Estado.com.br
Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Banco é condenado por fazer desconto indevido na conta-salário

Categoria: Assunto do dia

O Superior Tribunal de Justiça condenou o Banco do Brasil a devolver os valores descontados da conta-salário de um cliente, com juros e correção monetária, além de pagar R$ 5 mil de indenização por danos morais. O banco havia retido o salário da conta corrente do cliente para saldar parcelas atrasadas de empréstimo.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

109 Comentários Comente também
  • 29/12/2008 - 12:56
    Enviado por: RENATO MENDES DE LIMA

    Prezados Senhores ,

    Prezados Senhores ,

    Relato que em 06/12/2008 , foi solicitado junto a companhia o serviço da TRIO , ou seja TV DIGITAL + BANDA LARGA + TELEFONE , sou assinante da NET a algum tempo e queria mudar para telefonica , tão logo atendido pelo telefone 10315 , qual me direcionou para o setor responsável . Ai começou o meu tormento quando a equipe veio até minha residência e tentou instalar o equipamento não tiveram sucesso , alegarm que o cabo da NET TV , estava obstuindo a passagem , assim não conseguiriam efetivar o serviço pedi então o cancelamento dos serviços mas mesmo assim continuaram a executar rompendo assim minha instalação interna de telefone e parte da rede elétrica danificando telhas e parede . Já se passaram quase trinta dias e até agora estou sem linha telefonica com meu SPEEDY totalmente instável caindo a conexão constantemente , já possuo uma coleção de protocolos de aberturas de chamados , inclusive fotos do dano causado pela equipe da TVA . Agora so me resta publicar para quem sabe conseguir uma reparação de danos materiais e morais pelos maus serviços oferecido .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/12/2008 - 17:24
    Enviado por: João Wisniewski

    Só assim mesmo para os bancos aprenderem…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/03/2009 - 23:43
    Enviado por: ireno de camargo

    comunico aos senhores que tenho um financiamento com o banco do brasil que está com 5 parcelas em atraso e infelismente o banco se recusa em me oferecer uma solução compativel com a minha condição financeira e gostaria se houver algum recurso legal de que os senhores pudessem me orientar.
    grato
    No aguardo de uma resposta o mais breve possivel

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/04/2009 - 10:45
    Enviado por: Nara

    Mantenho uma conta salário no Bradesco, e esse mes tive um desconto denominado de tarifa bancaria, cesta básica de serviços no valor de R$ 8,50, entrei em contato com o Banco e me disseram que foi engano, e que estariam efetuando o extorno, mas já faz uma semana e isso ainda não aconteceu, que fazer?

    Grata,
    Nara

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/05/2009 - 16:52
    Enviado por: Sérgio Luiz Lopes Cezário

    Gostaria de saber quando saiu essa decisão e o número do processo no STJ

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/09/2009 - 23:45
    Enviado por: Claudio Soares Louzano

    Vc vai bco sacar seu pagto do inss, e zero seu bco
    não deixou nem, um centavo para vc, nem ai com seus remedios, pois vc depende deles para sobreviver. Fazer oque !
    Antes disso fomos ao bco renegociar a divida que vivinha sendo paga, com dificuldade depois da doença que levou minha mãe, ainda deixou rastro ( despesas + despesas que não gosto nem um pouco de falar, pois me deixa muito triste.
    Meu tem Insquemia, e inpertenção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/11/2009 - 20:28
    Enviado por: JAIRO PACHECO

    Poxa Amigo peço sua ajuda, pois to na mesma situação, conforme explicarei abaixo:

    Ocorre, que foi celebrado entre mim e a reclamada (2) dois Contratos de Financiamento visando empréstimos consignado em folha de pagamento através das CÉDULAS DE CRÉDITOS BANCÁRIOS 7076695 e 765236 quando me encontrara com vínculo empregatício na Governadoria do Estado do Pará, tendo como vencimento líquido R$ 2.275,20 (dois mil duzentos e setenta e cinco reais e vinte centavos) que representavam 45,92% (quarenta e cinco e noventa e dois por cento) do meu salário, que inclusive já ultrapassava a minha margem consignável de 30% ( trinta por cento). O qual já se demonstrava uma prática abusiva por parte da Instituição Bancária. Mesmo assim, o Banco continuou a proceder com os descontos em minha Conta Corrente de Salário.

    No entanto, os 2 (dois) empréstimos foram feitos quando me encontrava em situação financeira condizente e quando estava na Governadoria do Estado, ocorre que no dia 03.08.2009 fui exonerado da Governadoria do Estado e Recontratado pela SUSIPE no dia 05.09.2009 em Regime de Contrato Temporário e com um Salário Líquido de aproximadamente de R$ 1.200,00 ( hum mil e duzentos reais), já com todas as vantagens, ou seja, com uma redução de 50% (cinqüenta por cento) á menor do salário anterior.

    No dia 03.11.2009 foi depositados na minha Conta Corrente os valores total de R$ 2.275,20 (dois mil duzentos e setenta e cinco reais e vinte centavos), que correspondia aos créditos de salários dos meses de setembro e outubro de 2009. Valores estes depositados pela Superintendência do Sistema Penal do Estado do Pará, o qual foi totalmente retidos pela Instituição Bancária por estar em atraso com 3 (três) parcelas do Empréstimo.

    Por diversas vezes procurei a Agência Bancária e não tive resposta, já protocolei um documento de confissão de dívida e até agora não foi me dado resposta, já protocolei duas propostas de descontos das parcelas até a quitação total do débito, dentro da minha margem salarial e possibilidades financeiras, também não tive resposta até agora.

    Conseqüentemente após a retenção dos valores venho sofrendo constrangimentos e humilhação em minha vida social e familiar, pois não tenho podido honrar meus compromissos por causa das retenções que a Instituição Bancária vem provocando em meus vencimentos.

    Já está bloqueado outros valores que comprometerão novamente meus vencimentos quando forem depositados em minha Conta Corrente, que conseqüentemente serão retidos pelo Banco me colocando em situação desesperadora, haja vista, que não possuo outra fonte de renda.
    Tal atitude foi arbitrária haja vista que ambos os itens 3.6 da Cédula de Crédito Bancário prever o seguinte: Em havendo redução da margem consignável que comprometa o pagamento das parcelas na forma, valores, prazos estabelecidos, independentemente do motivo e a qualquer tempo, fica o BANPARÁ autorizado a fazer a adequação do valor da parcela, de modo a reduzi-lo ao novo limite disponível para o desconto. Neste caso o BANPARÁ comunicará ao IMITENTE a quantidade de parcelas remanescente e o valor de cada nova parcela, incluindo os encargos respectivos, para enquadramento dentro do novo limite disponível, que serão considerados aceitos pelo IMITENTE caso não impugnados no prazo de 05 (cinco) dias após a comunicação.

    Então peço uma orientação.

    RESPOSTA DO BLOG: Aparentemente nada há de ilegal nas atitudes do banco, já que está descontando as parcelas do empréstimo. Entretanto, é possívrl renegoiciar e até mesmo sensibilizar a Justiça diante de suas dificuldades financeiras, mas precisará da ajuda de um advogado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/12/2009 - 21:12
    Enviado por: Jose Carlos

    Legislacao:Decreto Estadual nº 4.665, de 7 de junho de 2001.

    Normatiza as consignações em folha de pagamento dos servidores públicos civis e militares do Estado do Pará.

    Em seu art. 2º diz: As consignações em folha de pagamento, para efeito de desconto, não poderão exceder a 1/3 (um terço) da remuneração para os servidores civis e 30% (trinta por cento) para os militares, ressalvados os descontos para pagamento da contribuição providenciária e imposto de renda, bem como o disposto nas alíneas “b”, “c” e “d” do item 3 do art. 107 da Lei nº 4.491, de 28 de novembro 1973.

    Em seu artigo 4º paragrafo IX, emprestimos são classificados como consignações facultativas. Que não podem ultrapassar o descrito no inciso 1º do artigo 5º onde diz: § 1º A soma das consignações facultativas não excederá a 1/3 (um terço) da remuneração total percebida pelo servidor civil e 30% (trinta por cento) da remuneração total percebida pelo servidor militar.
    Incorrendo sim em ilegalidade de direito do banco.
    Entre com Mandado de Segurança no Ministerio Publico do Pará para resguardar seu direito e peça a devolução com juros e mora dos valores retidos indevidamente. O banco de vontade propria não fará nada por você meu caro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2010 - 08:46
    Enviado por: denise

    Ola sou correntista do banco do brasil a pouco tempo, conta salario, puxei meu extrato bancario neste inicio do mes de janeiro e vi que estava escrito assim: Debito autorizado no valor de 168,00 o que isso significa, foi retirado esse valor de minha conta? sera que clonarão meu cartão de debito por favor me ajude não entendi por veio isso como se fosse um desconto. obrigada aguardo resposta

    RESPOSTA DO BLOG: Qualquer resposta seria mero chute. Vá se informar diretamente com o gerente do banco.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2010 - 13:14
    Enviado por: Tomaz

    Amigos,

    Tive uma dificuldade financeira e não consegui liquidar as faturas do cartão. Quiz negociar mas a Administrado do cartão me disse que o mesmo não esatva em dívida. Pedi o cancelamento do cartão e pedi para não descontarem da minha conta corrente para poder atrasar e então prpor um acordo. Eles continuam a descontar o mímino da minha conta corrente. Como proceder?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma denúncia no Procon e force-os a negociar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/03/2010 - 13:46
    Enviado por: daiane

    por favor preciso de ajuda urgente, tenho uma conta corrente no santander e uma conta salario, so que na corrente tenho um emprestimo atrasado, entao me mandaram uma correspondencia me informando que neste mes de março sera descontado 30% do meu salario para pagamento do emprestimo pessoal.Isso pode acontecer deles mexer no dinheiro da conta salario??? aguardo uma resposta urgente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/08/2010 - 21:10
    Enviado por: MARCOS ANTONIO

    Fiz um acordo com a Cobex que trata de parcelamentos para quitar dívidas de correntistas do banco SANTADER, prontamente enviaram-me o boleto bancário em meu E-mail no último dia 29/07/2010; porém ao chegar ao banco no dia 30/072010 ás 10h; já estava descontado o vlr de 192.79 pr conta de recuperação de crédito, sendo que no mês anterior a esse foi descontado o vlr de 225,14. Liguei para superlinha, alegaram que era erro da Cobex e não deles um extorno no dia 30/07/2010, com data para reeembolso de três a cinco dias, o q não ocorreu. Agora alegam extravio de informações e que não tem previsão de reembolso, e o meu prejuízo continua, não consegui regularizar minha situação e continuam descontando valores aleatoriamente de minha conta.O que eu quer é justiça, sou pobre e pago aluguel e estou tentando me ajeitar, tenho os extratos e os boletos gerados pela empresa que negocia a dívida. O que eu faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/08/2010 - 18:41
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O melhor a fazer é entrar na Justiça e solicitar o ressarcimento e indenização por danos morais. Não consideramos correto o procedimento da empresa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/08/2010 - 08:18
    Enviado por: sergio siqueira antonio

    Houve debito em minha conta corrente a favor da tim telefone e nunca tive telefone da tim, o banco bradesco não tem o numero do telefone a qual a conta foi favorecido e nem a tim, estive no banco e o banco fal que a tim deve me reembolsar, estive na tim e eles falaram que ia entrar em contato em 24 hs e até agora ja se passaram 20 dias, ninguem se manifestou, fui a tim novamente e la vem a enrolação tudo de novo, na tim pegaram todos meus dados, xerox de documento, fizeram eu escrever que nunca tive telefone da tim e nada de resolver, antes de haver o desconto em minha conta , fui ao banco bradesco, com uma semana de antecedencia para cancelar o desconto, tirei o dinheiro da conta, deixei somente o dinheiro que é usado para pagar o tributo mensal, mas o banco pagou a tim do mesmo jeito e eu fiquei negativo, como recebo salario pelo banco, qdo caiu meu salario an conta houve a cobrança dos debito com juros e mora, um forte abraço!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/09/2010 - 13:13
    Enviado por: Marcia Mota

    Olha eu fiz um emprestimo no Banpará, banco do estado, e atrasei, ai agora eles querem que pra eu negociar a divida querem que eu refaça toda a documentação, ou seja querem que eu procure outro avalista ou o mesmo avalista só pra que eu PAGUE. isso é certo?..Porque eu só quero negociar a divida, inclusive ja fiz até um deposito de 700,00 na conta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/09/2010 - 21:45
    Enviado por: joao wellington

    É uma prática por demais comum por parte das instituições financeiras, o desconto em salários e outros rendimentos do correntista a fim de saldar eventuais dívidas contraídas junto ao banco, vem sendo maciçamente rechaçado pelos tribunais pátrios, inclusive pela Corte Superior, ainda que tal dedução esteja prevista contratualmente.
    Entre os diversos princípios que norteiam o ordenamento jurídico brasileiro, vem cada vez mais ganhando importância o princípio da dignidade da pessoa humana, que impõe a tutela dos cidadãos sob a ótica de sujeitos de direitos, como seres dotados de direitos e garantias fundamentais, sem as quais não há como se falar em vivência digna.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/10/2010 - 17:31
    Enviado por: Maura

    Eu e meu marido temos um financiamento da casa própria pela Caixa Econômica Federal, depositamos todo mês o valor antes do vencimento da prestação.Só que no mês de setembro houve uma cobrqança indevida de um seguro que ñ pedimos e com isso descontaram este valor do dinheiro da prestação da casa.Meu marido procurou o banco e eles informaram que foi um erro deles e que dentro de 48 horas o dinheiro seria estornado, só que eu e meu marido recebemos duas cartas informando que nossos nomes está no serasa e spc, porque o valor que ficou no banco era inferior ao da prestação.
    Gostaria muito de uma orientação, devo procurar o juizado de pequenas causas?
    Desde de já agradeço.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2010 - 16:37
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, mas seria melhor ter a ajuda de um advogado antes de tomar qualquer medida. Talvez seja melhor processar o banco e a construtora na Justiça comum.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/11/2010 - 22:15
    Enviado por: Michael

    Olá, eu tenho uma conta corrente no banco itau em que fiquei em débito a um tempo atras por especial, acontece que eu entrei em uma empresa que faz o pagamento pelo itau. Queria saber se eu abrir uma conta salario o banco póde tirar meu dinheiro sem minha autorização para saudar a divida da conta corrente? Ficarei grato pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/11/2010 - 22:42
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que nção pode, como já foi respondido várias vezes neste blog. Se o banco fizer isso, denuncie ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/11/2010 - 08:25
    Enviado por: Michael

    O gerente do banco itau está me ameaçando, ele diz que c fizer o depósito na conta salario o banco vai tirar 30% do meu salario para cobrir a divida da conta corrente. Se isso é ilegal, que medidas eu devo tomar? Ficarei grato pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2010 - 14:07
    Enviado por: Jackson

    Olá,fiz um emprestimo consignado no banco hsbc.Estou em atraso com as parcelas que eram lançadas em meu holerith.
    Me desliguei da empresa onde foi feito este emprestimo consignado agora estão debitando os valores da minha conta corrente é correto este procedimento?
    É uma acão totalmente arbritária pois não fui comunicado de nada , tão somente descontaram o valor.
    Que está escrito no extrato”desconto parcela consignado em atraso”
    É passivel de processo?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 16/11/2010 - 18:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em alguns casos isso é permitido, mas só lendo o contrato para saber. Em todo o caso, procure o Procon e faça uma denúncia para que o banco se explique de forma oficial.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/11/2010 - 11:27
    Enviado por: elciana soares

    olá,

    tenho uma conta corrente junto ao bb e estava com problemas com mesmo. regularizei a situação, prém ficaram umas tarifas q nao foram pagas referentes ao ano de 2007 e 2008. o bb me deu 600,00 de limte e descontou 510,00 sem a minha autorizaçao, para pagamento das taxas atrasadas. agora estou devendo 600,00 ao banco e nao tenho como quitar. fiz algumas leituras e percebi que o bb usou de ma fé e tem que devolver o dinheiro a minha conta. por favor me ajudem.

    obrigada, elciana

    responder este comentário denunciar abuso

    • 28/11/2010 - 20:50
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Lamento, não temos como ajudar. Você precisa procurar o Procon ou JUizado Especial Cível para resolver a questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/11/2010 - 14:17
    Enviado por: Cristiane

    Me encontro numa situação constragedora e difícil…
    Eu tenho um cheque especial com o Banco do Brasil de R$ 600,00 mas um empréstimo de R$ 179,00 por mês, hoje quando meu salário caiu na conta, verifiquei o banho tinha retirado os R$ 645,00 que eu estava devendo do cheque especial mais R$ 179,00 do empréstimo, fiquei enlouquecida ainda mais que o meu companheiro retornou no dia 01/11/2010 das férias, este mês contavamos somente com o meu salário. Dos R$ 1114,00 que recebi de proventos fiquei com apenas R$ 388,00, não sei o que faço pois tenho que pagar o aluguel, a prestação do carro que já está atrasado com mais de 30 dias, a babá dos meus filhos, aguá, luz, telefone, compras do mês, ainda mais com duas crianças uma de 1 ano e oito meses e outra de 4 anos e 9 meses….
    Sinceramente estou sem chão…
    O que posso fazer pra resolver essa situação??????

    Me ajudem por favor!!!!!!!!!!!!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/11/2010 - 19:24
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se a dívida é cheque especial, então qualquer dinheiro que cai na conta vai para abater a dívida. Em todo o banco é assim. Não há nada de errado na questão, assim como o débito automático da dívida. Que tal procurar o gerente e pedir maiores esclarecimentos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/12/2010 - 04:40
    Enviado por: leonardo

    olá
    fui militar da marinha por 2 anos,e fui dispensado,tinha um consignado e esta com parcelas em atraso onde ja procurei o banco para tentar negociar esse valor,onde nao me deram uma oportunidade de pagar esse valor, ja q queriam o pagamento a vista.
    minha duvida é,estou para receber o acerto de contas com a marinha,o banco pode se apoderar desse dinheiro para quitar as parcelas em atraso? existe algo q possa fazer para impedir?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/12/2010 - 14:32
    Enviado por: franc

    olá, minha situação é o seguinte fiz alguns empréstimo consignados logo quando tomei posse no serviço publico do estado de RO, nas financeiras bom sucesso e bmg e cdc no banco do brasil, crefisa, eles estão sendo descontados das seguintes formas:
    bom sucesso e bmg descontados diretamente da folha e banco do brasil e crefisa na conta corrente somando tudo está sendo descontado mas de 60% do meu salário o que devo fazer estou desesperado emprestei no momento dificil da minha vida preciso de uma resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/12/2010 - 16:49
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há irregularidades na questão, você pegou dinheiro e temd e pagar. Veja se consegue algum tipo de negociação por meio do sindicato de sua categoria.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/01/2011 - 19:32
    Enviado por: Andrea Lopes

    Por favor me ajudem, gostaria de saber se é devido um desconto alias 3 descontos efetuados ao mesmo tempo pelo Bradesco q consta a seguinte descrição: Tarifa Bancária Cesta Básica 9,90 e isto 3 vezes de uma vez. Esta conta é de minha filha q é menor e recebe a pensão alimenticia pelo INSS. esta conta era de poupança mas qdo ela começou a receber a pensão transformaram ela em conta corrente e poupança ao mesmo tempo. Como fiz um cancelamento de pgt em debito automatico pedi o estorno deste valor de 55,20 e foi ai q eles aproveitaram e descontaram estes 3 valores de 9,90 ao mesmo tempo. Qdo fui retirar só tinha 20,00 para minha frustação e odio. Este desconto é devido? Posso reinvindicar meus direitos? ou o banco esta certo? Desde já obrigado pela ajuda!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/01/2011 - 22:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, o desconto é devido, são cobranças relativas aos serviços que o banco oferecem. Procure saber o motivo de ter havido três descontos em tão curto espaço de tempo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/01/2011 - 15:25
    Enviado por: Andrea Lopes

    Ok muito obrigado pela resposta, mas o valor do qual eles descontaram foi de um estorno q solicitei de um debito automatico q eu havia cancelado, ate então este desconto nunca foram efetuados …me parece q aguardaram premeditadamente este pequeno valor ser estornado para q eles imediatamente descontassem…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/03/2011 - 23:43
    Enviado por: Adriano Amaral

    Olá.
    Eu tenho um problema com um emprestimo do mesmo banco que sou correntista.Por motivo financeiro e de saúde não consegui pagar todas as parcelas.Tentei contatar com o banco para um acordo mas este não me deu alternativa. Daí por diante desconta quase todo o meu sálario. Mais de 80%. Entrei nas pequenas causas para tentar resolver e a Juiza achou procedente os descontos, pois eu devo e tenho de pagar. Nem uma liminar para pararem de descontar estes abusos foi consedida. Pelo meu somatório já paguei mais de 200% da divida. E eles ainda continuam descontando. PEÇO UMA AJUDA, POIS ESTOU DESESPERADO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/03/2011 - 09:41
    Enviado por: mauricio serrano

    Ola,bom dia!Gostaria de,se possivel for,a resposta a uma pergunta que vem me incomodando muito nos ultimos meses!Tenho um consignado no Banco BMG,primeiro prometeram o valor contratado para 3 dias uteis,recebi no 30ºdia!Assinei 3 contratos,pois a cada um,era alterado o valor e ate hoje,nao recebi minha copia correspondente ao emprestimo!Quarto,ocorreu dois saques na minha conta do Banco Santander,referente ao consignado e mesmo apos os saques,recebi cartas de cobrança,onde meu nome seria incluso no spc e serasa!Agora vamos a pergunta,a finaceira BMG,pode fazer isso tudo que foi relatado?Pode realmente efetuar saques na minha conta bancaria,sendo a modalidade de emprestimo consignado e para saque direto em folha de pagamento?Agradeço desde ja a pessoa que tiver a resposta!Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/03/2011 - 17:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Muito confusa a mensagem. Aparentemente o banco não pode fazer os descontos dessa forma. Procure o Procon ou um advogado para questionar o banco.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 28/03/2011 - 10:05
    Enviado por: cassia alencar

    Bom dia! Bem meu esposo tinha um debito com o cartao visa do banco Real e tb disseram que ele tinha um pequeno debito em conta na epoco +- no valor de 30,00 o qual os dois contratos estavam no spc. Fizemos um acordo em 3x, pagamos a 1ª parcela e o nome foi retirado do spc, mas nao consseguimos pagar as outras 2 parcelas, a divida era +- de 2006 e fizemos o acordo em 2007, qdo foi em 2010 uma empresa comprou a divida do Banco Real e colocou o nome dele no spc novamente e ele nao foi comunicado dessa transação. Em julho de 2010 eles entraram em contato para liquidarmos o debito e meu esposo fez o pagmaneto de uma vez quitando o debito, entao disseram que ele nao mais nenhum debito com o Banco Real e o nome foi retirado do spc.Em 14/03/2011 o Banco Santander fez um desconto de RECUPERACAO DE CREDITO EM ATRASO na conta no valor de R$ 587,49 sem autorizacao e depois de tanto correr atras eles disseram que seria do cartao de credito visa. E agora? Eles podem fazer esse desconto em conta sem autorizacao e a outra empresa pode comprar divida de banco e colocar no spc o nome do cliente novamente? O que fazer num caso desse?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2011 - 14:00
    Enviado por: jeane de oliveira

    Olá preciso de uma luz, estou trabalhando em uma empresa nos 3 primeiros meses recebi meu salário em cheque,so q este mês a empresa nos entregou um cartão,pois a mesma havia aberto uma conta salário para todos os funcionários,quando liguei pra desbloquear meu cartão e sacar meu sálario,descobri q o banco responsável havia descontado 10% do meu salário por conta de um débito no cartão de crédito,Me considero lezada por este fato,ja q não fui comunicada deste desconto e q antes mesmo de desbloquear o cartão tal desconto ja havia sido debitado,considero este ato ilegal,preciso de uma ajuda a qual procedimento posso levar esse banco,para q essa cobrança indevida para!
    atenciosamente jeane!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/04/2011 - 16:09
    Enviado por: Thayana Whibbe

    Boa Tarde.

    Tenho uma Conta Corrente no Banco Real em Manaus e abri um conta corrente no Santander Rio de Janeiro para receber meu salário. Até ai tudo bem. Depois da unificação no mês de Março eles descontaram 90% do meu salário dizendo que é recuperação de crédito. Fui lá reclamei que não fui informada previamente e que esta dívida era referente a outra conta corrente e não esta. Ele me informaram que ia estornar dentro de 3 dias. 3 dias depois eles estornaram ainda me devendo 20%, fui no banco eles informaram que tinha direito de descontar isto.Falei para eles se podia negociar minha dívida com eles eles falaram que só por telefone,tentei contato por telefone e me informaram um negociação que está fora da minha realidade. Quando foi 15 dias depois efeturam outro desconto da minha conta corrente do Santander ,referente ao débito na conta do Real,sem aviso prévio. Fiquei sem dinheiro para pagar o aluguel e estou muiro triste pq quero resolver esta pendência mas nao me ajudam. Pedi pro banco para alterar de conta corrente para conta salário para que não haja esse desconto.Realmente finalizaram minha conta corrente,mas me informaram que iriam continuar debitando os emprestimos adquiridos de outra conta na minha conta salário. Como devo proceder? Uma vez que estou sozinha no Rio e sem dinheiro para pagar minha contas básicas,por causa do desconto do banco na conta na qual é diferente da conta que adquiria dívida e quero resolver mas eles me dão proposta de renegociação fora da minha realidade.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/04/2011 - 11:38
    Enviado por: Maristela

    Tenho dívidas em um banco que foi comprado por outro onde sou correntista em conta corrente salario, este tem feitos descontos em minha conta sem minha anuencia e consentimneto.qual o procedimento que devo tomar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/05/2011 - 21:47
    Enviado por: Arlete

    Olá Boa Noite, preciso de ajuda, pois estou devendo no Banco santander a mais de 2 anos, credito pessoal e cartões de crédito e acontece q o banco passou para a cobradora atlantico e estou recebendo telefonemas de cobrança e a mulher que me cobra faz perguntas que acaba com a minha moral eu tenho um carro e já faz tempo q está a venda e preciso dele para pagar minhas divida e quando disse a ela q este carro é um fusca ele zombou da minha cara dizendo q o fusca não daria para pagar nem a entrada de minha divida e começou a questionar e deixar minha moral lá em baixo me rebaixando enquanto pessoa e eu disse a ela q estava sendo sinica comigo que eu vou pagar mas primeiro tenho q me estabilizar estou com problemas de pressão e fiquei adoecida ao receber essas ligações de ofensas. o que devo fazer como devo proceder quem devo procurar qual orgão q poderá me ajudar obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/05/2011 - 22:53
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você até pode fazer uma queixa no Procon, mas será inútil, pois não há testemunhas. A empresa será comunicada da queixa e vai parar por aí.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 23/05/2011 - 23:21
    Enviado por: vanessa

    boa noite. no dia 14 de fevereiro procurei a agencia do banco real para quitar um emprestimo com desconto em folha no valor de 814 reais. acontece que naquele mesmo dia estava acontecendo a transição do banco real para o santander e a gerente não conseguiu me dar uma comprovação do pagamento do emprestimo.me dando somente uma impressão da tela que constava o valor da ultima liquidação no valor de 814. acontece que no dia 05 do mes de maio ao tentar efetuar o pagamento pelo caiza eletronico de minha boleta da faculdade estava saldo indisponivel e retirei o extrato que para a minha surpresa, estava o desconto do pagamento do emprestimo com desconto dem folha, os 814. procurei a gerente do banco, a mesma que havia feito a quitação no dia 14 de fevereiro, e esta me informou que não havia sido feito o desconto em minha conta, ocorrendo na presente data devido erro no sistema do banco. acontece que devido ao desconto tardio não consegui efetuar o pagamento da boleta da minha faculdade, e ainda veio uma tarifa de adiantamento ao depositante no valor de 49 reais, a mais alta conforme tabela de bancos,gostaria de saber se é correto o desconto feito tardiamente, pois na data que ele foi descontado nao havia mais o dinheiro em minha conta. gostaria de saber se há alguma lei que estipule prazo para efetuar o desconto e se e correto o pagamento de uma tarifa que foi ensejada por erro do banco. gostaria também de saber se posso entrar com uma ação e se posso pedir danos morais. se sim, por favor, peço fundamentação juridica para que eu mesma possa elaborar a peça, visto que sou estudante de direito e não consegui encontrar nehnuma lei sobre prazo e nenhuma jurisprudencia parecida com o que vivenciado por mim. obrigado pela ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/05/2011 - 12:35
    Enviado por: LUIZ PAULO

    Ola!
    eu era beneficiario do inss (pensao por morte), mas encerrou quando completei 21 anos ( em 2008 ) so que em 2007 fiz um emprestimo com a aprovação do inss em 36 meses, mas acabou o meu beneficio e meu nome foi negativado. com 02(dois) anos depois começaram a descontar diretamente em minha conta corrente sem minha autorização isso é legal!!
    obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/05/2011 - 19:33
    Enviado por: sueleni

    a caixa economica depositou um valor na conta do meu esposo ele foi la para devolver quando foi retirar o dinheiro o baanco ja mhavia retirado da conta sem comunicar ao meu esposo,que devemos faser nesta situaçao.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/06/2011 - 10:19
    Enviado por: GILVAN

    EU SOU BENEFICIARIO DO INSS SEMPRE RECEBI PELO BANCO REAL QUE HOJE E SANTANDER. NO ANO PASSADO ABRI UMA CONTA CORRENTE E MEU PAGAMENTO QUE ERA SAQUE SALARIO COMEÇOU A CAIR NA CONTA CORRENTE. ENFIM A UM MES FUI A PREVIDENCIA E RETIREI MEU PAGAMENTO DO INSS DO SANTANDER DEVIDOS A INUMERAS TAXAS COBRADAS. O INSS TRANSFERIU MEU PAGAMENTO PARA CAIXA ECONIMICA OU SEJA VOU RECEBER SAQUE SALARIO DE NOVO, SO QUE TENHO UM EMPRESTIMO NA CREFISA QUE DESCONTA DIRETO NA MINHA CONTA CORRENTE NO MESMO DIA QUE RECEBO SALARIO. PERGUNTO? A CREFISA TEM PODER PARA DESCONTAR ESTE EMPRESTIMO DA MINHA CONTA SALARIO DA CAIXA , SENDO QUE QUANDO FIZ ERA DESCONTADO DIRETO NA MINHA CONTA CORRENTE DO SANTANDER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/06/2011 - 20:09
    Enviado por: MARCIO

    VENDO A PERGUNTA DE UM OUTRO PARTICIPANTE,EU TAMBEM TENHO UM EMPRESTIMO NA CREFISA SO QUE FECHEI A MINHA CONTA E MUDEI MEU PAGAMENTO PARA OUTRO BANCO RECEBENDO DIRETO NA BOCA DO CAIXA ATE EU RECEBER O CARTAO MAGNETICO PARA EFETUAR SAQUES NOS BANCOS 24 HORAS.. A CREFISA RETEM O PAGAMENTO DA CONTA CORRENTE QUE EU RECEBIA POR ELA , COMO A CREFISA VAI RETIRAR DO MEU SAQUE SALARIO…????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/06/2011 - 09:32
    Enviado por: JULIO

    VENDO A PERGUNTA DE UM OUTRO PARTICIPANTE,EU TAMBEM TENHO UM EMPRESTIMO NA CREFISA SO QUE FECHEI A MINHA CONTA E MUDEI MEU PAGAMENTO PARA OUTRO BANCO RECEBENDO DIRETO NA BOCA DO CAIXA ATE EU RECEBER O CARTAO MAGNETICO PARA EFETUAR SAQUES NOS BANCOS 24 HORAS.. A CREFISA RETEM O PAGAMENTO DA CONTA CORRENTE QUE EU RECEBIA POR ELA , COMO A CREFISA VAI RETIRAR DO MEU SAQUE SALARIO…????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 12:37
    Enviado por: sandra saade

    Gostaria de saber o nome do advogado que ganhou essa causa .

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/06/2011 - 16:49
    Enviado por: tathiane

    fui abrir uma conta salario ai ele irfomaram q a minha conta de 10 anos atras ainda estava ativa e q eu podia usa-la q nao ia ser descontado nada, mas qd foi esta semana eles descontaram mais de 15 taxas de 19,99 referente a taxas de serviços do ano de 2010 fiquei sem o dinheiro q contava com ele, amanha eu vou ao banco eles podiam ter feito isso … me falarmq nao ia ser descontado nada e gora preciso desse dim oq ue fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/06/2011 - 13:04
    Enviado por: Alexandre

    Sou serv publ federal recem admitido (out 2010), e, em Janeiro de 2011, fui a uma agencia de emprestimos consignados em minha cidade. Nessa agencia optei por um emprestimo consignado através do banco fibra s/a. Na ocasião tinha urgencia para aprovação e concessao desse emprestimo e fui informado nessa agencia em que no maximo 1 semana o valor estaria disponivel. Passou-se 1 semana e ao entrar em contato com a agencia, informaram-me que, pelo fato de ser serv publico há menos de seis meses, a primeira parcela teria que ser descontada da folha e somente apos esse desconto o valor seria creditado a mim. Como tinha urgência, solicitei o cancelamento deste emprestimo, a agencia “fez” o cancelamento e rasgou o contrato que haviamos assinado naquele instante. Como ainda precisava do dinheiro nessa mesma agencia fechei um emprestimo atraves da BV financeira (apesar de ter o juro mais alto, o dinheiro estaria disponivel em alguns dias). Com o empprestimo da bv, tudo certo, o dinheiro caiu na data esperada, assim como o desconto em folha. Porém havia na folha o desconto ref ao emprest do bco fibra que havia sido cancelado, e simultaneamente o valor do emprestimo foi creditado na minha conta. Como não havia mais a necessidade do emprestimo do bco fibra, retornei a agencia solicitando mais uma vez o cancelamento deste emprestimo e uma maneira de devolver esse dinheiro. Fiquei com o dinheiro na conta aguardando para devolve-lo. Por varias vezes fui até a agencia de emprestimos para saber como poderia devolver esse dinheiro, e diziam que estavam aguardando resposta do banco fibra. E assim, foi-se mais um mes, o dinheiro ainda comigo e a segunda parcela descontada de minha folha. Extremamente irritado, fui até a agencia e insisti para resolverem logo, me deram o contato de um representante doo banco fibra. Falando com ele foi resolvido que eu devolveria o dinheiro ao banco e eles me ressarciriam as parcelas descontadas. Isso tudo ocorreu e achei que o problema havia acabado. Acontece que no mes seguinte, percebo um desconto direto em minha conta corrente no Banco Bradesco. No extrato esse desconto tinha a menção da empresa CIASPREV etc… Em contato com o Bradesco contestei esse descoto, e após uma semana o valor do desconto me foi devolvido. No Bradesco me informaram que esse desconto era referente a esse credito consignado do Banco Fibra e que a CIASPREV prestava serviços a esse banco (ou algo assim). Ocorre que fiquei uma semana sem meu dinheiro (o valor da parcela) que foi descontado de minha conta sem minha autorização. Gostaria de saber se cabe alguma providencia de minha parte com relação ao Banco FIBRA/CIASPREV pelo desconto da minha conta e também se cabe algo com relação ao Bradesco, pois repassaram dinheiro de minha conta, sem minha autoorização ao bco fibra/ciasprev sem existir ao menos um doccumento que comprovasse que existia esse emprestimo (afinal de contas o contrato havia sido rasgado). Basta algum banco chegar ao Bradesco e dizer que fulano de tal me deve, me repasse esse dinheiro, sem ao menos ter algum documento que comprove o consentimento do cliente?
    Desde já grato pela atenção;

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/07/2011 - 09:13
    Enviado por: Priscila

    Bom dia, entreina justiça para passar a receber auxílio doença, a cerca de um ano tive causa ganha e voltei a receber o beneficio, só que neste mês, no dia 21/06 recebi uma carta do INSS, solicitando nova perícia, pois este já estava cessado, só que no dia 16/06, antes de chegar a carta, meu extrato de beneficio que tiro todo mês no site da previdência já estava informando que eu receberia meu pagamento dia 04/07, quando fui ao banco para receber, me informaram que essa parcela estava bloqueada. Pode isso? É legal? Pois eu já tinha extrato para recebimento e bloquearam meu pagamento, se querem que eu faça nova perícia, COMO VOU LEVAR OS EXAMES QUE ME PEDEM SE BLOQUEARAM ME PAGAMENTO?Por favor me oriente, pois não sei o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 20/07/2011 - 14:59
    Enviado por: geraldo bernardino da silva

    meus prezados amigos que tiram nossas duvidas;fiz um emprestimo no banco bradesco só que eu tinha um salario de 2.300,00 fiz com parcelas de 519.65 (60)parcelas só que no final de 2008 perdi minha estabilidade para um novo prefeito ate hoje rola na justiça e nada, meu salario hoje é 566,00 e o banco continua descontando 519,65 ainda pago vale tansporte,inss,itaprev (um fundo municipal)por sorte tenho minha mãe que não me deixa passar fome.o que posso fazer para descontarem só os 30 por cento.me ajudem o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/07/2011 - 17:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Quase nada, em nossa opinião. O contrato de empréstimo foi firmado e o banco não está fazendo nada de errado. É possível contestar o desconto na JUstiça por meio de advogadp., embora achemos que as chances de sucesso sejam pequenas. Procure um advogado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/07/2011 - 17:08
    Enviado por: Branca

    Olá, meu marido é funcionário público e tinhamos um consignado com o BB, pagamos 6 parcelas e no dia 05/07 quitamos o empréstimo. A folha de pagto do meu marido fechou agora dia 20/07 e ainda contam os descontos do emprestimo que quitamos. Isso está nos prejudicando porque o limite dele para fazer outro empréstimo consignado está comprometido por conta desta cobrança indevida e falta de baixa no sistema do BB, como devemos proceder?
    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/07/2011 - 13:08
    Enviado por: Rita Barbosa

    Sou correntista do Banco Santander, devido á problemas financeiros o Banco vem descontando taxas duplicadas, e no mês passado debitou da minha conta um valor do cartão de crédito que tenho pago em atraso, ressalto que não tenho deixado de pagar, pago o minimo, mas pago, porém como havia dito no mês passado debitou um valor da minha conta e ainda me negativou no SPC SERASA, quero saber se isto é legal. aguardo resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/08/2011 - 17:47
    Enviado por: ALEXANDRE SILVEIRA

    Recebi uma indenização trabalhista no valor de R$ 130.454.15
    e Banco do Brasil descontou R$ 24.415,15(imposto de renda).
    Cabe ressaltar, que declaro como isento.
    Isso é legal ? Achei um absurdo.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 03/08/2011 - 18:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não podemos responder, essa não é uma questão de defesa do consumidor, é tributária. Consulte a Receita Federal.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/08/2011 - 17:05
    Enviado por: Rosangela

    03/08/2011
    sou aposentada ganho um salario minimo e esta sendo descontado 30 por cento de imprestimo consignado ,mais fiz um imprestimo na caixa em 2008 que não sei porque não ficou consignado ai eu tinha que deixar o dinheiro na conta paguei 20 parcelas e parei de pagar pois estava comprometendo 50 cinquenta por cento do meu salario e tenho um filho de 12 anos sobrevivemos com este salario agora a caixa bloqueou o meu salario esta certo bloquear o meu salario e pagar cinquenta por cento do meu salario com imprestimo aguardo retorno obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/08/2011 - 18:21
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Sim, está certo em nossa opinião, mas como essa não é uma questão de defesa do consumidor e não é nossa especialidade, procure um advogado especializado ou o Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/08/2011 - 16:42
    Enviado por: Keila

    TENHO UM FINANCIAMENTO NO BANCO DO BRASIL,COMO SOU FUNCIONÁRIA PUBLICA FIQUEI SEM RECEBER E AGORA NÃO RECEBI TODO O SÁLARIO ATRASADO E O BANCO DESCONTOU TODAS AS PARCELAS ATRASADAS FIQUEI SEM NADA NA CONTA.GOSTARIA DE SABER SE O BANCO PODE FAZER ISSO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/08/2011 - 11:01
    Enviado por: Elidiany

    O banco do brasil desconta indevidamente sem minha autorização, em meses intercalados, valores referentes a meu cartão de crédito do banco do brasil.Já fui 2 vezes a minha agencia para reclamar desses descontos pois prefiro pagar a fatura normalmente, mas dizem que não posso “proibir” o banco de fazer esses descontos,daí falei que ia ao PROCON fazer uma reclamação e a funcionária disse que “o banco e o Procon tem uma acordo de um não se meter nos assuntos do outro” e tudo ficou por isso mesmo. Fiquei indignada…
    Quais providências devo tomar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2011 - 11:30
    Enviado por: joyce borba maciel

    oi o banco itau pode mecher no dinheiro que a empresa depositou pra min na minha conta corrente mesmo eu devendo lins

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2011 - 13:35
    Enviado por: Jéssica

    o Banco do Brasil pegou todo o salário da minha avó, e isso não ocorreu só uma vez, foram duas. Vem no extrato que o dinheiro foi pego para recuperação de crédito, esse procedimento do banco está correto? e se não, qual providências devo tomar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2011 - 16:27
    Enviado por: josemara

    Olá fiz um emprestimo consignado , mas devido a débitos indevidos e 2 cheques devolvidos mesmo tendo fundos , perdi a confiança no banco , assim pedi o cancelamento do emprestimo no consignado e o exercito já enviou 2 ofícios solicitando ao banco o cancelamento do emprestimo, mas o banco nada responde , como devo agir?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/08/2011 - 20:30
    Enviado por: marcelo Oliveira

    Olá tenho uma conta corrente e tinha um dinheiro que nao era meu. Também não havia historico deste dinherio, então guardei este valor na conta poupança, agora quero saber vou ser gugado como apropriação indevia, lembrano que aculpa não foi minha.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/09/2011 - 22:17
    Enviado por: iracema teixeira da silva

    eutenho dividanobanco dantander foi manda embora nao tiver comopagar agora arrumei un emprego tiver que abrie outra conta no santander eu pedir conta salario ele fala que nao podia abriro outra conta corrente ele poder desconta nessa conta 30 porcento do meu pagamento se ele nao aceita o acordo que eu vou tenta faze quanto eu posso pagar se ele nao aceita ele poder desconta30 porcento me ajuder respondendo

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/09/2011 - 12:01
    Enviado por: Neuma

    eu fiz um emprestimo no banco do Brasil e e abriram uma conta corrente para mim eu nunca canselie e na pude pagar o emprestimo ,agora a empresa que tabalho ira abrir uma conta-salario o banco pode bloquear o meu salario,haverar algum problema?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/09/2011 - 22:55
    Enviado por: Marlene Silva

    Sou penseionista da Marinha , estou com uma conta furada no bradesco, visto que ele cancelou meu limite de credito por esta inadimplente com meu cartao de credito. so que recebo meu pagamento pelo bradesco , e a marinha nao quer fazer o deposito em uma conta poupança que tenho na caixa. o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2011 - 18:48
    Enviado por: luiz

    sou cliente do banco santander,tenho 2 contas cujo a primeira possui débitos e a segunda é conta sálario e não existe débitos,mas o banco vem fazendo descontos na conta sálario,alegando que é para pagar a divida da primeira conta,isso é legal?a divida da primeira conta já tentei entrar em negociação mas o que eles pedem esta acima do que eu posso pagar.
    agradeço a atençao de vcs,mas estou a ponto até de pedir a empresa que trabalho,para me mandar embora.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 10:27
    Enviado por: Cristiane Magalhaes

    Bom dia meu pai é aposentado e quando ele foi receber o dinheiro percebeu que estava faltando 200,00 reais, mas o caixa do banco lhe falou que o que ele estava recebendo seria o valor correto, mas meu pai foi ao INSS pegar um extrato do beneficio e realmente esta faltando dinheiro, ele procurou a gerencia e ele infomaram que estaria verificado o que aconteceu e pediu para meu pai esperar, mas até agora não deu retorno. Gostaria que me orientasse quais as providencia devo tomar e onde devo recorrer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 10:49
    Enviado por: douglas

    gostaria, se for posivil, eu tenho uma divida no cartão de credito, do banco Santande, eles pode descontar, da minha conto salario

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2011 - 20:44
    Enviado por: Elaine Cristine

    Boa Noite! sou correntista do Banco do Brasil a mais de cinco anos, minha conta se caracteriza salário. Sou servidora pública municipal e tenho empréstimos consignados junto ao banco. O ano passado fiz um refinaciamento de um deles, o qual o atendente me disse que eu pegaria uma diferença e continuaria pagar o mesmo valor do empréstimo anterior. um ano depois agora em setembro, vem o desconto de 4 parcelas do mesmo valor, mais taxa de limite descontados no meu salário. Procurei o banco para questionar o empréstimo e me foi dito que é referente ao empréstimo do ano passado. Questionei o desconto, porque só depois de um ano esse possível erro lançamento que me deixou quase sem dinheiro. O fato é que exigi o contrato do referido empréstimo, já que eu não recebi uma cópia, e o gerente simplesmente me disse que não sabia, que não estava no meu dossiê e pronto, me disse que eu tinha duas alternativas ou quitava ou deixava a diferença no banco. Meu impasse é que fiz um contrato consignado, não direto com o banco e eles não sabem ou não querem entrar num acordo e me explicar o problema. Corro o risco de novos descontos na minha conta inclusive de débito e cartão de crédito. Não sei mais o que fazer, quero pagar, mas quero provas de acordo com o contrato assinado e de forma consignada, como contratei.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 00:07
    Enviado por: carlos roberto dias roque

    Tenho um caso o banco descontou todos valor do seguro em conta corrente da segurada que tinha seguro com desconto em folha no INSS sem comunicar os herdeiros legal.pode o banco se apropriar do valor?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 13:58
    Enviado por: Helderlan Reis

    Boa tarde!

    Minha esposa possui uma conta corrente/poupança no Bradesco, cujo, seu salario é pela conta corrente.(Não é conta salario)
    Em alguns meses, o banco esta descontando taxas bancarias da poupança e corrente ao mesmo tempo. Sendo que ela transfere sempre valores para poupança achando que vai render e manter o valor. Enganada.
    è correto? Existe limite para movimentar a poupança?
    è correto o desconto da poupança e corrente?

    Agradeço a resposta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2011 - 00:23
    Enviado por: robison

    boa noite,gostaria de saber se é legal o banco consignado debitar da conta corrente no mes seguinte, parcela que não foi descontada do contra cheque no mes anterior por algum motivo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/11/2011 - 14:38
    Enviado por: Ailson Ferreira de Queiroz

    Boa tarde.

    No dia 14/10/2011, foi feito um empréstimo via CDC em minha conta do Banco do Brasil, no valor de R$ 6.090,00, sem o meu conhecimento,que fiquei sabendo somente após pegar um extrato, e com 02 trasferêcias progamadas de R$2.000,00, ficando R$ 2.090,00, que fiz o bloqueio antes de ser sacado. Neste intervalo, recebi uma ligação do Setor de Segurança do BB, relatanto uma movimentação em minha conta, orientando-me a procurar uma agência mais próxima e relatar o fato, o que fiz de imediato, abrindo uma ROI (Registro de Ocorrência de Ilícito) na Agência de Mesquita(RJ), já que minha agência de relacionamento fica em Xerém (Duque de Caxias/RJ). Ocorre que este mês já veio um desconto de R$554,93, sem que o banco me desse alguma resposta sobre a apuração do fato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 09:33
    Enviado por: EDER PAUL

    BOM DIA
    SOU SERVIDOR PUBLICO,POSSUIMOS OS DESCONTOS DE EMPRESTIMO CONSIGUINADO EM FOLHA.OCORRE QUE TAIS DESCONTOS CHEGAM A 50% E ESTA PREJUDICANDO MINHA VIDA FINANCEIRA E SOCIAL.CONSULTEI O SETOR DE RH E O MESMO INFORMOU QUE EXISTE DOCUMENTO ASSINADO POR MIM AUTORIZANDO TAL DESCONTO,ENTENDO QUE NA EPOCA PARA CONSEGUIR O EMPRESTIMO ASSINEI VARIOS PAPEIS QUE COSTUMAN NOS DAR EM BRANCO PARA ASSINAR E DEPOIS RECEBER O DINHEIRO EM CONTA,CASO NÃO ASSINE A TRANSAÇÃO NÃO OCORRE.POR CONTA DISTO ESTOU COM PROBLEMAS FINANCEIROS E NÃO SEI O QUE FAZER.
    AGUARDO ORIENTAÇÃO.
    EDER PAUL

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/11/2011 - 00:20
    Enviado por: Mabs73

    Bom Noite, me tire uma duvida por gentileza:
    Tenho Divida de emprestimo consignavel com a Financeira Santander, que me enviou uma carta informando que irão descontar as parcelas da minha Conta-Salario,de acordo com o contrato firmado, so que minha conta não e do Santander, mas sim do Banco do Brasil,eles podem fazer isso?
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: