Estado.com.br
Quinta-feira, 24 de Julho de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Compra virtual com cartão. Fique atento

Categoria: Assunto do dia

Texto de Maíra Teixeira

As facilidades das compras virtuais têm atraído cada vez mais os consumidores. Só em 2006, 7 milhões de internautas fizeram compras online, segundo pesquisa realizada pela e-bit (empresa de consultoria em compras virtuais). Na contramão de toda essa comodidade está a falta de checagem, pela empresa que vende, dos dados do consumidor.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

67 Comentários Comente também
  • 17/01/2007 - 20:07
    Enviado por: camargo

    Não concordo. Tem mais consumidor que não sabe e não checa a empresa antes de comprar do que o contrário.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2007 - 01:04
    Enviado por: Moacyr

    Há uma imensa distância separando teoria e prática neste assunto. Teoricamente o consumidor teria como resolver um débito indevido em seu cartão seguindo o procedimento.
    Na prática, porém, só a emissão do BO vai consumir no mínimo uma manhã ou tarde, isto se a pessoa conseguir obter uma via desse denúncia. Protocolar reclamação em empresa-site exige que se saiba ou que se possa descobrir onde a empresa atende e quem está autorizado a assinar protocolo (ou pelo menos quem não se nega a assinar). Suponhamos que a empresa tenha sede e escritório em Manaus ?
    Para mim, o mais prático é o processo jurídico, claro!
    É mais sábio não usar cartão para comprar via internet. Fica inclusive mais fácil anular o débito com a operadora de cartão quando você prova que não tem o hábito de comprar pela internet.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2007 - 17:25
    Enviado por: Reinaldo

    O risco é muito grande. Tive meu cartão clonado e o golpista comprou via internet em três empresas diferentes, com valores altos e em parcelas. As empresas não se deram ao trabalho de verificar se se tratava do proprietário do cartão. No meu caso não é difícil localizar o golpista, pois em duas compras, existe o endereço de entrega das mercadorias. E outra compra é uma passagem aérea e o passageiro só pode embarcar mediante a apresentação do RG.
    Basta a operadora e as empresas quererem descobrir o fraudador.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/02/2007 - 18:19
    Enviado por: Alessandra Borges

    Boa Tarde, preciso de uma orientação, efetuei uma compra numa empresa pela internet, forneci os dados do meu cartão, o valor foi debitado e a empresa não me enviou o produto,cancelei a compra,ja fiz vários contatos, mas é sempre a mesma coisa, estamos providênciando o estorno.
    Bem gostaria de saber como devo proceder neste caso? Obrigada.

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Alessandra, o que você pode fazer é registrar uma queixa em um órgão de defesa do consumidor como Procon, Pro Teste, Idec etc. Outra atitude cabível é enviar uma queixa formal, por meio de carta registrada à empresa dizendo que o produto não chegou e que você quer seu dinheiro de volta. Guarde uma cópia desse comunicado junto com o aviso de recebimento e caso a empresa não resolva o seu problema entre com um processo no Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/04/2007 - 19:24
    Enviado por: carlos

    Estou tendo um problema com uma empresa virtual.Tentei contratar um serviço pela internet, o pagamento era via cartão, mas não consegui realizar. Por conta disso desisti do negócio. Depois, a empresa começou a me enviar cobranças e está ameaçando colocar meu nome no SPC.
    Gostaria de saber de que forma posso resolver esse assunto, se realmente terei que pagar.

    ADVOGADO DE DEFESA:

    Carlos,
    pelo o seu relato a contratação não foi efetivada, logo a empresa não pode cobrar.
    O parágrafo único do artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor determina que “produtos remetidos ou entregues ao consumidor sem solicitação prévia equiparam-se às amostras grátis”. Envie um comunicado à empresa destacando que você não pediu o produto e que por um erro dela (empresa) está cancelando uma compra que nunca efetuou. A empresa tem obrigação de invalidar os boletos, já que é ilegal cobrar por algo que não foi solicitado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/09/2007 - 12:44
    Enviado por: Raphael

    Na época da realização do Pan Americano, fiz uma busca por ingressos para a cerimonia de encerramento, estes que custariam R$ 25,00. Cogitei efetuar uma compra, porém antes da efetivação final não conclui a transação (Houve um erro no meu navegador). Não repeti o procedimento. Não recebi email de confirmação. Para minha surpresa, 10 dias depois verifiquei minha fatura do cartão de crédito e nela constava o débito do ingresso. Liguei para a empresa responsável pelas vendas (Tickettronics) e esta me disse que o atendimento seria somente no RioSul, onde eu estava impossibilitado de comparecer naquela data. Me indicaram que poderia ir no dia seguinte, o que fiz. Só que ao comparecer no dia seguinte, 50h antes da realização do evento, me disseram que nao era possivel o cancelamento e estorno,pois eu deveria ter comparecido no dia anterior. Envio emails que nao chegam por o destinatario nao existir com o conteudo explicando toda a situacao e a unica resposta que recebo é a de que “fizemos os testes e concluímos que sua solicitação nao procede”. Ora, gostaria de saber quais as competencias cabíveis nessa situação,pois não recebi o ingresso, não conclui a transação e ainda paguei por isso.

    Advogado de Defesa: você deve enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/10/2007 - 21:16
    Enviado por: Carlos Félix

    Recebi a fatura do meu cartão de crédito e prontamente verifiquei um erro: 3 contas (títulos) pagos com o meu cartão de crédito. Em tres dias consecutivos o fraudador realizou tres pagamentos de mesmo valor (300,00 cada um). No dia do primeiro pagamento, o fraudador parece ter alterado (pela internet) meu endereço de correspondencia, talvez para que eu nao recebesse logo a fatura e nao percebesse o erro rapidamente. Ainda bem q pela proximidade do golpe com a data de fechamento da fatura, esta veio para o meu verdadeiro endereço. Entao liguei para o setor de segurança do cartao, que cancelou o cartao e abriu procedimento para investigar. A empresa de cartao de crédito está fazendo uma pesquisa para confirmar que eu não fiz esses pagamentos. Como nao costumo pagar contas (títulos) com o meu cartão, acho fácil a empresa usar o bom senso para entender que fui vítima de uma fraude, que furou os procedimentos de segurança da propria empresa de cartoes. Gostaria de saber o que eu devo fazer desde já para garantir que mais tarde eu não tenha que pagar por algo que não fiz. Agradeço desde já.

    Advogado de Defesa: você deve enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais e o nome do banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2007 - 19:48
    Enviado por: Giani

    Olá, o meu casso é identico ao descrito acima pelo carlos felix. Verificando minha fatura do cartao de crédito, me assustei quando vi um pagamento de um titulo que nao é meu. De acordo com os dados é impossivel descobrir quem foi, consta somente a data, hora e um código de barras. Como devo proceder?

    Obrigada

    Advogado de Defesa: você deve enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais e o nome do banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/10/2007 - 01:40
    Enviado por: Carla

    Perdi meu cartão d credito indo pra uma festa mas nao percebi, fizeram compras com ele nesse mesmo dia, em varios lugares: lanchonete, posto d gasolina e …. Gostaria d saber o que fazer, já q tenho como provar que nao estava naqueles lugares onde foi efetuada as compras aquele dia, com fotos(era um evento conhecido logo da para saber a data com certeza) e pessoas q estavam presentes.O q devo fazer?

    Advogado de Defesa: você deve enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais e o nome do banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2007 - 19:20
    Enviado por: Iuri

    Ola, comprei um painel para minha moto pela internet as funções do painel são configuraveis. Mandei um layout feito sobre a foto do painel real especificando todas as configurações para o fabricante e mesmo assim o produto veio com sua configuração errada sem contar alguns sensores que precisam da adaptações para funcionar e que não foram avisados no site do fabricante.
    Solicitei a devolução do meu dinheiro e o fabricante se negou. Aceitou apenas a conrrigir a configuração que foi feita o errado (no caso serio o conta giros q no layout foi espicificado 13500 giros e o painel veio com 9000) enviei um sedex a cobrar para o fabricante e o produto chegou já tem mais de 3 meses e até agora não recebi o produto com a correção. Sendo q para fabricar o produto demorou apenas 15 dias uteis. Entrei em contato e me informaram que o receberia o produto na segunda feira da proxima semada da que eu entrei em contato mas já se passaram mais de 3 semanas depois disso e até agora nada.
    Gostaria de saber se estou errado quanto ao direito de receber meu dinheiro de volta?
    Grato!
    Iuri Menescal

    Advogado de Defesa: você deve enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais e o nome da empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2007 - 18:53
    Enviado por: Simone Rocha

    Ola,
    Um amigo efetou a compra de uma linha VoIP através de cartão de crédito Credicard/Mastercard.A compra era parcelada em 6 vezes a empresa informou que só liberaria a linha depois do pagamento da 1º parcela o valor da parcela é de R$ 114,76 ,a fatura do cartão dele total veio R$ 290,00 de outras compras e ele só pagou R$ 220,00.Após o pagamento da 1ª parcela a linha não foi liberada e mesmo assim já cobrou nas faturas até a 3ª parcela.Ligamos para o telefone suporte da empresa e eles pediram p/ enviar o fax da fatura, após de enviamos disse que o fax não continha o nº do TID.Ligamos para a operadora do cartão e eles informaram que não tinham acesso a esse nº.Ligamos novamente para o suporte da empresa e eles informaram que não era o TID e sim o nº de autorização de venda.Ligamos outra vez para a operadora do cartão e eles informaram que esse nº que tem acesso é o estabelecimento de venda.Informamos isso para a empresa VoIP e essa disse que só poderiamos resolver com esse nº.
    O que fazemos????
    Ats,
    Simone

    Advogado de Defesa: você deve enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br com seus dados pessoais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/01/2008 - 16:48
    Enviado por: Paulo Cesar Silvestre

    No dia 04/11/2007 às 16:35h, abasteci meu Mille com apenas 2.000KM rodados em perfeito funcionamento, no Posto do Carrefour na Av. dos Autonomistas, 1542, Vila Uara – Osasco -SP, no dia seguinte pela manhã o carro não tinha força, começou a falhar, voltei no Posto por volta das 21:00h do dia 05/11, reclamei com o responsável que perguntou em qual bomba havia abastecido, mostrei e constatamos que havia irregularidade no aparelho que demonstra a qualidade do alcool, prontamente foi retirado todo o alcool e enceheram o tanque com gasolina aditivada (eu havia colocoado R$31,56 de alcool e colocram R$110,00 de gasolina) sem cobrar nada, mesmo assim o carro não voltou a funcionar, tive que fazer limpeza de bico, gastei R$120,00, solicitei reembolso no referido Posto e não fui reembolsado, alem de ser muito mal tratado pelo gerente.

    Advogado de Defesa:

    Você pode enviar sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais e o nome da empresa, para checarmos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/01/2008 - 17:46
    Enviado por: Paulo Cesar Silvestre

    Paulo Cesar Silvestre
    RG 8 498 128
    Celular (11) 98 34 62 86
    Rua Dália, 556 Jd das Flores Osasco

    Carrefour Comercio e Industria Ltda
    CNPJ 45 543 915/0359-96
    IE 492.507.963.113
    Av. Dos Autonomistas, 1542 – V. Yara Osasco -SP
    CEP-06020-010

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/02/2008 - 17:25
    Enviado por: HUMBERTO GODOI BARALDI

    dei um lance a mais de 30 dias numa tv no mercadolivre paquei e ate agora não recibi, sendo que a propaganda falava que em 5 dias eu receberia, fis a denuncia para o mercadolivre e eles não tomaram providencia ja que o vendedor ALTIVO continua leiloando seus produtos como devo prosseguir?

    Advogado de Defesa:

    Mande sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do JT, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2008 - 18:01
    Enviado por: joelito silva constantin

    fui fazer um feira no supermercado e antes de comprar foi no caixa e verifiquei o limite a atendnte disse verbalmente que tinh 700,00de limite resolvir nao fazer a feira e so comprei 6,00 quando foi passar nao foi autorizado,paguei em especie e na mesma hora solicitei no proprio caixa limite a mesma mi deu espresso o valor de 700,00 perguntei ao gerente por que nao foi liberado e disse q esse valor ja estava compromedito para o meses de f,m pois o mesma passado paguei 40,00 reais a mais da fatura e pago as fatura sepre em dia. obs depois de 2 dias fui fazer compra e foi liberado o que eu deve fazer po

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2008 - 02:09
    Enviado por: Michele

    No dia 13/02/2008 fiz uma tentativa de compra pela internet no site da tam onde não foi realizada pois não recebi nem um e-mail de confirmação muito mesmo q no meio da operação a conexão caiu. Onde liguei para varig e fiz minha compra por telefone. Hoje olhando meu fatura pela internet consta no meu cartão um valor de 2×211,00 , pela nome de Tam sao . Sendo q comprei pela varig . Gostaria de saber como proceder nesse caso tenho o e-mail de confirmação da varig com valor e tudo.
    Obrigada

    Advogado de Defesa:

    São duas empresas. Você deve conversar com a TAM e pedir o reembolso das passagens

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/03/2008 - 00:04
    Enviado por: Regiane Da Silva Rodrigues França de Moraes

    Olá! Meu nome è Regiane Rodrigues, eu recebi um cartão de credito com a bandeira Máster Card. (Unibanco).
    Esse cartão tem desconto de 10% na folha de pagamento, só que nem mesmo no meu do holerite do mês passado veio esse desconto hoje eu recebi meu holerite com dois descontos, do mês anterior e desde mês e foi ai que recordei que eu havia usado o meu cartão.
    Os senhores pode se perguntar como assim usa e se esquece que utilizou, se você tem dois cartões pela primeira vez você não esta acostumada com a situação, porém se a empresa tivesse me enviado a fatura com certeza não estaria passando por este constrangimento.
    Ate hoje nunca me enviaram uma fatura. Já tentei entrar em contato com a empresa, só que o atendimento è eletrônico e não tem com quem tirar as duvidas ou para um esclarecimento. Nem mesmo pelo site é possível ter esse tipo serviço.
    Agora estão me cobrando juros e multas (descobrir através do numero de contato do cartão)
    Eles tendo por obrigação de enviar a fatura e não tendo feito isso, quero saber se ele tem o direito de cobrar juros e multas sendo que a falha foi da empresa que nunca ter enviado uma fatura sequer.
    Qual atitude tomar em relação à empresa Unicard Máster Card. (do Unibanco)?
    Estou muito decepcionada e me sinto prejudicada psicologicamente e financeiramente.
    Aguardo uma resposta para tomar uma atitude certa e dentro da lei.
    Desde já agradeço pela atenção.

    ass: Regiane

    Advogado de Defesa:

    Envie sua reclamãção para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, com seus dados pessoais. E-mail advogado.jt@grupoestado.com.br

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/04/2008 - 06:55
    Enviado por: LILIANA

    REALIZEI UMA COMPRA DE 4 PASSAGENS AEREAS NO SUBMARINOVIAGENS NO DIA 31/03/2008, CADA UMA DELAS NO VALOR DE r$ 154,86, TOTALIZANDO r$ 614,99, EFETUEI O PAGAMENTO POR CARTÃO CRÉDITO NA MODALIDADE PARCELADA EM 7 VEZES. NO ENTANTO NA FATURA CONSTA DOIS LANÇAMENTOS UM ÀVISTA NO TOTAL E OUTRA PARCELADA COM UMA DIFERENÇA DE ALGUNS CENTAVOS LIGUEI PARA MINHA OPERADA E ME FALARAM QUE A EMPRESA PEDIU DUAS AUTORIZAÇÕES, UMA A VISTA ( QUE ESTA PENDENTE DE CONFIRMAÇÃO) NO VALOR TOTAL DAS PASSAGENS r$ 614,99 E OUTRA PARCELADA, A PRIMEIRA PARCELA DE r$ 290,29, OU SEJA UMA DIFERENÇA DE ALGUNS CENTAVOS E QUE EU TERIA QUE LIGAR PARA A EMPRESA PARA CANCELAR ESSA AUTORIZAÇÃO QUE ESTAVA PENDENTE( A VISTA), POIS SE NÃO ESTE VALOR FICARIA BLOQUEADO NO MEU LIMITE E CLARO, POSTERIORMENTE NA PROXIMA FATURA PODERIA SER COBRADO.
    LIGUEI NO DIA 05/04/2008 AO SEU ATENDIMENTO, DEPOIS DE MUITA DEMORA FUI ATENDIDA, GROSSEIRAMENTE A ATENDENTE DISSE QUE APENAS RECEBERAM UM PAGAMENTO E NÃO PODEM FAZER NADA E DESLIGOU O TELEFONE.
    REALMENTE A OPERADA DO MEU CARTÃO REALIZOU APENAS UM PAGAMENTO, O PARCELADO COMO FOI ACORDADO , INCLUSIVE HOUVE UMA DIFERENÇA DE ALGUNS CENTAVOS, NO ENTANTO EXISTE O VALOR ÀVISTA O QUAL FOI SOLICITADO AUTORIZAÇÃO QUE ESTÁ PENDENTE NO MEU CARTÃO. AUTORIZAÇÃO DE NUMERO 073040, FORNECIDA A EMPRESA ÀS 18:28H. ESTOU NO AGUARDO A RETIFICAÇÃO POR PARTE DA EMPRESA.

    Advogado de Defesa:

    Envia sua reclamação para a coluna Advogado de Defesa, do Jornal da Tarde, e-mail advogado.jt@grupoestado.com.br, com seus dados pessoais

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/04/2008 - 09:53
    Enviado por: bruna

    perdi meu cartao e meus documentos, sendo que a pessoa que achou realizou compras com ele. Porem fui ate a loja na qual a pessoa havia comprado com o meu cartao, e o gerente falou que nao havia circuito interno na loja, que a unica prova que tinha era o comprovante com a assinatura do infrator, pela letra tem como eu decobrir quem fraudou minha assinatura

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2008 - 23:24
    Enviado por: ozana soares silva

    meu marido fez algumas compras pela internet tudo bem, mais quando a fatura chegou havia duas compras feita no de 500,00 cada, no dia que foi efetuadas essas compras a operadora do cartão de credito ligou p/ meu marido perguntando se ele tinha conhecimento destas compras e que estava bloqueando os cartões e ele afirmou não ter efetuadas as compras. nos somos vitimas do roubo pela internet, como posso provar que essa compra não foi eu que fiz e ser ressarcido pela operadora de cartão de credito pois quando eles perceberam que era o dono do cartão mesmo assim autorizou a venda para terceiros. tenho chance de provar e não pagar por uma coisa que não comprei?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/06/2008 - 14:21
    Enviado por: joanidia

    fui vitima de um roubo e nao sei como resolver. fiseram compras no meu cartao de vredito na empresa oceana ir de SP com passagens aereas de ida dia 16/03 e volta 19/03 como posso resolver se nao recebendo nenhum tipo de ajuda da operadora do cartao e da empresa onde meu cartao foi utilizado???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2008 - 23:12
    Enviado por: Silvia Andrade

    Minha fatura do cartão veio bem abaixo do que deveria ter vindo. Compras que foram feitas à 3 meses, em média, atrás, não veio. O que será que aconteceu e o que fazer? E as compras que foram feitas, quem sai no prejuizo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/06/2008 - 09:38
    Enviado por: wander

    comprei uma certa quantidade do mesmo produto em um site no Canadá. o produto foi enviado, mas algumas peças vieram faltando por conta de possível violação no pacote pelos correios. Entrei em contato com o site, pois a postagem foi feita de forma simples, e nao me foi oferecida a possibilidade do modo registrado, pois a postagem simples era uma cortesia do site, e acaba por inibir qualquer outra escolha. Em contato com a empresa, pois tb pude perceber que o pacote não foi devidamente embalado para evitar um mínimo de violação, eles ficaram de mandar as peças que faltavam. Até agora não recebi, e o lançamento do valor total já consta no meu cartao internacional. Há como abater o preço pelo que nao recebi junto à operadora de cartoes, juntando todos os emails entre mim e a empresa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 01:09
    Enviado por: Edilene

    Meu genro foi demitido do Banco e tinha plano de saude bradesco, porém quando de sua demis~são, sua esposa já estava gestante. O plano vence em outubro e ela tem bebe em novembro, como conseguir mais um mês pelo plano?? acordo eles disseram que n podiam fazer nada. Ela tem o Plano a aproximadammente 02 a 03 anos. Por favor, enviem-me uma resposata urgente.
    Atenciosamente,
    Edilene

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 01:14
    Enviado por: Edilene

    Em janeiro 2008 , solicitei um aparelho( me oferecerem), e caso eu n gostasse , poderia devolvê-lo. Aconteceu : devolvi em janeiro mesmo, pelos correios e só agora em maio vieramcobrar o aparelho como se não houvessem recebido. O que fazer ? já n tenho mais o comprovante do correio que foi enviado, e o sistema deles, a fita de pagamento, etc, com tres meses é extinguida. Ajudem-me. Grata.
    Edilene

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/07/2008 - 01:15
    Enviado por: Edilene

    o aparelho a que me referi foi da tim.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2010 - 11:51
    Enviado por: Douglas

    A ganância, os lucros astronomicos, o desrespeito, a fraude, a mentira, o engano, a lesão, a humilhação, a expectativa adiada, tudo que causa-nos danos e prejuizos faz-nos jus a iindenizações, procure a JUSTIÇA e sua localidade, faça uma ação coletiva, entre na justiça, vale a pena, não faça seus direitos desaparecerem ao vento, vá atras dos seus direitos, a justiça não é tão lenta como parece, manifeste, divulgue recuse, fale a outros divulgue boca a boca, espalhe notícia, meta a boca no trombone, tome vergonha na cara, exerça sua cidadania, faça valer seus direitos, Na França um paizinho do 1º mundo, se a manteiga sobe o preço no carrefour de lá, ninguém compra manteiga até o preço voltar como estava, aqui no Brasil, os brasileiros são milionários e gostam de ser idiotas e pagar tudo mais caro. Se você que leu este comentário, gosta de ser palhaço o problema é seu, coloque o seu nariz vermelho e sai na rua e grite bem alto eu sou um palhaço, porém se você é inteligente, tem cultura, faça valer os seus direitos, denúncie, procure seus direitos na justiça, exerça sua cidadania.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 10:34
    Enviado por: marli braga da silva tomes

    fiz uma compra de um aparelho celular neste site.o produto chegaria em 5 a 20 dias.ja se passaram 35 dias e nad.estou lutando pra cancelar esta compr junto ao meu cartao de credito.mandei varios email.e sempre com desculpas.por favor fique de olho neste e site e passe para o maior numeros de pessoas……

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/06/2010 - 08:01
    Enviado por: wanderleia torrecilhas alves

    estou desesperada,peço pelo amor de Deus que me ajudem.um dos meus filhos, tem sofrido com bullyng na escola onde estuda.procurei a escola por diversas vezes,falei com diretora,vice diretora,me atenderam prometendo todas as vezes que tomariam providência,mas nunca nem se quer tiveram o trabalho de no mínimo, verificarem na sala de aula o que estava acontecendo.meu filho esta na oitava série,tem catorze anos,todos os dias quando começa a anoitecer, ele fala para mim que sente uma profunda tristeza,quando eu perguntava o motivo,ele dizia que não sabia.até que um dia ele comentou comigo que era por causa de ter que acordar e ir para a escola e começar o terror tudo novamente.ele é lindo, mas se sente feio,se eu não o fizer parar,fala o dia inteiro que é feio.não quer mais ir para a escola.estamos sofrendo demais, aquela escola é uma bomba relógio,e ninguem tem feito nada para desarmar esta bomba,ja aconteceu de pegarem dentro da escola,um pedaço de vidro de garrafa, rodearem ele,e ameaça-lo com o vidro apontado para a barriga,procurei a diretora pensando que agora ela resolveria,não fez nada,somente me atendeu.me ajudem, ele tem sofrido demais,tem pedido para mim leva-lo a um psicologo,é possível de ver o sofrimento dele só em olhar, não precisa nem ele falar.coloquei o E-mail do meu outro filho que esta aqui, pois o guilherme foi para a escola.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/06/2010 - 20:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamentamos não poder ajudar, esse não é local adequado para buscar ajuda. Seu problema é de caráter pedagógico, e não de consumo. E ainda há controvérsias sobre as responsabilidades das escolas sobre o bullying, pois não há meios de impedi-lo. Procure antes de mais nada ajuda da orientadora pedagógica da escola e, se possível, de um psicológo. Em último caso, e dependendo da gravidade, comuniquye o fato à Delegacia Regional de Ensino de sua região.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/06/2010 - 10:00
    Enviado por: lucas ribeiro

    ola preciso de uma orientação eu fiz um curso pela microlins para concluir meus estudos pega meu historico escolar do ensino medio e seguir em frete na faculdade o curso teve duração de 5 meses e mais 2 para eles entegarem o historico ai passou os 2 meses e nada passou 6 meses ai chegou, mas com o numero do meu rg errado eu mandei denovo e ja faz quase 3 meses e nada preciso saber oque eu devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/07/2010 - 00:17
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma reclamação no Procon e na Delegacia Regional de Ensino. Se for necessário, acione a escola no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/09/2010 - 16:47
    Enviado por: Felipe Nogueira Ferreira

    Em junho deste ano comprei um GOL-GV 2011 ok para trabalhar, mas o carro com 3700 km, apresentou um defeito no motor e nao mais pegava, foi emviado para concessionaria a traves do guincho da seguradora. Foi la a tarde e me informarao que o carro teria de substituir o cabeçote pois o mesmo havia travado quatro tuchos e ficou la por mais ou menos 14 dias.Retirei-o e andei mais ums 6000 km e o carro voltou apresentar um barulho no motor e os mecanicos constataram desgaste no vira breguim, na giria bateu biela, mas desde o dia 13.08 o carro esta na concessionaria sem soluçao, vou la me falam que a fabrica ano autorizou a troca do motor, ligo na fabrica e me falam que eu tenho que resolver na concessionaria, mas o problema que este carro uso diariamente para trabalhar e ha 41 dias estou sem soluçao. Na hora que agemnte compra voce tem todas garantias, mas quando voce prescisa voce nao e atendio, me cinto um idiota, humilhado por tamanho descaso poisa carro esta financiado tenho que pagar a prestaçao do carro e do seguro sem poder usa-lo.Solicito uma orientaçao como proceder.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/09/2010 - 18:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma reclamação no Procon e contrate um advogado para processar a fábrica e a concessionária por danos morais e ressarcimento de gastos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/11/2010 - 18:08
    Enviado por: alcir carnaca

    comprei um ágile no dia 29 de outubro até agora o carro só me deu problemas fiquei pouco mais de quinze dias com ele a gm não consegue solucionar a pane do veiculo que solução devo tomar me socorram por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/11/2010 - 15:09
    Enviado por: Edgar Monteiro

    Boa tarde
    Fui realizar uma compra e descobri que meu nome esta no Serasa, fui ate o SERASA e pedi uma consulta, apareceu uma pendencia no Banco Bradesco na agencia de Osasco SP. Fui ate a minh agencia e a minha gerente disse que não consta nada no meu nome no Bradesco, e nem nas instituiçoes que realizam cobranças para o Bradesco? O que eu faço? moro em Belo Horizonte – MG! Será que fui vitima de algum golpe? Como faço para descobrir? Se tenho os protocolos que nada constam em meu nome dados pelo Banco Bradesco, devo procurar a justiçaw Por favor me ajude a achar uma solucão. Obrigado Edgar

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2011 - 18:39
    Enviado por: priscilla

    ola ! preciso de ajuda , minha fatura veio cobrando uma compra que eu nao fiz pela internet ne m tenho costumi de comprar pela internet . foi na americanas.com ligo pra la pra saber se tem cadastro co meu cpf els dissera que nao e como saber quem comprou ? posso descobrir o endereço ?qual o procedimento

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/05/2011 - 22:31
    Enviado por: rita

    por favor me judem. moro numa casa que era do meu falecido marido ja tem mais de 20 anos que ele faleceu eu não pude fazer inventario e uma pequena loja ao lado.um dos ceredores que devo uma loja de eletrodoemstico me execultou para audiencia de concilhiação não tenho como ir estou vivendo com 299 reais tomo remedeos controlados podem penhorar esta casa que ainda esta em nome do falecido mardido a divida é minha em meu nome?desde ja obrigado rita

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2011 - 08:22
    Enviado por: João Ricardo

    Ola fizeram uma compra por meio do site http://www.netshoes.com.br mais nao fui eu, gostaria de saber se tem como descobrir o infeliz que comprou por meio do endereço de entrega?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 21:42
    Enviado por: João de Deus Teixeira

    No dia 14/05/11 fiz uma compra de um aparelho de DVD no submarino,onde o vendedor disse que o prazo de entrega era de 9 dias,passou mais de um mes eles ainda não entregaram.tento ligar para obter informação e eles ficam só tranferindo a ligação para varios setores do submarino e ninguem me explica nada sobre essa demora, isso quando deixa esperando na linha até cair. isso é um grande desrrespeito com o consumidor pois ja me foi descontado a primeira parcela e ainda não recebi o meu Aparelho. O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2011 - 17:14
    Enviado por: Suzana

    Ola Boa Tarde..assim como muitos aqui tbm estou com problemas no mue cartão, aconteceu o seguinte: compraram pela internet com meu cartão mastercard e ate agora não conseguir identificar quem fez isso. como posso proceder daqui pra frente ?..

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/08/2011 - 20:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se foi vítima de fraude faça um boletim de ocorrência e acione a operadora em busca de ressarcimento. Recorra ao Procon, se for preciso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/08/2011 - 19:01
    Enviado por: simone

    eu tbem fui vitima fraude , comprarm pela TAM SITE passagens em 6 x, engraçado que a tam nem se deu ao trablaho de vrifiar sobre a pessoa comprando e dono do cartão, (diferentes), pois não fui em que comprei, ja fiz a reclamação na central de atendimento, preciso fazer BO???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2011 - 22:16
    Enviado por: eduardo

    clonaram meu cartão e feturam 3 compras no valor total de 1.000,00.percebi no mes passado e liguei pra operadora infomando uma da compras que estava na fatura passada e mandram eu pagar só o que eu devia.paguei e a empresa me mandou carta me informando que estava solucionado o problema do protocolo que eles criaram para resolver.pra minha surpresa chegou agora a fatura me cobrando aquela valor que não reconheço acrecido de encargos o que faer?posso entrar com uma açao indenizatoria?empresa itaucard

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/09/2011 - 10:46
    Enviado por: Eliomara

    Bom dia. Como faço para descobrir quem comprou passagem de aviao com meu cartao de credito? Pois veio em minha fatura de cartao compra de passagem. Como faço para descobrir quem retirou o bilhete? Fico grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2011 - 20:45
    Enviado por: lucilene garcez

    fiz uma compra de passagem aerea pela internet no dia 14.09 mas ouvi um emprevisto e precisei cancelar mas a empresa está me combrando um valor absudo para o cancelamento sendo que ainda não tem sete dias como devo proceder sem ter que pagar a multa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2011 - 22:01
    Enviado por: josy

    boa noite..to com um problema compraram em nome da minha cunhada uma tv e uma empressora tem 5 meses com um cartão de credito agora eles estão ligando e querem que ela paga mas ela não comprou…mais a entrega tbm mandaram pra casa dela e ela tbm não recebeu…o vendedor entrou em contato e disse que ela só tinha dois dias para pagar se não ele iria abrir um processo contra ela..e agora não sabemos como resolver…o que faço

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/09/2011 - 23:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se ela não comprou, então é fraude. Faça um boletim de ocorrência e procure um advogado para se defender na Justiça e processar quem permitiu a fraude.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/09/2011 - 09:05
    Enviado por: Michele

    Srs. bom dia!
    Preciso da orientação dos senhoras de como proceder.
    ” Recebir uma ligação de combrança referente a um debito em compra realizada em um determinado cartão ao qual nunca recebir informando que havia um debito em aberto, Então liguei para o Banco Responsavel para verificar do que se tratava o mesmo informou que existia uma compra em aberto do mes 07 – Julho /2011, todas feitas no mesmo dia: 28/07 em duas lojas diferentes em Itaquera – São Paulo local que nuca estive, moro em São Luis – MA. Como proceder? Qual é o promeiro passo a tomar ?

    O banco me orientou a acessar o site, imprimir o Formulario de Contestação de Transações no prazo de 5 dias para avaliação e verificação de contestação.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/09/2011 - 18:29
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça isso, mas faça também um boletim de ocorrência e acione o banco na Justiça, por meio de avogado, por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/10/2011 - 15:05
    Enviado por: maria josé carlos verissimo

    fiz uma simulação na TAM na compra de uma passagem e antes de fazer o parcelamento concluiu como a vista
    como devo fazer a quem recorrer para fazer o parcelamento
    por favor

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/10/2011 - 01:06
    Enviado por: Leandro

    Eu recebi diversas compras efetuadas com meu cartão via internet,porém nenhuma das compras fui eu quem fiz,alguém clonou meu cartão,tenho como descobrir quem comprou pela internet com meu cartão?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/10/2011 - 16:19
    Enviado por: Luiza

    Olá, gostaria de saber como devo proceder diante do caso que irei relatar a seguir:

    Realizaram uma compra em meu cartão no valor ($ 1.000) via internet, mandaram para um endereço para outro Estado.
    Tem como descobrir quem é? eu vou ter que pagar?
    Aguardo resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/08/2012 - 02:59
    Enviado por: Mauricio Barbosa

    Bom dia, encontrei um emissor de passagens áreas que prometia 50% de desconto do valor do site da cia aérea. Paguei para ele via déposito em conta, recebi os localizadores das passager e embarquer para Europe. Na volta a Tam impediu leu embarque Alexandrie billeté fraudado, tive que comprar um Aéreo de emergencia na hora para poder voltar da Europa. Esses emissor sumiu e não responde mais os emails. Dois colegas depositaram o valor das passagens em minha conta e eu repassei os valores a esse emissor e o mesmo aconteceu com eles. Eu não tenho mais os comprovantes de deposito e tudo foi tratado por msn e imfelizmente o meu não grava. O que devo fazer? Um dos meus colegas desconfia de mim, porém eu sou vitima e tive o mesmo prejuízo. Estou com medo pois um deles me ameaçou dizendo ser delegado da policia federal e pegar minha família e a mim e estou temendo o emissor fraudador e essa segunda vitima que desconfia de mim e me ameaçou. A Tam falou que foi compra pela internet com cartao fraudado o titular não reconheceu as compras. Como fica então? Eu passageiro com bilhete fraudado, porém eu sou a vitima também.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/08/2012 - 16:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma queixa no Procon e acione a empresa no Juizado Especial Cível. Quanto à ameaça, faça um boletim de ocorrência e vá à Justiça contra ele.

      responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: