Estado.com.br
Quarta-feira, 01 de Outubro de 2014
Advogado de defesa
Seções
Arquivos
Tamanho do Texto

Anúncio com preço ‘errado’. O que fazer?

Categoria: Assunto do dia

JOSUÉ RIOS – COLUNISTA DO JORNAL DA TARDE

Você sempre ouviu (e leu) a informação de órgãos de defesa do consumidor que sempre que uma loja que anuncia uma promoção deve cumpri-la fielmente. E é verdade: “anunciou, tem de cumprir”!, é a determinação literal do artigo 30 do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

É também o que os magos do juridiquês chamam de “princípio da vinculação,” ou seja, uma vez disparado o anúncio de um determinado preço, característica ou vantagem promocional do produto, o fornecedor fica vinculado (obrigado) a cumprir a promessa.

Só que há o detalhe – sempre ele: uma regra jurídica nunca deve produzir o absurdo ou algo que não seja minimamente razoável. Por exemplo, é um absurdo obrigar uma loja de carro a vender um veículo por R$ 5,00 quando o preço normal deste é R$ 50 mil somente porque o anúncio apresentou um erro gráfico.

Situação semelhante enfrentou a loja Fnac na semana passada quando, por um dito erro no sistema, anunciou por cerca de R$ 10 a venda de produtos (TVs de plasmas, TVs de LCD e laptops), cuja unidade custaria aproximadamente R$ 4 mil.

Tal diferença caracteriza o disparate acima referido e faz presumir erro crasso na oferta promocional, o que torna aceitável a recusa da empresa em cumpri-la ao pé da letra. Ou seja: a citada norma do CDC comporta exceção.

E isso fez com que órgãos de defesa do consumidor como o Procon e o Idec, acertadamente, se pronunciassem nessa sintonia, desobrigando a Fnac de vender os produtos pelo preço “errado”.

Há mais um detalhe – sempre ele: a forma como o assunto foi divulgado e o “bom-mocismo” dos citados órgãos consumeristas em seus pronunciamentos em apoio à recusa da Fnac – ainda que sejam opiniões corretas – passou a impressão de que consumidores agiram com “esperteza” ou até mesmo como aproveitadores.

E há quem fale até em má-fé daqueles que se apressaram em adquirir os produtos ofertados pela empresa.

É preciso cautela na avaliação. Primeiro, porque os próprios órgãos consumeristas, no salutar processo de educação dos consumidores, quando informam sobre o assunto, não ressaltam a “exceção” à regra no caso de anúncio com preço vil.

Em segundo lugar, os consumidores estão acostumados a nunca serem beneficiados com “exceções à regra” e, quando cometem “erros perdoáveis” – como fazer um pagamentozinho faltando centavos ou quando pagam a prestação com minutos de atraso –, nunca são poupados de pesados encargos moratórios, como juros, multas, honorários ou o simples corte no serviço e não recebimento da mercadoria.

E, principalmente, a grande ênfase dada na atitude “aproveitadora” dos consumidores, sem ponderações, pode gerar nestes a insegurança a respeito de saber se ainda podem exigir o cumprimento da oferta do fornecedor quando este anuncia preços “errados”.

E sobre isso é bom saber que os diversos tribunais do País estão repletos de decisões obrigando fornecedores a venderem produtos anunciados por preços bem abaixo dos normais.

Exemplo disso foi a decisão do ano passado, proferida pelos juízes da 3ª Turma do Colégio Recursal do Juizado Cível Central, que condenou uma loja a vender um computador pelo preço anunciado de R$ 822, quando o preço normal era R$ 2.500 (recurso 4.877).

E são muitas as decisões que apresentam tal diferença entre o preço do anúncio “errado” e o preço normal. Embora todos os juízes também sejam contra a obrigação de as empresas cumprirem anúncios com preços gritantemente baixos.

Mas que fique claro: a regra é obrigar a empresa a cumprir o anúncio, mesmo “errado” – e desobrigá-la disso é a exceção.

Posts Relacionados

  • No Related Post

Tópicos Relacionados

333 Comentários Comente também
  • 17/07/2009 - 08:26
    Enviado por: José

    Muito boa a explicação.
    Ontem comprei vários produtos e entre eles estava um vaso sanitário com o preço de 225,00 , mas quando fui receber a entrega dos materiais tive a surpresa de não recebê-lo, pois me foi dito que o preço estava errado( que na verdade era de 380,00). Agora são 7:20 da manhã e estou indo à loja ,mas ainda não decidi se vou querer “brigar” pelo que é certo e pegar meu produto ou se pedirei meu dinheiro de volta.
    Já trabalhei na delegacia de defesa do cosumidor e sei de meus direitos.Só não decidi o que vou fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/08/2009 - 13:12
    Enviado por: Cleonice de Oliveira Lima

    Boa Tarde !

    participei da promoção ao ligar na gazeta e ganhar ingressos para o show do exalta samba, a telefonista atendeu e disse que ainda não estava valendo mas o locutor Persio falou agora é hora de ganhar eu falei pra telefonista e ela tb ouviu mas disse que foi erro …mas eu não tenho nada com isso e gostaria de ganhar o meu premio ela informou que ainda não tinha mas sugeri que colocasse o meu nome da lista e aguardar um retorno estou aguardando o meu premio tva na linha consegui ligar agora eu quero.
    Quem podera me responder para que eu pare de ficar indignada….

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2011 - 20:42
      Enviado por: alexandre

      pare de se malandra e vai trabalhar!
      acha que todo mundo é trouxa e só vc a esperta
      por isso o mundo tem tanto crime e violencia,por causa de ignorantes como vc

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/09/2009 - 20:30
    Enviado por: Carlos

    Procurando uma casa em uma certa imobiliária, encontrei uma de 86,68 mª e terreno 202,6 mª, com acabamento, pronta para morar, pelo altíssimo preço de R$ 90,00 e ainda aceitava financiamento.
    Acho que vou lá comprar… se não tenho a ganhar, não tenho nada a perder!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2009 - 12:18
    Enviado por: Elaine

    Gostaria de saber quando o preço está no lugar errado no comércio com referencias diferentes devo pagar o valor do produto ou da gondola?

    RESPOSTA DO BLOG: O preço do produto. Exigir o preço da gôndola, mesmo que o produto esteja em local errado, é mero oportunismo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2009 - 10:01
    Enviado por: Anderson Abdalla

    Prezados,
    Ontem de manhã, vasculhando alguns sites de informática… entrei no http://www.yesline.com.br/ e me deparei com uma super promoção um notebook hp DV6 por R$ 215,00 já com o frete incluso. Achei estranho, mas arrisquei a compra assim mesmo, já que os mesmos possuem loja física em Ribeirão Preto. Bom realizei o pedido, efetuei o pagamento, foi gerado um comprovante do pedido pelo site, recebi um e-mail de comprovação do pedido e recebeimento do pagamento e que meu produto seria enviado em breve. Minutos depois recebi um e-mail da administração da loja dizendo que cancelaram o pedido, já que o preço do site estava errado, o preço correto seria R$ 2.150,00.
    Gostaria de saber quais são os meus direitos? Já que não foi somente um anuncio, realizaram a venda, tenho os comprovantes de realização do pedido e recebimento do pagamento.

    RESPOSTA DO BLOG: Neste caso não há o que reclamar, embora tenha havido um erro. A Justiça aceita reclamações e dá ganho de causa ao consumidor quando a discrepância entre o preço real e o anúncio não avilta o negócio. Quando uma propaganda anuncia TV de 42 polegadas por R$ 10, é óbvio que houve erro. Forçar a venda por esse preço é uma medida aviltante. É o mesmo caso da sua compra. É evidente que o computador não custa R$ 215,00. Em nosso entendimento, não cabe reclamação neste caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/10/2009 - 17:27
    Enviado por: Angela Veloso

    Olá.Gostaria que tirassem uma dúvida,tenho um bazar e como os preços nas mercadorias são etiquetas adesivas,acontece de aparecerem no caixa com o preço trocado,quando vamos conferir na prateleira só está errado justamente aquela que o cliente levou até o caixa.Como resolver esta questão tenho que vender pelo preço que está,ou posso argumentar que somente aquela está com o preço errado?

    RESPOSTA DO BLOG: Na teoria, teria de vender pelo preço da etiqueta, mas se você tiver como provar que houve a troca, deve vender pelo preço normal. Mesmo que você seja acionada no Procon, arrumando uma testemunha que afirme que todos os outros produtos têm o preço certo, é difícil perder essa causa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/10/2009 - 15:05
    Enviado por: vanessa

    Bom, estava vendo no site ZURA algumas tvs 42 polegadas quando me deparo com o anuncio de uma tv 42 polegadas por 899,00, tentei entrar na loja e fazer o pedido e o valor no carrinho era de 2,600 reais, tentei por várias vezes fazer a compra por tel e sendo impedida pelos atendentes, inclusive, sendo mal tratada, o que fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2009 - 16:29
    Enviado por: rodrigo

    ao folhar um catalogo de vinhos me vejo com a oferta de um vinho, nada fora do nornal, R$ 43 e ao lado desse um outro de 46, liguei querendo comprar o de 46, quando me disseram que o preco estava errado no catalogo, o vinho seria 96. nesse caso gosaria de saber como proceder….
    grato

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/10/2011 - 00:00
      Enviado por: Felipe

      O que um vendedor menos deseja é um escândalo público… filme com seu celular, e mostre a truculência…uma postagem no Youtube acaba para sempre com a moral da loja(se esta tiver alguma…mas não publique sem antes tentar um acordo “por bem”). E mais, Procon não resolve NADA. É perda de tempo (na minha opinião).

      O melhor é, com calma, ir, bem documentado nas pequenas causas.

      Ameace e mostre com maquiavelismo cínico que eles ficam na vantagem fazendo acordo antes…eles farão o preço anunciado porque só de advogado dá uns 1000 para rebater…e vão perder.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/10/2009 - 12:21
    Enviado por: fenando lopes

    recebi um email das americanas com ofertas de brinquedo um saldao de dias das crianças comprei uma scooter primeiros passos por 12,99 paguei agora a empresa me manda um email dizendo que eles erraram e que se eu quizer o valor e 129,00 eu tenho algum direito obrigado

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/11/2009 - 19:10
    Enviado por: Francisco

    Entrei no site do terra e tinha um banner com promoção de um notebook de R$1890,00 por R$1090,00. Venho procurando um notebook por uns 2 dias e achei alguns interessantes. Ao clicar no link foi pro site Extra com o valor de R$1890 por R$1490. Não fiz a compra. Pelo telefone a atendente me informou que era um erro no site Terra e que o Extra não ia vender e que eu procurasse meus direitos. Qual seria a sua orientação?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2009 - 17:05
    Enviado por: sandra lucia

    Olá, boa tarde!
    um produto do encarte do Supermercado Extra estava R$ 0,75 e quando fui comprar o funcionário do Caixa disse que estava errado o valor do produto no encarte e não vendeu.
    Gostaria de saber como proceder nesses casos?
    temos que obrigar o cumprimento do valor errado mesmo?
    o valor certo era R$2,50

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/11/2009 - 14:44
    Enviado por: Rodrigo

    Entrei em um site de veiculos e vi um veiculo por R$30.990,00. Liguei para a loja e o preço é R$47.990,00. Se eu for na loja eles tem que me vender pelo preço do site?

    RESPOSTA DO BLOG: Sim, desde que o valor oferecido na propaganda não for aviltante ou fragrante erro (carro por R$ 10,00, por exemplo). Neste caso, entretando, como se trata de um bem de valor alto e uma diferença igualmente alta, a coisa certamente irá parar na Justiça se houver a reivindicação.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2009 - 19:46
    Enviado por: cristiano

    Fui com minha namorada em uma loja de instrumentos musicais em são paulo/sp e me deparei com um amplificador de guitarra pelo preço de R$ 2.250,00.
    Mas ao tentar comprar o produto, o vendedor verificou a etiqueta e disse que não poderia me vender pelo preço que constava nela porque o mesmo estava errado, e ao verificá-la ela indicava outro modelo.
    Então ele me informou que e preço correto seria de 4.679,00. Que atitude posso tomar agora? Eles são obrigados a me vender pelo preço que eles querem ou o preço da etiqueta deve prevalecer?

    RESPOSTA DO BLOG: Teoricamente sim, se você tiver como provar a oferta. Mas isso será alvo de queestionamento judicial pela loja, com certeza, que vai alegar que houve erro e que o valor na etiqueta é aviltante, podendo gerar prejuízo grande para a loja.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2011 - 20:45
      Enviado por: alexandre

      cristiano acorda pra vida!
      os caras erraram e vc quer se aproveitar?
      vai trabalhar e nao passa vergonha na frente da sua namorada!
      VERGONHA ALHEIA POR VC

      responder este comentário denunciar abuso
    • 17/09/2011 - 15:36
      Enviado por: jorge

      Sulivan, vc pode entrar com uma reclamação no PROCON sim e a loja terá que vender pelo preço que está no anúncio, tudo em conformidade com o artigo 30 da Lei 8.078/90, bem como com o artigo 2º inciso I, II, V do Decreto Lei 5.903/06.
      Faça valer os seus direitos.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/11/2009 - 08:11
    Enviado por: RODOLFO PINTO VIEIRA

    comprei pela internet um bote que estava anunciado p/preço de R$53,50,recebi o boleto
    bancario e um email de confirmação da venda.
    fiz o pgt do boleto. Mais tarde, me enviaram outro
    email informando que a venda fora negada, pois houve um erro no site e o mesmo já estava corregido pelo valor de R$53.500,00.
    o que fazer neste caso….

    RESPOSTA DO BLOG: Neste caso nada, a não ser pedir o dinheiro de volta. A lei diz que, em caso de erro grosseiro, que mostre um disparate de preço entre os produtos, não é caso de indenização nem de cumprimento da oferta.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/11/2009 - 20:44
    Enviado por: Ines

    O Jornal q fiz o anúncio publicou errado minha oferta (tamanho do imóvel e valor). Como devo proceder nesse caso?

    RESPOSTA DO BLOG: Peça a republicação do anúncio com as informações corretas sem custos. Se isso não ocorrer, reclame com o Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/11/2009 - 16:40
    Enviado por: Emerson Santiago

    Boa tarde.
    Gostaria de tirar uma dúvida, estava olhando uma revista da Fnac e verifiquei um erro, um Ipode de 32 GB com as seguintes especificações. valor a vista 1270,00 ou 10×127,00 e o mais curioso total a prazo 621,00 , poderia eu comprar este produto pelo preçõ de 621,00 ou não..?

    RESPOSTA DO BLOG: Não, pois fica claro que se trata de um erro, com a divulgação de um preço que claramente não condiz com o produto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/12/2009 - 10:22
    Enviado por: Max

    Comprei um celular Iphone que no anuncio estava R$300,00 e depois a vendedora veio falar que custava R$1.000,00! Vou entrar em juízo pedindo o produto!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2009 - 00:29
    Enviado por: Kleber

    Olá, o porteiro do meu prédio me entregou hoje, Domingo, uma revista de um grande varejista de eletro-eletrônicos com várias ofertas e propagandas. Havia um anuncio de um Home Theather com Blu-ray a R$ 880,94, fantástico. Como não tinha noção do equipamento fui ver na internet e descobri que o sistema tinha preço sugerido de R$ 3.999,00. Fui até a loja pra conhecer o aparelho e me disseram que não tinha, estava em falta, inclusive o que estava em exposição tinha placa de “vendido”. Fui em outra loja e me disseram o mesmo. Esta rede não deveria me garantir um produto ao valor da propaganda?

    RESPOSTA DO BLOG: Claro que não. Se acabou o produto, acabou. Nenhuma loja é obrigada a garantir qualquer produto a quem quer que seja.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/12/2009 - 13:35
    Enviado por: Leandro

    Boa tarde!
    No site da submarino ontem uma TV de LCD 42″ estava pelo preço de R$ 1700,00, quando clicava pra comprar aparecia uma de 32″. Liguei para o tele-vendas e a atendente me deu um protocolo e disse pra eu esperar o site entrar em contato em 5 dias uteis, enviei ate uma tela com a “promoção” para o site.
    Tenho direito de comprar a TV 42″ pelo preço de 1.700,00?

    RESPOSTA DO BLOG: Não.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/12/2009 - 15:06
    Enviado por: Wilson

    Boa tarde!
    No site da Fnac na data de hoje esta sendo ofertado o produto Xbox 360 kit oficial III + HD 60 + 2 jogos pelo preço de R$ 999,00, quando clico pra comprar aparece outro produto. Entrei em contato com o tele-vendas e não consegui efetuar a compra, atendente anotou meus dados e que falaria com o departamento responasavel e em 48 horas me retornarão. Tenho direito de comprar pelo produto ofertado no preço anaunciado? Site fnac, clicar no icone games e visualizar o banner com a oferta. Obrigado, Wilson.

    RESPOSTA DO BLOG: Para nós trata-se apenas de um erro, não é o caso de a empresa ter de honrar a suposta oferta, até porque os preços são muito discrepantes – mais de 50% de diferença. Em todo o caso, faça uma denúncia no Procon para tentar validar a oferta. Achamos que será muito difícil isso acontecer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/12/2009 - 17:02
    Enviado por: Artur Correia

    Abrindo o site da Fnac, me deparo com um anúncio em Java mostrando o aparelho Xbox 360 Kit Nacional (texto, foto e descrições condizentes) por R$ 999,00. Ao clicar, porém, sou redirecionado à página de um produto totalmente diferente, um aparelho Nintendo Wii ao mesmo preço. Buscando pelo aparelho Xbox 360, encontro o mesmo pelo valor de R$ 1.499,00.

    Considerando que o preço de R$ 999,00 não é absurdamente baixo para um aparelho de video game moderno, quais são os meus direitos? Tentei entrar em contato com o SAC do site, que limitou-se a responder coisas do tipo:

    ” – Estou sem sistema, não posso verificar. Também não consigo acessar o site pois o mesmo se encontra fora do ar” ( sendo que eu conseguia
    )
    ” – Pode ter havido um erro. Não se preocupe, senhor, em breve corrigiremos o anúncio para o valor correto.”

    O que devo fazer? Me sinto enganado pois realmente acreditei no anúncio do site. Se fosse um preço absurdo, como R$ 99,00 , meu bom senso me impediria de qualquer ação de tirar proveito da situação.

    Obrigado,
    Artur

    RESPOSTA DO BLOG: Para nós trata-se apenas de um erro, não é o caso de a empresa ter de honrar a suposta oferta, até porque os preços são muito discrepantes – mais de 50% de diferença. Em todo o caso, faça uma denúncia no Procon para tentar validar a oferta. Achamos que será muito difícil isso acontecer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2009 - 00:51
    Enviado por: Anna C Costa

    Em uma loja virtual há um Netbook por RS390,00
    Realmente está abaixo do valor de mercado que é entorno de R$800,00. Mas nada alarmante, como R$10,00. Tendo em vista que sai esse valor mesmo no exterior.
    Realizei a compra, efetuei o pagamento. A empresa tem que honrar a compra com o valor ofertado?
    Não me pareceu erro de digitacão.
    A loja possui endereço físico em outro estado e é de confiança, utilizando ainda como meio de venda o site de leilões, com o preço acima do ofertado em seu site.
    Desde já grata.

    RESPOSTA DO BLOG: Teoricamente sim, mas se a loja se recusar, veja bem se vale a pena encarar uma briga judicial para que a oferta seja cumprida.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/12/2009 - 23:49
    Enviado por: Lucio Athos

    Boa noite,
    Gostaria de saber se ao comprar o produto que esta na seção ,com a mesma descrição ex:
    pomada marca A R$1,00 pomada marca B R$5,00
    só que a pomada b esta no local da pomada A ,como proceder ?devo exigir o preço da A ou da B?

    Obrigado …Lucio Athos

    RESPOSTA DO BLOG: Neste caso, a reivindicação é indevida. O deslocamento de um produto de lugar pode ser obra de um consumidor distraído, e o estabelecimento não pode ser penalizado por isso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/12/2009 - 13:26
    Enviado por: EDSON LUÍS

    No dia 17 de dezembro de 2009, consegui devolver um MP4 de 2 Giga porquê o da outra loja era melhor e o preço estava acessível para mim, porém devido à disposição e forma que estava a placa promocional deu a entender que o MP4 da promoção era o que estava exposto (de 2 giga), más o que estavam vendendo era o de 1 giga, então devido ao incomodo que me causaram exigi que fizessem o preço do de 2 giga conforme a placa exposta e pedi para corrigi-la.
    Agora fiquei com dúvidas, se exigi meus direitos ou fui arbitrário. Por favor, sane esta dúvida

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/12/2009 - 17:45
    Enviado por: Marcio Afonso Martins

    Ola, encontrei um produto no site de uma empresa e inclui no carrinho para compra, ao falar com um atende que me disse que havia divergencia de precos entre o que estava na minha tela a dois dias e o que esta apresentando para ela, me pediu para que aguardasse, logo após alguns minutos me solicitou que atualizasse a minha pagina de internet após fazer o procedimento, o valor do produto subiu consideravelmente, ha alguma coisa que posso fazer nesse caso?
    Obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Se tiver cópia da oferta original, faça uma denúncia no Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/12/2009 - 23:00
    Enviado por: leonardo castro

    Ola, meu caso é o seguinte:
    Fiz uma compra no dia 07/11/2009,site das americanas.com,no dia estava anunciado a venda de uma TV,LCD de 42′fuul hd pelo valor de 2.399,00,sendo que se o cliente que tivesse o cartão das americanas ITAU CARD,sairia a TV por 1699,00,sendo assim comprei 03 TV’S.
    Ate ai tudo bem a compra foi autorizada pelo cartão no dia seguinte,no mesmo dia eles me passarão o dia que iria ser entregue a TV.ate ai TUDO BEM.
    Passarão 20 dias da compra resolvi ligar para o atendimento via telefone do site,falei que queria saber como estava o status de entrega das minhas tv’S,A ATENDENTE falou que estava no prazo de entrega ainda,que eu não me preocupasse por que as tv’s
    Iriam chegar no prazo previsto por eles.(tudo bem)
    Dai então chegou dia 07/12/2009,liguei de novo para saber das TV’S,já faziam 1 mês que tinha comprado e já tinha também pagado a 1 parcela do cartão,que parcelei em 12x.me disserrao desta vez que a transportadora não achou meu endereço para entrega das tv’s(MENTIRA NAO ERA A PRIMEIRA VEZ QUE COMPREI NO SITE,SOU CLIENTE DESDE DE 2007 E SEMPRE COMPREI PELAS AMERICANAS E SEMPRE ME ENTREGARAO O PRODUTO).falarão então que as tv’s estavam voltando para o deposito para ser reenviadas de novo para mim.(então esperei) dia 10/12/2009,mandei um e-mail reclamando da demora na entrega,eles me responderam o e-mail dizendo que aguardasse que logo eles iria manda.
    Pois bem dia 17/11/2009 mandei outro e-mail reclamando da demora, novamente eles se propuseram a dizer que aguardasse a transportadora,
    Resumindo hoje dia 22/11/2209 depois de 45 dias que comprei o produto liguei para a central de relacionamento ia atendente me falou que AS AMERICANAS NAO IRIAM MAS MANDAR AS TV’S POR O VALOR ANUNCIADO ESTAVA POSTADO ERRADO NO SITE. Kkkkkkkkkkkkkkk
    Isso é brincadeira, depois de 45 dias eles me enganandop dizendo um monte de mentira,depôs de varias ligações minha e e-imal’s

    Tava anunciando errado?

    Não quero saber…quero as tv’s de qualquer jeito,tenho direito,cheguei a vender todas minhas tv’s de casa esperando essas.

    O que devo fazer agora? Será q tenho direito algum?

    RESPOSTA DO BLOG: Vá ao Procon e à JUstiça exigir que as TVs sejam vendidas pelo preço anunciado, mas você terá de provar que as ofertas iniciais existiram.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/12/2009 - 16:44
    Enviado por: Juliana

    Boa tarde. Estava procurando um produto no site da Casa e Vídeo, e o encontrei por R$4,99(uma sanduicheira),porém, o produto estava esgotado no site. Devo ir até alguma loja da rede para saber do produto!??!
    Grata

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/12/2009 - 16:09
    Enviado por: Stella

    Boa tarde,
    hoje li num jornal um anuncio de uma imobiliaria de venda de imovel por R$260.000, como o nome do edificio, metragem, pagto. super facilitado. Venha conhecer. Sei que o valor do imovel e bem mais que isso, mais de 1 millao.
    No anuncio nao fala nada de que esse e o preço da entrada nem nada.
    Tenho direito a comprar o imovel pelo preço anunciado?
    Muito grata

    RESPOSTA DO BLOG: Primeiro confirme a oferta, faça uma proposta. Se houver recusa, veja se o caso de ir à Justiça. Como se trata de um imóvel, a coisa não é taõ simples. Se houver erro, o prejuízo para o vendedor pode ser irreparável. Neste caso, você não tem direito, a Justiça irá dar razão ao vendedor.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/01/2010 - 23:38
    Enviado por: Elienildo

    Encontrei um aparelho de home theater no site da Ibyte em Fortaleza por R$ 89,00 e fui em uma loja de shopping comprar, me disseram que o produto só tinha na matriz, no outro dia liguei e confirmei se realmente tinha o produto, após confimação fui a loja, um vendedor abriu o sistema e disse não encontar o produto, foi quando outro vendedor veio, encontrou mas disse que o valor do produto estava errado era R$ 289,00, os dois sairam e conversaram e depois me disseram que havia esgotado o estoque, perguntei o que estava acontecendo e não me disseram nada, foi quando perguntei se eles não estavam querendo vender pelo preço de encarte e eles não falaram nada, sai da loja realmente chateado, pois se houve um erro era simples ter dito, só que o preço de R$ 89,00 continua no site, o que devo fazer?

    RESPOSTA DO BLOG: Tire uma cópia da página do site e vá ao Procon exigir que a oferta seja honrada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/01/2010 - 14:50
    Enviado por: Cibele

    Ontem comprei em um site 3 mochilas de carrinho,para minhas filhas estava com preço $12,80 cada uma,no inicio desconfiei,mas abri a página várias vezes,e o preço continuara o mesmo.Como já havia comprado nesse site outra vez resolvi comprar,passei o cartão.Foi aprovada e finalizada a venda,onde dizia que tinham todos os produtos,ok aguardando a entrega.Quando foi hoje um funcionário da empresa me ligou me informando que as mochilas estavam com preço de outro produto aliás errado,e que não tinham as mochilas,gostaria de saber quais são meus direitos,pois a compra já foi efetuada e aprovada,eles tem que fazer a mochila no preço anunciado sim ou não?Por favor aguardo respostas.

    RESPOSTA DO BLOG: Neste caso não, porque me parece claro que os preços estavam errados. É de domínio público que mochilas não custam R$ 12,80. Dificilmente algum juiz acataria a sua reclamação, já que a distância entre o preço real e o preço errado é muito grande. Você pode até tentar reclamar no Procon, mas creio que não dará certo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/01/2010 - 17:46
    Enviado por: Jeanne

    Fui a uma loja e olhei dois televisores de LCD da Phillips de 32″, uma custava 1399,00 e a outra 1499,00 perguntei para a vendedora qual era a diferença das duas ela disse: a de 1499,00 tem Full HD e a de 1399,00 não tem, mais tarde meu pai foi na loja para comprar o tlevisor a vista e um outro func. vendeu um televisor com Full HD da Phillips por 1599,00, sendo que a outra vendedora tinha dito que o com Full HD era 1499,00.
    Qual o meu direito? Posso reclamar para fazer o televisor por 1499,00 e não 1599,00 como a outra vendedora havia dito.
    Obs: o televisor q ela disse q tinha Full HD por 1499,00 não tinha. E ai posso querer o televisor q meu pai comprou c Full HD de 1599,00 por 1499,00 como havia dito a outra vendedora?
    Obrigada. Aguardo respostas.

    RESPOSTA DO BLOG: Muito esforço por pouca coisa. Dificilmente você e seu pai conseguirão provar a oferta inicial, ou seja, ficará a a palavra de vocês contra a dos vendedores. Só seria possível exigir o preço inicial ou processar a loja com provas materiais – panfletos, cartazes, cópias de de páginas de sites – com a oferta. Mesmo que vocês tenham testemunhas, ainda assim um processo seria penoso e quase impossível de ser ganho.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/01/2010 - 15:32
    Enviado por: neucleber

    Boa tarde…comprei uma tv de plasma 42..valor 260 reais ela custa 2600 e a loja nao quer me entregar a mercadoria sera que eu tenho direito de receber a mercadoria?diz a gerente que foi um erro de sistema da loja?oque eu posso fazer …..

    RESPOSTA DO BLOG: A loja está certa. Está claro que os preços estavam errados. É de domínio público que TVs de LCD não custam R$ 260. Dificilmente algum juiz acataria a sua reclamação, já que a distância entre o preço real e o preço errado é muito grande. Você pode até tentar reclamar no Procon, mas creio que não dará certo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2010 - 00:10
    Enviado por: ROSANGELA

    FUI AO SUPERMERCADO COMPRAR UM MINI ASPIRADOR,MÁS NÃO ENCONTREI O PREÇO,ENTÃO CHAMEI O GERENTE E PEDI Q LIBERASSE PELO PREÇO MAIS PRÓXIMO QUE TINHA .O ASPIRADOR CUSTAVA 70 E OS PREÇOS MAIS PRÓXIMOS ERAM,12,10.E42,PORÉM ELE ME DISSE Q NÃO IRIA LIBERAR POR NENHUM DOS PREÇOS E Q SE EU QUISÉSSE Q PROCURASSE MEUS DIREITOS.O QUE DEVO FAZER

    RESPOTA DO BLOG: Nada. Sua iniciativa não tem cabimento nesse caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/01/2010 - 18:00
    Enviado por: janaina custodio

    boa tarde hoje fui ate uma loja da vivo para comprar um celular, escolhi um aparelho na etiqueta desse aparelho estava o valor de 79.00 reias ate então a verdedora que me atendeu foi ver o modelo para pegar no estoque ate então eu vi a hora que ela trocou o preço eu fui conferir ela tinha colocado no mesmo aparelho o valor de 199.00 reais e falou que estava errado o valor ela e o gerente falaram que não podiam fazer nada sera que eu tenho algum direito.

    RESPOSTA DO BLOG: Se você puder provar, vá ao Procon e exija a venda pelo valor inicial.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2010 - 15:55
    Enviado por: Gabriel

    encontrei um anuncio de jornal, onde estava anunciado o preço de um carro por R$ 2.600,00, liguei para o numero que estava no mesmo, foi quando ele me disse que o carro valia 26.000,00.
    O que devo fazer, sera que é possivel cobrar do jornal pelo erro!!!

    RESPOSTA DO BLOG: É possível, embora seja pouco provável que isso vá adiante, mesmo na Justiça. Dependendo do modelo do carro, fica claro tratar-se de um erro.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2010 - 23:07
    Enviado por: Antonio

    Primeiramente, gostaria de parabenizar o trabalho de você.
    O meu caso é o seguinte:
    Ao verificar em um certo anúncio na internet de uma loja de motos, encontrei uma moto Kansinski Mirage GV 250- ano 2010 no valor de R$ 6.700,00, podendo ser parcelado em 24x de R$ 358,00.
    No entanto, ao comparecer na loja do anunciante, fui informado que o preço real era de R$ 13.500,00.
    A minha dúvida é:
    Vale a pena levar isso ao PROCON e a Justiça? Caso eu venha a perder com a ação judicial, a loja pode entrar com processo contra mim alegando má-fé?

    RESPOSTA DO BLOG: Como o valor do bem é alto e a diferença é grande, corre-se o risco de a Justiça dar ganho de causa à loja, mas vale ao menos o registro da reclamação no Procon, desde que você prove com a cópia em papel da tela da promoção.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2010 - 23:16
    Enviado por: Ivete Astrissi

    Todos os dias compro em média 8 kg de peito de frango para uso comercial. Até que um dia comprei um pacote pelo preço de R$ 3,68 kg do peito sem osso. Voltei no supermercado para buscar mais e encontrei somente um com o mesmo preço, o restante estavam com preços de R$ 6,98 kg. Chamaram o gerente e acabou fazendo todos pelo menor preço. No dia seguinte verifiquei antes de comprar e lá estavam com 2 preços novamente a mesma mercadoria, filmei pelo celular os preços diferentes, o nome do supermercado, levei até o caixa e passei-os para ver no que dava; para minha surpresa no sistema constava um terceiro preço. Fiz a devolução da mercadoria, mas guardei o cupom, o qual a caixa não queria me entregar para comprovar o desleixo. Como devo proceder numa situação assim? Quantas vezes devo ter sido lesada por esse tipo de situação corrida em dois dias seguidos?

    RESPOSTA DO BLOG: Denuncie o estabelecimento no Procon para que haja uma fiscalização.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2010 - 23:23
    Enviado por: JEAN JAVARINI

    Acho que algumas EMPRESAS erram de propósito só para se promoverem na Internet, é o tal do marketing viral! Acho que devem sim cumprir o CDC: anunciou, tem que VENDER!!!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/01/2010 - 23:52
    Enviado por: Annibal Neto

    Acessei o site do submarino e fiz a compra de 2 notebooks que estavam 2999,00 por 224,00 cada um, depois disso verifiquei que o valor cobrado era referente a garantia extendida. Mesmo assim o pedido foi finalizado com o valor total de 448 reais para 2 notebooks. Eles são obrigados a me vender o equipamento por este preço , ou eles podem simplemsmente cancelar a compra ?

    REPSOSTA DO BLOG: Esqueça, está claro que se trata de um erro do site. Todo mundo sabe que um notebook não custa R$ 315. Neste casos a Justiça não acata, com razão, o pedido do consumidor. A disparidade entre o erro e o valor real é muito grande.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 14:07
      Enviado por: Ermani

      Eu também comprei o notebook Sony Vaio no Submarino por esse preço. Já entrei na Justiça e deve ter audiência em breve.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/01/2010 - 14:15
    Enviado por: Venancio

    Olá comprei um um notebook por R$315,00 já confirmaram o pedido e já fiz o pagamento se eles não entregarem quais os procedimentos devo tomar???

    RESPOSTA DO BLOG: Esqueça, está claro que se trata de um erro do site. Todo mundo sabe que um notebook não custa R$ 315. Neste casos a Justiça não acata, com razão, o pedido do consumidor. A disparidade entre o erro e o valor real é muito grande.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/01/2010 - 16:33
    Enviado por: Soares

    Boa tarde, Comprei um Notebook em um site com cartão de crédito o mesmo estava a R$ 2900 com garantia estendida de 2 anos, mas na hora da finalização o custo total para meu pagamento foi de R$ 250,00 tenho os e-mails enviados do site para mim confirmando a compra bem sucedida (comprovantes) e me deram o prazo de 2 dias úteis
    para a entrega. fato ocorrido 18/01/10. Verifiquei o saldo do meu cartão e ainda não foi incorporado o valor da minha compra. Creio que pretendem encerrar a venda então minha dúvida!! Posso acionar o Procon ou será tempo perdido? Desde já muito obrigado.

    RESPOSTA DO BLOG: Esqueça, está claro que se trata de um erro do site. Todo mundo sabe que um notebook não custa R$ 250. Neste casos a Justiça não acata, com razão, o pedido do consumidor. A disparidade entre o erro e o valor real é muito grande.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/01/2010 - 19:22
    Enviado por: wesley Santos Rodrigues

    eu fui até uma loja, achei uma tv enorme e completa totalmente, ou seja ela é a tv…mas não tinha preço nenhum nela, nesse caso eu posso compra ela por um preço que está proximo ali da tv????

    obrigado

    RESPOSTA DO BLOG: Não. Isso é oportunismo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/02/2010 - 07:54
    Enviado por: elaine

    Bom dia!
    Semana passada fui numa loja de relogios. Comprei um relogio da marca Puma no valor de 199 reais essa semana me ligaram da mesma loja dizendo que houve um erro no preco do relogio e que ele custa 1999 eu tenho que devolver? e si eu ja usei o que devo fazer? Obrigada

    RESPOSTA DO BLOG: Só perceberam o erro uma semana depois? Você tem direito a ficar com o relógio pelo preço que pagou. O problema é da loja se vendeu por preço errado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/02/2010 - 12:24
    Enviado por: Paulo Renato

    Serei simples e direto na minha situação e dúvida.
    Uma Imobiliária em Porto Alegre anúncio um imóvel com 110M2 por R$ 178.000,00 nos classificados na Zero Hora.

    Entrei no site da imobiliária para ver as fotos e liguei para Imobiliária e a mesma me informou que o valor de imóvel é de R$ 280.000,00.

    Nem toquei no assunto que sabia do preço errado anunciado.

    E agora??? Fiquei emocionado e feliz por ter achado um imóvel como eu queria, por um bom preço e agora o preço foi anunciado errado???

    Tenho direiro a que? Posso exigir o preço anunciado nos classificados?

    Obrigado,
    Paulo

    RESPOSTA DO BLOG: No máximo, você pode pedir indenização por danos morais na Justiça. Não é caso de exigir a venda pelo valor anunciado devido à disparidade entre os preços.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/02/2010 - 12:48
    Enviado por: carlos Alexandre Varanda

    Olá!
    BOm comprei um computador pelo site “tal” por R$ 70,00 setenta reias, e no mesmo site tinham outros produtos com o preço bem abaixo do normal. Porém, consegui efetivar a compra, dois dias após fui informado que o valor estava errado e que não receberia o produto por tal motivo.
    Não obstante, fui informado que seria devolvido o valor pago em aproximadamente 10 úteis após a data.
    A dúvida seria em questão ao ressarcimento do meu dinheiro ser tão moroso, isso é certo?
    Se para pagarmos e na hora e para sermos ressarcidos demoraria 10 dias úteis para tal.
    Isso não seria um investimento com meu dinheiro, caberia iuma ação no caso?!
    Desde já, agradeço.

    RESPOSTA DO BLOG: Não. O prazo de dez dias é aceitável e está dentro do que o mercado pratica.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/02/2010 - 03:22
    Enviado por: Claudio Canejo

    Um produto que tem a etiqueta na gôndola com o preço errado a loja é obrigada a me vender pelo preço de gôndola a quantidade que eu quiser comprar??Ou só tenho direito de levar uma unidade deste item com o preço errado??O gerente me informou que realmente estava errado o preço e que ele iria atender minha reinvidicação,mas que só faria 1 unidade neste valor,pois pelo código de defesa do consumidor eu estaria me aproveitando do erro da loja,querendo levar mais unidades pelo preço errado..procede esta informação??

    RESPOSTA DO BLOG: Procede. O gerente está certo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/02/2010 - 16:24
    Enviado por: Maisa

    Eu entrei em um site de imobiliaria, e vi um imovel sem foto, mas com algumas descrições, como 2 quartos, 1garagem , 1 banheiro, cozinha e essas coisas e no site o valor era de R$22.000,00, então liguei para o responsável pelo anúncio e ele me disse que o valor era R$220.000,00.
    Então avisei que deveriam mudar o anuncio, e ele disse que iria providenciar isto.
    Já se passou uma semana e o anúncio continua.
    Sei que o valor é bem diferente, mas acho que eles estão colocando este valor somente para atrair clientes para o site, pois o valor de mais 2 imóveis da mesma imobiliaria encontram-se com o mesmo erro, o responsável foi avisado, mas não tomou nenhuma providencia mesmo após uma semana.
    Tenho a ligação marcada em meu celular, será que posso recorrer para comprar o imóvel pelo valor do site?

    Acho um absurdo isso, pois ele só faz isso pelo fato de atrair clientes, uma falta de respeito.

    Assim, como uma construtora que está anunciando imoveis a 2 semanas com valor de R$76.500,00, mas liguei 2 vezes e eles me disseram que este imóvel já se esgotou, e que o site está desatualizado. D
    everiam tirá-lo do site então não é? Ou pode-se pedir um imóvel com valor equivalente pela informação errada no site?

    Como posso proceder nestes dois casos?

    RESPOSTA DO BLOG: No máximo reclamar no Procon, mas não perca tempo com isso. Há coisas mais importantes para se preocupar.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2010 - 07:51
    Enviado por: Marcela Moreira Fernandes

    Estou com mais um problema, e desta vez é com a CONSUL.
    Comprei um refrigerador Consul branco “lançamento” frostfree (05/2009)de uma porta e até então estava satisfeita.
    Ocorre que: a porta está ficando amarela e entrei em contato com a assistencia técnica( 03/12/2009) e ficaram de mandar um técnico, o que não ocorreu.
    Marcaram, remarcaram várias vezes e nada, fiquei em casa esperando-o, mas nada.
    Dei entrada no PROCON ( perda de tempo) não deram a minima e eu ainda gastei com ARs enviados (2), passagens e trabalho.
    Tenho um freezer que está com 15 anos e até hoje a pintura é original e está branquinha.
    tenho uma amiga que está com o mesmo problema na porta e notei que nas lojas o mesmo defeito ocorre, ou seja, a porta está ficando amarelada.
    Não acredito no PROCON pois, não serviu de nada, não tem poder de nada e as grandes empresas não dão a minima para esse orgão.
    Será que cabe entra no JUIZADO DE PEQUENAS CAUAS ou terei que ficar com esta porcaria de geladeira?

    RESPOSTA DO BLOG: Faça uma reclamação no Procon e entre com a ção no JUizado Especial Cível.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/02/2010 - 19:24
    Enviado por: marcelomoreira

    Estava fazendo uma pesquisa de preço sobre a compra de um Notebook na internet. ocorre que ao abrir o site da Submarino encontrei um anuncio de um Notebook com o valor de r$ 149,00, comprei imediatamente, paguei via débito e fiquei aguardando a entrega.
    Alguns dias depois, recebi um e-mail do referido site dizendo que a venda seria suspensa pois, o valor estava errado. Ficaram de me devolver o dinheiro mas até agora nada, sempre dão uma desculpa dizendo que estão sobrecarregados e que até meiado de março o meu dinheiro será devolvido.
    Fiz a compra em dezembro e até agora nem mercadoria e nem meu dinheiro de volta.
    O QUE FAZER ????
    Cabe alguma ação no Juizado de pequenas causas?
    Eles são obrigados a entregar a mercadoria ??

    Marcela Moreira Fernandes

    RESPOSTA DO BLOG: Nâo são obrigados a entregar a mercadoria neste caso. É evidente que um notebook não custa R$ 149,00. Insistir na compra é oportunismo. A devolução deve ser feita rápido e sem ônus. Se houver demora, faça uma reclamação no Procon e entre com ação no JUizado Especial Cível por danos morais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/02/2010 - 17:29
    Enviado por: Andrei

    No dia 22/02/2010 efetuei uma compra via website de um produto pelo valor de 1500,00 parcelado em 10x de 150,00 o débito da primeira parcela foi autorizado pelo adm. de cartão,
    recebi contato via telefone da loja confirmando os dados, valores etc no dia 23/02. No dia 24/02 recebi emails de que o pedido havia sido aprovado, faturado e encaminhado para entrega.

    Mas hoje dia 25/02 sou informado que o valor do produto estava com preço incorreto no site e a loja nao pode efetuar a venda e entrega.
    A loja afirma que o valor do produto é de 2984,00 e até me ofereceu desconto para 2400,00.

    Visto que se realmente houve erro e a diferença não é absurda: 2400,00 para 1500,00 = 38%

    Tenho os seguintes documentos:

    Cópia de tela do website com valor inicialmente ofertado.
    Emails de confirmação, etc.
    Gravação da ligação telefônica com a loja confirmando dados, endereço e preço.

    RESPOSTA DO BLOG: Neste caso a loja tem de arcar com o erro e manter a oferta. Và à Justiça, se for o caso.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/02/2010 - 17:52
    Enviado por: Bianca E Benites

    recebi por email uma promoção do site ponto frio,entre as promoçoes tinha um faqueiro inox por 29,90,Achei muito barato,mas olhei tinham varios produtos que tambem estavam com preço sper baixo e no email dizia promocão de 50%.Acabei arriscando,mesmo o frete ficando 49,90 mais caro qe o produto.
    Depois vi no site quue o produto estava indisponivel,entao entrei no atendimento para confirmar o valor, me confirmaram 29,90 mesmo. Ai depois me ligaram dizendo que estava errado no site que o valor correto era 249,90.E me disseram que entrariam em contato c a administradora do cartao para cancelar o pedido.Passaram dois dias, recebi outro email da ponto frio me dizendo queo produto esta na barreira que sera entregue ate 08/03/2010.Entrei no atendimento e me disseram que nao consta nada de cancelamento.Liguei na adm do cartao e eles precisam de um comprovante emitido pela ponto frio do cancelamento.OQUE EU FAÇO RECEBO OU NAO RECEBO O PRODUTO,PORQUE VEJO QUE VAI ACABAR CHEGANDO?

    RESPOSTA DO BLOG: Receba o produto, não o abra e envie a nota fiscal para a operadora do cartão para cancelar a compra. E insista com a loja para cancelar a compra e retirar o produto. Se houver problemas recorra ao Procon.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/03/2010 - 19:46
    Enviado por: Ramiro

    Navegando na net encontrei um site com uma SUPER PROMOÇÃO 1 x TV Samsung 46″ LED Full HD – UN46B6000 () = R$ 1.005,00

    e ai fiz o cadastro da parada achando estranho depois efetuei a compra estou com o boleto para pagar

    O que fazer?

    a empresa chama GOBIS IMPORTAÇÃO nunca ouvi falar

    responder este comentário denunciar abuso

    • 25/03/2010 - 14:47
      Enviado por: Marcelo Cunha

      Também achei uma promoção nesse site, porém acho que o preço está meio que fora da realidade de mercado. Procurei na net sobre “possíveis reclamações” da empresa e encontrei algumas coisas.
      Não acho confiável, então estando no seu lugar, não pagaria.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/03/2010 - 03:09
    Enviado por: Leonardo

    Havia um anúncio no site do extra de um netbook x dizendo: de R$1399,00 por R$999,00. Para pagamento à vista, no boleto ou transferência bancária sairia por R$799,00 ou ainda em 18 vezes no cartão extra. Optei pelo pagamento à vista no boleto. Dois produtos que sairiam por R$1598,00. Porém, durante a transação o valor de referência foi o de R$999,00. Achei estranho, mas nas regras de pagamento à vista dizia que os descontos eram dados ao selecionar a forma de pagamento. Assim fiz até o fim emitindo um boleto no valor de R$1998,00. Por via das dúvidas imprimi uma cópia da oferta. Estou com o boleto para pagar. Ainda não reclamei nada! Tenho algum direito?!!!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/03/2010 - 20:32
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Com certreza tem algum erro no caminho, mas como os valores não são absurdos, você tem direito de reivindicar a oferta original. Exija isso junto à loja. Se não tiver sucesso, vá ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 04/03/2010 - 00:02
    Enviado por: Andreia

    Eu e meu esposo fomos ate uma loja de materiais de construção,compramos algumas coisas e entre elas um tanque de duas bocas pelo preço bem explicito de 132,00,porem no momento da entrega, que aliás o fizeram na casa do meu vizinho sem o nosso consentimento,deixaram um tanque de uma boca apenas,liguei para dizer do engano e a gerente me disse que o preço estava errado e que o tanque de duas bocas era 80,00 reais á mais, mas que ela me daria um desconto de 40,00 se eu quisesse pagar levaria o tanque de duas bocas,senão teria que me contentar com o de uma boca,eu disse que não pois comprei o produto pelo preço que estava na etiqueta e o queria sem pagar nada á mais.Gostaria que alguém por favor me disesse quais são os meus direitos,e se os tenho,para eu os procurar.Muito obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/03/2010 - 00:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Faça uma reclamação no Procon e exija a manutenção da oferta. Se for o caso, vá ao JUizado Especial Cível e processe a loja.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/03/2010 - 12:04
    Enviado por: Leonardo

    Olá, comprei um netbook aproveitando a promoção de lançamento do novo site do Carrefour, com 20% de desconto. Ainda não o recebí. A compra foi por telefone.

    A descrição do netbook consta que vem com bateria para duração de mais de 10 horas e bluetooth.

    No entanto, quando eu recebi o email confirmando a compra, veio o modelo do netbook, que eu pesquisei e que não possui bluetooth e cuja bateria dura apenas 3 horas. Ou seja, pela confirmação do pedido, o modelo que estará sendo entregue não é tem as mesmas características do modelo anunciado.

    Como eu devo proceder ? Porque meu interesse é no netbook com as características que foram anunciadas.

    Senão, eu teria comprado um notebook mesmo, aproveitando o desconto de 20%.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/03/2010 - 12:23
    Enviado por: Cleber

    entao, vi um anuncio de um imovel a 160mil, quando fui a imobiliaria, depois da visitação do imovel, o corretor me informou que o preço havia mudado e que era 180mil, o que fazer:

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/03/2010 - 23:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tente reclamar no Procon, mas neste caso não há irregularidade. Mesmo que fique comprovado que houve erro no anúncio, ainda assim será difícil que consiga na Justiça que a oferta inicial seja honrada.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/03/2010 - 12:38
    Enviado por: Luana Almeida

    Olá, entrei no site de carros para verificar alguns anúncios e me deparei com algo estranho: estavam vendendo um Celta 2001 pelo valor de R$2999,00 enquanto outros da mesma página estavam por R$12999, R$13900…
    Nesta caso mesmo sendo erro do anunciante tenho direito de comprar o carro pelo valor anunciado ou não?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 27/03/2010 - 22:34
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não tem. É mais do que óbvio que não existe carro com as especificações descritas que custe R$ 2.999,00. Assim como não existe automóvel que custe R$ 10. Neste caso a loja está desobrigada de honrar a venda, pois está evidente a diisparidade de preços.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/03/2010 - 17:26
    Enviado por: reginaldo

    fiz uma compra no carrefour de uma impressora laser no valor de R$ 39,90, juntamente com um aspirador por R$ 69,90, paguei com o cartao o pedido foi aceito cobrado do meu cartao. apos isto recebi um email dizendo que de acordo com minha solicitação meu pedido foi cancelado. o preço medio desta impressora é de r$ 380,00 a 450,00. sei que o preço é discrepante, mas pergunto, a loja nao agiu de má fé afirmando que o cancelamento se deu por peido meu, o que nao é verdade, detalhe, manteve a cobrança do aspirador.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/03/2010 - 01:07
    Enviado por: itamara dikarley

    eu estava pesquisando um celular que queria a muito tempo.e hoje achaei uma oferta boa no sait do carrefour que diz assim de 399,00 por 359,10.gostei do preço e efetuei minha compra,mas quando foi confirmado o meu pedido e o pagamento o valor estava de 399,00.e passou no meu cartão 399,00.já mandei 2 e-mails avisando do erro e nada se resolve.gostaria de saber como proceder nesse caso.
    desde já agradeço a ajuda.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/04/2010 - 11:24
    Enviado por: Elias

    Veja bem, em muitos casos postados aqui, ocorrem erros gráficos.
    Mas não justifica só porque “é muito barato” de dizer que é um erro gráfico ou coisa do tipo.
    “” porque os preços são muito discrepantes – mais de 50% de diferença.”"”
    Como li em resposta a várias reclamações” Para nós trata-se apenas de um erro, não é o caso de a empresa ter de honrar a suposta oferta, até porque os preços são muito discrepantes – mais de 50% de diferença.”

    - Cito Exemplos de promoções de passagens aéreas nacionais que chegaram a custar R$ 1,00 ou 5,00
    abraço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/04/2010 - 11:56
    Enviado por: Sabrina

    Olá !
    Acabei de ver em um jornal de propaganda de uma loja um celular no valor de R$699,00, sendo que o mesmo é vendido a R$1.699,00. Posso exigir o aparelho pelo preco anunciado ?
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 21:19
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Pode pode, se vai conseguir é outra coisa. Achamos que é oportunismo insistir nesta questão, pois é evidente que a loja vai alegar, razão, que se trata de um erro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/04/2010 - 16:24
    Enviado por: Pedro Duarte

    Boa tarde.
    Comprei um aparelho celular na FNAC pelo valor anunciado: R$9,90. Acontece que eles me mandaram um email cancelando a opera’cao e dizendo q houve um erro no site, e que o valor correto seria R$1000. Acontece que, apesar da grande diferenca, celular ‘e um bem que varia muito de preco, sendo possiveis encontrar inumeros aparelhos por este valor. Sendo assim, como devo proceder? Vale a pena acionar o Judiciario?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 07/04/2010 - 20:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não vale e acreditamos que seria oportunismo. Dependendo do tipo de celular anunciado, ficaria óbvio que o preço de R$ 9,90 estava errado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 07/04/2010 - 19:13
    Enviado por: Alexandre Barbosa

    Minha dúvida não é sobre anúncios de preço , mais sim uma compra que fiz no site da empresa GOBIS IMPORTAÇÕES chegou o prazo de entrega e eles não atendem mais os telefones e nem mesmo respondem os emails , até mesmo o site não existe mais o anúnciante que era o site BUSCAPÉ também retirou o anúncio da GOBIS .
    O que devo fazer ?
    Estou meio perdido pois sempre efetuei compras online e esta foi minha primeira decepção .
    Obrigado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/04/2010 - 07:03
    Enviado por: cristiane

    moro em uma cidade pequena em que a fiscalização comercial ganha pra ficar me casa e tambem não funciona a vigilãncia sanitária ;então aqui vai minha reclamação ;;os comercios estão vendendo produtos de marcas inferior com com mesmo que marcas legítima ;é produto alimenticios tambem com diferença de quantidade com o mesmo preço ,como se pode resolver isso ,são absurdos sem tamanhos ,o que fico indignida é com a falta de respeito dos fiscais da cidade que veem isso porque compra todos dias nesses comercios e faz vistas grossas !!!!!! e aqui não tem procon ;por favor que fazer ??/

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2010 - 20:22
      Enviado por: Marcelo Moreira

      OU você vai a um Procon de uma cidade vizinha ou mande uma denúncia para algum órgão do governo estadual responsável pela fiscalização dos produtos em questão.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/04/2010 - 01:36
    Enviado por: Rafael Veloso

    Estava vendo o site da Loja Americana, vi o anuncio de uma TV 46 polegadas Por R$ 1286,00, fiz a compra no cartão foi autorizado recebi o e-mail da comfirmação da compra e prazo de entrega. Depois recebi sem ser informado o estorno do cartão por e-mail, e que o anuncio estava errado que a compra foi cancelada.
    Gostaria de informações como lidar com essa situação.

    Grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2010 - 12:33
    Enviado por: Fernando

    Fiz a mesma compra e aconteu o mesmo gostaria de saber o que fazer.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2010 - 12:34
    Enviado por: Fernando

    Mesma compra do Rafael Veloso

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/04/2010 - 14:48
    Enviado por: adeilton

    OLA , quero falar que recebi um e-mail anunciado pela COMPRA FACIL , que anuncia um guarda-roupa de 799 reais por 249 , fiquei doido para comprar mas quando cheguei no site , estava um valor de 649 reais ate hj tem o email que diz que e valido ate 0 dia 18-04 , mas como posso finalizar minha comprar se o valor que eles anunciam e um e no site e outro e ai o que devo fazer ,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/04/2010 - 13:49
    Enviado por: Priscila

    Boa tarde,

    Fui a uma loja comprar um microondas, na prateleira ele estava com uma placa promocional informando que o valor era de 459 reais, ainda questionei com a vendedora sobre o preço pois realmente estava abaixo do mercado que nas outras lojas era de 600 reais, ela me disse que era uma super promoção. Fui ao caixa e paguei pelo produto, quando fui retirar no guiche me entregaram outro microondas, o que estava ao lado do que eu escolhi. Nesse caso posso brigar para receber o produto em que a placa promocional estava colada e que foi o que eu de fato escolhi?
    Obrigada.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/04/2010 - 14:46
    Enviado por: Rafael Leão

    No site online de vendas de ingresos para o Cinema me deparei no momento do pagamento q os ingresos estão com valor 0 e somente a taxa de internet estava sendo cobrada.. efetuei a compra, recebi todos os comprovantes e ingressos.. irei no dia ao cinema, eles podem barrar minha entrada na sala por causa disso???? estou com medo de ir e eles não deixarem q eu entre… o que deve fazer.. ir????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/04/2010 - 22:38
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Claro que podem barrar. Na verdade, devem barrar, já que não existe ingresso de cinema gratuito. Você sabe disso, e todo mundo sabe disso. Claro que é um erro do site. Insistir na compra e tentar usufruir é oportunismo. Você corre o risco de ser barrado.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 30/04/2010 - 14:04
      Enviado por: Rafael Leão

      E o dinheiro que foi debitado do meu cartão????
      Como eles disponibilizam venda de ingressos a 1 real durante a semana toda????
      Muita gente comprou. e agora? se existe ingressos a 3 reais normalmente, 1 real não seria tamanho erro… mas enfim… como me enviaram os ingressos eu irei, levando comprovante de pagamento, e todas os codigos de autoriazações gerados e me enviados, incluindo confirmação de compra e ingressos com codigo de barra.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/04/2010 - 11:36
    Enviado por: Rafael Leão

    E o dinheiro que foi debitado do meu cartão????
    Como eles disponibilizam venda de ingressos a 1 real durante a semana toda????
    Muita gente comprou. e agora? se existe ingressos a 3 reais normalmente, 1 real não seria tamanho erro… mas enfim… como me enviaram os ingressos eu irei, levando comprovante de pagamento, e todas os codigos de autoriazações gerados e me enviados, incluindo confirmação de compra e ingressos com codigo de barra.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 31/05/2010 - 13:56
    Enviado por: Edmar Filho

    No dia 28 de maio, ao entrer no site da Walmart.com.br, deparei-me com uma propaganda incrível de um televisor LCD da LG de 32″ modelo 32LD350, mais uma antena amplificada e uma camiseta, no valor de R$ 649,00. A chama era assim: “OPORTUNIDADES IMPERDÍVEIS”. Imediatamente liguei para a central de vendas para comprar o produto quando fui informado que houve um erro e naõ poderiam vender o produto pelo preço especificado no anúncio. Ora, como podem anunciar e depois falar para o cliente interessado, que criou uma expectativa de consumo, haja vista estarmos tão próximo a Copa do Mundo, e a febre do momento e promoções com televisores. O anuncio permaneceu no ar por mais de meia hora até que foi substituído por outro, de um televisor de 42″ polegadas da marca Philips, mais um suporte e mais uma camiseta por R$ 1.257,00. Imediatamente liguei e mais uma vêz fui informado que houvera outro erro. Ora, isso até parece história da carochinha. Tão brincando com o consumidor. O anúncio permaneceu por mais uma meia hora até ser retirado do site. Um atendente me deu o nome da Srª Silmara, encarregada do setor de televendas, para que fosse enviado um fax para o telefone (011) 3201-3336, do anúncio impresso, e que esta entraria em contato comigo, o que não ocorreu.
    E agora? Vale o CDC? Enseja uma ação de obrigação de fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 31/05/2010 - 16:52
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não enseja nada. A informação de que se tratava de um erro foi dada a tempo, ante da consumação da compra. Além do mais, é mais do que evidente que se tratava de um erro mesmo, visto que tal televisão tem preço muito mais alto. Insistir na questão, em nossa opinião, é oportunismo. Mesmo assim, se quiser continuar, faça uma comunicação ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/06/2010 - 23:23
    Enviado por: Leandro Ribeiro

    Olá,

    Vi um anúncio em um jornal popular em que constava como preço de um veículo o valor de R$ 3.900,00. Em outros anúncios vi que constava no rodapé a seguinte informação : ” reservamo-nos o direito de corrigir quaisquer erros gráficos, inclusive de valores” e nesse anúncio em específico não existe essa informação. Gostaria de saber se é possível compra o produto pelo valor anunciado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/06/2010 - 00:36
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende da situação e do carro. Se for um carro zero km que custa R$ 30 mil, é claro que não pode, pois trata-se de um evidente erro. Insistir nisso seria oportunismo. Se for um carro usado e antigo, é possível questionar a oferta na Justiça e tentar fazer valê-la, mas as chances de isso acontecer são pequenas.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 02/07/2010 - 16:33
    Enviado por: André

    Olá!

    Tive uma situação inusitada.
    Entrei num site, comprei um DVD, depois cliquei para adicionar uma TV 42″ na cesta, e no meu carrinho de compras aparecia a TV como BRINDE! Sei que o normal é contrário, comprarmos algo de maior preço e ganharmos um de menor.
    Mas fiz um débito online e paguei, recebi a confirmação de pagamento e extrato da minha conta. Consta como produto liberado para a transportadora. Até o momento, não recebi e-mail de cancelamento.

    A minha dúvida, possuo algum direito de receber meu DVD e mais o grande “brinde”?
    Abraços

    responder este comentário denunciar abuso

    • 02/07/2010 - 18:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não, pois é óbvio que se trata de um erro, ante o disparate da situação. A diferença de preços e de valor agregado é mais do que óbvia, insistir nisso seria mero oportunismo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 09/07/2010 - 17:04
    Enviado por: Marcia

    Boa tarde!!
    Hoje vi um anunciu em uma revista que dizia que uma loja estava com queima de estoque e ai me interessei por um centro de mesa de 238,00 reais por 78 reais. Liguei para um amigo que vai casar e falei para não comprar mais nenhuma mesa para a sala dele e mostrei a foto perguntando se ele gostou o mesmo ficou encantado e me agradeceu. Quando entri no site da loja o preço na verdade era 238,00 reais ou 3x 78 reais. Posso entrar na justiça? estou super constrangida em falar com meu amigos que não vou poder comprar a mesa, pois está fora das minhas condições.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/07/2010 - 22:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não pode. Parece que você não observou atentamente o anúncio. A menos que você tenha provas de que o anúncio original induzia a erro, será perda de tempo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/07/2010 - 19:30
    Enviado por: Maria Nailda

    Entrei em um respectivo site de vestidos de noivas e estava olhando alguns para compra-los.me deparei com um vestido de R$ 1,40.Vi no sabado e no domingo esse mesmo preço.Achei estranho.No domingo decidi arricar comprando 3 vestidos no cartão de credito.Logo depois recebi um email dizendo que tinha sido aprovado a compra.Na segunda pela manha entrei no site e o preço tava o mesmo.Na tarde recebi um contato da loja que o preço tava errado que custava 1.400,00 uma peça e que a peça era excluvisa e nao podendo comprar as tres.O que faço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 26/07/2010 - 19:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada, porque está mais do que óbvio que não existe nenhum vestido de noiva que custe R$ 1,40. A lei diz que a oferta, mesmo que com erro, tem de ser honrada pelo vendedor desde que não haja discrepância absurda entre os valores – carro custado R$ 5, por exemplo. É o seu caso, está mais do que flagrante que se trata de um erro, mesmo que a transação tenha sido confirmada no site. Insistoir na questão é oportunismo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/07/2010 - 20:10
    Enviado por: Maria Nailda

    Sim e o que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/07/2010 - 22:16
    Enviado por: Mariel Arantes

    Ola… por gentileza, foi ate a Kalunga comprar 10 caixas de lapis de cor por 3,10 (preço constante na etiqueta), porem no caixa o preço era 4,30 e a gerente disse que só poderia me dar desconto em apenas 1 caixa, as outras caixas deveriam ser cobradas pelo preço certo, tendo em vista que a etiqueta estava errada. Isso é correto? Há limites de comprar quando a etiqueta está errada e só se descobre na boca no caixa?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/07/2010 - 08:56
    Enviado por: Maria Nailda

    Entrei em um respectivo site de vestidos de noivas e estava olhando alguns para compra-los.me deparei com um vestido de R$ 1,40.Vi no sabado e no domingo esse mesmo preço.Achei estranho.No domingo decidi arricar comprando 3 vestidos no cartão de credito.Logo depois recebi um email dizendo que tinha sido aprovado a compra.Na segunda pela manha entrei no site e o preço tava o mesmo.Na tarde recebi um contato da loja que o preço tava errado que custava 1.400,00 uma peça e que a peça era excluvisa e nao podendo comprar as tres.Certo…Voce disse que se insistir é oportunismo…Caso contrário quais serião os meus direitos?Posso obriga-los a me mandarem os vestidos?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/08/2010 - 19:17
    Enviado por: FELIPE SILVA

    OLA ESTIVE EM UMA LOJA DE AUTO PEÇAS PARA COMPRAR O JOGO DE MOLAS PRO MEU CARRO,MAS NO MOMENTO NÃO TINHA O PRODUTO,ENTAO O FUNCIONARIO FICOU DE ENCOMENDAR O PRODUTO,EU PERGUNTEI A LE QUANTOS SERIA AS MOLAS ELE CONSULTOU E MEU DEU O PREÇO DE 120 REAIS O PAR.NO DIA SEGUINTE ELE ME LIGOU AVISANDO QUE TINHA CHEGADO A MERCADORIA EU FIU ATE O ESTABELECIMENTO MAS QUANTO FUI PAGAR A ELE O FUNCIONARIO NÃO QUIS ME VENDER MAIS A MERCADORIA PELOS 120 REAIS DISSE QUE ELE TINHA ME PASSADO O PREÇO ERRADO E QUE O PREÇO CERTO SERIA 350 REAIS ENTAO NESSE CASO EU NEM TINHA O DINHEIRO TODO EU FIU COM O DINHEIRO CERTO OS 120 REAIS MAS ELE NÃO ME VENDEU A MERCADORIA,EU DISSE A ELE QUE PODERIA DENUNCIAR AO PROCOM MAS ELE RIU D EMIM DISSE QUE EU NÃO TINHA PROVAS DO PREÇO QUE ELE ME FALOU HA NÃO SER SE PELO TELEFONE EU COMO CONSUMIDOR PEÇO UMA AJUDA O QUE DEVO FAZER?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/08/2010 - 18:25
    Enviado por: Caroline Lemos

    Boa Noite, Saiu um anuncio de um fogão 5bocas na Ricardo Eletro no valor de 320,00 ou 16x de 19.90 , sendo que o preço dele no site é 859,00, posso ir a loja com o anuncio e exigir a compra do produto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/08/2010 - 18:52
    Enviado por: Claudete

    Ontem entrei em uma loja cuja as roupas estavão em promoção. na etiqueta, estava uma calça de 88,59 por 59,00.então me encaminhei até o caixa para pagar, a vendedora me disse que ouve um erro, porque aquela etiqueta estava errada…pois a calça custa R$269,00 reais.Fiquei decepcionada e fui embora, mais fiquei com isso na cabeça.Será que eu podia exigir o valor da etiqueta mesmo estando errada?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/09/2010 - 15:07
    Enviado por: Ismael Silva

    Boa tarde ontem estive numa loja de departamento encontrei uma calça no valor de 59,90 logo peguei e encaminhei ao caixa para efetuar o pagamento,quando cheguei ao caixa a moça me disse que o preço estava errado,pois a etiqueta que estava na mesma com o valor de 59,90 era de outro produto.e o preço real seria 79,90.Disse a ela que o valor era esse que estava na etiqueta mas a mesma não aceitou minhas argumentações.oque eu poderia ter feito nesses casos poderia ter pago o preço menor?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/09/2010 - 10:59
    Enviado por: Marcel Grazziotin

    Bom dia.
    Recebi um catálogo do Compra Fácil e na contra capa está uma lava e seca da Philco com o valor de 10×199,90 e abaixa o valor a vista de 1.999,00. Tentei realizar a compra porém me foi dito que o valor estava errado. Imaginava que seria um valor promocional já que recebi o catálogo quando recebi um produto que comprei da loja. Pergunto: são obrigados a fazer a venda? Grato!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/09/2010 - 09:56
    Enviado por: Diego

    num jornal tem um anuncio na seguinte forma

    “Novo Corsa Sedan JOY 1.0
    04/05
    ((((((((Foto do mesmo))))))))
    Preto – placa DOM9610
    Ar cond/DH
    Á Vista
    R$13.990″

    Devo protestar o anuncio? para comprar o veiculo neste preço não me parece um erro pois o anuncio esta igual comparado ao outros proximos

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/09/2010 - 21:02
    Enviado por: Francielle

    Boa Noite

    No catalogo de uma revista o preço está anunciado da seguinte forma:

    Lavadora e secadora de roupas Philco, DE R$ 2.299,90 por “10 X 129,99″ ou à vista R$ 1.999,90.

    Cabe fazer a empresa vender o eletrodoméstico anunciado por “10 X 129,99″?

    Grata,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/09/2010 - 23:04
    Enviado por: santos

    vi um anuncio no site do carrefour ps3 899,00 a vista
    fui na loja e eles alegam que o valor e diferente da loja fisica
    o que posso fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2010 - 07:43
    Enviado por: sarah

    Bom Dia

    Gostaria d etirar uma dúvida

    Vi no jornal um anuncio da venda de palio/2010 no valor 33.900 a vista ou 60x de 488,16 quando eu liguei na loja me informaram que o anuncio estava errado que era uma entrada mais o valor das prestaçoes neste caso como devo proceder?a loja pode fazer isso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/10/2010 - 16:42
    Enviado por: Renato

    Comprei um notebook hoje no site do Extra por R$ 700,00. O valo dele em outras lojas é de R$ 2.500,00, porém, só fiquei sabendo depois de ter comprado que o preço foi provavelmente digitado errado. Gostaria de saber se tenho direito de receber o produto.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2010 - 11:44
    Enviado por: Vicente

    Sexta feira (01/10/2010) foi a vez do site do Extra anunciar um notebook Sony Vaio + Câmera digital por R$ 559,00. A empresa que trabalho simplesmente parou para que todos pudessem realizar a compra. Apesar da discrepância para o valor de mercado, teve um boato que fulano ligou para a loja e informaram que a promoção realmente estava valendo. Vem em mente a promoção da GOL onde adquirimos passagens por R$ 1,00 e penamos: Por que não? poderia ser uma jogada de marketing pois caso entreguem os equipamentos, aumentaria a visita no e-commerce deles.
    Bem, o fato é que gerou grande expectativa em todos e ao que parece não temos nem amparo legal para reclamar. Entretanto, deve haver algum tipo de penalidade com o intuito de coibir ou, pelo menos minimizar estes erros.
    Eu acredito que são estas empresas que, muitas vezes, agem de má fé somente para ganhar publicidade. Recentemente criei caso em um supermercado pois é comum receber encarte com as ofertas e quando vamos à loja não tem o produto anunciado. Eles fazem isto somente como chamarisco para a venda de outros itens. Chamei polícia e foi aí que trocaram por alguns produtos similares se comprometeram a buscar o produto que queria em outras lojas.
    Nosso CDC completou 20 anos e precisamos investir para que a relação empresa x consumidor possa estar permeada de respeito.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/10/2010 - 14:28
    Enviado por: Igor Santos

    Como devemos proceder no caso do último comentário?

    Também comprei um notebook+camera no Extra na mesma promoção, com cartão de crédito, e até agora o pedido está em “análise de crédito”.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/10/2010 - 22:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Como são produtos caros e há uma evidente disparidade de preços, cremos que não é o caso de a empresa honrar a venda, já que o erro é mais do que evidente. Entretanto, não custa fazer uma consulta ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 05/10/2010 - 16:21
    Enviado por: Andre

    Comprei no ultimo sabado de manha no extra – 3 notebooks.
    O preco era
    Produtos: Qtd.: Valor unitário:
    Câmera Digital Sony DSC-W310/B Preta c/ 12,1 MP, LCD 2,7″, Zoom Óptico 4x, Face Detection e Smile Shutter + Cartão de Memória 4GB 1 R$ 539,00
    Notebook Sony Vaio VPC-EE23EB/WI c/ AMD Athlon II Dual-Core P320, 4GB, HD 320GB, Widescreen 15.5″, HDMI, Wireless e Windows 7 1 R$ 20,00
    Frete: R$ 0,00
    Valor Total: R$ 559,00

    uma dobradinha comprava a camera ganhava um desconto no notebook. Neste caso consigo que eles honrem o valor ?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/10/2010 - 22:26
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Achamos improvável. Como são produtos caros e há uma evidente disparidade de preços, cremos que não é o caso de a empresa honrar a venda, já que o erro é mais do que evidente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/10/2010 - 20:24
    Enviado por: Rodrigo Moraes

    Boa Noite, Hoje de manhã recebi um email do ponto frio com uma oferta tv led 32 philips por 1199 R$ ao tentar comprar no televendas a atendente me disse que iria reservar o produto e em 5 minutos retornaria a ligação para efetuar a compra, como não ligou retornei só que ninguem passou para a tal atendente, chegaram até deixar com que a ligação “caisse”, pois bem gostaria de saber se é possivel fazer com que o ponto frio honrasse esse preço?

    Preço Normal: 1899 R$
    Preço Promocional: 1199 R$

    responder este comentário denunciar abuso

    • 11/10/2010 - 22:06
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. Ou você prova que tentou comprar e falou com a atendente ou então esqueça. O e-mail somente não prova nada. Não perca tempo com isso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/10/2010 - 15:45
    Enviado por: Denivaldo de Jesus

    Conforme a Mensagem do Rodrigo Moraes eu efetuei a compra da tv led 32 polegadas via site do POnto Frio com o valor de R$ 1199,00 em 12 x de R$ 99,92 ate a confirmação do Pedido, porém quando veio o pedido no email estava o valor de R$ 1899,00 dividido em 12x R$ 158,25,posso cancelar o pedido pois já houve a liberação no cartão de crédito, vou ter que procurar o Procon, pois estou com todo o processo impresso.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/10/2010 - 19:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nest caso pode cancelar, já que houve alteração em relação à cimpra inicial, ou mesmo exigir a manutenção do negócio comn base na oferta inicial. Recolha os comprovantes que comprovem a oferta inicial e recorra ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/10/2010 - 17:43
    Enviado por: Felipe

    Liguei para uma loja pra verificar o valor de um celular que no site estava por R$450,00 e à vista R$ 390,00. Este celular é encontrado mais barato em algumas lojas pelo valor de R$ 760,00. Achei estranho por isso liguei. Como é aqui na minha cidade ele disse que não tinha a pronta entrega, então teria que encomendar, e pra isso, eu teria que dar um sinal de R$ 50,00 (mas ele disse que o preço era aquele mesmo e que o produto era original.). Fiz uma transferência bancária no valor do sinal e combinei os valores, a entrega e o pagamento via e-mail. Agora ligaram da loja e me disseram que o preço estava errado no site. E que o valor seria de R$800,00. Tenho toda a conversa via e-mail, mas como eles têm loja física aqui não realizei a compra pela net. Posso recorrer? Tenho direito ao celular pelo preço que eu havia combinado de R$390 à vista?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2010 - 17:52
    Enviado por: Jaqueline

    Adquiri uma coletânea de 7 livros pelo site da Editora Saraiva, porém a mesma só me enviou 6 livros e alega que o Volume 5 encontra-se esgotado, porém quando comprei estava disponível, e ainda a mesma informou isso através de uma mensagem enviada para o meu celular e pede que eu entre em contato com o SAC de São Paulo para reembolso, só que moro no RJ e meu telefone não faz interurbano, deixo claro que o livro pertence a uma coletânea e a falta de um perde sua utilidade prática … A Editora tem obrigação de me enviar o livro visto que qdo comprei encontrava-se disponível no estoque? Eu tenho algum direito garantido? Cabe uma ação judicial por danos morais ou materiais?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/11/2010 - 23:03
    Enviado por: Marcos

    Boa noite!
    Entrei no site de algumas lojas para comprar um ar condicionado de uma marca especifica que vinha procurando já algum tempo, pois apos muitas pesquisa vi o anuncio deste mesmo ar por R$20,00 sendo que conclui minha compra pelo site e paguei a fatura no dia seguinte e a loja não quis me enviar o produto me dizendo que foi um erro no sitema.
    O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/11/2010 - 22:56
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nada. É mais do que evidente que é um erro, nenhum ar-condicionado custa R$ 20. Insistir nisso é oportunismo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 03/11/2010 - 03:33
    Enviado por: Paulo

    Olá boa noite! Por gentileza, você poderia citar (ou de preferência me enviar por email) alguns casos de decisões em que a justiça obrigou a empresa a vender mais barato? Comprei um produto de 1998R$ por 1298R$ no site do Walmart porém o pedido foi cancelado sob alegação de que estava com o preço errado e eu estou pensando em entrar na justiça e queria algum embasamento. Muito obrigado e parabéns pelo excelente blog.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/11/2010 - 16:41
    Enviado por: Marcelo

    Boa tarde,

    Recebi por e-mail uma promoção de um notebook da dell XPS 14, pelo preço de R$5697,00 por R$3399,00. Pois bem, entrei em contato com um vendedor pelo chat do próprio site e tirei todas as minhas duvidas quanto às especificações técnicas. Quando fui passando pelo processo de compra, o valor abaixou para R$1606,00. Eu voltei para etapa de escolhas de peças, e procedi novamente para a conclusão da compra, e o preço estava o mesmo, R$1606,00. Resolvi continuar, coloquei numero do cartão e as parcelas, que inclusive ja estavam atualizadas com o ultimo preço: 4 x R$401,50. Entrei em contato com o vendedor no chat, falando que o preço teria caido para R$1600,00, e ele saiu do chat.

    Tendo em vista que eles, então, ofertaram por esse preço, e a diferença entre o preço inicialmente dito não é tão grande, gostaria de saber quais os meus direitos na aquisição desse produto. Finalizei a compra, e estou aguardando a confirmação do pedido. Tenho um print da tela com o preço menor, bem como um e-mail com a tentativa de comunicar pelo chat ao vendedor o suposto mal entendido.

    Obrigado pela ajuda,

    Marcelo

    responder este comentário denunciar abuso

    • 05/11/2010 - 16:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Achamos que neste caso é válida a exigência da manutenção da oferta, mesmo que a diferença entre o preço original e o preço de compra seja superior a 50%. Erro? Talvez, mas o sistema aprovou a compra pelo valor final após vários passos dados. A exigência de manutenção neste caso da oferta é lícita. Avalie e conveniência de exigir o negócio no Procon ou mesmo no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 07/11/2010 - 12:34
      Enviado por: Marcelo

      Obrigado pela rápida resposta Marcelo!!
      Sds.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/11/2010 - 09:46
    Enviado por: Vanessa Cristina Wroblewski

    Oi. hoje estava navegando no mercado livre e decidi comprar um vestido lindo que o valor constava 9 reais no site. nas observações postadas posteriormente consta valor 90 reais. quando gero o boleto vai como 9+frete.

    produto: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-162477529-vestido-doll-princess-importado-pronta-entrega-_JM

    é direito meu pagar 9 reais como sugere o boleto?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2010 - 14:27
    Enviado por: patrick

    boa tarde!
    vi uma anúncio no mercado livre onde o preço de um video game(game cube)é de 45,00 reais 12x de 0,44 (expresso inclusive no boleto), é nítido o erro !
    o que acontece se eu comprar esse produto?
    vou recebe-lo? tenho direitos?
    obs(o vendedor tem uma boa reputação)

    responder este comentário denunciar abuso

    • 17/11/2010 - 17:07
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não vai receber porque o erro é evidente, assim como a disparidade de valores. Insistir na compra é oportunismo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 20/11/2010 - 00:01
    Enviado por: wellington

    gostaria de tirar uma dúvida. quando os produtos ou os preços nas gondolas estão trocados devo pagar o preço do produto ou da etiqueta da gondolas? è verdade que devo levar SOMENTE UM PRODUTO OU POSSO LEVAR QUANTOS QUISER?

    Obrigado..

    responder este comentário denunciar abuso

    • 20/11/2010 - 00:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você pode exigir pagar o preço que for mais baixo e pode levar quantos quiser, mas o supermercado pode restringir a quantidade assim que constatar o erro.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 29/11/2010 - 10:59
    Enviado por: Bruna

    Gostaria de tirar uma dúvida. Fui nas lojas americanas comprar um DVD de Harry Potter 6, nele a etiqueta dizia R$16,99, mas ao passar no caixa o valor era mais caro R$19,99. Então eu disse a menina do caixa que era meu direito levar pelo preço que estava na etiqueta do produto. Ela chamou a gerente, que me disse que não poderia fazer nada, que eu teria que pagar pelo valor maior, poir “alguém” trocou as etiquetas e esse preço era referente ao Harry Potter 5, então eu disse que levaria o Harry Potter 5, mas ao pegar este DVD o mesmo tbm tinha o preço de R$19,99. Ao procurar outra atendente a mesma disse, que o valor de 16,99 era referente a uma promoção de dois dias atrás, mas que muitos DVDS não tinham mudados os preços. No final paguei o DVD por R$19,99.

    Eu estava com a razão? Deveria ter comprado o produto pelo valor mais baixo? Como proceder se isso ocorrer novamente.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/12/2010 - 00:12
    Enviado por: Tania costa

    fiz uma compra em uma loja de bijuterias e quando cheguei em casa descubrir que o valor somado estava errado, o que fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 09/12/2010 - 01:14
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Se tiver como provar, volte à loja e peça para que a cobrança seja feita corretamente. Senão, vá ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/12/2010 - 14:25
    Enviado por: Daniel

    Fiz uma compra no dia 06/12 em um grande site de vendas de uma TV LED 32″ por R$ 199 e o produto foi faturado e debitado em minha conta, quando entrei para verificar o status do pedido estava como cancelado. Entrei em contato com a loja onde informaram erro no site e disseram que iam devolver o dinheiro, o que devo fazer? Irei acionar a justiça para a resolução do assunto! Após a empresa atualizou o preço para R$ 1899.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 13/12/2010 - 23:36
    Enviado por: Luciano

    Boa noite. No ultimo dia 07/12, a noite, estava navegando pela internet enquanto também conversava com um grupo de colagas na faculdade. Derepente a esposa de um desses amigos ligou informando que havia uma super oferta em um grande site de vendas. Entramos no site e era verdade. TV LED 46″ anunciada a R$ 119,00. Estava lá, com todas as letras e numeros. Não titubiei, comprei minha TV, efetuei pagamento na modalidade débito automático, em menos de 3 minutos eu havia REALIZADO O PEDIDO, EFETUADO O PAGAMENTO ONLINE, CONFIRMADO O PAGAMENTO, E IMPRIMIDO A DECLARAÇÃO DE COMPRA. Tudo conforme manda o figurino. No dia seguinte o site exibia o seguinte status:
    08/12/2010 01:31 – Pedido faturado.
    08/12/2010 01:22 – Pedido em processamento.
    08/12/2010 01:18 – Pedido recebido

    Imagine, pedido faturado, a essas alturas eu já estava esperando minha TV LED 46″. Mas, para mimha surpresa, ou não, no dia seguinte o status do pedido mudou para:
    09/12/2010 18:15 – Pedido cancelado.

    Não recebi nenhum e-mail ou ligação, simplesmente cancelaram.

    Obviamente liguei para eles, mas antes consultei alguns de meus clientes advogados. Eles me disseram: “Ninguém é obrigado a vender um produto que tenha sido anunciado com preço errado, mas SE VENDER (que foi o que ocorreu) ele tem o dever de entregar.”

    Por fim, preciso saber como proceder. Comprei, paguei e não querem me entregar. Eles querem me devolver o valor que foi debitado online. Eu disse que não quero o valor, quero minha TV.

    Juridicamente, quais passos devo seguir para ter meu direito de receber o produto que comprei e paguei por ele?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 13/12/2010 - 23:43
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nosso entendimento é bem diferente. Trata-se de um evidente equívoco, pois o preço é disparatado, é claro que uma TV desta não custa o valor mencionado. Quando o erro é tão discrepante e evidente, tornou-se consenso na Justiça que não se deve punir a empresa com um enorme prejuízo. Insistir nisso seria oportunismo. É o mesmo que exigir a venda de um automóvel por R$ 10. A exigência de manutenção de oferta só é aceitável quando não causa prejuízo clamoroso ao comerciante.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/12/2010 - 02:17
    Enviado por: Alan

    Bom dia, acabei de ler todas a questões mas a duvida não foi respondida, é o seguinte, ontem um cliente entrou na loja onde trabalho e passando por um ponto extra no meio loja ele viu um brinquedo com o preço de 89,99, ele pegou o brinquedo e levou até o consultor de preços que informou 99,99.eu estava passando por ele no momento e ele me questionou quanto a diferença de preço eu lhe informei que o preço correto era o maior. pergunta:
    ele tinha direito de lervar o produto pelo menor preço?
    meus argumentos, ele não foi enganado, ele sabia o qual era o preço correto. se ele tivesse pego o produto e levado até o caixa, sim ele teria o desconto, mais isso aconteceu antes, ele não foi induzido entrar na loja por aquele erro o que não caracteriza a propaganda enganosa.

    Art. 37 – É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva.
    § 1º – É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter PUBLICITÁRIO, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, CAPAZ DE INDUZIR em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços.

    Ressalto, se ele tivesse pego o produto, levado até o caixa, ele teria o desconto, mas ele teve todas as suas duvidas sanadas antes de tomar qualquer dicisão.
    Basta o cliente ver o erro pra ter o direito?
    e se ele queisesse levar mais de um, teria o mesmo desconto para cada item?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/12/2010 - 17:11
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Tanto o texto da reportagem como as respostas aos comentários estão perfeitamente claras, é só ler com atenção e interpretá-las corretamente. O consumidor que esteve na sua loja tem o direito de levar o brinquedo pelo preço menor, sob pena de o estabelecimento ser punido de acordo com o Código de DEfesa do Consumidor. Se quisesse levar mais de um pelo preço menor, poderia.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/12/2010 - 22:24
    Enviado por: Alan

    Boa noite Sr. Marcelo, infelizmente não consegui ser claro, todas as perguntas e respostas estão perfeitametamente claras, o que eu quis dizer foi que não encontrei a mesma acima a mesma situção que ocorreu comigo. Muito obrigado pelo esclarecimento mas tenho uma outra pergunta,no dia 12/02/2010 o Sr. Claudio fez uma pergunta sobre a quantidade de itens que o consumidor teria direito de levar pelo menor preço, o blog concordou com a atitude do gerente que disse que o cliente poderia levar apenas um produto pelo menor preço,pergunto, qual a diferença entra aquela ocasião e a que lhe apresentei anteriormente?
    desde já muito obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/12/2010 - 22:39
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Depende do valor do produto e das circunstâncias em que o consumidor está comprando – se houver a exigência de comprar o estoque todo pelo preço, é claro que há má-fé e oportunismo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 17/12/2010 - 07:36
    Enviado por: Eduardo

    Gostei muito da materia escrita acima.

    Aproveitar para fazer uma brevia que tambem passei por isso.

    No dia 10/12/2010, fiz uma compra na loja americanas.com de um produto que marcava bem claro o valor de R$549,00 por R$ 49,00.
    Comprei o aparelho para presentear meus irmão e cunhados, cheguei até a trocar a forma de pagamento porque segundo a empresa o meu cartao tinha sido recusado.
    No outro dia liguei para saber como estava pois até o momento não tinha aprovado .
    Ai que veio a noticia o valor o produto estava anunciado errado. O trantorno nisso tudo e que para voce fazer a compra o atendimento e rapido, mas para saber como esta o andamento e cansativo 1 hora de espera no telefone, isso quando eles não desliga.
    A lei devia ser mais severa nesses caso para forcar eles a não errar, pois e facil errei o cliente que f….
    e a loja não paga nem uma multa nem nada, se o cliente não leve o caso a frente com processo que uma vida para se resolver. Se alguem quiser me procurar para melhor detalhes estou a disposição

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/12/2010 - 23:46
    Enviado por: elaine

    entrei no buscape ,pra ver preços de notboocks enfim exite la um netboock no valor de 99,00,porem qdo vc vai a loja o produto custa 11,000,00
    oq fazer?ate tirei print da oferta

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/12/2010 - 01:11
    Enviado por: elaine

    independente disso,ta la ,o valor é fora de contexto porem a propaganda existe,e nao acho que estaria sendo oportunista,mas alguma opniao?

    Art. 37 – É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva.
    § 1º – É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter PUBLICITÁRIO, inteira ou parcialmente falsa,

    não interessa se erraram,até porque nao corrigiram

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/12/2010 - 01:15
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Esqueça. Da mesma forma que não existe automóvel que custe R$ 10, não existe, ainda, notebook potente que custe R$ 99. Insiostir nisso é oportunismo e não existe suporte jurídico para tal aberração.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 27/12/2010 - 23:49
    Enviado por: Mariana lopes

    Estou muito irritada com um anúncio do extra pois ele anunciou num jornal um computador por 699,00 e quando fui comprar eles não tinham o produto e não quiseram me substituir o produto por outro semelhante. Isso hoje dia 27. 12 . 10 mais ou menos as 18 horas

    responder este comentário denunciar abuso

  • 02/01/2011 - 12:39
    Enviado por: Lucas

    bom dia, estava eu foleando um jornal e estava lá um anuncio do extra, notebook asus por 1700 reais a vista, ou em 10x de 94,39 sem juros nos cartões extra. Me interessei e liguei no televendas, que foi quando a atendente falou que o anuncio é em 18 vezes, e não em 10 vezes. Pelo que ví, a diferença de preços não é absurda, e me vejo no direito de adquirir o produto pelo preço de 10 vezes, tenho o jornal em mãos e a questão é, a loja verá o erro e venderá o produto por esse preço ou terei que apelar e entrar na justiça por conta do erro?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2011 - 12:29
    Enviado por: DAVI

    Queria ajuda sobre este assunto:
    Entrei em uma loja e tinha uma plaquinha com preços de um Kit de pintura no val,or de R$ 21,28, peguei dois kits e fui ao caixa. quando a operadora passou no leitor o preço era R$ 129,00 cada Kit. Os gerentes da loja disseram que o preço era de outro produto. que colocaram ali por engano sendo que o que fez referencia com o kit era que ambos tinha: (Acessorios 05 peças)o vendedor ainda me deu desconto de 10% e me disse que estava barato por ser oferta de final de ano. conclusão não me deixaram trazer os kits por R$ 21,28.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/01/2011 - 12:35
    Enviado por: Paulo Henrique

    No dia 23/12 eu comprei um notebook (dell 4gb ram 500HD HDMI e bluetooth) que estava em promoção no extra.
    Tinha um cartaz colado no produto que informava o preço de R$ 1899,00 com uma impressora de brinde.
    Quando a caixa de presente foi aberta no dia 25 o notebook não era o que eu havia comprado. Veio um dell 4gb ram 500HD, mais sem HDMI e bluetooth.
    Voltando a loja fiquei sabendo que foi colocado o produto errado em amostra e que a diferença dos dois era de R$400,00.
    O gerente falou que se eu quiser trocar devo pagar a diferença.
    Gostaria de saber como proceder, pois comprei achando que era o produto que estava em amostra e na verdade era outro.

    Desde já obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/01/2011 - 18:47
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Exija a troca do produto imediatamente. Se isso não ocorrer, vá ao Procon e acione a empresa no Juizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/01/2011 - 21:17
    Enviado por: adair

    fui na lojas americanas ontem hoje 12/01/2011 e me deparei com o seguinte multifuncional wirelles 1350 hp de R$ 9,99 por
    R$ 7,99, chamei uma funcionaria e a mesma chamou a gerente ela ficou toda nervosa disse q estava errado e foi correndo tirar o preço mais antes tirei uma foto, e disse q iria acionar as autoridades competentes mas a gerente num tava nem ai falou pra chamar mesmo, fuia a dppc delegacia de policia de proteção ao consumidor e num me resolveram nada…. se eu tivesse contra a lei garanto q nem estaria aqui escrevendo estaria era preso mas como podem dizer que existe lei de defesa do consumidor já que a mesma não vale pra nada…..

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/01/2011 - 21:48
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você está errado. Não existe em nenhum lugar no mundo uma impressora por esse preço. Está evidente que foi um erro grosseiro. A lei diz que a oferta, mesmo que errada, tem de ser concretizada pelo estabelecimento, a menos que os valores reflitam um flagrante erro e que possa causar prejuízo extremo ao comércio. O seu caso é justamente esse, portanto, insistir nisso é mero oportunismo e pode até mesmo ser caracterizado como má-fé, se o estabelecimento comercial resolver encarar a briga. Esqueça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 15/01/2011 - 12:02
    Enviado por: Lilian

    Gostaria de saber se há algo que eu possa fazer com relação ao que está acontecendo comigo. Tenho um pequeno terreno que estou vendendo por R$ 8 mil. Fiz o anúncio no jornal aqui da cidade e o mesmo saiu pelo valor de R$ 80 mil. Saiu com preço errado num final de semana, fui reclamar e disseram que iam arrumar, neste final de semana saiu com o preço errado novamente. Conclusão: não estou recebendo ligações de possíveis compradores, por óbvio, haja vista que neste bairro jamais um terreno custaria esse valor. Estou me sentindo lesada por conta disso, pois acredito estar perdendo a oportunidade de vender efetivamente este terreno, sem contar que mesmo que na próxima edição eles arruem o valor, quem acompanha os classificados vai achar no mínimo estranho, por não saberem do erro, o mesmo terreno sair por 2 vezes num valor alto e depois com um preço tão baixo. Existe algo que eu possa fazer em face ao jornal que publicou o anúncio erroneamente? Obrigada. Fico no aguardo.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2011 - 13:32
    Enviado por: ADRIANO

    GOSTARIA DE SABER COMO FUNCIONA AQUELA REGRA QUANDO NAO HOUVER INDICACAO DE PREÇO NA GONDOLA, O CONSUMIDOR PODE EXIGIR O PREÇO DO PRODUTO MAIS PROXIMO E DE MENOR PREÇO.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/01/2011 - 13:41
    Enviado por: ADRIANO

    Fui a um supermercado e numa prateleira havia 3 divisoes horizontais. Na primeira parte haviam pacotes de bolacha da marca e tipo “A”,100g com indicacao de preço R$ 1,00. Na segunda divisoria haviam pacotes da mesma marca e tipo de bolacha, 250g, com indicacao de preço R$ 2,00. Na terceira divisoria haviam pacotes tambem da mesma marca e tipo, de 500g, sem indicacao de preço. Verifiquei na maquina de codigo de barras que o preço era de R$ 5,00. Nesse caso, se eu nao tivesse prestado atencao, poderia ter levado um produto mais caro que 2 pacotes de 250g. Ou seja, quem nao verificou isso pode ter sido lesado. Qual seria os direitos do consumidor nesse caso?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/01/2011 - 01:44
    Enviado por: Daniel

    O site compra facil anunciou no dia 6/12/10 de uma tv 32″ hbuster 110v por R$199, onde preco padrao eh R$ 1.000, entao comprei achando que realmente fosse uma oferta relampago de natal, pois ja comprei produtos com mais de 90% de desconto, forma de pagamento – debito automatico, meu pedido foi faturado e no dia seguinte foi cancelado informando erro no anuncio, conheco uma pessoa que fez esta mesma compra e recebeu a tv, e outras que os valores foram estornados, no meu caso, nem recebi o produto nem o dinheiro de volta, recebi apenas uma carta informando que o valor seria estornado no dia 11/01, mais uma decepcao com a empresa ate a presente data nenhum valor foi depositado. Gostaria de orientacoes de como proceder, se uma pessoa recebeu o produto pq eu nao recebi?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/01/2011 - 18:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Leia com atenção o texto onde você colocou a mensagem. Achamos que não é o caso de insistir, pois o erro é óbvio e flagrante, não existe TV com aquelas descrições custando R$ 199.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/01/2011 - 13:18
    Enviado por: Gabriela

    Ola, sou anunciante e cometemos um erro de preço na hora da publicação, sendo que um netbook custa R$1.032,75, mas na hora de salvar o preço ficou como R$1,03 uma pessoa comprou, mas ligamos para ela mandamos e-mails e ela nao quer o dinheiro de volta ela quer a mercadoria sou somos obrigados a pagar a mercadoria mesmo com essa diferença de valor?
    Como posso fazer para recorrer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 08/02/2011 - 10:36
    Enviado por: Fabio Pinheiro

    Acabei de receber um e-mail do submarino com uma TV LED de 42″ por 1.499. esta com o preço realmente bom, mas ao entrar no site, aparece que custa 2.800. o dobro… aí acho caro…
    nao acho que seja caso evidente de erro. será que posso exigir a venda pelo preço do e-mail ? o e-mail tem valor juridico ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/02/2011 - 20:43
    Enviado por: camila

    Entrei em contato com o vendedor RENATO da Amazon Veículos (Mooca) a respeito de um FOX 1.6 vermelho 2009 pelo valor de 29.900 reais (com bancos de couro) na data de 14 de fevereiro de 2011. Ao me informar que este veículo havia sido vendido, me ofereceu um outro, da mesma marca mas um ano mais novo porém sem o banco de couro, por 29mil pois seria a vista. Como o preço estava bem convidativo e por ser uma concessionária, fui a ao local com um colega de trabalho na mesma hora. Vi o carro e gostei. Já pedindo para reservá-lo. O vendendor inclusive me disse que fariam o paralamas dianteiro direito e os dois parachoques em sua funilaria bem como, higienizaçao e polimento e que o veiculo tinha certidao de procedencia. Meu marido foi a concessionaria hoje, dia 15 de fevereiro para fechar negocio e pagar o sinal mas tentaram dissuadi-lo da compra sendo que ele ouviu o gerente dizer que tirariam a diferença de valor dos vendedores pois haviam vendido por um preço mais baixo que deveriam. Eles agora tem o compromisso de vender e entregar o veículo conforme o combinado visto que, existem testemunhas e ligaçoes feitas pelos vendedores para meus telefones, do meu marido. A diferença é de 4mil reais.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2011 - 13:36
    Enviado por: Pericles

    Olá Marcelo,
    estou com uma dúvida, pois lancei um curso no mercado, sendo que no panfleto de divulgação, consta apenas o valor de 69,90, sem mencionar que o mesmo se tratava da mensalidade, já que o curso tem o período de 10 meses. O que devo fazer? recolher todo material? Publicar uma errata no jornal? por favor dê-me uma luz. grato.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 03/03/2011 - 16:31
    Enviado por: Antonio

    Ao entrar em uma loja de chocolates e biscoitos na Av. Adolfo Pinheiros, 206 em Santo Amaro próximo ao largo Treze me deparei com seguinte situação; Entrei rapidamente, peguei um chocolate, e no valor da etiqueta junto ao chocolate estava R$ 1,49, no caixa fui informado de que eu teria que pagar R$ 3,00. Ainda tentei questiona-lo, porém, fui interrompido por um funcionáio afirmando que a etique de R$ 1,49 realmente está junto ao chocolate de R$ 3,00 e que olhasse com atenção pois a etiqueta é de uma outra marca de chocolate. Qual atitude devo tomar? Esse estabelecimento continua com o mesmo procedimento.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/03/2011 - 20:41
    Enviado por: mendes

    ola fui numa farmacia peguei um produto que tinha uma etiqueta na gondula de 4,45 quanto cheguei no caixa me informaram que o preço era 19,90 mais so tinha uma etiqueta la no valor menor. o que fazer? e nao me venderam pelo menor preço !

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/03/2011 - 18:28
    Enviado por: luiz claudio ferreira pedro

    tenho uma loja virtual e por um erro de meu funcionario quando editava o anuncio ficou anunciado 600 cds por 33,00 quando na verdade são 25 cds por 33,00, e na mesma pagina saiu os valores corretos em outras quantidades, tais como 25 unidades por 33,00 , 50 unidades por 62,22 e 100 unidades por 115,54.

    um “cliente” comprou 20 unidaes , ou seja 12.000 cds por 666,00 quando na verdade o valor é de 13.864,00, ele entrou na justiça para que eu cumpra a oferta, ja tentei lhe devolver o dinheiro por varias veses e ele não quer .

    Pergunto: quais as minhas chances? e quanto as despesas que terei para ir responder a justiça na cidade dele que esta a 1.300 kms de distancia?

    Por favor aguardo uma ajuda

    responder este comentário denunciar abuso

    • 14/03/2011 - 16:57
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Impossível responder sobre probabilidades, é como adivinhar resultados de jogos de futebol. Você precisa de um advogado para se defender neste processo e as despesas serão por sua conta. Se você vencer a causa, pode pedir ressarcimento de quem perdeu.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/03/2011 - 19:38
    Enviado por: Carlos

    governo quer voltar com imposto sobre cheque, sem nos unirmos para boicotar o Banco do Brasil a Caixa Economica Federal e empresas estatais. Vamos nos unir para conquistar nossos direitos – http://brasilvamos.blogspot.com

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/03/2011 - 10:06
    Enviado por: CARLOS

    Bom dia, fiz uma compra em um site na internet de nome SENDSHOP esse site tem mais de seis anos de comercio eletronico. No site uma TV LCD tava com o preço de pagamento no cartão: R$ 1229,90 e no boleto bancario R$ 1,00 eu fiz a compra e é claro paguei no boleto bancario, depoisdo boleto bancario pago eles mandaram um E-MAIL dizendo que o meu pedido foi cancelado devido ao erro no cadastro do sistema. Gostaria de saber que providencias eu posso tomar porque eu tenho o boleto pago e tenho tambem salvo a pagina da loja no meu computador.
    Grato,

    Carlos Pedrosa.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/03/2011 - 10:46
    Enviado por: VANESSA VASCONCELOS

    Ontem passei por uma situação muito desagradável, a qual é muito comum hoje em dia. Escolhi o produto que estava na prateleira com preço de 2,99 quando cheguei ao caixa era 9,99. Expliquei a caixa que estava com o preço errado na prateleira que não tinha nenhum preço além de 2,99 ela então foi conferir na prateleira e realmente constatou que o preço estava errado porém a descrição ( que por sua vez estava em letras minúsculas e coberta ) era de um outro produto. Aleguei que de acordo com código do consumidor eu deveria levar o produto pelo preço de 2,99 que era o que estava mais próximo a ele , ela falou que só iria valer caso estivesse com a descrição daquele produto, o que não era o caso. Não quis continuar a discussão e por isso saí da loja insatisfeita. Quem está certo nesse caso ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/03/2011 - 16:58
    Enviado por: pslv

    Prezados,

    Em primeiro lugar, parabéns pelo Blog e pela página.

    Como avaliar se o produto exibido em um site com preço errado está desproporcional? Explico:

    Evidente que o caso da FNAC é notório, e ninguém, em sã consciência, pode querer achar que um preço de R$ 9,90 para uma TV LCD (qualquer uma!) tem que ser honrado.

    Mas por exemplo, uma Impressora e-Multifuncional HP Photosmart Plus B210a que em todos os sites de comparação de preços é encontrada por R$ 399,00. Se eu a compro em um site por R$ 83,00 e o site alega erro no preço… a comparação de preços via busca na Internet em outros sites (Buscapé, JáCotei, etc) é suficiente para comprovar o erro desproporcional?

    No caso em questão, a diferença seria de mais de R$ 300,00. Que percentual de diferença de preço caracteriza como justa a alegação de erro no preço?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 29/03/2011 - 17:23
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não há regra estabelecida para se defirnir quem está certo ou quem está errado. A Justiça entende que não pode haver prejuízo para o comerciante – e fica evidente nos exemplos extremos, TV por R$ 10. No caso citado da impressora, cabe as duas interpretações. Ao mesmo tempo que entendemos que o valor de um terço do original é lesivo ao comerciante, também achamos que que a diferença não é tão expressiva. Seria então um caso para ser lavdo ao JUizado Especial Cível.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 11/04/2011 - 12:42
    Enviado por: Yuri

    Comprei um ar split neoforte por R$ 1.079,00 na submarino, pagamento dava desconto pra Cartão submarino, e a submarino está enrolando dizendo que há recusa de pagamento pela administradora do Cartão o que não há, pois ligo pra administradora do cartão e me afirma que não foi enviado esse pedido de compra a eles. No caso tenho direito a danos morais e a submarino tem que cumprir já que não foi aprovada o pagamento ainda. O produto varia em media de 1.380,00 a 1.999,00 em outros sites virtuais. Grato. Melhor entrar no PROCON ou JUIZADO ESPECIAL CIVIL? Tenho que entrar no PROCON do estado que resido ou no estado da loja virtual funciona?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 11/04/2011 - 16:33
    Enviado por: Gabrielly

    Vasculhando site atrás de câmeras digitais com preços mais em conta, me deparei com um site onde o preço da câmera está 0,00.
    A página contém várias câmeras com preços e modelos variados.
    Estranhei mas cai na tentação ( “de graça até injeção na testa”) e comprei. Gerou boleto e tudo.
    Receberei a câmera? Mesmo com a divulgação desse “preço”..?
    Posso recorrer ao Procon caso haja futuros problemas?
    Efetuei a compra hoje.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 12/04/2011 - 17:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Esqueça. É óbvio que não receberá a câmera, e é obvio que houve um erro. Insistir nisso é oportunismo, além de não dar em nada.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/04/2011 - 23:09
    Enviado por: John

    ola,

    vi em um anuncio de jornal a oferta de um carro com valor a vista de R$ 38.000,00 ou Entrada + parcelas de R$ 500,00, mas nao especificava em lugar nenhum (nem nas letrinhas miudinhas) o valor da entrada, o total a prazo, a taxa de juros, a quantidade de parcelas nem o famoso sujeito a analise de credito.

    Como nao esta especificado pretendo dar a entrada no mesmo valor das parcelas de R$ 500,00 e como nao tem o valor total a prazo nem a taxa de juros pedir para que o valor a vista menos a entrada seja dividido sendo que os valores das prestações nao passem de R$ 500,00 como anunciado independente da quantidade de parcelas.

    Ate aqui acredito que nao seja oportunismo, entretanto meu nome esta negativado e pretendo me basear no fato de nao haver a informacao “sujeito a analise de credito” para poder sair com o carro.

    Pretendo levar o anuncio que ainda tenho e tentar dessa forma na concessionaria, mas tenho quase certeza que se recusaram e caso queira insistir deverei ir na justica.

    Minha duvida e se vale a pena insistir na justica com os argumentos mencionados inclusive a questão da analise de credito ou resolver as pendências no nome para ter mais chance (o que pode demorar um pouco).

    Tenho chance de conseguir comprar o carro com o nome negativado baseado na omissão da informação “sujeito a analise de credito” e ainda com a entrada no valor das prestações, baseado também na omissao do valor da entrada e por ultimo considerando o valor a vista do carro pra o restante das parcelas sendo que cada uma nao ultrapasse o valor de R$ 500,00 do anuncio?

    Se sim, como devo proceder?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/04/2011 - 19:12
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O fato de não haver informações sobre valor de entrada não quer dizer que você pode dar o valor que quiser. Não há informação errada no anúncio, apenas não há informação, o que é totalmente direferente.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/04/2011 - 21:28
    Enviado por: Braian

    Aconteceu comigo:Eu Braian Robby Bastos Venho por meio de um grande transtorno de uma compra de um colchão, efetuada no dia 22/01/2011 horario 15horas e:10minutos com o vendedor :Marcos Registro 72 Na loja Magazine Luiza localizada em Mauá …

    A compra de um Colchão foi efetuada por emergência de um caso pós cirúrgico
    No ato da compra eu perguntei para o vendedor se seria possível à entrega o mais rapido possivel devido o fato de ser uma emergencia porem eu expliquei toda a cituação para o vendedor …. o vendedor me informou que a entrega seria entre 3 à 5 dias mas mesmo assim ele priorizaria a entrega..

    No dia 28/01/2011 a entrega ainda não teria sido feita.. porem eu liguei na loja pelo numero 4516-9050… falei com o vendedor Marcos … e ele me garantiu q seria entregue sem falta no dia 31/01/2011…

    Dia 01/02/2011 ainda não entregue o produto (colchão) retornei a ligação para a loja …
    Depois de cerca de 25 minutos de espera na linha me informaram que a entrega não foi efetuada por problemas com a transportadora da loja e que não seria entregue ainda no dia 01/02/2011…

    Eu Braian muito preocupado Pois os médicos deram a ordem de assim que tivesse alta para casa .. que o paciente manteria-se em repouso em casa.. porem no colchão adequado para o estado do paciente, pois o paciente(meu sobrinho)já teve alta no dia 27/01/2011 .
    E Está em repouso em um colchão provisório não adequado para o estado dele por causa do transtorno da loja Magazine Luiza que não cumpriu o seu anuncio…podendo assim causar mais problemas ao paciente em recuperação pós cirúrgico

    Eu Braian Muito preocupado com o estado pós cirurgico que é do meu sobrinho venho à Procurar ajudado do serviço do Procon.
    ________________________________________________
    Procon não resolve nada e disse que não há uma lei especifica para o caso

    Se eu tivesse comprado Pelo Site Teria pagado cerca de 300,00 à menos do valor que paguei na droga da loja …

    Alguem me da uma posição ou orientação do que devo fazer?

    obs.: Claro que o colchão já chegou mas nao no prazo combinado

    responder este comentário denunciar abuso

  • 28/04/2011 - 16:23
    Enviado por: João Luiz Marini

    Boa Tarde, vejo através do site mercadolivre, varios vendedores principalemte de produtos eletrônicos ludibriarem o sistema de comissão do ML anunciando produtos com valor abaixo do real. É de direito meu comprar os produtos no valor anunciado? Pois ja fiz 5 vendas através do referido site, e sempre anunciei os valores corretos, pagando as devidas comissões ao site.

    Exemplo: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-179189216-xboxkinect-hdmi-controle-originaljogo-promoco-750-r-_JM

    Exemplo2: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-181036119-xbox-360-slim-arcade-4gb-wi-fi-kinect-ready-jogo-_JM

    Perceba que no 2 caso, existe um notebook sendo anunciado pelo mesmo vendedor utilizando-se do mesmo erro, o valor do Notebook é R$ 1380,00 porém no valor que é obrigado a colocar no momento do cadastro (que é de onde o ML calcula sua comissão)consta R$ 138,00. Vale ressaltar que fazem 48 horas que denunciei 2 casos ao mercadolivre, e além de não obter resposta, os produtos continuam sendo vendidos.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 07/05/2011 - 10:23
    Enviado por: Vinicius

    Bom, recebei uma promoção e o preço do produto em oferta estava em de R$ 200,00 por 400,00, questionei para o fornecertor que queria comprar no preço de 200,00 ele me disse que como nao agil de má fé e o preço de oferta foi divulgado corretamente e que o preço original partiu de um erro de digitaçao,

    responder este comentário denunciar abuso

  • 09/05/2011 - 20:38
    Enviado por: t oliveira

    hoje fui ate uma loja no centro de timbó sc ,apanhei um folheto de augumas promoções e em casa notei que o valor de uma tv lcd 32″ estava destacadocom numeros grandes (0 + 24)de 43,40 e que o valor a vista era 1363,95 e disia q o valor a prazo seria 1041,60 o que eu faço exijo o valor anunciado ou não????

    responder este comentário denunciar abuso

    • 10/05/2011 - 11:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você pode tentar, a loja vai contestar e negar o negócio e, se você tiver paciência, pode fazer uma denúncia no Procon exigindo o cumprimento da oferta. Isso provavelmente vai parar na Justiça.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/05/2011 - 14:28
    Enviado por: Vinicius

    Bom, recebei uma promoção e o preço do produto em oferta estava em de R$ 200,00 por 400,00, questionei para o fornecerdor que queria comprar no preço de 200,00 ele me disse que como nao agil de má fé e o preço de oferta foi divulgado corretamente e que o preço original partiu de um erro de digitaçao. E contém isso na promoção “As condições de venda podem ser alteradas após o envio dessa mensagem. Confira sempre o preço na página do produto na loja antes de comprar. Havendo divergências de preço ou na descrição de qualquer produto deste e-mail e o site, prevalecerá os preços e descrições que constam no site.”

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/05/2011 - 11:03
    Enviado por: tati

    Minha empressora está com defeito e só tem 10 meses, só que a nota apagou gostaria de saber se a loja tem obrigação de dar-me outra nota fiscal para eu levar a empressora na autorizada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2011 - 13:34
    Enviado por: Brunna

    Olá. Comprei um video game nintendo SNES pelo Mercado Livre. Incialmente o preço dele era 499,00 (um absurdo por um video game fora de linha) mas depois, acredito que o vendedor errou o preço e colocou 49,90, porém na descrição ainda havia o preço de 499,00. Eu imprimi o boleto com o preço de 49,90. Caso eu pague, o vendedor é obrigado a me entregar por esse preço?

    Desde já, grata.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/05/2011 - 14:47
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em tese sim, embora seja enorme a diferença de preços. É possível que um questionamento na Justiça entenda que a manutenção da oferta possa causar prejuízos grandes ao vendedor.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 30/05/2011 - 16:03
    Enviado por: Brunna

    Mas a diferença se deve a ignorancia dele já que esse é preço dá para um PS2 usado, e não para um Nintendo que é um video game esquecido. E eu tenho chances de receber o produto mesmo ele tendo descrito o preço 499,00 na descrição e não no anúncio em si?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/05/2011 - 16:42
    Enviado por: Brunna

    Muito obrigada. Ótimo tópico.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/06/2011 - 16:28
    Enviado por: Felipe

    Boa tarde,
    Foi distribuido um panfleto de supermercado informando que na compra de um aparelho celular X por R$139,90, ganhe outro do mesmo modelo. Porém ao chegar na loja vi um aviso junto aos panfletos de errata, informando que na compra de um aparelho o segundo é vendido por R$60,00, totalizando R$199,90 os dois.
    Esses avisos de errata desobrigam as empresas a cumprirem o anúncio?

    Att.,
    Felipe

    responder este comentário denunciar abuso

  • 01/06/2011 - 20:38
    Enviado por: Maíra

    Entrei em um site e vi que um balanço para criança tinha sido lançado e estava disponível.
    Só que o preço estava por 1 centavo, mas mesmo assim tentei comprar pois achei interessante esse balanço.
    Quando fui finalizar o pedido, com o frete deu o valor de 12,23.
    Fiz o pagamento, a loja separou o meu pedido, mas no dia que eles tinham que me mandar o produto eles me mandaram um e-mail falando que não estava disponível em estoque e cancelaram meu pedido.
    Gostaria de saber se tenho o direito de receber esse produto mesmo com o preço errado.

    Obrigada

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2011 - 11:43
    Enviado por: Brunna

    Voltando ao meu caso. Paguei o produto mas como previ, o vendedor devolveu o dinheiro via mercado-pago e já mandou uns 5 e-mails falando coisas como ‘Vem buscar agora. Chama seu advogado’ e até me deu o número de telefone ( HEAUHEUAHEAUHAEUHUEA ). É possível entrar na justiça ou só ligo pra ele e mando ele ir se catar?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/06/2011 - 21:44
    Enviado por: Val

    Boa noite,
    Negociei a compra de um imóvel com uma imobiliária, informei a eles que só queria o imóvel de 2/4. Foi acertado tudo, o imóvel custa R$ 63.690,00, demos a entrada de 7.324,35. Eles informaram qual era a rua do imóvel, o bloco e o número da casa. Quando fomos olhar o imóvel a casa que fechamos com a imobiliária é de 3/4 e não de 2/4. A documentação ainda não foi assinada pela caixa, gostaria de saber quais são meus direitos, se posso ficar com a casa de 3/4 pelo preço de 2/4 já que erro foi da imobiliária. Valor da de 3/4 R$ 78.215,80.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/06/2011 - 21:54
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Como é que você fecha um negócio antes de ver o produto/imóvel? Para cancelar o negócio somente na Justiça, com chances incertas de sucesso.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/06/2011 - 13:04
    Enviado por: Priscila

    Vi um anuncio de uma S10 cabine dupla no jornal pelo preço de R$ 55,00 certo que o valor e um absurdo foi erro do jornal agora eu posso ir atraz e comprar esta caminhonete por este preço.??????

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/06/2011 - 13:21
    Enviado por: Pedro

    Vi uma oferta de um home theater em site de uma loja famosa, que custou 159, pesquisando, o mesmo modelo vi q ela custa na faixa de 699 em outras lojas, eu comprei e finalizei a compra pelo valor de 159. Sera que a loja errou e vai entrar em contato comigo, ou eles são obrigados a entregar o produto, ja recebi ate o numero do pedido.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/06/2011 - 17:16
      Enviado por: Marcelo Moreira

      A loja errou e vai cancelar a compra. E tem o direito de fazer isso, diante da flagrante discrepância entre os vlaores.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 23/06/2011 - 22:26
      Enviado por: Rafael

      Pedro, fiz a mesma compra que você… No entanto, não acredito na discrepância dos valores visto que a empresa poderia estar fazendo uma promoção. Trabalho no horário noturno e quando entrei no site da empresa na madrugada, lá estava o valor de R$159. Sabemos que muitas promoções na internet encerram rapidamente por se tratar das melhores ofertas e nem sempre com um estoque razoável. Fiz o que qualquer consumidor faria: Compraria a oferta. Agora a noite, recebi o e-mail da empresa alegando o erro, conforme o transcrevo aqui:

      ” Informamos que por um erro sistêmico o valor do produto Home Theater HT-C550/XAZ 1000w anunciado em 22/06/2011 não correspondeu ao valor divulgado no procedimento de finalização da compra
      Conforme constava no anúncio, o valor do produto ofertado correspondia a R$ 699.00 todavia, erroneamente, no ato da finalização da compra o sistema considerou o valor de R$ 119.90
      “Desta forma, por se tratar de erro grosseiro de fácil constatação, o seu pedido 1362919 foi cancelado, o prazo para visualizar o estorno de R$158.57 em seu cartão é de até duas faturas após solicitação.

      Atenciosamente,
      ATENDIMENTO AO CLIENTE
      Empresa XXXXXXXX”

      No site R$159,00. No e-mail deles diz, que o valor que foi considerado foi R$119,90 e ainda que o valor original do produto era R$699,00. Assim, três valores surgiram em apenas uma compra que efetuei. Discrepância ou irresponsabilidade?
      O que posso fazer para receber minha compra, visto ainda que a empresa não pode cancelar minha compra desta forma. Se eu comprei, a oferta está lá, como a empresa cancela meu pedido? Não me dão opção de escolha.
      Aguardo uma sugestão do que fazer, mas mais sensata que essa da “loja errou e vai cancelar a compra…”
      Um abraço.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 24/06/2011 - 13:08
      Enviado por: Pedro

      Marcelo Moreira, você vai me desculpar, agradeço sua resposta e sugestão, mas este caso vai pro procon, a empresa errou, vai ter q entregar. Uma vez atrasei a fatura da mesma empresa, e ela me cobrou R$ 15,00 de multa só pelo atraso, fora o juros, eles não estão nem ai pra situação dos compradores quando a perta o nosso calo, eles querem o deles. E eu quero o meu. Abraços.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 24/06/2011 - 07:53
    Enviado por: Elizeu Pereira

    Bom dia, também, estou com este mesmo problema, foi o mesmo produto, como devemos proceder neste caso?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 24/06/2011 - 18:04
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Enten demos que não é o caso de fazer valer a oferta, pois é evidente que há um erro e vai causar lesão grave ao comerciante.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 29/06/2011 - 19:22
      Enviado por: roberto

      boa noite , tambem estou tendo o mesmo problema e alem disso pois a loja fico me enrolando uma semana dizendo que o produto havia sido enviado e negado no recebimento, se entregue em mais 2 dias , passado os dias me informaram que havia que o home estava com a transportadora que seria entregue até amanhã dia 30/06 as 21h . e hoje me ligaram informando do cancelamento.o estranho que a oferta chegou no meu e-mail o titulo de oferta relampago , achei que fosse uma promoção de momento e comprei . como uma loja de grande porte com uma super estrutura demora uma semana para comunicar um cliente de um problema !!!

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/07/2011 - 14:02
    Enviado por: Duvida

    Fiz um anuncio no mercadolivre e digitei 300 mas o site reconheceu 3,00 pois n coloquei virgula ou ponto, vi o errro e fiz outro anuncio com o valor correto….. e um comprador chegou ate a fazer um pergnta no campo perguntas, mas n tive tempo p responder e ele mesmo sem resposta… clicou em comprar.. agora esta me ameaçando e querendo me intimidar falando q vai resolver judicialmente, óbvio que o preço estava errado pois n existe celular ao preço de 3,00 e não entramos num acordo…… gostaria de saber até onde ele pode chegar com essas ameaças??? ele apenas esta queredno tirar vantagem e abusando,… querendo me intimidar e fazendo ameaças…..n sou pessoa juridica e o produto era usado qual risco corro??? Grato.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 21/07/2011 - 18:13
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Ele pode processá-lo por danos morais e exigir na Justiça a venda pelo preço anunciado. Você terá de procurar um advogado e se defender, provando que foi um erro de digitação.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/07/2011 - 14:33
    Enviado por: Duvida

    esse celular q anunciei, nem tenho mais ele….. apenas vi um maneira mais facil entre aspas de desfazer de algo parado, mas acabei vendendo fora do mercado livre… como devo proceder?? e quais risco corro??

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/07/2011 - 18:00
    Enviado por: Flavio

    Bom dia,

    Estava a procura de um faqueiro, entrei nos sites que comparam preços mais conhecidos(buscape, shoppinguol e bonfaro) acabei achando um faqueiro que em outros lugares custavam 200,00 por 9,00, qunado entreu no site do produto, o mesmo estava custando 0,09.comprei e depois de uns dias recebi um email informando que não tinha o produto e iria atrasar na entrega.depois disso o anuncio desse produto não se encontrava mais nesse sites de comparação.
    estou no aguardo pu de receber o produto ou cancelarem a compra.
    só que o produto tava anunciado a 9,00 e na hora da compra o valor foi para 0,09, tenho cono reclamar se cancelarem a compra?
    Outra depois vi em um topico numa comunidade do orkut eles informando do erro no site.isso depois que eu fiz a compra.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/07/2011 - 14:35
    Enviado por: Flavio

    Marcelo Moreira, e você acha certo o que essas empresas fazem com o consumidor.
    Por exemplo, eu depois de comprar esse produto que no site constava disponivel, depois de pagar pelo mesmo, recebo um email informando que não tiha o produto e que estavam buscando com seus fornecedores o produto o mais rapido possiel.Só que o grupo que eles fazem parte é o B2W, onde no site shoptime eles estão vendendo o produto de varias formas, tem pelo menos cinco links desse faqueiro e na americanas onde comprei agora não tem, é certo isso?
    se ele não tem para vender na americanas.com, como ele tem pra vender no shoptime, se é do mesmo grupo??
    eu não comprei varios faqueiros, eu comprei apenas um para uso pessoal, eu estava procurando e acabei achando um muito barato.
    o cdc deveria fazer as lojas cumprirem a venda, desde que a pessoa compre um item que seria para uso proprio.
    Num pais serio loja era obrigada a entregar o produto, desde que como falei antes o cliente não tenha comprado varios e sim um, para o uso proprio.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/08/2011 - 19:13
    Enviado por: Daniel

    Acabo de chegar do Makro Atacadista Vila Guilherme. Peguei 2 azeites Gallo 500 ml embalagem de vidro que estavam perto da fila do caixa com etiqueta de R$ 8,55 cada. Entrei na fila do caixa. Cerca de 20, 25 minutos depois cheguei no caixa e quando fui pagar saiu o preço de R$ 12,76 cada um. Falei com a caixa que chamou o auxiliar da gerência e fomos até a gôndola onde estava o azeite. Pra meu espanto, tinham tirado a etiqueta de R$ 8,55 e colocado a de R$ 12,76. Eu TENHO CERTEZA do preço porque estava somando todos os produtos que peguei na calculadora. Pergunto: Como devo proceder? E mais o mercado pode fazer isto? Mudar o preço sem prévio aviso? Devo exigir que o produto seja vendido pelo preço “antigo” de 20, 25 minutos atrás??? Em tempo:não tenho testemunha do ocorrido, afinal de contas, fui sozinho ao mercado!? OBRIGADO! Aguardo resposta! Valeu!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 04/08/2011 - 19:30
      Enviado por: Marcelo Moreira

      O grande problema que você tem agora: como provar que o preço da gôndola era o que você viu pela primeira vez? E como provar que houve a mudança de etiquetas no espaço de meioa hora? Será a sua palavra contra a do gerente e dos caixas. É revoltante uma sitiuação dessas, justamente porque será difícil provar o que você diz. De qualquer forma, acho que vale pelo menos pela indignação um registro de queixa no Procon por conta da prática. Para a empresa saber que não ficou por isso mesmo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 06/08/2011 - 15:25
    Enviado por: Flavio

    Bom vim dizer que recebi o faqueiro normalmente e paguei os R$0,09, simplesmente chegou o produto sem problema, a loja nesse caso foi integra e cumpriu com oque ela se propos.
    Não precisei fazer nada, nem entrar em contato, só demorou uns dias a mais doque estava proposto.
    Pena que nesse espaço tem gente que é parcial a favor dessas empresas que só ganham a custa do povo brasileiro. e ainda dizem que agente é oportunista.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/08/2011 - 19:53
    Enviado por: Giovanna

    Oi fui a uma loja que dizia… PREÇOS PELA METADE EM TODOS OS SETORES… e tinha uma maquina na promoção por 990… mas o preço dela era 1290 a metade seria 650! oque vc aconselha?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/08/2011 - 20:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não damos conselhos. Se acha que está sendo lesada ou que tem direito ao desconto, faça uma reclamação no Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 19/08/2011 - 10:39
    Enviado por: Adriel Rarê

    Olá o meu caso é o seguinte, recebi um email da loja ponto frio onde anunciavam um tablet samsung 3g, 16gb etc. por 999,00 e já vinha recebendo esses email a varios dias, quando resolvi comprar, efetuei o pagamento via cartao de crédito, depois de 1 dia eles me ligaram dizendo o erro, na verdade o tablet custa 1,500 reais, e é óbvio que nao estou disposto a pagar nem 1 centavo a mais sobre os 999,00 porque pra mim isso é propaganda enganosa, aí me propuseram comprar pelo preço de custo 1.350 reais, falei pra me ligarem no dia seguinte, quando acabo de entrar no email o pedido nao foi aceito por falta de limite no meu cartão, o ponto frio tem opçao de recuperar compra, então acabei de passar outro cartão (Agora com limite) pelo mesmo valor e mesmo produto. Será que se eu exigir os 999,00 reais eu consigo? Sei que eles nao tem culpa do sistema ter errado, mas eu como consumidor tbm nao tenho e me senti atraído pela promoção, e convenhamos, não é um desconto absurdo pois o mesmo tablet galaxy sem 3g custa 999,00.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 19/08/2011 - 17:35
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Só tentando no Procon e via Justiça para saber. Nós entendemos que o Ponto Frio tem de honrar a oferta inicial, mas isso talvez renda uma briga jurídica. Reclame no Procon e comprove a oferta com a cópia do e-mail.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 21/08/2011 - 13:31
      Enviado por: Renato F

      Adriel, eu estou na mesma situação que você, comprei o Samsung Galaxy Tab P1000 do Ponto Frio, ligaram para minha casa e eu não estava, mas em contato com outras pessoas em fóruns, soube que eles ligaram para vários tentando cobrar um valor de no mínimo R$1300, alegando erro no site. o meu pedido já foi confirmado e encaminhado para a transportadora, mas notei que a descrição do produto no site, seja no anúncio ou seja na página dos meus pedidos é a mesma, mas no email de confirmação a descrição era genérica, não especificaram o produto, talvez querendo entregar o P1010(que é mais barato, sem tv e 3G), um colega de fórum me disse que no email dele alteraram o produto para entrega, especificaram o P1010, ou seja, primeiro tentaram fazer os compradores cancelarem a compra, ou pagar mais pelo mesmo produto, agora querem empurrar o produto errado para ver se aceitamos…

      Além de não estarmos agindo de má fé, pois não é nenhum desconto absurdo, note que em outras boas lojas online o preço fica por volta de R$1170 (veja o buscapé). Acho que o caminho é a briga jurídica, mas a maioria acaba desistindo e aceitando o dinheiro de volta

      responder este comentário denunciar abuso
    • 25/08/2011 - 12:23
      Enviado por: Renato F.

      Recebi o meu P1000L, veio o correto, esqueci de dizer que paguei no boleto R$899,00, espero que receba o seu também.

      Motivos não faltam para contra-argumentar

      Sempre falam em promoções com 70% de desconto
      Nos EUA cobram bem mais barato que isso, cerca de 400 a 450 dólares.
      No Buscapé pode achar preços de R$1170 em boas lojas
      No Mercado Livre oferecem pelo mesmo preço ou até um pouco mais barato, note que o produto só é vendido aqui no Brasil
      Foi emitida pela presidente Dilma a MP dos tablets, acho que foi em maio, uma das poucas empresas que foram beneficiadas com os descontos nos impostos foi a Samsung, prometendo entregarem tablets mais baratos ao mercado nacional

      Por estes motivos, o preço não é nada absurdo e até esperado, além do princípio da vinculação, mostrando que não somos oportunistas, mas espero que as empresas cumpram com o que prometem, senão fica parecendo propaganda enganosa.

      responder este comentário denunciar abuso
    • 25/08/2011 - 12:28
      Enviado por: Renato F.

      Um adendo…

      O modelo vendido nos EUA é parecido com o nosso, mas o nosso modelo, o P1000L, com TV, 3G e GSM, só é vendido aqui.

      O ponto frio faz estas promoções de até 70%, no momento parecem ser de eletrodomésticos, apesar de na mesma propaganda televisiva anunciarem computadores

      responder este comentário denunciar abuso
  • 21/08/2011 - 08:22
    Enviado por: marcio santos

    NO site Mercado Livre é comum os anunciantes colocarem preços errados, duplicados, para atrair a atenção dos consumidores. Por exemplo, muitos colocam 10,00 ou 1,00 e, depois que você entra na página do vendedor tá lá 100,00. colocam dois preços na cara dura mesmo para aparecer em primeiro nas pesquisas. Qualquer dia em vou me animar e brigar para que o vendedor venda pelo menor preço

    responder este comentário denunciar abuso

  • 25/08/2011 - 11:19
    Enviado por: Erika Costa

    Estou decepcionada com a Casas Bahias na Loja Virtual está noite 24/08/2011 tentei comprar um conjunto de mesas e cadeiras e todos os valores não conferem como anunciado na hora de finalizar a compra Mesa de Jantar Retangular WW Jaguariúna c/ Tampo Duplo 162×82,3cm c/ 6 Cadeiras Verona SCO210 – Tabaco/Maple (Cód. Item 46394)
    que anunciava
    De: R$ 1.249,90
    Por: R$ 549,50
    ou 12X de R$45,79
    Economia de: R$ 700,40
    Quando fui finalizar aparece o valor de 1088,00 quer dizer o dobro do valor. Isto é propaganda enganosa… Tirei fotos e Já que me sinto lezada perdi tempo tentando comprar um produto anunciado no qual o valor duplicava na hora de finalizar a compra. E ainda por cima dizia q eu tinha a opção de parcelar o valor em até 12X de R$45,79.
    Tenho algum direito mediante a essa situação? Devo Procurar o Procon com as fotos do site q tirei?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/09/2011 - 21:40
    Enviado por: Joselito Silva

    Recebi um email promocional do carrefour em 05/09/11 pela manhã, neste email tinha celulares dualchip em promoção, então pesquisando encontrei o Samsung Chat C3222 Preto por R$ 99. Efetuei a compra pelo cartão, recebi email de confirmação, tudo aprovado e ok. No final da noite recebi um email do carrefour informando que a compra estava cancelada, pois o valor do celular é R$ 349 e não R$ 99 como no anuncio, tinha sido anunciado com valor errado.
    Tenho algum direito mediante a essa situação? Devo Procurar o Procon, tenho os emails com a confirmação de compra?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 05/09/2011 - 22:28
    Enviado por: Valdeci dos santos

    Recebi um e-mail do CARREFOUR onde certos celulares estavam a 99,oo Reais, ai eu entrei e escolhi o meu que era um modelo com 2 chips samsung e com teclado qwert que é claro que ele vale 349,00, entao achei que estava recebendo um e-mail promocional. Entrei comprei 2 aparelhos e paguei com meu cartão de credito, foi aprovado e depois recebi um e-mail do site carrefour dizendo que era um erro grosseiro de facil constatação e por isso cancelaram minha compra. Quero saber se posso entrar no Procon etc… para garantir meu direito de compra já que o site de compras me vendeu e tomou de volta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 15/09/2011 - 18:02
    Enviado por: Sulivan

    comprei um gps, onde na descrição do produto dizia que vinha com um micro SD de 8GB, comprei pois gostei do produto e claro, vinha com um micro sd de 8gb, o gps chegou mas o micro SD de 8GB não, fui olhar no site e na parte de itens incluso realmente não consta o micro SD, não sei se quando comprei essa opção estava assim, mas ainda na descrição ou seja no nome do produto diz micro sd de 8gb, procurei o submarino e o mesmo informou que realmente não tem o micro sd de 8gb, sei que o valor pode não ser muito…o que posso fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/09/2011 - 22:41
    Enviado por: Théron

    Comprei um notebook em uma loja virtual só que no anuncio estava uma determinada descrição e quando o produto chegou verifiquei que estava com a descrição inferior a anunciada.O que devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 21/09/2011 - 08:47
    Enviado por: Jefferson

    Bom dia!
    Recebi um email do submarino onde consta um celular que vale R$1800 a promoção estava por R$1055 no boleto(até aqui tudo bem) ou em 12x de R$40,75 total a prazo R$480,00. Eu sei que este preço a prazo foi um erro e no site esta com preço correto. Mas se eles não mandaram nenhuma errata da promoção eu consigo comprar por este preço de 480,00 a prazo?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 23/09/2011 - 01:45
    Enviado por: Fabio Cardoso

    Minha dúvida é, no site do Ponto Frio a chamada de alguns produtos aparece num valor e ao clicar para detalhar, o valor é diferente. Considero isso como propaganda enganosa. Nesse caso a empresa é obrigada a manter o preço? Ao gerar o boleto no detalhe do produto o valor não aparece com desconto conforme a chamada.
    Como devo agir.
    Grato,
    Fabio

    responder este comentário denunciar abuso

  • 26/09/2011 - 10:34
    Enviado por: Jéssica Kelle

    Fui na loja Ponto Frio da minha cidade comprar uma cama Box, lá fui atendida por dois vendedores, que me ofereceram uma cama Box Probel de Molas por R$ 399,99. Disse que iria na loja ao lado ver a promoção deles. Porém achei a do Ponto Frio mais interessante e comprei a cama a vista.
    Sete dias depois me entregaram uma cama completamente diferente da qual eu havia comprado, de qualidade totalmente inferior, eu comprei uma cama de molas e a que me entregaram era de espuma, ortopédica horrível.
    Voltei na loja e lá a gerente me passou que o vendedor informou o preço errado que aquela cama era 899,99 e que poderia trocar por outra de 399,99. Ou seja se eu quisesse levar a qual eu comprei teria que pagar toda a diferença.
    Como não tinha condições peguei outra de molas de R$399,99, e já faz 15 dias e ainda não recebi.
    Como proceder numa situação dessas?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2011 - 21:40
    Enviado por: Wanderson

    Olá, comprei pelo site das casasbahia um home theater blu ray 3D por 999,00 reais, e recebi 3 emails, o 1ª informava que o meu pedido estaria sendo analisado pela financeira do cartão e que o protudo seria entregue dentro de 4 dias úteis e logo abaixo vinha o modelo do produto, o 2ª email informava que o meu pedido foi aprovado pela financeira e logo abaixo informava o produto, recebi o 3ª email informando que o protudo estava na transportadora e abaixo também informava o produto comprado por mim um home theater blu ray 3D. Recebi o protudo porém ele não batia com o da nota fiscal, o modelo era um inferior, liguei reclamado dizendo que que o modelo venho errado mas eles disseram que não tinham conhecimento de tal protudo informado por mim , então eles me mandaram um email solicitaram o recolhimento do protudo para analise, o modelo citado a cima um home theater blu ray 3D, mas quando o protudo chegou na central de analise deles, eles trocaram o meu pedido no site, tiraram do sistema o modelo que eu escolhium home theater blu ray 3D e colocaram o modelo que foi entregue errado, como se eu tivesse comprado este modelo, resumindo, eles dizem que foi erro de nota e que o modelo que no qual eu quero custa 1,499,00 e seria inviavel eu receber,mas tenho a nota fical e os emails que eles me mandaram que comprovam o modelo que eu quero além dos protocolos de atendimento, o que eu faço?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/09/2011 - 22:27
    Enviado por: Allan

    ontem entrei no site shoptime, deparei com um preço de um hd externo 750gb por R$1,46, fiz o pedido paguei no cartao a vista mas nao enviaram o produto oq devo fazer? tenho comprovante do pedido e o valor no proprio site.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 30/09/2011 - 21:06
    Enviado por: Ralph

    Olá, vi o anúncio de uma bicicleta motorizada no site da Magazine Luiza na última quarta-feira por R$434,00 que dividia esse valor em 12x. Comprei, via cartão de crédito uma unidade parcelado e mais uma unidade a vista (emprestei meu cartão para que uma amigo também comprasse). Chegou em meu e-mail a confirmação do pedido e do pagamento e me dizendo que o produto chegaria em até 14 dias. Acessei minha conta corrente e consta la a compra. Hoje, sexta-feira, recebi uma ligação da Magazine luiza dizendo que estão providenciando o estorno da compra pois o valor anunciado estava errado no site, disse que o real é mais de R$2.000,00. Após isso, fiz uma pesquisa e achei e o mesmo produto em outro site por R$1.999,00. Me sinto no direito de ter minha compra mantida no valor anunciado, de R$434,00. Quais são meus direitos? Obrigado!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 30/09/2011 - 21:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Nenhum neste caso. É mais do que evidente que se trata de um erro, e exigir a venda pelo valor anunciado causará evidente prejuízo ao comércio, exatamente como diz o texto.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 01/10/2011 - 17:30
    Enviado por: MARCOS

    COMPREI UM CARRINHO NO SITE E LA ESTAVA POR 54 REAIS E ELE CUSTA 700 E EU IMPRIMIR UM BOLETO MAIS O SITE TIROU O ANUNCIO EU TENHO DIREITO NA MERCADORIA OU NAO POIS JA FOI AUTORIZADO O PEDIDO EME AJUDA O QUE DEVO FAZER

    responder este comentário denunciar abuso

  • 04/10/2011 - 15:29
    Enviado por: teodoro silva

    Recebi o encarte de uma loja de eletrodomésticos onde uma câmera digital Fuji S2800 está por R$219,00 a vista, sendo que em outros lugares a mesma custa entre R$500,00 e R$700,00. Neste caso a loja é obrigada a me vender pelo preço do encarte? e se recusarem, cabe uma reclamação no procon?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 06/10/2011 - 01:48
    Enviado por: Augusto

    Ola Marceolo, aconteceu uma coisa diferente com uma compra que fiz pela internet. Fiz a compra com cartao de credito. Mas foi debitado somente metade do valor do produto (pelo que entendi, foi considerado 50% de desconto). Eu recebi o produto normalmente, e na nota fiscal essa diferenca aparece como “Desconto Condicional Concedido”. Esse desconto deve ter sido algum erro do site, gostaria de saber como fica essa compra, pois jah recebi o produto e a nota fiscal tbm jah foi feita. Apos ter feito a entrega, o site tem direito de vir querer me cobrar essa diferenca? Desde jah agradeço a atenção!

    responder este comentário denunciar abuso

    • 06/10/2011 - 17:33
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que não, pois a nota fiscal foi emitida com o valor com o desconto. Portanto, é uma prova de que o negício foi concluído e aprovado pela loja. Se houver alguma cobrança, recorra ao Procon.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 10/10/2011 - 13:02
    Enviado por: isadora

    Estava querendo comprar uma Tv 37, e quando entrei no site da submarino tinha uma oferta o anuncio dizia “DESCONTOS ALARMANTES” preço de r$3.134,05 nos demais cartões e no cartão Submarino no qual eu iria comprar erA r$ 1.129, , quando clicava, o preço ficava o mesmo de 3.134,05.Tentei compra por telefone e a vendedora disse que não poderia proceder com a comprar.Tenho direito a oferta?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2011 - 00:46
    Enviado por: Cristiano

    Comprei dois edredon infantil que em uma embalagem estava em promoção de R$ 39,90 por R$ 25,90 e o outro com o mesmo porduto por R$ 39,90 mais sem a etiqueta promocional. Mais quando fui passar no caixa, os dois estavam no sistema por R$ 39,90…..consegui o desconto de somente um!!! tenho direito do desconto também pelo outro!!!
    O que poderia ser feito?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 12/10/2011 - 17:34
    Enviado por: Augusto

    Olá Marcelo, obrigado pelo esclarecimento. Agora tenho outra dúvida, no mesmo site, fiz um pedido de 9 unidades de um produto, e finalizei para pagar no boleto. Mas o boleto foi gerado de praticamente somente uma unidade(foi dado um “Desconto Condicional Concedido” de 90% segundo a nota fiscal). Paguei o boleto e jah recebi os produtos. Como vc tinha dito na resposta anterior, isso eh uma prova de que o negocio foi concluido e aprovado pela loja? Ou ele podem vir querer cobrar alguma coisa? Desde jah agradeço…

    responder este comentário denunciar abuso

  • 14/10/2011 - 23:57
    Enviado por: Angelo

    Olá Marcelo,
    No site das Casas Bahia há um anúncio de uma TV plasma 50 polegadas Panasonic por um preço 40% menor que no Ponto Frio. Após eu ter clicado em “comprar”, o produto que aparece na cesta de compras é uma TV de 42 polegadas. Qual a sua interpretação: a loja deve cumprir a oferta do anúncio que me fez clicar em comprar (50 polegadas) ou vale a letrinha miúda que só aparece no momento de confirmar a compra dizendo se tratar de uma TV 42?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 15/10/2011 - 00:09
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não é o caso de insistir neste caso, apesar do erro. Como você bem notou, a informação correta aparece assim que você tenta confirmar.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 16/10/2011 - 20:35
    Enviado por: Ed

    Olá, fiz uma compra em um site de uma placa mãe que estava anunciada por 172 reais, sendo que em outros sites o valor dela é 390 reais… se a loja resolver cancelar o pedido vc acha que cabe processo? afinal não é um erro tão grotesco e qualquer pessoa que não entende muito pode comprar de boa fé

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/10/2011 - 11:45
    Enviado por: Igor

    Olá Marcelo,

    No dia 7/10/2011 entrei no site da saraiva mais especificamente na seção de tablets e encontrei um Tablet Sti Mypad MP 1003g com a informação de preço promocional, por R$ 129,00 por unidade e prazo de entrega de 7 dias úteis e realizei a compra de dois produtos do mesmo.

    Fiquei acompanhando o status do meu pedido pelo site, e passaram as seguintes informações:
    7/10/2011 – produto reservado
    cerda de uma hora após:
    7/10/2011 – separado para postagem

    recebia uma mensagem de texto no celular no mesmo dia informando que o valor já havia sido debitado do meu cartão de crédito (Mensagem enviada pelo banco).

    Continuei a acompanhar o meu pedido e como não havia alteração do status, resolvi entra em contato com a saraiva, que informou que o pedido ainda estava dentro do prazo e que seria postado e entregue.
    Foram feitos vário contatos e informaram a mesma coisa…
    Hoje 18/10/2011 um dia antes do fim do prazo de entrega, em contato realizado por mim, a saraiva informa que o meu pedido foi bloqueado e não será enviado, o pagamento do cartão será sustado, tudo devido a uma inconsistência no sistema que realizou a venda do produto.

    Eu tenho direito a receber o produto nesse caso?

    Obs.: meu irmão também realizou uma compra no mesmo dia do mesmo produto, sendo que poucos instantes após ele recebeu uma mensagem de texto da saraiva pedindo para ele entrar em contato, e foi informado a ele que o pedido dele havia sido cancelado por indisponibilidade de estoque devido ao grande numero de vendas, informando que essa tinha sido uma promoção relâmpago.
    Também no comprovante do pedido que recebemos por e-mail conta a informações que os valores acompanhados de * são valores promocionais.
    Tenho todos os nºs de protocolos de atendimento.

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2011 - 17:28
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Entendemos que não há direito algum, pois trata-se de um evidente erro que pode causar lesão ao vendedor. É fato que não existe tablet que custe R$ 129.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/10/2011 - 11:52
    Enviado por: Leandro

    Olá, Marcelo,
    ontem vi um anúncio no folheto da loja mercado móveis que foi distribuido pelo meu bairro, de uma câmera fotografica por 219,00 à vista. Fomos até a loja e o vendedor nos disse que o valor correto da câmera é de 799. Mostramos o folheto, mas ele disse que só por 799 mesmo. Eles têm obrigação de me vender por 219 ou não?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/10/2011 - 17:27
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Em nosso entendimento não, pois existe uma disparidade muito grande de valores, mas é possível reclamar no Procon e tentar exigir a venda pelo valor anunciado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 18/10/2011 - 18:46
    Enviado por: catiane silva de andrade

    comprei uma lava e seca e quando fui finalizar o pedido eles deram um desc e saiu por 25,00 paguei com o cartao mais tarde eles entran no meu pedido e modificaram o pedido e a hora consertando o preço o q posso fazer

    responder este comentário denunciar abuso

  • 19/10/2011 - 21:45
    Enviado por: Rômulo

    eu comprei um chip de celular na americanas e quando chegou vei uma caixa com 100 unidades o q eu devo fazer?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/10/2011 - 14:24
    Enviado por: MANOEL MESSIAS

    Bom dia

    Fui convidado ao lansamento de um loteamento, estava verificando os preços dos lotes, e me deparei com um que cabia no meu bolso, o preço de tabela deste lote estava de 220,00 o M2, fiz a proposta de compra, so que a adminitradora do loteamento nao quer me vender por esse valor alegando que o valor do M2 destes lotes e 450,00 e por um erro de digitação foi colocado 220,00, a explicação da valoreição e por que esta em uma rua valorizada, todos os outros lotes do loteamento o metro custa 220,00 e dessa rua principal custaria 450,00 e por erro dois lotes ficaram com valor de 220,00. agora querem que eu pague o valor de 450,00 o m2, ou seja o valor da tabela era 117 mil nao querem me vender por esse valor, querem 239 mil, alegando erro na tabela. o que devo fazer, alguem pode me ajuda?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 24/10/2011 - 13:29
    Enviado por: Ana

    Ao acessar a sua publicação, me interessei e ao ler as perguntas já havia uma a qual eu iria fazer, sobre a camera digital com preço de R$219,00 no encarte e na loja querem o valor de R$700,00. Foi de grande proveito a consulta. Grata.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 27/10/2011 - 17:31
    Enviado por: Jessika

    Ola, vi um anuncio assim: De R$1359,00 Por R$ 129,00 e em baixo escrito 10x sem juros.
    É possível eu levar pelo preço de R$ 129,00? Quem devo procurar nesse caso?
    Aguardo!

    responder este comentário denunciar abuso

  • 29/10/2011 - 15:28
    Enviado por: Paulo

    Sei que seria oportunismo, mas por curiosidade apenas… vejam..
    —-
    Oferta do dia: 01 Porção de Lasanha(370Kg) de Presunto e Queijo ou Bolonhesa ou Frango Catupiry, de 15 por 7,50 na…
    —-
    REPAREM NA UNIDADE DE MEDIDA 370 KILOS
    ja comprei, recebi a transacao aceita..tudo certinho…
    ganharia uma coisa dessas? ou se encaixaria nos erros grosseiros??
    Obrigado.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 10/11/2011 - 01:02
    Enviado por: Pedro

    Boa noite,

    depois de ler praticamente todos os tópicos, entendo que pode parecer oportunismo, porem como minha situação é um pouco diferente gostaria de esclarecer a duvida.

    comprei em um site um conjunto de caixas de som para computador (dito home Theater), pelo valor anunciado de 22,90 + 49,79(frete) resultando em um valor total de 70,70 reais, porem a empresa após aceitar o pagamento e me enviar todas as confirmações cabíveis, me enviou um email dizendo que o real valor era de 229,00(frete grátis), fui pesquisar e existem lojas vendendo o mesmo produto por até 140,00(frete grátis)…

    mesmo assim seria oportunismo tentar fazer valer o valor pago?

    tenho eu como adivinhar que valor está errado?
    produtos similares de marcas diferente custam em media um valor parecido com o que paguei no total (produto + envio)

    pesquisando encontrei produtos com maior potencia e custando 110,00!!

    não seria responsabilidade do site ver que o valor está errado e impossibilitar o debito no cartão??

    agora ficarei com 70,00 retidos esperando a boa vontade da empresa pelo menos devolver meu dinheiro?

    me parece mais oportunismo da empresa, tentar me fazer pagar mais que o dobro do valor anunciado, do que má fé minha! o valor de caixas de som para computador são extremamente variados, não é sabido um valor especifico!

    desculpem minha vã ignorância no assunto…mas acho um absurdo eu ser penalizado por um erro da citada empresa! demoraram poucas horas para debitar o valor, mas vão demorar cerca de 10 dias uteis para me devolver o mesmo!!

    acredito que o conceito de oportunismo se qualifica em qualquer promoção! todos que fazem uma compra com desconto ou compram produtos em promoção estão sendo oportunistas!

    estou decido a ir à justiça exigir o produto comprado, pelo valor debitado!

    gostaria de sua opnião…

    att
    Pedro

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/11/2011 - 19:10
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Para nós não é caso de reclamação. Parace-nos óbvio que tais caixas de som não custam tão barato como você mencionou. Insistir seria oportunismo.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 12/11/2011 - 12:23
    Enviado por: Anne Delduque

    Boa tarde
    Desde o dia 09/11 há um anuncio de um apartamento para locação no site zap imóveis com o valor de R$1200,00
    Telefonei para o anunciante, marquei a visita e o imóvel foi mostrado pelo porteiro de prédio. Após a visita, telefonei para o novamente para o anunciante e disse que me interessei e que gostaria de alugá-lo, mas que o imóvel precisaria ter a pia da cozinha e do banheiro trocadas bem como algujm reparo no piso da sala…
    APÓS A CONVERSA É QUE ELE DISSE QUE O PREÇO DO IMÓVEL NÃO ERA 1200 E SIM 1400… PROPUS QUE ME ALUGASSEM POR 1200 E EU FARIA OS REPAROS CITADOS ACIMA.
    O QUE FAZER ???
    TENHO A DIREITO DE ALUGAR PELO PREÇO DO ANUNCIO, JÁ QUE A DIFERENÇA NÃO IRIA PREJUDICAR O ANUNCIANTE ???
    http://www.zap.com.br/imoveis/oferta/Apartamento-Padrao-2-quartos-aluguel-RIO-DE-JANEIRO-TIJUCA-/ID-2655353

    DESDE JA OBRIGADA

    responder este comentário denunciar abuso

    • 18/11/2011 - 19:58
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não. O precço de locação sem o serviço é aquele anunciado. O locador pode recusar o negócio no caso narrado por voc~e.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 14/11/2011 - 16:36
    Enviado por: lorena

    COMPREI UM VESTIDO NO VALOR DE 126 REAIS ESSE VESTIDO É COMPOSTO P DUAS PEÇAS VESTIDO E COLETE O COLETE CUSTA 88 REAIS
    A VENDEDORA DA LOJA PASSOU APENAS O PREÇO DO VESTIDO 126 REAIS
    BOM EU PAGUEI 126 REAIS FOI O VEIO NA MINHA NOTINHA

    SO A TARDE A VENDEDORA ME LIGA E ME COBRA O COLETE 88 REAIS

    VOLTEI NA LOJA E PAGUEI ….

    MAS FIQUEI COM SEM SABER SE O ELA FEZ FOI CERTO ??? POIS QDO TAVA NA LOJA ME COBROU TD 126 ,,,, PASSA UM TEMPO CHEGO EM CASA ME LIGA COLETE A PARTE 88 ….

    RETORNEI LEVEI A NOTINHA NA LOJA INFORMANDO Q PAGUEI O ME COBRANDO MAIS FIQUEI NUMA SITUAÇÃO CHATA FIQUEI COM MTA VERGONHA PARECIA Q EU TINHA SAIDO DA LOJA LEVANDO O COLETE SEM PAGAR POR QUERER ,,,,

    MAIS O ERRO FOI DA VENDEDORA É ELA QUEM TRABALHA NA LOJA É ELA Q DEVE ME INFORMAR O VALOR CORRETO PAGUEI OS 88 DO COLETE A PARTE …. MAIS EU TERIA DIREITO DE RECLAMAR ?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 16/11/2011 - 14:44
    Enviado por: Leandro

    Olá, meu caso é um pouco diferente. Eu comprei um notebook em um site de saldão de uma grande empresa varejista (gerenciadora de grandes sites de varejo). Efetuei a compra com cartão de crédito normalmente, e após 02 dias, ao entrar em contato com o SAC para saber sobre o andamento de meu pedido me informaram que o produto estava fora de estoque e que, por ser saldão, não tinha nenhuma previsão de quando reporiam o estoque, muito menos se este produto voltaria em estoque.
    Levando em consideração que o pagamento não foi solicitado junto a operadora do cartão de crédito, quais são minhas chances de exigir que o produto seja entregue, visto que eu comprei o produto em estoque.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 17/11/2011 - 17:52
    Enviado por: Vitor

    Se eu compro um produto que estava ofertado por R$5000,00 em um site e o pedido e concretizado, mais depois a loja informa que na verdade custa R$6000,00 nesse caso vale reclamação?

    responder este comentário denunciar abuso

  • 18/11/2011 - 16:18
    Enviado por: Rodrigo

    Oi:

    Grande parte das queixas são de compras AO VIVO/VENDO mesmo…
    Imahginem se fosse na VIRTUAL (onde SORTE/FAVOR entram na jogada!).
    Já ássei por coisas assim: a loja FASHION BIKINI apresentava um produro que paracia ser BICOLOR, e quando recebi o produto TINHA UMA COR SÓ.
    Uma vez comprei uma camisa polo da marca POOL numa loja chamada TOTAL EPI… E me mandaram uma DIFERENTE e com a ETIQUETA ARRANCADA! Em poucos minutos enviei um e-mail chamando a atenção deles.
    Isso de PREÇOS ERRÔNEOS acontece em supermercados também – no Zaffari acontece bastante; a pessoa paga achando que é um preço e na verdade SERIA OUTRO…
    Sem falar que na PROMOÇÃO QUE HÁ MUITAS VEZES, havia um produto com o MESMO PREÇO DO PREÇO HABITUAL! Uma senhora me viu e falou que aquilo era um absurdo: e com razão.
    Respeito/consideração são palavras que AINDA FAZEM FALTA PARA MUITAS PESSOAS.

    Rodrigo,
    Porto Alegre.

    responder este comentário denunciar abuso

  • 22/11/2011 - 10:28
    Enviado por: Ana Kaliny

    Comprei uma TV 32″ no site da INSINUANTE que estava com anuncio de promoção : De R$299,00 Por R$239,92.
    Chegou o email de “Confirmação do pedido” e “Aprovação de pagamento”, informando que o meu produto seria entregue até o dia 15/12/2011. Mas de uma hora pra outra chega um email informando que a minha compra tinha sido cancelada e que iriam estornar o meu cartão de credito.
    Entrei em contato e me informaram que ELES cancelaram a compra porque a TV estava anunciada com o valor errado (um erro deles), e por isso o meu produto não seria entregue.

    E mais absurdo ainda foi outro email que chegou, informando que a MINHA solicitação tinha sido atendida com sucesso, que EU tinha pedido o estorno do meu cartão de credito!

    Isso é propaganda enganosa e dano moral! Considero uma ofensa, como é que eles afirmam uma coisa que eu não disse?!
    Favor, qual a sua opiniãoo sobre o assunto?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 22/11/2011 - 17:01
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Não damos opiniões nem conselhos. Apenas orientações em casos objetivos de lesão ao consumidor. Se quiser exercer o direito de comprar pelo valor ofertado, procure o Procon o e faça uma queixa contra o site e a empresa.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 22/11/2011 - 21:49
    Enviado por: Gilberto

    Boa Noite,

    Agora a pouco fiz uma compra no Carrefour e encontrei promoções do chocolate Ferrero Rocher, porém encontrei em uma placa com estrutura no piso em frente as caixas de chocolate um preço no valor de R$3,29. Não encontrei nenhum outro preço para este produto. Quando fui pagar este chocolate, fui informado que o valor era de R$36,29. Na mesma hora falei com a operadora do caixa para que chamassem alguem para averiguar a situação. Após uns 10 minutos de espera uma patinadora foi ao local e confirmou o valor errado. Pedi que chamassem o gerente da loja e após mais 10 minutos o gerente chegou para informar que eu não levaria o produto conforme anunciado, alegando que era um trabalho que os funcionarios do mercado estavam fazendo no local e deixaram a placa com este valor irregular Informou também que como era uma placa de piso, não era válido para os produtos que se encontravam atras desta. Na placa informava apenas o valor do produto. Os outros produtos, diferentes a estes que estavam atras desta placa, tinham seu preço com sua devida descrição na placa de preço.
    No final das contas, paguei o valor informado pela operadora do caixa, diferente daquele que estava anunciado na placa de preço em frente ao produto. Neste caso, como devo agir?

    responder este comentário denunciar abuso

    • 23/11/2011 - 19:45
      Enviado por: Marcelo Moreira

      Você tem direito a levar pelo valor anunciado primeiramemente. Faça uma queixa no Proocn contra o supermercado.

      responder este comentário denunciar abuso
  • 26/11/2011 - 16:55
    Enviado por: andré

    Ola, hj de manha entrei no site efacil.com.br e achei um notebook sony vaio em promoção q custa 2,299,00 e estava por 1,299,00, efetuei a compra, mas o site esta bloqueando a compra com o meu cartao, o que eu faço?.

    responder este comentário denunciar abuso

Deixe um comentário: