Estado.com.br
Sábado, 29 de Agosto de 2015
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Cancelamento rápido de serviço é direito do consumidor

Categoria: Assunto do dia

Se o consumidor tem toda a facilidade para contratar um serviço, espera-se o mesmo quando decide desistir. Ao rescindir um contrato de prestação de serviço é recomendável fazer o pedido por escrito, enviando à empresa carta com Aviso de Recebimento (AR) ou notificação via Cartório de Títulos e Documentos. Se for por e-mail, imprima uma cópia.

Se a empresa só permitir o cancelamento por telefone,não se esqueça de anotar a data e o horário da ligação, o nome do atendente e o número da ocorrência. Isso tudo pode servir como prova em discussão judicial, caso o fornecedor não cumpra a sua parte.

Neste caso, se a empresa dificulta o processo de cancelamento – tentando ganhar o consumidor pelo cansaço – e, ainda, faz com que o consumidor pague por um período maior, ele tem o direito à devolução dos valores (em dobro), cuja data a ser considerada e a do primeiro pedido de cancelamento.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

274 Comentários Comente também
  • 28/07/2008 - 21:00
    Enviado por: Claudia

    Olá! Gostaria de uma orientação. Vendi meu apartamento no final do ano passado (2007) e a compradora agora, após 7 meses diz que eu não deixei os armários de cozinha e de 1 dos dormitórios, sendo que no contrato consta que o apartamento deveria ser entregue livre e desempedido de coisas e objetos. A mesma disse que irá mover uma açao judicial contra mim alegando danos materias, ela pode fazer isso? Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/07/2008 - 17:44
    Enviado por: Jhaíra

    Estou ficando com síndrome do pânico só em ouvir falar em Bradesco. Há alguns anos tentando encerrar uma conta e sair do sistema e nada. Sinto-me perseguida por um ex psicopata que ainda não entendeu que a relação acabou.
    O caso iniciou assim, eu tentando encerrar a conta pela primeira vez (EM 2002) fui ao banco e segui todo o procedimento exigido pelo mesmo, não antes de ter que explicar – e convencer!- o gerente de que estava certa da minha decisão, de que não precisava daquela conta. Nessa primeira ocasião, todos muitos simpáticos, ele e eu. Depois de alguns meses recebo em casa um novo cartão, ligo para eles para saber o que estava ocorrendo, foi quando fui informada de que por algum motivo misterioso minha conta continuava ativa. Pediram que fosse novamente ao banco encerrá-la. Fui. O gerente novamente insistiu para que eu não a encerrasse, dando bons motivos para continuar. Dessa vez ele muito simpático, eu já nem tanto. Encerrei novamente a conta, pela segunda vez, e antes de sair com os papéis na mão, perguntei: “Você tem certeza que não precisarei voltar aqui novamente para encerrar a conta?” Olhando nos meus olhos ele afirmou que não. Algum tempo depois descubro que um cachê que deveria receber foi parar na minha conta do Bradesco. NÃO!!!! Aquela que já encerrei duas vezes??????????? Sim. Esta mesma. Pela TERCEIRA VEZ entro em contato com o banco e felizmente consegui falar com o mesmo gerente que havia me atendido da segunda vez. Ele disse que eu teria que ir até lá, que não dava para fechar a conta por telefone porque bla bla bla… Nem um pouco simpática eu lhe disse: “Tenho muito o que fazer e acho que você não vai gostar de me ver aí novamente, por isso é melhor acabarmos com isso por telefone mesmo”. E foi assim que pensei que tivesse me livrado desse “ex”, por telefone. Recebi carta em casa, como havia solicitado, comprovando o fechamento da conta. Mas o morto ressuscitou, claro que tenho minha parcela de culpa, terminei o relacionamento mas achei que poderíamos ser bons amigos. Que engano!!! Fechei a conta mas mantive um investimento. Agora tentando resgatá-lo descubro que a solicitação atrasou por causa daquela conta… aquela…
    Estava com vôo programado para terça da semana que vem (05/08), mas como o dinheiro não está liberado, só estará disponível na sexta, resolvi cancelar. Todos os compromissos adiados. E a funcionária do banco ainda me pergunta qual o problema, se vou viajar na terça da outra semana e o dinheiro estará lá na sexta desta semana. Então fico me perguntando se eu sou o problema. Quem sabe vocês podem me ajudar: Vocês realmente acreditam que tudo estará resolvido até sexta? Ela me garantiu que eu receberia em 7 dias úteis, agora diz que não passa de 10. Acham que devo comprar a passagem? É um vôo internacional, e se eu cancelar pago multa. Vocês acham que se isso acontecer o Bradesco se responsabilizará por todos os danos causados? Devo arriscar, uma vez que já está tudo atrasado?
    O que fazer com um “ex” que não entende que acabou??????????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/07/2008 - 17:53
    Enviado por: Jhaíra

    Não consigo sair do sistema do Banco Bradesco depois de encerrar conta por 3 vezes. Agora o resgate de um investimento atrasou por causa dessa conta. Que ja não existe mas conta no sistema. O que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/08/2008 - 08:09
    Enviado por: Fabricio

    Bom dia, eu naum estou consegiundo cancelar meu provedor da uol. queria saber como eu faço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/10/2008 - 20:25
    Enviado por: wiviane ferreira mendes

    olá gostaria de uma informação.
    sou cliente do Banco Santander em Curitiba, e estou com dificuldades de pagar meu cartão de credito, com isso acabei deixando atrasar as prestações. mas o Banco deu um jeito foi la e descontou o valor minimo da minha conta conta corrente no valor de 90 reais mais ou menos sem autorização e sem me avisar, apesar de ter tentado acordo com eles fazendo um parcelamento que não quizeram fazer comigo, deixei quieto ate o outro mes, quando tive uma surpresa tirei extrato da minha conta e eles tinham descontado denovo agora 210 reais, só que nao tinha mais dinheiro na conta so o limite do banco que eles pegaram agora nao tenho dinheiro nem para trabalhar oque faço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2009 - 17:23
    Enviado por: fabiana

    BOA TARDE!!! GOSTARIA DE UMA ORIENTACAO
    TENHO A ALGUNS ANOS 2 CARTOES DE CREDITO, UM CREDICARD DO ITAU E OUTRO VISA DO BANCO DO BRASIL, ESTOU COM UM DEBITO NO CARTAO CREDICARD QUE ESTOU AGUARDANDO PARA FAZER UM ACORDO PARA PODER QUITA-LO, POIS OS JUROS ESTAO ALTISSIMOS, POREM ESTAVA USANDO O OUTRO CARTAO O VISA E PAGANDO CORRETAMENTO O TOTAL E NO VENCIMENTO, E BLOQUEARAM ELE ESSE DIAS, FUI VERIFICAR E ME FALARAM QUE ERA PORQUE EU ESTAVA COM O DEBITO, NO OUTRO CARTAO!!!! PODEM BLOQUEAR MEU CARTAO SENDO DE BANCOS DIFERENTES E DE BANDEIRAS DIFERENTES E EU ESTANDO EM DIA COM O CARTAO QUE NAO TENHO O DEBITO????? QUAIS SAO MEUS DIREITOS????? PAGUEI INCLUSIVE A RENOVACAO DO CARTAO QUE ESTAVA USANDO, E QUANDO FUI PASSAR NO MERCADO ESTAVA BLOQUEDO SEGUNDO O BANCO DO BRASIL, E PORQUE ESTOU COM DEBITO NO OUTRO CARTAO!!!! ME ORIENTE POR FAVOR, MAS ACHO QUE UMA COISA NAO TEM NADA A VER COM A OUTRA, POIS JA TENHO E USO O VISA ANTES MESMO DO MEU NOME TER IDO PARA O SPC, E ESTOU PAGANDO EM DIA!!! PODEM FAZER ISSO???

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/09/2011 - 01:06
      Enviado por: tiago

      Do ponto de vista do banco uma pessoa que nao honra suas dividas, com quem quer que seja, nao inspira confianca. Representa certamente maior risco de inadimplencia.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/01/2009 - 13:05
    Enviado por: yury rodrigues

    estou a três longos meses indo e vindo de uma agência do bradesco, mais especificamente a da praça osvaldo cruz aqui na paulista. Estão me enrrolando e já tenho uma carta com pedido de cancelamento datada de novembro de 2008. Sempre que eu retorno na agência eles informam que existem produtos pendentes de cancelamento, o que impede o encerramento de minha conta corrente. Já cancelei cartôes, titulos de capitalização, tudo e mesmo assim ainda chegam cartas de cobrança em minha residência. O que terá que ser feito para que esse problema (que não é só meu) seja resolvido ? já assisti uma matéria no SP TV q mostrava um cidadão q tentou por um ano um cancelamento de conta corrente no bradesco. será q a justiça não está ciente do desrespeito que o bradesco tem com seus colaboradores ??? O que devo fazer pra que essa conta corrente sejá encerrada de uma vez por todas ???

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/01/2009 - 07:35
    Enviado por: Tatiana Borges

    Gostaria de saber o que fazer quando você vai ao salão de beleza e não gosta do resultado do serviço prestado.
    Grata,
    Tatiana

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/02/2009 - 14:41
    Enviado por: guacyra cavalcanti

    Minha mãe fechou contrato para confecção de uma capa de sofá no valor de 4 x 313,00 no dia 27. Imediatamente, após ser comunicada,pedi para q ela entrasse em contato com a vendedora e suspendesse a compra pq eu achei muito caro e iria fazer uma pesquisa.
    À tarde, falei c a vendedora, q me disse não estar mais de posse dos cheques,e disse a ela q na 6ª feira definiria o negócio.
    Como havia dito, voltei na sexta feira e disse q não tinha interesse em levar o negócio adiante, uma vez q havia conseguido o mesmo serviço pelo valor de 770,00.
    Ela ficou muito chateada e disse q as coisas n eram assim. q minha mãe tinha fechado o negocio e n~podia desmanchar.
    Argumentei q a minha mãe com a idade de 83 anos n poderia ter feito isso, mas eu a havia avisado no mesmo dia.
    Conclusão, como ela disse q eu poderia ficar tranquila que os cheques estariam hoje, segunda, prontos para serem devolvidos, eu ingenuamente acreditei.
    Hoje, ao voltar lá, ela me disse que eu teria q pagar uma multa de 30% do valor do pedido se quisesse reaver os cheques.
    Infelizmente, só tenho testemunhas tentei cancelar o negocio no mesmo dia. Serve p alguma coisa, Estou me sentindo ludibriada e vitima de má-fé. Posso fazer alguma coisa

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2009 - 20:58
    Enviado por: Márcia Pereira

    Gostaria de saber como faço para cancelar minha linha telefonica da Brasil telecon nãi tenho mais condições de pagar e liguei para cancelar e eles dizem que eu tenho um plano de fidelidade e não posso cancelar se não pagar uma taxa de 160,00 não posso o que eu faço.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/04/2009 - 10:45
    Enviado por: liana moussalli

    faz dois meses que me me mudei e pedi o religamneto do gas,mas nunca recebi contas.
    Num telefonem a me disseram que o meu medidor constava como desligado.
    Tenho que pagar as contas que nem foram emitidas ?
    Fiz uma reclamaçao e fui informada que não posso fazer um parcelamento até receber a tal conta com o consumo de dois meses mais a taxa de religamento.
    O que devo fazer ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/04/2009 - 07:51
    Enviado por: catia pimentel

    Gostaria de uma orientação, comprei uma máquina de lavar na loja Ponto Frio no sábado e no domingo verifiquei que no site ela está mais barata, quero cancelar a compra da loja e fazer a compra no site. como proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/05/2009 - 17:20
    Enviado por: Prisley de Oliveira

    Olá, gostaria de uma orientação sobre, um contrato de assinatura de uma revista que fiz na Universidade onde estudo.
    Assinei o contrato e logo me arrependi e, depois de quatro dias enviei um e-mail pedindo o cancelamento da assinatura conforme descrevia na claúsula 8 do contrato e, um mês depois, no caso esse mês, veio na fatura do meu cartão a cobrança dessa assinatura. O que eu devo fazer, já pedi o cancelamento corretamente conforme o contrato e, o mesmo não procedeu?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/05/2009 - 22:21
    Enviado por: Laiz

    Olá, eu assinei UOL a 6 meses e gostaria de fazer o cancelamento da assinatura mas no regulamento fala que são 12meses de fidelidade, ainda não entrei em contato com a UOL sobre o assunto mas, sei que se eu cancelar antes disso haverá multa, e agora o que eu faço??
    Preciso fazer este cancelamento!!
    Eu sou obrigada a pagar??
    O que deve fazer??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/05/2009 - 21:24
    Enviado por: Márcia Regina Marcondes

    Prezados Srs:
    não sei onde reclamar de salões de beleza,que tem maus profissionais que relaxao os cabelo ,mas não dão o efeito que agente quer,e pagamos caro o serviço,e não ficamos satisfeitos,o certo era eles
    fazer o serviço de novo
    sem mais.
    agradeço
    Márcia

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/05/2009 - 18:35
    Enviado por: Carla

    Vendi meu imóvel e me arrependi. O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2009 - 11:21
    Enviado por: Léla

    Bom dia!!!
    É um direito do consumidor, cancelar um cartão de crédito, mesmo estando em débito??? Estou cansada de ligar p/ Itaúcard para solicitar o cancelamento do cartão e uma negociação,ou seja, árcelar toda a dívida com uma taxa de juros decente, mas não há acordo. Ou paga-se o valor mínimo e parcela-se o saldo ou seu nome irá p/ o SERASA e não é possível cancelar o cartão, ele será bloqueado…
    Enfim, não há como negociar.

    Obrigada@

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/06/2009 - 11:36
    Enviado por: Ederson

    Adquiri um desses programas de titulo de capitalização pelo banco Itaúcard, onde tinha que pagar 5 anos. Quando a atendende falou comigo pelo telefone ela me informou que a qualquer momento eu poderia cancelar e receberia meu dinheiro corrigido, só que só iria receber esse dinheiro depois de um ano. Só que eu paguei só a primeira parcela e cancelei, esperei 1 ano e agora ela disse que eu só tenho direito de receber só cerca de 10% do valor, onde pagei R$ 50,00 e não vou mais receber esse dinheiro só R$ 4,30. Isso pode, é correto o consumidor ter um prejuizo deste??

    Obrigado!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/06/2009 - 20:05
    Enviado por: rosilei aparecida valencio

    Meu marido comprou um tapete no valor de 179 reias pra fazer em 5 vezes,mais uns quatro dias depois eu fui vê a nota e estava em 8 vezes com um juros absurdo de 81 reias só de juros,fomos na loja e eles falaram que nao tinha como cancelar a compra e que os funcionários deles estão bem preparados pra falar de juros com os clientes,e agora é a palavra do meu marido contra a deles,mais será se a funcionário falasse que era 81 reias só de juros meu marido tinha aceitado?,mesmo sabendo que ele pediu em 5 vezes?E agora o que fazemos?Temos direito mesmo ele ter assinado?Podemos cancelar a compra e devolver a mercadoria?Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2009 - 19:42
    Enviado por: salete maria gomes frança gandra

    ao assistir televisão , passou a propaganda da uol.com estava interessada a internet,liguei e foi feito um cadastro pelo telefone informando todos os dados de meu esposo.me falarão que dentro de 72horas entrava em contato comigo,e mandarão que procurasse uma loja da claro para efetuar o contrato. com 72horas fui na loja e ao chegar, me falaram que não tinham parsseria com a uol e que eu estava sendo enganada.retornei a ligação com o pedido de cancelamento.mas não me passarão nenhum protocolo.e hoje depois de 3mes eles não param de ligar falando que devemos 3meses de messalidade sendo que não recebir nenhum boleto.quero saber oque posso fazer arespeito disso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/06/2009 - 10:48
    Enviado por: TERESA

    Tenho a TV digital da telefonica. Estou querendo desistir pois estou sem condições de pagar e alem do mais por ser uma péssima emissora, só coisas repetitivas. Mas só que tem a tal fidelidade de 18 meses e o meu contrato ainda faltam uns seis meses para dar os 18 meses. O que fazer? Vou ter que pagar a multa como dizem antes do prazo de 18 meses? Desde já agradeço a atenção.
    Um abraço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/07/2009 - 02:42
    Enviado por: Fabio

    Assinei a UOL no dia 09 de junho de 2009, débito em conta, com a promessa do 1º mês grátis, 6 meses com o valor de R$ 9,90 e depois R$ 29,90, com dois telefones para contato 4003-2002 e 088-771-7774. Primeira surpresa: Minha área (Niterói) não é coberta pelo 0800-771-7774, ou seja, só poderia entrar em contato pelo outro número, e nada disso foi me dito na hora da assinatura. Segunda surpresa: O primeiro mês não era grátis. Ao conferir o extrato da minha conta no dia 14 de julho de 2009, em lançamentos futuros, havia 2 cobranças de R$ 9,90.
    Terceira surpresa: As duas cobranças estavam com débito para o mesmo dia (20 de julho de 2009). A justificativa da atendente foi que no primeiro mês a cobrança era pós paga e no segundo mês era pré paga, ou seja, no dia 20 de julho de 2009 vou ter que pagar R$ 19,80, referentes aos meses de junho e julho.
    Quarta surpresa: No dia 14 de julho de 2009 liguei para cancelar a assinatura (tenho o protocolo de atendimento), portanto o segundo mês deveria ser cobrado proporcional (6/30 avos) o que daria um valor de R$ 1,98. Porém, a atendente JACINTA me informou que a UOL cobra pela prestação dos serviços e não pelo período de utilização e que eu ainda iria poder utilizar os serviços da UOL até 08 de agosto de 2009, pagando R$ 9,90. Isso está errado, pois quando eu cancelo assinatura, a prestação desses serviços deve cessar no mesmo instante, portanto não deveriam me cobrar por todo o mês. Se eles vão continuar me prestando os serviços é problema deles. Além do mais, eu já tenho outro provedor de acesso, e agora nesse mês vou ter que pagar pelos dois provedores.
    Resumindo: Agora em julho o que era para eu pagar R$ 1,98 (proporcional ao mês de julho de 2009), vou ter que pagar mais de R$ 30,00.
    Estou pensando seriamente em processar a empresa UOL por danos morais por todos os motivos acima expostos, pois isso é propaganda enganosa, repreendida pelo CODECON.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2009 - 02:25
    Enviado por: cesar Macedo

    Tenho 1 ano de Net eu ja posso cancelar, pois eles dizem que tenho que cumprir 18 meses, isso é verdade ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/07/2009 - 17:39
    Enviado por: Claudia Diniz

    Boa noite!
    Gostaria de saber qual é a lei que me garante cancelar um serviço de internet 3G mesmo estando em débito. Já liguei para a empresa para cancelar, mas eles alegam que não podem cancelar enquanto eu não pagar as duas faturas que ainda estão em aberto.
    Sei que isso não é legal, mas preciso do nº da lei e data que ela começou a vigorar para dar embasamento ao meu pedido.
    Agradeço desde já a atenção!
    Claudia Diniz

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/07/2009 - 22:41
    Enviado por: Priscila Miasa

    comprei um celular da Lg mas ele esta com defeito posso trocar na loja? ou desesti da compra?

    RESPOSTA DO BLOG: Até sete dias após a compra, a troca tem de ser feita na loja, desde que o defeito inviabilize o funcionamento do aparelho. Após esse período, a troca tem de ser feita pelo fabricante.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/08/2009 - 17:50
    Enviado por: Patricia

    eu gostaria de saber como faço para canselar o meu provador uol pois não estou usando e esta sendo descontado no meu cartão de credito.

    RESPOSTA DO BLOG: Já tentou um procedimento básico e simples que é entrar em contato com o UOL e pedir o cancelamento?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/08/2009 - 00:27
    Enviado por: vagner

    bom dia!!!!!!!
    Eu nao estou querendo continuar com a minha banda larga só q a net me obriga a ficar com ela por 18 meses.
    Porem eu quero cancelar meu plano pq estou pagando muito caro.
    Só q a quebra de contrato eu tenho q pagar quase 500 reais só q eu nao vou pagar esse valor
    queria q vc me ajudasse
    O que devo fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Pagar a multa, se quiser romper o contrato. Devia ter lido o contrato antes. Você até pode questionar na Justiça, mas vai gastar mais e perder tempo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/08/2009 - 16:42
    Enviado por: Débora

    Gostaria de saber se posso cancelar a prestação de serviço com um buffet. Já paguei o valor total, tenho que pagar alguma multa ou posso receber o dinheiro todo de volta. O contrato não foi fechado em cartório. Não estou contente com o atendimento.

    RESPOSTA DO BLOG: Será cobrada multa por quebra de contrato, mas dá para negociar, se não está registrado no acerto escrito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2009 - 11:22
    Enviado por: amorim luiz fernandes

    Posso cancelar o serviço de energia eletrica estando em débito?.Por um erro a conta está em meu nome, o inquilino não passa para o nome dele(mesmo constando no contrato que o mesmo tem 30 dias para efetuar a troca). A light não aceita o contrato,para trocar de nome,pedi o cancelamento do serviço e os mesmos não aceitam pois existe débito.Eles cortam a luz e o inquilino religa (a light não considera “gato”). Como fazer para cessar minha responsabilidade.

    RESPOSTA DO BLOG: Não é possível cancelar com débitos. Você precisa de um advogado para resolver a situação, se não quiser pagar a conta que é de seu inquilino.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/08/2009 - 22:35
    Enviado por: Vinicius

    Havia contratado um buffet para o aniversário do meu filho antes desta crise de gripe suina. Como tenho uma filha de 1 ano fui aconselhado pelo pediatra a cancela-la. Fiz o pagamento todo antecipado. Gostaria de saber se isso e considerado forca maior e desobrigar o pagamento de multa?

    RESPOSTA DO BLOG: É possível fazer essa alegação, mas se prepare para enfrentar uma boa briga, já que o bufê pode não aceitar esse argumento. Muita gente que cancelou viagem à Argentina usou uma recomendação do Ministério da Saúde que sugeria o adiamento da viagem. Se houver impasse, é bom procurar o Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2009 - 14:16
    Enviado por: monica maria da costa

    No mês passado fui receber meus proventos no caixa eletrônico do banco do Brasil e para minha surpresa o meu cartão não estava sendo aceito, depois de enfrentar uma fila enorme para falar com um dos funcionários e consequentemente pegar um novo cartão, ele mim falou que estava sndo trocados todos os cartões para cartões com chip, eu então interroguei-o dizendo que para desativar o meu cartão eles teria que já ter um novo cartão a minha disposição, eles falaram que sim, mais não sabia o porque, então fiz uma solicitação do cartão e o funcionário disse-me que poderia ir até a argência dentro de 15 a 20 dias, enfrentei nova fila para receber meus proventos na boca do caixa. Este mês fui novamente pegar o cartão e para minha supresa nada tinha… Fiquei indignada e tive que enfrentar outra fila enorme para receber meus proventos novamente na boca do caixa, por favor que provid~encias deverrei tomar em relação ao banco e quais os meus direitos, pois isto é uma falta de respeito para o cliente. Obrigada.

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/09/2009 - 21:27
    Enviado por: denise aparecida dutra de araujo

    gostaria de cancelar meu serviço de internet com uma empresa, mais assinei um contrato de fidelidade de 12 meses… estou insatisfeita com os serviços e não aguento mais tantos problemas, e a empresa me disse q p cancelar o serviço , preciso pagar um valor de 400,00 á vista, mais não tenho esse dinheiro, então eles me disseram q se eu não pagar esse valor não tem como cancelar… no contrato estva um valor de 219,00 e esse valor foi dividido em 12 vezes… agora eles falaram q eu tenho q pagar 400,00 e não tem parcelamento, caso contrário não vão cancelar… sou o brigada a pagar esse valor ? quais são os meus direitos?

    RESPOSTA DO BLOG: SE você conseguir provar que os problemas na internet são recorrentes e frequentes e que inviabilizam a navegação, pode romper o contrato sem pagar nada. Procure mais informações sobre o assunto em http://blog.estadao.com.br/blog/advdefesa e no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/03/2010 - 18:23
      Enviado por: Carlos Pereira

      Oi Denise, eu tive um problema igual ao seu, minha net era uma droga eu entrei no pequenas causas e eles tiveram de cancelar o contrato sem eu ter de pagar nada e ainda me devolveram o que ja havia pago.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/09/2009 - 17:23
    Enviado por: Edinaldo Portella

    Comprei um pacote de viagem para duas pessoas na CVC, pois bem paguei uma avista e a outra no catão de crédito, mas quando foi passar o cartâo de credito o vendedor me disse que estava sem comunicação, pediu pa esperar alguns minutinhos, passei de novo a mensagem era não autorizado, fiquei irritado pois o meu limite era de R$1.500,00 fiquei constrangido e fui embora chegando em casa liguei para adm. do cartão e atendente me disse que o valor que a CVC passou tinha sido liberado. Pergunto devo entrar com um processo contra a CVC.

    RESPOSTA DO BLOG: A mensagem está confusa, pois não sabemos se o erro foi da CVC ou da operadora da máquina de cartão de crédito. Você precisa saber exatamente de quem foi o erro para entrar com qualquer tipo de ação por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2009 - 15:37
    Enviado por: Suellen Moraes

    Paguei sete de dez prestações para um buffet para realização do meu casamento, só que meu noivado acabou. No contrato diz que não há devolução do dinheiro em caso de cancelamento, a não ser por motivo de força maior. Será que isto tá certo? Paguei por um evento que não será realizado? Mesmo que não tenha direito a devolução do dinheiro gostaria de pelo menos um saldo, ou adiar o evento para data não determinada. Será que tenho esse direito?

    RESPOSTA DO BLOG: Se o evento foi cancelado, tem de haver algum tipo de devolução, afinal, final de noivado é motivo de força maior. Além do que, a cláusula que prevê nenhuma devolução é ilegal. Reclame no Procon e, se for o caso, recorra a um Juizado Especial Cível e processe o bufê.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/09/2009 - 18:57
    Enviado por: lucicleide

    boa tarde, fiz uma compra com cartão de credito
    santander-mastercard, na hora da compra o rapaz da loja errou a compra mas em seguida ele conseguiu cancelar e fez “certo”(isso é o que ele afirma),o problema é que quando veio a FATURA 1 veio cobrando 2x a mesma compra so que com valores diferentes fui na loja reclamei pro dono mas ele me afirmou que ligou pra mastercard que a compra foi cancelada e que não caiu o valor de 2 compras na conta dele me mostrou o extrato do banco e tudo. Fui no banco o gerente falou que nao resolvia nada lá , que quem resolve isso é a mastercard, que poderia ter sido um mero erro de impressão da fatura, e isso se estendeu até a ultima parcela(foram em 4x)eu só paguei 1 das compras que foi a que eu comprei mesmo. Mas agora que já acabaram as parcelas o valor total continua vindo alto e cada dia que passa aumenta mais, eu não posso pagar por uma coisa que não comprei. E agora eles ficam nesse jogo de empurra , eu ja liguei na superlinha como o gerente me mandou garantindo que lá eu conseguiria resolver mas ninguem me atende. O que devo fazer? quem eu devo acionar, eu não quero prejudicar ninguém, só quero os meus direitos… Me ajudem por favor!!! eu estou desesperada… (ja tentei até cancelar o cartão mas estão me dando canseira, me fazendo de palhaça).aguardo resposta urgente!!!!!!

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia do Procon e entre com uma ação no JUizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/09/2009 - 17:31
    Enviado por: Renata carla Nascimento

    Em 2003 abri uma conta no bradesco comecei a movimentar a conta,tive alguns problemas e parei depositar dinheiro na conta,gostaria de saber se a conta é fechada automáticamente ou terei que pagar desde de 2003 alguma taxa? desde já obrigada

    RESPOSTA DO BLOG: Você tem que fechar a conta, senão as taxas de manutenção continuarão a ser cobradas.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2009 - 09:26
    Enviado por: Roberta

    Bom dia,
    Estou em um stress sem tamanho. Estava na academia e renovei meu contrato em julho para os meses de agosto, setembro, outubro e novembro, porém por motivos de mudança no emprego (distância), pedi o cancelamento dos meus cheques por volta do dia 15 de agosto (em agosto não usei a academia). Assinei um cancelamento, e não me emitiram nenhuma via por problemas no sistema (ficaram de me mandar com o cheques). Foi informado que em 15 dias meus cheques seriam devolvidos. Já estamos em 23 de setembro, e até agora nada. Para complicar a história, nos meus cheques estão inclusas as mensalidades da minha irmã, que também parou a academia (cancelou mas ninguem acha o cancelamento dela, e a menina que fez o cancelamento já não trabalha mais na empresa). Enfim o circo está montado. Cada vez que ligo lá, tenho uma informação diferente, prometem e não cumprem, maior confusão. Hoje a noite, vou tentar ir resolver esse assunto pessoalmente, e gostaria de saber na integra quais meus direitos. Vi uma vez uma lei, que se pagamos por uma Prestação de Seviço e não utilizamos, temos o direito do dinheiro de volta, isso é certo? Sei também que no contrato tem uma claúsula de multa por cancelamento, devendo ser pago o mês seguinte ao cancelamento. Porém já caiu os cheques de agosto e eu não usei a academia em agosto, somente em julho. Por favor, me auxiliem.
    Atenciosamente,
    Roberta

    RESPOSTA DO BLOG: O cancelamento de contrato prevê a devolução do dinheiro, mas também o pagamento de multa. NO seu caso, se os cheques foram descontados, o dinheiro tem de ser devolvido. Se houver protelação, é o caso de fazer uma denúncia no Procon e uma ação por danos morais no Juizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2009 - 15:26
    Enviado por: Rosileide Vieira

    Olá! Preciso de uma orientaçao sobre um serviço de buffet que contratei e eventualmente cancelei. O contrato foi fechado em maio/2009 e para isso fizemos um deposito de 10% (750 reais) do total do serviço. Nos foi dito que o importante era que o serviço estivesse pago até um mês antes da data do evento. E por isso não fizemos nenhum pagamentos parcial (além dos 10%), pois a nossa intençao era pagar o valor integral um pouco antes do evento (marcado para 10 de outubro). Mas em agosto/2009 tivemos de cancelar. Entrei em contato primeiramente por telefone e seguido por email para que marcassemos um horario para discutir o cancelamento. Porém isso nunca aconteceu, os nossos horarios nao coencidem. No contrato que nao foi fechado em cartório, esta escrito o seguinte: “e) Caso haja desistência da realização do evento o Buffet irá descontar 10% do valor total pago a cada mês”. Como posso interpretar essa questao?

    Obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Quando há cancelamento de festas em bufês, deve-se pagar uma multa, que consta no contrato. Pelo que você narrou, a multa, então, é de 10% do total do valor da festa. Se você não fez o pagamento integral, o distrato terá de ser feito com o pagamento da multa em relação ao valor integral. Até aqui não enxergamos ilegalidades.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/09/2009 - 12:10
    Enviado por: girlane

    fiz um contrato com a claro banda larga 3G vai fazer 4 meses. pago 85.00 reais por mês e é de 500 MG não consigo acessar quase nada. agora não consigo sinal do meu modem. eles mandaram entrar em contato com o fabricante do modem, eu não aguento mas ligar no 1052 eles fica jogando vc pro lado e pro outro. como faço pra cancelar isso , não aguento mais passar raiva. me ajude por favor

    RESPOSTA DO BLOG: Se você conseguir provar que o serviço oferecido não está sendo entregue, faça uma denúncia ao Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2009 - 12:26
    Enviado por: Andriana Santos

    gostaria de uma orientação fiz o cadastro pelo telefone para compra de um carro onde a moça da concessionaria aprovou a compra sendo que deveria lá para assinar a documentação só q a moça da concessionaria faturou o carro antes mesmo de eu assinar a compra e agora não vou poder mais honrar com a compra e a moça diz que não pode cancelar a venda pois o carro já havia sido faturado, sendo que eu não assinei nada com ela, e novamente hoje ela me ligou dizendo que não pode ser cancelado a compra e que eu vou pagar uma multa se não pagar o nome vai pro serasa. O meu direito de consumidor diz que posso dessistir de compras e contratos em ate 03 dias e desde de ontem to lutando com isso hj é o segundo dia sendo que eu não assinei nada com ela. Me ajudem ai

    RESPOSTA DO BLOG: Se você não assinou nada, não comprou nada. POr via das dúvidas, consulte um advogado e deixe-o de sobreaviso caso haja a insistência no negócio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2009 - 14:23
    Enviado por: EDIVALDO

    A minha esposa começou a fazer curso de cabelereira. Por motivo financeiro, haja vista que a empresa está pedindo muitos materiais caros para continuação do curso, ela resolveu parar com as aulas.
    Ela foi pessoalmente no dia do vencimento das mensalidades, dizer que não iria mais fazer o curso, porque estava ficando muito caro e ela não dispunha de recursos para pagar.
    A pessoa do Administrativo da Empresa que lhe atendeu, disse que para desistir do curso, ela teria que pagar 2 meses a mais da data da desistência.
    Aconselhei a ela que não pagasse, pois para mim prestação de serviço (é quando vc presta algum tipo de serviço) e se ela desistiu do curso, porque teria que pagar 2 meses a mais, se não iria mais receber as aulas.
    Gostaria de uma orientação…

    Obrigado

    Edivaldo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2009 - 21:37
    Enviado por: Carmen

    Boa noite. Assinei o uol ,mas não recebi o modem o prazo era de 10 dias uteis , já se passaram 30 dias e nada .Já paguei a mensalidade que é debitada no cartão de credito. liguei pedido o cancelamento do serviço , e fui informada que seria cobrada a multa de R$ 200,00. A pergunta é: foram eles que não compriram com o acordo, certo? E eu que tenho que pagar multa? Me orientem por favor. Obrigado!

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2009 - 10:11
    Enviado por: cristiano da silva freitas

    Fiz uma assinatura de um serviço de empregos pela internet (manager online) por tres meses e paguei o valor de R$ 149,00 o problema é que se passaram os três meses e automaticamente foi descontado, em minha conta, novamente o referido valor, mas sem nenhum aviso, e-mail etc… Liguei para a empresa e me informaram que não poderia receber o reembolso do valor por estar nas cláusulas do contrato aonde estava escrito que o prazo de renovação da assinatura era automático e que o cancelamento deveria ser feito 5 dias antes de vencer o periodo, agora quem é que vai se lembrar disso 3 meses depois que faz esta bendita assinatura, eles estão se beneficiando do esquecimento dos clientes e que obrigatoriamente devo ficar com a assinatura até vencer novamente a data que seria até dia 23/01/2010. Pergunto sou obrigado a ficar com um serviço que não quero? sou obrigado a pagar por algo que não me interessa mais? qual seria a melhor saída? Desde já agradeço pela atenção.

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/11/2009 - 16:59
    Enviado por: Silvia

    Sou pensionista vitalícia de uma certa universidade federal. Recentemente solicitei que fosse alterado minha conta de recebimento, atualmente Banco do Brasil, mas que pretendo passar para a CEF por uma questão de comodidade. Fui informada de que preciso ir até minha agência atual do B.B., solicitar uma autorização por escrito de que posso mudar de banco para o recebimento de minha pensão. Isto é correto? Qual vínculo tenho com o B.B.? Não tenho livre arbítrio para escolher o banco que quero utilizar? A universidade não tem a obrigação de mudar meu domicílio bancário se eu solicitar?

    RESPOSTA DO BLOG: Não há nenhuma ilegalidade no procedimento do banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2009 - 02:47
    Enviado por: