Estado.com.br
Sábado, 22 de Novembro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Consórcio: reembolso no final e taxa abusiva

Categoria: Coluna Josué Rios

Texto de Josué Rios, publicado em 6/2/2007

Na última coluna informei que há uma saída para o consumidor que desiste do consórcio de imóvel e quer receber o que pagou antes do encerramento do grupo. Afirmei que para ver mais cedo a cor da grana o caminho para o desistente do consórcio é o Juizado Especial Cível, uma vez que os magistrados “das pequenas causas” entendem que é abusiva a devolução das prestações somente no final do grupo, o que no caso de imóvel pode demorar 10 anos ou mais.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

74 Comentários Comente também
  • 20/11/2007 - 10:55
    Enviado por: Paulo Geraldo

    Prezado Sr.
    Conclui em Outubro o pagamento de um consórcio. É possível retirar o dinheiro em vez de escolher o bem (no caso um automóvel usado). Se sim, em quanto tempo o consórcio deve me devolver o dinheiro?

    Grato

    Paulo Geraldo

    Advogado de Defesa:

    Na verdade, o consorciado contemplado recebe um crédito para a sua aquisição. Esse crédito deve ser colocado à disposição do consorciado até o terceiro dia útil após o dia da contemplação.

    Para ver se você pode retirar o dinheiro, converse com a empresa ou leia o contrato para ver se há alguma informação nesse sentido.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2008 - 11:05
    Enviado por: Rafael Castro

    Olá…
    Acabarei de pagar meu consórcio em fevereiro e desde novembro o valor da parcela tem subido muito…era R$ 478, passou para R$ 500 e, enfim, R$ 540. É normal? Além disso, um amigo me disse que no final, os consorciados recebem um reembolso sobre uma taxa que ele não soube explicar bem. É verdade?
    Abraços

    ADVOGADO DE DEFESA

    Essa resposta só pode ser dada depois de análise do contrato. Procure um especialista na área.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/09/2011 - 18:08
      Enviado por: ariane

      Eu sou vendedora de consorcio e posso te afirmar com todas as latras que consorcio é otimo, e realmente pode ocorer uma coreçao da parcela isso so ocorre quando o bem é valorizado se vc reparar valor do bem tampem almente, mais se caso ja tiver com o bem em mãos vc nao vera muita diferencia do bem so na parcela e em relaçao o rembolso é veridico no final quando vc quitar o seu bem volta pra vc um percentual da taxa de admintraçao é pouco mais ja uma coisa alias vc nao pagou nada mesmo de juro ta otimo né! se caso tiver alguma duvida meu mail é ariane.cernoski@gmail.com

      responder este comentário denunciar abuso
  • 25/01/2008 - 01:10
    Enviado por: Hercília Fonseca

    Paguei 24 parcelas de um consórcio da wolksvagem onde por motivos de força maior, tive de parar o pagemanto das demais pacelas, entrei em contato com a empresa e esta me informou que no final do grupo iria ser notificada e posterior devolução do valor pago. Só que o grupo terminou em 2005 e até hoje não fui notificada. Entrei em contato com a empresa e esta informou que não tenho nada a receber, que a administradora após os 90 dias, sem qualquer manifestação do cliente, esta fica com o dinheiro.

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do JT, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2008 - 09:22
    Enviado por: Márcia

    Prezado Sr.
    Tenho 29 parcelas a pagar para quitar o consórcio de um imóvel. Liguei para a administradora para saber do procedimento e eles me informaram que fariam ‘uma parcela única’ no valor de 29 * total da parcela. Porém em cada parcela tem uma taxa de administração de R$130,00. E deve ter alguma coisa de seguro, não vem discriminado na fatura, mas sei que pago.. Bem, não me parece correto cobrarem dessa foram, 29 * total que pago hoje mensalmente e os atendentes sempre me informam esse jeito. O que posso fazer? Se pagasse só a dívida em si, sem taxas, economizaria muito.
    Obrigada pela atenção.

    Advogado de Defesa:

    Os consórcios cobram taxa de administração e isso deve constar em seu contrato. É bom ler o contrato e ver se existe a possibilidade de antecipar o pagamento sem ter de pagar a taxa de administração.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/03/2008 - 15:38
    Enviado por: Sandra Teixeira Alves

    Paguei 12 parcelas do consórcio da Cx. Economica Federal, de dei um lance de 70.000, minha carta era de 90.000, porém comprei um imóvel de 66.000, após o pagamento do lance paguei mais cinco parcelas e já quitei, mas a caixa diz que não tenho nada a receber, mas como se apenas o valor do lance já ultrapassa o valor do imóvel adquirido? Entre parcelas pagas e lance pago foram mais de 80.000, Será que voi ficar no prejuizo?

    Advogado de Defesa:

    Você deve olhar o contrato do consórcio e verificar se há mensção sobre isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2008 - 11:38
    Enviado por: marcos

    bom quero quitar o consorcio porem para isso preciso pagar todas as taxas de administração restantes ou futuras. isto esta correto? mesmo entrando na justiça pois estarei pagando por um serviço (administração) que nao será prestado pois estarei quitando o consorcio.

    Advogado de Defesa:

    Você pode, sim, contestar a cobrança dessas taxas na Justiça. Como as taxas são de administração do consórcio, elas podem, sim, ser cobradas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2008 - 00:25
    Enviado por: paulo freire

    ola! nao consegui pagar mais meu consorcio imobiliario e so paguei 12 parcelas, é possivel entrar no juizado especial para reaver o que ja paguei? o que devo devolver para o consorcio alem da taxa de administraçao?obrigado

    Advogado de Defesa:

    É possível, sim. O consórcio costuma devolver o dinheiro pago só no fim do grupo e aí você pode levar alguns anos. Tente conversar com eles e se nada conseguir, vá à Justiça, que tem dado ganho de causa para consumidores na sua situação

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2008 - 16:31
    Enviado por: Valmir Bastos

    Fiz um consórcio de imovel com uma empresa de Londrina que tem uma filial em São Paulo e já paguei 14 parcelas que totalizam R$ 12.500,00, só que cancelei pois perdi o emprego e agora estão me dizendo que eu só receberei quando terminar o grupo, ou seja, daqui 11 anos… Gostaria de saber o que posso fazer nesse caso. Desde já agradeço.

    Advogado de Defesa:

    Você pode entrar no Juizado Especial Cível. Há várias decisões estabelecendo a devolução imediata dos valores de consórcio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 00:22
    Enviado por: esther

    posso fazer um consórcio com 15 anos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/05/2008 - 00:23
    Enviado por: esther

    Obrigada pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2008 - 18:51
    Enviado por: JERONIMO GALANTINI

    TENHO UM CONSORCIO YAMAHA CHAMADO DE CONSORCIO BRISA ELE E O TIPO DE CONSORCIO QUE SE EU FOR SORTEADO EU PARO DE PAGAR
    EU JA TENHO 43 PRESTAÇOES PAGAS E RESTAO 29
    OU SEJA EU JA PAGUEI 4.390,00 REAIS E RESTA 3.770,00 A MOTO SO VALE 6.200,00 ESTOU QUERENDO PAGAR AS 29 QUE RESTAO MAS ELES NAO QUEREM ME DAR DESCONTO NO RESTANTE
    O QUE EU DEVO FAZER ELES ALEGAM QUE SAO COBRAÇAS DE TAXAS POR ISSO NAO PODEM DAR DESCONTO

    VOCE PODERIA ME AJUDAR

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/06/2008 - 10:31
    Enviado por: Daiane Marisa de Souza

    … Minha mãe, falecida a 5 anos, contratou em maio/2001 crédito de R$ 7.000 (60x$121) – Pagou 12 parcelas. Somente agora encontrei o contrato e o carnê. É possivel rehaver os valores pagos ou já passou o prazo ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2008 - 18:16
    Enviado por: Fernando

    O consorcio no qual eu participava encerrou. Eu tinha pago em torno d 7 prestaçoes e ja fazem 2 anos q parei d pagar. Dai agora q terminou me disseram q so tenho direito ao fundo de reserva. O valor nao da nem 20% do que ja paguei das parcelas. GOstaria de saber qual procedimento devo tomar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2008 - 21:44
    Enviado por: edimilson

    Olá, boa noite, estava aqui lendo as mensagens enão encontrei nenhuma que se enquadace em minha situação, que é a seguinte, estou termiando de quitar meu consórcio, só que o grupo termina apenas em fevereiro de 2009, e ainda não fui contemplado, a pergunta é, vou ter que aguardar o final do grupo para receber a carta de crédito?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/06/2010 - 09:49
    Enviado por: maria do carmo pirs

    fiz um consorcio porto seguro paguei 3 prestaçoes de 8oo,oo reais cada acabei desistindo cancelei o contrato eles me informau que atravees de sorteio me devolvria o dinheiro pago no dia 20 de junnho recebi um telegrama que o meu dinheiro ja estava disponivel so que me devolveram 975,00 me disseram que o restante e taxa administrativa gostaria de saber se isso esta certo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2010 - 11:00
    Enviado por: Marcelo de Camargo

    Bom dia,

    Moro em Itajai – SC , fui realmente ludibriada por essas cartas de consórcios contempladas anunciadas em meios de comunicação.
    Ano passado em outubro, saímos eu e meu marido daqui em Itajai e fomos para São Paulo, realizar a compra de uma suposta carta contemplada do Consorcio Panamericano.
    Toda conversa anterior foi feita por telefone, e também foi ligado para diversos anúncios e os mesmos indicavam a mesma pessoa para adquirir esta carta, o vendedor Marcelo.
    Na rua Consolação nº 247 em São Paulo, fomos atendidos por este falso negociador.
    Segundo ele a carta estava contemplada, pagamos o valor de R$8.000,00 , com tudo devidamente assinado, ele contemplou varias vezes q teria muitos conhecidos no banco e que era para nos não nos preocuparmos com nada burocrático, que os tramites seriam feitos em no Maximo trinta dias. Resumindo ele fez uma junção de cotas totalizando R$300,000,00
    Sendo q a primeira parcela poderia ser abatida na carta de credito, os boletos começaram a chegar e nada dos fins para a aquisição do mesmo, sendo q os valores eram altos demais para nos pagarmos, pois era para ser abatido na carta, e não seria todo o valor da carta que iríamos utilizar seria a metade.
    Enfim não existia nenhuma carta contemplada, não conseguirmos reverter a situação, estamos com o dinheiro trancado no consorcio, em dezembro imediatamente cancelamos o contrato, ligamos para ouvidoria do consorcio , e obviamente nada foi resolvido, não temos credibilidade mas sim esses vendedores mal feitores.
    Quero meu dinheiro de volta de justiça.
    Por favor entre em contato comigo.
    dheboraadri@yahoo.com.br
    msteindecamargo@yahoo.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/07/2010 - 18:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você parece ter sido vítima de fraude, então é caso de polícia, não de defesa do consumidor. Faça um boletim de ocorrência e procure um advogado para acionar o consórcio e tentar encontrar o tal vendedor. São as únicas coisas a fazer.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/08/2010 - 09:09
    Enviado por: Iracy Duarte

    Olá Srs , fiz um consorcio eu e meu esposo como pj , o problema é que demos um lance altissimo pois tinhamos urgencia na contemplação ,e entregamos todos os documentos para a liberação do credito , mas agora a Porto fez uma consulta em meu nome e tenho 3 protestos que ja prescreveu pois a divida tem mais de 7 anos e não liberaram o credito ., alem de nos cobrar quase 8 mil de taxa de adesão .
    Como a porto não me dá uma posição eu posso cancelar e pegar ouqe paguei dde volta?
    a taaxa de adesão eles podem cobrar?
    obs;o meu contrato está na lei antiga.
    como faço para resolver isto da melhor forma?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/08/2010 - 19:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A melhor forma é entrar na Justiça e exigir o dinheiro de volta, mas as chances de perder a causa são grandes.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 04/11/2011 - 21:26
      Enviado por: Roberta

      Entra na justiça, pois já passou para danos morais. Pois se aceitaram sua inscrição no consórcio, deveriam saber que você tinha este problema com o protesto. Já que isto não aconteceu dentro do prazo para aceitação da sua participação no consórcio, você tem o direito de procurar a justiça e pedir o dinheiro total de volta, sem taxas, pois o erro foi administrativo deles, e ainda processar por danos morais e materiais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/09/2010 - 10:57
    Enviado por: Fabiano

    Ola , tenho um concorcio de imovel no bradesco que quero desistir ja paguei 24 parcelas r$16,200,00,fora as taxas .Posso recorrer no Juizado Especial Cível sem advogado? Se ultrapassar 20 salarios minimos eu presciso de um advogado?Qual seria uma media justa cobrada por um advogado neste caso ?Agradeço a atenção.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/09/2010 - 16:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não pode recorrer ao Juizado Especial Cível e não podemos informar honorários de advogados. Procure um e o consulte sobre isso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/09/2010 - 06:17
    Enviado por: valeria

    Bom dia,

    No dia 02/09 recebi a carta do Bradesco mencionando que o meu consorcio, que cancelei em novembro/2009, foi contemplada via sorteio na assembléia de 19/08/2010, e que solicitasse a agencia da minha conta para o devido creditamento.

    Fui a agencia e falei com o gerente, no entanto tivemos duvidas pois paguei 9.891,18 e será creditado somente +- 5700, ligamos para a CENTRAL DE ATENDIMENTO e a central enviou o extrato errado, pois solicitei o extrato completo com o detalhe dos cálculos, e foi enviado o extrato confirmando o valor pago.

    Diante do exposto, solicito o resumo de acordo com a nova lei do consorcio, de quanto receberia.

    Conto com sua ajuda,

    Grata,

    Valeria

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2010 - 17:13
    Enviado por: Filipe Wandenkolk

    Olá,
    Em 07/2008 iniciei um consórcio no banco Itaú.
    Paguei até 12/2009 (18 parcelas totalizando cerca de 7200,00).
    O grupo que eu entrei era um total de 72 parcelas. Acaba apenas em 2014.
    Existe alguma maneira de recuperar o dinheiro das 18 parcelas que já paguei antes de 2014?

    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2010 - 18:11
    Enviado por: carlos batista

    em 29/05/2010, comprei um carro zero (voyage mod 2011), em 17/10 apresentou um defeito no motor de aranque o carro so deve sair da oficina no dia 08/11 como devo proceder tem algun amigo no RJ para entrar no judiciario

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2010 - 16:57
    Enviado por: Rafael

    boa tarde fiz a aquisição de um consorcio porto seguro, não dei nenhum sinal ainda posso desistir sem me cobrarem multa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/11/2010 - 09:39
    Enviado por: RAIMUNDO LUZ

    Bom dia,
    Fiz um consórcio de uma moto, o valor real da mesma está em 10.300, mais ficou 65 X 198,11 que no total dá 12.877,15, ou seja 2.577,15 a mais, e o vendedor me disse que eram as taxas administrativas, etc e que no final do consórcio irei receber boa parte de volta, isso é correto? obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/11/2010 - 19:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos responder, não fazemos nenhum tipo de cálculo. Procure um contador e submeta o contrato a um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/11/2010 - 11:19
    Enviado por: Vânia Santos

    Bom dia
    Fiz um consorcio e por motivos maior tive que solicitar o cancelamento e agora recebi uma carta dizendo que tinha um valor a receber ref a parcela pagas bem inferior ao valor pago que se ref a 39% do valor isto é correto , ou eu posso entrar na justiça para rever este valor .
    Obrigado pela atenção

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2010 - 10:22
    Enviado por: pedro

    Bom dia
    Fiz um concorcio da disal e me prometeram comprar minha moto financiada e dar ela como lançe e que eu ia ser contemplado na primeira assembleia mais eu liguei la na adminstradora e falaram que a concessionaria nao deu nem um lance posso entrar na justiça contra eles?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/11/2010 - 18:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só se puder provar o que diz, o que achamos improvável. Nenhuma administradora pode prometer contemplação, já que se trata de sorteio.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/01/2011 - 09:56
    Enviado por: Ináh Ribeiro

    Bom dia, fiz um consorcio no final de 2009, onde ja estava em vigor a nova lei do consorcio, so que eu precisei cancela-lo pois nao dava mais para pagar e eles me informaram que eu tenho que esperar ser sorteada para poder receber o ressarcimento do dinheiro das parcelas que eu ja paguei, existe alguma coisa que posso fazer para reaver esse dinheiro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/03/2011 - 00:44
    Enviado por: marcia

    Boa Noite! Fiz um consorcio a dois anos atraz e ainda faltava mais 3 anos, só que quando me sobrava algum dinheiro a mais fui quitando algumas parcelas até que faltava um valor minimo para quitar todas as parcelas do meu grupo, liguei na itau consorcio para a quitação e o mesmo me informou que mesmo eu tendo pago todas as parcelas teria que esperar até o final do grupo para ver se seria sorteada, sendo que se quitei antes do prazo é que queria me livrar da divida mensal e receber em dinheiro não cancelei porque ainda estava com o contrato da lei antiga, e agora como faço para reaver meu dinheiro de volta? a e já fui contemplada uma vez, mas eles fizeram uma burocracia tão grande, exigindo documentos que não fazia sentindo algum, e todas as vezes que eu conseguia tais documentos a itau consorcios me pediam outros e eu ficava horas e horas no telefone e ligava varias e varias vezes durante semanas, e sempre colocando obstaculos, por isso acabei desistindo e resolvi ir quitando para me livrar da divida, so que agora não querem me dar o dinheiro, a não ser que eu seja contemplada, mas duvido que eu seja contemplada com todas as parcelas pagas antes do final do grupo, porque acredito que eles não vão querer devolver meu dinheiro tão facil, o que devo fazer? E HOJE ACONSELHO A TODOS OS MEUS AMIGOS A JAMAIS FAZER UM CONSORCIO PRINCIPALMENTE DA ITAU CONSORCIO E OLHA QUE TENHO CONTA LÁ

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/03/2011 - 22:09
    Enviado por: thiagonovo

    tenho um consorcio a 1 ano , posso canselar e pegar o dinheiro em seguida ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/04/2011 - 20:30
    Enviado por: valquiria

    termino de pagar meu consorcio yamaha em junho e pretendo pegar o dinheiro e não o bem, como faço ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2011 - 00:45
    Enviado por: Roseli

    Fiz um consorcio de moto em 72 parcelas,paguei 15 parcelas e fui comtemplada,o valor da carta de credito era 5.500,00,sendo que eu ja tinha pago 2.200.00hoje estou pagando a parcela 53 ou seja total pago 5.300,00, e ainda tenho que pagar mais 1.900,00,será que esta certo isso ,pois minha moto hoje vale 4.500,00,por favor se souber me responda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/05/2011 - 17:22
    Enviado por: Elton Cruz

    Boa tarde, fiz um consórcio pela Porto Seguro em 2006 de uma plano de aluguel + fácil de um valor de 65 mil,com parcelas de 460 reais, hoje o valor reajustado do crédito é de 89 mil e as parcelas também reajustadas está em 540 reais. Pela minha felicidade fui contemplado e por minha infelicidade o valor da prestação subiu para 1385,00 reais, mais de 100% o valor da minha parcela anterior. Recebo 2 salários minimos e não tenho como pagar o restante do tempo que falta no caso + 6 anos.
    Quando fiz o consórcio o vendedor informou que o máximo de valor que chegaria minhas parcelas era de 900 reais, mais nao foi o que aconteceu.
    Gostaria de saber se posso e se tenho chance em ter a devolução de minhas parcelas pagas na Justiça Cível?
    Até poque a Administradora não me notificou sobre minha contenplãção, obtive a informação pela pagina de internet, mais como consta no manual do consorciado que diz que o contemplado por lance receberá uma notificação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/05/2011 - 18:01
    Enviado por: Kelly

    Boa tarde!

    Queríamos um cpnsórcio imobiliário para a construção de nossa casa. Procuramos um vendedor da Porto seguro que nos convenceu a fechar 2 cartas de crédito totalizando o valor que nós tínhamos em vista (R$100.000,00). Ele nos explicou que caso 1 das cartas fossem contempladas, poderíamos utiliza-la para dar um lance na outra. ALém disse ele não nos passou a informação de que o lance deveria ser feito sobre o valor da carta + taxa de administração (18,5%). Bem, entrei em contato com o atendimento Porto que disse que não posso utilizar uma carta para dar lance na outra. Também, não posso migrar as 2 cartas para 1 de 100mil, perderei uma delas. Essas cartas se tornaram inúteis, pois em todas as formas de uso que eu havia cogitado, a atendente me disse que eu não podia usar. Pela insatisfação, quero o cancelamento das cartas e devolução dos valores pagos. Com a nova lei, quando receberei os valores pagos?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/05/2011 - 09:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Provavelmente só ao final do consórcio, segundo decisão do STF do ano passado, embora haja situações específicas no caso de imóveis.. Procure um advogado especializado no assunto e veja qual é a melhor forma de negociar um acordo ou qual ação judicial pode ser interessante para tentar reaver o dinheiro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/06/2011 - 17:03
    Enviado por: Adriana Queiros Cherubim

    Eu tenho um consorcio de uma moto e descobri que a taxa de administração é de 20% e gostaria de saber se é correto cobrar uma taxa tão alta assim.

    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/06/2011 - 16:16
    Enviado por: Reginaldo Quinelato

    Olá, gostaria de saber se após o cancelamento do consórcio, no término do contráto, o valor pagos das parcelas eu recebo corrigido ou não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/07/2011 - 11:36
    Enviado por: Welligton Costa

    ola, bom dia senhores, tenho um consorcio na caixa economica federal feito em 13/04/2006 de imovel em 120 meses e ja paguei R$1.655,00 umas 6 parcelas so, mas por dificuldades financeiras deixei de pagar, ligue no dia 01/07/2011, para expor minha difilculdade que estou passando e se eles poderiam me restituir o dinheiro pago eles falaram que so em 24/04/2016. Por favor me ajudem estou precisando desde dinheiro devido as dificuldades, o que fazer? Desde ja agradeço e aguardo retorno.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/07/2011 - 19:20
    Enviado por: leila

    comprei um consorcio de imovel da caixa. ja tinha pago 10 prestações totalizando R$ 12800,00. por motivo de força maior fui obrigada a parar de pagar o consorcio. antes de parar de pagar estava tentando vender meu consorcio. procurei o gerente da caixa que me vendeu. e falou para eu não me preocupar que depois a caixa me devolveria todo meu dinheiro pago corrigido. e que eu entraria em um sorteio mensal de consorcio cancelados. fiquei mais tranquila e realmente fui obrigada a parar de pagar. mas para minha surpresa descobri que a caixa vai me pagar só no final do consorcio e mesmo assim a caixa vai me devolver R$ 4200,00 e ficar com R$ 6400,00. que taxa administrativa´é essa isso é um absurdo. como posso reaver meu dinnheiro todo de volta. ate concordo em pagar uma taxa de 10% ou 15% por cento do que eu paguei mas não mais que a metade do que eu paguei. acho isso um absurdo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/07/2011 - 14:49
    Enviado por: Vivian Balsys

    Olá.
    Estou querendo quitar a carta de consórcio, só que estão combrando a taxa de administração por todo e periodo do consórcio. Por que pagar por um serviço que não vai ser utilizado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/08/2011 - 21:31
    Enviado por: edlaine

    quero uma informação… paguei 13 parcelas de uma cb300. mas estou apertada e não vai dar de pagar mais… quero cancela.. com quanto tenpo tenho direito ao reenbolso já paguei 4.849 vou receber todo o valor

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/08/2011 - 21:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há reembolso algum. Pleo contrário, alémd e devolver a moto, terá de pagar taxas por quebra de contrato e adiferença do que a financeira apurar na venda em leilão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/08/2011 - 15:16
    Enviado por: Daniel Alves

    Boa tarde,

    Estou quitando um consorcio de veiculos no Itau e sempre ouvi dizer que apos o termino temos direito de receber o valor do fundo de reserva no qual nos foi cobrado em todas as parcelas do consorcio e verdade? Caso nao seja temos alguma direito a resarcimento sobre algumas das taxas cobradas?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/08/2011 - 17:05
    Enviado por: hugo tarso

    Boa tarde!
    gostaria de saber se eu der um lance, a taxa de administração deve ser cobrada do valor que eu receber (descontando o lance) ou do valor total da carta de crédito?
    Att.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 14:02
    Enviado por: Mauricio Alves de Melo

    Boa tarde Doutores.

    Em 2010 fiz um consórcio com o panamericano de 180 meses, em 2011 cancelei por problemas econômicos. Paguei um total de R$.7.250,00. Gostaria de saber se existe alguma lei que me possibilita a recuperação desse valor ou tenho mesmo que esperar até 2025 que é o prazo final do consórcio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 15:57
    Enviado por: núbia

    boa tarde
    terminei de pagar um consócio de uma moto
    só que agora eu quero o dinheiro de volta
    mim disseram quetem que ser descontado um percentual que é de taxa adminitratriva
    isso é legal

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2011 - 15:00
    Enviado por: Simone

    Boa tarde,

    Fiz um consorcio de imovel em 2003 paguei 36 parcelas totalizando 14000,00. gostaria de saber se tenho como recorrer a justiça para raver os valores já pagos antes de 2015 que é o prazo final do grupo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 14:32
    Enviado por: Marcia Ferreira

    Quero beneficiar-me da Lei onde posso amortizar 12 parcelas utilizando meu FGTS no meu consórcio da casa (já contemplado). Tenho FGTS sufuciente para isso, só que a Porto Seguro me joga para um atravessador (Cobansa) que me cobra R$ 1.000,00 para fazer esse serviço. EU MESMA ´não posso fazer isso, vou atrás do documento que for preciso, não tenho culpa se a Portonão tem pessoal capacitado para esse serviço, e eu pago porisso ?? Não tenho mil reais sobrando. Tenho direito a essa Lei. O qur faço??? Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2011 - 23:31
    Enviado por: Maria de Fátima Bizarro

    Boa noite..
    O consórcio que participava (pois desisti de tremenda palhaçada), cobrou mais ou menos 33 mil reais de taxa de administração do lance que ofertei na assembleia.Meu lance que era de 216500 virou 183 mil e pouco.
    Gostaria de saber se isso está correto, sendo que eu não ia antecipar prestações, e sim, amortizá-las.Agradeço a atenção

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/11/2011 - 19:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamentoi, não podemos responder.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 22/11/2011 - 23:59
      Enviado por: Ivan Melo

      Maria, infelizmente eu e a minha esposa caímos nessa também, tínhamos um valor poupado para dar um Lance grande, fizemos o consórcio em um Banco e o gerente não explicou corretamente sobre a taxa de administração, foi vendido que o consórcio seria melhor do que financiar via CREDITO IMOBILIARIO (ou seja, mesmo você dando um lance reduzindo o risco de inadimplência para o Grupo, você paga a taxa de administração cheia), não compensa entrar em consócio, dependendo do valor a ser dado de Lance, era melhor ter feito Crédito Imobiliário.
      Isso é um abuso das Administradoras de Consócios, pois a taxa de administração são cobradas sobre o Valor Total do Bem de interesse na entrada do consócio (exemplo: 180 mil) e não sobre o saldo devedor, uma vez que os participantes do grupo desse lance ou até amortização natural das parcelas a taxa de administração deveria ser corrigida conforme o saldo devedor, neste caso até o seguro obrigatório é abusivo, pois também cobra sobre o valor total, e na hora de indenizar paga somente o saldo devedor.

      Finalmente alguém já moveu ação judicial referente a taxa de administração abusiva.

      responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: