Estado.com.br
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Cobrança de dívida deve ser feita com alguns cuidados

Categoria: Assunto do dia

O artigo 71 do Código de Defesa do Consumidor (CDC) diz que é crime usar de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral e fazer afirmações falsas para amedrontar o consumidor, ou ainda perturbá-lo em seu local de trabalho, descanso ou lazer em caso de cobrança de dívida.

Isso significa que, se o cobrador for além da simples cobrança e perturbar o consumidor no trabalho ou em casa – ou informar terceiros sobre a sua situação de inadimplência –, o caso deve ser levado à polícia.

É claro que o credor pode cobrar uma dívida do consumidor, inclusive por telefone, mas a cobrança deve ser feita em horário comercial e o assunto só pode ser tratado diretamente com o devedor.

Ao falar com o próprio devedor, o cobrador deve se identificar e abordar o assunto sem grosseria ou ameaças.

Se, gentilmente, o cobrador informar ao devedor que, caso não pague a dívida, o nome será enviado para o SPC ou haverá a cobrança na Justiça, isso só pode ser feito somente pode ser feita uma vez.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

160 Comentários Comente também
  • 16/07/2009 - 00:48
    Enviado por: Elaine

    Me chamo Elaine,e tenho uma reclamação á fazer:

    Há pouco mais de um ano,apareceu em meus extratos bancarios uma assinatura de TV da empresa Net do Rio de janeiro(e eu moro em Sao Paulo).Liguei para a Net várias vezes e não conseguia resolver,só passava raiva e era mal atendida.

    Todos os meses eu tinha que me dirigir até a agência bancária para a gerente do Banco Bradesco bloquear o pagamento para nao ser debitado em minha conta,pois, a propria gerente dizia que não era possível remover esse engano da minha conta só dava para bloquear.Até que chegou o mês de janeiro desse ano,eu estava viajando,não consegui bloquear o e foi debitado R$ 139,59 em minha conta.Liguei na ouvidoria do banco,fiz a reclamação e misteriosamente a gerente consegui tirar essa assinatura da minha conta,mas eu tinha que entrar em contato com a Net para eles me reembolsarem esse dinheiro.

    Uma moça de nome Cleuza ligou em minha casa dizendo ser gerente de financeiro da Net e disse que em até dois dias depositaria esse dinheiro,passou um mês e nada.Fui pessoalmente na sede da net aqui em São Paulo na rua Verbo Divino e uma moça chamada Andreia disse o mesmo,que em dois dias eu seria reembolsada.

    Até hoje não obtive meu dinheiro de volta,sou universitaria e o que ganho só dá para pagar a faculdade.Estou com um enorme saldo negativo no banco e não sei mais o que fazer.

    Aguardo ansiosamente uma resposta ou sugestão.

    Obrigado

    Elaine da Cruz Barbosa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2009 - 10:11
    Enviado por: Amir

    Prezado Advogado de Defesa,

    Gostaria de uma ajuda de como proceder, pois a NET VÍRTUA ligou para minha casa cobrando uma dívida, porém, esta cobrança é indevida, pois a fatura estava errada e foi corrigida, e ligaram cobrando a fatura cancelada. A minha dúvida é que quando eles ligaram para minha casa, a minha irmã que está de férias atendeu, como era uma gravação da NET, o assunto foi tratado com quem atendeu o telefone, o que fiquei extremamente chateado, pois com o intuito de ajudar, ela me perguntou se estava em dificuldade, se precisava de dineiro, etc, sendo que só não paguei porque a fatura foi cancelada por estar errada. Este tipo de cobrança por gravação pode ser feito pela NET, sem que haja cuidado com quem vai atender o telefone ?
    Atenciosamente,
    Amir

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/07/2009 - 13:31
    Enviado por: claudio ribeiro

    as empresas telefonicas também fazem isso.Se vc deixa de pagar uma conta, logo vem uma gravação, que diz a quem atender que voce não pagou a conta e que seu telefone será bloqueado e seu nome irá para o serasa…

    até minha filha, de 9 anos ja atendeu uma gravação dessas…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/07/2009 - 23:29
    Enviado por: Barbosa

    meu carro está com as prestçõe atrazada e o banco não parcela os valores em atrazo e não ´posso pagar. sera q posso perder o carro pra o banco?

    RESPOSTA DO BLOG: É óbvio que pode perder o carro. Aliás, é o que deve contecer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/07/2009 - 10:20
    Enviado por: Raul Filipe laurentino

    ola, bom dia!

    Aconteceu da seguinte forma, o gerente da lojo em que eu estou em atrazo com duas prestaçoes, foi ate minha residencia, abriu a porta de entrada e chamou pela minha esposa, ela o atendeu e ele perguntou a ale se tinha conhecimento da compra e da divida, e em seguida lhe entregou uma carta, e avisou que se eu não entrasse em contato a¨a coisa iria ficar feia pro meu lado. Que procedimento eu posso estar tomando enquanto a isso?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça um boletim de ocorrência acusando o gerente de ameaça, processe a loja por danos morais e o próprio gerente por ameaça.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/08/2009 - 18:29
    Enviado por: JANAINA

    ESTOU COM A luz em atraso faz dois anos pois meu marido nse desempregou e então a CEEme ligou dizendo que minha casa iria a leilão caso eu não pagasse minha divida eles podem fazer isso?

    RESPOSTA DO BLOG: Podem sim, mas procure se informar direito sobre o processo que a empresa está movendo e contrate um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2009 - 02:54
    Enviado por: Antonio Carlos

    Fiz 1 curso de vigilante, parcelado, me atrapalhei e atrazei 2 prestações ai mandarão 1 cobrador no meu trabalho como não estava la falou da minha divida para meu patrão(tomei bronca do patão devido a isso) e no dia seguinte veio na porta da minha casa me cobrar e me ameaçou que eles irião na policia federal pedir o cancelamento do meu curso e diploma se eu não ir pagar logo o que devo para eles.
    eles podem cancelar o meu curso?
    naum estou em condições financeiras de acertar tudo e sim parcelado, o que devo fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Não podem cancelar o curso, se esse já estiver concluído. Também não podem cassar o diploma. O máximo que podem fazer é cobrar na Justiça e mandar seu nome para o Serasa. Se eles cumprirem as ameaças, procure um advogado. Mas não se esqueça: existe uma dívida e você rpecisa pagar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2009 - 20:22
    Enviado por: VIDA

    TENHO UMA DIVIDA NO BANCO QUANDO ERA EMPREGADO EMPRESTIMO DESCONTADO EM FOLHA
    APOS PRDER O EMPREGO NAO PUDE PAGAR MAIS MINHA DIVIDA APÓS 12 MESES A EMPRESA csuLIGOU PARA MINHA RESIDENCIA E FALOU COM MEU FILHO NO HORARIO DE 19.40 H DISENDO PARA EU ENTRAR EM CONTATO URGENTE COM ELES QUANDO CHEGUEI LIGUEI NO TELEFONE 0800 E ELE ME FALARA QUE NAO TEM HORA FAZER COBRANBÇA~ISSO PODE NESTE HORARIO NO TELEFEON DA MINHA RESIDENCIA?

    RESPOSTA DO BLOG: Não há lei que estabeleça que cobrança devam ser feitas apenas em horário comercial.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/08/2009 - 13:53
    Enviado por: MICHELLE OLIVEIRA

    BOA TARDE, ESTUDO EM UMA FACULDADE PARTICULAR NA QUAL HOJE SOU BOLSISTA. ANTES DE CONSEGUIR A BOLSA EU NÃO CONSEGUI PAGAR AS PARCELAS DAS MENSALIDADES, FIZ DOIS ACORDOS, MAS COMO AS PARCELAS AINDA SÃO ALTAS E SOMENTE AGORA ESTOU FAZENDO ESTÁGIO, NÃO CONSEGUI QUITA´LAS.
    SEGUNDO MINHA AMIGA, NA MESMA SITUAÇÃO QUE EU, UM OFICIAL DE JUSTIÇA FOI ATÉ A CASA DELA PARA COBRA-LA E DISSE QUE PENHORARIA ALGO SE ELA NÃO PAGASSE UM VALOR.
    O QUE PODEMOS FAZER, QUEREMOS PAGAR A DIVIDA MAS EM PARCELAS FLEXIVEIS AS NOSSAS CONDIÇÕES E AINDA CONTINUAR A CURSAR NA FACULDADE, POIS ELES SE NEGAM A REMATRICULAR CASO AINDA TENHA DIVIDA.
    O PIOR É QUE PERCO MEU ESTÁGIO E MINHA BOLSA. OBRIGADA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/08/2009 - 16:26
    Enviado por: Jose Pedro Gouveia

    Em 1997 me increvi no Conselho de Radiologia, paguei a anuidade e obtive a Ced de Identidade. Nunca trabalhei com Raios X e me aposentei como motorista de onibus. Não paguei mais apesar de receber todos os anos a anuidade para pagar. O que poderá acontecer se não pagar? Já apareceu um cobrador na minha porta dizendo que poderá haver penhora de bens (não tenho nada), dizendo que serei inscrito na divida publica federal, o que poderá acontecer??
    Obrigado

    RESPOSTA DO BLOG: Seu nome ficará sujo. Você não pode simplesmente parar de pagar, sem avisar ninguém, nem cancelar a sua filiação. Penhora de bens, só em último caso, mas é muito difícil.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2009 - 10:56
    Enviado por: Paula

    Bom dia.
    Gostaria que me orientassem como devo proceder a seguinte situação:
    Venho recebendo ligações de um banco há 30 dias(hoje, 31/08/09), cobrando a regularização do meu cheque especial (R$600,00)que ultrapassou o limite de R$179,00. Eles pediram que eu depositasse em minha conta R$179,00, para ficar ok. Expliquei milhares de vezes a atendente de telemarketing que eu não tinha o valor solicitado no início do mês de agosto, e que teria o sinal solicitado só no final do mês. Há duas semanas atrás recebi o telefonema do banco no meu horário de trabalho, e venho recebendo essas ligações todos os dias, mais de duas vezes, nos finais de semana e etc. Estou muito chateada com esta situação pois, lá em casa a minha vó fica chateada de estar recebendo essas ligações, o meu primo, e na semana passada até os meus tios que vieram de fora atenderam o telefonema de cobrança em minha casa, pois estavam nos visitando. Na sexta-feira (28/08/09)como estava doente, recebi novamente a ligação do banco, falei tudo de novo que iria pagar a quantia referida nas ligações anteriores, e eles me disseram que agora deveria pagar o valor integral R$900,00, e que se eu quisesse abateriam por R$756,00 (no dia, 28/08/09). Eu neste momento me encontro revoltada com tais procedimentos do banco e gostaria de saber se posso fazer algo e que eu não pague mais tal valor?
    Abraços.
    Obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: O banco está fazendo o que deve, cobrar uma dívida. Não é obrigado a aceitar as condições nas quais você pode pagar. Ao contrário, você é que deve se adequar às condições do banco, como devedora. Você pode reclamar no Procon se a insistência nas ligações passar dos limites, mas a cobrança durante o horário comercial, desde de que não constranja, é lícita.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/09/2009 - 08:54
    Enviado por: Marisa Santana

    Bom dia!
    Dr. Estou com uma pendência em uma financeira, na estão em aberta duas parcelas de um financiamento de um veículo. Assim, constantemente um funcionário de lá me liga, até aí tudo bem, acontece que já recebi e-mails e torpedos fora do horário comercial. Ele, o funcionário, certo dia me ligou dizendo que iria mandar um outro funcionário na minha casa, eu disse que ele mandasse e ele insistiu dizendo que iria mandar, o dito funcionário para realizar um procedimento no veículo. É mesmo funcionário que sempre me liga, e certa feita este insistiu que era para eu devolver o veículo. Na verdade está sendo um tormento para mim, porque do jeito que ele fala comigo me constrange e ameaça.
    Desejo uma orientação do senhor no que devo fazer. Muito grata.

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon e um boletim de ocorrência.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/09/2009 - 19:01
    Enviado por: jhuliana

    a mais ou menos 1 ano foi autorizado pelo banco descontos para pagamento de uma assinatura de tv a cabo ,serviço q nunca ultilizei,em debito automático,quando percebi os descontos ja estavam sendo feitos a varios meses, eu tinha um emprestimo com o banco e depositava todos os meses o valor referente ao pagamento do emprestimo e tx de manutenção,so que o desconto da tv era feito primeiro e quando deveria ser pago emprestimo o saldo era insuficiente,o que me deixava sempre no vermelho com o banco,entrei com processo para devolução de valor cobrado indevidamente,e paguei o banco o valor do credito especial,o emprestimo ja tinha sido quitado e o banco insiste em me cobrar pelo emprestimo tenho todos os comprovantes de deposito nas respectivas datas. o que devo fazer? qual tipo de processo deverá ser aberto,o banco pode autorizar descontos em minha conta corrente sem uma autorização previa de minha parte?

    RESPOSTA DO BLOG: Pelo que entendemos você foi vítima de fraude. JUnte todos os documentos e faça uma denúncia ao Procon. POr via das dúvidas, contrate um advogado e prepare uma ação por danos morais contra o banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2009 - 18:59
    Enviado por: washington Rodrigues

    vendi um carro faz 9 meses e não consegui receber o restante do carro que e 5 mil o que eu faço se quando vou cobrar o rapaz ele me ameaça

    RESPOSTA DO BLOG: Entre na JUstiça para cobrar a dívida ou retomar o carro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2009 - 12:49
    Enviado por: Elaine Ribeiro

    Já faz 3 anos que perdi minha linha fixa por motivos financeiros. Ao tentar renegociar a divida, a divida dobrou de valor e a operadora informou que a vendeu.

    Eu sou obrigado a pagar?

    RESPOSTA DO BLOG: Sim, infelizmente terá de pagar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2009 - 12:52
    Enviado por: Amanda

    Gostaria de uma orientação no seguinte caso:
    Estou com uma divida no banco (juros de limite de crédito) e nas últimas três semanas venho recebendo ligações de cobrança, porém já informei a atendente de tmkt que não tenho previsãoe pagamento pois estou desempregada, mas a atendente disse que eu tenho que me virar, pegar emprestado, e eu já estou muito constrangida com essa situação pois recebo essas ligações em 5 em 5 minutos todos os dias com pressões referente à essa pêndencia. Tenho como fazer algo para eles deixarem de me pertubar e me contranger? Agradeço a atenção.

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon e entre com ação por danos morais no JUizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/10/2009 - 23:13
    Enviado por: alessandra da silva

    nesta semana recebi uma ligação da faculdade onde terminei o curso de administração há 2 anos atras. Fiquei devendo uma divida pequena, a secretaria de cobranças da faculdade me disse ao telefone que se eu não pagasse a divida eles irião colocar o caso para um advogado que iria penhorara meus bens e se eu não tivesse bens irião penhorar os bens dos meus pais. Como a ameaça foi ao telefone, guardei o numeor e a data e a hora da ameaça, me senti muito mau apos a ameaça, pois estou numa situação financeira muito dificil. Fiquei com medo da ameça ser veridica. Posso entrara com um processo de danos morias contra a faculdade?

    RESPOSTA DO BLOG: Se você tiver como provar, até pode, mas acho que não conseguirá provar que houve tal ameaça, infelizmente. Contrate um advogado para renegociar a dívida, que terá de ser paga algum dia.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2009 - 18:57
    Enviado por: João

    Boa Tarde,

    estou com restrição no spc/serasa, recebi hoje um comunicado via correios, que se eu não pagar o debito que seria no Ponto Frio, os meus bens seriam penhorados, isso pode acontecer? Tenho uma conta poupança e estou com medo deles mexer lá, poderia me orientar quanto a isso.

    Agradeço e parabelizo vcs pelo ótimo serviso prestado.

    João


    RESPOSTA DO BLOG:
    Sim, pode acontecer.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/09/2010 - 16:07
      Enviado por: EMONIQUE MACHADP

      OLÁ TENHO UMA DIVIDA MAIS ESTOU PAGANDO POR MES … MESMO ASSIM O REPRESENTANTE ME COBRA POR EMAIL OU TELEFONE E FICA ME AMENÇANDO …

      O QUE DEVO FAZER … ESTOU GRAVIDA E QUASE PERDI O BEBE DE TANTO PASSAR NERVO POR ISSO …

      EU VOU PAGAR ELE

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/10/2009 - 17:38
    Enviado por: suzana borges de jesus

    Faço facudade,já estou no 7º semestre mas só efetuei o pagamento da rematricula do 6º semestre. Estou frequentando aulas e fazendo alguns trabalhos, mas como estou inadiplente não fiz as provas do 7º semestre. Bem, como é do meu interesse pagar assim que for possivel, peço orientação a vocês.É possivel em lei eu continuar no curso, fazer provas mesmo nesta situação que estou com a instituição de ensino? Me ajudem como devo proceder.

    RESPOSTA DO BLOG: Procure um advogado para se garantir, a faculdade com certeza vai bloquear seus documentos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2009 - 21:03
    Enviado por: Cibele

    Meus pais compraram um casa e a mesma estava em nome da antiga moradora, ainda não temos a escritura pois esta sendo providenciada pela “COAB”,sendo que seira primeiro em nome dela e depois colocaremos no mone dos meus pais.
    Viemos saber 6 meses após a compra que a antiga moradora está devendo vários bancos em valores menores que o do imóvel. A dúvida é se o banco quiser ele pode penhorar a casa, mesmo que tenhamos em mãos uma declaração e procuração juntamente com o contrato de compra e venda registrados em cartório com assinatura de um tabelião?

    REPSOSTA DO BLOG: Lamento, não temos como responder. Procure um advogado especializado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/10/2009 - 22:33
    Enviado por: Lucia

    Olá boa noite!
    Olha minha dívida tá em 4.683.23; Eu recebi uma proposta para quitar a dívida no valor de 187.32.
    Se eu pagar essa valor tá quitada a dívida???
    Meu nome vai sair do SPC?

    Obrigada!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/10/2009 - 21:45
    Enviado por: Michel Castilho

    estou cobrando uma divida de uma pessoa por hospedagem, já cobrei mas não tive nenhum resultado positivo, já fui na delegacia e não resolveram nada, o que tenho que fazer…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/10/2009 - 17:53
    Enviado por: kallebe

    João, amigo de infância, comprou uma televisão nas casas bahia em 12 parcelas só que ele pagou 3 o que acontecerá com ele e o que ele tem que fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Terá o nome sujo. Em último caso, terá de devolver a televisão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2009 - 13:31
    Enviado por: teles ferreira de souza

    ola dr em 2002 tive um debito com o banco do brasil sobre cartao de credito e um pequeno emprestimo paguei algumas parcelas e nap pude pagar mais meu nome foi spc e serasa depois de 5 anos limpou isso em sao paulo hoje eu moro na bahia e uma empresa de cobranca liga para minha casa direto disse que o debito em 7500 reais depois me fizeram uma proposta para pagar a vista de1500 reais depois ligaram de novo dizendo para mim que o debito era 7500 eu falei que nao podia pagar 7500 se o debito foi 1100 eles disse que iri colocar na justica e agora o que eu faco

    RESPOSTA DO BLOG: Pague a dívida ou contrate um advogado para renegociar o débito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2009 - 20:59
    Enviado por: O COBRADOR

    TENHO A SOLUÇÃO PARA TODOS VOCÊS :

    PROCUREM PAGAR SUAS DIVIDAS SE NÃO TÊEM CONDIÇÕES DE CONTINUAR COM AS MESMA A DEVOLUÇÃO É BEM VINDA SE ACHAM QUE PODEM PAGAR ENTÃO DIGAM QUANDO MAS DIGAM A VERDADE NÃO SEJAM CALOTEIROS

    O QUE PIORA TUDO É ATENDIMENTO GROSSEIRO OU CORTE DE LIGAÇÕES PROCUREM CONVERSAR QUE CONVERSANDO TUDO SE RESOLVE HÁ COBRADORES EXTRESSADOS MAS HÁ AQUELES QUE NÃO SÃO.
    NÃO JUGUEM TODOS POR ALGUNS

    ABRAÇO
    BOA SORTE

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2009 - 11:33
    Enviado por: Carla (Visitante)

    Faz dois anos estudei numa escola na minha cidade, lá fiz muitas amizades, e havia uma garota que vendia Avon/Natura, vire e mexe sempre comprava algumas coisinhas dela e sempre pegava, mas ela dunca me deu recibos e nunca assinei nada para ela, por sermos colegas (amigas).. passado dois anos, ela veio na porta da minha casa me cobrando uma dívida de 400,00 como isso? Gritou na porta de casa, chamou meu pai, fez um escandalo, depois de 2 anos, passei vergonha pq tenho certeza que paguei, mas como ela não me deu recibo e nunca assinei nada, fiquei chocada. Como devo proceder, pois tive constrangimentos, chamaram meu pai, sendo que isso tudo foi uma palhaçada.

    REPSOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e a processe por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/11/2009 - 09:07
    Enviado por: lidiane

    estao cobrando a minha mãe nao justica um emprestino que foi feita pra meu irmao e sua mae no banco por uma vizinha, audiencia na sexta feira. quaisl os diretos de minha mae e oque posso fazer a divida nao foi pra minha mãe e sim pra seu filho pessoa esta que nao esta sendo intimada por ser amigo do cobrado, aquardo resposta pois estou sem noção dos direitos de minha mãe pra com esta mulher.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/11/2009 - 11:00
    Enviado por: Luiz Antonio

    Bom dia!!!
    Uma pessoa fisica moveu acao no juizado especial contra minha pessoa, mas antes ele levou ate a empresa a qual trabalho a intimacao da suposta divida, pois eu nao devo nada para ele, fui para audiencia e ele nao comprovou a divida, eu tomei advrtencia por escrito da empresa e sem dever.
    O que poderei fazer a respeito desta pessoa e da empresa a qual trabalho, pois meu patrao disse que advertencia era para servir de exemplo aos outros fincionario.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e processe a empresa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2009 - 19:03
    Enviado por: Deusania Ribeiro

    EU TENHO UMA DÍVIDA DE QUATRO, NÃO PAGUEI POR FALTA DE CONDIÇÕES FINANCEIRA, MAS NUNCA RECUEI EM NÃO PAGAR. PORÉM A LOJA ENVIOU MEU NOME PARA O SPC. RECEBO VÁRIAS VISITAS DE COBRADOR DA LOJA EM MINHA RESIDÊNCIA ESSA ATITUDE É CORRETA?

    RESPOSTA DO BLOG: Sim, é correta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/11/2009 - 15:09
    Enviado por: maria madalena da costa de souza

    eu passei um cheque no valor de sessenta reais, e esse cheque não foi apresentado no banco nenhuma vez e a pessoa me ligou pra eu acertar direto com ela dia tava sem dinheiro e ela me cobrou umas 2ou tres vzs eu falei pra ela que podia pagar em duas vzs de 30,00 e ela não aceitou que não tinha negociaçaõ que ia apresentar o cheque fazer o que dias depois ela me ligou e perguntou se podia passar no meu emprego pra pegar o dinheiro sendo que ela falou que ia apresentar o cheque eu falei que tava sem dinheiro ali mais que se ela podia passar dia 13/11 ela não aceitou e me chamou de mentirosa e calotera por tel: não se deu por contente veio meu emprego e fez o mair escandalo e de volta me chamou de calotera e mentirosa o que devo fazer quais os meus direittos ? em momento algum falei que não ia pagar.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e a processe por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2009 - 01:08
    Enviado por: DEISE

    OI, GOSTRIA DE SABER,RECEBI UMA INTIMASAO DO FORUM POIS NAO PAGUEI UMA DIVIDA DE 350REIAS,E AGORA O QUE ACONTRSE?? POSSO PAGAR UM POUCO POR MES OU NAO, VOU TER QUE PAGAR TUDO?? OBRIGADA

    RESPOSTA DO BLOG: Você está sendo processada e terá de pagar a dívida de uma vez só. Você pode ficar com o nome sujo e até mesmo, em último caso, correr risco de prisão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/11/2009 - 23:48
    Enviado por: ester

    comprei um tanquinho pelo preço de R$700 a + ou- 2 anos. paguei 100 reais,ingravidei, perdi o emprego e nao pude pagar mais. entrei em depreção, meu marido desempregou. com o acerto dele tentei pagar a loja e me disseram que estava na mão do advogado a 954,00. e eu disse que nesse valor nao pagaria.entraram na justiça cobrando o valor de 754 reais.corro algum risco de ser presa? posso pagar um pouco por mes? sendo que ainda estou desempregada?

    RESPOSTA DO BLOG: você será processada, ficará com o nome sujo e ficará sem crédito em qualquer lugar por muito tempo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/12/2009 - 09:07
    Enviado por: Angelica Albergaria

    Bom, moro em Recife e no dia 15/10/09fiz o cancelamento da minha internet da empresa Cabo Mais, por que eu não estava recebendo a velocidade correta de 500kbps, liguei varias vezes para informar e os atendentes sempre falavam que era um problema externo, eu já não aguentava mais ligar e não ter jeito e acabei cancelando no dia 23/11/2009 solicitei o estorno dos dias que fiquei sem enternet e até hoje 16/12/2009 não fizzeram e quando ligo dizem que vai ser feito no dia que liguei e não acontece, já gastei mais de 75 minutos em ligação e não resolve se eu colocar nas pequenas causa eu ganho esses minutos em ligação que fiz para cabo mais?

    RESPOSTA DO BLOG: Só entrando na Justiça para saber. Não dá para adivinhar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/12/2009 - 07:07
    Enviado por: ANTONIO

    Dr. Estou com uma dívida em atraso e, o cobrador da loja em questão foi até minha casa e como não estavamos, deixou com a vizinha uma carta “aberta” com o titulo EXTRAJUDICIAL, dizendo que se não quitar a divida em 48 horas, um oficial de justiça irá até minha casa e confiscara bens para o pagamento da divida, custos judiciais, viajens juros e demais comissões legais, segundo o artigo 585. Eles podem fazer isto? E o cobrador poderia deixar uma carta aberta com a vizinha expondo nosso caso?

    RESPOSTA DO BLOG: Em princípio podem, mas você pode processar a loja caso tenha havido excesso e constrangimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2009 - 14:28
    Enviado por: Rubens

    Por favor, gostaria de saber o que fazer, pois tenho passado por constrangimentos: Aluguei um imóvel para uma eu montar uma lan house, o relógio de energia elétrica erá junto com a casa que ficava no fundo, fizemos um acordo de que depois eu poderia colocar um poste individual e descontar no aluguel, mas depois que entrei eles não deixaram eu colocar esse poste, um dia ela entrou e brigou com uma cliente minha que estava com uma criança e disse que a criança estava chorando, depois veio brigar comigo, no outro dia ela me disse que eu tinha 30 dias para sair do imóvel, passaram 30 dias perguntei para o pai dela se queria que eu saisse mesmo, ele disse: que não que poderia ficar, chegando à noite ela veio e me disse se eu já havia achado um lugar para ficar, ai já seu rolo pois disse a ela que o pai dela disse que poderia fiacar ela na frente de todo mundo gritava e disse que eu tinha de sair, e sempe ficou entrando dentro do estabelecimento e me intimidando, não aguentei e sair , fiquei uns dias sem trabanhar até minha tranferencia de internet, depois ficou dizendo para a vizinha dela que tinha me obrigado a sair, hoje faz 15 dias que minha internet veio e faz pouco tempo que tenho trabalhado, ela começou a conversar com meu filho de menor dizendo que queria a luz paga, veio em minha casa com a vizinha dela e fiha dela me ameaçando e gritando na porta de casa, eu nunca disse que não pagaria a força . Oque devo fazer ?

    RESPOSTA DO BLOG: POuco deu para entender, sua mensagem está bastante confusa. O melhor a fazer é contratar um advogado para negociar a sua permanência ou o rompimento do contrato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2010 - 08:33
    Enviado por: samuel

    devo para o cartao de credito itau faz uns dois anos e meu nome não está no Serasa e nem no spc, mas eles mandam carta direto cobrando o valor que era de 900,00 e passou a 6.000,00, mas sempre tem promoçao dizendo,,,,nao perca pague agora e receba 70% de desconto na sua divida….o que fazer??? espero mais um pouco ou aceito a oferta mesmo sendo bem acima do valor que devo…isso é juros em cima de juros…obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Lamento, não podemos dar consultoria financeira. Procure um contador ou um advogado especializado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/01/2010 - 18:59
    Enviado por: Tercia Lobato

    Estou com uma dívida há três anos e durante esse período mudei várias vezes de endereço. Acontece que a empresa de cobrança, contratada pelo credor, apesar de informada que eu não mas residia no meu antigo endereço (casa da minha mãe) continua enviando pessoalmente seus funcionários para efetuarem a cobrança, inclusive, estes, cobram a dívida por interfone na frente de todos que se encontram no saguão, deixam recados com os porteiros, e documentos com o nome “dívida”. Pergunto: Existe previsão legal na qual obrigue o devedor a sempre fornecer o seu endereço? O fato de informar a respeito da dívida e cobra-la a terceiros e na frente dos transeuntes; de deixar recados com o porteiro e documentos abertos com o nome dívida gera o constrangimento previsto no Art. 42 do CDC? Obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: O CDC veda esse tipo de cobrança, que pode render indenização por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/01/2010 - 21:22
    Enviado por: William

    Comprei 4 rodas para meu carro numa oficina paguei mais da metade e dei um cheque, porém não consegui pagar esse cheque. Já recebi ligações em casa em todo horário do dia e noite cobrando, e também já vieram me cobrar na porta da minha casa ameaçando tirar as rodas do meu carro e ameaçando ir no meu emprego falar com meu patrão. Como posso proceder?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça um boletim de ocorrência e contrate um advogado para processar o credor por abuso no cobrança. Essa é a lei, embora achemos que o credor tem mesmo de cobrar de forma ostensiva qem deixa de pagar, desde que dentro dos limites da civilidade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/01/2010 - 21:24
    Enviado por: hernane

    Tenho uma divida com um amigo já faz um bom tempo, dai ele foi me cobrando e eu pagando aos poucos, mas depois de um tempo fiquei sem grana e ele acabou informando pessoas do meu redor, familia, amigos eme procurando em casa etc…

    posso fazer alguma coisa a sujeito, tipo processar, informar a policia ou deixar de pagar a divida por esses motivos ?

    RESPOSTA DO BLOG: Essa não é uma questão de direito do consumidor, é um problema particular seu com seu amigo. Procure um advogado que atenda a causas cíveis.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/01/2010 - 22:27
    Enviado por: hernane

    continuação da pergunta acima…

    mas mesmo sendo uma causa civil, sera que nao posso fazer uma denuncia na policia civil por injuria e difamação ? porque contratar um advogado me sairia mas caro do que continuar a pagar a divida né ! falei com ele para falar com as pessoas com quem ele falou certas coisas e informar que foram exageros dele…dai ele disse que nao faria nada sobre isso…
    dai por isso gostaria de saber se tem como registrar uma ocorrencia por injuria e difamação !?

    RESPOSTA DO BLOG: Só por meio de advogado neste caso, infelizmente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2010 - 15:04
    Enviado por: Helga

    Olá, meu marido fez um financiamento de material de construção em 7x..a 3º parcela venceu dia 12/01, hoje 21/01 a gerente da loja ligou na casa da minha mãe (o número foi deixado para referencia apenas pois possuimos telefone) e pediu para que minha irmã de 12 anos desse um recado ao meu marido que ele estava inadimplente devendo a ultima parcela vencida e que seu nome estaria indo parao spc. O que podemos fazer? Isso é certo? Eles podem pedir para dar recado e pedir para uma criança ainda? Tanto eu quanto ele possuimos celular e endereço fixo, não mandaram nenhuma carta nem nos ligaram, ligaram direto para a minha mãe…podemos pedir indenização. Obs. Por coincidencia a conta ja havia sido paga uma hora antes dela ligar cobrando.

    RESPOSTA DO BLOG: Vá ao Juizado Especial Cível e peça indenização por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/01/2010 - 15:14
    Enviado por: cris

    oi!então minha mãe fez um financiamento pra mim e sua patroa foi a fiadora,em 36 vezes só falta um ano e três meses pra eu quitar mas no momento eu trabalho como altonoma, mas como meu ganho não é fixo as vezes tenho que atrazar o pagamento ,mas o banco anda constrangendo minha mãe pq a divida não chega á atrazar um mês e eles ja vão logo enviando cartinhas de que estaram incluindo o nome da avalista no spc/serasa,sem antes mesmo de entrarem em contato com minha mãedeixando ela assim muito constrangida porque sua avalista seja sua patroa!o que podemos fazer?
    Obrigada

    RESPOSTA DO BLOG: Se a cobrança é por carta, não vimos nenhum constrangimento. Não há o que fazer. Se mesmo assim quiser fazer algo, vá ao Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2010 - 04:22
    Enviado por: Hugo Correa Santos

    Autor: Banco Itaú S/A; Réu: Hugo Correa Santos => Vista ao autor. Prazo de 010 dia(s). Para dar andamento ao feito. Adv – Sielmara Ferreira Miranda, Daniella Mafuz Rodrigues Porto, Ilma Andrade, Lucas Diniz Souza.
    Recebi este comunicado oque devo fazer agora.
    Gostaria de saber se posso sofrer alguma penalidade ou se ignorar depois de 5 anos meu nome limpa?

    RESPOSTA DO BLOG: Você procurou saber o motivo do comunicado? Voc|ê deve ou não? Sem saber isso não podemos responder.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2010 - 14:02
    Enviado por: Thiago

    Olá, tenho o seguinte problema, a mulher que trabalhava na casa de meus pais até o final de 2008, como doméstica era registrada pela minha mãe, que já é falecida a mais de 5 anos, no final de 2008 meu pai faleceu também e foi realizada a rescisão do contrato dela. Porém a alguns meses atrás a senhora apareceu novamente, afirmando que haviam pendências na carteira de trabalho dela e que eu era responsavel, e que devia me encarregar de pagar o valor de um acordo proposto ou ela entraria com processo. Ela vem ja a alguns meses me pressionando, telefonando, batendo na porta da minha casa, ligando e indo me procurar em lugares que freqüento. Além disso, a mesma senhora falou a um senhor a quem ela deve determinada quantia que eu devia para ela e eu recebi durante uma manhã inteira ligações no meu celular desse senhor, perguntando se eu possuia alguma divida com a senhora citada, quando pagaria e que ele queria receber dela, e que se não fosse pago ele iria fazer um escândalo na porta da minha casa. Gostaria de saber como proceder, se devo deixar ela tentar me processar, e não me preocupar com isso, se devo fazer um boletim de ocorrencia, se devo eu abrir um processo contra ela por tentativa de extorsão, ou algo mais.
    Desde já, Grato pela resposta.

    RESPOSTA DO BLOG: Processe a mulher por danos morais e extorsão.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2010 - 11:16
    Enviado por: juliana cardoso

    Eu tinha na minha conta pupança R$ 5,45 depositado para não fechar a conta. Todos os meses chegavva para mim o extrato e estava tudo correto, até que no próximo mês o extrato que chegou para mim estava com o saldo zerado. Isso é ridículo, eles não podem simplesmente pegar uma coisa que é minha, é pouco mais é meu. Quero saber quais os meus direitos, pois estou pensando em procurar um advoggado para saber meus direitos.

    RESPOSTA DO BLOG: Faça isso, procure um advogado, mas lembre-se que os bancos estão autorizados a fazer cobranças para a manutenção de contas bancárias.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2010 - 14:43
    Enviado por: Girlaine

    Boa tarde!
    O banco real, estar ligando para o meu celular o tempo todo a procura de uma outra pessoa que não conheço, mim ligam, mim manda varias mesagens de cobrança.
    Ja falei com varias atendentes dizendo que nao sou essa pessoa, que nao conheco essa pessoa, mais nao tem jeito. Eles continuam mim perturbando. na hora do trabalho, em casa, sabados, enfim nao aguento mais. O que faço? Acho um desrespeito o que eles estao fazendo.

    RESPOSTA DO BLOG: Leia com atenção a reportagem e as respostas aos comentários.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/02/2010 - 17:06
    Enviado por: Anne

    Boa tarde
    todos os dias, todos os dias mesmo uma administradora de cartão de crédito me liga procurando outra pessoa eu falo dias que não existe essa pessoa e que nunca existiu na minha casa, gostaria de saber o que devo fazer pra não receber mais essas ligações pois elas me incomodam bastante as vezes chegam a ligar tres vezes ao dia.
    antecipadamente agradeço a atenção.

    REPSOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/02/2010 - 00:55
    Enviado por: Hugo Correa Santos

    Autor: Banco Itaú S/A; Réu: Hugo Correa Santos => Vista ao autor. Prazo de 010 dia(s). Para dar andamento ao feito. Adv – Sielmara Ferreira Miranda, Daniella Mafuz Rodrigues Porto, Ilma Andrade, Lucas Diniz Souza.
    Devo sim e ja faz uns 5 anos.
    Achei que esta divida seria esquecida uma vez que esperei os sinco anos que é de previsto para limpar o nome.
    Agora com esta combrança oque devo fazer.
    na época o emprestimo foi de 600:00
    Muito Obrigado pelo esclarecimento

    RESPOSTA DO BLOG: A dívida não acaba nunca, o que acontece é que após cinco anos o nome deixa ed ficar sujo, só isso. Pague a dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2010 - 20:37
    Enviado por: Tamires

    Tenho uam divida uma com avon e ainda nao paguei ela fica me ligando pra comprar. ela disse se eu nao pagar ela vai me comprar na justiça e vai me pricessar, a avon pode fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/02/2010 - 17:19
    Enviado por: Cassio morais

    Gostaria de tirar uma duvida um escritorio de advogacia esta me ligando direto já disse que estou desempregado mais ele ensite em ficar ma ligando ligou ate na casa de minha mae e falou um monte para ela cheguei agravar algumas ligasões sendo que meu nome ja esta no cartorio e empresa faliu o que de eu fazer ..

    RESPOSTA DO BLOG: Impossível entender qual é o problema e o porquê das ligações.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2010 - 07:54
    Enviado por: patricia rodrigues

    fui morar na casa de uma amiga,pois ela iria trocar de cidade e não tinha com deixar a casa depois de algum tempo ela começou a cobrar aluguel fiquei por um periodo desempregada não moro mais na casa,faz um ano gostaria de saber meus direitos e deveres nesse caso

    RESPOSTA DO BLOG: Essa não é uma questão de direito do consumidor. Procure um advogado, mas se prepare para pagar a dívida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/02/2010 - 15:19
    Enviado por: Mayre Costa

    Sr. Advogado de Defesa.

    Apenas trabalho num cybre café de propriedade de meu irmão e mais um outro rapaz.

    Hoje cedo a dona do ponto comercial veio cobrar o aluguel q estava com 5 dias de atraso. Como não sou dona e não poderia resolver o caso, pedi q voltasse no horário em q os proprietarios estivessem no local, ainda ofereci o telefone deles para q ela entrasse em contato. mesmo assim a senhor, com uma voz alterada e alta (tinha varias pessoas acessando e aguardando trabalhos escutaram), começou a reclamar do atrasso e especificar os dias, sendo q eu não era responsavel e nem os clientes tinham q estar escutando esse tipo de coisa. Ela falou muitas coisa e me levou ao limite de chorar por conta de tanta vergonha perante as pessoas alo presentes.

    Gostaria de saber como devo proceder por conta desse ocorrido, já q apenas trabalho no local e o contrato não está assinado por mim e que eu não poderai fazer nada para solucionar o problema, mesmo assim ela fez questão de fazer o que fez.

    RESPOSTA DO BLOG: Contrate um advogado e a processe por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2010 - 23:00
    Enviado por: jairo josé da silva

    Tem uma pessoa me devendo mais de 1,000R$ em compra no meu cartão, já cobrei diversas vezes e nada, agora por não pagar a divida no cartão estou no SPC e SERASA, e para complicar ainda mais ele era compalheiro de trabalho e foi demitido, a única prova da divida que eu tenho é os e-mail que eu passava para ele cobrando e as respostas de disculpas dele, o que devo fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Não podemos ajudar. Esse é um pronlema particular, nada tem a ver com direito do consumidor. Procure um advogado e processe o devedor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2010 - 08:12
    Enviado por: Eliane Garcia

    Tenho uma divida na finamax, a qual fora transferida para uma agencia de cobrança ….é correto eles informarem a minha divida para o meus filhos ou para meu marido?

    RESPOSTA DO BLOG: Sim, não há problema algum. Não houve ameaça nem perturbação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2010 - 19:56
    Enviado por: elisangela

    gostaria de saber se uma loja pode me processar de um,a dívida que tenho a 10 anos no valor de 400,00 e agora estão me cobrando 1.900,00.Queria saber se esse tipo de processo é válido,ou não?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 21:25
    Enviado por: raquel

    Boa noite!

    Preciso de uma orientação para o caso abaixo:

    Há meses a ex-mulher do meu marido vem nos importunando com escandâlos, gritos… no meu portão…. sem me mantive calma´e nunca me envoliv… quando ela soube que estava gravida… ai que a novela começou… sem com piadias nas ligações para meu marido… resumindo no último hepisódio… eu não aguenta… e fiz uma exclamação do tipo é mesmo coisa de uma vagabunda!…. por ela ficou gritando no meu portação sinuando que meu marido ainda à procuraca… coisa desses tipos de esperança de voltar o relacionamento.. Pois bem hoje recebo uma ligação de um inspetor de policia… com a intimação de processo que ela abriu com minha peça.. Depois dessa sena um tipo que ficar afastada 14 dias com contrações prematuras no 5 meses de gestação e meu sogro veio sofre uma isquemia celebral, onde se encontra internado até hoje… isso ocorreu em fevereiro deste ano… peço ajuda e orientação como devo proceder. Realmente tive uma atitude errada nessa situação? Como posso refeter essa situação ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/03/2010 - 22:47
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo podemos ajudar neste caso. Este é um blog de direito do consumidor, você precisa procurar um advogado especializado em direito de família ou em causas cíveis.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/03/2010 - 19:32
    Enviado por: nilson jose ramos hora

    sou cobrador de uma loja de eletrodomesticos a tres meses hoje fui cobrar uma cliente e por seu nome ja estar no spc, alegou que nao poderia mas cobra-la que a cobrança tem que ser efetuada por carta.isso e verdadeiro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/03/2010 - 13:43
    Enviado por: Diego

    Estava para adquirir um moto 0 km 2009/10 no valor R$ 14.000,00 no final do ano passado, logo após, descobri buscando informações em outras lojas, que não fora lançado o mod. 2010 ainda, e o preço do veiculo nessa outra loja mod. 2008/09 estava por R$ 12.500,00 e o mod. 2009/09 por R$ 13.300,00. Então reclamei da situação ao vendedor, repassando também o preço do concorrente. Feito assim entramos num acordo, eu ficaria com a 2009/09 e em troca eles adicionariam alguns brindes. Em fim, fui retirar o veículo no horário de fechamento da loja, cometi um erro grave, assinei sem ler o contrato e sem verificar o veiculo. No dia seguinte, observei que o acordo não foi correspondido, pois no chassi da mesma consta 2008/09, modelo o qual na outra loja, tinha valor inferior como o dito acima, e também acabei sendo vitima de outras taxas abusivas que elevou o valor para R$ 14.807,02, onde efetuei entrada de R$ 2.000,00 + parcelas adicionais. Obs.: na resposta à aprovação de crédito, não consta que o veiculo seria 2008/09 e sim 2009. Peço uma orientação de como devo proceder diante do fórum, sem que eu venha ter mais gasto, já que com a loja não obtive êxito. Desde já, obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/03/2010 - 11:15
    Enviado por: Ana Leticia

    Bom dia.Estou com uma divida,já fui protestada e cobrada pelo dono da mesa,Cobrada de forma BEM MAL EDUCADA,pois não neguei que devo e me propus a pagar.A minha dúvida é se a empresa poder impor as formas como eu devo pagar ou se eu posso fazer um acordo e pagar conforme o meu orçamento?
    Muito Obeigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/03/2010 - 22:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A empresa pode exigir o pagamento da forma que ela quiser, e o devedor tem de se adaptar a essas exigências. Ou recorrer à Justiça se considerar a cobrança indevida ou abusiva.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/04/2010 - 16:14
    Enviado por: daniele

    BOA TARDE!
    TENHO MINHA LINHA TELEFONICA A MAIS DE TRES ANOS ,EM NOVEMBRO DE 2009 COMECEIA TER PROBLEMAS COM LINHA CRUZADA,MINHA LINHA ESTAVA CAINDO EM OUTRA CASA,RECLAMEI A TELEFONICA VARIAS VEZES ,OS TECNICO VINHAM ARRUMAR E CONTINUAVA O PROBLEMA ATE QUE EM DESEMBRO FOI SOLUCIONADO ,MAS EM JANEIRO CHEGOU UMA CONTA COM VARIOS NUMEROS DE TELEFONE DESCONHECIDOS COM LIGAÇÕES QUE Ñ FIZ,RECLAMEI PARA A TELEFONICA E ESTA ME MANDOU UMA NOVA CONTA RETIRANDO OS NUMERO QUE Ñ CONHECIA PAGEI A CONTA E ACHEI QUE A QUESTÃO ESTAVA RESOLVIDA,MAS NO DIA 01/04/20010 CHEGOU UMA COBRANÇA DA OI DISSENDO QUE UTILIZEI O DDD14,Ñ SOU CLIENTE DA OI E DESCOBRI QUE A COBRANÇA É A MESMA QUE A TELEFONICA RETIROU DA MINHA CONTA.JA TENTEI ENTRAR EM CONTATO COM A OI MAS TODOS OS NUMEROS QUE LIGO Ñ CONSIGO FALAR COM NENHUM ATENDENTE SÓ COM MAQUINAS,TENTEI NA TELEFONICA ELA DIZ QUE O PROBLEMA Ñ É COM ELA ,QUE EU TENHO QUE RESILVER COM A OI.TENHO ATÉ O DIA 15/04/20010 PRA PAGAR SE Ñ A OI VAI MANDAR MEU NOME PRO SPC ,MAS Ñ É JUSTO PAGAR UMA DIVIDA QUE EU Ñ TENHO O QUE DEVO FAZER?????????
    OB:JA LIGUEI NA ANATEL .
    ALGUEM PODE ME AJUDAR URGENTE OBRIGADA.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 10:28
    Enviado por: jussara de fatima pereira leite

    GOSTARIA DE SABER SE UMA MENOR DE IDADE PODE SER LEVADO AO JUIZADO ESPECIAL .A MENOR COMPROU UMA CALÇA JEANS EM UMA SACOLEIRA MAS ANTES DE COMPRAR ALERTOU A MESMA QUE ERA MENOR E A MAE DELA NAO DEIXAVA ELA COMPRAR NADA FIADO.A SACOLEIRA INSISTIU ATE QUE A MENOR COMPROU ESCONDIDO DA SUA GENITORA.A MENOR FOI PAGANDO SO QUE A SACOLEIRA NAO ABATIA NA NOTA E AGORA ESTA COBRANDO JUDICIALMENTE ESSE PROCEDIMENTO E CORRETO?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/04/2010 - 12:13
    Enviado por: Adriana

    Bom dia, recebir varios torpedos, dizendo que eu tenho 3 ou 2 horas para entarr em contato, caso contrario, assunto judicial, ou se eu não entrar em contato podem entrar com uma aççao judicial. Eu entendo como ameaça. Esta correta o procedimento da empressa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 09:20
    Enviado por: Augusto

    Olá,

    Recebi uma carta de cobrança de uma loja varejista, dizendo o seguinte: Que meu nome foi incluido no SPC, e o nao pagamento da divida lhe trará problemas como cobranças mais frequentes e indesejaveis, queira por gentileza comparecer a nossa loja para quitação do mesmo o mais breve possivel. A divida de 2007 era de 126,48, e estao me cobrando 408,75

    Isso é legal?
    O que devo fazer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 16:48
    Enviado por: Rejane C da Silva

    Amigo eu comprei uma lavadora em 20 vezes ja faltão só 8 nunca atrasei nenhuma agóra eu me apertei e ja estou com 2 vencidas de 71 reais cada recebi ligações da loja varias vezes cobrando e mesmo estando no spc ainda tem cobrador na pórta da casa.isto é correto? outro caso é q tenho um celular pré pago e como ja a mais ou menos 90 dias não coloco cartão estou recebendo mensagens q se eu não fizer recarga perderei o numero,eles pódem fazer isto? aguardo sua respósta obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2010 - 08:46
    Enviado por: Franci

    Amigo eu trabalhei como estagiaria por um determinado tempo na prefeitura , meu periodo escolar venceu e eu fui demitida por não estar estudando depois dai não foi enviado mais relatórios ao ciee eu fiz o meu desligamento ,avisei da minha demição isto ja a quase um ano e meio só q recebo mensagens no meu celular q devo enviar relatório ou sera suspenso o meu pagamento, se estão me pagando quem esta recebendo por mim?se até minha conta onde era depositado foi encerrada logo após a demissão. o que devo fazer? Pósso exigir esta remuneração q foi feita em meu nome?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/04/2010 - 21:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que não pode. Faça um boletim de ocorrência, pois está havendo fraude, e contrate um advogado para processar quem estiver usando indevidamente o seu nome.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/04/2010 - 00:37
    Enviado por: Janete Santana

    Oi! gostaria que me esclarecesse duas duvida! eu tenho um carne nas casas bahia q vence todo dia 03 e por motivos maiores eu não pude pagar na data do vencimento, e hoje dia 13/04 eles ligaram cobrando minha mãe, pois esta no nome dela, e foram bem grosseiros por sinal, pois minha mãe é uma pessoa de idade já. Enfim minhas duvidas é se eles podem cobrar antes de trinta ou quinze dias de atrazo? e eles ligaram antes das nove horas da manhã, a nova lei da anatel diz que só podem entrar em contato após ás nove, no caso de cobrança não entra nessa lei?..MINHA MÃE MORA NO ESTADO DO PARANÁ..
    Desde já
    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/04/2010 - 00:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nâo nada de ilegal na cobrança, se há uma dívida que não foi paga, então a cobrança é legal. O fato de estar no nome de sua mãe faz com que o cobrador vá atrás do responsável legal. Quanto aos maus tratos, faça uma reclamação no Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2010 - 19:19
    Enviado por: Kelen

    Fiz um plano infinity 60 da tim e em menos de 10 dias meu tel estava bloqueado por consumo excessivo, o fechamento da minha conta acontece todo dia 19 tive que esperar até o dia 10 do mes seguinte para pagar a conta, agora faz mais de 30 dias que meu tel esta bloqueado….quero saber se posso pedir o cancelamento do plano por quebra de contrato uma vez que nao atrasei nunca o pagamento da conta…dia 10 chega outra conta e eu nem usei mas vou ter que pagar….o que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/07/2010 - 21:25
    Enviado por: alexandre machado

    Boa noite. Eu tenho um financiamento na finamax, e atrasei 3 parcelas. Quando foi no sabado a noite, eu com a casa cheia de amigos, bate em minha porta um homem se dizendo oficial de justiça com um mandato assinado pela juiza daqui, e um homem denominado Localizador. Disseram que eu deveria entregar o carro, ou se não eles chamariam a policia. Eu pedia para esperarem que eu estava tentando localizar um advogado amigo meu e eles na frente de todo mundo, inclusive dos vizinhos, ameaçavam de chamar a policia empunhando o celular. Meu filho de seis anos começou a chorar achando que nós seríamos presos. Minha esposa, totalmente nervosa e constrangida, entrou no carro e foi em busca do advogado. Nisso eles começaram a fingir que estavam ligando para a policia e dizendo que agora a coisa ia ficar ‘preta’. Peguei meus filhos e sai desesperado para terminar a situação. No outro dia eles voltaram e nos entregamos o carro. Depois fomos saber que teriamos que pagar cerca de 800 reais a mais do que o valor real para termos o carro de volta. Pagamos e recuperamos o carro. Só nos resta calar a boca ou hà algo que possa ser feito?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/07/2010 - 21:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A função de oficial de Justiça é essa mesmo, de apreender o carro e, se for o caso, usar de coerção moderada para obter o bem. Se houve constrangimento e puder prová-lo, com testemunhas, contrate um advogado e processe o Estado e o autor da busca apreensão por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/08/2010 - 17:19
    Enviado por: Rejane

    Amigo, talves esta não seja a sua area mais como conhece a lei gostaria muito q me désse uma orientação de como proceder, trabalhei na prefeitura da primeira vez por dois anos e da segunda por 9 meses, da primeira vez foi declarado a entrada e a saida no caged da segunda só consta a entrada e ja vai fazer um ano agora dia 24/08/2010 que eu fui demitida ,com o extrato da CEF procurei o dep.pessoal da prefeitura e pedi explicações sobre o pq não declararam minha saida e a resposta q tive é q só é declarado caged para contratos e concursados ,então questionei sobre a primeira vez que foi declarada a entrada e a saida e eu exercia a mesma função e eles só me enrrolaram , a minha duvida é se é possivel o meu cc estar em aberto e eu sem saber ser uma funcionaria fantasma ,e os danos q isto póde me trazer .Amigo sou uma pessoa simples ,batalhadora,e muitas vezes pensei em pedir ajuda para esclarecer esta situação mais não quero meu nome envolvido em processos ,pois meu sonho é passar em um concurso publico e ter direitos legais de assumir um cargo publico.se poder me ajudar desde ja meu muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/08/2010 - 17:25
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não temos como responder, é uma questão trabalhista ligada ao funcionalismo público. Essa explicação você pode obter no sindicato de sua categoria profissional dentro do funcionalismo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 31/08/2010 - 23:04
    Enviado por: Reginaldo

    OLá, estou devendo há 2 meses uma prestação de um móvel comprado por motivos financeiros(fiquei meio quebrado). A loja me enviou um cobrador e como moro em apartamento e não estava ele deixou um papel de cobrança dobrado e grampeado com o porteiro. Fiquei com uma baita vergonha, já que talvez mais moradores poderiam estar por perto e o porteiro ficou sabendo que eu estava devendo. A loja está correta em tal procedimento?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/08/2010 - 23:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em princípio sim, já que nãop conseguimos observar motivos para constrangimento neste caso. Se o papel estava dobrado e grampeado, então não se pode acusar a cobrança de ter sido ostensiva ou constrangedora..

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/09/2010 - 10:07
    Enviado por: EMONIQUE SILVA

    OLÁ TENHO UMA DIVIDA MAIS ESTOU PAGANDO POR MES … MESMO ASSIM O REPRESENTANTE ME COBRA POR EMAIL OU TELEFONE E FICA ME AMENÇANDO …

    O QUE DEVO FAZER … ESTOU GRAVIDA E QUASE PERDI O BEBE DE TANTO PASSAR NERVO POR ISSO …

    vcs pode me ajudar urgente

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2010 - 20:27
    Enviado por: almir

    Marcelo Moreira.. Tudo Bem.
    Meu filho se formou em jornalismo, estou afastado de minhas funções “Bancario”, por Stress, livando a perda de 012 rim ,por insuficiencia. Efetuamos o FIES, somente entramos no programa nos dois ultimos anos, financiamento 50 do curso dos 02 anos restantes.O saldo devedor em 31/12/2009-117 parcelas, era aproximadamente r$ 8035,00, em março recebi um boleto com valor de amortização de R$ 174,50, isto mensalmente estava vindo. no mes 07, amortizei deste saldo e paguei a parcela que vencia naquele mes, o valor de R$ 3000,00, nomes seguinte o extrato nao atualizou o saldo devedor , e continou vindo o valor de R$ 174,50, no mes 08 amaortizei mais r$ 1000,00 , nao paguei a parcela vencendo naquele mes, pois se havia amortizado r$ 3000,00, do saldo devedor, teroricamente o valor da parcela deveria cair, mas não caiu, levaram em consideração que o valor de r$ 1000,00, foi deduzido da parcela, e a diferença nao foi amortizada no saldo devedor., recebi o extrato do mes 10, tambem não consta amortização e o valor da parcela continua o mesmo.
    Penso comigo…
    Quantos milhoes de brasileiros sonham em ter um diploma, mas jamais pensam viver uma situação desta….
    Já perdi as contas das vezes que procurei a caixa para regularizar, não regularizaram, e estao com aviso dizendo que o nemo de meu filho e dos valaists, no caso eu e minha esposa , estaram sendo protestado… Como poderemos divbulgar isto a nivel nacional para que pessoas menos esclarecidas tomem conhecimento desta safateza .
    Peço sua aorientação.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/09/2010 - 22:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você precisa entrar em contato com quem fez o Fies para vocês e comprovar que fez os pagamentos para requerer a amortização. Se os pagamentos n~çao tiverem sido registrados, contrate um advogado e processe a faculdade e o gestor do Fies.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/10/2010 - 13:22
    Enviado por: emonique valeria

    boa tarde ..tinha uma divida de 14.000,00 dei cheques para firma só q não paguei agora fiz um acordo de deposita de 1.000,00a 2.000,00por mês desde agosto jah depsoitei 3.500,00 hoje chega um monte de duplicata dessa mesma firma para eu pagar 12.000,00 tudo no 03/11/2010 .. só que eu ja tinha conversado que era por mês .. o que devo fazer agora com tudo isso .. estou gravida e começei a passar mal por ter que pagar tudo de uma vez só sem ter dinheiro ….

    me responda
    obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/10/2010 - 16:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se houve descumprimento de acordo ou contrato, então só resta procurar um advogado e discutir a dívida na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/11/2010 - 13:04
    Enviado por: Daniela Nunes

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida. Tenho uma divida de um cartão em uma loja, que eu compro em vários lugares com ele, mas fiquei sem emprego e não consegui mais pagar, já faz 6 meses eles sempre ligam para o meu celular e digo que não tenho como pagar no momento, até que um dia eles mandaram um cobrador até a minha casa e a minha vizinha ficou olhando e ouviu a conversa, e eu fiquei constrangida, falei a mesma coisa para o cobrador e ele disse que ia passar de novo o mês que vem. Eu posso ligar para a loja e pedir que eles não mandem mais cobrador na minha casa e que a gente só tenha contato pelo número do meu celular? Ficarei muito grata em saber como proceder nesse caso, claro que o melhor seria eu pagar…mas devido a minha situação tenho que ir levando assim. OBRIGADA!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/11/2010 - 21:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Existe uma dívida de muito tempo e que temd e ser paga. Não há nada de errado na postura da loja. A cobrança é legítima.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/11/2010 - 20:59
    Enviado por: santiago

    opa boa noite, estou vivendo um drama aki, me esclareça por favor.
    estou com uma divida de +ou- R$:8.000,00 no cartão citibank a 12 meses! não consegui pagar pois me descontrolei e não tenho condições!
    recebi a 2 dias uma carta me dizendo que eu teria 48 horas para quitar o saldo devedor senão eles estariam entrando no judicial, podendo assim penhorar bens e etc…
    primeira pergunta:

    eles vão fazer isso mesmo?: ja que os juros já estão em R$:17.000,00!

    pois eu so tenho um lote no meu nome e um carro finaciado que esta em revisão de juros na justiça!

    o que pode acontecer? será só ameaça para me apavorar ou eu estou realmente “ferrado”?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/11/2010 - 17:47
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podem como vão fazer isso. Procure um advogado para ajudar a renegociar e tentar evitar a penhora de bens.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/11/2010 - 23:08
    Enviado por: Aparecida Batista

    Boa noite!Preciso de um esclarecimento. Encerrei minha firma há um mês voluntariamente, pois não estava tendo lucro algum.Tinha somente uma funcionária que não estava registrada, mas que pagava todos os direitos. Quando finalmente fui formalizar a quitação da mesma, esta não quis aceitar o valor e disse que tinha contratado um advogado para receber o que teria de direito. Esta trabalhou por dois anos apenas, disse-me que o valor seria muito alto e que iria ficar muito pesado para mim.Pergunto:- A quem o advogado irá intimar para a ação:- a empresa ou a sócia majoritária (que sou eu)? O segundo sócio é meu filho que apenas têm 10% de cotas da empresa, mas que não trabalhava no ramo que eu tinha.Outro fato é que não moro mais na cidade onde tinha a empresa. O que ocorrerá comigo? Isto é demorado ou é uma ação simples? Oriente-me por favor. Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/11/2010 - 17:00
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Vai acionar todos os sócios da empresa. Mas sugerimos que procure um advogado especializado, já que essa não é uma questão de direito do consumidor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/11/2010 - 21:11
    Enviado por: Celso

    Gostaria de saber o que devo fazer, pois tive um cheque depositado em minha conta de uma quantia considerável, mais não sabia de onde vinha esperei e nada, então saquei e gastei o dinheiro. agora o banco esta me cobrando informando que o cheque era fraudado. O que posso fazer?
    Muito Obrigado desde já!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2011 - 18:38
    Enviado por: Laurianne Estevão

    Oi boa tarde!
    Gostaria que me tirassem um dúvida.
    Passei três cheques para efetuar o pagamento de minha faculdade. Sendo um para jullho, outro para agosto e outro para setembro.
    Fiz o depósito d=certinho dos dois, mas agora em Janeiro foi que me ligaram da faculdade afirmando que eu cheque de setembro não foi compensado. Gostaria de saber por favor como proceder nesse caso. E principalmente se é certo eles me cobrarem só agora, ou, seja a quase quatro meses atrás.

    No aguardo de um breve retorno.

    Att,

    Laurianne Estevão.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/01/2011 - 18:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A cobrança pode ocorrer a qualquer tempo. Primeiro descubra no banco o que aconteceu para que não houvesse a compensação, depois renegocie a dívida.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/01/2011 - 00:25
    Enviado por: CARLA

    OLÁ SOU SACOLEIRA E ESTOU COM PROBLEMAS UMA CLIENTE COMPROU E NÃO ME PAGOU TENHO NOTA PROMISSORIA O QUE DEVO FAZER.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/01/2011 - 23:44
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos ajudar, essa não é uma questão de defesa do consumidor.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/10/2011 - 17:13
      Enviado por: Erika Costa

      Já vi sacoleira cobrar a dívida no Juizado Especial Cível. Só que você precisa ter em mãos os dados da pessoa e leve a nota promissória. Porque você não tenta. Basta você ir no fórum, procurar o Juizado, pois, para ações até 20 salários mínimos não é obrigatório o advogado, entretanto, na audiência fica um advogado de plantão caso seja necessário. Você irá relatar o ocorrido para a pessoa que te atender no Juizado e esta pessoa é que vai fazer sua petição inicial.
      Tente fazer um acordo amigável. Espero ter ajudado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/02/2011 - 11:16
    Enviado por: Gabriela

    Bom dia,
    Preciso tirar uma duvida.
    Em março de 2010 peguei 3 mil reais emprestado com uma vizinha.
    Sempre paguei direitinho, pagava em torno de R$ 800 á R$ 950,00 por mÊs.
    Fiz o pagamento até o mês de outubro.
    Já paguei mais de 3 mil reais pra ela. Mas ela que cobrar juros de 25% ao mÊs em cima do valor de 3 mil.
    Eu ainda teria que pagar a ela mais de 5 mil reais, pq ela fala que a divida não está paga.
    Eu não tenho da ontem tirar esse dinheiro, e agora ela fica me ligando no trabalho e no celular me ameaçando, só pq o marido dela é policial aposentado.
    Tenho medo do que ela possa fazer contra a minha familia.
    Isso que ela está cobrando está certo? Quando falo que vou procurar um advogado ela muda de assunto.
    Não sei mais o que fazer, pois não tenho mais condições de pagar isso pra ela.
    Me ajudem !

    responder este comentário denunciar abuso

    • 01/02/2011 - 23:55
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Essa não é uma questão de direito do consumior, é um negócio particular entre duas pessoas. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/02/2011 - 23:08
    Enviado por: paula

    boa noite, tenho uma tia que esta com uma grande divida na cedae de uns 13 a 14 mil reais sedo que ela esta desempregada e mesmo que trabalhasse nao teria condioes de pagar essa divida ela tem 50 anos e´separada do marido e nao tem pensaõ o que ela tem que fazer pois tem medo e vergonha de nao poder pagar essa conta e está com depreçao pois nao consegue nem sair quase de casa e outras coisas o que fazer por favor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2011 - 22:53
    Enviado por: glauber

    minha esposa comprou um produto de uma pessoa que revende, como tivemos problemas ela não conseguiu pagar a dívida e a pessoa fica importunando, mandando depoimento no orkut, mandando mensagens onde todo mundo vê ela dizendo que esta aguardando deposito e que é para depositar no outro dia, fica ligando para minha mãe pedindo para dar o recado a minha esposa, ou seja, fica expondo a divida para quem quiser ver, eu posso entrar com um processo por danos morais contra ela?

    desde já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2011 - 14:48
    Enviado por: sandra

    oi……fiz uma divida em uma loja,e logo depois fiquei desempregada..agora eles entrarão com açao monitoria…eu arrumei um advogado……mas fui intimada..só que moro longe agora….continuo desempregada..e não tenho condições de ir ate a cidade..serei presa se não comparecer a audiencia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2011 - 10:40
    Enviado por: iranides de souza silva

    Olá,
    Fiz um financiamento para uma amiga para reforma da casa na CE|F e ela começou a apagar .. e parou … tentamos negociar a divida porem a cobradora era muito grossa e com isso perdei o contato com a CEF, essa semana uma advogada de um escritorio de me disse que a dívida esta em R$ 7 000,00 e que eu tinah que negociar ou ela ia para a justiça … disse a ela que tenho grande interesse em quitar a divida porem o valor esta muito alto … o que no periodo de contato com a CEF eles me proporam r$ 1000,00 e ela disse que não podioa abaixar a divida e que de qualquer forma iria para a justiça .
    O que pode acontecer comigo na justiça .. tenho interesse de pagar mas o valor real … ela disse que posso ser até pressa .

    Att
    Iranides

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2011 - 10:52
    Enviado por: Ricardo oliveira

    Olá,
    Estou com uma divida no banco do brasil, cartão de crédito não consigui quitar totalmente, mas sempre pago o valor minimo, o problema e que sempre me cobram por telefone e ca rta e agora enviaram duas cartas, uma p/ minha casa e outra p/ meu trabalho, me senti constrangido, pois a carta foi entrgue na portaria da empresa onde trabalho,onde varias pessoas presenciaram, o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2011 - 12:51
    Enviado por: Carla

    Há uns 2 anos a concessionária de energia manda uma empresa de cobrança ligar para minha casa cobrando uma pessoa que desconheço e desde esse tempo explico para os atendentes que a pessoa não mora em minha casa e que eu não a conheço, mas não adianta pois a empresa não acredita e torna a ligar. Pioraram as ligações desde set/10 onde os atendentes são insistentes e me perturbam todo o tempo onde já estou tomando remédio antidepressivos por causa disso. Tenho pânico ao ouvir tocar o telefone pois já sei que se trata dessa cobrança para uma pessoa que nem sei quem é.
    Dia 23/02/11 em ligação dessa empresa fui ameaçada e ofendida verbalmente e moralmente onde desliguei o telefone e fiquei passando mal. A tarde do mesmo dia fiz uma reclamação a ouvidoria da concessionária de energia e pedi a cópia da ligação telefônica onde a atendente me deu um número de protocolo. Dias depois uma atendente ligou pedindo desculpas pelo ocorrido mas se negou a me entregar a cópia dessa ligação referida dizendo que era uma “ligação sigilosa da empresa”. Disse que estava respaldada por lei e que a empresa era obrigada a me fornecer a gravação mas até hoje a não me enviaram a gravação.
    O que posso fazer nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/04/2011 - 15:50
    Enviado por: Branca

    Oi
    estou sendo cobrada na justiça por uma conta indevida (loja de roupas) pois já paguei o meu debito, porem moro em uma cidade pequena que não tem costume de fazer uma nota promissoria, pegar uma assinatura e nem de dar recibo de pagamento. tive uma primeira audiencia onde nada ficou resolvido, só que foi marcada outra onde a advogada da credora disse que vai levar testemunhas que me viu comprando. Eu não estou negando a compra somente alego que já paguei meu debito, mas eu não tenho nenhuma testemunha de que comprei e de que paguei pois não achei que chegaria a esse ponto, como devo proceder? aguardo resposta. um abraço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2011 - 17:26
    Enviado por: simone

    estou com uma divida,e atrasei 3 parcelas de prestações, agora a dona da loja ficou viuva,esta devendo o aluguel da loja para minha ex- sogra, meligou gritando comigo e me prescionando pra pagar ela ou passar o dinheiro da divida pra minha ex- sogra, acho que minha divida não tem nada haver com os problemas da dona da loja fui tentar negociar com ela e ela me mandou pagar pra minha ex-sogra, mais minha ex- sogra disse que não tem nada com isso eu acho que ela esta certa, mais ela me liga com grosserias e muita falta de educação ainda põe a mãe dela pra cobrar com falta de ética também profissional.o que devo fazer? por favor me ajude estou me sentindo envergonhada pois ela falou para outras pessoas da minha divida na loja.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/04/2011 - 17:46
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos responder, essa não é uma questão de defesa do consumidor, é uma questão cível, entre duas pessoas. Procure um advogado especializado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/10/2011 - 16:46
      Enviado por: Erika Costa

      Você já ouviu falar do Juizado Especial Cível. Basta você ir no fórum, procurar o Juizado, pois, para ações até 20 salários mínimos não é obrigatório o advogado, entretanto, na audiência fica um advogado de plantão caso seja necessário. Você irá relatar o ocorrido para a pessoa que te atender no Juizado e esta pessoa é que vai fazer sua petição inicial (você deve levar seus dados, documentos da dívida e os dados da loja, principalmente endereço para que ela seja intimada). Você poderá fazer um acordo para pagar parcelado, inclusive se você achar complicado pagar diretamente à ela, por causa dos constrangimentos, você poderá fazer depósito judicial. É sua chance de resolver seu problema sem brigas e de forma legal. Provavelmente vocês chegarão a um acordo e este será homologado pelo juiz.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/05/2011 - 16:08
    Enviado por: C.

    O que é o subsidio que o governo dá para quem está comprando imovel novo pelo minha casa minha vida?
    é um valor já quitado do imóvel? Este valor já foi repassado para as construtoras?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2011 - 19:10
    Enviado por: Fabiana

    Hoje, dia 16 de maio estou com uma divida em uma rede de loja vencida a 11 dias. e a poucos minutos soube que esta mesma loja ligou para um numero fixo (que me pediram para que fosse aprovado o meu cartão na epoca que o tirei somente para confirmação de informações)que pertence apenas a uma amiga e informaram que eu estou com uma divida e que era pra me passarem o recado.PERGUNTO. ele poderiam fazer isto, esta divida não diz respeito apenas a mim? favor me informe artigo dos quais posso me apoiar para uma suposta ação judicial.
    Grata e Ansiosa
    Fabiana Batista.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/05/2011 - 09:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que podem, já que você informou o número que está no cadastro. Deveria ter dado um número seu, e não de uma amiga. Quem ligou não sabia disso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/06/2011 - 15:02
    Enviado por: sibele

    oi,tenho uma divida,faz 5 anos,e essa divida foi vendida pra outra empresa,e eles tao me cobrando da data que foi vendida pra eles,a moça que ta meligando,me ameaça dizendo que vai vim um oficial de justiça na minha porta,que vao pegar um bem,uma geladeira,ou uma tv,etc…e fica ligando pra minha mae,contando o que ta acontecendo…esse tempo tdo ,ela só veio me ligar agora,pra dizer que vai ter uma açao judicial no forum.sem contar que é bem grossa.nem explica direito…obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/06/2011 - 20:44
    Enviado por: Marino Macei Duarte

    A alguns dias ligaram em meu celular fazendo uma cobrança de uma divida a mesma foi feita no telefone da empresa a qual eu trabalho , e a pessoa que me informou sobre a divida me disse que seu eu não entrasse em contato ”que eu iria ser prejudicado” como devo agir neste caso até porque mesmo eu estava em meu trabalho!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/07/2011 - 15:27
    Enviado por: elivania

    comprei uma casa na cidade de petrolina pe. em um bairro novo cuja as casas foram doadas pela preifetura e na epoca não tinha agua, e a destribuidora de agua ou seja a empresa (COMPESA) agora estar cobrando o uso de agua segundo ela foi consumida a dois anos atraz, sendo que na epoca nem tinha o registro que conta o consumo de agua.mas ela deu um parcelamento de 40 meses mas não deichou de faser a cobraça.
    o que devo faser???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/07/2011 - 18:33
    Enviado por: Rose R

    Boa tarde,

    Estava com três prestações do carro em atraso, porém informando o escritório de cobrança que aguardava a solução, que estava levantando o dinheiro. Porém em 25/06 a cobradora me falou que eu teria o carro apreendido e continuou insistindo, insistindo e eu, como todo cobrado que já falou, já falou, disse que tinha outro carro, ao que ela me disse grosseiramente que se eu tinha outro porque eu não vendia? Eu respondi também grosseiramente que ela não tinha nada a ver com a minha vida. Depois ela disse que “tinha carro e que suas prestações estavam pagas e aí”? Esse “e aí me inconformou, achei tamanha a grosseria que desliguei o telefone, depois disso, a negociação cessou e o mandato de busca se acelerou.

    Bem, a indignação é com a cobradora do escritório de cobrança que também é o mesmo escritório de advocacia do banco. Porém, a dúvida é outra: a atividade de um localizador é legal?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/07/2011 - 16:51
    Enviado por: Fred

    Comprei um imóvel pelo minha casa minha vida, onde custou 86.753,50 minha renda é de 1900,00. Já assinei contrato de financiamento com a Caixa onde esta financiou 100% do imóvel, agora a incorporadora está me cobrando taxas cartorárias no valor de 702,00. esse programa minha casa minha vida não dá isenção ou redução para registrar o imóvel? Como faço para saber se essa taxa cartorária está correta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/08/2011 - 18:42
    Enviado por: idenildo

    OI BOA NOITE , O FATO É SÓ UMA DUVIDA ESTOU DEVENDO EM UMA LOJA ESTOU COM 5 PRESTAÇÃO ATRAZADAS E A LOJA COLOCOU O MEU NOME NO SPC.
    APERGUNTA É SI A LOJA JÁ COLOCOU O MEU NOME NO SPC ELA PODE MIM COBRA NA PORTA .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2011 - 13:23
    Enviado por: oi meu nome é cesas

    trabalho com cobrança, gostaria de saber se quando meus cobradores não encontram os devedores em casa se eles podem ir ao trabalho chamar particular e sem farda da empresa e tratar o assunto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/09/2011 - 18:42
    Enviado por: rafael

    instalei uma linha telefonica na minha casa, e agora todos os dias uma empresa liga pra minha casa procurando por outra pessoa que naum sou eu.Ja informei que nao mora ninguem com o nome procurado.O q devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2011 - 12:55
    Enviado por: Camila

    Olá. bom a minha vizinha é chefe de setor da empresa avon aqui no meu bairro. Cadastrou minha irma e fiz uma divida do avon d 209,83. no inicio do ano. E acabou q nao pagamos. Agora um rapaz da cobrança esta ligando aq em ksa todos os dias. Falando comigo. (e a divida esta no nome da minha irma)Ligou hoje mesmo gritando na maior falta de educaçao.Falando que eu to inventando que nao tenho dinheiro. Nossa estou espantada com isso tudo..Falando q esta tentando negociar a divida e nos nao estamos ajudando. Ai falei q se ele continuar com grosseria eu iria desligar a chamada. Ele me disse que ficaria ligando o dia todo pra me incomodar..
    Por favor me ajudem como proceder com relaçao a isso??
    E se nao quiser pagar por essa empresa de cobrança. onde vamos para negociar somente o valor normal?
    Aguardo respaudo urgente. porque ja esta chato e constrangedor pra todos aqui em ksa essas ligaçoes.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/09/2011 - 16:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você não tem a opção de “não querer pagar”. Ou paga, seja lá quem for o cobrador, ou terá problemas de nome sujo e até bens penhorados. Sobre o tipo de cobrança, reclame no Procon contra a empresa.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 23/09/2011 - 18:31
      Enviado por: Camila

      Nao eu sei que tenho que pagar ue.pois é uma divida que fiz.
      Nao é isso que estou questionando. o que eu nao quero é pagar por eles, pelo setor de cobrança e pela empresa a qual esta me ligando.
      Gostaria de saber c tem uma outra opçao pra eu pagar esse debito?!!!
      * pelo procon, direto pela avon, ou procurar um advogado e negociar a divida.

      Obrigada!!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/10/2011 - 11:05
    Enviado por: ANA PAULA

    Boa tarde
    Eu sou revendedora da Avon, mas eu me mudei de Cidade, mas eu continuo com endereço dá minha sogra porque estou com debito com a Avon, e não fui eu quem fez o pedido.
    Executiva de vendas faz pedido em meu nome porque ela tem meta e não quer perder bônus com a Avon, ou seja, ela USA MEU NOME, MEUS DADOS para fazer pedido como se fosse eu, (SEM MINHA AUTORIZAÇÃO) eu não fico sabendo disso ela não avisa, ela faz o pedido e pronto! Na ultima fez minha sogra avisou o motorista da Avon que fazia tempo que eu não morava lá e que eu não faço mais pedidos e que era segunda caixa que vinha e que ela não iria receber essas caixas porque não tinha autorização para receber e mesmo porque assinar em meu nome é falsificação de assinatura e jamais iria assinar sem autorização mesmo porque ela sabe que eu não faço mais pedido.
    Minha sogra me avisou que essa executiva estava fazendo pedido em meu nome eu mandei e-mail porque ela não me atende no celular eu falei que não fiz pedido e se alguém recebeu a caixa tinha que mostrar assinatura, como alguém recebe uma caixa sem ser eu e que Avon não pode entregar uma caixa sem ser eu para receber, mas que eu não fiz pedidos e que estava em debito, à executiva falou no e-mail que a caixa volta PARA DEPOSITO, MAS DEMORA EM SAIR DO SISTEMA, MAS ISSO FAZ 3 MESES QUE NÃO SAIU COMO DEBITO.
    MINHA RECLAMAÇÃO É FALSIDADE DE IDENTIDADE
    DEBITO QUE NÃO FUI EU QUEM FEZ
    O QUE EU FAÇO PORQUE JÁ LIGUEI varias vezes para Avon eles não querem saber diz que tenho que procurar essa executiva, mas ela não atende ao telefone apenas me responde por e-mail dizendo que demora em sair do sistema.
    AJUDEM-ME POR FAVOR ME ORIENTE
    POSSO PROCESSAR AVON E QUANTO GANHO ?
    MAS EU QUERO QUE ELES TIREM DO SISTEMA ESSE DEBITO MINHA PREOCUPAÇÃO É COM MEU NOME LIMPO PORQUE NÃO POSSO TER NOME SUJO.
    EU MORO NA CIDADE NOVA ODESSA E MEU ANTIGO ENDEREÇO É EM SP EU NÃO MORO LÁ DESDE JANEIRO 2011.
    EU FICO INDIGNADA COM ELA TEM MINHA SENHA SE EU NÃO FORNECI A ELA E COMO AVON PERMITE ISSO !
    PEÇO AJUDA PORQUE NÃO POSSO TER NOME SUJO ISSO O QUE ESTÃO FAZENDO INJUSTO PORQUE NÃO FAÇO PEDIDOS FAZ TEMPO ESSE DEBITO NÃO É MEU ……LIGUEI NA AVON MAS ELES NÃO ME OUVEM DIZEM QUE DEVO PROCURAR ESSA EXECULTIVA MAS FOI ELA QUEM ME PREJUDICOU …….ME AJUDEM

    att
    ANA PAULA

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/10/2011 - 17:02
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Essa não é uma questão de defesa do consumidor. Procure a ajuda de um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 08/10/2011 - 16:11
      Enviado por: Erika Costa

      Você pode ir no Forum, no Juizado Especial Cível. Para ações até 20 salários mínimos não é obrigatório o advogado. Você irá relatar o ocorrido para a pessoa que te atender e esta pessoa é que vai fazer sua petição inicial (você deve levar seus dados e o da executiva, principalmente endereço para que ela seja intimada). É sua chance de resolver seu problema sem brigas e de forma legal. Provavelmente vocês chegarão a um acordo e este será homologado pelo juiz. Espero ter ajudado. Boa sorte.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 08/10/2011 - 16:10
    Enviado por: Erika Costa

    Você pode ir no Forum, no Juizado Especial Cível. Para ações até 20 salários mínimos não é obrigatório o advogado. Você irá relatar o ocorrido para a pessoa que te atender e esta pessoa é que vai fazer sua petição inicial (você deve levar seus dados e o da executiva, principalmente endereço para que ela seja intimada). É sua chance de resolver seu problema sem brigas e de forma legal. Provavelmente vocês chegarão a um acordo e este será homologado pelo juiz.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2011 - 20:55
    Enviado por: Maria

    meu problema e o seguinte
    eu fiz uma compra e parcelei em 3 vezes no cheque
    mas, tive alguns problemas e ñ consegui cubrir esses cheques.
    Agora essa pessoa vai todo dia no meu lugar de trabalho me cobrar esses cheques e diz que quer a mercadoria de volta(problema e q ja não tenho mais essas mercadorias)
    Ela tambem não quer protestar o cheque por que diz q vai demorar muito para receber
    Ela fica todo dia no meu lugar de trabalho
    o q posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 23:03
    Enviado por: LUCIANA

    GOSTARIA DE SABER O QUE FASSO , A RESPEITO DE UM BOLEETO DA NATURA Q JA FOI PAGO E AINDA CONTINUA CONBRANDO, PAGUEI UM MES ATRAZ E ELES AINDa nao TIROU DO SISTEMA , JA RECLAMEI MAS NADA

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 23:06
    Enviado por: LUCIANA

    GOSTARIA DE SABER QUAIS E AS PROVIDENCIA A TOMAR A RESPEITO DE FATO, POIS JA RECLAMEI NA NATURA, JA ENVIEI O COMPROVANTE DE PAGAMENTO , POR VIA FAZ POR IMAIL. E NADA DELES REGULARIZAREM ATE BLOQUEIO MINHAS PONTUAÇAO , NAO POSSO PASSAR PEDIDO, DIZEM QUE ESTOU EM DEBITO COM A NATURA SENDO QUE JA PAGUEI E TENHO COMO PROVAR.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/11/2011 - 14:55
    Enviado por: João

    A mais de um ano venho recebendo ligações de cobrança em minha residência, a Cobradora é uma tercira da Lozango e as ligações tem origem em MG, eu moro em Cuiabá e NÃO DEVO A NINGUEM.
    Eles procuram uma tal de Maria (…) our outro nomes que eu desconheço. No começo foi educado e pedi que removessem o meu número do cadastro de cobrança visto que, se um dia esse telefone pertenceu aos devedores(as) não pertence mais, porém as ligações continuam e não só durante o dia, ligam as 20:00 da noite durante a semana, Sábados o dia todo, já perdi a cabeça e mandai todo mundo “praquelelugar”, mas continuo sendo importunado.

    Existe algum mecanismo legal que obrigue a empresa a parar de me importunar ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/11/2011 - 17:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O que você pode fazer é fazer uma denúncia no Procon e procurar um advogado para acionar a empresa na Justiça por danos morais.

      responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: