Estado.com.br
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Débito de dívida em conta corrente. Pode?

Categoria: Assunto do dia

O banco só poderá debitar valor de dívidas diretamente da conta do consumidor – referentes a estouro de limite cheque ou empréstimo – se este autorizar por escrito. “Esse tipo de cobrança só pode acontecer se estiver prevista no contrato assinado entre o banco e o correntista”, diz Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste).
No caso de o desconto estar previsto em contrato, o que o consumidor pode fazer é tentar renegociar a dívida caso esteja com dificuldades para pagar. “Aí, é bom procurar o banco para resolver a situação, senão o problema pode piorar, uma vez que são cobrados juros sobre juros”, esclarece. A saída também serve para aqueles casos em que a dívida tenha sido passada para uma empresa de cobrança. “O consumidor tem o direito de negociar e pagar com quem adquiriu a dívida original”, completa Maria Inês.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

1.833 Comentários Comente também
  • 17/03/2008 - 17:47
    Enviado por: fatima

    tenho uma divida com o banco itau, e ja esta muito alta, gostaria de saber se é possivel o banco pegar meu unico bem q é uma casa pra cobrir o valor da divida

    Advogado de Defesa:

    se a dívida é sua (você não é avalista dela), não pode. Ele poderá fazer cobrança judicial e penhorar outros bens

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2008 - 10:53
    Enviado por: SARA DOURADO

    Bom dia O banco pode pagar cheque mesmo se o cliente não tiver limite de cheque especial?
    e sem um comunicado ao cliente se deve ou não pagar um cheque.
    O banco bradesco pagou um cheque no valor de 1.000,00 naum me comunicou e ainda incluiu meu nome no spc e serasa devo acionar o banco por danos e percas?

    Advogado de Defesa:

    Se o cheque não tinha fundos, o correto seria o banco tê-lo devolvido por falta de fundos e, aí também, o nome iria para o Cadastro de Cheques sem Fundos do Banco Central. Você pode contestar o fato de ele ter pago sem fundo na Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2008 - 00:13
    Enviado por: Andre

    Tenho uma divida que ficou muito grande com um banco e meu pai foi avalista. Entrei na justica 10 anos atras pra tentar pagar 12% ao ano mas ate agora nada. O banco disse ontem que vai leiloar o apartamento do meu pai, cujo apto e’ seu unico imovel e ele vive nele. Como posso encontrar alguem pra nos salvar? Pode o banco fazer isso? Alguem conhece um otimo advogado pra evitar isso? Muito obrigado

    Advogado de Defesa:

    No caso de avalista, o banco pode, sim, penhorar o imóvel, mesmo que seja o único bem da família. Você deve continuar tentando contestar com um advogado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2008 - 17:27
    Enviado por: Noé

    Acredite no poder da fé, André.
    Sinta as brisas serenas soprando do seu lado e tranquilze o seu velho pq êle viverá muitos e muitos anos ainda no apê.
    Confie nos tribunais! Muitas audiênciais vão rolar ateh chegar na instância do Supremo.
    Aja com prudência e sem afobação!
    Cuide primeiro da saúde e do bem estar de seus familiares.
    A dívida acordada na inicial terá uma resolução que beneficiará ambos os lados. Fique tranquilo!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/11/2010 - 09:14
      Enviado por: jose ilo claudino alves

      Parabéns Noé, são respostas assim que fazem a diferença na hora de orientar e ajudar pessoas desesperadas em suas situações de risco. Parabéns mais uma vez.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/03/2008 - 12:12
    Enviado por: zacarias nunes da mota

    boa tarde, meu nome é zacarias, sou funcionário múnicipal, e fiz um empréstimo em folha de pagamento, e a agente da financieira combinou comigo, uma quantia de prestaões, porem agora consultando o banco eles afirmam que foi feito em 60 prestações, já fazem 18 meses e ela ainda não me devolveu o holeritt, já ameaçei de levar a justiça, mais mesmo assim ainda não me devolveu, gostaria de saber se posso processa-la por posse de documentos, pois meu holeritt é um documento, tambem fiz um empréstimo pelo banco itaú, e no ano passado o banco ficou com o meus pagamentos dos meses de outubro e novembro, e hoje vendo o blog de voces vi uma matéria na qual voces afirmam que o banco não pode tirar nada , gostaria de saber se posso acionar o banco tambem pois se esta fora da lei, então creio que tenho o direito de pedir ressarcimento, será que posso?, ficaria muito agradecido se puderem me esclarecer. muito obrigado.

    zacarias nunes da mota

    Advogado de Defesa:

    Quanto ao holerite, você pode, sim processar a gerente. Quanto ao débito do Banco Itaú, precisa ver se no contrato você não autorizou o débito. Ele só pode ser feito com autorização prévia do correntista

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 08:30
    Enviado por: aldo do nascimento silsa

    Tenho 17 cheques devolvido na praça, gostaria de recularizar esta cituação.
    O que faço?

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar cada credor, fazer os pagamentos, recuperar os cheques e solicitar carta de anuência. depois, deve elvar todos ao banco para que seu nome seja retirado. Consulte no site do Banco Central o valor das taxas que deverá pagar por cada cheque, que não são nada baixas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 08:33
    Enviado por: aldo do nascimento silsa

    E também divida no cartão de credito, gostaria de recularizar também.
    Querocontratar uma empresa de advocacia para reabilitar meu nome.

    Advogado de Defesa:

    Não há necessidade de contratar uma empresas. Você pode fazer isso sozinho. Procure a administradora do cartão e veja o valor que deve.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/03/2011 - 14:56
      Enviado por: paulo

      Ola! sera que posso colocar o banco no pau {santader}
      ja fis um enp. mais estow pagando certo mais o banco esta me copranno muito juros porcausa de um cheque especial mais 2 salario de 1,200 e de 1,670 ele comero e tanbem mais ainda eles qué que fasso acordo e sempre fala que nao tem como devolver eles tanbem pode fica com todo o dinheiro

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/04/2008 - 18:34
    Enviado por: Fernanda

    Fiz um emprestimo com desconto em folha pelo Banespa pois era servidora publica, mas como pedi demissao em junho do 2007 parecei de receber hollerith, mas sempre manti dinheiro suficiente na conta para prestacao do emprestimo e achei que eles estavem sempre descontando, pelos meus calculos tinha dinheiro para prestacoes ate fevereiro de 2008. Quando chegou em janeiro de 2008, eles debitaram todas as prestacoes do emprestimos dede juhlo de 2007 pois na verdade nao estavam debitando como eu tinha pensado, e isso e claro veio com juros taxas e um monte de valores agregados. Nao estou no Brasil para ir pessoalmente ao Banco, entao telefonei e mandei mail, eles disserem que iam estornar e que a prestacao do emprestimoe e os juros iriam continuar iguai ao emprestimo feito anteriormente, mas isso nao aconteceu.
    Gostaria de saber como proceder e se por acaso eu nao pagar esse divida o que podera acontecer, tenho um apartamento em meu nome, eles poderao me tira-lo futuramente.
    Goastaria muito de pagar, mas sinto que estao tentando me ernrolar, poiis sabem que estou longe, EUA, entao agora comeco a pensar em deixar essa bola de neve aumentar, mas tenho medo que isso me prejudique algum dia.
    Nao pretendo mais voltar ao Brasil para morar e sim somente para ferias.
    Espero que possa me dar uma luz.
    Agradeco!!!

    Advogado de Defesa:

    Há algo no contrato que eles deveriam debitar de sua conta a partir do momento em que voc~e deixou o emprego? Se sim e havia saldo, eles não poderiam cobrar juros. De qualquer forma, se quiser, mande uma carta para a nossa coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais e o do banco, que vamos verificar isso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 20:36
    Enviado por: Maria A-parecida

    boa tarde gostaria de saber se divida de limite cheque especial caduca ja tentei negociar mais os juros são muito alto essa divida aumentou muito porque o banco pagava os cheques sem saldo e cobrava tarifas adiantamentos muito alta que posso fazer obrigado

    Advogado de Defesa:

    Procure o Procon para que eles façam os cálculos da dívida e confiram se o que foi lançado está correto

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2008 - 15:22
    Enviado por: Rafael

    ola boa tarde tenho um financiamento de leasing no banco itau e gostaria de saber se posso transferir a divida para uma terceira pessoa ? porque nao estou tento condições de continuar a pagar, fiquei desempregado, e ja esta atrasada 2 parcelas !!!

    obrigado, aguardo retorno

    Advogado de defesa:

    Converse com o banco para ver se eles aceitam

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2008 - 16:16
    Enviado por: mari

    Tenho uma divida com o itau há 7 anos, na época era R$ 1.000, hoje eles m cobram R$ 9.800 nao consigo pagar, sou funcionaria publica, agora vou voltar a receber pelo itau stou sem saber o q devo fazer
    obrigada pela atenção..

    Advogado de Defesa:

    Peça ao Procon para fazer os cálculos da dívida. Se voc~e vai abrir conta, eles não podem debitar o valor da dívida dessa conta, só se você autorizar

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/12/2010 - 22:44
      Enviado por: Paulo

      Estou na mesma situação e Itaú esta ameçando de bebitar os valores da minha divida (CC antiga) na nova conta( onde a empresa deposita meu salário), caso eu não aceite a proposta do banco. Segundo a minha gerente,o BC autoriza esta prática. Corro o risco de ficar sem salário? Como devo proceder neste caso?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2008 - 16:29
    Enviado por: Renata Lopes

    Meu padastro usou meu lins1.500,00 faz 3 anos e nunca pagou ao Itaú. A dívida está em 88.000,00. QUero pagar mas não tenho como. Será q eles baixam para uns 2.000,00?

    Eles podem cobrar tanto de quem não pode pagar?

    Sou vendedora e ganho 500,00 por mês

    Advogado de Defesa:

    Leve ao Procon e peça para calcularem a sua dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2008 - 21:54
    Enviado por: Lucas Silva

    Estou devendo uma financeira e ela disse que vai colocar está divida para ser descontada no meu holeritt, sendo que a empresa que trabalho é privada eo emprestimo não foi feito dessa forma. Está correto a financeira fazer isso? Está na lei?

    Advogado de Defesa:

    Se não for empréstimo em folha, eles não podem fazer isso. Se, por acaso fizerem, você pode entrar com processo contra eles na Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2008 - 10:23
    Enviado por: Marina

    Eu tenho uma dívida de empréstimo e não estou conseguindo pagar. E eles ameaçaram dizendo que iria até o jurídico e descontaria direto no Holerite. Isso é possível?

    Agradeço a ajuda e fico no aguardo,

    Advogado de Defesa:

    Se não for empréstimo em folha, eles não podem fazer isso. Se, por acaso fizerem, você pode entrar com processo contra eles na Justiça

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2008 - 13:53
    Enviado por: rodrigo lima santos

    olá tenho uma divida no banco do brasil … divida por causa de 2 cheques q troquei na custodia de trocas de cheques … no momento estou muito apertado com minhas contas e não posso pagar …queria saber se o banco pode confiscar algum bem q tenho por causa desta divida … minha casa é minha mesmo mais esta no nome do meu filho … esta como uso futro para mim … poderia me orientar ? muito obrigado Dr…

    Advogado de Defesa:

    Se entrarem com ação de cobrança judicial, podem sim penhorar bem. A casa, se é a única propriedade, eles não podem penhorá-la

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2008 - 12:43
    Enviado por: Samir Silva Alle

    Tenho uma dívida com o banco Itaú que começou com um valor baixo,mas agora está muito alta e não posso pagar,gostaria de saber se um dia essa dívida vai caducar e o meu nome sair do SPC e SERASA e também saber se posso entrar com algum recurso,pois considero os juros abusivos.

    Advogado de Defesa:

    Quanto aos juros, você pode peddir ao Procon para que façam os cálculos. O nome fica limpo após 5 anos do vencimento da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/11/2011 - 07:49
      Enviado por: thiago ms

      amigo isto é muito fácil de resolver pela lei nossa o cadastramento no spc ou serasa é ilegal desde que haja confirmação de que voce não quer pagar a dívida, pois não houve nenhum julgamento ou uma assinatura sua dizendo que você não quer pagar a dívida, o famoso ” devo não nego pago quando puder ” então se você ir na justiça e pedir para conciliar,mas caso queira maiores detalhes entre em contato comigo através do email me pedindo esclarecimentos neste fato te darei detalhes de como fazer.Assim terá seu nome limpo em breve.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2008 - 16:24
    Enviado por: Gabriel

    Meu Pai tem uma Divida muito alta com o banco itau! ele esta desempregado e nao tem avalista e nem um imovel no nome dele. o banco pode fazer algo contra ele???

    Advogado de Defesa:

    Se ele não tem bens, nada. se tiver bens, no caso de uma cobrança judicial, poderá tê-los penhorados

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2008 - 21:54
    Enviado por: milenne

    Por favor, fiz um empréstimo no último dia 11 com o bco Itau no valor de R$3.700,00 para cobrir cheque especial, e devo pagar R$300,00 mensais por 24 meses, ou seja, quase R$8.000,00. Estou desesperada. É abusivo, é claro, mas o que posso fazer? Tem como cancelar? Pagar somente o que pedi sem esses juros sobre juros? Me ajude por favor!!!!!!!

    Advogado de Defesa:

    Se você já pegou o dinheiro, não tem como cancelar. Quanto aos juros, você pode pedir ao Procon para que façam os cálculos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 11:50
    Enviado por: Rogério Camilo de melo

    Não sei o que é uma URL, por favor gostaria de saber se posso pedir perdas e danos a ultima empresa em que trabalhei pois elews se negam a me dar uma declaração dizendo que trabalhei lá e em função disso estou com dificuldade de arrumar outro emprego, pois todas as empresas pedem a declração inclusive essa empresa pediu quando fui admitido lá. aguardo a resposta . muito obrigado

    Advogado de Defesa:

    Só respondemos consultas de consumo. Você deve procurar alguém que comente sobre trabalhista

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2008 - 21:37
    Enviado por: eduardo ferreira silva

    Estou descontente com uma situaçao, fui avalista de um contrato de cheque especial, o devedor atigiu o limite determinado pelo banco nao cumprindo sua obrigaçao de pagar, o banco bloqueou sua conta, no entanto ficou cobrando do devedor de forma informal por um periodo de 6 (seis) meses, só agora na condiçao de avalista tive conhecimento da divida, onde o banco cobra o limite do cheque especial mais juros deste período, como sendo o contrato de cheque especial um contrato de vencimento indeterminado nao era possivel saber da existencia de divida, nao tinha acesso a conta do devedor e nao fui comunicado. Gostaria de saber quais providencias devo tomar. Desde ja agradeço pela antençao.

    Advogado de Defesa:

    Como avalista, você é também responsável pela dívida. Pode, se squiser, brigar na Justiça por não ter sido avisado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2008 - 22:23
    Enviado por: Ricardo

    Tenho uma divida de emprestimos com o banco real, e nao posso mais paga-las… tenho um apartamento e um carro financiado. O banco pode penhorar esses “meus bens”?
    obrigado.

    ADVOGADO DE DEFESA

    A casa que serve como moradia não pode ser penhorada. O carro sim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2008 - 11:08
    Enviado por: Fernqndo Vidal

    Tenho um débito com o BB desde 2000. Na tela do site da Internet e no caixa eletrônico, dizia para ser efetuado o reescalonamento da referida dívida. Todavia ao tentar fazer informava que esta na justiça. Fiz um empréstimo em consignação, cujo valor foi depositado em minha cc do BB; O Banco em nome da dívida bloqueou parte do empréstimo, cerca de R$ 3.000,00. Fui ao BB e fiz uma renegociação que atende ao meus interesses. Todavia o referido Banco só quer efetivá-la se passar a receber meu salário via este BB. Não posso fazer isto pois recebo através de um banco cooperativo. Enfím, creio ser esta uma exigência absurda. Pergunto o BB, pode reter meu dinheiro en nome de uma dívida d 7anos? Fazer exigências para renegociar?

    Advogado de Defesa;

    Eles não podem reter seu dinheiro, a não ser que você tenha autorizado, tampouco exigir que abra conta corrente lá para receber seu salário

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2008 - 10:55
    Enviado por: Gilcélio

    Olá! Primeiro parabéns pela iniciativa de nos ajudar tirando dúvidas…
    Em Dezembro de 2006 fiz um empréstimo no BB no valor de 19.500 reais, para pagar uma parcela de 680 reais aproximadamente, em 60 meses (Desconto em folha – Sou Policial Militar no DF), o BB ficou 1 ano sem descontar tal valor, e há alguns meses descontou valores diferentes do contrato (80 reais), e agora passou a descontar o valor do contrato me deixando em uma situação financeira bem complicada. Tem como entrar na Justiça para cancelar tal débito em meu contra cheque? Além disso tenho empréstimos no banco BRB, que ultrapassam minha margem de 30%, e estou falido financeiramente, gostaria de saber se também posso entrar na justiça para suspender tais descontos em minha conta corrente? O gerente de minha agência quer fazer um financiamento do total das dívidas, mas pelo que me apresentou só vai me deixar mais falido ainda, me oriente por favor! Se tem como fazer isso via judicial me oriente no que devo fazer! Muito Obrigado!

    Advogado de Defesa:

    Você pode entrar com processo, mas precisa ver se os 30% é tudo consignado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/04/2008 - 12:19
    Enviado por: rafael

    olha so eu fis um reescalonamento de cartao no banco do brasil e tbem dei baixas em alguns cheques cem fudos ,mais o que acontece e que depois de ter feito o reescalonamento tenho tido muitos problemas tenho uma pequena empresa e abri algumas contas juridicas mais tais contas sairam sem limite por conta que o banco do brasil forneceu esses dados do reescalonamento ,eles pode fazer isso ,epedirem que eu posso crescer gerar empregos afinal se eu reescalonei e to pagando o banco nao podia fazer isso ,isso que o banco do brasil ta fazendo nao e quebra de singilo bancario? obg .

    Advogado de Defesa:

    Provavelmente, essas informações constam de um cadastro do Banco Central, o SCR (se a dívdia for acima de R$ 5 mil), e os bancos consultam esse cadastro

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 13:38
    Enviado por: JOELMA PORCINA

    BOA TARDE GOSTARIA DE OBTER INFORMAÇÃO SOBRE DIVIDA COM BANCO, TEM UMA EMPRESA DE ASSESSORIA ME LIGANDO E AMEAÇANDO-ME COM AÇÃO E ATE RESPONDER NA FRENTE DE JUIZ, E POR ISSO ESTOU QUASE FAZENDO UM ACORDO SEM PODER POR CAUSA DESSE COSNTRANGIMENTO QUE ESTOU PASSANDO, TENHO CARTÃO DE CREDITO E EMPRESTIMO PESSOAL PELO BANCO REAL, QUAL A MANEIRA MAIS SENSATA PRA MIM RESOLVER ESSE PROBLEMA.
    ME AJUDEM POR FAVOR
    JOELMA

    Advogado de Defesa:

    renegociar a dívida e pagá-la mensalmente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 15:08
    Enviado por: Carlos Roberto Soares Sousa

    Após 5 anos o nome fica limpo, mas a dívida
    permanece? Em cobrança judicial podem
    reter meu saldo em conta corrente de outra instituição.? No meu caso é dívida bancária.

    Advogado de Defesa:

    Depois de 5 anos, o nome sai autoamticametne dos cadastros de restrição ao crédito, mas isso não significa que a dívida suniu, ela poderá continaur a ser cobrada, mas não judicialmente se o credor não entrou com processo antes dos 5 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/04/2008 - 19:53
    Enviado por: WALTER

    Recebo meus vencimentos em uma conta-poupança. Tenho dívidas na conta-corrente do mesmo banco. O gerente pode bloquear valores na minha poupança, sob qualquer alegação, mesmo sabendo que os valores ali creditados é meramente de crédito de salários? Se o gerente proceder assim, posso processá-lo ou à instituição bancária?

    Advogado de Defsa:

    Só pode se você autorizou

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 16:27
    Enviado por: Antuérpio Modine

    Devo o banco itau e não tenho como pagar, será q eles podem entrar na justiça e penhorar ativos financeiros q mantenho em outro banco ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 16:40
    Enviado por: Ludmilla

    Tenho uma divida de cheque especial naminha conta corrente onde recebo meu salário, liguei para o banco e eles falaram que quando meu salario entrar será todo usado para cobrir o cheque especial (a divida).Eles podem fazer isso?
    O que devo fazer.(os juros eles ja descontaram usando o proprio saldo do cheque especial)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 10:49
    Enviado por: Aline Ferraz

    Tenho uma divida com a faculdade que chega a 10.000 reais, perdi a audiência e tentei negociar diretamento om o juridico da universidade. Os mesmo exigem que pague o valor mínimo de 30% para renegociar a divida, não tenho condições de pagar este valor. Agora penhararam o valor de 106 reais da minha conta corrente. A Universidade pode exigir que pague os 30%? Posso entrar com algum tipo de Ação judicial?
    Desde já obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 18:02
    Enviado por: marcelo xavier

    como pagar uma divida com uma empresa que ja fechou e naun tem nem endereço, pois conta a divida no spc

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 18:10
    Enviado por: PAULO DE TARSO

    TENHO UMA DIVIDA COM 0 BANCO DO BRASIL DE 18.000 MIL REAIS QUERO FAZER UM ACORDO PARA PAGAR NO MAXIMO 600 REIAS AO MES, SE ELES NÃO CONCORDAREM O QUE FAÇO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2008 - 18:15
    Enviado por: ALEXANDRE PIRES

    RECEBI DURANTE MUITO TEMPO PELO BANCO DO BRASIL, CONTRAI ALGUNS EMPRESTIMOS, QUE FUI HONRANDO A MEDIDA DO POSSIVEL, TODAVIA MOTIVOS DE FORÇA MAIOR, TORNARAM MINHA SITUAÇÃO FINANCEIRA BASTANTE DIFICIL E ASSIM NÃO TIVE MAIS COMO SALDAR OS DEBITOS, FUI OBRIGADO A MUDAR DE BANCO O MEU PAGAMENTO, E AGORA QUERO NEGOCIAR COM O BANCO DO BRASIL, MINHA DIVIDA ESTÁ EM 19 MIL REAIS E POSSO PAGAR POR MES 300 REAIS, SEM PROBLEMAS QUANTO AO TEMPO MAS MEU ORCAMENTO SO CABE ESTE VALOR MENSAL, QUERO SABER A RESPEITO DOS JUROS, E SE CASO ELES NÃO CONCORDAREM COM O VALOR COMO DEVO PROCEDER.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 12:05
    Enviado por: aline

    pago emprestimo junto a caixa economica de minha casa
    a prestacao venceu dia 26 e meu pagamento é dia 01
    todo mes pago dia 02
    este mes eles pegaram 250,00 do meu limite
    e o resto deixaram a minha conta devedora
    estou tendo que pagar juros de cheque especial e taxas por usar mais que o limite
    isso é certo
    podem estourar a minha contat para pagar uma prestacao
    usar o meu limite e mais do que ele ?

    grata

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2011 - 09:26
      Enviado por: samuel pereira

      bom dia nessa segunda feira fui fazer um pagamento em uma loja essa mesma me passou varias vezes o meu carão de debito acabou descontando 3 vezes o valor acabei usando o meu limite especial. deixei de paga as contas por esse problema ela disse era era o banco que ia me extorna o banco disse quem nao hoje sexta feira caiu o extorno mesmo assim posso entra na justiça contra danos marais isto atrapalou muito a minha vida muito obrigado

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/04/2008 - 12:07
    Enviado por: aline

    pago emprestimo junto a caixa economica de minha casa
    a prestacao venceu dia 26 e meu pagamento é dia 01
    todo mes pago dia 02
    este mes eles pegaram 250,00 do meu limite
    e o resto deixaram a minha conta devedora
    estou tendo que pagar juros de cheque especial e taxas por usar mais que o limite
    isso é certo
    podem estourar a minha contat para pagar uma prestacao
    usar o meu limite e mais do que ele ?

    grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 12:24
    Enviado por: jose carlos andrade moura

    olá,minha quetão é seguinte:Tenho conta no Banco do Brasil e a empresa que eu trabalho estava depositando meus vencimentos nesta conta.Agora estou sendo informado que terei que recebe-los no banco Itau via conta salario.Eu pergunto se eu posso negar-me a aceitar e assim continuar recebendo pelo Banco do Brasil ? gostaria de receber esta informação pois lembro de uma lei que determina que a empresa deposite os vencimentos na conta de preferencia do funcionario. Gostaria de mais informação a respeito.

    Advogado de Defesa:

    O funcionário só pode escolher o banco para receber salário se foi contratado após setembro de 2006

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 12:41
    Enviado por: Verônica

    Boa tarde! Meu marido tem uma divida com banco itau referente ao lis de uma conta antiga +ou- 4 anos ele até tentou negociar fazendo acordos mais os valores eram fora da nossa realidade, agora ele está em um trabalho novo e a conta tem quer ser no itau, eles não permitiram que ele abrisse uma conta salario, fez com que ele reativasse a conta antiga, hoje ele foi informado que o banco iria pegar o salario dele que cair nesta conta, isso pode ocorrer? como pode o banco pegar todo o salario de um pai de familia! por favor peço a sua ajuda para esclarecer essa questão.

    Advogado de Defesa:

    Nenhum banco pode invadir a conta para retirar dinheiro para quitar outras dívidas, a não ser que o correntista tenha autorizado. Se você não autorizou, entre com processo no Juizado Especial Cível e poe exigir até danos morais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 18:04
    Enviado por: marcelo

    perguntas: gostaria de saber o seguinte, tenho um cheque devolvido no banco do brasil desde 2004, o banco naum consegue achar a copia desse cheque ja faz 60 dias q eu pedir essa copia e eles naum consegue qual a medida q eu devo tomar???????obrigado

    Advogado de Defesa:

    Entrar com ação no Juizado Especial Cível

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2008 - 20:37
    Enviado por: elisete arruda

    gostaria de saber se meu nome depois de cinco anos os cheques vão caducar e meu nome sai do SPC serasa e como fica

    Advogado de Defesa:

    Depois de 5 anos da dívida, o nome tem de sair automaticamente do SPC e da Serasa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 12:06
    Enviado por: preta zilli

    Ola meu nome é nucimar tenhu uma divida com o banco finasa de um finaciamento de maquinas para costura e to com 4 parcelas em aberto e agora ta em uma agencia de cobrança , eles querem receber oas parcelas q estao em atrazo mas nao tenho como quitar todas queria fazer uma renegociaçao da divida mas eles falaram q nao pode ser feita ou eu quito as atrazadas ou o banco vai levar pra cobrança judicial. Queria saber se tenho o direito de renegociar a divida se nao nao tenho como fazer o pagamento agora queria dar uma entrada e reparcelar.alguem poderia me ajudar me dizendo o q posso fazer obrigado .

    Advogado de Defesa:

    Recorra o Procon e peça que façam a intermediação na renegociação da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 14:20
    Enviado por: Adriano

    Olá, tinha uma divida em vários cartões pois não soube controlar meu orçamento, deixei de pagar alguma divida depois negociei e paguei em parcelas no cartão. Agora vi que iria arrebentar o orçamento, sendo assim, saquei o limite cash dos cartões e acabei de gastar o limite de todos. Tenho um carro financiado pelo mesmo banco que possuo os cartões de credito.
    O que pode acontecer, pois torrei uns 4 mil dos cartões em 3 dias?Não vai dar pra mim pagar, mas vou continuar pagando o carro, eles podem me tomar o carro para pagar os cartões ou emprestimos?

    Advogado de Defesa:

    Eles podem entrar com ação judicial de cobrança e quem vai determinar o que será feito é o juiz

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 16:39
    Enviado por: TEREZA

    ALGUEM PODERIA ME ORIENTAR QUAL O TIPO DE AÇÃO CORRETA PARA QUE O BANCO SANTANDER PARE DE RETER SALÁRIO DEPOSITADO EM CONTA CORRENTE COM A FINALIDADE DE SALDAR EMPRESTIMO BANCÁRIO. PENSEI NUMA CAUTELA INOMINADA, MAS ESTOU EM DUVIDA QUANTO A AÇÃO PRINCIPAL. POR FAVOR NECESSITO DE UMA ORIENTAÇÃO URGENTE. OBRIGADA

    Advogado de Defsa:

    Você pode recorrer ao Juizado especial Cível. Nenhum banco pode retirar dinheiro de uma conta corrente para pagamento de dívidas, a não ser que o correntista tenha autorizado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 21:25
    Enviado por: celso batista de souza

    tenho uma divida de 5814.00 junto ao citi bank por favor quero renegociar mas quero saber qual e o juros por mes por lei que devo pagar

    Advogado de Defesa:

    Você deve procurar o Procon e pedir o cálculo dos juros

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 21:41
    Enviado por: Aldênia Silva

    Fiz 2 cartões com limites de R$ 2.500,00 cada, eles hoje estão estourados, quero pagar, só que atuamente não posso pagar ném o mínimo do boleto bancário.
    Eles fazem um acordo dentro do meu orçamento?
    Obrigado.

    Advogado de Defesa:

    Você deve conversar com eles e levar uma proposta de pagamento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/04/2008 - 23:00
    Enviado por: willian ferreira de lima

    tenho uma divida de emprestimo no banco bradesco foi em 2004 agora consequi um emprego e aconta tem que ser no mesmo banco e conta salario so que a gerente falou que eu não podia abrir outra conta no mesmo banco se eu não falase com o outro gerente para fazer uma negosiasão o banco que eu fiz e no iterio de são paulo não tem como eu ir la

    Advogado de Defesa:

    Conta salário você pode abrir sim

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 12:17
    Enviado por: Antuérpio Modine

    A todos devedores angustiados desse site:

    - Existe uma série de bens considerados bens de família q não podem ser penhorados. Seu salário por exemplo em hipotese alguma pode ser retido para pagamento de dividas com financeiras e bancos.

    - É claro q o banco ira tentar persuadi-lo a pagar o debito tentando fechar todos seus caminhos, no ultimo caso vc pode ir até a defensoria pública e denunciar o abuso e receber seu salário via “ordem de pagamento” bancária sem precisar ficar nada retido.

    - Relaxem quanto a pressão q por ventura venham a sofrer, os bancos já cobram juros de forma abusiva para q os clientes corretos paguem pelos inadiplentes.

    - Os bancos não tem interesse em tomar nada de ninguem (me refiro a tv, geladeira, som, casa-própria, bicicleta, etc) se não for possivel negociar, faça o seguinte : tire algum bem de valor q esteja no seu nome (lote, carro e motos) e deixa o pau quebrar, esses caras vivem as custas da miséria do povo.

    -

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 13:32
    Enviado por: jose roberto de lima

    por favor Dr advogado gostaria de saber o seguinte
    tenho um ME e tinha um limite de 20.000 no banco hsbc e por condicoes improprias de pagamento ou seja nao consegui saldar a divida o ramo esta muito ruim. jrs sobre jrs agora esta indo oficial de justica pr eu assinar pois o banco deve ter ajuizado , o banco pode pedir minha falencia ou seja da minha empresa. o que fazer nao tenho nem condicoes de pagar advogado a defensoria publica atende esse caso ou nao .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 16:55
    Enviado por: Antuérpio Modine

    José Roberto

    Não existe milagre e nem formula mágica para seu caso. Vc só tem 1 caminho, cara:

    1 – Tire de seu nome, veículos, imoveis (menos casa própria e conta de bancos)

    2 – Assina a intimação, mas não compareça a audiencia (não acontece nada)

    3 – Deixa o barco ir… das duas uma : ou eles vão te propor uma negociação q cabe no seu bolso ou vão ficar no prejuizo, pq no Brasil esse tipo de conta ninguém é obrigado a pagar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 19:50
    Enviado por: adi marcos galeassi

    eu abri uma conta no banco do brasil, um cheque de uns R$300,00 foi pago pelo banco sem eu ter limite, e eles me colocaram no serasa por cinco anos, e chegaram a me cobrar R$7.000,00, eu não paguei, então uma empresa tercerizada negociou comigo para que eu pagasse R$900,00 eu paguei e agora ainda aparece uma díivida de mais R$2000,00 no banco.
    quero saber se posso entrar com uma ação por danos morais, pois fui constrangido várias vezes, e com o nome sujo na praça todo esse tempo e ainda estou devendo.

    Advogaado de Defesa:

    Pode sim, inclusive se você tem o comprovante de que pagou os R$ 900 e isso dava quitação da dívida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2008 - 21:33
    Enviado por: karina souza

    quem tem o nome no spc pode abrir conta corrente
    para receber salario?

    Advogado de Defesa:

    Para receber salário, sim, mas não pdoerá ter talão de cheque nem cartão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2008 - 08:04
    Enviado por: Márcio Henrique

    Tive empresa e fui a falencia com dívida grande. Não tenho bens. Estou trabalhando de empregado e recebia me salário em CC somente para salário. Fui penhorado e agora não posso receber meu salário. Será que não tenho o direto de trabalhar e receber meu salário.?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2008 - 09:35
    Enviado por: charlene

    quero saber o que eu recebo caso eu peço conta de uma firma?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2008 - 11:09
    Enviado por: Miriam Regina - São Paulo

    Tenho uma residência alugada, que ainda não está em meu nome(está em nomecdo meu ex- marido),consta do formal de partilha que a residencia ficou para mim. Então eu aluguei apesar de estar no nome do meu ex- marido.
    Fiz um contrato aqui em São Paulo, sem fiador com deposito de 1.000,00(a casa está localizada em Peruíbe).Perdi meu pai e meu irmão me endividei e meu nome está no Serasa.
    Esse contrato tem firma do inquilino reconhecida e minha também. Consta do contrato que a casa possui uma linha telefonica, as contas da casa estavam em dia , quando ele entrou na casa. Ele perdeu a linha telefonica por falta de pagamento. como a linha estava em meu nome, foi para o SPC também agora ameaçou me processar caso eu não devolva o depósito.
    Ligou me ofendeu, disse que eu tenho meu nome “suj”!, e que ele como é dono de transportadora,verificou que eu tenho outras dívidas, que vai entrar com uma ação contra mim.
    Minhas dúvidas são: ele pode entrar com uma ação alegando que eu estou com meu nome sujo?
    Ele tem direito a devolução do depósito?E o telefone como fica?A telefoniva disse que perdi a linha(comprei essa linha quando ainda tinha plano de expansão).Por favor gostaria de ser orientada…
    não tenho mais ninguém a quem recorrer. Grata!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2008 - 14:43
    Enviado por: Flávia

    Tenho uma dívida com cartao de crédito Ourocard (sou correntista BB). Abri processo no PROCON pedindo negociação mas as propostas apresentadas pela operadora eram inaceitáveis.Está tramitanto processo no PROCON para recalculo da dívida mas, antes que eu tivesse acesso aos novos valores, fui surpreendida por um débito na minha conta corrente de mais de 60 % do meu salário (que é depositado nessa conta). Eles podem fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/08/2011 - 10:00
      Enviado por: jorge cruz santos

      bom dia
      gostaria de tirar uma duvida meu filho menor de idade, se apropriou do meu cartão de crédito e adquiriu um carro sem meu consentimento. pergunto? de quem é a responsabilidade juridica? pode a concessionária me rsponsabilizar? posso devolver o carro a concessionária? existem deipositivo legal na legislação brasileira que me obriga a assumir esse debito?
      desde já ficoi-lhe meuito grato pela orientação.
      J.C.s.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/05/2008 - 17:49
    Enviado por: josé carlos

    Emprestei três cheques ao meu ex-patrão aos quais fez uma factoring, na empresa de um amigo a qual não se destina a tal função.
    Resultado, estou no serasa desde 01/2006
    1º – Até quando e ele têm poder de cobrar estes cheques já que ele não e do ramo de factoring?
    2º – E com relação ao meu ex-patrao, quais as responsabilidades e como fazer para fazer com que cumpra o compromisso assumido?
    3º – Posso entrar com um processo trabalhista?

    Obs. Tenho testemunhas/funcionários.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2008 - 12:10
    Enviado por: fabio

    tenho uma divida no banco do brasil veio uma carta falando se não fazer acordo eles broqueia meus bens, não tenho bens e dai o que acontece?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 12:11
    Enviado por: Antuérpio Modine

    Fábio

    relaxa cara, não acontece nada e daki 5 anos vai pescrever…

    Não compareça as audiencias, assine a intimação, mas não vá e pronto. Acabou.

    Não vai acontecer nada, vc não irá preso nem nada !

    Lembre-se q o BNB perdoou mais de 500 milhões de reais em dividas de produtores rurais, o governo assinou acordo com os bancos regularizando a concessão de crédito fácil, mas sem expropriar os inadiplentes. Os bancos fazem seguro de suas dividas e aumentam as taxa de juros de tal forma q os bons pagadores acabam pagando pelos inadiplentes e os bancos ainda ficam no lucro.

    Enfim, toda pressão q vc vai sofrer, não passa de um blefe vindo de uma corja de ladrões.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 12:55
    Enviado por: Diogo Freitas

    Fiquei desempregado e acabei criando varias dividas no banco do Brasil como cartão, emprestimos e cheque especial, consegui um novo emprego e recebi meu 1º salario na conta poupança vinculada a conta corrente onde estão as dividas!
    Conclusão o banco bloqueio o saldo da minha poupança e querem que eu va a agencia para que eles possam desbloquear!
    Eles podem fazer isso?
    obs.: Minha poupança é vinculada a conta corrente mais não tem transferencia automatica!
    o dinheiro continua na poupança e não consta como bloqueado, so na hora que tento fazer o saque é que vem a mensagem “Favor comparecer na sua agencia”!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 13:29
    Enviado por: Julio César Domiciano Maia

    tenho uma divida no Mercantil do Brasil e esta muito alta e agora minha conta corretente do itau conta salário foi bloqueada judicialmente só que como recebo pouco não houve saldo, até quando dura este bloqueio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 13:31
    Enviado por: Julio César Domiciano Maia

    tenho uma divida no Mercantil do Brasil e esta muito alta e agora minha conta corretente do itau conta salário foi bloqueada judicialmente só que como recebo pouco não houve saldo, até quando dura este bloqueio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 13:53
    Enviado por: Edival Leme

    Boa tarde, ultimamente houve débitos em minha conta mesmo com saldo zero, e depois o banco cobrava a tarifa de adiantamento que é de R$ 24,00.
    Posso solicitar ao banco que não efetuem esses débitos ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 14:39
    Enviado por: Silvia Lene

    Eu fiz emprestimos para serem descontados na minha folha de pagamento e agora tudo subiu e os valores estão fazendo muita diferença no mês.
    Gostaria de saber se eu posso pedir o cancelamento pois eu acho que o valor está acima de 30 % para o consignado.
    E ainda, tenho uma cirurgia para fazer e será descontado, também, alguns valores referentes a mesma. Como posso ser descontada ainda mais de um valor que não possuo?
    Desde agradeço…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 14:39
    Enviado por: John Smith

    Boa tarde. Fiz a bobagem de emprestar cheques, e já viu no que deu ne? Em 2006 o banco Santander pagou 2 destes cheques, mesmo sem fundos nos valores de 10.000 e 6.500… O primeiro foi depositado o valor e tudo certo, mesmo assim esta errado o pagamento pelo banco (incidi em juros e tudo mais)… Mas o de 6.500 foi pago pelo banco e eu fiquei com uma divida monstruosa. Negociei a divida com o banco, paguei-a, mas me sinto lesado, pois o banco deveria ter devolvido o cheque, e não pago e me endividado. Que medidas posso tomar? Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 15:42
    Enviado por: Adriana costa

    Olá, boa tarde, estou com os mesmos problemas que todos ai… em 2000 usei meu limite do cheque que era 900,00 e o credcard 1000,00 hoje em 2008 querem 16.000,00 de debito do especial e 1800,00 do cartão… quero saber se eles podem colocar meu nome no spc serasa agora depois desse tempo e se posso comprar uma moto, sem eles me tirarem grata me responda

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 16:57
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Adriana

    Pode sim, sujar seu nome, mas se vc não recebeu nenhuma notificação (carta com AR ou intimação judicial) essa divida ja pescreveu.

    Não coloque essa moto em seu nome pq nesse caso a moto se torna um bem penhorável, passivel de ação na justiça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 20:32
    Enviado por: Andre

    Por favor tenho alguns emprestimos no banco do brasil, pago certinho mas são emprestimos de uma vez, com juros alto, gostaria de saber se posso refazer outro emprestimo kita e depois pagar todos emprestimos em parcelas unicas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2008 - 20:34
    Enviado por: Andre

    Por favor tenho alguns emprestimos no banco do brasil, pago certinho mas são muintos emprestimos de uma vez, com juros alto, gostaria de saber se posso refazer outro emprestimo kitando, E depois pagar todos emprestimos em parcelas unicas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2008 - 11:49
    Enviado por: Diogo Freitas

    Ola deixei uma duvida um pouco acima e ainda não obtive resposta, vou falar aqui o que ja aconteceu depois:
    Fui ao banco para ver o que eles iriam me propor, e ele disseram que so vão liberar o saldo da minha conta se eu renegociar as dividas com o banco, provavelmente ate alguem responder ja terei feito essa renegociação mais fiz varias pesquisas na internet e encontrei essa noticia!
    “O STJ (Superior Tribunal de Justiça) manteve decisão do Tribunal de
    Justiça do Rio Grande do Sul e confirmou que o banco Itaú não pode
    bloquear o salário e à ajuda de custo de um correntista para cobrir o
    saldo devedor de sua conta-corrente. Cabe ao banco obter o pagamento
    da dívida em ação judicial.
    No caso julgado, o vendedor V. G. C. afirmou manter junto à
    instituição financeira contrato de conta-corrente e utilizá-la somente
    para o recebimento dos salários e da ajuda de custo, tendo o banco
    bloqueado o valor depositado em decorrência de uma dívida contraída
    por ele. Ele afirmou ainda que os valores depositados eram usados para
    alimentação, sendo ilegal o ato do banco.

    Na primeira instância, o pedido do vendedor foi julgado procedente. O
    Itaú apelou, mas o recurso foi negado pelo TJ/RS. Ao julgar o novo
    recurso do Itaú, o ministro Humberto de Barros afirmou que não é
    lícito à instituição financeira pagar-se integralmente, às custas da
    subsistência do correntista. “Ao bloquear o salário –ainda que
    amparado em cláusula contratual permissiva — o banco comete ato
    ilícito, porque constitucionalmente vedado”, afirmou.”

    Gostaria de saber se depois disso poderei esta movendo alguma ação contra o banco? pois estou me sentido lesado em ter a obrigação de fazer essa renegociação agora!

    Obrigado!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2008 - 15:49
    Enviado por: ELIS

    Boa Tarde;

    A emrpesa que trabalhava depositou a rescisão em minha conta corrente no mesmo dia eu saquei o valor, dois dias depois a empresa veio me dizer que calculou o valor da rescisão errado e que eu deveria devolver 259,00 que foram depositados a mais…minha duvida é o bancopode debitar esse valor da minha conta corrente ja que o credito foi feito em conta corrente? sou obrigada a devolver esse valor?

    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2008 - 16:18
    Enviado por: John Smith

    Boa tarde. Fiz a bobagem de emprestar cheques, e já viu no que deu ne? Em 2006 o banco Santander pagou 2 destes cheques, mesmo sem fundos nos valores de 10.000 e 6.500… O primeiro foi depositado o valor e tudo certo, mesmo assim esta errado o pagamento pelo banco (incidi em juros e tudo mais)… Mas o de 6.500 foi pago pelo banco e eu fiquei com uma divida monstruosa. Negociei a divida com o banco, paguei-a, mas me sinto lesado, pois o banco deveria ter devolvido o cheque, e não pago e me endividado. Que medidas posso tomar? Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 00:19
    Enviado por: Eduardo Melo

    Oi… vc pode me dizer o que significa estouro período anterior??? veio esse desconto no meu contra-cheque e eu não sei ao que se refere… obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 09:29
    Enviado por: Adriano

    Caso minha divida de cartões de crédito seja feita em cobrança judicial meu carro financiado pode ser penhorado? Ele ainda não é meu de fato pois não está quitado, está alienado estou certo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 12:13
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Adriano

    Seu carro pode sim ser penhorado, mas a penhora fica em suspenso, daí quando vc terminar de pagar (quitar) ele será apreendido.

    Se vc não pretende pagar a divida com o cartão de crédito, vc deve vender esse carro e comprar outro em nome de outra pessoa.

    DICA: quando vc comprar um outro carro ou imovel, coloque em nome de algum filho ou filha menor de idade e aí vc pode ser o procurador ou curador deles e o bem fica impenhorável.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 13:59
    Enviado por: Vera Lúcia Cabral

    Sou devedora solidária em contrato de reescalonamento firmado com o Banco Santander e devido ao não pagamento das parcelas por parte do cliente, o referido banco fez o débito de uma das parcelas em minha conta corrente. Ocorre que não havia na conta o valor suficiente para cobrir tal parcela e o Banco o fez utilizando o valor referente ao saldo do cheque especial, que no meu entender, não é dinheiro meu. Isto foi correto? Em caso negativo, como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 14:24
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Vera Lucia,

    Veja bem, se vc tivesse emitido um cheque e ele fosse devolvido, vc poderia até processar o banco, se seu limite de cheque especial fosse suficiente para cobrir essa enventualidade.

    O banco não faz distinção de débitos em sua conta corrente, se o documento for legal e sua conta tiver fundos (saldo + limite) o banco vai pagar.

    Se vc não consegui negociar com o banco, dê o calote pq vc para conseguir ganhar uma ação dessas terá q gastar uma fábula em dinheiro e será uma ação incerta e com uma infinidade de recursos por parte do banco.

    Deixa a bola de neve rolar pra lá …

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 15:15
    Enviado por: Alessandra Paiva

    Estou precisando de tirar uma dúvida urgente!
    O meu marido arrumou um emprego em uma firma a qual ela exige q os funcionários tenha conta Pouponça no Banco Bradesco. Porém a muitos anos atras o meu marido pegou um empréstimo ( No Bradesco – Conta Corrente) e não pode pagar. Agora ele foi na agência da cidade a qual a gente reside e o Gerente falou q ele só pode abrir a conta Poupança depois q negociar a divida. Porém não estamos em condições no momento de o pagar a divida. O Banco pode abrir uma conta poupança ou uma conta salário, mesmo com o débito?

    Obrigada,
    Alessandra

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 15:58
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Alessandra

    Só se o gerente for seu camarada, aí ele quebra seu galho, do contrário, não existe lei q impeça um banco de recusar alguem como cliente de seus serviços.

    Agora conta salário é diferente, geralmente existe um contrato entre o banco e a empresa para pagar os salários dos funcionários, nesse caso o banco não pode bloquear ou recusar a pagar seu esposo.

    Pelo q eu entendi a empresa não tem esse contrato e quer q vcs sejam “clientes” do banco para poderem receber o salário.

    Vc pode entrar em contato com o depto financeira da empresa e pedir para fazer uma OP (ordem de pagamento bancária) aí eles não tem como recusar a te pagar, caso contrário não há outro jeito.

    Na verdade salário não pode ser bloquado, mas se vc entrar na justiça, corre o risco de receber uma setença favoravel daki uns 300 anos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 16:58
    Enviado por: Joelma Pinheiro Ferreira

    Abri uma conta universitária em 2004, em 2007 renovei a conta, até aí nunca houve problema nenhum, sempre tive o limite na conta. Nesse mês retiraram o meu limite, o que fez um cheque meu voltar. Pode retirar o limite sem aviso? há um determinado tempo de validade do limite diverso da validade da conta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2008 - 19:17
    Enviado por: valdivino pio de oliveira

    meu nome ta no spc serasa ha quase cinco anos.sera que tem jeito de tira-lo sem pagar as dividas?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2008 - 01:33
    Enviado por: Vera Lucia

    Olá!
    Fiz um seguro no banco e pedi para cancelarem e me estornarem o valor. O banco cancelou a conta mas não estornou, e estão sendo cobrados encargos e juros.
    Posso procurar o Procon?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/05/2008 - 20:03
    Enviado por: cicero aparecido de souza

    é válido a pessoa pagar seguro pelo telefone para receber um cheque administrativo de banco rural de emprestimo no valor x com parcelas de 100meses sem pegar no cheque primeiro isto aconteceu comigo tem como recorrer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2008 - 09:00
    Enviado por: Michelle

    Bom dia,

    Tenho uma dívida com o Banco Itaú há 1 ano. Inicialmente ela era de R$4.000,00 e agora eles pedem R$8.000,00. Gostaria de saber como posso conduzir a negociação de modo que eu não pague tantos juros, somente o valor devido. Consegui juntar apenas o dinheiro do valor incial da dívida e não tenho como pagar os juros. Atualmente estou desempregada. Agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 17:48
    Enviado por: Jocival silva

    Tenho uma conta no Bradesco e um cartão de credito vinculado.debito automatico do valor minimo do cartão.fiz um acordo c/ o cartão parcelei de três vezes,ja paguei a 1º.
    Quero fechar a conta o banco enformou que só apos cancelar o cartâo de credito e que só posso cancelar quando quitar o acordo. Sendo que o acordo não é debito automatico.
    Este procedimento é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 17:59
    Enviado por: Raquel Aguiar

    Tive um débito no sudameris há um bom tempo atrás, não paguei a dívida,passaram-se mais de 05 anos ,e não tenho restrição no serasa e spc, porém estou precisando abrir uma conta no banco real, que por sinal é dono do antigo sudameris. E eles bloquearam ,alegando que tenho um divida interna e por esse motivo não será possível a abertura da conta atual.
    É correto esse procedimento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2008 - 19:53
    Enviado por: Sabrina Rocha

    Boa Noite, fiz um empréstimo em 48 vezes no banco real no valor de R$ 1300,00 p/mês. Paguei umas 3 parcelas mas não estou conseguindo mais pagar, fora os cartões de creditos vinculados a c/c q a cada dia aumentam (pois estou pagando o mínimo). Tenho um apartamento no meu nome. O banco pode penhorá-lo? posso perder meu único imóvel? Me ajudem por favor…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 15:25
    Enviado por: enfm

    tenho algumas dividas em bancos como caixa federal e banco real, tabem devo cartoes de creditos e algumas financeiras, fui fazendo um emprestimo para pagar o outro e me endividei de forma que agora nao consigo pagar mais as prestacoes das financeiras e dos cartoes, fiz uma renegociacao com o banco real mas nao consegui pagar as prestacoes estou com tudo em atraso, nao possuo bens em meu nome apenas um carro fianceiado por leasing onde o bem esta no nome da financeira e alienado a mim, gostaria de saber se corro o risco de perder alguma coisa, estou tentando negociar e pagar aos poucos mas divida é muito grande e nao estou conseguindo pois os juros estao muito altos, o que pode me acontecer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 15:26
    Enviado por: enfm

    tenho algumas dividas em bancos como caixa federal e banco real, tabem devo cartoes de creditos e algumas financeiras, fui fazendo um emprestimo para pagar o outro e me endividei de forma que agora nao consigo pagar mais as prestacoes das financeiras e dos cartoes, fiz uma renegociacao com o banco real mas nao consegui pagar as prestacoes estou com tudo em atraso, nao possuo bens em meu nome apenas um carro fianceiado por leasing onde o bem esta no nome da financeira e alienado a mim, gostaria de saber se corro o risco de perder alguma coisa, estou tentando negociar e pagar aos poucos mas divida é muito grande e nao estou conseguindo pois os juros estao muito altos, o que pode me acontecer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 10:29
    Enviado por: Cristiano

    Possuo uma dívida com banco Real eles entraram com ação juducial o oficial de justiça já foi na minha antiga residência por tanto não fui citado possui financiamento de carro com o J.safra e Bv financeira eles podem me tomar estes carros de imediato ou bloquarem até a quitação do bem, devo procurar um advogado??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/05/2008 - 10:31
    Enviado por: Cris

    Possuo uma dívida com banco Real eles entraram com ação juducial o oficial de justiça já foi na minha antiga residência por tanto não fui citado possui financiamento de carro com o J.safra e Bv financeira eles podem me tomar estes carros de imediato ou bloquarem até a quitação do bem, devo procurar um advogado??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2008 - 15:25
    Enviado por: maria siqueira da Silva haag

    eu usei meu lis do banco itaú que era de 1.800.00, onde descontaram parcelas de emprestimos, não consegui cobrir este lis e hoje a divida ja esta em uns 3.000,00, não sei quando poderei paga-la, tenho um carro nomeu nome quitado, a justiça pode tirá-lo de mim pra quitar a divida do banco?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/05/2008 - 17:43
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Pessoal

    Existe bens q são impenhoraveis, são chamados bens de família, ou seja se vc tiver uma casa e morar nela, NINGUÉM pode tomar de vc.

    Carro é considerado impenhoravel quando a pessoa tem um filho deficiente fisico ou mora com idoso (pãe, mãe, irmaos, etc)

    Se vc não pagar, seu nome vai ficar sujo, só isso ! Geralmente os bancos não costumam executar dividas consideradas pequenas (pra eles) 15 mil abaixo, por aí vai…

    Eles fazem todo tipo de pressão pra cima da pessoa, mas é apenas blefe, se a coisa for parar no tribunal : RELAXEM – não compareça as audiencias e deixa o pau quebrar ate vc poder negociar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 09:15
    Enviado por: renata gomes

    Bom dia
    Tenho uma divída no banco Itau desde 2006 eles dizem que o valor na época era de 5000,00 na epoca fiz um acordo e assinei de parcelas 24×412,00 mas não consegui cumprir fiquei gravida , qdo ligo na central de atendimento eles dizem que está divida é de 33000,00 , ja tentei negociar pela ouvidoria pelos gerentes enfim mas eles não fazem acordos de forma alguma , meu nome está no serasa, e hoje tenho condições de pagar a mesma condição oferecida naquela época, que acredito ser muito boa . mas a Instituição não aceita de jeito nenhum , como vou poder pagar estes 33mil que estão me cobrando, por favor me ajudem
    Ontem entrei em contato novamente e eles me ofereceram pagar 36×2297,00 se pagar até a data 47% que saí o mesmo valor ,por favor peço a ajuda de vocês para orientarem . Grata Eles dizem que o juros cobrados é de 5,92% , Eu tenho um carro onde levo minha filha de 1ano e meio até escola e busco todos os dias , eles podem tirar meu carro Estou desesperada preciso resolver mais eles não aceitam .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 12:30
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Calma Renata…

    Não se assuste com números, nem com ameaças via telefone, fax, carta com AR, etc.

    Os bancos tem regulamentos internos q os clientes desconhecem. Em hipotese alguma vc deve fazer uma contra-proposta a eles, isso só vai demonstrar q vc está de fato disposta a pagar, nesse caso eles vão querer te “esfolar” .

    1º) Calma, não tome conhecimento de nada q eles te enviarem. Não se precipite indo até a agencia tentando negociar isso.

    2ª) Será provavel q perto da divida pescrever, eles te farão uma proposta infinitamente menor do a que vc está disposta a pagar. Se a coisa for parar no tribunal tudo q vc tem a fazer é montar um demonstrativo de custo (receita/despesa) de sua casa formalizando sua situação e “quanto” vc pode pagar. O juiz (e o banco tb) irão acatar isso, afinal é a única solução para o caso.

    3º) Se não houver acordo, vc deve tomar uma providencia quanto ao seu carro: faça uma petição alegando se tratar de um “bem de familia indispensavel ao transporte de sua filha menor de idade”.

    Na verdade seu unico incoveniente será o nome sujo, mas pode ser remediado até q passe os 5 anos.

    Se vc fez o emprestimo no caixa eletronico (sem assinar nada) é quase impossivel q o banco venha a te executar e te tomar algum bem, tudo q vc precisa fazer é mantar a calma

    Lembre-se na história do mundo “a rebeldia é premiada e a obediencia é punida”

    3º)

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2011 - 13:48
      Enviado por: Douglas Silva

      Ola.

      Devo aproximadamente 8 mil no Cartao de Credito e 9 Mil de emprestimo pro mesmo banco “ITAU”.

      Tenho apenas um terreno de 5 mil no meu nome. Será que eles podem tentar pegar este terreno via judicial?

      Existe uma casa construida neste terreno.

      Sou casado com comunhao de bens, caso minha esposa compre um carro no nome dela, o banco pode tomar o carro por causa da minha divida?

      Depois de 5 anos a divida diminui e pretendo quita-la.

      Abraço.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/05/2008 - 14:54
    Enviado por: marcelo

    OLÁ COMPREI UM CARRO ZERO FINANCIADO PELO ITAÚ EM 60 MESES JÁ PAGUEI 48 PARCELAS , MAIS SÓ QUE AGORA ESTOU PASSANDO POR PROBLEMAS FINANCEIRO PEDI PARA NEGOCIAR O VALOR DAS PRESTAÇÕES POIS QUERO CONTINUAR COM O CARRO É PAGANDO UM VALOR MENOR DAS PRESTAÇÕES ELES ALEGAM QUE NÃO PODEM FAZER ISSO PORQUE A TAXA DE JUROS FOI BAIXA , O QUE POSSO FAZER NÃO ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 22:16
    Enviado por: maribel sotero

    a 9 anos comprei um vectra financiado de terceiro eram 60 parcelas restaram so 14 parcelas nao dei mais conta de pagar porque era no lesing as parcelas ficaram autas , entrei em contato com a cobrança me disseram que o valor da divida hoje chega a 30,000,00 ,mas nunca deram busca e apreensao ou colocaram na justiça para cobrar a divida. eu posso entrar na justiça para eles me derem a liberaçao do carro porque ja faz nove anos que possuo o veiculo, o que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/05/2008 - 15:28
    Enviado por: Eron

    Prezado Sr.(a)
    venho atraves desta,informar ! tenho uma C/C
    neste mesmo banco,um cartao de credito Visa,
    debito em conta,C/C sem limite de credito ativa mas sem saldo!
    debitarao o saldo devedor total do cartao,com juros abusivos!
    E legal?
    Que devo fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/05/2008 - 23:47
    Enviado por: Leticia

    Olá, gostaria de tirar minhas duvidas, há 6 anos tive uma microempresa onde que via judicial foi dada falência, tive conta juridica em bancos (itau, bradesco, real) sendo q somente no real tive conta fisica, hoje não tenho mais nada em meu nome (SPC, SERASA) somente constata q tenho um empresa falida, na época fiquei devendo limites, cheques, e duplicadas descontadas q não foram pagas pelos clientes, enfim, minha divida maior q era para um fonecedor eu paguei, os bancos não consegui pagar. Essas dividas não foram para a justiça. Hoje estou aos poucos voltando a viver como uma pessoa “normal”, quero comprar um carro, mas tenho q fazer um leasing, justamente no itau, será q consigo fazer? Se eu conseguir, o banco pode penhorá-lo por essa divida do passado? Tenho uma filha de 6 anos, será q posso colocar o carro em seu nome? E depois posso vendê-lo? Banco faz leasing em nome de menor? Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/05/2008 - 16:06
    Enviado por: Joaquim

    Eu tinha uma divida no banco do Brasil no valor de 6.000,00 R$ que depois de alguns anos foi cobrada pela Ativos seguros, me ligaram dessa seguradora e me ofereceram um desconto de 27 %, aceitei e paguei 10 prestações de 300,00 R$ e duas de 785,36 Rs, pensei em ficar livre do banco do Brasil mas na realidade tem no sistema do banco um debito que correspende aos 27 % da divida que quitei. O QUE FAÇO???? ja até achei que a instituição está me discriminando por eu não poder mais fazer nem um tipo negócio com o banco se não pagar essa divida com correções monetarias.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 09:03
    Enviado por: renata gomes

    Bom dia Doutor
    Como posso fazer está petição ?
    Fico preucupada sim , estes empréstimos foram feitos no caixa eletrônico sim , porém assinei uma negociação de credicomp e juro que assinei sem entender , que gerou estas parcelas . Tenho muito medo do que isso possa acarretar .
    Será que podem me ajudar a fazer esta petição ou indicar ?
    Desde já agradeço

    Renata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 12:22
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Renata

    1 – Quando vc receber a intimação, compareça a audiencia com comprovantes de despesas (agua, luz, farmacia, feira, etc) e comprovante de receita (contra-cheque) e alegue q vc não tem condições de pagar o q o banco está pedindo.

    2 – É quase certo q o juiz estipulará um valor q vai caber em seu orçamento. Se isso não ocorrer vc então acate a ordem, mas não pague. E daí ? Daí q ficará mais dificil ainda para o banco receber, pq eles terão de entrar com uma ação de penhora e isso demanda mais tempo, nesse caso, se eles apreenderem seu carro, vc pede algum advogado para apresentar uma petição declarando q seu veiculo é um “bem de familia indispensavel ao transporte de sua filha menor ” a possibilidade do juiz acatar isso é de 99%. E o banco vai ficar a ver navios.

    3 – Relaxa e espere uma proposta justa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 13:28
    Enviado por: elisangela cordeiro

    tenho uma divida no itau 7000 numa conta empressarial fechei a empressa não posso pagar não tenho bens se futuramente tiver eles podem vir a tira-los?642715

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 15:00
    Enviado por: LUIZ OCTAVIO

    tenho 17 cheques sem fundo na praça e recuperei 11. o problema é que os outros sao da epoca que morava no mato grosso do sul e agora moro no rio de janeiro. ja pedi microfilmagem e nada adiantou visto q muitos sao praticamente ilegiveis e os bancos onde foram depositados se negam a dar informacao sobre os credores dos mesmos. existe alguma saida juridica para isso?
    algum tipo de decisao em razao disso. existe saida??

    agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 16:59
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Luiz Otavio

    Onde vc quer provar q essas dividas estão quitadas ?

    a) Se for para abrir conta em banco, vc pode fazer uma declaração registrada em cartório, dando fé q tais dividas foram quitadas, porém, se não foram quitadas vc poderá ser processado se tal declaração for falsa.

    b) Quanto ao SPC e SERASA depois de 5 anos, elas prescrevem.

    Obs: muitos bancos colocam obstáculos nessas declarações, mas conversando com o gerente tudo pode ser resolvido, tudo q o banco quer é ficar resguardado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 17:02
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Elisangela

    Só se o banco já tiver essa ação em andamento contra vc e já tiver saído mandado de penhora de bens, a partir dessa decisão do juiz qualquer bem seu pode ser penhorado, desde q não seja considerado “bem de família”, ex: casa própria, única TV, carro (quando tiver idoso ou filho deficiente ou de colo sob seus cuidados)

    Se ainda não tem nenhuma ação de penhora movida contra vc, tudo q vc precisa é torcer para q passe 5 anos, dai ela prescreverá.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 17:09
    Enviado por: Advogado de Defesa II

    Joaquim

    Vc tem em mãos os comprovantes de quitação junto a Ativos Seguros ?

    a) Se tiver leve ao banco e EXIJA q retirem seu nome da lista de inadiplência. Se recusarem ou burocratizarem, vc pode ir no tribunal de pequenas causas e mover uma ação de danos morais contra o Banco, geralmente isso basta para eles resolverem seu problema.

    b) Se vc não tem comprovante de quitação, terá de tentar 2a via junto a Ativos Seguros.

    Geralmente eles vão querer te enrolar, use termos como VOU PROCESSAR VOCES ! VOU FALAR COM A CENTRAL ! QUERO FALAR COM O GERENTE !

    Normalmente, eles baixam a guarda se vc pisar firme ! Não seja timido nem se intimede.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 07:46
    Enviado por: Dorival Pacheco

    eu tinha uma conta salário no Bradesco e fiquei desempregado e tive 10 cheques sem fundos agora em fevereiro de 2008 o meu nome limpou depois de cinco anos, os cheques não foram protestados pois paguei todos eles mas perdi os mesmos e não deu para tirar o nome do banco central na época, mas agora com o nome limpo gostaria de saber se posso abrir uma conta universitária no mesmo banco só que em outra agência ? será que o banco vai colocor dificuldades para eu abrir a conta ? será que o meu nome fica suja na lista do banco ? Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 09:50
    Enviado por: renata gomes

    Prezado Doutor Bom dia
    Por que o banco cria esta dificuldade isso na hora negociar Doutor? Não é mais fácil chegar em uma negociação amigável do que a divída prescrever ? Esta divida com o Itaú está sendo meu tormento , queria mesmo chegar em acordo final para resolver débito. Mandei periciar este debito que foi colocado para mim e o perito constatou que eu não devia nada , puxei os extratos desde 2003, agora coloquei em uma associação chamada Andif para recorrer a este valor o Sr. conhece? , eles abriram um processo contra o banco para recorrer a este valor e chegarmos num denominador . Agora não é mais fácil o banco penhorar meu carro por eu ter colocado um processo em cima deles ? Queria mesmo resolver isto .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 20:10
    Enviado por: Leticia

    Olá Doutor, enviei minhas dúvidas no sabado (17/05) as 23:47h. Por favor estou aguardando suas informações. Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2008 - 21:23
    Enviado por: Patricia

    oi dr
    não tenho nada no meu serasa e nem spc, pois o que tinha prescreveu, unica coisa q tem é q sou socia de uma empresa falida, isso impede que voltar a ter crédito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/05/2008 - 14:38
    Enviado por: SERGIO DIVINO FERREIRA

    Sou correntista do Banco Itaú, porém, eu estava com um saldo devedor no valor de R$29,56, pois o Banco cobriu alguns lançamentos que cairam em minha conta-corrente, referente a três(03) consultas médicas que cairam em minha conta. No dia 21 de maio do corrente ano de 2008, fiz um empréstimo de R$1.000,00 em outra intituição, e esse empréstimo caiu em minha conta-corrente. Houve o desconto dos R$29,56(saldo devedor) em minha conta-corrente. Até ai tudo bem! Mas, o Banco Itaú descontou também de minha conta-corrente duas(02) TARIFA DE ADIANT DEPOSIT, SENDO R$30,00 cada uma, totalizando R$60,00 que foi descontado de minha conta-corrente. O QUE É ESSA TARIFA? SERÁ QUE É POR QUE ME ADINTARAM OS R$29,00 para cobrir alguns lançamentos que houve em minha conta-corrente e eu não tinha SALDO SUFICINTE PARA COBRIR? SE FOR ISSO EU NÃO PEDI PARA O BANCO COBRIR NADA, O QUE PODERIA VIR COMO ESTORNO EM MINHA CONTA-CORRENTE! GOSTARIA DE SABER DO PROCON SE ESSA TARIFA É LEGAL?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2008 - 11:12
    Enviado por: Samuel Joaquim da Cruz

    Bom dia, recebo meu salario em uma conta corrente no banco Santander, tenho uma conta poupança vinculada que gostaria de usar, pois as vezes fico negativo na c/c e o banco desconta automatico do meu salario. a empresa que trabalho disse que o banco não aceita depósito na c/p, o banco pode fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2008 - 14:14
    Enviado por: Luciana Aparecida Janguas

    Recebo pela NOssa Caixa, tenho uma divida de Cheque Especial e um empréstimo em folha, fiquei sem receber durante 04 meses, não pude pagar o empréstimo. Agora voltei a receber meu salário pode ficar bloqueado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2008 - 20:59
    Enviado por: GERSON RODRIGUES

    SOU CURADOR DE MINHA IRMÃ: NO ENTANTO GOSTARIA DE SABER O POR QUE NÃO POSSO FINANCIAR UM CARRO COM OS BENEFICIOS DE MINHA IRMÃ QUE É DEPOSITADO NA MINHA CONTA E DA MINHA IRMÃ .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2008 - 21:10
    Enviado por: GERSON RODRIGUES

    Comentário de: GERSON RODRIGUES [Visitante]
    23.05.08 @ 20:59
    SOU CURADOR DE MINHA IRMÃ: NO ENTANTO GOSTARIA DE SABER O POR QUE NÃO POSSO FINANCIAR UM CARRO COM OS BENEFICIOS DE MINHA IRMÃ QUE É DEPOSITADO NA MINHA CONTA E DA MINHA IRMÃ .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2008 - 21:17
    Enviado por: Tania Araujo

    gostaria de saber o devo fazer atualmente moro fora do brasil tenho algumas dividas com cheque sem fundo as lojas aonde fiz compra ameaça minha familia que quando eu voltar para o brasil eu vou ser pressa tenho medo de voltar para o brasil eu nao sei se as ameaça sao verdadeira tenho filhos para criar a divida e de 2005 foi a ultima vez que voltei para o brasil .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/05/2008 - 16:06
    Enviado por: Gabrielle Correia Perreira

    Minha mae tem uma conta muito alta muito mesma e não tem como paga essa divida e gostaria de saber se o banco não pode abaixa essa divida ou não cobra juros pois minha mae não tem condicão de tá pagandu

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/05/2008 - 17:54
    Enviado por: André

    Olá,tenho uma tia que fez um testamento declarando que eu sou o único herdeiro de seus bens, ela nao tem filho.Em 2004 ela contraiu uma divida de 7 mil reais com uma empresa telefonica, hj com os juros nao sei quanto esta a dvida.Minha dúvida e se quando ela vir a falecer e eu herdar os bens terei algum problema para receber esses bens por causa da divida?Terei que pagar a divida e se eu nao tiver como pagar os bens ou o bem pode ir a leilao?Grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2008 - 10:31
    Enviado por: renata gomes

    21.05.08 @ 09:50
    Prezado Doutor Bom dia
    Por que o banco cria esta dificuldade isso na hora negociar Doutor? Não é mais fácil chegar em uma negociação amigável do que a divída prescrever ? Esta divida com o Itaú está sendo meu tormento , queria mesmo chegar em acordo final para resolver débito. Mandei periciar este debito que foi colocado para mim e o perito constatou que eu não devia nada , puxei os extratos desde 2003, agora coloquei em uma associação chamada Andif para recorrer a este valor o Sr. conhece? , eles abriram um processo contra o banco para recorrer a este valor e chegarmos num denominador . Agora não é mais fácil o banco penhorar meu carro por eu ter colocado um processo em cima deles ? Queria mesmo resolver isto .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2008 - 11:22
    Enviado por: vagner rodrigues

    Sou metroviário, tenho meu nome no spc, serasa, e após cinco anos, fiz uma renegociação de empréstimo no Banco Nossa Caixa. Ocorre que como não conseguia pagar mudei de agência. Agora estou recebendo uma carta do Banco Nossa Caixa alegando que eles irão tirar 30% (trinta por cento) do meu salário. A dívida como eu disse foi feita em uma agência e recebo meu salário por outra agência. Minha dúvida é se a Nossa Caixa, realmente pode entrar na minha conta e tirar esses 30% do meu salário independente em que agência eu tenha conta. Estou desesperado e não tenho como negociar no momento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2008 - 22:57
    Enviado por: Antonio Geraldo Chagas

    Tenho uma pequena empresa e não estou conseguindo honrrar os compromissos. Nos 6 anos de existências sempre paguei tudo com pontualiade. Mas agora tenho dividas com bancos, onde sou avalista da empresa. Só possuo um apartamento que esta alugado e eu alugo uma casa em outra cidade. Podem penhorar meu apartamento.POdem cortar minhas contas pessoa física? Nunca deixei de pagar nada. A quem devo procurar para me ajudar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/05/2008 - 16:39
    Enviado por: Aline

    O único bem que não pode ser penhorado é a casa da família, conforme a Lei 8.009 de 29 de março de 1990, que dispõe sobre a impenhorabilidade do bem de família.

    Li isto em outro site,estou confusa pois ao responder uma pergunta acima o ad. de defesa disse que o banco pode penhorar o apartamento do pai de um visitante masmo sendo seu unico bem e um local onde vive a familia.
    E agora?
    Poderia me esckarecer essa duvida?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/05/2008 - 18:34
    Enviado por: aliadini b c lessa

    meu marido a 5 anos 8 meses atras pegou oitocentos reais de enprestimo pelo caixa eletronico e dias depos foi mandado embora a comta era conta salario e tanbem ficou devendo quatrocentos reais no cartão de credito comedo de não aranja outro emprego não pagou com a recisão dele na epoca nossa filha tinha 4 meses no ano pasado aranjou um enprego de carteira assinada famos tentar parcelar adivida .ovalor estavo um abisurdo oito mil reas aparcela não davo pra pagar era alem do salario .como posso resouver ese poblema

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/05/2008 - 23:19
    Enviado por: Carlos Renato

    Tenho um debito com o banco Itau que ja deve estar em 15000,00. Minha pergunta e;

    O que posso fazer para liquidar este debito e se o banco pode efetivar uma cobrança judicial, meu unico bem e uma casa que esta em nome de meus filhos)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2008 - 16:17
    Enviado por: João Batista de Oliveira Rodriguês

    meu nome foi pro spc e uma empresa me selecionou para adimissão será que meu nome estando sujo eu posso abrir uma conta corrente? ou perderei o emprego por isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2008 - 17:45
    Enviado por: patricia

    Fiz um emprestimo em uma financeira com debito em minha conta corrente no banco do brasil no dia do meu pagamento pois sou funcionaria federal. como nao estou podendo paga-la, estou bloqueando este debito todo mes nos caixas eletronicos , as vezes pela internet ou no atendimento do banco.Por quanto tempo posso fazer isto?Sera que a financeira vai continuar me cobrando todo mes? Sera que entro em uma acordo ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 01:26
    Enviado por: Erick Esteves

    O banco itau me concedeu um limite de R$ 3.000,00. Usei R$ 200,00 reais deste limite há menos de 15 dias. Ainda haveria R$ 2.800,00. Hoje pra minha surpresa, fui à uma loja e precisei usar o limite, simplesmente o banco retirou sem avisar nada e o pior me causou um constrangimento enorme. Então fui retirar o meu saldo e está negativo em 200,00 ? eles poderiam ter feito isso ? nao tenho nenhuma divida com esse banco fora esse limite ? o que posso fazer ? cabe uma ação de danos morais ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 17:27
    Enviado por: Simone da Silva Leite

    Descobri que meu pai tem uma dívida de empréstimos, ch especial muito alta no Banco Santander onde ele recebe o seu benefício complementar de salário, tentei negociar com o banco, mas não temos condições de pagar porque somente as prestações dos empréstimos é maior do que o salário que ele recebe no banco, fora ch especial, seguro, e tudo que empurraram nele, ele afirma que não pegou esse dinheiro todo e eu solicitei cópia do contrato e de todos os empréstimos ao banco e eles até agora não apresentaram nada, estou entrando na justiça, pois acho que tem coisa errada, foi um empréstimo atráz do outro e com valores altos e acabou por pegar o especial dele também, não sei se é correto isso, ainda vou conversar com um advogado, ele não possue bens em seu nome e nem tem avalista, será que vale a pena entrarmos na justiça?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/05/2008 - 23:35
    Enviado por: alessandro santos silva

    olá boa noite , eu tenho um adivida com o banco itaú n aqual foi no valor de R$ 650,00 mas eu fiz uma negociação e não paguei , agora eles estão me cobrando juros sobre juros , tenho interesse em pagar já fui negociar mas eles determinam umvalor de parcelas muito altas q não da para me pagar . quero negociar e não tenho jeito o do jeito deles e pronto . me ajude preciso sanar essa divida urgente . j´afui falar com o gerente mas não teve jeito , me ajude por favor o que devo fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2008 - 10:34
    Enviado por: Marcelo

    Tenho carro financiado com unibanco, estou com 4 prestações atrasadas, estão me ligando e disseram que ja foi para justiça e vai ser bloqueado minha conta no itau e cartões de crédito é possivel isto? financiei este carro como autonomo, agora tenho uma empresa ele podem bloquear minha conta pessoa juridica ?a empresa está no meu nome grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2008 - 10:53
    Enviado por: Elvira

    Bom dia!
    Abri uma conta sálario para meu filho e agora eles colocaram limite de cheque especial na conta dele, ele ainda é menor, gostaria de sabe rse é correto isso sendo que fui muito específica em abrir a conta que não queria, limites, carões de créditos e outros serviços.
    Vcs poderiam me ajudar por favor?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2008 - 12:54
    Enviado por: Carlos

    Tenho duas contas no banco itaul. Uma é conta poupança em conjunto. Outra é conta corrente sozinho e meu limite esta estorado e prestes a fechar a conta. Gostaria de saber se eles podem pegar o dinheiro desta outra conta poupança ?
    Vcs podem me ajuda por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2008 - 16:19
    Enviado por: wilhan

    ola estou começando um novo emprego e necessito abrir uma conta no hsbc mais meu nome está no serrasa sera ke eles autorizarão a abertura da conta-corrente ou conta-salário ?sera apenas para a empresa depositar e eu sacar o dinheiro .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2008 - 19:52
    Enviado por: solange

    oi porfavor me ajude,fiz um emprestimo no banco itau de1000 (mil reais) fique desempregada tentei negociar mas segundo os calculos deles ja devo 6,878,00 quero pagar mas nao consigo pois o maximo que eles fazem por mim e 24 prestaçoes de 464,22 isto e um absudo e eu sei que nao vou da conta de cumprir este acordo a divida vai so aumentando oque eu faço pra conseguir pagar esta divida e limpa meu nome?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2008 - 00:14
    Enviado por: Lico

    fIS UM EMPRESTIMO RECENTEMENTE EM UM BANCO (A) ,PARA QUITAR UMA DIVIDA COM OUTRO BANCO (B) QUE RECEBO O MEU PAGAMENTO.
    O QUE ACONTECE SE EU NÃO PAGAR A DIVIDA DO BANCO (A) QUE É DE 5000 ??
    VAI EMPLICAR NO OUTRO BANCO QUE TENHO CONTA QUE RECEBO MEU PAGAMENTO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2008 - 13:55
    Enviado por: Sidnei

    Gostaria de saber o que posso fazer: Fiz 3 empréstimos com cheques em 3 financeiras,losango,citifinalcial,e bv financeira,mais não consegui pagar todos os cheques,que ainda estão caindo,tenho a impressão que já virou uma bola de neve,estou atualmente desempregado e até nos bancos que tenho conta,estou devendo para os limites de créditos,minha vida não está facil o que posso fazer para tentar um acordo com todas estas empresas financeiras o que devo fazer em 1º Lugar,contrato um advogado ou tenho alguma outra saída,tenho um veiculo financiado e que já está com busca e apreenção o que posso fazer paraque não levem o meu veiculo também, quais os meus direitos o que faço me ajudem.Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2008 - 20:29
    Enviado por: rosemary

    Ola tem um problema muito serio, em abril invadiram minha conta online e puseram cerca de 19debitos automaticos na minha conta no itau e consiguiram tirar 4 prestaçõesda conta o itau disse não ter culpa,e disse p ligar p o provedor que tirou o provedor devolveu so 2 prestaç~es o que eu faço.Pois troquei tudo no banco e invadiram de novo e colocaram em debito de novo .POR FAVOR pode me ajudar .Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2008 - 22:51
    Enviado por: renata gomes

    .05.08 @ 09:50
    Prezado Doutor Bom dia
    Por que o banco cria esta dificuldade isso na hora negociar Doutor? Não é mais fácil chegar em uma negociação amigável do que a divída prescrever ? Esta divida com o Itaú está sendo meu tormento , queria mesmo chegar em acordo final para resolver débito. Mandei periciar este debito que foi colocado para mim e o perito constatou que eu não devia nada , puxei os extratos desde 2003, agora coloquei em uma associação chamada Andif para recorrer a este valor o Sr. conhece? , eles abriram um processo contra o banco para recorrer a este valor e chegarmos num denominador . Agora não é mais fácil o banco penhorar meu carro por eu ter colocado um processo em cima deles ? Queria mesmo resolver isto .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/06/2008 - 19:09
    Enviado por: Vanessa

    Ola!! Estou começando em um novo emprego e necessito abrir uma conta no Banco Itaú, mais meu nome está no serasa sera que eles autorizarão a abertura da conta-corrente ou conta-salário ?sera apenas para a empresa depositar e eu sacar o dinheiro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 08:32
    Enviado por: Rafael

    Oi, meu nome é rafael, tenho conta corrente no bradesco, fui demitido há 2 meses , porem tinha um emprestimo no bradesco debitado em conta corrente, a ultima parcela vence no dia 15 julho deste ano, porem esqueci que tinha esse emprestimo, portanto minha conta esta negativa desde este mês. Eles podem negativar meu nome e na admissão de um novo emprego pode me prejudicar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 08:34
    Enviado por: Rafael

    Oi, meu nome é rafael, tenho conta corrente no bradesco, fui demitido há 2 meses , porem tinha um emprestimo no bradesco debitado em conta corrente, a ultima parcela vence no dia 15 julho deste ano, porem esqueci que tinha esse emprestimo, portanto minha conta esta negativa desde este mês. Eles podem negativar meu nome e na admissão de um novo emprego pode me prejudicar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 08:38
    Enviado por: Rafael

    Oi, meu nome é rafael, tenho conta corrente no bradesco, fui demitido há 2 meses , porem tinha um emprestimo no bradesco debitado em conta corrente, a ultima parcela vence no dia 15 julho deste ano, porem esqueci que tinha esse emprestimo, portanto minha conta esta negativa desde este mês. Eles podem negativar meu nome e na admissão de um novo emprego pode me prejudicar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 09:54
    Enviado por: Carmen Sílvia

    Tenho dívidas no banco real que querem fazer um acorde de 60 meses de 600,00 reais o meu salario e não podem abaixar nada é isso ou é isso. Não posso pagar nuca o que pode acontecer, perder o emprego?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 10:39
    Enviado por: pedro

    Ola dr bom dia!!!
    O meus caso dr é o seguinte, eu negociei cartão de credito,empresstimos com uma empresa terecirizada do banco do Brasil, porém o cheque especial não foi possível na época, e por vias disso meu nome foi para o serasa. Fui várias vezes ao banco para negociar mas o juro é absuro. meu vheque especial é de 1.400.00 e com juros esta no valor de 7.300.00. Minha conta esta bloqueada ja há mais de dois anos. Solicitei para que o banco enviasse minha divida para ser negociada com a prestadora de serviço e sempre foi negaram dizendo que não era mais possível pois ja haviam enviado 3 vezes. Só que na época eu naõ tinha condições de paga-las pois estava pgando acordos de cartão de crédito e emprestimo. Não estou fugindo da dívida, mas gostaria de saber o que devo fazer. meu nome foi pro serasa em 2005.
    Por gentileza me ajude Dr.
    Muito obrigado pela preciosa atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 13:02
    Enviado por: Silvana

    Tenho uma conta empresarial no Banco do Brasil onde tirei um empréstimo do projer.
    As tarifas do banco estão cada vez aumentando.
    Gostaria de encerrar minha conta e abrir em outro banco onde a tarifa mensal baixa para menos da metade da tarifa do meu banco atual só que não posso encerrar a conta até quitar o empréstimo. Teria como eu repassar a parcela dess empréstimo para o outro banco e o banco repassarem para eles para eu poder encerrar a conta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2008 - 00:48
    Enviado por: Ana

    Estou passando pela seguinte situação: Abri uma conta corrente universitária numa determinada instituição financeira, no final do ano de 2004. Essa modalidade de conta corrente me concedia o direito a um limite de cheque especial no valor de R$ 400,00. Movimentei essa conta por aproximadamente uns seis meses, daí zerei o saldo e não movimentei mais, pensava que após seis meses sem movimento a conta era encerrada automaticamente. Entretanto, por falta de informação e esclarecimento, eu não sabía que tería que formalizar o encerramento por escrito, e assim durante esses aproximados tres anos que já se passaram, e que não movimento a conta corrente, o Banco vem utilizando o limite do cheque especial para a cobrança das tarifas, além de ter aumentado o referido limite, e agora está me cobrando um débito com juros altíssimos de cheque especial de um limite que nunca utilizei. Minha dúvida é a seguinte: É lícito o Banco aumentar automaticamente, sem comunicar ao cliente, o limite da conta universitária sem que isto tivesse expresso na ficha-proposta de abertura da conta????? E é correto a instituição utilizar este limite para pagamento de tarifa de manutenção de conta e me cobrar os juros de cheque especial???? Pois quero encerra definivamente esta conta, e pagar o valor de todas as tarifas pendentes, mas não me conformo em pagar os juros que está sendo cobrado.

    Desde já agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2008 - 18:03
    Enviado por: Isabel da Silva

    Estou passando por uma grande dificuldade…sou mãe cuido de dois filhos sozinha e infelizmente contrai uma divida no Banco Itau que hje etou impossibilitada de pagar, porém a minha dificuldade no momento não é o Itaú e sim o Banco so Brasil onde recebo meu pagamento. Hje ao ir ao banco para pagar um Ourocard no vencimento do mesmo dia me deparei que não tinha um centavo do meu salário e que o meu limite especial tinha sido tirado e o meu pagamento ficou por conta do debito do limite, fiquei sem pagamento. O Banco do Brasil alegou que o Banco Itaú me colocou no SERASA por isso tomaram tal precaução. Eu perguntei para a atendente se eles nao avisavam os clientes antes de cortar o limite e ela me explicou que SIM qdo vai ser cortado o limite tem que ser avisado antes, porém isso não aconteceu comigo. A pergunta é: Eles poderiam confiscar meu salário para cobrir o limite mesmo eu nao tendo nenhum dívida atrasado com esse Banco do Brasil? Eles impedindo meu limite logo eu nao tenho pagamento paga pagar a fatura do OUROCARD, estarei contraindo uma nova dívida com juros absurdos independente de minha vontade pois não fui eu que causei transtorno a esse banco mas em compensação me trouxeram grandes prejuízos para minha família. O Banco está me causando transtornos por realizar esse confisco de pagamento sem me avisar. O que devo fazer? Devo procurar recursos judiciais? tenho direito a indenizacões por terem tirado o meu pagamento sem autorização? Sou obrigada a pagar os juros do OUROCARD até que isso se resolvo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2008 - 18:41
    Enviado por: Adriana Barbosa Fernandes

    Tenho uma dívida com o Banco Real, e não posso pagar, pois estou desempregada.
    Também não possuo bens, posso ser punida de outra forma?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2008 - 20:19
    Enviado por: catia ferreira

    Tenho uma divida no cartão de crédito (Visa/BB), no valor de R$2.000,00. Quero negociar a dívida para efetuar o pagamento em parcelas, ao invés de ficar pagando a parcela mínima, gerando juros de quase 8% ao mês. O banco diz não negociar dívida de cartão. O que fazer? Me sujeitar aos juros do banco? Há dois meses, por não pagar nem mesmo o mínimo, minha conta corrente foi bloqueada, e só foi desbloqueada após o pagamento de sua quantia pelo menos três vezes maior que a parcela mínima do cartão naquele mês. Como devo proceder? O banco pode bloquear minha conta corrente (conta pagamento)? A negociação é feita pelo banco ou pela VISA, o banco não me diz como entrar em contato com a a operadora do cartão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2008 - 12:27
    Enviado por: leiri Mesquita

    Tenho um dívida nas receitas federal e estadual, em que situação podem tomar meu imóvel?É o único imóvel e é de moradia, de um casamento de comunhão de bens, tenho 2 filhos menores!
    Por favor sanem essa minha dúvida!!!
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2008 - 15:26
    Enviado por: Eduardo

    óla quero saber o seguinte, a empresa onde trabalho depositou R$ 1.700 Reais em minha conta . Mas o dinheiro era para ser depositado na conta de outro funcionario com o mesmo nome que o meu sendo que o sobre nome diferente . Conclusão isso foi no dia 26 de Maio desse 2008 ,
    eles me ligaram as 18:horas da noite e algums minutos não lembro direito , mais ligaram para minha casa , mais eu não estava . minha mãe me ligou para o meu celular dando o recado a mesma hora retornei para eles para saber o que seria o motivo da ligação e eles responderam que era para mim esta na empresa a 8:00 Horas da Manhã do dia 27 , mais informei que não podia ir , porque tinha Curso Preparatorio para fazer e era a 1 Aula né poxa e foi caro o curso .. ai eu disse que iria ver se dava pra ir Ok .. aiiiiiii liguei a Internet alguma coisa me disse vai ao site do Banco Itau rs… ai abri ai estava lá o valor de 1.700 Reais na minha conta , poxa não pensei nem 2 vezes fui lá saquei 500 conto rs. poxa cheio de dividas e filho que já esta vindo ai né rs.. poxa Caiu do céu rs. ai quando foi umas 9 horas da manhã me ligaram da empresa para o meu cel dizendo que o dinheiro era deles tal pra mim devover e aquilo tudo MAIOR desespero né .
    Mais disse que já tinha Gastado o dinheiro todo porque na realidade Gastei mesmo ai agora eles querem o dinheiro todo de uma vez sendo que não tenho de onde tira , ai me proibiram de pega no trabalho tal ai estou sem trabalha por conta disso que MERDA TÃO FACIL DE RESOLVER , ELES ESTÃO COMPLICANDO AS COISAS .. sei que tenho que devolver mais não sabia que era deles , se eu tivese conhecimento no dia 26 quando liguei para eles tinha devolvido na boa .. certo ? quero sabe o que posso fazer ??? e o que eles pode fazer contra a mim ????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2008 - 20:10
    Enviado por: Elisângela

    Boa noite, Por favor tire minha dúvida.
    Fiz uns emprétimos no caixa eletrônico do BB e as parcelas seriam depositadas na cc, mas o meu marido estava desempregado e agora conseguiu um emprego com salário de R$530,00, só que agora nós não conseguimos mais pagar e eu estou desempregada e temos uma filhinha. E para ajudar gastamos em cartões de crédito financiados por vários bancos, porque precisamos de fazer compras para casa e comprar coisas que uma casa precisa e também não conseguimos pagar. O valor devido nos cartões é de +/- R$3.000,00 e os emprétimos é de +/- R$4.000,00.
    Quero saber porque o meu marido ganhou um terreno a 4 anos atrás da avó paterna e era de usos e frutos e agora ela faleceu passou a ser dele e estamos tentando vendê-lo para poder comprar a nossa casa que ainda não temos, e temos uma moto financiada (alienada) na qual o meu marido usa para trabalhar e um carro (não financiado) no valor de +/- R$4.000,00, então eles podem tomar alguma coisa de nós??????

    O que devemos fazer? Se for tomar algum bem, quanto tempo demora??? Por favor estou desesperada, pois o nosso terreno é o únco jeito de comprarmos a nossa tão sonhada casa e para deixar algo de seguro para minha filha.
    Já ouvi tantas coisas que eu nem sei mais.

    Estou esperando minha resposta muito ansiosa. Vou deixar outro e-mail caso não dê certo desse que está indo junto. http://www.joseedegarde@bol.com.br

    Muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/06/2008 - 20:45
    Enviado por: Solsimply

    Emprestei ” de boa fé” 1 cheque para um primo que trabalha com Buffet em eventos para a compra de mercadorias para os eventos do dia 24/05.Em várias tentativas não atendeu o cel ou fixo no dia 26/05, nas quais, eu ligava para tentar saber o valor e a data do cheque. Como não o achei nessa data, no arrependimento em não ter dito “NÃO TENHO CHEQUE PRA EMPRESTAR” e juntando a decepção; chorei e, na intuição… SUSTEI o cheque. A dona do mercado (fui conversar com ela sobre o cheque no dia 27 e, no meu desespero em ver o valor de $2.122,71, ela tentou me acalmar MOSTRANDO mais 4 cheques sem fundos de outras pessoas que meu primo tinha conseguido emprestado nos últimos 2 anos, inclusive o da mãe dele. E ela disse que disse à ele, que só venderia mercadoria às pressas naquele dia 24, só se fosse cheque de pessôa idônea(e até o dia 27, eu nem sabia o que era IDÔNEO) deu prazo de 1 semana para o “dito” primo resgatar o cheque, pois; foi assim que combinamos: o cheque seria devolvido para mim(meu especial é de apenas $300,00) e, eu o uso atualmente. E até hoje, conversando com os dois, primo e dona do mercado, ouvi absurdos, pois, meu primo deu Notas de Serviços do Buffet e tinha em mãos mais o restante do total do cheque e, a comerciante está me negando a devolução. Percebi que é por pirraça. E que os dois por serem comerciantes, se “entendem” a ponto de ficarem usando entre si, o meu cheque como seguro de que ele pagará outras compras no estabelecimento, tendo em vista que, estou exustivamente ligando e azucrinando meu primo todos os dias, para que devolva meu cheque. Tanto que, a dita cuja comerciante me disse HOJE, que eu fico atrapalhando o trabalho do meu primo na preparação do evento(aniversário de 15 anos). Tentou me convencer a sentir-me CULPADA pela situação. ME SENTI HUMILHADA. E o pior, não consegui dizer nada. (Agora sei que quando a estupidez é a burrice, a consequência é esta).
    Por favor, nesta circunstância, o que devo fazer? Eu não tenho esse dinheiro e meu primo sabe disso.
    Estou triste há dias e, depois de hoje; mais ainda…
    Por favor, me auxiliem !!

    Grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 17:42
    Enviado por: ODAIL DA CONCEIÇÃO DOS SANTOS

    TENHO UMA DIVIDA COM O BANCO ITAÚ GÓTARIA DE ESTAR QUITANDO ESTA DIVIDA POR ONDE COMEÇO,POS A DIVIDA ESTA NA FINANCEIRA?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 22:21
    Enviado por: Raimundo

    Prezado doutor, boa noite
    gostaria que me informe se é possível o banco do brasil ou qualquer outro banco, pode descontar valores acima de 30% do salário com emprestimos consignados.
    Na verdade o banco do brasil onde sou correntista me concedeu vários emprestimos e destes 4 são consignados. O desconto ultrapassa os 30% , é possível eu entrar com algum processo e pedir para que diminua o valor do desconto, onde me sinto totalmente lesado pelo banco.
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/06/2008 - 09:12
    Enviado por: renata

    Prezado Doutor Bom dia
    Por que o banco cria esta dificuldade isso na hora negociar Doutor? Não é mais fácil chegar em uma negociação amigável do que a divída prescrever ? Esta divida com o Itaú está sendo meu tormento , queria mesmo chegar em acordo final para resolver débito. Mandei periciar este debito que foi colocado para mim e o perito constatou que eu não devia nada , puxei os extratos desde 2003, agora coloquei em uma associação chamada Andif para recorrer a este valor o Sr. conhece? , eles abriram um processo contra o banco para recorrer a este valor e chegarmos num denominador . Agora não é mais fácil o banco penhorar meu carro por eu ter colocado um processo em cima deles ? Queria mesmo resolver isto .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/06/2008 - 10:24
    Enviado por: flavia

    Bom dia. Fiquei com meu nome constando no SPC/SERASA por 5 anos, portanto ainda recebo cobrança para quitar a divida, gostaria de saber se essas empresas pretadoras de serviço de cobrança após 5 anos podem ainda ficar me ligndo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 14:48
    Enviado por: Lucília

    Gostaria de saber se um carro ainda alienado pode ser penhorado para pagar divida, e tenho uma poupança que funciona como conta sálario, pode ser bloqueada ou penhorada para o pagamento de divida, devo para um banco e todo o dinheiro que coloco eles tomam posse. Isto pode

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 17:23
    Enviado por: dalva soares de de oliveira costa

    Gostaria de saber se uma divida contraida em meu nome no banco e cartao de credito, ela pode ser cobrada judicialmente, por exemplo tenho um caminhao no nome de meu esposo, do qual somos casado com comunhao parcial de bens, eles podem executar e penhorar este bem, o caminhao e para o sustento da familia. E a divida foi feita por mim no caixa eletronico. E minha conta e sozinha nao e conjunto, como ficamaos?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 17:24
    Enviado por: dalva soares de de oliveira costa

    Gostaria de saber se uma divida contraida em meu nome no banco e cartao de credito, ela pode ser cobrada judicialmente, por exemplo tenho um caminhao no nome de meu esposo, do qual somos casado com comunhao parcial de bens, eles podem executar e penhorar este bem, o caminhao e para o sustento da familia. E a divida foi feita por mim no caixa eletronico. E minha conta e sozinha nao e conjunto, como ficamaos?
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/06/2008 - 16:38
    Enviado por: Terezinha

    Boa Tarde.
    Tenho uma dívida com o Banco do Brasil e estou no SPC por isso. Tenho que abrir uma conta no Banco Bradesco para receber salário. Posso abrir conta no Banco mesmo estando no SPC?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/06/2008 - 00:35
    Enviado por: Marcia Costa

    Sou funcionária pública e recebo meu salário pelo BB, onde tenho empréstimos, como foram retiradas nossas horas extras meu salário foi muito reduzido e esta ficando 100% no banco.
    Eles podem me deixar sem receber nada do meu salário?

    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/06/2008 - 12:54
    Enviado por: Ane

    Quando entrei na Faculdade, vários cartões de créditos me procuraram para que eu fizesse um cartão Universitário. Eu cedi a um deles, com o qual contraí uma dívida que não tenho como pagar.Isso já tem uns 3 anos.Recebi uma carta com uma prosposta e um aviso: caso não pague medidas judiciais serão tomadas.Gostaria de saber que tipo de prejuízo essas medidas podem me trazer.Não estou empregada e não tenho bens e moro com meus pais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2008 - 01:07
    Enviado por: cristilena

    gostaria de saber que se após o banco colocar a divida no SPC podem continuar descontando a mesma divida na conta salario?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/06/2008 - 15:00
    Enviado por: FABIANA SARTORE

    MEU MARIDOTEM UM EMPRESTIMO CO O BANCO DO BRASIL,FEZ REESCALONAMENTO DEU 6.000 DE ENTRADA E MAIS 50 PREWSTAÇOES DE 341.00.JA PAGAMOS 34 PRESTAÇOE ,GOSTARIA DE SABER SE O RESTANTE POSSO PAGAR A VISTA E SEM OS JUROS .FALTAM16 E QUERIA PAGAR Á VISTA SO QUE O BANCO NAO ESTA TIRANDO O JUROS ISSO É CERTO ,ME AJUDEM POR FAVOR POIS NAO TENHO INFORMAÇAO NENHUMA A ESSE RESPEITO O QUE DEVO FAZER ,PODE OU NAO O BANCO FAZER ISSO .QUEM DEVO PROCURAR .OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2008 - 13:37
    Enviado por: vilmar jose pereira

    comprei um carro que esta alienado em nome de outra pessoa.
    assumi o carne de pagtos.
    como faco para me resguardar enquanto pago as prestacoes ate a quitacao do mesmo.
    que tipo de documento poderia ser feito para a minha garantia que eu estou pagando o carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2008 - 13:39
    Enviado por: vilmar jose pereira

    comprei um carro que esta alienado em nome de outra pessoa.
    assumi o carne de pagtos.
    como faco para me resguardar enquanto pago as prestacoes ate a quitacao do mesmo.
    que tipo de documento poderia ser feito para a minha garantia que eu estou pagando o carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2008 - 21:56
    Enviado por: sandro

    tenho uma empresa, tenho leasing no Itau não consigo paga, estou com 22 parcela em atraso de uma máquina de xerox o banco não quer a máquina, o que é posso fazer? ele não parcela a divida, não consegui pagar as negociaçãoes como faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2008 - 11:18
    Enviado por: LUCINÉIA DA SILVA LIMA

    meu esposo faleceu a 8 meses, e foram devolvidos alguns cheques sem fundos, o problema é que a conta era conjunta, mas ele era o titular dessa conta eos cheques estão com a assinatura dele, e o meu nome está no serasa, oque devo fazer não tenho como pagar a dívida, e pra assumir uma vaga de concurso público preciso abrir uma conta no banco do brasil, caso contrário perco a vaga, preciso de ajuda estou desmpregada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2008 - 13:03
    Enviado por: Liliane

    Bom dia, fiz um empréstimo no banco sudameris, e posteriormente, fiz outro empréstimo para quitar o anterior. Assim o quitei, mas para minha surpresa o banco continua a descontar as parcelas do empréstimo já quitado juntamente com o novo empréstimo em minha conta.
    Quero saber qual a fundamentação para ingressar com ação por danos morais a este respeito, pelo defeito do serviço da instuição bancária, em continuar descontando um empréstimo já quitado.

    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2008 - 15:48
    Enviado por: AMANDA DA SIVA NUNES

    boa tarde, tenho uma dívida com o banco bradesco, com os juros deve estar de 2 mil reais preciso saber cmo devo proceder para fazer o pagamento desta dívida par limpar meu nome?
    se uma vez que tentei negociar com o banco mas foi impossíve e agora pretendo pagar tudo a vista..por favo me ajudem
    desde ja agradeço pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/06/2008 - 20:18
    Enviado por: Fabio Santos Paixão da Silva

    Meu carro foi financiado pela Aymoré financeira. Em maio fui até uma ag. do banco Real localizada na Rua Voluntários da Patria para efetuar o pagamento da parcela de março do meu veículo. Fui até o caixa eletrônico e com a ajuda de um funcionário do banco efetuei o pagamento da referida parcela, para minha surpresa, estou sendo cobrado pela financeira que bloqueou meu carnê, esta parcela de março. O banco diz que não achou o envelope, mas tenho comprovante do terminal emitido quando do depósito. Hoje retornei a agência e a funcionária Ataléia me disse para esquecer os comunicados que havia recebido, pois já havia regularizado a situação junto a financeira, mas para minha surpresa, ao ligar para a financeira descobri que nada havia sido resolvido. O que devo fazer ? Estou parecendo uma bola de volei, que hora é jogado para um lado, e hora é jogado para o outro, visto que nem o banco nem a financeira resolvem este problema. Eu estou sem poder pagar as outras prestações o que acarretará juros na hora do pagamento. Desde já agradeço o espaço e atenção dispensada ao meu problema. Fabio tel.2982-1194.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2008 - 12:39
    Enviado por: Patricia nunes

    Financiei um carro em 48 prestaçoes, paguei 28 e parei de pagar por dificuldades, ai passei o carro nestas agencias que negociam carros ja financiados, porem nao transferi o carro para a pessoa que comprou na agencia, e ele bateu o carro, agora o banco ta me cobrando as prestaçoes em atraso e eu nao sei o que faço to desesperado me ajude o que devo fazer para resolver este problema?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2008 - 14:07
    Enviado por: paulo padilha

    FUI CORRENTISTA DO BANCO REAL, TENHO UMA DIVIDA DESDE 2001, NÃO FUI ACIONADO JUDICIALMENTE, AGORA O SETOR JURIDICO DO BANCO ESTÁ ME LIGANDO, ELES PODEM COBRAR DEPOIS DE 7 ANOS, INCLUSIVE NA JUSTIÇA?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2008 - 14:08
    Enviado por: paulo padilha

    FUI CORRENTISTA DO BANCO REAL, TENHO UMA DIVIDA DESDE 2001, NÃO FUI ACIONADO JUDICIALMENTE, AGORA O SETOR JURIDICO DO BANCO ESTÁ ME LIGANDO, ELES PODEM COBRAR DEPOIS DE 7 ANOS, INCLUSIVE NA JUSTIÇA?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/06/2008 - 15:20
    Enviado por: renata

    .06.08 @ 09:12
    Prezado Doutor Bom dia
    Por que o banco cria esta dificuldade isso na hora negociar Doutor? Não é mais fácil chegar em uma negociação amigável do que a divída prescrever ? Esta divida com o Itaú está sendo meu tormento , queria mesmo chegar em acordo final para resolver débito. Mandei periciar este debito que foi colocado para mim e o perito constatou que eu não devia nada , puxei os extratos desde 2003, agora coloquei em uma associação chamada Andif para recorrer a este valor o Sr. conhece? , eles abriram um processo contra o banco para recorrer a este valor e chegarmos num denominador . Agora não é mais fácil o banco penhorar meu carro por eu ter colocado um processo em cima deles ? Queria mesmo resolver isto .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 20:20
    Enviado por: Delma De Oliveira

    Olá, gostaria de saber se posso receber depósitos na minha conta corrente: não movimento já faz um tempo e tenho uma dívida com o banco, o banco pode reter o dinheiro dos depósitos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2008 - 21:08
    Enviado por: Cilmara

    Boa Noite,
    Paguei minha dívida no banco Real em março, solicitei o fechamento da minha conta, a gerente informou que eu não poderia realizá-la pois teria que devolver o talão de cheques que eles haviam me fornecido há mais de 10 anos, informei que não o possuia mais , mesmo assim ela disse que não poderia fechar minha conta. Disse que me isentaria de taxas por seis meses para que eu tivesse tempo para procurar o talão (que eu já havia lhe informado que não o possuia mais). Em junho recebi correspondência do banco informando que eu estava devendo R$ 201,00,referente a juros do Real Master (que eu não usei), mensalidade de um seguro que eu não contratei, e ainda a tarifa bancaria que eu estaria isenta segundo a gerente.Ao tentar conversar com a gerente a mesma me coagiu ao pagamento do valor acima, dizendo que se eu não o fisesse colocaria meu nome no SPC. Eu já havia pagado quase R$4000.00 de juros para o banco. Gostaria de saber se posso entrar com um processo pedindo restituição dos valores cobrados abusivamente, e se posso entrar com ação contra a gerente por coação
    “Seção V – Da Cobrança de Dívidas
    Art. 42. Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2008 - 22:35
    Enviado por: Marcelo Batista

    tenho uma divida com banco itau e tenho todas as intenções de pagar mas não tenho como, divida referente a emprestimos pessoais, o banco pode retirar meus móveis, pois sei que a casa que tenho e que é da familia o banco não pode mexer, o carro tirei do meu nome e o demais que tenho são móveis dentro da casa, o banco pode mexer nisto, penhorar meus móveis para pagto da divida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2008 - 02:00
    Enviado por: Luciano Oliveira

    Bom dia!

    Á mais ou menos 1 ano, estou devendo ao banco do brasil 2.000. No momento estou desempregado e sem condições nenhuma de pagar a dívida que contrair no banco (Emprestimo Eletronico) Estou recebendo cartas de uma financeira que diz que não pagar a dívida no prazo máximo de 5 dias, que vai procurar meios judiciais, e isso me tira o sono. o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 12:01
    Enviado por: thereza

    Gostaria de saber se o banco que tenho um debito pode fazer retirada de algum valor na minha conta em outro banco. Se eu devo deixar o debito pra lá e não pagar e com 5 anos estou limpo na praça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 17:27
    Enviado por: anderson bizacha

    oi gostaria de saber tenho uma conta no itau e tenho um emprestimo de 4,000,00 so q agora vou resber atraves de la e gostaria de saber quantos % eles pode descomta da minha comta e to com o limite do meu cartao estourado e gostaria de saber se eles poden desconta pagamento minimo da minha comta sem minha altorizacçao ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/06/2008 - 17:30
    Enviado por: anderson bizacha

    oi gostaria de saber tenho uma conta no itau e tenho um emprestimo de 4,000,00 so q agora vou resber atraves de la e gostaria de saber quantos % eles pode descomta da minha comta e to com o limite do meu cartao estourado e gostaria de saber se eles poden desconta pagamento minimo da minha comta sem minha altorizacçao ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 00:30
    Enviado por: Geisa Souza Santos

    Oi,gostaria de uma informação.Meu limite ch especial é de 1.250,00 e utilizei 1.103,00.Só q irei receber meu salário e terei q pagar as dividas de casa,não vai dar de quitar o limite pois preciso pagá-las.O q o bco pode fazer se eu não depositar neste mês?
    Obrigada!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 12:07
    Enviado por: Julio Alfredo Prediger

    Caros Senhores, adquiri empréstimo no banco itau e no dia do vcto de uma parcela não havia crédito na minha conta suficiente para q o banco pudesse realizar o débito, porém, 5 dias depois o banco, mesmo sem saldo suficiente, efetuou o débito e minha conta com juros e multa, fiquei com saldo devedor.Acontece q 5 dias após o lançamento o banco debitou tarifa a título de adiantamento(pelo saldo negativo). Ora, não estou sendo duplamente punido considerando q o banco cobrou juros e multa pelo atraso da parcela e ainda um valor pelo saldo devedor provocado pelo débito feito pelo próprio banco, por um valor q já foram cobrados juros e multas ? Isso não seria ilegal ? Desde já agradeço pela atenção e parabenizo pelo excelente serviço colocado a disposição do consumidor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 16:20
    Enviado por: jonhson

    Boa Tarde,
    Eu tenho conta no BB e dei dois cheques, um de R$ 5.000,00, para dia 05/06/2008 e outro de R$ 2.000, para dia 06/06/2008. Na conta corrente eu tinha um saldo de R$ 5.500,00 na conta corrente e R$ 15.000,00 na poupança. Eu tive de viajar por duas semanas e não tive como olhar a movimentação da c/c. Quando cheguei vi que o cheque de R$ 5.000,00 tinha sido pago, porém o de R$ 2.000,00 fora devolvido duas vezes por motivo de insuficiência de fundos. Eu posso acionar juridicamente o banco, visto que, possuia valor disponivel na poupanca, mas mesmo assim ele não acatou o cheque, ocasionando a inclusçao do meu cpf no ccf?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 18:34
    Enviado por: Edilson

    Boa noite,
    Estou devendo o cheque especial eReaparcelado e cartão de crédito. Há dois meses atras pedi para cancelar o cartão, o banco não permitiu alegando que para fazer isto eu tinha que cancelar e pagar os serviços, tais como cheque especial e realparcelado, como não tinha dinheiro a divida creceu imensamente. Agora, estou preocupado, pois recebo o meu pagamento. Neste caso, o banco pode mexer no meu salário para pagar os juros do cheque especial e realparcelado, mesmo sendo eles já cancelado?
    obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2008 - 22:44
    Enviado por: Bianca

    Olá, estou com uma divida com o HSBC que é de R$1800,00 por empréstimo consignado, mas perdi meu emprego e não consigo mais pagar. Moro em uma casa que minha mãe construiu em cima da dela. O banco pode penhorar está casa para quitar a dívida.
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2008 - 12:51
    Enviado por: Diogo Freitas

    Boa Tarde!
    Ontem (26/06), eu tinha uma audiência marcada para as 14:30 e cheguei as 14:49, tendo assim perdido a audiência, onde eu processava o Banco do Brasil por danos morais!
    tem como fazer nova audiência?
    o que fazer neste caso?

    desde ja agradeço!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2008 - 19:43
    Enviado por: Fabio

    Boa noite. Há alguns anos atrás eu tinha ótimas condições financeiras, dispunha das altíssimas facilidades e créditos que os bancos me oferecia, sempre quitei todas as dividas regularmente, sem atrasos e até com antecedência quando sobravam recursos. Tinha até planos para abrir um comércio, e com essa idéia fiz alguns empréstimos em três bancos diferentes. Bom, em um consegui quitar a divida quase em sua totalidade (hoje essa divida esta no valor que contratei no inicio), em outro a dividida não era de um valor expressivo, agora no último banco o valor foi pouco mais significativo R$5.000,00, com juros e tudo mais hoje R$7.500,00 sendo que antes de entrar nessa crise financeira tinha quitado R$2.000,00. Hoje recebi um telefonema dessa última instituição o UNIBANCO. A atendente foi absolutamente grosseira, e em tom de ameaça disse que o banco entrara com uma ação na justiça e que através dessa ação o banco por meio de seus advogados bloqueará por internet, contas em que eu receba qualquer tipo de salário ou que movimente qualquer quantia e inviabilizará qualquer transação financeira e que ainda pagarei os honorários do advogado. E que em breve receberei maiores informativos a respeito. Aí eu pergunto. O que existe de verdade nisso tudo? Devido aos valores envolvidos viabiliza uma ação desse tipo. Devo tomar alguma atitude com relação ao que foi dito pela atendente? Se sim. Qual? De já, agradeço profundamente pelos esclarecimentos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/06/2008 - 17:39
    Enviado por: fabio

    tinha um cartão de credito bradesco eu tinha feito um parcelamento de 6*67,65centavos fui ao banco e paguei tudo e perguntei se devia mas alguma coisa o banco disse que não botei na justiça e perdi porque não tinha prova concretas mas faço uma pergunta se eu fica seis meses com a divida de 82,00reais o banco pode cancelar a divida ou não

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/06/2008 - 20:09
    Enviado por: Reinaldo Nogueira

    Olá,

    Minha esposa e eu temos uma conta corrente em um banco de expressão (dentre os 4 maiores do Brasil). Ocorre que esta conta está sem movimentação nossa há mais de 3 anos, tendo nosso último movimento por volta de março de 2005. Neste ínterim não nos atentamos para um débito automático de 19,80 reais de nosso provedor de Internet – UOL.

    Resultado: o valor entrou no negativo e hoje (Junho de 2008) o banco entrou em contato oferecendo empréstimo, o que negamos pois não pedimos e agradecemos mesmo assim. Daí nos avisaram que existia este débito que chega a 2.140 reais (negativo) a quitar imediatamente.
    Esta correto este procedimento? Entramos em contato com o gerente da conta que nos informou que pode parcelar os valores mas não aceita nossa proposta de pagar somente o valor principal correspondente a UOL.

    Obrigado,
    Reinaldo
    rei.nogueira@uol.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 09:07
    Enviado por: Roberto de Souza

    Tenho uma divida com o banco itau .No inicio do ano peguei empretimo e lis que me foram oferecidos pelo banco atraves das maquininhas e na epoca minha esposa trabalhava no estado, mas por ironia do destino, assim que levantamos o emprestimo ela perdeu o cargo e como era contratada, saiu sem receber nada. Tudo que haviamos programada para pagar as pretações do Itau, cairam por terra. mesmo assim conseguimos pargar algumas mas agora estamos realmente devendo ao banco. Já tentei entrar em contato com o serviço de cobrança para tentar renegociar a divida mas eles me querem que eu pague um valor que não posso arcar, alem do mais, cancelaram o meu lis pois não conseguia sair dele e estão retendo o meu salario para pagar as dividas. Tenho interesse em pagar, mas dentro do que eu recebo , nem que demore 15 anos. Agora este mes retiveram o meu salario integralmente , nos outros meses eu ainda conseguia retirar um pouquinho. Não consegui retirar nada. Posso entrar com uma ação no juizado especial pedindo para que liberem o meu salario via liminar e que não o retenhão mais . Quero negociar mas eles so querem a negociao deles . o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 13:09
    Enviado por: Rodrigo

    Boa Tarde,

    Renegocieu junto a faculdade um valor de uma divida na qual meus tios são meus fiadores, devido ao não cadastrasmento do acordo realizado e o recebimento do contrato pela instituição (faculdade) nada foi feito, contudo a 10 dias atras, meus tios me ligaram e me disseram que a conta corrente deles foram bloqueados, por ordem judicial, contudo entrei em contato com a faculdade e paguei tudo e levei o devido contrato assinado, gostaria de saber qual é o prazo que o banco central pede para quer seja desbloqueada a conta e que o valor que nesta continha volte para a conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 13:11
    Enviado por: Rodrigo

    Boa Tarde,

    Renegocieu junto a faculdade um valor de uma divida na qual meus tios são meus fiadores, devido ao não cadastrasmento do acordo realizado e o recebimento do contrato pela instituição (faculdade) nada foi feito, contudo a 10 dias atras, meus tios me ligaram e me disseram que a conta corrente deles foram bloqueados, por ordem judicial, contudo entrei em contato com a faculdade e paguei tudo e levei o devido contrato assinado, gostaria de saber qual é o prazo que o banco central pede para quer seja desbloqueada a conta e que o valor que nesta continha volte para a conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 13:12
    Enviado por: Rodrigo

    Boa Tarde,

    Renegocieu junto a faculdade um valor de uma divida na qual meus tios são meus fiadores, devido ao não cadastrasmento do acordo realizado e o recebimento do contrato pela instituição (faculdade) nada foi feito, contudo a 10 dias atras, meus tios me ligaram e me disseram que a conta corrente deles foram bloqueados, por ordem judicial, contudo entrei em contato com a faculdade e paguei tudo e levei o devido contrato assinado, gostaria de saber qual é o prazo que o banco central pede para quer seja desbloqueada a conta e que o valor que nesta continha volte para a conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 13:13
    Enviado por: Rodrigo

    Boa Tarde,

    Renegocieu junto a faculdade um valor de uma divida na qual meus tios são meus fiadores, devido ao não cadastrasmento do acordo realizado e o recebimento do contrato pela instituição (faculdade) nada foi feito, contudo a 10 dias atras, meus tios me ligaram e me disseram que a conta corrente deles foram bloqueados, por ordem judicial, contudo entrei em contato com a faculdade e paguei tudo e levei o devido contrato assinado, gostaria de saber qual é o prazo que o banco central pede para quer seja desbloqueada a conta e que o valor que nesta continha volte para a conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 22:18
    Enviado por: fabio

    ola,meu limite no banco esta estourado,e os meus cheques estao voutando e eu estou resgatando cada um e o o banco devouveu em linha 11 12 13 14 se eu resgata todos poso ter minha conta de vouta?oque devo faser?obrigado..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2008 - 12:52
    Enviado por: Alex

    Olá bom dia! fiz um emprestimo no valor de R$ 10.400,00, no banco Bradesco, e queria quitar esse emprestimo, só que não querem dar desconto, ou seja, como já paguei 6 parcelas de R$ 470,00 e faltam 30, eu tenho que pagar R$ 14.000,00, isso é um absurdo, no codigo de defesa do consumidor diz que é pra ter desconto sim, se tiver alguem por dentro desse assunto, por favor me esclareça melhor. grato Alex.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2008 - 08:27
    Enviado por: Michele

    Olá bem tenho uma divida com a faculdade sendo que o valor que eles estao mecobrando e um absurdo tive uma audiencia mas eu perdi e o juiz pediu para eles recalcularem bem não posso pagar como nao irei pagar pois sofri um acidente naepoca juntei as papeladas e mesmo assim eles nao concederam entao a duvida e a seguinte esta divida foi em 2005 e casei em 2006 mas meu marido me incluiu na conta corrente como a 2º titular pode eles bloquearem essa conta mesmo sendo a 2º titular pois a conta é do meu marido

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2008 - 13:11
    Enviado por: VIVIANE SANTOS

    OLA BOA TARDE,
    E O SEGUINTE, EU MEU ESPOSO TEMOS UMA EMPRESA NO NOSSOS NOMES, UM COLEGA NOSSO PEDIU PRA GENTE FAZER ISSO POR ELE , FIZEMOS ATE ENTAO ELE ARCOU COM AS DESPESAS , MAS AGORA A RECEITA FEDERAL MANDOU UNS IMPOSTO ELE NAO PAGOU ACABOU BLOQUADO NOSSO CPF, MEU PAI MANDA MINHA PENSAO QUE E UMA AJUDA DE CUSTO PRA MIM PELA CONTA DO MEU ESPOSO, E AGORA O BANCO BLOQUEOU , O QUE EU FAÇO PRECISO MUITO DESSE DINHEIRO POIS ESTAMOS DESEMPREGADO., O BANCO DISSE QUE TEMOS QUE LEGALIZAR A SITUAÇAO, OU SENAO DAQUI 3 MESES O CANBIO DEVOLVE O DINHEIRO PRO MEU PAI.
    NAO TEM COMO MEU PAI RESGATAR ESSE DINHEIRO AGORA ELE MORANDO NO JAPAO, DO QUE ESPERA 3 MESES OU EU ACETRAR A LEGALIZAÇAO ,
    OBRIGADO FICO NO AGURDO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/07/2008 - 19:42
    Enviado por: Cristina Correa Leite Portelinha Paro

    Sou correntista do Banco SANTANDER de Barueri e meu marido do Banco Banespa de Carapicuiba.
    Ele é meu dependente na conta de Barueri mas nunca sequer usou um cheque porem eu não tenho nenhum vinculo na conta de Carapicuiba.
    Por ter ficado desempregado não conseguiu arcar com suas dívidas e o débito de seu cartão de crédito foi debitado integral na minha conta corrente.
    Gostaria de um auxilio pois vejo que tal situação não é permitida, eles querem que eu assuma a dívida e para estornarem o valor devo pagar 10% da dívida e o restante eles parcelam.
    O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2010 - 11:56
    Enviado por: sonia montouro

    tenho uma divida com cartões de credito e com conta corrente.e tenho medo que a justiça tome um dinheirinho que estou gardando para minha filha na poupança.isso pode acontecer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2010 - 19:11
    Enviado por: Livia Lima Afonso

    Olá. Minha mãe fez um empréstimo pelo banco crefisa. Ela recebeu do banco R$1200,00, o valor à ser pago ficou em 5 x de 465,00.
    Estou achando os juros abusivo.
    O que devemos fazer?
    Obrigad!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2010 - 19:38
    Enviado por: marcus vinicius

    tenho uma divida com o cartão de crédito do banco do brasil do ano de 2001 e 2002 e cheque especial. não sou mais correntista do banco, mas a gora a empresa em que trabalho mandou eu abrir uma conta salario para receber. mas quando fui ao banco para abrir a conta fui impedido pois falaram que só posso abrir depois que regularizar a minha divida. divida essa que já não esta mais com o banco e sim com uma empresa terceirizada. o banco pode me impedir de abrir a conta salario?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2010 - 16:57
    Enviado por: Alessandra

    Olá, gostaria de saber se o banco BB pode reter um dinheiro em minha conta, eles dizem que não podem liberar o saque, por eu ter uma divida com o banco, só podem liberar se eu fazer uma negociação com o banco ou pagar a divida! Eles podem fazer isso ?!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2010 - 20:25
    Enviado por: Sirley

    Boa noite, tenho uma dúvida urgente, estou devendo R$ 5.500 de um seguro fiança a porto seguro, pois fiquei 5 meses sem pagar o aluguel, quando assinamos o contrato eles sabiam que eu não trabalhava que somente meu marido trabalhava e mesmo assim fizeram eu assinar o contrato do seguro fiança, meu marido tem outras dividas e todas as contas bancárias dele foram bloqueadas judicialmente, eu tenho um dinheiro maior que este valor da divida da porto em uma conta poupança no meu nome, mas são para despesas básicas e é dinheiro de minha mãe também que está nesta conta, gostaria de saber se corro algum risco de a porto seguro vir a bloquear a minha conta judicialmente e prender este meu dinheiro, preciso de resposta urgente pois caso haja este risco terei que retirar este dinheiro visto ser a maior parte de minha mãe.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/03/2010 - 22:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Corre todos os riscos que um devedor corre por não pagar dívidas: despejo, processo judicial e bloqueio de bens.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/03/2010 - 19:28
    Enviado por: Andre

    O banco pode descontar metade da fatura na conta e mandar o restante na fatura do cartao de credito sem avisar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 13:37
    Enviado por: Antunes - Indaiatuba

    Tenho um financiamento de um carro ( LEASING) aymore finaceira.
    |Quero devolver o carro amigavelmente pois nao tenho + condições de pagar.
    Pergunto quando eles venderem o carro e o rresidual eu não conseguir pagar eles podem pedir penhora..penhora online??
    Bom eu tenho uma casa mas não term escritura somente escritura do terreno eu posso peder a casa se tiver penhora??
    O que devo fazer- A melhor forma?? pois um advogado diz que nem para protesto posso ir uma vez que eu devolvi o ben do banco por se trastar de leasing outro diz que nao vai ter penhora caso nao pague o residual.
    Me ajude por gentileza
    Obrigado
    Antunes

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 19:54
    Enviado por: lucila

    meu filho fechou a conta corrente no HSBC a 5 anos, dois meses apos veio novamente cartinha cobrança, pois o gerente da epoca havia sumido com os documentos, pagamos novamente o debito e fechamos, neste mes março 2010, qual foi sua surpresa ao tentar abrir uma conta B. Brasil seu nome consta em cheques devolvido, ele devora ir ao procom, ele podera pedir uma indenização por ter seu nome tds esses anos sendo ffffffechado sua conta por duas vezes. agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2010 - 11:13
    Enviado por: sidineia

    devo um emprestimo na caixa a 6 anos vou receber uma ação trabalhista pela caixa eles podem reter meu dinheiro da acão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2010 - 01:46
    Enviado por: olga

    Ola! Tenho um cartão do estra supermercados,acontece que pagava só o mínimo por não estar conseguindo pagar o restante. No dia do vencimento da minha fatura liguei para eles para tentar um parcelamento.Falaram que não seria possivel a não ser que tivesse em atraso e desta forma eles fariam renegociação e então eu pagaria o toatal da dívida mais as parcelas a vencer.Eu disse que não queria pagar os juros e os encargos de atraso pois estava ligando antes para entrar em acordo. Não concordarem alegando que primeiro eu deveria estar em atraso para tentar um acordo.Achei um absurdo tal procedimento. Depois descobri que por eu ser correntista do itau(conta salário) após dez dias de atraso eles debitariam o minimo na minha conta corrente pois isto reza no contrato do cartão. Não concordo com tal procedimento por se tratar de uma conta pagamento e não autorizei o banco a debitar em minha conta fatura de cartão.Fui ao banco e bloqueei o débito mas a gerente me informou que eu terei que fazer isto sempre o que acho um absurdo.Tentei a negociação mas o que eles querem é muito além do que posso pagar.Gostaria de saber se posso recorrer na justiça contra este desconto na conta salário caso ele venha a ser feito e se posso pagar judicialmente em valores dentro das minhas possibilidades retirando esse juros abusivos?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/03/2010 - 21:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      POder você pode, mas será perda de tempo, pois o banco está correto neste caso, em relação ao procedimento. Sobre os juros, se são abusivos, então quesione-os na JUstiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/03/2010 - 18:55
    Enviado por: Regina

    Emprestei varios cheques ao meu ex-patrão em um posto de gasolina para saldar a divida da empresa, ele tem deixado voltar varios e agora me mandou embora, ainda tem 6 ou 8 cheques pra cair dois por mes…amanhã vence meu aviso e nem me pagou nada ainda tb, salarios etc..
    Resultado, estou no serasa
    Posso entrar com um processo trabalhista? e incluir os cheques pra ele ter compromisso de pagar.
    A tb esta USANDO MEU LIMITE E EU AGORA SEM EMPREGO NÃO CONSIGO NOVO EMPREGO…O QUE FAÇO ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2010 - 13:30
    Enviado por: Ho

    Olá, estou com uma dívida de uns 2000,00 reais, fiquei desempregada, e agora que começei a trabalhar, estou organizando as coisas para pagar essa divida com o banco, mas eles ficam mandando mensagem no celular e cartas me dizendo que é pra eu pagar logo, pra evitar sancoes…

    O que seria isso? E que riscos corro?
    Eu vou quitar essa divida até o meio do ano, é que agora realmente não dá!
    O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/03/2010 - 18:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você deve e não pagou, Vai se rprocessada e corre o risco de ter bens penhorados. Procure um advogado para ajudá-la a negociar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/03/2010 - 12:39
    Enviado por: nanci da graça silva

    OLÁ MEU PAI ESTÁ COM UM DÉBITO DE 2.500,00 NO BANCO ITAU EM CONTA CORRENTE.SÓ QUE ELE NÃO FEZ NENHUM SAQUE PARA CHEGAR Á ESSE VALOR. SENDO QUE ESTÁ NESSE VALOR POR QUE FOI DESCONTADO O SALÁRIO DO MÊS QUE JÁ FOI DEPOSITADO ENTAO POSSO CRER QUE A DIVIDA ESTAVA EM 4.500,00 O QUE POSSO FAZER PARA PROVAR QUE NAO TIREI ESSE DINHEIRO DA CONTA, SENDO QUE É DE LIMITE?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 22:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ele tem que provar que não pegou esse dinheiro pedindo ao banco que mostre comprovantes de que saque ou transferência. Faça também um boletim de ocorrência.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/03/2010 - 20:19
    Enviado por: caroline

    Olá, tenho uma divida na caixa econômica federal desde 2006.
    Devido a desastres climaticos que aconteceu na minha cidade
    o governo liberou o pagamento do FGTS, dei entrada nos papeis para o recebimento
    do FGTS, porém quando fui saca-lo dava bloqueado, dai entao fui ate o gerente para saber o motivo dele estar bloqueado, ele disse que foi bloqueado pelo nao pagamento da divida que eu tinha com a CEF! Eles podem bloquear o FGTS? Quer dizer entao que se acaso for para a rua eles irao bloquear meu salario desemprego tambem?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 17:49
    Enviado por: Jaci

    Ola!!Boa noite.
    Estou com meu nome no spc por causa de uma loja de roupas.
    Ontem um advogado de uma intutuição que eu não lembro o nome, me ligou e falou que eu tenho até terça-feira para quitar minha divida. Porque se eu não quitar ele ira me proçessar e eu ainda vou ter que Pagar os Honorários dele que é de + ou – uns 400,00, fora a divida que já tenho!
    Isso é legal ou é só uma forma de me ameçar!!Minha divida está atrasada só a 4 meses, ele pode fazer isso ou não.
    Por favor me responda, estou muito nervosa por conta disto.
    Desde já muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2010 - 21:54
    Enviado por: fernando amorim

    tenho uma divida no banco itau, tenho total 06 cheques devolvidos mas não consigo encontrar os cheques já fui atraz das pessaos que supostamente estaria com eles, mas a maioria nem mais tem o cheque.
    ésta divida é de 2004 quero pagar mas será que por não reaver os cheques eu continuarei co o nome sujo? ou eu posso pagar os valores destes cheques e liquidar este débto. por favor me retonem com a resposta obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2010 - 22:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sem reaver os cheques não há o que fazer. Procure um advogado pára ajudá-lo a restarear os cheques e ajudar nas negociações com credores.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2010 - 22:43
    Enviado por: Jaci

    Eu quiz disser se é certo ele cobrar os honorários dele sendo que não fui eu quem o contratou. Sei que posso ser processada pela loja , mas vou ter que pagar os honorários dele tambem??
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2010 - 11:56
    Enviado por: Ricardo

    Fiz um empréstimo pessoal no HSBC através do site e consegui pagar diversas prestações em dia, até que recentemente não estou conseguindo pagar.
    Pelo que eu vejo, não recebi nenhum contrato em relação a empréstimos, nem também consta no contrato de abertura da conta corrente, porém eles fazem todo mês debito direto na conta e tentei questionar para que eles me enviassem boletos para pagamento, e disseram que não fazem isso por ser procedimento do banco. Está certo isso? Não posso solicitar outro meio para pagamento das prestações?
    Outra coisa, fui tentar ver o saldo da dívida depois de 1 mes vencida e já deu mais de 10% de juros, isto está correto? não deveria ser 2% de multa + 1% de mora ao mês?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/03/2010 - 21:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Acreditamos que não haja irregularidades em nenhum dos procedimentos, mas essa não é a nossa área de atuação. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2010 - 12:13
    Enviado por: Michelle Maria da Silva

    Tenho um restrição de nome com o banco itau,mas não consigo abrir uma conta salario
    no bradesco o que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/03/2010 - 21:17
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tente reclamar no Procon, mas achamos que o resultado será pífio, pois nenhum banco é obrigada a aceitá-la como cliente, mesmo sendo conta-salário.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2010 - 17:46
    Enviado por: Guilherme

    O banco tem autorização para cobrar, junto do valor total de um determinado empréstimo, os juros a.m. de meses que ainda não chegaram? Desejo quitar um empréstimo com uma instituição para a qual já paguei 6 parcelas e o banco me cobra os juros das parcelas que ainda não paguei.
    Ex.: Empréstimo em 24x com juros de 4% ao mês = 96% de juros.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2010 - 18:20
    Enviado por: Herman

    Oi boa tarde, eu fiz um emprestimo com o banco onde entra o meu salario todo mes, o contrato constava que a parcela devia ser repasada pra empresa a qual devia descontar da minha folha de pagamento. O problema é que não estao repasando a parcela pra minha empresa e sim descontando da minha conta corrente, estourando sempre o limite, ao final de cada mês pago 17% de juros, será que eles podem fazer isso? outra coisa, quando falei com a gerente do banco ela falou que faz parte do grupo do banco mas ela nao pode fazer nada pois sao tercerizados, minha pergunta é: se são tercerizados podem mexer com a conta corrente da pessoa? Eu gostaria saber o que fazer. Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2010 - 12:20
    Enviado por: BRUNO MICAEL

    TENHO DIVIDAS EM DIVERSOS LOCAIS FIZ EM 2004 QUANDO MEU NOME VAI SAIR DO SPC E SERASA ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2010 - 09:13
    Enviado por: Robson

    Ola, fiz um contrato com a empresa tim em 2007..uma fatura ficou pendente por algum tempo mas depois disso efeturei o pagamento de tal mas a empresa ainda me enviava faturas do telefone mesmo apos o pagamento dessa fatura..e consta em aberto ainda faturas de 2009 q eu nem imaginava q existiam…pois nao era informado…agora recebi uma notificaçao extrajudicial de uma empresa de advocacia q defende a empresa…ate ja entrei em contato mas eles estao pedindo um valor absurdo doqual eu nao irei pagar por tantos outros transtosnos q a tim ja me causou…mas enfim
    uma grande duvida q tenho..tenho uma moto q ainda nao quitei…entao nao esta em total poder meu…a empresa Tim pode entrar na justiça pra tomar esse meu bem pra pagamento de tal divida ou isso é so uma pressao psicologica mesmo?
    desde ja agradeço…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2010 - 10:32
    Enviado por: julio

    Bom dia,
    Tenho conta no Unibanco e um emprestimo que desconta na conta corrente, mais em 2007 fui socio de uma empresa, e por relaxo não tirei meu nome da mesma, essa semana foi bloqueada minha conta por ordem judicial, eu posso sacar limite do cheque especial?
    estou tentando tirar meu nome da mesma, sendo assim automaticamente minha conta libera ou tenho que entrar na justiça?
    agradeço por todos ajuda
    Abraços

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2010 - 10:34
    Enviado por: julio

    a mesma, não fui informado sobre o bloqueio, somente fiquei sabendo quando fui pagar umas contas é normal?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/03/2010 - 18:45
    Enviado por: Flávia

    Boa noite!
    Fiz quatro empréstimos no banco Itaú pelo CDC. Paguei por vários meses, dois desses empréstimos chegaram ao fim há alguns meses. Contudo, fiquei dois meses sem pagar os outros, pois passei por dificuldades financeiras, e, devido a isso, os descontos dos dois outros empréstimos cairam no limite especial. Assim, fiquei devendo o limite especial devido a estes empréstimos e também por alguns saques que realizei. O banco renegociou minha dívida sem minha autorização, e dividiu em 24 parcelas, mas referente a cinco negociações, então fiquei devendo 5 dívidas divididas em 24 parcelas cada uma. Acontece que não sei em relação a quais valores, pois o banco não me informa referente a quais valores estou devendo. Porém, já paguei 23 parcelas, caso contrário meu nome iria para o SPC e Serasa. Achei que o banco estava certo, mas atualmente analisando os valores e o que eu já havia pago dos empréstimos, vejo que muitas parcelas deste, já haviam sido pagas há muito tempo. O que faço, pois o contrato já terminou, já paguei todas as parcelas? Não há possibilidade de fazer uma ação revisional? Posso pedir a devolução em dobro?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/03/2010 - 20:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O melhor a fazer é questionar na Justiça o banco, por meio de advogado. Só assim será possível provar se houve cobrança indevida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/03/2010 - 12:23
    Enviado por: eduardo mendes

    gostaria de saber se e legal o que o banco faz ate hoje com minha conta sou funcionario publico e meu dinheiro cai todo dia 22 de cada mes no bradesco, pois vamos ao caso meu dinheiro caiu dia 22 de fevereiro e saquei um saldo que tinha so que tenho dois cartoes de credito que sao debitados todo dia 01 so que nao havia saldo mas continua ate hoje debitado acima do limite que me deram de 1000,00 hoje minha conta esta em 2450,00 goataria de saber se e legal ficar negativa me cobrando juros sobre juros ate meu outro salario cair de novo e outra tentei tirar o debito automatico dos cartoes eles disseram que nao podia pois ele e vinculado a minha conta corrente e certo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2010 - 13:07
    Enviado por: Lívia

    Oí,bom minha mãe tem um empréstimo no banco do brasil,estão umas 4 prestações atrasadas e o nome está no spc,vou fazer um reescalonamento de dívidas,porém bloqueia os limites de crédito,mas bloqueia só no banco do brasil,ou em outros bancos tbm?e fazendo o reescalonamento de dívida,assim que aceito o nome é retirado do spc,ou precisa começar a pagar primeiro,pq eles estipulam o prazo e o dia automaticamente.Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/03/2010 - 21:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O bloqueio, s eocorrer, é só no Banco do Brasil. O nome só é retirado após o início do pagamento da dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/03/2010 - 09:19
    Enviado por: Rodrigo

    tenho uma divida num banco a cerce de um ano, não pude pagar pois estava desenpregado,agora que consegui um emprego, fiu nesse banco para abrir uma conta salario ja que a empresa que eu vou entrar só deposita nesse banco, eles negarm a abrir uma conta salario ate que eu regularize meu debito ou parcele a divida para ser descontado no meu paragamento no primeiro mes, mas não tenho as condição de o pagar no primeiro mes so apos o terceiro ja que estou ndesenpregado e pago aluguel.
    les podem se recusar-se a abrir a conta salario para min.ja tenho uma conta corrente nesse banco mas não posso usar por q se cai meu pagamneto nela o banco vai rete para descontar os debito.
    agradeços a atenção!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 10:56
    Enviado por: Wyllyam

    Bom dia,

    Eu tive conta no Banco Sudameris em 1990 e fiquei no Serasa por 05 anos. Agora o banco santander comprou o Bco Real, que havia comprado o Sudameris e está debitando em minha conta atual ( recebo pelo Santander) o valor da divida, alegando que podem fazer sem comunicado algum e sem autorização. Que devo fazer? Obs. eles me colocaram no Serasa pelo mesma divida. É legal?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 19:56
    Enviado por: Antonio

    Tenho uma microempresa de informatica (ou melhor tive) a qual faliu. Ela estava em nome de minha esposa e meu pai, na época em 2006 abri a cta no bco itau, como todos aqui, nao pude pagar o Lis e um credicomp. Na época somava 5,000.00, hoje estao me cobrando 18.000,00. e com ameças de tomar bens etc. Hoje uma empresa de cobrança esta me ligando. Eu quero pagar, ainda estamos trabalhando com a microempresa, mas estes valores nao tem nem como negociar. Como faço para ganhar mais tempo, uma vez q reestruturei toda empresa? Qual os riscos que meu pai e minha esposa correm? Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 21:08
    Enviado por: Geovane Morais

    Boa noite,ha alguns meses atras eu possuia 3 contas bancaria,todas especias com limites expressivos tanto no cdc,ch especial e no cartao de credito,foi quando resolvi entrar de sociedade numa fabrica de roupas ai levantei 150 mil nestes limites disponiveis porem nao deu certo a sociedade e quebramos e nao tenho condicoes de quitar essa divida,ja estou com restricao no serasa e spc.tenho uma casa quitada que seria meu unico bem onde moro com a minha esposa e dois filhos menores,tem alguma possibilidade deles me tomarem este imovel

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/03/2010 - 21:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Existe sim. Procure um advogado para se precaver da cobrança.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 09/03/2011 - 14:17
      Enviado por: Inês

      Olá Geovane, eu não concordo com a resposta do Marcelo, então acima nesta mesma página você pode ler VÁRIAS informações a cerca de tomada de um único imóvel que serve como moradia da família.
      Aqui eu transcrevo uma das respostas dadas acima.
      17/03/2008 – 17:47
      Enviado por: fatima
      tenho uma divida com o banco itau, e ja esta muito alta, gostaria de saber se é possivel o banco pegar meu unico bem q é uma casa pra cobrir o valor da divida

      Advogado de Defesa:

      se a dívida é sua (você não é avalista dela), não pode. Ele poderá fazer cobrança judicial e penhorar outros bens

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/03/2010 - 23:29
    Enviado por: valdeir sousa veiga

    sou avalista de uma pessoa. e ele nao pagou, o banco pode debitar meu pagamento? posso abrir conta em outro banco para receber meu pagamento?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 17:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Com tão poucas informações é impossível responder. Leia o contrato da sua conta com o banco antes de mais nada.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/03/2010 - 14:31
    Enviado por: keytiane cristina grama

    Boa tarde ,fiz emprestimos na losango e por questões financeiras me enrolei e fiquei sem pagar 11 cheques de me ligaram dizendo que estava em $11.000,00 mas que eu teria um desconto e cairia para $2.500,00 é correto estes juros o posso fazer ???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 17:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos ajudar neste caso, procure um advogado especializado ou um contador para verificar se os juros são abusivos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/03/2010 - 20:11
    Enviado por: divida

    Tenho uma poupança no banco real, e o tribunal de justiça bloqueou minha conta com meus miseros reais que havia, pode isso acontecer?? o que faço liguei pro banco e me disseram que é uma divida alta que o juíz sim pode sfazer isso será???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2010 - 22:14
    Enviado por: marisete

    uma pessoa do banco itau ligou para mim para oferecer um cartao falou maravilha do cartao e mim comvenceu quando chegou era de xip liguei no banco para desbloquear falarao que ja estava desbloqueado fui comprar cheguei la digitei a senha e nao comsegui passar liguei no banco para canselar eles mim falarao que se eu cancelace o cartao nao comseguia outros cartao en outro banco por seis meses ou seja eu seria punida e eu nao fui imformada disto quando fiz o cartao e legal isto tenho que ficar com este cartao mesmo sem querer e asim que fuciona mi ajude obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 22:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Existe um período de carência. Leia com atenção o contrato. A questão dos seis meses, no entanto, não tem base legal.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 14:30
    Enviado por: Mara

    Olá gostaria de uma informação, alguém pode me ajudar?
    Tenho um empréstimo com o meu banco, já tentei vários acordos, mas não consigo pagar devido o valor ser muito alto e bem maior que minha renda, todo mês o banco bloqueia todo meu pagamento, fico sem um centavo se quer, ai tenho que ir me humilhar para a Gerente liberar 70% por cento, e no mês que recebo férias ou 13º ela conta tudo também isso é certo? Qual é a Lei que diz que o banco só pode reter trinta por cento do meu salário para eu apresentar para a Gerente evitando o constrangimento de todo mês eu ter que ficar se humilhando para ela liberar uma porcentagem do meu salário? Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2010 - 22:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se for empréstimo consignado, o banco pode reter parte do pahamento. Se não for, a retenção é ilegal, a menos que esteja em contrato.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/03/2010 - 00:35
    Enviado por: Marcela Silva

    Olá Gostaria de uma informação.Meu marido não pagou uma divida de limite no itau e foi para spc,serasa.etc.Só que ele tem catão de credito do itau tb mais esta em dia gostaria de saber se vão bloquear o cartão dele tb.obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 22:55
    Enviado por: Leonardo

    Meu cartão de crédito do Banco Itaú foi roubado. Pedi para a minha gerente a segunda via. Qual foi a surpresa que ela negou alegando que havia uma restrição do meu nome junto ao SPC, porém não de dívida contraída com aquela instituição bancária. Não estou pedindo um novo cartão, apenas a restituição daquele que perdi. O banco pode me negar isso, sabendo que sou cliente desde 1995, conta especial cinco estrelas, nunca um cheque foi devolvido, e tenho várias movimentações feitas na minha conta, como depósitos de imóveis que possuo. Não seria suficiente para a gerente conceder o meu cartão de crédito de volta?
    Atenciosamente,
    Leonardo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/03/2010 - 23:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese pode, mas é uma atitude extremamente antipática e desnecessária. Embora achemos que não dará muito resultado, não custa reclamar no Procon sobre esse procedimento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/04/2010 - 04:22
    Enviado por: karen

    Preciso de ajuda, em agosto do ano passado enquanto era funcionária contratada da prefeitura municipal de itaquá fiz um empréstimo consignado, pois a mesma me concedeu carta de margem, porém até o último mês ainda não descontaram do meu pagamento. No primeiro mês em que não foi cobrado fui até a prefeitura que assumui ter errado quando me concederam a carta de margem… Então fui a agencia e pedi que eles entrassem com providências para que eu pudesse pagar a dívida por meio de boleto bancario, porém eles nunca se manifestaram e também nunca descontaram do meu pagamento.
    Corro o risco de ter meu nome protestado?
    Tenho alguma chance de negociar a dívida com eles?
    Eu não tive culpa corri atrás mas eles nunca me deram resposta alguma!
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/04/2010 - 21:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só a prefeitura pode responder a questão. Procure ajuda no sindicato de sua categoria, no departamento jurídico, e veja se há alguma forma de, judicialmente, eviytar que haja cobrança indevida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/04/2010 - 14:22
    Enviado por: Daiane Oliveira

    Oi tenho uma dívida em torno de R$ 18.000,00 no Santander, gostaria de saber o que pode acontecer se eu não pagar, não tenho bens e tb não tenho avalista, pois não tenho condições de pagar esta dívida.
    Att,
    Daiane

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/04/2010 - 12:05
    Enviado por: Tatiana

    OLa. Bom dia!!!
    Gostaria de tirar uma duvida, peguei um emprestimo da financeira Losango em 2003 e logo em seguida fiquei desempregada e nao conseguir pagar o valor; ele foi sacado no cx. eletronico 24Hs. Hoje recebir uma carta, depois de 7 anos,( pois nunca me mandaram nenhuma para tentar negociar a divida.) me cobrando a divida dizendo que seria o ultimo aviso de notificaçao extrajudicial e que me nome consta no spc e serasa. Minha pergunta é: meu nome pode esta no spc e serasa depois desses anos todos? desde ja agradeço a atençao;

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/04/2010 - 18:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode sim. Procure a ajuda de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 09/03/2011 - 14:26
      Enviado por: Inês

      Esclarecendo a dúvida com relação à citação de nome junto ao SPC e SERASA, leia um post desta mesma página.

      23/04/2008 – 15:08
      Enviado por: Carlos Roberto Soares Sousa
      Após 5 anos o nome fica limpo, mas a dívida
      permanece? Em cobrança judicial podem
      reter meu saldo em conta corrente de outra instituição.? No meu caso é dívida bancária.

      Advogado de Defesa:

      Depois de 5 anos, o nome sai autoamticametne dos cadastros de restrição ao crédito, mas isso não significa que a dívida suniu, ela poderá continaur a ser cobrada, mas não judicialmente se o credor não entrou com processo antes dos 5 anos

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/04/2010 - 09:01
    Enviado por: ROSANA FREITAS

    Fiz desconto antecipado de dois títulos no BB, porém meu cliente não pagou o boleto, estou com a dívida uma vez que já havia pego o dinheiro antecipado. Porém passou o tempo do pagamento e o BB mandou o nome da minha empresa para o SERASA. Mesmo assim ele todo mês continua cobrança taxas altas sob este título em atraso, pode isso, uma vez que juros correm todo dia no SERASA?E se foi para o SERASA não é devido que ele pare de cobrar taxas na minha conta corrente, sob uma falta de pagamento que já está no SERASA?
    oBRIGADA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2010 - 12:31
    Enviado por: douglas

    Eu pagava um empréstimo em conta corrente e um cheque debitado em minha conta, em data não esperada, fez com que minha conta estourasse e acumulasse parcelas atrasadas.
    O banco passou a debitar praticamente todo meu salário, motivo este que me levou a abrir uma conta poupança para que fosse feito meu pagamento na mesma. Ja faz um ano que recebo pela poupaça, pois tentei abrir conta salário e não consegui. Neste mês de março de 2010 o banco santander bloqueou minha conta poupança e não pude sacar meu salário, após fui até o banco e o gerente me informou que iria liberar este mês, mas que eu teria que acertar a minha divida, pois no proximo mes o banco iria bloquear 30% do valor que fosse depositado na conta e que eu era obrigado a receber pela conta corrente, pois o banco comprou a folha de pagamento dos funcionarios publicos.
    Sou funcionário público (estatutário) efetivado desde 05/2003, sou casado tenho tres filhos, pago aluguel e minha familia é sustentada apenas por meus rendimentos, tenho um emprestimo em folha em outro banco no valor de R$ 441,00, o que ja compromete minha renda em pouco mais de 30%.
    O que devo fazer? Pode o banco bloquear meus rendimentos em conta poupança? Ou mesmo que eu retorne a receber meus rendimentos em conta corrente, pode o banco reter 30% do valor liquido para quitar prestações atrasadas? Sou obrigado a receber pelo santander? Posso receber em conta sálario?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 22:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco pode reter. Você pegou mais dinheiro do que pdoe pagar. A única solução é tentar renegociar, mas terá que se adeuqar às exigências dos bancos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/04/2010 - 12:48
    Enviado por: CAIO CEZAR JOSE REIS

    TENHO UMA DIVIDA NO BANCO BRADESCO, E AGORA NO MOMENTO ESTOU FIXADO NUMA EMPRESA. E ELES DEPOSITAM OS PADAMENTOS FEITOS PARA OS FUNCIONARIOS NO BANCO BRADESCO.
    TEM COMO ABRIR UM CONTA SALARIO MESMO EU DEVENDO PARA ESSA AGENCIA ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2010 - 17:05
    Enviado por: valeria gilvana morgado

    meus cartoes de creditos estao atrasados e nao tenho como pagar, o banco nossa caixa me falou que pode sim desconta-los em minha conta , isso pode?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 16:45
    Enviado por: Silvana

    Oi gostaria de saber, eu tenho uma divida com o banco do brasil um emprestimo, por enquanto estou conseguindo pagar em dia, mas com muita dificuldade, se eu deixar de pagar a divida ela prescreve ou caduca 5 anos ou ela fica correndo juros pra sempre.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 17:08
    Enviado por: Aline Leticia

    Tenho uma dívida com minha faculdade e tentei negociar por várias vezes. Eles entraram com processo, recorri a Defensoria Pública e uma advogada pegou minha causa e não fez absolutamente nada. Eles entraram com penhora online e ela recomendou que eu não utilizasse minha conta no banco nem para recebimento do meu salário.
    Faz uns 8 meses que a empresa me faz um favor de pagar por ordem de pagamento.
    O que posso fazer para voltar a receber meu salário por conta, pois não sei até quando a empresa me ajudará e não conseguirei pagar essa dívida por sou arrimo da minha casa.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 18:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há o que fazer, enquanto existir a dívida e a ordem de penhora sua conta será rastreada em busca de dinheiro. Tente renegociar novamente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2010 - 18:52
    Enviado por: Alexandre

    Boa noite,
    Gostaria de saber o seguinte:
    Estou com uma dívida no banco de R$ 12.000,00, tenho um carro financiado no sistema de leasing.O banco pode me tomar o carro como pagamento da dívida??
    E se eu tranferir para a minha mãe, eu consigo proteger este meu único bem, e tentar negociar o pagamento da dívida com o banco?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2010 - 22:06
    Enviado por: Marcia Castro

    Boa noite!
    Meu espoa adoeçeu,e daí então entrei em emprestimo e lis lem de cartoes de credito.Eu fui até o banco pra negociar o lis,dentro do meu orçamento,mas aí o banco triplicou a dívida,e as parcelas ficam muitas alta pra mim.Tenho tres filhos e ordenado não esta dando.Posso acionar judicuiamente sobre isso.Há creca de 18meses que o bando desconta como juros cerca d e589,00 de juros num valor de 6000,00 de lis.Como procedo?Posso parcela da maneira como eu puder,tipo 100,00?
    Por favor,eu na verdade estou só,pois meu esposo esta sem noção de orçamnto.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 22:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não é obrigado a aceitar a sua proposta de pagamento, é exatamente o contrário, você é que precisa se adequar às exigências do credor. Tente renegociar a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/04/2010 - 14:36
    Enviado por: Adriano

    Roubaram meu carro, não tinha seguro, então parei de pagar as prestações as quais ainda faltam 55 de 60, porém já fazem 3 meses e 5 dias que a 1° parcela venceu então meu nome entro para o cadastro do SERASA.
    Mas vou paga o carro sim, porem espero uma negociação com a financeira e sei que com esse preido eles ainda não negociarão.
    Porém tenho uma moto, que também esta financiada, e ainda faltam 7 parcelas de 36, desejo saber si corro risco de perder essa moto para a financeira, e o que devo fazer?
    Grato desde já!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 17:53
    Enviado por: Adnise

    Boa noite!

    Meu caso é que em 2007 sai de uma empresa e nao fui informada q deveria fechar a minha conta ,pois só informaram qdo entrei que deveria abrir uma, então durante os 3 meses que estava lá retirei um saque emergencial e nao paguei,mais agora o banco me liguei dizendoq tenho uma divida por manuteção de conta e o emergencial (esse tudo bem sei q devo pagar).
    Gostaria de saber se o Banco do Brasil pode cobrar uma divida por manutenção de conta ,sem que a conta tenha sido movimentada esse tempo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 20:00
    Enviado por: kelen machado

    Boa Noite!!!
    gostaria de saber se o banco pode debitar o meu salario todo, sendo que eu devia o lis que era cheque especial, sem minha autorizaçao? qual o procedimento que devo tomar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2010 - 07:17
    Enviado por: Adriano

    Ok!

    Então mesmo a moto estando financiada em uma financeira diferente a do carro, e não quitada, ela pode ser penhorada!?

    E em quanto tempo isso pode acontecer?

    Posso fazer transferencia desse bem e divida para o nome de outra pessoa?

    Pois so preciso de um tempo para gardar o dinheiro para quitar o carro, assim como já estou fazendo!

    Grato!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2010 - 15:01
    Enviado por: CARLOS

    FIZ UM EMPRESTIMO COM DESCONTO EM FOLHA COMECEI A PAGAR E LOGO DEPOIS ME SEPAREI , COM O DESCONTO DA PENSÃO , A PARCELA DO EMPRESTIMO FOI SUSPENSA E O QUE FIQUEI GANHANDO E MENOS QUE O VALOR DA PARCELA DO EMPRESTIMO , ESSE EMPRESTIMO NÃO FOI FEITO NO BANCO EM QUE RECEBO MEU SALARIO ,PODE ESSE OUTRO BANCO MEXER NO QUE RESTOU DO MEU SALARIO SEM NINHA AUTORIZAÇÃO , E QUE DEVO POIS O QUE RESTOU DO MEU SALARIO MAU PARA MINHA SOBREVIVENCIA.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 21:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Neste caso pode, mas isso está sendo questionando na Justiça por diversos advogados. Procure um de sua confiança e também questione o procedimento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/04/2010 - 18:31
    Enviado por: DURVAL

    tenho uma divida com o banco santander porem não tenho condições ded pagar devido aos juros e até a situações que já foram quitadas sou cobrado o que acontece é que agora eu tenho uma conta no banco real e eu queria abrir conta salário só que eles só falaram que tinha que ser conta corrente pois arrumei um emprego que o salário só é pago no real o $ é a conta de manter eu e minha filha tentei negociar com o santander e o que eles querem de prestação é duas vezes o meu salário e falaram que se eu não pagar vão pegar meu pagamento na conta do banco real que segundo eles pertence a eles . isto é justo ? eles tem legitimidade legal para isto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2010 - 18:40
    Enviado por: DURVAL

    O BANCO SANTANDER PODE TIRAR DINHEIRO DE MEU PAGAMENTO em uma conta no BANCO REAL PARA SAUDAR DIVIDAS QUE TENHO na conta do santanderJÁ QUE ELE COMPROU O BANCO REAL?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2010 - 00:19
    Enviado por: Rodrigo

    Olá,

    adquiri uma divida em 2007 no valor 2.500 (banco bradesco) que era descontada em folha e ao longo do tempo foi desligado na empresa e não pude dar continuidade no pagamento da parcela, hoje estou empregado e a conta onde recebo salário estar negativa, logo fui até agencia fazer o acordo onde dei 1.000 de entrada e ficou 48X de 250,00.
    A minha pergunta é: posso abrir outra conta no mesmo banco sem ter nada haver com a divida da outra agencia, ou seja, após abrir uma nova conta o debito será transferido?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2010 - 12:50
    Enviado por: carlos junior

    Possuia um emprestimo consignado, que por força de pensão judicial saiu do meu bilhete de pagamento pois sou funcionario pubilico federal, o que fiquei recebendo mensalmente é menor que valor da prestação , e que uso para minhas necessidades basicas como transporte para ir ao trabalho ,alimentação e aluguel, luz e agua, o que pois já tentei negocia de forma a paga da maneira que posso e a fananceira se recusa , pode ela tentar descontar da minha conta salario que é de outro banco.

    DESDE JÁ AGRADEÇO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 22:21
    Enviado por: José Carlos

    Tentei comprar uma passagem aérea, pela internet, na empresa AZUL; porém, antes da efetivação total da compra, a conecção caiu e consequentemente não houve a confirmação. Acabei comprando em outra empresa.
    No entanto, qual não foi minha supresa, quando consultando os futuros lançamentos do meu cartão de crédito, verifiquei que será realizado o débito em favor da empresa AZUL.
    O que posso e devo fazer para evitar esse débito?
    A Administradora do cartão de crédito informou que não pode fazer nada, só a empresa AZUL pode retirar o lançamento.
    Essa informação procede?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 09:42
    Enviado por: Patricia

    Olá.

    Fiz um empréstimo no Construcard da Caixa e tive que abrir uma conta corrente e fazer um seguro já fazem uns 14 meses. Gostaria de saber se posso cancelar esta conta e abrir uma conta poupança e transferir o restante do débito e cancelar o seguro tbm?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 12:34
    Enviado por: tatiana

    tenho uma dívida no banco caixa econômica federal, de cheques que confiei a alguém, foram distribuídos, alguns foram quitados enquanto ainda havia dinheiro e outros não foram quitados, me impedindo de utilizar a minha conta e meu nome foi para SPC, CEASA etc…tenho que receber um dinheiro, mas se eu receber pela caixa, ela resgata todo o meu dinheiro e preciso pagar outras contas e renegociar a minha dívida com o banco.PERGUNTO: SERÁ QUE EU POSSO ABRIR UMA CONTA EM OUTRO BANCO(DO BRASIL), SEM QUE O MEU DINHEIRO SEJA RESGATADO POR OUTRO(CAIXA),PARA RECEBER ESSE DINHEIRO?QUERO DIZER, ABRIR UMA CONTA EM MEU PRÓPRIO NOME?OBRIGADA.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2010 - 21:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode tentar, mas os bancos podem – e provavelmente vão – recusar o seu pedido, já que você tem pendências financeiras.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/04/2010 - 16:11
    Enviado por: Silvana

    Gostaria de saber porque que as dividas de banco não caduca apos 5 anos, que eu saiba tudo de pendencias que um consumidor tem apos 5 anos caduca, não existe mas no cadastro do spc e serasa, o que pode ocorrer é que o cliente não poderá nunca mas ter conta corrente para ser movimentada, estou certa ou o meu pensamento esta errado, gostaria de tirar essa duvida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 18:48
    Enviado por: NUBIA

    CHEQUE ESPECIAL NA MINHA CONTA SEM MINHA AUTORIZAÇAO PODE?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 20:51
    Enviado por: luciana

    gostaria de saber como excluir um post que coloquei neste blog agradeço pode me reesponder no e-mail obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2010 - 21:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Explique neste mesmo espaço qual o post que quer eliminar, ou seja, oem que matéria ele foi postado, e veremos poderemos excluir.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/04/2010 - 20:55
    Enviado por: antonio dirlio costa de alencar

    Fiz implestimos e autorizei debito em conta corrente no contrato.
    Posso desautorizar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2010 - 21:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      POde, mas terá de informar qual será a forma de pagamento dos empréstimos a partir de agora.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 26/04/2011 - 17:17
      Enviado por: Patricia

      Boa tarde.

      Sou funcionaria publica e sou OBRIGADA a receber pelo BANCO DO BRASIL,fiz empréstimo consignado e gostaria de saber se posso DESAUTORIZAR os DEBITO e se posso como devo proceder?
      Grata

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/04/2010 - 13:00
    Enviado por: andre

    olá boa tarde, fiz um saque nos terminais de auto auto atendimento 24 horas, dois dias depois fui fazer outro saque e o valor não tinha cido debitado,e tirei todo o dinheiro pois estava previsando,alguns dias depois o banco me cobrou esse valor e ainda juros pois ficou negativo minha conta,sendo que nem limite especial tenho, isso é certo,devo pagar pelos erros da central 24 horas por não ter feito o debito no dia do saque.?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 13:57
    Enviado por: Elisângela

    Olá!

    Tenho uma dívida com o Banco do Brasil que já foi pra terceirizada deles. Acontece que fiquei mais de uano desempregada e agora que consegui emprego só posso receber pelo Banco do Brasil. Dei o número dessa conta para o pagamento do salário, e negociei a dívida toda com a terceirizada, porém só poderei pagar a primeira parcela da negociação quando for creditado o meu salário.
    Gostaria de saber se o banco pode ficar com o meu salário que cair na conta, ou eu posso de posse dos contratos de negociação com a terceirizada, ir até o banco e solicitar o pagamento dos boletos negociados e o valor restante do meu salário?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/04/2010 - 23:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Embora não seja legal, os bancos retêm os salários de quem está devendo. É necessário reclçamar no Procon e até mesmo processar o banco. E a hipótese que você sugeriu não é possível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/04/2010 - 18:36
    Enviado por: Andréa Menezes

    Fiz um refinanciamento de dívida com o Banco do Brasil em 2009, que incluía cheque especial, cartão de crédito e dois empréstimos (CDC) com o banco; mas ao ficar desempregada não pude adimplir com o acordado. No momento, preciso resolver essa negativação, e ao procurar o referido banco a gerente informou que eles não fazem refinanciamento de refinaciamento. e para voltar ao que fora acordado eu deveria pagar uma valor exorbitante referente às parcelas da negociação vencidas desde o ano passado com juros altíssimos, o que se torna inviável financeiramente para mim. Pergunta-se: há algum dispositivo legal sobre a obrigatoriedade dos bancos facilitarem aos devedores que queiram quitar essas dívidas?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/04/2010 - 22:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não existe isso. O devedor tem de se adequar às exigências do credor. Se houver cobrança indevida ou abusiva, vá à Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/04/2010 - 19:44
    Enviado por: Tiago Rodrigues

    tenho uma divida na conta corrente, posso fechar a conta mesmo com a divida?? se eu nao fechar a conta o que acontece?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2010 - 19:45
    Enviado por: marlessom

    tenho um debito no banco do brasil e abri uma conta corrente no banco unibanco eles poder retira meu dinheiro para o debito

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 09:37
    Enviado por: MARCELO CORREA DOS SANTOS

    Tenho uma empresa e tenho um debito no banco do brasil, fui tentar negociar mas o atendimento de pessoa juridica só aceita o finanmciamento da divida da forma imposta pelo banco.Isso esta correto? Eu nao tenho o direito em fazer uma proposta de pagamento tambem nao?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/04/2010 - 21:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      im, está correto. Procure um advogado especializado, esse é um blog de direito do consumidor, não trata de pessoas jurídicas e questões empresariais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2010 - 11:47
    Enviado por: luiz

    ola !!! tenho uma divida no ital , mas quero negociar , depois que negociar essa divida quanto tempo meu nome leva pra ser limpo ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 15:35
    Enviado por: Luara

    Tenho uma dívida no santander, no valor de 371,80 mensal, em 58 meses, já paguei 8 meses. Gostaria de saber se eu for quitá-la, o banco poderá tirar o juros? Ou se não cair um pouco de juros, e quanto ficaria mais ou menos para quita-la?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2010 - 21:13
    Enviado por: fabiana

    Me formei agora em março na faculdade a distancia de Pedagogia e estou com algumas mensalidades em atraso, pedi para que parcelassem para que eu pague, e perguntei se posso participar da colação de grau e eles me disseram o seguinte que so parcelo tendo um avalista e que não posso participar da colação de grau tendo a divida parcelada. Eu não tenho um avalista e quero participar da colação de grau e não nego em pagar. o que posso fazer perante alei. Tem solução? FAvor me ajude. Obrigado. Fabiana

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 02:09
    Enviado por: eder

    oi eu tinha uma divida emprestimo com a nossa caixa , agora que foi comprado pelo banco do brasil estão cobrando esta divida , ja mandaram um aviso que vam bloquear meu cartão se não regularizar. pergunto se eles podem retirar o valor da divida do que eu tenho em conta ou não a divida era de 2001

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 11:28
    Enviado por: Carlos

    Bom dia!
    Uma empresa me protestou em cartório no ano de 2005, e a mesma não existe mais, quanto tempo ficará registrado este protesto?
    Obrigado.
    Carlos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2010 - 16:32
    Enviado por: rafaela

    ola gostaria de uma orientaçao o banco pode fazer a trasnferencia da minha conta salario para conta corrente sem a minha autorizaçao?
    desde ja agradeço a ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2010 - 09:24
    Enviado por: Anibal Abado Ladir

    Ola, estou com um pequeno problema, iniciei o uso do cartão de crédito oferecido pela caixa economica, pois como funcionário publico federal, recebo meu salário por essa instituição financeira, porém por razões de familiares, ocorreram alguns problemas e no mes passado não pude honrar com o pagamento, mesmo porque , já faziam dois meses já estava efetuando somente o minimo. Gostaria de saber como resolver esse problema, pois tenho um salário pequeno. Já tentei um emprestimo para pagar um mes, mas a instituição que trabalho, não liberou o emprestimo consiguinado.
    Queria poder resolver esse problema, mas não posso comprometer minha familia da condição minima de sobrevivência.
    Queria uma ajuda de caminhos que poderia tomar , pois tenho medo que isso se transforme em algo , impagável.
    Grato

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/04/2010 - 00:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há o que fazer. OU você tenta renegociar ou será processado e terá o nome sujo. Não há irregularidades na cobrança.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/04/2010 - 11:50
    Enviado por: NAIANE

    EU TENHO UMA DIVIDA NO BANCO ITAU MEU LINS ERA 400,00GASTEI O LINS COM CHEQUES SEM FUNDOS QUERO PAGAR MINHA DIVIDA MAIS O BANCO JA ESTA ME COBRANDO 1,200,00 E EU NAO TENHO COMO PAGAR ESSE VALOR

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2010 - 08:43
    Enviado por: Elias

    Bom dia, possuo uma conta no Bradesco e a muito tempo nao utilizo, e estou com algumas pendencias nesta conta, agora iniciarei um estagio onde a conta tem que ser aberta no bradesco somente para salario, o banco pode negar esta abertura?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2010 - 13:13
    Enviado por: charles

    ola amigos meu nome é charles e estou muito preocupado
    peguei um emprestimo contrucard no valor de R$9.500 com desconto em conta bancaria
    mas nao estou conseguindo manter o saldo necessario e entrei no cheque
    especial..
    se eu nao conseguir pagar o que pode acontecer uma vez que nao possuo bens
    e nao deixei avalista??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2010 - 18:40
    Enviado por: wilson da costa

    Tenho uma divida com o banco itau de cartao de credito, todo o dinheiro que entra na conta eles tiram uma parcela nao importando a data, ja renegociei mas nao consigo pagar a parcelas da renegociação pois sempre debitam o valor antes da data di vencimento do acordo. Gostaria de saber se caso eu abrir uma conta salário no itau ou uma conta no unibanco os discontos continuram a serem efetuados, visto que o acordo esta vinculado a outra conta.
    grato,
    Wilson

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2010 - 10:42
    Enviado por: Silvana

    Bom dia, eu gostaria de saber eu tenho uma divida no banco do brasil que descontada todo mes na conta, se eu abrir uma conta salario no mesmo banco mas só que em outra agencia, eles descontarar o valor na conta salario ou só na conta corrente que eu tenho a divida e assinei o acordo.gostaria de tirar essa duvida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2010 - 11:43
    Enviado por: rubia

    Bom dia!
    fiz o pagemneto do meu cartao de credito com atraso, mas mesmo assim o banco bloqueou minha conta corrente, disseram que tem isso no contrato, mas quem lê contrato? bom eu nao lia, agora vou apssar a lêr, no entanto bloqueram minha conta corrente, não me avisarma, só ligam pra gente para oferecer produtos, ou para cobrar mesmo, mas avisar que nossa conta esta bloqueda, e fazer com que passamos vergonha e constarangimento, porque foi isso que eu passei, isso nao fazem, bom minha pergunta é seguinte, neste caso como devreia proceder?tenho como reclamar, no procon, ou vou perder meu tempo fazendo isso? por se tratar de banco? atenciosamente Rubia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2010 - 22:27
    Enviado por: Maria Janaina

    Boa noite. Eu trabalhava em uma empresa onde recebia em conta corrente do unibanco,atraves dessa fiz um emprestimo em folha de pagamento e usei o cheque especial. porem fiquei desempregada e nao consegui pagar.Atualmente iniciei em outra empresa que recebe o salaraio pelo unibanco. Gostaria de saber se o banco pode cobrar o debito da conta anterior nessa nova conta,assim descontando automaticamente do meu salario?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2010 - 02:43
    Enviado por: MARLEIDE

    olá, boa noite, tenho uma dívida com o banco bradesco que esta um pouco alta e não consigo negociar, foi um emprestimo feito em 2008, fui várias vezes ao banco na tentativa de negociar, mas estavam pedindo valores de entrada alta, mes passado me chamaram pra negociar e disseram que me dariam desconto e não fizeram isso, me pediram 04 mil de entrada e so poderiam parcelar em 24 meses mas com TR e se eu não pagasse logo eles iriam unificar minhas conta que tem a divida com a que eu recebo e riam ficar com todo o meu dinheiro. quero saber se isso pode acontecer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2010 - 22:47
    Enviado por: luiz

    tenho uma divida com o banco ,cartao credito,limite,emprestismos e consignado,fui até o banco e fiz um reposição de dividas, até aí tudo bem , o gerente da minha conta disse que descontaria um valor x do meu salario e o valor ficou legal para mim,mas chegou fim do mes descontaram o valor x + consignado ,ficou muito apertado, estou lendo na net que o banco só pode descontar 30%,posso entrar como uma ação contra o banco, pois já esta fazendo 03 meses que estou tentando diminuir este valor e o banco diz que não pode fazer nada e começou a faltar até na alimentação da minha familia, estou desesperado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/04/2010 - 18:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode, mas leia primeiro o contrato dos empréstimos antes de perder tempo indo à Justia. Veja exatamente o que estão descontando de seu pagamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/04/2010 - 22:22
    Enviado por: LEANDRO

    oi boa noite tenho uma firma aberta em meu nome pequei um emprestimo e cheque empresarial atrasei o emprestimo e volto meus cheque linha 12 sujo o cnpj da empresa mais eu tenho o cpf limpo sera qui eu poço abri conta corrente pessoa fisica e pega limiti e cheque normal sim ou nao aqurdo resposta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/04/2010 - 09:29
    Enviado por: ricardo

    oi bom dia minha esposa tinha uma conta universitario no banco itau pego cheque e limite gasto o limite e nao teve condiçoes de paga mais a conta e desde de 2006 hoj em 2010 ela esta formada e aonde ela fichou pedirao pra ela abri uma conta corrente no banco do brasil a pergunta e…. com esse debito qui ela deve no banco itau agora ela reçebendo no banco do brasil o banco itau pode bloquea o salario dela esiste lei pra isso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2010 - 09:25
    Enviado por: paulo

    pequei dinheiro emprestado meu limite de cheque e finançiei uma caminhonete do banco do brasil pra abri um negoçio mais nao deu serto hoj devo o limite ea camionete ta tudo atrasado tem mais de ano que nao pago nada nao tenho condiçao o caminhonete agora tem busca e apreençao nao consigo vende pega o banco nao pega nao da pra paga a conta nao sei oque fase eu so aposentado e reçebo do inss pelo, basa. banco da amazonia sera qui corre o risco do banco do brasil bloquea minha aposentadoria ea unica renda qui eu tenho pra sustento minha familia i e apenas um salario minimo to disisperado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2010 - 22:03
    Enviado por: junior

    quero saber advogada Maria Ineis porque eu tinha contrada e na epoca estava devendo o banco o emprestimo que era atraves da empresa que eu trabalhava a cinco anos atras posso reabrir a conta no mesmo banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/05/2010 - 22:23
    Enviado por: junior

    devo ao banco a quase cinco anos . na epoca eu era contratada pela empresa que tinha convenio com o banco. tomei pela folha e foi demitida pela empresa e nao pode quita os debitos do emprestimo na folha e dos cheques. quero saber se posso abrir outra conta no mesmo banco

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2010 - 19:46
    Enviado por: Lincoln

    Ola, eu tenho uma divida alta no banco real de cartao de credito, emprestimos,cheque especial e taxas do banco, a mais ou menos uns 2 anos e ainda nao posso pagar por que a proposta do banco ainda e alta, eu estou morando fora do pais e minha mae aasinou no banco um termo se responsabilizando pela minha conta e agora eles passaram a conta para um setor de cobraca que liga sempre para minha mae falando sobre acao judicial no nome da minha mae so que eles so tem o nome da minha mae e nao o cpf so sabem meu numero e minha mae nao te recursos para pagar ou bens para serem tomados.Gostaria de saber se eu continuar a nao pagar o que pode acontecer e se eles tem como prejudicarem minha mae.Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/05/2010 - 22:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sua mãe poderá ser processada, com razão, por inadimplência. Dependendo do tipo de cprocuração que ela recebeu de você, pode até ter bens tomados, embora isso seja bastante raro. Procure a ajuda de um advogado para tentar renegociar as dívidas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/05/2010 - 09:42
    Enviado por: PAULO HEMERSON

    Bom Dia.
    Emprestei cheque para meu ex patrão que não tem firma aberta, Eu não tinha dinheiro na conta e foi usado do negativo, já faz 1 ano e ele me despensou e não me pagou o valor devedor no banco (que está muito alto), estou com nome sujo e não consigo emprego por esse motivo. Tenho como conseguir que Ele pague o valor que está devendo para o banco e se quiser posso procesa-lo por danos morais, pois ficam me ligando e me corando, estou em uma situação insustentável.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/06/2010 - 21:49
    Enviado por: LUIZ SEBASTIÃO

    TENHO CONTA NO BANCO E ATRASEI OS PAGAMENTOS.( CARTÃO DE CREDITO )RETIRARAM DA MIHHA CONTA CORRENTE TODO DINHEIRO DISPONIVEL, CHEGANDO A DEIXAR CHEQUE ESPECIAL ESTOURADO.AGORA ESTÃO RETIRANDO DINHEIRO DA CONTA DE MEU PAI, AONDE SOU A SEGUNDA TITULAR, POIS SOU CURADORA DELE E PRECISEI ENTRAR NA CONTA PARA PAGAR TRATAMENTOS DELE.GOSTARIA DE SABER SE PODEM PRATICAR ESTA ATITUDE DE TIRAR DINHEIRO DO 1º TITULAR. EM TEMPO, A CONTA DO CHEQUE ESPECIAL FICOU NEGATIVA E ESTÃO COBRANDO JUROS TAMBÉM DO SALDO NEGATIVO. AGUARDO UMA RESPOSTA. GRAT. LUIZ

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2010 - 21:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que proíba tla prática, mas entendemos que isso abusivo, com base em sentenças judiciais a favor dos clientes sobre o assunto. Procure o Procon e faça uma queixa e chame o banco para negociação. Em relação à segunda questão, o banco pode fazer a cobrança.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/06/2010 - 22:33
    Enviado por: g felix

    boa noite gostari de saber uma divida de faculdade de 4 anos atras , eles me ligaram dizendo:se nao pagasse eu nao poderia ser homologado em concurso publico isso e verdade?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/06/2010 - 00:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é verdade, mas dependendo do cargo público não há efetivação se o nome estiver em cadastros de inadimplentes.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/07/2010 - 18:34
    Enviado por: marcos antonio a rosa

    boa noite estou preucupado pois eu estava trabalhando na prefeitura ganhando 850 mensais e fis imprestimo de 300 por mes estou com 2 atrasadas e fui para rua e agora peguei em outro serviso que ganho 1 salario minimo esta empresa tem um contrato com mesmo banco que devo e conta salario sera que vao medescontar direto da mesma conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/07/2010 - 18:38
    Enviado por: marcelo souza

    boa noite,
    tenho uma divida com o Bradesco referente a cheque especial que não consegui pagar visto que me encontro desempregado agora eles ameaçam entrar na justiça contar mim dizem que eles podem penhorar algo para quitar os debitos mas não tenho nada no momento moro de favor na casa de parentes será que eles podem ser prejudicados…obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/07/2010 - 11:24
    Enviado por: gilmar

    Olá,
    Sou correntista do Itau e possuía um débito com eles. Acontece que tbm sou cliente do Unibanco, e agora com a fusão dos dois Bancos, o Itaú debitou todo o saldo que existia em minha conta do Unibanco para quitar o debito. Nao fui comunicado dessa decisao e nem ao menos chamado para negociar essa dívida. Isso não é abusivo? Pois entendo que sao contas correntes distintas, em que pese a partir de agora pertencerem ao mesmo banco.
    Grato,
    Gilmar

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/07/2010 - 23:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É abusivo sim. O procedimento é ilegal. Faça uma denúncia no Procon e acione o banco no Juizado Especial Cível por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/07/2010 - 21:21
    Enviado por: Vinicius

    Boa Noite
    Tenho uam dívida de um empréstimo com o Itaú a 5 anos,com o tempo a conta foi cancelada.Consegui um novo emprego e tive que abrir uma nova conta corrente.Eles podem debitar esse emprestimo nesta nova conta?
    Ainda caduca depois dos 5 anos.Obrigado e uma boa noite.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/07/2010 - 00:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que impeça o débito, mas é possível questionar na Justiça o débito. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/07/2010 - 13:50
    Enviado por: tiago roberto de matos

    tenho uma divida no banco santander em uma conta corrente, se meu pagamento cair na conta salarial o banco pode descontar essa divida ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/07/2010 - 16:54
    Enviado por: Elaine

    Olá !!
    Meu marido tem uma divida a mais de cinco anos na Caixa Econômica Federal,devido a problemas não pode quitar .Passado uns anos a empresa que ele trabalhou abriu uma poupança pra ele na caixa e desde então o pis dele tem sido deposítado nessa conta ,mas esse ano eles bloquearão o saldo do pis após ser creditado na conta ,isso é legal? A caixa pode fazer isso ??Pelo que eu sei eles não podem bloquear saldo até 40 salários minimos ,estou certa ???
    Me ajudem por favor !!
    Obrigada Elaine

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/07/2010 - 15:45
    Enviado por: bruno

    Boa tarde,tinha uma divida com o banco real e depois quase um ano cosegui o dineiro para quita-la, porém quando eu fui sacar o dinehiro do banco (bradesco)o dinehiro já tinha sido repassado para o real.
    Isso pode ser feito ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/07/2010 - 23:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não entendemos. Onde estava o dinheiro? Se estava na sua conta, o banco não pode tomá-lo, mesmo que existam dívidas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/07/2010 - 10:41
    Enviado por: Lidiane Colci

    bom dia!
    meu marido tinha uma divida com o banco santander,mas ja faz mais de 5 anos,o nome dele não consta mais no SPC e SERASA,ha 6 meses ele entrou em uma empresa que paga por esse mesmo banco.Nos fomos ate o banco para abrir uma conta salario e eles disseram que meu marido teria que pagar a divida,e se ele pagar o valor com juros ele pode fazer qualque tipo de tranzação com o banco e,se ele pagar a divida com desconto ele so pode abrir a conta para receber o seu salario.Disseram ainda que se ele não pagar a divida com o banco para poder receber o salario a empresa que ele trabalha vai demiti-lo!!

    Por favor me oriente,não sei o que fazer!
    Desde já agradeço!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/07/2010 - 18:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      As possibilidades relatadas a você são reais, embora passíveis de questionamento na Justiça, no futuro. Não há lei que impeça o procedimento narraddo pelo funcionário do banco. Há advogados que entendem que o banco não pode se negar a abrir conta-salário, mesmo que haja dívida naquela instituição. Nós entendemos que o banco pode fazer isso. Procure mais informações no Procon ou peça a ajuda de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/07/2010 - 15:51
    Enviado por: Lidiane Colci

    Ha mais de cinco anos fiquei devendo para um banco,hoje meu nome nem consta mais no SPC e SERASA.
    Arrumei um emprego em uma firma que paga por esse mesmo banco,fui ate la para abrir uma conta-salario e eles me disseram que eu tenho que pagar a divida com eles se eu não pagar não poderei abrir a conta.Me disseram tambem que se eu pagar o valor com juros eu poderia voltar a fazer qualque tipo de tranzação com o banco,e se eu fizer acordo e pagar o valor sem juros então so poderei abrir a conta-salario.
    Me disseram tambem que se eu não pagar a divida para abrir a conta a empresa que estou trabalhando vai me mandar embora, e ja faz 6 meses que estou registrada!!!
    eu tenho direito a abrir essa conta,eles podem me obrigar a pagar essa conta?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/07/2010 - 17:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco pode fazer essas exigências. gvocê precisa se entender com o rh da sua empresa para encontrar uma alternativa. em último caso, procure o Procon e faça uma queixa, embora achemos que isso pouco poderá ajudar, mas não custa ouvir outra opinião.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/07/2010 - 19:59
    Enviado por: Marcos

    Olá Boa Noite, tenho uma divida no Banco Bradesco tive que abrir uma conta salário, pois comecei a trabalhar mais o banco negou-se a abrir e falou como o senhor tem divida no banco não será possível, ativei a minha conta no banco e foi feito um deposito meu para refeição eu nem sabia e o banco lançou a divida na minha conta e perdi o valor que estava em minha conta isso pode, já consegui abrir uma conta poupança em outro banco para depositar meu salário, mas o banco Bradesco não quer me deixar fechar a contar e possível o pagamento da divida em forma de boleto, agradeço a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/07/2010 - 21:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não pode mexer na conta corrente sem autorização do correntista, mas pode se recusar a abrir outra conta, mesmo que seja salário, por conta de dívidas antigas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/07/2010 - 00:20
    Enviado por: tamy

    Boa noite !
    tenho uma divida no banco Santander e por motivos óbvios não consegui pagar e agora esta no escritório de cobrança mas a cada 2 meses o banco cobra 30% do salário no mês de março eles
    cobraram 270 reais maio 330 e agora em julho tive uma surpresa eles descontaram 860 reais sem fala que eles nem avisa a conta não tem nada negativo esta normal ai do nada eles vão e desconta
    ai eles colocam recuperação de credito em atraso é empréstimo pessoal a unica coisa que não entendo a divida já foi para o escritório de cobrança e eles ficam pegando dinheiro da conta
    gostaria de saber se isso esta certo ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2010 - 22:25
    Enviado por: Janaina Sousa

    Olá!!! Tava com muitas dívidas no Banco (cheque especial e 2 emprestimos). Fui ao Banco negociar e a gerente juntou toda a minha dívida e fez um acordo, mas exigiu um seguro contra morte e invalidez permanente, que o valor é bem alto. Perguntei se eu poderia não optar pelo seguro e a gerente disse que não. Mas, minha dívida já estava em R$ 15.000,00, se não fizesse o acordo, acredito que esse valor já estava muito maior. A dúvida é: O Banco pode exigir esse seguro ou posso ir ao Procon e pedir o recalculo sem o seguro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/08/2010 - 18:28
    Enviado por: Carlos Andrade

    Amigos,
    Possuo uma dívida contraída no antigo Banco Real que hoje é Santander. Minhyas condições econômicas mudaram e eu não tive como pagar na época, até que hoje o débito se tornou impagável nas minhas condições. Estou começando um trabalho numa nova empresa que quer abrir uma CONTA SALÁRIO no Santander. Eles têm direito de debitar qualquer valor desta dívida na minha conta?
    Obrigado pela atenção,
    Carlos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/08/2010 - 06:37
    Enviado por: Carlos Andrade

    Amigos,
    Vou citar a mensagem anterior:
    Possuo uma dívida contraída no antigo Banco Real que hoje é Santander. Minhas condições econômicas mudaram e eu não tive como pagar na época, até que hoje o débito se tornou impagável nas minhas condições. Estou começando um trabalho numa nova empresa que quer abrir uma CONTA SALÁRIO no Santander. Eles têm direito de debitar qualquer valor desta dívida na minha conta?
    ==== Lembro-me de ter assinado um acordo na época para tentar pagar este débito. Não pude. Lembro-me também que o acordo mencionava que eles poderiam descontar valores de “qualquer conta em meu nome” junto ao Banco Real.=== Vou reformular a pergunta: se a empresa abrir uma CONTA SALÁRIO (nova, SALÁRIO, e independente da anterior) no Santander, eles tem direito de descontar qualquer valor desta nova conta?
    Mais uma vez, obrigado.
    Carlos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/08/2010 - 11:55
    Enviado por: joselha

    bm dia
    Gostaria de saber se o banco pode bloquear a minha conta corrente sem qualquer aviso.A história é que eu tinha uma divida no cheque especial de 2250,00 que todo mês o meu salario cubria até o final do mês mas resolvir negociar a divida junto a minha gerente aproveitando que era dia 1 dia do mês e ainda não tinha recebido portanto a conta estava com saldo devedor então fiz o parcelamento dando uma entranda de 150,00 e o restante parcelado a gerente mim orientou que levaria 3 dias pra o sistema entender o acordo feito e que se eu pude-se não deposita-se dinheiro algum nela mas eu informei que não era garantido pois tinha o meu salario para receber e foi o que aconteceu no dia seguinte a empresa depositor o salario e junto minha ferias que dava um valor alto e o banco simplimentes bloqueou a conta sem que eu pude-se movimenta de forma alguma não sabendo disso fui fazer compras em um mercado e para minha supresa o cartão de debito não passou quando cheguei em casa liguei para o banco e não fui atendida somente uma mensagen dizendo por motivo de segurança sua conta foi bloqueada procure sua gerente fui o que eu fiz e ela mim respondeu assim eu disse que você não poderia deposita dinheiro até os 3 dias o banco bloqueou a conta e eu retruquei dizendo que ela não mecionou o bloqueio da conta e que ele não poderia fazer isso sem mim comunicar pois mesmo que eu dever-se para o banco o valor depositado era maior que o saldo devedor portanto tinha dinheiro meu.O que devo fazer o banco tem o direito de bloquear a conta do cliente por qualquer motivo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2010 - 22:28
    Enviado por: livia

    ola fui pagar uma divida que estava atrasada em uma mercearia pequena o dono me cobrou mais do que o dobro do que devia mas paguei a metade e a outra metade disse que so pagava se ele me desse as notinhas que eu assinei, ele disse que vai procurar e então eu irei pagar, a minha duvida é pq ele n devolve as notas assinadas de nenhum freguez se eu n pegar essas notas que paguei e outras que tambem ja foram pagas .. ele pode alegar que n efetuei so pagamentos e ganhar a causa pq n tenho comprovante…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2010 - 15:00
    Enviado por: tamy

    Boa tarde Marcelo
    como ja havia escrito tenho um debito com santander
    e só esse mes a banco descontou 900 reais do meu pagamento
    agora tenho que ir viajar a trabalho e a empresa depositou em minha conta um valor para as despesas e o banco hoje novamente decontou mais 1050 reais estou desesperada pode me orientar no que posso fazer o dinheiro não era meu é gasto para a viagem que vou fazer como posso recuperar esse dinheiro .
    muito obrigada desde já !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/08/2010 - 08:59
    Enviado por: Ana

    Bom dia

    por favor preciso de ajuda. Contrai uma dívida em 2001 com a Crefisa atraves de cheques. Paguei alguns mas depois como me separei e fiquei com muitos problemas financeiros deixei de pagar. ocorre que agora recebo uma intimação do oficial de justiça para comparecer a uma audiencia.Isso procede? como faço para propor um acordo pois a dívida esta em mais de 5000,00, que inicialmente era de 1000,00. O juiz acata uma porposta de acordo com o que eu possa pagar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2010 - 18:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procede sim. Você deve e está sendo processada. Procure um advogado e compareça à audiência para tentar um acordo perante o juiz.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/08/2010 - 21:32
    Enviado por: Marília

    Fiz um cartão de crédito com a bandeira VISA do Bradesco para minha mãe utilizar, ela contraiu uma divida de 1200, renegociou a mesma em 5x parcelas, porém nas 2 últimas ela ñ pode paga-las, infelizmente estou apertada com outros débitos, e resolvi esperar para negociar. Sou correntista do Banco Real com cheque especial e cartão de crédito, normal sem dividas ou débitos acumulados e fatura pagas em dia, porém o Banco Real bloqueiou meu cartão de créd., alegando que devido a divida com o cartão bradesco o Banco Central exige que os créditos sejam bloqueados e os limites zerados e nome incluído no SERASA, e que só será regularizado assim que eu pagar a divida junto ao Bradesco. Eles podem fazer isso?? Bloqueiar meus limites e cartão de uma conta sem dividas, devido a débitos com outros bancos??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/08/2010 - 10:39
    Enviado por: Antonio

    Bom dia meu nome é antonio , tenho uma micro empresa,a 4 meses,devo mais de 10 mil para o banco do brasil,posso declarar falencia de minha empresa e a divida com o banco como fica

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/08/2010 - 13:02
    Enviado por: mara

    ola, minha duvida é a seguinte, em 2003, fiz um emprestimo com o banco bcn, dei 6 folhas de cheque, no ano seguinte o bradesco comprou o bcn, este mes arrumei um emprego e tenho que receber pelo bradesco, como já tinha uma conta corrente desde 99,eles desbloquearam a conta mas me falaram que todo o valor que cair será retirado por eles,para quitar a divida, minha duvida é a seguinte, primeiro não me recuso a pagar, porem eles só querem se vor a vista, dão um grande desconto porem não parcelam, a vista não tenho condições de pagar, segundo eles podem retirar todo o dinheiro do meu salario? já que se retirarem não posso trabalhar pois a empresa deposita o dinheiro do vale transporte na conta em questão, e eu não dei autorização para debitar nada desta conta, e no extrato não aparece negativado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/08/2010 - 22:49
    Enviado por: patricia rosa

    ola, tenho uma 5 emprestimo no banco do brasil onde tenho conta a 9 anos,que somam um valor de 900,00,e estou devendo o cartão de credito,então hoje estou vivendo somente com o meu vale, porem quando fui sacar o vale o banco havia descontado todo o dinheiro,sem me avisar não tenho dinheiro para fazer compra basica pra casa onde vivo com meu marido e minha filinha de 3 aninhos não sei o que faço agora, eu tenho direito de reclamar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/08/2010 - 23:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não pode fazer isso. Procure o Procon ou peça a ajuda de um advogado para questionar o banco na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/08/2010 - 12:02
    Enviado por: jorge freitas

    ola boa tarde…
    é o seguinte, eu tenho um cartão de credito do grupo unibanco, eu pedi para q o valor do cartão fosse descontado (debito) em minha conta (banco do brasil) mmensalmente, ocorre q após 2 meses fui saber q estava em atraso, ai liguei na operadora do cartão e eles disseram q não podem por em debito na conta, ok, até ai tud bem, paguei a divida q não passava de R$ 350 reais, ai eles disseram q só podem tirar meu nome do serasa em 6 dias uteis, ok de novo, o problema maior é fui ao banco saca dinheiro, e minha conta do banco do brasil estava sem meu limite, liguei no banco do brasil e a gerente disse q é praxe qdo vc tem uma divida com uma financeira automaticamente os efeitos dessa divida recaem sobre sua conta, bloquiando seu cartão de credito, retirando seu limite…
    isso é correto bloquiar meu limite e só libera-lo após meu nome sair do serasa, sendo q a divida nem é do banco do brasil, é de outro banco?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/08/2010 - 19:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que impeça tal procedimento, portanto, é legal, mas é possível questionar na Jusstiça e pleitear indenização por danos morais. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/08/2010 - 16:30
    Enviado por: EMERSON AIRES

    OLA….MEU PAI TEM UMA DIVIDA COM O SANTANDER, ESTA ALTA E DIFICIL DE PAGAR, ELE TEM UM CAMINHAO QUITADO ( FORMA DE TRABALHO PARA SEU SUSTENTO) E UM CARRO FINANCIADO DO BANCO BV….QUERIA SABER SE ELES PODEM PENHORAR O CAMINHAO Q É A FERRAMANTA DE TRABALHO DE E O CARRO Q TEM 38 PRESTAÇOES AINDA , MAS É DE UM OUTRO BANCO Q NW TEM NADA A VER COM O SANTANDER…….POIS SERIA CLARO Q SE O BANCO PENHORASSE O CARRO MEU PAI NW IRIA MAIS PAGAR A BV NÉ…..PODERIA ME ESCLARECER ESSA DUVIDA?…OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/08/2010 - 18:29
    Enviado por: ilka

    tenho uma dívida no unibanco e uma conta no itau,como o unibanco foi migrado para o itau foi descontado um saldo na minha conta itau referente a conta unibanco sem eu ser avisada o que posso fazer ou toda vez que entra dinheiro na conta itau sera descontado sem a minha autorizacão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/08/2010 - 23:30
    Enviado por: Mohammed

    fiz uma divida ha tres dias de 21.690,00, pagando em 48 vezes valor de 1150,00!! pensei mais depois e nao quero essa divida mais! posso devolver pois ainda o dinheiro esta na conta! ou talvez devolver e pegar somente 1000,00 de emprestimo por exemplo! caso contrario fico com o dinheiro e nao pagaria nada! nao tenho bens!
    obrigado pela ajuda

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/08/2010 - 01:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só se quem emprestou aceitar de volta, já que tem o direito de recusar o cancelamento do negócio. Tente negociar. Se não pagar o empréstimo, será processado, inclusive podendo ser acusado de crime de apropriação indébita.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/08/2010 - 22:27
    Enviado por: Lorrane

    Boa noite ,tenho uma divida na ligth ,mas o trabalho que consegui pediu que eu abrisse uma conta no bradesco..
    O banco pode se negar a abrir a conta por meu nome estar sujo?o que devo fazer se isso acontecer ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/08/2010 - 22:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode sim, não há lei que obrigue quem quer que seja a aceitar quem quer que seja como cliente. Procure um advogado e veja a conveniência de entrar na Justiça para garantir a abertura da conta.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/08/2010 - 23:04
    Enviado por: vera

    Olá…minha filha abriu uma conta universitária e a mesma disse que estava no SPC por conta de uma dívida com uma loja mas que já estava sendo negociada, eles abriram a conta porém fazem 2 meses que não chega o cartão….eles podem negar o cartão mesmo existindo a conta universitária? Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2010 - 20:59
    Enviado por: Marcia Moraes

    boa noite. Tinha uma conta no unibanco e uma no itaú agencias diferentes, antes da fusão). O Itaú pode tirar dinheiro da conta que já era Itaú para cobrir o saldo devedor da que era Unibanco, onde há uma discussão sobre o motivo deste débito? Nunca autorizei e não fui comunicada, havia até uma firma de cobrança em contato. Tiraram praticamente todo o dinheiro que entrou, nem para as tarifas bancárias devidas sobrou dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/09/2010 - 15:09
    Enviado por: sandro lucas da silva

    Boa tarde, a 4 anos atráz fiquei endividado com o itaú por causa de emprestimos no caixa eletronico e cartões de credito, cheguei a ficar 2 meses sem salário, pois os descontos eram muitos, minha conta era corrente, fiquei desesperado pois tenho familia, fui até o nudecom no rio a defensora fez uma petição configurando o consfisco de salário, levei até a 2ª vara na pavuna no rio, o juiz decidiu pela tutela antecipada e 7 meses depois em 2007 decidiu que 30% do meu salário liquido deveria ficar retido para amortização da divida, só que isso nunca aconteceu( nunca descontaram nada) pois a divida correu e agora está em 36 mil, eu acompanhando pela internet percebí que o processo está no fim, estou com medo deles começarem a descontar esse valor na minha conta, eu com certeza eu pediria demissão do meu emprego. o que faço??? se alguém puder me orinentar agradeço…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2010 - 14:45
    Enviado por: Arthur

    Me oriente por favor. Fiquei com uma peque dívida por tres parcelas que não foram pagas. A última vencia em junho 2004. Débito em conta. Neste mês de setembro ao verificar o extrato de uma outra conta nova, onde recebeu pagamento, em outro banco diferente, percebi que a tal financeira, conseguiu entrar no meu cadastro, não sei como e emitiu uma parcela de quase 400 reais de uma só vez e o Banco pagou. fiquei com o saudo zerado. Liguei questionando e eles me disseram que não tem como devolver.Está correto isso? me ajude.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/09/2010 - 21:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nunca vimos nada parecido. Procure o Procon para formalizar uma queixa e um advogado para processar o banco por danos morais. Mas não esqueça: você tem de pagar a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/09/2010 - 19:53
    Enviado por: Ramon felipe

    Na epoca em que fazia faculdade funcionários do Banco Real foram até a Faculdade oferecer Cartão de crédio Universitário,Esse foi meu primeiro é ultimo Cartão que Administrei porém tudo em vão. Acumulei uma Divida com o Banco no valor de 500,00 reais, não satisfeito fui cancelar é isso so era possivél após o pagamento da Divida, não tive outra saida a não ser negociar. A pouco tempo fui fazer uma consulta e descobri que tinha uma Conta Corrente Universitária, o valor atualmente está em 911,00 reais, eu não sabia da existência dessa conta, nunca recebi nenhum informativo sobre os débitos pendentes, e agora tomo esse susto. O que devo fazer?
    VM24

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/09/2010 - 18:23
    Enviado por: Myller

    Estou precisando de uma orientação, por favor.
    Eu tinha uma dívida junto ao BB de Goiânia.
    Quitei esta dívida e meu nome foi retirado do SPC/SERASA.
    Agora estou precisando de um empréstimo consignado
    junto a uma agência de Brasília. Porém, eles me pediram
    mais de 10 dias para efetuar um procedimento interno
    para me liberarem o empréstimo. Detalhe que possuo margem
    à vontade e meu nome está limpo.
    Pisei firme, falei com o gerente, ameacei processar, mas
    disseram ser padrão da empresa. O que posso fazer??

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/09/2010 - 19:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O nome está ou não no SPC, afinal de contas? Se está, é de forma indevida? Sem saber essas informações fica complicado até mesmo procurar um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/09/2010 - 20:25
    Enviado por: Flávia Souza

    Tinha uma dívida de cheque especial com o Unibanco e assim que consegui quitá-la, encerrei a conta corrente e eles me enviaram a carta dizendo que a conta havia sido encerrada mesmo. Fiz um outro empréstimo neste mesmo banco e não consegui pagar as parcelas em torno de 250,00 mensais há +ou- um ano de atraso. Porém agora tive que abrir uma nova conta no banco Itáu (obs.: número da conta e agência são totalmente diferentes) para receber o meu salário e estão querendo debitar em minha conta corrente este valor do empréstimo e eu não autorizei isso. Isso é legal? Podem fazer isso? Já fui até o banco para resolver, dizendo que eu não autorizei o débito, mas o gerente foi irredutível e ainda grosso. Obs. Ainda não foi debitado tal valor (creio que é porque não tenho saldo suficiente ainda e eles estão esperando o meu próximo pagamento), apenas está com o aviso de programação de débito, vão jogando datas futuras. O que devo fazer?
    Sem mais para o momenro.
    Desde já agradeço a atenção.
    Flávia.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/09/2010 - 20:51
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Embora devessem poder fazer o desconto, já que hoje os dois são um banco só, os bancos estão cometendo um ato ilegal. Procure o Procon e faça uma denúncia. Mas não esqueça, mais cedo ou mais tarde terá de pagar a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/09/2010 - 21:38
    Enviado por: Priscila

    BOA Noite,
    Estou com uma duvida,no inicio deste ano eu encerrei uma conta no itau mas ficou uma divida de cartao de credito e um emprestimo que nao consegui terminar de pagar,passado alguns meses consegui um emprego e passei a receber meu salario no Unibanco,agora como unificou e passou a ser tudo Itau,o mesmo quer descontar minha divida antiga(de um ano atras)debito automatico,isto pode acontecer sendo que eu uso a conta so para receber meu salario?Estou muito preocupada pois vou trabalhar agora em funcao do banco sem ver nenhum dinheiro,existe alguma possibilidade de receber meu salario sem eles descontar,sendo que la nem especifica o que eles estao debitando ,so diz saldo devedor…A empresa nao trabalha com outro banco somente o itau e isto veio dificultar nao so a mim mas a outros que trabalham comigo pelo fato de terem uma familia para sustentar e estarem com o mesmo problema…

    Grato!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/09/2010 - 23:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      E,bora devesse poder, os bancos não têm essa autorização, não podem mexer em outra conta corrente, mesmo que essa conta esteja na mesma instituição. Reclame no Procon se isso acontecer. Mas não se esqueça: dívidas precisam ser pagas e serão cobradas ad eternum se continuarem ignoradas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/09/2010 - 22:00
    Enviado por: Eduardo

    Boa noite!

    Lí todas as dúvidas acima, mas não consegui sanar a minha…
    Estando com a conta corrente com saldo negativo, empréstimos vencidos, posso abrir uma conta poupança no mesmo banco e agência para receber o meu salário?? O banco pode usar os valores creditados nesta conta poupança para amortizar a dívida?

    Grato!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/09/2010 - 22:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode abrir se o banco quiser, mas quase sempre recusa (e com razão). O banco não pode mexer na conta sem autoriazação expressa do cliente para débito automático.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/09/2010 - 00:25
    Enviado por: Rafael

    tenho uma divida no itau com cartão de credito e cheque especial!Gostaria Saber se eu fazer um deposito na conta poupança vinculada com essa conta corrente poderá haver desconto dessa divida em cima do que eu depositei?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2010 - 14:26
    Enviado por: David Lopes

    Tenho uma divida com o Banco Bradesco de cerca de R$ 8 mil reais e meu salário está sendo levado todos os meses por conta dessa divida. Não sobra nada. Gostaria de saber se posso abrir uma conta poupança e pedir para minha empresa depositar meu salário lá? Eles podem debitar algum valor dessa divida dessa conta, mesmo em outra agência?
    A

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2010 - 14:58
    Enviado por: patricia correia

    tenho um financiamento pela caixa economica queria tirar o pg de debito em cota para boleto mais o banco nao aceita . pois estou sendo prejudicada poi todo mes e discontado 22.00 da mnha conta fico negativa com o banco o que devo fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2010 - 20:29
    Enviado por: maria mendes

    FIZ UM EMPRESTIMO CONSIGNADO QUE ESTA SENDO DESCONTADO NA FOLHA MENSALMENTE, PORÉM MEU NOME ESTÁ NO SPC. FUI FAZER COMPRAS E MEU CREDITO FOI NEGADO. O QUE DEVO FAZER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2010 - 21:33
    Enviado por: maria mendes

    FIZ UM EMPRESTIMO CONSEGUINADO E O VALOR ESTÁ SENDO DESCONTADO EM FOLHA, PORÉM O VALOR NAO ESTA SENDO REPASSADO AO BANCO QUE COLOCOU MEU NOME NO SPC. O QUE FAÇO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2010 - 11:14
    Enviado por: sandra oliveira

    Amigo tenho um cheque que foi utilizado sem minha autorização, consta assinatura que nao é a minha, o Cheque é do Bradesco, mas foi descontado no Banco Itaú, tenho que entrar com ação contra qual Banco?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2010 - 21:11
    Enviado por: Alex

    Fiz um emprestimo com o banco itaú em nov/2008 de 20.000,00, em 17 parc de 2096,00 paguei 12 parc em dia, mas tive dificuldades em quitar as 5 retantes aonde chegaria em 10.500,00 então negativarão meu nome, então fiz um acordo para pagar em 34 parc de 860,00 paguei a primeira, mas novamente não consegui bancar as outras, porém agora quero quitar o valor total a vista, mas eles estão cobrando 17.000,00, fiz um prosposta de 12.000,00 mas o banco não aceita. o que fazer ?

    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2010 - 11:50
    Enviado por: Maria

    Tenho uma conta no HSBC onde vou receber meu salario pois a prefeitura possui um convenio com o banco. Tenho uma divida com cartão e com um emprestimo so que essa divida foi para uma empresa de cobrança, e minha conta não possui cheque especial esta zerada. Qunado meu salario cair nessa conta eles podem descontar da divida sendo que esta em uma empresa de cobrança? obrigada..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2010 - 13:27
    Enviado por: Tatiane

    Boa tarde! Meu nome é Tatiane e eu gostaria de tirar algumas dúvidas com você,é o seguinte meu Pai retirou o Lis do banco no valor de 5.000,00 e não conseguiu pagar, hoje a divída está altissima, eu queria saber se o banco pode penhorar o único bem que ele tem que é uma casa que está no nome dele e de minha Mãe e que moramos nela atualmente, ou o que o banco pode fazer contra ele, e se caso ele não conseguir pagar essa divída que tempo leva para essa restrição sumir, e o que acontece? Obriagado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/09/2010 - 18:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode penhorar por decisão judicial. Seu pai será processado e terá o nome sujo. Procure um advogado e entre na JUstiça para evitar a penhora do imóvel.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/09/2010 - 14:05
    Enviado por: Clara

    Oi tinha um emprestimo na caixa e passei por dificuldades,no meio do emprestimo acabei deixando de pagar isso ja fazem mais de 9 anos, hj sou correntista no bb ja a mais de 5 anos nunca tive problemas e nem debitos nunhum com o BB e com a fusão o banco do brasil acabou bloqueando meus cartões de credito, devido ao debito da cx, eles podem fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2010 - 18:51
    Enviado por: Olga Gomes

    Boa Noite!!!
    Tenho uma dívida no banco REAL de emprestimos e limite, está difícil entrar num acordo, cada vez que me ligam o valor é maior. NBão desisto, vou tentar até o fim até conseguir pagar.
    Minha dúvida é: Já estou fora do banco a uns 3 anos, tudo na conta bloqueado, sem movimentação por causa da dívida. Agora que o real foi vendido e minha ag~encia já virou Santander, passo a dever o Santander? Como acontece num caso desses?
    Desde já o meu muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2010 - 06:12
    Enviado por: andre

    Meu nome é Andre, fiz uma cobrar de material de construção financiado pela caixa economica, porem esta compra foi para terceiro e infelizmente o mesmo fico sem pagar. Já se passaram quase 6 anos, e a caixa seguros tentaram fazer um acordo mais ainda o não tive acordo com a pessoa que fiz negocio. Agora a empresa que comprou a divida do banco estão ameaçando bloquear a minhas contas bancarias. Isto é permitido?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2010 - 12:54
    Enviado por: ADEMIR MORENO

    Tenho uma divida a mais de 8 anos com a bv financeira, outra empresa esta cobrando esta divida, sou obrigado a pagar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2010 - 13:27
    Enviado por: Tatiane

    Boa tarde! Meu amigo comprou um carro financiado pelo Banco Itaú e está pagando tudo em dia, mais ele por precisão usou do Banco Itaú o LIS no valor de R$1.000,00 e gastou também o cartão de crédito no valor total e agora ele não tem como pagar, o Banco pode tomar o carro dele que ele continua pagando certinho em dia.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2010 - 16:39
    Enviado por: jorge

    ola boa tarde eu paguei 50 por cento da divida do banco do brasil em um acordo que eu fiz com a ativos e limpéi meu nome só que ficou uma restriçao interna no bb euq ueria saber se o restante da divida na ativos caduca e quanto tempo demora pq vou fazer um financiamento de um veiculo e pode aparecer a restriçao que ficou no bb

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/09/2010 - 00:27
    Enviado por: JULIO

    Tenho uma divida com o Bco Santander onde fiz uma negociação dos emprestimos e cartoes q eu tinha em atraso, td feito pelo telefone.
    Mas tive logo na primeira parcela dificuldade de liquidar, ja estou devendo 03/72 parcelas, recebo meu salario por esse banco e conta corrente, to tentando negociar com a gerente mas ta complicado, ela cancelou os meus 02 cartoes, os mesmos servem para sacar o meu salario, o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/09/2010 - 21:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Negociar é a única saída. O banco está com a razão. Peça somente a liberação de um cartão de débito. Se isso não ocorrer, vá ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/09/2010 - 00:58
    Enviado por: Eduardo

    Boa noite…

    Tenho uma empresa que estava parada e no ano de 2006 coloquei ela ativa, do nada começou aç aparecer boleto e ligações de cobrança quando fui ver, alguem havia criado um contrato social falso , sem estar registrado na junta comercial e saiu comprando no nome da minha empresa. O que eu fiz fui para delegacia e fiz um boletim de ocorrencia dizendo o que estava acontecendo e tambem fui na associação comercial do estado de são paulo e coloquei o alerta de fraude, mas ja era tarde tinham feito a festa. Então quando as empresas ligavam ou mandavam correspondencia cobrando os debitos eu enviava o boletim de ocorrencia e entrava em contato dizendo que eu e eles haviamos sido alvo de estelionatarios, mesmo assim todas essas empresas continuaram e protestaram minha empresa. Diante da siuação na epoca deixei para la o ocorrido. So que hoje na empresa que estou trabalhando sou registrado no regime de CLT e a empresa esta me fazendo uma prosposta para ser pessoa juridica, preciso abrir uma nova empresa para continuar trabalhando nesse novo cargo.Por gentileza preciso de uma orientação de como agir e preciso de uma solução rapida.Fico no aguardo de um retorno. Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/09/2010 - 21:08
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Essa é uma questão criminal, você parece ter sido vítima de uma fraude. Procure um advogado criminalista para resolver a questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/09/2010 - 09:34
    Enviado por: Michelle

    Olá !! Fiz um emprestimo consignado, pois era uma servidora municipal, mas pedi demissao e no momento não estou pagando minha dívida. O emprestimo foi feito na Caixa Economica Federal, ela pode reter meu fundo de garantia para pagar a minha divida ??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/09/2010 - 00:53
    Enviado por: Paulo Popo

    OLá! A um tempo atrás o banco itau me deu um limite alto na conta corrente, o qual acabei usando, no entanto perdi o meu emprego e não pude pagar na época, hoje a divida está 10 vezes o valor inicial, o banco me manda cartas para renegociação mas com valores absurdos, e a cada mês eles debitam da minha conta um valor de juros da divida aumentando assim o valor cada vez mais, gostaria de saber se está divida caduca ? e em quanto tempo ?

    storage server

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/09/2010 - 18:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dívida não caduca nunca. Algum dia você terá de pagar. O nome sai do SPC em cinco anos.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 29/09/2010 - 00:16
      Enviado por: Paulo

      Ok! Sr. Marcelo , acho que me expressei mal, então essa divida não caduca , mas o nome sai do SPC em 5 anos certo? pois sendo assim sem o nome no SPC posso ter crédito aprovado em tudo o que não for ligado ao Itaú e suas financeiras correto?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/09/2010 - 08:49
    Enviado por: Paulo

    Minha esposa adquiriu uma divida no banco itau no cheque especial de R$ 1.800,00 que o banco cobrou de juros sobre juros que eu sei que essa pratica e ilegal, porem estou querendo quitar essa divida e eles não tiram um centavo, o que eu faço.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/09/2010 - 18:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Antes de mais nada é preciso ter certeza de que a cobrança é ilegal. Pelo jeito vocês não têm essa certeza. Procure um contador ou um advogado e faça os cálculos. Se concluírem que há cobrança abusiva, entre na Justiça e questione os valores.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/09/2010 - 15:54
    Enviado por: RICARDO FELIPE

    Alguem pode me tira essa duvida EU TENHO UMA CONTA CORRENTE NO BANCO ITAU ESSA É CORRENTE MAIS MINHA NOVA EMPRESA ABRIU UMA NOVA CONTA NO MESMO BANCO MAIS EM OUTRA AGENCIA SO QUE ESSA CONTA QUE MINHA EMPRESA ABRIU É CONTA SALARIO EU TENHO UMA DIVIDA NA CONTA CORRENTE GOSTARIA DE SABER É SE O BANCO PODE RETIRAR DINHEIRO DA MINHA CONTA SALARIO PRA PAGAR A DIVIDA DA MINHA CONTA CORRENTE? por favor respodam podem mandar resposta pro meu e-mail r.felipe-silva@bol.com.br DESDE JÁ AGRADEÇO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2010 - 10:10
    Enviado por: Elvaldo

    Bom Dia.
    Em 2004 fiquei devendo o cheque especial no Banco do Brasil. Minha conta foi encerrada e meu nome incluido no spc por mais 4 cheques sem fundos..
    Paguei todos os cheques e tirei meu nome do Spc, porem , nao constava nada referente ao banco do brasil.
    Essa antiga divida no BB pode atrapalhar uma abertura de conta em outro banco?? Desde ja agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2010 - 20:13
    Enviado por: marcelo massud

    eu tenho uma conta poupança no valor de 37000 e tenho uma
    dívida de 1000 com o cartao das lojas americanas . eles podem confiscar dinheiro de minha poupança?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2010 - 23:03
    Enviado por: Noemi Silva

    Srs. tenho uma dívida no santander sendo uso de ch especial, cartão de crédito e empréstimo porém, já procurei eles por diversas vezes sem sucesso, só parcelam o cartão os demais produtos ainda não tem 90 dias em atrasos porém, o meu pagamento cai nesta conta e, como tem atrasos dos empréstimos eles reteram o salário e com isso acabei nao pagando outros compromissos. Como eles não negociaram estive em uma agencia e fiz uma portabilidade para outro banco mesmo assim, não resolveu. Fique sem salário de novo!!! por favor, preciso saber que tipo de ãção devo ingressar contra este banco e, como fazer para conseguir cancelar estas cobranças, uma vez que eles estão se negando a negociar pq qto mais atraso melhor….PRECISO DE AJUDA, estou desesperada com todas as contas vencidas e sem salário…é possível assitencia juridica gratuita? eu mesma posso fazer,podem me enviar um modelo de petição, enfimmm..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2010 - 16:57
    Enviado por: Caroline Fernandes

    Olá tenho uma dúvida referente ao meu noivo que há dois anos atrás acumulou no banco real uma divida com empréstimos em sua conta corrente de aproximadamente 10 mil reais para atualmente 40 mil reais (dívida real mais juros). Os valores de negociação são muitos acima da realidade para a sua quitação.
    Ele possui um carro utilitário valor de 60 mil reais (ainda financiado faltando 32 mil reais para quitá-lo) que mês passado deu perca total em um acidente de trânsito e o seguro do carro graças a Deus cobrirá os custos para a quitação do financiamento e o restante do dinheiro enviará para a mesma conta corrente que ele possui a enorme dívida que segundo a seguradora não há possibilidades de depositar o dinheiro em outra conta ou banco.
    Meu noivo já não consegue mais dormir pensando que o banco real poderá utilizar o dinheiro depositado pela seguradora para quitar parte da divida anterior. Isso é possível?

    Obrigada desde já.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/10/2010 - 17:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Teoricamente é possível, pois não há lei específica que impeça isso, mas a Justiça conseidera essa prárica ilegal. Se houver qualquer retirarada de dinheiro da conta sme autorização, é crime e tem de ser levada à JUstiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/10/2010 - 20:40
    Enviado por: marcelo massud

    agora vcs me deixaram em dúvida , se eles podem a operadora de cartao de credito pode tirar dinheiro da minha poupança que é pouco mais de 37000 , ja que estou devendo no momento 1000 rs para eles ,gostaria de obter essa resposta ja que me caso em breve . agradeço a resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/10/2010 - 22:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ninguém disse que eles podem. O que acontecem é que eles fazem sem autorização, o que é ilegal. Para recuprar o dinheiro, é necessário acionar o banco na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/10/2010 - 01:16
    Enviado por: fiz um emprestimo de 12 000 no banco Santander e não estou conseguindo pagar , posso er presa por isso? O que pode acontecer comigo?

    fiz um emprestimo de 12000 no banco Santander e não consegui pagar nem a primeira parcela,pois tive um grande emprevisto financeiro.Posso ser presa por isso? O que pode acontecer comigo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2010 - 21:23
    Enviado por: carlos alexandre

    estou devendo 1500 rs de cartao de credito e tenho uma poupança de pouco mais de 60 salarios minimos ,eles podem bloquear dinheiro da minha poupança?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2010 - 11:20
    Enviado por: luciana

    Meu marido nunca teve conta no banco itaú mas teve cartao de credito , ficou desempregado e não pagou já se passaram mas de cinco anos o nome dele já ate saiu do spc agora o patrão dele quer que ele abra uma conta no itaú para depositar o salario, gostaria de saber se eles podem descontar , tirar alguma coisa do salario dele sem o seu consentimento . Por favor me responda.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/10/2010 - 22:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podem, mas constumam fazer isso. É bom s eprecaver e recorrer ao Procon e à Justiça se fizerem isso. Mas não se iluda. Existe uma dívida que terá se de ser paga um dia.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/10/2010 - 10:16
    Enviado por: Margarida

    Bom dia, fiz um emprestimo CDC no BBrasil em 2005, era de uns 700,00, fiquei desempregada e não consegui arcar com as prestações devidos aos juros, reescalonei, mas piorou, passou o tempo e minha divida esta sendo cobrada pela Ativos, tentei negociar, mas eles não aceitaram o acordo, meu nome esta no SPC e não posso entrar em nnhum financiamento de casa propria, posso processar a quem sobre isso ao B.Brasil que passou minha divida para a Ativos ou processo a Ativos, pela qual não foi feito o emprestimo?
    Por favor respondam.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2010 - 13:45
    Enviado por: Lu

    Boa Tarde,

    Estou trabalhando em uma empresa e eles querem abrir uma conta salário para mim no Banco Itaú. Tenho uma divida com o Banco Itaú de um cartão de credito desde 2008, mas nunca tive conta corrente nesse banco. A empresa onde trabalho vai conseguir abrir essa conta salário sem problemas? Depois de aberta essa conta, o banco pode descontar dela o valor da minha divida?

    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/10/2010 - 19:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Provavelmente a conta será aberta, e o banco tentará descontar a dívida, mas isso é ilegal se for feito sem autorização do cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/10/2010 - 17:43
    Enviado por: JULIANA

    Boa tarde, eu tinha umas pendecias 2 caducaram e o restante eu paguei sendo uma com o b.do brasil, meu nome ja foi baixado do spc e serasa, mais fui abrir uma conta corrente na caixa economica federal e fui reprovada por estar abaixo de um nivel, então não me liberaram cartão e nem chegues á não ser se eu depositasse um certo valor na poupança de 630,00, mais durante 6 meses eu não poderia mexer nesse dinheiro!!!é assim mesmo que funciona…existe alguma maneira de contestar isso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2010 - 19:55
    Enviado por: Jorge

    Boa noite
    Comprei um equipamento de saúde e dei doze cheques de 297,00 BANCO BRADESCO. não consegui pagar os quatro primeiros pois estava desempregado e agora estou sendo contrato por uma empresa e eles pedem que eu tenha conta no Bradesco para poderem fazer o pagamento, o banco vai descontar estes cheques que não compesaram????? quero acertar a dívida mas fico preocupado com descontos futuros, o que posso fazer??? Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2010 - 14:01
    Enviado por: ale

    BOA TARDE.
    FIZ UM EMPRÉSTIMO CONSIGUINADO PELA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL EM SETEMBRO DE 2009 EM 32X ,SÓ QUE EM ABRIL DE 2010 FUI EXONERADA POR PROBLEMAS POLÍTICOS ENFIM MINHA DUVIDA É SERA QUE A PREFEITURA PAGOU MINHA DIVIDA JÁ QUE SE TRAVAVA DE UM EMPRÉSTIMO CONSIGUINDA? E SEÁ QUE CAIXA ECONÔMICA VAI DEBITA ESTE DEBITO MA MINHA CONTA POUPANÇA? COMO POSSO SABER SE AINDA DEVO A CAIXA TENHO VEGONHA DE LIGA E PERGUNTAR .
    GRATA AGUARDO RESPOSTA
    ALESSANDRA SENNA

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/10/2010 - 18:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A dívida é sua, não da prefeitura. Procure o departamento pessoal e verifique com fica a situação para nao ser surpreendida no futuro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/10/2010 - 14:49
    Enviado por: Reinaldo

    Tenho conta salário em uma determinada instituição bancaria e por motivos diversos não consegui honrar os meus compromissos e tive que utilizar o cheque especial e também dois empréstimos pessoais. Este problema já se estende por vários meses e o juros cobrado pelo banco esta em torno de 10.1% ao mês.
    Entrei em contato algumas vezes com a instituição para tentar resolver o problema e não obtive um acordo, portanto com a negativa do banco informei ao mesmo que iria procurar os meus direitos.
    O banco através da gerente tentou resolver da maneira deles, só que a maneira que a instituição quer resolver e me afundar ainda mais em juros, ela me ofereceu uma renegociação(taxa varia em torno de 3.19% e mora de 14,9%), que ao meu entender é absurda, hoje eu devo no banco: entre cheque especial e empréstimos em torno de R$ 15.980,00.
    O banco me ofereceu aproximadamente um valor de R$ 14.416,05 para quitar a divida com entrada de R$ 725,00 + 24 x R$ 847,00.
    Para quem esta no vermelho e também tem todo o salário sendo consumido com os juros, como posso aceitar tal acordo…!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2010 - 13:50
    Enviado por: Irá

    Boa tarde!
    Meu marido fez alguns emprestimos no banco real, mas ficou desempregado e não conseguiu pagar e ainda pegou emprestado uma certa quantia para pagar algumas despesas do nosso apr, que graças a Deus esta com as parcelas em dia.
    Hoje a divida do cheque especial juntando com os emprestimos esta em $30,000.00.Estamos desesperados, poís hoje juntando a minha renda e a dele só da para pagar as despesas do mês, talvez se fizermos um esforço dei para assumir uma parcela de 250,00. O que devemos fazer para que essa divida pare de crescer?
    Obrigada pela atenção
    Aguardo contato

    Irá

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/10/2010 - 17:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Renegociar o valor e pagar em dia. Não há outra coisa a fazer. Se tentar questionar o valor na Justiça, o problema persistirá e você pode até perder a causa e ver a dívida aumentar. Se tiver condições, procure um especiailista em finanças pessoais e peça ajuda para equacionar gastos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/10/2010 - 16:42
    Enviado por: ARIENE

    OLÁ, NÃO CONSIGI ACESSAR MINHA CONTA JURÍDICA, SÓ APARECE CÓDIGO 408X.. ALGUÉM SABE ME DIZER O QUE SIGNIFICA E PQ BLOQUERAM MINHA CONTA???? GRATA…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2010 - 14:23
    Enviado por: Cecília

    Olá!
    Estou passando por duas situações complicadas. Há alguns anos atrás contraí várias dívidas para ajudar uma outra pessoa. Uma delas foi um CDC na Caixa Econômica. Depois disso precisei abrir uma conta salário lá e me falaram que o que eu devia não seria debitado desta conta. Agora, um ano depois, eles debitaram tudo o que eu tinha na conta e disseram que estava auturizado em contrato. Não sei o que fazer agora…
    Outra situação é que tenho uma dívida também no Banco do Brasil e preciso de novo abrir uma conta salário. Estou preocupada com isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2010 - 19:13
    Enviado por: Adahil

    Boa tarde,

    Meu nome está no SPC e serasa, tenho uma dívida com o Banco do Brasil e também tenho uma poupança. Enquanto meu cartão estava na validade eu podia movimentar mina poupança, depois que este cartão venceu o banco me enviou um novo cartão que eu não pude desbloquear. O banco não deixa eu retirar da minha poupança um valor que lá está. O banco pode bloquear minha poupança? Além do mais, todos os anos o banco emite para mim um extrato da minha poupança mas não deixa eu retirar o dinheiro, alegando que, se eu não pagar não terei o dinheiro. Eles querem que eu negocie de qualquer forma uma dívida que não posso pagar.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/10/2010 - 19:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não pode fazer isso. Procure o Procon e um advogdo para forçar o banco a permitir a movimentação e para processá-lo por danos morais. Mas a dívida um dia terá de ser paga.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/10/2010 - 20:23
    Enviado por: Sandra Regina

    Paguei a fatura do cartão de crédito no dia do vencimento,porém o banco debitou a mesma na minha conta mesmo sem limite para cobrança,utilizando valor disponível do Lis.No contrato diz q isso pode ocorrer a partir do 10 dia após o vencimento caso não seja efetuado o pagamento.Porém o débito foi efetuado no 5 dia após o vencimento e isso com a fatura já paga. como proceder neste caso?.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2010 - 11:17
    Enviado por: ARTUR

    BOM DIA…
    TENHO DOIS CARTÕES DE CREDITO COM O PANAMERICANO, OS QUAIS NÃO CONSEGUI PAGAR DESDE 10/2008, POIS MINHA ESPOSA FICOU DESEMPREGADA. DURANTE ESTE PERIODO ALGUMAS PESSOAS DE UMA CONSULTORIA DE CREDITO ENTRARAM EM CONTATO COMIGO PARA UMA POSSIVEL NEGOCIAÇÃO, POREM ELES QUERIAM QUE EU PAGASSE UM VALOR EXORBITANTE E EU INFORMEI QUE NÃO PODERIA ESTAR PAGANDO TAL MONTANTE. HOJE RECEBI UMA LIGAÇÃO DE UM ESCRITORIO DE ADVOCACIA DIZENDO QUE A DIVIDA SERA COBRADA JUDICIALMENTE.
    GOSTARIA DE MAIORES INFORMAÇÕES SOBRE ESTE CASO.
    ESTES DOIS CARTÕES DE CREDITO FORAM ENVIADOS PARA MIM SEM EU SOLICITAR E TAMBEM NÃO RECEBI NENHUM CONTRATO. APENAS FIZ O DESBLOQUEIO A COMECEI A USAR.
    EU NÃO TENHO NENHUM BEM EM MEU NOME.
    RECEBO MEU SALARIO EM UMA CONTA DO ITAU.
    ELES PODEM BLOQUEAR O MEU SALARIO JUNTO AO BANCO ?
    DESDE JA AGRADEÇO PELA ATENÇÃO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/10/2010 - 21:56
    Enviado por: MASSIMO

    Bom dia,em abril deste ano 2010 recebi uma carta do banco do brasil,ou instituto queria negociar uma divida pendente na minha conta, tinha que pagar 3 parcelas,á ultima no dia 15 de agosto de 2010,enquanto isso ou limite de saque foi rebaixado por 50R$ e ou limite de credito passou de 1000 R$ para 25 R$.
    Agora, eu paguei em dia as trêis parcelas,quitei todas as pendencias no banco tanto pelo cartão de credito quanto para a conta corrente.
    Na conta tem mais de 2000 R$,mas até hoje 23/10/2010, ou limite do cartão de credito fica em 25 R$.
    Como faço para ter de volta ou limite de 1000 R$ antes do reescalonamento das dividas?
    A 1^vez mim pediram ou recadastramento (imposta de renda)
    identidade cpf residencîa.
    A 2^vez disseram de esperar um mês até voltar a 1000 R$.
    A 3^vez disseram de esperar ainda um pouco.
    Quando negociei a divida com ou banco,ninguem me disse que não teria mais de volta meu limite de credito,e ninguem me disse que não tinha jeito de quitar a divida antes tempo.

    Da ultima parcela paga já passaram 70 DIAS, ainda estou com 25 R$ de credito!!!!!!!

    Como tenho que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/10/2010 - 17:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A concessão de limites é uma liberalidade do banco, que tem suas políticas próprias. Procure sua agência e negocie.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/10/2010 - 10:10
    Enviado por: Vilela

    Tenho um financiamento de veiculos com a BV. Passei por uma situação difícil (desemprego) e estou com algumas parcelas pendentes. Quero renegociar a dívida mas a BV se nega. Utilizo o veículo em razão do meu filho que sofre de cardiopatia. O que poço fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/10/2010 - 16:17
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. Ou renegocia ou fica sujeito a ter o carro apreendido e a ser processado por falta de pagamento. O banco não tem obrigalção de aceitar as suas possibilidades de pagamento. Procure um advogado para ajudar na renegociação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/10/2010 - 06:53
    Enviado por: Ana Luisa P. Gómez

    tivemos Eu e meu marido uma micro empresa que faliu há 2 anos atrás, estamos com uma dívida com o banco de 15.000,00, marido desempregado, Eu estou com 61 anos fui acometida de cancer e orteoartrose generalizada me deram a aposentadura por invalidez, o banco exige o pagamento à vista porque não houve negociação, incluso confiscaram da minha conta corrente R$ 900,00 quando ainda estava com auxilio doença, nem me avisaram. se não pagar dentro de 15 dias haverá penhora. Não tenho bens materias, só o trivial de uma casa (fogão, geladeira, computador, TV), pago aluguel,luz, agua, telefone, infinidades de remedios, só tenho um carro de R$ 4.000,00 cujo valor foi de um emprestimo do INSS. Necesito dele para me transportarem para hospital, tratamentos,etc. pois quase não consigo andar e meus amigos que me faziam este favor não tem mais tempo para mim. Eles podem penhorar este carro, mesmo EU tendo toda a documentação hospitalar, além de levar fogão, TV, etc??

    Favor me ajude.
    Muito obrigada
    Ana Luisa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2010 - 09:59
    Enviado por: Diego Lima

    Bom dia, possuo um financiamento de uma casa pela caixa economica federal, mas não é do projeto minha casa minha vida somente um financiamento, bom o banco abriu uma conta corrente para eu e minha esposa assim estamos depositando todo mes o valor da parcela, mais esta conta cobra 9.80 de manuntenção e liberaram especial um monte de coisa que nao pedi por isso cobra mais uma cesta de 22,00 reais fora que cobram um seguro da casa de 15,80. Assim, gostaria de saber se isso é permitido por lei, será que nao poderia receber de outra forma, fui varias vezes na caixa e minha gerente diz q não, mas dessa forma se torna difícil.

    Agradecido muito obrigado pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/10/2010 - 22:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A cobrança por manutenção de conta é permitida, inclusive as cestas de serviços são mais baratas do que as tarifas individuais. Se estão cobrando serviços que você não pediu, reclame no Procon ou no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/10/2010 - 17:45
    Enviado por: ivonildo

    fiz um emprestimo de R$ 27.000,00 somados no banco real e no brasil e divide em 60 meses consignado em folha, e ainda faltam 53 meses, mas agora estou desempregado e no momento não tenho condições de pagar, gostaria de saber se o banco vai entrar com ações de cobrança na justiça e se irei receber a visita de um oficial de justiça? Li umas informações que só se forem dívidas altas,o valor que tirei se enquadram nessas dividas alta? Apartir de que valor se torna divida alta.
    OBRIGADO PELA ATÊNÇÃO!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/10/2010 - 21:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que vai receber a visdita de um oficial de JUstiça. Você será cobrado judicialmente, será processado e terá o nome sujo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/10/2010 - 00:27
    Enviado por: Marina

    Olá,
    Em 2009 fiquei com uma dívida com o unibanco de um empréstico que com juros está agora no valor de R$3.700 e mais uns cheques sem fundo que bateram nessa conta. Eu estava desempregada e não tive como quitar isto. Agora em 2010 comecei a trabalhar como professora e o curso que trabalho me deu um documento e abri uma conta corrente no Itaú (uma conta diferente da que eu tinha essa dívida). Este mês quando recebi meu salário, no dia 11/10, vi um desconto no mesmo dia no extrato no valor de R$116,71 com o nome de liqui/amorti saldo devedor. Fui me informar com o gerente sobre isso e ele disse que apesar da conta ser diferente, como os dois bancos se unirão eles puxam pelo CPF e por isso debitaram esse valor de minha conta, que seria referente a uma parcela. Ele solicitou reembolso e me deu um prazo de 1 semana para que fosse feito. Passaram 2 semanas e nada do valor ser reembolsado. Voltei lá e ele disse que a resposta do banco é que ainda está em analise e que preciso aguardar mais ( ele disse que não tem prazo). Quando foi no dia 25/10 houve mais um desconto de R$51,47 na minha conta corrente com esse mesmo nome (amorti/liqui saldo devedor). Eu não assinei nada fazendo acordo, nem mesmo fiz acordo por telefone ( não que eu queira ficar devendo, mas não havia me preparado para esses descontos agora).

    Posso procurar o Procon e pedir reembolso em dobro ao banco? Isso que eles fizeram é ilegal?? Eu posso processa-los de alguma outra forma? Porque eu deixei de pagar contas por causa desse desconto…por favor, preciso urgente de uma orientação se devo e posso procurar o procon e se cabe esse ressarcimento em dobro.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/10/2010 - 00:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O procedimento do banco é ilegal. Procure o Procon ou o Juizado Especial Cível para denunciar o banco e pedir ressarcimento e indenização por danos morais. E aprobeite e leia a matéria onde colocou a mensagem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/10/2010 - 17:20
    Enviado por: carlos

    olá ! trabalho em um hotel e temos liberdade para fazer ligações particulares ,todos os meses vem um recibo para assinar ,porém nomes de outubro descontaram 67,00 a mais do que era o certo e sem o recibo ,eu reclamei e ja faz um mes que estão enrolando ,qual a sugestão que podem me dar ! espero até o dia que eu sair da empresa ou tomo uma atitude ja ,e qual seria esta atitude .pois procurando no google descobri que é proibido por lei o desconto sem autorização ! desde ja agradeço …

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/10/2010 - 17:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Essa é uma questão trabalhista, creio que não poderemos ajudar. Procure o sindicato de sua categoria em busca de orientação ou, em último caso, o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/11/2010 - 01:44
    Enviado por: Marcio Francisco

    bom dia.
    estava devendo 2.601 pro banco fiz o parcelamento da divida e no mesmo dia paguei a 1 de 12 de 346,10 com isso iria pagar mais de 1.600 reais so de juros, 20 dias depois consegui o dinheiro pra quitar a divida falei com atendente ela me deu o valor total da divida e paguei,as parcelas continuam vindo e o dinheiro que paguei virou ficou como positivo no cartão todo mes o banco desconta desse dinheiro,reclamei e a operadora visa diz que so posso quebrar o contrato de renegociação depois de um dia.esta certo isso? quanto tempo teria para quebrar esse contrato?,mesmo sem ter assinado ja que foi via telefone.
    agora vou ser obrigado a pagar mais de 1600 de juros.O que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2010 - 19:33
    Enviado por: Valdineia

    Olá. Trabalhei em uma empresa que tinha como conta salario o Itaú. Fiz um emprestimo de 2.000,00 reais para pagar em 10 vezes. Paguei toda a dívida, mas a conta ficou aberta. Depois saí dessa empresa e entrei em outra tbm com conta salario no itau (obviamente outra agencia), aí começaram os descontos em minha conta salario sem minha autorização mesmo porque a dívida já estava quitada, até chegaram a retirar meu salario todo, fui direto fazer um B.O e depositaram o salario inteiro no dia seguinte como se nada tivesse acontecido. Entrei com ação por ressarcimento e danos morais, não descontam mais na conta, mas me cobram através de outras empresas. Minha divida está em 60.000,00. Tenho que aguardar a ação do meu advogado? Posso ficar tranquila ? será que ganho a causa? qto tempo demora, pois meu nome está sujo e não posso fazer nada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/11/2010 - 22:47
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é possível fazer qualquer previsão quando se trata de Justiça. Aguarde as iniciativas e siga as orientações de seu advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/11/2010 - 08:58
    Enviado por: claudete

    Gostaria de saber se tendo uma poupança em um banco, eles podem resgatar o dinheiro desta poupança para quitar uma fatura (dívida) de cartão de credito do mesmo banco.Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2010 - 21:17
    Enviado por: Cristiano RicardoNavarro

    Fiz um reescalonamento de dívidas do banco do brasil que no total ficou em : $8,000,00 as parcelas são de 44x de 590 que no montante da mais de 3x o valor original.
    A pergunta é: tenho como contestar esses juros e negociar um valor mais baixo. obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/11/2010 - 22:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sempre é possível contestar qualquer coisa na Justiça. Procure um advogado, mas certifique-se de que realmente haja razão para uma ação judicial.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/11/2010 - 06:35
    Enviado por: elias

    tenho uma divida no banco do brasil 1600 reais -não estava conseguindo pagar eu tenho um carro del rey 86 eles podem penhorar se eu não pagar; me rspondan por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2010 - 15:21
    Enviado por: jeferson

    Boa Tarde!
    Eu gostaria de saber o seguinte:
    tenho uma sociedade de um caminhão,cujo o nome no documento é do sócio,ele me comprou a minha parte me pagando um cheque nominal de 30.000.00,ou seja,30 mil reais,e vou depositar no dia que marcamos para o cheque entrar.
    O banco dele uma vez tendo fundo o banco é obrigado a me pagar o deposito ou o sócio desistindo e querer voutar atraz, o que ele pode fazer? o banco paga? ou nao? ele pode empedir esse depósito?
    Obrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2010 - 20:10
    Enviado por: Maria Aparecida de Freitas Coelho

    Boa Noite!
    Será que você poderia me tirar uma dúvida.
    Tenho um emprestimo consignado na caixa , e como estou agra recebendo o auxílio doença e a parcela do emprestimo não esta sendo descontada a Caixa bloqueou o meu cartão, posso receber por outro banco?
    Já tem dois meses que eu não consigo receber,a Caixa pode fazer isso,bloquear o cartão?
    E se pode tem outro meio de eu receber meu salário,pos já estou passando necessidades.
    Poir favor me responda o maids rápido possível.
    Sou professora da rede municipal de Congonhas e gostaria que você se puder me ajudar respondendo a minha pergunta ficarei muito grata.
    Por favor é urgente.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/11/2010 - 20:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só é possível receber pela Caixa. Procure saber primeiro por que o bancop bloqueou o seu cartão antes de tomar qualquer providência.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/11/2010 - 11:06
    Enviado por: jefersson

    bom dia marcelo , mesmo depoi que o cheque estive depositado ele pode susta,ou pode desisti do negocio e da orden au banco que não pague o cheque,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2010 - 01:05
    Enviado por: Silvia

    Ola,tenho algumas dividas com o banco itau, lis e emprestimos fiquei desempregada e agora atrasou uns meses e a divida só aumenta,tenho um carro alienado por eles mais ta em dia…eles podem pegar esse meu carro para pagar? e tem como eu renegociar essa divida?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/11/2010 - 01:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure o banco e veja se há condições de renegociação, de preferência com a ajuda de um advogado. E o carro pode ser apreendido sim.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/11/2010 - 23:38
    Enviado por: RODRIGO ROCHA

    Olá, No mês passado minha esposa se encrencou com um cartão de crédito do banco Santander, pagou diversas outras dívidas e optou por deixar o cartão de lado e acertar no próximo mês, ocorre que o banco debitou de seu cheque especial o valor mínimo da fatura alegando que há uma clausula no contrato que permite o banco fazer isso. Após algumas pesquisas, constatei que além da tal clausula ser abusiva existe no código de defesa do consumidor um artigo que proíbido este tipo de ato que o referido banco utilizou. Peço uma ajuda para a resolução deste problema e se possívvel, qual é o artigo do CDC que proibi esta ação. Muito grato !

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/11/2010 - 18:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você precisa procurar o Procon para denunciar o abuso ou acionar o banco no Juizado Especial Cível questionando a prática. Não há outra coisa a fazer.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/11/2010 - 13:37
    Enviado por: Luiz antonio Esteves

    O Banco pode tirar o meu salário por causa de uma dívida? Sou do estado sou obrigado a receber no Itaú? Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/11/2010 - 09:22
    Enviado por: jose ilo claudino alves

    Por favor, estou desesperado! algum advogado me oriente. Moro em uma casa que meu Pai deixou para 4 filhos, eu e mais 3 irmãos.Um mora em São Paulo, outro aqui na minha cidade e o outro na Bahia. Fiz melhorias na casa. Tenho uma filha de 11 anos e no momento estou desempregado. Eles querem vender a casa de todo jeito. Pedi um tempo até arranjar um emprego mas eles estão erredutíveis.Querem vender imediatamente…posso entrar na justiça para pedir um tempo até que consiga me colocar no mercado de trabalho? por favor!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/11/2010 - 23:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Aqui não é o local adequado para obter essa informação, não é uma questão de direito do consumidor. Procure um advogado especialziado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/11/2010 - 14:59
    Enviado por: Renato

    Tenho uma dívida com co banco real de em média 1400,00 (Cheque especial, cartao de credito). Agora a empresa em que trabalho abriu uma nova conta corrente para deposito de meus proventos. O banco real pode debitar minha divida nessa outra conta aberta! As agencias são até diferentes! Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/11/2010 - 21:52
    Enviado por: SILVIA

    olá, boa noite !
    GOSTARIA DE TIRAR UMA DUVIDA POR GENTILEZA.ABRI UMA CONTA COMO PESSOA JURIDICA NO BANCO E O ATENDENTE ME CONVENCEU A FAZER O SEGURO DE VIDA,DIZENDO Q COM ISSO AS TAXAS DO BANCO FICARIAM MENORES.
    POR SER AINDA LEIGA E TAH ABRINDO MEU NEGOCIO AGORA ACEITEI EM FAZER O SEGURO.NÃO FAZ NEM 1 MÊS Q ABRI A CONTA, POSSO PEDIR O CANCELAMENTO DO SEGURO ? OU VALE A PENA DEIXAR COMO ESTÁ ?
    AGRADERÇO A ATENÇÃO.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/11/2010 - 21:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Leia antes o contrato. É bem provável que haja multa. Se houver, tente negociar com o banco, mas não há nada ilegal na cobrannça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/11/2010 - 02:18
    Enviado por: Andressa

    Boa noite, há um ano atras fiz um emprestimo no banco Itaú no qual sou correntista para um amigo meu, sendo que o mesmo não vem pagando nem uma parcela obrigando-me à estar pagando e muitas vezes deichando de cumprir com os meus proprios compromissos. Ele é correntista do Itaú também, ha possibilidade judicial (abase de provas de que o emprestivo foi feita para uso exclussivo dele) e de forma amigavél estar tranferindo o emprestimo da minha conta para a conta dele?

    grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/11/2010 - 09:26
    Enviado por: Douglas

    Bom dia Marcelo!
    Possuo uma divida no BB que não estou conseguindo negociar por juros abusivos. Era de 1780 e hoje estão cobrando 8440 e não querem dar desconto (em apenas 1 ano), tento negociar umas 2 vezes no mês. Tenho dinheiro na poupança da Caixa para comprar um apartamento. Eles podem bloquear esse meu dinheiro e até mesmo descontá-lo para cobrir a divida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/12/2010 - 14:07
    Enviado por: Marília

    Tenho uma dívida com BB de emprestimos atrasados.Tentei renegociar mas o gerente alegou que esta dívida já tinha sido renegociada uma vez e não poderia mais.Enfim hoje está o triplo e não poderei pagar.Recebo por este banco.Quero saber se o BB pode reter meu 13º para quitar parte desta dívida pois o meu salário não quita totalmente.Pode isto acontecer??? e ainda ficarei devendo????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2010 - 23:34
    Enviado por: laura da Rosa

    Gostaria de saber,se posso estornar uma divida no banco,itaú não cancelei a aconta pois é em outra cidade e estou morando em uma cidade longe pois quero negociar essa divida numa cidade vizinha da minha que estou morando agora o valorR$578,00.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/12/2010 - 23:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é possível.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 13/12/2010 - 23:44
      Enviado por: laura da Rosa

      É o mesmo banco Itaú só muda as cidades, e porque não pode pois o banco que tenho a conta é em novo hamburgo- RS e a que quero negociar é carazinho-rs me ajude pois estou com o nome sujo isso nunca aconteceu comigo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/12/2010 - 13:00
    Enviado por: Jair

    Tenho uma conta no Banco Bradesco S/A e fiz uma renegociação de debito no dia 03/12/10 e a gerente me garantiu que minha conta estaria liberada para movimentação em 2 dias. Estamos no dia 14/12/10 e ate agora minha conta nao foi liberada. No dia 08/12/10, estive em minha agencia e fui informado que poderia ter ocorrido algum erro no sistema e que em 2 dias minha conta estaria liberada, que nao sofreria a perda do credito que ocorreu no dia 07/12/10 e ate agora nada. Ontem fiz uma ultima tentativa, na esperança de que conseguiria resolver a questao, conversei com a mesma gerente que me informou que verificaria o que havia ocorrido e me retornaria no mesmo dia, o dia acabou e nada….. Agora a questao é a seguinte: estou a 11 dias nesse martirio e nao sei como conseguir resolver meu problema, fiz esse acordo com o banco porque preciso da conta para receber o pagamento. Antes de fechar esse acordo recebi uma proposta de uma prestadora do banco no valor de 42,90 em 60x, mas minha conta nao poderia ser movimentada fui ao banco e a gerente disse que faria um acordo com parcelas de 58,03. So fechei com o banco porque a gerente me garantiu que poderia receber os creditos na conta corrente e que seria estornado da minha conta o saldo devedor em 2 dias so que isso nao ocorreu. O que posso fazer?
    E o valor creditado na minha conta, como posso reave-lo? Grato

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2010 - 19:26
    Enviado por: Maria Aparecida Alves Nogueira

    Fiz 3 empréstimos na Crefisa. Sou aposentada e as parcelas são descontadas mensalmente da minha conta bancária, no dia do crédito no benefício. Estou num momento muito difícil. Posso pedir ao Procon a revisão dos juros, que sempre considerei abusivos, mesmo tendo assinados o contratos de empréstimo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/12/2010 - 23:46
    Enviado por: alexandro

    tenho uma divida no itau de lis e emprestimo aprovado em conta corrente ,pois nao assinei nada de contrato ,fui acionado na justiça em 31,000,00 ..cabe a mim defesa?
    imovel só no contrato pode ser empenhorado?
    qual tipo de imovel pode ser empenhorado (com escrituras e registrados em cartorio)?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/12/2010 - 16:51
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado para se defender na Justiça, a cobrança é legítima. Qualquer bem em seu nome pode ser penhorado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/12/2010 - 20:02
    Enviado por: Victor

    Boa tarde

    Tenho uma conta no banco real e agora santander, porém tinha uma divida no cartão de crédito que foi debitada no valor total de minha conta, deixando-a com saldo zero. Eu entrei com processo no procon que disse nada poder fazer por mim, porém eu no mesmo momento que o procon tirou o corpo fora acionei a justiça por danos morais e materiais, pois fiquei sem dinheiro pra me sustentar por quase 30 dias, fiz certo?, na audiência que será dia 23/03/2011 terei que levar um advogado pois fui lá sozinho? Desde já agradeço a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/12/2010 - 22:17
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se acha que foi lesado, então tem de buscar seus direitos e a JUstiça existe para isso. Você precisa de advogado nete caso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/12/2010 - 20:43
    Enviado por: Tales henrique

    Boa noite, tenho uma divida de um emprestimo consignado no BB de uns R$ 4.000,00 e dividas de cartoes de creditos do BB e da losango, mas consultano o serasa tenho so 4 cheques devolvidos do BB que ja estao comigo, agora vou receber um dinheiro de um divisao da familia eu e meu irmao vamo receber 15mil reais, vamo abrir um conta conjuta na caixa f. , tenho medo da conta esta no meu nome e o BB querer receber porque tenho saldo em outro banco, tem algum problema a conta esta no meu nome tambem?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/12/2010 - 20:37
    Enviado por: Jaderson Santos

    Ola.Trabalho como servidor temporario e fiquei sem serviço proum mes.No banco em recebo os pagamentoeu tinha um emprestimo 1500,00 de um mil e quinhentos reaisalem de um limite de igual valor .Apos um mes sem pagamento voltei a trabalhar e o gerente não quis negociar so dizendo que eu tinha que pagar.Desse dinheiro ja paguei em um mes 1200(Novembro),1560(Dezembro)alem do decimo terceiro de 834 num total de 3616 e meu saldo sempre negativo e sem gerente querer negociar.Neste posso ou processar o banco por este confisco e não aceitar negociar.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/12/2010 - 21:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode-se processar qualquer um por qualquer coisa. Sua narrativa é muito difícil de entender, mas aparentemente nada hpa de errado no procedimento do banco. Se ainda quiser insistir na questão, então procure um advogado e questione o banco na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/01/2011 - 01:07
    Enviado por: Cleunice S Das Graças

    Consegui um estagio remunerado de 300 reais pela prefeitura.Com o contrato de 2 anos.Fui ao banco,e consegui fazer o primeiro empréstimo de 950 reais,e o segundo de 1736.Eu já estava terminando de pagar os 950 reais,a gerente me liberou esse segundo empréstimo.Com parcelas de 36 vezes para eu pagar.Até ai tudo bem.Dava para pagar o restante do primeiro e começaria a pagar o segundo.Mas só que nem terminei de pagar os 1736 reais que ela me liberou.Ela me liberou mais 3 mil reais. e Também não fui ao banco para pegar dinheiro nenhum mais. Por que ela falou que: eu já estava devendo. Fui apenas para passar as datas do empréstimo para o dia do meu pagamento que era todo dia 5 do mês.E não para por ai não,fiquei esperando ela arrumar as datas para o dia 5, horas e horas.Não sabendo que ela iria liberar 3 mil reais para mim.Mas só que desse dinheiro ela me passou a perna, mandou eu debitar 1600 para pagar a minha divida.E sacar 1.400 somando tudo daria 3 mil reais sacados.Desse 1.400 que saquei, olha só a esperteza dela.Enquanto eu não peguei o dinheiro ela não me liberou os papeis que eu fui arrumar as datas.E ainda ela fez um deposito de 400 reais, desse dinheiro sem pegar o meu cartão fez tudo manual.Ela mandou eu conferi o dinheiro, depois de ter depositado os 400 reais.E eu fiquei com os mil reais.Agora depois da greve, ela saiu do banco sem deixar rastro.Me deixou com divida,bloquearam a minha conta, não consigo sacar e nem tirar extrato da conta corrente.Ate o mês de novembro consegui tirar 50 reais era o que sobrava desse pagamento. Agora em dezembro não conseguir fazer nada. Fui ao banco reclamei, com a outra gerente ela falou que estava tudo certo.Como ela conseguiu esse dinheiro sendo que eu estava devendo e estagiario não pode pegar credito consignado se foi isso que ela fez Isso não poderia ter acontecido. De onde saiu esse dinheiro,e nem a outra gerente conseguiu me responder como ela fez essa transação toda. Se eu debitei os 1.600 teria que aparecer no estrato e 0s 1.400 que saquei.Que ela me roubou os 400 reais mas não e essa realidade. No extrato ta como eu saquei 3 mil reais ela me passou a perna.Eu queria ser bancaria nessa hora para entender o que ela fez.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2011 - 17:01
    Enviado por: viviane gomes

    Tenho uma divida no unibanco de um cartão de credito (sendas) no limite de R$200,00 desde 2001 meu nome não esta no Serasa nem no Spc só que com a fusão do itau e o unibanco este apontamento esta em meu nome no valor de R$151,000,00 ou seja cento e cinquente e um mil reais o itau me deu um pre aprovado e este apontamento esta bloqueando, só que a dívida tem 09 anos e eu nunca recebi carta de cobrança. O que devo fazer? Isto é legal? Por favor me ajudem

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/01/2011 - 17:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, é legal. Procure um contador para verificar se o valor está correto. Depois procure um advogado e tente renegociar a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/01/2011 - 14:23
    Enviado por: wilon soares

    oa gostaria de saber porque que o banco fez uma otima proposta para mim com o credicomp pode confiar nesse credicomp a divida e mais de 100.000.00 (cem mil reais) ele fizeram um carne me ando desconto de noventa e cinco por cento desse valor poso confiar tem tudo comigo valor de quando começou e quando vai terminar obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/01/2011 - 11:50
    Enviado por: ANDERSON

    EM CASO DE APROVAÇÃO EM CONCURSO PÚBLICO O SERVIDOR PÚBLICO PODE ABRIR CONTA SALÁRIO SEM QUE SEJA CONSULTADO SPC/SERASA. TENHO DÍVIDA NO BANCO BRADESCO. POSSO ABRIR CONTA NO MESMO BANCO PARA ASSUMIR EMPREGO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2011 - 11:53
    Enviado por: Milena

    Fiz um acordo com o banco Santander, de uma divida de R$6.000,00, de dois cartões e Lis, fizeram um acordo pra quitar a divida….de 48 parcelas de R$300,00, vao sair uns R$14 mil reias…..masi que o dobro….eu naõ posso fazer nada contra esse banco!!! Eu recebo por ele, eu nao posso fechar a conta, eu odeio esse banco, um banco de gente mentirosa, te falam uma coisa e fazem outro…o que fazer, quero entrar com uma ação contra esse banco, por tanto juros abusivo, como devo proceder

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/01/2011 - 23:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há irregularidade alguma na quetsão. Se acha que está sendo lesada, então procure um advogado e questione a dívida na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/01/2011 - 10:57
    Enviado por: Leandro

    Olá tenho uma dívida de um cartão de crédito que esta no meu nome que não consegui pagar pois subiu muito, a dívida inicial era de R$ 800,00, fui negociar a divida dentro do mesmo ano já estava em 3000 a 4.000 reais, agora já faz 3 anos e me mandaram o boleto de R$ 16.000,00 não sei o que fazer, o que estou com medo é o seguinte, o banco real atual santander, é o mesmo que pago um leasing do meu carro, falta uma parcela para pagar, que estarei pagando agora no próximo dia, mas será que o carro não ficara bloqueado por ser do mesmo banco a dívida?

    Me falaram para assim que eu pagar a ultima parcela mandar os documentos do carro, para eles assinarem e me liberarem o leasing mas estou com medo o que faço, já tentei negociar mas em cima dos valores não tenho como pagar e tudo que tenho é o carro.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/01/2011 - 18:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É possível que haja o bloqueio do carro sim, embora isso seja ilegal. De qualquer forma, existe uma dívida, e esta terá de ser paga um dia. Procure um advogado e veja como renegociar. O carro poderá ser penhorado por ordem da Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/01/2011 - 16:39
    Enviado por: Emília

    Olá, tenho uma dívida de cartão de cartão de crédito com a Caixa Econômica, a cobrança já foi para a via judicial, possuo uma poupança conjunta no mesmo banco onde sou titular da mesma e nele tenho poucas economias (não suficiente para pagar a dívida). Gostaria de saber se eles podem bloquear essa poupança, mesmo sendo conjunta com outra pessoa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/01/2011 - 17:43
    Enviado por: JOSY

    Tenho um débito no Bradesco, há mais de 10 anos e agora comecei a receber meu salário no mesmo banco, mas o gerente me disse que eu não poderia receber pelo banco, ha não ser que eu renogociar-se a dívida,caso contrário não seria possível abertura de conta para receber meu salário, gostaria de saber se posso processar o gerente por ter me obrigado a assinar o contrato de renegociação, o valor foi descontado antes mesmo de eu ter assinado, o que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2011 - 15:31
    Enviado por: Bruna

    Ola, tenho uma divida no itau, e ja vai fazer 5 anos daqui 6 meses, me ligaram e ameaçaram ir pro juiz, eles disseram que vao ajuizar , e agora, sou obrigada a pagar a divida? no momento nao estou trabalhando e nao tenho como pagar.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/02/2011 - 23:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Mas é claro que é obrigada a dívida. Achou que ia comprar ou pegar emprestado e que não iria pagar nunca? A cbrana é devida. Procure a ajuda de um advogado para negociar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/02/2011 - 23:16
    Enviado por: maria

    devo um cheque 6.334,00 esta com 12 dia vencidos ja paguei a ele maior parte restando 1.640,00 hoje ligou me ameaçando q ate quinta nao pagar resto vai executar o cheque , pedi prazo 6 dias mas nao vai esperar ele falou q faço se cheque ta quase todo pago os valores q dei esta escrito atras do cheque me de uma resposta q pode acontecer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2011 - 23:21
    Enviado por: marra

    Tinha divida no bradesco e julho fa 2 anos estou nessa luta, entre cheques q voltou limite ja paguei mas de 60 mil, ai fui ao banco ainda tinha 6 mil devendo fui renegociei sei q 36 x 590 sbsudo ai dizem q principal e 10 mil, so agora deu outra crise e ja vai pra 4 parcela atrazada , pior q tenho carrinho q falta 6 parcelas quero saber se for quita-lo o banco me tomará ele? pois ele e o nosso meio de trabalho prestamos serviço com ele sem ele e impossivel trablhar. me ajudem q faço

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/02/2011 - 23:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ou paga ou será processada e terá o nome sujo. Não há outra alternativa. Tente renegociar, mas para honrar os compromissos dessa vez.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/02/2011 - 20:50
    Enviado por: Fernanda

    A mais ou menos 3 meses o bancou debitou do meu salário o limite que utilizei. Quando fui sacar meu salario a conta estava zerada tive que pegar emprestimo com juros altissimos para honrar meus compromissos,ja mais me negaria em acertar minha situação com eles. Acho que o banco tem direito sim bloquear o limite cobrar os juros devidos, poderia ter me ligado ou algo assim, quase enlouqueci tinha acabado de ter um bebe tive serios problemas por causa disso. O banco agiu corretamente? Afinal de contas eu ainda pago o emprestimo que fiz

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/02/2011 - 08:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Quando a conta está negativa qualquer dinheiro que cai é usado para diminuir o saldo. Isso é permitido ao banco. Se o salário cai automáticamente na conta, então o valor é usado para abater o saldo negativo. Não há irregularidade nesta questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/02/2011 - 17:49
    Enviado por: Rosi

    Estou com uma pendência no banco IBI,de algo proxímo de R$3.000,00 contrai essa divída por conta de um cartão de credito que fiz da loja C&A e não consegui honrrar com a divida,porém a divida está proxíma de pescrever (falta 1 mês)ou seja um mê para que meu nome saia do cadastro do SERASA. Trabalhei em uma empresa onde me solicitaram que abrisse uma conta salário no Banco Bradesco.Após ser disvinculada da empresa mantive a conta e honrrei com todas as taxas, por curiosidade pedi um extrato detalhado de minha conta e ao receber esse extrato das mãos da gerente eu recebi a seguinte informação que eu não poderia mais tirar emprestimos pois o banco IBI pertncia ao Bradesco e por determinação eu não poderia fazer esse tipo de transação.Recebo varios comunicados de prestadoras ,alegando que compraram essa divida ou que que a mesma foi repassada,há cartas de cobranças com tom bem intimidador e dizem que vão pedir penhora de bens.Detalhe (não tenho bens)
    Minha pergunta é?O Bradesco pode cobrar essa divida em nome do banco IBI?
    Sei que meus dados vão ficar cadastrado no Banco de dados do Bradesco ,minha divida pescrevendo eu poderei encerrar essa conta?
    E se um dia tiver que abrir uma conta pelo Bradesco eles podem se negar a isso? Levanndo em conta que o debito eu contrai pelo IBI.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2011 - 06:39
    Enviado por: lourinaldo

    ola! bom dia!
    Eu gostaria de saber, sobre uma divida q eu tinhna unibanco.
    Eles transferiram minha divida para o itú quando terninou o prazo de cobrança pode fazer isso? me dê uma resposta pois o itaú agaro ta me cobrando uma divida que não fiz com ele.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2011 - 16:42
    Enviado por: claudines antonio da silva

    Ola,
    Tenho uma divida com o cartão de credito, da mastercard, a quase um ano e não consegui pagar ainda, devido a problemas financeiros, quando foi dia 05/02 o banco retirou todo o saldo da minha conta para pagamento de cartão de credito, e o saldo que tinha la foi um deposito de proventos, o banco tem o direito de fazer isso? pois agora fiquei sem dineiro nenhum para cumprir ate mesmo com o meu aluguel mensal…
    me ajude por favor estou desesperado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/02/2011 - 03:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, pode, em nosso entendimento, está no contrato. Entretanto, existem pessoas que discordam deste entendimento. Procure um advogado ou ajuda no Procon se quiser contestar tal procedimento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/02/2011 - 22:39
    Enviado por: Ricardo

    Olá, em 2006 eu abri um processo trabalhista contra uma empresa em que trabalhei sem registro, sem férias, 13º ou qualquer benefício. Foi feito um acordo com a empresa e recebi tudo que era devido parcelado, até ai tudo bem. Agora anos depois a União entrou com um recurso sobre o INSS que deveria ser pago mesmo ficando comprovado que não havia vinculo empregatício, e foi dado provimento do recurso abaixo que joi julgado em Brasília:

    “Decisão: por unanimidade, conhecer do Recurso de Revista, por violação do art. 195, I, “a”, da CF/88, e, no mérito, dar-lhe provimento, para determinar o recolhimento da contribuição previdenciária sobre o valor total do acordo judicial celebrado, no percentual de 20% (vinte por cento) a ser recolhido pela empresa tomadora de serviços e 11% (onze por cento) a cargo do prestador de serviços.”

    Aí eu pergunto, esse valor que seria de aproximadamente 2600,00 pode ser retirado pelo governo da minha conta corrente sem aviso prévio?

    Estou desempregado e não posso perder essa quantia que tenho no banco agora de uma única vez, gostaria de parcelar junto ao INSS. O que posso fazer? tiro o dinheiro da conta até receber um aviso para fazer um acordo com o INSS? Tenho um carro financiado em Leasing, sendo arrendatário eles podem penhorar meu carro pra subtrair esse valor? O que devo fazer?

    Grato, Ricardo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/02/2011 - 14:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos ajudar neste caso, não é uma questão de direito do consumidor. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/02/2011 - 14:24
    Enviado por: Gisllene Rodrigues

    Meu sogro faleceu deixando um seguro paa minha cunhada, esta por sua vez, reuniu toda a documentação exigida e enviou para a seguradora (Caixa Ecenomica) mas agora não querem liberar ovalor alegando qua a conta corrente do meu sogro estava com saldo negativo. Que devo fazer??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2011 - 11:42
    Enviado por: tatiana

    meu marido fez um emprestimo na conta corrente dele mas ñ estamos conseguindo pagar ai eles estão comendo o pagamento dele isso pode acontecer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2011 - 14:19
    Enviado por: Carlos

    Boa Tarde, fiz um creddito pessoal no valor de 12 mil do qual paguei mais ou menos uns 6 mil e estava com minha conta em outubro de 2010 estourada em 7 mil, agora o banco mandou-me uma negociação no valor de 25 mil a vista ou 48×1050,00, porém não tenho condições ainda de fazer um acordo pois estou desempregado e o que tenho é um carro que não esta em meu nome no valor de 15 mil que queria vende-lo e pagar estas dividas, só que o banco fica ligando pra minha mulher e falando que vai levar os contratos para o juiz, o meu nome e o dela estão no spc e por isso tbm não consigo arruamar emprego…o banco é HSBC e não tenho nada em meu nome…o que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/02/2011 - 14:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      sua situação é ruim, não há o que fazer, a cobrança é perfeitamente legal. Procure um advogado e tente negociar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/02/2011 - 02:42
    Enviado por: lourinaldo

    ola!
    boa noite!..
    Eu tinha uma divida no unibanco, desde 2008 quando foi agora eles passaram a minha divida para o iatú, interessante q eu não tinha conta no itaú, dai eles abriram uma conta agora tão micobrando também o que devo fazer? me responda por favor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/02/2011 - 14:58
    Enviado por: juliana

    boa tarde! gostaria de saber se a divida do limite da conta corrente caduca?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/02/2011 - 09:27
    Enviado por: roberto

    bom dia , atrasei com meu cartao de credito bb ,ai fiz um reecaloneamento que foi dividido em 36 x sendo que quando faltava 7 prestaçoes eu quitei tudo, mas agora o banco nao me empresta dinheiro ,pois alegam que fiquei com um historico ruim com o banco, sendo que meu nome esta limpo e recebo 1700 no bb a tres anos , sera que com um advogado consigo um emprestimo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2011 - 04:11
    Enviado por: geraldo miranda da silva

    e possivel cancelar o debito minimo do cartao de credito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2011 - 18:50
    Enviado por: Gustavo Russo

    Eu tinha um débito com o banco Itau da minha conta juridica. Porém uma empresa de cobrança me apresentou um acordo no qual eu aceitei e efetuei o pagamento do mesmo, que foi no valor de R$2800,00. Entretando para meu espanto quando eu depositei dinheiro na conta, que seria o dinheiro para pagar a prestação de minha casa. Sem nenhum aviso, ou nehuma forma de contato, me debitaram um valor de R$760,00 e outro no valor de R$69,00, e no extrato constava como uma despesa de cancelamento de protesto. Porém acho muito estranho isso, pois se houve um acordo acredito que não houve um pretesto, sendo assim, conversei com o Itau, e eles me falaram para entrar em contato com o gerente da conta, ao entrar em contato com o gerente da conta eu expliquei que acho que é de ma fé me descontarem esse valor sem me avisarem e sendo também que isso deveria estar embutido no acordo. O gerente me falou que estava no horario dele ir embora e falou que não poderia me dar mais atenção, ai eu lhe perguntei o que eu faço, abor um processo contra vocês? e ele respondeu faça o que vocÊ quiser e desligou o telefone.. Acho que tenho todo o direito de processa-los ou não?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2011 - 19:02
    Enviado por: Raquel

    Boa noite Doutor.

    Sou funcionaria publica aposentada e tenho um emprestimo consignado no banco do Brasil já com margem de 30% hoje eles debitaram da minha conta o valor do cheque especial e não renovaram o valor então foram mais de 30% contando com o emprestimo foram mais 30% por cento q eles me tiraram e preciso deste dinheiro para me alimentar gostaria de saber se tem algo que posso fazer???Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2011 - 13:56
    Enviado por: helio

    paguei um acordo com o banco do brasil so q minha conta corrente continua bloqueada e eu preciso abrir uma conta no mesmo banco eu consigo abrir uma conta corrente nova em uma outra agencia do banco do brasil pois a minha agencia e muito longe e não tenho tempo pois ja estou trabalhando e a empresa só trabalha com o banco do brasil ? muito obrigado ate mais!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2011 - 16:37
    Enviado por: Amanda

    Meu cartão de crédito esta estourado.
    Gostaria de saber se eu posso depositar algum dinheiro na mesma conta do cartão, ou o banco vai pegar o dinheiro imediatamente para debitar a divida do cartão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2011 - 18:39
    Enviado por: Luciene

    Boa tarde, no ultimo dia 03, precisei desesperadamente quitar uma dívida, e fiz uso do LIS itaú, no valor de 180,00R$… só que estou morrendo de medo, no extrato diz que o vencimento é dia 20/03, queria saber o que devo fazer, é só depositar esse valor com os júros, na minha conta e pronto, ou vou ter que proceder de outra forma, não quero ter problemas com o banco.
    Por favor me dê sua opnião.
    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/02/2011 - 22:45
    Enviado por: inacio

    caro amigos,gostaria de obter a sequinte informaçao,fui procurador de uma empresa,e sem duvida representava a mesma em audiencia trabalhistas,um dos casos a empresa nao entrou em acordo,e para minha supresa a minha conta deve um debito judicial qualquer valr que eu depositar em minha conta particular sera retido conforme informaçao do gerente do banco.isso procede,nem funcionario da empresa sou e muito menos procurador.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2011 - 23:13
    Enviado por: ariely

    boa noite, meu pai fez uma conta corrente no bb, ele disse que foi lá e encerrou a conta, mas não tem certeza disto. Ele tem medo de que sua conta esteja ativa ainda. Como acabar com essa duvida, pois se de fato ainda estiver ativa, meu pai esta devendo muito ao banco do brasil. Somos de longe e banco mais proximo fica em outra cidade vizinha.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2011 - 18:29
    Enviado por: karla

    Tenho uma dívida com a CEF há mais de 5 anos. Meu nome já saiu do SPC e SERASA. Na época tiraram todo meu dinheiro de uma conta poupança (tbm na CEF) , mas que não era vinculada e colocaram na conta corrente para abater da dívida. MInha dúvida é: Se eu movimentar minha conta poupança hj na CEF eles podem tirar o dinheiro da poupança para abater a dívida? Se no contrato eu tenha autorizado previamente (eu não sei) eles podem? Mesmo depois dos 5 anos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/02/2011 - 22:29
    Enviado por: Júnior

    Boa noite!! Tinha uma conta corrente do Unibanco, cujo limite estava estourado. O Itaú adquiriu o Unibanco e minha conta migrou para o Itaú. Antes da migração tinha aberto uma nova conta corrente no Itaú em outra agência. Nesta conta corrente não tenho limite, mas recebo salário e faço minhas movimentações por ela. Agora o Itaú debitou o limite da antiga conta corrente do unibanco, na minha nova conta corrente. Isto é permitido??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2011 - 15:32
    Enviado por: Patricia

    Boa tarde! Tenho uma divida no banco do Brasil, que ja foi pra cobrança, mas como não afetuei o pagamento ocorreu quebra de acordo, fui ao banco e minha conta esta bloqueada. Mesmo com o prazo de tres anos eu tenho que pagar ou prescreve a divida?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2011 - 16:57
    Enviado por: Alan

    Minha esposa tem uma dívida feita na caixa economica federal na época em que ela tinha firma registrada…só que a firma foi a falencia e agora ela e funcionária pública recebendo um salário mensal…só que agora o banco bloqueou qualquer valor que entrar na conta…e agora o que posso fazer se este é o unico ganho dela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/02/2011 - 17:52
    Enviado por: Luís Silva

    Tenho uma dívida com um certo banco,é permitido abrir conta salário neste mesmo banco?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2011 - 19:11
    Enviado por: ailton

    tenho uma divida com o banco do brasil e agora vou receber pela empresa que eu trablhei numa conta judicial expedida pelo juiz o banco pode debitar esse dinheiro meu na minha conta corrente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2011 - 09:13
    Enviado por: karla

    Eu falo eu não sei pq talvez no contrato para abrir a conta corrente, tenha essa cláusula (autorização).

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2011 - 13:14
    Enviado por: Monica Ramos

    Boa Tarde!
    Meu marido é sócio de uma empresa que está inativa desde 2003 e está inadimplente junto a Receita Federal nesta mesma data. A conta corrente dele foi bloqueda.Isso pode acontecer comigo? Pois tenho conta-corrente e uma poupança onde minha mãe é titular.
    Certa da atenção,
    Monica

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2011 - 00:07
    Enviado por: ludibriado presão

    recebi uma ligação a qual falavam de seguro de vida eu disse que não tinha interesse pois ja tenho um seguro a pessoa que ligou ficou ne enchendo o saco um tempão falando falando muito e a idiota a qui acabou por aceitar a mer….d do seguro hoje quando recebi um envelope pelo correio vi a cagd que foi feito pois não tenho interesse algun em ter outro seguro e quero canselar mas ja fiz de tudo e mão consegui. acho que vai rer prescizo canselar e meu cartão e mandar a Bv pro raio que o parta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2011 - 13:05
    Enviado por: brenda

    ola.. minha mãe fez um acordo des do ano passado com o banco real, e esse acordo estar sendo debitado da nossa conta corrente automatomaticamente. Tudo certo ate ai.. porem ela estar devendo tambem o cartao de credito que é do banco tambem,ela estava esperando o acordo acaba(agora em abril) para fazer outro acordo para efetua o pagamento dessa divida. Aconteceu que nesse mês agora de março, fui sacar nosso dinheiro e tive um susto ..!! o banco real retirou alem do dinheiro do acordo uma outra contia alta.Fui ao banco com minha mãe ie a gerente alegou que era reverente ao cartão de credito falei que essa atidude do banco foi ilegal pois nao teve nenhuma notificaçao ao correntista, ela simplismente dissi que era o sistema..e que iria ver o que resolveria. Gostaria de saber se isso é legal? OBS: Des do começo do acordo estava sendo debitado tarifas de serviços que minha mãe não estava utilizando(detali quando eu mostrei a gerente o extrato e minha perguntou á que se referia esses outros falores(taxas) que ela não sabia, a gerente rapidamente meio assustado pegou o extrato e falou que iria cancela.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/03/2011 - 14:09
    Enviado por: wanderley

    boa tarde
    Caro Advogado de Defesa:

    vou ser breve, sou correntestia em um banco ( REAL) fiz um emprestimo há 2 anos atraz, na 6 prestação não consegui pagar mais, nesta conta eu resebia o meu salario, solicitei ao DP que me fizese o magamento em cheque ate ai tudo bem, se passando dois anos a empresa se recusa a nao mais me forneser cheque. A PERGUNTA E O BANCO NAO PODERIA ABRIR UMA CONTA SALARIO ? SE A EMPRESA DEPOSITAR O RENDIMENTOS O BANCO PODE PEGAR, E SE EU FAZER UMA TRSFERENCIA PARA OUTRO BANDO

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/03/2011 - 17:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco pode se recusar a abrir conta salário, pois não é obrigadoi a aceitar quem quer que seja como cliente. E a empresa também pode se recusar a fazer o pagamento em cheque.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/03/2011 - 04:39
    Enviado por: rodrigo

    tenho uma divida com o itau pessoa fisica

    vou abrir uma conta salario!!

    o banco pode mexer no meu salario?? Obigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2011 - 08:37
    Enviado por: CINEIA

    bom dia! tenho uma conta no bb e não devo nada neste banco, mas tenho meu nome no spc. por este motivo o banco pode bloquear minha conta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2011 - 09:31
    Enviado por: Liana

    Bom dia,

    eu estou na justiça para reaver uma aposentadoria por invalidez , que nao recebo desde 12/2009 ,sofro de transtorno bipolar e por causa desta doença abandonei faculdade , trabalho etc…
    como tinha um emprestimo consignado , que nao é pago desde 12/2009 , tenho tentado trabalhar para ajudar a sustentar minha familia e comprar meus remedios que são bastante caros. este mes quando depositei o meu salario no banco , a caixa bloqueou e ontem qdo fui ao supermercado e fui pagar minha compra nao tinha dinheiro.hoje nao tenho dinheiro nem pra comprar meus remedios e etc. estou recebendo com o que cponsegui arrumar a medade que recebia antes, e ainda assim o banco bloqueia. em janeiro fui ao banco e convercei expondo minha situação. o que devo fazer?
    será que tenho que entrar na justiça por danos mateirais ou morais?
    me ajudem por favor

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/03/2011 - 17:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você não explicou porque o banco está bloqueando a conta. Pelo que você contou, o banco nada fez de errado, tem o direito de bloquear e descontar o dinheiro de dívidas em aberto, dependendo do tipode contrato que foia assinado com o banco. Procure a ajuda de um advogado para renegociar com o banco ou questionar a dívida na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2011 - 19:31
    Enviado por: jorge

    TENHO UMA CONTA NA CAIXA ECONOMICA,
    QUE FOI ABERTA PARA RECEBER A MINHA APOSENTADORIA,
    O BANCO ME OFERECEU UM CHEQUE ESPECIAL,
    E TODO MES E DESCONTADO EM MINHA CONTA UM VALOR APROXIMADO DE R$180,00 REAIS DE JUROS DE ULTILIZAÇAO DO LIMITE DO CHEQUE, E NAO ESTAR SOBRANDO PRATICAMENTE NADA DA MINHA APOSENTADORIA, POR FAVOR ME AJUDEM O QUE DEVO FAZER?
    ESTOU COM O NOME NA SUJO E NÃO TENHO COMO ABRIR(TRANSFERIR)
    A MINHA CONTA DE APOSENTADORIA PARA OUTRO BANCO.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/03/2011 - 20:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo temos como ajudar neste caso, não há irregularidade alguma no procedimento do banco. Se quiser questionar a abusividade dos juros na Justiça, procure a ajuda de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2011 - 22:48
    Enviado por: ELISANGELA

    VENDI UMA EMPRESA QUE TEM DIVIDAS COM O BANCO BRADESCO, SE O COMPRADOR NÃO QUISER PAGAR MEU CPF PODE SER NGATIVADO?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/03/2011 - 23:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, essa é uma questão de direito comercial, e não de defesa do consumidor. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/03/2011 - 23:13
    Enviado por: ELISANGELA

    MAS HOJE EU SOU CONSUMIDORA, PERGUNTO SOBRE MEU CPF, SOU PESSOA FISICA E EX CLIENTE DO BRADESCO. POSSO TER MEU CPF NEGATIVADO PELO O BANCO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2011 - 22:39
    Enviado por: Marlene

    Fiz uma renegociação de dívida com o Banco Real e autorizei a descontar de qualquer conta corrente de qualquer banco o valor das prestações caso não pagasse e parei de pagar as prestações ha 3 anos, queria saber se eles podem descontar ou bloquear o dinheiro que vou receber do FGTS se estiver na minha conta poupança da Caixa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2011 - 18:41
    Enviado por: Roney

    Olá, eu posso abrir uma conta salario mesmo tendo uma conta corrente com saldo devedor em um mesmo banco? ou sou obrigado a quitar primeiro a divida da conta corrente pra poder abri a conta salario?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/03/2011 - 16:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Cada banco tem o seu procedimento. O banco pode recusar a abertura de conta-salário para quem tem dívidas sem acordo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2011 - 13:02
    Enviado por: Luis

    Boa tarde, Tenho uma dívida antiga com o banco real e esta semana quando recebi meu salário no banco santander foi descontado 90% do salário com o comunicado de recuperação de crédito em atraso. A gerente falou que é relativo a dívida no real. O banco pode agir assim, eu tentei negociar a dívida anteriormente mas não chegamos a um acordo e agora eles limparam meu salário e não poderei pagar as contas. Isso é correto??

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2011 - 22:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que impeça tal procedimento. Tente a ajuda do Procon para renegociar as condições desse contrato e evitar novos descontos, mas o banco tem essa prerrogativa em relação a inadimplentes. é possível, contudo, questionar na JUstiça essa cláusula contratual.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2011 - 13:54
    Enviado por: Fabio

    Olá.
    Tinha uma divida com o banco real e foi repassada para o banco santander.
    Essa divida eu paguei aproximadamente 9 parcelas e depois fiquei inadimplente. Entre acordos e novas inadimplencias, paguei alem das 9 parcelas de aproximadamente 600,00, uns 3 acordos de aproximadamente 1500 reais cada. Sendo que ainda me cobram hoje, para quitar uma divida inicial de 9000 reais, um valor de 15000. Se for parcelado, querem 35000. Como posso proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2011 - 22:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      OU paga ou questiona a dívida na Justiça, com chances remotas de sucesso. O banco ainda foi tolerante com as sucessivas inadimplências e acordos. Procure a ajuda de um advogado para renegociar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2011 - 14:36
    Enviado por: Eliane Diniz

    Tenho uma dívída de cartão de crédito do banco real (hoje banco Santander)de 3 anos atrás. Não movimento mais essa conta. Porém, sou segundo titular da conta da minha mãe no mesmo banco. O banco fez um saque na conta dela sem aviso e sem acordo algum. Fui tirar satisfação com o gerente e o mesmo me informou que se tratava de um acordo comercial para pagamento de uma fatura de cartão de crédito antiga. O banco pode agir dessa forma? E a conta é da minha mãe.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2011 - 22:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que impeça tal procedimento, já que é uma conta conjunta. Tente fazer uma reclamãção no Procon e tentar renegociar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2011 - 16:47
    Enviado por: Lilian

    Boa tarde

    Gostaria de saber se um banco pode se negar em abrir uma conta para minha filha menor, porque tenho restrições em meu nome?
    Esta conta seria conta salario.
    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/03/2011 - 18:13
    Enviado por: Erika

    Debitaram sem aviso algum, r$ 799,02 descontados de minha conta no banco santander (conta que somente recebo salario)
    tive uma conta no real, que tenho debitos.
    mnha conta no real é anterior à data de abertura da conta do santander. não fui avisada. não assinei nada. como podem tirar dinheiro assim de nossas contas?
    isso é legal? o que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/03/2011 - 21:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Procure um advogado e processe o banco por danos morais..

      responder este comentário denunciar abuso
    • 29/03/2011 - 10:25
      Enviado por: Wanderley Gomes

      Estou em situação semelhante,uma divida antiga do Real, que estão debitando da minha conta salário do Santander.Em algumas respostas, foi colocado que cabe ação por danos morais, em outras que o banco pode executar tal procedimento, no entanto se deve recorer a justiça.Em suma , pelo que entendi a lei permite essa ação, do Santander descontar de meu pagamento em conta salário, valores devidos do antigo banco Real.É isso?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/03/2011 - 20:06
    Enviado por: Alisson

    Olá,
    Houve uma fraude em minha conta do Santander e sacaram mais de R$3000,00. Passei maus momentos pois o banco demorou a restituir. Agora o Banco retirou mais R$900,00 de minha conta, dizendo que eu tinha uma dívida no Banco Real que agora é Santander, isso é Legal? cabe alguma ação?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2011 - 11:24
    Enviado por: Marina

    Sou correntista do banco santander e ontem quando recebi meu salário, vi que eles haviam simplesmente resgatado meu salário todo para pagar uma divida de crédito em atraso. Liguei no santander, e eles me informaram que era devido a uma divida do banco real que eu tinha de 1 anos e meio atras. Contestei que eles não podem fazer isso, já que a divida foi adquirida em outra conta corrente, quando o real ainda não era do santander. Informaram ainda que qualquer valor que venha a creditar na minha conta do santander, seria resgatado para pagar a divida do real até que ela fosse quitada comp-letamente. Isso é correto?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/03/2011 - 20:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é correto. Procure o Procon e um advogado para processar o banco.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 29/03/2011 - 10:38
      Enviado por: Wanderley Gomes

      Estou na mesma situação da Marina, mas em outros comentários semelhantes, é informado que o banco pode tomar essa atitude, sendo o melhor procurar um, advogado para ver tal ação.Afinal o banco pode ou não fazer isso?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/03/2011 - 15:03
    Enviado por: Nestor

    Boa Tarde!
    Tenho uma dívida com meu cartao de credito do banco Santander há dois anos, e devido alguns problemas financeiros nao pude pagar. hoje ao tirar meu extrato de conta corrente vi que o banco tinha retirado da minha conta 280,00 reais sem meu consentimento e autorização. O banco pode retirar da minha conta esse dinheiro para ir abatendo as dívidas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2011 - 16:50
    Enviado por: Marina

    Muito obrigada Marcelo!
    Hoje me dirigi a minha agência e meu gerente bateu o pé que era correto e que eles podem fazer isso sim! Não importa se o banco será processado, mas eles podem fazer. Foi o que foi me dito! Você saberia em qual artigo fala que não pode isso? No que é fundamentado? Fiz um acordo, e eles devolveram meu salário, porém se a negociação for rejeitada, eles irão continuar debitando da minha conta!
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/03/2011 - 17:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não sei ao certo qual é a norma do Banco Central que regula ese tópico, mas seja como for, a Justiça está coalhada de decisões favoráveis aos clientes em situações como essa. Procure o Procon para auxiliar em uma eventual reclamação contra o banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/03/2011 - 01:10
    Enviado por: tati

    Olá!!! Meu esposo tem uma divida no banco real ( cartão de credito)a alguns anos… Eles mudaram o cartão dele so pra debito e ele recebe o salario mensal por essa conta, q o proprio banco real nao descontava nada da divida, só q agora como o banco passou para santander ele foi receber o adiantamento e eles tinha cobrado o valor de 129,00 de pagamento de divida antiga descontaram sem a autorização dele? … Ele foi na gerente do banco q disse q iram descontar ate a quitação da divida toda. Eles podem fazer esse procedimento de desconto? E meu esposo conseguiria fazer outra conta para recebimento de salario em outro banco estando com o nome sujo em 2 bancos( banco real e banco brasil)?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/03/2011 - 22:50
    Enviado por: vagner

    Boa noite,o banco itau está processando a minha empresa,tive uma queda muito grande e tive q fechar minha loja e ñ conseguir pagar as contas,agora o banco ja coloco no judiciario,e esta me ameçando tomar os meus bens,mas a unica coisa q tenho no meu nome é uma casa finaciada pela caixa e ñ tenho mais nenhum bem,está casa está alugada para poder pagar a prestação,estou morando com mihna ex esposa(ñ casamos no papel) que está me ajudando muito nessa hora o q devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2011 - 15:30
    Enviado por: Marcio Nunes dos Santos

    Prezados solicito ajuda.
    Há algum tempo solicitei um cartão de credito do Santander bandeira mastercard e o usei com sabedoria e equilibrio sempre pagando o total das faturas. No entanto a dois anos atraz minha esposa ficou doente necessitando de uma cirurgia coberta pelo meu plano de saúde somente atravéz de reembolso,a conta ficou em 1790,00 reais e só fui reembolsado pela empresa no valor de 760,00. Diante da necessidade de pagar a Médica fiz saques no cartão de credito no valor de creio 1200,00 que cujas prestações mensais somadas aos gastos que já haviam no cartão ficaram além da minha condição de pagamento, resultado inadimplencia.
    Acontece que eu tinha uma conta no banco Real bem antes da fusão do mesmo com o banco Santander na qual recebo meu pagamento mensal. Acontece que a fusão se concretizou e agora tive um débito na minha conta corrente referente segundo o banco Santander ao minimo do cartão de credito e fui informado que esse debito ocorrerá mensalmente até que eu quite o debito do cartão que agora se encontra em mais de 3000,00.
    Nunca autorizei pagamento de fatura de meus cartões de credito em debito. É legal o procedimento do banco nesse caso? como eu posso agir para que os debitos não sejam feitos na minha conta?
    Agradeço desde já a ajuda de vocês.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/03/2011 - 17:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que impeça o banco de fzer isso, embora haja decisões judiciais que considerem o procedimento ielga. Procure o Procon ou um advogado para processar o banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/03/2011 - 12:08
    Enviado por: leonardo cosme

    Comprei um apartamento,financiado deu uma entrada,para o proprietario,e ainda não passei no meu nome tanto o financiamento,tanto a escritura,porem fiz um contrato de sessão de direitos,e reconhecir firma,eu assumir as prestaçoes,porem fui ate a caixa ,para transferir a divida, a caixa me falou que o vendedor tem que estar com o nome limpo,porem o mesmo esta com dividas em bancos,tanto fisica como juridica,eu pergunto porque ele tem que estar com o limpo sendo que e eu que tenho que estar,e tambem se eu posso perder esse apartamento sendo que tem dividas em bancos,mas ele me disse que não colocou o imovel como garantia.por favor me ajude..

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/03/2011 - 17:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A exigência do banco não é ilegal, é uma condição que o banco exige. É possível que o negócio seja cancelado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/03/2011 - 12:29
    Enviado por: elvira

    Sou funcionária pública aposentada e tenho uma dívida com o Banco do Brasil que vem me atormentando há meses. Tenho empréstimo consignado em folha, de outro banco, no valor de 30% do meu salário. Fiz um outro empréstimo pela Nossa Caixa, para desconto em conta corrente que hoje, pelo Banco do Brasil, consta com empréstimo consignado em folha, embora continue sendo descontado em conta corrente (O BB não mantém, segundo a gerente, conta salário). O Banco do Brasil também cortou meu cheque especial e, sob a ameaça de descontar o valor integral do meu salário (valor igual ao usado no cheque especial), vi-me obrigada a fazer uma renegociação com juros muito superiores aos dos empréstimos feitos pelo banco aos funcionários. No final do ano o Banco não descontou nada data do recebimento o valor de um adiantamento do 13º. Quando fui conversar com a gerente a respeito do acerto a ser feito, já havia uma proposta de renegociação que acabei assinando antes de qual quer reflexão. Eu tenho a impressão de que somos induzidos a contrair empréstimos quando estamos aflitos. Total: Não estou conseguindo me manter, pois os descontos de meu salário líquido ultrapassam 50%. Preciso pagar aluguel, contas diversas, alimentação, empréstimos que são feitos pelos meus familiares todos os meses para que eu possa me manter com alguma dignidade. Sinto-me humilhada em ter de pedir dinheiro à família, após uma vida de trabalho. Já tentei, por diversas vezes, negociar com o banco o aumento do número de parcelas para pagamento da dívida, mas isso sempre foi negado, pois tenho restrição por dívida em outro banco ainda não negociada. Não quero deixar de pagar o Banco do Brasil, mas não posso ficar sem salário. Se eu não pagar as prestações dos empréstimos, a gerente informou que serão descontadas no próximo depósito na minha conta, seja ele de salário ou não. O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/03/2011 - 17:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Aparentemente não há irregularidades promovidas pelo banco em seu relato. O que pode ser feito é uma renegociação em padrões mais civilizados, com a ajuda de um advogado, ou questionar a dívida na Justiça, com o risco de derrota e a dívida aumentar ainda mais. Para as duas coisas, é necessário um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 01:41
      Enviado por: Oliveira

      Minha cara Elvira!
      Primeiramente lamento discordar em parte do colega Marcelo Moreira, onde farei um resumo abaixo o que ocorre:
      Quanto aos empréstimos consignados (descontados direto na Fonte), você não poderá fazer NADA, apenas aguardar o fim do contrato.
      Com relação ao restante da sua aposentadoria depositada, NENHUM BANCO PODERÁ TOCAR (Artigo 7º, Inciso X da Constituição Federal e o Artigo 649, Inciso IV do Código de Processo Civil). Mesmo sabendo disso, eles (os Bancos) costumam ABUSAR dos clientes menos informados.
      Quanto às propostas da gerente de SEMPRE RENEGOCIAR (quase sempre com juros pela hora da morte, e ameaçando o cliente), está em desacordo com o Código do Consumidor em seu Artigo 51, Inciso IV).
      Infelizmente, a maioria dos advogados neste MUNDÃO QUE É O BRASIL, não gostam de entrar com ações contra Bancos sobre este assunto. Dizem que existe uma tal “Lista Negra”.
      O meu conselho seria: faça uma carta EDUCADA colocando a sua atual situação financeira precária em função dos empréstimos que fora obrigada a fazer com receio de que fique sem a sua aposentadoria, mencione os Artigos que informei acima e solicite A EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA DÍVIDA para estudar uma forma de como irá amortizar sua dívida, não esquecendo de datar, assinar e principalmente PROTOCOLAR no Banco.
      IMPORTANTE: não esqueça de mencionar também na carta, o seu RG, CPF e o número da Conta Corrente.
      Espero ter ajudado de alguma forma! Que DEUS a abençoe!
      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/03/2011 - 00:03
    Enviado por: Yaros

    Tenho uma divida com o banco do brasil e fui negociar com , só que eles disserão que venderam a dívida e só poderei negociar com a empresa que comprou. Resumo a empresa so parcela em 24 meses, para mim o valor é muito alto e banco nao quer negociar por lá. O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 00:42
    Enviado por: ILSON

    OLÁ! DESDE JÁ GRATO PELA ATENÇÃO. TENHO UMA CONTA CORRENTE COM UM CARTÃO DE DEBITO E CRÉDITO,ESTOU DEVENDO O LIZ QUE USEI E ALGUMAS TAXAS DE MANUTENÇÃO DA CONTA,GOSTARIA DE SABER SE O BANCO PODE BROQUEAR OU CANCELAR MEU CARTÃO PARA CREDITO MESMO COM AS FATURAS PAGAS EM DIA, PELO NA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 06:57
    Enviado por: Luis

    Tenho uma divida com o banco real em 2008, no total a divida chegava a 5,5 mil e hoje a divida esta em 40 mil, fiz varias tentativas de contato com o banco para regularização e tirar esses juros exorbitantes porem sem sucesso e desde que houve a fusão com o banco Santander que e aonde tenho conta, o banco vem descontando dinheiro da minha conta sem a minha autorização e a minha conta e salário. Algum banco pode descontar dinheiro do correntista, visto que a minha conta e salário e eu não autorizei debito algum na minha conta ?
    Tem como eu ser resarcido desse prejuizo que estou tomando ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/03/2011 - 16:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que impeça tal procedimento, mas é possível questioná-lo na Justiça. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 02:00
      Enviado por: Oliveira

      Olá Luis!

      Existe a nossa Carta Magna (CONSTITUIÇÃO FEDERAL)Artigo 7º, Inciso X e também o Artigo 649, Inciso IV do Código de Processo Civil, entre outros, que poderão ajudá-lo junto ao Banco.
      Uma cartinha bem educada mostrando a sua situação precária de manutenção própria e da família, colocando os Artigos mencionados acima e pedindo a EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA DÍVIDA para que você possa dentro das suas posses amortizar as dívidas, protocole no Banco e aguarde uma resposta!
      Espero ter ajudado! Fique com DEUS!
      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 21:55
      Enviado por: Oliveira

      Olá novamente Luis!

      Existem algumas formas de entrarmos com petições junto ao Banco credor, de uma forma paliativa, antes mesmo de tomarmos medidas RADICAIS de tal forma possamos montar uma “juntada” bem formulada para que , no futuro próximo, caso não haja um acordo plausível, termos condições de entrar através do Juizado Especial Cívil, desde que o valor do montante do débito (solicitando ao Banco: A EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA DÍVIDA),não ultrapasse 40 (quarenta) salários mínimos vigentes na época. Precisaríamos delinear com cuidado a sua situação. Para tanto, precisaríamos estreitar os nossos relacionamentos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/03/2011 - 18:52
    Enviado por: cláudio luiz

    eu quero negociar meu debito pela internt como faço.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/04/2011 - 22:17
      Enviado por: Oliveira

      OLá, Cláudio!
      Negociar um débito pela Internet, nem sempre é uma “boa”. Caso você não possua meios para se deslocar até ao seu credor, constituir um (a) procurador (ra) de confiança, poderia ser uma forma de ficar bem mais próximo do “tamanho do seu problema”. Entre em contato conosco! Quem sabe! As coisas poderiam tomar um caminho bem melhor e menos dispendioso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/03/2011 - 15:03
    Enviado por: Laura

    Tenho nome sujo e ate um processo por nao ter pago uma loja, depositei uma quantia na minha poupança e essa quantia foi bloqueada. aparece como saldo bloqueado.. isso tem alguma coisa haver? o que eu faço? nao tenho condiçoes de pagar o que devo e preciso do dinheiro que depositei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2011 - 15:31
    Enviado por: Laura

    Meu nome esta no SPC, por quanto tempo ele ficara lá?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/03/2011 - 19:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Cinco anos.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 22:07
      Enviado por: Oliveira

      Olá , Laura!
      Em situação normal, o credor só poderá manter seu nome com restrições por um período não superior a 05 (cinco) anos. No entanto, é preciso que NÃO haja nenhum tipo de “ACORDO” com determinadas empresas que “compram sua dívida” nesse ínterim.
      .

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/03/2011 - 14:39
    Enviado por: Joao Maria

    Seguinte o tenho limite de cheque especial de 2200,00 e utilizei no mes de fevereiro algumas vezes…e no final do mes estava em 2155,00 negativos…ai no dia 01/03 o banco debitou os juros e IOF e acabou dando + ou menos 100,00 acabou que estourou em 55,00 alem do limite mas acredito que o banco nao poderia ter debitado os juros sem ter saldo em conta…acabou que o banco debitou mesmo assim os juros+ioc e ainda por cima mais uma taxa de 30,00 por ter estourado o limite da conta. isso foi o Banco do Brasil. eu posso processar o banco por danos morais? por ter debitado um valor sem ter saldo na conta?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/03/2011 - 17:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Achamos que não, o banco não fez nada de errado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 22:34
      Enviado por: Oliveira

      Olá, João!
      Conforme o contrato firmado com o Banco para utilização do “cheque especial”, com certeza já estavam embutidas as custas pelo uso.
      Pela minha análise, acredito que você ficou “positivado” mesmo que seja com a grana do Banco (cheque especial), logo após a entidade ter debitado os valores acordados. Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2011 - 09:22
    Enviado por: Lara

    Eu tinha conta universitária no banco real e o limite era alto. Meu pai utilizou alguns cheques meus (no valor do limite) há 3 anos e nunca pagou. Hoje a dívida está em torno de R$11.000,00 e não sei como proceder. Qual seria a melhor forma de resolver esse problema??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2011 - 10:02
    Enviado por: fabricio

    Tenho divida em um banco.Porém não possuo bens nenhum, sou estudante e minha conta é uiversitária. Agora tive uma carta colocando ameaças de cobrança judicial e penhora de bens. Se não possuo nada o banco pode entrar com o pedido de toma de bens de meus familiares?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2011 - 17:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que não..

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 22:48
      Enviado por: Oliveira

      Olá , Fabrício!

      Gostaria poder ajudá-lo! Ter uma dívida com um Banco onde você tem uma conta universitária, minha equipe ficou realmente curiosa. Caso pudesse detalhar o ocorrido, possivelmente poderíamos dar-lhe uma “luz no fim do túnel”, desde que não fosse a vinda de um trem.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/03/2011 - 18:13
    Enviado por: Alexandre

    Caros colegas, estou com ma situação extremamente dificil pois tenho uma divida muito alta com o banco BRB, e agora obtive a oportunidade de trabalhar novamente no GDF por cargo em comissao , so que a questao é o seguinte so posso receber por este banco e ele se nega a abrir a conta somente para receber o salario, querem que eu negocie a divida coisa que vai ficar impossivel pois o salario nao paga nem a parcela e tenho filho pequeno para cuidar estou deseperad sera q existe alguma solução para minha questão??? por favor me ajudem….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2011 - 19:26
    Enviado por: Alexandre

    Sera que existe alguma possibilidade de receber este meu salario em especie??? pois se a empresa me obriga a receber no brb e pelo mesmo estou impossibilitado por dividas, ou sei la alguma forma de obrigar eles a abrirem a outra conta e debitar apenas o que é de minha capacidade de pagamento pois vou receber apenas o suficiente para sobrivivencia e preciso trabalhar para sanar minhas dividas mas desse jeito nao terei dinheiro nem para comer..Por favor me ajudem me deem o caminho agradeço a todos pelo carinho e atenção….

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2011 - 21:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A empresa tem o direito de pagar os funcionários do jeito lhe for mais conveniente – desde que não seja um meio de pagamento esdrúxulo. Em nossa opinião não há o que fazer. Tente alguma solução com o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/03/2011 - 08:33
    Enviado por: Celso

    meu cheque especial esta estourado e os meus cartoes tbm como devo resolver isso se o meu pagamento cai direto nessa conta, existe uma possibilidade de cancelar o cheque especial mesmo com divida, para tentar uma negociação sem mexer com o meu salario. gostaria de juntar todos os cartões de credito e cheque especial e fazer um acordo para o pagamento de tudo parcelado ou a melhor ideia e fazer por meio judicial, pois ja tentei fazer isso e minha gerente disse que nao posso cancelar o cheque especial sem antes cobrir o saldo negativo, com isso nao consigo sair do meu especial. outra coisa já fiz um emprestimo para quitar todas as dividas e mesmo assim continuo endividado. já tomei uma providencia nao gasto com mais nda. cortei o seguro do carro, seguro de residencial, estou cortando a capitalização porem é pouco o valor para receber. por favor peço uma ajuda uma luz para que eu possa sair de vez dessa historia. desde já agaradeço atenção de vcs.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/03/2011 - 21:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos ajudar. Você precisa da ajuda de um consultor financeiro ou de um advogado que o ajude a renegociar as dívidas, se for o caso.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 23:25
      Enviado por: Oliveira

      Como vai Celso?

      Com tantos problemas seria ridículo da minha parte fazer uma pergunta desta (Como vai Celso?). Mesmo assim, é válida! Por quê? Em primeiro lugar esfriar a cabeça antes que ela estoure como os “cartões de crédito”.
      Uma pergunta bem simples: o Cheque especial e os cartões de crédito pertencem à mesma instituição? (mesmo banco?). Caso positivo, minha equipe poderá encontrar a tal “luz” que você tanto espera. Caso negativo, ficará ainda mais fácil.
      meu cheque especial esta estourado e os meus cartoes tbm como devo resolver isso se o meu pagamento cai direto nessa conta, existe uma possibilidade de cancelar o cheque especial mesmo com divida, para tentar uma negociação sem mexer com o meu salario. gostaria de juntar todos os cartões de credito e cheque especial e fazer um acordo para o pagamento de tudo parcelado ou a melhor ideia e fazer por meio judicial, pois ja tentei fazer isso e minha gerente disse que nao posso cancelar o cheque especial sem antes cobrir o saldo negativo, com isso nao consigo sair do meu especial. outra coisa já fiz um emprestimo para quitar todas as dividas e mesmo assim continuo endividado. já tomei uma providencia nao gasto com mais nda. cortei o seguro do carro, seguro de residencial, estou cortando a capitalização porem é pouco o valor para receber. por favor peço uma ajuda uma luz para que eu possa sair de vez dessa historia. desde já agaradeço atenção de vcs.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/03/2011 - 15:43
    Enviado por: ALINE

    QUERO FAZER UM EMPRESTIMO DO SERVIDOR ESTADUAL DE GOIAS Q SÓ PODE SER DEPOSITADO EM MINHA CONTA VINCULADA AO RECEBIMENTO DE MEU SALARIO Q É DA SECRETARIA DO ESTADO DE GOIAS, SÓ Q TENHO UMA DIVIDA NESSA CONTA Q JA ULTRAPASSOU OS LIMITES DO Q POSSO PAGAR. QUAL O VALOR PODE SER RETIDO PELO BANCO ASSIM Q ESTE EMPRESTIMO CAIR NESSA CONTA? EMPRESTIMO VALOR DE 5000 E DIVIDA VALOR DE 20000……

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/03/2011 - 20:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há limite para o desconto na conta, o banco pode descontar o valor total da conta, se for caso. Muita gentem entretanto, está ganhando na Justiça o direito não ter a conta mexida. Mas a dívida precisa ser paga um dia.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 23:00
      Enviado por: Oliveira

      Olá, Aline!

      Antes de concretizar o tal empréstimo de R$ 5.000,00 que serão depositados em sua conta, que você relata ter um débito de R$ 20.000,00 nela. Antes de tudo é saber: que tipo de débito é este? A conta é salário, ou conta corrente onde são depositados os seus vencimentos do trabalho, aposentadoria, pensão, etc? Entre em contato conosco que daremos os caminhos a serem seguidos, ok? 20.09.52@gmail.com.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/03/2011 - 17:21
    Enviado por: Alexandre

    Obrigado marcelo pelas explicações e na data de hj procurei a agencia na qual eu devo e a gerente me propos 90 parcelas de 800,00 um absurdo irá reter 100% dos meus proventos pois o cargo que me nomearam é em comissão (confiança) e não tem como trabalhar somente para ser paga a divida e quem vai cuidar da minha familia?? Andei vasculhando a net atras de algumas informações e obtive uma informação que acho que pode se aplicar ao caso uma servidora daki mesmo do DF ganhou uma causa contra o BRB obrigando o desconto de apenas 30% de seu salario, sera que com essa decisão abre brechas para que se possa ser aplicada a mais clientes??? Posso tentar por este meio??? A liminar para desconto deste 30% pode demorar sair e ate sair o banco irá reter a totalidade do meu salario??? Agradeço a ajuda e me desculpe por alguma coisa e que suas informações estão sendo de grande valia para mim pois preciso muito saber como devo proceder pois preciso muito deste salario para sustento de minha familia….Obrigado novamente e aguardo a resposta….

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/03/2011 - 20:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Neste caso só mesmo tentando evitar a retenção do dinheiro na Justiça, por meio de advogado, mas antes procure o sindicato de sua categoria, talvez possa haver algum tipo auxílio jurídico gratuito.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/04/2011 - 18:21
    Enviado por: luciano paulo

    boa noite.fiz um emprestimo consignado no banco real em uma empresa que trabalhei a 3 anos atraz ,sai da empresa paguei os 30% e fui para outra empresa o banco nunca me procurou..abri outra conta em outra empresa e nunca descontaram entrei em outra empresa e estou com a mesma conta e agora o santander cobrou 458 reais do meu adiantamento sem me avisar,tentei negociar mas os valores que estao me cobrando nao da para eu pagar,,vou pedir conta da empresa o banco pode cobrar os 30% de novo?posso pedir para a empresa depositar em outra conta?ou devo entrar na justiça pois quero pagar mas do jeito que eles exigem nao da para pagar e agora?alguem pode me ajudar de verdade?pois segunda vou pedir conta na empresa

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/04/2011 - 19:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos essa informação. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 01/04/2011 - 21:17
      Enviado por: luciano paulo

      o advogado seria especialista em direitos do consumidor?me de uma luz estou perdido..e muito preocupado

      responder este comentário denunciar abuso
    • 19/04/2011 - 00:32
      Enviado por: Oliveira

      Olá, Luciano!

      Para que minha equipe possa ajudá-lo, é necessário um detalhamento bem mais claro da sua situação. Adiantamos que o Santander depois da integração com o Banco Real, resolveu cobrar todos os PASSIVOS que assumiram e, desta forma, estão se atropelando e nos deixando com o estresse bem ativado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/04/2011 - 19:38
    Enviado por: Leandro

    óla, boa noite. bem meu problema e que dia 01/04/2011 fui ao banco itau,no qual sou correntista, me deparei com um debito de
    499,98 reais. foi feito uma transferência sem meu conhecimento,permissão. alèm disso minha conta foi bloqueada, me obrigando ir ao banco para falar com meu gerente e mencionar o código 408x.ou seja: perdir meu direito de liberdade.gostaria de saber se o banco tem de devolver meu dinheiro.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/04/2011 - 15:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos como responder com nenhuma informação que foi prestada nesta mensagem. Procure o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 19/04/2011 - 00:21
      Enviado por: Oliveira

      Desculpe Leandro!

      “Perder direito à liberdade” com um código 408x para mim é ir para o xilindró (cadeia). Poderia ser mais explícito?

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/04/2011 - 17:49
    Enviado por: Gustavo Luis da Silva

    Olá! Tenho um desconto de Pensão Alimentícia em meu contracheque no percentual de 30%. Sou funcionário do Estado e me endividei com empréstimos consignados. Agora de 2.200,00, recebo apenas 680,00. Como posso fazer para bloquear parte desses empréstimos, manter somente a P.A. e tentar me reeguer sem recorrer a tal prática, haja vista, que sempre oferecem renegociação e como estou no aperto, acabo renovando os contratos e protelando o término dos mesmos? Informo que não tenho a intenção de deixar de pagar, apenas ter um pouco tempo para respirar.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/04/2011 - 15:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo há como bloquear. Você está devendo e tem de pagar, não há nada de errado no procedimento de quem está cobrando. Se quiser contestar na Justiça, procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 24/04/2011 - 00:47
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Gustavo!

      Imagino que o valor DE R$ 2.200,00 seriam “líquidos” já como desconto da Pensão Alimentícia! Estou certo?
      Observe o que preceitua a Lei nº 1.046, de 02/01/1950 , no seu art 21, transcrito a seguir: “Art. 21. A soma das consignações não excederá de 30% (trinta por cento) do vencimento, remuneração, salário, provento, subsídio, pensão, montepio, meio-soldo, e gratificação adicional por tempo de serviço. (Redação dada pela Lei nº 2.853, de 1956)”.
      Muitas financeiras aproveitando a dica do Parágrafo Único deste mesmo Artigo, oferecem empréstimos pessoais além dos 30%. Veja o que diz este Parágrafo:
      Parágrafo único. Esse limite será elevado até 70% (setenta por cento) para prestação alimentícia, educação, aluguel de casa ou aquisição de imóvel destinados a moradia própria. (Redação dada pela Lei nº 2.853, de 1956).
      Caso você não esteja inserido nas condições do Parágrafo acima, você poderá solicitar ao “Financeiro” ou “Tesouraria” da sua Fonte Pagadora através de um Oficio s/nº para que os contratos (cópias lidas por você que farão parte do seu Ofício como “anexos”)sejam POSTERGADOS até a quitação daqueles inclusos dentro dos 30% previstos na Lei.
      A situação é muito delicada! Por um lado o Financeiro ou Tesouraria (CONSIGNATÁRIA) da sua Entidade não vai gostar nem um pouco por deixar sua margem consignável positiva até o limite dos 70% do seu bruto, sem consultar a Lei, e tendo que negociar com a (s) Financeira (s). Por outro lado, mesmo sabendo que o volume dos empréstimos iria deixá-lo no futuro próximo em dificuldades, todos nós temos o que se chama de COMPULSÃO, definido por psicólogos como: Pressão interna pela qual o sujeito é compelido a realizar certos atos ou a ter determinada conduta.
      Para encerrar, afirmo que você poderá, no futuro, ter algum tipo de bloqueio na sua margem consignável e, o problema maior seria em quanto ficaria o MONTANTE da dívida postergada junto à (s) Financeira (s). O IDEAL SERIA O ESTADO QUITAR OS DÉBITOS QUE ULTRAPASSARAM OS 30% E DEPOIS VOCÊ PAGARIA À SUA ENTIDADE PAULATINAMENTE.
      Para qualquer outra dúvida, minha equipe estará à disposição.
      Boa sorte!
      Oliveira

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/04/2011 - 21:36
    Enviado por: onofre

    Boa noite..to com um problema no santander com um emprestimo que fiz,eles encaminharam meu nome ao spc/serasa e repassaram a divida a uma empresa de cobrança mas mesmo assim eles continuam a descontar valores do meu salário que é depositado pela empresa,o nome da transação é numero: 0000 nome: RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO ja rentei renegociar mas o valor da parcele q eles propôem não é do meu agrado,como devo proceder para entrar na justiça por juros abusivos,ou cobrança indevida? ???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/04/2011 - 15:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo vemos irregularidades na questão. Se ainda quiser insistir, procure um advogado e questione o débito na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 19/04/2011 - 00:11
      Enviado por: Oliveira

      Olá, Onofre!

      Caso o Santander tenha entregue o seu contrato para uma empresa de cobranças (conhecido como venda de dívidas), o Banco JAMAIS poderia continuar a debitar qualquer valor de sua conta por conta do contrato transacionado. Minha equipe terá imenso prazer em ajudá-lo a “desenhar” uma carta ao Santander, fazendo valer algumas Leis desconhecidas de muitos, sem que você precise recorrer à Justiça, se resolverem acatar. Para tanto, precisamos do detalhamento da sua causa para delinearmos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/04/2011 - 17:13
    Enviado por: SUSANA

    Bom dia!
    Tenho uma divida com o banco itau e com o banco do brasil. Minha irmã esta enviando um dinheiro para mim vinda do exterior pela westewrn union, o banco tem como segurar ese dinheiro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2011 - 12:41
    Enviado por: Valdir Arruda Oliveira

    Boa tarde!
    Sou correntista do banco real atual santander, fiz uma negociação de minha divida(cartão, limite etc) com eles e parcelei em 48X o vencimento é todo dia 11, recebo meu pagamento todo ultimo dia de cada mês, se no dia 11 não houver saldo na conta o banco pode debitar o valor da parcela? Eles estão debitando e quando cai meu pagamento cobram uma taxa de adiantamento de depositante no valor de R$ 49,00 muito acima do juros que teria que pagar pelo atraso.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/04/2011 - 17:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se estiver em débito automático pode.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/04/2011 - 23:41
      Enviado por: Oliveira

      Olá, Valdir!
      Toda e qualquer negociação feita com entidades financeiras funcionam da mesma forma, os débitos em conta no dia pré determinado irão acontecer queira você ou não. Pelo que entendi, você deve ter ficado no negativo no dia 11 uma ou mais vezes, em função do acordo feito. Os juros + taxas que normalmente aplicam, nunca saberemos como calculam, eles (bancos) nunca jogam para perder.
      Existem algumas formas através de missivas (cartas) para as instituições, que poderiam ajudá-lo sobremaneira, aliviando sua angústia.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/04/2011 - 08:05
    Enviado por: Anderson Martins

    Ola se puder me tirar essa duvida eu agradeço minha mãe é aposentada por idade ela recebia a aposentadoria no unibanco que com a fusão dos bancos foi transferiada para o Itau, ela tem um cartão de credito q n consegue pagar (Unicard Visa) se ela deija de pagar o Itau pode confiscar a aposentadoria dela pra quita a divida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/04/2011 - 13:08
    Enviado por: Bruna

    Boa tarde,

    Acabei de receber a informação de que o banco está com um processo de cobrança contra mim, sobre empréstimo pessoal não pago. O que vai acontecer agora? O que devo fazer? Estava desempregada e voltei a trabalhar a um mês, ainda consigo negociar com o banco para pagamento da dívida?!
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/04/2011 - 16:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você será processada, terá o nome sujo e bens penhorados. Procur eum advogado para ajudá-la a se defender e negociar um acordo.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 24/04/2011 - 22:03
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Bruna!

      Você mencionou que o Banco entrou com um “processo de cobrança contra você devido a um empréstimo não pago”. A minha pergunta pode parecer sem nexo, mas pode fazer toda a diferença: O Banco entrou na JUSTIÇA para cobrar a dívida, ou apenas estão ameaçando-a com cobranças via “cartinhas” desagradáveis?

      Aguardo retorno,

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2011 - 17:43
    Enviado por: rosemere

    boa tarde
    gostaria de saber se é direito do banco real descontar da conta uma divida de 10 anos de cartao de credito sem consultar o cliente
    eu tinha uma conta a 10 anos atraz , e tinha cartao de credito. so que tive uma falencia e deixei de usar a conta e o cartao … o banco era do rio de janeiro
    agora se passou 10 anos eu estou numa firma e ela abriu uma conta para todos os funcionario para poder depositar o salario so que agora o banco esta descontando do meu salario dizendo que eu tenho uma divida no cartao de credito do rio a 10 anos atraz é legal ele fazer isso sem me consultar.sendo que agora estou no parana e a conta nova é do parana .

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2011 - 18:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não pode fazer isso. DEnuncie ao Procon e acione o Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 09/04/2011 - 10:59
      Enviado por: rosemere

      muito obrigada voce e 10

      responder este comentário denunciar abuso
    • 24/04/2011 - 22:37
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Rosemere!

      Anote aí mais alguns detalhes que poderá ajudá-la sobremaneira:
      O prazo para ação de cobrança de débitos foi reduzida 10 para 5 anos, conforme o Art. 177 do CC de 1916 que foi revogado pelo Art.206, parágrafo 5º do Novo Código Civil.
      Isto posto, o Art. 778 do Código de Processo Civil, na parte de Extinçao das Obrigações, afirma que o prazo é de 05 anos.

      Boa sorte!

      Oliveira

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2011 - 18:20
    Enviado por: valba

    tenho uma conta no bb conta empresarial, mas nao consegui pagar 4 chegues e estou devendo cartao , e capital de giro e mix pasep tudo da uns 14,0000, so que nao tenho como negociar no momento estou valida, e meu esposo assinou como meu avalista , mas queria saber o que eles podem me tirar só tenho uma casa que é onde moramos,o carro esta no nome do meu marido, e tenho um computador eles podem me tirar esses bens …obrigada gostaria que o senhore me orientasse

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2011 - 07:58
    Enviado por: valba

    DR MARCELO PODEM PENHORA MINHA CASA?? SENDO QUE É UMA CASA DE MORADIA A UNICA CASA QUE TENHO.SABE QUE ME APAVORO COLOQUEI PESSOAS Q ME DEVEM NAS PEQUENAS CAUSAS , E SIMPLESMENTE NAO ME PAGAM NEM COMPARECEM AS AUDIENCIAS E NAO DA NADA,E PRECISO RECEBER PRA CONSEGUIR PAGAR MAS A LEI NAO OBRIGA AS PESSOAS QUE ME DEVEM A PAGAR ELAS SIMPLESMENTE NAO PAGAM E DE MIM VAI SER DIRADO MINHA CASA, E ONDE VOU MORAR?? BHA TENHO PERDIDO NOITES DE SONO…OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/05/2011 - 02:08
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Valba!

      Não pretendo “bater de frente” com o colega Marcelo. No entanto, existe uma saída bem legal, tornando o seu ÚNICO imóvel em um “BEM DE FAMÍLIA” que o torna impenhorável.

      Quanto às pessoas que você acionou no Juizado Especial Cívil, alguma coisa está errada! O enquadramento provavelmente não foi o correto, o que caracteriza instabilidade.

      Estamos às ordens!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/04/2011 - 16:02
    Enviado por: Márcia

    Tenho débito com cartões visa e mastercard ambos itaúcard, sou correntista do banco itaú e eles descontaram do meu limite de conta o valor mínimo da fatura do cartão visa. Eles podem fazer isso? Eu posso fazer algo para que eles não descontem mais da minha conta, como por exemplo mudar a minha conta para conta salário?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2011 - 23:21
    Enviado por: francieli

    gostaria de saber se podem colocar meu nome no serasa se meu limite bancario estiver estourado?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/04/2011 - 09:50
    Enviado por: paulo roberto

    Peguei empréstimo há 5 anos atrás na caixa e a forma de pagamento era depósito em poupança mensal, parei de pagar e a conta poupança ainda está aberta. Se voltar a depositar nessa conta poupança , (já tiraram meu nome do SERASA),será descontado alguma coisa???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2011 - 16:31
    Enviado por: rosemere

    olá
    é legal uma firma que já trabalhamos ,passar os nossos dados para uma outra pessoa que não tem nada a ver com a firma para ela colocarmos no scpc.isso é correto ou nao
    eu tinha uma divida com uma pessoa mais ela nao tinha nenhum dados meus ,e ela ligou para o meu antigo trabalho e pegou todos os meus dados ate o nome todo e cpf é legal oque eu tenho que fazer ….

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2011 - 11:56
      Enviado por: rosemere

      bao tarde voce não me respondeu
      olá
      é legal uma firma que já trabalhamos ,passar os nossos dados para uma outra pessoa que não tem nada a ver com a firma para ela colocarmos no scpc.isso é correto ou nao
      eu tinha uma divida com uma pessoa mais ela nao tinha nenhum dados meus ,e ela ligou para o meu antigo trabalho e pegou todos os meus dados ate o nome todo e cpf é legal oque eu tenho que fazer ….

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/04/2011 - 15:57
    Enviado por: fabiana

    eu tenho uma conta poupanca e uma conta corrente no mesmo banco que esta negativa, o banco pode retirar o dinheiro da minha poupanca p quitar meu debito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2011 - 20:42
    Enviado por: Yuri

    Olá. Tenho um divida com o banco itau a mt tempo, se eu for processado e se eu nao tiver bens para penhorar, eles podem ganhar na justiça pra tirar dinheiro na minha conta do banco do brasil onde recebo meu salario, não podendo, eles podem pedir pra tirarem dinheiro da minha poupança ou pegar ações na bolsa de valores que eu possa ter da mesma conta do banco do brasil?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2011 - 22:21
    Enviado por: Yuri

    podem sim! tirar da poupança e ações! mas e o salario da conta corrente? pode tb?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2011 - 22:23
    Enviado por: Yuri

    Após qt tempo o banco pode entrar na justiça pra processar o devedor?
    Eles tem que esperar prescrever os 5 anos.. ou pode a qualquer momento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2011 - 23:28
    Enviado por: dyeson gomes

    ola boa noite
    gostaria saber o q posso fazer pois recebi 2 cheque valores a 15 mil e todos voltou e sendo que tinha varias contas a ser pagar pois agendei na minha conta apos eles se pagou debita automatico mais porem ne um deles tinha fundo vou tudo e foram pagou as contas que estava agedade agora minha conta estar com saldo devedor por causa disso o que devo fazer por q nao tinha saldo ne um na conta e os cheque voltou todos agora banco quer pagou os valores pagou o que vc me diz por q consumos nao tem como da extorno ai eles quer pagou esse valor .fico grato com esse repostas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 09:21
    Enviado por: Regiane

    usei meu limite na minha conta corrente e fiquei sem cobrir por um mes o banco me mandou uma notificação avisando do debito e comunicando que minha conta foi encerrada eu vou bagar meu debito com certeza assim estou vazendo aos pouco mais mimha duvida é a seguinte o banco pode encerrar minha conta sem eu ter pedido

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 09:47
    Enviado por: jo

    Bom dia!é o seguinte, tinho uma divida no banco q quando estava casada meu ex marido fez. liguei pra ele e pedi q ele resolvesse isso, pois queria me livrar da divida no bano, ele pediu pra atual mulher dele ligar no banco se passar por mim e negociar a divida, eles negociaram e pagaram a primeira parcela, posso procesa-la por ter se passado por mim??
    aguardo resposta,
    Grata.
    Jo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 17:24
    Enviado por: Lucimara

    Ola, tenho um carro financiado com debito automatico em conta corrente, e o limite do cheque especial esta estourado o que faço, e esta perto de vencer a proxima parcela mas estou sem condiçoes o que posso fazer?
    Sera que tem como o banco fazer um acordo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 17:27
    Enviado por: Pollyanna

    Oi boa tarde,
    Estava devendo o meu cartão de credito, então liguei para o banco e fiz uma negociação para pagar a divida, como o pagamento era debito automatico minha conta estava negativa, e pessoa do banco disse que depois disso minha conta nao estaria mai negativa. Entao resolvi olhar meu saldo e consta que esta negativa em 1500,00… fui consultar para ver do que se tratava e consta como cheque especial. Porem eu não pedi isso, na verdade nem sei como funciona! Nesse caso posso entrar com uma ação de pequenas causas?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2011 - 18:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Até pode, mas dificilmente conseguirá alguma indenização. Procure primeiro o Procon, veja se é o caso de entrar com alguma reclamação na Justiça, já que você não terá como provar que não solicitou o serviço.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/04/2011 - 11:10
    Enviado por: Douglas Silva

    la.

    Devo aproximadamente 8 mil no Cartao de Credito e 9 Mil de emprestimo pro mesmo banco “ITAU”.

    Tenho apenas um terreno de 5 mil no meu nome. Será que eles podem tentar pegar este terreno via judicial?

    Existe uma casa construida neste terreno.

    Sou casado com comunhao de bens, caso minha esposa compre um carro no nome dela, o banco pode tomar o carro por causa da minha divida?

    Depois de 5 anos a divida diminui e pretendo quita-la.

    Abraço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/04/2011 - 15:06
    Enviado por: Mariano Neira

    Boa tarde…

    Tive um débito no cheque especial e cartão do BBrasil. Após uns 2 anos conseguí quitar pela empresa de cobranças deles.
    Agora gostaria de abrir uma conta sem limite nem cartão de crédito (já que encerraram a que eu tinha) e alegaram que não posso. Para isso teria que pagar o restante do débito (ou seja com todos os juros…)
    Será que é legal isso? Não seria um tipo de discriminação?
    Posso ir no banco com algúm documento que eles estão errados? Aguardo vs pronta resposta e obrigado por nos ajudar tirando dúvidas!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/04/2011 - 16:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que é legal. Bancos não são obrigados a aceitar quem quer que seja como cliente, cada um tem as suas exigências. E as que foram feitas para você não são ilegais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2011 - 12:11
    Enviado por: Marilise Duarte Azevedo

    Bom dia, meu marido tem 90% da empresa e o sócio dele 10% e, meu marido está com alguns cheque sem fundo da conta física, e vamos dar baixa na empresa pois ela está fechada, mais está constando no CPF do sócio. Quando tiver dado baixa esta restrição sairá do nome do sócio minoritário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2011 - 14:39
    Enviado por: Taiane

    Fui sacar dinheiro e ao invés da poupança peguei da cc onde só tinha 300 do LIS. Depositei os 100 reais de volta, assim continuo devendo para o banco?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2011 - 09:00
    Enviado por: Nathanael Guedes

    eu dei um cheque pro ano passado e vinheram colocar esse ano em janeiro, o cheque voltou duas vezes, agora quero o cheque devolta,porque por causa dele meu nome ta no spc.Mas ja tem Quase 2meses que pesso o cheque e ñ chega,tem como eu apresentar algo no banco pra “tirar meu nome do spc”?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2011 - 17:25
    Enviado por: Iolanda

    boa tarde.
    tenho uma conta no Santander para recebimento de meu salário.No mes passado fizeram 2 debitos na minha conta do meu limite do cheque especial e bloquearam a conta. alegam que é devido a uma conta ativa que era do Real e que tinha uma divida.
    Eles fizeram isso sem aviso previo. sei que dependendo do contrato eles podem fazer o debito, mas e a conta bloqueada?? E outra coisa, eles podem tirar do Limite isso?
    Outro ponto, é que a conta do santander ja tem um emprestimo e agora vai debitar outro no valor abusivo e eles não querem fazer um acordo total (divida real+santander). Preciso de um acordo de tudo para que possar ter um pouco de salario.
    Agora eu não consigo cancelar a conta e ficar como conta-salario só porque meu limite está negativo e não consigo um acordo da minha divida.
    Queria saber se eu for ao PROCON consiguirei fazer um acordo e calculo de toda minha divida ou então por qual meio posso conseguir.
    Também queria saber se minha empresa pode depositar meu salario em qualquer tipo de conta (conta-corrente, conta salario ou conta-poupança) de qualquer banco ou então pagamento em cheque nominal ou ordem de pagamento.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/04/2011 - 17:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só se a sua empresa topar, o que não deverá acontecer, ela não tem obrigação de pagar da forma como você quiser. Seja como for, denuncie o banco no Procon por mexer indevidamente em sua conta.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 21/04/2011 - 09:13
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá!
      Existem várias maneiras para tentar retardar os débitos arbitrários que o Banco Santander vem fazendo contra antigos clientes do Banco Real, aproveitando da falta de conhecimento da maioria dos correntistas.
      Antes de fazer qualquer tipo de negociação com a entidade, aconselho entrar em contato com a nossa equipe para delinearmos a 1ª petição direta ao Jurídico do Banco, que deverá ser devidamente protocolada.
      Até mais!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/04/2011 - 17:49
    Enviado por: carlos

    Ola meu nome e carlos tenho uma divida q ja passa de 5 anos so q no sistema do spc e do serasa nao constao
    so q foi fazer um cartao de compra e e foi dito q deu um probleminha so q eu ja tinha feito um emprestimo a mais tempo no banco do brasil e fiquei desempregado e agora oque devo fazer???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/04/2011 - 16:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma queixa no Procon e, se conseguir provar que ese é realmente o motivo de não conseguir crédito, processe a loja por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/04/2011 - 17:50
    Enviado por: carlos

    essa divida do banco do brasil e a mais de 5 anos….

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2011 - 18:27
    Enviado por: viana

    Boa tarde,o meu saldo de minha conta salario a dois meses atras foi bloqueado,como que era apenas R$7,00 eu não procurei saber o motivo do bloqueio,continuei recebendo meu salario normalmente,agora novamente aconteceu o bloqueio de saldo judicial de R$0,93,c,o que tinha na conta,procurei saber com o meu gerente do banco,ele me disse que era uma açao na justiça do trabalho;Sim,eu fui comerciante pequeno no passado,e um cara movel uma açao trabalhista contra mim,enfim,não recebi notificaçao alguma sobre a audiencia,e hoje apois 6 anos fico sabendo disso.
    A pergunta é: Ate quando podem fazer busca no meu saldo?
    Eu não tenho carro,nao tenho casa e nada,sou um simples assalariado. O advogado me disse,que eu deveria pagar a ele R$600,00 para que possa fazer uma petiçao ao juiz dizendo que minha conta trata-se de conta salario;Mais eu naõ tenho esse dinheiro,minha unica alternativa é retirar todo o meu pagamento todo mes de minha conta.
    o QUE É BLOQUEIO DE SALDO? E O BLOQUEIO DE CONTA?
    Se o meu saldo ja estiver bloqueado hoje,si cair amanha o meu salario em minha conta consecutivamente tambem sera bloqueado?ou o juiz terar que fazer um novo bloqueio?
    Desde ja obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/04/2011 - 18:47
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O bloqueio só pode ser feito meidante autorização judicial por parte de quem move a ação. Ou seja, o juiz tem de autorizar. Se isso não ocorreu, então procure um advogado e processe o banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/04/2011 - 19:31
    Enviado por: leandro

    eu tinha uma divida no hsbc ai eu paguei mais com descontos ai eu reativei a conta movimentei mais ja faz 6 meses ele nao quer me dar mais nada nem limite nem nada posso tomar alguma providencia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2011 - 17:31
    Enviado por: maria de fatima

    BOA TARDE…
    TENHO UMA DIVIDA NO CARTAO DE CREDITO, E UM EMPRESTIMO PESSOAL QUE ESTA NUM VALOR MUITO ALTO AGORA.
    SE EU DEPOSITAR UM DINHEIRO ALTO NA MINHA CONTA EM OUTRO ESTADO, O BANCO PODE COBRAR O QUE EU DEVO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2011 - 11:07
    Enviado por: lene freitas anjos

    tenho uma negociação de divida no banco itau, mais a divida está em dia, hj tentei finaciar um carro e me foi negado devido a este parcelamento que está em dia. isso é possivel me negar financiamento se não tenho nenhuma restrição?? acho descriminação. por favor algum advogado poderia me ajudar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2011 - 11:35
    Enviado por: GUSTAVO

    bom dia tenho um comercio fiz varios emprestimos no banco e estourei o meu limite do banco , naum consigo pagar o banco estou trabalhando pro banco ja faz 3 anos so pegando emprestimos para sanar o banco e ate hoje nada. O q acontece se eu parar de pagar? estoura o nome da empresa ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2011 - 21:23
    Enviado por: Fabelson

    Boa noite,

    Gostaria de saber se mesmo devendo no banco posso abrir outra conta pois fiz um pre cadastro no site e eles pediram para eu comparecer no banco com os documentos para cadastro. E após 5 anos caduca ? e se tiver em debito com outro banco eles podem abrir normalmente ?
    aguardo retorno

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/05/2011 - 21:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dívida não caduca nunca. E é possível abrir outra conta no banco mesmo devendo, desde que o banco aceite. E duvido que aceitará.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/05/2011 - 21:25
    Enviado por: Fatima

    Boa noite se tenho um debito em um banco e meu nome esta no spc eu consigo abrir conta corrente normal em outro banco ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/05/2011 - 21:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese sim, desde que o banco aceita-a como cliente, coisa que ele não é obrigado. Se consultar o SPC, verá o seu nome e dificilmente topará tê-la como cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/05/2011 - 22:35
    Enviado por: Fatima

    Boa noite se eu for no banco e quitar a divida como tem restricao no spc eles podem fornecer cheques ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2011 - 10:29
    Enviado por: sonia gonçalves

    gostaria de saber se é permitido débitos referentes a juros de mora, sem ter saldo emc/c

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/05/2011 - 10:54
    Enviado por: Karol

    Olá, bom dia!

    Estou com uma dívida no cheque especial da Caixa. O banco se recusa a negociar e exige amortização unica, como não tenho condições de pagar a dívida por completo gostaria de saber se existe a possibilidade de eu acionar a justiça para que o banco parcele o débito.

    Att.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/05/2011 - 17:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Até pode ir à Justiça, mas será inútil. O banco não tem orbigação de negociar nem de facilitar as coisas. A única chance de ir à Justiça é se hoiuver alguma irregularidade na cobrança, o que parece não ser o caso.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 03/05/2011 - 17:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não temos a mínima ideia. Essa não é uma questão de direito do consumidor. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/05/2011 - 13:52
    Enviado por: Carlos Pinheiro

    Tinha uma conta no Banco Itau de outra cidade/estado.
    Mudei de cidade/estado e tive que abrir uma nova conta no mesmo banco para receber o salário.
    Como esta conta estava parada, mas já havia utilizado o Limite de Cheque especial. A conta antiga foi cancelada e o Limite transformado em dívida que foi para o SPC.
    Agora ao puxar um extrato de conta percebi que houve uma amortização referente a conta antiga. Sem minha autorização/conhecimento.
    Este procedimento esta correto?
    O que devo fazer para resolver isto?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/05/2011 - 16:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não dá para responder com tão pouca informação. Não ndá para entender o que houve. Procure o gerente, se informe sobre a qiestão e, se for o caso, procure o Procon caso acredite que tenha havido alguma irregularidade…

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/05/2011 - 22:01
    Enviado por: angela

    Não sou casada, moro com uma pessoa há 12 anos e temos uma casa em nome dos dois. Ele tinha uma empresa e fez um empréstimo com garantia dos cartões de crédito. Do dia para noite o shopping ganhou uma ação e nos colocou para fora. Estou sem condições de pagar eles podem tirar a casa da gente?? Complementando o empréstimo ´em nome dele e eu sou avalista.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/05/2011 - 11:10
    Enviado por: Gabriele

    Meu namorado pegou um emprestimo no Itaú pagou 2 prestaçoes e ficou desempregado, depois de quase 2 anos foi empregado e foi ate ao banco negociar, fizemos a proposta de 300,00 por 24 meses o banco aceitou pois o valor esta bem acima do contratado, pagamos 9 prestaçoes e agora ele esta desempregado novamente com o seguro desemprego poderemos pagar mais umas 6 prestaçoes.O banco pode recusar esta nova proposta? Temos q aguardar a negativação do CPF?Poderemos recorrer a procon? O q fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2011 - 18:15
    Enviado por: José de Medeiros

    Tenho uma grande duvida meu carro e financiado pelo santander e fiz um emprestimono mesmo banco onde na qual não estou consiguindo pagar eles podem tomar meu carro por causa do emprestimo meu carro estar em dias. Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/05/2011 - 10:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que podem.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 10/05/2011 - 23:49
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, José!

      Caso a sua “grande dúvida” seja seja UM GRANDE EMPRÉSTIMO (algo que não se possa negociar de forma alguma), pode ser que o Banco entre com um processo de execução fiscal (cobrança financeira)QUE EU ACHO MUITO POUCO PROVÁVEL por ser uma ação com custos muito altos, sem contar com os recursos e embargos e um tempo médio de 08 (oito) anos para conclusão.

      Normalmente os Bancos costumam utilizar técnicas de ameaça para “aterrorizar” clientes inadimplentes.

      É comum o devedor receber ligações telefônicas grosseiras com ameaças de que acaso não seja paga a dívida “um oficial de justiça irá até sua casa e vai penhorar seus bens e até sua casa que serão vendidos em leilão para pagamento da dívida”.

      Muitas pessoas ficam realmente apavoradas, porque não conhecem os seus direitos, muito menos quais os bens que não podem ser penhorados para pagamento de dívidas, e pensam que na manhã seguinte haverá um oficial de justiça com 2 policiais para levar todos os seus bens e lhes retirar da casa que será vendida na parte da tarde.

      Fique calmo, não é bem assim que funciona.

      Apesar do seu carro ser UM BEM PENHORÁVEL, conforme o seu relato, as prestações estão em dia e no mesmo Banco da dívida pelo empréstimo, onde estão desfrutando da lucratividade pelo financiamento, não é mesmo? Então, o Jurídico do Banco descartaria esta hipótese (entrar com uma ação), caso desconheça que você não tenha outros bens que POSSAM DE FATO SEREM PENHORADOS que compense os custos da referida ação e o pagamento da sua dívida.

      Tudo o que falei acima não quer dizer que você fique eternamente inadimplente! Além do seu nome entrar nos Órgãos de Proteção ao Crédito, a sua dívida tende a aumentar substancialmente.

      Aqui vai o meu conselho:

      Faça uma carta ao Banco (em duas vias) solicitando a EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO DA DÍVIDA (eles detestam fazer isso) explicando a sua situação e a sua intenção em fazer um acordo dentro das suas posses. Entregue ao seu gerente e peça que PROTOCOLE a sua via.

      Não sabe como fazer uma carta com os devidos amparos legais? Entre em contato pelo e-mail no topo. Minha equipe terá prazer em montar uma para você enviando-a como arquivo “word” ou “PDF”.

      OBS: Como este Fórum é livre, não convém colocar dados documentais e particulares por este canal. Por este motivo solicitamos contato via e-mail.

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/05/2011 - 14:37
    Enviado por: Dhiego

    Tenho um problema com a caixa q c estende a uns 10 anos..
    foi levado para o juiz e nunca ficou bem resolvido.
    agora peguei dois advogados e abrimos uma açao judicial. esta em processo ainda, foi colocado dinheiro na conta e ficou mais ou menos uma semana, e a caixa tomou todo o dinheiro q tinha la.
    Eles podem tirar o dinherio da conta mesmo tendo uma acao judicial em processo, e sem mesmo me contatar, pois eles nem se quer negociar..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/05/2011 - 21:11
    Enviado por: aline nunues ricci

    Tenho um ap. que está no meu nome e do meu ex marido (separado de fato a 4 anos). Ele tem uma divida com bancos que não consegue pagar, essa divida é por emprestimo feito por uma empresa que tinha e que está como avalista. Eu não era socia da empresa e não tinha nada que me ligasse a ela. o ap. é o unico bem que temos, pode ser levado a leilão, mesmo que eu esteja morando nele? Meu ex. marido vive em outro lugar.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/05/2011 - 11:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode sim…

      responder este comentário denunciar abuso
    • 11/05/2011 - 01:05
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Aline!

      Às vezes encontramos uma “luz no fim do túnel” e até parece que discordo do colega Marcelo. Não faço isso, apenas tento utilizar o meu senso crítico.

      Vamos lá?

      Conforme o seu relato, apesar de não ter havido a partilha de bens, acredito que o regime do casamento era um dos dois abaixo:

      Comunhão universal – Todos os bens, mesmo os existentes antes do casamento, pertencem aos dois e devem ser divididos meio a meio.

      Comunhão parcial – Só o patrimônio adquirido depois do casamento será dividido, meio a meio.

      Entendi que ele (o seu ex) colocou a empresa como avalista do empréstimo. Estou certo? Caso positivo, observe abaixo para sua tranquilidade:

      Lei nº 8.009, de 29 de março de 1990:

      Art. 1º O imóvel residencial próprio do casal, ou da entidade familiar, é impenhorável e não responderá por qualquer tipo de dívida civil, comercial, fiscal, previdenciária ou de outra natureza, contraída pelos cônjuges ou pelos pais ou filhos que sejam seus proprietários e nele residam, salvo nas hipóteses previstas nesta lei.

      Esta é uma lei bem simples e curta. Aconselho que faça uma busca no google e dê uma lida com calma. Você ficará surpresa!

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/05/2011 - 00:00
    Enviado por: Matheus

    Olá, tenho uma conta universitária no banco real, hoje banco santander. Tinha a conta para utilizar o cartão de crédito, e por isso nao movimentei capital. O banco debitou a taxa de manutenção diretamente do meu limite do real master, e não me comunicou, nem eu autorizei nada. Com o juros sobre juros a divida já aumentou hoje pra 30 vezes do valor inicial. Gostaria de saber se isso é correto, eles podem usar do meu limite sem que eu autorize ? Não deveriam apenas negativar a conta, sem cobrar juros ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/05/2011 - 11:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há nada de errado na questão, em nosso entendimento. Se existe limite aprovado, então os débitos caem normalmente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/05/2011 - 12:42
    Enviado por: Ronaldo Santana

    Boa tarde tenho uma divida com um banco e arrumei um trabalho e a empresa abriu uma conta salário nesse mesmo banco,tentei negociar a divida no banco e eles me falaram que minha divida estava com uma empresa de sao paulo só que meu salário caiu no banco e dai eles transferiram meu salário pra conta corrente e descontaram 60% do meu salário o banco pode fazer isso mesmo?POR FAVOR ME MANDE UM EMAIL RESPONDENDO OBRIGADO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2011 - 11:57
    Enviado por: Paula

    Bom dia, tenho uma empresa, e esta tem uma dívida com o banco itaú, já tem mais de 5 anos, e uma empresa de cobrança está ameaçando com um bloqueio judicial, eles podem fazer isto. Mesmo já tendo negativado antes.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/05/2011 - 19:01
    Enviado por: alice mateus

    olá bao noite olha presciso de uma resposta urgente eu esta trabalhando em uma certa empresa então prescisei fazer um emprestimo fiz no caixa eletronico não assinei nenhum contrto porem foi mandada embora ai tentei negociar a divida do jeito que eu pudesse pagar mas eles não entrarm em acordo nehum comigo tentei por varias vezes mas nada então parei de pagar e agora o que devo fazer um empresa de cobrança me ligou tentando fzer um acordo absurdo comigo que eu jamais eu conseguirei pagar o que devo fazer me ajudem

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/05/2011 - 07:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O que fazaer? Pagar ou questionar a dívida na Justiça, com chandes mínimas de sucesso. O banco não tem obrigação nenhuma de negociar ou de aceitar as suas condições de pagamento, é exatamente o contrário, devedor tem de se adequar às exigências do credor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/05/2011 - 14:17
    Enviado por: Priscila

    boa tarde,estou com divida de emprestimo no banco, não tenho condições de pagar,tenho um carro em meu nome, mas o valor do carro é inferior ao valor da divida,devo em torno de 30mil e o carro só vale 12mil, o banco pode tomar meu carro?
    grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2011 - 15:24
    Enviado por: Aline Alves

    Abri uma conta universitaria cujo limite era XX reais, utilizei e nao cobri. 4 anos depois negociei a divida e paguei apenas metade (com uma credora que nao era mais o banco). Atualmente meu nome esta limpo, mas precisei abri conta salario no bendito banco que tinha a dívida Será q há chance deles pegarem o pagamento pois não conclui a quitação da conta junto a eles, ou já expirou, pois há mais de 5 anos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2011 - 00:23
    Enviado por: Marcos

    Ola boa noite

    Estou com uma dívida pequena de 650$, mas nao tenho dinheiro algum para pagar o banco. Essa dívida se deve a alguns cheques sem fundo, meu salário é de 650 reais, ou seja, o banco esta pegando todo o meu salario para cubrir tal dívida.

    Acredito que seja pelos limites que tenho de 650 reais, os cheques caem e os limites sugam o meu dinheiro.

    Gostaria de saber se, mesmo com essas dívidas eu posso retirar esses limites, ou melhor nao querer mais os limites para cheques e cartoes de créditos.

    Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/05/2011 - 09:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode. Solicite isso ao banco.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 18/05/2011 - 00:13
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Marcos!

      Existem algumas coisas desencontradas no seu relato.

      A dívida que você diz possuir, somam R$ 650,00 por cheques emitidos. Como acusaram insuficiência de fundos, os credores costumam apresentá-los umas duas vezes e depois, dependendo da situação, poderão protestar em cartório.

      O Banco não está utilizando seu salário para quitar este tipo de débito (CHEQUE SEM FUNDOS). Ocorre que você utiliza o seu limite na sua totalidade e o procedimento do Banco é lançar mão de toda e qualquer quantia que entre em sua conta para cobrir o cheque especial (limite), sem contar com os juros que não são poucos.

      Para solicitar o cancelamento do seu limite e dos cartões, você terá que quitar o “tal” limite DO Banco e pagar a dívida (caso haja) com a financeira dos cartões de crédito.

      Solicito que procure, antes de tudo, as pessoas ou entidades para quem você passou os tais cheques e TENTE uma negociação antes que eles protestem seu título (as custas são altíssimas além de pagar o valor dos cheques com juros e correção).

      Às vezes é preferível receber aos poucos do que protestar e aguardar eternamente até que você possa arcar com tais despesas. (ESTE PENSAMENTO É GERAL DAS EMPRESAS E DE PESSOAS FÍSICAS).

      Fique em paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/05/2011 - 09:29
    Enviado por: waldyr correa

    PREZADOS SENHORES
    MORO COM MEU IRMÃO APARTAMENTO DEIXADO POR MEUS PAIS ISTO É 50% PARA CADA UM . MEU IRMÃO FOI FIADOR COMERCIAL ASSUTO DELE. o imovel pode ir a leilão

    OBRIGADO PELA RESPOSTA

    WALDYR

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/05/2011 - 09:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese pode sim. A partir daí haveria um problema jurídico, pois você também é dono. Só na JUstiça seria possível resolver a questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/05/2011 - 09:32
    Enviado por: waldyr correa

    Dr.

    Bom dia
    Não sei se posso ser atendido caso contrario tudo bem

    Por favor, dei-me esta informação, nunca tive um fato semelhante

    Em um agravo no STJ, referente a uma Cobrança de alugues que tramita a dez anos , devido o descaso do autor pleiteei a prescrição intercorrente conforme a norma e fui vencedor por unanimidade.
    Pergunto: Tenho direito ao honorário de sucumbência contra o autor , caso afirmativo o pedido e feito direto ao desembargador que deu a sentença .
    MUITO OBRIGADO

    WALDYR
    (advogado já aposentado)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/05/2011 - 16:09
    Enviado por: Edna

    Olá estou com uma dúvida.
    Sou funcionaria publica municipal, recebia meu salario no antigo banco Nossa Caixa, que agora se transformou em Banco do Brasil. Nesta conta recebo meu salario , a pensão de minhas filhas , e um aluguel de minha unica casa.
    Tenho debito com o antigo Nossa caixa ( cartão de credito), e tenho outro pelo banco do Brasil ( cartão de credito).
    Agora são o mesmo banco, eles entraram em contato comigo dizendo que , se eu não quitar estes dois cartões vão bloquear minha conta.
    Ja disse que no momento estou de licença medica e não estou em condições de fazer nenhum acordo.
    Eles podem bloquear minha conta, ou até mesmo descontar esta divida?
    Aguardo uma orientação, obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2011 - 00:34
    Enviado por: Ronaldo

    Ola amigos, mi tire o duvida, minha mae esta com uma divida no cartão de credito a divida era de 800R$ e agora esta em 4.500 e possivel o banco tomar a nosso casa? Abranço..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2011 - 18:40
    Enviado por: waldyr correa

    Boa noite

    Pergunta enviada l8/05/2011- 9.32

    OBRIGADO

    WALDYR

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/05/2011 - 00:15
    Enviado por: Elisandro

    Boa noite amigos, tenho uma c/c no bradesco .Nunca tive cheque devolvido e até hj tudo ok! porem já cheguei a pagar R$290,00 de TARIFA DE EXCESSO DE LIMITE no mês, e em virtude dessas e outras tarifas estou em dificulade ja procurei uma Advogada que calculou pra mim uma revizional de juros de cheque especial e eles teriam que me reembolsar em dezembro de 2010 o valor de 4.500 ainda não acionei o banco! queria q me esclarecessem quanto a essas tarifas de EXCESSO tenho direito a restituição?
    no rio de janeiro tem uma ação q obrigou o Santander a cobrar apenas uma tarifa de excesso mes, pq causa dessa situação estou inadimplente com o colegio do meu filho caberia uma ação de perdas e danos?? grato pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/05/2011 - 16:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei específica para isso. Só entrando na Justiça para saber. Há juízes que consideram que o ressarcimento tem de ser feito, outras sentenças negam o ressarcimento.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 03/06/2011 - 22:34
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Elisandro!

      Veja abaixo o extraído da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro em 21/08/2009. Apesar de não constar o Banco Bradesco, pode ser que sirva como uma luz para o seu caso. Vamos lá?

      Os bancos Itaú, Citicard, Santander e Unibanco não poderão mais cobrar tarifas por excesso de limites ou por adiantamento de depósitos aos seus correntistas. É o que pretende a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, presidida pela deputada Cidinha Campos (PDT), que, nesta sexta-feira (21/08), entrou com o pedido de anulação da cobrança, através de ação civil pública, na 1ª Vara Empresarial do Rio. “Em vez de a operação financeira ser negada quando não há saldo suficiente, seja em retirada de dinheiro ou pagamento a terceiros por meio de cartão de débito ou cheque, a instituição autoriza a transação e, depois, cobra pesada tarifa de seus correntistas. Isso é um abuso que fere o Código Nacional de Defesa do Consumidor”, alertou Cidinha.

      Ainda de acordo com a parlamentar, a cobrança de tarifa incide todas as vezes que a movimentação excede o limite da conta. Assim sendo, as instituições financeiras cobram juros do consumidor calculados com base na quantia que tenha excedido o limite. A comissão pede na ação que os bancos sejam condenados a restituir a seus correntistas os valores pagos a título de tarifa de excesso de limite, antecipação de depósito ou de outro tipo de transação financeira que tenha a mesma operatividade. Quem estiver interessado em entrar em contato com a Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj para esclarecer dúvidas ou fazer denúncias deve ligar para o Disque Defesa do Consumidor (0800 282 7060).

      Boa sorte!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/05/2011 - 19:26
    Enviado por: Elisandro

    Marcelo moreira agradeço sua atenção, gostaria que me esclareça só uma ultima questão. Se for julgado por jurisprudência a mesma (jurisprudência-ação) tem um limite de data pra espirar e se elas tem efeitos estaduais ou federeais.Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2011 - 01:18
    Enviado por: MARCUS

    EM ABRIL DE 2007 PAREI DE MOVIMENTAR COM MINHA CONTA NA CEF, NA SEMANA PASSADA QUANDO FUI FAZER UM COMPRA ME AVISARAM QUE MEU NOME ESTAVA NO SPC, PROCUREI SABER O QUE ACONTECEU E FIQUEI SABENDO QUE EU TINHA UMA DIVIDA DE R$ 14000,00 REFERENTE A CHEQUE ESPAECIAL. NÃO ME COMUNICARAM NADA SOBRE ISSO DURANTE ESTES 4 ANOS, MEU ENDEREÇO E TELEFONE SÃO OS MESMO DESDE 1999. SE EU NÃO TIVESSE FEITO ESTA COMPRA EU NÃO SABERIA QUE TINHA A DIVIDA E COMSERTEZA CONTINUARIA SUBINDO. O BANCO NÃO É OBRIGADO A AVISAR SOBRE A DIVIDA QUANDO ELA PARA DE SER MOVIMENTADA?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/05/2011 - 07:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. Deveria ser do interesse do banco não deixar a dívida crescer, mas obrigação ele não tem. Se você tem conta bancária, não pode esquecê-la. A dívida existe. Tente renegociá-la, se preciso com a ajuda de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2011 - 03:09
    Enviado por: Maria Matos

    Bom dia!

    Caros colegas,
    Preciso de uma informação com urgencia, eu estou com o limite estourado no banco santander a 5 meses e essa divida nunca acaba, Recebo meu pagamento e na hora o banco resgata sem nunca ter me consultado a três meses nao tenho salario, e sem contar que tenho umas parcelas que paguei a mais pro banco referente a um emprestimo que tinha feito, que ficaram de me reembolsar des de janeiro conforme promessa da gerente, e até agora nada.
    E ontem assisti uma reportagem em um jornal do sbt que o banco nao tem direito de resgatar salario de nenhum cliente sem antes ter tentado fazer um acordo primeiro para que assim o mesmo pague a divida isso é ou nao veridico? E com quem posso buscar meus direitos?

    Desde já agradeço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2011 - 08:39
    Enviado por: Paulo

    Bom dia estou com uma duvida estou com um debito no banco e depositaram um valor na minha conta o banco descontou o que posso fazer???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2011 - 09:23
    Enviado por: Paulo

    Prezado marcelo se eu for no banco sera que eles me reembolsao??ou vou direto no procon mesmo ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2011 - 09:33
    Enviado por: Elisangela Pereira

    Bom dia,
    Estou com uma grande dúvida, meu marido faleceue deixou uma dívida no banco CEF. O banco pode descontar a dívida do saldo do FGTS sem autorização? todo empréstimo tem seguro caso a pessoa venha a falecer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/05/2011 - 10:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não pode. A dívida só será paga se houver herança.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 05/06/2011 - 23:10
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Elisangela!

      Acrescentarei abaixo mais alguns detalhes que poderá servir de grande valia.

      Nos dias atuais já pensando nisso, algumas seguradoras possuem seguros específicos para o sinistro de morte ou invalidez, chamado de Seguro prestamista e muitos bancos, financeiras, construtoras e empresas em geral que vendem bens duráveis tem vinculados esses seguros a compra, justamente para assegurar o recebimento do saldo restante e aliviar a família de ter que passar por constrangimentos desnecessários.

      O que é Seguro Prestamista?

      O Seguro Prestamista tem como objetivo o pagamento de prestações de bens adquiridos pelo segurado, em caso de morte e invalidez. Assim, a família não precisa devolver o bem para a loja e também não fica com a incumbência de ter que quitá-lo. Neste tipo de seguro ainda pode solicitar cobertura para pagamento em caso de perda de renda temporária por acidente ou doença e perda de renda por desemprego.

      Este seguro configura-se como uma proteção financeira para empresas que vendem a crédito, financiamentos, empréstimos etc..

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2011 - 12:23
    Enviado por: andre

    bom dia! gostaria de uma informaçao sou funcionario publico municipal e pretendo pedir demisao so que tenho emprestimo consignado no bb e caixa economica como faço para pagar ele ja que nao vai ter como o banco descontar em folha

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/05/2011 - 14:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tem de negociar com o banco uma forma de pagamento alternativa. E não respondemos por e-mail.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 03/06/2011 - 23:27
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, André!

      Conforme o seu relato, acredito que você tenha “empréstimos pessoais” no BB e CEF com descontos direto na Fonte Pagadora.

      Por ocasião da sua exoneração, não creio que a Entidade Municipal, que você faz parte, deixe “barato” sem antes tirar a responsabilidade pelos empréstimos, visto que “houve anuência” do Órgão em repassar os numerários previstos nos contratos (uma espécie de AVALISTA).

      Boa sorte nas negociações!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2011 - 17:51
    Enviado por: Jaciele

    Boa tarde, tenho uma divida no bradesco,ou seja, esourei meu limite de credito.Se meu emprego depositar tal dinheiro,o banco come o dinheiro da conta ou quantos dias demora pra eles pegarem?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/05/2011 - 08:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Impossível dizer. Cada banco tem seus procedimentos. Deveria ser imediatamente, mas na realidade isso não acontece.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2011 - 23:29
    Enviado por: Fernanda

    Minha duvida é a seguinte, deixei de pagar a segunda mensalidade da escola do meu filho. Bom, recebi uma carta da empresa que advoga a escola dizendo que se eu nao pagar/negociar em 72 horas meu nome vai para o spc/serasa. Vi em outros blogs de pessoas comum dizendo nao era legalmente possível. Gostaria de saber através de um profissional se eles podem sujar meu nome. Nao me nego a pagar só preciso de mais de 72 horas.
    Aguardo resposta e agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/05/2011 - 18:50
    Enviado por: Daniel Leite

    Tenho uma divida com o Banco Santander, inicialmente era de R$ 2.500, hoje esta em torno de R$ 11.000,00. No mês de janeiro/2011 a empresa em que trabalho, erroneamente depositou o meu salário nesta conta do Santander ao invés de depositar na minha conta do Itaú. O banco Santander então se apossou de todo o valor do meu salário, fiquei desesperado, com todas as contas para pagar. Fiquei dez dias em desespero tentando estornar o dinheiro do meu salário, e o banco se negando, dizendo ser impossivel o estorno etc.. Até que enfim a empresa me direcionou a agência do santander em que tem conta, alegando que finalmente iriam fazer o meu estorno. Ao chegar na agência, o gerente simplesmente me informou que a unica maneira de reaver meu salário seria fazendo uma negociação. Informei que não tinha condiçoes de negociar no momento, ele disse que então eu ficaria sem meu salário. No desespero para pagar minhas dividas, fui coagido a fazer um acordo em 60 x R$ 300,00, pois foi o minimo que o gerente informou ser possivel, eu não tenho condições de pagar este valor. O meu salário só foi devolvido a mim mediante este acordo que não posso pagar. Me sinto constrangido e coagido por este banco. Na presente data estou desempregado, perdendo várias oportunidades de emprego, em empresas que fazem a folha de pagamento pelo Santander, e se eu for trabalhar nestas empresas, o banco Santander vai debitar meu salário de acordo com a própria gerente de minha conta. Não sei o que fazer, estou desesperado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/05/2011 - 09:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      No máximo você pode processar o Santander por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 06/06/2011 - 00:35
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Daniel!

      Espero que você ainda tenha acesso à minha resposta!

      Pelo seu relato, o que faltou em você foi a “FRIEZA” necessária para lidar de igual para igual com esses gerentes terroristas.

      A maioria dos Bancos não tem a mínima consideração e respeito pelos correntistas menos abastados, atropelam nossas Leis e acaba ficando por isso mesmo. Sabe o por quê? Não fazemos valer os nossos direitos.

      A sua situação é um “prato cheio” repleto de amparos no Código Civil e no Código de Defesa do Consumidor, para não me estender ainda mais.

      O problema é: como fazer? Será que serei obrigado a contratar um(a) advogado(a) ético(a) com coragem suficiente para enfrentar um Banco? Caberia a abertura de um processo contra o Banco no Juizado Especial Cívil? Uma reparação por Perdas e Danos seria suficiente?

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/05/2011 - 22:40
    Enviado por: roberto de castro

    olá , boa noite gostaria de saber e tirar umas duvidas peguei um dinheiro no banco do itau no valor de 5000 no lis eu pagava 500 por mes mais tinha o salario de 2000 agora recebo so 560 o banco pode descontar o meu pagamento todo, ja estou sem pagamento a tres meses oq posso fazer , obrigado me ajuda por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2011 - 09:13
    Enviado por: Jose Roberto

    Ola, Bom dia gostaria de tirar uma duvida, é o seguinte tenho
    uma divida no Banco Santander feita no ano de 2003,ou seja já
    fazem praticamente 08 anos, e tem uma empresa de cobrança me ligando no meu trabalho me ameaçando colocar para protesto e tirando o meu sossego para o trabalho, gostaria de saber se isto não é ilegal? ou seja primeiro me cobrar uma divida de 2003 e segundo me ligar no meu serviço pertubando o meu sossego ok, outra duvida é que abri uma conta poupança agora em 05/2011 e pedi para empresa efetuar meu pagamento nesta conta poupança, o banco pode efetuar algum tipo de desconto nesta conta poupança? não assinei nada autorizando qualque tipo de desconto nesta conta ok
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/05/2011 - 09:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é ilegal. Existe uma dívida, que pode perfeitamente ser cobrada, desde que não haja constrangimento. Telefonar cobrando não é ilegal nem é constrangedor.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 26/05/2011 - 09:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depósito de salário em conta poupança não é usual, inclusive o Banco Central tem restrições quando a esse tipo de operação. Entendemos que o banco não pode fazer isso – e nem é interessante para o banco esse tipo de operação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/05/2011 - 21:26
    Enviado por: Heloisa Fernandes

    Oi…Trasferi minha canta de um Banco Bradesco de Campinas par o de Maracai… enfim me deram um limite que nem pedi entao fiquei sem ir no banco um ano .. me deram um cartao de credito e debito só que nem desbroquei para credito só usei para fazer saques na propria agencia.. este um ano pássou fui em uma loja comprar algo e minha surpresa meu nome está sujo e nem fui avisada antes… pois nem sabia de certas cobraças que o Banco tarifou de minha conta como estava sem dinheiro usaram meu limite como devo proseder nste caso me ajudem…..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/05/2011 - 18:51
    Enviado por: Marcos André

    Tenho uma dívida de cartão de crédito com o banco itaú, no valor de 2.000 reais

    mais essa dívida foi transferida pra uma empresa de cobrança terceirizada, e me enviaram uma carta dizendo caso não pagasse minha dívida meus bens iriam a penhora !

    eu tenho uma casa , ela pode ser penhorada pra pagar essa dívida ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/05/2011 - 15:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode sim. Procure a ajuda de um advogado!

      responder este comentário denunciar abuso
    • 03/06/2011 - 23:51
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Marcos!

      Essas “empresas de cobrança” existem para fazer este tipo de terrorismo. Procure manter a calma e “seja frio” assim como eles. Negociar uma dívida dentro das suas posses é sempre bem-vinda!!! Não acredito que entrem com uma Ação de cobrança visto que os custos são altíssimos e demorados. No entanto, caso ocorra, veja o que diz a Lei abaixo:

      Lei nº 8.009, de 29 de março de 1990:

      Art. 1º O imóvel residencial próprio do casal, ou da entidade familiar, é impenhorável e não responderá por qualquer tipo de dívida civil, comercial, fiscal, previdenciária ou de outra natureza, contraída pelos cônjuges ou pelos pais ou filhos que sejam seus proprietários e nele residam, salvo nas hipóteses previstas nesta lei.

      Esta é uma lei bem simples e curta. Aconselho que faça uma busca no google e dê uma lida com calma. Você ficará surpreso!

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/05/2011 - 14:14
    Enviado por: stela bueno

    Meu pai foi avalista de um capital de giro do banco bradesco para o meu ex marido… mais o que acontece é que o ex não pagou, e agora bloquearam a conta corrente do meu pai, e tem uma valor significativo na conta. O que vai acontecer com o dinheiro? Pode ser usado como pagamento da divida, caso não desbloqueie? e tem também o risco de penhora do sítio do meu pai.. o que pode ser feito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2011 - 14:17
    Enviado por: Rafael

    Boa tarde, Quando abri a minha conta salário me deram um limite de R$ 900,00, e dois cartões de crédito. Fiquei devendo os cartões e uma parte do limite. Quando recebia meu salário cobria o saldo devedor do limtem, mas não os cartões. O banco aumentou o meu limite para R$ 3.500,00 para débitar o valor dos cartões. Isso é permitido? Nunca autorizei o aumento do limite.. E agora a bola neve está cada vez maior. O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/05/2011 - 14:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é proibido, portanto o banco pode fazer. Faça uma reclamação no Procon e exija a restituição do limite anterior e o fim dos descontos em conta corrente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/05/2011 - 20:03
    Enviado por: Rui Manoel

    boa noite; a empresa onde trabalhava depositou o valor xx e entao eu saquei o valor , 4 dias apos ela me da o mesmo valor em cheque. entao eu fiz o saque e agora estou sendo cobrado por um valor absurdo em minha conta corrente usaram meu limite para cobrir o cheque sem fundo da empresa e nao fui avisado e agora

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2011 - 23:31
    Enviado por: rosemary

    Olá, gostaria de saber se uma financeira ou qualquer outro órgão pode colocar o nome da pessoa no spc serasa sem comunica-lá.
    tenhos alguns emprestimos na bv financ.que são descontados em folha,semana passada fui financiarnum carro e passei o maior constrangimento ao saber que meu nome estava com restrição,pesquisei na internet e descobri que era pela bv financeira.Imediatamente liguei para eles, eles me relataram que eles não estavam descontando pois meu contra cheque estava sem margem consignavel, pois eu tinha entrado de licença maternidade.Mas como eles podem colocar meu nome no spc sem me comunicar, não me mandaram nenhuma correspondencia nenhum telefonema, isso tá certo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 01:48
    Enviado por: pablo

    ola pode me ajudar..? tenho uma CONTA CORRENTE NO BANCO ITAU e cai toda quinsena dinheiro nela pela empresa q trabalho so que as veses tenho opçoes de pedi a mais entende tipo um emprestimo (BANKILINE)achu q isso? mais claro desd que seje o valor da minha quinsena entende e ja fas a 1 quinsena e a do final do mes q naum cai nada naum entendo e chego uma carta disendo assim

    VALOR EM ATRASO 142,32

    VALOR DA DIVIDA 322,32 AI DATA DO ATRASO 18/04/11

    isso foi so juros..? todos mes vai acontecer isso deles naum mandarem nada mais sempre devendo..? pode responder essa pergunta porfavor..

    ñ entendo muito..\º/

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 09:20
    Enviado por: GISELLE

    tenho uma divida no itau com debito em conta ja tenei renegociar mas não teve acordo com eles. e gostaria de saber qual é a porcentagem que o banco pode ultilizar do salario ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 11:29
    Enviado por: pablo

    e que usei aquele LIS ITAU DO BANCO ITAU E TODA VES Q MEU SALARIO CAI ELES TOMAO TUDO RECEBO SALARIO EM QUINSENA ENTENDE EM 15 E 15 DIAS CAI NA CONTA MAIS DIA 15 E DIA 30 NAUM CAIU NADA…VAI FIK ASSIM TODO MES SOBRE A BASE DE JUROS?OQ FASER..(marcelo moreira)

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 12:01
    Enviado por: maria

    Tenho dividas com alguns bancos e verifique que fizeram um bloqueio judicial em minha conta corrente conjunta com meu esposo conta que recebemos apenas salario e pagamos contas do cotidiano, no dia do bloqueio reteram apenas alguns reais que tinha nela, agora recebemos salario e verifique que ele nao esta bloqueado recebemos nesta conta salario e aposentadoria, o salario nao bloquearam e a aposentadoria podem bloquear?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 14:12
    Enviado por: Rgerio

    Tenho uma divida de cartão de credito no banco Real e no momento não tenho como pagar ,o banco debitou um valor da minha conta corrente sem eu ter autorizado, devido ao atraso do cartão.Posso processar o banco por apropriação indevida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 14:16
    Enviado por: Raimundo Madeira

    Boa Tarde!
    como faço para solicitar ao banco para não debitar da minha conta corrente, valor referente a Parcela de emprestimo, feito junto a crefisa? Pois não foi o valor combinado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 21:32
    Enviado por: patricia almeida

    estou devendo minha conta e meus emprestimos e cheque sem fundo no banco itau mais tenho 4 cartões desse memso banco mais não estou devendo eles o banco pode cancelar ou bloquear meus cartoes. grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 22:51
    Enviado por: Thyago

    Olá, sou ex pensionista, e tenho varios emprestimos feitos nas pensões, só que também sou servidor publico, e meu salario é numa mesma conta salario junto com a conta da pensão, com o cessar da pensão fiquei com a divida dos emprestimos, e o banco esta retendo todo o meu salario, e que eu poso fazer em relação a isto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2011 - 23:56
    Enviado por: Joice

    Boa noite, estou devendo limite de cheque especial para o BANCO SANTANDER, onde o mesmo foi cancelado por falta de pagamento. Ao cair me credito, provento de salário na conta o banco retirou todo meu salário para efetuar o pagmento do limite de cheque especial, lembrando que não fui comunicada do canelamento do limitet de cheque especial e gostaria de saber o que pode ser feito neste caso para que eu possa obter o estorno do meu credito de salario, pois pelo que sei não se pode debitar nenhum valor seja ele qual for do credito de salario do cliente.

    No agurardo e desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/06/2011 - 13:47
    Enviado por: Fabrisia souza

    Boa tarde!!! Tenho uma divida de cartao de credito no Banco Itau e o banco me ligou ameaçando a tirar o dinheiro da divida em qualquer outro banco que eu estiver conta ate mesmo se for conta salario. Por medo da ameaça por que tenho uma conta poupança para recebimento de salario no Banco Bradesco fiz o acordo com eles mas o valor das parcelas sao muito alta e ta muito alem do meu orçamento nao sei mais o que faço me falaram que nao podem tirar o dinheiro da minha conta para quitamento da divida. O que posso fazer nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/06/2011 - 16:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Banco não pode retirar dinheiro de conta sem autorização do cliente, a menos que obtenha autorização da Justiça. Se houver retirada indevida, procure um advogado e processe o banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/06/2011 - 17:17
    Enviado por: Wanessa Merly

    Boa tarde, estou com minha conta no banco bloqueada judicialmente. Fiquei sabendo a hora que fui fazer um pagamento no banco, até então não sabia que tinha processo correndo no meu nome. Gostaria de saber se podem bloquear minha conta sem meu conhecimento em relação a processos no meu nome. Sou estudante de uma instituição federal e recebo bolsa alimentação e permanencia nesta conta. Esse dinheiro mesmo sendo com o propósito de manter meus estudos pode ser bolqueado? O que posso fazer? Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 01:05
    Enviado por: maicckel paulo martins

    tenho varios cheques protestados certo banco a empresa pediu para abrrir conta salario posso abrir ou nao .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 17:02
    Enviado por: maria

    tenho uma conta no banco santander e estão debitando automaticamente nela mesmo sem ter saldo,e sem minha autorização o que posso faze?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 18:03
    Enviado por: Wanessa Merly

    Minha conta esta bloqueada judicialmente por uma instituição particular onde fiz 4 anos de faculdade e fiquei devendo aproximadamente 2 anos. Terminei a faculdade em 2004 e em 2008 fui lá negociar, paguei uma parte da dívida a vista e pedi pra eles parcelarem o retante.Eles não quiseram e me disseram que o máximo que podim fazer era tirar os juros, mais mesmo assim ficaria muito caro pra mim pagar a vista. Na é poca um advogado me disse que era pra eu deixar quieto que eles voltariam a me procurar com um novo acordo. Bem agora em 2011 eles sem me avisar bloquearam minha conta.Hoje faço uma outra faculdade ja que não tive boas chances de emprego, desta vez Federal e o dinheiro que entra nesta minha conta é proveniente de bolsa alimentação e permanencia que o governo oferece a alunos que não tem condições de se manterem. Meu curso é integral e não trabalho e a faculdade não é no meu Estado. O único dinheiro que me mantem aqui é o da bolsa. Gostaria de saber se nesses casos o juíz pode ser favorável a mim e pedir desbloqueio da minha conta ou se tenho chance de negociar para que seja retirado apenas uma porcentagem deste dinheiro que recebo e não todo ele? Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/06/2011 - 11:28
    Enviado por: patrica

    Ola, meu marido estava trabalahando num serviço e trocou de emprego e ele recebia pela conta salario do banco itau agora ele arrumou outro serviço e por conhecidencia é no mesmo banco e eles nao deixam ele abrir outra conta salario devido uma dívida antiga na conta corrente que ele tinha.o salario dele está vindo em malote pois recebe quando o malote vem esta sendo um transtorno o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/06/2011 - 18:20
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. O banco pode tomar esse procedimento. O jeito é pagar a dívida que existe.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 04/06/2011 - 23:20
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Patrícia!

      Não quero e nem estou discordando do colega Marcelo, apenas colocarei a minha posição:

      O Banco NÃO pode impedir a abertura da conta-salário do seu marido, mesmo porque a iniciativa de abertura de uma conta desta natureza é uma relação entre a Instituição Financeira (Banco) e o empregador (entidade que seu marido trabalha).

      Você colocou que “devido uma dívida antiga na conta corrente que ele tinha”. O que houve com esta conta corrente? Ele encerrou? Não acredito!!! A dívida existe e deve ser negociada dentro das posses de vocês (pagamento parcelado), FALE PARA O SEU MARIDO NÃO ACEITAR E NEM ASSINAR “ACORDOS” ABSURDOS.

      Aconselho, primeiramente, que ele faça uma carta (em duas vias) ao gerente da agência para que a solicitação feita pela entidade empregadora para a abertura da conta salário seja feita em cumprimento à Resolução 3.402 e 3.424 do Bacen. Uma das vias (que o seu marido deverá guardar) deverá ser assinada e PROTOCOLADA pelo gerente.

      Devido ao exposto, afirmo que não existe nenhuma relação entre possuir uma conta corrente e uma conta salário no mesmo Banco.

      Desejo sucesso!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/06/2011 - 12:18
    Enviado por: JULIO

    TENHO UM EMPRESTIMO COM A CREFISA, O DESCONTO E FEITO DIRETO NA MINHA CONTA CORRENTE DO BANCO SANTANDER, SO QUE O INSS MUDOU MEU PAGAMENTO PARA OUTRO BANCO SENDO QUE O MESMO IRA SER FEITO EM CONTA SALARIO… COMO A CREFISA IRA DESCONTAR AS PARCELAS SENDO QUE NAO RECEBO MAIS PELO BANCO ONDE ELA DESCONTA MINHAS PARCELAS…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/06/2011 - 23:48
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Júlio!

      A grande vantagem da nova conta (conta salário), é poder fazer a transferência dos seus vencimentos, para qualquer outra conta (dentro da mesma Instituição ou não) sem quaisquer taxas, desde que seja na sua TOTALIDADE (todo o salário recebido).

      Faça um comunicado à Crefisa do procedimento, para alteração (data de vencimento)das parcelas em virtude do prazo da transação das transferências.

      ATENÇÃO: caso não haja mais interesse em manter a conta corrente com o Santander, os procedimentos serão outros. Entre em contato com o e-mail no topo desta resposta.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/06/2011 - 17:48
    Enviado por: Cintia

    Estou devendo a mais de cinco anos para o banco Real e Santader eles podem bloquear a minha poupança ou pegar este dinheiro para pagar a esta divida, sendo que a poupança esta em outro banco itau.Grata pela antenção.Aguardo a um retorno rapido.Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/06/2011 - 18:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Podem sim, com autorização da Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 05/06/2011 - 00:40
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Cíntia!

      Gostaria de acrescentar algo à resposta do colega Marcelo. Pode ser? Então vamos lá:

      Conforme o Inciso X do Artigo 649 do CPC (Código de Processo Civil), a quantia até quarenta salários mínimos (R$ 21.800), valor atualizado, depositado em Caderneta de Poupança, é considerado um bem ABSOLUTAMENTE IMPENHORÁVEL.

      O argumento acima, não exime a sua responsabilidade com a dívida assumida. Toda e qualquer dívida deverá quitada!!!

      Existem várias formas de solicitar ao Banco credor para que você possa amortizar sua dívida. Eles preferem receber paulatinamente a ter que entrar com processo de cobrança com custos elevadíssimos e demorados.

      Cuidado com determinados acordos para pagamento de dívida que são impostos pelos Bancos ou empresas de cobrança contratadas por eles. Não se deixe levar pelo TERRORISMO habitual.

      Espero que tenha ajudado de alguma forma!

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/06/2011 - 18:56
    Enviado por: JULIO

    TENHO UM EMPRESTIMO COM A CREFISA, O DESCONTO E FEITO DIRETO NA MINHA CONTA CORRENTE DO BANCO SANTANDER, SO QUE O INSS MUDOU MEU PAGAMENTO PARA OUTRO BANCO SENDO QUE O MESMO IRA SER FEITO EM CONTA SALARIO… COMO A CREFISA IRA DESCONTAR AS PARCELAS SENDO QUE NAO RECEBO MAIS PELO BANCO ONDE ELA DESCONTA MINHAS PARCELAS…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2011 - 12:02
    Enviado por: robson

    peguei quatro mil reais no caixa eletrônico, saquei mas não
    gastei, gostaria de ir ao banco devolver esta mesma quantia
    pois não vou ter condições de arcar com as despesas deste empréstimo, será que eles vão aceitar vendo que não terei condições de quitar a divida?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/06/2011 - 22:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só tentando para saber.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 07/06/2011 - 00:58
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Robson!

      Espero que esta resposta chegue em tempo para que você possa desfrutar do arrependimento, sem muito trabalho. Veja o que diz o Artigo 49 do Código do Consumidor:

      Art. 49. “O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 (sete) dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicilio”.

      Considerando que você solicitou um empréstimo (dinheiro = produto) em um caixa eletrônico (não foi um empréstimo direto na Agência bancária com todas as pompas, cafezinhos, etc. Foi uma assinatura eletrônica concordando com um contrato embutido. Logo poderemos considerar FORA DO ESTABELECIMENTO).

      O exercício do direito de arrependimento é irrestrito e incondicionado, pois independe da existência de qualquer motivo que o justifique, ou seja, no íntimo o consumidor pode até ter suas razões para desistir, mas elas não precisam ficar evidenciadas nem tampouco explicitadas. Aliás o Código de Defesa do Consumidor é de ordem pública e, portanto, irrenunciável, sendo considerada não escrita a cláusula contratual que o consumidor abre mão do seu direito de arrepender-se, desde que tal manifestação se dê no prazo legal (SETE DIAS).

      Caso tenha ultrapassado os 07(sete) dias, o “perdão da dívida” poderá ser:

      Total: a dívida é integralmente perdoada;

      Parcial: o credor só recebe parte da dívida, subsistindo o débito.

      Nestes casos, deverá haver um bom embasamento mostrando à Instituição Financeira a sua boa-fé e a incapacidade de arcar com os ônus das prestações.

      Seja de uma forma ou de outra, um documento deverá ser bem formulado constando: o numerário devolvido (R$4.000), os anexos necessários (cópia do extrato do empréstimo, RG, CPF e comprovante de residência). Este documento deverá ser feito em 02(duas) vias sendo que uma delas ASSINADA E PROTOCOLADA PELO GERENTE ficará guardada com todo carinho por você. Quem sabe? Poderá ser de grande valia futuramente.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/06/2011 - 12:18
    Enviado por: Ivana

    Tinha uma divida com o banco Nossa Caixa (3 anos)..agora passou p/ o Banco Brasil..no momento não tenho como pagar..Possuo uma carro em nome de meu marido ..Eles podem com ação judicial recolher este carro, sendo que a divida esta em meu nome??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/06/2011 - 01:15
    Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

    Olá a todos!

    Seria imperativo que os questionamentos feitos e respondidos, tivessem um retorno do andamento ou solução de alguns casos, fazendo jus ao nosso desempenho e dedicação em manter este fórum no ar e atuante.

    Um grande abraço em todos!

    Oliveira.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/06/2011 - 01:24
    Enviado por: camile

    Bom dia, tenho dividas no banco santander desde o ano passado de emprestimos cheque especial e cartao de credito, tentei negociar com o advogado do banco mas o valor continuoi alto pra mim, qnd eu olhava o saldo da conta corrente estava zerada, e a empresa que eu trabalho depositava meu salario na conta poupança assim estava ate eles abaixarem o juros e eu conseguir pagar, mas nesse mes que sai de ferias diz a empresa que nao conseguiu depositar na conta poupança e depositou na conta corrente e o banco comeu tudo sem deixar nenhum centavo, eles podem fazer isso? oque tenho que fazer? obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/06/2011 - 12:24
    Enviado por: camile

    boa tarde, tenho uma divida de cartao e emprestimo no banco santander desde o ano passado, e ja tentei fazer acordo mas o valor ficou muito alto, desde entao a empresa que eu trabalho deposita meu salario na conta poupança e justo nesse mes diz ela que nao conseguiu e depositou o mesmo na minha conta corrente que estou em debito mas no caixa qnd olho o saldo esta zerada, e o banco comeu todo o meu salario sem deixar nenhum centavo, eles podem fazer isso? oque tenho que fazer agora pois preciso pagar minhas contas pessoais tambem! obrigado aguardo resposta!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/06/2011 - 18:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não pode fazer isso. Procure o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/06/2011 - 00:28
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Camile!

      Vamos colocar as coisas nos seus devidos lugares?

      Primeiramente a dívida com o cartão está diretamente ligada à financeira com vínculo com o Banco Santander.

      Sobre o empréstimo é pessoal direto com o Banco ou consignado(descontado na fonte pagadora)?

      Com relação aos seus vencimentos ou salários(pagamentos pelo empregador por serviços prestados), e depositados na sua conta corrente, nenhum Banco poderá lançar mão dele. O amparo está no Artigo 649 Inciso IV do Código Civil, sem mencionar a nossa Magna Carta (Constituição Federal).

      O nosso salário é SAGRADO, não poderá ser dado como penhor ou garantia de empréstimo.

      A minha orientação seria para que você fizesse uma carta (em duas vias) ao Banco, solicitando o estorno de todos os numerários referentes aos seus salários retidos por conta do empréstimo ou amortização dos débitos com o cartão, em cumprimento ao Artigo 649 Inciso IV do Novo Código Civil no prazo de 72 (setenta e duas horas), para que você possa cumprir com as suas necessidades mínimas de sobrevivência. Ao mesmo tempo, deixe a entender em um outro parágrafo desta mesma carta, que reconhece as dívidas existentes as quais pretende fazer uma negociação para quitá-las paulatinamente dentro das suas condições financeiras atuais.

      Por que falei em uma carta em duas vias? Porque uma delas será assinada e protocolada pelo seu gerente. Agora você poderia perguntar: E se o gerente da minha conta NÃO quiser assinar e muito menos protocolar? Procure o gerente da agência e comunique o fato da recusa e peça que ele assine e protocole, eu tenho certeza de que ele saberá onde “está pisando”.

      Passado o prazo pedido na missiva (carta) de 72 horas, não havendo o referido depósito, retire um extrato de sua conta, junte com a carta devidamente assinada e protocolada, e dê entrada DIRETO NO JUIZADO ESPECIAL CÍVIL, sem a necessidade de constituir um advogado. Lembre-se de que o endereço completo da sua agência bancária é imprescindível para que eles sejam citados.

      Espero de coração que você obtenha êxito antes mesmo de acioná-los.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/06/2011 - 13:54
    Enviado por: Carlos Varela

    Boa tarde!

    O meu caso é seguinte:

    Eu fui funcionário dum Banco, na altura beneficiei de um crédito no âmbito do regulamento de empréstimo sociais (adiantamento do vencimento) em vigor na intituição para um prazo de 60 meses, tendo apenas assinado um documento de confissão da dívida.

    18 meses seguidos, o meu contracto que era de tempo determinado não foi renovado por caducidade (tendo recebido uma carta de caducidade do contracto de trabalho)

    Na altura, o banco sem nehuma negociação debitou a compensação por tempo de trabalho que eu tinha direito para saldar parte de dívida em curso.

    Ora bem, o banco vem me cobrando o saldo remanescente da dívida isufruida a quando eu era o seu funcionário,nisto, pergunto o que eu posso fazer para não pagar o montante do vencimento adiantado na altura?

    1º não havia justa causa para o meu despedimento;

    2ºNão beneficiei da compensação do que tinha direito, dado que o valor serviu para amortizar a dívida;

    3º Não beneficiei do vencimento do que tinha direito no último mês do contrato;

    4ºFiquei desempregado por mais por mais de 3 anos;

    5º Fui lesado psicologica e materialmente dado que contava com este emprego pelo menos enquanto durar o contracto estabelecido com o banco para amortização da dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/06/2011 - 18:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você precisa de advogado especializado para negociar e tentar um acordo. Não encontramos irregularidades pro parte do banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/06/2011 - 11:41
    Enviado por: Jorge Consuala

    Tenho uma dívida no banco e o processo de cobrança judicial esta em curso e recebo através do pagamento pelo cheque, pode o a justiça mandar casar o cheque já que o próprio gestor do mesmo negócio?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/06/2011 - 14:17
    Enviado por: samuel

    tenho um financiamento leasing estou com 3 parcelas em atraso e vverdade que pelo leasing o banco so da busca e apreenssao na ultima parcela?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 08/06/2011 - 17:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se houver qualquer atraso, a qualquer tempo, a busca e apreensão podem ser pedidas na Justiça a qualquer momento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/06/2011 - 00:33
    Enviado por: Bia

    Tenho financiamento no BB, cheq especial estourou minha conta, cartão visa estourado e master, fui ao banco tentar fechar a conta pois estão cobrando taxas mesmo sem estar utilizando os serviços deles, cartão, cheq etc, desde 2007 qd fui ao SPC, SERASA, mas ao tentar fechar a conta para evitar juros e taxas, me disseram q so posso fechar depois de pagar td, como vou pagar se fechando a conta, ja teria q parcela para la de anos imagina assim, o Valor q era 3.000 ja esta nos 14.000 segundo eles. Como devo proceder para fechar a conta eles podem me impedir de fechar a conta, e impedir encerrar os cartões? essa divida caduca com os anos? quantos anos caduca. tenho um carro no qual estou pagando o financiamento, eles podem entrar com pedido de penhora do bem?
    Não tem avais.
    Obrigada aguardo retorno

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/06/2011 - 22:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dívida não caduca nunca. O banco não pode impedir o encerramento de contas e cartão, mas vai cobrar o que você deve de outra forma.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 12/06/2011 - 23:37
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Bia!

      Responderei apenas sobre a CADUQUICE de uma dívida. Quanto aos outros questionamentos feitos, é imprescindível um detalhamento maior.

      Espero que as pessoas, em dúvida, leiam com atenção as postagens aqui colocadas, dirimindo as incertezas apresentadas.

      Vamos lá?

      DÍVIDA CADUCA?

      As dívidas podem prescrever se não forem cobradas. Em geral, o prazo é de dez anos, mas pode ser menor. O Título IV, do Código Civil, que abrange os artigos 189 a 232, trata do assunto. Mas é bom que fique bem claro que as dívidas só caducam se o credor nunca tomar conhecimento delas (não acionando na justiça o devedor). Uma vez levadas à Justiça, o prazo de prescrição ACABA e a dívida, mesmo que tenha 30 anos, pode continuar sendo cobrada.

      Aconselho aos interessados para darem uma lida com carinho nos Artigos do Novo Código Civil, mencionados no parágrafo anterior, para enquadrar os prazos da prescrição.

      Fiquem na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/06/2011 - 16:17
    Enviado por: fabiana silva

    Oi, tenho uma divida com o banco Itau a mais de 6 anos,ja fiz acordo,tanto para pagar o emprestimo como o Limite, mas fica muito caro por mes, e o pior, no momento estou em processo seletivo para trabalhar para a porto seguros e o registro é com Itau, e agora? Posso abrir outra conta? Eles podem me negar a vaga pela restrição??? oque eu faço???? Sera q devo ir ao banco verificar a possibilidade de um acordo? para limpar o meu nome?
    HOJE JA PASSEI NA ULTIMA ENTREVISTA, SÓ FALATA ME LIGAREMM P EU LEVAR OS DOCUMENTOS? COMO POSSO RESOLVER EM POUCO TEMPO ESSA SITUAÇÃO? SOCORRO…É URGENTE…NÃO TENHO COMO PAGAR SEM TRABALHAR…

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/06/2011 - 20:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode abrir outra conta desde que outro banco a aceite com cliente – e ele tem todo o direito de recusar. Empresas não podem excluir candidatos a emprego por conta de nome sujo, mas é praticamente impossível provar que isso ocorreu caso queira ir à Justiça por danos morais. Você corre o risco de não ser efetivada ou escolhida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/06/2011 - 23:23
    Enviado por: Silvia

    Boa noite, tenho uma dívida com cartão de crédito que foi feito como credicard universitário comprado pelo itaú, dívida essa que de 4.000 em 2008 hoje sou cobrada 39.000 enfim, quando trabalhava em 2006 me afastei e recebi auxílio doença no banco itaú sendo que não abri a conta, quem fez foi o inss e não recebi cartão da mesma na verdade eu nem sabia da existência dela pois recebia por ordem de pagamento na boca do caixa durante os 3 meses de auxílio sendo q a pouco tempo entrei em contato com o banco para ver a possibilidade de acordo em relação a divida e fui informada sobre essa conta, com isso associei que perdi meu crédito especial no Banco do Brasil onde sou correntista depois da verificação anual de cadastro e surgiu então as seguintes dúvidas.
    Poderia o itaú associar a dívida do cartão a conta se não assinei em nenhum dos casos contrato com ele como explicado acima?
    Caso a dívida não estivesse associada a conta do itaú eu perderia limite especial por dever um cartão de crédito?
    Como possp fazer para resolver a situação?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2011 - 00:17
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que o banco está correto nas situações mencionadas. Se não quiser tentar renegociar, procure um advogado e tente questionar a dívida na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/06/2011 - 08:28
    Enviado por: Ohanna

    Olá, minha mãe fez umas compras na ponto frio e no magazine luiza e comprou com cartão de creditos,que eles oferecem e ela não pode pagar a divida, o banco pode tomar a nossa casa.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2011 - 17:40
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode sim, com autorização judicial.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 11/06/2011 - 00:05
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Ohanna!

      Desculpe ser direto, mas para que este extremismo?

      Quem está fazendo terrorismo com vocês? Que banco?

      Apesar de termos consciência de que dívida assumida o certo é pagar, não significa que o “homem da capa preta” em caso de uma Ação de Cobrança (que acho muito pouco provável devido o alto custo processual e muito demorada), “bata o martelo” para tirar a casa de vocês, ainda mais se for o único bem imóvel (que é impenhorável).

      Para maiores informações, entre em contato.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      Olá, minha mãe fez umas compras na ponto frio e no magazine luiza e comprou com cartão de creditos,que eles oferecem e ela não pode pagar a divida, o banco pode tomar a nossa casa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/06/2011 - 09:45
    Enviado por: Breno

    Bom dia, tenho uma divida com o banco do brasil, mas eles venderam essa divida para a “Ativos” , gostaria de saber se eles realmente podem fazer isso? se ao negociar a divida meu nome ficara impedido de trabalhar com o banco do brasil novamente, pois meu gerente me garantiu que se negociar a divida e não pagar ela por completo, eu não poderei mais trabalhar com o banco do brasil, isso é verdade? cabe processo se isso acontecer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2011 - 17:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco pode vender a dívida sim, e nenhum banco é obrigado a aceitar quem quer que seja como cliente, ou seja, pode perfeitamente recusar um cliente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/06/2011 - 12:16
    Enviado por: marco antonio de lara mendes

    eu fiz um empréstimo no sanatader a 10 anos atrás e não tive condições em pagar.
    acontece que agora passei em um cocncurso publico, e o pagamento sera feito no santander, acontece que uma funcionário me avisou que a divida minha foi comprada por uma instituição para realizar a cobrança.
    pergunto: o banco pode reter meu pagamento para essa cobrança ou essa divida.
    sem mais meus agradecimentos

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2011 - 17:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há lei que impeça o banco de fazer isso, mas é possível recorrer à Justiça para evitar que isso aconteça ou obrigaqr o banco a devolver o dinheiro que for retido. Mas não se esqueça: existe uma dívida, que tem de ser paga.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 11/06/2011 - 00:11
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Marco!

      Dê uma olhada no Link abaixo. Pode ser que o ajude de certa forma:

      http://www.endividado.com.br/faq_det.php?id=11

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 12/06/2011 - 00:21
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Marco!

      Acrescentarei mais alguns detalhes. OK?

      Caso neste ínterim (durante os dez anos) você não tenha feito nenhum tipo de acordo, conforme o Artigo 205 do Novo Código Civil, sua dívida está PRESCRITA. No entanto, isso não quer dizer que o débito com a Instituição Financeira desapareceu. Parece confuso e muito estranho, não é mesmo? Infelizmente nas entrelinhas das nossas legislações, apesar da PRESCRIÇÃO, alguns credores costumam entrar com uma AÇÃO MONITÓRIA OU DE CONHECIMENTO (Artigo 1.102.a do CPC), mostrando à justiça que ainda possui um título a ser cobrado, passando de PRESCRITA para EXEQUÍVEL.

      Agora acompanhe os dois lado da moeda: como o credor possui um período de 05 (cinco) anos para manter o nome nos Órgãos de restrições devido a falta de cumprimento de um determinado contrato, o credor tem o direito de cobrar na Justiça. Se não o faz, a Justiça entende que ele não tem interesse em receber. Vamos imaginar então como um magistrado analisaria uma Ação Monitória, que é complexa ao extremo.

      Não gostaria que você desanimasse! Como você disse que o seu empréstimo foi há dez anos (acredito que no ano de 2001)antes da entrada em vigor do Novo Código Civil (11/01/2003) a sua dívida só PRESCREVE 20 (vinte) anos depois da execução obedecendo o ANTIGO CÓDIGO. Esta é a minha visão.

      Parece que o departamento jurídico do Banco desconhece de muitas coisas e que continue assim, não é mesmo? Vendeu a sua dívida para uma empresa de cobrança provavelmente por um valor ínfimo e, esta, tentará tirar de você o máximo que puder. Porém, seja frio e prudente, não faça nenhum acordo absurdo muito menos uma confissão de dívida.

      As empresas de cobrança sobrevivem do TERRORISMO praticado aos endividados, com ameaças fora do comum. Para isso, existe uma solução bem simples: primeiramente retorne a ligação solicitando “um basta” nas ameaças conforme o Artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor – “Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça”.

      Agora vamos um pouco mais fundo? Façamos de conta que o prazo da prescrição seja mesmo os dez anos e que a empresa de cobrança continue a “perturbar”. Aí vai o meu conselho: entre na Justiça através de um advogado de confiança com um pedido de prescrição intercorrente, isto é, pedir em juízo que seja declarada a prescrição do direito de cobrança. “Se o juiz acatar o pedido, o credor não vai mais poder cobrar nada. Existe jurisprudência (Direito aplicado com sabedoria) favorável”.

      Com relação ao seu questionamento sobre o Banco reter alguma coisa do seu salário para saldar tal débito, informo que milhares de pessoas enfrentam uma triste realidade ao tirarem seus extratos bancários e verificarem que o banco descontou, sem sua autorização, valores para cobrir dívidas. Muitas destas pessoas começam o mês praticamente sem os seus salários, pois os bancos não têm critérios ou limites nos descontos, simplesmente agindo como bem entendem para saciar a sua ganância e, em alguns casos, “raspando” o saldo da conta e do salário do cliente para cobrir as dívidas, sem se preocupar em como ficará o sustendo do trabalhador e de sua família.

      Referente ao parágrafo anterior, também existe uma solução plausível, com amparo nas nossas legislações que deverá ser redigida uma carta ao jurídico do Banco com cópia assinada e protocolada pelo gerente da sua conta. Entre em contato (e-mail no topo) para formularmos um modelo caso ocorra esse abuso SEM AUTORIZAÇÃO.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/06/2011 - 19:37
    Enviado por: Maristela Cardozo

    Boa Noite
    Sou profissional liberal, uma funcionária que eu não registrei entrou com processo trabalhista, fiz um acordo mas não consegui pagar todas as parcelas; agora passei em um concurso público do Estado e terei uma conta salário, o TRT pode entrar direto em minha conta para descontar o restante que devo a essa ex funcionária?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/06/2011 - 21:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese não, mas é melhor procurar essa ifnormação com um advogado trabalhista. Este site é de defesa do consumidor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/06/2011 - 11:41
    Enviado por: Priscila

    Bom dia, eu devia no Banco Real um empréstimo em folha no qual sai dessa autarquia, parei de pagar e entrei em outra e comecei a receber pelo Santander. Como unificou o Santander começou a descontar do meu crédito de salário uma parte do valor da dívida de 2009 (Banco Real) gostaria de saber se podem fazer isso mesmo eu estando em outra autarquia e se posso pedir o estorno do valor descontado. Se eu transferir o meu pagamento da conta para a poupança eles podem descontar?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/06/2011 - 16:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Podem sim, em nosso entendimento. Empréstimos e dívidas precsiam ser pagos.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 14/06/2011 - 00:07
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Priscila!

      Você utilizou o verbo dever no passado “devia no Banco Real”, quando trabalhava em uma determinada Autarquia. Por acaso o empréstimo foi quitado? Acho que não!!! Muito me impressiona a sua liberação pelo departamento financeiro da “tal” Autarquia, sabendo que houve uma participação direta para que houvesse “desconto em folha”. Acredito que o Banco deva ter entrado em contato com você como também com o seu antigo emprego sobre os numerários acordados e NÃO REPASSADOS.

      Como os ATIVOS e PASSIVOS do Banco Real foram adquiridos pelo Santander onde você recebe o seu salário da NOVA AUTARQUIA, é muito natural que pelo cruzamento de dados (Nome e CPF), eles vão querer “acertar as contas”. O que você precisa saber é até onde vai o direito do Banco em reaver as prestações em atraso e as vincendas.

      Lembro que existe amparo em nossas legislações. Dê uma lida em alguns tópicos anteriores ao seu. Você não será a primeira nem a última vítima destas Instituições pelo uso inadequado dos nossos vencimentos (salário por serviços prestados).

      Quanto à transferência do salário para uma poupança no intuito de não haver o tal desconto, pode descartar a hipótese. Existe uma programação automática que debita no ato da entrada de qualquer quantia em sua conta, até que você tome as medidas certas e necessárias para evitar a continuidade deste processo.

      Qualquer dúvida, entre em contato pelo e-mail no topo.

      Boa sorte!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/06/2011 - 17:06
    Enviado por: Barbara frança

    Minha mãe tem uma empresa em seu nome que na realidade pertence a meus tios.
    Meus tios entraram em desentendimento, mais não é possível dar baixa na empresa pois ela possui uma divida de financiamento no BB de 40 mil reias.
    Caso eles parem de pagar este financiamento há risco da minha mãe ter seus bens penhorados? Ela possui um apartamento aonde moramos e um carro. Sua conta corrente e aposentadoria (única fonte de renda)podem ser bloqueados?

    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/06/2011 - 17:18
      Enviado por: Marcelo Moreira

      É bem possível que isso aconteça. Procure um advogado especializado em direito comercial para se defender de um eventual processo judicial.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 13/06/2011 - 18:43
    Enviado por: fabiana silva

    Oi marcelo, agradeço a sua resposta.Mas tenho outra pergunta , AMANHA DEVO FAZER O EXAME MEDICO, E ENTREGAR OS DOCUMENTOS, E NO EMAIL QUE ME ENVIARAM DIZEM QUE DARÃO UMA CARTINHA PARA ABERTURA DE CONTA NO ITAU. AGORA SERÁ ABERTA AQUEJA CONTA SALARIO NÉ? SE ELES NÃO QZEREM ABRIR A CONTA, COMO POSSO PROCEDER? DEPOIS DE TODAS AS ETAPAS, E ENTREGA DOS DOCUMENTOS, ELES PODEM ME BARRAR?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2011 - 20:58
    Enviado por: Joana

    Boa noite! Gostaria mto de uma orientação. 1ª: sou aposentada do Governo do Estado do Rio. Só posso receber o dinheiro na conta do ITAU? Não tenho o direito de escolher o banco?
    2ª: Estou devendo ao ITAU e quando fui receber meu salário eles disseram q só teria o direito de receber 70% do valor. Isso é realmente certo? Meu salário não é um bem impenhorável? Como posso proceder? Eu trabalhava e podia arcar com as minhas contas, ms me aposentei ganhando 3x menos. Tento negociar com o banco, ms a parcela que eles querem q eu pague é quase todo meu salário. Não sei masio que fazer.Grata

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/06/2011 - 21:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O banco não é obrigado a negociar a dívida, pode exigir da forma que quiser o pagamento, mas não pode mexer na conta corrente sem autorização do cliente. Entre em contato com a Previdência e veja como mudar o banco para receber o pagamento.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/06/2011 - 21:51
    Enviado por: Joana

    Tenho um apartamento da CEHAB. Posso perdê-lo? Não estou me nagando a pagar, só ñ tenho como pagar as parcelas que estão me impondo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/06/2011 - 23:21
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Joana!

      Caso o seu apartamento seja o ÚNICO e que esteja servindo como moradia, jamais perderá se o Banco entrar na justiça para cobrar sua dívida (que acho muito pouco provável). Veja abaixo:

      No caso do credor realmente mover uma ação judicial de cobrança ou execução da dívida, colocarei abaixo os 02(dois) principais bens que NÃO PODEM SER PENHORADOS para pagar dívidas:

      Primeiro de tudo é o salário (incluindo no termo “salário” toda renda que venha do trabalho). O salário não pode ser penhorado para o pagamento de dívidas (Artigo 649 – IV do CPC), salvo em caso de pensão alimentícia.

      Também não pode ser penhorado o imóvel único de família, conforme determina a Lei nº 8.009, de 29 de março de 1990:

      “Art. 1º O imóvel residencial próprio do casal, ou da entidade familiar, é impenhorável e não responderá por qualquer tipo de dívida civil, comercial, fiscal, previdenciária ou de outra natureza, contraída pelos cônjuges ou pelos pais ou filhos que sejam seus proprietários e nele residam, salvo nas hipóteses previstas nesta lei.”

      Fique na paz!

      Oliveira

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/06/2011 - 12:45
    Enviado por: cintia

    Tenho uma divida muito alta com o banco do brasil que já ultrapassou 50% dos meus vencimentos, porém parte dela eu adquiri no auto atendimento. Eu posso fazer um reescalonamento desses empréstimos e solicitar que não ultrapasse os 30%?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/06/2011 - 16:47
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só o se o banco topar.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 16/06/2011 - 23:33
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Cíntia!

      Apesar de você não estar sozinha nestes emaranhados de empréstimos, não podemos nos vangloriar. Não é mesmo? O seu reconhecimento do problema já é um grande passo.

      Pelo seu relato entendo que os seus “vencimentos” são os salários ou seja, toda renda que venha do trabalho. Estou certo? O Banco, por sua vez, possui um contrato ou convênio com o seu empregador e, portanto, a movimentação dos pagamentos e recebimentos de cada cliente. Uma espécie de planejamento financeiro da sua conta.

      Instituições Financeiras como os Bancos se valem da fragilidade e das necessidades de muitos que desconhecem seus direitos para ARRANCAR, SE POSSÍVEL, TODO O SEU SALÁRIO. Caso contrário, jamais permitiriam que os seus “empréstimos” ultrapassassem o limite de 30% dos vencimentos (com base no parágrafo anterior).

      Como a sua intenção INICIAL seria pagar os débitos “agrupados” dentro dos limites dos 30% dos seus vencimentos, um reconhecimento deles (débitos) pode ser considerado como confissão de uma dívida. Desta forma, uma carta em duas vias deverá ser feita e entregue ao seu gerente que terá que protocolar e assinar A SUA VIA (esta poderá servir, no futuro, como anexo a uma Ação por Dano Moral – bloqueio ou desconto total ou parcial de proventos = salário, aposentadoria, pensão, etc) no Juizado Especial Civil da sua Comarca, se a Instituição NÃO CUMPRIR O ESTIPULADO NA REFERIDA CARTA.

      Caso necessite de uma “força” em como fazer a tal carta, minha equipe poderá ajudá-la a formular. Entre em contato com o e-mail no topo.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/06/2011 - 14:15
    Enviado por: Sa

    Olá,

    Estava usando o limite da minha conta e o banco debitou um valor de juros que ultrapassou o limite, ou seja, “explodiu a conta”. Logo após, por ter ultrapassado o limite, por conta do débito dos juros, o banco debitou uma Tarifa de Adiantamento Depositante (e consta no extrato “Tarifa Referente a 10/06/2011″, ou seja, referente à data do débito do juro. Isto é legal???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/06/2011 - 08:47
    Enviado por: kaaa

    bom dia há mais ou menos 6 anos atras meu marido fez uma divida onde trabalhava comprando peça para seu carro ele assinou alguns boletos e deu dois cheques ,com o tempo ele perdeu o controle das dividas e juros muito alto . e ele pediu conta pois seu patrão estava enrolando muito ele ,tiveram um desentendimento e o patrão levou a justiça por 3 vezes mandaram intimação ao meu esposo ,e meu esposo não compareceu nas audiências ,então o juiz bloqueou a conta corrente de meu marido mais na ha depósitos nela,ontem veio o oficial de justiça na casa onde moramos ,mais nós não estavamos em casa ,deixou recado com meu sogro que voltaria . sabemos que meu esposo esta errado mais hoje temos uma filha ele não tem nada no nome dele mais também não temos condições de pagar o valor da divida e mais o juros .por favor como podemos resolver essa situação ?
    qual e o minimo do valor que podemos pagar a divida estar em mais ou menos 3 500 R$
    grata aguardo uma resposta

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/06/2011 - 20:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Praticamente impossível entender o texto. Ou tenta renegociar a dívida – e o credor não tem obrigação de fazer isso – ou os processos judiciaisi continuarão, com perigo de penhora de bens. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/06/2011 - 04:14
    Enviado por: joseilton

    Optei por um pacote bancario em que o banco desconta mensal 30,00 e me converte em bonus para celular , só que durante os meses passados não houve o desconto e agora neste mes descontou tudo de uma só vez mas o credito não foi efetivado , O Banco pode descontar todo o debito de uma só vez ? Comno devo proceder judicialmente ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 11:44
    Enviado por: Jorge Consuala

    Oh! Marcelo, parece que tem preguiça de ajudar os outros! Como é que é praticamente impossível entender o texto e depois diz para procurar advogado?
    Neste caso, o devedor não tem como pagar e o credor não tem como recuperar o seu dinheiro porque o devedor não tem nada em nome próprio, enfim preso creio que o homem não vai….
    Olha Kaaa, no Brasil ninguém vai preso porque deve……

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 17:28
    Enviado por: marta

    Boa tarde, estou sem dormir a não sei quanto tempo! Gostaria de um parecer relativo ao meu PROBLEMÃO com o ITAÚ. Peguei uns 5.000,00 no terminal eletrônico em forma de CDC, isso já tem uns 03 anos, já paguei uns 16.000, e o ITAÚ ainda diz que eu devo mais 24.000,00,de 01 ano pra cá, não consegui pagar as parcelas de tal composição de dívida, e aí o ITAÚ começou a retirar da minha conta salário (sou servidora estadual)30% do meu salário, e mais o saldo devedor, conclusão fico praticamente sem salário. A minha dúvida é que o BRADESCO comprou a folha de pgto. dos servidores do estado, a minha dívida ficará com o Itaú, ou será repassada para o bradesco? Essa dúvida que anda tirando o meu sono! Por favor me ajudem com uma posição! desde já grata pela preciosa atenção; marta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 17:31
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O Bradesco deverá ficar com a dívida também, caso ela esteja vinciulada ao salário. Se não estiver, a dívida permanece com o Itaú.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/06/2011 - 17:37
    Enviado por: triste

    SOU SERVIDOR DO ESTADO, RECEBO PELO ITAÚ AO QUAL TENHO UMA DÍVIDA DE EMPRÉSTIMOS EFETUADOS NO CAIXA ELETRÔNICO.
    PERGUNTA: COM A COMPRA DA FOLHA DE PGTO. DO ITAÚ PELO BRADESCO COMO FICARÁ MINHA DÍVIDA, OU SEJA, O BRADESCO IRÁ ME COBRAR PELA DÍVIDA C/ O ITAÚ? AGRADEÇO A AJUDA, FERNANDO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 21:41
    Enviado por: Bianca Nieri

    olá meu nome é bianca sou funcionaria publica e o ano passado por conta de uns problemas particulares dexei meu emprestimo atrasar por cerca de 6 meses ai quando volteia trabalhar o banco começou a debitar o valor total do meu salario para o pagamento da minha divida com o banco sem utorização minha resumindo fiquei sem receber absolutamente nada durante 7meses seguido pagando aluguel marido desempregado e 4 filhos fui despejada humilhada e ainda hoje passo por serios problemas referente a isso o problema não acabou estou tentando mudar minha conta de itanhaem para osasco onde estou morando atualmente e não posso pois estou com restrção no nome o que devo fazer aguado respostas e nenhum advogado pega a causa pois não posso pagar e por ser dois lugares bem diferente (itanhaem e osasco) me ajude por favor, abraços Bianca.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 17:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos ajudar neste caso. Procure ajuda no Procon ou de um advogado para tentar processar o banco, que não pode mexer na sua conta sem autorização.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/06/2011 - 22:38
    Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

    Olá, Jorge!

    Como poderá ver, não sou o Marcelo e muito menos seu defensor. Ele é conciso (breve e claro) nas suas respostas. Entendo que a colocação dele deve-se ao fato do não entendimento dos hieróglifos (indecifrável) da pessoa que se identificou como “Kaaa”. Daí, achou mais viável que a consulente procurasse um profissional da área no “tête-à-tête” (conversa particular de duas pessoas) onde poderia ser desfeito o emaranhado dos problemas.

    Ao final do seu relato, afirma que “no Brasil ninguém vai preso porque deve……”. Tens certeza desta afirmação? Pode ser que não seja o caso “do esposo da Kaaa”! No entanto, existem situações Legais que derrubam sua ideia.

    Fique na paz!

    Oliveira.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 12:21
      Enviado por: Jorge Consuala

      obrigado Oliveira!

      Por acaso a sua resposta tem sido mais esclarecedora para as dúvidas que colocamos!

      Por vezes para um leigo não basta ser breve ou obvio!

      Obrigado pelo seu conselho de que defacto há caso em que a dívida pode conduzir a prisão…

      Não leve a mal a minha critica e bom trabalho.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/06/2011 - 00:44
    Enviado por: celinhodj1

    meu cartão vence dia 20 eu depositei no caixa eletrônico as 14:30 vendo mais tarde o dinheiro não tinha caido na conta ainda, o que devo fazer ouo o que vai acontecer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2011 - 00:48
    Enviado por: celinhodj1

    há o deposito foi feito no dia 20 as 14:30.
    obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 19:26
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá!

      Fique sempre atento às Normas que a maioria dos Bancos costumam seguir referentes aos depósitos nos caixas eletrônicos:

      ————————————————————-

      - Depósito no caixa eletrônico:

      Dinheiro: Confirmado após a agencia conferir o conteúdo do envelope, pode demorar várias horas, ou mesmo acontecer somente no dia útil seguinte dependendo do horário em que for depositado.

      Cheque: Confirmado após a agencia conferir o conteúdo do envelope mais o prazo de compensação do cheque (até 3 dias)

      ————————————————————-

      Para que não haja nenhum desconforto da sua parte, entre em contato imediato com a Instituição Financeira do seu Cartão e explique a situação, reiterando o débito previsto. Eles certamente entenderão que não houve má-fé, apenas burocracias internas.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/06/2011 - 11:23
    Enviado por: JULIO

    TENHO UM EMPRESTIMO COM A CREFISA QUE ERA DESCONTADO DIRETO NA MINHA CONTA CORRENTE ONDE RECEBIA MEU PAGAMENTO DE APOSENTADORIA, SO QUE AGORA RECEBO PELA CAIXA ECONOMICA DIRETO NO SAQUE SALARIO, COMO DEVO PROCEDER COM A CREFISA AGORA SENDO QUE ELES SO FAZEM DECONTOS NA CONTA CORRENTE..
    AFINAL ELES PODEM TOMAR MEU DINHEIRO DA MINHA CONTA SALARIO????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/06/2011 - 17:05
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Vpcê precisa negociar com eles para discutir uma nova forma de pagamento. Não podem mexer na sua conta, mas vão tentar mesmo assim.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 21/06/2011 - 19:43
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Júlio!

      Concordo com o colega Marcelo. Apenas darei uma dica bem simples para facilitar, ok?

      Pelo meu entendimento você possui na CEF uma conta corrente e a atual “conta salário”, confere? Neste caso, basta transferir todo o numerário da conta salário para a conta corrente e pronto (NÃO HAVERÁ COBRANÇA DE TAXAS CASO A TRANSFERÊNCIA SEJA TODO O SEU SALÁRIO).

      Digamos que eu estou enganado e que a sua conta corrente é de um outro Banco e a sua conta salário é na CEF. O procedimento É O MESMO, BASTA TRANSFERIR PARA A SUA CONTA CORRENTE ATÉ QUANDO DESEJAR.

      ATENÇÃO: A Crefisa precisa saber dos procedimentos que você terá de fazer para cumprir seu compromisso (de preferência por escrito), pois poderá haver mudança da data dos vencimentos.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/06/2011 - 11:46
    Enviado por: SURf

    Boa Tarde Senhores, quero saber se eu prego um emprestimo em um valor alto, de 20 ou 30 mil reais, e não pegue ele, no que isso pode acarretar, ação judicial?, eu ser preso ? qual a situação em que eu posso ficar alem de ter o nome bem sujo.

    att

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2011 - 20:10
    Enviado por: michele padilha

    fiz varios emprestimos no banco itau alguns pelo caixa eletronico em conta corrente mas meu salario é de 1,135 e o valor de todas as parcelas passam de 30% do meu salario quando meu pagamento cai na conta eles pegam, eu nao recebi nada de pagamento esse mes, eles podem continuar a pegar meu salario?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/06/2011 - 20:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Podem, primeiro porque não sabem que é salário – e se soubesem não fariam diferença. Segundo, se você fez vários empréstimos, e que não são consignados, o banco pode fazer o desconto de acordo com o que foi acordado em contrato. Procure o seu gerente e tente negociar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/06/2011 - 20:44
    Enviado por: nilson

    ola boa noite . fui abrir ama conta salario no banco do brasil com a declaraçao da enpreza que estou trabalhado. quando fui ler o contrato era uma conta corrente que descontava 13reais por mes eles poder fazer isto ou estar erado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/06/2011 - 17:52
    Enviado por: francisco

    ola, estou com o saldo negativo no itau na conta corrente(debito), gostaria de saber se posso ficar com o nome sujo se demorar a pagar essa divida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/06/2011 - 17:09
    Enviado por: maria de lourdes silva

    Olá

    Minha dúvida é sobre o prazo para prescrever dívida com seguro fiança
    em 2004 alugamos uma casa para a filha do meu marido, foi em nosso nome, ela não pagou o aluguel como era seguro fiança da porto seguro, eles estão cobrando a dívida agora depois de 7 anos, me falaram que vão entrar na justiça e antes querem fazer um acordo
    pergunto, ja não prescreveu a divida?? eles me ligaram uma única vez, fiquei de dar resposta
    ..
    Agradeço muito, por gentileza me responda..

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/06/2011 - 17:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Dívida não prescreve nunca. Um dia terá de ser paga. A cobranã é legítima, em nossa opinião.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 01/07/2011 - 22:29
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Maria de Lourdes!

      O Artigo 41 da Lei 8.245/1991 diz: “O seguro fiança locatícia abrangerá a TOTALIDADE das obrigações da locatário”.

      Provavelmente você e seu marido devem ter pago uma determinada quantia à Porto Seguro para que sua enteada pudesse ocupar o imóvel locado por vocês. Desta forma, eles (Porto Seguro) estão inclusos no Artº 41 acima.

      Com relação à PRESCRIÇÃO poderá ser vista no Artigo 206 Parágrafo 3º – Inciso I ” Prescreve em 03 (três) anos a pretensão relativa a aluguéis de prédios urbanos ou rústicos.”

      ATENÇÃO: O que poderá haver por parte da Seguradora (Porto Seguro)? Alegar que houve uma SUBLOCAÇÃO que não estava previsto no contrato de locação. Qual seria então a sua saída? O Artigo 71 do Novo Código Civil “Se, porém, a pessoa natural tiver diversas residências, onde, alternadamente, viva, considerar-se-á domicílio seu qualquer delas.”

      Espero ter ajudado de alguma forma!!!

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/06/2011 - 09:52
    Enviado por: dione b silva

    Ola!
    Meu marido vendeu uma vaga de lotaçao por R$80.000,00,
    o comprador desistiu da compra depois de 9 meses e quer que meu marido devolva o dinheiro, meu marido se recusou e agora ele mandou uns caras ameaça-lo, legalmente podemos procesa-lo por
    constragimento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/06/2011 - 18:17
    Enviado por: sonia maria cardoso machado

    meu nome e sonia eu crio 4 netos e eu racebia o bolsa familia e a hora que eu mais precisava eles cortaram meus netinhos estao ate passando fome a mae deles e os pais nao ajudam com nada eles sumiram vai fazer 4 meses que eu nao recebo e tem 4 meses que os meus netos choram de fome pois eu sou velha e muito doente me ajudem a voltar a receber o bolsa familia moro em inhumas Go

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/06/2011 - 19:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo temos como ajudar. Procure a prefeitura de sua cidade ou até mesmo a Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 01/07/2011 - 23:09
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Sônia!

      Veja abaixo as condições para que a Bolsa Família seja mantida:

      As condicionalidades são compromissos que devem ser cumpridos pela família, na área de educação e saúde, para que possa permanecer recebendo o benefício.

      Quais são as condicionalidades na área de educação?

      Matricular as crianças e adolescentes de 6 a 15 anos em estabelecimento regular de ensino;

      Garantir a freqüência escolar de no mínimo 85% da carga horária mensal do ano letivo, informando sempre à escola em casos de impossibilidade do comparecimento do aluno à aula e apresentando a devida justificativa;

      Informar de imediato ao setor responsável pelo PBF (Programa do Bolsa Família) no município, sempre que ocorrer mudança de escola e de série dos dependentes de 6 a 15 anos, para que seja viabilizado e garantido o efetivo acompanhamento da freqüência escolar.

      As dúvidas da família sobre o compromisso da educação podem ser esclarecidas pelo telefone 0800 61 6161 com os técnicos do Ministério da Educação, que é parceiro do Programa Bolsa Família.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/06/2011 - 12:19
    Enviado por: Carla Carvalho

    TEnho uma divida na caixa economica..que por motivos pessoas não pude continuar pagamento.

    Agora fui demitida da empresa e vou ter meu fgts liberado…a caixa pode bloquear meu fgts ou “sacar”o valor devido sem minha previa autorização ou negociação como o banco.

    Caso não chegue em um acordo posso saca-lo todo.
    Posso transferi-lo para um outro banco.

    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/06/2011 - 18:43
    Enviado por: jessica gomes

    Olá!
    Abri uma conta salario no itau..e ha 1 ano nao a utilizo.
    Pedi que colocassem a conta de telefone em debito em conta.que na epoca era 120,00
    Como eu não tinha saldo..acho que descontaram do limite.e hoje a divida esta de 450,00..Depois de um ano é que o banco foi avisar por meio de carta que eu estava com debito.
    Esta cobrança procede?
    O que devo fazer? Se eu nao tinha saldo entao pq a telefonia debitou?
    Tenho algum direito?Algum recurso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/06/2011 - 20:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Achamos que a cobrança procede. Você pode até prestar queixa no Procon sobre o fato de o banco não avisá-la sobre a dívida, mas a cobrança é legal.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/06/2011 - 20:36
    Enviado por: Val

    Ola boa noite
    Meu pai trabalhava como marceneiro recebeu de um serviço 14 mil,recebeu 5 cheque porem foi depositado na minha conta e voltaram 4 e um compensou no valor de R$ 2930,00 foi depositado no dia 17 de dezembro de 2009 e compensou no dia 21 foi ao caixa e fiz um doc no valor de R$2900,00 e fico R$30,00 reais pra pagar a taxa do doc. So que no dia 22 o cheque voltou e negativaram meu nome e ate hj nao consegui resolver nada,pelo q fiquei sabendo o cheque voltou por ser falso mas queria saber se a culpa e minha.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/07/2011 - 23:33
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, Val!

      Não vejo culpa no seu procedimento em movimentar sua conta bancária da forma que bem entender, desde que tenha fundos suficientes para a transação efetuada.

      Uma vez compensado um cheque e creditado o valor em sua conta, o numerário pertence a você, excluindo as TAXAS abusivas dos Bancos.

      Procure seu gerente e questione a respeito do ocorrido. Caso ele mantenha a posição da “devolução de um cheque compensado por ser FALSO”, o problema não é seu!!! Não houve má-fé!!! Na verdade, o problema é do Banco e do emitente do cheque.

      Entre em contato para sabermos em que “pé está o andamento” desta situação desconfortável.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/06/2011 - 19:26
    Enviado por: william pereira

    Olá,
    fiz um emprestimo em um banco e fiquei individado. Cancelei a conta corrente a cerca de dois anos, agora eu abri outra conta no banco porque minha empresa só paga por esse banco. A gerente da conta disse que eles iriam debitar o emprestimo dessa conta agora. Eles podem fazer isso sem minha autorização?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/06/2011 - 22:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podem..

      responder este comentário denunciar abuso
    • 28/06/2011 - 23:05
      Enviado por: william pereira

      Marcelo,
      Existe algum artigo ou alguma lei na qual eu possa me apoiar quanto a esse fato? No meu contrato de emprestimo não especifica o n° da conta que poderá ser debitada, mas define que caso eu não pague, o valor poderá ser debitado da conta corrente, isso não pode servir como argumento para o banco?

      responder este comentário denunciar abuso
    • 02/07/2011 - 00:32
      Enviado por: oliveira.ajuda@gmail.com

      Olá, William!

      Entre em contato com o e-mail no topo desta mensagem detalhando sobre o “tal” empréstimo, para que possamos delinear uma carta endereçada à gerência do seu Banco com todos os amparos legais.

      Fique na paz!

      Oliveira.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/06/2011 - 11:51
    Enviado por: Luiz

    Minha esposa tem uma dívida no banco no real, esta muito alta, no final do ano passado ela recebeu uma proposta e só conseguiu para3 parcelas e não conseguiu mais, será que ela pode fazer uma nova renegociação com juros mais baixos, como ela deve proceder

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/06/2011 - 17:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entrar em contato com o banco e tentar renegociar. O banco tem o direito de recusar qualquer tipo de negociação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/06/2011 - 22:11
    Enviado por: Anderson Carvalho

    Tenho uma conta no banco itau e a 6 meses usuflui do credito especial(lis). durante eses 6 meses não pude pagar a divida que foi só almentando com juros absurdos.
    a pergunta é… mesmo com esse saldo devedor, é possivel cancelar os serviços da conta corrente e do cheque especial? a intenção é negociar as dividas sem correr juros futuros e nem pagar manutenção e outras taxas da conta que eu não mais utilizarei.

    responder este comentário denunciar abuso