Estado.com.br
Sábado, 25 de Outubro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Cuidado ao usar cartão de crédito

Categoria: Assunto do dia

SAULO LUZ

Usar o cartão de crédito pode se transforma num pesadelo para o consumidor se ele não for comedido. “O primeiro conselho para quem utiliza cartão de crédito é nunca entrar no crédito rotativo – quando o consumidor efetua o pagamento mínimo da fatura, acumulando o restante par ao mês seguinte”, conta Vanessa Vieira, advogada da Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste). Segundo ela, o cartão deve ser usado como facilitador de pagamento e não com a função de empréstimo. “Um bom começo é avaliar seus custos mensais para saber o quanto se pode gastar no cartão de crédito. É importante que estes gastos nunca ultrapassem 20% de seu orçamento”, completa.
Para quem já deixou de pagar porque o valor das parcelas está muito alto, a melhor saída é procurar a administradora do cartão para negociar uma forma de quitar estes débitos. “É importante tentar renegociar a dívida. Converse bem para conseguir parcelas menores que caibam no tamanho do seu orçamento. Mas lembre-se, aceitar não é obrigação da empresa”, diz Vanessa.
Se a situação ficar tão crítica, quando o consumidor não tem mais como arcar com a dívida, uma saída pode ser fazer um empréstimo pessoal – a juros menores possíveis – para quitar a dívida antiga, evitando que haja rolagem da dívida e os juros aumentem. “Essa pode ser uma saída, pois qualquer outro tipo de crédito tem juros menores do que o do cartão de crédito. Porém, é preciso tomar cuidado com outras tarifas – como a de abertura de crédito – que também são altíssimas e passam despercebidas”, explica Dinah Barreto, assistente de direção do Procom-SP. “Infelizmente não tem milagre para resolver este tipo de problema. O consumidor pode negociar até o limite da possibilidade de pagamento, mas o melhor é o consumidor nunca gastar aquilo que ele não pode quitar no dia do vencimento. “, completa.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

54 Comentários Comente também
  • 23/02/2008 - 06:39
    Enviado por: joe gazio

    Aprendemos desde cedo e o assunto transcende os nossos pais, que só devemos gastar, aquilo que o nosso ganho permite. Com os tempos modernos, a criação do “dinheiro de plástico”, que considero uma ascenção do poder de compra, resta-nos, para não sermos “seres em exclusão”, mais atentos e administradores do montante ganho e o total dos nossos gastos. O percentual a ser perseguido, nem sempre, serve como balizador do que queremos comprar e/ou gastar em um determinado período, desde que tenhamos em, mente, a máxima de não gastar o que vai tumultuar o nosso orçamento, ou seja:temos que ter em mente que o mês seguinte, a vida continuo e o acumular de dívidas, só desnorteia o cidadão consumidor, que em última análise, somos todos nós.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 09:33
    Enviado por: ISIDORIO A. SILVA

    Eu já dei muito lucro as administradoras de cartão de crédito, mas depois que consegui quitar as minhas dívidas, espero nunca mais me descontrolar . Uma dica que dou, é que: quanto menos cartões a gente tiver fica mais fácil de não perder o controle.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 10:15
    Enviado por: Emilio

    Para mim a melhor opção é deixar o cartão em casa. Assim você pesquisa melhor antes de comprar por impluslo. Levo na carteira outro cartão com o limitie baixo (R$600) – destinado a gastos domésticos.
    Uma planilha, ajuda muito . Nela coloco as compras parceladas distribuindo o valor nos meses que faltam, além das compras à vista, é claro. Quando o mês inicia já tenho o quanto será a fatura, antes mesmo de fazer a promeira compra.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/02/2011 - 23:32
      Enviado por: RENATA FOFA

      CONCORDO PLENAMENTE AMIGO, PENA EU REALMENTE NÃ OTER APRENDIDO USAR AINDA….CHEIA DE DÍVIDAS.. DESSA VEZ VAI PRO SPC MESMO.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/02/2008 - 10:40
    Enviado por: Felipe

    Pois eu discordo. Pago cerca de 40-50 % de minhas despesas todo o mês com o cartão. Combustível, compras de supermercado, varejão, padaria. Enfim, tudo o que aceita cartão e não dá desconto pagando-se à vista eu uso o cartão. Facilita o controle, podendo-se visualizar no extrato do cartão onde vc está gastando mais e comparar mês a mês. E ainda me rende milhas (ou outras recompensas).

    Uma coisa é usar o cartão, outra é não saber usar e se endividar. O mesmo vale para o cheque especial.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 11:07
    Enviado por: LCP

    Melhor conselho: queimar todos os seus cartões de crédito. Use somente o débito, comprando assim vai ser ótimo para você que comprou pagou e não tem preocupação, e vai ser ótimo para o lojista, que recebeu e pronto. Quando comprar com dinheiro vivo, especular por um desconto! Boas compras!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 11:23
    Enviado por: Denis Mangia

    eu pago tudo com um único cartao de credito. A cada semana eu entro no site do banco para checar o saldo. O extrato da fatura ajuda bastante para verificar onde estou gastando mais e tentar reduzir já no proximo mes. Até hj eu nunca entrei em crédito rotativo e já consegui algumas passagens aéreas através de milhas…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 11:46
    Enviado por: Ariel

    Eu concordo com o Felipe. O cartão de crédito não é culpado pela dívida das pessoas. Eliminar um cartão por outro com limite menor é o mesmo que curar tosse jogando fora o xarope. Acho o cartão ótimo. O meu tem limite de R$ 15.000,00. Sei que se eu gastar metade desde valor não terei como pagar a fatura. É tudo questão de bom senso. Quem é mané e gasta muito no cartão, vai gastar também no cheque especial, financeira, comprar carro a prestações a perder de vista, etc.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 12:53
    Enviado por: ANDRE LUIS BARBOSA

    o cartao tem servir para apenas controle de gastos mas ja tendo esse dinheiro reservado nunca fazer compras para no futuro arrumar dinheiro para pagar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 13:25
    Enviado por: Kp

    Eu tenho cartão de crédito, cheque especial, emprestimo, parentes e amigos, uso todos e até agora consegui pagar todo mundo.
    Nunca voltou um cheque meu e até agora nunca me negaram emprestimo. hehe

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 13:47
    Enviado por: samuel alves

    Ao ler esta materia, jamais poderia ficar de fora p/ dar meu conselho!!!. Eu também já estive nas mãos dos administradores de cartões, e o meu maior erro foi possuir muitos: isto entre cartões de credito e de lojas. e quando era no final do mês chegavam aquele monte de fatura pra pagar; só que chegou um tempo que isto fugiu do meu controle, e fui parar no serviço de proteção ao crédito. Mas graças a Deus e pela sua infinita misericordia quitei todas as minhas dividas. e o conselho que eu dou é: possum apenas um cartão, e tenha um limite que esteja dentro de seu orçamento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 14:08
    Enviado por: dede smarino

    saber explicar é dificil!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/02/2008 - 23:06
    Enviado por: Antonio

    Acho cartão de crédito perigoso. Ja cheguei deixar o meu em casa pra não sair com ele. O que mais existe é parcelamento de compras facilmente pelo cartão, sem passar pela burocracia de financiamento. Agora querem conquistar frente na classe C e D. Imagino o que nao vao lucrar em cima dessas pessoas simples e ávidas em “ter” !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2008 - 08:29
    Enviado por: Emerson

    Eu tenho dois cartões ,um é debito e outro credito ,não uso muito o de credito pois gosto de trabalhar com dinheiro vivo sem prorragação das dividas só quem pode fazer dívida é quando sabemos que ganharemos 300% em cima dela fora isto e burrice financeira. Até o Brasil aprendeu a lição de casa falta a sociedade ter noções de consumo e renda…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2008 - 14:07
    Enviado por: Marcelo

    Bom, para se usar o Cartão de Crédito é so ter conciencia do que pode gastar dentro de sua renda. A clássica educação finaceira que a grande maioria dos brasileiros não tem. Vão em uma loja e por impulso compram sem ter a visão que na frente terá que pagar por aquela compra. Até pão compro com Cartão de Credito, raras as vezes que uso dinheiro vivo para comprar alguma coisa. E não é por isso que vou me endividar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2008 - 14:09
    Enviado por: Marcelo

    Uma outra dica é negociar com os bancos anuidade zero. A grande maioria dependendo do cliente ofereçe. Se não conseguir existem várias alternativas que não cobram anuidade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2008 - 18:27
    Enviado por: Zaba

    Infelizmente nossos politicos, que deveriam nos representar e defender o povo, acabam deixando os bancos, financeiras e administradoras cobrarem estes juros extorsivos que estao mais para agiotagem do que emprestimos legais. Sao juros que superam em mais de 20 vezes a inflação mensal e por muito menos na epoca da inflaçao alta, prenderam muita gente que emprestava dinheiro como agiota. Ta na hora do povo se unir e ninguem mais pagar por isto, o trabalhador quer emprego, dignidade e justiça e pagar o que consumiu, afinal gastar R$ 500,00 e depois ser cobrado em R$ 2.000,00 com juros compostos e inadmissivel. Temos miolhares de pais de familia que nao consegum mais emprego devido as punições que estas empresas impoe para ter altos lucros. Vamos nos unir e fazer como no México, ninguem mais paga cartao de credito, até o governo tomar providencias e defender o ciadao de bem!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2008 - 19:54
    Enviado por: Alvaro

    Gosto muito dos cartões!
    Em épocas de gastanças ajuda bastante: nascimento dos bebês, reformas, mudanças, viagens…
    Mas em épocas em que quero economizar deixo todos em casa, só os levo para fazer compras específicas, saques pré-programados, tudo bem pensado.
    Tem que saber usar, senão você acaba escravo de compras inúteis, impulsivas, emocionais…parece até droga!
    Boa sorte a todos!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2008 - 22:18
    Enviado por: Zé Rei

    Oi amigos,
    Aqui é o Zé Rei. Sou o maior apologista do ante-consumismo. Bato forte nisso e a minha realização será levar esse entendimento ao maior número de brasileiros. Quando um ganha o outro perde. Normalmente quem ganha é o capitalista e quem perde pode ser você. Vacine-se contra o consumismo: vá a um Shopping com a família, olhe, pegue nas coisas, compare preços e não compre nada. Na saída compre um sorvetinho para todos e não gaste um único tostão, nem use cartão de crédito para nada. Garanto que quem der uma olhadinha em meu site, vai tomar um baita susto e vai parar de consumir imediatamente. Veja tudo que tem direito no arquivo CIRANDA DAS DÍVIDAS.
    Zé Rei
    http://www.zerei.cjb.net

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2008 - 22:39
    Enviado por: VAL

    CARTÃO DE CRÉDITO É ÓTIMO, BASTA SABER USA-LO. BOA SORTE A TODOS.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 08:37
    Enviado por: Márcia A S Silveira

    Acho ótimo o cartão de crédito desde que gasto com responsabilidade.
    Já entrei várias vezes em dividas, mas sempre por situações urgentes. Ou meus filhos ficaram doentes e eu não tinha dinheiro na hora pro remédios e o cartão me salvou em todas, depois corri atrás do prejuízo e tudo ficou bem. Mas quem não tem controle realmente se enrola, pois os juros são altíssimos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 09:51
    Enviado por: Jose Fernando

    Não tenho cartão e sou muito feliz. Recebo todos as semanas propostas de adminstradoras, mas não me interesso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 11:06
    Enviado por: Euclides

    Cartão de credito é ótimo desde que saibamos usá-lo. Cuidado com as cobranças de seguro e repasse-tarifa adm cobrados pelo cartão Aura/Cetelem é um absurdo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2008 - 11:42
    Enviado por: André Luiz

    Complementando o que o Felipe disse, o negócio é tornar o cartão um aliado, não um inimigo. Fico surpreso ao ver como as pessoas mistificam e complicam uma coisa tão simples de resolver: Tenha quantos cartões quiser, desde que os limites somados não ultrapassem o seu salário (recomendo 2/3 do ganho mensal), mas aí compre e pague tudo com eles, para não perder o controle. Pronto! Melhor ainda é usar uma conta poupança movimentando com cartão de débito, aí não tem erro!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/03/2008 - 01:34
    Enviado por: Victor

    Quanto a cartões tenho só 2 no itaú, master e visa, que aumentam a mensalidade da conta padrão em ~12 reais + oq pago pelos cartões(144 anual). os 2 cartões sem gastar 1 centavo custam ~$170 dólares anuais/cotação R$1.70 sem contar IOF, CPMF e outros f da PQP. Nos EUA custaria 0 cents, isso msm ZERO, nada.

    Pois bem, o itaú(vulgo itaumlixo) simplesmente não manda as faturas no prazo, atrasa dias ou até semanas.. sempre tive dinheiro pra pagar qlq gasto à vista mas 2 vezes esqueci de entrar na site do banco no prazo e assim acabei amargando juros cabulosos msm atrasando apenas uns dias.
    Só uso essa porcaria pq não existe cartão de débito nacional pra pagar despesas no exterior.

    *E para as pessoas q não se controlam td q tenho a dizer é… não vejo solução… vivam, se divirtam qnd puderem e continuem trabalhando.. a verdade é pra poucos e doerá d+ se vc não tiver uma solução. fui

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2008 - 10:05
    Enviado por: nelson oliveira

    numca tive cartão de credito, mas um dia recebi o primeiro com um super plafon e em seguida mais dois. ja faz 1 ano, e numca deixei de pagar o minimo, hoje, ja quase não devo nada, por o ter utilisado a quase um ano atras, e numca mais “sai pa lado nenhum com eles”.
    pagar, vc paga. dificil e se livrar da divida que fes desde o principio.
    Se quer cartão, só tenha um.
    e com um limite maximo igual ao teu salario.
    mais nada.
    Ai, quem sabe um dia pague o que deve a finaceira. Mas use só pa “emergencias de verdade, e não porque acha que presisa”.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/04/2008 - 08:58
    Enviado por: mario neto

    e quando a administradora do cartao erra, o que fazer?

    eles estao oferecendo servico de pagamento de contas, realizei o pagamento de uma conta e o cartao de credito nao repassou o dinheiro para o lojista. o que fazer?

    Advogado de Defesa:

    Prove para o lojista o pagamento e a loja é quem deve cobrar o cartão

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2008 - 08:08
    Enviado por: SEBATIÃO PEREIRA

    GOSTARIA DE O POR QUE QUANDO FUI FASER UMA COMPRA PELO SITE ONTEM E DEU CODICO 51..
    O QUE SIGUINIFICA ISTO..PODE ME AJUDAR.
    DESDE FICO MUITO GRATO..
    OBRIGADO
    UM ABRAÇO,SEBASTIÃO PEREIRA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/05/2008 - 14:35
    Enviado por: Batitsa

    Descordo plenamente, uso 90 % do cartão de crédito para minhas contas normais da casa sendo:
    uso o Visa e o Hipercard com duas datas de vencimento, este segundo me possibilita pagar também pagar boletos e contas de luz/água ou seja ganho mais 30/40 dias para pagar :

    Gasto em média R$ 2.000,00 com os dois cartões,
    enquanto não chega a data do pagamento
    das faturas já tenho o dinheiro esperando APLICADO na Bolsa o que me rende
    entre 6% e 12% lucros, ou seja em torno de R$ 200,00 o que com isso pago parte da fatura.

    Acreditem apesar de parecer loucura vem dando
    certo desde o ano passado, é claro você tem de ter responsabilidade ter grana e para pagar e nas aplicações comprar e vender rápido varias vezes ao mês com lucros pequenos (3% por vez) , mas vendendo varias vezes ao mês, assim sem a GANÂNCIA vc ganha uma grana que ficaria parada na poupança ou mesmo no colchão .

    É isso aí,
    PS:
    aplico em ações que oscilam +5% ao dia tipo
    Gradiente que ta falindo (já ganhei 25% em um dia)
    Gafisa , Duratex, BOVH3 (bovespa), entre outras o segredo é ganhar pouco varias vezes ao dia e na oscilação diaria e não no fechamento do mercado ..

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 12:38
    Enviado por: Bjornn Borg

    É pessoal, eu também estava com um problema com cartão. Não tão grave, mas estava compromentando parte significativa das minhas finanças, como vcs podem ver aqui: http://www.monacoonline.com.br/blog/?p=131

    Eu decidi me livrar definitivamente do cartão de crédito e estou me saindo bem melhor agora.

    Sem falar que o cartão atua no seu lado psicológico e te faz gastar mais, conforme mostra este estudo: http://www.monacoonline.com.br/blog/?p=135

    Eu não uso mais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/05/2008 - 03:18
    Enviado por: graciano

    Minha divida do cartão de 1.850,00 com decorrer de anos ,por motivos financeiros se tornou um grande bomba,foi para 36.000.00 mil,pagar não pago mais,já se passarão mais de 6 anos nem me protestaram,só fiquei com negatividade interna .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 13:36
    Enviado por: vanderlangio

    gostaria de saber si tem como tira um nome sujo do spc seara ou qualquer outro credor em 10 a 15 dias

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2008 - 15:07
    Enviado por: valmir

    Gostaria de saber o que acontece ao deixar de pagar a divida do cartao

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2008 - 13:13
    Enviado por: joão

    Gostaria de saber o que pode acontecer com divida de cartão de credito, pois um amigo está devendo o cartão e não tem como pagar o que pode acontecer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/07/2008 - 21:26
    Enviado por: marivaldo

    gostaria de saber como tira extrato do cartão de credito,master card.
    muito obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/03/2010 - 11:49
    Enviado por: Claudia

    Fiz uma dívida no cartão de aproximadamente 2ooo,00 q por motivos financeiros não pude pagar.O valor subiu pra 13ooo,00.Na verdade esse cartão chegou sem solicitação, e no nome do meu pai.Eles me ligam tds os dias ameaçando levar o meu pai a juíso com o não pgnto da dívida.E até ofereceram um acordo de 2000,00 p/quitação da mesma,mas,me encontro desempregada.O q pode acontecer se eu não pagar?? O q devo fazer? Isso tá tirando minha paz!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2010 - 10:35
    Enviado por: Adriano Correa

    Fui fazer compras em um supermercado, ao final na hora de pagar com cartão de crédito, o estabelecimento não aceitou que eu parcelase a compra em 4 x no cartão de crédito. Disse que só parcelava em 2 x e apartir de R$ 80,00. Minha compra de R$ 200,00. eu disse que era para parcelar pela operadora do cartão, e, mesmo assim o Supermercado se negou a fazer. Minha pergunta é:
    É correto o estabelecimento se negar efetuar o parcelamento de uma compra mesmo que se esteja aceitando os juros da operadora do cartão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/03/2010 - 11:50
    Enviado por: Junior

    Primeiramente, parabéns pela prestação de serviço imparcial e realmente em prol da sociedade, diferentemente de outras instituições que usam este conceito apenas como slogan.

    Tive o cartão extraviado e só me dei conta, quando chegou a fatura, 15 dias após minha última transação. O marginal que encontrou, usou todos os dias, sem nenhum tipo de bloqueio ou aviso por parte da operadora.

    Minha operadora não está sabendo tratar com a situação, desde então não me deu uma resposta final, ser irá cancelar as transações e ao mesmo tempo está me cobrando por estas transações.

    Por questões pessoais e profissionais, estou me vendo obrigado a assumir o prejuizo e pagar esta fatura. Mas exijo que eles me forneçam os comprovantes assinados pelo marginal e um documento formalizando e argumentando os motivos pelos quais não aceitou meu pedido de cancelamento das transações que eu não reconheço. Já solicitei inumeras vezes e eles simplesmente me ignoram. Dizem que irá providênciar e desaparecem. Mas manda uma empresa de cobrança ficar me cobrando.

    Vou pra justiça, pois preciso recuperar este dinheiro e também quero que eles paguem pela humilhação que estão me fazendo passar. Qual a especilidade da advocacia que melhor irá me ajudar a resolver este problema?

    Muito Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/03/2010 - 22:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode ser um advogado criminal ou cível, já que, mesmo não havendo a comunicação imediata do furto, a operadora e os estabelecimentos comerciais se descuidaram na hora de verificar assinatura e propriedade do cartão. Cabe indenização.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/04/2010 - 23:07
    Enviado por: Rodrigo Dias Bazilio

    Senhores é sobre o itaucard,
    Estou tentando pagar o cartão de credito atravez de uma negociação com os responsáveis pelo dito, mas eles estão enrrolando, mandaram um numero de negociação para mim, mas o banco itaul não reconhece ai ligamos de novo mas ficaram errolando uns 50 minuto e não deram a resposta para mim, estou muito chateado com essa istituição pois não ajudam seus clientes em nada. Só juros sobre juros mas nada. Desisti do pagamento pois toda vez que ligo para eles tenho um gasto no orelhão telefonico de 22 reais e nada acontece.O QUE DEVO FAZER FUI NO PROCON MAS VOU DE NOVO NÃO PAGAREI MAS JUROS ESSA ISTITUIÇÃO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/08/2010 - 22:12
    Enviado por: Hako

    Morei na Itália, França e Japão, sabe qual é o valor nestes paises da ”anuidade” : 0, isso mesmo nada, e quando fazia compras nos Estados Unidos via internet não passava de 0,8% sobre a compra. Por que aqui no Brasil tem essas taxas, tarifas e outras roubalheiras? Usa quem quer e paga juros e taxas quem quer ou quem não vê que por trás de cada passada do cartão a cada mês lá se vão seus trocados que somados mês a mês e ano a ano uhhhh. Faça as contas, se vc guardasse o seu dinheirinho e comprasse a vista pouparia mais e seria mais feliz!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/10/2010 - 22:40
    Enviado por: Misabel

    Tive um cartão de um supermercado e foi cancelado. As faturas chegavam normalmente dois dias antes do vencimento. Todavia, a partir de agosto/2010, as lojas da operadora fecharam na minha cidade, não vieram mais as faturas e não tive como pagar. Liguei dezenas de vezes solicitando fatura ou informações de como pagar. Agora, puseram meu nome no Serasa e passei vergonha no banco. Quanto fui ver o que ocorreu no Serasa, fui informada que tem uma fatura que venceu no mês de maio e que não foi paga. Mas, tenho as faturas de maio, junho e julho pagas como comprovante. O que fazer nesse caso? Por favor, me orientem. Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/10/2010 - 23:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma denúncia no Procon e procure um Juizado Especial Cível para provar que as contas estão pagas e processar a loja por danos morais. Se preferir, contrate um advogado e vá à Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/10/2010 - 15:01
    Enviado por: Jane Maria

    Não consigo pagar o cartão american express, valor esta em 2400,00 não compro nada a 3 meses pago sempre a mais que o minimo, eles não querem parcelar. por favor me ajudem

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/10/2010 - 17:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não podemos ajudar. Existe uma dívida que tem de ser paga, e a empresa não tem obrigação de parcelar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/05/2011 - 18:46
    Enviado por: ana santos

    bem, queria tirar uma duvida, meu avô tem um cartão do hiper bompreço, as compras e os juros começaram a atrapalhar o pagamento correto do cartão, meu avõ tem 89 anos , e o cartão esta na divida de tudo 12.000 reais, entrei em contato com a propria financeira do cartão e fiz um parcelamento, mas é de 24 de 1,070 reais fora a entrada que dei que foi de 680, reais, e ainda chegou depois do contrato uma carta do spc dizendo que o nome dele iria pra a restricão, só que não atrasei nada, outra coisa, o valor das prestações não são fixa, pode alterar por causa do IOF isso existe o que faço? e se ele não pagar? aconteçe algo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2011 - 10:36
    Enviado por: elimar coelho

    ESTOU COM UM PROBLEMA COM O CARTAO VISA ONDE O VALOR PRICIPAL ERA 850.00 E FIQUEI PAGANDO O MINIMO E HOJE O VALOR E DE 2.538.00 E NAO TENHO MAIS COMO PAGAR O QUE FAÇO

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/08/2011 - 08:02
    Enviado por: bruno

    estava pagando as faturas do meu cartão em dia,mas tives alguns problemas e tiver que recorrer a emprestimos os quais comprometeram minha margem e diminuiram meu salario,então nao consigo pagar a fatura completa do cartão e vai ficando pro proximo mes,chegou a um ponto que não consigo mais pagar o que posso fazer os juros sao absurdos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 00:21
    Enviado por: thomas rodrigues

    estorei2catão de credito adivida e de 6.850r$ se eu mao pagar oque vai aconteser denho carro e moto no meu nome o banco pode tomar o mão

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: