Estado.com.br
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Defeito em carro zero

Categoria: Assunto do dia

Texto de Maíra Teixeira

O momento da compra do primeiro carro é especial. Ainda mais quando é aquele zero-quilômetro que vinha sendo “namorado” há tempos. No entanto, ninguém está livre de decepções. E é assim, decepcionado, como se sente o jornalista Marcel Frota, que comprou um Gol Power 1.6 em junho. Com menos de um mês de uso, o carro já apresentava problemas.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

519 Comentários Comente também
  • 05/02/2007 - 20:50
    Enviado por: CLARISSA ALEXANDRIA LIMA COSTA

    Aconteceu o mesmo comigo há aproximadamente 2 semanas. Já não sei o quê fazer, não quero mais o carro que já foi reparado por 2 vezes. Não acredito mais na Renault!

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Clarissa,
    o Código de Defesa do Consumidor (CDC) prevê, no artigo 18, que quando o problema não é resolvido em 30 dias, o consumidor pode exigir a troca do veículo, o dinheiro de volta ou um abatimento proporcional. Mas as operadoras dificilmente respeitam esse direito, portanto, no seu caso será preciso ir à Justiça para exigir que seu direito seja respeitado. Guarde todos os documentos de entrada e saída do veículo da concessionáriae comprovantes de troca de peças e de serviços executados, eles servirão de prova em caso de embate judicial.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/11/2011 - 11:40
      Enviado por: mauro

      CARRO NISSAN NUNCA MAIS!!!!!!
      Venho através deste espaço expressar a minha indignação , para com o atendimento da empresa Nissan em virtude dos fatos abaixo narrados.
      -Na data de 21/10/2011 adquiri na concessionária NISSAN denominada Fuji Japan no bairro da Vila guilherme-Sao Paulo, um veiculo de marca NISSAN MARCH 1.0 EM ESTADO DE ZERO KM.
      -Na data de 18/11/2011 quando retornava para minha residência, fui abordado por ladrões na marginal tiete que vieram a quebrar o vidro dianteiro direito do meu veiculo e levaram meu gps.
      -De imediato fui em varias lojas que trabalham com colocação de vidros de auto no intuito de reparar o meu veiculo, contudo para minha surpresa fui informado nestas lojas que o vidro para este veiculo ainda não estava a disposição nestas lojas, e que eu somente encontraria-os em uma concessionária Nissan.
      -Embora surpresa, e sabendo que tratava-se de um veiculo novo em lançamento, concordei em ir buscá-lo em uma concessionária.
      -No dia seguinte 19/11/2001 um sábado logo pela manha dirigi-me a uma concessionária Nissan no intuito de comprar o vidro, todavia para meu espanto fui informado que todas as concessionárias Nissan o setor de vendas de pecas não funciona aos sábados, portanto quem necessitar de uma peca para o seu Nissan no final de semana que se dane, porque eles não estão nem ai.
      -Diante deste impasse e constrangimento fui na segunda feira dia 21/11/2011 em uma concessionária e para a minha total indignação , fiquei sabendo que eu não encontraria este vidro em lugar nenhum porque a fabrica não havia mandado nada para as concessionárias. QUE ABSURDO!!!!!!!! Uma montadora colocar um carro para a venda e não disponibilizar pecas para reposição. ISTO É UM CRIME CONTRA O CONSUMIDOR.
      -Diante deste absurdo entrei em contato com o 08000111090, onde efetuei minha queixa e me passaram um numero de manifesto 1-39501911.
      -Ocorre que ate agora 30/11/2011 , nada foi solucionado.
      -Estou com o meu carro guardado em minha garagem, tendo prejuízos imensos, pois trabalho com prestação de serviços na área de computação em agencias da Caixa Econômica Federal na capital e grande São Paulo, e estou debilitado em virtude de estar sem veiculo.
      -Assim manifesto minha indignação para com esta empresa Nissan. e aconselho a todos os consumidores NAO COMPREM CARROS DA MARCA NISSAN, pois estarão sendo vitimas do descaso desta empresa.
      MAURO

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2007 - 15:09
    Enviado por: REGINA MÔNICA

    Comprei um carro zero quilômetro e com menos de 40 dias deu problema sério. Tenho direito à troca?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Regina, para Márcia Christina Oliveira, técnica em Defesa do Consumidor do Procon-SP, explica que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) prevê, no artigo 18, que quando o problema não é resolvido em 30 dias, o consumidor pode exigir a troca do veículo, o dinheiro de volta ou um abatimento proporcional. Mas ela acha muito difícil a montadora obedecer a esse artigo pois não é comum os consumidores conseguirem a troca do veículo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/07/2007 - 08:04
    Enviado por: Stephani

    Eu também estou com o mesmo problema…o defeito é recorrente e estou gastando com aluguel de carro. Nesse caso eu teria direito a um carro reserva?

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Se ficar comprovado que é um defeito de fábrica ou decorrente de algum serviço de revisão você teria direito a um carro reserva. Tente conversar de maneira amistosa com a concessionária e questionar isso. Caso não lhe emprestem um carro reserva a única maneira é recorrer à Justiça ou a algum órgão de defesa do consumidor.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/07/2010 - 19:53
      Enviado por: jair

      OLA DR QUERIA UMA INFORMAÇÃO POR FAVOR QUANDO A GENTE COMPA UM VEICULO USADO E O MESMO DA PROBLEMA ESTANDO NA GARANTIA ENQUANTO A AGENCIA CONCERTA TENHO DIREITO A UM CARRO RESERVA UM FORTE ABRAÇO MUITO OBRIGADO

      responder este comentário denunciar abuso
    • 04/11/2011 - 18:24
      Enviado por: Mariana Sahão

      Comprei um Ford Focus há 3 meses, e desde que comprei, o carro não engata a marcha ré. Fica alguns segundos apenas e desengata, fazendo um barulho alto. Entrei em contato com a concessionária, que informou se tratar de um defeito de fábrica na caixa de cambio, mas que não tinham as peças para troca. Como estou usando o carro com esse defeito, ele comçou agora a vazar óleo da caixa de câmbio, e me disseram que seria perigoso eu continuar usando o carro. Mas como trabalho com ele, divido com minha mãe e não tenho outro meio de transporte, fico sem opção. Agora me disseram que chegou a peça, mas o carro vai ter que ficar lá mais de uma semana para arrumarem, então pedi um carro reserva similar ao meu, pois minha mãe sofreu acidente e não tem condições fisicas para dirigir sem direção hidraulica. Eles me disseram que é impossivel, pois a ford só me dispoe um automóvel básico. Eles não teriam que me fornecer um similar ao meu, já que o defeito veio de fábrica???

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/10/2007 - 22:14
    Enviado por: leonardo

    Meu irmão comprou um carro zero e foi buscá-lo à noite. De manhã notou pequenos amassados no capô. O vendedor prontificou-se a trocar o capô, mas aí ele perderá a sua originalidade. Esses amassados constituem defeitos? Meu irmão pode pleitear um carro novo?

    Advogado de Defesa:

    Ele tem direito ao conserto no prazo de 30 dias, conforme estabelece o Código de Defesa do Consumidor. Se nada for feito neste período, aí, sim, ele tem direito a requerer um carro novo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 19:49
    Enviado por: erick

    Nunca vi ninguém receber o dinheiro de volta, somente indenizaçã. Vocês já viram algum caso de devolução total?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2007 - 13:29
    Enviado por: valdir mariani

    prezados senhore

    Comprei um C3, Citroen e no período de 1 ano, ainda na garantia, consegui 8 Ordens de Serviços referentes a defeitos no carro, inclusive com troca de varias peça.
    E possível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/11/2007 - 18:38
    Enviado por: Cristiane

    Comprei um Fiesta Hatch há 90 dias e durante esse período o carro já apresentou problemas 3 vezes.

    Primeiro na direção hidráulica, que não funcionava em baixa rotação. Solicitei a troca e a peça chegou após 30 dias.

    Depois apresentou desgaste precoce do platô, ocasionando a paralisação do veículo no meio de uma rodovia estadual. Precisei ser guinchada até a concessionária.

    Na primeira revisão reclamamos de barulhos constante no motor, alheio a um carro zero. A causa do barulho não foi localizada e devolveram o carro com o mesmo problema.

    Agora após minha segunda revisão solicitei novamente o reparo no barulho que passou a ficar insuportável.
    Localizaram o defeito (defeito de fabricação) só que meu carro precisará ficar 5 dias (uteis) desmontado afim de aguardar a chegada da peça.

    Solicitei um carro reserva e me foi anunciado que tenho que dar o valor de R$ 1.500,00 reais em cheque ou cartão afim de calção, conforme regulamento da locadora de veículos.

    Depois desse relato gostaria de saber: É possível solicitação de danos morais e materiais por esses transtornos, visto que preciso do carro para executar meu trabalho?

    Advogado de Defesa: É possível sim, mas lembre-se que, dependendo do valor da causa, você terá de buscar a Justiça Comum, isso porque, o Juizado Especial Cível só aceita ações até 40 salários mínimos, sendo que a partir de 20 salários mínimos tem de ter advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/09/2011 - 20:54
      Enviado por: Bryan

      Amigo, vá ao procon da sua cidade e faça a denuncia e entre com uma açao para substituiçao do produto, o mais rapido possível, senão vai decair seu direito

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/12/2007 - 17:11
    Enviado por: Sergio Ravazzi

    Comprei um veiculo zero Quilometro e com 2 dias de uso deu defeito enviamos para a concessionaria que so ira entregar apos o dia 15/12.

    Como estou dentro dos 7 dias de uso posso pedir meu dinheiro de Volta?

    Advogado de Defesa:

    Não. O prazo de arrependimento, de 7 dias, só é para compras fora do estabelecimento comercial (telefone, internet, etc). A empresa tem o prazo de 30 dias para consertar o veículo. Se, passado esse prazo, não devolverem o veículo reparado, aí, sim, você poderá pedir seu dinheiro ou a troca do veículo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/12/2007 - 09:38
    Enviado por: nadson

    comprei um carro zero na FIAT e com alguns dias de uso apresentou defeito,. levei a oficina da FIAT e o mecanico, dentro da oficina, bateu com o carro de frente e causou um amasso enorme na frente que chegou a afetar o motor, agora querem reparar, mas o carro só tinha alguns dias de comprado e quero um novo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2008 - 09:58
    Enviado por: Leandro Luiz Zanin

    Comprei um Celta zero KM, retirei o mesmo no dia 28/12/07 por volta das 18:00hrs, o mesmo tem um amassado no teto de dentro pra fora, embaixo do forro do teto, querem pintar o teto todo, quais são os meus direitos em relação a desvalorização do veiculo que vai perder sua originalidade sem contar a possivel diferença de tonalidade de cor entre o teto e o restante do veiculo, nesse caso quem vai arcar com o meu prejuizo?

    Advogado de Defesa:

    Você pode exigir que o carro seja trocado ou que a emprsa pague uma compensação pelo dano. Se o valor for de até 20 salários mínimos, você pode entrar com ação no Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2008 - 20:10
    Enviado por: Paulo Fernandes

    Comprei um Fiesta Trail dia 26/12/2007 , retirei dia 3/01/2008 dia. Hoje é dia 6/01/2008 e o carro está com 600 Km, tive que cancelar minha viagem de férias. Descobri que apesar do alarme original ford, ele não funciona, o sensor não detecta movimentos, as travas das portas não fecham e por fim o vidro do parabrisa trincou, sem nenhuma explicação. Estou totalmente insatisfeito. Tive que cancelar minha estadia de férias e voltar para casa. Não sabia que estava andando com as portas de trás abertas. Não pude estacionar em local público, o carro estava aberto ! Quero trocar de carro imediatamente. Prefiro que nem tentem consertar os defeitos. Isso é possível ? O que devo argumentar na concessionária ? Qual lei do Codigo de Defesa do Consumidor me respalda ? O que tenho que fazer para conseguir a troca ? Vou ficar o final das minhas férias sem carro ?

    ADVOGADO DE DEFESA

    O Código de Defesa do Consumidor prevê que o fornecedor/fabricante tem 30 dias para sanar os defeitos. Somento depois disso é possível exigir a troca, reparação ou reembolso do valor pago.
    Como o problema resultou em perda das férias, no entanto, é possível pedir uma indenização por danos morais pela via judicial.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2008 - 20:31
    Enviado por: guelber alexandre

    Comprei um corsa hatch zero km e o veiculo veio com varios defeitos na pintura e todo desalinhado, já foram técnicos da gm e o problema não foi resolvido quais os meios legais para devolução de meu dinheiro?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 10:05
      Enviado por: Juliana

      Eeeee, meu querido… tenho problemas com o mesmo modelo de carro… tb tirei zero e ele simplesmente não liga…

      A chevrolet é uma merda e não dá atençao aos seus clientes…

      To com uma ação judicial e vou lutar até o fim pela devolução do meu dinheiro… suado dinheiro…

      Boa sorte

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/01/2008 - 11:06
    Enviado por: Darlene Valezini

    Comprei um Fiesta New Sedan em setembro de 2007 – 1.0. Neste final de semana (20/01/2008) , voltando de viagem , com apenas 30 minutos de retorno, o carro ferveu . Estou muito chateada pois o carro rodou apenas 4 meses e tem 5600 km . Acho inadmissível estar com um carro que será reparado no motor. Tenho como reclamar com a própria Ford ? – (SAC) -Pois aparentemente, o carro deve ter vindo com defeito de fabricação… Grata.

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/01/2008 - 15:52
    Enviado por: Gustavo de Lima Garcia

    Comprei um Polo e retirei ele da revenda em 16 de janeiro de 2008, no mesmo dia notei um barulho interno na lateral direita do carro, ja fui 2 vezes na revenda para eles concertarem e eles falam que ja foi trocado uma peça ali e aqui e o problema continua. Gostaria saber o que posso fazer para revolver isso, estou muito chateado e me desgostando do produto. Obrigado

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 11:38
    Enviado por: LUIS FELIPE FERNANDES

    comprei um peugeot 307 zero km em 22/12/2007 passado menos de um mês de uso (3800 km)o carro apresentou um problema no cambio.pois bem,acionei a assistência da fabrica (peugeot assistance)que removeram o meu carro até um concessionaria passados três dias me ligaram avisando que o carro estava pronto.peguei o carro na segunda feira 28/01/2008 na terça 29/01/2008 ele quebrou novamente me deixando a pé! pergunta:tenho direito a troca do carro ou o dinheiro de volta????? pois desgosto maior não poderia me acontecer comprei um carro novo que tem defeito de carro velho e paguei caro por ele e agora estou a pé e sem data prevista para uma solução.grato por este espaço.

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2008 - 17:08
    Enviado por: luis moderno

    comprei um siena zero ano/mod 2007/2008 e o mesmo apresenta váris defeitos vazamento de óleo, agua, direção hidraulica etc, por mais de 30 dias, caso ajuize uma ação qual o melhor pedido para fazer na tutela antecipada, a troca do veiculo ou um carro emprestado até o final da lide, onde pedirei um carro novo ou a devolução do valor pago.

    Oque devo pedir na tutela????

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2008 - 17:54
    Enviado por: Flávia R. Rocha

    Comprei um Fox zero, na primeira quinzena de dezembro e ontem ele apresentou problemas e foi guinchado para a convessionária, que me informou que o cabeçote do motor apresenta defeito de fábrica, segundo o funcionário a peça está porosa e rachou. PEdi para a fabricante um carro reserva, mas me dão somente dois dias e pra isso tenho que ter cartão de crédito, com limite de 900 reais. Estou decepcionda com minha compra e também com a convessionária que vendo o meu problema, não me arrumou um carro reserva e devido a falta do veículo terei muito problemas, além de todo estresse que estou sofrendo, pois me informaram que pedirão a peça somente na próxima quarta-feira, devido ao carnaval e só me entragarão o carro daqui há aproximadamente 12 dias.
    Por favor, o que devo fazer?
    Obrigada pela atenção.
    Flávia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2008 - 18:04
    Enviado por: Flávia R. Rocha

    Depois que recebi este laudo sobre o carro que comprei com tanto sacrifício (Fox Zero, com cabeçote poroso, rachado e vasamento de óleo do motor) não tenho mais segurança de ficar com este carro e agora desconfio dos serviços oferecidos pela concessionária.
    Quais são meus direitos? O que devo fazer?

    Advogado de Defesa:

    Você deve entrar com um pedido na montadora para a troca do carro ou o cancelamemto da compra

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2008 - 20:31
    Enviado por: Flávia R. Rocha

    Mesmo ele me informando que devolverão o meu carro em aproximadamente 12 dias, com novo cabeçote, tenho o direito de pedir troca do carro ou cancelamento?
    Amanhã irei até a concessionária, pois o carro deu problemas na sexta-feira 01/02 e a concessionária fechou para o carnaval, só abrirão amanhã 06/02.
    Obrigada pela atenção…sua resposta me ajudará bastante.
    Flávia

    Advogado de Defesa:

    A legislação diz que qualquer produto com defeito, a empresa tem o prazo de 30 dias para consertá-lo e só se esse prazo for estourado ou o defeito se repetir é que o consumidor tem direito a pedir a troca ou cancelar a compra

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2008 - 19:54
    Enviado por: Helio Pinheiro da Cunha

    Comprei um Punto 1.4 zero. A partir do recebimento do veículo reclamei das péssimas condições do objeto, como manchas no interior e exterior, tampa do reservatório de combustível empenada, encaixe do banco traseiro quebrado.
    Antes da 1ª viagem reclamei de excesso de água provocada pelo ar condicionado. Alegram ser norma. Durante a viagem, o sistema de refrigeração não funcionou a contento, sendo atendido em duas concessionárias sem resultados.
    Ao regressar devolvi o veículo à concessionária, notificando-a extrajudicialmente e pretendendo azer uso imediato das alternativas do § 1º do artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor exigindo a substituição do bem por ou de espécie,marca ou modelo diversos, mediante complementação ou restituição de eventual difereça, sem prejuízo dos incisos II e III do § 1º do artigo 18 do Código.

    A concessionára insiste em devolver o veículo que estar reparado.
    Mas continuo irredutível nos termos da notificação.
    Ela certamente fará contra-notificação.
    Conseguirei devolver o veículo? O que fazer ?
    Obrigado pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    Como qualquer outro produto, carro com defeito também está sujeito às regras do Código de Defesa do Consumidor. E a montadora tem o prazo de 30 dias para cosnertá-lo. Caso não o faço nesse período, o consumidor tem direito à troca ou ao cancelamento da compra. Caso ele tenha sido reparado neste período esetabelecido pela lei e volte a apresentar o mesmo defeito, aí o consumidor tem o direito de pedir a sua troca

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2008 - 10:32
    Enviado por: IGOR STECCA BRESSANIN

    comprei um jipe.. willys ha menos de 2 meses e ja apresentou problemas com o motor.. comprei em um estacionamento porem é particular.. liguei para o proprietário e ele se negou a pagar pelo menos a metade, e disse para falar com o estacionamento … nesse caso quem é o responsável.?

    OBS: ateriormente ele garantiu q o motor estava em boas condições, uma pena que não foi por escrito

    Advogado de Defesa:

    Se você comprou de uma pessoa física, não é considerada relação de consumo. Só se for de uma emrpesa, portanto, só na Justiça Comum poderá ajuizar ação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2008 - 16:21
    Enviado por: Rafael

    Comprei um Logan no dia 21/12/07 e só peguei dia 28/12… fui para praia no dia 14/01/08 e senti uns barulhos estranhos, mas não podia fazer nada estava de férias na praia e não andava muito com o carro. Na volta dia 07/02/08 na Km 44 da serra o volante ficou bobo, não respondeu, e acabei rodando com o carro e batendo de frente com a mureta, estava no carro meus 3 filhos, fui um susto muito forte.
    Eu Li o comunicado do Renault (RECALL 2007)dizendo:
    “As peças podem causar ruído e possível desacoplamento do sistema de direção do veículo, o que, eventualmente, pode ocasionar acidentes com ferimentos graves ou fatais”, diz a empresa em comunicado”
    O chassi do carro não está no recall, mas os problemas são semelhantes.
    O que deve fazer??? eu estava voltando para fazer seguro, até conversei com o vendedor da concessionária dizendo do problema e do seguro antes do acontecimento.
    Aguardo

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advoagdo de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2008 - 16:34
    Enviado por: cristiano cotrim

    Comprei um peugeot moonlight dia 22 de novembro de 2007, zero km, na concessionaria peugeot de Bauru. dia 20 de dezembro apresentou problema no teto solar (nao abria e nem fechava). Devolveram dia 23 de dezembro sem solução do conserto, pois nao havia peças. dia 13 de janeiro a peça chegou e levei o carro na concessionaria. hoje é dia 14 de fevereiro (mais de um mes na concessionaria) e o carro ainda nao está pronto e nao ha nem previsao de conserto.
    O que fazer? posso exigir um novo? o carro está com 2000 km rodados…

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 19:03
    Enviado por: rogerio massahiro ueno

    comprei um c4 vtr na concessionaria etoile e foi pago no dia 14 de janeiro de 2008
    à vista ,emplacado de fabrica no rj-porto real e vendido como zero km, veio com o parabrisa dianteiro com problemas ficando a imagem distorcida e outros que dizem que foram resolvidos e hoje já é dia 15 de fevereiro e nada foi resolvido.o vendedor Leandro da concessionraria tem culpa também ,porque me vendeu o carro emplacado lpa8747 com esses defeitos no parabrisa ,que era o carro da exposicao na concessionaria, nao tem como ele dizer que o carro que comprei na concessionaria era outro da exposiçao. Dizem que eles tem 30 dias pra arrumar o carro,mas eles quizeram me enrolar dizendo para eu levar o carro somente no dia que o vidro chegasse na concessionaria e nunca chega, mas acho um absurdo andar com um carro que paguei tao caro com um vidro com tantas imperfeiçoes.quero meu dinheiro de volta inclusive o ipva que paguei.e queria saber como faco pra provar que eles nao resolveram em 30 dias esse problema sendo que só tenho a nota fiscal com a data de entrega

    Advogado de Defesa:

    Por favor, envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais e o nome da empresa que você comprou o carro. O e-mail é advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 00:20
    Enviado por: Rafaela

    Comprei um fox totalflex modelo 2005/2006, em 2005, o carro era para aceitar tanto gasolina quanto o alcool, eu sempre abasteci meu carro com alcool, só que eu emprestei meu carro para minha irmã e esta abasteceu meu carro com gasolina, levei na concessionaria e esta me informou que o meu carro não funciona quando é abastecido com gasolina. A questão é a seguinte seu eu paguei um carro para ter as duas opções porque agora só posso utilizar uma, o que eu devo fazer, afinal eu constatei este problema apenas agora e eu comprei este carro em 2005?

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 13:56
    Enviado por: annagcCamara

    Comprei um veículo Gol Power 1.6 e o mesmo apresentou vários defeitos. Voltei na concessionária e eles fizeram reparos mas alguns dos defeitos continuaram e assim voltei por tres vezes às autorizadas para consertar os defeitos de fabrica apresentados, porém até hoje o veículo continua com defeito e está proximo de expirar a minha garantia. Pretendo entrar com ação para reaver os valores pagos e mais indenização por danos morais pelos meus aborrecimentos. A minha dúvida é a seguinte: é necessário que eu faça o pedido formal de devolução do dinheiro que paguei ou a devolução do veículo perante a concessionária onde eu comprei o carro antes de entrar com ação judicial? Em caso positivo, devo esperar a resposta da concessionária mesmo correndo o risco de expirar a garantia?
    obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Sim, envie carta conm aviso de recebimento, determinando o que você quer e as razões pelas quais está pedindo isso. Envie para a empresa e guarde cópia da carta e do comprovante de entrega

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2008 - 10:43
    Enviado por: Mizael Teles

    Compre um celta 2008 e com dois dias o ar condicionado está apresentado um ruído, já levei na concessionária 2 vezes e não foi resolvido, ele disseram que está acontecendo o mesmo defeito em outros veiculos, e que a montadora já tem um procedimento de correção..quer disser, eles estão vendendo os carros sabendo que vai acontecer, tão usando de má fé! o que posso fazer dentro da lei?

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais. e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2008 - 13:43
    Enviado por: Antonio

    Olá,

    Gostaria de pedir a ajuda de quem conhece, minha questão é a seguinte: Após 28 anos consegui realizar o sonho de adquirir um carro, isto ocorreu no dia 18 de Janeiro de 2008, adquiri junto a loja Liberté Veículos um veículo Renault zero km. Trata-se de um Sandero 1.6 8v Hi-Flex (lançamento da Renault) na cor: Prata Etoile (R$ 850,00 mais cara do que pintura sólida, por ser metálica).
    Pois bem, após ter esperado quase dois dias para o carro passar pela revisão, recebi o carro. No ato da entrega a vendedora fez a demonstração dos itens do veículo e minha esposa e eu saímos com o carro, sem muitas preocupações em inspecionar o veículo nos detalhes uma vez que não se espera comprar carro zero km com defeitos.
    No dia seguinte ao lavar o carro percebi que o mesmo apresentava manchas na pintura do teto e alguns riscos nas portas do lado do motorista. Voltei a concessionária e mostrei os problemas e a solução apresentada foi realizar um polimento do veículo, o qual aceitei com um breve descontentamento, sendo que comprei um carro zero e já estava passando por polimento e eu nem mesmo pude saber o quanto severo foi este polimento (que aliás foi realizado por terceiros e não pela concessionária).
    Os riscos e as manchas desapareceram após o polimento, no entanto, as contaminações (sujeira, espécie de falha de pintura) em diversos locais da pintura do carro continuavam, assim retornei a concessionária para saber o que poderia ser feito e fui informado que será necessário um novo polimento, agora com lixa e casso não resolva, acreditem se quiser, o meu carro zero km será submetido a uma nova pintura ou retoques.
    Como consumidor não sei o que fazer, quais são os meus direitos? Existe a obrigatoriedade da loja ou fabricante de trocar o meu veículo? Qual a orientação?

    Atenciosamente,

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais. e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/02/2008 - 19:33
    Enviado por: Marcos

    Olá, comprei um carro zero e já reallizaei a primeira revisão, no entanto, a mesma agência onde comprei meu carro cobrou após ter feito a terceira revisao do carro de um amigo meu, um valor “x” para carimbar o manual do seu carro, caso nao fosse efetuado o pagamento não teria esse carimbo mesmo assim pagaria pela mão de obra e reposição de peças, cobrar um valor exorbitante por um carimbo é possivel?? existe leis no código de defesa do consumidor que recrimina esse tipo de atitudo pela concessionária, sendo que somente esta pode estar realizando a revisão do carro???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2008 - 11:49
    Enviado por: Carlos Eduardo

    Comprei um Renault Sandero na Renaulto em Goiania, recebi o carro dia 29 de janeiro com arranhados na pintura, questionei os defeitos com a moça q fez a entrega do carro, ela disse q com um polimento resolveria e agendou o mesmo, so q um dos arranhados nao saiu e disseram q so com a pintura do peça, mais o problema mais grave e o barulho q o carro apresentou no painel e na coluna da porta dianteiro do lado do passageiro, onde os mesmos nao foram resoslvidos, na ordem de serviço onde o carro ficou 3 dias na Renaulto e nao resolveram, o q posso fazer, pois nao quero o carro mais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2008 - 01:02
    Enviado por: Gustavo Oliveira

    Há 3 meses retirei meu peugeot 307 0km da loja, ele esta apresentando alguns probleminhas internos, e um problema um pouco maior na suspensão(muito barulho), creio que para sanar tais problemas terei que deixar o carro alguns dias na oficina. Porém, necessito de um carro para locomoção, estudo e trabalho longe. Li alguns comentários, mas nada que me ajudasse a sanar minha duvida. A concessionaria tem alguma obrigação de me fornecer um carro reserva até que o meu esteja pronto para uso? Mesmo que para arrumar o problema leve 2, 3 dias? Muito grato.

    Advogado de Defesa:

    Não tem essa obrigação, não

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2008 - 08:51
    Enviado por: Antonio

    Novamente postando sobre o Renault Sandero que comprei da concessionária Renault Liberté em Joinville SC.
    Primeiramente peço ao Carlos Eduardo que postou logo acima sobre problemas como os meus que entre em contato comigo no e-mail: antonio.asouza@gmail.com (espero que não esteja indo contra a política do site)
    O dilema continua com a Renault, fui ao Procon e a audiência já está marcada (somente para maio), a empresa propôs pintar meu carro (maiores informações leiam o texto postado no dia 21/02/2008, logo acima).
    Abaixo, relaciono outros problemas que o carro apresenta:
    - Contaminação (ou fuligem) da pintura por todo o veículo (caso está no Procon);
    - Amassamento das quatro portas do veículo acima das maçanetas; (Item também identificado em veículo zero km exposto no stand da loja na data de 22/02/2008), aliás aconselho a todos que tem um Sandero,
    verifiquem as portas do seu carro e se for o caso levar a uma oficina que o pessoal identifique se há amassamentos ou não;
    - Ruído no painel de instrumentos (carro passou 4 dias na concessionária e nada de ser resolvido, desde o segundo dia que estou com o carro );
    - Ruído na coluna da porta dianteiro do lado do passageiro (consertado);
    - Entrada de ar porta do motorista a 80 km/h (2 dias carro na concessionária ), aliás antes de comprar o carro peça para fazer um “test drive” a 100 ou 120 km/h, talvez você mude de opinião;
    Pessoal, a imagem que tinha da Renault antes de ter um veículo desta marca está caindo por terra, já perdi
    11h de trabalho no mês de fevereiro em função destes inconvenientes, além de ter que ouvir as pessoas comentarem que comprei um carro cheio de defeitos, pode isto Renault?

    Atenciosamente,
    Antonio A Souza
    Joinville S/C

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2008 - 22:52
    Enviado por: Luciana

    Prezados,

    Comprei um fiesta hatch 2008/2008 e por infelicidade o carro já está dando problema.
    Procurei a concessionária, deixei o carro e eles disseram que não existe problema.
    No meio da subida tive que parar devido a um congestionamento, quando tentei arrancar o carro não foi, ficou patinando. Fiz o teste com um amigo nosso dirigindo o carro e o mesmo ocorreu.
    Estamos arriscando nossa vida e de outras pessoas.
    O que devo fazer?
    Posso ter meu dinheiro de volta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2008 - 20:47
    Enviado por: Gabrielle F. Freitas

    Boa noite,

    Há dois anos atrás comprei um celta life 1.0, e depois de um ano e meio o meu carro vem apresentando infiltração de água através da parte dianteira do lado do passageiro. Procurei a autorizada da minha cidade para resolver o problema, e depois de três tentativas o carro continuou apresentando infiltração intensa de água toda vez que chove. Dessa forma, resolvi tentar outra autorizada chevrolet mas também não conseguiram resolver o problema que vem se arrastando por aproximadamente 6 meses. Entrei em contato com a central chevrolet, abri um protocolo, e a unica coisa que me falam é que vão analisar o caso , mas nada resolvem. Em suma, o meu carro continua “inundando toda vez que chove”, é um transtono, fora o cheiro de mofo que está ficando. Na verdade, a impressão que da é que ninguém está disposto a me ajudar. O que não pode é o meu carro praticamente zero estar nessa situação. Mesmo não sendo técnica no assunto dá para observar que trata-se de um problema de fábrica… o que devo fazer? Peço a sua orientação sob o ponto de vista juridico, me informando quais são os meus direitos como consumidora que de certa forma enquanto não resolverem o problema estou sendo prejudicada de várias formas, pois o carro é a minha ferramenta de trabalho e toda vez que tenho que deixar o carro na autorizada enfrento o maior transtorno para trabalhar. E para finalizar estou sentindo prejudicada em relação ao estado físico do carro, pois sempre volta com algum dano.. risco, painel risacado…

    Atenciosamente
    Gabrielle
    Vinhedo SP

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 19:50
    Enviado por: Ana Mello

    Realmente não sabemos em quem acreditamos quando adquirimos um carro zero. Mesmo tendo certos cuidados na hora de comprar um carro zero, estamos sujeitos a passar por certas situações vexatórias… Quando decidimos ir em uma concessionária, somos muito bem tratados até a retirada do veiculo zero. Depois a nossa vida, vira um INFERNO!!! Porque além do jogo de impurra que ficam os consultores da oficina, sem se quer fazem uma ligação ao cliente para explanar todo serviço que esta sendo feito. Ficamos tipo marionetes sem saber onde ir. No meu caso, tenho uma mãe idosa e com problemas cardiácos. Comprei um carro zero na Fiat(SIENA), janeiro de 2008 e já esta na oficina. Liguei para CONFIAT no primeiro dia e no segundo, após o carro estar na oficina autorizada da FIAT e explanei a minha situação, que tenho uma mãe doente e que o meu carro estava fazendo muita falta porque é o nosso unico meio de locomoção aos hospitais que são longe. Infelizmente fui desfavorecida em tudo que explanei e hoje, fico constrangida em ler a propaganda da confiat e não ter nenhuma clausula que fale sobre a Lei do Idoso e casos de doenças graves,isto é, prioridades para os consumidores da FIAT que precisam de um veiculo reserva para sua locomoção. Estou muito constrangida e ao mesmo tempo arrependida pela compra do meu carro.
    Niterói,18/03/2008

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2008 - 00:11
    Enviado por: Rosangelo Pires Vieira

    Comprei uma Ecosport no mes 02/2007, 0 KM, no 1º dia até chegar em minha residencia o carro ferveu o motor após rodar 35 km, liguei ao consultor da Sandrecar e ele orientou-me a deixar o motor esfriar e completar o reservatório. Todo procedimento foi feito conforme orientação. Porem a partir desta data toda agua que colocava no reservatório desaparecia gradativamente, em todas as revisões comentava sobre este problema e tinha como resposta que isto era normal.

    Passado algum tempo esta a agua do reservatório passou a ficar marron. Em dezembro 2007 insatisfeito com o esclarecimento que a Sandrecar estava me passando liguei para Fod no 08007033673 e exigi um laudo preciso deste problema pois não estava satisfeito, este carro conforme orientado pela Ford foi levado na concessionaria Sandrecar, ficou 13 dias, trocaram o cabeçote do motor por estar empenado. Retirei o veiculo no dia 29/01/2008, rodei com o veiculo mais algum dias para ter a certeza da solução do problema mas porem o resultado foi insatisfatório, o carro voltou para concessionaria a pedido da For em 06/03/2008, e até a presente data esta na oficina, desta vez foi aberto o bloco do motor do carro e constatou defeito de fabricação do mesmo em razão de o banho de quimica que e dado na sua fabricação para suportar a agua do sistema de arrfecimento não foi dado de acordo com o processo normal de fabricação e assim sendo o ferrugem correu todo o cabeçote e condeou-o, ou seja, a Ford esta colocando um bloco novo. Me propuzeram extender a garantia por mais um ano, a primeira revisão desse periodo a mão de obra sera gratuita e as demais terei que pagar, não estou de acordo, pois se fiz todas as revisões quando adquiri o veiculo e o dinheiro que gastei foi em vão, e tambem se propuzeram a pagar o custo do despachante junto ao Detran para trocar o numero do motor.

    Também não estou de acordo em permacer com este carro, pois ele vai perder a sua caracteristica original, por ter que remarcar o documento, e desta forma saira no documento do veiculo com a abreviação RM, – remarcado, e assim sendo perdera aproximadamente 30% do seu valor comercial.

    Por obséqui responder-me, se tenho o direito a devolução do dinheiro, troca por um carro novo da mesma marca/modelo, pois não é justo comprar um veiculo original e por um problema oculto de defeito de fabrica ter uma perda financeira de R$ 15.000,00 aproximadamente no seu valor comercial. Pois veiculo esta a com 32 dias na concessionaria na tentativa de solução, isto, somando as 03 vezes que ele ficou pelo mesmo problema de vicio oculto. Da primeira vez estava de férias e deixei de viajar com a minha familia em razão do carro estar na oficina e não me forneceram carro reserva. Desta ultima vez após em contatar a Ouvidoria da Ford eles me cederam um carro popular “1000″ para suprir as minhas necessidas. Porem no meu periodo de férias perdi a totalmente. Acrescento que tais demoras do carro ficar na oficina se deram aos fatos da Ford primeiramente não ter o cabeçote e a segunda vez por não ter o bloco do motor disponivel.

    Se possivel gostaria de um parecer desta Consultoria. Grato.

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o nome da empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2008 - 07:28
    Enviado por: danielly

    Bom dia,

    Comprei um Ford Ka modelo novo ZERO 2008/2009 é ontem 23.03.08 fez 15 dias de uso é apresentou um segundo problema o carro parou e teve que ser removido para concessionária, hj deve entrar em manutenção … gostaria de informações como consumidora.

    obrigada.

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais e o nome da empresa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2008 - 15:56
    Enviado por: Jones pelissari Urbano

    Boa tarde.
    Compreiu um veículo a aproximadamente 1 ano, fui fazer o seguro do mesmo e o cadastro não foi aprovado devido a não ter o nº do motor, sendo que na vistoria passou sem problemas, só que faz uns 2 mesês que estou pedindo e implorando para a revenda que me vendeu o veículo para me mandarem o comprovante de procedencia do motor, e a própria nota fiscal, mas eles só vem me enrolando, dizem que eles não tem obrigação em verificar isso, que é problema meu, etc.
    Gostaria de saber quais são meus direitos, e de que forma posso resolver isso?
    Grato…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2008 - 20:08
    Enviado por: MARIA DE SOUZA MENEZES

    Comprei um carro marca VW/GOL 1.0 25/01/2008, e ele apresentou um problema na semana seguinte, levei a consecionária a 1º vez 14/02/2008 e não conseguiro consertar, levei n 2º vez no dia 13/03/2008 e não consetaro, na 3º vez ele apresentou problema e esta na consercionária, e estou querendo trocar este carro por outro pois o carro apresenta que bateu o motor por causa da mal colocação da correia pela consercionário.
    Posso trocar este carro por outro carro?
    Pois esse carro pode apresentar defeito futuros.

    Advogado de Defesa:

    Como qualquer outro produto, a empresa tem o prazo de 30 dias para consertar o carro, conforme o artigo 18 dio Código de Defesa do Consumidor. Se isso não for feito, você pdoe, sim, pedir a troca

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2008 - 11:42
    Enviado por: Aleksandro

    Meu carro ainda não fez 1 ano, e não fiz a 1º revisão de 15.000 km, por achar muito cara e também por achar excesso, só que agora com 09 meses de uso apareceram 03 defeitos, marcador de combustível que não marca, 5º marcha que não engata com facilidade e luz de ré que não ascende, a autorizada e a GM se negaram a fazer o conserto, qual a fundamentação jurídica que uso nesse caro para entrar no Juizado?

    Advogado de Defesa:

    Se você não fez a revisão e ela era obrigatória, precisa ver no contrato de compra se você não perdeu a garantia do carro. Mesmo assim, você pode recorrer ao Juizado, ams terá de consultar um advogado para saber de que forma você entra com o processo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2008 - 22:14
    Enviado por: CIRLANIA

    Comprei uma ECOSPORT 2007 zero em 05.10.2007 em uma concessionaria em Fortaleza.Em janeiro vim morar em Brasilia e trouxe o carro pra ca, mas ja levei o carro 3 vezes na concessionaria pelo mesmo problema o carro não funciona qdo fica pelo menos uma semana parado. Na primeira vez disseram que estava fugindo corrente por causa do alarme ai eles trocaram o alarme dia 13.02.2008, passei uma semana rodando no carro e apresentou o mesmo problema na bateria levei novemente dia 26.02.2008 para a concessionaria aia MOURA condenou a bateria e resolveram trocar. Viajei passei 15 dias fora e qdo voltei o carro nem dava partida tive que ligar pra assistencia 24 h da ford pra me tirarem no sufoco ai levei novamente na autorizada e não consegue decifrar o problema. Gostaria de saber se posso requerer meu dinheiro de volta ou a troca do veiculo antes que termine a garantia pois ainda não fiz nem a primeira revisão de 6meses o carro agora que tem 3000 km o que faço!! E se eu entrar judicialmente tenho que ingressar com ação em Fortaleza local da concessionaria que comprei o carro ou posso entrar em Brasilia onde estou residindo!! Contra a ford nou contra a concessionaria!!

    Advogado de Defesa:

    Você pode entrar com ação na cidade em que mora e pode ser contra a Ford, contra a concessionária ou contra as duas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2008 - 10:13
    Enviado por: Elisete

    solicito modelo de notificação extrajudicial para veiculo com defeito no motor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2008 - 00:27
    Enviado por: Rosangelo Pires Vieira

    Envieie os meu dados pessoais e portanto até o momento não tive nenhuma posição a respeito, voces podem opinar ou não.

    Grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2008 - 12:16
    Enviado por: Andrea Macek

    Meu nome é Andrea e recentemente comprei um carro Fox zero quilometros da concessionaria autorizada EuroKraft em Petrópolis-RJ. O carro comprado em dezembro do ano passado possui um problema gravissimo no Freio, q por vezes falha.
    Possuo 5 ordens de serviço para o conserto do mesmo problema, mas nada foi resolvido. Retornei a concessionária e exigi a troca do veiculo ou o meu dinheiro de volta, como fui aconselhada pelo Procon. Mas o dono da concessionaria se recusou a faze-lo dizendo q se entrasse contra ele na justiça pediria a tutela antecipada do carro de forma a me prejudicar uma vez q ficaria sem o carro o ql preciso para trabalhar até q se resolva td judicialmente.
    Por inúmeras vezes qd levei o carro até lá, eles me disseram q o carro 1.0 tem ação de freio reduzida e q o problema é perfeitamente normal. Já quase me acidentei e quase provoquei acidentes. Sinto q minha vida está em risco e eu não sei o q fazer! Preciso de ajuda ou orientação.
    Tenho em mãos todas as ordens de serviço e um protocolo aberto com o SAC da Volkswagen, exigi um relatório do q já havia sido feito no carro mas o mesmo me foi negado!
    Sou professora e uso o carro para ministrar aulas particulares, e qd fico sem carro deixo de receber, não posso deixar o carro pela sexta vez na autorizada, estou ficando sem dinheiro. Preciso trabalhar!
    Espero q possam me ajudar.
    Muito Grata
    Andrea

    Advogado de Defesa:

    Você pode acionar também a montadora. Se quiser, envia uma carta à coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais, que vamos falar com a montadora

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2008 - 13:55
    Enviado por: Andrea Macek

    Acionar a montadora? Como faço isso?
    Pq já fiz uma ocorrencia no SAC da Volkswagen seria isso?
    Já enviei o e-mail com meus dados para o endereço fornecido.

    Fico eternamente grata pela atenção
    Andrea

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2008 - 08:48
    Enviado por: Gabrielle F. Freitas

    Deixei um comentário para que vocês pudessem opinar e me ajudar, no entanto não obtive nenhum comentário. Observei que os comentários feitos posterior ao meu já foram respondidos.
    Peço a gentileza, se possível dar a opinião de vocês.
    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2008 - 21:44
    Enviado por: JOSE LEÔNCIO DE FREITAS MUNDIM

    Gostaria de informação como proceder; Comprei um carro zero fiat siena e agora após um ano que adquiri com 23.000 rodados, apresentou defeito na embreagem e tem que colocar outra, acontece que a concessionaria disse que o defeito foi por mau uso e não quer arcar com as peças e mãos de obras. Fiz a revisão de 15.000 e eles não acharam esse defeito, agora rodados esses 23.000, não querem arcar com esse prejuizo. A quem reclamar, devo entrar na justiça???

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 13:32
    Enviado por: aline

    Boa tarde. Comprei um golf e assim que o carro chegou na concessionaria fui avisada que o mesmo estava apresentando defeitos no computador de bordo. Enfim vao me ligar quando o carro estiver reprogramado. Desta forma gostaria de saber como deveria proceder, aceito o carro mesmo sabendo que esta com defeito de fabrica? Pego o carro exigindo uma declarao da concessionaria se responsabilizando e assumindo ja saber do defeito? Por favor preciso saber qual a melhor saida neste caso, antes de buscar o carro. Desde ja agradeco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 16:03
    Enviado por: Carolina A Silva

    Comprei um carro Zero Quilometro, e no 1º dia após o carro ser faturado eu pedi o cancelamento do contrato, hoje é o 2º dia e ainda não retirei o carro da Consecionária e o gerente da loja está se negando a cancelar a venda, me disse que eu teria que pagar a multa recissória do contrato, lembrando que o carro ainda nem chegou na consecionária e obviamente não está comigo, gostaria de saber se pela lei do consumidor eu realmente tenho que pagar essa multa sendo que ainda estou no prazo de 7 dias?
    Obrigada

    Advogado de Defesa:

    O artido do Código de Defesa do Consumidor que menciona o direito de arrependimento dos 7 dias só vale para compra fora da loja (por telefone, internet). Esse não é o seu caso. Como você não pegou o carro, vale continuar discutindo para o cancelamento sem pagar a multa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2008 - 15:44
    Enviado por: José Maria Damasceno Jr

    Adquiri um fiesta 2006/2007 em 12/12/06, 0 km, recentemente tive que leva-lo no funileiro e o mesmo informou que havia batido a traseira. Fiquei surpreso pois retirei da concessionária. Quais meus direitos.
    Atenciosamente
    José Maria

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2008 - 11:03
    Enviado por: Leandro Toledo

    Comprei um Vectra Elegance 0 Km, e dentro do prazo de garantia percebi um defeito na linha de montagem, quero saber a respeito de quais são os meus direitos, posso requerer a troca do veiculo, uma vez que é um defeito de montagem, que amanhã quando eu vou vende-lo vai gerar perda pra mim, e levando em consideração que no CDC no artigo 66, que fala sobre omissão sobre a natureza do produto, com respaldo no artigo 64 que fala sobre a comunicação por parte do fabricante e nesse caso tambem da concessionaria à autoridade competente de um defeito conhecido pós colocação de um produto no mercado e com base no artigo 18 que fala sobre a carência de 30 dias para sanar tal problema conhecido e reconhecido por tecnicos da GM.Mais no meu caso é um defeito de montagem, preciso esclarecer isso, pois tenho audiência no dia 15 de Abril e preciso interar-me mais do assunto.Grato.

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2008 - 15:44
    Enviado por: Manoel S. Correia

    Em 25 de Marco de 2008 realizei meu sonho e compei um Sandero Sport HT/Flex 1.6/8v Cinza Acier na Concessionária Estoril de Santos. O carro é simplesmente lindo…. Completinho e muito gostoso de dirigir (quando funciona)… Bom… A NF foi emitida em 31/03/2008. O carro foi entregue as 12:00hs de 03/04 quinta. Às 1215hs “Apagou”. Consegui fazer pegar. Abasteci com alcool e “Apagou” novamente. Voltei à Concessionária e o carro retomou do nada… Até achei que não sabia mesmo dirigir o carro novo (falta de costume)… Então… Achamos (Eu+Vendedora) que fosse uma “sujeirinha”… Subi de Santos (onde trabalho) para SP/ABC (onde moro) sem problemas. O carro foi bem na Estrada – muito bem…. Antes de chegar no meu destino (Vila Olímpia – SP), há 3 míseras exatas quadras, o danado “Apagou” e não teve Santo que fizesse pegar. Estacionei (empurrei em plena faria Lima), encostei em local seguro (palavra do flanelinha ao custo de 10 contos) e fui ao meu compromisso (tomar umas com os amigos). Voltei 3 horas depois (não bebi alcool) e o carro pegou na Primeira. Voltei para casa (no ABC onde moro sem problemas). Tudo redondinho. Ao acordar no dia seguinnte o danado pegou engasgando direto. Insisti e fiz pegar na marra… Parecia que tinha uma biela atravessada na guela, engasgando e dando soquinhos ao andar… Aparente falta de combustível ou coisa parecida… (Akelas coisas que sempre aocntecem com p Barrichello)…… Bom —– Consegui ligar e colocar o bicho na estrada (Lembrem – Moro no ABC e trabalho em Santos). Demorei mais 2hs para chegar no meu destino, uma vez que a velocidade máxima do carro era de 50km/h. É nessas que se perde o emprego (atrasadaço)… Cheguei na concessionária de cabeça quente (manhã de sexta) e larguei o carro com Eles.. Até o momento, passados vários dias, ninguem sabe o que houve com o Carro. Só análise, análise e mais análises… Depois de umas caras feias, a concessionária me cedeu um fox locado para eu ir dando o meu jeito no trabalho. É… Estou doido da vida… Tanto tempo para pegar um carro zerado completinho e equipado e agora fico na mão.. O estranho é que tenho 100% de confianca na Renault (Ou tinha). É o terceiro Renault zero que tenho e os anteriores nunca deram problema… Rodei 180mil com cada um… Claro.. Acredito que ficou muito feio para a marca ver um motorista gorinho e baixinho empurrando um Sandero Sport Zerado em plena Vila Olímpia numa quita feira as 21:00hs…. Fora os micos de quebra em Santos já mencionados… Por hora não chutei o pau da barraca, tô com paciência oriental e já mandei um email preventivo aos caras cc ao meu advogado… Êta coisa chata…. Corta qualquer entusiasmo….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2008 - 01:02
    Enviado por: Eduardo C.

    Primeiramente gostaria de parabenizar pelo belo trabalho que o sr. tem realizado orientando nós consumidores nessa jornada.

    Vou dar uma prévia do meu problema, e futuramente não resolvendo o mesmo estarei de volta para pedir algum apoio.

    Comprei um Peugeot 307 Presence Pack 08/08 dia 09/04/08. Usei o carro 1 dia só, e notei vários defeitos graves ao meu ver. Como conseguem vender um carro 0km sem passar pelo controle de qualidade? O carro com 1 dia de uso, já está fazendo barulho na suspensão ou mola, que dá para ouvir de uma esquina para a outra de distância. Na troca de marcha da 1°, 2° e Ré outro barulho anormal. Quando o carro parado, fica tremendo. Ar Condicionado ligado, outro barulho anormal. Quando faço qualquer curva outro barulho na parte dianteira perto das rodas. Qualquer movimento brusco parece que vai cair o mundo, debaixo do porta-malas.

    10 anos que dirijo e troco de carro, comprei carro usado uma vez, me arrependi e desde então só compro carro novo! Lista:
    Parati Usado (me arrependi, usei 6 meses e vendi), Gol 0Km (9 anos de uso até hj), Corsa Wind OKm (rodei 1 ano e meio e dei de entrada em outro carro), Fiat Uno 0Km (coloquei um Kit Gás no Uninho – 2 anos de uso com muita economia), Fiat Palio Weekend 0km (2 anos de uso), SpaceFox 0Km (2 anos de uso tb). Honda Civic 0Km (2 anos tb), bom resumindo, nunca tive problemas com todos esses carros com excessão do Parati que era usado e fui enganado. Minha indignação é essa, compro carro 0km, pois gosto de pegar um carrinho novinho e sempre tive certeza ou melhor tinha certeza que não iria dar problema até uns 2 anos de uso. Agora mal pego o carro e no primeiro dia tenho que voltar para a concessionária? Desanima mais ainda qd entrei no site do reclameaqui (http://www.reclameaqui.net) e observar um pessoal com problemas parecidos com o meu.

    09/04/08 – Retirei carro na concessionária.
    09/04/08 ~ 11/04/08 deixei o carro na garagem de casa, pois é difícil eu sair com o carro nos dias de semana.
    12/04/08 – Levei o carro para instalar o alarme, e percebi o show de horrores que o carro está para me presentear.

    Obrigado pela atenção, por enquanto é um desabafo meu sobre o problema que está para acontecer comigo.! Estou levando o carro amanhã para a concessionária, e espero que eles resolvam, … não resolvendo estarei aqui compartilhando do meu sofrimento!

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2008 - 07:56
    Enviado por: Igor Faustino

    Comprei um Palio 2007/2008, com 5 meses de uso apresentou 5 vezes problema e o mesmo é reicidente, levei as 5 vezes na concessionaria e o carro volta com o mesmo problema. Quando o carro estiver em manutenção tenho direito a carro reserva? Qual a possibilidade de troca do veiculo?

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 13:25
    Enviado por: RAFAEL SILVA

    Gostaria de saber, o seguinte, comprei um carro e durante a garantia ele aprsentou defeitos que foi consertado porque tava na garantia, só que o carro venceu a garantia dia 15/04/2008 e continua apresentado defeitos no motor, segundo a garantia esse serviço tem que ser coberto. A minha duvida é a seguinte, venceu a garantia e continua dando problemas no motor do carro oque tem que fazer? tem algum direito, se entrar com processo posso me complicar perante a justiça de sofrer algum processo da agência de automoveis.
    Obrigado, por sua atenção

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2008 - 13:54
    Enviado por: Marcos Gabriel Telles Porto

    Caros amigos, comprei um Siena Fire celebration em julho de 2007. O carro é 2007 modelo 2008. E desde quando eu comprei ja tive que levar o carro pra trocar umas peças pq o carro tava falhando, depois, tive que trocar por causa de um tal de bobina 2 que naum estava funcionando, depois tive que trocar 2 vezes uma peça do indicador de gasolina que estava dandno problema, e 1 vez reiniciaram o sistema dessa peça. Ou seja, levei o carro 5 vezes para arrumar. Durante 8 meses pois comprei o carro dia 27 de julho. A concessionaria deve me dar outro carro zero? Pq daqui alguns mese o carro sai da garantia e eu vou ter que pagar o que estraga depois. Ja vi casos que um advogado fez a consecionaria dar outro carro. O que vc acha ? devo entrar com um processo ou coisa parecida ?

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2008 - 15:16
    Enviado por: GIL

    comprei um fiat idea,quando cheguei em casa notei que tinha um amassado no paralama,levei para consertar e o pessoal da oficina bateu o parachoque traseiro levei novamente para conserto dai emdiante não tive mais sossego pois ja trocaram caixa direção/painel/frisos laterais/chave seta/pintura paralama ,parachoque e tampa combustivel. meu carro tem 7.000 km minha pergunta tenho o direito de negociar meu carro por um outro modelo sem perder muito… na negociação(COMPREI UM CARRO OU UM PROBLEMA)?

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2008 - 19:31
    Enviado por: Luana

    Meu tio comprou um carro Zero Na Fiat Desse Plano que paga 60 meses
    Um Palio 2008 Quatro porta depois que meu tio recebeu o carro percebeu que o carro
    Avia sido batido na traseira e pintado reclamou exigiu outro carro e a fita acabou condescendo meu tio a ficar com ele logo mais a diante meu tio fez uma viagem a são Paulo junto a sua irmã e percebeu que o carro não parava na pista foi na fiat reclamou e eles trocaram a caixa de direção logo a troca o carro apresentava ainda o mesmo desfeito retornou com carro pra fiat eles estão trocando a embreagem isso já tem 30 dia que meu tio ta pelejando com carro gostaria de uma orientação de como devo proceder para troca do carro Luana N. Amorim

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 18:28
    Enviado por: Tatiana

    Só poderá se utilizar dessa defesa quem comprou um carro zero??… e quem comprou uma casa zero e apresenta milhoes de problemas de infiltração e o construtor não sabe de onde vem??

    Advogado de Defesa:

    Pode também usar a coluna e mandar carta para nós

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/04/2008 - 01:16
    Enviado por: Elaine

    Queria que voce me esclarecesse sobre: a garantia de um carro zero é de 1 ano ou 10.000Km?Estou com um celta que adquiri em 12/2006, zero, que está só com 2300 km que que deu um defeito serio, provavelmente no motor. Tenho direito a alguma coisa, por ele estar tão pouco rodado e já apresentar defeito? Quando ele estava com 1800 km apresentou um defeito na direção.Desde já agradeço e aguardo resposta.

    Advogado de Defesa:
    Defeito em produto (inclui carro) deve ser consertado no prazo de 30 dias. Se o mesmo defeito reaparecer após o conserto, o consumidor pode pedir a troca, o cancelamento da compra ou o conserto, conforme o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 10:56
    Enviado por: Cilene Rodrigues

    Bom dia!
    Venho mostrar a minha insatisfação sobre a Peugeot, através deste e-mail.
    Comprei um Peugeot 206 1.4 Presence em out/2007. Apesar de “ter” DH, me surpreendi quando peguei o carro e vi que a mesma era dura, achei que era a diferença entre os fabricantes, já que a do Palio é muuuuito mais leve, mas eu queria um Peugeot e me acostumei.
    Quando foi no final de janeiro/2008, o carro começou a fazer barulho e um “rangido” na DH, que ficou dura.
    Levei o carro na concessionária que comprei (Avenir – SBC) para que o consertassem. Ok, fiquei a pé em pleno Carnaval, eles ficaram uma semana com o meu carro e devolveram como era antes. Até pensei que a DH ficaria mais leve, mas que nada, ficou igualzinha a antes.
    Ontem (24/04), SEIS meses após a compra do carro, a DH começou a apresentar os mesmos defeitos. Ai meu Deus!!! Imaginei fazer um maravilhoso negócio, já que peguei um carro OKM e pensei que não teria dor-de-cabeça por um bom tempo.
    Hoje, estou com mais de 9000km rodados e não posso andar com o carro até a entrada na oficina, já que a DH pode piorar e tenho +- 800km antes de perder a garantia.
    As minhas perguntas são:
    Quais são as minhas opções em relação ao carro??? Troco por um outro Peugeot, que não “apresentaria” problemas??? Caso seja feito o conserto novamente, a garantia do serviço é de quanto tempo??? Ou melhor, o que vcs me sugerem???

    Advogado de Defesa:

    Defeito em produto (inclui carro) deve ser consertado no prazo de 30 dias. Se o mesmo defeito reaparecer após o conserto, o consumidor pode pedir a troca, o cancelamento da compra ou o conserto, conforme o artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 10:46
    Enviado por: Meire Ramos

    Bom dia, acabei de comprar um palio fire flex em uma loja particular com 9.000 km, acontece que o carro ferveu e foi constato que era a bomba d’agua, foi trocada e no dia seguinte viajando ferveu de nv e empenou a junta, ia fazer uma semana no sabado que estava com o carro, tenho o comprovante do guincho, quais sao os meus direitos, posso devolver?
    obrigada

    Advogado de Defesa:

    Converse com a loja e verifique o que está coberto na garantia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 12:54
    Enviado por: Alexandre Cortez Pazelo

    Comprei em 30/04/08, uma moto Dafra, modelo Laser 150, quando da retirada percebi que a roda traseira estava completamente torta, e assim requeri a substituição, porém até a presente data a revendedora Itavema não se pronunciou, e o que é pior a moto esta com 200 km, e já apresentou vazamento de oléo e barulho de lata batendo dentro do motor, não estou usando a moto temendo maiores trasntornos.
    Acho melhor notificar a Itavema! O que vc acha?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 20:54
    Enviado por: Ana Paula Fumie Sakihama

    Comprei um fiesta hatch flex em 28/01/2008 e logo no primeiro dia vi que o pára-choques estava retocado. Eles trocaram em uma semana. No dia 03/05/2008, com apenas 2900 km o carro não pegou. Reboquei até a concessionária e disseram que o problema é que a correia de distribuição havia se rompido, então eles teriam que trocar o motor do carro. Isso já fazem 9 dias. Agora tenho algumas dúvidas. Quais os documentos que devo exigir na hora de pegar o carro arrumado? Quais os documentos que preciso ter para me assegurar de possíveis problemas decorrentes da troca desse motor? Um laudo? Uma nota de prestação de serviços? Uma nota da peça trocada? Tenho esse receio porque não peguei documento algum quando trocaram o pára-choque retocado (o q foi um erro), e nada me garante que eles realmente trocaram o motor por um novo. Existe algum órgão que pode me auxiliar na verificação do serviço realizado?
    Muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/01/2011 - 11:59
      Enviado por: nivaldo gabriel vitoriano

      Bom dia, gostaria muito de entrar em contato com esta pessoa.
      para saber mais sobre, a compra e os procedimentos pelos quais ela teve que tomar… pois tive um problema muito semelhante… Se tiverem um contato, e puderem me passar… agradeço…

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/05/2008 - 23:55
    Enviado por: Diogo

    Comprei um peugeot 206 presence em abril 2008. Em plena rodovia começou a apresentar problemas no sistema elétrico, tanto painel piscava como o próprio aparelho de som. Não parou por aí. Continuando a viagem e o mesmo apresentou problemas no motor (quebra da biela atingindo o bloco do motor), e tive que parar imediatamente. Fui rebocado pelo meu seguro, até a cidade destino, pois já estava proximo. No dia seguinta foi para concessionaria, e está lá até hoje (passaram 7 dias). Estou com um carro locado pela propria peugeot para minhas necessidades diarias, mas gostaria de saber se é possivel solicitar a troca do veículo. E tenho as mesmas dúvidas da colega acima, quais os documentos que devo exigir quando pegar meu veículo devolta.
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 09:02
    Enviado por: Adriano

    Dia 28/04 retirei um FIESTA SEDAN 1.6 08/08 da concessionária. No mesmo dia a noite verifiquei que a tampa do porta malas estava torta. Levei para concessionária no dia 29 e eles agendaram data para verificação. Na verificação dia 06/05 foi constatado que o problema não é de regulagem, o painel traseiro aonde é instalado o para-choque foi montado torto. Fiquei indiguinado com a proposta para resolver o problema. Eles tirariam o painel traseiro com maçarico e soldaria outro no lugar… Agora eu me pergunto: Por que não fui comprar um carro de leilão ? Seria mais barato e teria menos dor de cabeça.
    Relatei a concessionária que jamais deixaria que eles me cortassem o carro novinho pra fazer funilaria. Sei que a troca do veículo é quase impossível e muito desgastante, então, fiz uma contra proposta que acredito ser justa e sem grandes danos a nenhuma das partes para solucionar de vez o meu empasse com a concessionária e com a montadora.
    Propus que eles me dessem uma carta de que reconhecem o defeito, uma garantia de que eles comprarão meu carro daqui 48 meses a base de troca, sem depreciá-lo por causa do painel torto e uma extensão de garantia para mais um ano.
    Eles estão sendo inflexíveis quanto a minha proposta, e estão querendo que eu aceite a troca do painel (funilaria) ou 6 meses de extensão da garantia.
    O que faço ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 13:25
    Enviado por: Franklin

    O que afirma infelizemente é verdade, o direito do consumidor não é respeitado pelas montadoras e concessionárias.
    Comprei um PEUGEOT 206 0km, recém nacionalizado, no final de 2002, já no final de 2003 entrei com um processo após diversos defeitos não solucionados e a promessa de substituição do veículo que demorou 9 meses para ser eralizada, mas, depois queriam vinculá-la a assinatura de um termo dizendo que “o carro não apresentava defeitos e estaria substituindo-o”, além de me cobrarem mais de 15% do valor do carro para efetivá-la – depois constatei ser uma prática comun da PEUGEOT-CITROEN. Indignado como cidadão iniciei o processo contra esta empresa que usufrui de diversos incentivos fiscais no meu estado para lesar o consumidor.
    Para minha supresa o Juiz/a não atendeu o pedido de tutela antecipada me dando um carro reserva, e o processo já demora mais de 4 anos(!!), o carro está encostado desde 2004 para manter o direito de recuperar o valor integral do carro mais danos morais, me obrigando a comprar um outro veículo, até o momento só tivemos a audiencia de conciliação, onde a estratégia da PEUGEOT e concessionária, foi de não fazer proposta e protelar ao máximo o processo pedindo perícia.
    O que posso fazer agora para agilizar o processo?
    O prejuizo de um bem de consumo caro como um carro é grande num país de juros altos, a demora estimula o réu que poderá investir o dinheiro e mesmo perdendo pagará fácil tudo que o autor pedir (sendo que já são poucos autores que processam ou levam até o final, e com razão). Ou seja, a demora da justiça estimula o réu neste caso, e mesmo assim ignora o poder educativo que teria uma decisão impondo valores altos (os danos morais são baixos e não consideram as perdas que temos ao não aplicar valores altos). Como o autor do processo, tenho como fazer o juiz levar isto em consideração?
    Até um inquerito no MP foi aberto contra a PEUGEOT e a concessionária quando relatei o meu caso e anexei diversas reclamações de clientes da PEUGEOT (a mais reclamada junto com a CITROEN), mas, não vejo justiça e o pior, vejo a demora como um grande estimulo a este comportamento, como o Sr. mesmo enfatiza nas respostas, nenhuma cumpre o código do consumidor e não são punidas educativamente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 16:44
    Enviado por: Flavio Baioni Felix

    Comprei um peugeot 307 zero KM em 13 de Fevereiro apos um mes o veiculo apresentou um defeito no sistema antipoluicao que impede que o motor seja ligado por um periodo(2hrs) e quando em movimento e o problema acontece ele perde totalmente a potencia ao todo o carro ja foi pra concessionaria ALPES PEUGEOT 3 vezes e ao todo ja ficou 31 dias corridos na assistencia tecnica, eles reconhecem o defeito e desconhecem a origem e ele continua lá, ja solicitei a troca do veiculo por um zero igual, mas eles estao irredutiveis, nao vao efetuar a troca, tenho todos os comprovantes e estou com um carro reserva. Gostaria de saber qual o modo mais rapido de solucionar meu problema? PROCON ou Justiça solicitando perdas e danos tb? conhece alguem que ja ganhou processo parecido

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 20:42
    Enviado por: Gilmar Serafim Paiva

    Tendo adquirido uma Camioneta Ford Ranger ano 2006 modelo 2007, chassi 8AFER13P47J011039, cabine dupla diesel motor 3.0L power stroke eletronic, em 22/08/2006 conforme nota fiscal 100765 da FORD MOTOR COMPANY BRASIL LTDA, após 23.704 km, na data de 07/12/2007 começou apresentar uma falha na alimentação tipo corte no combustível. Entrei em contato com o CAF – Centro de Atendimento FORD e o veículo foi rebocado para a concessionária América Veículos Ltda, na Av. Ayrton Senna da silva, 800 Piedade – Jaboatão dos guararapes – PE. Após 05 dias de analise na oficina fui informado que o problema seria nos bicos injetores e os 4 bicos injetores seriam substituídos. Após aproximadamente uns 10 dias o veiculo foi entregue aparentemente sem problema.

    Para minha supressa menos de 5 meses após o ocorrido desta vez a camioneta com 37.393 km, no dia 01/05/2008, o veículo re-apresentou o mesmo defeito, Entrei em contato com o CAF – Centro de Atendimento FORD e o veículo novamente foi rebocado para a concessionária América Veículos Ltda, na Av. Ayrton Senna da silva, 800 Piedade – Jaboatão dos guararapes – PE. Desta vez foi mais demorado para chegarem ao laudo do defeito, mais após alguns dias chegaram a conclusão que seriam os bicos injetores novamente, desta vez os bicos injetores só suportaram rodar aproximadamente 13689 km, e nenhuma revenda FORD tinham em estoque e teria que vir da argentina ou Alemanha e isso demoraria aproximadamente 15 dias.

    No dia 23/05/2008 fui informado que chegaram finalmente as peças (os bicos injetores) e foram substituídos, Porem no dia 29/05/2008 o veiculo não esta funcionando e será feito desta vez uma analise com um computador chamado de PDS. Fui informado pelo consultor que tem dois engenheiros acompanhado o processo e nada de se resolver o maldito problema.

    Consultei o preço dos bicos na revenda FORD e me disseram que é aproximadamente R$4.000,00 apenas um bico, consequentemente R$16.000,00 o jogo. Achei um absurdo pois o veículo tem baixa quilometragem e já é a segunda vez que re-apresenta um defeito dessa natureza, que representa 25% do valor de mercado do carro.

    Eu estou bastante surpreso e decepcionado, pois não é minha primeira camioneta ford ranger que adquiro. Só desta vez foi que apareceu defeitos com os bicos injetores que se sucederam, até a presente data não deram nenhuma resposta satisfatória ao problema, continuo sem a camioneta e sem solução.

    Mesmo que seja solucionado aparentemente este problema, não tenho segurança nenhuma de ficar com este carro, podendo a qualquer momento retornar a ocorrer esta pane.
    E após o termino do vencimento desta garantia que se expira no dia 22/08/2008, quem arcará com o prejuízo. A legislação diz que qualquer produto com defeito, a empresa tem o prazo de 30 dias para conserta-lo e se esse prazo for estourado ou o defeito se repetir o consumidor tem direito a pedir a troca ou cancelar a compra.

    Portanto devo solicitar que a FORD MOTOR COMPANY BRASIL LTDA ou a concessionária AMÉRICA VEÍCULOS LTDA, a substituição deste veículo por outro sem defeito de fabricação, ou será que terei que recorrer à esfera judicial para obter um resultado satisfatório?

    Obrigado !!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2008 - 23:35
    Enviado por: Monica

    Comprei um carro e o mesmo já apresentou o mesmo defeito três vezes e o carro foi levado até a loja, todas as vezes de guincho, financiei em 60 vezes, paguei 02 parcelas, não tem nada em atrasoi, quero saber se posso forçar a loja a pegar este carro de volta e medar outro ou cancelar o contrayo de financiamento sem onus nenhum pra mim. Aguardo seu retorno, pois o carro continua com problema e não sei o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2008 - 23:38
    Enviado por: Monica

    Comprei um carro usado (01/01) e o mesmo já apresentou o mesmo defeito três vezes e o carro foi levado até a loja, todas as vezes de guincho, financiei em 60 vezes, paguei 02 parcelas, não tem nada em atrasei, quero saber se posso forçar a loja a pegar este carro de volta e medar outro ou cancelar o contrayo de financiamento sem onus nenhum pra mim. Aguardo seu retorno, pois o carro continua com problema e não sei o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/06/2008 - 23:38
    Enviado por: Isabella Sarmento Almeida

    Comprei o Novo KA (zero km) e 20 dias depois o ar condicionado apresentou defeito, entrei em contato com distribuidora e depois de 2 dias que o carro ficou parado na assintência técnica, o chefe da oficina disse que era problema no compressor, aguardei 15 dias a chegada da peça a Manaus e hoje (13/06) o chefe da assistência técnica disse pra eu levar o carro para troca da peça, no fim do dia quando retornei para pegar o veículo, ele disse que o problema não tinha sido solucionado, mesmo trocando o compressor o ar continua sem funcionar e que eles ainda não sabem o que pode ter acontecido. Sei que somente após 30 dias posso solicitar a substituição do veículo, porém trabalho com o carro e não tenho como deixar mais 12 dias o carro parado na distribuidora (para só assim completar o prazo previsto no CDC).
    O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2008 - 23:17
    Enviado por: Carlos Alberto Alves Gonçalves

    Adquiri no dia 10/06/08 um FIAT STILO SPORTING,
    na concessionária que eu fui foi feito uma simulação do veículo pela internet tendo em vista que o veiculo que eu queria não tinha em estoque e a referida concessionaria estava sofrendo uma alteração juridica (estava mudando de proprietario), a empresa que adquiriu a concessionaria, também é uma concessionaria FIAT e segundo o vendedor que me atendeu seria a responsavel pela entrega do veiculo. Recebi o veiculo no dia 13/06 e no dia 16/06 retornei a concessionaria por constatar no veiculo diversos arranhões, escorrimento de tinta e pequenos grão na pintura em algumas areas do veiculo. Na concessionaria fui informado que a nova diretoria da empresa iria avaliar a situação. Deixei o veiculo na oficina e retornei no dia 18/06 para falar com os representantes da nova concesionaria, estes me informaram que o veiculo necessitava ser polido tendo em vista ser da cor preta ( segundo eles é normal esta cor apresentar detalhes facilmente)e que todos os riscos desaparecem com o polimento. Recebi o veículo novamente no dia 20/06, os riscos aparentes diminuiram, mas os pequenos grão e o escorrimento somente com uma pintura para sair. A concessionaria se mostrou interessada em corrigir os defeitos, porém eu temo por uma desvalorização do veículo em virtude dos reparos, já que são vários pontos a serem reparados. Também quero saber se o fato de eu comprar o veiculo que estava em uma concessionaria que estava em outra cidade e que ainda não estava apta a vender na minha cidade, tanto que a nota fiscal tem origem e procedencia em outra cidade, posso enquadrar esta situação no prazo de arrependimento, de 7 dias, para compras fora do estabelecimento comercial (telefone, internet, etc). Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/06/2008 - 20:50
    Enviado por: Ailton gomes

    Comprei um Vectra Zero, depois de 10 meses coloquei um Kit gas e agora apresentou um problema no catalizador. Sabendo que a função principal do catalizador é eliminar os gases da combustão e que a queima do GNV é mais limpa do que a gasolina, justifica a GM não querer trogar a peça que deveria esta na garantia?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/06/2008 - 20:54
    Enviado por: Ailton gomes

    Comprei um Vectra Zero, depois de 10 meses coloquei um Kit gas e agora apresentou um problema no catalizador. Sabendo que a função principal do catalizador é eliminar os gases da combustão e que a queima do GNV é mais limpa do que a gasolina, justifica a GM não querer trogar a peça que deveria esta na garantia?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/06/2008 - 16:19
    Enviado por: mauro henrique da silva junior

    Comprei no dia 13/06/2008 um peugeot 307 sedan presence pack na concessionária Etoile de campinho, rio de janeiro. Na hora em que voce vai comprar o carro, é aquela atenção. Só que o carro apresentou problemas.
    Ao colocar o carro em uma lava-jato percebi uma poça dágua dentro do carro, por baixo do bando do motorista. O rádio CD não pega de jeito nenhum, falha muito. Se não bastasse isso, a borracha que veda a porta dianteira está soltando.
    Ufa, muita coisa. Deixei o carro na concessionária e fui informado de que teria que aguardar uns dias para a chegada de uma peça. Pergunto: Como eu procedo, tendo em vista que fiquei a pé e quanto tempo tenho que esperar para o conserto do mesmo?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 15:06
    Enviado por: Ana Angela Pedroso

    quero uma orientação pois perdi o prazo para da primeira revisão do meu carro novo que seria após 10.000km mas além disso oque não meinformaram é que se não completar os 10.000.00 até 6 meses vc deve levar pq após 6 meses vc perde a revisão gratuíta e tem que pagar pelos serv~ços o valor de $ 300,00 achei um absurdo mas não tive ação nenhuma quero saber se por eu não ter essa informação ( apesar dela estar escrita no manual de revisão) se posso recorrer e exigir a revisão gratuíta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2010 - 00:40
    Enviado por: Vanessa

    Gostaria de uma orientação: Comprei um Siena 07/08 hoje com 35.000Km, acontece que o carro está enferrujando tanto as portas quanto capô. Levei hoje a concessionária Amazonas para verificação e me disseram que por não ter feito revisões de carroceria ficaria difícil de resolver algumas coisa, aguardo um contato da Fiat. Como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2010 - 12:28
    Enviado por: Stella

    Comprei um Gol Power 1.0, zero. Após 5 mês de uso, o carro começou a apresentar problemas. O carro falha, parecendo não haver combustível no motor. O velocímetro também pára, voltando somente depois de alguns dias. E acabei ficando à pé, na mão!! E os comprimissos do dia?? já eram!!! Chamei a montadora, o carro foi guinchado. Mas de 30 em 30 dias o carro retorna da mesma com problemas iguais ou diferentes. Já não tenho mais segurança. Quem me garate que não irá me deixar na mão? E quando a garantia acabar, como ficarei??? Será que posso pedir troca, abatimento ou devolução do dinheiro mais indenização por perdas e danos???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 20:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma denúncia no Procon e processe a montadora e a loja por danso morais e ressarcimento de gastos. Se quiser tentar devolver o produto a dor de cabeça será tamanha que não valerá a pena.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 13/03/2010 - 00:24
      Enviado por: julio

      faça como eu entre comprocesso na justiça exigindo o valor do carro devolta e danos morais contra a vw e a revendedora que te vendeu o carro … depois reze muito para ganhar a causa.. abraços

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/03/2010 - 21:08
    Enviado por: ismael da silva martins

    Fui chamado para fazer o recall do meu carro um gol g5 ,fui até uma concessionaria mais proxima ,até ai estava tudo certo larguei o carro la e quando voltei o carro estava até lavado .fui em direção a minha casa ,estava melhor de guiar mas au cheguar em casa notei que o teto do carro estava amassado e com alguns arranões e tentei liguar para o consultor loja mas ja era 19hs o que eu faço!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/03/2010 - 22:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      REclame no Procon se puder provar que as avarias ocorreram na concessionária e entre na JUstiça pedindo ressarcimento e danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/03/2010 - 22:04
    Enviado por: Cleide

    Comprei um Celta 10\10 0KM no dia 242\2010, retirei da concessionária no dia 023, com menos de 10 dias e 400 Km rodado, peguei um congestionamento e o veiculo começou a ferver o liquido do radiador, parando e sendo rebocado para a concessionária que me disponibilizou um carro reserva até o problema ser solucionado, só que não gostaria mais de receber este veículo então eu pergunto: Posso me negar a retirar o veiculo e pedir a troca do mesmo? Quais os meus direitos neste caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2010 - 00:22
    Enviado por: julio

    meu problema com o gol 1.0 2008/2009 tambem é o mesmo, depois de ter sido guinchado,me deixado na mão tbm e de ate ter sido submetido a uma troca da central de comando do meu carro eu resolvi processar a vw e a loja q me vendeu o veiculo e tbm por danos morais.. meu carro estoura e não pega no alcool e na gasolina ele tbm estoura e quando eu mais preciso de aceleração que é nas ultrapassagens e nas travessias de trevos e ruas ele engasga e perde potencia….espero que seja feito justiça e eu ganhe esta causa..minha garantia ja foi,estou com problemas ainda com o carro e não tenho mais confiança nenhuma em viajar com meu carro… decepção…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2010 - 15:14
    Enviado por: Rosangela

    Gostaria de uma orientação de como agir a partir da seguinte situação : Comprei um Renealt Clio zero na concessionária, ao sair da loja e me direcionar acompanhada do vendedor, para enplacá-lo o carro perdeu a embreagem em pleno transito. O carro foi guinchado e levado a concessionária o qual me entregou argumentando que o problema havia sido resolvido. Com dois dias novamente no transito o carro perdeu embreagem novamente e o carro voltou para a oficina e me foi entregue dito que o proiblema havia sido resoolvido. No final de uma semana de compra, pela 3ª vez o carro voltou a perder a embreagem, foi então que o gerente da loja resolveu trocar a peça. O carro foi para 1ª revisão de 10mil km e ao sair da concessionária o carro apresentava um vazamento de óleo na caixa de marchas. O carro passou uma semana na oficnica para tentar solucionar o problema, e isso as despesas com taxi para minha locomoção nesta situação foi só minha, pois a concessionária não disponibilizou um carro reserva. O problema foi resolvido. Neste meio, o carro apresentou um afofamento da pintura do para chock dianteiro o qual passou mais de três meses para ser resolvido. Na terceira revisão, ainda na garantia, o carro apresentou um batido “seco” ao dar a ré, na hora em que se pisa no freio. O carro já foi milhões de vezes para a oficina e completou um ano em agosto de 2009 com este problema e a concessionária me argumentou três nomes para este problema ( no freio, no batente do amortecedor) e por último que o problema se tornou natural dos carros da Reneault. Hoje o carro não está na garantia e o problema não foi solucionado, o que posso fazer, que direitos eu tenho. Será que se eu levar o carro para aconcessionária e deixar lá para ser resolvido e em trinta dias não resolver tenho direito a outro, levando em consideração todo este histórioco. Me oriente como devo proceder.

    Obrigada

    Rosangela

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2010 - 18:11
    Enviado por: cristiane

    oi boa tarde estou com duvidas compramos um renault zero porem ofereceram pra colocarmos couro entao fizemos mas com menos de uma semana deu problemas na portas,ao ver esse problema vi tambem que o farol de neblina estava solto e levei o carro para eles repararem no dia em que levei eles disseram que as travas das portas estavam soltas e o farol com uma trava tambem quebrada entao dei entrada em uma ordem de serviço nesse dia so que a atendende disse que me ligaria quando o farol chegasse e aproveitaria e ja revisava as portas aguardei e eu que tive que ligar pra saber se havia chego o farol o vendedor ficou surpreso em saber que ainda nao tinha sido atendida ainda entao ele mesmo marcou para mim dia 05 que seria uma sexta feira ok deixei o carro la e disseram que o entregaria na segunda ,pois sim me ligaram dizendo que hava outro problema fiquei nervoso ao telefone e disse que assim que saisse do serviço iria la porem me disseram que nao adiantaria pois os mecanicos vao embora as 18hrs entao disse que iria no primeiro horario no outro dia para ver o que realmente estava acontecendo chegando la o mecanico colocou o carro no elevador e disse que o carro estava batido fiquei louca dizendo com impossivel e um carro zero etc porem nao tinha comprado um carro assim foi a gota debatemos e falei que tinhamos que resover fiqueim esperando o gerente porem ele demorou e acabei deixando o veiculo dizendo que iria esperar uma posiçao ate entao mais tarde meu irmao foi a concessionaria e falou com o gerente ele disse que resolveria que ele poderia ficar tranquilo que entregaria o carro sem uma avaria pois bem fomo buscar o carro e estava do mesmo jeito conversamos novamente disse que nao queria mas o carro pois o mecanico confirmou que o carro estava batido fui embora e entao eles ligaram dizendo que iriam trocar tudo que poderia buscar no outro dia novamente porem me ligaram por duas vezes mas mneu irmao ligou no 0800 da renault exigindo a troca do carro pois nao comprou um carrro colidido ate entao nao retiramos o carro o que me aconselham a fazer quais providencias devo tomar afinal estamos certos zero e zero

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2010 - 18:31
    Enviado por: cristiane

    porem tenho o cheklist como o carro deu entrada pois pra qualquer entendedor se olhar o carro nao ha um risco se quer como pode ter batido interessante pra mim esse carro ja veio de fabrica assim ou tenho pra mim que seje um carro de testdrive ou shoroom o que devo fazert obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/03/2010 - 19:35
    Enviado por: fernanda figueiredo

    COMPREI UM CARRO FOX 09 E ACHO QUE ELE ESTÁ COM PROBLEMA NO FREIO. COM 2 MESES DE USO PEDI PARA QUE ELES OLHASSEM POIS TINHA VAZADO ALGUM OLEO NA MINHA AREA. ME DISSERAM QUE ESTAVA TUDO NORMAL. QUANDO FUI NO POSTO DE GASOLINA O OLEO DO FREIO ESTAVA ABAIXO DO PERMITIDO.ENTÃO VOLTEI E ELES COMPLETARAM O OLEO E TIRARAM O AR DO FREIO.NÃO TENHO NENHUM PAPEL DO QUE ELES FIZERAM POIS PARA EMITIR NOTA DISSERAM QUE PRECISARIA TROCAR ALGUMA PEÇA DO FREIO.QUANDO FUI FAZER O RECAL PEDI QUE ELES OLHASSEM DE NOVO POIS TINHA A SENSAÇÃO QUE O FREIO ESTAVA FALTANDO.ELES CONFIRMAM QUE ESTAVA TUDO NORMAL.QUANDO FUI FAZER O 3 RECAL FIZ O MESMO PEDIDO. EU RECENTIMENTE BATI O CARRO POR FALTA DE FREIO MAIS NADA ACONTECEU. RETORNEI PARA ENTRAR EM ACORDO. PEDI QUE TROCASSEM MEU CARRO POR OUTRO COM O MESMO MODELO. ELES QUEREM ME DAR UM MAIS BARATO, TIRAR 3.000 DO MEU POR TER UM ANO DE USO E QUE AINDA PAGASSE MAIS 2.800.NÃO QUERO MAIS QUE ELES COLOQUEM A MÃO NO MEU CARRO. POR SER TRATAR DE UMA PEÇA Q COMPROMETE A MINHA VIDA E DE OUTRAS PESSOAS FUI CONVERSAR COM O DELEGADO PARA VER SE PODERIA ABRI UM B.O. ELE DISSE QUE ERA MELHOR DEIXAR O CARRO PARADO POIS SE ALGO ACONTECER EU ESTARIA SENDO CONIVENTE AO FATO.MAS ELES AFIRMAM QUE TUDO ESTA VERIFICADO.O QUERO SABER E SE POSSO EXIGIR ALGUM DOCUMENTO Q EU ESTIVE LÁ?SE COMPROVAR QUE MEU FREIO ESTÁ COM DEFEITO SE POSSO ENTRAR COM UM PROCESSO CONTRA A IMPRESA NO PROCON?ATÉ QUANTOS SALÁRIO MINIMOS POSSO PEDIR POR TODO ESTE CONSTRANGIMENTO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 08:58
    Enviado por: Lillian Souza

    Bom dia, compramos um Siena no dia 13/03/10, recebemos o carro no dia 17/03/2010 a noite, quando saimos com o carro percebemos que o velocímetro e o hodometro não estavam funcionado, a medida que fomos nos dirigindo a nossa casa percebemos também um barulho anormal no motor como se fosse uma campainha estridente. Liguei na Confiat, o mjecanico foi até minha residencia porem como se tratava de problemas que exigiriam troca de peças ele me orientou a levar o veiculo na concessionária, no dia seguinte pela manhã levei o veiculo e foi trocado o alternador e foi recolocado o cabo de alimentação do velocímetro e hodometro, agora pergunto como tenho certeza de que esse carro é mesmo zero pois com hodometro desligado não é possivel saber quanto estava a quilometragem do carro. Hoje dia 23/03 vou levar novamente a concessionária porque a fechadura da porat do motorista e do porta malas está amassada e o quebra sol do motorista está trepidando.
    Quais são nosso direitos perante a esse relato?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/03/2010 - 21:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ressarcimento por despesas e, se o defeito inviabilizar o funcionamento, a troca ou cancelamento do negócio. Aproveite e leia com atenção a reportagem onde colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/03/2010 - 10:32
    Enviado por: Gabrielly

    Bom dia!
    Tenho um peugeot 206 que devidos as fortes chuvas dos ultimos dias deu calço hidraulico, bateu o motor. Estou com o carro na oficina desde o dia 05/03 e o mecânico disse que estão dependendo das peças, sendo que a oficina é autorizada e não dá uma previsão de entrega do carro. O seguro afirma que é assim mesmo e a unica coisa que se tem a fazer, é sentar e esperar… Gostaria de saber se por ter seguro, estar em uma autorizada, as coisas não deveriam ser mais fáceis e ter uma previsão e um prazo de entrega do carro. Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2010 - 16:31
    Enviado por: Christiane

    Meu irmão comprou um carro zero da GM e ao ir buscá-lo o carro apresentava alguns pequenos arranhões nos parachoques, na proteção de porta do motorista e dois arranhões mais consideráveis no paralama do lado esquerdo do carro e que eram profundos, ou seja, tinham atingido a camada de tinta. Ele não retirou o carro da concessionária pois queria que houvesse uma solução para o problema pois estava comprando um carro zero, e qdo comprou não apresentava esses arranhões. Isso foi numa sexta-feira e ele disse que na segunda ele voltaria lá para conversar com a oficina qual serviço pretendiam fazer pois assim ele poderia decidir se ia querer ou não que fosse feito, pois ele não queria que fosse lixado e pintado e nem trocado o paralama por um novo, pois em ambas as situações já descaracteriza o carro como sendo zero km desvalorizando-o como se por exemplo já tivesse sofrido alguma batida naquela área do carro. Os demais arranhões por serem menores e no para-choque e.le nem estava se importando tanto, mas o do partalama como era bem visível, esse sim ele queria resolver. Na segunda qdo ele foi lá surpreendeu-se qdo viu q o carro já vestava na oficina da concessionária e com o paralama já lixado e o funcionário com a pistola de tinta na mão. A dúvida é, depois de tudo que escrevi aqui, ele tem como exigir um outro carro zero igual ao que ele comprou ou o dinheiro que ele pagou de volta? Ele está indignado com tudo isso e ainda por cima teve que viajar a trabalho e não sabe qdo poderá retornar mas eu tenho uma procuração dele que dá para resolver esse problema, mas preciso de orientação para poder resolver isso da melhor forma possível, pois consideramos um absurdo comprar um carro zero e ter que ser obrigado a sair da concessionária com o carro já pintado e diga-se de passagem que está destoando com o resto do carro; ou com o paralama trocado, pois qdo sai de fábrica as peças vêm com lacres de segurança que mostram que as peças são originais e não foram trocadas, e como ele já vai sair da concessionária com essa peça trocada e sem o lacre de segurança que vem de fábrica? Isso decaracteriza completamente o carro zero. E uma das vendedoras ainda teve o descaro de dizer que isso é uma besteira, “se importar com isso é besteira”.
    Agradeço se puderem me orientar de como devemos proceder nesta situação.
    Atenciosamente,
    Christiane

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 18:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível cancelar a acompra, pois houve quebra de contrato. Faça uma denpuncia no Procon e processe a loja por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/03/2010 - 20:16
    Enviado por: jane

    tenho uma meriva 2010 expression com menos de 40 mil apresentou defeitos na embreagem,tive que ouvir que era mau uso,disseram que iria abrir e ver se era modulo se fosse a fabrica trocaria,no dis seguinte me disseram que o conserto ficaria em 1700 reais e que com certeza a cada 35 mil +- iria ocorrer o mesmo problema e possivelmente o modulo iria estar comprometido e nao estaria mais na garantia.
    Preciso do carro pois é taxi mandei arrumar e apos dois dias o problema persistiu e piorou voltei lá e me disseram que era o modulo e que nao poderiam me devolver meu dinheiro iriam me dar um kit de embreagem e trocariam o modulo.me senti impotente diante dessa situação a que somos expostos e diante de nossas necessidades temos que suportar para sermos bem ATENDIDOS.olhando na internet pude constatar que esse problema ja ocorreu em varios carros dessa linha

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/05/2011 - 09:24
      Enviado por: Fabio Isaias da Silva

      Jane

      Bom dia,

      Infelizmente você foi mais uma vítima dessa montadora eu percebi que não respeitar o direito do consumidor e é uma cultura da General Motors do Brasil e da Vigorito do Shopping Aricanduva ficar enrolando os clientes até acabar a garantia eu também fui uma vítima dessa empresa eu comprei uma Meriva Easytronic zero km 2010/2011 no dia 07/10/2010 e com 5 dias de uso o carro começou apresentar problemas.

      No dia 16/04/2011 eu e mais alguns proprietários que estão enfrentando a mesma situação NÓS fizemos um protesto contra a CHEVROLET E VIGORITO se caso não for resolvido estarei realizando outro PROTESTO PORÉM ESSE SERÁ COM UM GRAU DE VISIBILIDADE MAIOR NA MÍDIA .
      Foi um sucesso eles ficaram preocupados com a imagem deles no mercado eu conversei com o Gerente da Viamar das Nações Unidas, 22.500 no dia que foi realizado um protesto e eu disse para o Gerente da concessionária Viamar que se algo não fosse feito o próximo protesto teria conseqüências ainda maiores.
      Eu fiz uma denuncia no JORNAL DO CARRO contra a Chevrolet e contra a Vigorito do Shopping Aricanduva e graças a Deus o JORNAL DO CARRO PUBLICOU O MEU CASO DIA 27/04/2011.
      Se você quiser participar do próximo protesto entre em contato comigo.

      fabioxyes@yahoo.com.br
      11 8709-0446

      Qual é o seu e-mail? Para eu te enviar a matéria do jornal peço a gentileza de fazer um comentário sobre o descaso da CHEVROLET COM SO CLIENTES.

      Segue relação dos defeitos de Fabricação/Vícios ocultos:

      1º com barulho na suspensão meu carro tem 3.827 km dia 11/02/2011 foi feita a substituição dos amortecedores dianteiros e os barulhos persistem até o presente momento e ninguém toma nenhuma providência.
      2º ruídos no painel central
      3º com barulho nos vidros dianteiros motorista/passageiro
      4º Barulho na parte traseira do veículo
      5ª Barulho no teto
      6º Porta luvas na fecha
      7º Parte interna do retrovisor veio quebrado
      8º Porta do lado do passageiro quando abrimos está fazendo um barulho ensurdecedor.

      Obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/03/2010 - 17:48
    Enviado por: Isaias Rocha M.

    como posso ser resarcido de um carro zero que eu comprei e o carro veio cheio de defeitos. O carro e da VW GOL 1.0 G5, ja tenho 13 ordens de serviços e o carro ainda continua com os mesmos defeitos, ja fui na delegacia do consumido, o delegado me falo que nao pode fazer nada por mim ,pois se trata de um valor acima de 40 salarios miminos, eu fico tanto sem o carro que o meu salario ja caiu pela metada pois eu dependo de tempo integrau do corra para trabalhar. eles nao concertam meu carro nao me dao outro e nem disponibilizam de um outro carro pra quando o meu carro ficar la. Eu ja estou esgotado e extremamente emocionado e furioso com esse problemas, eles estao me vencendo pelo cansasso. gostaria de saber como e que eu posso obter algum direito com essa questao, eu tenho que ser resarcido do grande prejuiso que eu estou levando a todo instante, e sem falar do risco de vida pra mim e pra outros tambem. me ajuda ai por favor pois eu ja estou sem saida pra resolver esse problema meu .
    eu comprei meu carro ja faz 10 meses.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 15:32
    Enviado por: Samantha

    gostaria de saber a partir de que momento se conta o prazo de 30 dias? seria a partir da reclamação ou a partir do momento em que se deixa o carro para o reparo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 23:29
    Enviado por: cristiano jean de souza

    comprei um ford courier zero e alguns meses depois descobri que entrava agua dentro do carro, logo persebi que a agua entrava pela caixa de ar, fui ate a concessionária e meu carro foi para manutenção por tres vezes e o poblema não foi resolvido, e a numeração do chassi ja esta com particulas de ferrugem devido a agua que entrou no carro, e tambem ja prescisou trocar a caixa da direção que estava com defeito, por favor me ajudem, comprei o carro para trabalhar e toda vez que meu carro fica parado para reparo meu dia é perdido pois presciso dele para pagalo que é financiado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 10:10
    Enviado por: Luciano Rodrigues

    Comprei um FIAT Siena 2010 zero, o mesmo veio cheio de formigas e com a porta traseira do lado direito retocada a pintura, pelas formigas já é a segunda vez que o carro vai para a concessionaria, sera que comprei um carro usado como zero? Acho que fui enganado ao não me avisarem do problema das formigas e da porta retocada na pintura. O que posso fazer? O carro com a porta trocada perde a originalidade!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2010 - 15:12
    Enviado por: Erasmo

    Comprei um Tiida mod. SL automático ano 2009 hoje está com 4900 km, ele apresentou uma folga e um baraulho na direção e o forro do teto baixou, levei na Concessionária dia 18/03 eles informaram que o problema era uma bucha na coluna de direção e que o forro teto teria que fazer um reparo, para fazer esse reparo ficou até dia 25/04 e pregaram o forro com velcros,um acabamento péssimos e alem da bucha trocaram tambem a barra de direção, quando fui receber percebi que a luz do air bag está piscando e o forro está mais danificado, ficaram de pedir peças do foro e do air bag pois os mesmo não tinha pronto entrega, quando fui utilizar o veiculo percebi que o piloto automático não estava mais funcionado e que o problema da direção estava mais grave, deixei o veiculo na Concessionária e me informaram que o problema está na caixa de direção,liguei no 0800 e pedir a trocar por outro do mesmo modelo pois está deixando em duvidas a segurança, mas infelismente não tive resposta favoravel ,informaram que vão apenas substituir as peças necessarias,O que devo fazer pois minha segurança está em primeiro lugar.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/04/2010 - 23:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entre na Justiça e processe a concssionária por danos morais e ressarcimento e gastos. É o máximo que pode ser feito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/04/2010 - 09:03
    Enviado por: Claudio Roberto Ramos

    Bom dia , comprei um carro zero Km em 2008 da marca FIAT Modelo Palio Fire, duarante a garantia de 1 ANO tive varios problemas e fui Mais de 9 vezes sendo a 1° vez fui com 2 dua semanas de uso por motivo de defeito na partida a fria do carro e da 9 vezes duas tive que levar o carro guinchado pane Eletrica no veiculo. Tive varias vezes tentando negociar uma solução com a Concesionaria Lance de Ribeirão Preto e no ultino mes da garantia entrei com processo no procon contra a FIAT fabricante e a Lance, porem eles nem se importaram em fazer uma proposta e por isto nao tendo negociação foi encaminhado para Pequenas causa e ate a data de hoje nao tive solução. Eles alegam que o veiculo esta perfeita condiçoes mas apos levar varias vez para eles e ter muitas decepção nao confio mais na marca e modelo .
    Foi feito uma pericia pela Justiça mas o perito deu favoravel para eles (FIAT) por como pode um perito da jutiça falar que esta Ok o veiculo sendo que ele so andou com o carro deu um volta e nada mais.
    Estou decepcionado com tudo não sei mas como agir , por favor preciso de ajuda o que devo fazer, sera que nao tem uma saida pafra tanta injustiça e transtorno.
    Ja ate passei com medico devido tanta raiva por este carro o que era para ser mas beneficio do que custo hoje esta sendo ao contrario.
    Comprei o carro porque preciso dele ja que trabalho em outra cidade e faço Faculdade em outra cidade trambem.
    Hoje nao tenho mais confiança no veiculo.
    O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2010 - 10:43
    Enviado por: Joullyson Rodrigues

    Bom dia;

    Li no site do Estadão, inumeras reclamações a respeito de carros zeros com defeitos e infelizmente sou apenas mais um.
    Comprei em 09/04/2010 dois carros zeros, um Astra e uma Zafira, porém com uma semana de uso o Astra parou de funcionar o ar condicionado, na concessionária trocaram um anel de vedação, dois dias depois o ar parou novamente, trocaram mais uma vez o tal anel, dois dias depois parou novamente, trocaram uma válvula de alívio de pressão, dois dias depois o ar parou novamente e descobriram que deveria trocar o compressor, fora os dias que tive que parar o carro na concessionária, para estas pequenas trocas, o carro ficou mais 7 dias aguardando o recebimento e instalação do compressor, concertaram o veículo e depois de uma semana a chave não ligava o carro, levei rebocado para a concessionária e informaram que tem que trocar o “miolo da direção”, mais uma vez fico sem carro. Paralelamente a esses problemas, o Zafira também com uma semana de uso, esquentou o motor e detectaram que o catalisador veio com problemas e seria solicitado uma nova peça, o carro ficou parado por 7 dias, trocaram o catalizador e o coletor do escapamento, aí consegui um carro reserva pela Chevrolet depois de 2 dias a pé, trocaram tudo e o carro ficou sem potência, levei novamente e verificaram que havia um problema também no escapamento, foi feito um agendamento para o atendimento, fora isso o ar condicionado parou de funcionar e o quebra sol quebrou sem explicação e para piorar meu carro parou quando estava em viagem, tive que rebocar para a concessionária mais uma vez utilizando minha seguradora, agora estou aguardando a troca do escapamento e de uma válvula de pressão da bomba de combustível ha 8 dias, solicitei carro reserva mas até agora estão “analisando o processo”. Gostaria de saber se posso e como posso entrar na justiça para poder devolver os carros ou solicitar pelo menos danos morais pois em 30 dias fiquei mais de 15 sem os carros, tendo prejuizo com dificuldades para me locomover, adiar compromissos, consultas, viagens etc… Estou totalmente insatisfeito com os dois veículos e não sei a quem recorrer.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/05/2010 - 19:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode entrar na Justiça sim, mas isso terá de ser feito por meio de advogado. Contrate um e processe as empresas e exija indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/05/2010 - 19:18
    Enviado por: Laiza Carvalho

    Boa noite! comprei um FORD K zero a 6 meses atras,domingo passado fiquei no meio do rodoanel pq deu superaquecimento no motor..fui guinchada,fiquei 2 dias sem carro.Resumo,foi um problema de fabricação,eles trocaram várias peças..acontece que qdo sai da agência,meu carro continuou ruin,agora está trepidando,fazendo barulho.Fiz revisão nele 15 dias atrás…eu sinceramente não quero mais esse carro..o que eu devo fazer???Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/05/2010 - 19:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca, mas sim de ressarcimento de gastos e indenização por danos morais. Faça uma denúncia no Procon e entre com ação no JUizado Especial Cível contra a concessionária e a montadora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/05/2010 - 20:55
    Enviado por: Laiza Carvalho

    Obrigada Marcelo.. as peças que foram trocadas eu nao tive gasto,pois está na garantia.Mas o problema persiste,levei na ford aqui da minha cidade,e vou ter que deixar mais um dia parado pq eles não encontraram o novo problema…portanto posso proceder da forma que você me indicou?muito obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2010 - 15:56
    Enviado por: CLAUDIA

    Comprei um PALIO FIRE ECONOMY FLEX zero 2010, logo que tirei da agência fui a um posto abastecer em seguida pegui a estrada que é o caminho mais rápido pra casa ao desenvolver velocidade acima de 90 KM notei que o volante ficava duro e “folgava” ao buscar o traçado da pista e isso foi estranho e tive medo de uma capotagem. Procurei a agência e os “técnicos” disserram todo carro zero tem volante duro e necessita de ser “amaciado” e se o problema continuar que os procurassem novamente. Agora… uma semana após a compra o carro travou! Isso mesmo travou! Não dava partida, então liguei para a assistência da garantia e buscaram o carro estou aguarando resposta e claro sem o carro. Parabéns “fiatizinha”!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2010 - 15:28
    Enviado por: Jaime Zorzetto Junior

    Fevereiro de 2009 eu comprei um honda CRV 0km, agora com 1 ano e 4 meses começou a descascar a lataria, esta na garantia e com todas as revisoes feitas e eles querem ver meu carro para avaliar a situaçao. O problema é que eu nao quero que eles pintem meu carro, isso desvaloriza e na hora de vender podem alegar que o carro ja foi batido. Eu nao aceito um carro que male mau saiu o cheiro de novo e ja perder a tinta. posso obrigar eles a comprar meu carro por preço da tabela fipe? pq se eles comprarem eu aceito e compro outro de outra marca, mas eu nao aceito fazer chapeaçao. Quais sao minhas alternativas?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/06/2010 - 19:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A empresa tem o direito de fazer uma vistoria e avaliação antes de aceitar fazer o serviço. O máximo que se pdoe fazer, caso não haja acordo, é acionar a concessionária na Justiça pedindo reparação de prejuízos e danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/06/2010 - 22:25
    Enviado por: Álan

    boa noite, comprei um veículo semi novo numa agência e meu financiamento foi fechado em 620,00, mas o carnê chegou com 636,00 liguei para o dono da agencia que me vendeu o veículo e ele disse que foi erro do banco, comprei o veículo tem 38 dias, o que posso fazer?????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2010 - 09:52
    Enviado por: liezer

    compre um gol 2009 no final de feverreiro com 6 meses ele fundiu foi trocado o motor e com mais 8 meses o motor esta batendo denovo e vai ter que se trocado denovo o motor do gol não presta e eu quero saber na hora que acabar a garantia o que e eu vou fazer a volks teria que trocar o carro ou devolver o meu dinhiro

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/06/2010 - 21:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca. Você comprou um carro usado e deveria ter feito uma vistoria. Quem garante que os defeitos já existiam quando você comprou, e não apareceram por conta de má conservação? De qualquer forma, se o carro foi para a oficina e saiu com o mesmo problema, é possível acionar a oficina por danos morais. Se ficar comprovado que o defeito é de fábrica ou já existia na época da compra – isso desde que haja uma perícia séria – é possível exigir que montadora e agência arquem com os gastos do conserto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/06/2010 - 09:37
    Enviado por: MªLUIZA SOUZA

    CONHEÇO MEU CARRO DESDE ZERO KM, COMPREI DE UM AMIGO QDO ESTAVA COM 15MIL KM .DEPOIS DE CERTO TEMPO PERCEBI RACHADURAS Q/ ESTÃO AUMENTANDO NAS LATERAIS DAS PORTAS PRÓXIMAS AO ASSOALHO,COMO SE A PINTURA ESTIVESSE RACHANDO.LEVEI PARA REVISÃO E RAPIDAMENTE ME DISSERAM Q/ O CARRO TINHA SIDO BATIDO .RETRUQUEI ,POIS CONHEÇO O CARRO DESDE ZERO E TENHO CERTEZA Q/ Ñ FOI BATIDO. ENTÃO ELES MUDARAM O DISCURSO E DISSERAM Q/ SOLICITARIAM UM LAUDO .JÁ TEM UM MÊS, E SEMPRE Q/ LIGO P/ QUESTIONAR ELES DIZEM QUE O CARRO NÃO TEM NADA.ENTÃO SE ELES TEM CERTEZA DO QUE ESTÃO AFIRMANDO SOLICITEI POR ESCRITO PARA PODER QUESTIONAR JURIDICAMENTE .PORÉM ELES DIZEM QUE NÃO PODEM ME FORNECER NADA POR ESCRITO.PENSO DA SEGUINTE FORMA(E ACREDITO QUE A LEGISLAÇÃO PODE ME AMPARAR ,SÓ NÃO SEI A QUAL LEI DEVO ME REPORTAR) .SE O ESTABELECIMENTO TEM CERTEZA DO QUE ESTÁ FALANDO,ENTÃO NÃO VÃO SE IMPORTAR EM FORNECER POR ESCRITO.AGUARDO RETORNO .ATENCIOSAMENTE MARIA

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/06/2010 - 20:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Eles não são obrigados a fornecer nada por escrito. Faça uma queixa no Procon para que eles expliquem o que está ocorredo, se for o caso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/07/2010 - 17:56
    Enviado por: ANA

    ola

    em fevereiro 2010 adquiri um ford ka logo no segundo dia apareceu problemas no freio dainteiro no freio de mao no tanque de combustivel e no espelho retrovisor motorista. foi trocada toda parte de freio. alguns dias depois o mesmo problema nos freios e mais um barulho na coluna o carro ficou 5 dias na concessionaria. Agora 2 meses depois os barulhos voltaram e notei que no documento do carro consta ano 2009
    ou seja to pagando um carro 2009 com o preco 2010 cheio d defeito pedi a troca e me proparam eu vender esse pra eles e adquirir um novo. Nesse caso quem pagaria as despesas ( ipva despachante e a diferenca das 4 parcelas que ja foram pagas) uma coisa que tb percebi é que eles declararam um valor menor na nota ou seja estao sonegando impostos. Oq devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/07/2010 - 18:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se após negociações com a concessionária para os consertos definitivos não derem resultado, só mesmo acionando a loja na Justiça para que pague danos morais e ressarcimento dos gastos até agora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/07/2010 - 09:14
    Enviado por: Leandro

    Comprei um GOL G5 em 09/2008 sendo de que do mes 12/2008 começou apresenta problemas, varios reparos foram feitos tenho hoje em maos umas 15 ordem de serviço e apos o ultimo reparo o ar condicionado voltou a para de funcionar, cheguei ate a ganhar uma garantia extendiada, nesses casos eu poderia exigir a troca do produto ?

    Leandro

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/07/2010 - 22:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não, pois os defeitos não impedem o funcionamento total do veículo, mas é possível ir à Justiça exigir ressarcimento de danos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/07/2010 - 13:44
    Enviado por: pedro francisco

    Comprei um Ford KA há tres meses. O carro apresentou um probelma no câmbio, levei na concessionára , foi feito o reparo necessário, no entanto , o carro está novamente apresentando o mesmo defeito.
    Pelo que tenho lido no Advogado de Defesa, diante de tais circunstâncias, posso exigir a troca do veículo.
    Como devo fazer, abrir um processo na Justiça? E o custo deste processo ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/07/2010 - 23:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se o defeito for recorrente e inviabilizar o funcionamento do carro, a troca deverá ser feita, mas só nestes casos. No seu caso entendemos que não é caso de troca, mas com certeza rende indenização por danos morais e ressarcimento de gastos na Justiça. Procure a ajuda de um advogado e só ele poderá informar quanto vai custar o processo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/07/2010 - 00:44
    Enviado por: Luiz

    Boa noite. Comprei um Peugeot 207 e o mesmo apresenta ruido agudo e alto quando o motor está frio, levo (3x) o carro pra Peugeot e volta do mesmo jeito, o prazo de 30 dias deve ser consecutivo ou somado para troca de produto, como preve o código do consumidor?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/07/2010 - 16:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca do produto, pois o problema não inviabiliza o funcionamento. Ou a montadora apresenta uma solução ou estará sujeita a ter de indenizar por anos morais o comprador.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/07/2010 - 21:23
    Enviado por: Luiz

    Obrigado Marcelo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/07/2010 - 19:24
    Enviado por: Gabriel Caliman

    Avalio meu caso como um pouco diferente. Para resumir bastante: Comprei um carro 0. Após faturado, emplacado, fui buscá-lo, pronto para sair. Ao fazer minha vistoria percebi dois pequenos “pingos” buracos na pintura acima do para lama traseiro. Um descascou a primeira camada da pintura , o outro foi até a lataria do carro, além de um pequeno arranhado no pára-choque (da cor do carro), arranhões nos frisos, etc. Segundo um site especializado: “Na fábrica, o processo de pintura é feito por eletrólise, com a carroceria sendo submersa em um tanque para evitar corrosão. Por isso, em caso de danos na pintura, o comprador deve fazer valer seus direitos, exigindo um carro novo.” Segundo dois mecânicos da própria concessionária, o reparo no pára-choque sairia com um polimento, já os furos precisaria de uma pequena pintura. Me valendo de tais ensinamentos, pedi que o carro fosse trocado ou que o reparo do fosse condicionado a alguma vantagem extra. O gerente disse que o problema se resolveria com apenas um polimento, para justificar seus argumentos de impossibilidade de alguma compensação ou troca do veículo. Além disso, disse que eu e minha esposa somos clientes impossíveis de sermos satisfazeitos e propôs os cancelamento do contrato e devolução do dinheiro. Eu tinha dado uma entrada da metade do valor do veiculo e parcelado o resto no banco da própria montadora. Aceitei o cancelamento. Desde então, quase 3 semanas, convivo com as promessas de que o valor da entrada iria ser depositado e o contrato seria desfeito. Ontem fui assinar um termo de recebimento de algo que ainda não recebi e não assinei. Estou com o documento do veiculo em mãos já assinado para transferência em nome de um funcionário da loja. Condicionei a entrega do documento ao deposito do dinheiro em conta e ao cancelamento do contrato, porém eles dizem que para garantia deles, só fazem o deposito quando eu entregar o documento. O documento é a única garantia que tenho, pois não tenho contrato em mãos, nem copia de nada. Eles tem a posse do veículo portanto estão mais seguros a meu ver. O termo que fui assinar, dizia apenas sobre a devolução da entrada, mas não da dissolução do contrato. O que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/07/2010 - 17:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A única opção neste caso é acionar a loja judicialmente. Entendemos que o procedimento da empresa é ilegal.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/07/2010 - 10:37
    Enviado por: Bruno Albano

    O FATO É, EM MARCO DE 2008 COMPREI UM CHEFROLET ASTRA ZERO NA CONCESSIONARIA ITORORO IPIRANGA, LOCALIZADA NA AVENIDA NAZARETH,QUANDO FOI EM ABRIL DE 2009 DEU UMA PANE NO CAMBIO, LIGUEI NA CONCESSONARIA ELES ME INFORMARAM QUE NAO TINHA MAIS GARANTIA, SO QUE POR COMPRAR 4 CARROS NA MESMA CONCESSIONARIA ME DERAM UMA CORTESIA DE GARANTIA E ME ARRUMARAM O CARRO.

    PROBLEMA É QUE AGORA EM JANEIRO DE 2010 O CAMBIO TRAVOU COMIGO A 80 KM/H NO MEIO DA RODOVIA ANCHIETA, GUINCHEI O CARRO ATE A CONCESSONARIA AFIM DE RESOLVER MEU PROBLEMA, AJA VISTO QUE O CARRO JA TINHA DADO O DEFEITO NAO EM GARANTIA, MAIS ASSIM QUE ELES ASSUMIRAM O ERRO, CREIO QUE ELES TINHAO QUE DAR GARANTIA DO SERVIÇO EXECULTRADO.

    MAIS NAO, ELES NAO ARRUMARAO O CARRO ALEGANDO QUE NAO TEM GARANTIA DE SERVIÇOS EXECULTADOS EM GARANTIA E ESTA ME COBRANDO 7.710,00 PARA EXECULTAR O SERVIÇO.

    LIGUEI NO SAC DA CHEVROLET ELES ME INFORMARAM QUER TINHA QUE ESPERAR 48 H POIS IRIAM ANALISAR, PASSANDO 5 DIAS VIERAM COM UMA RESPONSTA DIZENDO QUE MANTERIAM A DECISAO DA CONCESSIONARIA, SEM NADA MAIS ALEGAR, SEM FUNDAMENTOS, ISSO JA ESTOU MAIS DE 18 DIAS SEM CARRO.

    GUINCHEI O CARRO ATE UMA OUTRA OFICINA DE MINHA CONFIANÇA LOCALIZADO NO ABC SAO BERNADO DO CAMPO ESPECIALISTA EM CAMBIO E VOU FAZER O SERVICO COM ELES POIS NAO CONFIO NO SERVIÇOS FEITOS POR ESSA CONCESSIONARIA, POIS NAO DAO GARANTIA DOS SERVIÇOS EXECULTADOS.

    A OFICINA DE SBC ESTA COBRANDO PARA EXECULTAR O SERVIÇO 7.500,00 MAIS OS 1.800,00 QUE JA GASTEI DE TRANSPORTE POR ESTA SEM MEU CARRO, FORA O RISCO DE MORTE POIS O CARRO PAROU NO MEIO DA ROD. ANCHIETA TRAVANDO AS RODAS.

    bom foi resolvido….esse casso paguei do meu bolso o conserto e troquei o carro em outro astra zero 2010, o carro foi faturado 29/03/2010 e retirei em 09/04/2010 e o carro acredite…me travou o cambio no dia 09/07/2010 i esta na oficina da concessionaria desde entao, eu nao quero mais o carro como proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/07/2010 - 18:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma reclamação no Procon e procure um advogado para acionar na Justiça a concessionária exigindo a troca do carro e indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/07/2010 - 13:16
    Enviado por: sandra

    comprei um siena EL, no mesmo dia em que peguei o carro notei que apresentava um problema no painel,como faço para cancelar a compra ou pedir outro carro, visto que o carro já veio com defeito de fabrica.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/07/2010 - 17:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de cancelamento da compra. Se tem defeito, conserta-se, a menos que impeça o funcionamento do carro. Se insistir nisso, terá de pagar multa por quebra de contrato.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/07/2010 - 11:03
    Enviado por: douglas

    comprei um gol g4 2010 em fevereiro. agora ele se encontra com manchas na pintura levei na itacuã poliram o carro e o problema ficou pior destacaram-se mais as manchas ,os mesmos entreram com um pedido de pintura dos locais que se encontra manchado. ainda nao deu o tempo da primeira revisao 10.000 rodados ou seis meses quero saber qual o procedimento a ser tomado quanto a esse problema .um tecnico deles de pintura analisou o carro e disse que foi falta de tinta na hora da pintura o que posso fazer nesse caso Obrigado!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/08/2010 - 12:52
    Enviado por: tayane

    comprei um fiesta modelo 2011 zero KM, a vista faz 1 mes apresenta um barulho estranho atras, fica batendo algo q não sei o q é.o pessoal da concessionaria colocou uma manta a qual não é caracteristica do veiculo, para parar o barulho mas n para. alegam q é o motor.Outro defeito esta na porta, onde a borracha fica pegando na lata. Outro defeito estava no capo, ele não abria levei na concessionaria eles tiraram o capo e arrumaram. mandarm esperar a peça chegar só q ja faz tempo q aguardo e não vem.ja estou farta de ir de um lado e para outro,quero um carro 0 sem defeitos! tenho esse direito? a quem devo recorrer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/08/2010 - 17:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca do carro, ele está funcionando. Se os defeitos persistirem procure o Procon e processe a concessionária e a montadora por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/08/2010 - 20:06
    Enviado por: Francisco Magri

    Comprei um Agile 2010 e o mesmo veio com o cabeçote empenado de fábrica, sendo que á água do sistema de resfriamento estava adentrando dentro do cabeçote.
    Caro advogado
    Para reparar o problema a empresa teria que trocar o cabeçote(peça), ou o correto é mandar fresar o cabeçote e arrumar na concessionária.
    Fora o 0800 da Empresa que largou eu na mão, não funciona, sendo que solicitei um carro reserva e me mandaram espera 24 horas.
    Grande decepção a minha, pois já faz um semana e até agora não recebi retorno nenhum.
    Mandei até email para o presidente da Empresa para ver se teria o retorno, e mais uma decepção e nada.
    Se você for comprar um AGILE pense bem, pois o carro é uma porcaria.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/05/2011 - 08:27
      Enviado por: Fabio Isaias da Silva

      Francisco

      Bom dia,

      Infelizmente você é mais uma vítima dessa empresa que não respeita seus clientes ne hora de vender é tapete vermalho cafezinho e tudo mais.
      Eu percebi que não respeitar o direito do consumidor e é uma cultura da General Motors do Brasil e da Vigorito do Shopping Aricanduva ficar enrolando os clientes até acabar a garantia eu também fui uma vítima dessa empresa eu comprei uma Meriva Easytronic zero km 2010/2011 no dia 07/10/2010 e com 5 dias de uso o carro começou apresentar problemas.

      No dia 16/04/2011 eu e mais alguns proprietários que estão enfrentando a mesma situação NÓS fizemos um protesto contra a CHEVROLET E VIGORITO se caso não for resolvido estarei realizando outro PROTESTO PORÉM ESSE SERÁ COM UM GRAU DE VISIBILIDADE MAIOR NA MÍDIA .
      Foi um sucesso eles ficaram preocupados com a imagem deles no mercado eu conversei com o Gerente da Viamar das Nações Unidas, 22.500 no dia que foi realizado um protesto e eu disse para o Gerente da concessionária Viamar que se algo não fosse feito o próximo protesto teria conseqüências maiores.
      Vamos realizar outro protesto agora você gostaria de participar.

      Qual o seu e-mail?

      Segue meu contato

      fabioxyes@yahoo.com.br
      11 8709-0446

      Segue relação dos defeitos de Fabricação/Vícios ocultos:

      1º com barulho na suspensão meu carro tem 3.827 km dia 11/02/2011 foi feita a substituição dos amortecedores dianteiros e os barulhos persistem até o presente momento e ninguém toma nenhuma providência.
      2º ruídos no painel central
      3º com barulho nos vidros dianteiros motorista/passageiro
      4º Barulho na parte traseira do veículo
      5ª Barulho no teto
      6º Porta luvas na fecha
      7º Parte interna do retrovisor veio quebrado
      8º Porta do lado do passageiro quando abrimos está fazendo um barulho ensurdecedor.

      Segue meu contato
      11 8709-0446
      11 2608-8270 comercial

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/08/2010 - 08:23
    Enviado por: Roberto Ieiri

    Comprei há 11 meses atrás, um Ford KA zero Kilômetro, e só na semana passada que reparei que do lado esquerdo do carro, tem algumas marcas de verniz escorrido, um forte indício que meu carro foi feito reparo.
    Levei na concessionária, e disseram que vão fazer um laudo, e caso seja detectado mesmo um defeito de fábrica vão sugerir que repinte o lado do carro, sendo assim perderem a “originalidade” do carro, perdendo um certo valor na hora da venda do carro.
    Posso exigir a troca do produto???como devo proceder?
    Obrigado,
    Roberto

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/08/2010 - 14:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca do produto. Só percebeu o problema quase um ano depois/ Esqueça. No máximo, você pode entrar na Justiça para exigir indenização por danos morais por ter sido supostamente enganado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/09/2010 - 17:50
    Enviado por: Fernando Avanti

    comprei um Vw Fox 1.0 0km e esse apresentou problemas no motor e levei na agencia onde compre eles vao pedir outro motor a fabrica,eles me falaram pra continuar com esse ate o outro chegar estou usando normal, mas ja faz mais de 60 dias e nao chegou nada ainda, nesse caso tenho que esperar ou tenho direito de outro carro? e o carro vai peder a originalidade ja que vai ser outro numero o motor novo

    nesse caso oque eu faço ???
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2010 - 21:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A concessionária se dispôs a trocar o motor, então espere o conserto. Se os problemas continuarem entre na Justiça e peça indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/09/2010 - 09:42
    Enviado por: Marcos

    quero aproveitar a reclamacao para tecer um comentario tb, nunca compre uma CAPTIVA ECOTECH, acabo de comprar uma e ela tem apenas 38 dias e a mesma esta na oficina pela segunda vez. Problemas de suspencao. O carro e uma verdadeira carroca, nunca vi um produto que chamam de conceito a um preco de 90.000,00 e pior fui a autorizada , postei uma carta pedindo a troca do bem por representar claro vicio de defeito do produto, e eles simplesmente dizem que vao concertar. Apenas fico surpreso como uma empresa como a CHEVROLET trata um cliente que investe este valor, com a simples resposta que vai concertar. E o mesmo neste momento ainda se encontra dentro da Dirjiva Barra no Rio de Janeiro. Ja foram trocados amortecedores, buchas de suspensao, buchas de balanca , e quase todo sistema de amortecimento da mesma e o barulho nao para. Sera que alem das 39 reclamacoes que vi na internet sobre clientes reclamando do mesmo fato, gostaria de saber se alhguem pode me ajudar com o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2010 - 16:14
    Enviado por: DANIEL

    Comprei uma saveiro cross e peguei ela dia 09/08/2010, a menos de uma semana vi um defeito de pintura na tampá traseira, fui na concessionária e agendaram o concerto para o dia 15/09. No dia 17/09 peguei ela no conserto e ao chegar em casa percebir a lanterna arranhada e o defeito não tinha cido completamente resolvido. Mas o problema é o seguinte, eles pintaram minha tampa toda, ela agora não é original, a pintura não é igual(qualidade) da de fabrica, meu carro com menos de 2 meses esta retocado. Eu tenho ou não direito a troca do veiculo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/09/2010 - 18:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. Deveria ter observado esses problemas na hora da compra. Pode no máximo exigir indenização por danos morais na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/09/2010 - 18:19
    Enviado por: DANIEL

    OBRIGADO MARCELO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2010 - 00:01
    Enviado por: stefano tomaselli pita

    Gostaria de tirar duas duvidas , primeiro comprei um veiculo semi-novo , e ja esta na oficina a 22 dias , aguardando chegar um modulo de gerenciamento , pedi a troca do veiculo e o gerente nao autorizou.

    Minha garantia vence 30/09 , ja foi mexido no motor e em outras peca de direito de mas 90 dias de garantia dee motor/cambio por escrito .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2010 - 15:39
    Enviado por: Marcos Moura

    COMPREI UMA S-10 2010 EXERCULTIVE A 5 MESES.

    No mês passado notei que apareceram 2 furos no teto da mesma (chaparia)

    Fui a concessionária para fazer a reclamação e a mesma informou que que fazer o serviço de chaparia e pintura.

    Não acho justo se pagar tão caro por um carro e o mesmo aparece com um problema desses; eles estão no direito deles de fazer este conserto? Ou eu posso reivindicar um outro carro.

    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2010 - 09:38
    Enviado por: Jussara Alves

    Comprei um Celta 0 Km no dia 09/09, ao sair da concessionária percebi que ao ligar o ar condicionado aparecia um barulho, voltei a concessionária o carro ficou dois dias lá e foi constatado que precisava trocar o compressor do ar, falaram que tenho que aguardar 20 dias para chegada do compressor para a substituição. Nesse período não utilizo o ar por causa do barulho. Quais os meus direitos ? Troca do veículo ? Danos morais? como devo proceder? Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2010 - 18:58
    Enviado por: flavia

    comprei um carro zero quilometro meu primeiro em fevereiro de 2007, em marco de 2010 começou da problemas no motor,fui numa oficina ou melhor em varias e foi constatado que tinha que fazer motor custo 4.000.carro com 42.000km ,fiz algumas revisoes na agencias outras nao ja que o preço das revisoes eram caros. será que se entrar na justiça tenho alguma chance de ganhar algo,como motor novo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2010 - 15:19
    Enviado por: Simone

    Olá, meu problema é o seguinte: Em Abril comprei um Vectra 0 Km .Com dois mêses de uso verifiquei que constava um defeito no vidro (ele não subia quando a chave era acionada). Levei na concessiona´ria,foi feito o reparo, aparentemente estava tudo normal. Mas ontem dia 07 de outubro percebi que o problema voltou. Como posso resolver o caso? Devo levar
    a concessionária e exigir a troca do mecanismo ou posso pedir outro carro????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/10/2010 - 19:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca, o problema não inviabiliza o funcionamento do caso. A concessionária tem a obrigação de consertar sem custo.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/10/2010 - 07:18
      Enviado por: Simone

      Marcelo, vou enviar uma carta à concessionária, com aviso de recebimento pedindo a troca do mecanismo. Pois só agendar com a mesma me parece não surtir efeito, pois eles apenas fazem “reparos”.
      Muito obrigada!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/10/2010 - 20:12
    Enviado por: RENATO,LUIS

    BOA NOITE, COMPREI UM ASTRA ZERO/COMPLETO, POREM NA HORA DA ENTREGA TECNICA VERIFIQUEI UM DESALINHAMENTO DO PARALAMA QUE NÃO E~COMUM ENTRE OS ASTRAS,ENTAO SOLICITEI A TROCA DO VEICULO,POIS O MESMO AINDA NAO ESTA EMPLACADO, EU MESMO FAREI O SERVIÇO DE EMPLACAMENTO, ENFIM SOLICTEI A TROCA, POIS ESTOU NO MEU DIREITO, BASEADO NO ARTIGO 18 COMO NAO UTLIZEI O CARRO E NEM RETIREI DE DENTRO DA CONCESSIONARIA, MESMO ELES TENTANDO ME CONVENCER A FICAR COM O CARRO.OQ UE DEVO FAZER?? A MAIS ???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/10/2010 - 21:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Contratar um advogado e ir à Justiça. Entendemos que não é caso de troca, pois o suposto defeito não inviabiliza o funcionamento do veículo. E automóvel não é um celular, que possa ser trocado na hora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/10/2010 - 19:57
    Enviado por: RENATO,LUIS

    Marcelo boa noite, como o veiculo não foi emplacado, fica mais facil a troca, concordo que nao é um celular! mas estamos falando de um veiculo que mesmo sendo zero, aparenta ter sido batido, pois o desalinhamento do paralama em relação a estrutura do veiculo, para quem conhece faz diferença!temos que lembrar que carro, não ficamos com ele eternamente, trocamos em media 03 anos, quando vendemos acreditamos consiguir um valor satifatorio e tambem gostamos vender um veiculo para alguem que ficará satifeito com a compra e nao se sinta enganado, penso o mesmo na hora da compra, e para a concessionaria nao faz diferença alguma, o carro continua sendo zero!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/10/2010 - 20:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O raciocínio faz sentido, mas infelizmente a Justiça não tem entendido desta forma. Há várias decisões do Tribunal de Justiça de São Paulo do ano passado entendendo que, se o defeito não inviabiliza o funcionamento do carro, então a loja ou montadora tem a chance de resolver consertando ou indenizando.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/10/2010 - 13:09
    Enviado por: Cleide

    Boa tarde, Senhores!

    Comprei um GOL G5, zero km, peguei ele vai fazer 2 semanaS. A primeira vez que deixei na chuva, entrou agua pelas portas.

    Levei na concessionaria e disse q ia devolver o carro, ele me disseram que iam resolver o problema. Então o carro ficou lá.

    Como devo proceder nesse caso?

    Obrigada, pela ajuda!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/10/2010 - 17:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Primeiro decida o que fazer. Se quiser devolver o carro vai enfrentar uma burocracia e resistênciaz da loja, com o caso ndo parar na Justiça. Espere pelo conserto e veja se ficou bom antes de tomar qualquer medida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/10/2010 - 10:43
    Enviado por: Fernanda Almeida

    Bom dia!

    Comprei um Classic SL dia 08/10 ás 17:00hs e o mesmo apresentou defeito ás 17:30hs, pois bem ele simplesmente parou de funcionar, achei que você a bateria e chamei o guincho Road Service da Chevrolet o guincheiro me disse que o carro estava sem a correia do alternador, pois bem levamos o carro de volta a CONCESSIONÁRIA e eles me entregaram o carro no dia 09/10, no dia 11/10 ele apresentou o mesmo defeito nada ligava, achei novamente que o problema e da bateria ou do alarme, novamente o pessoal da concessionária levou o carro e me entregaram no mesmo dia, no dia 26/10 novamente o carro apresentou defeito simplesmente ele não liga e novamente estou brigando com eles que não aguento mais este constrangimento, me ajudem como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/10/2010 - 16:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado e exija na Justiça indenização por danos morais, devolução do dinheiro ou a troca de veículo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/11/2010 - 11:05
    Enviado por: Elaci

    corrigindo
    comprei carro novo fiesta hatch 1.6 2010/2011 na concessionaria Frei Caneca, e foi retirando no dia 23.10.2010, como eu trabalho na área de saúde, não tenho disponibilidade de comparecer na loja devido a escala onde eu trabalho, então o meu marido que tem problema de retinose pigmentar fez questao de buscar o carro junto com o irmão dele, onde o irmão que vai dirigir. no dia da minha folga, 3 dias depois eu fui ver o meu carro novo, eu todo feliz, de repente vi falhas na pintura. e perguntei para o meu marido se não viu isso, ele me falou que o carro estava estacionado na loja em lugar enganoso, quase escuro, mas ele acreditou na vendedora que o carro estava perfeito. Resumindo, o que eu devo fazer, pedir que arrume a pintura, corre risco de ficar manchado, qual a melhor solução ?
    agredeço muito pela colaboração

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/11/2010 - 21:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tente negociar o reparo com a concessionária. Se não houver acordo, só resta reclamar na Justiça e no Procon. Mas os supostos defeitos deveriam ter sido observados antes da retirada do carro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/11/2010 - 10:52
    Enviado por: Andrea

    Olá, Comprei um Prisma zero na concessionária do Campinho/RJ dia 29/09/2010. Com 10 dias voltei para reparar um vazamento no reservatório de água do parabrisa, e fiquei 4 horas para reparar. no dia 29/10/10, exatos 30 dias após a compra, fui abastecer o carro para viajar e estava “jorrando” combustível por baixo, corri para a concessionária e após 6 horas de espera constataram que era uma problema no gargalo do tanque de combustível, que poderia ter pego fogo, etc. Perguntei como aconteceu e o mecânico informou que era problema de fabricação e que já era o 2º Prisma com o mesmo defeito. Sendo assim, o carro ficou lá, sem previsão de entrega…Hoje 06/11/10, ainda estou sem carro, a responsável pelo setor de reparos me informou que não tem previsão, eles me negaram carro reserva, informaram que não trabalham desta forma e que eu teria que esperar. Já falei com a ouvidoria 3 vezes e não consegui que nenhum gerente me atendesse, já que a falta do veículo está me trazendo transtornos, pois tenho síndrome de Pânico, não consigo andar com ninguém dirigindo, nem transporte público; estou sem trabalhar desde então. Eles estão demonstrando um desdém enorme, pois não entram em contato, para , no mínimo, me oferecerem carro reserva.
    Não confio mais no Prisma, Não posso fazer nada antes de 30 dias? Se eles me entregarem o carro antes deste prazo eu posso optar por não pegar mais o carro por não confiar, e eles me darem outro a minha escolha? Ou terei que pegar o carro e buscar solução na justiça posteriormente?
    Desde já, Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/11/2010 - 19:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem de esperar os 30 dias, de acordo com o CDC.A troca do carro ou ressarcimento só ocorrem se o defeito foi intermitente ou inviabilizar dfinitivamente o funcionamento do carro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/11/2010 - 23:49
    Enviado por: Andréa

    Olá Marcelo, obrigada pela resposta acima, infelizmente as coisas não são justas.
    Acabei de pegar o carro. Eles me devolveram em 10 dias, mas… veio com 2 pontos no capô, do tamanho de uma moeda de R$ 1,00, ESTUFADOS, com bolhas pequenas, todo ARRANHADO pelo mau polimento que só fica muito visível na claridade e com a barra de direção ENFERRUJADA!!!Informei para o funcionário apenas o que estava gritante que eram os arranhões e ele nada fez….Estou irada…Lá vou agendar para levar o carro outravez..com certeza, espero, que resolvam os problemas, mas ficarei sem carro por mais alguns dias. A pergunta é: Entrarei na justiça para poder ser ressarcida de todos esses transtornos, deixo de trabalhar, perco tempo, me aborreço, ..Será que consigo alguma coisa? Estou farta!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/11/2010 - 13:31
    Enviado por: Evandro

    Olá comprei um Prisma Zero no mes de outubro e assim que sai da concessionario com o carro e parei no posto pra abastecer, comesei a notar diverssos defeitos,
    - tampa do porta malas desalinhada, parachoques desalinhados, faltava uma capinha no sinto de segurança, um pequeno amassadinho na porta traseira lado do passageiro.
    em fim voltei pra concessionari no mesmo instante e mostrei os problemas, onde eles agendaram pra concertar os defeitos só no dia 8 deste mes(ontem), como devo procerder caso eu chegue lá pra pegar o carro e ainda tiver problemas?
    Att Evandro

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/11/2010 - 17:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Contrate um advogado e tente negociar a troca do carro ou a devolução do dinheiro. Se não houver acordo, processe a loja e a montadora por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/11/2010 - 14:20
    Enviado por: junior

    boa tarde marcelo,no dia 09/10 comprei um fiat linea o carro saiu já da concessionária com defeito na saída do ar condicionado o que acasionou um enxarcamento no carpete no interio do veiculo. evidente q só pude constatar 07 dias depois fazendo o uso do ar,por tanto gostaria de saber, pois, dei entrada na concesionaria dia 28/10 com a penas 19 dias de uso e só 1200 km e até agora ñ recebi o carro e eles me disseram q ainda só me entragarão no minimo daki a 10 dias. de contra partida estou com um carro reserva do mesmo modelo desde o dia q deixei o meu para conserto, tudo bancado pela fiat. comom devo proceder?ja q fico com o sentimento que estão mechendo com a originalidade do carro e ja que o mesmo saiu com defeito,será que já posso exigir a troca ou tenho qeu aguardar os 30 dias?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2010 - 15:51
    Enviado por: Concáeição Petten

    Comprei um SANDERO zero. Em menos de 24h vi arranhões no carro e instabilidade na direção. Levei a concessionária. Eles consertaram os arranhões e fizeram alinhamento, mas a instabilidade continuava. Em menos de 24 h voltei e exigi que um técnico andasse no carro comigo. O técnico confirmou a instabilidade e o carro voltou pra oficina. A resposta foi que para resolver a instabilidade teriam que colocar uma barra estabilizadora. Entretanto o SANDERO original 1.0 não vem com barra estabilizadora, é estável sem ela. Eu quero que troquem o carro, pois se não conseguiram torná-lo estável sem a barra é porque tem algum problema de estrutura, e outro ponto é que o carro não seria original, já que originalmente não vem com barra estabilizadora.
    A concessionária não quer trocar o carro dizendo que o problema foi resolvido com a colocação da barra estabilizadora.
    Posso exigir a troca judicialmente? Você acha que ganho? Quanto tempo demora esse tipo de ação?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/11/2010 - 18:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      No seu caso, troca ou devolução do dinheiro somente por via judicial. Procure um advogado. Não temos a mínima ideia do tempo que pode durar uma ação e é impossível adivinhar resultados de decisões judiciais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/11/2010 - 12:25
    Enviado por: Celso

    Comprei um Eco Sport 2010/2011. Rodei 70km, notei que a mesma estava com problema no motor, saiu com defeito de fabrica. Terá que ser feita a parte de baixo do motor. Não fiquei nem 24h com o carro, tenho o direito de cancelar ou recer outro carro?
    não se trata de um problema simples e sim do motor do carro.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/11/2010 - 18:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se a montadora se comprometeu a consertar, então não é caso de troca. Se o conserto demorrar mais do que 30 dias, então é possível exigir o dinheiro de volta e indenização por danos morais ou ainda a troca do veículo – o mesmo vale se o defeito for recorrente e inviabilizar o funcionamento do auto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/12/2010 - 15:11
    Enviado por: G Melo

    No final de abril de 2010 comprei um carro Clio Campus 0KM 10/10 e de 2 em 2 meses levo na assitencia tecnica para consertar o mesmo defeito. Esse mes foi a quarta vez que eu levo e me disseram que tem que trocar uma peça mas que a garantia não cobre.
    Pergunto por ser o mesmo problema nas quatro vezes, posso solicitar a troca do carro ou devolução do dinheiro?
    grato

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/12/2010 - 17:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. A peça não inviabiliza o funcionamento do carro. O conserto tem de resolver o problema, senão é caso de pedir judicialmente indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/12/2010 - 17:13
    Enviado por: G Melo

    Ok!
    Mas no que tange a garantia não cobrir a troca da peça? O carro esta dentro da Garantia. Ja liguei pro SAC mas mesmo assim não me respondem.
    O que Fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/12/2010 - 15:08
    Enviado por: Bruna Lousada Ferreira

    1ª Questão – Dia 27/02/2010 comprei um Palio Economy 4 portas na cor: prata Bari, onde o valor anunciado era de 27.700,00 e na nota do carro está como seu eu tivesse dado uma entrada no valor de 6.000,00 apresentando um total na nota no valor de 33.700.00, porque disso, isso pode alterar no meu Imposto de Renda?
    2ª Questão – O carro foi entregue no dia 05/03/2010 ás 15:00 sem ao menos meu marido Sidney Mendes Ribeiro que é o condutor do carro ter visto, ter feito um teste drive, na disso me foi concedido.No ato da entrega um funcionário da Fiat mostrou o carro, lataria, e interior apensa isso.
    3ª Questão – Na primeira troca de óleo com 7.500,00 meu marido apresentou aos funcionários da Concessionária Fiat alguns barulhos estranhos como: (barulho estranho ao trocar marcha e um barulho estranho na suspensão dianteira. O funcionário da concessionária andou no carro viu o barulho estranho na troca de marchas e disse que isso era normal em todos os Pálios, quanto a suspensão o mesmo foi dito, que é normal do Palio. Observando que nenhum tipo de relatório era feito e nenhum tipo de comprovação sobre minha reclamação foi entregue.
    4ª Questão – da 1ª revisão em diante começamos a fazer as mesmas reclamações á concessionária que sempre dizia que os barulhos existem em todos os Pálios. Meu marido Notou uma certa desconfiança e mal trato por parte das pessoas que recebiam as reclamaçõe na concessionária, como se estivéssemos interessados em fazer qualquer serviço as custas da Fiat, algum tipo de malandragem, e isso não é verdade, somos pessoas honestas, apenas queremos nossos direitos, nada além disso, levamos nosso carro para as revisões na FIAT justamente para que o funcionamento do mesmo sempre esteja ok mas nesse caso já compramos um carro com defeito. A Fiat ou o setor responsável pela qualidade de seus produtos se quer avaliou o carro e já disse que a garantia não cobre o problema, li o manual das revisões e vi que a garantia não cobre embreagem mas ai eu pergunto, e quando o carro é vendido com defeito? O que fazem? Porque nosso carro nos foi vendido com problemas, problemas esses que foram aparecer depois, típico de venda de carro de marreta que gosta de enganar o comprador.
    5ª QUESTÂO – Em uma das idas de meu marido a concessionária o carro foi retirado da sem o kit (Manual e carne de revisões) não estava no porta luvas como é de costume deixar, em uma conversa com o Gerente da Oficina o Senhor Ricardo, foi insinuado que o KIT não teria ido junto com o carro e que os mesmo poderiam ter sido perdidos pelo meu marido. Algumas semanas depois um funcionário da concessionária que é conhecido de meu marido no qual não citarei o nome, entregou a ele o Kit e disse: ESTAVA JOGADO NA OFICINA, ACHEI E ESTÁ AQUI. Qual a confiança podemos depositar em uma representante da FIAT que age dessa forma. Porque que todas as visitas que o carro fez a concessionária para ver esse problema não era registrada, porque que com a 1ª reclamação a concessionária não procurou olhar mais a fundo o problema, apenas andavam no carro por alguns metros e nos dispensava dizendo que estava tudo normal, será que somos nós tentando agir de má fé? A ultima vez que meu marido foi a concessionária o Gerente da oficina disse que ia falar com o dono da concessionária para ver se os mesmo teriam uma cortesia com a Fiat para resolver o problema, a resposta que tivemos foi, não faremos o serviço na garantia, se quiser, deixe assine uma autorização para que possamos abrir a embreagem e se for constatado que foi por sobrecarga no sistema por parte do condutor que o mesmo pagara a quantia referente aos serviços que chega a 1.000,00. Porque que meu marido notou o problema, levou o carro a concessionária varias vezes e só agora as pessoas que avaliam disseram que sim que agora está com problema? Porque que a Empresa FIAT sem ver o carro, sem avaliar já deu um parecer se negando a resolver o problema ou dando uma solução que diante dos fatos é obvio que a concessionária onde compramos o carro jamais vai admitir que estejam errados e que o problema no carro era defeito que já existia e não causado pelo condutor. Se as reclamações fossem feitas agora, com o carro com 35.000km, tudo bem, daríamos total razão a concessionária e a FIAT de não nos atender mas… um carro zero km com 7.500 KM rodados apresentar problemas como esses e a concessionária e a própria empresa FIAT se nega a resolver, assim observamos a seriedade com que vocês trabalham.
    É com muita insatisfação e indignação que mando esse e-mail aos responsáveis pelo tratamento do mesmo.

    O QUE DEVO FAZER?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/12/2010 - 16:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      No máximo contratar um advogado e tentar processar a oficina e a Fiat por danos morais. O carro continua funcionando, então terão de provar que houve trabalho malfeito pela oficina. Quanto ao imposto de renda, poderá haver problema sim, mas vocês terão de provar na Justiça ou na Receita de que o valor faturado foi alterado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/12/2010 - 11:14
    Enviado por: Bruna Lousada Ferreira

    A concessionária Tecar Fiat (gerente Ricardo) entrou em contato ontem com meu marido, fomos informado que o procedimento por parte da Fiat será o mesmo, assinarei um documento autorizando a abertura da embreagem para solução do problema, O SENHOR RICARDO DEIXOU BEM CLARO QUE SE FOR CONSTATO MAL USO DO MOTORISTA QUE O MESMO IRA PAGAR A QUANTIA REFERENTE AO SERVIÇO E PEÇAS.
    LEMBRANDO QUE, COMPREI O CARRO NO DIA 27/02/2010, A ENTREGA FOI FEITA NO DIA 05/03/2010, NO DIA 04/05/2010 FIZ A TROCA DE ÓLEO DOS PRIMEIROS 7.500KM E NESSE MESMO DIA JÁ INFORMEI SOBRE O PROBLEMA DA EMBREAGEM, ONDE UM FUNCIONÁRIO ANDOU NO CARRO VIU QUE TINHA UM BARULHO NA EMBREAGEM E O MESO INFORMOU QUE ERA O COLAR DA EMBREAGEM QUE FAZ ESSE BARULHO E QUE É NORMAL EM TODOS OS PÁLIOS, NESSE MESMO DIA FOI FEITO UM AJUSTE NA PORTA TRASEIRA QUE ESTAVA MUITO PARA FORA, A RECLAMAÇÃO NÃO FOI REGISTRADA E NENHUM TIPO DE RELATORIO OU ORDEM DE SERVIÇO NOS FOI ENTREGUE. SENDO ASSIM NOTAMOS QUE:
    CASO O DEFEITO DE QUALIDADE SEJA NOTADO APÓS A RETIRADA, A MESMA LISTA DEVE SER FEITA E O CARRO DEVERÁ SER ENTREGUE À CONCESSIONÁRIA PARA VISTORIA E REPARAÇÃO DO PROBLEMA. DE ACORDO COM O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR, QUANDO UM VEÍCULO APRESENTA PROBLEMAS DE QUALIDADE O CONSUMIDOR TEM 90 DIAS PARA RECLAMAR OU MOVER UMA AÇÃO JUDICIAL CONTRA O FORNECEDOR (CONCESSIONÁRIA OU MONTADORA).

    OU SEJA, ESTAVAMOS NO PRAZO PARA AS DEVIDAS RECLAMAÇÕES E REPAROS DO VEICULO SEM QUALQUER CUSTO E NADA FOI FEITO DEIXANDO CHEGAR A ESTA SITUAÇÃO.

    POR GENTILEZA, PRECISO DE ESCLARECIMENTOS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/12/2010 - 13:07
    Enviado por: Cristiano

    Comprei um C3 automático há 1 ano e 3 meses, depois de uns 3 meses levei o carro até a concessionária pois sentia dificuldade na mudança das marchas.O técnico andou comigo e disse que não tinha nada.Ainda assim, eu sentia que havia um problema, levei mais uma vez e ele disse que não tinha nada.Na 3º vez que levei ele realmente sentiu que tinha um problema.O carro ficou lá por quase 1 mês, somente depois de 1 semana que deixei o carro lá é que me deram um carro reserva.Peguei o carro e senti que havia melhorado um pouco, mas que ainda parecia ter problema.Voltei lá e o técnico me disse que não tinha nada, que era assim mesmo.Na semana passada, senti que o problema parecia percistir, ao usar o carro, quando cheguei em casa, depois de um tempo o porteiro me interfonou dizendo que havia uma poça d’água de baixo do carro.Liguei na ouvidoria da Citroen e expliquei o que ocorria desde que havia comprado e que não queria mais este carro, que estava super insatisfeito.Me disseram que a concessionária iria entrar em contato comigo após 48 horas da reclamação e que se tivesse que guinchar o carro eu é quem teria que arcar com as despesas.Após as 48 hras não entraram em contato, eu liguei direto na concessionária e expliquei o problema e disse que eu não iria guinchar o carro.Vieram aqui e guincharam.Pedi um carro reserva, pois trabalho com vendas, mas não me deram.Já é o 3º dia que o carro está lá e ainda nem entraram em contato para dar satisfação(como ocorreu quando deixei lá em uma outra vez)Tenho direito de um carro reserva?Tenho direito da troca do carro?Aguardo uma ajuda.Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/12/2010 - 16:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de carro reserva nemd e troca de carro. A oficina e a montadora precisam resolver dse uma vez por todas. Se o defeito persistir, cobre na Justiça ressarcimento de gastos e indenização por dano morais. E aproveite e leia com atenção o texto onde deixou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/12/2010 - 14:56
    Enviado por: Bruna Lousada Ferreira

    A Concessionária Tecar Fiat resolveu o problema, fizeram a troca da embreagem

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/12/2010 - 21:07
    Enviado por: dayana lima

    Compramos, eu e meu marido, o veículo Gol G5, zero km, na Concessionária Disnave, em Bonssucesso, RJ, o retiramos em 18.11.2010. Dois dias depois, começamos a perceber defeitos e ter muita dor de cabeça. 1 – o carro ferveu. Ligamos para a concessionária que mandou um reboque para levar o veiculo e fazer os reparos necessarios, dois dias depois o mesmo problema. Levamos o veículo à concessionária novamente para que os problemas fossem sanados, nos disseram que precisavam trocar o motor, precisaríamos autorizar a troca do motor para fazerem os reparos????. UM CARRO ZERO TER QUE ABRIR O MOTOR E FAZER REPAROS!!!! O gerente da Disnave foi mau educado, parece que estamos pedindo um favor, não podemos aceitar tamanho descaso com o consumidor. Cordialmente, Dayana Lima

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2010 - 02:14
    Enviado por: VIVIANE

    BOA NOITE – COMPREI UMA PAJERO TR4 FLEX AUT. ZERO 2010/2011 NO DIA 28/09 E COM UMA SEMANA APÓS DEU PROBLEMA NO ARCONDICIONADO , DEIXEI O CARRO PARA REPARO NA PRÓPRIA CONCESSIONÁRIA ONDE COMPREI, E PEGUEI DOIS DIAS DEPOIS, E PARECE QUE O PROBLEMA AINDA NÃO FOI RESOLVIDO , – FALARAM QUE FOI AJUSTE NAS PORTAS ” ENTRADA DE AR” , 15 DIAS DEPOIS O FAROL ESTAVA NADANDO EM ÁGUA , PARA TROCALO TIVE QUE AGUARDAR MAIS 15 DIAS POIS NÃO HAVIA A PEÇA NA CONCESSIONARIA – PERDI UM DIA INTEIRO SEM O VEÍCULO – AGORA DEU PROBLEMA NO TANQUE DE COMBUSTÍVEL , O CARRO ESTA TODO DESMOSTADO E SÓ PODEM ME ENTREGAR O CARRO UMA SEMANA DEPOIS E NEM UM VEÍCULO RESERVA EU TENHO DIREITO . É POSSIVEL ISSO . O QUE FAZER NUMA HORA COMO ESSA . ESTOU A PROCURA DE UMA ORIENTAÇÃO , E UM ADVOGADO . POR FAVOR .

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/12/2010 - 16:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entre na Justiça e processe a loja por danos morais. Se quisaer, é possível pleitear judicialmente a devolução do dinheiro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/12/2010 - 14:15
    Enviado por: Sivirino Ramos Filho

    Adquiri um Fiat Mille Way Economy 2010/2011 à vista, na concessionária Bari em Petrolina (PE, dia 08/09/2010 e desde então o carro apresenta defeito de fábrica na lataria e por isso está ocorrendo infiltração de água na lanterna traseira esquerda, no bagageiro e parte interna do veículo. O carro já foi 3 vezes à concessionária e nda foi resolvido, isso há mais de 30 dias. Diante disso, tenho direito a outro carro ou receber o meu dinheiro de volta?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/12/2010 - 16:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Outro carro não, mas o dinheiro de volta sim.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 13/12/2010 - 23:07
      Enviado por: André Peruzzo

      Boa Noite, meu carro apresentou o mesmo defeito é um uno economy 10 11, quando fui pegar ele na concessionária percebi que a lanterna estava cheia de agua, então foi efetuada a troca da lanterna, mas na primeira chuva percebi que continuava entrando agua pela lanterna, só então fui perceber que infiltra pra dentro do carro, de tanta agua que entrou foi parar no assoalho do passageiro, no meu caso o defeito é do lado direito. Amanha faz 1 semana que estou com o carro, vou até a concessionária para ver o que vão fazer.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/12/2010 - 21:30
    Enviado por: Marcio

    Comprei um C3 zero no dia 26/11/10 e no dia 08/12/10 fui até a loja retirar, quando cheguei lá o veículo estava com o capô repintado e com vários ciscos dentro da pintura, porta direita amassada perto da fechadura, vários riscos na pintura, película de proteção cheia de bolhas, quais são os meus direitos? no caso já fiz documentos do veículo e seguro, se caso devolver o veículo vou perder esse dinheiro? No caso eles agiram de má fé tentando passar um prodtuto com defeito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2011 - 10:37
    Enviado por: ANA KELLY

    Olá, comprei estrada working 0km, e apos 28 dias apresentou um defeito (borracha da embreagem estragada)onde a concessionária diz que foi mal uso só que quem usa o carro e um profissional onde não tem como ter sido mal uso, o que faço? Informaram que o reparo é de aproximadamante R$1.200,00 onde esse valor tenho que pagar. É justo? tem que pagar esse valor num carro que esta com 1400km

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/01/2011 - 18:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só resta reclamar no Procon e acionar a empresa e a montadora na Justiça para que provem que foi mau uso. Se não conseguirem, exija indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/01/2011 - 12:39
    Enviado por: Martha Tachella

    Comprei um Stilo BlackMotion 2010/2011, no dia 06/09/2010, e logo após a primeira semana de uso, acendeu a luz de airbag, e um aviso de avaria no airbag. Consultei o manual do usuário, o qual dizia levar com urgenia a uma concessionaria FIAT. Foi o que fiz, meu carro ficou lá um dia. Assim que sai da concessionaria, o aviso voltou a acender, contatei novamente o tecnico, e este pediu para que levasse novamente o carro a concessionaria, que sem falta iriam consertar meu carro 0km.Hoje é a quinta vez que levo a concessionaria para resolver o problema e nada. A luz volta a acender! O tecnico me informou que há perigo de o airbag não ser acionado em caso de colisão, ou também ser acionado em uma freada brusca!!

    O que faço? Quais os meus direitos?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/01/2011 - 18:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Exija o conserto definitivo da avaria. Se o defeito persistir, peça a troca do produto ou o dinheiro de volta, e avalie se é o caso de processar a fábrica e a concessionária por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/01/2011 - 18:35
    Enviado por: Rogério

    Comprei um Astra em novembro, e logo no começo constatei um defeito, o carro apresenta grande dificuldade para pegar pela manhã quando abastecido com alccol, o caso esta uma novela, os mecânicos não acham aonde esta o defeito, já fazem 30 dias que o carro esta na loja e nada. Conversei com o gerente sobre a troca do mesmo e ele disse que não pode faze-lo sem a concordância da GM (o que eu acho dificil). O que faço, se entrar com processo, quanto tempo em média demora para sair uma sentença dessed tipo?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/01/2011 - 19:51
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Impossível adivinhar tempo de andamento de ações judiciais. Se julgar que é caso de troca, então procure um advogado e entre com ação contra a montadora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/01/2011 - 14:47
    Enviado por: Rogério

    Marcelo, desculpe a insistência, mas gostaria de saber a sua opinião nesse caso do astra, se tenho alguma possibilidade de ganhar a ação, já que vi em algumas respostas suas acima, que para exigir a troca do carro o mesmo tem que estar enviabilizado de funcionamento, que não é o meu caso, pois se eu abastecer com gasolina, não tenho problemas.
    Cabe nesse caso aciona-los por da-nos morais.
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/01/2011 - 22:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível acionar qualquer pessoa por qualquer coisa. Se você acha que o carro em más condições o coloca em situações constrangedoras e o atrapalha no cotidiano, então talvez seja o caso de pedir indenização por danos morais. Sobre possibilidades de vitória, não psso responder e não vou responder, é mera adivinhação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/01/2011 - 15:56
    Enviado por: Raphael

    Comprei uma moto kasinski , e ao 3 dia apos retirar ela da concessionaria , com 90 km rodados a moto teve um incendio em movimento saltei da moto , e a mesma se incendiou no chão , quemou minhas vestes , gastei 4 extintores de carros que pararam para me ajudar …
    a concessionaria realizou a busca da motocicleta , chamou um tecnico de manaus da montadora ele fez a pericia e deu a garantia ” QuANDO PERGUNTEI A CONCESSIONARIA QUAL E O LAUDO DO TECNICO A MONTADORA FALOU Q ELE NAO SOUBE FALAR ” falaram que vao realizar a troca de toda a moto menos o bloco e o motor … em um prazo super aceitavel “3 dias”..

    Sinceramente mas não aceitei , uma moto que se auto-incendeia em movimento , em que toda a cidade viu , ser REMONTADA POR COMPLETO … e inaceitavel eles NAO QUISERAM DAR PERDA TOTAL … porque ja estava implacada ? eu não subo em cima mais dela , quem me garante que o motor nao foi afetado e o bloco… ? “Minha posicao esta certa ou errada ” devo aceitar a moto REMONTADA ?

    Fui a concessionaria e eles se prontificaram pelo ocorrido
    de me dar uma moto nova DIZENDO QUE SERIA UMA ACAO DA CONCESSIONARIA NAO DA MONTADORA … e ficar com a minha que se incendiou … mas ja se passaram 20 dias e nada de moto , não tenho uma moto reserva , só dor de cabeca .

    A demora para entrega da moto nova esta relacionanda a burocracia para transferencia do financiamento toma muito tempo … até eu ter uma moto nova … Pelo que vi nos prazos somam 37 dias uteis pelo prazo dos contratos … … OQUE VAI LEVAR QUASE 2 MESES …

    Tudo estava sendo tratado a nivel de concessionaria até pela boa vontade que estava sendo mostrada mais nao to aceitando esse PRAZO , devo ja acionar a justica, esperar

    Ja chegou o cartao do financiamento já paguei , e não tenho a moto , e uma pura sacanagem isso ….

    Agradeco Raphael

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2011 - 11:56
    Enviado por: JOAO

    TRABALHO NA USP,COMPRAMOS UM VEICULO POR PREGAO,ESTE ESTA VINDO DE MINAS GERAIS,TODOS OS VEICULO QUE COMPRAMOS É ZERO KILOMETRO SEM PLACAS,ACONTECE QUE ESTE VEICULO JA VEM EMPLACADO, SOMOS OBRIGADOS A RECEBE-LO,TEM ALGUMA LEI SOBRE ISTO

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/01/2011 - 16:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei sobre isso, mas se está emplacado, terá de receber mesmo assim, para depois trocar a placa e os documentos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/01/2011 - 17:58
    Enviado por: Rodolpho

    Comprei um grand vitara 2011 zero. Esta com pouco mais de um mês de uso e já escutei uma batedeira no banco traseiro e um mal cheiro no ar-cond. Quando foi agora na revisão especial de 5000km reclamei sobre o mal cheiro do ar-cond ao ligar o carro de manha. Falaram q teria q ligar o aquecedor sempre antes de desligar o carro. Da p acreditar? E outra quanto ao barulho do banco traseiro disseram q colocariam um calço e de fato colocaram. O problema eh q ao passar em um quebra molas o banco traseiro, que possui um engate inferior para rebater, pulou! Graças a deus que nao tinha ninguém atras e nao foi em uma batida. Salvo o contrário teria sido arremessado para fora do veiculo. O que fazer diante de tal situação? Posso colocar um processo devido a terem Me submetido a risco de vida? E quanto ao ar condicionado?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2011 - 02:03
    Enviado por: Luiz Carle

    Comprei um Novo Uno Vivace 1.0. Logo que comecei a usar o veículo notei que o painel estralava no lado esquerdo, avisei a concessionária e me pediram para deixar o carro dois dias para verificar, como sou representante comercial aproveitei que no final de ano paro de viajar e levei o veículo na agência. Desde o dia 20/12/2010 o veículo está na oficina da concessionária e não conseguem resolver o defeito, uma solda na coluna do lado esquerdo que soltou-se e ainda não conseguiram resolver. Carro zero quilometro com este defeito já me deixou inseguro para utilizá-lo, fora o descontentamento com a compra, fora a desvalorização do bem com retoque de pintura na coluna. Qual melhor caminho? Estou guardando todos os documentos possiveis deste caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/01/2011 - 17:55
    Enviado por: Vaneide Maria da Silva

    Exelenticimos Srs.Boa tarde,

    Depois de anos e anos de pedir ajuda a justiça, pois minha advogada faltou audiência, então passei a me dedicar ao caso em defesa própria, depois de ter conseguido ganhar a causa, minha advogada alem de receber a sucumbência que é de direito dela, mais vinte por cento do valor dos meus danos morais, agora no ato da troca do meu veiculo depois de mais de dez anos de espera a Mercedes Benz foi condenada a trocar meu carro, minha advogada quer que eu venda o veiculo para da a ela vinte por cento do valor do carro, por gentileza me informe se isto é legal? era um carro de trabalho uma Van para trabalhar com Turismo este carro ficou muitos meses quebrado até a garantia os custos de reparo era por conta da Mercedes Benz, depois por minha conta, até que não agüentei, e fiquei sem poder trabalhar, minha advogada não lutou por lucros cessantes, agora fala que o Juiz já me fez um grande favor em trocar meu carro, porem até o momento não pude receber, ela quer receber até antes mesmo da chegada do carro.
    Venho respeitosamente, e humildimente pedir sua ajuda no pedido de atenção ao meu processo
    de Registro de numero 01048/2008 na ouvidoria, referente a meu processo de
    numero 001.1999.611.968.0 que esteve no Gabinete do Desembargador Dr.
    Cândido José Saraiva em Recife Pernambuco.
    Seguido para esta instância com o numero 0154605-8
    Gostaria de pedir humildemente uma ajuda, este processo é por um veiculo
    que comprei com muito sacrifício com pagamentos de 60 parcelas pagas
    religiosamente em dia, este veiculo apresentou um defeito de fabricação no
    ato da entrega, que se repetiu por varias vezes acrescentando-se a outros
    defeitos narrados durante ao longo desenvolver deste processo que amargo a
    serias conseqüências.
    Como perda de contratos e clientes, bem como desgaste físico e mental
    causados por gastos financeiros com as diversas idas e vindas as oficinas
    da rede da Empresa de um nome conceituado como a Mercedes Benz.
    E dias e dias parado, vale salientar que em uma destas vezes o veiculo
    esteve por 28 dias em uma concessionária desta Empresa na tentativa de
    corrigir estes defeitos, até mesmo a pintura total do veiculo com 06 meses
    depois da compra para retirada de ferrugens deste veiculo onde esteve
    nestas oficinas sem que eu pudesse trabalhar, hoje me encontro em um
    situação lastimável que não tenho mais condições de arcar se quer com uma
    manutenção no Ar Condicionado que esta sem funcionar, vazamentos de água
    pelos vários pontos de ferrugens localizados no teto agora no período das
    chuvas com isto me impedindo de trabalhar para sustentar minha Família que
    foi com esta finalidade da compra sacrificada do sonhado veiculo.
    e Hoje depois de tantos anos de amarga espera venho rogar vossa valiosa e
    generosa atenção por Deus me ajudem no que estiver ao vosso alcance.

    HOJE JÁ NÃO TENHO COMO TRABALHAR COM ESTE CARRO ESTA SEM CONDIÇÕES DE USO E AINDA TENHO QUE GASTAR COM EMPLACAMENTO CARRO SEM UTILIZAR O REFERIDO VEICULO< ROGO UMA AJUDA PELO AMOR DE DEUS.

    Atenciosamente
    Vaneide Maria da Silva.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/01/2011 - 18:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos entrar no mérito do problema entre você e sua advogada. Se tem algum questionamento sobre a conduta dela, então entre com representação contra ela na oAB de sua cidade. Em relação ao processo, já transita em julgado, ou seja, já tem uma sentença. Nada mais pode ser feito. Se tem alguma reclamação a fazer, então provavelmente terá de constituir outro advogado para buscar o que acha que é seu direito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/01/2011 - 18:11
    Enviado por: Fabio

    Olá, Boa tarde! Meu carro teve problema no último dia de garantia, estava no fim da tarde e a oficina da “autorizada” estava fechada, mas ainda assim consegui levá-lo com o guincho do serviço “road service”(meu carro está com ele agora). O problema foi na bomba de combustível, uma peça de longa duração, não tem como fazer mal uso deste componente, sempre espero “aquele barulhinho” de quando liga o contato acabar para ligar o carro! Uma dúvida: não encontro o meu “manual de usuário” do carro, e me parece que a autorizada vai se negar em arrumar o meu carro por isso…mas eles tem tantos manuais, para quê o meu???..E minha garantia por 1 ano de fabrica, não tenho o direito em relação a defeitos??? Não estou entendendo bem essa garantia por 1 ano que eles dão…Por favor, me expliquem se puderem!!! Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2011 - 03:13
    Enviado por: Péricles Ricardo

    olá, comprei um carro 0 Km e com 40 dias apresentou defeito. Por vezes quando desligo o carro tento ligá-lo novamente e ele fica em torno de 10 a 30 minutos sem dar a partida. O defeito acontece por volta de duas vezes ao dia, já apresentou defeito na propria concessionaria quando levei na 3º vez para tentar solucionar o problema mas nada resolvido. Minha dúvida é, existe alguma forma de contrato que me possa comprovar que a concessionária presenciou o defeito que o mesmo existe e é recorrente? pois como não acontece o tempo todo fico com medo que eles aleguem que o defeito inexiste. Tem algum tipo de documento q eu possa pedir para que eles assinem comprovando a existência do vício?
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/01/2011 - 18:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. A concessionária ou a montadora têm a obrigação neste caso de consertar o defeito, mas para isso o defeito precisa existir. Tente um laudo com algum mecânico de que realmentye há o defeito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/01/2011 - 01:17
    Enviado por: Péricles Ricardo

    olá, obrigado pela resposta.
    atualizando, hoje há 3 horas o carro ‘morreu de vez’ não ligou mais, esperei 20 minutos e nada, liguei pro 0800, o gincho chegou 1:30h dps e nada do carro ligar!!rebocaram e amanha estarei lah quando entregarem na concessionária.
    creio que o defeito agora é bem explícito, além de ter o laudo do próprio mecânico do gincho. e agora, é caso de pedir substituição? tem q aguardar algum prazo? cabe indenização por danos morais?
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/01/2011 - 02:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Creio que sim, já que o defeito é crônico e inviabiliza o funcionamento. Procure um advogado para acionar a loja e a fábrioca, vai dar trabalho.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/01/2011 - 10:49
    Enviado por: Ricardo Luciano

    comprei um veiculo modelo FOX 1.0 GII, ano fabricação 2010, ano modelo 2011, na data de 29/06/2010 na concessionária BLUSA S/A na cidade de Blumenau – SC.
    Abaixo farei uma relação dos defeitos apresentados pelo veiculo acima mencionado até a data de 17/01/2011 e quilometragem atual 20288.

    1º Entrada de água no farol dianteiro esquerdo – Trocado em garantia pela concessionária.

    2º Entrada de água no farol dianteiro direito – Trocado em garantia pela concessionária.

    3º Vazamento de óleo pela junta do comando de válvulas – Conserto efetuado pela concessionária em garantia.

    4º Chave para acionamento dos vidros na porta do condutor soltou e caiu dentro da moldura da porta. – Conserto efetuado pela concessionária em garantia.

    5º Ar condicionado parou de gelar – Vazamento de uma válvula – Aguardando a referida válvula chegar para substituir.

    6º Falta de freio em velocidades altas – Trocado um sensor pela concessionária – a principio o problema parou.

    7º Falta de freio em baixas rotações, reduzidas e ao partir o veiculo quando o Ar condicionado está ligado – Pedal duro e sem freio, este problema é constante porem não é direto, já foi para a concessionária umas cinco vezes porem nada foi feito e os funcionários da mesma informam que o problema é normal e não é só do meu veiculo, mais também nos modelo Gol e Voyage com motores 1.0, porem fui à outra concessionária (Breitkopf) para tirar duvidas deste fato pois não estava acreditado no que estava ouvindo a respeito dos problemas de freios apresentados, onde tive a mesma constatação, (O VEICULO JA FOI UMAS 5 VEZES A CONCESIONARIA PARA CONSERTO, POREM O PROBLEMA CONTINUA, HOJE 24 DE JANEIRO ESTAREI LEVANDO MAIS UMA VEZ MEU VEICULO PARA A OFICINA)
    Meu questionamento é o seguinte, se vier a ocorrer um acidente devido a falta de freio quem será responsabilizado?
    a garantia termina em 30 de junho, e meu carro sempre com o mesmo defeito, apos essa data já sabem quem vai pagar para resolver o problema…..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2011 - 15:38
    Enviado por: Daniela Uchôa

    gostaria de saber se alguem teve problema com o palio 2007/2008 na embreagem?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/01/2011 - 15:39
    Enviado por: Daniela Uchôa

    gostaria de saber se houve recall para o palio 07/08?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/01/2011 - 17:47
    Enviado por: Arilson

    Comprei um 0KM e depois que instalou o alarme quando fui dar uma volta a noite,liguei o ar e logo veio aquele forte cheiro de queimado.Parei o carro e quando fui sair as portas estavam trancadas.Removi a chave da ignição e o problema permaneceu.Considero o problema gravíssimo e como estou dentro do prazo de 7 dias,posso desistir da compra?Onde está escrito tais decisões para uma possível consulta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2011 - 13:18
    Enviado por: Joel Perez

    Oie, o mesmo caso é o meu comprei um gol power imotion e vive dando problema guardei todos os comprovantes da oficina e eles nunca resolvem o problema, neste caso eles trocam por outro carro novo com todos os itens, devolvem o valor que paguei a vista ou é um valor menor, grato.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/02/2011 - 23:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É apenas caso de devoluçã do dinheiro que foi gasto no conserto. Se houver defeito que inviabilize o funcionamento do carro, então acione o fabricante.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/02/2011 - 00:42
    Enviado por: lilian de lima ribeiro

    Olá!comprei um voyage 1.6 zero à vista em maio de 2010,ele já foi 5 vezes para concessionária para consertar o ar que está sempre com problemas,cada hora é uma coisa,sai de lá gelando e depois não gela mais.Eles consertam em 1 ou 2 dias,mais o problema continua e mesmo que não continue mais,é demais um carro zero com problemas.O que eu faço,quais são os meus direitos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2011 - 23:46
    Enviado por: Amanda

    Olá, Boa Noite!
    Levei meu carro para primeira revisão, e já trocaram o motor todo, só que estam me enrolando na entrega do carro.
    Eu tenho direito a alguma coisa? Carro reserva, ou algo assim? Uma vez que a data de entrega foi combinada em um dia e não houve o cumprimento desta?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/02/2011 - 03:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem direito a ressarcimento de despesas com táxis e carros alugados. Se houver demora na entrega do carro, processe a loja e a montadora por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/02/2011 - 16:42
    Enviado por: gisele silva

    Comprei um Renault logan 1.0, com 11.000km ele ja ficou sem freios,agora a embrenhagem estragou ,arrumaram mas com apenas 24hs que saiu da conssecionaria deu uma pane o freio nao pega , barunhos por todo o carro, parece que tem um avião dentro do carro junto com uma carroça.O carro esta sem condições de uso, o que eu posso fazer? será que tenho direito a um novo carro, ou um abatimento para troca dele gostaria de uma ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2011 - 15:59
    Enviado por: Sérgio Edamura

    Boa tarde!
    Comprei um Ford Focus GLX 2.0 (2010/2010) 0 km, em maio de 2010. Após oito meses de uso e reclamações, e véspera de sair de férias, escuto um grande barulho e fumaça vinda do compartimento do motor, que logo paro e aciono a concessionária, e me aconselha a ligar para o SAC de emergência Ford.
    O carro foi rebocado para a Brasauto a qual me informa que o compressor do ar condiciondo estava danificado. Feito o pedido no dia 01/02/2011, a autorizada informou que a peça iria chegar a SP dia 11/02/2011, e a Ipatinga +- em três dias.
    Carro reserva (básico) disponibilizado, por apenas três dias, e que foi negada sua prorrogação, sendo que a previsão prescrita acima não devera ser cumprida, havia programado viagens, e com este problema estou impedindo de gozar minhas férias. Voltarei mais estressado de quando retornar ao trabalho.
    *É o 2º carro 0km da FORD que compro que da só problemas(prejuizos).

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/02/2011 - 21:55
    Enviado por: Edson Ribeiro

    O mesmo aconteceu comigo duas vezes. Comprei dois veículos novos do fabricante VOLKSWAGEN na concessionária THEMA VEÍCULOS situada na AV: Rui Barbosa Santa Terezinha Juiz de Fora MG. Ambos apresentaram defeitos e foram encaminhados para garantida, garantia essa que na pratica não existe, não sem fazer você passar muita raiva, perder muito tempo, faltar ao trabalho pra nada. Os veículos foram adquiridos no final de 2010, um GOLF Sportline 1.6 em 03/11/2010 e um GOL Trend 1.0 em 20/12/2010. Na segunda semana de uso 17/11/2010 o logotipo da marca VW do veiculo GOLF caiu no meio da AV: barão do Rio Branco, neste dia começou a minha saga com a VW e THEMA Veículos. Já na entrada da concessionária o funcionário sem se quer ver o veiculo afirmou que a GARANTIA não iria cobrir o dano alegado que o veiculo havia colidido, isso tudo sem ver, ao ser questionado ele mudou o discurso informou que a GARANTIA iria sim cobrir, porem a concessionária não tinha a peça em estoque e que iria passar pra fabrica encaminhar outra, até a presente data nada foi feito. No final do ano fiz uma viagem (curta) e o veiculo apresentou diversos defeitos, falha no computador de bordo, ruido durante a frenagem, barulho na direção, entrando água na lanterna (traseira), barulho no painel, barulho no banco traseiro, defeito no forro de porta (couro). Tudo isso não teria muita importância se a concessionária THEMA tivesse sanado os defeitos em uma das cinco vezes que levei o veiculo. Não só deixou de resolver os problemas existentes como provocou mais danificando a pintura da porta. Já o veiculo GOL com três dias de uso apresentou barulho no painel, barulho no banco traseiro, apoio da tampa de som faltando em um dos lados, grilado no motor e como se não basta-se em não resolverem os problemas existentes em uma das cinco vezes que levei o veiculo para “arrumar” provocaram outros como danificar a pintura e danificar o painel. Liguei inúmeras vezes para o 08000195775 atendimento ao “cliente” VW anotei todos os protocolos e nada foi alterado só enrolação, isso quando o sistema não está inoperante. Quanto a THEMA veículos é um despreparo total não possui mão de obra qualificada como podem ver acima. Resumo disso tudo, são duas empresas focas em produção e vendas, os clientes ficam em segundo plano.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2011 - 10:29
    Enviado por: Robson Melo

    Comprei um carro 0km, e deu defeito no ar foi constatado que está com vazamento de gás pois já foi dado carga duas vezes, colocaram um contraste e o vazamento não é externo agora querem desmontar o painel meu carro só tem um mês e já foi todo remexido.

    O que devo fazer?
    Como trocar esse carro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2011 - 16:41
    Enviado por: Rodrigo Brito

    Ola, Meu nome é Rodrigo e gostaria detirar uma duvida, comprei um veiculo FORD FOCUS GHIA 2010/11 em novembro… a partir dos 3.500km percebi muito barulho na parte da da suspensão do meu carro levei na concessionaria onde adquiri o veiculo (Souza Ramos) e me encaminharam para uma outra consessionaria(Sinal – MIX) dizendo q la iria conseguir arrumar meu carro pois tinha um mecanico especialista la… depois de ter levado meu veiculo la me informaram que era referente a PONTO DE SOLDA … sai com o carro pior do que estava antes! liguei para a Ford onde encaminharam um engenheiro para acompanhar o caso. Não foi resolvido onde me disseram meio que em off que esse era um problema q este carro apresenta mais ninguem resolve e que ele ja vem assim! oq posso fazer? posso pedir um outro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2011 - 12:34
    Enviado por: João Paulo Suzi Emerenciano

    Boa tarde. Cpmprei um carro 0 km em uma concessionaria depois de uma semana o carro começou apresentar vestigios de funilaria na pintura, como se fosse pintado de novo (retoque). O que fazer com base legal? grato

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/03/2011 - 16:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Exigir o reparo ou indenização por danos morais na Justiça, além de ressarcimento com gastos com reparos. A devolução do dinheiro será bem mais difícil, pois o defeito não inviabiliza o funciomanento do carro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/03/2011 - 22:46
    Enviado por: caroline gonsalves balteiro

    Gostaria de uma grande ajuda
    comprei um fox 1.0 zero na concessionária brasilwagem final de 2008 ja em fevereiro de 2009 o carro teve problemas elétricos(falta de aceleração),ja levei na concessionária 3 vezes pelo mesmo motivo .ele ja passou por 2 recall e ate agora ninguém me ajuda.
    não quero mais este carro e a previsão de entrega dele sera de 10 dias uteis.
    o que faço???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2011 - 16:47
    Enviado por: Tugval Farias

    Gostaria de uma ajuda
    Comprei um c4 pallas 0 km 10/10 saiu da concessionaria batendo a suspenção dianteira no mesmo momento voltei e eles mandara voltar para trocar uma peça nissso ja voltei 4 vezes para concessionaria com o mesmo pobrema o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/03/2011 - 16:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você pode exigir um carro novo entrando na Justiça ou processar a concessionária e a montadora por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/03/2011 - 18:11
    Enviado por: Felipe Ferreira Panades

    Boa tarde , sou proprietario de um fiat punto 1.4 2010 , sou representante comercial e viajo muito , meu carro tem 10 meses e 41mil km , na viagem para o carnaval ele apresentou um defeito , o motor começou a rajar do nada e acabou estourando alguma coisa que posteriormente percebi que algo havia quebrado o bloco do motor …. ele ameaçou pegar fogo eu apaguei tudo e enviei a concessionaria, alegaram um tal de um OVER SPEED…. do qual ultrapassado a garantia e cancelada … e me combraram R$10.700,00 para arrumar ….

    O tecnico da concessinaria me falou que uma biela teria vuado para fora do motor quebrando o bloco e que nao haveria garantia do motor ….
    Liguei para o 0800 da Fiat e mesmo assim negaram.
    Conversando com tecnicos da area me disseram que ao entrar no over speed (excesso de giro ) o carro quebra o cabeçote nao a biela.
    Mas devemos lembrar que todos os carros novos, tem um sensor que inibe o exesso de giro nesses motores.

    Gostaria de saber se alguem por aqui ja teve algum tipo de problema.

    Estou procurando advogados , e um laudo do IPT para provar que o motor nao teria esses problemas nem se todas as horas de uso dele que fosse fora de giro teria ocasionado algo do tipo …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2011 - 22:09
    Enviado por: Rafael Gomes

    Boa noite!
    Comprei um air cross em 30/12/10, desde que retirei o mesmo da loja, o mesmo já teve que ser consertado com defeito por varias vezes 1º alarme, substituido!, – 2ºdefeito no botão do ar condicionado, subtituido, – 3º vidro esquerdo não fechava, reparado!, 4ºvazamento de oleo da direção hidraulica com ranger da mesma, feito reparo de troca das mangueiras, e ainda esta vazando! tenho tudo documentado! posso pedir o meu dinheiro de volta, O veiculo está com 4600km rodados, e não podia ter tantos problemas!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/03/2011 - 23:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Poder pode, mas não vai conseguir, a menos que entre na Justiça. Procure um advogado para tentar ajudar na renegociação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/03/2011 - 16:10
    Enviado por: Ísis

    Boa tarde, comprei um punto dualogic 2010/2011, em novembro, e logo que tirei da concessionária, notei que a luz do porta luvas estava acessa direto e que a alavanca que abre a tampa do combustível não abria, tinha que puxar muitas vezes e até com um pouco de brutalidade, e que o rádio as vezes não trocava do cd para o rádio ou vice-versa(essas opções que tem), e do nada aparecia aquelas opções de equalizador… e não conseguia tirar, só esperando a boa vontade do aparelho ou desligando e ligando, só que não tive tempo de ir logo a concessionária, então deixei para ver depois. Só que nesse tempo, o câmbio que realiza a troca de marchas travou num morro e o carro não andava mais, pelo menos não para frente. Tive que chamar um reboque e fui forçada a levar a concessionária, no dia 22/02/2011 e só saiu de lá no dia 04/03/2011, ficando em média 10dias. Saiu sem o rádio, porque mandaram para a autorizada, e até hoje não tem uma resposta do que vai ser feito. E a tampa do combustível e a luz do porta luvas não ficaram bons. A tampa continua apresentando problemas para abrir me envergonhando nos postos, pois logo comentam, poxa é um carro novo, e a luz continua acessa direto. O motor é que até agora não reapresentou nenhum problema. O que devo fazer? Tenho algum direito específico? Sei lá? Depois de tanto estresse e insatisfação posso devolver o veículo? Até porque já reparei que não vão conseguir consertar a tampa, pois fui fazer um teste na concessionária e praticamente todos os carros com esse sistema apresentavam problema, ou não abriam ou não fechavam. Espero que possam me ajudar. Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 18:06
    Enviado por: Adriana

    Olá, tenho um veículo FOX 1.0 que encontra-se ainda no período de garantia (3 anos para motor). Faço todas as revisões nas datas corretas. A VW diz que a troca de óleo deve ser feita a cada 10.000km ou 6 meses (prevalece o que vence primeiro). A última revisão data de janeiro/2011, andei 5000Km. Ocorre que o nível do óleo do motor encontra-se abaixo do nível mínimo exigido. A agência pode cobrar pelo serviço? Até por que me disseram que eu devo retornar à concessionária quando o carro tiver rodado 1000 Km e se o problema persistir vão mandar o motor para a matriz em São Bernardo para fazer a troca do mesmo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/03/2011 - 02:12
    Enviado por: Jony

    Gostaria da ajuda dos sr’s comprei um voyage 2009/2010
    O carro apresentou os seguintes problemas.
    Troca de oleo e rolamento traseiro trocados.
    Problema no banco do motorista
    Vidro traseiro batendo. 5000km
    Motor fundiu com 25000 km
    Agora passaram 6 meses que estou com o outro motor o carro
    fundiu motor novamente. Comprei esse carro zero, gostaria de saber se pela lei consigo trocar este carro ou ter meu dinheiro de volta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/03/2011 - 16:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não, já se passaram seis meses da compra e o veículo tem conserto. NO máximo, consegue indenização por danos morais na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/03/2011 - 08:56
    Enviado por: KENTH KRISHNAMARCK

    NÃO COMPRE O NOVO FORD FOCUS…… É UMA GRANDE ROUBADA

    Em 25 de Janeiro deste ano (2011) comprei um NOVO Ford FOCUS para dar de presente para minha esposa, achando que seria a melhor opção entre seus concorrentes. Muito bem, por se tratar de um carro zero km 2011 e recebi a conversa sobre garantia, atendimento, presteza, comprometimento, etc….infelizmente tudo blá-blá bla e propaganda enganosa!!!!!!!

    Meu novo FORD FOCUS evidentemente veio com algum vício grave de ordem elétrica pois no dia da entrega já apresentava problemas no sistema Air bag , e em seguida na Injeção Eletrônica , fazendo que ficasse na oficina por dois dias , onde me passaram a informação que teria sido um problema simples e que passado pelo computador havia sido solucionado. Pois foi só sair da oficina o carro apresentou o mesmo defeito todas as luzes acessas e carro com consumo excessivo de combustível e pouca potência. Detalhe! O carro tem 6 semanas de uso e 700 km rodados!

    Voltei novamente na concessionária e fui informado que era problema do chicote, e que deveria ser trocado, pois bem vamos fazer a troca do referido chicote. Bem parecia que seria resolvido a questão se não fosse o seguinte , não existe o tal chicote para trocar, só deus sabe quando, entrei em contato com a Ford pelo o 0800 que eles tanto falam que funciona 24 horas e nada resolvem, pedem que aguarde que um consultor estará entrando em contato, coisa que até hoje não aconteceu.

    Minha esposa esta sem o carro , pois não tem a peça para trocar, sem informação, o carro esta parado em casa aguardando uma solução , sem previsão, sem nada.

    A Ford não está nem aí para seus clientes, o cliente fica sem carro e sem saber o que tem, qual a gravidade e qual o prazo de entrega da peça e achando que comprando um carro Zero km para ter TRANQUILIDADE E CONFIABILIDADE, não para ter que levar o carro com falhas graves 3 vezes na concessionária no 1o mês de uso do carro é uma grande sacanagem da Ford.

    Muito bem, uma decisão já está tomada, nunca mais eu compro um veículo desta Marca FORD, que não dá a mínima pelo produto que ela vende, E NEM PARA SEUS CLIENTES.

    Foi aberto um chamado junto à Ford (4970395) NO DIA 1º DE MARÇO e até agora meu carro continua na garagem sem poder andar.Hoje 18/03/2011 entrei em contato com o famoso 0800 que esta no ar 24 horas para os que acreditam que terão uma solução…………….sabem qual foi a resposta? ??? Não temos nenhuma posição ainda,pois não temos a peça (chicote elétrico). E só Deus sabe quando vão ter.

    Senhores, estou postando isto aqui para que outras pessoas não caiam no conto da FORD, pois estarei devolvendo o carro na concessionária Ford na segunda feira dia 21/03/2011 conforme orientações de meus advogados, e solicitando meu dinheiro de volta, conforme código de defesa do consumidor artigo 18 e já existem vários processos ganhos contra esse tipo de abuso das montadoras.. Vale lembrar que existem varias ações no Tribunal de Justiça de São Paulo neste mesmo sentido e todas elas dando causa ganha aos consumidores enganados ou por vicio no produto adquirido e não solucionado pelo fabricante, como no próprio caso a FORD.

    Estarei colocando esta mensagem em todas as paginas possiveis no brasil , e inclusive na Globo, SBT, BAND etc.para ninguém passar por isso mais., peço que divulguem isso para todos os amigos possiveis, pois só assim a FORD vair começar a dar o respeito que os consumidores merecem.

    Kenth Krishnamarck

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2011 - 12:53
    Enviado por: Francisco

    Ola, comprei uma Jumper da Citroen em 05/2010 e a cada 3 meses de uso o carro fica esfumassando demais e sempre que levo só fazem a limpesa dos bicos e me dizem que é o combustivel… mas posso dizer com certeza que ñ é o combustivel pois como é uma van escolar tenho varios amigos que abastecem no mesmo posto e nada disso acontece com o deles só com o meu!
    E nesta semana conheci 2 pessoas com o mesmo problema e até uma delas conseguiu a troca do veiculo pelos mesmos problemas direto na concessionaria e até me recomendou ñ ser tão bonzinho pois disse que os bicos custam por volta de 2.500,00 reais e que fazem isso até acabar a garantia mas que é um defeito de fabrica no primeiro lote da montadora ao mudar p/ o novo motor atual e que se eu ñ fizer nada logo depois vou ter que eu mesmo mandar fazer as limpesas a cada 2 ou 3 meses e que com o tempo precisara trocar pois é um problema mesmo etc…
    Mas poxa se eu quis um carro zero era p/ ñ ter problemas por pelo menos alguns anos concorda comigo?
    Dai agora ja sei que terei que fazer a limpesa a cada 2 ou 3 meses e que logo tb terei de fazer até a troca que custa cerca de 2.500,00 reais pois ñ ira parar o problema pois ja é a terceira vez que tenho que levar lá…
    E o problemas Sr. é que nunca me deram ordem de serviço nenhuma, e só fui saber agora procurando na internet meus direitos que precisarei destas ordens p/ poder provar o defeito…
    Sendo assim peço seu auxilio p/ saber oque posso fazer? Sendo que ñ tenho as ordens de serviços!
    E tb queria saber se tenho direito a troca por se tratar ao que me parece por um defeito de fabrica e muito sério ao meu ver pois se trata do motor! Oque poderia até se enquadrar em um “RECALL” pois ja tenho 2 amigos com o mesmo problema e como disse 1 deles teve a troca do veiculo mas o meu estão enrolando e com certeza esperando acabar a garantia que vai até 05/2011 ai sim ñ terei mais oque fazer…
    Então me ajude por favor p/ que assim eu possa saber que caminhos posso tomar!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2011 - 12:41
    Enviado por: Fabio Isaias da Silva

    Marcelo Moreira

    Bom dia,

    Gostaria que você me ajudasse com esse problema que eu venho enfrentando desde do dia 07/10/2010 quando eu retirei o veículo da concessionária e após 5 dias o veículo vem apresentando diversos problemas/vicios e nada foi resolvido.
    Eu gostaria que você agendar uma entrevista ou fazer uma reportagem sobre o desrespeito com o consumidor essas duas empresas GENERAL MOTORS E A VIGORITO ambas não conhecem a LEI DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR.
    Qual o próximo passo que eu devo tomar daqui alguns meses vai acabar a garantia do meu carro de tanto que eles vem me enrolando me sinto com um NARIZ DE PALHAÇO toda vez que eles pedem para que eu leve o carro para oficina sempre com a promessa que os problemas serão sanados e até hoje dia 29/03/2011 isso não aconteceu esse problema é da montadora e não meu eu comprei o veículo ZERO KM QUE ME CUSTOU QUASE R$ 44.000,00 com a isenção do IPI/ICMS devido a minha DEFICIÊNCIA NO BRAÇO DIREITO quando terminar a garantia eles simplesmente vão dizer a frase feita que eles tem na ponta da lingua a garantia é de 1 ano agora para solucionarmos o seu problema eu Fabio cliente terei que pagar pelo serviço isso não é justo.
    No dia 18/03/2011 fui até a concessionária e procurei o Srº Eloi Gerente de Relacionamento de Clientes da Vigorito e mais uma vez expliquei a situação que venho enfrentando ao longo desses 5 meses.
    O Srº Eloi pediu para que eu levasse o veículo dia 22/03/2011 para eles verificarem os problemas pela 15ª vez eu me ausentei do meu serviço para levar o veículo na Vigorito de Guarulhos e no dia 23/03/2011 eu retirei o meu carro da oficina da Vigorito de Guarulhos as 17:30hs o Chefe da Manutenção o SRº Mauro me ligou e disse que o carro estava pronto com todos os problemas sanados fiquei muito feliz e quando eu sai com o carro da oficina eu não cheguei a andar 500 metros e o carro apresentava os mesmos problemas são diversos barulhos que ficam a toda hora no seu ouvido isso é muito desagradável por que o veículo tem apenas 4.700 km e 5 meses de uso.
    Sexta feira dia 25/03/2011 as 12:30 hs no horário do meu almoço fui até a concessionária Vigorito de Guarulhos para que eles ouvissem esses barulhos e o Chefe da Manutenção o Srº Mauro e o Gerente da concessionária o Srº Eloi realizaram um teste no veículo e eles constataram novamente os barulhos e q realmente os barulhos persistem.
    E novamente ouvi a frase você tem o telefone da central de agendamento para deixar o carro mais uma vez para q eles tente solucionar os problemas se em 15 vezes eles não conseguiram detectar o problema então se eu deixar o carro mais uma vez eles irão conseguir eu não agüento mais essa situação eu cansei vocês sabem o quanto é constrangedor você ter um sonho realizado e após 5 dias alguém transforma esse sonho no seu maior PESADELO.
    Dia 07/10/2010 Eu Comprei uma MERIVA EASYTRONIC AUTOMATIZADA NA VIGORITO DO SHOPPING ARICANDUVA Que me custou R$ 44.000,00 devido a minha deficiência no BRAÇO DIREITO eu ter o direito da isenção do IPI/ICMS.
    Eu preciso do carro para trabalhar eu moro na Zona Leste em Artur Alvim e eu trabalho em Guarulhos na Rod. Presidente Dutra km 222 para eu me deslocar para o trabalho é totalmente fora de mão e devido a minha deficiência no BRAÇO DIREITO eu tenho muita dificuldade para segurar nas barras de ferro do ônibus e metro por 3 vezes eu me machuquei no transporte público por que o povo não respeita as pessoas e se você não tomar cuidado eles passam por cima de você.
    E mesmo com toda essa situação eles não parecem muito preocupado com a situação eu comprei o veículo ZERO KM com diversos defeitos de fabricação e ninguém dessa montadora resolve o meu problema, eu me sinto lesado o meu carro já ficou na oficina da Vigorito 15 vezes e os meus problemas não foram resolvidos isso é um absurdo o pior é ter que ouvir de 2 engenheiros da GM e do chefe de Manutenção da VIGORITO que esses barulhos é uma característica do VEÍCULO então esses barulhos vem de SÉRIE ISSO É UM ABSURDO, só de pensar que eu paguei R$ 44.000,00 nessa MERIVA eu estou profundamente arrependido de ter comprado se eu soubesse que a GENERAL MOTORS DO BRASIL tinha essa postura com os seus consumidores nunca teria comprado um veículo da marca CHEVROLET.
    Eu realizei o meu sonho estava mega feliz e após 5 dias A GENERAL MOTORS E A VIGORITO conseguiu tornar O MEU SONHO NO MEU PIOR PESADELO o veículo começou apresentar diversos defeitos/vícios de fabricação cada dia que passa esses barulhos vem aumentando e ninguém dessa montadora toma providência para solucionar o meu problema.
    E novamente ouvi a mesma frase feita de 03 concessionárias da Vigorito você tem o telefone da central de agendamento para deixar o carro mais uma vez para que eles tente solucionar os problemas se em 15 vezes eles não conseguiram detectar o problema e solucionar então se eu deixar o carro mais uma vez eles irão conseguir eu não agüento mais essa situação eu cansei vocês sabem o quanto é constrangedor você ter um sonho realizado e após 5 dias alguém transforma esse sonho no seu maior PESADELO.
    E novamente ouvi a frase você tem o telefone da central de agendamento para deixar o carro mais uma vez para q eles tente solucionar os problemas se em 15 vezes eles não conseguiram detectar o problema então se eu deixar o carro mais uma vez eles irão conseguir eu não agüento mais essa situação eu cansei vocês sabem o quanto é constrangedor você ter um sonho realizado e após 5 dias alguém transforma esse sonho no seu maior PESADELO.

    No dia 04/01/2011 eu movi um processo no PROCON/SP contra a General Motors do Brasil nº do processo/reclamação abaixo:

    CIP 12587/0611 e FA 0611-001.258-7.

    O código de defesa do consumidor é bem claro e diz:

    ART. 18 – Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com as indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.
    1º – Não sendo o vício sanado no prazo máximo de 30 dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:
    I – a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso.
    II – a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;
    III – o abatimento proporcional do preço.
    Mas simplesmente eles ignoram a lei do código do consumidor eu liguei para o Cacc da Chevrolet e a atendente do Cacc me disse que a Chevrolet não trabalha com a devolução do bem, isso é um absurdo.
    Rodrigo já foram esgotadas todas as possibilidades para que eles solucionassem o problemas e isso não aconteceu eu não agüento mais tanta enrolação por parte da GENERAL MOTORS e da VIGORITO DO SHOPPING ARICANDUVA.
    Obs: Eu pedi um número de protocolo e simplesmente não quiseram me fornecer ela disse que era o mesmo numero do meu primeiro protocolo abaixo.
    FA 0611-001.258-7 E CIP 12587/0611.

    Atenciosamente
    Fabio

    fabioxyes@yahoo.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2011 - 14:38
    Enviado por: Eliane Denis

    Comprei um Prisma 1.4 em 17/06/2010, o carro ja apresentou defeitos q foram resolvidos no mesmo dia, porem agora o carro apresentou defeito o fluido do radiador some e segundo o diagnostico da concessionaria está indo pro motor. Resultado, terão q ficar como carro 1 semana. Só q eu trabalho longe e vou pra faculdade, não tenho como ficar sem carro. A concessionaria não me deu carro reserva e não quis bancar a locação do carro. Eu tenho direito a ser ressarcida, ja q comprei um carro zero pra não ter problemase o mesmo ainda esta na garantia????
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2011 - 17:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, mas terá de exigir isso via Procon ou JUizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 14/04/2011 - 12:39
      Enviado por: Fabio Isaias da Silva

      Elaine

      Bom dia,

      Se você quiser partipar do MANIFESTO CONTRA A CHEVROLET

      DIA 16/04/2011 LOCAL

      AV. DAS NAÇÕES UNIDAS EM FRENTE AO SHOPPING SP MARKETING NA CONCESSIONÁRIA VIAMAR

      Estarei lá vamos fazer valer nossos direitos pessoal vamos abraçar essa causa.

      1. Nome completo: Fabio Isaias da Silva
      2. Telefone de contato: (11) 8709-0446/(11) 2608-8270/(11) 2747-3949

      3. São 7 problemas no veiculo de forma resumida segue relação abaixo:
      - Barulho na suspensão dianteira foi trocado os amortecedores dianteiros porém os barulhos persistem
      - Ruídos no painel central
      - Barulho nos vidros dianteiros motorista/passageiro
      - Barulho na parte traseira parte interna
      - Porta luva não fecha
      - Ruídos no teto
      - Parte interna do retrovisor dianteiro lado motorista veio quebrada defeito de fabricação fui realizado a troca da peça quebrada.
      4. Números das O.S da GM: 21.419 / 55.386 / 57.232 / 58.290 / 59.158 / 216.778 / 217.898
      5. Caso possua o protocolo do PROCON – CIP 12587/0611 e FA 0611-001.258-7.
      Conforme informei a alguns proprietários na data de 11 de abril de 2011 estive com o Dr. Eduardo Tavolieri presidente da Comissão da OABSP e consegui uma intervenção do conselho e montagem de um inquérito junto ao Ministério Publico.
      Apresentei ao Presidente do Conselho todas as provas e documentos que comprovam o descaso e desastre nos projetos da GM, o Dr Eduardo foi atencioso e se dedicou em imprimir todos os documentos e lista de proprietários, já reuniu a comissão técnica de advogados, lá estava um promotor que ira abraçar nossa causa, com essa ação os processos terão maior força e rapidez.
      Precisamos do maior número de proprietários para entrar com ação coletiva, hoje possuo uma listagem de 200 proprietários, peço que todos mandem e-mail para kikoasa10@yahoo.com.br relatando o problema no veiculo com os seguintes dados para acrescentar no dossiê.
      1. 1. Nome completo
      2. 2. Telefone de contato
      3. 3. Problemas no veiculo de forma resumida
      4. 4. Números das O.S da GM
      5. 5. Caso possua o protocolo do PROCON ou B.O informar também.

      Conto com a colaboração de todos, agora temos o apoio da OAB e Ministério Publico, será impossível a GM não se pronunciar a cumprir o CDC (Código de Defesa do Consumidor)
      Vamos à luta.
      Em 8 de abril de 2011 11:30, Romulo Santos escreveu:
      Caros bom dia

      Conseguimos mais uma vitoria!!!!

      Fui contatado pela secretaria do presidente do conselho da OABSP para uma reunião na data de 11/4 para discutir em nome de todos os proprietários do Agile, conforme informei a todos tenho na família alguns Juízes e procuradores que ajudaram nesta ação, na data da reunião irei acompanhado de 2 advogados especializados no assunto e com a assessora do Celso Russomano para definirmos o ressarcimento dos proprietários e conclusão dos constrangimentos causados pela GM.

      Anunciem para todos os proprietários que conheçam, nossas vozes serão ouvidas

      Boa sorte

      Maiores informações falar com Romulo ou Fábio

      Romulo Santos
      Consultor Logistico
      Phone Office: 55 11 5831-5471
      Phone Mobile: 55 118265-6288
      E-mail box: romulo.santos@estadao.com.br

      Fabio
      fabioxyes@yahoo.com.br

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/03/2011 - 11:40
    Enviado por: Fabio Isaias da Silva

    ASSUNTO: COMPREI O CARRO DOS MEUS SONHOS PORÉM A GENERAL MOTORS DO BRASIL E A VIGORITO ME VENDERAM UM PESADELO.

    Bom dia, coluna Advogado de Defesa

    Me ajude eu cansei de falar que eu tenho uma deficiência no BRAÇO DIREITO E É SUPER COMPLICADO PARA EU ME LOCOMOVER PARA O TRABALHO DE TRANSPORTE PÚBLICO.
    Eu moro na Zona Leste em Artur Alvim e eu trabalho em Guarulhos na Rod. Presidente Dutra km 222 para eu me deslocar para o trabalho é totalmente fora de mão e devido a minha deficiência no BRAÇO DIREITO eu tenho muita dificuldade para segurar nas barras de ferro do ônibus e metro por 3 vezes eu me machuquei no transporte público por que o povo não respeita as pessoas e se você não tomar cuidado eles passam por cima de você.
    Dia 25/03/2011 as 12:30 hs no horário do meu almoço fui até a concessionária Vigorito de Guarulhos para que eles ouvissem esses barulhos e o Chefe da Manutenção o Srº Mauro e o Gerente da concessionária o Srº Eloi realizaram um teste no veículo e eles constataram novamente os barulhos e que realmente os barulhos persistem.
    Deixei o carro no dia 29/03/2011 mais uma vez para que eles tente solucionar os problemas eles me disseram que o veículo estaria pronto dia 30/03/2011 no final da tarde eu deixei avisado que eu iria precisar do carro no dia 31/03/2011.
    Tomei a liberdade de ligar para verifcar se o veículo estava pronto e mais uma vez eles me disseram que o veículo não estava pronto eles me proporam que eu deixasse o carro até o dia 31/03/2011 e que eles me entregariam até as 09:00hs da manhã e isso não aconteceu é um absurdo eles não se preocupa em ligar para o cliente e avisar que o carro anida não ficou pronto total falta de respeito.
    Como eu havia mencionado eu tenho que ir de ônibus também para a concessionária então eu iria da viagem perdida o carro não estava pronto atendimento da VIGORITO É PÉSSIMO.
    Se em 15 vezes eles não conseguiram detectar o problema então se eu deixar o carro mais uma vez eles irão conseguir eu não acredito.

    No dia 04/01/2011 eu movi um processo no PROCON/SP contra a General Motors do Brasil nº do processo/reclamação abaixo:

    CIP 12587/0611 e FA 0611-001.258-7.

    O código de defesa do consumidor é bem claro e diz:

    ART. 18 – Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com as indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.
    1º – Não sendo o vício sanado no prazo máximo de 30 dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:
    I – a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso.
    II – a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;
    III – o abatimento proporcional do preço.
    Mas simplesmente eles ignoram a lei do código do consumidor eu liguei para o Cacc da Chevrolet e a atendente do Cacc me disse que a Chevrolet não trabalha com a devolução do bem, isso é um absurdo.
    Rodrigo já foram esgotadas todas as possibilidades para que eles solucionassem o problemas e isso não aconteceu eu não agüento mais tanta enrolação por parte da GENERAL MOTORS e da VIGORITO DO SHOPPING ARICANDUVA.
    Obs: Eu pedi um número de protocolo e simplesmente não quiseram me fornecer ela disse que era o mesmo numero do meu primeiro protocolo abaixo.
    FA 0611-001.258-7 E CIP 12587/0611.

    Atenciosamente
    Fabio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2011 - 10:37
    Enviado por: Joseph Matt dos Santos

    Bom dia,

    Comprei um fiesta 0km há 10 meses, não fiz a revisão de 6 meses, porem a FORD informa que a garantia é 1 ano, e o meu problema é com o alerta, piscas não funciona, mesmo sabendo que a revisão que iriam fazer seria somente checar quilometragem, trocar óleo, eu perco o direito do reparo ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2011 - 19:19
    Enviado por: vivianecr

    Ola boa noite, estou numa situacao dificil, comprei um carro 0km(prisma) de uma concessionaria da gm, dando uma entrada de 16350,00 e o restante foi financiamento pela GM. O carro foi liberado hj para eu pega-lo, chegando lá verifiquei que consta um pequeno amassado no porta malas. Nao quero de hipotese alguma o carro com esta avaria. posso solicitar o cancelamento do contrato? o que fazer? Quais sao meus direitos?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/04/2011 - 12:42
      Enviado por: Fabio Isaias da Silva

      Bom dia,

      Viviane

      Se você quiser partipar do MANIFESTO CONTRA A CHEVROLET

      DIA 16/04/2011 LOCAL

      AV. DAS NAÇÕES UNIDAS EM FRENTE AO SHOPPING SP MARKETING NA CONCESSIONÁRIA VIAMAR

      Estarei lá vamos fazer valer nossos direitos pessoal vamos abraçar essa causa.

      1. Nome completo: Fabio Isaias da Silva
      2. Telefone de contato: (11) 8709-0446/(11) 2608-8270/(11) 2747-3949

      3. São 7 problemas no veiculo de forma resumida segue relação abaixo:
      - Barulho na suspensão dianteira foi trocado os amortecedores dianteiros porém os barulhos persistem
      - Ruídos no painel central
      - Barulho nos vidros dianteiros motorista/passageiro
      - Barulho na parte traseira parte interna
      - Porta luva não fecha
      - Ruídos no teto
      - Parte interna do retrovisor dianteiro lado motorista veio quebrada defeito de fabricação fui realizado a troca da peça quebrada.
      4. Números das O.S da GM: 21.419 / 55.386 / 57.232 / 58.290 / 59.158 / 216.778 / 217.898
      5. Caso possua o protocolo do PROCON – CIP 12587/0611 e FA 0611-001.258-7.
      Conforme informei a alguns proprietários na data de 11 de abril de 2011 estive com o Dr. Eduardo Tavolieri presidente da Comissão da OABSP e consegui uma intervenção do conselho e montagem de um inquérito junto ao Ministério Publico.
      Apresentei ao Presidente do Conselho todas as provas e documentos que comprovam o descaso e desastre nos projetos da GM, o Dr Eduardo foi atencioso e se dedicou em imprimir todos os documentos e lista de proprietários, já reuniu a comissão técnica de advogados, lá estava um promotor que ira abraçar nossa causa, com essa ação os processos terão maior força e rapidez.
      Precisamos do maior número de proprietários para entrar com ação coletiva, hoje possuo uma listagem de 200 proprietários, peço que todos mandem e-mail para kikoasa10@yahoo.com.br relatando o problema no veiculo com os seguintes dados para acrescentar no dossiê.
      1. 1. Nome completo
      2. 2. Telefone de contato
      3. 3. Problemas no veiculo de forma resumida
      4. 4. Números das O.S da GM
      5. 5. Caso possua o protocolo do PROCON ou B.O informar também.

      Conto com a colaboração de todos, agora temos o apoio da OAB e Ministério Publico, será impossível a GM não se pronunciar a cumprir o CDC (Código de Defesa do Consumidor)
      Vamos à luta.
      Em 8 de abril de 2011 11:30, Romulo Santos escreveu:
      Caros bom dia

      Conseguimos mais uma vitoria!!!!

      Fui contatado pela secretaria do presidente do conselho da OABSP para uma reunião na data de 11/4 para discutir em nome de todos os proprietários do Agile, conforme informei a todos tenho na família alguns Juízes e procuradores que ajudaram nesta ação, na data da reunião irei acompanhado de 2 advogados especializados no assunto e com a assessora do Celso Russomano para definirmos o ressarcimento dos proprietários e conclusão dos constrangimentos causados pela GM.

      Anunciem para todos os proprietários que conheçam, nossas vozes serão ouvidas

      Boa sorte

      Maiores informações falar com Romulo ou Fábio

      Romulo Santos
      Consultor Logistico
      Phone Office: 55 11 5831-5471
      Phone Mobile: 55 118265-6288
      E-mail box: romulo.santos@estadao.com.br

      Fabio
      fabioxyes@yahoo.com.br

      responder este comentário

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2011 - 00:35
    Enviado por: mariac

    Há 6 meses comprei um carro zero e na primeira revisão fui informada que o mesmo possuía algumas peças a serem trocadas conforme garantia. Porém, antes de levar o carro à oficina autorizada para que procedesse a troca das peças em garantia sofri uma colisão na traseira. A seguradora do veículo que me ocasionou a batida pagará o conserto do meu carro, porém na oficina na qual está conveniada (não necessariamente na oficina autorizada da montadora). Diante dos fatos, gostaria de saber:
    - Caso a troca das peças ultrapasse 30 dias e eu solicitar a troca do veículo ou o ressarcimento, como o dano na traseira pode interferir nesse processo?
    - Eu sou obrigada a levar o meu veículo apenas na oficina que a seguradora indicou?
    - Caso o carro apresente outros problemas quando terminar a garantia (em decorrência das peças defeituosas)eu tenho algum direito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2011 - 11:01
    Enviado por: Pedro Doin kim

    Bom dia

    gostaria de saber como se aplica esses 30 dias para que a concessionaria arrume o defeito.
    a nossa primeira manifestacao sobre os defeitos faz mais de 30 dias, pois foi comunicado desde o segundo dia de uso.
    a primeira vez que o carro foi entregue para a primeira tentativa de conserto foi no dia 21/02, porem apos 3 dias disseram que nao poderiam arrumar e por se tratar de um defeito que nao imobiliza o carro disseram para retirar o carro e aguardar ate eles conseguirem uma solucao da HYUNDAI. no final da historia, o nosso carro esta neste momento na concessionaria (foi entregue ontem) porem acabo de receber uma ligacao dizendo que tem uma solucao mas que vai demorar mais 1 dia.
    assim, gostaria de saber se esse 30 dias já passaram.

    a primeira vez que foi entregue, o carro ficou do dia 21/02 até 23/02. sem solucao. a segunda vez foi ontem 07/04 e ainda esta na concessionaria e sabe lá quando teremos o carro.
    (entre esse tempo, ficamos usando o carro)

    nessa situacao, os 30 dias sao validos OU o carro precisa estar na concessionaria por 30 dias?

    por favor preciso de uma ajuda, pois estamos já muito insatisfeitos com o atendimento da HYNDAI

    - carro é um i30 - auto.completo – (2011)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/04/2011 - 12:54
    Enviado por: Kildary Medeiros

    Comprei um fox 1.0 modelo 2010/2011, em agosto de 2010, e em dezembro o carro deu um defeito no alarme de fábreica, com isto, quando se aperta o botão do alarme para fechar o vidro os mesmo só vão até a metate e para fechar os vidros tem que fazer dando toquinhos devaguar no botão interno de fechamento dos vidros. já levei o carro 05 vezes na concessionária e eles nao conseguem arrumar. como proceder? a garantia do carro acaba em 03 meses.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2011 - 01:28
    Enviado por: mario rogerio dos santos

    Comprei uma Eco Sport zero 2009 freestyle 2.0 16v na concessionaria Ford mix ,no bairro Vila Carrão,e agora que quitei o carro fui vender para a honda no shopping Arincaduva e o carro teve que passar por um laudo e nesse laudo fui avisado que o chassi do carro esta todo lixado e não será aprovado ,como não foi,procurei a ford mix aonde comprei o carro e lá fui informado que a empresa que fez o laudo tem briga particular com a ford,e me indicaram a lins e fui a concessionaria Nissan indicada pelo Gerente Daniel,chegando lá o carro tambem foi reprovado,retornei a ford mix e ai o Sr.Daniel falou que não podia fazer nada apenas a montadora,pois é um defeito oculto,e só a montadora pode resolver com uma carta laudo,que eu procura-se eles e toma-se as medidas.Saindo da concessionaria perguntei a esse Sr.o que eu estou entendo e que tenho que entrar na justiça para provar que comprei o carro de voces e o defeito é de fabrica,e com maior cara de pau respondeu sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2011 - 19:24
    Enviado por: amanda

    Boa noite, comprei um c4 da citroen a exatamente 1 semana peguei zero, e hoje 7 dias depois apresentou problema no motor de partida chamei um guincho e levei para a concessionaria eles disseram que trocaram o motor de partida e que nao ia mais acontecer isso, um dia depois o mesmo problema o carro não pegava mais e agora esta vazando oleo, quero saber se tenho direito de ter meu dinheiro de volta ou outro carro zero, não quero mais esse não sinto mais confiança, compramos carro zero para não ter problema e em uma semana acontece td isso, quero saber dos meus direitos?
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2011 - 09:35
    Enviado por: amanda

    Bom dia, comprei um C4 zero km da citroen dia 12/04/11, exatamente uma semana depois apresentou um problema o carro não ligava mais chamei o guincho e levei para a concessionaria deixei o carro la e busquei no dia seguinte eles me informaram que era problema no motor de partida e que tinham trocado colocado um novo, sai da concessionaria com o carro as 13:oo hrs quando foi as 15:00 hrs o carro parou denovo não ligava mais e estava vazando muito oleo, chamei novamente o guincho, gostaria de saber se nesses casos a concessionaria tem que me dar outro carro zero ou devolver meu dinheiro? quero saber quais são meus direitos?

    obrigada Amanda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/05/2011 - 23:26
    Enviado por: Mônica

    Comprei um corsa sedan 1.4 2010 em Agosto de 2010, fiz todas as revisões da concessionária, tudo certinho. Acontece que, chovia na madrugada do dia 29/04/2011, e quando estava passando devagar por um trecho da avenida que tinha uma grande poça de água, fui ultrapassado por um carro em alta velocidade que jogou toda a agua da poça para cima do meu carro, quando este parou de funcionar. Liguei para a Chevrolet e marquei com o guincho para pegar o carro naquele local. Chegando na concessionaria o mecanico informou que a agua jogada pelo outro carro havia entrado pelo suspiro do meu corsa causando um calço hidraulico, e que a garantia da chevrolet nao cobre esse tipo de prejuizo. É certo isso? o carro 0km com 08 meses de uso não poder ser consertado pelo próprio fabricante nesse caso? Assim, tive que acionar o seguro. Mas, posso ingressar na justiça para pedir o valor que pagarei pela franquia e danos morais?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/05/2011 - 17:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode-se ingressar na Justiça por qualquer coisa. Em primeiro lugar, se tem oito meses de uso não é zero km. Cada seguradora e cada montadora tem sua política de garantia. Leia bem o contrato de compra e acione o Procon, se for preciso. Não vemos irregularidades na questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/05/2011 - 22:12
    Enviado por: Mônica

    Boa noite Marcelo, agradeço a atenção.
    Eu quis dizer que o carro foi comprado
    novinho na concessionaria, sou o primeiro dono, e tem 08 meses de uso, e a garantia dada pelo fabricante foi de 01 ano.
    E caso o contrato contenha a clausula de que a garantia da chevrolet nao cobre esse tipo de prejuizo, nao vale a pena reclamar na justiça? Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/05/2011 - 23:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Até pode reclamar, mas vai demorar e o resultado é incerto. De qualquer forma, não custa tentar, Procure um Procon para mais orientações a respeito, até para que você não contrate um advogado à toa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/05/2011 - 08:57
    Enviado por: Mônica

    Obrigada pelas orientações Marcelo. Parabéns pelo site.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2011 - 19:03
    Enviado por: Neto

    Olá,
    Comprei um veículo zero na concessionária dia 18/03/2011 e desde o dia que retirei percebi que apresentava alguma anomalia. Já levei várias vezes na concessionária onde comprei, tenhos uns papéis de entrada com agendamento na oficina e outras vezes deixei na mesma sem agendar, porque senão demoraria mais a atender-me. Levei em outra concessionária que tambpem nao soube resolver. Já se passaram 7 dias numa e 2 dias em outra. E nada de resolverem. Chefes de oficinas particulares dizem que tem algo errado com o veículo, mas como está na garantia não mexem. Já tenho número de protocolo junto a fábrica. A concessionária nçao sabe resolver e fica mandando e recebbendo informações da fábrica para solucionar. Isso fora os dias que fiquei sem o carro e tive despesas de táxi, pois não podem ceder outro veículo enquanto deixar o meu, somente se for guinchado ou alguma pane. Enfim, o que faço. Quero outro carro. Como proceder e qual órgão começar. Procon? Justiça? Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/05/2011 - 14:45
    Enviado por: Neto

    Olá,

    Acionei o Procon conforme orientado e na base da conversa simultaneamente fui à concessionária para solicitar a troca do veículo, explicando e entregando uma carta de todo o ocorrido diretamente ao diretor, sendo proposto (acordado entre a concessionária e o fabricante) que dariam um carro pra que não continuasse a pé e tentar resolver o problema, mas que eu retirasse junto ao Procon a reclamação.

    Hoje estou com o carro numa terceira concessionária da marca, o técnico muito atencioso constatou o problema, mas não encontrou a solução até então, estando checando, ou seja, estou sem o carro.

    O prazo dos 15 dias do Procon vai até dia 02/06.

    Aguardo orientação.

    O que devo fazer caso nesta outra concessionária não consigam resolver? Esperar a audiência no Procon ou deixar tentar consertar na concessionária de origem, tendo o carro reserva e retirar a acusação?, pois acho que se for pra Justiça levaria muito tempo.

    Caso eu leve pra Justiça poderia deixar numa outra oficina (sem ser autorizada) pra tentar resolver, mesmo perdendo a garantia?

    Caso aceite o conserto através do Procon, posso pedir para que o conserto seja feito em outra concessionária?

    Aguardo e muito obrigado.

    ______________________________________
    06/05/2011 – 19:03
    Enviado por: Neto
    Olá,
    Comprei um veículo zero na concessionária dia 18/03/2011 e desde o dia que retirei percebi que apresentava alguma anomalia. Já levei várias vezes na concessionária onde comprei, tenhos uns papéis de entrada com agendamento na oficina e outras vezes deixei na mesma sem agendar, porque senão demoraria mais a atender-me. Levei em outra concessionária que tambpem nao soube resolver. Já se passaram 7 dias numa e 2 dias em outra. E nada de resolverem. Chefes de oficinas particulares dizem que tem algo errado com o veículo, mas como está na garantia não mexem. Já tenho número de protocolo junto a fábrica. A concessionária nçao sabe resolver e fica mandando e recebbendo informações da fábrica para solucionar. Isso fora os dias que fiquei sem o carro e tive despesas de táxi, pois não podem ceder outro veículo enquanto deixar o meu, somente se for guinchado ou alguma pane. Enfim, o que faço. Quero outro carro. Como proceder e qual órgão começar. Procon? Justiça? Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/05/2011 - 09:41
    Enviado por: Rafael Costa

    Final do ano de 2010 comprei um Gol 1.0 na Vox Joinville, onde apos os seis meses levei o carro para revisão, onde constatei a eles um problema que tinha no vidro eletrico, onde eles solicitaram a peça e me entregaram o carro avisando de um problema na bateria onde quando for realizado a troca do forro da porta o qual ocasionou o problema no vidro eletrico e mais o cano de escape que consta enferrujado, seria feito um teste específico na bateria o qual em 2 dias seria resolvido e me entregue o veículo, o qual não ocorreu.
    Esta troca de peça foi agendado para o dia 13/04/11 para ser entregue no dia 15.

    Aguardei 3 dias liguei para ver a situação do veículo e não estava pronto o qual e avisaram que ficaria para a próxima semana e durante mais de 37 dias não tive nenhum retorno. Hoje dia 20/05/11.

    Devido este problema estou sendo prejudicado e abri um protocolo no Procon, onde vou aguardar minha audiência.

    Protocolo aberto em São Francisco do Sul sob n. 665/2011 o qual constatei que meu veículo consta com mais de 30 dias em uma autorizada (vox) onde foi adquirido a compra do carro.

    Está agendado uma audiência para o dia 20/06/2011 às 15:30.

    Conforme código do consumidor solicito o ressarcimento do valor pago, corrigido monetariamento, pois fui amigável até o momento em que pude e como estou sendo o grande prejudicado pessoalmente e profissionalmente e que o período o qual a lei me obriga aguardar de 30 dias a ficar com o veículo já se esgotou tomei outras atitudes e não quero mais ficar com este veículo o qual consta um problema o qual não foi solicionado e nunca tive uma previsão real de quando estaria pronto, agora vou aguardar a audiência para ter todo o meu direito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/05/2011 - 20:20
    Enviado por: Alexandre

    Comprei um carro 0k na Renault VALEC em Campinas no dia 7 de maio de 2011, 5 dias depois constatei que o carro havia sido batido e tem 4 partes repintadas, levei na concessionária e eles constataram isso tb, mas não querem trocar, nem a fábrica.
    Isso não é defeito, é crime, vender carro repintado que foi batido como 0km!!!
    O que faço, somente justiça mesmo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/05/2011 - 09:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Somente na Justiça. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/08/2011 - 18:49
      Enviado por: Roney Gomes

      Prezado Alexandre, do anuncio 24/05/2011 – 20:20.

      Estou com o mesmo problema em um RENAULT SANDERO 2011/2012 recem saido da concessionaria e que apresenta peças soltando na dianteira do carro, lataria foi trocada antes de me entregar, pintura mal realizada, parafusos e lacre da lataria adulterados, desalinhamento entre lateral x paralama x parachoque x grade.
      Estou em contato com a revenda e com a fabrica para tentar trocar o veiculo ou negociar reembolso proporcional mais o conserto da parte afetada.
      Parece que os problemas são mais comuns que se pensa.
      Boa sorte para todos nós.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/05/2011 - 14:58
    Enviado por: Elizabeth Passos

    Comprei um C3 modelo 2011, na Concessionária, em Março/2010,com 2 anos de garantia. Antes de completar 1 ano de uso começou apresentar problemas no ar condicionado, às vezes o ar ficava quente, mas de forma intermitente, depois funcionava normal, até que parou de funcionar. Levei a concessionária, com o objetivo de solucionar o problema, mas infelizmente não foi resolvido. No outro dia, voltou a funcionar normailmente. Após 30 dias retornou o problema, agendei o serviço na concessionária, então o carro ficou por 2 dias e não foi resolvido. Novamente, retornei o carro a concessionarária que resolveu o problema informando que era o sensor de alivio. Novamente, o ar condionado parou de funcionar, retornei a concessionária, ficando mcarro 3 dias e me devolveram sem solucionar o problema.
    O Ar Condicionado além de não funcionar, o sistema de refrigeração “ESQUENTA O AR”, o veículo fica insuportável.
    Estou muito insatisfeita com o atendimento da Citroenx – Vitória – ES, sempre estive com paciencia e tolerancia, na expectativa do equacionamento do assunto, entretanto após 4 ordens de serviços emitidas junto a concessionaria, tenho certeza da falta de interesse de resolver o problema. Gostaria de ser orientada com relação aos meus direitos e dos procedimentos e ações que devo adotar com vistas a requerer os meus direitos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 07:22
    Enviado por: Sílvio Edson Bráz

    Bom dia,
    Comprei um Fox 1.6 2011/2012 VW zero ou melhor fiz o pedido dia 06/05/2011 e a entrada foi descontada dia 20/05/2011 “18.960,00, valor da entrada. Só que até o dia 01/06/2011 não entregaram o carro dizento que não tem o mesmo na cor que quero “Cinza Spectro”, me apresenteram outras opções mais não gostei por ser de outra cor “preto” e um outro é um Spacefox que não cabe no orçamento. Agora cumpri com minha obrigação, o cheque foi descontado a pedido da vendedora. Tenho direito de devolução integral do meu dinheiro, me diceram que não tem prazo definido para a entrega do veículo, pois a VW do Paraná está em greve.
    Quando me venderam o carro não me falaram isto. E estou apenas querendo comprar um carro zero.
    Grato
    Sílvio Bráz – Poços de Caldas MG

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/06/2011 - 16:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você vai precisar de um advogado para romper o contrato e receber o dinheiro de volta, mais indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/06/2011 - 14:34
    Enviado por: samantha lima

    Estou com um processo contra souza ramos do 12/11/2009 e se estende ate os dia de hoje.dexesti de uma compra de um estou querendo meu dinheiro de volta porque nao sou chamada pelo menos para uma conciliacao Quem sabe voce pode mE responder porque nao consigo tal resposta com meu advogado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/06/2011 - 23:15
    Enviado por: David Paganini

    Comprei um Corsa Classic 2011 zero KM. Com dois meses de uso o teto do carro começou a descascar, a concessionária se propôs a pintar o teto do carro, porem todos sabem que isso desvaloriza o carro. O que posso exigir da concessionária nesse caso já que o reparo informado pela mesma vai desvalorizar meu veiculo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 13:49
    Enviado por: oziel

    comprei carro novo e nem tirei da concessionaria porque nem funcionou lá oque posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 20:37
    Enviado por: miguel

    comprei um nissan juke novo a 2 meses,no dia a seguir liguei ao vendedor a dar-lhe conhecimento que o carro fazia barulho no tablier junto ao para-brises,o carro ja foi ao concessionario mais de 8 vezes para resolver o problema,mas continua igual,eles dizem se tirarem o tablier que não garentem a 100 por cento,sera que posso exigir um carro novo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 17:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não neste caso.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 21/06/2011 - 19:13
      Enviado por: miguel

      se neste caso não,então o que e que tenho que fazer?ir mais não sei quantas vezes ao concessionario e o carro vem igual?e o tempo que perco quem me paga?o combustivel quem paga?ou tenho que ficar com o carro com defeito?o carro foi comprado novo,e lá ja ouviram o barulho e disseram-me que não e normal,noutros carros iguais não fazem.por isso e que disseram que se tirarem o tablier não me garentem,tiram-me um barulho e depois aparecem 2 ou 3.quem e o responsavel?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/07/2011 - 16:31
    Enviado por: Alex

    Comprei um veiculo seminovo(retirado zero pelo 1 dono em 30 de out de 2010, garantia total de 2 anos) MErcedes Benz, na propria concessionaria em Vitoria, em 14 de junho de 2011, no dia seguinte ,ja apresentou problema no motor , foi enviado a central da Mercedes em Sao Paulo, pela gravidade.Apos 1 semana o veiculo retorna e retiro o veiculo.
    DIa 28 de junho o problema recidiva , sendo guinchado para concessionaria(nao foi necessario envia-lo novamente a SP), dia 1 de julho retiro o veiculo e no dia seguinte novamente o problema recidiva . O veiculo esta parado novamente na concessionaria.Nao tenho mais confiança no produto,apesar de ainda estar na garantia.
    TEnho direito a desfazer a compra e receber meu dinheiro de volta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/07/2011 - 16:57
    Enviado por: Alex

    Corrigindo , comprei o veiculo dia 13 de maio e nao 14 de junho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2011 - 18:40
    Enviado por: luis

    Comprei um palio 2011,apresentou barulho no motor ja levei o carro 4 vezes e volta do mesmo jeito ,ja chedou a ficar 2 dias na oficina SAF FIAT em sorocaba e continua o barulho,o que posso fazer para resolver,sem mais e muito grato pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2011 - 00:29
    Enviado por: JANILDE SOUZA

    OLÁ, COMPREI UM VEICULO AGILE 2011/11 COM 25 DIAS DE USO ELE COMEÇOU A APRESENTAR DESCARGAS ELETRICAS NAS PORTAS, AO ENTRAR E SAIR DO CARRO, EU, MINHA FILHA E MINHA IRMÃ JÁ FOMOS ACOMETIDAS A ESSES CHOQUES…. FIQUEI APAVORADA AO PERCEBER QUE O PROBLEMA PERSISTIA E ENTÃO ACIONEI A GM, ESTA ME ENVIOU UM GUINCHO POIS EU NÃO TENHO CORAGEM PARA ENTRAR NO VEICULO, CHEGANDO NA AUTORIZADA MAIS PRÓXIMA O CARRO PASSOU POR ALGUNS TESTES SEGUINDO A ATENDENTE E ALGUMAS PESSOAS FORAM INSTRUÍDAS A ABRIREM O CARRO, ENTRAR E SAIR… COMO NINGUÉM LEVOU CHOQUE ELES CHEGARAM A CONCLUSÃO QUE O PROBLEMA SERIA EU…
    AO PESQUISAR SOBRE O ASSUNTO PERCEBI QUE ESSES CHOQUES SÃO MAIS COMUNS DO QUE SE PARECE E QUE EXISTEM CINTAS… PULSEIRAS…ETC AFIM DE RESOLVER O PROBLEMA, QUE EMBORA SEJA APARENTEMENTE SIMPLES PODE PROVOCAR ATÉ EXPLOSÕES SEGUNDO ARTIGOS PESQUISADOS…. ENFIM ESTOU MUITO ASSUSTADA, TENHO MEDO DE ENTRAR NO CARRO E TOCAR A PARTE METALICA PQ É CHOQUE NA CERTA!!!! O PROBLEMA NÃO FOI SOLUCIONADO E EU ESTOU ME SENTINDO DESMORALIZADA, COMPREI UM CARRO ZERO KM, E EM MENOS DE TRINTA DIAS JÁ NEM TENHO CORAGEM DE USA-LO, FICO OUVINDO GRACINHAS DE VIZINHOS E PARENTES E ME SINTO MUITO CONSTRANGIDA COM A SITUAÇÃO. POSSO PEDIR A DEVOLUÇÃO DA QUANTIA DE ENTRADA 16.500 ??? E O FIM DO CANCELAMENTO??? NO ASO NEGATIVO O QUE ´POSSO FAZER??? FIZ O FINANCIAMENTO EM 36*
    OBRIGADO!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2011 - 10:43
    Enviado por: JANILDE SOUZA

    ok! obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/07/2011 - 08:28
    Enviado por: silvio

    Bom Dia…Gostaria de uma ajuda.. Comprei meu carro VOYAGE 1.0 TEND no dia 04/07/2011 antes de retirar o veiculo da loja verifiquei que a quilometragem estava com 22km..Questionei..Me disseram que foi para posterior teste antes da entrega. ao retirar percebemos um barulho forte vindo da parte de trás do carro e outro do motor ao efetuar mudança de marcha..Voltamos e reclamamos.. foi efetuado reparo na parte da trás..aparentemene o barulho parou..o frente continuou..fui informado que o barulho da frente trata-se de combustivel..Que octanagem da gasolina esta abaixo dos¨28% e que eu tenho que completar meu tanque com alcool..Já coloquei alcool e o barulho continua..sinto que a caixa de marcha tb está fazendo barulho e ultimamente percebo um outro barulho (não constante) tb na parte da frente.. Como devo proceder? tenho direito a trocar o carro?
    ou permaneço com o carro e exijo alguma indenização?
    agradeço desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/07/2011 - 18:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Fique com o carro e exija indenização por danos morais e ressarcimento de gastos. Nâo é caso de troca pois os defeitos não inviabilizam o funcionamento do produto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/07/2011 - 22:32
    Enviado por: Michel

    Boa noite,

    Comprei um Polo zero em 2009, com 3 anos de garantia de motor e câmbio. Acabei de fazer a segunda revisão e o motor do carro será trocado por defeito técnico. Na concessionária me informaram que a garantia não será estendida novamente. Eu tenho o direito a mais 3 anos de garantia ou somente à residual?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/07/2011 - 01:27
    Enviado por: Luciano Rodrigues

    Ola,comprei em dezembro uma Pajero HD zero quilometro com 150 HP,na nota fiscal veio corretamente a potência,porem esta semana após checar o documento de uso obrigatorio percebi que la estava escrito potência de 123 HP .Fui a concessionária e o mecãnico me confirmou que o motor é mesmo de 123 HP.Como procedo agora pois não acho viável trocar o motor do carro Zero e não sei se tenho direito a troca por um outro veiculo com o motor certo.O pior é que gastei uma fortuna adequando o carro com opcionais que são necessarios ao meu trabalho em campo.Desde já obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/07/2011 - 08:36
    Enviado por: Marcelo Coutinho

    Comprei um carro zero Cross fox 1.6 total flex e após uma demora extrema , pouco caso e promessas mal cumpridas pela concessionária. Recebi o mesmo após 100 dias, sendo que o prazo eram de 35 dias.
    Poís bem, após abrir chamado no PROCON, eles entregaram meu carro , porem agora COM MENOS DE 1 SEMANA DE USO, esta com problema sérissimo no “FREIO”, mas um estrondo toda vez que o freio é acionado, media ou bruscamente e não freia o veículo.
    Minha pergunta é:
    Esse prazo de 30 dias que a concessionária da VW tem para arrumar é dado pelo dia da entrega e retirada do veículo da loja ou pelo dia da NOTA FISCAL??
    Pois a nota fisca é do dia 26/06 Mas o dia que tirei o veículo foi dia 15/07.Sendo assim hoje dia 25/07 eu levarei o veículo na concessionária para arrumar, mas caso eles não arrumem hoje e nem amanha (cujo ai passará os 30 dias da data da nota fiscal) eu tenho direito a troca do veículo ou não??
    Outra coisa…quem garante que um carro que venha com defeito de fábrica ainda mais no “FREIO” ficará bom??
    E paguei tantos xxxxxx, mil reais para ter um carro novo , e não um veículo que ja venha com um defeito tão sério!!!
    Grato pela atenção. E fico no aguardo de uma orientação.

    Marcelo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/07/2011 - 07:20
    Enviado por: Fabrício

    Alguém pode me tirar uma duvida?

    Adquiri um NOVO FOX no dia 30/03/2010 e na 1º revisão (10000 km) reclamei que o carro da um barulho no porta mala insuportável. Peguei o carro na concessonária na epoca e não havia sido corrigido o problema. Acontece que esse semana realizei a 2º revisão (20000 km) e reclamei novamente que o problema não foi sanado e está dando barulho ainda. Onde foi localizado que o amortecedor está com defeito, estão querendo me cobrar R$ 365,00 da troca de amortecedor. Argumentei que isso faz parte da garantia, mas o responsável pela manutenção me disse que passou de 1 ano e perdi a garantia para tal problema. Fiquei revoltado, pois o problema foi reclamado na 1º revisão e não foi resolvido (por tanto, tem até uma observação no meu cadastro na concessonária) e agora me diz que não tenho direito. Alguem tem alguma informação para me ajudar e tirar minha duvida, sobre este problema?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/07/2011 - 17:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você tem direito a ressarcimento sim, houve erro de avaliação e de diagnóstico. Reclame no Procon e acione a fábrica e a oficina no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/07/2011 - 23:53
    Enviado por: dr. Marinho Gatim

    realizo a consultoria tecnica para compra de autos, avaliando possiveis defeitos de fabrica, e principalmente retoques de pintura realizados nos carros 0km e semi novos, isso antes do cliente fechar o negocio, livrando-o assim desses tipos de problemas, sei que talvez com isso poderia causar a falta de reclamaçoes dessas pessoas frustradas com a compra, e isso poderia diminuir a procura por este tao exelente trabalho que o sr. realiza. Porem ainda assim eu queria pedir uma ajuda do sr. se existe alguma forma de eu ter um respaldo de algum orgao de defeza do consumidor para continuar auxiliando na proteçao do comprador. Pergunto isso porque muitas agencias de carros nao gostao muito de nos. existe algum meio? obrigado e parabens pelo trabalho que o sr realiza.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2011 - 07:37
    Enviado por: Carlos Cesar

    No dia 25 de julho de 2011 solicitei à Dutra Veiculos – Vila Guilherme o cancelamento de minha proposta de compra do veiculo Vectra ano2007/2008 na concessionária motivo o qual explico abaixo.
    A Financeira me orientou a formalizar o pedido de cancelamento do contrato com a Dutra por meios administrativos, era só pedir à loja o cancelamento.
    O veiculo quando foi me mostrado apresentava apenas duas irregularidades, aparentes, que apontei no momento da visita à loja na terça feira dia 19/07/2011.
    Pedi para o vendedor que me mostrasse o carro fora do corredor onde o carro estava, o que não foi permitido alegando ser modelo 2008, e onde ele estava não daria para andar e que estaria em ótimas condições e a concessionária faria uma revisão geral no veiculo posteriormente.Mas como eu estava procurando justamente este modelo e cor, sendo assim por se tratar de veiculo semi novo ano 2008 a concessionária Dutra Vila Guilherme assumiria a qualidade do produto, e a idoneidade do vendedor que se responsabilizou pelo produto.
    Conforme registro da portaria da empresa onde trabalho, no dia 21.07.20011, um motoboy trouxe toda documentação para o financiamento para eu assinar aqui alegando ser de praxe o procedimento me pedindo para assinar a documentação que seria datada e enviada para a BV financeira pela Dutra Veiculos no mesmo dia, ou no próximo.
    Aceitei no momento, mas com a ressalva de que estaria apenas avaliando minha capacidade de credito junto à financeira, e só aceitaria o veiculo se pudesse ve-lo antes da retirada.
    Pois bem, tirei copia de todos os formulários antes de assinar, e entreguei ao motoboy às 7:45AM aproximadamente.
    Desconfiado da demora na entrega do veiculo, fiz uma consulta em todas as concessionárias da Itacolomy/Itororó/Dutra veículos, para verificar onde estava o veiculo para que eu pudesse observar com mais critério, e o mesmo não havia ordem de serviço em nenhuma das afiliadas, julguei de má fé os argumentos do vendedor e administrativos da loja e fiz uma nova solicitação de cancelamento do contrato de compra no dia 26/07/2011 no período da tarde, e o vendedor falou que iria conversar com sua “Gerencia”.
    No dia 27/07/2011 voltei a ligar para a loja, a pedido do vendedor Marcelo para verificar as condições do veiculo e se de agrado poderia levar sem problemas pois a documentação estava aprovada.
    Eu insisti respeitosamente em que eu não queria mais o veiculo, e apontei varias irregularidades no funcionamento do veiculo e na parte estética, que para mim seria um constrangimento ao longo de anos para mim e minha família.
    Minha educação não foi o bastante para arrogância e truculência do vendedor e seus “gerentes”em relação a minha desistência já que tenho família com um filho de apenas um ano de idade e não posso, assumir os riscos das condições do veiculo que estava me sendo entregue pois as despesas posteriores me arruinariam financeiramente.
    Nestes termos registro abaixo o veiculo que me foi proposto e o que vocês tentaram me entregar.
    Veiculo da proposta:
    .Vectra 2008 cor prata ( a placa eu não marquei no dia da visita)
    .modelo elegance
    .Pintura prata sem detalhes rodas aro 16
    .KM=35000
    .Estofamento em ordem (não dava para ver os defeitos sob a luz interna da loja)
    Veiculo que foi apresentado:
    .Vectra 2008 cor prata (placa: HHP-9895)
    .modelo elegance
    .Pintura prata , rodas riscadas , e na lataria laterais de cor não homogênea, o que caracteriza um veiculo batido ou retocado por fora em grande área, inclusive no para-choques frontal que mostrei ao vendedor Eduardo e posteriormente ao Anderson, não sei se este é mesmo o nome do tal senhor que foi arrogante ao extremo, paineis internos riscados, até saindo pedaços da lateral de plástico das duas portas dianteiras, painel de instrumentos encardido e riscado, bancos traseiros sujos de graxa preta em um estofado cinza, carpete sujo de graxa, caixa do motor com respingos de tinta na cor prata iguais a do veiculo, motor apresenta sinais de intervenção por algum motivo, painel inferior externo do para-brisas riscado e manchado com produto químico, componentes inferiores dos bancos da frente quebrados e se soltando com a mão, motor acelera e não desce a rotação, o veiculo é placa “H”, carro de locadora!!
    No momento da apresentação do veiculo pedi ao vendedor que me trouxesse o manual do veiculo para eu ver as revisões e datas originais do registro do veiculo na fabrica, e me foi apresentado um manual de outro carro cuja a data era 2006, caracterizando assim a má intenção da loja em não apresentar o histórico original do veiculo. No mesmo momento eu desconfiei da quilometragem do veiculo, por esta e outras já mencionadas.
    Assim sendo, por se caracterizar a má fé da Dutra Veiculos em relação ao produto oferecido nas condições que me foram apresentadas no dia, pretendo cancelar o financiamento sob todas as circunstancias apresentadas visíveis a olho nu ou não, que posteriormente me causariam prejuízo financeiro.
    Visto tambem que dei entrada, pretendo receber o mais rapido possivel.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/08/2011 - 19:11
    Enviado por: adriano marcelino

    Comprei um carro zero ,1 ano de garantia , tem 8 meses , e dentro da garantia , esta com 8000 rodadas, apresentou um problemas ,chamei o guincho, e levou para autorizado verificar o problema , mais o mecanico liberou o veiculo com o mesmo defeito, levei o veiculo novamente, e o mesmo mecanico me passou que a embreagem que era o problema , e tinha que se trocada , e disse que a garantia não cobria pois disse q foi mal uso do veiculo, mas ele liberou o veiculo sem olha-lo corretamente , que posso fazer nesse caso,quai são os meu direitos , perante a essa caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2011 - 12:18
    Enviado por: Wellito Souza

    Comprei Carro usado em 05/2010 ano Gol GV 2009 Trend com garantia de motor de fabrica ainda e transmissão porém o carro apresentou defeito um mês após o uso necessitando troca do motor, e agora em maio novamente problemas no motor mais uma vez foi realizado troca do motor e agora passado 3 mês da ultima troca de motor o problema voltou a aparecer e será necessário mais uma vez trocado o motor, Gostaria de saber se posso entrar na justiça para troca do veiculo visto que o mesmo está desvalorizado devido a tantas trocas de motor e indenização porque necessecito do carro para trabalho e sempre tenho que ficar parado pois a concessionária não fornece carro reserva. Grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2011 - 11:39
    Enviado por: carlos

    meu nome e carlos sou propietario de um nissan sentra e meu carro com apenas 20.000kms bateu o motor apos sair da revisão, claro e com certeza a autorizada deu um jeito de isso acontecer, mais eles alegam defeirto de fabrica. gostaria de saber se nesse caso eles devem me alugar um carro ou vou ter que cutear com os custos de trasporte ja que o carro vai ficar na oficina mais de 30 dias.

    agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/08/2011 - 21:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que os obrigue a fornecer carro ou pagar custos de transporte, mas é possível acionar a montadora e pedir ressarcimento de gastos na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/08/2011 - 14:59
    Enviado por: RODRIGO

    OLÁ COMPREI UM FORD FUSION FAZ 10 DIAS O MESMO APRESENTOU UM DEFEITO E ESTA HA 3 DIAS NA AGENCIA ME INFORMARAM HOJE QUE A PEÇA VAI LEVAR 10 DIAS PARA CHEGAR MAIS PRECISO DE CARRO PARA TRABALHAR, TENHO DIREITO A UM CARRO RESERVA? LIGUEI NO 0800 E ELES ME DISSERAM QUE SÓ TERIA DIREITO SE EU TIVESSE USADO GUINCHO, COMO DEVO PROCEDER? SE EU LOCAR UM CARRO POSSO COBRAR DA FORD DEPOIS? OU DEVO IR AO PROCOM PRIMEIRO?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2011 - 17:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo tem esse direito, mas é porssível exigir na Justiça depois o ressarcimento de gastos com transporte, casoi não haja acordo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/08/2011 - 10:54
    Enviado por: tiago lima

    olá bom dia eu comprei um moto dafra apache 2011 ela apresentou um problema com 3 dias que comprei um barulho no pino este caso a concessionária dafra tem que abrir o motor para poder verificar,este caso posso pedir uma moto nova ou tem que levar para eles verificarem isto.

    obrigado aguardarei o contato obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2011 - 13:42
    Enviado por: eric

    Comprei um carro zero em 19/05/11. Notei q havia algumas manchas no capô. Reclamei na concessionaria e mandaram o carro para retoque. Puliram com a maquina e arranhou todo o veiculo. Fui reclamar novamente e eles mesmo me disseram q o funcionario não sabia mecher e por isso arranhou, deixando marcar da maquina por todo o carro. Mandaram de novo para a oficina, onde fizeram novamente o pulimento, diminuindo assim os riscos mas ainda ficaram várias marcas. Ainda tenho prazo p acionar a justiça??? Obrigado pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/08/2011 - 20:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode-se acionar a Justiça a qualquer momento caso se sinta prejudicado. Não é caso de troca do veículo, apenas é possível buscar indenização por danos morais. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/08/2011 - 22:20
    Enviado por: José Antonio Moreira

    Comprei uma carro no final dmaio e retirei da concessionaria no dia 06/06/11.
    Ja apresentou problema de engate de marcha vezes, as quatro vezes e o defeito não e resolvido.
    O veículo esta com apenas 1221 km.
    Devo devolver o veículo?
    O fabricante será obrigado a devolver o dinheiro ou trocar o veículo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/08/2011 - 18:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Primeiro tem de ser verificado se oc arro tem conserto. Se tiver, então não é caso de troca nem de devolução de dinheiro. O carro ainda está na garantia.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/08/2011 - 13:21
    Enviado por: Laila Rúbia Alves de Araújo

    Comprei um palio fire economy, duas portas, modelo 2011, na estação fiat no mês de março desse ano. Pedi para colocarem alarme e chave canivete. Não fui informada adequadamente sobre o funcionamento do alarme. Apenas me informaram como acioná-lo e destravá-lo. Acontece que no dia 19 de Maio, ao sair de casa de manhã, verifiquei que o meu carro tinha sido arrombado pelo porta-malas, levaram meu step e o macaco. Olhei antes de entrar no carro se o alarme estava ligado e ele estava, porém ele não disparou. Registrei a ocorrência na polícia civil e até fiz perícia. Logo após, fui a estação fiat procurar orientação. Falei com um rapaz que fica no setor de acessórios, não me lembro o nome dele, mas seu eu vê-lo, sei exatamente quem é. Ele me deu a seguinte explicação, que não me pareceu muito convincente: Disse que os carros da fiat não tem travamento no porta-malas, o alarme funciona através de um sensor que dispara quando se cria um vácuo dentro do carro ao abrir o porta malas. Se uma pessoa conseguir abri-lo sem produzir esse vácuo, o alarme não dispara. Ele não me deu informações de como proceder, não se pronunciou quanto a verificação do alarme, mesmo o meu carro estando na garantia. Além disso, o rapaz supracitado também me disse que para consertar o carro era preciso trocar toda a porta do bagageiro (porta malas), sendo que apenas o miolo do cilindro foi tirado. Era só trocar o cilindro. Em seguida, o rapaz fez um orçamento para mim. Neste, ele queria me cobrar R$ 1500. Disse que, além do porta-malas, eu precisaria comprar um novo step e fazer balanceamento e alinhamento porque meu carro estava precisando. Ele nem sequer examinou o meu carro. Este só tinha dois meses de uso, não tinha nem 2000 km rodados. Fiquei tão descontente e desconfiada que fui embora. Arrumei meu carro em outro lugar. Acontece que no dia 05 de agosto, meu carro foi arrombado de novo e adivinha! O alarme não disparou novamente. Fiz o teste algumas vezes. Acionei o alarme à noite e ao sair de manhã, abri o porta-malas sem desligar o alarme, mas este em algumas das tentativas não disparou. E não foi em intervalos curtos que testei. Pois eu já sei que tem que esperar alguns minutos para o alarme funcionar corretamente segundo o mesmo rapaz de cima. Devido o meu desconhecimento não soube como agir, mas agora já tenho posse de algumas informações que podem me auxiliar. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, eu tenho direito a informação clara, completa e adequada sobre os produtos e serviços que irei consumir, bem como direito a segurança e qualidade dos mesmos (princípio da informação, educação, segurança e garantia de adequação) Além disso, devido ao princípio da vulnerabilidade do consumidor, vulnerabilidade esta jurídica, técnica e fática ou sócio-econômica, o fornecedor deve informar o consumidor de forma adequada e orientá-lo, já que este não tem conhecimento técnico. Eu não recebi informação adequada e suficiente sobre o alarme que comprei. O rapaz mencionado acima se aproveitou da minha vulnerabilidade fática para me fragilizar a arrumar meu carro segundo o orçamento me apresentado sem, ao menos, perguntar a mim como e quando meu carro tinha sido comprado, se estava na garantia, e sem avaliá-lo de forma adequada. Quero providências quanto a essa problemática, pois meu carro ainda está na garantia e o serviço me apresentado não atendeu a minha necessidade como consumidora e feriu a minha dignidade e a minha qualidade de vida. Tenho eu direito aos danos patrimoniais decorrente do furto? Step, macaco, troca do cilindro? Já que se eles tivessem me dado informações claras no ato da compra eu teria liberdade de escolha e nesse caso, eu não teria comprado a marca Fiat ou, pelo menos, teria procurado saber sobre outros dispositivos de segurança mais eficazes.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/08/2011 - 17:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você até pode ir à Justiça pleitear ressarcimento e indenização por danos morais, mas será uma batalha difícil, pois terá de provar que não recebeu as informações adequadas. De qualquer forma, procure um advogado e veja a conveniência d eprocesar a concessionária e a montadora.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 10/10/2011 - 19:59
      Enviado por: Laila

      Marcelo, andei estudando o CDC e descobri que numa relação de consumo, pela condição de vulnerabilidade fática, técnica e jurídica do consumidor, o juiz, ao analisar o caso, faz um juízo de admissibilidade. O consumidor, por não entender das leis, sobre seus direitos não costuma andar por ai com um gravador ou requerendo que tudo que for falado pelos vendores seja escrito e assinado por eles. Por isso, muita coisa é omitida ou falseada pelo fornecedor no ato da venda, desequilibrando-se assim a relação de consumo. Sendo assim, o juiz analisa os argumentos das partes, a documentação base, fazendo o juízo do que pode ser presumido.
      Eu entendi assim.
      Essa compreensão procede?
      Pelo menos era assim que deveria ser, mas na prática isso geralmente não acontece.
      Obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/08/2011 - 18:09
    Enviado por: ROBERT

    BOM COMPREI UM CARRO DA JAC MOTORS E HOJE 4 MESES
    DEU MUITOS PROBLEMAS FREIO FALHANDO RODA BATENDO, SUSPENÇÃO RANGINDO LUZ DO MOTOR ACENDENDO, LUZ EPC ACENENDO E O CARRO FICANDO MUITO ACELERADO O QUE EU POSSO FAZER E A QUEM POSSO RECORRER TENHO TODAS AS (OS) QUE SAO MUITAS E OUTRA COISA PAGUEI 2 MIL REAIS DE ENTRADA E ELES NAO ABATERAM FICARAM COM O DINHEIRO E ELES ME FALARAM QUE EU NAO VOU RECEBER QUERO MEUS DIREITOS O QUE EU FAÇO?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/08/2011 - 18:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se você não enviar o carro para conserto e avaliação dos problemas nada será feito. Se os defeitos não impedirem o funcionamento do carro então não é caso de troca nem de devolução do dinheiro. Isso só vai ocorrer se os defeitos persistirem. Leia o texto da reportagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/08/2011 - 19:02
    Enviado por: ROBERT

    OS DEFEITOS ESTAO PERSISTINDO
    E EU JA LEVEI MUITAS VEZES MAIS OS PROBLEMAS SEMPRE VOLTAM

    OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/08/2011 - 20:45
    Enviado por: Luiz

    Adquiri um Ford Fiesta Hatch zero km. Após 10 dias de uso constatei defeitos na pintura: pequenas trincas próximas à lanterna traseira. O problema é que a lataria fica aparente e pode oxidar. Além disso a tampa do porta-malas possui pequenas ondulações, algo bem difícil de perceber, mas que parece um retoque de pintura e não é uma falha de fabricação aceitável. Além disso foram encontrados 2 parafusos jogados no porta malas e um caco vermelho parecendo ser um pedaço de uma lanterna quebrada.

    Levei o carro para a concessionária. O responsável por lanternagem olhou o carro e acredita que a lanterna tenha sido quebrada e posteriormente trocada. Daí as pequenas trincas na pinturas seriam consequencias deste pequeno acidente (que eles dizem não ter sido causado no transporte e nem na concessionária). Quanto as ondulações na tampa do porta-malas, disse ele que parece ter sofrido um reparo do tipo “martelinho”, mas não foi retocada a pintura.

    A concessionária se prontificou a reparar as pequenas trincas próximas a lanterna (sem custo), e eu já agendei o reparo deste defeito.

    Me deram a opção de repintar toda a tampa do porta-mapas caso queira também resolver as ondulações (neste caso eu preferi deixar como está).

    Na sua opinião, isto é o melhor que posso conseguir? A concessionária está agindo corretamente? Já estou bastante decepcionado de comprar um carro zero km que aparentemente foi batido. Quais as chances neste caso de eu conseguir trocar o carro por um realmente zero km, sem reparos já realizados?

    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/08/2011 - 20:50
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A concessionária está agindo corretamente, neste caso. Aproveite e liste todos os probleminhas para que sejam reparados e exija uma extensão de garantia.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 20/08/2011 - 10:45
      Enviado por: Luiz

      Marcelo, voltando ao assunto do Fiesta 1.6 que relatei acima (dia 16/082011): Levei o carro numa oficina de funilaria, e pude comprovar que houve batida no carro zero km antes de ser entregue pra mim.
      A concessinária se propõe a consertar, mas não estou achando justa a solução. Você sugeriu pedir extensão da garantia, mas acho em vez disso, ou além disso, eu deveria ter uma compensação financeira, visto que para todos os efeitos, paguei por um carro novo, e levei um carro seminovo, já batido. Vou autorizar os reparos e mas vou tentar um reembolso no valor de 5% ou mais, a título de compensação da depreciação por eu ter comprado um “seminovo” e ainda por cima batido, o que compromete a revenda. Ou isso ou um carro novo, só assim para ser justo. Se eles não aceirarem estas alternativas num acordo amigável, vou ter procurar Procon ou processá-los na Justiça, pois creio ter havido má fé da parte da concessionária. Você acha isto plausível?

      Grato!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/08/2011 - 18:37
    Enviado por: silvana

    oi por favor comprei um carro 2009 tinha garantia e o antigo dono nao levou na ultima revisao apareçeu defeito de fabrica ta vazando oleo e o gol g5 eu tenho direito a reclamar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2011 - 22:03
    Enviado por: Simara

    Olá!!! comprei um ford focus zero em julho de 2010, menos de 30 dias deu problema no amortecedor, fizeram a troca do mesmo, após 1 mes deu problema de infiltração tb e isso vem se repetindo desde então, já foi levado a concessionaria 5x com mesmo problema e volta a se repetir, carro cheio de agua, mal cheiro, tenho todas as ordens de serviços…já pedi a troca do carro ou meu dinheiro devolta, eles só dizem que vão resolver e isso já se passaram 10 meses, tenho esse direito.

    Aguardo;

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2011 - 22:35
    Enviado por: VINICIUS

    oi,
    Comprei uma MOTO ZERO ( kasinski gtr 250cc )em SÃO PAULO, pois sou do RJ e aqui a moto custa bem mais caro. após ficha aprovada por telefone a moto chegou atraves de uma transportadora, MAS ao ver a moto ele apresentou diversos problemas visuais, tais como: Manete de acelerador totalmente solta impossibilitando o uso do veiculo, arranhados no tangue e parafusos soltos !!!

    TIREI FOTO DE TUDO E FILMEI, MEU PAI E EU, tendo que fazer um gatilho para remover a moto ate minha residencia, pois como dito ao telefone pelo funcionario que me vendeu a moto ; eu teria que remove-la ate em casa para depois solicitar reparos…..

    PERGUNTA: estou com a moto a 3 semanas na minha casa e nao posso nem andar, ja paguei a primeira parcela e QUERO AGORA a devoluçao do produto ou danos materiais e morais pelo ocorrido !

    é possivel ?

    AGRADEÇO DESDE JA
    VINICIUS

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/08/2011 - 12:17
    Enviado por: Marcos Silva Barboza

    Comprei um SIENA 1.4 FLEX OKM em 2011, apos 06 meses de utilização o carro apresentou problemas no RADIO que já veio do fabricante, barulhos no motor quando desligado, barulhos nos bancos traseiros como se fossem de carro velho, porta luvas com barulhos quando passado em ruas com andulações.
    1o: RADIO – Até 60 dias para entregar outro ou o mesmo consertado;
    2o: MOTOR – Disseram que o barulho é normal quando o carro está esfriando”só que tenho varios amigos que possuem o mesmo carro e não fazem nenhum barulho”
    3o: BANCOS – Continuam fazendo barrulhos;
    4o: PORTA LUVAS – Continua fazendo barulho;

    No artigo 18 CDC, diz que posso solicitar a troca do veiculo se no prazo de 30 dias os problemas permanecerem ou abatimento de valores “carro está financiado”, mas o carro já possui 6.700km rodados e já se passaram 06 meses apos a compra….Será que eles dariam outro carro OKM?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/08/2011 - 17:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não neste caso. Os defeitos não inviabilizam o funciomanento do carro. Se os problemas persistirem, procese a concessionária e amontadora por danos morais e ressarcimento de gastos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/08/2011 - 10:10
    Enviado por: Keli

    Bom dia Marcelo, tenho uma dúvida: meu marido comprou uma towner jr Okm, deu uma entrada e financiou o resto, acontece que o carro com um mes e meio de uso, apresentou problema no cambio, nem dava mais pra andar com carro, foi para autorizada “arrumaram” e no dia seguinte, o carro deu o mesmo problema. Pergunta: pelo fato da carro ter apresentado o mesmo problema, posso pedir o dinheiro de volta, mesmo se arrumarem outra vez dentro do periodo de 30 dias -mesmo sabendo que vou ter um prejuizo financeiro – pois o carro é para trabalho e já esta nos dando prejuizo. Obrigada. Keli

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/08/2011 - 19:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. O negócio só será desfeito se ficar comprovado que o vício é de origemn e que não tem mais conserto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/08/2011 - 22:46
    Enviado por: Bruno

    Comprei um Uno 1.0 0km dia 8 de Julho, e na saida de Concessionaria notei que o para-brisa estava arranhado e avisei o vendedor. Entre os dias 11 e 15 de Julho nao estava conseguindo falar com o vendedor. consegui marcar pro dia 26 de Julho, ele apenas puliu e nao saiu todos os ricos, e a assistencia tecnica nao estava querendo trocar o para brisa, com muito custo eu consegui graças a central Fiat, e fiz o serviço dia 11 de Agosto e notei que o motor esta vibrando muito. Busquei o meu carro dia 13 e disseram que é caracteristica do veiculo (nunca q um veiculo com defeito é caracterista do carro). Ja se passaram 45 dias e até agora o problema do motor nao foi resolvido, eu tenho o direito de ter o direiro de volta ou talvez outro carro ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/08/2011 - 20:51
    Enviado por: Amanda molina

    olá, eu comprei um sonata 10/11 no valor de 103 mil reais na 1ª semana o carro ja demostrou defeito no teto alguns barulhos internos e veio com uma mancha na lataria, levei na concessionaria ficou 15 dias la mais voltou com maiores defeito barulhos interno maior, o teto ainda com defeito e a mancha tbm e faz 85 dias que comprei o carro falei com o gerente pra trocar ele falou que naum tem mais desse modelo10/11 mas tem o 11/12 so que tenho que voltar 13 mil reais o que faço? me ajude? obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2011 - 01:48
    Enviado por: Geraldo Rodrigues

    Olá, comprei um carro zero da marc FIAT modelo SIENA ESSENCE DUALOGIC financiado, em 18/07/11 e dei de entrada o meu carro usado, na mesma semana que recebi o carro voltei a concessionária para reclamar de defeitos nos revestimentos internos do carro, os forros das 4 portas estavam com problemas de montagem, frisos empenados, um do encaixes quebrados como se a peça tivesse sido encaixada a força, a manivela de regulagem de altura do banco do motorista vem na mão, o arcondicionado está com vazamento de ar frio no parabrisa, deixando o para brisa embaçado, a película dos vidros que foi colocada na própria agência está soltando nos cantos e a do vidro traseiro está rasgada no canto, eles me prometeram a substituíção dos forros, recolocação da pelicula e conserto do ar para semana seguinte aproximadamente 15 dias após a compra, quando cheguei lá no sábado para realizar os consertos me mandaram embora alegando que não tinham as peças em estoque e que teriam que fazer pedido e só na semana seguinte pois levaria em torno de no mpaximo 07 dias, já fazem mais de 15 dias da data marcada e até agora nada, já liguei várias vezes e els me falam que as peçar não chegaram em sua totalidade e só realizariam o serviço após a chegada de todas as peças. Gostaria de saber se tenho direito a devolver o carro e pegar outro ou meu dinheiro de volta, pois como comprei um carro zero e apontei os defeitos e até agora mais de 30 dias e nada do conserto, estou realmente desgotoso do veículo, afinal quando se compra um carro zero é pelo fato de teoricamente não se ter dor de cabeça. Agradeço antecipadamente. Geraldo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/08/2011 - 18:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível, mas só na Justiça. Em nosso entendimento, embora os problemas sejam muitos, não impedem o funcionamento do carro, o que renderia apenas uma ação sde indenização por danos morais. Em todo o caso, é bom procurar um advogado e analisar melhor a questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/08/2011 - 17:03
    Enviado por: André Barros

    Comprei um gol G5 2011/2011 zero quilômetro. Na hora de receber o carro verifiquei que o teto estava com várias manchas e falei que queria o carro sem as mesmas..levaram o carro de volta e pediram pra eu pegar no outro dia, as manchas continuaram e devolvi o carro para que fosse dado um polimento. As manchas diminuíram e praticamente sumiram…Uma semana depois todas as manchas voltaram, então entrei em contato com a fabrica e expliquei o problema. Pediram para eu levar à concessionária para tirar foto e abrir um processo de análize. Recebi a informação que essas manchas são proveniente de fezes de aves e que somente uma nova pintura no teto resolveria o problema. Dai eu disse que não queria o carro pintado denovo porque perderia a originalidade. Em qualquer lugar que eu leve para ser avaliado vão perceber que o carro foi pintado, por melhor que seja o serviço. Argumentei que recebi o carro zero com esse problema. A fábrica joga a responsabilidade no concessionário, que por sua vez joga para a fábrica. Me deram duas alternativas. Pintar o teto do meu carro, ou eu dar o carro de entrada em outro e pagar a diferença. Pintar o teto eu não quero, comprei um carro novo para não ter problemas, se fosse para pintar eu teria investido a metade em um usado. Trocar por outro e voltar dinheiro não é justo. A culpa não foi minha pelas manchas que surgiram. Já se passarm 5 meses e ninguém resolve esse problema. Até onde vai o meu direito em receber outro carro ? Se eu entrar na justiça será que consigo ? E se eu gastar com advogado e não ganhar a causa ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/08/2011 - 18:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se entrar na Justiça consegue outro carro sim, mas vai demorar um pouco. Procure um advogado e acione tanto a concessionária como a montadora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/08/2011 - 12:37
    Enviado por: Elisabete Fernandes

    Adquirir no mês de março de 2010, um carro Fox (zero) em uma autorizada Volkswagen, efetuando as duas revisões na mesma autorizada onde o carro foi adquirido. Em vistoria anual marcada e realizada pelo Detran/ RJ, fui surpreendentemente informada pelo funcionário do Detran de que os pneus dianteiros do meu carro estavam gastos, sendo assim, não aprovado a licença do veículo.
    O carro está somente com 12.000 km rodados e como informado feito as revisões na autorizada, conforme instruções. Levei o carro na autorizada e fui informada que o carro tem amassados na parte de baixo, o que levou ao desgastes dos pneus.
    Minha duvida é a seguinte:
    Alem de achar que o carro nao precisa de verificar se precisava de alinhamento, balanceamento … por nao estar puxando a direçao e por ter feito as revisoes, achava que estava tudo ok. Dai agora preciso trocar os pneus dianteiros e fazer alinhamento, balanceamento e talvez cambagem, ainda tenho que efetuar o serviço na autorizada pq senao peco a garantia do carro.
    Existe alguma legislaçao que me preteja desse tipo de monopolio? Pois os serviços disponsiveis pelas autorizadas sao muito mais caros do que se fizer me alguma loja apropriada para o serviço.
    Alem de estar muito estressada com isso devido achar que o carro estava tudo ok, ficando surpresa com esse diagnostico, ainda tenho que efetuar o serviço na autorizada.
    Aguardo orientaçoes.

    Att.
    Elisabete Fernandes.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/08/2011 - 18:35
    Enviado por: Ernani

    Olá, gostaria de saber se posso entrar com danos morais o que for mais para ter no minimo respeito pela concessionaria e pela montadora fiat, pois tenho problemas no meu carro que está na garantia e no procon, mas tive na ultima quinta 25 e eles me relataram que a concessionaria não vai mexer no meu carro e a fiat se prontificou em fazer uma avaliação no mesmo porem eu tive que ligar para fiat 4 vezes e não fui atendido aí estresei e falei com a secretaria que nao ia ligar mais, foi nisso que a fiat entrou em contato comigo me perguntando o que tinha acontecido, relatei que meu carro estava com barrulha na suspenção e que a concessionaria falou que era normal e no mesmo dia solta a correia da direção hidraulica é brincadeira tive um acidente e não tenho muita força na mao direita imagina se fosse em uma estrada?
    E estou aguardando resposta da fiat pois perante o procon ela se prontificou em fazer uma inspeção.Será que tenho cara de palhaço!
    Aguardo orientações.
    Desde já lhe agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/08/2011 - 18:03
    Enviado por: william roland

    Olá amigos por gentileza sera que eu tenho direito a endenização por danos morais e perdas.tenho um agille 1.4 esta na garantia foi rebocado 4 vezes para assitencia sendo que a ultima vez passou 9 dias, a GM alugou um carro e só pagou treis dias a localiza botou o meu nome no spc e serasa, sendo que foi confirmado com a gm que eles tinhão pagado e não pagaram e agora o meu nome esta sujo por um erro do fabricante e o carro da não fez nem dez mil quilometro, o que eu faço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 10:49
    Enviado por: Marinalvamartins

    No mes passado fui a uma concessionaria olhei um carro e gostei muito,O vendedor por muito esperto fez todo o orçamento até que gostei, E disse que o valor teria ficado bom No meio da conversa me deu um documento para que eu assinase ficando sabendo dias depois que se tratava do contrato e seria obrigada a comprar o carro se não teria de pagar um multa super abesurda então assim comprei o carro praticamente obrigada, Agora encontro numa situação dicifíl pois apertou demais meu orçamento gostaria de saber se posso devolver o carro pro banco..Obrigada..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2011 - 21:22
    Enviado por: Adriana

    Boa noite Marcelo,
    Bem, adquiri uma Eco no final de julho/2011, com 360km o veículo me deixou na estrada, a noite, por ter queimado o módulo. Tive que dormir em São Paulo, por conta do problema. No dia seguinte me entregaram o veículo pronto. Acabei perdendo o dia de trabalho.
    No dia 1º/09 o veículo, com 2.000km, apresentou novo problema: não dava partida. Foi rebocado e na concessionária disseram que não estava reconhecendo o combustível a Álcool e a bateria também apresentou problema. O veículo saiu funcionando da concessionária, porém nada foi trocado e perdi mais um dia de trabalho.
    Hoje 02/09 o veículo apresentou o mesmo problema e foi rebocado novamente. Provavelmente ficará 4 dias na concessionária e querem me dar apenas 3 dias de carro reserva e modelo básico.
    Pergunto: Não deveriam dispor de um carro com no mínimo ar e direção? Já que o meu é completo; caso não consigam resolver o problema em 3 dias o que poderei exigir para me locomover?? Preciso do carro para trabalhar; o que posso fazer quanto aos dias de trabalho perdido?? Até hoje já foram 3..
    Desde já agradeço pela orientação.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/09/2011 - 21:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você tem direito a sete dias, no mínimo de carro reserva. O modelo, no entanto, é o disponível que a concessionária ou montadora puder oferecer, não necessariamente o mesmo modelo e opcionais que o seu tem. Você pode entrar na Justiça posteriormente pedindo ressarcimento de gastos e indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/09/2011 - 11:52
    Enviado por: Barbara

    Olá!
    Gostaria de saber se eu perco a garantia fazendo a revisão após 3 meses de fazer 1 ano de uso sendo que o carro não chegou a 10.000 km. Na Citroen eles disseram que eu perdi a garantia por conta disso mas não vi em nenhum lugar, nem no manual, que a garantia seria extinta caso não fizesse a revisão exatamente dentro de 1 ano de uso! Achei isso um absurdo! Conto com sua ajuda! Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/09/2011 - 10:14
    Enviado por: Michele

    Bom dia, comprei um carro zero km, paguei por direção hidráulica e o mesmo veio sem, emplaquei e quando retirei da concessionária percebi que não havia a direção hidráulica, levei de volta na concessionária e a solução que eles me deram é instalar a direção hidráulica na concessionária, segundo eles é a mesma coisa que a de fabrica, só que agora não confio em uma virgula do que eles me falam, isso é real? fica a mesma coisa que a de fabrica?
    Eu preferiria que o carro fosse trocado, mas eles disseram que a General Motors não trabalha com troca, que a chance é zero.
    Grata pela atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/09/2011 - 09:26
    Enviado por: Persio

    Quero apresentar um problema que a NET está me causando, e por conta disto estou perdendo até mesmo contatos de emprego.
    Solicitei a transferência de endereço para onde mudei, e conforme solicitado logo o instalador veio atender o pedido onde fez toda colocação correta.

    Após isso foi me informado que demoraria de 5 a 7 dias úteis para que meu telefone, por ser assinante do NET-COMBO e ter o serviço de telefonia, iria ser liberado.

    O sinal tanto de internet e TV funcionam normalmente, mas o telefone está bloqueado, existe a linha mas está bloqueado para fazer e receber ligações.

    Sendo assim esperei 5 dias, não houve desbloqueio, liguei para reclamar me pediram para esperar mais 2 dias. Esperei e novamente não houve desbloqueio.

    Liguei para reclamar e por minha conta descobri que na verdade além de transferir eu teria que pedir o desbloqueio sendo que não fui informado sobre isso na primeira vez.

    Então com muita paciência pedi então o “famoso” desbloqueio , e novamente fui informado para aguardar 5 dias úteis causando um transtorno por estar precisando de telefone por conta de empregos e trabalhos.
    Esperei os 5 dias e novamente não tive sucesso. Liguei para reclamar e descobri uma falta de respeito, eu informei o tal PROTOCOLO, e descobri que não tinham registrado e nem que existia a minha ligação a 5 dias atrás.
    Pedi para falar com superiores que foi difícil porque não queriam passar, felizmente atendeu um superior me acalmando que iria resolver em 24 horas e ligariam para dar a posição do problema.
    Esperei, realmente ligaram e confirmaram que já iriam resolver de imediato mas tinha que aguardar mais 24 horas.

    Pois então aguardei, e novamente não tenho como fazer ligações e nem receber.
    Liguei para reclamar e discuti querendo uma pessoa que soubesse resolver por que já tinha perdido muita coisa.

    Então solicitaram um novo técnico que constatou que o desbloqueio já estava feito no sistema da NET, mas que o desbloqueio na EMBRATEL não tinha sido feito e que não aparece no sistema da NET, os operadores não conseguem ver por que está como desbloqueado.
    Então o próprio técnico ligou para o lugar correspondente ao problema e pediu para ser liberado.
    Novamente fui informado para esperar 48 horas.

    Com muita paciência esperei 5 dias e nada. Liguei novamente para reclamar por que logo vai chegar a tal fatura cobrando por um serviço que não estou usando.

    Novamente a atendente estava fazendo pedido para concertar e eu teria que esperar mais 5 dias , foi quando informei que dentro de 24 horas se não tivesse resolvido meu problema eu escreveria este caso.

    Estou esperando até agora, já vai para quase um mês e não desbloquearam e nem mesmo ligaram de volta, como ficou prometido na última vez que reclamei.

    Conclusão:
    Posso estar sem emprego por que acontece de ligarem no telefone descrito no currículo.
    Eu passo meu telefone para as pessoas que tenho a necessidade de contatos e não consigo retorno , não consigo falar com ninguém, tenho que gastar com outros telefones para fazer ligações sendo que pago um serviço que não consigo usar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/09/2011 - 18:26
    Enviado por: revisões !!!

    boa noite comprei um carro novo e so estou pensando na vevisão que terei que levar pois se não vou perder a garantia !!! mas tem um porem a primeira revisão vai custar nada mais que 220,00 só pra trocar o oleo !!!!!!!!!!!!me falaram que eu poderia fazer a troca do oleo e filtro em uma oficina particular e levar a nota de tudo e assim eles não poderiam cancelar a garantia, isso é verdade ???Aqui entre nós 220,00 para troca de oleo é um assalto a mão armada…isso seria apenas a primeira a segunda é 440.00 e a terceira 660,00 !!!! absurdo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/09/2011 - 21:49
    Enviado por: Maicon B.

    ola!
    Comprei um gol 2004 de uma revendedora no dia 17/8 e no dia seguinte eu fui devolver porque o carro foi batido e esta com a suspensão torta e com marcas de soldas mas eles me venderam como carro lacrado e ainda queriam cobrar 4,450 reais para devolver pois ja tinham recebido da financiadora o que devo fazer? tenho direito de devolver ou não?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/09/2011 - 00:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Deveria ter visto o caro com atenção antes de assinar o contrato. Procure um advogado e vá à Justiça para tentar desfazer o negócio.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/09/2011 - 19:39
    Enviado por: jose ramos

    Olá, comprei um fiat Siena 2001, e no dia seguinte o carro apresentou problema no motor; segundo o meu mecanico, foi colocado um óleo mais grosso, para cobrir o defeito. como devo proceder sendo que o carro foi comprado em uma concessionaria, e a mesma informa que so conserta de o motor travar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/09/2011 - 18:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Leve de novo na concessionária e exija o conserto. Se isso não acontecer, procure um advogado e vá à JUstiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/09/2011 - 19:30
    Enviado por: Carlos

    Oi tudo bom?Bom o seguinte comprei meu carro de um cara, tem airbags, me acidentei, o carro destruiu a frente, e nenhum dois dois acionaram, se eu não estive-se com o cinto de segurança bem provável que não estaria vivo!Então eu posso processar a montadora por isso? Se o carro já foi batido, arrumaram e esqueceram de acionar o que eu posso fazer? obrigado desde já

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/09/2011 - 17:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você tem de provar a acusação. O carro precisa passar por uma vistoria e análise para detectar suposto defeito nos airbags. Procure a ajuda de um advogado para pedir uma perícia e acionar a montadora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/09/2011 - 15:26
    Enviado por: julcimar

    boa tarde. comprei um vectra zero na concessionaria em abril de 2009, de la para ca ja foram trocados mais de 9 itens do veiculo desde painel de instrumentos,setor de direçao,barra de direçao,coluna de direçao,forro de porta, fechadura do capo trazeiro,sistema de embreagem,direçao,pivo da barra de direçao,e esta apresentando um barulho na suspençao dianteira de novo ,semana passada tive q comprar 2 pneus novo porque desgastou eles, pelo que me informarao o desgaste destes pneus foi por causa da geometria ou desgaste de alguma coisa da suspensao carro com 30.000 mil km e agora este fim de semana sabado teve um problema de curto na iginiçao e o carro nao ligava o painel e nao dava partida, foi p consecionaria de novo, fiquei de ape desde sabado a previsao de aprontar ele e terça feira, e sem contar que este motor do carro tem uma resonancia desde quando eu peguei ele , mais o engenheiro da mg disse que é norma!!!!!!
    GOSTARIA DE SABER SE EU POSSO PEDIR NA JUSTIÇA A TROCA DESTE CARRO, POIS DESDE QUE TIREI DA CONCESSIONARIO JA APRESENTOU DIVERSOS PROBLEMAS E FICO PENSANDO QUANDO TERMINAR A GARANTIA DE FABRICA VOU FICAR COM UM CARRO TODO REMENDADO E PENSANDO SERA QUE NAO VAI DAR OUTRO PROBLEMA OU VAI ME DEIXAR MAIS UMA VES NA MAO??

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/09/2011 - 16:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não pode. Qualquer reclamação teria de ser feita em até três meses após a compra. No máximo é possível reclamar na Justiça indenização por danos morais, com chances mínimas de sucesso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/09/2011 - 16:03
    Enviado por: Rodrigo Pereira

    Bom dia, tenho um fox imotion, e passou a garantia, o carro está com 1 ano e 9 meses, a 15 dias atras ele apresentou um defeito no cambio automatico, o carro nao anda, e com isso levei ate a oficina e eles nao deram previsão para arrumar, eu tenho algum direito por ser um Vício oculto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 10:35
    Enviado por: Laís

    Meu pai comprou uma Doblo zero km na Fiat, como pessoa jurídica, já que ele tem uma empresa e usa o veículo para vender mercadorias a pronta entrega.
    Desde que o comprou, o veículo apresentava defeito no câmbio, portanto, 2 meses antes de acabar a garantia ele levou na concessionária e eles prometeram arrumar em 3 dias. Entretanto, agora eles aumentaram a previsão para 8 dias.
    Meu pai pediu que dessem para ele um carro substituto para que pudesse trabalhar, e eles disseram que como ele é pessoa jurídica não podem emprestar um carro reserva, que ele teria que esperar o dele ficar pronto.
    Meu pai é autônomo e está sem trabalhar. Eles realmente não podem emprestar o carro, ou não querem? O que podemos fazer nessa situação?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2011 - 18:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é obrigação da concessionária conceder carro reserva. O máximo a fazer é pedir na Justiça ressarcimento de gastos e indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/09/2011 - 12:11
    Enviado por: Lidiane Godoy

    Bom dia,

    Estou compartlhando minha indgnação com todos vcs a respeito do atendimento e resposta por parte da Cical Chevrolet em Gyn, onde adquiri meu veículo um Ágile em abril deste ano.

    Já estive na concessionária 5 vezes desde então para fazer revisões e sanar alguns problemas que surgiram.

    Primeiro: O STEP NÃO TEM O MESMO ARO DOS DEMAIS PNEUS.

    Eles alegam que este foi feito para percorrer pequenas distancias, e que todos os carros agora estão sendo fabricados desta forma, agora me respondam uma pergunta: E SE SEU PNEU FURAR OU DESLOCAR, EM UM LOCAL QUE A PRÓXIMA BORRACHARIA FICA A 300KM? O QUE FARÁ?

    Não obtive resposta satisfatória do chefe de oficina da referida empresa.

    Segundo: O CARRO FAZ MUITO BARULHO, COMO SE FOSSE SE DESMONTAR, E A SOLUÇÃO QUE ME APRESENTARAM FOI A DE INSTALAR BORRACHAS NO PORTA MALAS E LATERAIS DAS PORTAS TRASEIRAS E DIANTEIRAS DO CARRO. detalhe: ESSA OPÇAO SEGUNDO O MECÂNICO ADVEM DA GM MOTORS.

    Ou seja vc adquiri um veiculo novo, 0km, pra não passar por certos canstragimentos principalmente ficanceiros e daí eles DECIDEM QUE O MELHOR A SE FAZER É LOTAR SEU CARRO DE BORRACHAS PARA ABAFAR O BARULHO PROVENIENTE DO CARRO.

    Terceiro: Abasteci meu Ágile com gasolina, em um posto confiável, andei por mais de 20km sem parar. De repente no outro dia ao tentar ligar o carro já no finalzinho da manha simplesmente ele não liga de jeito nenhum.

    O que me disseram é que isso acontece pq o carro tem dificuldades de assimilar o novo combustivel, OPS MAS O CARRO NÃO É TOTAL FLEX?

    Quarto: Ele é 1.4 e consome combustivel como um 3.0. Isso sem estar com o ar condicionado ligado, la vem a resposta: SE SEU CARRO ESTIVER FAZENDO 7KM POR LITRO NA GASOLINA FIQUE SATISFEITA, POIS, A MAIORIA FAZ 6KM POR LITRO.

    ESPERA AÍ, ENTÃO SERIA MELHOR EU TER COMPRADO UMA CAMINHONETE?

    Quinto: O câmbio está muito duro, e raspando na hora de passar as marchas, parecendo carro de muito tempo de uso.

    O MEU SÓ TEM 4 MESES.

    Sinceramente isso tem me causado sérios problemas financeiros e de saúde mental e física.

    Espero conseguir amigavelmente uma solução, pois certamente não irei me calar e muito menos aceitar o que me disserem.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 14:05
    Enviado por: lucio antonio ciquinato

    BOA TARDE
    COMPREI UM PEUGEOT 307 COR PRETA , ZERO KM DIA 30/05/11 E ME ENTREGARAM UM CARRO NA SEXTA FEIRA COM RISCOS E PNEU MEIA VIDA, FUI ATE A AGENCIA E RECLAMEI, FALARAM QUE HOUVE UM ENGANO E TROCARIAM O PNEU, FALEI QUE QUERIA OUTRO CARRO, MANDARAM ESCOLER ESCOLHI E PEGUI UM PARATA DIA 08/06/2011, AGORA FAZ UMS QUINZE DIAS FUI ALERADO QUE O CARRO ESTA COM RETOQUE NA TRASEIRA RETOQUE DE PINTURA NÃO SEI SE É RETOQUE D AMASSADO UM RISCO, FUI ATE A AGENCIA E ESTÃO VENDO O QUE VAI SER FEITO FALARÃO QUE O RETOQUE NÃO FOI FEITO NA AGENCIA ESTÃO CONSULTANDO A FABRICA.
    É UM BANDO DE PILANTRA O PESSOAL DA AGENCIA

    O QUE POSSO FAZER.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 23:15
    Enviado por: Bruno Gustavo de Oliveira

    Boa noite, em fevereiro de 2011 comprei um fox 1.6 trend zero km, até que antes da primeira revisão de 10 mil km a luz do freio de mão começou acender no painel, e quando fui fazer a primeira revisão programada falei do problema e que dessem um jeito na luz que insistia em acender no painel, busquei o carro de tarde e ele falou que o freio de mão foi verificado e regulado e que não apresentou nenhum problema e que se a luz voltasse a acender no painel que eu retornasse a concessionária para verificação novamente, e infelizmente a luz do freio de mão voltou e antes que eu pudesse voltar com ele na concessionária devido a tempo mesmo, pois como a princípio não notei nenhuma diferença no freio do carro, somente no freio de mão que achei mais duro que antes, pensei em ir na semana seguinte mas não deu tempo, o carro estava estacionado já fazia 1 hora na porta de casa foi quando eu ouvi um barulho na rua e o alarme tocando, pensei que tinham batido no meu carro mas pra minha surpresa o carro desceu sozinho, subiu o meio fio e bateu no muro logo a baixo, fiz um boletim de ocorrência, tirei foto dele, notei que o freio de mão estava lá em baixo e acionei a concessionária mas eles não quiseram nem saber e falaram que eu não tinha puxado o freio de mão direito e que não tinha engrenado o carro, brincadeira pois depois de 1 hora parado ele descer a rua sozinho e ainda falam que a culpa é minha, infelizmente tive que acionar meu seguro e pagar a franquia para ter meu carro de volta, mas estou pensando sério em entrar na justiça, sabe se tenho chance de ganhar, não estou querendo dinheiro, quero cobrar somente o valor da franquia e o bônus que perdi da seguradora na renovação do ano de 2012 por ter acionado o seguro, sem contar na dor de cabeça e que até hoje meu carro ainda não ficou pronto, tive que pedir a seguradora um carro reserva e ainda tiveram que me dar mais uns dias pois o carro ainda não foi liberado…..aguardo retorno…..obrigado….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 18:09
    Enviado por: ANA PAULA L. OLIVEIRA

    Olá!
    Comprei um carro zero para o meu filho há +- três meses.
    O carro foi rebocado por causa de defeito de fábrica.Ele solicitou um carro substituto já que,só o tempo para a peça chegar no RJ vai demorar cinco dias úteis,sem falar o tempo do conserto,que até agora não sabemos,o carro já está lá há +- cinco dias.Hoje o meu marido foi de Bangu atá Copacabana para pegar o carro reserva.Chegando lá queriam um cheque cauão no valor de mais de 2000 reais.
    Eles podem fazer isso?Sou obrigada a emitir o cheque calção??
    Se não for posso entrar na justiça??
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/09/2011 - 19:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só lendo o contrato da compra do automóvel para saber. A concessionária não tem obrigação de ceder carro reserva.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/09/2011 - 11:42
    Enviado por: Lidiane Godoy

    Bom dia;

    Por favor Marcelo Moreira; gostaria que se possível respondesse meu comentário.

    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/09/2011 - 09:41
    Enviado por: Zulmira Loureiro

    comprei um ar condicionado springer, no 2º dia apresentou defeito, posso trocar ou o que devo faze.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/09/2011 - 12:13
    Enviado por: Edson

    comprei um gol power 2009, sou o segundo dono, comprei ele com 12000Km e fiz a primeira revisão com 13000KM na concessionária.Quando o carro estava com 24500KM notei um barulho estranho no motor e achei que o oleo estava vencido e decidi trocar com um mecãnico de confiança, quando peguei o carro notei que o barulho continuava e decidi levar na concessionária , chegando lá o mecanico pediu para acelerar o carro e já foi falando que teria que trocar o motor…um carro com 24500Km rodados fiquei loco e comecei fazer uma série de perguntas e ele só me disse que teria que abrir o motor e tirar fotos para serem enviadas a VW…para o meu desagrado a atendente logo me disse que a Vw poderia não trocar o motor porque não fiz a segunda revisão e perdi a garantia…bom vou levar o carro semana que vem e se não quiserem trocar o motor o que faço? Eles são obrigados a trocar ou arrumar meu motor? As pessoas que procuraram o Procon tiveram seus direitos concedidos? Por favor aguardo resposta…
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/09/2011 - 17:50
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você perdeu ca garantia. Entendemos que não há o que fazer. Se quiser insistir, busque mais informações no Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/09/2011 - 20:16
    Enviado por: Ana Ligia

    Comprei meu carro no dia 30 de julho de 2011 o carro é um Gol 1.0, zero km., em menos de um mês o carro apresentou barulhos. O mecânico da Wolks considerou o problema normal. Mas isso é obvio para que a empresa não tenha gastos. Eu não posso levar em um mecânico particular pois caso faça isso eu perco a garantia. Gostaria de saber os procedimentos legais que devo fazer. Levando em consideração que ja mandei o carro 3 vezes para a concessionária e eles dizem que o problema é normal.
    Onde devo reclamar? Com qual orgão? Para que eu evite burocracia? Ou seja,quero mandar resolver no lugar certo de uma vez.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 12:47
    Enviado por: Michel Costa Dimingos

    Carta enviada a Volkswagen

    Sou proprietário de um veículo Fox 1.0 modelo Trend motor VHT Flex adquirido no dia 27/08/2011, com nota xxxxxx. Retiramos o veículo da concessionária Delta Veículos, Avenida Getúlio Vargas, 1295 – Tel.: 3431-9900 (filial) em Joinville no dia 30/08/2011 e já no dia seguinte percebemos um ruído diferente no carro. Notificamos a concessionária no dia 02 de setembro sobre este ruído e a mesma solicitou que retornássemos no sábado dia 03 de setembro para uma avaliação do mecânico. O Gerente da loja nos atendeu e andou conosco no carro, mas não notou nada de irregular. Porém o Mecânico responsável pelos carros seminovos desta concessionária identificou o ruído como uma possível folga no motor, no momento da arrancada e troca de marchas. Fomos orientados pelo Gerente a buscar a oficina na concessionária Vox, Rua XV de novembro 3706 – Glória – Joinville – SC Tel.: (47) 3032-4100 para uma avaliação, no mesmo dia nos dirigimos até esta outra concessionária onde fomos atendidos pelo Técnica responsável pela garantia dos veículos e pelo Piloto de destes.
    O Piloto de testes andou pouco mais que uma quadra conosco e identificou o ruído como característico do modelo, pois segundo o piloto de testes o motor 1.0 do novo Fox e Gol anos 2010 e 2011 possuem um módulo eletrônico que identifica o nível de octanagem do combustível, e está adequado para que a gasolina esteja com no máximo 20% de etanol, o que não acontece no Brasil onde a legislação vigente indica uma adição de 25% de etanol na gasolina.
    Fomos informados também que este ruído acontece sempre que é diminuído o giro do motor ficando em torno de 1500 rpm, porém em nosso veículo este ruído está acontecendo em até 2.600 rpm, e em casos de exigência de força do motor. Um exemplo é a subida ingrime exige mais torque e o motor emite um ruído semelhante ao de batidas de válvulas sem que tenhamos diminuído o giro do motor ou trocado de marchas.
    Outra informação que recebemos do piloto de testes da concessionária foi que se o carro estiver abastecido apenas com etanol não emitirá ruído algum.
    Solicitamos então para as duas concessionárias da cidade um teste drive no modelo que adquirimos para verificar se realmente seria um problema característico do modelo, já que os dois técnicos divergiram completamente sobre o problema que relatamos, e infelizmente não fomos atendidos com o teste drive, pois as lojas não possuem este modelo para testes, o que aumentou ainda mais nossa desconfiança as respostas que ouvimos.
    No dia 06/09/2011 minha esposa esteve na Vox de Joinville SC , para pegar uma declaração do problema (ruído metálico) que vem ocorrendo no Fox 2012, então minha esposa foi atendida pelo Consultor técnico que deu a terceira causa do problema .
    “Todos os Fox ,Gol , Voiagem 1.0, 1.6 possuem um erro de projeto que causam esse ruído metálico. Se trata de uma proteção metálica entre o fundo do carro e o cano do escapamento que quando o motor necessita de força e causa vibração o cano do escape entra em contado com a proteção causando o ruído semelhante a de partida de TRATOR
    E realmente pessoal estou arrependido de ter comprado o Fox , pelo fato de ter que escutar esse ruído toda vez que ligar e sair com o carro.
    Segundo o Consulto técnico da concessionária Vox toda rede Volkswagen esta ciente do ruído, porem no momento da compra o Vendedor e nem o Gerente da loja não nos informarem desse ruído que vem ocorrendo desde 2009, sendo que já tinha comprado 2 carro semi novos na concessionárias Delta de Joinville e toda manutenção do Gol 2005 foi também realizado com eles.
    Segundo o Consultor Técnico que atendeu minha esposa alguns compradores do Fox , Gol, Voyagem estão colocam um proteção por contra própria para minimizar o ruído. Sendo que a Volkswagen não toma nenhuma posição ainda .

    Estamos procurando informações no manual, mas este caderno não informa nem a rotação mais indicada para uma direção econômica ou com mais segurança.
    Tentei contato com a Volkswagen através do número de atendimento 0800 0195775, mas minha ligação foi efetuada fora do horário de atendimento, deixei meus dados gravados para me retornarem.
    Esta semana estou me dirigindo ao posto de combustível em que realizei o primeiro abastecimento do carro com gasolina comum Petrobrás no posto Auto Posto Anita- Endereço: Rua Anita Garibaldi, 2001 – Anita Garibaldi, Joinville – SC, 89203-301 (47) 3455-0256 para solicitar um teste do combustível, a fim de eliminar qualquer dúvida sobre a possível causa do problema.
    Na busca por informações na internet, encontramos vários sites de fontes confiáveis (http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/economia/uma-falha-que-assusta-a-volkswagen/; http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,novo-fox-chega-com-motor-sob-suspeita,456804,0.htm) que relatam problemas nos motores VHT 1.0 semelhantes ao que estamos enfrentando.
    Estamos descontes com o carro, já que detectamos a falha com 40 km rodados, mas infelizmente não fomos autorizados pela concessionária a desistir desta compra, pois queria avaliar nosso carro como seminovo. Desrespeito total ao cliente.
    Hoje meu veículo está com 300 km rodados e cada mecânico das redes autorizadas me posiciona de forma diferente.
    Quero que a Volkswagen se posicione e resolva o meu problema e de outros que estão adquirindo este mesmo modelo de carro. Não temos mais interesse em permanecer com o carro, queremos nosso dinheiro devolvido e o carro usado (Gol city 2005) que demos no ato da compra.
    Ao enviar esta carta à Volkswagen através do site não foi possível enviar como reclamação, pois o site não permite o preenchimento de todos os campos, no caso o preenchimento do número do chassi do veículo, obrigando o cliente a enviar como solicitação.

    Abaixo está a conversa entre meu esposo e o atendimento online da Volkswagen, que não conseguiu nos responder as dúvidas que o manual também não explicava.

    Suporte via Chat

    Status: Conversa encerrada
    Iniciando Chat..
    Enviado:
    GOSTARIA DE SABER EM QUAL PAGINA DO MANUAL DO FOX 1.0 2011/2012 QUE FALA DA MUDANÇA DE MARCHA CONFORME A ROTAÇÃO DO MOTOR Bem-vindo(a) MICHEL COSTA DOMINGOS! Esperamos poder ajudá-lo(a).
    Observe que a conversa será encerrada se ficar ociosa por 4 minutos.Você é o primeiro da fila.A solicitação de conversa está sendo enviada a um agente. Aguarde um momento.A solicitação de conversa foi aceita pelo agente. Inicie a conversa.Recebido:
    Eduardo Serafim: Boa noite! Em que posso ajudar?
    Recebido:
    Para que o registro do atendimento possa ser realizado, por gentileza, informe o seu CPF?Enviado:
    GOSTARIA DE SABER EM QUAL PAGINA DO MANUAL DO FOX 1.0 2011/2012 QUE FALA DA MUDANÇA DE MARCHA CONFORME A ROTAÇÃO DO MOTOR
    Enviado:
    03190667977Recebido:
    O Sr. pode aguardar um momento enquanto verifico a informação?Enviado:
    OKRecebido:
    Obrigado por ter aguardado.Recebido:
    O Sr. poderá verificar na página 136, algumas informações referente a mudança de marcha.Enviado:
    136 FALA DO AJUSTE DO BANCO TRASEIROEnviado:
    MUDANÇA DE MARCHA CONFORME A ROTAÇÃO DO MOTOR
    Enviado:
    E O QUE EU QUERO SABER Recebido:
    Neste caso, peço por gentileza que verifique no manual, no índice por Mudanças de Marcha.Enviado:
    QUAL ITEM Enviado:
    POIS JA PROCUREI E NÃO ENCONTREI Recebido:
    Neste caso, peço por gentileza que verifique no manual, no índice por Mudanças de Marcha.
    Enviado:
    JA PROCUREI E NÃO ENCONTREI NO MANUAL Enviado:
    ????Recebido:
    Página 166Enviado:
    NA PAGINA 166 NÃO FALA DA ROTAÇÃO DO MOTOR QUE DEVO TROCAR A MARCHA Recebido:
    Sr. Michel, referente a Mudança de Marcha, o manual possui apenas esta informação.Enviado:
    ENTÃO COMO FOU SABER COMO QUE DEVO TROCAR A MARCHA DO MEU CARRO?Enviado:
    SE NEM NO MANUAL FALA!!Enviado:
    COM QUE QUE DEVO FALAR ENTÃO ?Recebido:
    Peço por gentileza que verifique maiores informações em uma concessionária da rede VW, junto ao Gerente de Serviços.Recebido:
    Algo mais em que posso ajudar?Enviado:
    COMO ASSIM ?Enviado:
    QUE É O FABRICANTE DO CARRO ? A sessão de conversa foi fechada. Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 12:50
    Enviado por: Michel Costa Dimingos

    Carta 2 enviada a Volkswagen

    No dia 06/09/2011 minha esposa Galvan esteve na concessionária Vox de Joinville SC, para obter maiores informações sobre os ruídos que estão ocorrendo no Fox trend 1.0 adquirido no dia 27/08/2011. O veículo está apresentando dois ruídos diferentes. O chefe da oficina, responsável pela área técnica Sr. Anderson abriu uma ordem de serviço (O.S.) número ….. para registrar nossa presença nesta data na oficina Volkswagen.
    Segundo o chefe da oficina, todos os veículos Fox, Gol G5, Voyage motor 1.0, e alguns modelos motor 1.6, a partir do ano de 2010 tiveram seu projeto modificado com a inclusão de uma chapa metálica entre o fundo do veículo e o cano de escape. Esta mudança gera um ruído semelhante ao ruído de um “trator” no momento em que é necessitado força do veículo, pois a vibração do motor faz com que o cano de escape entre em contato com a chapa metálica gerando o primeiro ruído que escutamos. Segundo o técnico que atendeu minha esposa alguns compradores dos modelos Fox, Gol, Voyage estão adicionando uma proteção por contra própria para minimizar o ruído, porém ele nos garantiu que o problema não é resolvido, pois o local é bastante agressivo e esta proteção aos poucos se desprende voltando o ruído original. O que nos impressiona é saber que a Volkswagen tem conhecimento deste problema a até a presente data não tomou nenhuma providencia, sendo que este ruído desvaloriza o veículo.
    Nós estamos arrependidos de ter adquirido este modelo Volkswagen, pois toda vez que arrancamos com o carro, ou exigimos torque temos que suportar o ruído citado acima. Sentimo-nos enganados pela concessionária Volkswagen que nos vendeu o carro, pois agora que relatamos o problema foi nos explicado que se trata de um ruído característico do veículo (não está citado este ruído nas características no veículo), o manual não trás nenhuma informação sobre este ruído, pois é fato que desvaloriza o produto e ninguém compra um carro 0 km para escutar ruídos “característicos”. Mesmo assim a Volkswagen está deixando o problema nas mãos cliente para quando este precisar se desfazer do carro. Fomos orientados a abastecer o veículo com etanol para não escutarmos mais o barulho. Aguardamos até o final do consumo da gasolina que estava no tanque para abastecer com etanol e realmente nenhum ruído “característico” apareceu. Então mais uma vez ficamos em dúvida com relação a origem do primeiro ruído, pois se tratando do barulho gerado pelo encontro da chapa metálica com o cano de escape a alteração do combustível não iria influenciar. Sabemos das diferenças de explosão dos dois combustíveis, mas a tal ponto de total silêncio?
    O segundo ruído que escutamos com o carro abastecido na gasolina ocorre quando o veículo está aumento o giro do motor, é um ruído diferente mais agudo e metálico, segundo a concessionária a causa deste ruído é o combustível de má qualidade que abasteci meu carro. Após ter recebido esta informação voltei ao posto de bandeira Petrobrás onde realizei o primeiro abastecimento, expliquei ao gerente do posto os motivos que me fizeram voltar até lá e solicitei um teste do combustível. O gerente do posto nos entregou os relatórios de conformidade do combustível desde 28/08/2011 até a data do abastecimento 30/08, além do laudo de conformidade expedido pela distribuidora de combustível recebemos o teste realizado com amostras do combustível retirado do tanque do posto bandeira Petrobrás. Ou seja, não se trata de um problema de combustível e sim um problema do veículo, segunda a concessionária que testou o carro o segundo ruído não se trata de “ruído característico”.
    Segundo o técnico da concessionária Vox toda rede Volkswagen esta ciente deste ruído, porém no momento da venda esta informação não é repassada ao cliente. O vendedor e o gerente da loja Delta Veículo (filial Joinville) não nos informaram desse ruído que vem ocorrendo nos modelos a partir de 2010. Sou cliente antigo desta concessionária, este é o terceiro carro adquirido na mesma loja e o segundo da marca Volkswagen.
    Como já citado acima estamos insatisfeitos com o veículo, e nosso objetivo junto a Volkswagen é resolver este problema que não é só meu e sim de todos os clientes que adquiriram os veículos modelos Fox, Gol e Voyage. Portanto, nosso desejo é que sejamos ouvidos pela montadora e tenhamos estes problemas resolvidos, ou nosso dinheiro devolvido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 12:51
    Enviado por: Michel Costa Dimingos

    Resposta da Volkswagen

    BOA TARDE MICHEL.

    VENHO ATRAVÉS DESTA INFORMAR A RESPEITO DA SOLICITAÇÃO DO SR., A CONTATO FEITO ATRAVÉS DA CONCESSIONÁRIA COM A VOLKSWAGEN,SOLICITANDO UMA POSIÇÃO A RESPEITO DO RUÍDO NO MOTOR NO SEU VEÍCULO.
    O POSICIONAMENTO DA VOLKSWAGEN COM RELAÇÃO AO INCONVENIENTE QUE O SEU VEÍCULO APRESENTA, PROCEDE DA SEGUINTE FORMA:
    - UM TÉCNICO A VOLKSWAGEN SOMENTE FAZ VISITAS AO CONCESSIONÁRIO EM CASOS DE DIFICULDADE DE DIAGNÓSTICO, QUE NAO É O SEU CASO, POIS NA PASSAGEM ANTERIOR JÁ FOI EXPLICADO A SUA ESPOSA PESSOALMENTE E AO SR.MICHEL POR TELEFONE QUE É UMA CARACTERÍSTICA DO VEÍCULO DEPENDENDO DO COMBUSTÍVEL ULTILIZADO.

    PARA MAIS INFORMAÇÕES FICO A DISPOSIÇÃO.

    ANDERSON L. BAZZANELLA
    CHEFE OFICINA
    VOX – JLLE
    (47) 3032-4177

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 15:14
    Enviado por: Rodrigo Santos Aguiar

    A +- 4 meses comprei um Astra Zero, uma semana depois comessei a perceber pontos de ferrugens no carro, fiquei idgnado pois comprei um carro zero pra nao me incomodar com nada inclusive ferrugem, fui na concessionaria e disse que queria outro carro, que na ia ficar com um carro novo ja enferrujando, mais nao quiseram troca, pq podia reparar, eu pra na me encomodar deixei eles repararem, passou mais uns 2 meses eu axei mais pontos de ferrugens,ai fiquei puto, liguei para a GM fiz a reclamação mais nao adiantou nao trocaram, me deram mais um ano de garantia e repararam, tudo bem, pegeui o carro essa semana e ja vi mais pontos, ai nao da neh, eles tem que me da outro carro nao eh possivel! O que eu faço no situação dessas? entro na justiça? o mesmo dfeito 3 vezes. Não vou mais deixarem reparar!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/09/2011 - 16:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Que tal ler a reportagem e as repsostas a outros leitores?

      responder este comentário denunciar abuso
    • 22/09/2011 - 21:46
      Enviado por: Marcos

      Rodrigo, sou mero estudante de direito e, apesar de querer ajudá-lo rapidamente aqui, peço que procure ajuda especializada. Quis mesmo respondê-lo pois fiquei indignado com a arrogância do Marcelo, a pessoa que respondeu sua pergunta primeiramente.

      Vamos lá: O Código de Defesa do Consumidor prevê em seu artigo 18 a “Responsabilidade do Fornecedor por Vícios do Produto”. O parágrafo 1° desse artigo diz que “Não sendo o vício (vulgo defeito) sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha: I – A substituição do produto.

      Dentre outras opções, essa é a que você procura. O ideal é que guarde todas as Ordens de Serviço que são geradas sempre que você leva o carro para revisão/conserto na concessionária, para que em eventual embate judicial você tenha meios de prova suficientes para ter seu direito reconhecido. Mesmo se não tivesse passado o prazo de 30 dias que já citei, se você comprovasse que o mero conserto do veículo iria gerar a diminuição do valor do mesmo, comprometeria a qualidade etc., você poeria exigir a troca de seu Astra.

      Eu não sei qual o valor do seu carro, mas se não for superior a 40 salários mínimos você pode fazer uso do Juizado Especial Cível, que utiliza o que se chama de “Procedimento Sumário”. Você irá ter sua causa julgada com muito mais rapidez do que conseguiria em uma Vara.

      Espero ter ajudado.
      Um abraço,
      Marcos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/09/2011 - 23:55
    Enviado por: lucas

    Eu comprei um celta zero quilometro no final de 2010 e desde então sempre vem mostrando alguns defeitos, ultimamente eu venho perdendo a paciência porque eu sempre estou levando o meu carro pra consertar uns defeitos(barulho no painel, embreagem ringindo,e portas com barulho também) mas eu levo eles mexem e mexem e sai com o mesmo problema não sei mais oque fazer o carro é novo e esta pior que um carro semi-novo e eles nunca conseguem resolver isso preciso de ajuda não sei mais oque fazer! obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/09/2011 - 21:51
      Enviado por: Marcos

      Boa noite, Lucas.

      Já que comprou o carro no final do ano de 2010 e estamos em Setembro de 2011, você ainda deve estar dentro do prazo da garantia, correto?

      Você só terá perdido a garantia se não tiver feito devidamente as revisões no veículo. O importante é que você tenha meios de provar por quanto tempo tem ido a Concessionária para resolver os problemas do carro, pois o Código de Defesa do Consumidor estabelece que você poderá até mesmo trocá-lo se seu problema não for sanado no prazo de 30 dias.

      Espero ter ajudado.
      Um abraço,
      Marcos

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/09/2011 - 11:32
    Enviado por: Lidiane Godoy

    Bom dia,

    Estou compartlhando minha indgnação com todos vcs a respeito do atendimento e resposta por parte da Cical Chevrolet em Gyn, onde adquiri meu veículo um Ágile em abril deste ano.

    Já estive na concessionária 5 vezes desde então para fazer revisões e sanar alguns problemas que surgiram.

    Primeiro: O STEP NÃO TEM O MESMO ARO DOS DEMAIS PNEUS.

    Eles alegam que este foi feito para percorrer pequenas distancias, e que todos os carros agora estão sendo fabricados desta forma, agora me respondam uma pergunta: E SE SEU PNEU FURAR OU DESLOCAR, EM UM LOCAL QUE A PRÓXIMA BORRACHARIA FICA A 300KM? O QUE FARÁ?

    Não obtive resposta satisfatória do chefe de oficina da referida empresa.

    Segundo: O CARRO FAZ MUITO BARULHO, COMO SE FOSSE SE DESMONTAR, E A SOLUÇÃO QUE ME APRESENTARAM FOI A DE INSTALAR BORRACHAS NO PORTA MALAS E LATERAIS DAS PORTAS TRASEIRAS E DIANTEIRAS DO CARRO. detalhe: ESSA OPÇAO SEGUNDO O MECÂNICO ADVEM DA GM MOTORS.

    Ou seja vc adquiri um veiculo novo, 0km, pra não passar por certos canstragimentos principalmente ficanceiros e daí eles DECIDEM QUE O MELHOR A SE FAZER É LOTAR SEU CARRO DE BORRACHAS PARA ABAFAR O BARULHO PROVENIENTE DO CARRO.

    Terceiro: Abasteci meu Ágile com gasolina, em um posto confiável, andei por mais de 20km sem parar. De repente no outro dia ao tentar ligar o carro já no finalzinho da manha simplesmente ele não liga de jeito nenhum.

    O que me disseram é que isso acontece pq o carro tem dificuldades de assimilar o novo combustivel, OPS MAS O CARRO NÃO É TOTAL FLEX?

    Quarto: Ele é 1.4 e consome combustivel como um 3.0. Isso sem estar com o ar condicionado ligado, la vem a resposta: SE SEU CARRO ESTIVER FAZENDO 7KM POR LITRO NA GASOLINA FIQUE SATISFEITA, POIS, A MAIORIA FAZ 6KM POR LITRO. Só que o meu está fazendo 4.7km/l

    ESPERA AÍ, ENTÃO SERIA MELHOR EU TER COMPRADO UMA CAMINHONETE?

    Quinto: O câmbio está muito duro, e raspando na hora de passar as marchas, parecendo carro de muito tempo de uso.

    O MEU SÓ TEM 4 MESES.

    Sinceramente isso tem me causado sérios problemas financeiros e de saúde mental e física.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2011 - 12:28
    Enviado por: Lavinia Tavares

    Comprei um astra 0km em abril e antes de fazer 5000km o carro apresentava uma séria de defeitos. Depois de algumas indas e vindas à concessionária algumas problemas foram resolvidos, exceto o barulho infernal no painel. O carro já foi 6 vezes na concessionária (2 diferentes) e o problema não se resolve. Não tenho mais paciência para reclamar e não acho que vão conseguir resolver o problema. O que fazer? Posso exigir a troca do carro? Como faço para acionar a justiça? Aciono a GM? Pode ser pequenas causas? Por favor me oriente como agir pois já perdi até a vontade de andar no carro.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/09/2011 - 19:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca, a não ser que haja risco de morte ou de pane total. Procure um advogado e vá á Justiça em busca de indenização por danos morais e ressarcimento de gastos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/09/2011 - 11:38
    Enviado por: Caroline Santos

    Bom Dia,
    Eu e mu marido compramos um carro usado ano 2004, compramos em 25/05/2011 e no dia 17/09/2011 o motor simplismente foi pro saco! Sem nenhum sinal de problema. A garantia que a concessionária dava era de apenas 3 meses. E agora para arrumar o carro a mecanica autorizada da concessionária quer cobrar R$ 4.500
    ,00. é um absurdo.! Será que temos algum direito, a concessionaria deve ser responsabilizar pelo ocorrido?
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 19:28
    Enviado por: Evandro de Almeida Tartari

    Boa noite.
    Efetuei uma compra numa concessionaria. Paguei o veiculo inteiro a vista, e todos os opcionais e serviços. Negociei uma entrega em duas semanas e o mesmo apresentou problema no alarme. Disseram que havia sido solucionado o problema, mas o mesmo apresentou na minha nova tentativa de retirada do veiculo. Estou solicitando a concessionaria, que não conseguiu me entregar o veiculo em ordem, a troca do veiculo, pois não estará vindo a chave canivete que é um dos opcionais do veiculo pago. Poderia estar solicitando a devolução do meu dinheiro? Já estou num nivel de stress que está além de uma pequena dor de cabeça. Se não for possivel a devolução do dinheiro, sou obrigado a retirar esse veiculo que apresenta problema (uma vez que o tecnico deles havia “solicionado” o problema, passando pelo leitor de computador deles).
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/09/2011 - 20:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é caso de troca ou de devolução do dinheiro, pois o problema é de fácil solução. No máximo é caso para pedir indenização por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/09/2011 - 21:20
    Enviado por: Abram junior

    Efetuei a compra de um fiat bravo em abril desse ano. Em junho foi detectado um problema no ar-condicionado do veiculo, q possui um funcionamento intermitente. O carro ja foi 2 vezes a fiat(14/07 e 22/08) e o problema n foi resolvido, ele esta pela 3 vez la(26/09). A fiat me negou um veiculo reserva afirmando q o defeito n impossibilita o veiculo de andar, apesar de estar retido na consecionaria. Qual o meu direito nesse caso, posso exigir a troca do veiculo ou alguma indenizacao? Preciso de uma orientacao p meu caso, obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2011 - 14:52
    Enviado por: Marcelo França

    comprei um veículo 0Km em 03/2011, em abril apresentou um barulho intenso na parte frontal, levei à concessionária e constataram a necessidade de reparo devido ao defeito apresentado, mas como não tinham a peça no estoque solicitariam na China, uma vez que o veículo é importado daquele país. Em junho retornei à concessionária tendo em vista o aumento do barulho, informaram que a peça não havia chegado. Pois bem, entrei com ação contra a concessionária e importadora, requerendo a rescisão contratual e devolução do valor pago, além dos demais prejuízos causados. Agora em setembro a concessionária me ligou para agendar o reparo, tendo em vista que a caixa de direção e a bóia do combustível chegaram (5 meses após a constatação do defeito). Quero saber se mesmo após ser efetuado o reparo eu tenho direito de exigir a rescisão e devolução da quantia paga? Não confio mais na marca e não quero um carro todo remendado, só aceitarei fazer o reparo por se tratar de item de segurança, não houve respeito ao prazo de 30 dias do CPC, e mesmo se aceitar o reparo agora acredito que judicialmente posso exigir a rescisão contratual, estou correto?
    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/09/2011 - 15:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se o reparo foi feito então não há nada a ser ressarcido, em nosso entendimento. É possível entrar com ação por danos morais, embora seja difícil uma sentença favorável neste caso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/09/2011 - 16:01
    Enviado por: Thais

    Comprei um carro zero em setembro do ano passado.
    Desde lá só tive dor de cabeça o carro veio vazando óleo.
    A quilometragem dele esta super baixa. Esta pela terceira vez na concessionária da GM, a minha dúvida é a seguinte:
    A garantia venceu no dia 21/09/2011, em cima deste ultimo reparo eles me concederam mais 3 meses de garantia, caso o veiculo apresente o mesmo problema eu posso pedir a troca?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2011 - 16:06
    Enviado por: reynalodo sidney brandao pereira

    Nao sei se e oportuno mais tambem aconteceu comigo comprei um carro corsa sedam,com 02 meses de uso tiveram que abrir o motor por falta de lubrificação do comando de vávula e ate o momento ja teve 02 guinhos, 05 Ordem de serviço e o carro esta com auto consumo de combustivel e nós ficamos perdido. O carne do emprestimo esta ai. O que mais me deixa preocupado é que não confio no carro. Aqui onde eu noro nós temos uma distancia de mais ou menos 300KM sem um socorro e boa parte do trajeto nao pega sinal de celular. Estou na nona parcela e agora o filto do oleo rompeu o anel vedador. é um problema atras do outro.Já mandei reclamação no SAC da GM, nos atendem muito bem e so. Eu estou frustado com a GM. Como devo proceder.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2011 - 21:00
    Enviado por: Jose Raimundo Silva de Souza

    Boa noite.Bateram em meu carro que é um taxi,ficou 41 dias na concessionaria.A asseguradora do rapaz que bateu em meu carro só quer me pagar as diarias a partir do dia que o carro adentrou na oficina,que foi 14 dias depois.Ora,eles não autorizaram o serviço no dia do sinistro fizeram vistoria e tudo,só depois de 14 dias.E quer pagar apenas os dias uteis e 50%do valor que é declarado pelo sindicato da categoria.Eu tenho direito a todos os dias que o carro ficou impossibilitado de trafegar?.Pois trata-se do vidro traseiro quebrado e meu carro roda em hotel de luxo.E eu tava com o carro estacionado.Eu tenho direito a todos os dias em que o taxi teve parado,desde do dia do sinistro?por favor me responda.obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/09/2011 - 17:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos como repsonder, essa não é uma questão de defesa do conusmidor. Procure um advogado especializado neste tipo de ação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/10/2011 - 08:57
    Enviado por: Renata

    Bom dia, Comprei um fiesta 2011 e o mesmo apresenta falha na primeira marcha ele simplesmente da umas falhas e nao sai do lugar mesmo com o pé no fundo do acelerador, porém fica a minha dúvida comprei esse carro em uma revenda nao na própria consecionaria mas ele se encontra na garantia ja que o carro so possue 6 meses, tenho direito de reclamar e fazer eles resolverem o problema?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2011 - 11:53
    Enviado por: reynalodo sidney brandao pereira

    Conforme E mail do dia 29/09/ 2011 Ocorreu outro fato junto a concessonaira Ase Motos ( Corumbá-MS)., le vei o carro para sanar um problemo ocorrido no motor vazamento de oleo no liltro de oleo. Coso comunidado junto a GM no SAC. hove guinho e tudo mais ., mais na hora de assinar a OS eu questionei pois no corpo não estava o que de fato levou a ida ate a concessonaria e isso gerou uma falta de respeito tão grande porte do no sr. DADO juntamento com o seu filho Karen., colocando varias expressões no meio de todos no patio da empresa nem se que convidou para uma sala em particuar. O fato mais importante é que o mesmo disse que a minha garantia do veiculo eu a perdi e que nao era mais bem vista dentro da concessonaria. Gostaria de saber se meu carro abriu o motor com 1.500Km rodado e se a troca agora ocorreu com 10.800KM., perdi a garantia ou ela venceria quando completace 11.500km.,uma vez que foi feita a troca de oleo e filtro nos 1.500Km defeito de fabrica.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2011 - 16:04
    Enviado por: Antonio Paulo de Campos

    ola.
    Deixei meu carro na oficina para um pequeno reparo na pintura, no momento o proprietario da oficina nao estava e ai deixei a chave do carro com o funcionario dele pra que se fosse preciso manobrasse o carro. o mesmo pegou meu carro sem minha autorizacao vindo a colidir com outro carro, e o pior é que ele nao é habilitado e ainda figiu do local, a policia foi acionada e ai vieram ate minha casa pra me cominicar deste fato me encontrando dormindo, ou seja nao tinha nada a ver com a historia toda, dai fomos pra delegacia o policial fez o bo e lavrou a multa, e depois de 2 meses chaga esta multa pra mim pagar no valor de R$ 574,00 + 7 pontos na minha carteira, fui atraz do dono da oficina e do rapaz que fez isso e me disseram que nao vao pagar esta multa, o que devo fazer pra conseguir receber este valor que nao foi ocasinado por mim.
    desde ja conto com sua opiniao quanto a este caso
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2011 - 08:39
    Enviado por: Alysson

    Bom dia, acredito que meu caso seja diferente de todos relatados ate aqui. Tenho um gol 2009 1.0 e a consessionária ja trocou o motor dele 2 vezes, não só o meu como muitos outros por ai alegando um problema na lubrificação do oléo. O fato é que eu ainda estou com o carro e ja tentei por diversas vezes o vender mas sofri discriminação pelo fato do motor ter essa reputação ruim, oq desvalorizou muito o veiculo. Já se passou um ano da ultima troca do motor e agora ele voltou a fazer o mesmo barulho, vou levar na concessionária mais uma vez e provavelmente vao querer colocar outro motor, ou seja será o quarto motor que meu carro irá receber. Acredito que ja fui muito paciente nesse caso, como a justiça pode me amparar nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/10/2011 - 17:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado e entre com ação de indenização por danos morais contra a concessionária e a montadora.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/10/2011 - 15:48
    Enviado por: laerte

    boa tarde, comprei um gol no final do ano passado , nao posso colocar gasolina que ele começa a fazer barulho no motor, ja levei la ñão resolveram, liguei na propria montadora e tambem nao resolveram, e alem de poder andar so com alcool agora quando vou ligar o carro de manha ele faz um estralo no motor mesmo com alcool… nao sei mais o que fazer , porque eles ficam enrolando e só ficam falando que tenho que fazer revisao la para nao perder a garantia,, mas é absurdo cobrar R$ 450,00 na segunda revisao , sendo que nunca arrumam nada….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2011 - 00:40
    Enviado por: mudeimudabrasil

    A Lei preve caideia para responsável de Empresa que coloca em Risco a Vida do Consumidor. Porque isso não acontece no Brasil?, visto que aumentaram Os Recall Branco.alem disso os acidentes automobilistico no Brasil não é investigado pelas autoridades como são os acidentes aereo. Falta os promotores trabalhar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2011 - 10:23
    Enviado por: Marina

    Comprei um Cherry QQ zero à vista em 17/09/2011. Realizei o pagamento dia 22/09/2011 e fiquei aguardando a chegada do mesmo (de 15 à 20 dias). No dia 03/10/2011 me ligaram dizendo que eu poderia ir buscar o carro. Ao sair da concessionária, andei três quarteirões e percebi que quando eu tirava o pé do acelerador, el continuava acelerando. Mandei chamarem o vendedor e ele levou de volta, dizendo que arrumariam até o dia seguinte. No dia seguinte voltei na concessionária e me informaram que o mecânico só viria no outro dia.
    Assim, no outro dia 05/10/2011 fui buscar o veículo e, no meio do percurso até minha casa ele deu novamente o problema.
    O que fazer? Qual das datas é considerada a data da compra?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/10/2011 - 17:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Neste caso não faz diferença a data da compra, o produto novo foi entregue com defeito, que não foi sanado por duas vezes. Ou a loja e o fabricante resolvem de uma vez, ou então trocam o produto. Você pode também cancelar o negócio. Leia a reportagem onde colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/10/2011 - 14:27
    Enviado por: Felipe Machado

    Efetuei o pagamento de um Ford Focus automatico no dia 16 de setembro. Marcaram para a entrega no dia 22. Ao chegar na concessionária CONTAUTO em Vitória o veiculo encontrava-se arranhado e com “defeito” de pintura como se tivesse um grão de areia secado na pintura. Requeri a troca do veículo, anotei o chassis do carro e depois de muita confusão resolveram trocar o veiculo. O mesmo já encontrava-se emplacado no meu nome. Fizeram uma nota de devolução, assinei e reconheci firma do DUT e emitiram a nota fiscal de um novo veiculo do mesmo modelo e opcionais. No dia 07 de outubro me encaminhei novamente a concessionaria para entrega do DUT assinado do primeiro veiculo defeituoso e para dar uma olhada no veiculo novo que estava sendo preparado para entrega e para minha surpresa o carro encontrava-se com amassado na porta e marcas de funilaria. Chamada, a gerente da concessionaria disse que iria sollicitar um OUTRO veiculo!!! Sai da loja revoltado com a situação e retornei a loja no dia 08 de outubro para conversar com a gerente e a titulo de acordo, indaguei a mesma se seria possivel a concessao de um veiculo do mesmo modelo porem com ar digital, o que por ela foi dito que não, sendo somente possivel com o pagamento de mais R$ 7 mil reais e que o teria o mesmo disponivel na loja. O que devo fazer? O que tenho direito nesse tempo todo e pelo transtorno causado por essa concessionaria????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/10/2011 - 18:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faã uma denúncia no Procon e acione a concessiónária na JUstiça por danos morais e ressarcimento de gastos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/10/2011 - 19:51
    Enviado por: Janio Bianchi de Araujo

    O veiculo da minha esposa sofreu colisao dentro do Centro Automotivo Porto Seguro (Osasco). Vou removido para oficina de funilaria em outro local sem permissao da proprietaria. Ficou duas semanas para conserto, depois voltou lá mais duas vezes para sanar vicio do trabalho imperfeito, e continua com deficiencia ocasionada pela amassamento ocorrido quando estava na Porto Seguro apenas para manutençao eletrica. Dizem que o carro tem muita kilometragem e tempo de fabricação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/10/2011 - 14:53
    Enviado por: HUGO

    Comprei um carro da renaul em abr/2010 e agora com apenas 3.500km rodados, aproximadamente, em out/2011 o carro apresentou defeito na embreagem (o que já vinha sendo observado desde a compra), reboquei o carro pelo seguro para a mesma loja da renault onde comprei e a mesma alega que além da embreagem terei que trocar também o volante do carro. O que devo fazer? Aceitar a troca ou pedir um novo carro zero ou devolução do dinheiro pago com todas as despesas gastas no carro.
    Por favor, me oriente como proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 04:30
    Enviado por: Janos

    Tenho uma zafira/ GM que vence um ano de compra 15.10 o carro esta fazendo um barulho grande e ate trepidando o pedal acelerador, quando ligado no ar condicionado no máximo, Mesmo com o conserto devido ao termino da garantia de fabrica terei que ter a garantia de + X meses deste serviço para correção como posso me resguardar devido ao termino da garantia ???? Outro ponto e devido a proximidade do fim da garantia a GM nao descobrir o problema ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2011 - 17:29
    Enviado por: GILBERTO

    comprei um veiculo I30 zero km(FINANCIADO),apos quinze dias de uso o pneu do carro apareceu um buxo,levei na concessionaria,mas nao quizeram trocar o pneu,sendo q o peneu estar na garantia,assim como todo o carro.Fiquei tao indignado q estou pensando em devolver o veiculo.Gostaria de saber se posso fazer isso,ou que atitude tomar? obrigado!
    13/10/2011

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/10/2011 - 17:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Cancelar o carro por causa de um pneu defeituoso é um absurdo. No máximo, cabe uma reclamação no Procon exigindo a troca do pneu e mais nada.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/10/2011 - 14:09
    Enviado por: aurora PS

    Comprei um gol geração 5 dia 30 de agosto de 2011. Porém estou com um problema, pois a ré não engata. Levei a assistencia técnica e eles me disseram que levará de 15 a 20 dias para me devolverem o carro. A wolkwagem me fornecerá um carro reserva por 3 dias e pagarei um valor de R$ 1.000,00 ( calçao). Como ficarei sem o carro o restante do tempo se uso o carro para meu trabalho? Por favor, preciso de ajuda! Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2011 - 22:00
    Enviado por: Paulo Passic

    A concessionária CAOA de SALVADOR me vendeu um sonata 2011/2012 com o forro do teto descolado em alguns lugares, porém só descobrir depois de 2 dias. Na verdade eles já sabiam que esse teto estava avariado, mas mesmo assim me venderam o veículo. Nesse caso posso exigir a substituição do veículo e ainda entrar com uma ação de dano moral na justiça?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 00:33
    Enviado por: PRISCILA

    Olá! meu carro vem apresentando diversos defeitos nas portas e em outros pontos, chegando até a comprometer a segurança dos passageiros. O veículo já foi levado várias vezes para a autorizada, mas o prb nao é resolvido. Vou entrar com a ação, fundamentada no art. 18 do CDC, mas tenho 2 dúvidas: 1)como a ação judicial pode demorar muito tempo, e estou com um carro com muitos vicios e ele ainda está na garantia, posso continuar utilizando a garantia? e se a autorizada conseguir sanar o problema, posso manter a ação judicial onde eu pleiteo a troca do produto? 2) caso eu venda esse veiculo, no decorrer da ação judicial, que tipo de pedido meu advogado já deve fazer pra se precaver disso, ou seja, em caso de venda, onde, com certeza, pegarei valor bem menor em razao da desvalorizção ocasionada pelos vicios, o que deve ser pedido pra que eu tenha essa compensação, caso haja a venda?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/10/2011 - 19:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Na primeira questão é sim para as duas dúvidas. Na outra já não podemos repsonder por questões éticas, até porque você já tem advogado constituído.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/10/2011 - 20:50
    Enviado por: PRISCILA

    Marcelo, eu advogarei em causa própria. Gostaria de contar com a sua experiencia para que eu tenha um norte em como peticionar acerca de uma eventual venda enquanto transcorre a lide, principalmente por saber que a demanda judicial pode demorar muito tempo até ser resolvido o prb. Agradeço a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/10/2011 - 20:59
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não poderei auxiliá-la neste caso, por dois motivos: sou jornalista, e não advogado, como está mencionado na página do Advogado de Defesa, e mesmo se fosse estaria impedido de fazer esse tipo de orientação específica por questões éticas, de acordo com as normas estabelecidas pelo Grupo Estado. Creio que você precisa buscar orientação jurídica específica com um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/10/2011 - 10:31
    Enviado por: Sérgio

    Bom dia,
    Eu tinha um carro GOL TITAN 1.0 G4, fabricado em 2009, modelo 2010, que foi sinistrado. Após o sinistro encaminhei o veiculo para autorisada da Volkswagen a fim de realizar o conserto. Por duas vezes, em datas distintas, a autorizada tentou colocar um para- choque de outra versão no veículo, ou seja, liso e pintado, quando na realidade o para-choque do veículo é corrugado/poroso de cor preta. Vale ressaltar que a série deste Gol TITAN ano/modelo: 2009/2010 é composta de para-choque traseiro/dianteiro, molduras laterais e detalhes nas duas lanternas traseira na forma corrugado/poroso e de cor preta de fabricação. Então, é de estranhar por parte das empresas em querer colocarem uma peça distinta do conjunto externo da série Gol TITAN ano/modelo já mencionado.

    Depois de varias tentativa para solucionar a troca da peça, junto a Concessionária e a própria Volkswagen, não logrei êxito, pois as mesmas ficaram trocando entre si a responsabilidade pela troca do para-choque. Por tal razão decidi vender o carro, e o fez, após sete meses lutando pela troca da peça. Vale ressaltar que a peça foi paga. Não obstante, por valor consideravelmente inferior ao do mercado, tendo em vista a depreciação do carro, pela avaria aparente de um para-choque quebrado.

    Pergunto:
    Por causa da avaria do para-choque, o veículo vendido foi depreciado, então, gera indenização?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 23:42
    Enviado por: Paulo Passic

    Caoa me vendeu um veículo sonata avariado

    Senhores, boa noite.

    Depois de 2 dias descobri que a Concessionária Caoa de Salvador, importadora da Hyundai no Brasil, me vendeu um veículo sonata 2011/2012 com o forro do teto avariado (forro do teto descolado em vários lugares). Na verdade só eu não sabia, pois o gerente de pós venda da concessionaria e a própria vendedora que me vendeu o veículo, me informaram que esse defeito está ocorrendo com vários sonatas.

    A Caoa vem desrespeitando o meu direito de consumidor, antes mesmo de me entregar o veículo, haja visto, que depois de 2 dias de fechado o negócio, (inclusive eu já tinha quitado um boleto no valor de R$ 63.000,00) comuniquei a vendedora para providenciar o faturamento do veículo, pois o restante do pagamento seria realizado pelo banco Toyota. Mas para minha surpresa, após algumas horas, ela me liga dizendo que a Concessionária Caoa não aceitava que o veículo fosse financiado pela financeira da montadora Toyota. No outro dia imaginando tratar-se de algum engano, liguei para o Sr. Jeferson, que é gerente da concessionária Caoa, e ele me confirmou que era norma do grupo Caoa, mas me garantiu que eu poderia financiar o veículo em qualquer financeira, menos de Montadora. Expliquei a ele que de acordo Código de Defesa do Consumidor Lei 8078/90, artigo 39, É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços: I – condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos A Lei 8.137/90, artigo 5º, II,III, tipificou essa prática como crime , determinando penas aos infratores de detenção de 2 a 5 anos ou multa . A Lei 8.884/94, artigo 21º, XXIII define a venda casada como infração à ordem econômica. A prática de venda casada configura-se, sempre que alguém condicionar , subordinar ou sujeitar a venda de um bem ou utilização de um serviço à aquisição de outro bem , ou ao uso de determinado serviço. Resolução do Banco Central nº 2878/01 (alterada pela nº 2892/01 ). Artº 17 – É vedada a contratação de quaisquer operações condicionadas ou vinculadas à realização de outras operações ou à aquisição de outros bens e serviços.

    No outro dia liguei para a vendedora da concessionária para dizer que o veículo seria financiado pelo a Portoseg, financeira do grupo da Porto Seguro, e de novo para meu espanto ela me liga depois de algum tempo para me dizer que a Caoa só aceitaria que o veículo fosse financiado diretamente por lá. Tanto é verdade que todo o processo de financiamento pelo banco Itaú, foi realizado diretamente pela Concessionária Caoa, cerceando completamente meu direito de liberdade de escolha. Inclusive fui obrigado a pagar um valor na parcela do financiamento bem maior.

    Depois que descobrir que a Caoa me vendeu um veículo avariado, o desrespeito ao meu direito de consumidor continuou, pois já tentei por mais de 10 vezes falar por telefone com o gerente da concessionária Caoa, e ele não me atende e nem retorna as minhas ligações, já lhe enviei 2 e-mails solicitando a substituição do veículo, mas também não obtive nenhuma resposta, também já realizei várias ligações para reclamar na central de atendimento ao cliente, através do nº 0800 55 9545, mas também não resolve. (protocolo 155266)

    O veículo além de estar com o forro do teto descolado em vários lugares, veio com um risco perto do cambio e, ainda tem um ruído barulhento no teto solar que tenho até vergonha de convidar alguêm para da uma volta no veículo e, para completar, o carro terá que ser rebocado para a concessionária, pois o cambio travou no p devido uma pane elétrica generalizada.

    Agora lhes pergunto novamente, tenho direito de pedir a substituição desse veículo?

    Inclusive comprei esse veículo por telefone conforme nota fiscal que foi emitida no dia 27 de outubro, mas só vi o carro no dia 29 de outubro, data da retirada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/10/2011 - 18:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Até achamos que você tem direito a ressarcimento e devolução do dinheiro, mas terá de obter isso na Justiça, por meio de advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/10/2011 - 01:24
    Enviado por: sandro

    comprei um fox 2010 não fiz as reviso~e na concessionaria troquei oleo filtro tudo em um mecanico de confiança agora que o carro atingio 20mil km esta fazendo um baruhlo no motor liguei na fabrica me disseram como não fiz as revisoes perdi a garantia com pode um carro com tanta reclamçaõ e a volks achar que naõ tem culpa de nada .sera que perdi meus direitos so por causa de garantia outra o carro é novo .sandro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2011 - 17:00
    Enviado por: ADRIANO

    Bom dia meu nome e Adriano comprei um carro Fox zero na Belcar veiculos e ja no primeiro mes ja veio apresentando defeitos como vou enumerar varias trepidação no ferio de mao, os dois farois manchados internamente, falha na pintura no teto e na tampa intena do porta mala, entrando agua no porta mala, ruidos no assento no banco do motorista, vazamento de oleo na junta do cabeçote e ruidos no limpador de para-brisas o carro e financiado com pagamento em dias consigo uma indenzação em cima disso tudo que este carro apresentou, tinha um usado comprado na mesma loja tambem com defeitos achei que comprando um novo iria resolver.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2011 - 15:51
    Enviado por: denis

    comprei um carro zero km hinday vera cruz, a consercionaria não quer me dar a garantia do carro por causa da kilometragem era pra fazer com 30 mil, e o carro esta com 31.500 por isso não querem me dar a garantia. o que fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2011 - 14:36
    Enviado por: fabrício

    comprei um carro 0km estou com ele a 10 meses e só agora fui notar que a porta do carona esta desalinhada, cabe um dedo na fresta entre a porta e o veiculo, ele ainda esta na garantia como eu devo proceder? o defeito é só estético mas mesmo assim é um defeito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2011 - 11:49
    Enviado por: Marconi

    Comprei uma EcoSport Modelo Freestyle 2012 (zero), no mesmo dia identifiquei ruídos do porta objetos superior e barulho na porta dianteira do carona, levei a concessionária e resolveram o problema do porta objetos superior, mas da porta informaram que já havia histórico do mesmo problema em outras Ecos, enviei novamente o carro a concessionaria, desta vez ficou por 02 dias, devolveram e o problema continua.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2011 - 11:36
    Enviado por: Marcus

    Comprei um Sandero 2011/2012 em Julho;
    O que devo fazer baseado nos relatos abaixo;

    1. Uma semana depois da retirada do veículo da concessionária houve um problema de barulho no painel do veículo. Imediatamente contatei a concessionária e o veículo foi deixado para verificação (mês de agosto).
    O veículo ficou retido 4 dias na concessionária.

    2. Após a retirada do veículo da Concessionária, o mesmo problema do painel persistiu.
    Contatei a concessionária mais uma vez, deixando assim, o veículo retido na mesma pela segunda vez. (mês de Setembro)
    O veículo ficou retido 1 semana na concessionária.

    3. Logo na retirada, o problema persistiu, seguido de um problema na calha do vidro dianteiro direito, que estava prendendo ao acionar a subida do mesmo.
    Por motivos de excesso de veículos na Oficina, o veículo só poderia ser deixado pela TERCEIRA VEZ, no dia 31.10.2011

    4. Pela terceira vez, o veículo foi deixado na concessionária, DESDE O DIA 31.10.2011 e até hoje o problema não foi resolvido.

    5. Resolvi aparecer na concessionária no dia 12.11.2011, para verificar de perto a situação. E deparei com mais quatro surpresas; 1. A caixa de ar do ar-condicionado foi trocada; 2. O ar-condicionado não funciona; 3. A duas portas da direita estão com moças (Aquelas moças quando um carro para perto e a porta toca na outra); 4. Foi solicitado um Corretor de Frenagem, pois o veículo está apresentando problema na roda traseira.

    O que devo fazer? Estou sem suporte!

    Grato,

    Marcus Rocha

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2011 - 20:07
    Enviado por: ivan Fagundes dos Santos

    Comprei um corsa classic 2011/2012, avista,levei o carro para duas revisoes uma com 4.700 km e a outra com 10.000 mil, so que fui muito infeliz ,pois comprei uma carroça velha e nao um carro zero, ja na segunda revisao o carro estava com um barulho no motor e na roda diantei do lado direito, de muito tentar conseguir falar com um mecanico da consecionaria GRANDE BAHIA PARALELA, e me deram a noticia que o motor do carro esta com o cabeçote( peça do carro) queimado, isso o carro ja se encontrava na agencia fazendo revisao, o mecanico disse que eu teria que trazer o carro para minha casa e teria que pedir para a montadora que nao vale muita coisa, buscar o carro e com isso me daria um carro reserva, com tudo isso o meu carro ja faz 10 dias na agencia , eu sem uma resposta de como anda o processo dele e sem o carro reserva, eu tenho que ligar todos os dias para saber informacoes , e pra me locomover ate o meu trabalho, tenho que pagar taxi diario de ida e volta. Gostaria de saber do que vale a garantia do carro que compramos zero, e se posso esta exigindo meu dinheiro devolta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/11/2011 - 20:57
    Enviado por: Thiago

    Levei 5 vezes meu Fiat Idea Essence 1.6 zero quilômetro, hoje com 3 mil km, para conserto de defeitos que não são resolvidos:
    1. Partida do motor: quando está frio, o motor trepida muito, ligando apenas a partir da segunda tentativa: http://tinyurl.com/btu9xsl ou http://www.youtube.com/watch?v=GJQ5lHhwXAQ;
    2. Excesso de ruídos de motor (ronco) em médias e altas rotações, típico de motores e/ou sistemas de escape esportivos;
    3. Alto consumo em quaisquer trechos, sendo em trecho urbano menor que 5,0Km/l de álcool, 63% do informado pela FIAT através do ensaio ABNT NBR 7024: 7,9km/l em trecho urbano, bem como também muito abaixo do informado pelo vendedor, que o consumo do Idea 1.6 equivale ao meu carro anterior, o Idea 1.4, que fazia 7,5km/l de álcool em trecho urbano, 91% do informado pela FIAT através do ensaio ABNT NBR 7024: 8,2km/l. Observa-se que o consumo está muito abaixo do informado pela FIAT, o que não ocorria com o Idea anterior.

    Na 1ª visita na concessionária Amazonas Leste, foram relatados os vícios: falha na partida do motor, alto consumo de combustível, falha na fixação do retrovisor no para-brisa, estalo durante a movimentação do vidro elétrico do passageiro, maçanetas das portas com grande resistência para abrir e fechar e, ainda, porta-luvas com resistência ao fechar. Vale lembrar que, na ocasião, fui informado de que “precisaria ter sorte com o produto” (sic).

    Durante os serviços executados, o acabamento da porta foi danificado. Assim, foi necessária uma 2ª visita, quando foi danificado o acionamento da maçaneta da porta.

    A falha na partida do motor permaneceu após a retirada do veículo, assim, entrei em contato com o SAC da FIAT, agendando novo reparo.

    Na 3ª visita, na concessionária Paulitália Tatuapé, foram informados os vícios: dano ao acionamento da porta, baixo desempenho em baixas rotações, ruídos no escapamento (ronco), bem como os vícios já relatados de partida do motor e alto consumo de combustível.

    Após nova retirada do veículo, o defeito na partida ainda persistia. Por consequência, em novo contato com o SAC, citando que eu estou embasado no Código de Defesa do Consumidor – CDC, solicitei a devolução do valor pago, observando o repetição dos vícios ocultos partida de motor, ruído no escapamento e alto consumo. Assim, o SAC orientou-me a levar seu veículo na concessionária para avaliação. Em resposta, aleguei já ter levado o veículo outras vezes, em vão. Em contrarresposta, o SAC informou que nada poderia nada fazer se não levasse novamente meu veículo.

    Assim, na concessionária Paulitália Tatuapé, na 4ª visita, informei novamente os defeitos de partida de motor, ruído de escapamento e alto consumo.

    Após a retirada do veículo, os vícios ainda persistiam e, em outro contato com o SAC, fui orientado a conduzir o veículo novamente à uma concessionária autorizada, para que a mesma realizasse avaliação e reparo.

    Então, em mais um contato com o SAC, novamente solicitei a devolução do valor pago, sendo informado que a FIAT não efetua devoluções e, para solicitação de troca de produto, deveria conduzir o veículo à concessionária onde o comprei.

    Devido à grande distância à concessionária vendedora, tentando acordar a levar meu veículo para concessionária próxima de minha residência, salientei a dificuldade de conduzir o veículo à concessionária vendedora e, ainda, aleguei que a FIAT é a responsável e a concessionária vendedora é corresponsável, devendo a própria FIAT tomar diretamente as devidas providências. Além do mais, observando a incoerência de tal imposição, exemplifiquei que seria incorreto a FIAT obrigar um consumidor residindo em São Paulo a conduzir seu veículo à concessionária vendedora em Macapá. Assim, o SAC informou que a fábrica FIAT não é responsável por trocas e sim a concessionária que vendeu o produto.

    Na concessionária onde comprei o veículo, FIAT AMAZONAS INTERLAGOS (FIAT AMAZONAS LESTE) fiz a 5ª visita, informando os vícios: trepidação na quarta velocidade do ventilador, estalos ao acionar os freios, ruídos internos, bem como os já relatados partida de motor, ruído de escapamento e alto consumo. Ao solicitar a devolução do valor pago, conforme permite o CDC, fui informado que a concessionária somente poderia efetuar a troca caso autorizado pela fábrica FIAT.

    Por fim, a FIAT AMAZONAS informou a conclusão dos reparos.

    Diante de tudo, como o vendedor afirmou um consumo e o carro tem outro e, como ocorreram incessantemente a manutenção e repetição dos vícios ocultos descritos, durante todo o tempo, quero meu dinheiro de volta, pois o CDC nos dá este direito em caso de reincidência depois do produto ser retirado do reparo.

    Não adianta afirmar que o carro está pronto porque nunca esteve…protocolo nº 4.614.255

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2011 - 12:52
    Enviado por: Mauro Filho

    Bom dia comprei, um voyage no mês 06/2011 e ele apresentou um vazamento de óleo e um barulho no motor, pancada na roda esquerda, os leds do ar condicionado que não acende, portas desreguladas e já levei duas vezes e não regulam, então o que posso fazer, tem uma ordem de serviço pedidno o conserto da fábrica e nada. por favor me deem uma luz.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2011 - 16:37
    Enviado por: ALEXANDRE

    Boa tarde. Comprei um C3 Picasso 2011/12 em julho 2011 com uma semana o carro já estava na concessionária por causa de um barulho no câmbio. Durante três meses levei o carro por 4 vezes na concessionária até que no mês passado o carro sofreu uma pane elétrica e foi de guincho para a concessionária e não saiu de lá até hoje. Me alugaram um carro popular depois de uma semana que o carro estava na concessionária. Já faz mais de 30dias que está parado na concessionária aguardando peça. O que devo fazer? Tenho direito a devolucao do valor pago ou troca por outro veiculo. Por favor me ajudem a achar o caminho correto. Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2011 - 18:07
    Enviado por: Elienai

    Compre um carro palio mesmo esta dando muito defeito e a dois dias atras o carro foi rebocada por que estava com defeito e parou na rua, tenho q pagar o reboque e o patio, ou a concessionaria tem q pagar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2011 - 14:11
    Enviado por: estela

    comprei um ford ka seminovo modelo 2010 na concessionaria lance fiat no dia 08/11/11 o vendedor me disse que no prazo maximo de 4 dias uteis a documentaçao do carro estaria pronta. Mas ate hoje dia 18/11 a documentaçao nao esta pronta, e eles nao me entregaram o carro . tenho algum direito sobre isso? qual o prazo maximo da documentaçao de um carro ficar pronta? por favor me ajudem…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2011 - 15:43
    Enviado por: estela

    boa tarde, comprei um ford ka modelo 2010 no dia 08/11/2011 eles disseram q em ate 4 dias uteis o carro seria entregue. hoje ja é dia 18/11 e eles disseram q a documentaçao do carro ainda nao estava pronta. tenho algum direito sobre isso? qual o prazo aproximadamente para a documentaçao de um seminovo ficar pronto? por favor me ajudem. Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/11/2011 - 18:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não existe prazo definido em lei. Se estiver demorando muito, acione o Procon ou procure um advogado e vá à Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/11/2011 - 15:06
    Enviado por: mario rodrigues dos santos junio

    olaa comprei um carro zero como , faço pra verificar se ele e 0 km msm e nunca foi usado ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2011 - 21:54
    Enviado por: Bruno Fekete

    Comprei um carro 0 km da renault, peguei o carro dia 27/09/2011
    já tive problemas com o carro como avaria da injeção eletronica,pneus gastos, falta de alinhamento, falha de pintura no capo.
    Tive o suporte por parte do sac da renault, me substituirão os pneus deram a opção de eu estar agendando para fazer o reparo no capo fizeram os reparos necessários na injeção.
    Mais hoje dia 20/11/2011 indentifiquei barulhos estranhos na suspensão.
    DR.estou muito decepcionado,e com as idas a concessionaria estou tendo prejuizos financeiros com meu trabalho gostaria de saber o que posso fazer a respeito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2011 - 15:30
    Enviado por: estela oliveira

    comprei um carro e ele ainda nao foi entregue.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2011 - 10:55
    Enviado por: Thiago Fortes Borges

    Tenho um Palio que comprei zero em março de 2011, esse carro apresentou alguns problemas no decorrer do uso, mas foram problemas faceis de resolver, só que agora apresentou um ruído na caixa de marcha do carro. Como que um carro zero apresenta ruido em caixa de marcha com menos de 15 mil km rodados? Compramos um carro zero para evitar oficinas, gastos e dor de cabeça, mas o que esta acontecendo comigo é o contrário. A consecionária esta querendo mudar a peça e eu quero saber se posso exigir no minimo que troquem o cambio inteiro. Já que estava rodando com o carro com problemas em caixa de marcha, pode ter prejudicado o cambio inteiro.
    Aguardo respostas se possível.
    Agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2011 - 21:21
    Enviado por: alisson

    oi tenho uma moto 125 fan a duas semanas ela me dexo no caminho e ela é nova ela tava com 906km rodados ela apago e nao pego mais e depois que pego começo a fumaçar entao levei na honda pq ela esta na garantia pois so faz 4 mes que tenho ela faz duas semanas que ela tah na honda e os cara disse que a honda autorizo abris o motor dele pra a analise..mais fala serio eu ja pago por uma coisa nova para nao dar problemas e nen abrir o motor e nen nadas nao quero mais eessa motoo pois o otor dela vai ser abreto oq eu posso fazer.
    obg…..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2011 - 23:17
    Enviado por: Felipe correa

    oi comprei uma fiorino usada e na vistoria para troca o carro de nome deu problema no chassi, coloquei na justiça mas gostaria de saber se tem como solicitar a agecia ou a justiça um veiculo reserva pois me sustentava com o carro e nao tenho como me manter sem o veiculo obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2011 - 01:29
    Enviado por: jose de aguiar

    comprei um fiat sienna 2010/2011 dia 17 de dezembro de 2010 com um mes de uso deu problema no alarme custou trocar depois de problema no vidro ,bomba de gasolina ,retrovisor do lado do motorista depois de muita conversa resolveram hj meu carro foi para agencia fiat porque o ar condicionado nao esta ligando o carro ficou la so vou pegar amanha se estiver pronto tive que voltar de onibos porque a agencia fica a 50 klm da minha casa oque fazer aguardo resposta ….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/11/2011 - 11:12
    Enviado por: Ezequiel

    oi, Comprei um Ford Fiesta Zero mês 09/11 e 10/11 ele estava literalmente chovendo dentro do veículo. Minha esposa quando ia para o trabalho dirigindo foi reduzir o veículo para parar num quebra mola e literalmente tomou um banho. A agua estava empossada no forro do Teto. E a partir daí não parou mais. Chovia Fora e em seguida dentro do veículo. Levei o veículo na concessionaria, pediram 08 dias para chegar as peças. Vão ter que trocar o forro e o Para brisa. Pedi um carro reserva para o período através do 0800 pois ela não pode ficar sem veículo e eles se nagam. O que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/11/2011 - 20:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só exigir o conserto do carro sem custos. Não é caso de oferecimento de carro reserva, não existe lei que obrigue loja ou montadora a oferecer tal benefício.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/11/2011 - 18:17
    Enviado por: Aureo Stoffel

    Olá, moro no sul e adquiri um Lifan 320 0km de SP (Autorizada Biguaçu) mas existe uma autorizada no sul em Porto Alegre capital. Não comprei aqui no sul pois não conseguiram a cor q eu queria e nem o valor q a Biguaçu me fez, mas o carro veio com diferença de cor nos parachoques, rodas arranhadas e alguns outros pequenos defeitos. No site da Lifan, na Biguaçu e tmbm na autorizada de Porto alegre (RS) me comunicaram antes da compra q eu poderia fazer qualquer reparo (garantia de fábrica) em qualquer autorizada do Brasil. EX; se eu comprasse na Biguaçu (SP) poderia usar a autorizada do sul e vice versa. Mas quando levei meu carro na autorizada do sul, empurraram o problema para onde eu tinha comprado o carro (não quiseram fazer os reparos pois eu não tinha comprado com eles e tmbm q não possuiam chapeação e pintura na autorizada, teriam q tercerizar o serviço) achei um absurdo, pois meu carro tm garantia da lifan (eles q tirassem fotos e fizessem o conserto e a cobraça do trabalho seria paga pela fabrica Lifan) encurtando, a Lifan entrou em contato com a aturizada do sul e mesmo assim não fizeram o conserto, ai a fábrica da Lifan teve q cadastrar uma oficina aqui da minha cidade para fazer os reparos necessarios. Quero saber se é cabível entrar contra má prestação de serviços ou danos morais, ou outro argumento. Desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2011 - 16:24
    Enviado por: Mauro Gleique

    Olá!comprei um Fiat Punto zero retirei da agência dia 03/11 o veículo 15 dias de uso apresentou um problema na suspensão,entrei com o veículo na oficina autorizada dia 21/11.Lí no contrato e vi q não tenho direito a carro reserva porq meu carro comprei em pessoa jurídica,pedi para q priorizasem o concerto pois uso o carro para o trabalho, me imformaram q me entregariam o carro no prazo de 5 dias, me ligaram no dia 25/11 dizendo q a peça para substituiçaõ chegaria na terça 22/11 q o mesmo seria concertado e o problema resolvido.Liguei para concecionária dia21/11 para obter imformação sobre a peça e o q me imformaram q a peça nem tinha sido faturada ainda, em Betim para ser enviada para Motauto-Ubá M.G.Ou seja vou ficar mais uma semnana sem carro.O q que eu posso fazer neste caso já q não aguento mais ligar para agencia eles falam q o problema é dá fábrica ,ligo para fábrica eles só falam q estão agilizando mais a agilidade deles é muito devagar.Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/12/2011 - 14:29
    Enviado por: Douglas Castro

    Adquiri um carro 0km Peugeot 207 … E verifiquei apos 10 dias de uso que apareceram amassados na parte interior do paralama dianteiro dos dois lados… Nao houve batida, nem nada que justifique os amassos.
    Ao passar a mao em um dos lados saiu uma lasca de pintura da parte do paralama que fica visivel…
    A oficina da concessionaria disse que vai verificar o que causou, retirar os paralamas,desamassar e pintar.
    Este procedimento esta correto? Como o carro perdera sua originalidade posso cobrar a empresa pela depreciação que o carro terá? Nesse caso, posso exigir um carro novo?

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: