três dias, o carro quebra pela 4 vez e eu espero por mais 1h o Guincho e levo para a Concessionária, na qual me dizem “os mecânicos já fizeram de tudo no seu carro, estamos com as mãos atadas, só um Engenheiro da GM para resolver seu problema”.

    Como confiar na respostas de mecânicos que me devolveram o carro por 4 vezes quebrado e que estão há quase 15 dias tentando descobrir um defeito em um automóvel que só tem 7 meses e 5700 km é a quinta vez que tentam consertar meu carro.

    Comprei um carro zero quilomêtros para não ter dor de cabeça com mecânica, sendo que o meu zero só me da dor de cabeça.

    Faz mais de uma semana que chego atrasada todo dia no serviço, que gasto dinheiro com taxi e fico dependendo da carona de amigos.
    Viajo muito, trabalho e estudo longe. Não tenho condições de ficar esperando a boa vontade da GM achar um problema no meu carro, ou me arrumar mais uma desculpa. Não confio mais na GM, na Carrera ou no meu carro para ir em qualquer lugar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2009 - 21:34
    Enviado por: Tania Moreno Gidron

    Boa noite,

    Comprei um carro Ford Focus Zero km na Barrafor em 13 de Janeiro 2009, no dia que retirei notei defeito nos freios dianteiros e o carro foi guinchado para a oficina da concessionaria.

    Dia 4 de fevereiro me ligaram avisando que trocaram o cilindro mestre dos freios, mas percebi que os sistema de freios nao estava 100% e entao descobri tambem que o carro esta completamente enferrujado( chassis, cabo de direcao, rodas, tanque de combustivel e cabos dos freios), as fotos estao no site acima.

    A Ford nao quer trocar o carro ou devolver meu dinheiro. Querem consertar o carro.

    Contratei um perito para fazer o laudo, mas a Ford diz que a peca trocada foi para a fabrica, portanto nao foi ainda periciada e nao me deram nota fiscal da peca nova.

    Como posso obrigar a Ford a trazer a peca para pericia?

    Posso entrar com uma queixa crime contra a Barrafor que me vendeu o veiculo e mesmo depois de eu reclamar novamente me entragar o carro com sistema de freios deficiente. Cod 132 expor a vida de outrm ao perigo?

    O perito diz que perdi 30% do valor do carro, pois este veiculo eh um veiculo recondicionado e nao novo.

    O carro esta na oficina aguradando minha autorizacao para conserto, mas sao tantos defeitos que tenho medo de dirigir o carro.
    O que fazer? Autorizar ou ir a justca , se para justica posso abrir 2 processos ao mesmo tempo criminal e civel.

    Grata,

    Tania

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2009 - 23:36
    Enviado por: Tania

    Comprei um carro novo – Ford Fusion – o carro esta enferrujado dentro e fora, fotos na pagina http://www.brazilcom.biz/ford

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2009 - 13:41
    Enviado por: Edivaldo

    Por favor, alguem poderia me dar uma orientação? Comprei um FORD KA zero KM. Com duas semanas de uso parou de trocar marchas. Deixei na FORD e, depois de consetado, novamente parou de trocar marchas com mais uma semana de uso. Encaminhei mais uma vez o veículo para a oficina da FORD. Então, pela terceira vez, com pouco mais de um mês de uso o carro apresenta o mesmo defeito, será agora a terceira vez que dixo o carro naoficina da FORD pelo mesmo defeito. Existe alguma coisa que posso fazer na justiça? Tenho chance de conseguir a troca do veículo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2009 - 10:18
    Enviado por: Wallace Rodrigues Alves

    Eu gostaria de manifestar a minha total indignação e insatisfação com a montadora Citroën; no dia 15/01/09 eu retirei da concessionária Saint Tropez em Niterói um C4 Pallas Exclusive Automático 0Km, e no dia 30/01/09 o meu carro simplesmente não funcionava, eu fiz contato com a assistência 24 horas e eles só sabem dizer que o carro tem que ser rebocado para uma concessionária mais próxima para realizar reparos, que reparos pode ter um carro com 15 dias de uso?, Mais no manual eles fazem uma propagando dizendo que mandam um mecânico até o local onde o veiculo estiver para verificar o que houve, mais na verdade nada disso acontece, eu com um carro 0Km na garagem fiquei o final de semana a pé, na segunda feira pela manhã eu tentei ligar o carro novamente e o mesmo funcionou, eu sai com o carro para resolver alguns problemas particulares e no final do dia eu passei na concessionária supracitada para deixar o carro, afim de que eles diagnosticassem e me entregassem o carro em condições de uso, eu encontrei uma resistência muito grande para não deixar o carro, eles queriam que eu agendasse a entrada do carro na concessionária e depois de quase discutir com o atendente ele deu entrada no meu carro e me entregou um documento que tinha previsão de entrega do carro para 04/02/09, porem no manual diz que em no maximo 24 hs a concessionária ligaria para dar uma posição do ocorrido com o carro, mais só me deram uma satisfação dia 05/02/09 após 68 horas que o carro entrou na concessionária dizendo que o problema era bomba de combustível e que não havia a peça na concessionária e nem em outras concessionárias também, e me informaram que já tinha sido solicitado a fabrica a tal peça e eles ainda não teriam previsão de chegada pois dependeria da fabrica.

    Eu fiquei muito irritado com esta situação, pois eu comprei um carro 0Km e fico uma semana a pé e a Citroën não esta nem ai com o consumidor, na Citroën o cliente é único que não tem razão.

    Então no mesmo dia 05/02/09 eu procurei o gerente de pós venda e fui até bem atendido, mais não me convenceu, pois eu relatei a ele que tive que adiar vários compromissos de trabalho e que eu já estava a uma semana sem carro tendo despesas com táxi e ônibus sem contar o constrangimento que tenho passado, por ter comprado um carro 0Km que não funciona e que não poderia ficar sem previsão de entrega do carro, então eu solicitei ao gerente de pós venda que conseguisse com a diretoria da concessionária um carro reserva para atender as minhas necessidades, tendo em vista que meu carro deu problema com 15 dias de uso e isto esta me ocasionando vários inconvenientes, o mesmo me pediu um prazo até o dia seguinte 06/02/09 para me dar uma posição a respeito da peça e do carro reserva, no dia seguinte 06/02/09 eu retornei a concessionária por voltas de 12:00hs procurei o gerente de pós venda e o mesmo me pediu para aguardar até as 15 ou no maximo 16:00hs que se ele não recebesse um retorno ele mesmo ligaria para a pessoa responsável para obter uma informação concreta e me informaria em seguida, eu ressaltei ao mesmo gerente que sexta feira após as 16:00hs ficaria tudo mais difícil e se a concessionária não conseguisse o carro reserva para atender as minhas necessidades eu não teria outra alternativa a não ser alugar um carro similar ao meu e depois cobrar da concessionária, pois eu não poderia mais ficar sem meu carro, então voltei para minha casa e esperei até as 16:00hs, quando o gerente de pós venda me ligou o mesmo me informou que a previsão de chegada da peça na fabrica é para o dia 11/02/09 e a chegada na concessionária dia 13/02/09 numa sexta feira e que não tinha nenhuma posição sobre o carro reserva, então eu pedi para falar com o diretor da concessionária, e fui informado que o mesmo estava ocupado e que assim que terminasse a ligação ele me retornaria, como já estava num horário limite eu decidi alugar um carro por minha conta para atender as minhas necessidades até que a Citroën me devolva meu carro em perfeitas condições de uso. Por volta das 18:40hs o diretor da concessionária me ligou e disse que não tinha nenhuma posição a respeito do carro reserva e que normalmente este processo de peça leva 30 dias e que eles estavam dando prioridade no meu caso para atender em 15 dias, eu fico tentando imaginar como a Citroën não tem um estoque de peça para atender aos seus clientes, e ainda tem a cara de pau de dizer que o prazo é de 30 dias e que iria resolver o meu caso em 15 dias como se estivesse me fazendo um favor, não é nada mais que a obrigação deles trocar a peça e me entregar o carro no menor espaço de tempo até porque num dos prospectos de divulgação do carro esta escrito que a Citroën conta com um centro nacional de distribuição de peças com mais de 25.000 referencias disponíveis para atendimento imediato de peças. Tudo isso para vender o carro e depois que esta vendido, se o cliente quiser ficar com um carro 0Km parado na oficina tudo bem se não quiser que procure seus direitos é assim que a Citroën tem me tratado.

    O diretor da concessionária ficou de me retornar hoje dia 09/02/09 para me passar uma posição se a Citroën vai ou não arrumar o carro reserva para atender as minhas necessidades, como eu já tinha informado ao diretor na sexta feira dia 06/02/09 eu aluguei um carro e irei aguardar o posicionamento dele, caso contrario eu permanecerei com o carro alugado até que a Citroën devolva o meu em condições de uso e se eles não arcarem com as despesas com aluguel e com táxi e ônibus que eu estou tendo, eu não terei outra alternativa a não ser procurar meus direitos de consumidor que até o momento não estão sendo respeitados nem pela Citroën nem pela concessionária Citroën Saint Tropez, pois eu não posso ter despesas com aluguel de carro táxi e ônibus tendo um carro 0Km com 15 dias de uso parado na oficina da Citroën a mais de 10 dias por falta de peça.

    Eu espero que a Citroën tome providencias, pois os serviços prestado ao consumidor para reclamação é muito precário, como uma montadora deste porte não possui uma ouvidoria para agir com imparcialidade, tratando os clientes como eles realmente devem ser tratados, pois as respostas da citroën no SAC parecem que são respondidas automaticamente, estamos encaminhando sua reclamação para a concessionária e em breve entraremos em contato, até agora ninguém me ligou para saber se foi resolvido o meu problema ou para me da uma satisfação, eu fiz varias reclamações por e-mail e as respostas são as mesmas um descaso total.
    Posso pedir a devolução do veiculo ou o dinheiro de volta, pois a Citroën não dá para confiar, se com 15 dias de uso esta assim imagine com 15 meses.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2009 - 21:26
    Enviado por: rosemary liberatto

    OI QUERO SABER COMO FACO PRA DEVOLVER O VEICULO PARA A GARAGEM ONDE COMPREI . ESTA APRESENTANDO VARIOS DEFEITOS VAI FAZER 30 DIAS .. EXISTE ALGUMA LEI ONDE POSSO DEVOLVER POR NAO ESTAR DE ACORDO.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/03/2010 - 22:02
      Enviado por: marcos antonio melo

      ola rosemary espero que tenha solucionado o seu problema , pois estou com um igualzinho , to pensando e pegar o carro e levar na garagem e deixar la e fazer um documento de devolução ou ir na delegacia fazer um BO dizendo que devolvi o carro

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/02/2009 - 21:33
    Enviado por: natalia l nunes

    Comprei um carro há exatos 23 dias e não posso mais ficar com ele devidos há alguns imprevistos particulares que aconteceram, posso devolvê-lo, sem tem nenhum problema com a justiça? Quais são os meus direitos como consumidor neste caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/02/2009 - 16:26
    Enviado por: Andreza

    Por gentileza foi comprado uma moto e ela apresentou defeito, levei na concessecionaria autorizada enviaram para Sao Paulo e informaram que em 30 dias darao retorno.
    quebra da balança! uma peça que era pra ser praticamente indestrutivel!!.. vao ter que trocar o chassi inteiro da moto pq pode ter abalado a estrutur ! e nao foi acidente!! foi andando normalmente com ela pela estrada!.. ou seja, nao foi mal uso do produto!

    Nesse caso como devo proceder, tendo em vista que preciso da moto durante esses 30 dias pra trabalhar.

    Eles tem que colocar outra moto a minha disposição enquanto a minha nao fica pronta e caso na tenha solução terão que dar outra nova?

    Fico no aguardo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2009 - 20:47
    Enviado por: Jeferson Kenes Barbosa

    Comprei um carro novo, com 589 km não engatou as marchas(Megane Gran Tur Dinamique), faz 35 dias que esta na concessionária Weicolo da cidade de Canoas RS e foi desmontado duas vezes para troca de engrenagens da caixa(a qual não ficou boa), depois de toda a caixa de cambio. Foi quebrado na weicolo para choque dianteiro, defletor de ar direito sobre o porta luvas e feito vários arranhões na parte da frente e também na tampa traseira.
    Mesmo após todos estes defeitos gravíssimos a Renault insiste em não fazer a troca do carro, que lembrando, ficou comigo apenas (nove) dias.
    O restante do tempo desde 22/01/2009 até 27/02/2009, dia hoje que vou até a Weicolo para avaliar o conserto,o veículo ficou em poder da mesma.
    Peço ajuda a vocês para que me orientem e pergunto. Como posso ficar com um carro que ja passou por duas desmontagens e foi quebrado e arranhado na concessionária? Como tinha apenas NOVE dias de uso , insisto na troca por um novo!
    Desde ja agradeço e peço que me AJUDEM!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2009 - 11:49
    Enviado por: Claudia Gonçalves

    Adquiri um veiculo C3/Citroen em Julho de 2008, que completou 10 mil km este mês. Notei um rangido quando utilizava o freio, porém, como possuo outro veiculo do mesmo modelo porem de ano 2003, acreditei que fosse sujeira devido a chuvas. Entreguei o veiculo na revisão e fui informada que houve desgate somente na pastilha do lado esquerdo e no seu disco. qual a melhor forma de resolver essa questão, pois nao acho justo ter pagar por uma peça q nem completou o tempo de vida util para troca!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2009 - 15:18
    Enviado por: joze

    boa tarde comprei um punto zero vai faser um ano e ja foi 5 veses pra garantia o carro e de trabalho não me derom carro reserva por o meu ser taxi os outros clients podem ter carro reserva por que eu so diferente ce paguei igual e cada ves fico parado grato pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2009 - 01:12
    Enviado por: VALERIA

    Ola, gente favor me ajudem…
    comprei uma moto em 10/02/2009 da marca DAYN, desde que a recebi to tendo problemas com ela, ja mandei para conserta tres vezes, nessa ultima agora eles deixaram a moto acelerada quase me arrebentei toda. Paguei praticamente a vista so parcelei 850,00 em 3 vezes no cheque.
    Assim.. nao quero mais a moto, tem como eles me devolverem o dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2009 - 16:21
    Enviado por: Celio Chaves

    Boa tarde.
    Se alguem puder me ajudar, comprei um meriva zero na concessionaria Anhembi, e só vi o carro na hora de sair de lá, o carro não estava polido, e tinha um amassado na borda do paralama.Reclamei com o gerente, e o vendedor, estes alegaram que não era um amassado.Passado um tempo de reclamação veio um tecnico, e constatou verbalmente quer era sim um amassado.
    Nisto o gerente me perguntou se queria deixar o carro, como ja havia marcado viagem deixei para resolver outro dia, aceitando a sugestão de usar um martelinho.Quando mandei o carro no dia agendado falaram que não dava para fazer o serviço, tiraram umas fotos falando que ia para a GM.
    Entrei em contacto com o sac da GM, que disseram que não receberam nem as fotos nem ordem de serviço, que a propria concessionaria constatou que eram uma anomalia, que eu entrasse em contacto de novo com a concessionaria.
    A concessionaria, por sua vez de novo alegou que mandou as fotos para a GM, e que ela é quem disse que é normal o amassado no paralama.
    Ja andei olhando varias merivas por ai, umas tem o amassado outras não, principalmente as escuras é que tem.
    è um absurdo montarem um carro com um defeito deste e que querem que aceitemos como normal.
    E pior o jogo de empurra que estão fazendo.
    O que posso eu fazer? gostaria de uma orientação e de tambem alertar outros clientes que não perceberam o problema.

    Grato
    Celio Chaves

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2009 - 13:37
    Enviado por: Lúcia de Fátima Carneiro Henriques

    Boa tarde senhores,

    Peço-lhes a gentileza de informar o que devo fazer diante do exposto abaixo.

    Comprei o Novo Gol O KM em setembro de 2008, está com sete meses de uso.
    HÁ 20 dias percebi que o teto e o capô estavam estourando a pintura, começa como uma bolinha de ar, depois abre e fica sem tinta.
    Fui a Concessionário PROMAC aqui em João Pessoa onde comprei, tive um atendimento muito bom, o rapaz que me atendeu, Alexandre fez uma vistoria e o laudo para ser em enviado a Volkswagen do Brasil, mas de antemão me informou que a fabrica mandaria se acatasse o laudo pintar o carro.
    Estou arrasada, meu carro com sete meses e vai ser pintado, e o pior até o momento ninguém se pronunciou. Que devo fazer, por favor, me ajude!

    Grata

    Lúcia Carneiro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2009 - 23:03
    Enviado por: SIMONE

    Comprei um carro 0 km no dia 24/05/2009, notei agora que tem uma mancha na pintura. Posso pedir a troca do carro ou desfazer a compra? levei até a consercionaria e eles falaram que é defeito de fábrica e que iriam realizar a pintura, eu não gostaria de ter uma carro 0km reformado. o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2009 - 15:42
    Enviado por: adriano passos

    boa tarde, comprei uma kombi escolar 0km e no segundo mes de uso apareceu um barulho na suspensao do veiculo.
    levei ate a concessionaria biguaçu e informei sobre o defeito.. eles me informaram que teria que fazer um reparo no veiculo e eu teria que deixar o carro encostado por dois dias. concordei e foi feito o primeiro reparo.. porem alguns dias depois de ser efetuado o reparo o problema voltou. efetuei nova reclamaçao e mais uma vez foi passado o problema para a fabrica volkswagem e eles mandaram um procedimento de reparo , mas eu teria que deixar o carro encostado por uma semana..
    por se tratar de um veiculo escolar e minha ferramenta de trabalho nao tinha como deixar o veiculo parado por tanto tempo.. informei ao concessionario e ele disse que o problema ia se resolver mas eu teria que conseguir um carro reserva… aluguei outra vam pra nao deixar os clientes sem transporte, e tive um custo alto no valor de R$ 680,00 por tres dias.
    a concessionaria me entregou o carro com um praso de tres dias porem logo que sai da oficina algumas quadras percebi que o barulho ainda continuava.. o consecionario informou que eu deveria engraxar a suspensao e se nao resolvesse deveria informar…
    fiz o procedimento e o estralos ainda continuaram, informei o 0800 da volkswagem e a concessionaria biguaçu, o consutor tecnico me orientou e disse que o defeito é interno e o correto é que a fabrica substitua o conjunto de suspençao da kombi, liguei no 0800 e fiz novamente a reclamaçao e eles me informaram que estariam mandano para analise o meu problema e me retornariam com a soluçao.. alguns dias depois o consultor tecnico me ligou informando que a fabrica nao vai trocar o conjunto de suspençao e que deveria ser feito um novo reparo na suspençao, ele me informou tambem que nunca foi feito este tipo de reparo em carro igual ao meu e nao tem certesa de que vai solucionar o problema, e se eu for levar o carro para este quarto reparo o carro vai ficar no minimo parado uma semana .
    nao posso deixar meu veiculo por mais uma semana pois ja perdi alguns clientes decorrentes aos reparos feito anteriormente.
    o que devo fazer ?
    tem mais de 120 dias que meu carro esta com o mesmo defeito e nao foi solucionado.
    preciso de ajuda !!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2009 - 18:17
    Enviado por: Valdemar Donizete Vieira

    Pessoal comprei um Ford Focus em out de 2008 na Indiana veiculos em Salvador – Bahia, onde tive varias ocorrencias com o veiculo: -Ruido no banco traseiro, coluna B lado carona com ruido,barulho na suspensao traseira e tampa porta mala torta , problemas ao acionar o freio o mesmo balancava a direcao e veio uma lateral pulverizada. Levei o mesmo a Indiana Veiculos em Salvador e pra minha surpresa o mecanico pegou a tmpa do meu porta malas com a mao e torceu,disse que era normal a pulverizacao, por varias vezes levei meu veiculo la pelos mesmos defeitos e em um deles os mesmos amassaram meu veiculo e fizeram uma porcaria de serviço e me u carro é preto e pulverizaram de tinta branca, novamente meu carro ficou mais 15 dias e a unica coia que fizeram foram tentar consertar a porcaria que fizeram, mais esta muito ruim. Meu veiculo continua com a coluna B danificada, o freio trepida a direção, o carro engasga e morre , varios defeitos que não foi e não vai ser sanados peço humildemente ajuda pois investi muitas economias nesse veiculo e estou sem saber o que fazer ,tenho tudo documentado e acredito que a Ford sendo uma grande Empresa Não deixara isso desta maneira, eu ja tentei falar com o departamento de qualidade da Indiana com Sr. Roque mais o mesmo não resolve nada.

    Muito grato,

    Valdemar Vieira

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2009 - 21:51
    Enviado por: Gilsa Alves da Fonseca

    Comprei um Fiesta no dia 25/08/08 na horizonte de mogi das cruzes,passado 10 dias ele teve que voltar p/a mesma p varios consertos tipos (farol p/fora ,as 4 portas desalinhas,capu estava torto e o porta mala com uma vagao que cabia uma mao dentro)Mas agora no dia 09/06/09 deu um defeito no motor levei la novament,ate que chegaram a conclucao que tinham que trocar o motor,devolveram o carro dia 24/06/09 mas continua com barulho no motor,estou muito desconte com a Ford por nao resolver o meu problema,acho que eles pensam que eu paguei 30 reais no carro , mas eles s esqueceram que na verdade eu paguei 30.000,00 MIL REIAS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2009 - 22:00
    Enviado por: Conceição Aparecida Vieira

    Olá estou com o mesmo problema de todos comprei uma moto kansas da marca Dafra a tres meses e ela não chega a 80km por hora sem falhar afogar, já levei três vezes para eles olharem fora a revisão de 1000km e nada foi resolvido, fora que na primeira semana tinha um parafuso soltando a placa caiu devido a emplacamento com parafusos proporcionais enfim estou insatisfeita quero devolver a moto e ser ressarcida dos valores que já empreguei nesta moto. O que devo fazer, como proceder.
    Agradeço desde já quem puder me dar o caminho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/07/2009 - 01:59
    Enviado por: roque

    oi,peço ajuda a vcs comprei o tao sonhado novo gol q arrependimento, com muito barulho estranho no motor chamei o guincho apos uma semana acharam o defeito e me disseram q a peça so vai chegar daqui 15 ou 20 dias e preciso do muito carro para trabalhar oque posso fazer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/07/2009 - 14:34
    Enviado por: eduardo

    carro okm com 70% de repintura, meu pai comprou um siena okm ano 2009 modelo 2010 serca de 30 dias após a compra ao mandar lavar o veiculo verifiquei um escorrido do verniz na lateral traseira , com tal suspeita de repintura comecei a fazer uma perícia na parte estetica do veiculo, sendo que fui perito de seguros durante 3 anos e por manter tais conhecimentos resolvi verificar todo veiculo minuciosamente .
    Feito uma revisão em torno de toda lataria do veiculo. Por nossa decepção constatamos inúmeros problemas com o veiculo, tem diversos amassadinhos e se não bastasse 70% do veiculo com repintura e mal feita .
    Levamos o veiculo a outra concessionária Fiat em outra localidade e pedimos que faça uma avaliação. Tendo tal avaliação concluída tivemos certeza de nossas suspeitas, todos os problemas foram confirmados pelo perito da concessionária e o mesmo salientou que veiculo com repintura tem seu valor depreciado por não ter pintura original de fabrica.
    Gostaria de saber quanto a prazos para reclamar a garantia, possibilidade de troca deste veiculo por outro e que tipo de indenizações se tem direito já que tal negocio foi efetuado com uso de ma fé por parte da concessionária ??????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/07/2009 - 13:10
    Enviado por: Rosa Rodrigues Martins

    Moro num imóvel alugado, pequeno, quase sem ventilação, que apresentou problemas de umidade, com cheiro evidente de mofo, bem como agora apresentou problema de vazamento de água, no qual o dono enviou um pedreiro para q seja feita a reforma, quebrando paredes e sair quebrando tbm casa adentro até q se encontre o cano furado com a gente morando dentro do imóvel,Meu filho é asmático e é impossível essa reforma aqui dentro com a gente dentro .Quais os meus direitos? Fico grata pela atenção.

    RESPOSTA DO BLOG: Para que haja o conserto é preciso encontrar o defeito. No caso do seu imóvel, não há outro jeito se não houver a reforma. Você pdoe negociar com o dono isenção do pagamento do aluguel enquanto ocorre a reforma, desconto ou alguma forma de compensação. Mas ele não tem obrigação de fazer isso. Se não estiver safisfeita mesmo assim, contrate um advogado para processá-lo, mas as chances de vencer são muito pequenas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/07/2009 - 07:57
    Enviado por: NáH

    tenho uma pergunta tenho um computador a seis meses ,desses seis meses ele já foi para a garantia 3 vezes com o mesmo problema ,em um intervalo de um mês,quero saber se tenho direito ao um novo ?

    RESPOSTA DO BLOG: Só se o defeito inviabilizar o total funcionamento do produto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/08/2009 - 16:38
    Enviado por: Alexandre

    Olá , gostaria de informações de como proceder com o fato ocorrido abaixo.
    1-Carro comprado 0KM, todas as revisões feitas na concessionária. Com 22.000 Km o carro apresenta uma falha , que eu considero muito grave.
    2-O seguro foi acionado.Não gostaria de estar pagando a franquia , mesmo pq um carro com 22.000 não pode pegar fogo do nada.
    3-O fabricante não disponibilizou o laudo técnico e pelo que entendi tbem não se responsabiliza.
    4-E se o carro , durante uma viagem perdesse o sistema de direção hidraulica ( foi danificado ) provavelmente perderia o controle do carro ocasionando um acidente , entre outras cosias que poderiam estar envolviladas.
    Bom , gostaria de conselhos.
    Obrigado pela atenção.

    RESPOSTA DO BLOG: Realmente, o caso é grave e delicado. Nossa sugestão é que você converse primeiro com seu corretor de seguros, ou com algum corretor conhecido ou indicado. Dependendo do parecer inicial dele, talvez seja o caso de acionar um advogado peara ajudá-lo numa eventual negociação com a seguradora, ou então entrar direto na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2009 - 10:39
    Enviado por: Diogo Jacomelly Amaral

    Meus caros, às vezes impulsionados pelo prazer e facilidade de ofertadas por alguns fornecedores, mais especificamente de veículos, pode ser algo que nos venha trazer muitos problemas ou problemas insolucionaveis e com muitas respostas cômicas e até desafiadoras a todos os engenheiros mecânicos e elaboradores de projetos audaciosos como o de fazer um carro, ou melhor, fazer um Peugeot 207 XRS Completíssimo.
    Vamos aos acontecimentos, adquiri um veiculo como o citado acima no dia 30/06/2009 zero quilometro na concessionária da cidade Triomphe com alguns dias um problema, o carro não marcava o combustível corretamente, o veiculo fio encaminhado à autorizada para reparos, o carro ficou parado um dia completo e recebi a ligação da empresa dizendo estar pronto no fim da tarde, fui super ansioso, pois se tratava de um veiculo novo, não tive o prazer de viajar, sair, ou dar uma volta empolgante no meu Peugeot 207 XRS Completíssimo, o combustível baixou o nível e com isso completei o tanque alguns dias depois. Novamente o problema, o ponteiro parou, mas meu tanque estava cheio como pode? Liguei para a autorizada ,marquei uma data e novamente deixei meu Peugeot 207 XRS para concertar o que não havia sido realmente concertado ou aparentemente concertado ou solucionado, desta vez foi trocada SONDA COM BOMBA de combustível, me ligaram dizendo que o veiculo estava pronto, ótimo, pronto para uma volta, que o problema estava sanado nesta troca magnífica dessa peça que tanto gerou transtorno.
    Dias depois! Abasteci, e o problema voltou, levei a minha concessionária Peugeot no sul do estado,e meu carro permanece desde o dia 30/07/2009, recebi algumas ligações dizendo que o processo estava fechado e o carro pronto, era somente retirar o mesmo, mas com uma condição, conforme resposta da plataforma Peugeot na Argentina:Em relação ao Dossiêr n° 3520693 VIN: 9362MKFWXAB007611; “Refazer a initialisação daboya de combustível e informar para o cliente nunca colocar menos de 15 litros cada vez que parar no posto de combustível”… Incrível solução… Não existiria melhor certo? Como posso comprar um veiculo que nunca posso completar quando o marcador baixa o nível, somente quando o carro atingir mais de 1/4 de nível, minha concessionária Peugeot no sul do estado do ES não me falou isso na compra, não esta escrito na manual, e nenhum mecânico no mundo saberia desta preciosa jóia de informação que ficou restrita somente aos “inventores” do veiculo Peugeot, se fosse à época do 14Bis era de se aceitar, mas em plena revolução tecnologia, softwares cada vez mais precisos a ponto de conduzir um sistema integrado completo, um Peugeot 207 XRS não marca o combustível corretamente? Ual…Melhor ainda é não ser informado no dia da compra pela minha concessionária Peugeot sobre esse assunto, esqueci de mencionar que meu veiculo hoje esta com 620 km rodados e nunca saiu da cidade, também pudera, se sair daqui será que ele agüenta?
    E mais uma ida a concessionária devido a vazamento de combustível, nossa já não sei mais o que fazer nesse caso, dessa vez o veiculo com 735 km rodados,pouco mais de 45 dias de compra, deve ser programado para paradas a cada 50km,ou 10 dias, sendo a quarta vez em quase 50dias, mas literalmente estou desmotivado com o veiculo, já esta me causando perdas, danos,e mais um monte de dor de cabeça.E mais uma vez me ligam dizendo que o carro esta concertado será mesmo ? Vou ter que testar o carro novamente com receio de mesmo literalmente parar meu Deus que trauma.
    Somente acho que deveríamos ser tratados com mais respeitos pela fabrica, pela concessionária etc… Onde deveria ser discriminados com letras grandes/ enormes SÓ COMPRE UM PEUGEOT SE PUDER ABASTECER MAIS DE 15 LITROS,ou se abastecer ele vaza, se não puder seguir os passos acima continue andando a pé, pois é a solução mais econômica e viável de se locomover.

    Diogo Jacomelli Amaral Cliente Peugeot…

    O que devo fazer ??? Como proceder ??? Quais meus direitos ???

    RESPOSTA DO BLOG: A troca de um produto só é realizada se houver defeito que inviabilize o seu uso ou funcionamento. Não é o caso, mas os transtornos ocorridos até agora precisam ser ressarcidos. Faça uma denúncia em um Procon e depois processe a concessionária e quem realizou a manutenção posterior por danos morais e ressarcimento de prejuízos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/08/2009 - 21:05
    Enviado por: FRASSSINETTI DE MELO

    COMPREI UM FIAT -UNO, NA CONCESSIONÁRIA FIAT – AMAZONAS, LOJA DO SUMARÉ, CAPÍTAL. COMO CONHECIA A VENDEDORA LUCIENE, ATÉ POR AMIZADA ANTERIOR, CONFIEI NESSA PESSOA. O CARRO SOFREU UMA BATIDA, E DESCOBRI QUE O CAPU DO AUTO, TINHA DUAS (2) CORES, VERDE E BEGE, O QUE PROVA SINISTRO ANTERIOR. OS PNEUS TRAZEIROS ESTÃO NO FERRO, COM ARAME APARECENDO, E AS RODAS NÃO SÃO DA MEDIDA DOS PNEUS. ONDE ENCONTRO AJUDA??? AGRADECIDO.

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um Juizado Esepcial Cível, faça uma denúncia e peça indenização por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2009 - 16:35
    Enviado por: Denise Oliveira da Costa

    Olá!!!Gostaria de uma orientação sobre como resolver o problema do meu carro.Comprei o novo gol a um ano atrás,na primeira revisão de 15000KM o carro apresentava um barulho enorme no motor parecendo motor de trator,o pessoal da concessionária falou que era defeito de fábrica,que outros carros tbm apresentaram o mesmo defeito e iriam trocar o motor por um novo,isso já faz mais de 20 dias ,ainda por cima não disponibilizaram carro reserva !!!!O que devo fazer!???Obrigada pela atenção.

    RESPOSTA DO BLOG: Você já entrou em contato com a fábrica? Se é caso de recall, a fábrica tem de se responsabilizar. Só pense em denúncia aop Procon e processo judicial depois da resposta da fábrica.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2009 - 17:49
    Enviado por: marcelino junior

    meu carro zero apresenta o mesmo problema pela segunda vez, na primeira levei até a concessionária disseram que iriam resolver o problema e dias depois o mesmo problema voltou, o que devo fazer dessa segunda vez?possu pedir substituição por ootro?o conserto que fizeram na primeira vez demorou apenas um dia! como procedo nessa segunda vez que irei retornar?grato pela atenção

    RESPOSTA DO BLOG: No caso de veículos, só pode pedir a troca se o defeito inviabilizar completamente o funcionamento do produto. Entre com ação no Procon e vá à Justiça pedindo ressarcimento dos prejuízos e indenização por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/09/2009 - 19:03
    Enviado por: Juliana Lino

    Boa noite…
    Gostaria de saber o seguinte, comprei um carro em uma concessionária semi-novo só que eles estão me enrolando para entregar posso cancelar a compra?

    RESPOSTA DO BLOG: Pode.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/09/2009 - 21:00
    Enviado por: VANDERLEI MEIWALD

    Olá, gostaria muito de saber o que fazer para receber meu dinheiro de volta ou outro veículo no mesmo valor da compra, pois ao comprar um carro OK imaginei que não passaria em uma oficina a não ser que fosse uma revisão programada, porém em 1 ano de uso do veículo estive 12 vezes registradas na mesma concessionária e hoje inclusive foi a gota d´agua pois queriam que eu pagasse por uma caixa de direção que teve que ser trocada pela 3a vez!!! sendo que 2 vezes foi dentro da garantia (a 2a vez em junho deste ano. Preciso por favor de ajuda para resolver este imenso problema que comprei…

    Obrigado

    RESPOSTA DO BLOG: O melhor a fazer é denunciar o problema ao Prodcon e entrar na Justiça pedindo indenização por danos morais. O dinheiro de volta é complicado neste caso porque você teria de provar que os defeitos impedem o carro de funcionar plenamente. O defeito é recorrente, por isso é o caso de pedir indenização por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2009 - 19:41
    Enviado por: silas

    Boa Noite , gostaria de saber se sou obrigado a pagar uma taxa na primeira revisão do meu carro, a não ser a troca de óleo.Desde ja Agradeço

    RESPOSTA DO BLOG: Não há lei que proíba a cobrança.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/10/2009 - 23:04
    Enviado por: erika soares

    por favor me ajudem comprei uma moto da marca dafra uma layser e faz 5 meses e tive varios problemas com ela o ultima ela desligou sozinha na dutra quase fui atropelada,fora que ela nao passa de 70 k,ja fiz varias reclamacao na empressa minha moto fica mais na loja para conserto do que comigo e ainda pago o financiamento,hj tentei pedi ajuda para o banco onde financiei para fazer devolucao da moto pois me sinto insegura com ela por dar tanto problemas em pouco tempo ela esta com2700kl rodados esta novinha,mas estou depcionada com a dafra fora o medo de acabar a garantia da moto e continuar com o mesmo problemas,as pecas nunca chega…mas as parcelas dela chega e tenho que pagar,queria devolver a moto que retirei zero da loja,e estapior que uma usada,preciso de ajuda a dafra so pede para esperar…o banco que financiei nao pode fazer nada…e o procon vai ser o meu proximo passo que axo que sera lento…e eu continuo no prejuizo,pagando a parcela,sem a moto ,e tendo que andar de onibus pagando uma moto com sacrificiooo…muiiito revoltada estou muiito….nao quero mais esta moto me ajudem por favorrr

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia ao Procon e peça indenização na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2009 - 10:23
    Enviado por: Patric Daneris Rodrigues

    gostaria de uma informação; minha moto foi comprada zero, tenho garantia no motor de um ano, um problema foi constatado a 2 meses e não foi feita a troca das peças; quais os direitos que tenho?

    RESPOSTA DO BLOG: As trocas têm de ser feitas. Se isso não ocorrer, reclame no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2009 - 12:53
    Enviado por: katiuce

    Toyota – Corolla – A BOA EDUCAÇÃO E TODO BLA-BLA-BLA, TERMINA LOGO APÓS A COMPRA DO CARRO-Toyota não honra a garantia
    Comprei um Corolla em abril/2009 com base em uma propaganda bem clara: três anos de tranqüilidade e garantia de qualidade. Hoje com 14.000km rodados ele já me apresentou pane ( o carro simplesmente não liga, não por falta de bateria), na realidade nem eles sabem o porque, e o pior, a 1° vez foi para agencia Toyota guinchado, e um dia depois ao ligar pra saber do carro tive como resposta do responsável, que o carro estava perfeito não apresentava problema nenhum, menos mau uma vez que o carro e novinho, fiquei sem entender, mais tudo bem, dois dias depois pela 2° vez fiquei na Mão, o carro parou de novo apresentando o mesmo problema, (problema meu é claro porque a agencia não detectou problema nenhum), 90km de casa tive que ver meu carro novinho sendo guinchado pela 2° vez e o pior eu voltando de taxi para casa, e o mais interessante foi no outro dia quando o senhor do guincho me ligou dizendo que a agencia não queria pegar o carro, rsrs, e ele (guincho) queria saber o que deveria fazer, eu fiquei pasmo e como resposta disse jogue no lixo porque se a própria agencia do carro não quer pegar para arruma, imagine o q eu posso fazer. Após muito stress e transtornos entre ligações e musiquinhas resolveram mandar o carro para uma agencia a + ou – 230km da primeira, dizendo que iam resolver o problema, e assim foi pela 3° vez, após 6 dias La vem meu carro guinchado, muito bem,agora sim estava bom o carro, (diagnostico: o reservatório de gasolina estava congestionado pois como aqui e muito quente acaba não usando toda a gasolina que por sua vez envelhece e acaba congestionado, fazendo com que o carro não ligue, mais agora ta tudo certinho, uma dica pra voce cliente, quando for colocar a gasolina, coloque apenas 200 ml, ok) muito bonito a explicação se fosse efetiva por tempo ilimitado e não por tempo limitado, alias, 1 dia após receber meu carro do conserto). Então agora o que fazer, estou com um carro se é que podemos chama-lo assim, uma vez que carros funcionam, o meu é claro deve ser chamado de sucata TOYOTA, de R$70.000 PAGOS A VISTA, com 14.000km rodados, todas as revisões feitas em dia, que alias tenho que andar 150km pra fazer as revisões, quem fabricou não resolve o problema, alias não consegue nem descobrir qual e o problema,no pátio da minha casa ficou ate bonito como decoração, não tenho a quem recorrer mais, não agüento mais ouvir musiquinha, pedir socorro do guincho, ficar a pé, passar horas no telefone, fazer milhares de interurbanos, falar com vários setores que so sabem dizer, sinto muito senhora, não podemos senhora, senhora, senhora, bela educação e a única coisa que a empresa TOYOTA sabe fazer e transmitir, a única coisa que ela não sabe e resolver o problema de seus clientes. Alias ela também sabe vender, contando varias vantagens de adquirir um carro TOYOTA, após a compra descobrimos que so vale verbalmente na hora da compra mesmo, todas aquelas alegações.
    Sabe o que e o pior agora, querem pela quarta vez levar o
    meu carro guinchado de novo para o mesmo lugar, rsrsrs, acho que pra passear, quem sabe La ele não resolve pegar e volta pra casa funcionando por mais dois dias, ate parar de novo, juro que não sabia que essa garantia de 3 anos era, uma dica da parte da TOYOTA, que eles estavam garantindo levar o carro após 6 meses de uso quantas vezes NÃO FUNCIONASSE, pra consertar, imaginei ser tão bom a ponto de poder oferecer uma garantia, na realidade eles TOYOTA não conseguem garantir nem o conserto que eles próprios fazem.
    Não podemos permitir que se alastre no nosso mercado este marketing falso de uma suposta “qualidade” inexistente. Esta não resiste sequer ao simples teste do cumprimento de uma condição contratual.
    Não precisa ser criativo para desrespeitar o consumidor…
    Mesmo diante de todos estes argumentos, e tendo contatado diversas vezes as concessionárias, o serviço 0800, a assistencia 24horas, etc,
    Imagino é que a Toyota deve escolher cuidadosamente quais são os casos em que é interessante atender pela garantia. Para os casos que eles não julgam interessante, estes procuram algum argumento dúbio para justificar o não atendimento. Obviamente não é isto que posso considerar um atendimento de qualidade, nem muito menos digno dos ditos “três anos de tranqüilidade”. No meu caso, não completei nem 6 meses, imagino ate completar 3 anos, ate infarto.
    Sinto-me enganado, desrespeitado e muito mal atendido.
    Acredito que a TOYOTA deveria ser mais verdadeira com seus clientes e usar como slogam do seguro “vai se lixar, quem mandou acreditar nos três anos de garantia TOTAL do Corolla? (frase de outro cliente insatisfeito com a TOYOTA)
    O inacreditavel e saber que eles acham que nos consumidores estamos dispostos a comprar um carro no valor de um corrola porque temos dinheiro sobrando a ponto de sempre ter um carro reserva na garagem pra caso ocorra algum imprevisto com o nosso Toyota.
    Como isso so acontece na mente TOYOTA nos ficamos a mercê do acaso, a
    pé, uma vez que o seguro so oferece o carro reserva se tiver uma locadora há 50km de sua casa e mesmo assim você terá que ir buscar, rsrs como se a culpa de tudo isso fosse do cliente. Mais tudo bem agora e so curtir o final de semana com feriadão prolongado e relaxar pra esquecer o stress, então vamos La… sabadão 10:00hs, INACREDTAVELLLL, 4° VEZ O CARR0 NÃO PEGA!!!
    O que não imaginava, É que a tranqüilidade seria pra eles TOYOTA e não para o cliente, Nenhum item das PROPAGANDAS publicitárias citava (e continuam sem citar até hoje) a exclusão de consertos derivados de panes desconhecidas, DESCONHECIDAS pelo menos pelos agentes treinados para os consertos.
    Creio que era obrigação do fabricante expor bem claramente as limitações do contrato de garantia. Isto não foi feito, transformando as peças de marketing em propaganda enganosa.
    Meu veículo atende a todos os pré-requisitos expostos para atendimento em garantia: todas as revisões foram feitas dentro do prazo, e até mesmo as trocas de óleo foram feitas na concessionária. A concessionária da marca teve a oportunidade de verificar o meu carro, portanto, a cada 5.000km rodados
    eles tiveram no mínimo 03 (tres) chances de me avisar do risco. Não o fizeram. E agora mais 03 (três) para resolverem o problema de uma carro novo, mais não o fizeram, quantas vezes vou ter que chamar o guincho, telefones, assistência, taxi, transtornos, stress, dores de cabeça, pra mim no caso porque eles resumidamente estão se lixando, não são eles que ficam pendurados no telefone,
    tendo tentando uma resolução amigável, enquanto seus nervos estão a flor da pele, que ficam escutando musiquinhas como se não tivesse nada pra fazer, que passam os finais de semana que estão livres do trabalho no telefone
    e tendo que andar a PE, desmarcar compromissos, tomar remédios para aliviar a tensão e o stress. Pra eles TOYOTA não deve ter gerado nenhum problema ate agora, pois desde o primeiro contato pedindo soccoro já se passaram 15 dias sem nenhuma resolução, somente enganação. Não aceito, não quero, e inadimissivel o que eles (0800, SAC, concessionárias), estão fazendo, eu não paguei 700, 7.000 eu paguei 70.000 mil nesse carro a vista, nem se tivesse pagado 700 deveriam estar fazendo isso, isso e um desrespeito com o cliente, eu tenho mais o que fazer do que ficar implorando ajuda de quem na hora de me vender, vendeu também toda assistência, isso é uma vergonha nos dias de hoje estar acontecendo, estou passando por constrangimentos incabidos, fica aqui minha indignação com a marca TOYOTA.
    Minha atitude agora e procura os meus direitos como consumidor. A ultima da TOYOTA e essa eles querem levar o meu carro pela quarta vez, mais não me dão a garantia q ele não vai ter o mesmo problema como vem acontecendo após idas e vinda da TOYOTA, então o direito e so deles, ou nos consumidores ainda temos algum direito, eles podem levar meu carro pela quarta vez ou quantas vezes forem necessárias ate o termino da garantia mais não tem a obrigação de me garantir o reparo definitivo do carro, eu por sua vez tenho a obrigação de agüentar um carro que me deixa na Mao após sair do conserto sem nenhum termo de garantia, vou ter que aceitar isso durante esses 3 anos de garantia????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/01/2011 - 22:07
      Enviado por: jose jason pereira sales

      peço ajuda comprei um carro novo citroem c4 pallas em rodonia com 5 mil rodado um peneu criou um bola fui procurar o estepe ai tive uma supreza a roda era menor do que estava no carro a respeito do pneu ele me falaram que serria com fabricante do pneu fui na michelin de porto velho ai eles me diseram que era de responsabilidade do proprietario pois o pneu tinha passado em burraco. o carro tem o roda que esta usundo aro 16 e o reserva aro 15, o que fazer para que eles troque esta rodo com pneu reserva.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/10/2009 - 12:21
    Enviado por: Anderson Araujo Lyrio

    Bem comprei um Voyagem acreditando na marca Volksvagen, mais vi que estava completamente enganado! meu carro e novicimo te 7.000 km rodados menos de 8 meses e ja vai ter que trocar o motor? como ficar o clinte que na hora de compra e bem tratado mais deois que o carro sai da loja leva uma internidade para solocionar um problema que não era pra te acontecido agora! deixei meu carro no dia 26 de outubro na agencia para resolver um problema na luz de oleo que aparecia no painel, uma coisa que parcia ser facil de resolver, não e pois do memo jeito que deixei meu carro la, at hoje dia 22 d Novembro esta! pegando Sol e Chuva! eu paquei pelo carro paguei pra ter conforto então é um bem materil meus que esta la se acabendo enquanto as pessoas responssaveis que era para agilizar o problema não estão nei ai para mim, no dia que levei meu carro para agencia tinha mais 5 carros com o mesmo problema então veijo que volks não é a volks como antes, quero resolver as coisas da melhor maneira possivel quero não meu carro com o motor trocado e sim um novo ja que o problema não foi humano e sim mecanico , ou quero meu dinheiro de volta, ou terei que procura meus direitos na justiça! vendo que paguei para ter um carro novo que não me desse dor de cabeça!
    desde já muito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2009 - 17:41
    Enviado por: Alex Sandro Amaral

    Boa tarde!!!Gostaria de saber se vocês podem resolver meu problema comprei o novo ford no dia 06/10/2009 e no dia 24/10/2009 fui lavar o carro e percebi que ele está com uma mancha no capô o tamanho da mancha é 6cm na vertical e 4cm na horizontal. No dia 26/10/2009 levei o veiculo até a concessionária falei com o chefe da pintura ele me disse que vai ter que repintar o capô todo eu não quero que repinte o capô todo pois pode ser que futuramente venha vender o veículo e perdirei dinheiro na venda. O carro está 600Km rodados sendo que só estou com ele a 20 dias. Gostaria de saber se posso trocar o veiculo por um novo, pois o próprio funcionário me falou que não fale a pena repintar ou se tenho direito a alguma indenização sendo que a concessionário agiu de má fé???? Por favor me ajudem…

    Alex Sandro Amaral Cliente Ford de Florianópolis.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2009 - 18:58
    Enviado por: antonio

    ola comprei um veiculo na ford mas nao me deram a nota fiscal ligo todos os dias mas o gerente da loja nao quer me dar a nf costaria de o que fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2009 - 10:03
    Enviado por: alceu

    vou querer falar com um deles

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/11/2009 - 22:23
    Enviado por: rogerio

    comprei uma moto nova , nas premeiras semanas a descarga quebrou liguei para eles mim mandaram uma nova , fiz uma viagem e quebrou de novo e deu defeitos no farou , mandei pra revisao e consertou , tornei viajar e o outro lado da descaga tornou quebrar e por quer a moto tem duas descarga , fora que a moto vibra muito agora tou com ela parada sem poder viajar , comprei a moto a vista qual é o meu direito?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon e busque uma indenização por danos morais, se for o caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/11/2009 - 18:39
    Enviado por: gilson luiz dos santos

    Olá Meu nome é Gilson, sou militar do Corpo de Bombeiros de Brasília-Df, no dia 26 de junho de 2008, sofri um grave acidente em meu veículo um Cross Fox VW, com apenas 04 meses de uso, e rodados 10 000 Km. Sofri grave lesão em todo braço esquerdo, e encontro-me em tratamento para recuperação o qual já realizei 06 seis procedimentos cirúrgicos. Após 07 sete meses do acidente, foi entregue o laudo da Perícia Técnica com o resultado de vício oculto e redibitório e outros defeitos de fabricação. Se possível peço ajuda sobre informações de ações de danos morais, materiais e estéticos. Não ajuizei ainda ação civél contra a fabricante e concessionária, por estar anexando documentos ao processo. Agradeço as informações no site, e espero resposta e ajuda em e-mail. Tenho todo material necessário como: laudo de perícia técnica, fotos do veículo acidentado, fotos de menbro esquerdo acidentado,laudos e perícias médicas e outros. Se for do interrese, gostaria de publicar no seu artigo. Um abraço

    RESPOSTA DO BLOG: Reúna os documentos e procure um advogado especializado. É o caso de pedir uma indenização alta, já que o acidente, ao que tudo indica, foi causado por problemas no veículo. É possível que você seja chamado a fazer um acordo no começo do processo, por isso a escolha do advogado é fundamental para evitar indenizações que não condizem com a atual situação. E pode republicar o artigo, desde que você dê os devidos créditos, por favor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2009 - 13:38
    Enviado por: Marcos

    Boa tarde! Meu nome é Marcos e comprei um automóvel Gol, Geração 5 e estou indo para o 3º recall e para agravar a situação fui comunicado que o motor está com problemas e será trocado, sendo que tenho ele há apenas 11 meses. Como o motor sendo fundamental e reduziria ainda mais o valor de mercado, gostaria de saber se posso pedir ressarcimento do valor que paguei até o momento ou outro automóvel novo?
    Muito obrigado!

    RESPOSTA DO BLOG: A única coisa a ser feita é ir à JUstiça e pedir indenização por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2009 - 16:45
    Enviado por: Marçal Törres Ribeiro

    Comprei um Logan para minha esposa. Faz 3 m~eses e esta na garantia, esta com 4000km.
    Uma peça deu problema e estou esperando o conserto da peça que não vem.
    O painel apagou e é defeito de fabrica.
    Tive que pegar um taxi, pagar fiança para retirar um carro da garantia, que tb foi uma luta com o SAC, 10 atendentes para poder estender a locação de 2 dias até quando me entregarem o veículo.
    Posso pedir um novo veículo ja que minha mulher não se sente seura mais com o veículo depois de perdermos compromissos importantes.

    RESPOSTA DO BLOG: Não. Processe a montadora por danos morais e peça indenização.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2009 - 12:09
    Enviado por: felipe

    bom…
    estou mi deparando com uma situação horrivel!
    comprei um carro 0km hoje fez 14 dias o carro tem exatamente 140 km rodados…
    Estava eu dirigindo o meu carro na minha cidade quando fui passar em um quebra mola enfim… reduzi a marcha, coisa normal como fazia como os outros carros que já possui… houve um barulho terrivel as rodas travaram por pouco não provoquei um acidente… acionei o seguro o carro foi levado direitinho pra concessionaria até ai tudo bem…
    vem a pior parte de tudo… abriram o motor, e disseram que não se encaixa com a história que eu disse… vai ter que passar por um perito, e o pior de tudo esse mecanico já trabalhou com pessoas que trabalham nessa área de pericia só porque foi e é conhecido meu… e ele me adiantou que tá muito dificil deles querem arcar com prejuizo… vão querer fazer de tudo… alegar que foi condiçoes erradas de uso etc.
    Tenho que confessar que estou muito assustado pois o prejuizo mi disseram que é em torno de 12 mil reais!
    I agora? como que vai ser? posso pedir para ser feito uma pericia no local? pois concerteza verão que não tem a menor condição do motor do carro ter “batido” dentro de um local movimentado onde por segurança de todos o motorista tem que andar devagar…
    por que na seguradora consta a hora e o local que foi acionado o guincho para o reboque do veiculo.
    por favor mi dê alguma resposta urgentemente… o que devo fazer se realmente eles encrencarem e vierem dizendo que não tenho direito?
    e quanto ao carro estar dentro de um prazo de menor que 15 dias? tenho direito de receber outro carro?
    desde já agradeço.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e peça na Justiça o conserto do carro, mas se prepare porque você não está em boa situação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2009 - 14:30
    Enviado por: Silvio

    Comprei um Peugeot 407 em Dezembro de 2007, já nos primeiros dias de uso veio apresentando problemas de aceleração.
    Nestes dois anos que tenho o veiculo, o carro foi 16 vezes para a concessionária Val Di Leon em São José dos Campos, ficando uma vez 96 dias nesta concessionária apresentando o mesmo defeito. A mesma fez diversas tentativas de arrumar este defeito no meu veiculo, todas em vão. Foi solicitada a vinda de um técnico da Argentina, este técnico não conseguiu resolver o problema do software do cambio. Continua com o mesmo problema.
    O Peugeot 407 é um carro perigoso de se ter, pois quando você precisa sair um pouco mais rápido, o carro demora, e as vezes morre, podendo causar diversos acidentes.
    É uma carro que transmite imensa insegurança ao dirigi-lo. Pois vejam, o meu grande sonho era ter esse carro, hoje eu tenho um carro na mão que mais parece um pesadelo do que um sonho.
    A concessionária Val Di Leon sempre teve boa vontade em tentar me ajudar. O chefe da oficina (Marcelo), toda vez que aparece um software novo do cambio ele me chama para tentar resolver o problema, porem nunca conseguimos.
    Dentro de alguns dias o meu veiculo sai da garantia. Como ficarei, tendo comprado um veiculo de uma empresa irresponsável que não garante os produtos que vende?
    Já entrei em contato com o SAC da Peugeot muitas vezes sobre isso e fui muito mal atendido.

    Gostaria da ajuda do estadao para resolver esse problema.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2009 - 15:40
    Enviado por: Júlio Afonso Sá de Pinho Neto

    Exatamente no dia de hoje fui retirar um FIAT LÍNEA HLX DUALOGIC na concessionária FIAT Capital da cidade onde moro, João Pessoa, PB. Estava eu com a funcionária me ensinando a manusear os equipamentos quando tudo apagou. Era a bateria que havia descarregado. Fui tranquilizado com o discurso que o carro havia ficado no pátio durante dias e que isso acontece! Bom, veio um funcionário e deu recarga na bateria. Prosseguimos os esclarecimentos quando de repente… A BATERIA DESCARREGOU NOVAMENTE. Daí sugerirão que fosse dada uma OUTRA RECARGA.
    Eu me recusei, alegando que não tinha confiança e que grande era o meu receio de ficar na mão no meio do trânsito com um carro, recém-adquirido que não funciona já de saída. Como me recusei a aceitar a tal “solução” da concessionária fui trazido para casa e agora estou aqui, ilhado, pois dei meu carro, em perfeito estado (um POLO SEDAN) enquanto aguardo o pessoal da oficina para que “verifiquem” o problema.
    Bom, primeira reclamação, a revisão de entrega deixou passar um problema desses?
    É razoável falar ao cliente que isso é normal acontecer pois o carro passa muito tempo parado no patio?
    Propor uma segunda recarga e dar adeus aos cliente expondo-o ao perigo de deixá-lo sem transporte é respeitar o consumidor?
    Um automóvel caro, concebido para concorrer, segundo o fabricante, com o Honda Civic e Corolla é entregue dessa maneira ao cliente?
    Enfim, o que era para ser momento de alegria tornou-se um pesadelo.
    Triste primeira impressão na compra de um FIAT LINEA, talvez C, e não A.
    Quais são os meus direitos diante de uma situação como essa?

    RESPOSTA DO BLOG: O texto onde você colocou essa mensagem tem as respostas que você precisa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2009 - 11:48
    Enviado por: Edson Perito Amorim

    Bom dia

    Recentemente adquiri um carro zero km, modelo Novo Focus GLX 09/09. O referido veículo foi adquirido na concessionária Indiana Veículos, em Salvador (BA). Vou relatar alguns problemas observados na hora do recebimento do carro:
    1. o veúculo foi entregue com dois arranhões na porta traseira, lado direito.;~
    2. O para-choque dianteiro, abaixo do farol esquerdo estava danificado, mostrando pontos pretos de descasque de pintura;
    3. O capô foi amassado, provavelmente na hora de fechá-lo.
    Ao verificar estes problemas, fui forçado a deixar meu carro zero para conserto, sem se quer ter retirado o veículo da loja (fato lamentável). A ford deveria selecionar melhor os representantes de venda.
    Após a solução destes sérios problemas, em se tratando de carro zero km e de alto valor, nova surpreza me aguardava. Um barulho na coluna B, lado do carona (no primeiro momento). Ao voltar para minha cidade, distante 140 km de Salvador, minha espósa chamou a atenção para este insuportável barulho. Como estávamos nos deslocando para casa, deixei para resolver em outra oportunidade (já estava muito irritado com os problemas anteriores). Ao chegar em minha cidade entrei em contato com a vendedora e marquei um atendimento. Fui à Salvador só para este fim, fui atendido, me informaram que haviam feito ajustes no cinto e que o problema estava resolvido. Ótimo, muito competentes. Só que ao voltar para minha cidade, o problema voltou a aparecer (mais intenso ainda). Novamente liguei para a Indiana e marquei nova ida a loja para providência de reparo (carro zero km, lembrem-se). Desta vez fiquei três dias sem carro para localizar o defeito. No final do segundo dia fui informado que o problema era ponto de solda e que a Indiana iria reforçar este item. O serviço, teoricamente foi realizado e, segundo os ‘especialistas’ da Ford, solucionado. Nada feito, tudo voltou ao normal, barulho na coluna B do lado do carona e agora, para minha tristesa, do lado do motorista também. Parece problema estrutural do carro. Entrei em contato com a linha direta da Ford, via 0800 e coloquei os problemas à consultora. Fui informado que um protocolo de atendimento foi aberto e que em função de férias coletivas, só serei atendido a partir do dia 05 de janeiro de 2010. Vou aguardar a Ford se pronunciar e, se Deus quiser, solucionar o pronblema. Compreio um belo carro, motor excelente e conforto ímpar. Só que tem este problemas ao alcance os ouvidos (não dá para deixar de lado).
    Gostaria de orientação sobre este caso.
    Obrigado pela atenção
    Edson

    RESPOSTA DO BLOG: Espere a Ford se manifestar. Depois avalie se é o caso de ação judicial por danos morais e ressarcimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/01/2010 - 16:58
    Enviado por: wendell gardel

    ola..
    sou advogado..e tenho uma ação semelhante..se o carro novo custa 45.000,00 e pretende-se ter um novo carro, entao deve-se ir a justiça comum ou pode dar entrada no Juizado especial civil, e neste caso qual a melhor fundamentação o cdc ou vicios redibitorios do novo codigo civil??

    RESPOSTA DO BLOG: Justiça comum é o mais indicado. As duas alegações servem para o caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2010 - 17:43
    Enviado por: Claudio Rosanes

    Comprei em novembro de 2009 um Zafira automatico para meu trabalho de taxi ,levou um mês até emplaca-lo e quando comecei a trabalhar observei que tinha oleo misturado á agua do radiador,levei na concessionaria Dirija barra onde ninguem sabia que defeito era aquele ,porem foi limpo o sistema de arrefecimento na possibilidade de alguem por engano ter colocado oleo na agua.Falaram para eu andar e verificar se o oleo voltava.Ele voltou e eu levei dia 4/01/10 onde desmontaram o motor e falaram que iam trocar o cabeçote mas poderia ser o bloco.
    Falaram que na fabrica não tinha a peça sem previsão.Oque eu faço? Comprei carro novo para não ter dor de cabeça .Tenho dividas,como vou Paga-las?Por ser taxi tenho direito a indenização do lucro cessante pois não sei quando voltarei a trabalhar?
    Obs. Liguei para o 0800 da fabrica e eles nem se importaram em me contactar.
    A fabrica é GM.

    RESPOSTA DO BLOG: Você tem direito a ressarcimento por dano moral e dos prejuízos que já teve. Contrate um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/01/2010 - 16:52
    Enviado por: Rosangela

    Gostaria de sabe se posso entrar com uma ação de danos morais contra a montadora em que comprei meu veiculo O km, que foi faturado em 17/09/2010. Desde que o retirei na concessionaria apareceram vários problemas. A 1ª ves foi trocado um farol que entrava água, na 2ª vez, para tirar barulho no painel e entrava água pelas portas qdo chovia e o capo fazia barulho. trocaram uma peça no capo, tiveram que mandar para a funilaria para arrumar as portas p/ não entrar mais água e verificaram que as 2 laternas traseiras estavam quebradas. após arrumarem as portas verifiquei que fizeram um pequeno amassado na porta do lado de dentro. Tive que deicar 3 dias na concessionaria para funilaria, e depois tive que levar mais 2 dias p/ trocar as lanternas. Outro dia levei para trocar uma peça na roda que fazia barulho e tirar os barulhos internos. Quando cheguei em casa vi que tinham riscado o capô, então mais uma seman sem o carro, e o capo já não é mais o mesmo, tiraram o verniz, lixaram e envernizaram de novo ( não é a mesma coisa ). E então, após sair da concessinária verifiquei que os pedais de acelerador e embreagem estão durissimos, que para acelerar tem que fazer força….Já estou esgotada, além do tempo perdido, tive que chegar varios dis mais tarde ao trabalho, gasto com gasolina e tempo sem o veiculo, tendo que trabalhar de ônibus. Posso entrar com ação de danos morais?

    RESPOSTA DO BLOG: Pode.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2010 - 11:37
    Enviado por: ELIANE TACCA

    Gostaria de saber o qu eposso exigir, pois comprei um Celta 0km em julho de 2009. Já apresentou o defeito de entrar água pela porta do motorista. Já levei o carro por 4 vezes na concessionária pelo mesmo defeito. Sempre mechem, dizem q arruma, faz um ajuste, mas o defeio não é sanado.m Já cansei de tanto levar o carro na concessionária para arrumar e não ter o retorno desejado. O que posso fazer e exigir uma vez que já nem quero mais esse carro defeituoso.

    RESPOSTA DO BLOG: Reclame no Procon e entre na Justiça por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/01/2010 - 19:45
    Enviado por: fatima gomes serra

    Trafegava no tunel dois irmãos com meu carro zero uma captiva 4×4 automática, quando um ónibus bateu na minha traseira fazendo que eu batesse no da frente. Como pude freiar o da frente nada sofreu praticamente, mas meu carro ficou completamente avariado na traseira inclusive quebrou o vido e na parte dianteira e o motor não pegou depois da colisão, tendo que ser rebocado para liberar o trânsito. Foi feito ocorrência onde o motorista responsável pela colisão admitiu que o freio falhou.
    Como meu carro ficou completamente amassado, vou exigir um carro novo.
    Tenho seguro, mas o motorista disse que a empresa não tem, mas que pagaria tudo.
    O que devo fazer para obter um carro novo ao invés de conserto que certamente não vai ser possível, pois o motor também foi afetado.

    agradeço e espero apoio de vocês para uma orientação.

    Por favor me ajudem

    Fátima

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um advogado para negociar com a empresa e entrar na Justiça, se for necessário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2010 - 19:47
    Enviado por: osmar jorge pires

    olá boa noite, comprei um fiat uno novo e ouve um sinistro, acionei a seguradora e a mesma buscou o carro e deixou na autorizada onde eu mesmo indiquei, tenho em mãos notas ficais de trocas de peças , mas com o passar dos dias descobrir que só recuperam as duas portas e não trocaram coisa nenhuma posso entrar na justiça ou tem que ser a seguradora devido de ela mesma ter pagado. ou se posso reivindicar como consumidor.
    grato

    RESPOSTA DO BLOG: Pode entrar na Justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2010 - 09:58
    Enviado por: josi

    olá comprei um gol geração 5 e está cheio de defeitos do fabricante estou nervosa já não sei mais o que fazer ,quais são os meus direitos??

    RESPOSTA DO BLOG: Leia a reportagem onde você colocou a mensagem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2010 - 21:58
    Enviado por: marcos nobrega

    Boa noite, comprei uma Kombi zero Km no momento da entrega achei um amassado no teto do carro, recusei o veiculo mas eles não querem trocar o veiculo pois alegam que o veiculo já foi emplacado, oque eu faço? obs. o carro ainda está na concessionaria.

    RESPOSTA DO BLOG: Reclame no Procon e processe a loja por danos morais. Você tem direito ao cancelamento do negócio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2010 - 23:22
    Enviado por: CELIA MARTINS

    BOA NOITE! GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO A UM NOVO CARRO 0KM, COMPREI UM FOX 0KM E NÃO ESTOU SATISFEITA, ASSIM QUE SAI DA CONCESSIONÁRIA O CARRO JA APRESENTOU DEFEITO. UM BARULHO HORRIVEL NA RODA, DEPOIS DE UMA SEMANA JA TIVE QUE DEIXAR MEU CARRO NA OFICINA APRESENTADO PROBLEMAS NO ROLAMENTO. DEPOIS DE UMA SEMANA OUTRO PROBLEMA. UM GRANDE ESTRALO QUANDO LIGAVA O CARRO, ME DISSERAM QUE ERA A LEITURA DO COMBUSTIVEL QUE TINHA QUE SER FEITA, DEIXEI O CARRO NOVAMENTE NA CONCESSIONÁRIA AUTORIZADA, MAS DEPOIS DE 2 DIAS O PROBLEMA VOLTOU E AINDA PIOR, O BARULHO DO ESTRALO ERA INSUPORTAVEL. O QUE DEVO FAZER? TENHO DIREITO A UM OUTRO CARRO 0KM? COMPREI UM CARRO 0KM PARA NÃO ME TRAZER NENHUM TIPO DE PROBLEMA PELO MENOS POR UM BOM TEMPO. E NÃO É ISSO QUE ESTA ACONTECENDO. SERA QUE TEM GENTE QUE ACHA QUE A GENTE É TROUXA! VOU RODAR A BAIANA E EXIGIR UM OUTRO CARRO ZERO.

    RESPOSTA DO BLOG: Nâo tem direito a carro novo. No máximo, uma indenização por danos morais e ressarcimento de gastos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2010 - 20:25
    Enviado por: nilza

    olá tdb?
    Depois de ler as reclamações acima fiquei muito triste e sem esperança ; pois vejo que nós os consumidores estamos sós.
    Como eles tb comprei um gol geração5 e muitos problemas e o pior que não sei a quem recorrer.
    A verdade é que preferia continuar com o meu carro velhinho.
    Por favor gostaria de receber orientação
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 16:50
    Enviado por: AMANDA MOREIRA LEITE

    Comprei o NOVO GOL 0K há 1 ano e meio e desde a saida do veiculo da conssecionária tem me dado problemas com barulho na carrceria e motor, agora o carro está encostado pela 13ª para TROCA DO MOTOR. Tive que apelar judicialmente para poderem realizar a troca do meu carro, pois quem quer um carro 0k, não quer ter problemas com reparos e antes eu tivesse comprado um semi-novo, porque poderia me trazer menos problemas do que este.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/04/2010 - 11:28
    Enviado por: andre barros

    amigo,

    comprei uma moto suzuki hayabusa…dei 10 mil de entrada e financiei o resto. um dia depois de tirar a mto da loja fui p a estrada. c 154km a moto parou. passei a noite na beira da estrada e só consegui reboque no dia seguinte. Levei a moto de volta p a loja Indiana motos em salvador e p minha surpresa fui informado que o problema apresentado na minha moto ja havia acontecido em alguns lotes. Trocaram o retificador por um novo…antes da moto ser liberada apresentou o mesmo problema c a peça nova. Paguei por uma moto de 61 mil e a mesma esta na oficina c tres dias que saiu da loja. N confio mais nessa moto, posso pedir devolução do meu dinheiro e cancelamento do contrto de financiamento?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/04/2010 - 00:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Neste caso não, já que o defeito não impede, em tese, o funcionamento da moto, ou seja, é só trocar a peça. Entretanto, rende uma indenização por danos morais e ressarcimento por gastos, mas terá de mover ação judicial.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/06/2010 - 10:18
    Enviado por: wanderkleison

    bom dia gostaria de uma orientacao.
    comprei um veiculo punto 2010/2010 0 km no dia28/04/2010 e no dia 30/05ao lavar o veiculo em casa , verifiquei que o veiculo possui retoques na porta traseira e na lateral do veiculo e ainda na coluna trazeira entre as portas trazeira e dianteira possui um acabamento horrivel graosseiro, e ainda com tinta fresca, e com peças plasticas originais pretas com da porta com pulverizada de branco da cor do veiculo.contactei a fiat e a mesma me encaminhou a concessinaria que quer efetuar a troca da porta, porem comprei um veiculo 0 km para nao ter dor de cabeça e essa foi a unica solucao que a revenda Jacuipe veiculos em feira de santana – ba me propos.
    nao aceitei pois comprei um veiculo 0 km , e nao aceito a troca da porta, como devo proceder. no aguardo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/06/2010 - 21:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Para nós não é o caso de troca do veículo, pois o defeito é na pintura, e em apenas uma peça. Ou seja, não impede o carro de funcionar. É o caso de aceitar a substituição de peças. Se não aceitar, contrate um advogado e recorra à Justiça exigindo a troca do veículo – com chances bem remotas de sucesso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/07/2010 - 14:56
    Enviado por: paula xavier

    Comprei meu tiida em abril de 2010 (nota fiscal emitida em 06-04-2010 e, em 21 de maio, um dos pneus rasgou. Desde então, venho tentando comprar outro igual, contiprocontact p 195-55-r16- 86h, mas não encontro no mercado, nem mesmo fora da minha cidade. A revenda daqui de florianópolis/São José, Globo Nissan, não resolve meu problema, não tem outro para vender e nem encontra quem venda. Pergunto: a Nissan não tem pneu marca Continental para reposição? Trata-se de uma peça muito simples, num carro novo!! É um absurdo que eu tenha que trocar todos os quatro e, ainda, por um pneu de marca diferente do original. Ademais, o próprio step que veio original com o carro já é de outra marca e outro tamanho.
    Se eu não obtiver uma resposta satisfatória da Nissan, vou repassar minhas reclamações às revistas especializadas.
    Atenciosamente,
    Paula Xavier

    Chassi nº 3N1BC1CD7AL379560
    ANO 2009 MOD 2010

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/07/2010 - 19:38
    Enviado por: André Terra

    Gostaria de postar a minha tremenda insatisfação com a FORD. Fiz a besteira de comprar um ford Ka novo e estou enfrentando vários problemas com o carro e principalmente com o péssimo atendimento da empresa. Não comprem o novo Ka, ele é péssimo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/08/2010 - 10:34
    Enviado por: janete

    Bom dia. Gostaria de saber como reclamar defeitos em um ford ka que comprei em setembro de 2008 sendo que dado o final da garantia o carro simplesmente começou a apresentar todos os defeito possíveis troca de marcha travou valvula termostatica trancou ar quente ligado direto agua que entra no carro e assim vai.. como posso reclamar pos a concecionaria diz que nao pode me ajudar, digo ainda que meu carro esta com 36milkm isso é incrivel 1 ano e 8 meses de uso

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/08/2010 - 17:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não vemos irregularidade, nenhuma, são defeitos normais de carro usado. Não é caso de reclamar com ninguém.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/08/2010 - 20:23
    Enviado por: Anderson Gomes

    por favor preciso de uma orientaçao urgente, pois comprei um fox em setembro de 2008 e logo apos fazer minha primeira revisao em uma concessionaria autorizada meu carro apresentou problemas no motor, foi solicitado pela vw um novo motor que apos quase cinco meses do pedido formularizado o motor chegou e foi substituido. so que nem cheguei a fazer os processos para a modificaçao na documentaçao e o motor pifou de novo com o mesmo problema e ainda pior. Por favor preciso de uma orientaçao sobre o que fazer visto que o desgaste da primeira vez foi enorme e so de pensar em passar tudo isso de novo ja me deixa irritado, trabalho com o carro necessito dele e pra falar a verdade a vontade é de fazer locura com esses caras safados e pilantras que se acham espertos tem muitos deles comendo terra essas horas.
    obs: o motor tem garantia de 3 anos, gostaria de saber tambem se posso exigir um novo veiculo e quais os procedimentos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/08/2010 - 20:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se o motor está na garantia então a montadora tem de resolver o problemma. Procure o Procon ou um advogado para acionar a montadora e a concessionária e peça indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/08/2010 - 16:24
    Enviado por: Cristiane Frates

    Olá… comprei um renault sandero 1.6 no dia 14 de janeiro de 2010, onde ganhei de presente com o carro uma super dor de cabeça, meu carro nao pega e consequentemente acaba com toda a parte eletrica… a concessionaria até que tratam com educação, mas quero muito mais que isso, gostaria que meu carro funcionasse, só isso, ele já foi 3 vezes pra concessionaria e nada de resolver o problema.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2010 - 20:40
    Enviado por: Elisneide

    boa noite, diante de tantos depoimentos fico tb decepcionada com o que vejo, fiz maior economia comprei fiz um consorcio de um carro paguei um ano dei um lance grande peguei um carro mais caro paguei a diferença a vista enfim falta menos de um ano para terminar de pagar o carro, o carro com mais ou menos vinte dias de uso apresentou um problema acionei o reboque e ja faz 30 dias que meu carro esta na concessionária, quais os procedimentos que devo tomar para pegar um carro zero, uma vez que a lei mim garante isso passado os 30 dias, quem eu devo procurar? mi ajudem por favor.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/08/2010 - 21:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é tão simples assim. Estamos falando de um carro, não de um telefone celular. A primeira coisa a fazer é denunciar a oficina e a montadora a respeito da demora no Procon. Um carro novo não será fornecido, mas é perfeitamente possível pedir na Justiça uma indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/09/2010 - 07:57
    Enviado por: Aparecido Vagner C Jorge

    Bom dia,

    Comprei um carro zero há 8 meses, porém, a garantia é de um ano, então fui ligar o carro e ele não funcionou, chamei o funcionário de uma auto elétrica ele disse que estava roubando carga da bateria. Agora queria saber meu carro está em casa a concessionária deve buscar o carroem casa? Eu pagarei a mão de obra ou peças do veículos?

    Obrigado
    Aparecido Vagner

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/09/2010 - 18:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você precisa ler o que está escrito na garantia para saber quais são os seus direitos. O transporte até a concessionária é por sua conta. O pagamento vai depender do que precisará ser consertado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/09/2010 - 15:49
    Enviado por: Delamare de oliveira Bonfim

    Curitiba, 09 de Setembro de 2010

    Prezados Senhores, Bom dia!

    Ref.: Reclamação de veículo Agile Chevrolet, adquirido através da concessionária METROSUL

    Comprei um Agile/2010, fabricação 2011, no dia 24/06/2010, na concessionária METROSUL COMERCIAL DE VEÍCULOS LTDA, na Avenida Marechal Floriano Peixoto, 3330, Parolim, Curitiba – Paraná, e desde então estou cada dia mais FRUSTRADA.
    No dia 05/07/2010 estava levando meu carro na concessionária METROSUL, para emplacamento, porém meu trajeto foi interrompido, pois meu carro começou a ferver, a temperatura subiu rapidamente e tive que parar o veículo no meio da avenida, super movimentada, correndo risco de causar um acidente.
    Na mesma hora entrei em contato com a Vendedora da Concessionária, que tinha me atendido quando comprei, Sônia, ela perguntou se eu estava próxima a concessionária, então falei que sim, por ordem da mesma, fui até a concessionária, e para isso, tive que desligar o carro e esperar a temperatura baixar, fiz este procedimento cerca de 15 vezes, saliento que estava numa avenida de super movimento, correndo risco de causar um acidente.
    Chegando lá, fomos atendidos pelo mecânico Welbert, que logo nos informou que o carro deveria ficar na concessionária para conserto, solicitei então um carro reserva, pois uso o carro para trabalhar, e não poderia ficar sem o veículo.
    Nesta hora o mecânico chamou o gerente da Oficina, não sei informar o nome, este senhor chegou de forma grosseira, afirmando que não iria solicitar o carro reserva, por eu não ter levado o carro guinchado pela Chevrolet, fato que fiz por orientação da Vendedora da própria Metrosul.
    Indignada falei a respeito da necessidade do carro, e o gerente apenas “sorria” de forma sarcástica. Então o próprio gerente sugeriu que eu pegasse o carro e fosse para casa, que é em outra cidade, e daí chamasse o guincho da Chevrolet. Concordei com o que ele estava dizendo, porém afirmei que transitaria com o veículo na BR, e estava com medo do carro “pifar” em meio a BR. Foi então que o gerente ligou o carro e começou a acelerar muito, até que a água começou a ferver muito, e ele de forma rápida afirmou que eu não poderia sair com o carro do local.
    Nesta ocasião trocaram diversas peça do motor, conforme tenho o laudo, são elas:
    1. Cabeçote motor
    2. Junta Cabeçote
    3. Termostato
    4. Adit p/ radiador
    5. Vedador – colet adm
    Retirei o veículo no dia -06/07/2010.
    No dia 20/08/2010, estava saindo de casa, quando a luz responsável pela injeção, começou a acender no painel, então liguei para o serviço da Chevrolet, para solicitar alguma informação, porém a atendente informou que o carro deveria ser guinchado para a Concessionária, então o meu carro foi para a concessionária, e eu fiquei novamente sem carro. No dia 23/08/2010, o carro estava pronto, com as seguintes manutenções:
    1. Modulo/Recalibração
    2. Campanha/Recall L100225 ECM Calibration – IT045G-2010

    Para frustração maior no outro dia após voltar da concessionária, ou seja, dia 24/08/2010, a mesma luz de acendimento da injeção, acendeu e não apagou mais, tive que parar o carro onde estava para solicitar novamente um guincho. Após solicitar o guincho liguei para a Metrosul e falei sobre o acontecido, então outro mecânico, o Telles, falou que eu deveria aguardar e enviar o carro para a concessionária.
    Solicitei um carro reserva na Chevrolet, então disponibilizaram um Celta, porém tive que gastar com taxi para retirar o veículo, pois estava bem longe do local que me encontrava. Fiquei 8 (oito) dias com o carro reserva, ou seja, até dia 01/09/2010, pois recebi uma ligação do Telles, que estava pronto o conserto.
    Cheguei até lá, e foi feita a seguinte manutenção:
    1. Modulo/Recalibração
    Para surpresa e indignação maior, saí da concessionária e parei 3 (três) quadras adiante, pois o veículo não fuincionava mais, tentei por diversas vezes fazer fuincionar o carro, mas de nada adiantava, foi então que solicitei ao meu marido, que saísse do seu trabalho, para me socorrer, pois estava desesperada. Meu marido foi até a concessionária, e após “fazer um escândalo”, conseguiu que 2 (dois) mecânicos fossem até o local onde estava parada com o carro. Chegando lá me informaram que teriam que levar meu carro para a concessionária novamente.
    Voltei até a concessionária e fiz um “escândalo”, chamei aquele gerente da oficina, e chamei o gerente das vendas, queria uma solução definitiva, ou seja, queria outro veículo, estava frustrada, desesperada, em prantos, porém o gerente ficava sorrindo de forma sarcástica.
    Após muitos gritos, e escândalo, consegui que trocassem a bateria do meu carro, foi isso que fizeram, e me garantiram que não ocorreria mais nenhum problema.
    Hoje, dia 09/09/2010, novamente meu carro deu problema, agora a luz do óleo, acendeu e não apagou mais, liguei para a Chevrolet e fui informada que teria que levar meu carro para a concessionária novamente. Estou desesperada, frustrada, e completamente arrependida, por ter adquirido um carro da Chevrolet. Clamo por justiça!!
    Gostaria de solicitar a ajuda, para solucionar este problema, não quero mais este carro. Tenho medo de dirigir e ocorrer algum problema, causando um acidente. Comprei um carro zero, que era meu sonho, porém tornou-se um pesadelo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2010 - 23:48
    Enviado por: marco antonio

    Gostaria da ajuda de voces, comprei um carro Sandero 1.6 16v
    em 02 de setembro de 2010, no segundo dia após a compra o apresentou falhas no motor do carro ao ligar na parte da manhã, levei até a autorizada na qual comprei, mexeram no
    carro acusaram o combustível do carro estava ruim, tiraram o combustível e o carro continua com defeito, sendo assim levei
    para outra autorizada, o carro de encontra lá ainda, o que devo fazer para resolver essa situação, parece um pesadelo que estou passando, gostaria da troca do meu carro ou o meu dinheiro de volta. obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/10/2010 - 00:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Troca do carro, só se os defeitos inviabilizarem o funcionamento. Acione a loja e a montadora na Justiça pedindo indenização pordanos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/10/2010 - 23:34
    Enviado por: CLAUDINEI LEITE SALVINO ALVES

    Boa Noite,

    Hoje é domingo (10/10) no prazo de 15 dias é a terceira vez que o carro zero que comprei para minha esposa está com problema. Agora virou costume por 3 semanas consecutivas (todo domingo) o carro começa a falhar e a luz de advertência da injeção eletrônica acende e a um determinado momento o carro (carroça) não pega mais.
    Quando compramos um carro zero, geralmente esperamos não ter problemas, só que se arrependimento matasse eu e minha esposa estariamos mortos e enterrados.
    Não aguentamos mais está porcaria de carro, quero meu dinheiro de volta, este carro (carroça) provavelmente já saiu condenado de fábrica, porque não é possível um carro (carroça) que foi comprado 06/07/2010 e hoje está com pouco mais de 3.000km apresenta tantos problemas que nem os mecênicos da concessionária sabem exatamente qual o defeito. Sendo assim, amanhã dia (11/10/2010) estaremos levando novamente o carro para a oficina e deixaremos lá o veículo e não iremos mais busca-los, queremos outro veículo ou nosso dinheiro (porque pagamos à vista – em dinheiro).
    Caso contrário entraremos com processo de perdas e danos contra a Chevrolet e o famoso artigo 171 e mais lei 8078 DE 11/09/90 (LEI DO CONSUMIDOR).

    DADOS DO VEÍCULO:

    CELTA SPIRIT 4P 1.0 FLEX – CHASSI 9BGRX48F0BG115784
    ANO 2010/2011 – COR PRETA PLACA EIH.6456
    NF DE COMPRA Nº 000.007.309 -VIGORITO

    Claudinei Leite Salvino Alves

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2010 - 19:55
    Enviado por: Janio Oliveira

    Comprei um carro zero KM na Sonnervig da Ricardo Jafet e ontem fui retirar o mesmo.
    Percebi que o carro apresenta varios detalhes negativos, tipo riscos nos parachoques, no painel, na soleira da porta, sujeira nos cantos, nos dutos de saida de ar, varios insetos grudados na colmeia do radiador, bancos sujos e manchados, areia no carpete, pneus sem os cabelinhos, falta da alavanca de controle do espelho retrovisor LD, falta da borracha na tampa trazeira, parafuso solto e jogado no porta malas, peça interna onde o tampão se apoia desencaixada, e aspecto geral interno de carro usado além do forte cheiro de algum produto quimico, sem todos os plasticos de proteção dos bancos, enfim tudo o que não se espera de um carro zero.
    Em vista disso tudo, não aceitamos este carro. Ficamos estremamente decepcionados, e já fomos ao Procon. A Sonnervig disse que não pode trocar o carro pois já foi feita a documentação, e se propoe a consertar os defeitos!
    Realmente eu não gostaria de ficar com o carro, Entrei com o processo no Procon no setimo dia após a compra, como eu só pude ver o carro na hora da entrega fica caracterizado que está dentro do prazo de devolução do produto? Ou é aconselhavel retirar o veiculo e manter o processo no Procon?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/10/2010 - 20:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A data de compra é a data da assinatura do documento. Essa é a que vale. Não retire o carro até ele estar completamente consertado, caso queria ficar com ele.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/11/2010 - 15:37
    Enviado por: Graciele

    Comprei um symboll da renault a um ano e meio e após a revisão dos 20mil km rodados, o carro voltou e dentro de uma semana apresentou um barulho muito forte no motor, ficamos observando.
    após uma semana o barulho piorou foi quando levamos na concessionaria e após verificarem o barulho, solicitaram agendar uma data pra deixarmos o carro.
    Saímos da loja com o carro fazendo o barulho no motor e assim andamos com o carro.
    Na data marcada deixamos o carro lá e no meio da manha me retornaram avisando que era o alternador e que o carro estava perigando fundir o motor, e que não iriam liberar o carro pra mim até que arrumassem.
    A loja não possui a peça, nos foi dito que chega em 5 dias úteis.
    Solicitei um carro reserva e após 24 horas de muito transtorno não obtendo retorno, fui obrigada a locar do meu próprio bolso, um carro, pois não posso ficar sem carro.
    Algumas horas de pois, ou seja, um dia e meio após a solicitação me foi liberado um carro pelo fato de que seria um problema que a renault arcaria com o prejuízo.
    Em média 6 meses após comprarmos o carro, começou a apresentar problema no ar condicionado que simplesmente do nada ele pára de funcionar, fica um ou dois dias sem funcionar, levamos já algumas vezes na concessionária, mas parece brincadeira, pois chegamos lá e ele volta, ou seja, os mecânicos dizem não ter como analisar o problema se estiver funcionando.
    Uma vez levei em outra autorizada, a qual me levou até uma loja de ar condicionado que trabalhava pra eles e foi constatado que era problema no compressor, só que esse problema vai e volta, e ainda não conseguimos demonstrar pois volta a funcionar.
    o que vai acontecer? Vai terminar a garantia e esse ar condicionado vai pifar e teremos que arcar com o prejuízo?
    Outro fato que aconteceu foi que a trava das portas após atingir a velocidade de 6km/h não está funcionando desde o retorno desta última revisão também, inclusive no controle de qualidade da revisão pela concessionária, informei desse problema.
    E aí como fica essa situação? Um carro com 1,5 ano com esses problemas todos….tenho o direito de troca por um carro novo?
    Aguardo por favor um retorno.

    obrigada,

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/11/2010 - 17:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. Os problemas não inviabilizam o funcionamento do carro. O máximo a fazer nesta questão é exigir o ressarcimento de gastos e indenização por danos morais por via judicial.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/11/2010 - 20:13
    Enviado por: ezequiel dos santos

    Boa noite a todos!!

    Quero que me tirem uma duvida tbm…
    eu comprei um carro só que o carro esta com problemas ja devolvi 2 vezes pra loja arrumar e ainda continua com problemas, e esta na garantia ainda.O que devo fazer???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2010 - 20:00
    Enviado por: jose hildo souza

    adquiri o novo focus ghia 2010/2011 retirei sabado retrazado logo de cara quando fui abastecer o reservatorio de gasolina o mesmo estava solto.na primera chuva pelo teto solar agua adentrando no veiculo.e para finalizar a barabrie da qualidade do produto Ford um dos 04 pneus e de outra marca.um verdadeiro absurdo.fiz os dois reparos na ford lemar o reservatorio já esta no local fixado.o teto segundo eles esta ok feito ajuste.ate agora não deu para analisra se entra agua ainda.para o tereceiro item deverei contatar a ford mix onde comprei o carro para a averiguação da troca do pneu quero deixar registrado minha insatisfação sobre o produto.obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/12/2010 - 14:56
    Enviado por: Bruna Lousada Ferreira

    1ª Questão – Dia 27/02/2010 comprei um Palio Economy 4 portas na cor: prata Bari, onde o valor anunciado era de 27.700,00 e na nota do carro está como seu eu tivesse dado uma entrada no valor de 6.000,00 apresentando um total na nota no valor de 33.700.00, porque disso, isso pode alterar no meu Imposto de Renda?
    2ª Questão – O carro foi entregue no dia 05/03/2010 ás 15:00 sem ao menos meu marido Sidney Mendes Ribeiro que é o condutor do carro ter visto, ter feito um teste drive, na disso me foi concedido.No ato da entrega um funcionário da Fiat mostrou o carro, lataria, e interior apensa isso.
    3ª Questão – Na primeira troca de óleo com 7.500,00 meu marido apresentou aos funcionários da Concessionária Fiat alguns barulhos estranhos como: (barulho estranho ao trocar marcha e um barulho estranho na suspensão dianteira. O funcionário da concessionária andou no carro viu o barulho estranho na troca de marchas e disse que isso era normal em todos os Pálios, quanto a suspensão o mesmo foi dito, que é normal do Palio. Observando que nenhum tipo de relatório era feito e nenhum tipo de comprovação sobre minha reclamação foi entregue.
    4ª Questão – da 1ª revisão em diante começamos a fazer as mesmas reclamações á concessionária que sempre dizia que os barulhos existem em todos os Pálios. Meu marido Notou uma certa desconfiança e mal trato por parte das pessoas que recebiam as reclamaçõe na concessionária, como se estivéssemos interessados em fazer qualquer serviço as custas da Fiat, algum tipo de malandragem, e isso não é verdade, somos pessoas honestas, apenas queremos nossos direitos, nada além disso, levamos nosso carro para as revisões na FIAT justamente para que o funcionamento do mesmo sempre esteja ok mas nesse caso já compramos um carro com defeito. A Fiat ou o setor responsável pela qualidade de seus produtos se quer avaliou o carro e já disse que a garantia não cobre o problema, li o manual das revisões e vi que a garantia não cobre embreagem mas ai eu pergunto, e quando o carro é vendido com defeito? O que fazem? Porque nosso carro nos foi vendido com problemas, problemas esses que foram aparecer depois, típico de venda de carro de marreta que gosta de enganar o comprador.
    5ª QUESTÂO – Em uma das idas de meu marido a concessionária o carro foi retirado da sem o kit (Manual e carne de revisões) não estava no porta luvas como é de costume deixar, em uma conversa com o Gerente da Oficina o Senhor Ricardo, foi insinuado que o KIT não teria ido junto com o carro e que os mesmo poderiam ter sido perdidos pelo meu marido. Algumas semanas depois um funcionário da concessionária que é conhecido de meu marido no qual não citarei o nome, entregou a ele o Kit e disse: ESTAVA JOGADO NA OFICINA, ACHEI E ESTÁ AQUI. Qual a confiança podemos depositar em uma representante da FIAT que age dessa forma. Porque que todas as visitas que o carro fez a concessionária para ver esse problema não era registrada, porque que com a 1ª reclamação a concessionária não procurou olhar mais a fundo o problema, apenas andavam no carro por alguns metros e nos dispensava dizendo que estava tudo normal, será que somos nós tentando agir de má fé? A ultima vez que meu marido foi a concessionária o Gerente da oficina disse que ia falar com o dono da concessionária para ver se os mesmo teriam uma cortesia com a Fiat para resolver o problema, a resposta que tivemos foi, não faremos o serviço na garantia, se quiser, deixe assine uma autorização para que possamos abrir a embreagem e se for constatado que foi por sobrecarga no sistema por parte do condutor que o mesmo pagara a quantia referente aos serviços que chega a 1.000,00. Porque que meu marido notou o problema, levou o carro a concessionária varias vezes e só agora as pessoas que avaliam disseram que sim que agora está com problema? Porque que a Empresa FIAT sem ver o carro, sem avaliar já deu um parecer se negando a resolver o problema ou dando uma solução que diante dos fatos é obvio que a concessionária onde compramos o carro jamais vai admitir que estejam errados e que o problema no carro era defeito que já existia e não causado pelo condutor. Se as reclamações fossem feitas agora, com o carro com 35.000km, tudo bem, daríamos total razão a concessionária e a FIAT de não nos atender mas… um carro zero km com 7.500 KM rodados apresentar problemas como esses e a concessionária e a própria empresa FIAT se nega a resolver, assim observamos a seriedade com que vocês trabalham.
    É com muita insatisfação e indignação que mando esse e-mail aos responsáveis pelo tratamento do mesmo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/12/2010 - 14:57
    Enviado por: Bruna Lousada Ferreira

    O que devo fazer diante desta situação?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/12/2010 - 16:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      No máximo contratar um advogado e tentar processar a oficina e a Fiat por danos morais. O carro está funcionando, então terão de provar que houve trabalho malfeito pela oficina. Quanto ao imposto de renda, poderá haver problema sim, mas vocês terão de provar na Justiça ou na Receita de que o valor faturado foi alterado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/12/2010 - 11:17
    Enviado por: Bruna Lousada Ferreira

    A concessionária Tecar Fiat (gerente Ricardo) entrou em contato ontem com meu marido, fomos informado que o procedimento por parte da Fiat será o mesmo, assinarei um documento autorizando a abertura da embreagem para solução do problema, O SENHOR RICARDO DEIXOU BEM CLARO QUE SE FOR CONSTATO MAL USO DO MOTORISTA QUE O MESMO IRA PAGAR A QUANTIA REFERENTE AO SERVIÇO E PEÇAS.
    LEMBRANDO QUE, COMPREI O CARRO NO DIA 27/02/2010, A ENTREGA FOI FEITA NO DIA 05/03/2010, NO DIA 04/05/2010 FIZ A TROCA DE ÓLEO DOS PRIMEIROS 7.500KM E NESSE MESMO DIA JÁ INFORMEI SOBRE O PROBLEMA DA EMBREAGEM, ONDE UM FUNCIONÁRIO ANDOU NO CARRO VIU QUE TINHA UM BARULHO NA EMBREAGEM E O MESO INFORMOU QUE ERA O COLAR DA EMBREAGEM QUE FAZ ESSE BARULHO E QUE É NORMAL EM TODOS OS PÁLIOS, NESSE MESMO DIA FOI FEITO UM AJUSTE NA PORTA TRASEIRA QUE ESTAVA MUITO PARA FORA, A RECLAMAÇÃO NÃO FOI REGISTRADA E NENHUM TIPO DE RELATORIO OU ORDEM DE SERVIÇO NOS FOI ENTREGUE. SENDO ASSIM NOTAMOS QUE:
    CASO O DEFEITO DE QUALIDADE SEJA NOTADO APÓS A RETIRADA, A MESMA LISTA DEVE SER FEITA E O CARRO DEVERÁ SER ENTREGUE À CONCESSIONÁRIA PARA VISTORIA E REPARAÇÃO DO PROBLEMA. DE ACORDO COM O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, QUANDO UM VEÍCULO APRESENTA PROBLEMAS DE QUALIDADE O CONSUMIDOR TEM 90 DIAS PARA RECLAMAR OU MOVER UMA AÇÃO JUDICIAL CONTRA O FORNECEDOR (CONCESSIONÁRIA OU MONTADORA).

    OU SEJA, ESTAVAMOS NO PRAZO PARA AS DEVIDAS RECLAMAÇÕES E REPAROS DO VEICULO SEM QUALQUER CUSTO E NADA FOI FEITO DEIXANDO CHEGAR A ESTA SITUAÇÃO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2011 - 00:52
    Enviado por: EDVALDO F.

    COMPREI UM CARRO DA.FORD.UM FORD KA ZERO NA CONSERCIONARIA CAOA CIDADE DE CANP. GRANDE PB. NUNCA PESEI PASAR TANTO CONSTRANGIMENTO,COM QUATRO MEZES O CARRO QUEIMOU O TRANPONDE DA IGUINIÇAO COLOQUEI NO GUINCHO E LEVEI PARA ALTORIZADA CAOA VEPEL.COLOCARÃO OUTRO .COM ONZI MEZES VOLTOU A QUEIMAR NOVAMENTE LEVEI PARA CAOA NOVAMENTE TROCARÃO ,COM TRINTA DIAS QUEIMOU NOVAMENTE AI EU NÃO QUENTEI E DISSE QUE NÃO IRIA PROCURA A JUSTIA PORQUE EU NÃO QUERIA PERDE MAS TENPO COM A PORCARIA DE UM CARRO NOVO QUE SICOMPRA PARA USAR E NÃO SERVE MEN PARA VIAJAR. FORD.NÃO A CONSELHO NIMGUEI APOSUILOS ELES TEM PLOBREMAS VISIOZOS, NUMCA MAIS.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2011 - 17:27
    Enviado por: Cristiane

    Comprei um Corsa Hatch novo, recebi no dia 18/01/2011 e ontem, sete dias após a entrega, o carro quebrou quando ia para o trabalho, fiquei 3 horas esperando o reboque do serviço Road Service da Chevrolet, e somente hoje (25/01) recebi o laudo: PROBLEMA NO MÓDULO DO CARRO, que terá que ser trocado. Me deram prazo de 10 dias. A partir de que momento posso recorrer ao PROCON para reclamar? Devo esperar o conserto do carro?! Posso exigir meu dinheiro de volta ou outro carro?!!
    Agradeço se me ajudarem!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/01/2011 - 19:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode-se recorrer ao Procn a qualquer momento. Não é caso de troca, pois a empresa e a fábrica têm o direito de reparar o produto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/01/2011 - 14:53
    Enviado por: marcello

    Comprei um corsa 0km no ultimo dia 17 e com uma semana exata o carro apresenta barulhos horríveis na parte inferior( acredito que seja na suspensão) como estou de férias e há 100km de casa, liguei pra vendedora e ela me orientou a levar o carro até a oficina da concessionária..pra não gastar tanto com ida e volta vou curtir a ultima semana de férias e atrasar em uma semana o reparo..e peço por favor uma orientação como proceder e como exigir meus direitos, pois estou muito triste com o que aconteceu, porque me decepcionei em uma semana apenas no uso do carro..não com o carro e sim com o problema que aparenta ter vindo de fábrica!
    Muito obrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2011 - 18:29
    Enviado por: miriam santos

    comprei na primo fiat em um feirão um palio economy 4 portas prata zero km

    nestes mes de chuva detectei que co 2 semanas de uso esta entrando agua do lado do motorista deixando o carpete todo alagado

    acionei a concecionaria,pedirtam para emtrar com ordem de serviço,entrei o carro ficou lá por um dia inteiro

    trocaram as guarniçoes,alem de tudo o carro voltou com riscos

    na peças onde açíono o vidro elétrico e nas borrachas da porta do motorista

    e voltou com o mesmo problema de infiltração

    acionei novamente e esta lá a dois dias

    não estou contente e nem satisfeita

    quero saber que procedimento tomo

    para a troca do veiculo ou o cancelamento do contrato

    por favor me ajude

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2011 - 18:56
    Enviado por: Renato Pavoni

    Boa tarde, gostaria de saber se a instalação de um alarme fora da consessionária acarreta a perda da garantia do veículo, obs; o problema é um ronco muito alto na caixa de marcha, isto é , não teria nada a ver com parte elétrica, acho que absurdo maior é um carro zero ter este tipo de problema.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2011 - 16:49
    Enviado por: Rodrigo Brito

    • Ola, Meu nome é Rodrigo e gostaria detirar uma duvida, comprei um veiculo FORD FOCUS GHIA 2010/11 em novembro… a partir dos 3.500km percebi muito barulho na parte da da suspensão do meu carro levei na concessionaria onde adquiri o veiculo (Souza Ramos) e me encaminharam para uma outra concessionaria(Sinal – MIX) dizendo q la iria conseguir arrumar meu carro pois tinha um mecanico especialista la… depois de ter levado meu veiculo la me informaram que era referente a PONTO DE SOLDA … sai com o carro pior do que estava antes! liguei para a Ford onde encaminharam um engenheiro para acompanhar o caso. Não foi resolvido onde me disseram meio que em off que esse era um problema q este carro apresenta mais ninguem resolve e que ele ja vem assim! oq posso fazer? posso pedir um outro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/03/2011 - 12:50
    Enviado por: Anderson Gutierres

    Boa Tarde! Comprei um veículo 0K e, dentro de semanas surgiram os seguintes defeitos: Vazamento de combustível, Quebra dos amortecedores traseiros, Quebra da porta lateral e do banco por defeito de fabricação, Defeito na embreagem, Barulhos intensos em total parte mecânica, Ressecamento voluntário do chassis provocando rangimentos a todo momento, Defeito no Peão do diferencial podendo se quebrar a qualauer momento, Defeito no marcador de combustível e Defeito no Condicionador de Ar; sendo que o fornecedor foi avisado dos tais problemas, onde efetuou reparos não eficazes nos amortecedores e vazamento de combustível, pelo que, ainda assim, o vazamento continua. Tudo isso ocorre há apenas dois meses de uso; gostaria de saber se posso exigir a devolução do veículo desfazendo então, a compra. Aguardo Retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2011 - 15:28
    Enviado por: edmarks coelho

    tenho um carro zero km, deu um poblema a garantia mandou apanha-lo, mais porque eu moro a 540 km da concessionária teria que pagar o excedente da kilometragem, pois em so teria direito um raio de 200 km, ou seja 400km, sera que eu tenho que comprar um carro e pra ter o direito na garantia devo mora a 400 km da concessionária ser não perco esse direito da garantia.
    preciso dessa informação1

    grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2011 - 12:12
    Enviado por: Tugval Farias

    Bom Dia! Comprei um veículo 0K c4 pallas e, quando recebir o veiculo ao sair da loja sentir um barulho na dianteiro do mesmo, rodei 600 metros e voltei para loja que logo falaram que havia um defeito no sistema dianteiro reapertaram e mandaram eu voltar na outra semana para trocar uma peça. voltei trocaram a peça mas passando alguns dias o barulho voltou novamente nisso já vai 4 vezes o mesmo poblema e até agora não resolveram.
    Eu posso exigir a devolução do veículo desfazendo então, a compra. Aguardo Retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2011 - 19:52
    Enviado por: André Sarkis

    Comprei um caminhão Ford Cargo 815e 0km “com 800km rodado” na Besouro Veículos em Barra Mansa RJ, na primeira viagem Resende RJ X Ubá MG o caminhão apresentou defeito na embreagem já na volta em Juiz de Fora MG com apenas 1524km rodados sendo que 700km apenas rodados por mim, sendo rebocado até Barra Mansa RJ. Assim a Besouro “analisando” não me deram garantia, até entendo que embreagem não tem garantia, entretanto com apenas 700km rodados por mim não seria o caso de a garantia cobrir ? Pois as estradas são boas e não tem serras e não nessecita de muito esforço. Sinto-me lesado, e nunca mais compro caminhão ford e nem indico mais para ninguém.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2011 - 19:13
    Enviado por: marqinho

    comprei um carro semi novo numa consecionaria deram 3 meses de garantia de motor e cambio com 25 dias deu poblema no motor eles pegaram e me falaram q vao mexer no motor mas eu iria fika 2 semanas sem o carro eles é obrigado a me solicitar um carro reserva? pois eu usasa o carro pra trabalha desde de ja fiko brato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 22:10
    Enviado por: Fabio Isaias da Silva

    Boa noite a todos

    Como não obtive sucesso em 18 tentativas para solucionar os problemas do meu veículo quem sabe agora com o intervenção do MINISTÉRIO PÚBLICO DE SÃO PAULO eles respeitam os consumidores.

    PROPRIETÁRIOS DOS VEÍCULOS DA CHEVROLET

    Favor confirmar presença é muito importante que todos os proprietários que tiveram problemas com os seus veículos no manifesto dia 16/04/2011 as 10:00 hs no endereço abaixo:
    Av. Das Nações Unidas em frente ao Shopping SP Marketing

    Maiores informações
    Fábio
    11 8709-0446
    e-mail fabioxyes@yahoo.com.br

    Romulo
    11 5831-5471
    11 8265-6288
    e-mail romulo.santos@estadao.com.br

    Agora é uma Vitoria Mesmo!!!! Podem acreditar…

    Caros, colegas

    Conforme informei a alguns proprietários na data de 11 de abril de 2011 o nosso colega ROMULO SANTOS esteve com o Dr. Eduardo Tavolieri presidente da Comissão da OAB/SP e consegui uma intervenção do conselho e montagem de um inquérito junto ao Ministério Publico.
    Apresentei ao Presidente do Conselho todas as provas e documentos que comprovam o descaso e desastre nos projetos da GM, o Dr Eduardo foi atencioso e se dedicou em imprimir todos os documentos e lista de proprietários, já reuniu a comissão técnica de advogados, lá estava um promotor que ira abraçar nossa causa, com essa ação os processos terão maior força e rapidez.
    Precisamos do maior número de proprietários para entrar com ação coletiva, hoje possuo uma listagem de 200 proprietários, peço que todos mandem e-mail para kikoasa10@yahoo.com.br relatando o problema no veiculo com os seguintes dados para acrescentar no dossiê.

    1.1. Nome completo
    2.2. Telefone de contato
    3.3. Problemas no veiculo de forma resumida
    4.4. Números das O.S da GM
    5.5. Caso possua o protocolo do PROCON ou B.O informar também.

    Conto com a colaboração de todos, agora temos o apoio da OAB e Ministério Publico, será impossível a GM não se pronunciar a cumprir o CDC (Código de Defesa do Consumidor)

    Vamos à luta.

    Em 8 de abril de 2011 11:30, Romulo Santos escreveu:

    Caros bom dia

    Conseguimos mais uma vitoria!!!!

    Fui contatado pela secretaria do presidente do conselho da OABSP para uma reunião na data de 11/4 para discutir em nome de todos os proprietários do Agile, conforme informei a todos tenho na família alguns Juízes e procuradores que ajudaram nesta ação, na data da reunião irei acompanhado de 2 advogados especializados no assunto e com a assessora do Celso Russomano para definirmos o ressarcimento dos proprietários e conclusão dos constrangimentos causados pela GM.

    Anunciem para todos os proprietários que conheçam, nossas vozes serão ouvidas

    Desde o dia 07/10/2010 quando eu comprei uma Meriva Zero Km na Vigorito do Shopping Aricanduva o desrespeito ao consumidor.
    Eu cansei de falar que eu tenho uma deficiência no BRAÇO DIREITO FUI 18 VEZES A CONCESSIONÁRIA PARA TENTAR O RESOLVER OS PROBLEMAS DO VEÍCULO AMIGAVELMENTE E NADA FOI RESOLVIDO É SUPER COMPLICADO PARA ME LOCOMOVER PARA O TRABALHO DE TRANSPORTE PÚBLICO.

    Segue a relação dos itens de série com defeitos/vícios ocultos de fabricação da MERIVA 1.8 EASYTRONIC Automatizada 2010/2011 devido a minha deficiência no BRAÇO DIREITO.

    1º com barulho na suspensão meu carro tem 3.827 km dia 11/02/2011 foi feita a substituição dos amortecedores dianteiros e os barulhos persistem até o presente momento e ninguém toma nenhuma providência.
    2º ruídos no painel central
    3º com barulho nos vidros dianteiros motorista/passageiro
    4º Barulho na parte traseira do veículo 5ª Barulho no teto em piso irregular
    6º Porta luvas na fecha
    7º Parte interna do retrovisor quebrado defeito de fabricação

    Essa foi a resposta que eu recebi da GENERAL MOTORS DO BRASIL me enviou um
    e-mail para o JORNAL ESTADO DE SÃO PAULO dia 05/04/2011 eu recebi um e-mail da GM com a seguinte conclusão:

    A área técnica da GM avaliou o referido veículo e o mesmo foi considerado em condições normais de utilização.

    No dia 11/02/2011 foi realizado a substituição dos amortecedores dianteiros e o engenheiro da GM o Srº Fábio me garantiu que os problemas seriam solucionados e já se passaram mais 2 meses e nada foi resolvido e dia 07/04/2011 completou 6 meses que eu comprei o veículo.
    Questionei que os barulhos persistiam e que eu não aceitaria o veículo nessas condições e que eu iria procurar os meus direitos e ele disse para eu fazer o que eu achasse melhor.
    Ele comentou que ele tinha uma Meriva que fazia os mesmos barulhos que era normal, ainda ele teve a ousadia de me convidar para eu dar uma volta com a Meriva dele para que eu pudesse constatar os barulhos isso é um absurdo.
    Gostaria de saber se a equipe de reportagem da Tv Gazeta poderia me acompanhar com uma câmera escondida para vocês gravar o total despreparo dos engenheiros da GENERAL MOTORS DO BRASIL.
    Vou solicitar outra avaliação dos engenheiros pela TERCEIRA VEZ para que eles fizessem novamente outro TEST DRIVE COM O VEÍCULO DAÍ VEREMOS se eles terão o mesmo critério de avaliação depois que ele fazer o Test Drive com o veículo.
    O engenheiro Fábio me garantiu que os problemas seriam solucionados e dia 07/04/2011 completou 6 meses que eu comprei o veículo e nada foi resolvido.
    Além de não solucionar os diversos problemas/vícios de fabricação o pior é ter que ouvir do Engenheiro Fábio e do Srº Mauro Chefe de Manutenção da Vigorito Aricanduva que esses barulhos são características do veículo e o Engenheiro Fábio fez esse comentário que ele também tem uma Meriva com os mesmos barulhos e ele me convidou para dar uma volta na Meriva dele para eu ouvir os barulhos que eram os mesmos que o meu veículo Meriva vem apresentando.
    Depois de 18 tentativas todos frustradas para solucionar os problemas que vieram de fábrica eu tenho que se conformar com essa solução para os problemas apresentados pelo veículo que eu retirei da concessionária Vigorito Aricanduva dia 07/10/2010 e com 5 dias de uso o veículo começou apresentar todo esses problemas e até a presente data não foi solucionado os meu problemas.
    A área técnica da GM avaliou o referido veículo e o mesmo foi considerado em condições normais de utilização. Eles não conseguiram resolver absolutamente nada eu não aceito esse tipo de argumento então vocês querem que eu acostume com esses barulhos.
    Essa é a minha resposta como cliente [editado pelo Reclame Aqui] enganado Eles não conseguiram resolver absolutamente nada eu não aceito esse tipo de argumento então vocês querem que eu acostume com esses barulhos.
    Estou a 6 meses nessa luta quando eu comprei esse veículo ZERO KM QUE ME CUSTA R$ 56.000,00 MERIVA EASYTRONIC TOP DE LINHA ao invés de vocês ficar enviando essas respostas com esses textos padronizados o PRESIDENTE/ VICE PRESIDENTE DESSA EMPRESA eles deveriam se preocupar em atender os clientes com respeito porque sem clientes empresa nenhuma sobrevive nesse mercado competitivo e a GENERAL MOTORS E A VIGORITO DO SHOPPING ARICANDUVA estão cada dia perdendo seus clientes para os concorrentes pense nisso hoje um cliente bem atendido são 05 clientes a mais na sua carteira de clientes para gerar lucro porém um cliente mal atendido espalha essa informação para no mínimo para 30 pessoas boca a boca se for pelas redes sociais esse número aumenta de forma desacelerada então PENSE NISSO.
    Eu me sinto um completo IDIOTA TODA VEZ QUE EU TENHO que levar o meu veículo para a concessionária com a esperança que A GENERAL MOTORS DO BRASIL E A VIGORITO solucionasse o meu problema olha que não foram poucas as tentativas FORAM SOMENTE 18 VEZES É ISSO MESMO POSSÍVEIS CLIENTE DA GENERAL MOTORS DO BRASIL E DA VIGORITO.
    Eu quero o meu dinheiro de volta porque um veículo com 6 meses de uso e que foi 18 VEZES para essas concessionárias DA VIGORITO DO SHOPPING ARICANDUVA VIGORITO DA VILA CARRÃO E DA VIGORITO DE GUARULHOS não merece mais a devida confiança.
    Eu moro na Zona Leste em Artur Alvim e eu trabalho em Guarulhos na Rod. Presidente Dutra km 222 para eu me deslocar para o trabalho é totalmente fora de mão e devido a minha deficiência no BRAÇO DIREITO eu tenho muita dificuldade para segurar nas barras de ferro do ônibus e metro por 3 vezes eu me machuquei no transporte público por que o povo não respeita as pessoas e se você não tomar cuidado eles passam por cima de você.
    Dia 25/03/2011 as 12:30 hs no horário do meu almoço fui até a concessionária Vigorito de Guarulhos para que eles ouvissem esses barulhos e o Chefe da Manutenção o Srº Mauro e o Gerente da concessionária o Srº Eloi realizaram um teste no veículo e eles constataram novamente os barulhos e que realmente os barulhos persistem.
    Deixei o carro no dia 29/03/2011 mais uma vez para que eles tente solucionar os problemas eles me disseram que o veículo estaria pronto dia 30/03/2011 no final da tarde eu deixei avisado que eu iria precisar do carro no dia 31/03/2011.
    Tomei a liberdade de ligar para verificar se o veículo estava pronto e mais uma vez eles me disseram que o veículo não estava pronto eles me proporão que eu deixasse o carro até o dia 31/03/2011 e que eles me entregariam até as 09:00hs da manhã e isso não aconteceu é um absurdo eles não se preocupa em ligar para o cliente e avisar que o carro ainda não ficou pronto total falta de respeito.
    Como eu havia mencionado eu tenho que ir de ônibus também para a concessionária então eu iria da viagem perdida o carro não estava pronto atendimento da VIGORITO É PÉSSIMO ELES ENTREGARAM O CARRO AS 17:00HS DEPOIS DE MUITA INSISTÊNCIA DE MINHA PARTE.
    Se em 15 vezes eles não conseguiram detectar o problema então se eu deixar o carro mais uma vez eles irão conseguir eu não acredito.No dia 04/01/2011 eu movi um processo no PROCON/SP contra a General Motors do Brasil nº do processo/reclamação abaixo:

    CIP – 12587/0611 e FA – 0611-001.258-7

    O código de defesa do consumidor é bem claro e diz:

    ART. 18 – Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com as indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.

    1º – Não sendo o vício sanado no prazo máximo de 30 dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

    I – a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso.
    II – a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos III – o abatimento proporcional do preço.
    Mas simplesmente eles ignoram a lei do código do consumidor eu liguei para o Cacc da Chevrolet e a atendente do Cacc me disse que a Chevrolet não trabalha com a devolução do bem, isso é um absurdo.
    Rodrigo já foram esgotadas todas as possibilidades para que eles solucionassem o problemas e isso não aconteceu eu não agüento mais essa situação por parte da GENERAL MOTORS e da VIGORITO DO SHOPPING ARICANDUVA.
    Obs: Eu pedi um número de protocolo e simplesmente não quiseram me fornecer ela disse que era o mesmo numero do meu primeiro protocolo abaixo.

    FA 0611-001.258-7 e CIP 12587/0611.

    Atenciosamente
    Fabio Silva

    fabioxyes@yahoo.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2011 - 00:13
    Enviado por: compra megane 2007/2007

    Pesquisando na internet quando para a minha surpresa encontro a autora do site “MEUCARROFALHA”, com o mesmo problema que o meu, pois possuo um megane expression 2007/2007, que comprei em 09/07/2007 com entrada de r$ 32.000,00 e 48 parcelas de r$ 611,00, que com 05meses (dezembro/2007) começou se manifestar os problemas LUZ DO ARBAG E SERVICE LIGADA NO PAINEL, onde levei a concersionaria mais perto que é da cidade de Imperatriz -MA, 02 dias depois , logo em viagem do estado do maranhão ao qual moro para minas gerais manifestou se os mesmos problemas, e de lá para cá foram: defeito na tampa do tanque; ruídos nas portas dianteiras; ruídos no painel (rangendo as laterais do ar condicionado); vazamento de água do ar condicionado – lado esquerdo, onde umedeceu todo o carpete do carro, v, constatou-se depois ter sido um problema no dreno e vidro trincado que foi trocado pela seguradora do veiculo. O pico de descontentamento do problema foi quando tive que ir para a cidade de Fortaleza- CE para fazer uma cirurgia e tive que ficar em uma BR com auto indice de assaltos com minha familia (filhos pequenos) com o carro quebrado e o desvio do meu percurso pela empresa que prestou assistencia ( 500 km do destino). Hoje vejo que a internet as vezes ajuda mais do que a justiça, pois com o acordo feito, está mesma justiça ao qual estamos com processos e confiando que seja solucionados os problemas e acordos, manda que seja tirado do ar um veiculo eficente para com os consumidores insatisfeitos com as empresas montadoras de automoveis e pricipalmente com ao RENAULT, O site da cliente “MEUCARROFALHA”. Infelismente como a Daniely não tive maneiras de deixar o carro parado enquanto segue o processo, pois não possuo condiçoes de ter outro automovel e ele é o meio de locomoção que temos para ir ao trabalho, escola, etc. E até hoje aguardo uma decisão da justiça para essa injustiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2011 - 18:21
    Enviado por: Priscila Figueiredo

    Coloco aqui toda a minha insatisfação com o carro Peugeot 207 Automatic e com a Concessionária Super France da Vila Guilherme. Em outubro de 2009 compramos um 207 Automatic 0/km na Super France. Poucos meses depois indo para o trabalho, o computador de bordo apitou com a informação “Anomalia de Câmbio”. Imediatamente parei em um posto de gasolina e liguei para a Super France. Fui informada para levar o carro lá para eles analisarem. O carro estava andando normalmente, mas preferi não seguir para o trabalho. Fui direto para a concessionária. O carro ficou uns dias lá e nunca mais o computador de bordo acusou esse problema. Também existe desde o começo um barulho na suspenção dianteira. Esse problema nunca foi resolvido. Um ano depois de comprarmos o carro, a Super France nos ofereceu a Garantia Estendida. Com medo do carro continuar com os problemas, preferimos pagar uma nota pra fazer essa garantia. Logo depois o câmbio automático deu problema. Vc liga o carro, pisa no freio e tenta colocar no D mas infelizmente NÃO sai do P. Tentamos diversas vezes e depois de muita tentativa de pisar no frio, o câmbio conseguiu sair do P e ser colocado no D. Mais uma vez, levamos para a mesma Concessionária. O carro ficou lá por mais alguns dias e…quando voltou, o problema CONTINUOU. Nada foi feito!!! E como se não bastasse o transtorno de levar o carro para ser consertado e ele não ser consertado, ainda temos que ficar dias sem carro. Logo, você precisa adiar compromissos, perder seu tempo, enfim, são inúmeros percalços. Além do problema do câmbio, do barulho na suspensão dianteira, começou a fazer um imenso barulho embaixo do carro. Na rua até me esqueço que eu tenho um Peugeout 207 NOVO. Me sinto dirigindo um carro velho, quase uma carroça de tanto barulho. Marcamos novamente uma revisão e lá ficou por mais 2 ou 3 dias. E pra nos assustarmos mais ainda, logo no primeiro dia recebemos uma ligação da Concessionária dizendo que o carro, ao ser colocado no elevador, deu uma leve despencada e seria consertado, mas que não era nada grave.” Ficamos desesperados e o quanto antes fomos até a Concessionária para verificar. Quando chegamos lá o carro aparentemente estava em perfeito estado visualmente. No dia seguinte fomos pegar o carro e nos disseram que foram trocadas todas as peças do câmbio quanto do eixo traseiro onde estava fazendo barulhos terríveis e….o problema do câmbio CONTINUOU e o do barulho TAMBÉM. Ou seja, nada foi feito. Nada foi trocado. Sinceramente isso é um descaso, um imenso absurdo e falta de respeito. E sem contar que eles queriam COBRAR a revisão. Nunca conseguiram consertar o problema, derrubam o nosso carro do elevador e ainda querem cobrar????? A garantia estendida serve pra que?! Hoje, dia 4 de abril mais uma vez o nosso carro está indo para a Concessionária Super France. Estamos sem carro, desgostosos, estressados e de saco cheio de ter tantos problemas com esse carro! Ah, esqueci de um grande detalhe: Durante todo esse tempo, recebi ligações da Super France e se apresentam como Pesquisa de Qualidade querendo saber se eu fiquei satisfeita com o atendimento da revisão. Eu sempre digo que não e que o meu problema NUNCA foi resolvido e sabe o que eles dizem? Ok, Sra. Obrigada e tenha uma Boa Tarde! Que absurdo!! É uma vergonha. Sinceramente não sei mais o que fazer. Se continuo mandando o carro todo mês pra lá e se vendo esse carro e perco mais dinheiro… Preciso de ajuda! Atenciosamente Priscila Golm Figueiredo SUPER FRANCE – PEUGEOT TEL. 2903-3000

    Após essa reclamação o carro voltou da concessionária e alguns problemas continuam!!!
    Esse problema do barulho na suspenção dianteira existe desde quando compramos o carro 0km.
    Nós fizemos uma reclamação logo no começo. O carro foi para a concessionária e não foi resolvido. Reclamamos diversas vezes, porém o problema continuou e outros problemas começaram a aparecer. O problema do câmbio foi o único que foi resolvido, mas foi preciso levar o carro 2x a concessionária. Continuamos imensamente insatisfeitos com o atendimento da Super France. Não aguentamos mais levar o carro lá para olharem os defeitos e pra piorar, toda vez que sai de lá, o problema continua. Tivemos que comprar outro carro pois infelizmente o SW não sai da concessionária.
    O barulho na traseira está simplesmente absurdo. Ao fazer uma curva todos podem ouvir com facilidade e ao dar ré também.
    Estou aqui reclamando de um carro NOVO, que foi comprado zero, e sempre ficou comigo
    Estou falando de um PEUGEOT e não de um carro qualquer. Pra mim a Peugeot era referência de tecnologia, modernidade e inovação mas infelizmente se nada for resolvido, meu conceito sobre o carro, a marca não será o mesmo.
    Gostaria imensamente que vocês me ajudassem a resolver esse problema.

    Hoje liguei lá e eles me disseram que o carro precisa ser trocado CAIXA DE DIREÇÃO, BANDEIJAS, COCHIN…. e que isso custa R$5.000,00 e claro, que a GARANTIA ESTENDIDA NÃO COBRE.
    O que cobre então????????/
    Ridículoooooooo, é um carro novo! Isso é um absurdo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2011 - 16:02
    Enviado por: Déborah

    Boa tarde,

    Sou de Belo Horizonte, tenho um MERIVA EASYTRONIC 2009, apresentou defeito na caixa de marcha duas vezes, sempre que volta para autorizada falam que o carro está desprogramado.Tenho medo de viajar no carro e ele me deixar na mão mais uma vez. Já não sei o que faço, se alguém tiver alguma informação sobre a ação impetrada pelo MP de São Paulo.
    Gostaria de saber se poderá valer para mim tbm que estou em BH???

    Obrigada
    Att. Déborah

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/05/2011 - 14:52
    Enviado por: glenio

    Gostaria de uma orientação pos comprei um carro zero e depois de 6 meses apresentou um problema no câmbio, levei o carro quinchado para consecionária autorizada da Fiat pois meu carro é um Idea Adventure da Fiat, eles ficaram com meu carro a 35 dias, dai peguei o carro e no mesmo dia apresentou o mesmo problema e agora ja fazem 12 dias que estão com meu carro e não conseguem descobrir qual o problema.
    O que devo fazer?
    Fui ao Procon e marcaram um audiência com a Fiat para 2 de junho, mas se meu carro ficar pronto antes da audiência o q faço, pois não confio mais nesse carro gostaria de efetuar a troca.
    O que faço

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/05/2011 - 15:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Vá na audiência e exija ressarcimento e indenização por danos morais. Não é caso de troca, o defeito não inviabiliza definitivamente o funcionamento do carro.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 17/05/2011 - 15:41
      Enviado por: glenio

      Caro Marcelo Moreira no meu caso o problema no câmbio que comentei é no câmbio automático o carro não engata marcha nunhuma morre e não liga mais fica totalmente bloqueado não responde a nenhum comando só sai do lugar com guincho

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/05/2011 - 09:39
    Enviado por: Rafael Costa

    Final do ano de 2010 comprei um Gol 1.0 na Vox Joinville, onde apos os seis meses levei o carro para revisão, onde constatei a eles um problema que tinha no vidro eletrico, onde eles solicitaram a peça e me entregaram o carro avisando de um problema na bateria onde quando for realizado a troca do forro da porta o qual ocasionou o problema no vidro eletrico e mais o cano de escape que consta enferrujado, seria feito um teste específico na bateria o qual em 2 dias seria resolvido e me entregue o veículo, o qual não ocorreu.
    Esta troca de peça foi agendado para o dia 13/04/11 para ser entregue no dia 15.

    Aguardei 3 dias liguei para ver a situação do veículo e não estava pronto o qual e avisaram que ficaria para a próxima semana e durante mais de 37 dias não tive nenhum retorno. Hoje dia 20/05/11.

    Devido este problema estou sendo prejudicado e abri um protocolo no Procon, onde vou aguardar minha audiência.

    Protocolo aberto em São Francisco do Sul sob n. 665/2011 o qual constatei que meu veículo consta com mais de 30 dias em uma autorizada (vox) onde foi adquirido a compra do carro.

    Está agendado uma audiência para o dia 20/06/2011 às 15:30.

    Conforme código do consumidor solicito o ressarcimento do valor pago, corrigido monetariamento, pois fui amigável até o momento em que pude e como estou sendo o grande prejudicado pessoalmente e profissionalmente e que o período o qual a lei me obriga aguardar de 30 dias a ficar com o veículo já se esgotou tomei outras atitudes e não quero mais ficar com este veículo o qual consta um problema o qual não foi solicionado e nunca tive uma previsão real de quando estaria pronto, agora vou aguardar a audiência para ter todo o meu direito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 11:57
    Enviado por: natalio filho

    Tenho um veiculo volkswagen G-4 adquirido em ago2010 flex, ecomotion. esta com 9.640km. ja fiz a revisao de 5.000km. rodando em trechos curtos universidade-casa. Campo grande-ms. O veiculo é barulhento, quando dou a partida nao importa manha ou a tarde. Acelera sozinho e la nas alturas, fico ate com vergonha com as pessoas olhando. tenho que mudar a marcha rapido mas ele da tranco. ja levei a concessionaria antes da 1 revisao, e nada. Tinha outros problemas com o limpador de para-brisa barulhento, diminuiu. Mas o que sinto demais e toda a vez que dou a partida e ando para cada marcha sem por os pes ele acelera muito. Estou super-arrependido de comprar volkswagen. e pra quem puder eu falo nao compre G-4. Tenho outro veiculo que nem de longe faz este tipo de pane. A empresa diz que isto e normal no modelo. Puxa que inteligencia. no seculo 21 ainda temos estas falhas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 10:16
    Enviado por: Kelen Alves Cerqueira

    Olá boa tarde!
    Necessito de uma orientação para minha angústia. Bem,fui a té a concessionária Dali aqui de brasília e gostei de um carro da marca cherry cielo 1.6 16V, fiz um teste drive em um modelo rech mas o que estava no pátio era um sedan e gostei do sedan só que o carro na cor prata iria demorar em torno de 60 dias para ser entregue para mim não dava, já estava sem veículo e não poderia esperar tanto, liguei em outra concessionária da marca e Goiânia que fica a 200Km de Brasília e a mesma me informou que já tinha faturado um carro da cor e modelo que pleiteava e que iria chegar na loja em uns 05 dias, fiquei empolgada e falei que gostaria de fechar o negócio,falei que daria R$15000,00 de entrada e financiaria o restante ele fez meu cadastro junto a Empresa BV Financeira a mesma aprovou meu cadastro e fechamos, ele solicitou que fizesse um depoósito no valor de R$1500,00 para garantia do veículo e fiz no dia 06/06 o banco enviou por um funcionário da BV as vias do contrato para formalizarmos a compra enviei o contrtao assinado no dia 07/06 pelo correio chegou na loja no dia 08/06 e o carro foi faturado em meu nome no mesmo dia com emissão da NF pedi que colocasse banco de couro por R$1100,00 que seriam pagos no momento da retirado do veículo com 03 cheques, no dia 10/06 depositei o restante do pagamento ou seja R$14040,00 que seria o restante da entrada e R$540,00 do emplacamento, fui buscar o veículo no dia 11/06 de onibus com minha família cheguei à concessionária o carro estava no pátio olhei por fora e dentro não dirigi assinei os papés termos que diziam que estava ciente dos itens internos do veículo voltei pra brasília que dirigiu foi meu esposo já na saída da loja percebeu que o veículo não tinha muita arrancada, fizemos a viagem percebendo que o desempenho do veículo não correspondia em relação a um modlo 1.6 chegamos em casa garagem 2º subsolo, no outro dia pela manhã meu esposo saiu com o carro e não coseguia subiu a rampa do prédio depois o carro morria no meio dela “preocupação” depois de muito custo conseguiu, foi trabalhar anno percurso percebeu um barulho horrível na suspensão, parece que estava com tudo solto em baixo, na segunda levei o carro até a concessionária de brasília a Dali devolveram o carro na terça feira a tarde alegando ter resolvido o problema na quarta dia 15/06 fui ao procon e pedi o cancelamento da compra a atendente falou que estava dentro do prazo dos 07 dias dessa regra….e que teria de aguardar o contato do órgão esperando a resposta da concessionária em Goiânia na qual adquiri o veículo e pediu pra que não movimentasse mais o veículo fui pra casa e no trajeto o barulho voltou ou seja a barra de estabilizador soltou novamente pedi que o guincho levasse o veículo falei com a BV financeira pedindo o cancelamento do contrato agora a minha aflição.Vocês que são experientes no assunto será que meu problema terá uma resolução a meu favor? é um processo demorado? pois, tenho que adquirir outro veículo pois dependo dele para trabalhar o que mais posso fazer para gilizar o processo. Ficarei imensamente grata se puderem me responder com a máxima urgência!!Muito obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 17:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só entrando na Justiça para tentar resolver esa questão, e não há como prever durãção de processos. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/07/2011 - 16:41
    Enviado por: willians

    boa tarde comprei um carro zero ford fiesta reth 2011/2012 no mes de abril de 2011, porem só chegou no mes de maio, esses dias atras percebi duas manchas no capô do carro fui ate a concessionaria entao a mesma providenciou atroca da peça, porem cheguei em casa fui olhar um pouco mais de perto o carro entao percebi que tinha mais manchas e riscos de lixa (somete no local das manchas)no teto e na tampa do porta mala, o que tenho o diretio de um carro novo, segundo a montadora e a concessinaria seria feito uma nova pintura nas peças (teto e tampa do porta mala)

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/07/2011 - 18:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Carro novo, só entrando na Justiça, e com chan ces reduzidas de sucesso, já que os defeitos não inviabilizam o funcionamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/07/2011 - 20:52
    Enviado por: Danilo

    Gostaria de saber como devo proceder, comprei um New Fiesta no dia 09/06 0km, logo em seguida leveia a Loja da Ford, a bomba de combustivel esta com defeito não acusa no marcador, resposta da Loja, éra para aguardar que a ford estava verificando este tipo de problema, perdi dez dias, não me deram papel nenhum, retornei a loja no dia,24/06, com mais um problema na direção, marcaram para hoje dia 01/07, uma avaliação, constataram que é problema na caixa de direção, e na bomba de combustivel, e que este tipo de peça demora pra chegar, mais que posso andar com o veiculo que não tem problema nenhum, pedi para que descrevecem isto não me deram por escrito que não a problema de andar assim.
    Peguei uma copia do pedido das peças, e voltei com o carro com barulhos, e faço o que aguardo o veiculo esta com 1300 km e esta me dando dor de cabeça, não sei se posso viajar com ele. O que a lei me permite.

    grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/07/2011 - 20:55
    Enviado por: Danilo

    desculpa, sobre o new fiesta comprei no dia 09/05 e não 09/06

    correção data de compra. New Fiesta Danilo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2011 - 12:28
    Enviado por: juliana

    ola aqui quem vos escreve é a juliana
    gostaria de saber como resolver um problema ?pois comprei um carro seminovo em outra cidade parcelado pelo santander
    e o mesmo aconteceu varios problemas em menos de 10 dias, o carro estava com varios vazamentos notáveis que na hora não dava para perceber pois os mesmos da agencia disseram que o carro foi lavado com óleo ,a marcha estava arranhando , o carro estava engasgando e morria me deixando na mão tudo isso aconteceu dentro de 3 dias de uso e tambem
    a roda travou tive que gastar uma bom dinheiro nele de emergencia trocando pastilhas e discos etc…
    bom entrei em contato com a agencia que fica uns 140 km da minha cidade eles disseram que tinha que levar o carro la bom levei o carro gastei dinheiro com transporte pedagios etc apresentei a nota de tudo que tinha gastado e falei de todos os problemas que ainda tinha por resolver e o gerente me disse que o que podia fazer por mim era arrumar os restos dos defeitos que tinha e não iria me ressarcir pois oque eu gastei era para meu uso, bem, deixei o carro la fiquei uns cinco dias sem carro ,depois meu marido foi de onibus 4 horas de viagem para buscar, chegando la eles disseram que foi tudo feito no carro
    bom voltando de la meu marido percebeu que a embreagem tinha cido mexida mesmo no momento que ele pegou la a marcha realmente não estava arranhando o motor estava sujo de óleo mas eles disseram que era só lavar que ja tinha tirado o vazamento mas se passou apenas 2 dias novamente a marcha voltou a arranhar ,limpei o motor e percebi que ainda estava vazando óleo,e o carro voutou a engasgar e ratear novamente morrendo etc ,ou seja aconteceu todos problemas da mesma maneira, gastei varios dinheiros para resolver aqui mas os mesmos disseram que oque eu gastei foi para meu uso ,tudo que eles disseram que resolveram voltou a acontecer não tem nem 30 dias que compramos o carro e o mesmo esta cheio de problemas o carro ficou na loja por cinco dias e não foi nada resolvido ,gostaria de saber oque posso fazer para recorrer aos meus direitos pois ja estou ficando desesperada com tantos gastos do carro que preciso no dia dia
    desde ja agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2011 - 14:34
    Enviado por: neto

    boa tarde! o meu carro tem seguro e sofri uma colisao, o seguro vai cobrir o conserto, mas quanto tempo eles tem para mim devolver o carro em perfeito estado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 23:28
    Enviado por: Quines

    Boa noite, vou direto aos fatos,comprei uma Actyon Suv Zero quilometro na Daisul de Porto Alegre.Esta camionete tem sua primeira revisão aos 1000km, e hoje fomos leva-la a uma autorizada e recomendada pela Daisul, mais próximo de nossa cidade.Resumindo, o mecânico da autorizada deixou a tampa do tanque de óleo aberta, depois de mais ou menos 15km andando com minha camionete ela começou a pegar fogo, em alguns fios e estava sem a tampa do tanque do óleo, demoramos para controlar as chamas.A Actyon tem 3anos de garantia de fábrica, queremos outra camionete nova, como era a nossa sem ter um motor queimado.Como devemos proceder,devemos acionar um advogado e temos direito a outro camionete nova??
    Obs:tiramos algumas fotos do acontecido.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/08/2011 - 01:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Antes de fazer qualquer coisa entre em contato com a empresa que ofereceu a garantia e exija ressarcimento ou um carro novo. Se houver porblemas nessa solicitação, aí corra atrás do Procon e de um advogado para exercer o seu direito de ter um carro n ovo. E acione também a oficina por danos morais e ressarcimento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/08/2011 - 11:13
    Enviado por: PAULO SERGIO DE ARANDA

    GOSTARIA DE UMA AJUDA URGENTE? TENHO UM VOYAGE 2010 COM UM ANO DE USO ESTA COM 30000 KM RODADO FIS A GARANTIA DE 10000 E POR ESTAR VIAJANDO NAO FIS A DE 20000 E SO FUI NA CONSECIONARIA COM 29000 O CARO APARENTOU UM BARULHO NO MOTOR DISERAM QUE NAO TEM MAIS GARANTIA E QUE TERIA DE TROCAR O MOTOR SENDO QUE O POBREMA E DESGASTE NO JIRABREQUIM E ELES CONDENARAM O MOTOR O QUE DEVO FASER JA FAS UM MES QUE ESTOU DE APE? POR FAVOR AUGUEM PODERIA ME AJUDAR!!!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/08/2011 - 14:23
    Enviado por: wellington

    Olá, comprei um Doblò Cargo usado ano 2008, e no recibo que a loja me deu dizia que havia uma garantia total do veículo no prazo de 3 meses ou 2000Km, o que vencer primeiro. O veículo ainda não fez nem um mês, mas já rodou quase 3000Km, a minha dúvida é se realmente eu perdi a garantia, uma vez que o veículo apresentou um problema na bomba d’água obrigando-me a efetuar a troca da peça. O que diz o código do consumidor? Eu posso ou não exigir reembolso da loja?
    No aguardo. Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2011 - 17:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      De acordo com o que foi informado, você perdeu a garantia. É possível exigir que a garantia seja a determinada pelo Código do Consumidor, de 90 dias, mas para isso terá de recorrer ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/08/2011 - 18:27
    Enviado por: Adil Pelloso

    Comprei um carro Zero Km e na compra foi me dito que o veiculo possuia os sistemas de estabilizaçao EPS ESP e foi por esta razao que comprei o referido, porem agora passado 25 dias descobri que o veiculo entregue nao tem estes sistemas.
    E tem mais o veiculo em questao apresenta um forte barulho no amnortecedor quando passa por depressoes ou lombadas e foi dito pela concessionaria que este é um problema do amortecedor e que eles nao tem solucao para o caso. Acontece que este impacto é muito forte chegando a causar preocupacao quanto ao desgaste das peças e ate mesmo se a estrutura do veiculo ira suportar tal desequilibrio e ainda o problema esta diretamente ligado a segurança do condutor pois esta na suspensao do mesmo.
    Gostaria de saber como proceder em ambos os casos.
    Em tempo a compra deste modelo so se deu em funçao do vendedor ter dito que havia os sistemas de estabilizacao.
    Dias antes fazendo pesquisa de mercado percorri outras concessionarias onde os vendedores que sao conhecidos foram perguntados por modelos que apresentassem ABS, EBD, Air Bags, EPS ESP portanto tenho testemunhas de que esta era uma condicao para a compra do mesmo.
    E agora o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/08/2011 - 19:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado e vá à Justiça solicitar um carro como o que foi prometido ou ao menos indenização por danos morais e ressarcimento de gastos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/08/2011 - 18:56
    Enviado por: Josue barbosa

    Gostaria de saber pois minha moto esta com problemas e ha 15 dias esta na autorizada ela e 2009 e nao esta mais na garantia mas estou me sentindo lezado, eles nao resolvem o problema sera que posso entrar na justiça.t2y5

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/08/2011 - 11:30
    Enviado por: amanda

    em tres anos já comprei o terceiro carro 0km da gm e em dois dele tive ploblemas acabei de comprar um para meu filho e o mesmo des do primeiro dia da compra vive na oficina tem ruidos na trazeira ,painel gasta muito combustivel e o barulho do motor é orrivel,ligo na gm mas nunca consigo falar com nenhum responsaveljá não sei mais o que fazer ,por favor me ajudem..grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 10:23
    Enviado por: Valdirene G Silva

    Adquiri um Fiesta Sedan 0Km na Ford Sandrecar, logo apos sair com o carro ao abrir o porta mala verificamos que o veículo havia sido “remendado” voltamos na Sandrecar que constatou que o veículo não era a solda não era mesmo original e solicitou que deixássemos o carro para ser vistoriado pela FORD, passado um mês não tivemos retorno da Sandrecar e ligamos na Ford que por sua vez informou que nada pode ser feito. Alguém sabe me dizer quais são meus direitos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 12:55
    Enviado por: Leo

    Prezados, boa tarde. Comprei um Vectra Expression zero quilometro em 2009/2010. A pedido da própria Concessionária vendedora fiz todas as revisões programadas com ela (10.000 até os 40.000 km). Ocorre que existia uma tabela de preços fixados pela própria GM/Chevrolet, que eu não tinha conhecimento e a Concessionária nunca mencionou sobre a existência dela e sempre me cobrou quase que em dobro em todas as revisões. Óbvio que sempre houve o meu consentimento para a efetivação dos serviços apresentados, mas, como disse para eles, eu sempre pensei que aquele era o valor que tinha que ser pago por todos os clientes e não questionava. Passei a me incomodar a partir da revisão dos 30.000 km quando me cobraram R$ 935,00 e aí então, através de uma outra Concessionária soube da existência de uma tabela de preços. Quando da quarta revisão (40.000 km) me informaram que o custo seria de R$993,00, quando na tabela da GM/Chevrolet era de valor R$ 444,00. Desta vez questionei o porque, pois eu tinha em mãos um preço tabelado menor. A pessoa solicitou este documento que estava comigo conversou com seus superiores e ao retornar me disse que então eles também iriam fazer os serviços por R$ 444,00. Bem, a partir de então surgiram para mim duvidas quanto à transparência, respeito ao cliente, segurança e se o meu carro foi de fato devidamente revisado diante da situação que se confirmou. Já enviei carta devidamente assinada a GM/Chevrolet relatando todo o ocorrido, acompanhado de alguns documentos, num total de 24 páginas. Da GM recebi um telefonema com algumas explicações e afirmaram que não vão se pronunciar formalmente. A minha questão aqui não é de reembolso, mas, sim de respeito ao cliente, de transparência e de segurança e gostaria de receber da GM ou da Concessionária Chevrolet uma resposta formal aos meus questionamentos. Pergunto: TENHO DIREITO A ESTA RESPOSTA FORMAL??? 31082011

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/08/2011 - 18:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A empresa não é opbrigada a repsonder, embora devesse por uma questão ética. Formalize uma queixa no Procon exigindo uma resposta de maneira forma por meio da instituição.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/09/2011 - 11:14
    Enviado por: JOSÉ DELFINO FILHO

    Adquiri um carro FACE 2011, zero quilometros da revendedora YANG da cidade de Sorocaba. O carro me foi entregue no dia 19/08/11, às 11h:30 , uma sexta-feira, às 14h eu estava de volta com o carro na mesma concessionária,pois, no trajeto até minha casa descobri que o carro não tinha freios, só parava quando o freio de mão era puxado. Voltei até a agencia e fui informado para levar o carro até a oficina da mesma no dia 22/08/11 segunda-feira, pois durante o final de semana o carro não seria avaliado. Mantive o carro na garagem durante todo final de semana. Sou médico e isso me trouxe prejuízos quanto ao meu atendimento e plantão nos hospitais que trabalho. Procedi assim a orientação,levei o carro para a oficina em 22/08. O carro foi visto e o problema indicado pelo mecânico era um “ajuste na embreagem”. Foi liberado e me orientaram a testar o carro. O carro continuou sem freios,tendo eu retornado mais duas vezes na mesma semana, a última em 25/08 após quase sofrer um acidente na estrada Raposo Tavares com minha familia, pois, o carro além de não frear, derrapou perigosamente na pista. Como segurança fiz um boletim de ocorrência (BO) na delegacia local, já que os mecânicos continuavam afirmando ser apenas um “ajuste natural do freio novo”. Finalmente depois desse incidente retornei com o carro à agência e insisti que o mecânico desse uma volta com o carro, o que ele até então não tinha feito! E ele me disse: ” Esse carro está totalmente sem freios, nem deveria ter saido da agência!”. Desde então , o carro está lá. Já me ligaram duas vezes dizendo que não sabem qual é o problema e que cada vez que trocam uma peça outra da defeito! O carro é o FACE HATCH. Pelo jeito não terei resolução do caso, pois atualmente nem consigo falar comn o gerente de vendas quando ligo pedindo para obter informações.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/09/2011 - 18:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Esse é um caso grave. Devolva o carro, exija um novo ou o dinheiro de volta e procure um advogado para entrar com ação por danos morais contra a agência e a montadora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/09/2011 - 12:24
    Enviado por: Leo

    Sr.Marcelo Moreira, obrigado pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/09/2011 - 14:58
    Enviado por: Alexandre

    No dia 19/08/2011 comprei um Renault Fluence 11/11,ao sair da loja notei que estava com a direção desalinhada, no caminho para casa notei que a porta do motorista estava fazendo um barulho, também a película do carro estava toda riscada, ao acelarar notei um barulho de metal raspando, o painel do relógio estava lascado, e ainda ao chegar em casa notei que havia uma lasca na pintura na porta do motorista!No dia 20/08/2011 levei o carro no pós venda e alinharam a direção apenas, e marcaram para eu levar outro dia para ver os outros problemas.No dia 24 deixei o carro para verificarem o barulho da porta e refazer a pintura da porta.Não forneceram carro reserva,nem ao menos me levaram em casa.Peguei o carro no dia 25 no final da tarde os problemas não foram corrigidos, apenas retocaram a porta com um cor diferente e o barulho da porta continuou com mais intensidade!No dia 30/08/2011 deixei o carro de volta no pós venda, me deram um carro reserva básico. Retirei o carro no dia 01/09/2011 porém, apenas o painel lascado e a pintura da porta foram solucionados! Eles não conseguem achar de onde vem o barulho ao acelerar(o que impede que eu dirija o caro sem o som ligado, pois o barulho é agudo), a porta eles desmontaram,porém voltou a fazer o barulho com mais frequência,e as películas continuam riscadas (Para-brisa, porta dianteira motorista e passageiro) , apenas as das portas dos passageiros foram arrumadas.Liguei para o pós venda informando que os problemas persistem, pediram para eu levar o carro, porém na ligação a pessoa que me atendeu informa que não conseguem saber de onde alguns dos problemas vem! O Que devo fazer/como proceder?Att.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/09/2011 - 22:57
    Enviado por: caciane

    comprei um prisma zero em outubro 2010 em maio de 2011 ele nao queria pegar levei ate oficina chevrolet e apos atualização de combustivel o motor estourou. pense na decepção de 1 consumidora, eles fizeram o motor sem me cobrar custos por estar na garantia. entrei em depressão e agora o carro spre apresenta algum problema. o que eu faço por favor? não conheço nenhum advogado me ajudem por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2011 - 09:52
    Enviado por: roberto mendes

    oi comprei uma savero zero na guaibacar sertorio em poa RS,e deu vazamento de oleo no 1ºmes eles arrumar e teve outro vazamento e eles arrumarao de novo e vazou a terceira vez e eles arrumarao denovo e ja estragou o freio de mao as 4 saidas de ar o banco do motoriasta uma peça da caçamba e tem barulho nas 4 rodas tudo em 6 meses que tenho o carro. o que eu posso fazer.obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/10/2011 - 15:10
    Enviado por: Andrezza

    Boa tarde,

    adquiri um veículo Fox e com 4mil km começou a apresentar problemas na roda de liga leve e barulho no motor, levei até a Itavox de Osasco e esta ficou com meu carro por vários dias e foram abertos várias ordens de serviço. Hora diziam que realmente havia problema na minha roda hora dizia que não havia( e tenho tudo isso gravado), resumindo fui procurar até o SAC da VW que não resolveu nada e continuo com o carro que tripida o volante e faz barulho no rolamento, e mais…. todas oficinas externas que levei me deram laudo de que há problema no meu carro . O que devo fazer? É impossível de andar com um carro que tripida dentro o tempo todo e faz um barulho horrível. Quero entrar com um processo ,como devo proceder? Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/10/2011 - 18:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      As respostas estão no texto da reportagem.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 21/10/2011 - 09:43
      Enviado por: clarezita

      comprei um meriva já nas primeiras semanas me deu problema, agora passado um ano e meio me surgiu um problema na quinta marcha, isso é um absurdo pois só rodei 20 mil kilometros e não uso muito a quinta marcha, mas como só tem um ano de garantia vou ter que me incomodar com um carro praticamente novo. O que passa na minha cabeça comprando carro novo ou não vc vai ter dor de cabeça sim. E parece que as montadoras não estão não ai.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/11/2011 - 22:06
    Enviado por: sandro

    comprei um astra dia 28 de setembro, quando fui lavar o carro percebi q as portas trazeiras estavam desreguladas , me aprofundei mais, e percebi q na trazeira do carro foi toda mechida,pois ate tinta ta faltando,risco de lixa.tenho a impressao que o carro caiu da segonha,fui ate concecionaria e deixei o carro la,eles querem reformar , mais nao quero mais esse carro,tentei um acordo mais ta dificil,me enviarao uma proposta de traca por um vectra,so q paguei R$ 47.400,00 e avaliarao meu carro em R$ 37.000,00, que devo fazer neste caso????detalhe o veiculo ta com 2.800 KM

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2011 - 22:39
    Enviado por: ivo

    Comprei um celta 0 km em jan 2010. Percebi que já começou a enferrujar o teto do carro. Se continuar deste jeito, em 4 anos já não terei mais carro. Eu sei que já saiu da garantia (1 ano), mas não está certo. Posso pedir para que repintem o carro? sem custo é claro.

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: