Estado.com.br
Terça-feira, 01 de Setembro de 2015
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Cobertura de plano de saúde é ampliada

Categoria: Assunto do dia

DO ESTADO DE S. PAULO

O Senado aprovou na quarta-feira um projeto de lei que obriga planos e seguros de saúde privados a oferecer atendimento nos casos de planejamento familiar, abrangendo fertilização assistida.

A proposta, de autoria do deputado Geraldo Resende (PMDB-RS), foi aprovada em votação simbólica no Senado. O projeto segue agora para sanção presidencial.

Com a nova medida, fica garantida, por exemplo, a realização de cirurgias de laqueadura e vasectomia, além do financiamento para a implantação do dispositivo intrauterino (DIU).

No ano passado, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) ampliou a relação de procedimentos médicos que devem ser cobertos por planos e seguros de saúde.

Para parlamentares, no entanto, a aprovação do projeto é uma garantia de que usuários não encontrarão nenhuma dificuldade, atualmente imposta por operadoras, para que os procedimentos sejam realizados.

A senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), relatora do projeto, afirma que o texto garante também técnicas para fertilização assistida a casais.

Ela ressalta que o projeto tem o mérito de incluir o planejamento familiar na gama dos procedimentos cobertos pelos planos de saúde, garantindo às mulheres seguradas por eles o acesso a métodos contraceptivos eficazes e seguros que muitas vezes não estão disponíveis nos serviços públicos de saúde.

Responsabilidade dividida

A senadora citou estudo realizado pela Unicamp, que, segundo ela, revela que 70% dos casais brasileiros fazem uso de algum método contraceptivo, mas o peso da responsabilidade do planejamento familiar recai sobre as mulheres.

Segundo o mesmo estudo, 40% das mulheres foram submetidas à laqueadura e 20% usam pílulas anticoncepcionais. Já do lado dos homens, uma pequena parte, – apenas 0,9% deles – fez vasectomia e 1,8% fazem uso da camisinha.

Serys ainda lembrou que a responsabilidade do planejamento familiar “recai sobre as mulheres”, que precisam se preocupar com a escolha do método contraceptivo e “arcar com as consequências dessa escolha”.

Para a senadora, a saúde das mulheres está intimamente ligada com a chamada saúde reprodutiva, “onde o acompanhamento eficaz de métodos contraceptivos e a utilização de métodos confiáveis e seguros são necessários para assegurar que o planejamento familiar seja eficaz e não cause prejuízos à saúde da mulher”.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

167 Comentários Comente também
  • 01/04/2009 - 15:57
    Enviado por: Laura

    Gostaria de saber se a fertilização in vitro, inseminação artificial entre outros metodos para engravidar mais caros, vão ser cobertos totalmente pelos planos. No caso o meu é a Unimed empresarial de São Paulo, principalmente se a mulher tem um diagnostico que dificulta a gravidez pelo metodo natural, tem historico de aborto e/ou que cause infertilidade.

    Obrigada, aguardo a resposta.

    RESPOSTA DO BLOG: Há informações mais atualizadas sobre o assunto no blog.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/04/2009 - 17:16
    Enviado por: Ana Maria Vieira Soares Gonçalves.

    Olá, fiquei muito feliz por essa nova possibilidade de dar oportunidade a casais de terem filhos, com cobertura dos planos de saúde.
    Gostaria de saber quando o plano irá cobrir o tratamento de fertilização ou quanto tempo demora para que seja sancionado esta lei? Observei que parte deste projeto como laquiadura e outros já estão disponivel, por que motivo só uma parte está disponivel? aguardo respota e obrigada.

    RESPOSTA DO BLOG: Há informações mais atualizadas sobre o assunto no blog.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/04/2009 - 18:36
    Enviado por: Ivonete Bento Fuentes

    Fiquei muito feliz, com a possibilidade de que os planos de saúde cubram gastos com a fetilização in vitro, gostaria de saber quando é que os planos serão obrigados a cobrir a fertilização In Vitro.
    Fico no aguardo de uma breve e positiva resposta.
    Muito Grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2009 - 12:27
    Enviado por: adriana tuzzi

    Gostaria de me informar melhor sobre esse assunto de cobertura dos planos de saude para FIV. Quando isso começará a vigorar? Todos os planos irão cobrir?
    O que eles irão cobrir?

    RESPOSTA DO BLOG: Há informações mais atualizadas sobre o assunto no blog.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/04/2009 - 14:53
    Enviado por: Ana Paula Dranski

    Boa Tarde!
    Minha dúvida não difere das demais, gostaria de saber se ja foi aprovada alguma lei que determine que o plano de saúde custeie todos os procedimentos de uma inseminação in vitro. E qual seria o meio mais eficaz de se conseguir esse serviço. Seria pr meio judicial?
    Desde ja agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2009 - 21:57
    Enviado por: DAYANE LIMA

    Ola minha duvida é sobe FERTILIZACAO IN VITRO, quando os planos irao ter que cumprir essa exigencia e se isso vai valer para FIV, quais serao os planos?

    RESPOSTA DO BLOG: Há informações mais atualizadas sobre o assunto no blog.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2009 - 08:27
    Enviado por: João Antonio

    Fiquei muito feliz, com a possibilidade de que os planos de saúde cubram gastos com a fetilização in vitro, gostaria de saber quando é que os planos serão obrigados a cobrir a fertilização In Vitro? E o que eles terão que cobrir? Somente o tratamento em clinicas ou tambem os medicamentos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2009 - 08:35
    Enviado por: